domingo, 18 de fevereiro de 2018

vasco sanitário é sempre ''vice''


Boavista 0 x 2 Flamengo(CAMPEÃO)



Ficha técnica

Gols:  Kadu Fernandes(contra), Vinicius Junior

Público:  15.587 pagantes / 17.787  presentes
Renda: R$ 1.352.600,00

FLAMENGO - César, Pará (Rodinei - intervalo), Réver, Rhodolfo e Renê; Cuéllar (Jonas, aos 40'/2ºT); Everton Ribeiro, Diego, Lucas Paquetá (Vinicius Junior, aos 17'/2ºT) e Everton; Henrique Dourado.
Técnico: Carpegiani

Árbitro - Rodrigo Nunes de Sá apita a decisão, auxiliado por João Luiz Coelho de Albuquerque e Wendel de Paiva Gouvêa.

Transmissão: Premiere 1 (com Luiz Carlos Jr e Paulo César Vasconcellos) e TV Globo para RJ, MG, RS, ES, TO, SE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luiz Roberto, Junior, Juninho e Paulo César de Oliveira)

Flamengo aciona construtoras cobrando prejuízo na Ilha e fará perícia atrás de explicações



O Flamengo divulgou uma nota oficial no fim da noite deste sábado comunicando que já acionou as empresas responsáveis pela produção, instalação e manutenção das torres de iluminação que desabaram na Ilha do Urubu com o temporal que caiu no Rio de Janeiro na última quarta-feira. A diretoria cobra as construtoras pelo prejuízo sofrido com o acidente e o estádio interditado, mas ainda contabiliza os estragos, conforme apurou o Globo Esporte. com. 

No comunicado, a diretoria rubro-negra informa que contratou um perito independente, "renomado no mercado", para elaboração de um laudo com explicações e causas do acidante. O clube não dá prazo para voltar a jogar no local. O acordo com o Botafogo pelo uso do Nilton Santos contra River Plate e Madureira, com possibilidade de extensão a médio prazo, é um sinal de que a Ilha vai demorar um pouco mais para receber partidas do Flamengo. 

As obras foram realizadas pelo Consórcio Rohr-Fast, duas empresas de engenharia. A Simbratec executou as obras nas arquibancadas tubulares no estádio. O custo total, inicialmente orçado em R$ 12 milhões, chegou a R$ 18 milhões, com a necessidade de reforço estrutural na colocação de um dos postes, onde passa águas fluviais embaixo do terreno do estádio. As duas torres que desabaram ficam entre as arquibancadas dos setores Oeste e Norte e Oeste e Sul.

Confira a nota na íntegra:

"Com o intuito de manter seus associados e torcedores bem informados em relação ao incidente ocorrido com as torres de iluminação no estádio Ilha do Urubu, na madrugada da última quinta-feira, o Clube de Regatas do Flamengo, pautando sua conduta pela transparência e seriedade dos seus atos, vem prestar os seguintes esclarecimentos:
 
1) Imediatamente após a diretoria ser avisada acerca da queda das duas torres, as empresas envolvidas na produção, instalação e manutenção dos equipamentos foram acionadas. Na quinta-feira, representantes dessas empresas, acompanhados de diretores e técnicos do clube, estiveram no local para iniciar a inspeção e consequente avaliação dos danos.
 
2) Na sexta-feira, os envolvidos foram formalmente notificados para que tomassem, de forma imediata, as providências para reparação de todos os prejuízos causados, com a devida análise técnica e detalhada das possíveis causas do incidente. Da mesma forma, as duas torres não afetadas passaram por avaliação preliminar e nada que pudesse indicar eventual risco de queda foi constatado.
 
3) De forma concomitante, por excesso de zelo, o Flamengo contratou um perito independente, renomado no mercado, visando a elaboração de um completo laudo técnico do ocorrido, suas causas e consequências.
 
4) Ainda não é possível afirmar quando o estádio estará novamente liberado para os jogos. O Flamengo reitera que está, junto com seus parceiros, envidando todos os esforços para uma solução no menor prazo possível e que garanta segurança e conforto a todos os frequentadores da Ilha do Urubu.
 
5) Importante destacar que, na ocasião da formulação do projeto e da construção das estruturas temporárias que hoje fazem parte do estádio na Ilha do Governador, o Flamengo se preocupou com os mínimos detalhes no tocante à segurança e conforto de seus torcedores. Para o projeto das fundações das torres foram efetuadas sondagens profundas no solo local, bem como todas as obras realizadas detinham a devida ART – Anotação de Responsabilidade Técnica junto ao CREA/RJ. O estádio só foi inaugurado após rigorosíssimo processo de aprovação e vistoria por parte dos mais diversos órgãos públicos municipais e estaduais. Além disso, cabe ressaltar que as instalações da Ilha passam por inspeções após cada partida, todas devidamente documentadas através dos seus respectivos relatórios.
 
6) Cumpre informar, ainda, que o presidente Eduardo Bandeira de Mello, tão logo tomou conhecimento do ocorrido, entrou em contato com o Presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo (CODE), Rodrigo Dunshee de Abranches, franqueando à comissão de obras do CODE o integral acompanhamento de todas as providências acima relatadas.7) Por fim, o Flamengo assume o compromisso de trazer a publico o resultado da perícia assim que a mesma for concluída.
Clube de Regatas do Flamengo"
 

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Com "AeroFla", Flamengo chega a Vitória para a final da Taça GB contra o Boavista

Flamengo já está no Espírito Santo para decidir o título da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. E a recepção foi com direito a "AeroFla"! Jogadores e comissão técnica desembarcaram na tarde deste sábado no aeroporto de Vitória rodeado de rubro-negros capixabas, que fizeram a festa principalmente quando Diego passou pelo saguão. 

O técnico Paulo César Carpegiani também parou para tirar fotos com alguns torcedores e foi bem solícito com as pessoas que aguardavam no aeroporto. Somente o zagueiro Rever falou com a imprensa e destacou o bom momento da equipe, além da recepção da torcida. 

- É sempre uma pressão, mas a gente tem que entrar com firmeza, buscando conquistar esse título. (Torcida capixaba) É maravilhosa, sempre que a gente vem jogar aqui é essa receptividade. Então a gente fica muito feliz e espera que amanhã possa dar a resposta dentro de campo - disse o capitão rubro-negro. 

O time de Paulo César Carpegiani enfrenta o Boavista às 17h (de Brasília) deste domingo, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, na Grande Vitória, pela final da Taça Guanabara.

Tarde de gala: Marcelinho e Marquinhos lideram vitória do Flamengo sobre o Bauru



Marcelinho e Marquinhos foram peças fundamentais na vitória do Flamengo (Foto: Reprodução / Twitter)As homenagens antes de a bola subir foram o prenúncio de uma apresentação de gala na Arena Carioca 1. Marcelinho e Marquinhos, que completavam 300 e 200 jogos, respectivamente, com a camisa do Flamengo, foram os grandes nomes da vitória por 75 a 61 contra o Bauru pela temporada 2017/18 do NBB. Cirúrgico nas bolas de três em momentos críticos da partida, o ala-armador entrou no 2º período e foi fundamental para a virada após o intervalo. A arrancada foi comandada com louvor por Marquinhos, cestinha do jogo com 23 pontos. 

Com o resultado, o Flamengo segue na segunda colocação do NBB, com dois pontos a menos do que o líder Paulistano (41 a 39). O time paulista joga ainda neste sábado contra o Vitória, mas tem, no momento, um jogo a mais do que o Rubro-Negro. O Bauru mantém a quinta posição, com 34 pontos. 

As duas equipes só voltam a jogar pelo NBB em março. No dia 1º, o Bauru recebe a Liga Sorocabana na Panela de Pressão. No dia 3, o Flamengo recebe o Minas às 17h (horário de Brasília), novamente na Arena Carioca 1. 

 Marcelinho e Marquinhos foram peças fundamentais na vitória do Flamengo(foto)


Flamengo vence Bauru na Arena Carioca



Flamengo 75 x 61 Bauru


Flamengo contabiliza estragos e aguarda laudo para cobrar prejuízo na Ilha do Urubu




Torres de iluminação foi afetada após temporal na Ilha do Governador (Foto: Clayton Conservani)Flamengo vai cobrar dos responsáveis pela colocação das duas torres de iluminação na Ilha do Urubu o prejuízo pelos estragos do temporal da madrugada de quinta-feira no Rio de Janeiro. O estádio - e boa parte do bairro da Ilha do Governador - estava sem luz até a madrugada deste sábado. Uma equipe contabiliza os problemas, que foram além da queda dos refletores. Os escudos do clube, que ficam nas laterais das arquibancadas, também descolaram com os fortes ventos. 
 
A diretoria do Flamengo se manifestou através de nota oficial na última quinta-feira, com as informações da queda das torres que ficam entre as arquibancadas dos setores Oeste e Norte e Oeste e Sul. O clube evita se pronunciar novamente até receber relatórios e laudos sobre os prejuízos. O acordo com o Botafogo pelo uso do Nilton Santos contra River Plate e Madureira, com possibilidade de extensão a médio prazo, é um sinal de que a Ilha vai demorar um pouco mais para receber jogos do Flamengo. 

A diretoria do Flamengo não coloca prazo para o retorno ao estádio da Ilha do Governador. Em contato com a reportagem, dirigentes da Portuguesa se mostraram pessimistas em realizar jogos no local até o fim do Campeonato Carioca. 

Oposição pede explicações
 
As obras foram realizadas pelo Consórcio Rohr-Fast, duas empresas de engenharia. A Simbratec executou as obras nas arquibancadas tubulares no estádio. A reportagem tentou contato com as empresas e dois dos engenheiros do Consórcio, mas não teve retorno. O custo total, inicialmente orçado em R$ 12 milhões, chegou a R$ 18 milhões, com a necessidade de reforço estrutural na colocação de um dos postes, onde passa águas fluviais embaixo do terreno do estádio. 

O GloboEsporte.com tentou contato com a assessoria de imprensa do Flamengo para buscar mais informações sobre o assunto. Havia um seguro pela ampliação e construção das arquibancadas e de toda a estrutura. O Rubro-Negro avalia ainda se aciona judicialmente os construtores para cobrar os prejuízos. 

Um grupo de oposição, chamado Fla+, fez alusão ao artigo 88 do estatuto do Flamengo - que fala na competência do Conselho Deliberativo em "autorizar a realização de obras de construção, reforma ou ampliação de imóveis" - para pedir a verificação do caso na Comissão de Obras do Conselho Deliberativo, com possibilidade de criação de comissão de inquérito e sindicância, com pedido de explicações ao Conselho Diretor do Flamengo. 


sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Botafogo acerta aluguel do Nilton Santos para estreia do Flamengo na Libertadores

Botafogo e Flamengo acertaram o aluguel do estádio Nilton Santos para dois jogos. Foi permitido ao Rubro-Negro que mande a estreia na Libertadores, contra o River Plate, no estádio do Alvinegro. Além da partida contra os argentinos, pela fase de grupos da competição continental, o Fla também mandará o jogo contra o Madureira, a estreia na Taça Rio, no local. O valor do aluguel ainda não foi divulgado pelas partes. 

- Foi tudo bem. As conversas com o Flamengo vêm de algum tempo, desde o ano passado, quando o Carlos Eduardo (Pereira, ex-presidente) se encontrou com o Bandiera (de Mello) no SporTV, Ali começou uma reaproximação que esse ano seguiu com o Nelson (Mufarrej), e já começaram a aparecer alguns eventos - disse o vice-presidente executivo do Botafogo, Luis Fernando Santos. 

- O Botafogo precisa fazer caixa usando o recurso, o ativo que tem. E o Flamengo também quer fazer pagando menos do que os valores exorbitantes do Maracanã. Esse acidente que houve na ilha (queda de poste de luz no campo) gerou a necessidade de acelerar o processo e foi o condutor dessa negociação. 

Para a partida da Libertadores, a torcida rubro-negra não poderá estar presente. O clube foi punido por dois jogos pela confusão causada no segundo jogo da final da Copa Sul-Americana, no ano passado. Já contra o Madureira, os flamenguistas poderão estar no estádio administrado pelo Botafogo.

Via nota oficial no site do Flamengo, o presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, agradeceu a parceria com o Botafogo mesmo depois das idas e vindas causadas pela confusão do gesto do "chororô" feito por Vinicius Júnior no clássico do último sábado. 

- O Flamengo agradece a parceria do Botafogo, entende que esse é um passo que reforça ainda mais a grandeza das duas instituições e demonstra a disposição dos clubes em trabalhar em conjunto pelo bem do futebol do Rio.


No embalo de Vinícius Jr, Jean Lucas renova com multa superior a R$ 100 milhões

Jean Lucas é a nova joia com multa estratosférica da base rubro-negra (Foto: Reprodução)Quatro jogos ou 284 minutos. Esse foi o tempo necessário para Jean Lucas ser alçado ao patamar das principais promessas do Flamengo nos últimos anos. De estilo elegante em campo e marcado pela camisa para dentro do calção, o volante teve o contrato renovado por quatro anos com o Rubro-Negro. O valor da multa rescisória ultrapassa a casa do R$ 120 milhões (30 milhões de euros). 
 
O valor é o mesmo do contrato de Lincoln, que tem despertado a cobiça de gigantes europeus, e do vínculo de Vinícius Junior antes da venda para o Real Madrid. O Flamengo negocia para ampliar o acordo e a multa do centroavante. Já Jean Lucas tem 19 anos e permanece na Gávea até o fim de 2021. 

Um dos destaques da boa campanha na Copa São Paulo do ano passado, Jean Lucas foi integrado definitivamente aos profissionais somente no início de 2018. Titular contra Volta Redonda, Cabofriense e Bangu, ele entrou no decorrer da partida contra o vasco e ficou no banco de reservas iante do Nova Iguaçu.

Negociação com Flu e Fla avança, e clássico da Taça Rio deve ser em Cuiabá



O clássico Fla-Flu do dia 24 de fevereiro, válido pela segunda rodada da Taça Rio, deve ser em Cuiabá. Em fase final da negociação com um empresário local, os clubes estão na etapa de troca de documentos com as federações de Mato Grosso e do Rio de Janeiro para oficializar a Arena Pantanal como palco da partida das 17h (de Brasília).

O mando de jogo é do Tricolor. Inicialmente, a ideia era levar o duelo para a Brasília. Porém, a montagem de um palco a ser usado no Fórum Mundial das Águas inviabilizou o Mané Garrincha.

Com a concordância do Mengão,  o Flu decidiu levar o clássico para fora do Rio dada a impossibilidade de usar o Maracanã - fechado para eventos e shows musicais. Os clubes vão dividir uma cota igual e não terão custos. Caso optassem pelo Nilton Santos, por exemplo, teriam de negociar com o Botafogo e pagar aluguel. 

A Arena Pantanal recebeu a visita de um representante tricolor, que avaliou as condições. O estádio recebe jogos do Campeonato Mato-Grossense. A capacidade é de 41.112 espectadores.

Flamengo chega ao ES no sábado para a final da Taça Guanabara com o Boavista



O torcedor capixaba que quiser tirar uma selfie ou pegar um autógrafo já pode se preparar, pois as delegações de Boavista e Flamengo já tem datas e horários confirmados para desembarcar no Aeroporto de Vitória, no Espírito Santo. As duas equipes disputam no domingo, às 17h, a final da Taça Guanabara no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica. 

O Verdão de Bacaxá chega primeiro em solo capixaba, desembarcando já nesta sexta-feira, às 19h50. O Rubro-Negro carioca tem chegada prevista para este sábado à tarde, por volta das 16h30. Ambas as equipes ficam concentradas em hotéis de Vitória até o horário da partida. As duas delegações retornam ao Rio de Janeiro no domingo, logo após o jogo. 

Mais de 9 mil ingressos já foram vendidos, de acordo com os organizadores da partida. A carga total é de 19 mil entradas e praticamente a metade já foi comercializada, desde que as vendas físicas foram liberadas, na manhã desta quinta-feira, em diversos pontos de venda espalhados pela Grande Vitória (confira lista abaixo). 

Os ingressos para a decisão do primeiro turno do Campeonato Carioca serão vendidos por R$ 100,00 (meia) e R$ 200,00 (inteira), disponíveis pela internet, no site www.meubilhete.com. Nos pontos físicos, a venda começou quinta-feira (15/02) pela manhã, a partir do horário de abertura de cada loja, com a novidade de o pagamento poder ser realizado no cartão de crédito, parcelado em até 3 vezes sem juros. 

PROMOÇÃO
Leitores do jornal Notícia Agora poderão pagar meia-entrada, bastando recortar o selo-desconto que será publicado no jornal a partir de quinta-feira. Integrantes do Clube do Assinante da Gazeta também terão direito a comprar os ingressos pelo valor de meia, sendo até quatro bilhetes promocionais por assinante. 

SERVIÇO
Boavista x Flamengo
Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica
Data: 18 de fevereiro
Horário: 17h 

Ingressos: R$ 100,00 (meia) e R$ 200,00 (inteira), em dinheiro ou no cartão (parcelado em até 3x sem juros). Gratuidade para crianças de até 2 anos.

Varejão leva a melhor em duelo contra Leandrinho, e Flamengo atropela o Franca



Mais de duas mil pessoas compareceram ne esta quinta à Arena Carioca 1, no Parque Olímpico. Mais do que um duelo entre dois dos principais times do NBB, Flamengo e Franca, o jogo marcava o reencontro do pivô Anderson Varejão, hoje no Rubro-Negro, e do ala Leandrinho, atualmente na equipe paulista. Os dois foram rivais por muitos anos na NBA e parceiros de seleção brasileira. Antes do confronto, Leandrinho desafiou Varejão. Mas foi o camisa 17 do Flamengo que levou a melhor e ajudou seu time a atropelar os visitantes no Rio de Janeiro por 86 a 66.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Promessa da base do Luverdense acerta com o Flamengo



Gabriel Kazu na preparação para o Torneio de Toulon com a Seleção Brasileira Sub-20 (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)Luverdense não conseguiu segurar uma promessa das suas categorias de base. Gabriel Kazu, de apenas 18 anos, tinha contrato com o clube mato-grossense até o fim de 2018, mas foi negociado com o Flamengo e vai integrar as categorias de base do novo clube. O Verdão do Norte não recebe valores de imediato, mas mantém parte dos direitos federativos do atleta. 

Kazu é de Lucas do Rio Verde e chegou ao clube aos 13 anos. Em 2016, quando jogava a Série B do Brasileiro pelo Alviverde, foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira Sub-18. Ano passado disputou o tradicional Torneio de Toulon com a seleção. 

 O Luverdense tinha contrato com Kazu até o fim de 2018 e no meio do ano o jogador poderia assinar um pré-contrato e sair de "graça". Em princípio, o vínculo com o Flamengo será de dois anos. 

- Era um desejo do jogador e não vamos impedir. O Luverdense não ganha nenhum valor imediatamente, mas mantém 30% dos direitos federativos do jogador enquanto ele pertencer ao Flamengo - explicou Maico Gaúcho, diretor executivo do Luverdense. 

Em uma possível venda no futuro, o Luverdense teria essa porcentagem na negociação e ainda mantém uma boa relação com o clube carioca, que sempre empresta jogadores ao Luverdense. Nos últimos anos o volante Muralha e o atacante Douglas Baggio foram alguns exemplos. 

Em sua rede social Kazu se despediu do Luverdense e demonstrou todo o carinho pela cidade e pelo clube. 

- Acabo de me despedir dos meus colegas de trabalho e uma grande emoção tomou conta de mim. Vivi em Lucas do Rio Verde praticamente minha vida toda, levarei essa cidade no meu coração por onde eu for. Gostaria que todos os torcedores alviverdes entendessem que novos desafios não vão diminuir o amor que sinto por esse clube e por essa cidade - disse em declaração na sua rede social. 



Lucas Paquetá inicia 2018 como um dos destaques do Flamengo


Talvez Lucas Paquetá tenha sido o principal legado do ex-técnico Reinaldo Rueda. Sem muitas chances entre titulares no primeiro semestre do ano passado, ele agarrou as oportunidades que teve com o técnico colombiano e começou 2018 já como figura importante no time do Flamengo. Sob o comando de Paulo César Carpegiani, o jovem de 20 anos manteve o ritmo que o valorizou meses antes. 

Algumas características do jogador explicam o momento positivo e por que se tornou um dos xodós da torcida nesta temporada:
Ajuda em diversos setores
Paquetá mostrou, desde o ano passado, que é capaz de ajudar em diversas funções. Quando ganhou as primeiras chances com Reinaldo Rueda, inclusive, atuou improvisado como centroavante. Jogou assim o primeiro jogo da final da Copa do Brasil. Com o técnico Carpegiani, o jovem tem jogado no setor de meio campo, mas também ajudando mais do que de costume na marcação, sem deixar de participar da criação. O treinador tem apostado em um esquema que utiliza apenas um volante. 
 
- Procuro sempre me adaptar a mais de uma função, pois isso me ajuda bastante dentro de campo. O professor Paulo sempre me fala isso, que independe do jogador que vá estar em algum determinado lugar, o que realmente importa é a função que exercemos. Estou feliz de estar jogando assim, trocando bastante de função com Everton e isso enriquece meu aprendizado. 

Jovem de 20 anos é um dos destaques do time em 2018  (Foto: André Durão)


Se destaca ao lado de medalhões
Diego, Éverton Ribeiro e Everton são três dos jogadores que atuam ao lado de Paquetá no esquema atual. Entre os três jogadores de peso do elenco, talvez venha sendo o mais regular e constante. Com os pés no chão, o camisa 11 diz que busca sempre conselhos dos companheiros mais experientes. 

- Eu sempre tento colher o máximo de informações que os mais experientes podem me passar. Sou muito atento a qualquer toque que vá me acrescentar. Atuar ao lado de jogadores como Diego, Éverton Ribeiro e entre outros do elenco, sem dúvidas tem um peso diferente, pois eles sempre me passam muita confiança e isso vem me ajudando bastante dentro de campo - disse o jogador. 

Paquetá ao lado de Diego  (Foto: André Durão / GloboEsporte.com) 
 
 
Saiu do fim para o começo da fila
Há um ano, Paquetá não tinha tantas oportunidades sob o comando de Zé Ricardo - na maioria das vezes não era sequer relacionado. Seu colega de base, Matheus Sávio (hoje emprestado para o futebol de Portugal) estava na sua frente na ''fila'' no primeiro semestre. 

Foi a partir da chegada do técnico Reinaldo Rueda que o jogador foi utilizado com frequência e mostrou bom futebol. Caiu nas graças do comandante, que deixou o Flamengo em janeiro. Com Paulo Cesar Carpegiani, a moral continuou alta.
 
 - Ambos (Rueda e Carpegiani) me passaram confiança e procuraram acrescentar detalhes, como posicionamento, tomadas de decisões para concluir bem as jogadas. Fico feliz por ter as oportunidades de mostrar o meu trabalho e espero continuar correspondendo dentro de campo para ajudar o Flamengo. 
 
 Vontade e entrega o conectam com a torcida 
 
Jogadores da base rubro-negra costumam ter uma relação especial com a torcida do Flamengo. Com Paquetá não foi diferente. O camisa 11 chama atenção jogo após jogo pela entrega em campo. 

No Brasileirão do ano passado, sua arrancada contra o São Paulo - para apertar a marcação numa derrota por 2 a 0 no Pacaembu - virou símbolo para os rubro-negros. Relembre abaixo.
 

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Diego Alves treina com grupo do Flamengo pela 1ª vez e se aproxima de retorno



Diego Alves se aproxima de retorno no Flamengo (Foto: Gilvan de Souza) Pouco mais de dois meses desde a lesão sofrida no ano passado, Diego Alves iniciou mais uma etapa de sua transição e se aproxima de um retorno ao time do Flamengo. Nesta terça-feira, o goleiro trabalhou pela primeira vez com o restante do grupo no gramado do CT do Ninho do Urubu. 

Há dez dias, um exame constatou que o local da cirurgia, na clavícula, estava calcificado. Desde então, ele estava liberado para trabalhos com queda. A ideia da comissão técnica rubro-negra e dar ritmo ao goleiro para a estreia da Libertadores, dia 28, diante do River Plate. 
 
Com isso, a tendência é que atue nos dois primeiros jogos do segundo turno do Campeonato Carioca, contra Madureira e Fluminense. Enquanto Diego Alves não volta, César segue com a titularidade do gol do Flamengo. 

Há duas semanas, o clube apresentou Julio Cesar, que ficará por três meses no Rubro-Negro, antes de encerrar a carreira. Além deles, o clube conta com Thiago e Gabriel Batista no elenco. 

O goleiro rubro-negro fraturou a clavícula na semifinal da Copa Sul-Americana, em novembro. Diego Alves também teve que passar por uma cirurgia. Na época, o departamento médico do Flamengo explicou que o retorno era esperado para cerca de dois meses.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Três jogos, poucas vagas: Flamengo tem últimos ajustes antes da estreia na Libertadores



Henrique Dourado e Carpegiani: técnico encontrou centroavante para substituir Guerrero, ainda suspenso pela Fifa (Foto: Reprodução/Twitter Flamengo)
Restam poucas vagas na equipe de Paulo César Carpegiani. São mais três partidas até a estreia da Libertadores. A final da Taça Guanabara, no próximo domingo contra o Boavista, a estreia na Taça Rio, diante do Madureira, e o Fla-Flu, na segunda rodada. Apenas uma alteração, por ser obrigatória, é certa para encarar o River Plate dia 28 de fevereiro: Cuéllar, suspenso por duas partidas, sai da equipe. 

Jonas hoje é quem mais se aproxima da vaga para a estreia na Libertadores, contra o River Plate. O treinador observou Rômulo, que tinha a preferência inicial de Carpegiani, mas ainda não se convenceu para efetivar o jogador, contratado no ano passado. Em duas partidas em 2018, Rômulo foi substituído - contra o vasco, aos 19 minutos. Contra o Bangu, antes, aos 16 da segunda etapa. Na semifinal diante do Botafogo, não foi para o banco. 

 O estilo menos técnico e dinâmico, porém mais cão de guarda de Jonas, se não é o ideal buscado pelo técnico - na coletiva de imprensa após a semifinal, Carpegiani disse que se quisesse apenas marcação no meio, escalaria zagueiros -, deixa o treinador do Flamengo mais seguro em escalar um meio de campo mais leve, com apenas um volante fixo. 

Diego Alves trabalha por retorno; Arão e Trauco saem atrás
 
No planejamento da comissão técnica, Cuéllar atua apenas mais uma partida. Justamente a final contra o Boavista. Depois, Jonas e Rômulo disputam a posição. Contra o Fluminense, dia 24 de fevereiro, quatro dias antes do duelo com o River, o treinador vai lançar time misto. No clássico, as mudanças são a esperança de jovens talentos da posição, como Ronaldo e Jean Lucas. A dupla teve bom desempenho no início do Carioca, mas ficou fora do banco de reservas nos últimos jogos. 

- Foi muito importante a vitória (contra o Botafogo) para dar prosseguimento aos jogadores que estão retornando. Nesse jogo decisivo (Boavista) é fundamental que essa equipe jogue. No início do returno será essa mesma equipe que vai jogar. Mas contra o Fluminense vou repensar, vai ser outra equipe, com outros jogadores - adiantou o treinador do Flamengo. 

Carpegiani não ignora o crescimento e as boas aparições dos jovens da base, mas deu o recado em entrevista no último sábado ao "Zero Hora", jornal de Porto Alegre (RS). 

- Tenho garotos pedindo passagem. Mas tudo tem seu tempo. Sou realista, não sonhador    - disse o técnico ao periódico gaúcho.
Desde a última semana, Diego Alves faz trabalho em campo sem restrições a quedas: em duas semanas, técnico vai decidir goleiro para o dia 28 (Foto: Gilvan de Souza)


Outra dúvida do treinador vai depender única e exclusivamente de ritmo de jogo. Diego Alves já está de volta aos treinos com o preparador Rogerio Maia, sem restrições - até a última semana ainda havia limitações de quedas no treinamento. César segue em boa forma neste início de temporada de 2018. Mas a vaga é de Diego, que deve ser testado para iniciar a Libertadores. 

Outros antigos titulares vivem situação distintas. Renê foi titular nas últimas partidas e mostra regularidade - embora participe menos do jogo no setor ofensivo, defende bem. O lateral-esquerdo peruano Trauco ainda não estreou em 2018 e dificilmente retoma a vaga até o jogo contra o River Plate.

Arão ainda não fez sua estreia na temporada de 2018: jogador tem chance de retornar contra o Fluminense (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Titular nas últimas duas temporadas, Willian Arão perde espaço também no novo esquema de Carpegiani, que desconversou ao ser questionado como armaria a equipe com o retorno do meia - deixou no ar que Arão fica no banco para levar a campo o time com Diego, Paquetá, Éverton Ribeiro e Everton, com o centroavante Henrique Dourado, no setor de ataque. 

Carpegiani não enxerga em Arão características para a função de primeiro volante. Entende que, apesar da técnica, a marcação pode ser ponto falho. Por isso, vai pensar no retorno de Arão, que hoje parece mais próximo do banco de reservas. 

- Não estou pensando nele ali (primeiro volante) não. Ele precisa se recuperar primeiro e terá a mesma oportunidade que os demais - disse Carpegiani. 


Real "teme seriamente" por Vinicius e quer jogador em julho na Espanha

Vinicius tem seis gols pelo Flamengo em 42 jogos (Foto: Reprodução jornal "Marca") 
 Ainda reserva, mas decisivo no Flamengo, Vinicius Júnior é acompanhado de perto pelo Real Madrid. O clube espanhol contratou a revelação rubro-negra por 45 milhões de euros e segue os passos do jogador. O "Marca" e o "AS" destacam nas edições desta segunda-feira a perfomance do atacante contra o Botafogo. Vinicius entrou no fim e fez um golaço, com direito a chororô e polêmica. 
 
De acordo com o "Marca", os dirigentes do clube madridista querem Vinicius Júnior em julho, quando o atacante completa 18 anos e pode sair do país para defender o time de Madri. A opção da transferência é de Vinicius, em comum acordo com os dirigentes do clube espanhol. 

Além do motivo esportivo, avalia o Real Madrid, segundo o periódico espanhol, que Vinicius Júnior "virou o objetivo número um dos rivais". Ou seja, é um alvo de marcadores e, portanto, corre risco de lesões com o passar dos dias no futebol brasileiro. 

Aos 17 anos, Vinicius Júnior tem 42 partidas pelo Flamengo - com seis gols. O último, em toque bonito de chapa com o pé direito, provocou reação dos adversários. O gesto do "chororô" irritou os jogadores do Botafogo.