Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 10 de maio de 2008

Fla estréia contra o Santos e tenta superar trauma da Libertadores


Jogo será a estréia de Caio Júnior; no Peixe, Leão vai entrar com mistão

Neste domingo, às 18h10m, no Maracanã, Flamengo e Santos iniciam a longa caminhada em busca do título do Campeonato Brasileiro.

As duas equipes, que imaginavam se enfrentar pelas quartas-de-final da Libertadores, vivem climas opostos após a eliminação do Rubro-Negro.

Agora, os cariocas voltam todas as suas atenções para a disputa do nacional, enquanto o Peixe vai priorizar a competição mais importante do continente e poupar alguns titulares.

No Flamengo, a ordem é esquecer o vexame da eliminação contra o América-MEX e voltar as atenções totalmente para a disputa do Campeonato Brasileiro. Calejado depois do início ruim em 2007 depois da eliminação nas oitavas da Libertadores (assim como neste ano), o vice-presidente de futebol do Fla, Kléber Leite, decretou o supultamento do assunto "eliminação" na Gávea.

- Passado é passado, morreu, vamos olhar para frente agora. A estréia no Campeonato Brasileiro está muito próxima, não podemos carregar peso para este jogo. O assunto Libertadores está absolutamente sepultado no Flamengo. Estabelecemos uma meta, que é chegar na frente no Brasileiro - afirma.


FLAMENGO
Bruno, Leo Moura, Leonardo, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton, Kléberson, Ibson e Toró ; Marcinho e Souza.

Técnico: Caio Júnior.


SANTOS
Douglas, Filipi (Dionísio), Domingos, Marcelo e Carlinhos; Adriano, Adoniran, Paulo Henrique e Vítor Júnior; Wesley e Lima
Técnico: Leão.

Estádio: Maracanã.

Data: 11/05/2008.

Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa.PR).

Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa/PR) Gilson Bento Coutinho (PR).

Clima continua quente no Flamengo e Bruno discute com torcedores na Gávea


O goleiro Bruno discutiu com torcedores do Flamengo após o treinamento deste sábado, na Gávea.

Durante a atividade, o camisa 1 foi xingado por alguns rubro-negros que acompanhavam a atividade.

Segundo a 'Rádio Tupi', Bruno não gostou e partiu em direção aos torcedores para tirar satisfação.
Os seguranças do clube foram acionados e o caso ficou só nas agressões verbais.

O goleiro saiu da Gávea cantando os pneus do carro, mostrando muita irritação.

Ele está confirmado para o jogo contra o Santos, neste domingo, às 18h10, no Maracanã.

Flamengo abre no segundo tempo e vence pelos playoffs


Grande favorito ao título, o Flamengo abriu, neste sábado,os playoffs do Nacional masculino de basquete com uma vitória por 90 a 77 sobre o Cetaf/Vila Velha, jogando em casa.

M S T movimento dos sem títulos

Flamengo Imbatível no Rio, 30 Títulos

de 1996 a 2008, 13 anos, 8 finais, 8 títulos.

vasco Hexa vice

Campeonato Carioca
1996/1999/2000/2001/2004
Copa do Brasil
2006
..................................

Botafogo bi vice
Campeonato Carioca
2007 /2008
..............................

Flu 3ª divisão do Brasileiro

29 títulos estaduais
- O título de 2002 não é reconhecido pela federação de futebol RJ
- O flu começou no futebol em 1902 o Fla em 1912
- Em 2000 foi convidado a participar da 1ª divisão
do campeonato brasileiro.

sexta-feira, 9 de maio de 2008

FLAMENGO tabela de jogos

Maio
Domingo 11/05
18:10 Brasileirão 2008 1ª rodada Flamengo x Santos
Domingo 18/05
16:00 Brasileirão 2008 2ª rodada Grêmio x Flamengo
Sábado 24/05
18:10 Brasileirão 2008 3ª rodada Flamengo x Internacional
Junho
Domingo 01/06
18:10 Brasileirão 2008 4ª rodada Fluminense x Flamengo
Sábado 07/06
18:10 Brasileirão 2008 5ª rodada Flamengo x Figueirense
Sábado 14/06
16:00 Brasileirão 2008 6ª rodada Flamengo x São Paulo
Domingo 22/06
16:00 Brasileirão 2008 7ª rodada Ipatinga x Flamengo
Domingo 29/06
16:00 Brasileirão 2008 8ª rodada Sport x Flamengo
Julho
Sábado 05/07
18:10 Brasileirão 2008 9ª rodada Flamengo x Náutico
Quarta-feira 09/07
21:45 Brasileirão 2008 10ª rodada Atlético-MG x Flamengo
Domingo 13/07
18:10 Brasileirão 2008 11ª rodada Flamengo x Vasco
Quinta-feira 17/07
20:30 Brasileirão 2008 12ª rodada Coritiba x Flamengo
Domingo 20/07
18:10 Brasileirão 2008 13ª rodada Flamengo x Vitória
Quarta-feira 23/07
21:45 Brasileirão 2008 14ª rodada Portuguesa x Flamengo
Domingo 27/07
18:10 Brasileirão 2008 15ª rodada Flamengo x Botafogo
Quarta-feira 30/07
21:45 Brasileirão 2008 16ª rodada Palmeiras x Flamengo
Agosto
Domingo 03/08
16:00 Brasileirão 2008 17ª rodada Flamengo x Cruzeiro
Quarta-feira 06/08
21:45 Brasileirão 2008 17ª rodada Goiás x Flamengo
Sábado 09/08
18:10 Brasileirão 2008 19ª rodada Flamengo x Atlético-PR
Domingo 17/08
16:00 Brasileirão 2008 20ª rodada Santos x Flamengo
Quarta-feira 20/08
20:30 Brasileirão 2008 21ª rodada Flamengo x Grêmio
Domingo 24/08
16:00 Brasileirão 2008 22ª rodada Internacional x Flamengo
Domingo 31/08
16:00 Brasileirão 2008 23ª rodada Flamengo x Fluminense
Setembro
Sábado 06/09
16:00 Brasileirão 2008 24ª rodada Figueirense x Flamengo
Domingo 14/09
16:00 Brasileirão 2008 25ª rodada São Paulo x Flamengo
Domingo 21/09
16:00 Brasileirão 2008 26ª rodada Flamengo x Ipatinga
Domingo 28/09
16:00 Brasileirão 2008 27ª rodada Flamengo x Sport
Outubro
Sábado 04/10
16:00 Brasileirão 2008 28ª rodada Náutico x Flamengo
Sábado 11/10
16:00 Brasileirão 2008 29ª rodada Flamengo x Atlético-MG
Domingo 19/10
16:00 Brasileirão 2008 30ª rodada Vasco x Flamengo
Sábado 25/10
16:00 Brasileirão 2008 31ª rodada Flamengo x Coritiba
Quarta-feira 29/10
20:30 Brasileirão 2008 32ª rodada Vitória x Flamengo
Novembro
Domingo 02/11
16:00 Brasileirão 2008 33ª rodada Flamengo x Portuguesa
Domingo 09/11
16:00 Brasileirão 2008 34ª rodada Botafogo x Flamengo
Domingo 16/11
16:00 Brasileirão 2008 35ª rodada Flamengo x Palmeiras
Domingo 23/11
16:00 Brasileirão 2008 36ª rodada Cruzeiro x Flamengo
Domingo 30/11
16:00 Brasileirão 2008 37ª rodada Flamengo x Goiás
Dezembro
Domingo 07/12
16:00 Brasileirão 2008 38ª rodada Atlético-PR x Flamengo

Flamengo deixa de ganhar R$ 20 milhões


Com a eliminação na Libertadores, o Flamengo deixará de arrecadar aproximadamente 20 milhões de reais, somados os valores que o clube reberia caso chegasse à final, assim como as rendas de público nos jogos no Maracanã.

O vice de futebol do Flamengo, Kleber Leite, garante que isso não afetará as contas do clube, mesmo com a desclassificação inesperada:
- O elenco do Flamengo é compatível com o peso do clube. Cada um com seu cada um. Teríamos seis jogos a mais se continuássemos na Libertadores.
Estamos tristes muito mais pela desclassificação do que pelo aspecto financeiro - disse o dirigente à Rádio Manchete.
- Vamos começar de novo. A vida no Flamengo é assim. Gostaria de vencer tudo sempre, mas infelizmente é impossível - completou.

Basquete: Flamengo bate o Brasília no último jogo antes do mata-mata do Nacional


No último jogo da primeira fase do Nacional masculino, o Flamengo derrotou o Brasília por 103 a 96 no ginásio da Gávea, no Rio de Janeiro.
O cestinha da partida foi Marcelinho Machado, autor de 30 pontos.

O Fla já estava garantido na primeira posição e vai para o mata-mata com vantagem no mando de quadra. - Terminar a primeira fase com uma vitória é muito bom. A equipe mostrou que está bem e totalmente recuperada das duas últimas derrotas. Apresentamos postura de um time vencedor.

Fizemos uma excelente campanha na fase regular, mas playoff é outro campeonato. O nosso objetivo continua sendo o título inédito e vamos fazer de tudo para chegar lá. E para isso, contamos também com o apoio da nossa torcida - diz Marcelinho.

O Flamengo terminou a fase inicial com 19 vitórias e três derrotas e terá pela frente o Vila Velha, que acabou na oitava colocação com nove vitórias e 13 derrotas. O primeiro jogo será disputado na casa rubro-negra neste sábado às 11h.

Confira os confrontos das quartas-de-final:

Flamengo (1º) x Vila Velha (8º)
Minas (2º) x Vitória (7º)
Brasília (3º) x Uberlândia (6º)
Rio Claro (4º) x Joinville (5º)

Fábio Luciano: 'Levamos um tombo feio, mas vamos nos reerguer'

"Um tombo feio." Desta forma, o zagueiro e capitão doFlamengo, Fábio Luciano classificou a derrota por 3 a 0 para o América-MEX e a eliminação do time na Taça Libertadores, na quarta-feira, no Maracanã.

Machucado, o jogador não atuou contra os mexicanos, mas sentiu na pele o sofrimento após o fracasso.

O líder dos rubro-negros garantiu que a equipe não menosprezou o adversário e afirmou que o
pensamento agora tem que ser na disputa do Brasileiro, que começa no domingo.

- Tomamos um tombo feio, mas vamos no reerguer. Precisamos amadurecer, a alegria de trabalhar, de jogar, vai voltar. Não acho que teve comemoração demais. Nós festejamos no domingo, depois já treinamos e nos concentramos, mas as coisas não deram certo.
Vão procurar muitas explicações agora, mas isso é do futebol.
O time vem dando conta do recado há dez meses, e vamos ter que resgatar tudo isso agora - afirma.

A ausência do zagueiro foi muito sentida na partida, o que ligou o sinal de alerta.
Para o capitão, o Fla não pode depender apenas dos seus titulares no longo Campeonato Brasileiro.
- O grupo tem que saber conviver quando algum jogador importante ficar de fora, porque ninguém é de ferro e o Brasileiro é longo - encerra.

Chegada de Caio Júnior anima Jônatas


Volante, que não teve
muitas chances com
Joel Santana,
garante estar pronto
para entrar em campo
se for chamado pelo
novo comandante do Fla.

A entrada do técnico Caio Júnior na vaga de Joel Santana, que vai comandar a seleção da África do Sul na Copa do Mundo, deu ânimo extra a alguns jogadores que não estavam sendo relacionados, como o volante Jônatas, um dos mais queridos do torcedor do Flamengo.
Nesta quinta, o treinador disse que vai conversar com cada atleta para saber de que forma gosta mais de jogar.
O jogador garante que está pronto para entrar em campo caso Caio Júnior o escale.
- Com a chegada do Caio Júnior, tenho mais esperança de jogar. Estou há duas semanas aprimorando a parte física e estou bem, me falta apenas ritmo de jogo - diz.

Jônatas não conseguiu conquistar a confiança do técnico Joel Santana, e ainda foi prejudicado por uma lesão muscular na coxa direita. Ele, no entanto, garante que não guarda mágoa de Joel.
- Não tinha problemas como a pessoa Joel, mas claro que ficava chateado de não jogar, todo jogador fica. Não gosto de ficar só recebendo para treinar - afirma.

Na final do Campeonato Carioca, Jônatas, que não foi relacionado para a partida, preferiu assistir ao jogo de casa, e não participou da festa da entrega do troféu com os companheiros.

Caio Júnior decreta fim dos lamentos na Gávea pós-vexame


Mudar a página é o objetivo do técnico Caio Júnior, que acreditou que assumiria um time nas quartas-de-final da Libertadores e acordou no meio de uma turbulenta eliminação precoce na competição mais importante do continente.

Sem esconder o desapontamento, o treinador quer começar a passar para o time o que espera que aconteça a partida desde domingo, quando o Flamengo estréia no Campeonato Brasileiro, contra o Santos.
- Fiquei muito chateado, gostaria muito de dar seqüência na Libertadores. Mas temos que pensar de maneira positiva, temos um campeonato longo e importante pela frente. Temos que estar prontos.

Fiquei muito triste também pelo Joel, que não merecia isso. Foi um jogo atípico. O Flamengo teve 80% de posse de bola e não conseguiu fazer os gols, e eles decidiram o jogo em poucos ataques. Mas agora temos que ganhar do Santos, a Libertadores acabou - decreta.

Caio Júnior será julgado pelo STJD e pode até ficar fora do Brasileirão


Atônita com a eliminação na Taça Libertadores, a torcida do FLAMENGO pode receber outra péssima notícia muito em breve.

O Rubro-Negro poderá ficar sem técnico Caio Júnior durante o Campeonato Brasileiro, onde o clube estréia no próximo domingo contra o Santos, no Maracanã.

De acordo com o site Justiça Desportiva, o novo técnico do Fla será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), na próxima terça-feira, dia 13 de maio, a partir das 17h, por ter sido expulso na Copa do Brasil, quando ainda era o treinador do Goiás. Caso seja condenado, pode ficar no mínimo 150 dias suspenso

Caio Júnior foi expulso por invadir o campo e ofender o árbitro Leandro Pedro Vuadem na partida contra o Corinthians, válida pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.


O departamento jurídico do clube foi pego de surpresa. O advogado do Fla que deve defender o treinador, Michel Assef Filho, ainda vai se interar do processo para, a partir daí, preparar a estratégia de defesa.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Psicólogo do Fla sugere 'levantar a poeira'

A derrota para o América do México estremeceu o ambiente na Gávea.
Para tentar conter os ânimos, o psicólogo Paulo Ribeiro conversará muito com os jogadores para que o bom trabalho que vem sendo executado tenha seqüência.

- Como a gente diz na área clínica, é preciso viver este luto. É normal estar triste, mas isso tem de durar no máximo dois dias. No terceiro, já tem de levantar a cabeça e buscar outros rumos.

Passada a melancolia, tem de se levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima - disse o psicólogo.

O fato de o Flamengo cumprir uma suspensão e ter de estrear no Campeonato Brasileiro com o Maracanã sem público foi comemorado por Paulo Ribeiro, que diz que assim os jogadores terão calma para dar o melhor contra o Santos.

- Não pode se abater muito tempo. Curiosamente, jogar de portões fechados é bom por causa da tranqüilidade - declarou.

O psicólogo comentou também o fato de muitas pessoas terem achado que o Flamengo não enfrentou o América-MEX com a seriedade necessária a um jogo de Libertadores da América.

- Entusiasmo que toma conta do Rio e do Brasil é que cria esse clima de euforia em cima do Flamengo.

Não é o time que não sabe lidar com isso. A euforia que toma conta de uma nação é que deixa a gente um pouco mais relaxado, acho que ficamos muito relaxados, até por causa da vantagem - encerra.

'Salto alto' do Flamengo vira exemplo para Abel Braga


Técnico do Inter, convidado
para assumir o FLAMENGO,
diz que clube carioca foi
eliminado por um 'time
horroroso'

Quando pisou no vestiário do
Beira-Rio após a vitória de
1 a 0 sobre o Sport, nesta
quarta-feira, o técnico Abel
Braga trocou a vibração pelo
resultado por um tremendo
susto.

A notícia de que o Flamengo havia levado 3 a 0 do América e estava fora da Libertadores deixou o técnico do Inter boquiaberto.

Minutos depois, ele falou que o clube carioca teve salto alto e já começou a usar a tragédia dos cariocas como exemplo para o Colorado.

Não acreditei. Só podiam estar brincando. O América é um dos clubes mais ricos e com a segunda maior torcida no mundo, mas eu acho esse time horroroso, sem brios.

Não acreditei. Foi um salto alto muito grande. É o inverso da minha equipe. Ganhamos apertado e vamos decidir fora. Até podemos perder, mas vamos entrar ligados - afirma Abelão.

O treinador colorado mantém elos com o clube da Gávea. É amigo pessoal de alguns dirigentes e tem relação de amizade com Joel Santana.


Recebeu dele um telefone pessoal há cerca de dez dias com um convite para que assumisse o Flamengo. Mesmo com a possibilidade de ser novamente campeão da Libertadores, preferiu manter o projeto no Inter, onde já conquistou a Copa Dubai e o Campeonato Gaúcho em 2008.

Flamengo tenta juntar os cacos e se prepara para o Brasileirão


O Flamengo ainda não se recuperou da surpreendente eliminação da Copa Libertadores, mas amanheceu nesta quinta com a certeza de que, a partir de agora, o trabalho recomeça do zero.


Após uma rápida reunião entre comissão técnica, dirigentes e jogadores no vestiário, apenas os reservas e aqueles que não atuaram 90 minutos contra o América treinaram pela manhã na Gávea.


Apesar do clima de consternação, o técnico Caio Júnior procurou mostrar otimismo em relação ao futuro, já que no domingo o time estréia contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, num Maracanã com portões fechados:


- A Libertadores era um sonho meu, mas agora temos de nos concentrar no Brasileiro - disse o treinador. - Preciso de todo elenco. Vou usar muito a parte psicológica e ver o que melhorar na formação tática.


Além da mudança de filosofia em relação ao trabalho de Joel Santana, Caio também deve fazer modificações na escalação do time para o primeiro jogo sob seu comando.

Fábio Luciano, que foi poupado contra o América do México devido a um problema muscular na coxa, sem gravidade, dificilmente estará à disposição, assim como Leonardo Moura.

O zagueiro Rodrigo, que já treina com bola após se recuperar de uma fratura no braço, pode ficar no banco.

Caio começará a definir o time na sexta, em um trabalho tático.

Nas próximas 24 horas, sua preocupação é mostrar ao grupo que tem confiança em todos


- Temos que analisar o momento. O Flamengo é o campeão estadual, havia a expectativa da Libertadores, até em função da vantagem, mas o time foi eliminado de forma atípica.

Agora é o Brasileiro, e o grupo tem condições de fazer um grande campeonato.

E o meu trabalho vai ser reconhecido - concluiu o treinador.


Ridículo! Fla faz festa para Joel e time alcoolizado é eliminado



Joel abandona o clube na reta final da competição e dirigentes , jogadores e muitos torcedores fazem festa achando isso normal , muito legal.
O resultado não poderia ser outro. Se esse novo técnico não tiver personalidade muito forte para se impor vamos fazer vergonha no Brasileiro.

Torcedores atiram pedras em ônibus do Fla

Parte da torcida do Flamengo demonstrou indignação com a derrota por 3 a 0 para o América-MEX e a desclassificação na Copa Libertadores. Assim que os jogadores do time rubro-negro entraram no ônibus, um grupo atirou pedras em direção ao veículo.

A situação só foi contornada graças à ação da Polícia Militar. Pouco depois do início da confusão, os policiais entraram em cena e dispersaram o grupo.

O Flamengo foi eliminado na despedida do técnico Joel Santana, que comandará a seleção da África do Sul. A equipe carioca havia vencido a partida de ida, no México, por 4 a 2.

Público: 50.936 pagantes

quarta-feira, 7 de maio de 2008

O Imbatível FLAMENGO


1996 a 2008 ( 13 anos )


8 decisões =
8 títulos



1996- CAMPEÃO CARIOCA

1999- CAMPEÃO CARIOCA

2000- CAMPEÃO CARIOCA

2001- CAMPEÃO CARIOCA

2004- CAMPEÃO CARIOCA

2006- CAMPEÃO COPA DO BRASIL

2007- CAMPEÃO CARIOCA

2008- CAMPEÃO CARIOCA

Ministério da Saúde adota 'chororô' em campanha


O gesto do 'chororô', criado pelo atacante Souza (FLAMENGO) como uma forma de ironizar as reclamações dos jogadores do Botafogo após a derrota na final da Taça Guanabara, foi adotado em uma campanha oficial do Ministério do Saúde.


O gesto de esfregar os dois olhos com as mãos foi repetido por um dos atores de um anúncio do Governo Federal veiculado em emissoras de TV para incentivar os maiores de 60 anos a se vacinarem contra a gripe.


Em uma das cenas, um senhor idoso vence um rapaz em uma partida de dominó e, na comemoração, repete o gesto do atacante do Flamengo.

Rubro-negros criam 'novas camisas' para o Botafogo

Na Internet, torcedores do Fla ironizam alvinegros e, por tabela, vascaínos.



No pódio no centro do gramado do Maracanã após a conquista do título carioca de 2008, Souza, Obina, Leo Moura e Cristian (FLAMENGO) deixaram 'o acordo de paz' com o Botafogo de lado e simularam o 'chororô', ironizando as reclamações dos alvinegros após a decisão da Taça Guanabara.


As brincadeiras com o adversário batido em campo continuaram fora do campo.


Torcedores rubro-negros não perdoaram os alvinegros e brincam com os adversários na decisão de várias formas.


Alguns compraram faixas de vice-campeão em vendedores ambulantes e 'presentearam' amigos alvinegros.


Na Internet, rubro-negros usam a criatividade para mexer com os botafoguenses, derrotados em três finais seguidas (Carioca-2007, Taça Guanabara-2008 e Carioca-2008).


uma das brincadeiras preferidas atinge por tabela os torcedores do vascu: duas 'camisas' do Botafogo difundidas por e-mails.


Em uma, o escudo do Botafogo ocupa o lugar reservado ao do vascu na camisa número dois do time dono do galinheiro de São Januário.


Em outra versão, as listas verticais da camisa do Botafogo viram diagonais, em mais uma alusão ao vascu e às derrotas para o Flamengo em decisões nos últimos anos.

Fla x América-MEX: mais de 18 mil ingressos vendidos

Na ressaca do título carioca, 18.464 torcedores rubro-negros já garantiram um lugar no jogo Flamengo x América do Mexico, nesta quarta-feira às 21h50m, no Maracanã.
Além de valer uma vaga nas quartas-de-final da Libertadores, a partida marca a despedida de Joel Santana do comando rubro-negro.
Kléber Leite diz que a diretoria do Fla está estudando a possibilidade de homenagear o comandante rubro-negro em seu jogo de despedida.

Nesta quarta, as vendas recomeçam às 11 horas em todos os postos, com exceção das bilheterias do Maracanã. Foram disponibilizadas 68.130 entradas.

Confira preços :

Arquibancadas Verdes ou Amarelas
R$ 40 (meia-entrada: R$ 20)
Arquibancadas Brancas
R$ 50 (meia-entrada: R$ 25)
Cadeiras Especiais
R$ 150 (meia-entrada: R$ 75)
Cadeiras Comuns
R$ 30 (meia-entrada: R$ 15)

Pontos de venda:

Bilheterias da Gávea (sede do Flamengo)
General Severiano (sede do Botafogo)
Estádio Caio Martins (Niterói)
bilheteria 8 do Maracanã
Engenhão bilheteria norte.

Das 11 às 17 horas.

Nike oferece R$ 18 milhões para ficar no Flamengo


Reunião na Gávea tenta aparar arestas na turbulenta relação.
Presidente Marcio Braga não descarta acordo.

Um dirigente chegou a anunciar que a Nike estaria foa dos planos do Flamengo. Não está. Nesta terça-feira, uma reunião na Gávea recolocou o fornecedor de material esportivo na briga para manter-se no clube.

A empresa americana ofereceu R$ 18 milhões anuais para renovar o compromisso, que termina em junho do próximo ano.

O valor equivale ao dobro do que o Rubro-Negro recebe atualmente.
- A proposta é boa e será analisada.
Eles não querem perder o Flamengo - declara o presidente Marcio Braga.

A relação entre as partes está abalada desde 2007.
Neste ano, porém, as rusgas se acirraram e chegaram ao ápice no último
fim de semana, quando a Nike lançou uma camisa comemorativa do
bicampeonato carioca na véspera da final contra o Botafogo.

- Queríamos romper o compromisso amigavelmente porque eles não nos
atendem mais. Mas não descartamos um acordo. Vamos ver o que
acontece - diz o mandatário do Fla.

A diretoria do clube tem em mãos duas propostas de empresas
interessadas em fornecer material esportivo.
Uma delas chega à casa dos R$ 20 milhões anuais.

terça-feira, 6 de maio de 2008

Flamengo rompe contrato com fornecedora de material esportivo

Plantão Publicada em 06/05/2008 às 12h22mO Globo Online

RIO - O Flamengo anunciou na manhã desta terça-feira o rompimento do contrato com a Nike, sua fornecedora de material esportiva. A relação, que já estava desgastada, piorou de vez quando a empresa colocou à venda ainda no sábado camisas comemorativas ao título carioca deste ano, que o clube conquistou no domingo ao derrotar o Botafogo.

- Foi feita a notificação. O Flamengo já dá como rescindido o contrato com a Nike. Agora é esperar o processo judicial. Foi uma coisa muito séria, que ofendeu os nossos princípios, os princípios desportivos, e o Flamengo não é um clube arrogante. O que a Nike fez foi menosprezar os adversários do Flamengo. Não queremos mais negócio com eles - disse Michel Asseff, advogado do clube, ao site globoesporte.com.

Segundo Asseff, o Flamengo poderia até atuar com um uniforme alternativo nesta quarta, contra o América, do México, na partida de volta das oitavas-de-final da Libertadores.

- Já está rompido o contrato. A decisão quanto ao uniforme de quarta cabe à diretoria. Mas acho que há a possibilidade de um uniforme alternativo sim - disse o advogado

Premiação dos melhores do Campeonato Carioca


O FLAMENGO mais uma vez comemorou
a conquista do 30º título carioca, mas
o nome da noite de premiação dos
melhores do Campeonato Carioca foi Ronaldo.
O Fenômeno foi alvo de piadas da dupla de humoristas do programa 'Zorra Total'
da TV Globo, em noite protagonizada por Fla e Bota.

Os jornalistas foram os responsáveis pela escalação dos melhores em suas posições.

Confira abaixo os premiados da noite:

Seleção: Bruno, Wagner Diniz, Thiago Silva, Fábio Luciano e Juan; Túlio, Ibson, Thiago Neves e Lucio Flavio; Wellington Paulista e Washington.

Técnico: Cuca

Artilheiro: Wellington Paulista

Melhor jogador: Lucio Flavio

Melhor árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca

Revelação: Alexsandro ( que disputou a competição pelo Resende )

Time mais disciplinado: Fluminense

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Fla estréia no Brasileiro sem torcida


A torcida do Flamengo não poderá
prestigiar a estréia do campeão carioca
no Campeonato Brasileiro, no próximo
domingo, contra o Santos, no Maracanã.

O clube rubro-negro terá que cumprir
punição imposta no ano passado pelo
Superior Tribunal da Justiça Desportiva (STJD),
devido a uma lata atirada no campo na partida contra o Gremio, em 21 de outubro.

O STJD aceitou que o Flamengo não cumprisse a punição no último jogo da equipe no Maracanã pelo Brasileirão-2007, contra o Atlético-PR, em 25 de novembro, na penúltima rodada da competição. Mas, nesta segunda-feira, a Diretoria de Competições da CBF confirmou que Fla x Santos, às 18h10m do dia 11, será disputado com portões fechados.

O clube rubro-negro confirmou a partida para o Maracanã. E sem público.
- Não há mais tempo hábil, de acordo com o regulamento, para mudarmos o local. Então, a partida está confirmada para o Maracanã e com portões fechados - diz o coordenador de arrecadação do clube, Flávio Pereira.

O duelo pode ser o primeiro de uma seqüência de três entre Flamengo e Santos.
Se passarem pelas oitavas-de-final da Taça Libertadores, os dois clubes vão se enfrentatar na próxima fase da competição.

Para Ferj, Fla ultrapassa Flu em títulos

Na página da Ferj, título de 2002 ainda não foi creditado ao Fluminense.

Conquista de domingo deixa Rubro-Negro com 30 estaduais. Tricolor tem 29 confirmados.

A rivalidade entre Flamengo e Fluminense ganha mais um capítulo.
Nesse domingo, com a vitória sobre o Botafogo, os rubro-negros chegaram
ao 30º título do Campeonato Carioca, mesmo número que enche
os tricolores de orgulho.

O detalhe é que, segundo o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj, Rubens Lopes, o Fla passa a liderar o ranking dos campeões, superando o rival.

De acordo com Rubens Lopes, no momento, o time da Gávea está isolado na condição de maior campeão estadual.

Em entrevista à Rádio Brasil, o presidente da Ferj confirma que o título de 2002, conquistado pelo Tricolor, ainda não foi homologado.
- Eu confirmo que o Campeonato Carioca de 2002 ainda não tem decisão homologada.
A decisão está no Tribunal, e será a Justiça que vai decidir.
Espero que a decisão saia rápido e não demore como o título do Botafogo
(de 1907), que demorou 90 anos para ser definido. Judicialmente ainda
não pode ser considerado título - diz.

Entenda o caso :
Uma confusão na semifinal contra o Bangu, no dia 16 de junho, fez o campeonato parar na Justiça. O jogo terminou 0 a 0, e o placar classificou o Tricolor para a final contra o Americano.
Mas o juiz Reinaldo Ribas anulou de forma errada um gol do Bangu no último minuto da prorrogação, marcado pelo goleiro Eduardo.
O árbitro alegou que o jogador desviou a bola para o gol com a mão, o que não aconteceu.

Classificado para a final, o Fluminense venceu o Americano na decisão.
Mas a diretoria do Bangu resolveu, então, entrar na Justiça por causa do erro do árbitro pedindo a anulação do campeonato.
Mais de cinco anos depois, o caso ainda não foi julgado.

Caio Júnior chega nesta terça-feira


Ex-treinador do Goiás foi confirmado pelo Flamengo como substituto de Joel Santana.


Acabou o mistério. O vice-presidente de futebol do Flamengo,Kléber Leite, confirmou nesta segunda-feira o nome de Caio Júnior como substituto de Joel Santana no comando técnico do rubro-negro.


O novo treinador se apresenta nesta terça-feira, às 14h30m,
no auditório Rogerio Steinberg, na Gávea.


Apesar da pouca experiência, o treinador se considera com características
semelhantes ao 'Papai' Joel, principalmente a sinceridade.


- No Paraná eu tinha uma equipe totalmente desconhecida e cheguei
na Libertadores. No Palmeiras todos sabem da situação (elenco reduzido)
e disputamos uma vaga na Libertadores até a última rodada.


Nunca tive problema com ninguém. Falo a verdade, olho no olho,
e com essa franqueza conquisto os jogadores. Talvez essa também seja
a linha do Joel também, de trabalhar sempre com a verdade.



Toró: 'Corri pelo Joel, meu segundo pai'


Depois de ser esculhambado, jogador anula botafoguenses e dá a volta por cima.

A cada dividida que Toró ganhou dos botafoguenses - e foram muitas - ele olhou para o banco de reservas. Viu o técnico Joel Santana e pensou: "Por ele, vale a pena".

Depois de passar por um maremoto na vida pessoal e profissional, o jogador saiu de campo aplaudido na final do Campeonato Carioca.
Resposta aos críticos? Que nada.

O dirigente do Botafogo Carlos Augusto Montenegro( Marginal e Filho
da Puta ) chegou a chamá-lo de marginal e covarde.

Mas Toró queria provar à sua família. Mesmo um deles sendo um "chorão",
como ele mesmo diz. - Meu pai, Francisco, é botafoguense. Logo, é um chorão.

Essa atuação foi para provar para a minha família. Estava em uma
situação difícil, mas meus pais, minha esposa e meus familiares deram força.

Mesmo quando foi açoitado publicamente, Toró sempre teve um aliado
ao seu lado: o técnico Joel Santana.

O comandante costuma chamá-lo de Torozinho e considerou uma
injustiça as críticas ao pupilo.

Toró dedicou o título ao seu "advogado". - Eu joguei por aquele cara
que estava ali na beira do campo.

Ele está indo embora e merecia esse título demais. É um segundo pai.
Corri por ele - diz.

domingo, 4 de maio de 2008

Souza apostou no vice alvinegro


Atacante do Flamengo afirma que já sabia que os adversários iriam chorar novamente!

Polêmica é com ele mesmo.

O atacante Souza, do Flamengo, que já havia feito sinal de choro para provocar os botafoguenses após a conquista da Taça Guanabara, mandou um novo recado aos rivais.
Souza afirmou que esperava que o Botafogo fosse ser vice-campeão.

No vestiário rubro-negro, o jogador comemorou o título estadual de 2008 e avisou que já sabia que os alvinegros iriam chorar novamente.

Após a provocação, o atacante - que passou em branco nos dois jogos finais - se juntou aos companheiros e comemorou o bicampeonato no festivo vestiário do Flamengo.

Dupla sai do banco, marca, e Fla é bi-campeão

Joel coloca Obina e Tardelli no intervalo, e os dois garantem 30º título carioca da equipe


Três décadas e 30 títulos de Marcio Braga


Dirigente comemora igualdade em triunfos com o Flu e sonha com dias melhores em 2008.

Marcio Braga assumiu o FLAMENGO pela primeira vez em 1977 e conquistou seu primeiro título como dirigente no ano seguinte.

Agora, 30 anos depois, o mandatário rubro-negro chega a sua 30ª conquista como presidente do clube de maior torcida do mundo.

Com o triunfo de 2008, ele levanta o seu sexto estadual no comando da equipe da Gávea.


Feliz com a conquista, que acompanhou no Maracanã, Marcio Braga falou de sua carreira vitoriosa como dirigente rubro-negro.- É o meu 30º título, curioso isso, não?

O meu primeiro campeonato, a minha primeira conquista aconteceu em 1978.

São 30 campeonatos em 30 anos. Igualamos o Fluminense e fico feliz por isso.

Demos todas as respostas possíveis.


Em 2009, o Flamengo vai ser o clube de maior arrecadação do Brasil - vibra o dirigente.


Os principais títulos do dirigente do Flamengo, além dos seis estaduais, são três brasileiros e uma Copa do Brasil.


Em 2008, o presidente ainda tem a chance de conquistar a Libertadores e o campeonato nacional.




Torcida já lança 'Obina Eterno' na internet

Uma final para relembrar o 'Obina facts'
Exibição de gala diante do Botafogo faz o Anjo Negro cair nos braços da galera, de novo.

Herói do 30º título carioca do Flamengo, com três gols nos dois jogos decisivos contra o Botafogo, o camisa 18 mais uma vez é intocável aos olhos do torcedor, ou até mesmo eterno, como sugere a montagem ao lado. Tanta idolatria fez relembrar do que só Obina é capaz.

Confira alguns Obina Facts:

Obina não chuta à gol, ele maltrata a bola até ela sair correndo.

Obina não usa relógio, ele decide que horas são.

Obina não é gordo, ele tem fome de bola.

Deus perdoa, Obina não.

Obina consegue comer 50 acarajés em 20 segundos.

Obina não chuta de trivela, ele dá um Roundhouse Kick na bola.

Obina inventou o futebol em 6 dias. No sétimo ele descansou.

Zico gritou: “Bate para o gol , Obina”. Obina respondeu: “Peça por favor.”

Entre Pelé e Maradona, Obina ganha.

98% das mulheres do mundo perderam a virgindade com Obina,
2% das mulheres fazem parte da família dele.

Não existem lésbicas. Existem mulheres que não conheceram Obina.

Ser ou não ser?” Eis a questão. “Obina.” Eis a resposta.

Quando Obina marca um gol, ele não corre em direção da arquibancada com o dedo levantado para agradecer a torcida, mas para chamar o vendedor de pipoca.

Onde o goleiro pisa, jamais nasce grama de novo. Onde Obina pisa, nasce um jardim inteiro.

Se Obina ainda não fez gol em um jogo, o jogo ainda não acabou.

…e então Zagallo disse: “Vocês vão ter que me engolir!”. Obina retrucou: “Com pimenta ou sem pimenta?”

Aliás, “Obina é Seleção” tem 13 letras.

Deus é 10, Romário é 11, Black Label é 12 e de 18 pra cima o Obina pega todas.

Certa vez numa pelada, Obina preparava-se para bater a falta e o goleiro gritou: “chuta igual a homem!”. Nascia a bola de futebol americano.

Um dia Obina e o super-homem travaram um duelo em chutes a gol. O perdedor teria que usar cueca por cima da camisa pro resto da vida.

Dom Pedro: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico!”.
Obina: “Isso, aproveita e vai na cozinha pegar um acarajé pra mim.”

Após Obina assistir o filme “O Chamado”, o telefone tocou. Obina atendeu. Samara: “Quem é?” Obina: "OBINA." Samara: “Desculpa, foi engano.”

Nas transmissões de jogos, Galvão Bueno fica na cabine exibindo cartazes dizendo “Alô, Obina! Olha pra gente!”

Bruno cada vez mais apaixonado pelo Fla


Goleiro falhou no gol do Botafogo, mas a torcida rubro-negra não deixou de apoiá-lo.

A falha no gol do Botafogo poderia ter feito do goleiro Bruno, do Flamengo, o vilão do dia, mas a vitória por 3 a 1 só serviu para aumentar ainda mais o moral que o arqueiro tem com os rubro-negros.


"O melhor goleiro do Brasil" foi ovacionado mesmo no momento difícil e, após o apito final, não escondeu sua gratidão com o apoio.
- Estou cada vez mais apaixonado pela torcida do Flamengo. A paixão que os torcedores têm por mim é a mesma que tenho por eles - afirma em entrevista à Rádio Globo.

A final contra o Botafogo foi a centésima de Bruno com a camisa do Flamengo (o goleiro utilizou o número 001 na camisa). Ele comentou seu erro no gol alvinegro e ressaltou o seu esforço diário para estar sempre em alto nível.
- É muito difícil atuar cem jogos pelo Flamengo sempre no mesmo nível.
É difícil virar ídolo de uma torcida dessas, mas eu trabalho para isso.
Sempre sou o primeiro a chegar e o último a sair.
Procuro fazer o melhor para que as falhas não aconteçam.
Falha é chato, é feio, mas acontece.
Não abaixei a cabeça, tive a confiança dos meus companheiros e pude dar a volta por cima em campo - diz

Joel: 'Time provou que é vencedor'


Técnico do Flamengo exalta 'fúria' de Obina e confirma despedida para quarta-feira.

Sem choro de emoção ou provocação ao adversário.


Na entrevista coletiva após o título estadual do Flamengo, o técnico Joel Santana adotou um tom sóbrio e fez uma análise racional da vitória rubro-negra.

Assim como no primeiro jogo, o treinador colocou Diego Tardelli e Obina no segundo tempo e mudou o panorama da partida.

A despedida do técnico está marcada para a próxima quarta-feira, no Maracanã, contra o América-MEX.

O título não começou agora. Veio desde a pré-temporada, lá em Teresópolis, e a primeira parte terminou aqui, no Maracanã. Mas ainda tem mais.

O torcedor sabe como a equipe se comporta nestes momentos decisivos e por isso nos apoiou. Nosso time provou que é vencedor e não precisa provar mais nada a ninguém.

Capitão diz que trabalho da comissão técnica levou Fla ao título


Capitão não poupa elogios a Joel

O zagueiro Fábio Luciano, capitão do time do Flamengo, dedicou o título ao trabalho realizado pela comissão técnica, sobretudo nesta semana decisiva, com o jogo no México, pela Libertadores.

- Joel e Ronaldo Torres são competentes demais.

Nós fizemos tudo o que eles passaram para a gente, e o resultado está aí.

Estão de parabéns. O próximo técnico que vier, não sei se é o Caio Junior, vai ganhar um presente de Deus, um time campeão, bem preparado e formado apenas por amigos.

Obina: "O artilheiro das grandes decisões"


Não sou apenas um sortudo

Herói do título diz que seus gols são resultado também de competência.

Predestinado, sortudo, folclórico, matador.
Adjetivos não faltam para classificar o atacante Obina, um dos heróis da
30ª conquista estadual do Rubro-Negro.

Autor de dois gols na vitória do FLAMENGO por 3 a 1 sobre o Botafogo,
neste domingo e um gol no outro jogo 1 x 0, o baiano disse que os críticos
têm que aprender a olharas suas qualidades técnicas.

- Deus me abençoou de novo, por isso dedico esta vitória a ele e à
família, que sempre me apoiou nos momentos difíceis.

Deus me dá a sorte, mas só que eu tenho um pouco de competência
também. Não sou apenas um sortudo – disse Obina.

O atacante destacou o apoio da torcida do Flamengo ao time.
- Não me considero o 12º jogador da equipe.
Acho que sou o 13º. O 12º é a torcida.

Fla debocha do Botafogo com novo 'chororô'

Obina finge estar chorando na comemoração dos rubro-negros
e Souza simula chupar uma chupeta e recebe companhia de
outros jogadores rubro-negros.

O silêncio e as respostas água-com-açúcar dos jogadores do FLAMENGO
terminaram junto com o apito final na decisão deste domingo.

Ainda no pódio houve uma gozação alusiva ao choro coletivo
do Botafogo na final da Taça Guanabara.

Souza foi o primeiro a colocar as mãos no rosto e simular as lágrimas.
Mas desta vez ele não ficou sozinho. Obina, Leo Moura e Cristian o acompanharam.

Quando a torcida gritou "chora de novo", os jogadores foram ao delírio.
Depois, emendaram a música infantil "mamãe eu quero".
Souza não resistiu e colocou o dedo na boca, como se estivesse com uma chupeta.
- Chora de novo - ironizou.

Embora não tenha feito gol, o jogador foi muito festejado pelos
companheiros no vestiário.

Decisão de juniores confirmada no Maracanã

Federação carioca voltou atrás da idéia de adiar a partida e garotada fará a preliminar.

Depois de cancelar o segundo jogo da decisão do Campeonato Carioca de Juniores,
no intuito de preservar o gramado do Maracanã para a final dos profissionais, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro voltou atrás.
A partida entre Flamengo e Fluminense , jogo preliminar de Fla e Bota, está mantida para as 13h deste domingo, no mesmo local.
No primeiro jogo da decisão, o Fluminense venceu por 3 a 2, de virada, depois de estar perdendo por 2 a 0.
O time de Edgar Pereira conta com o reforço de Tartá, Maicon e Alan, que regressaram aos juniores para disputar a final.
Já o Rubro-Negro, comandado por Adílio, luta pelo tetracampeonato da categoria.

VAMOS FLAMENGO, VAMOS SER CAMPEÃO.





VAMOS FLAMENGO,
VAMOS SER CAMPEÃO.
VAMOS FLAMENGO,
MINHA MAIOR PAIXÃO.
VAMOS FLAMENGO,
E ESSA TAÇA VAMOS CONQUISTAR!

Fla x Bota: um domingo histórico no Maracanã


FLAMENGO tem a vantagem do empate na decisão do Campeonato Carioca


Pelo segundo ano consecutivo, Fla e Bota decidem o Campeonato Carioca.
A partida, que acontece neste domingo, às 16h, no Maracanã, promete fortes emoções.
Na luta pelo bi, o Rubro-Negro entra em campo com a vantagem do empate, depois de vencer a primeira partida por 1 a 0 .
Do outro lado, o Alvinegro joga motivado pela vontade de conquistar um título para coroar um trabalho de quase dois anos.
Caso o Botafogo vença por um gol de diferença, haverá disputa por pênaltis.
Fla tenta se igualar ao Flu.
Atual campeão do Rio, o Rubro-Negro pode, pela primeira vez na história, igualar o número de títulos estaduais do Fluminense. No momento, o placar é de 30 a 29 para o Tricolor. O Botafogo, que tem 18 títulos cariocas, disputa sua terceira final consecutiva (foi campeão em 2006, superando o Madureira na final).
Como aconteceu nos confrontos anteriores - quatro nesta temporada -, o clássico deste domingo tem tudo para ser equilibrado.
Por isso, o que mais se fala antes da finalíssima é a possível diferença da condição física das duas equipes.
O inimigo invisível chamado cansaço apavorou o Flamengo ao longo da semana.
A viagem de 14.400 km - ida e volta - ao México demorou mais de 24 horas em deslocamentos.
A vitória por 4 a 2 sobre o América-MEX, pela Taça Libertadores, porém, deixou o grupo mais leve.
- Imagina pegar essa viagem longa depois de uma derrota?
Claro que agora a gente fica ainda mais animado para a final
- diz o zagueiro Ronaldo Angelim.

Souza promete nova comemoração


O atacante Souza, do FLAMENGO, já adiantou que fará uma comemoração diferente caso faça um gol na partida deste domingo, contra o Botafogo, pela finalíssima do Campeonato Carioca.

No entanto, o jogador prefere manter o mistério sobre a nova coreografia, mas garante que será criativa.
- Até tenho uma comemoração, mas é melhor eu guardar (risos) - afirmou.
O jogador ficou marcado por uma comemoração polêmica.

Ele fingiu estar chorando após fazer o primeiro gol do Flamengo na vitória de 2 a 1 sobre o Cienciano (Peru), no Maracanã, pela Libertadores, exatamente na partida seguinte à conquista da Taça Guanabara sobre o Botafogo.

Após a decisão, alguns jogadores botafoguenses foram às lágrimas, alegando que o time havia sido prejudicado pela arbitragem.

Souza tem seis gols nesta temporada, mas não balança a rede há oito jogos, desde 22 de março, quando fez um dos gols da vitória do Fla sobre o Cabofriense por 2 a 0.

Fornecedora do Fla comemora título carioca




Lojas da empresa vendem camisa alusiva à conquista do Estadual e irritam alvinegros

A fornecedora de material esportivo do Flamengo já colocou à venda uma camisa comemorativa pela conquista do título do Campeonato Carioca de 2008.

A empresa parece ter esquecido que a segunda partida da decisão ainda vai ser disputada neste domingo, às 16h, no Maracanã.

A camisa vermelha pode ser comprada em lojas da própria marca em shoppings do Rio de Janeiro e de São Paulo.

A camisa sendo vendida em Botafogo (Zona Sul do Rio) por R$ 59,90 e em Higienópolis, bairro paulistano, por R$ 53.

A venda antecipada da camisa comemorativa do título carioca pode criar novo desgaste entre a empresa e a diretoria do Flamengo.

Em março, o presidente Marcio Braga fez duras críticas à fornecedora de material esportivo. E admitiu que o Fla poderia mudar de patrocinador.