Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 6 de setembro de 2008

J. Hawilla, dono da empresa Traffic.


Quanto vale o Everton



Vocês sabem quanto a Traffic pagou pelo garoto Everton, que estreou domingo no Fla-Flu? Ganhou um doce quem respondeu 1 milhão de euros.
A informação foi divulgada pelo dono da empresa, J. Hawilla.

O jogador pertencia 15% ao Paraná e o restante era fatiado. A Traffic agora é a única dona do garoto que se tornou a grande aposta do Flamengo. Ou melhor: a grande aposta da Traffic...

Curioso é que, a cada gol que ele marcar pelo Rubro-Negro, ficará um pedacinho mais distante da Gávea. Os clubes brasileiros, como a gente está cansado de saber, são apenas "passagens" para o futebol europeu.

Não dá para culpar ou mesmo reclamar disso. Os empresários que trabalham bem, como Hawilla, só estão virando donos do futebol brasileiro porque ocupam um limbo deixado pelos clubes.

Por que Hawilla agora investe na formação de jogadores? Contratou Parreira (repito: Carlos Alberto Parreira) como consultor técnico, para os cerca de 10 centros que pretende construir pelo país. Porque os clubes não tiveram competência para dominar este segmento também. Vão tomar de goleada da Traffic também na revelação de novos talentos. Aguardem e verão.

Resumo da ópera: está tudo cada vez mais dominado pelos empresários. E isso acontece por um motivo simples: eles trabalham muito melhor do que os clubes.

Libertadores é sonho possível para o Flamengo


Matemático diz que time tem 43% de chances de voltar à competição.

O sonho, indiscutivelmente, é o título do Brasileiro. Mas é a Libertadores a realidade mais palpável do Flamengo. Dentro do G4 até os jogos deste sábado (6), o time tem excelentes chances de garantir sua classificação para a competição. E esta tarefa está bem mais fácil do que em 2007. Afinal, o time estava na zona de rebaixamento e conseguiu uma arrancada histórica até se garantir na Libertadores.

A situação agora é bem diferente e, dependendo do jogo entre Coritiba e Botafogo, no Paraná, a posição rubro-negra na tabela pode ser ainda mais confortável. É que os dois times são rivais diretos na disputa por uma vaga. Um empate entre eles garante o Fla no G4 ao fim desta 24ª rodada.

Ou seja, uma situação bem mais simples do que em 2007, quando, nessa mesma rodada, o Fla estava em oitavo lugar e com 34 pontos. Seis a menos do que agora. Se conseguir essa classificação, será o terceiro ano consecutivo (2007, 08 e 09) que o Fla disputará a competição.

Essa vaga (para a Libertadores) é muito mais fácil de ser conseguida agora do que no ano passado. Em 2007, a situação era bem mais complicada porque precisávamos vencer quase todos os jogos. Agora já estamos ali. Para ser campeão, temos de encostar no G4. Nosso objetivo é o título, mas conquistar a vaga para a Libertadores é muito gratificante.

Quem também tem opinião semelhante é o atacante Marcelinho Paraíba, que deu experiência ao time e ainda disse que o cabelo pintado de rubro-negro deu sorte.

O objetivo é entrar no G4, conquistar a vaga na Libertadores. Esperamos conseguir isso o mais rapidamente possível. Mas nosso sonho não é só fazer uma boa campanha, é ser campeão também, é conquistar títulos. A equipe pensa dessa forma. Sabemos que não vai ser fácil. No ano passado, o Flamengo deu uma arrancada no fim do Brasileiro e quase conquistou no título. Se a gente conseguir repetir isso e chegar ali perto, desse ano não passa – disse Marcelinho.

Segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o Flamengo tem, atualmente, apenas 2% de chances de chegar ao hexa. Um número pouco significativo. Mas com relação à Libertadores, a realidade é bem diferente. São 43% de chances de chegar entre os quatro primeiros colocados.

Para o goleiro Bruno, o torcedor tem um bom motivo para acreditar nas duas coisas.

Estamos em um momento bom e nosso time está ainda mais ofensivo, jogando para a frente – afirmou.



Zagueiro torce para que Ronaldo permaneça no Fla


Fábio Luciano está na torcida para que Ronaldo possa se recuperar rapidamente para voltar aos gramados. O capitão do Flamengo espera também que esse acordo possa servir como trampolim para Ronaldo acertar com um grande clube. De preferência, o Flamengo, claro.

– As portas estarão abertas. O Kléber (Leite, vice-presidente de futebol do Flamengo) e o Márcio (Braga, presidente do clube) já deixaram ele à vontade com relação a isso. Estamos torcendo pelo sucesso dele, seja no Flamengo ou em outro clube – finalizou o capitão.

O Fenômeno ainda não tem data definida para fazer sua estréia com o colete do time do capitão rubro-negro. No treino desta sexta, Fábio Luciano deixou claro que já "contratou" Ronaldo para o seu time nos rachões.

Rapidinhas do Mengão!

Na Gávea, sábado é dia de dar uma 'secada' no líder Grêmio.
Caio Júnior reconhece que ficará na torcida pelo rival Fluminense.

Josiel espera aprender com Ronaldo.
Atacante acredita que pode ser o homem de referência que falta ao setor ofensivo rubro-negro.

Renato Augusto visita o treino do Fla.
Meia diz que sempre acompanha o noticiário do time na internet e elogia os reforços contratados pela diretoria rubro-negra,

África do Sul perde para Nigéria, e situação de Joel fica complicada.
Seleção do técnico brasileiro domina a partida em casa, mas é derrotada e fica fora da Copa Africana de Nações.

Caio Jr. diz que é hora de ver quem é quem no Campeonato Brasileiro


Após recolocar o Flamengo na zona de classificação para a Libertadores de 2009, o técnico Caio Júnior destaca que o Campeonato Brasileiro chegou ao momento de definições. Para o comandante rubro-negro, os torcedores já podem ter uma boa noção dos objetivos das 20 equipes na competição nacional.

No momento, o Flamengo ocupa a 4ª colocação, com 40 pontos, e neste sábado fica na torcida por um empate entre Botafogo e Coritiba, dois adversários diretos pela luta por vagas no G-4.

"Começaram as definições no Brasileirão: as equipes que poderão cair, as que ficarão pelo meio da tabela e as que brigarão pelas vagas na Libertadores e título. Ainda bem que estamos na faixa daqueles que estão na luta pela competição sul-americanca. Infelizmente, tivemos uma boa tabela no primeiro turno, mas não soubemos aproveitá-la", lamentou o técnico.

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Fla comemora a folga em boa hora


Sem compromissos com o Flamengo no fim de semana, os jogadores rubro-negros ganharam dois dias de folga antes de voltarem para o trabalho de olho na partida contra o São Paulo, domingo, no Morumbi. O capitão Fábio Luciano disse que a oportunidade é boa para os atletas passarem mais tempo com os familiares e descansarem.

- É uma folga merecida, estamos em uma seqüência muito forte. Vamos aproveitar para ficar com a família um pouco e na segunda voltamos ao trabalho. Temos um confronto direto com o São Paulo, vamos trabalhar bastante e fazer um bom jogo. Vamos fazer esta reta final com muita força - afirma.

O técnico Caio Júnior acredita que a parada será boa não só na questão física, mas também na parte psicológica.

- Esta parada foi positiva. Os jogadores estão cansados psicologicamente depois desta seqüência de jogos no meio e no fim de semana - diz.

Sambueza se diz contente por ser o 'garçom' do Fla


Nas duas partidas que entrou na equipe do Flamengo contra o Fluminense e o Figueirense, o meia Sambueza teve boa participação e contribuiu decisivamente criando as jogadas de dois gols. Diante do Tricolor, ele cruzou na medida para Kleberson marcar de cabeça, contra o time catarinense, o argentino começou a jogada que culminou no gol de Leo Moura. Tudo isto é motivo de felicidade para o jogador, que começa a animar os torcedores rubro-negros.

- Estou muito contente. Entrei nas duas últimas partidas e tive a oportunidade de dar o passe para dois gols. Pude ajudar o Flamengo, e isso é o mais importante - afirma.

Sambueza afirmou estar bem fisicamente para suportar 90 minutos, mas ressaltou que vai respeitar as decisões do técnico Caio Júnior na hora de escalar a equipe. O argentino acredita que o Fla tem ir para o Morumbi encarar o São Paulo, na próxima rodada, com o pensamento de ir atrás de vitória.

- Fisicamente eu estou bem. Agora teremos o São Paulo pela frente, e vou respeitar as decisões do Caio Júnior. É um adversário muito forte, complicado, mas o Flamengo é grande e tem que pensar em vencer sempre. Nosso objetivo é seguir esta boa fase e diminuir a vantagem de Grêmio e Palmeiras - analisa.

O meia disse que ainda está se adaptando ao futebol brasileiro e ao Rio de Janeiro.

- Tenho que aprender mais o idioma, e ainda não conheci muito bem o Rio de Janeiro - diz.

Fernandão é inscrito pelo Fla na CBF


O Flamengo poderá contar com outro atacante na partida contra o São Paulo, dia 14 de setembro, no Morumbi. O nome de Fernandão, recém-contratado pelo clube, apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e ele já tem condições de estrear pelo clube.

Com a inscrição de Fernandão até 31 de maio de 2009, faltam apenas dois reforços para serem regularizados: Josiel e Fierro. A diretoria tem até a próxima semana para regularizá-los em tempo do duelo no Morumbi.

Agora, Caio Júnior tem mais uma opção no elenco para o ataque. Além de Fernandão, o treinador conta com Marcelinho Paraíba, Maxi, Obina, Vandinho, Diego Tardelli (está machucado) e Paulo Sérgio.

Josiel faz dois gols, e reservas vencem jogo-treino na Gávea


Os reservas do Flamengo fizeram um jogo-treino na manhã desta sexta-feira, na Gávea, e golearam o Estácio de Sá por 6 a 0. Josiel foi o destaque com dois gols. Completaram o placar Cristian, Erick Flores, Fernando e Fernandão. Os titulares fizeram apenas um trabalho físico. Os jogadores terão agora o fim de semana de folga e retornam aos treinamentos na segunda-feira, de olho na partida contra o São Paulo, domingo, 14 de setembro.

O Fla iniciou a atividade com: Diego; Toró, Leonardo, Thiago Sales e Eltinho; Cristian, Jônatas, Sambueza e Erick Flores; Josiel e Vandinho. O técnico Caio Júnior ficou satisfeito com Josiel, que deve ser regularizado e poderá ficar à disposição contra o São Paulo.

- Gostei da movimentação do Josiel. Ele está adquirindo ritmo, dá para ver que vai ser um jogador importante para o time - analisa.

Caio Júnior: 'Bruno vai continuar sendo o melhor goleiro do campeonato'

Após a irritação do goleiro Bruno, que ficou chateado após ser perguntado se teria falhado no primeiro gol do Figueirense, o técnico Caio Júnior saiu em defesa do jogador nesta sexta-feira, na Gávea. O treinador do FLamengo elogiou o atleta e disse que ele continuará a ser o melhor da sua posição no campeonato. O comandante rubro-negro acredita que a única falha de Bruno aconteceu no gol de Nilmar, do Internacional.

- O Bruno tem todo o meu apoio. Ele pode ficar tranqüilo, é um goleiro acima da média. Está passando por um momento que pode acontecer com os goleiros, os jogadores estão acertando chutes improváveis contra ele. Falha mesmo ele só teve no jogo contra o Internacional, achei que ele teve excesso de confiança. Com certeza ele vai continuar sendo o melhor goleiro do campeonato - afirma.

Caio Júnior elogiou também o meia argentino Sambueza, que deixou uma boa impressão quando entrou na equipe nos dois últimos jogos, contra o Fluminense e o Figueirense.

- O Sambueza desequilibra, foi decisivo quando entrou na equipe - analisa.

Ronaldo veste Olympikus e acirra briga entre Nike e Flamengo


O centroavante Ronaldo criou um novo capítulo na briga entre Flamengo e Nike, empresa que fabrica o material esportivo da equipe rubro-negra. O pentacampeão mundial treinou com uma camisa fabricada pela Olympikus na última quarta-feira e pode até gerar um processo para o clube por conta disso.

Ronaldo, que é patrocinado pela Nike, procurou o Flamengo para fazer parte do tratamento de uma lesão no joelho. Durante a manhã de quarta-feira, o centroavante trabalhou com um uniforme fabricado pela Nike. À tarde, porém, vestiu uma camisa com interrogações no lado direito do peito, que havia sido feita para o clube pela Olympikus.


"O que eu posso dizer é que o Flamengo possui um só fornecedor, que é a Nike. Se eles entregam ao Ronaldo outra camisa, estão errados. Obviamente, vamos buscar reparo para isso", explicou David Grinberg, gerente de comunicação da empresa de material esportivo.

O incidente da camisa de Ronaldo é apenas mais um episódio de uma relação conturbada entre Flamengo e a Nike. A situação começou a se deteriorar quando o clube, insatisfeito com posturas da parceira, alegou quebra de contrato para assinar um acordo com a Olympikus.

Naquela época, o Flamengo reclamava de atraso na entrega de material esportivo, falha na distribuição de produtos em lojas e prejuízo financeiro em decorrência desses fatos. O goleiro Bruno chegou a jogar com uma camisa de treinos com o número feito de esparadrapo porque não tinha uniformes oficiais.

A insatisfação com os serviços prestados pela Nike somou-se a uma proposta de R$ 20 milhões anuais da Olympikus, que passou a produzir uniformes para o Flamengo. Durante essa fase, o time rubro-negro usou roupas com três pontos de interrogação no lado direito do peito a fim de realizar a transição de fornecedores.

O problema é que a Nike conseguiu na Justiça o direito de voltar a estampar os uniformes do Flamengo, em decisão tomada em junho. Depois disso, a empresa lançou as novas camisas rubro-negras, que chegaram a ser deixadas de lado por conta de resultados adversos nas primeiras partidas, mas foram retomadas posteriormente.

Depois de voltar a vestir uniformes da Nike, o Flamengo guardou parte do estoque de roupas da Olympikus. E foi exatamente um desses uniformes que Ronaldo usou no treino da tarde da última quarta-feira.

"Eu ainda não sei por que o Flamengo fez isso, mas é óbvio que o Ronaldo estava vestindo um uniforme oficial do clube e esse uniforme deveria ser feito pela Nike. Se não foi, houve um erro e nós sofremos danos. Precisamos buscar reparo", confirmou Grinberg.

Ao contrário da Nike, publicamente insatisfeita, o Flamengo silencia sobre
o incidente. Procurada pelo UOL Esporte, a diretoria rubro-negra não foi encontrada para comentar o episódio.

Torcedor do Mengão que invadiu gramado do Scarpelli é punido.


O padeiro Renato Soares da Silva, torcedor do Flamengo e residente de Palhoça (SC), extrapolou na bebida e não suportou a distância que lhe separava dos atletas do seu time do coração na noite de quarta-feira, no Orlando Scarpelli. Perto do apito final, ele pulou o alambrado e correu em direção aos seus ídolos, fato que provocou a interrupção temporária da partida entre Figueirense e Fla.

Renato, agora, tem um castigo e tanto pela frente. O padeiro também comprometeu-se a comparecer na Central de Polícia da capital em dias de jogo do Figueirense, em Florianópolis, quando deverá chegar com uma hora de antecedência e só ser liberado uma hora após o término da partida.

Enquanto estiver na Central de Polícia, ele não poderá acompanhar nenhum jogo pelo rádio ou TV — nem mesmo uma partida do seu Flamengo.

Conforme divulgado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, o torcedor flamenguista também terá que pagar um salário mínimo, dividido em duas parcelas, em benefício da Serte, entidade filantrópica de Florianópolis que atende crianças e idosos no bairro Cachoeira do Bom Jesus, ao Norte da Ilha de Santa Catarina.

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Rapidinhas do Mengão!

Kleberson acredita que estará à disposição contra o São Paulo.
Volante sentiu um incômodo na coxa e foi substituído na partida contra o Figueirense, na quarta-feira.

Joel não teme perder emprego em caso de derrota da África do Sul.
Seleção do técnico brasileiro tem que vencer a Nigéria, sábado, para continuar com chances de ir à Copa Africana.

Sambueza planeja tirar foto com Ronaldo e enviar para os parentes.
Meia argentino deve encontrar com o Fenômeno nesta sexta, na Gávea.

Após dois gols, Marcelinho afirma: 'O cabelo rubro-negro deu sorte'.
Atacante acredita que está se adaptando rapidamente ao clube e reencontrando o seu futebol.

Pai de Ronaldo quer ver o filho jogando com a camisa do Flamengo.
No segundo dia de treinos na Gávea, Fenômeno se dedica à musculação.

Em sua posição de origem, Ibson comemora boa atuação.
Volante espera que o Fla mantenha a boa seqüência de resultados e se aproxime de vez do Grêmio e do Palmeiras.

Bruno: 'Se eu não estiver ajudando, é só colocar outro em meu lugar'.
Goleiro fica chateado com uma suposta falha no primeiro gol do Figueirense, na quarta-feira, em Santa Catarina.

Ney Franco: 'Meu trabalho hoje tem muito da experiência no Flamengo'.
Treinador diz que passagem pela Gávea o deixou muito mais maduro.

Vitória dá tranqüilidade ao Fla para pensar no São Paulo.
Caio Júnior deverá ter à disposição alguns dos reforços que ainda não estrearam, Josiel e Fierro.

Novato, lateral-esquerdo Juan recebe homenagem na seleção brasileira.
Jogador do Flamengo ganha um boné do supervisor Américo Faria.

Vitória dá tranqüilidade ao Fla para pensar no São Paulo

Há seis partidas sem perder, o Flamengo ganhou ainda mais fôlego no Campeonato Brasileiro após a vitória sobre o Figueirense por 3 a 2, quarta-feira, em Santa Catarina. Para o técnico Caio Júnior, o resultado positivo dá ao time mais tranqüilidade para os 11 dias de preparação para encarar o São Paulo, no Morumbi, dia 14 de setembro. O treinador rubro-negro afirmou que um empate contra o Tricolor paulista não seria uma mau negócio.

- A vitória nos dá mais tranqüilidade para trabalhar. Tivemos um desgaste grande, e vamos ter um descanso agora neste fim de semana. Teremos a semana inteira para treinar para o jogo contra o São Paulo. É hora de observar os adversários e fazer o planejamento. Temos que ter a humildade e saber que um empate lá em São Paulo seria bom. Mas, para sermos campeões, temos que pensar em vencer sempre. Estamos há seis jogos sem perder, e isso valoriza sempre o nosso trabalho - diz.

Caio Júnior deverá ter ainda mais opções para escalar o time contra o São Paulo. Ele provavelmente terá à disposição Josiel e Fierro, reforços que ainda não estrearam. O comandante já preparou a cabeça de alguns jogadores, já que não há espaço para todos entre os titulares.

- O Josiel provavelmente vai estar pronto. Depende da regularização, mas a questão física acho que está bem. O Fierro também deve estar à disposição. O importante é que estou deixando claro aos jogadores que alguns terão que ficar fora. Hoje (quarta) quem entrou no time decidiu - encerra.

Em sua posição de origem, Ibson comemora boa atuação

O volante Ibson foi um dos destaques na vitória sobre o Figueirense por 3 a 2, quarta-feira, em Florianópolis. No desembarque no Rio de Janeiro, nesta quarta, ele analisou sua participação na partida. O jogador, que vinha sendo muito cobrado pelos torcedores, acredita que sua melhora de rendimento teve muito a ver com o posicionamento em campo. Contra o Figueira, ele atuou como segundo volante, sua função de origem.

- Joguei mais na minha posição, e isso colaborou muito. O Caio Júnior até falou isso depois do jogo. O que contribuiu também foi a postura do time, que esteve muito bem - afirma.

Ibson espera agora que o Flamengo consiga manter esta seqüência de bons resultados (não perde há seis jogos) e encoste de vez no Grêmio e no Palmeiras, os dois primeiros colocados do campeonato.

- Fizemos um bom jogo, conseguimos um grande resultado. Foi uma grande vitória. Esperamos manter essa boa seqüência e diminuir a diferença em relação aos líderes - diz.

Na próxima rodada, domingo, dia 14 de setembro, o Fla terá pela frente o São Paulo, no Morumbi.

Bruno: 'Se eu não estiver ajudando, é só colocar outro em meu lugar'

O time do Flamengo desembarcou no Rio de Janeiro no início da tarde desta quinta-feira após a vitória sobre o Figueirense por 3 a 2, em Florianópolis. O clima foi de tranqüilidade e sensação de dever cumprido, mas ao menos um dos jogadores estava chateado, o goleiro Bruno. Ele ficou insatisfeito com algumas críticas que ouviu após o primeiro gol do Figueira.

- Não falhei, não consegui ver a bola. Eu estava encoberto, o Fábio (Luciano) estava na frente. Os críticos estão aí para criticar mesmo. Se eu não estiver ajudando o Flamengo, é só colocar outro no meu lugar. Estou aqui para ajudar, não posso pegar uma bola que não estou vendo. Estou com a cabeça tranqüila, todos dentro do clube me dão apoio - afirma.

Bruno já havia sido cobrado na partida contra o Internacional, quando falhou e possibilitou o gol de Nilmar, e contra o Fluminense, no gol de Maurício, considerado por muitos como uma bola "defensável".

FICHA TÉCNICA:

FIGUEIRENSE 2 X 3 FLAMENGO



Estádio: Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)
Data: 03/09/2008
HOra: 22h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

Cartões amarelos: Fábio Luciano, Leonardo Moura, Everton, Jaílton (FLA); Cleiton Xavier, Rafael Coelho, Gomes, Asprilla (FIG)
Cartões vermelhos: não houve

GOLS: Ronaldo Angelim, 17'/1ºT (0-1); Marcelinho Paraíba, 40'/1ºT (0-2); Rafael Coelho, 5'/2ºT (1-2); Leonardo Moura, 34'/2ºT (1-3); Tadeu, 47'/2ºT (2-3)

FIGUEIRENSE: Wilson, Bruno Aguiar (Diogo, 28'/2ºT), Anderson Luis, Asprilla e Willian Matheus; Gomes, Leandro Carvalho, Ramon (Jairo, 20'/2ºT) e Cleiton Xavier; Wellington Amorin (Tadeu, intervalo) e Rafael Coelho.
Técnico: Paulo César Gusmão.

FLAMENGO: Bruno, Jaílton, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim; Léo Moura, Ibson, Kleberson (Airton, intervalo), Everton (Sambueza, 26'/2ºT) e Luizinho; Marcelinho Paraíba e Maxi (Vandinho, 15'/2ºT).
Técnico: Caio Júnior.

Ronaldo Angelim alerta para gols sofridos

Autor do primeiro gol do Flamengo e da partida contra o Figueirense, o zagueiro Ronaldo Angelim não se mostrou muito satisfeito com a vitória por 3 a 2 no Orlando Scarpelli.

Abrindo uma vantagem de dois por duas vezes, a equipe rubro-negra permitiu que o Figueirense encostasse no placar.

- Eu não gosto de levar gols. Mesmo vencendo não posso só elogiar. Demos duas bobeiras e levamos dois gols. Deixamos eles crescerem. Isso não pode voltar a acontecer - alertou Angelim, ao fim da partida.

Caio Júnior analisa vitória: 'Aproveitamos o nervosismo do Figueirense'


Após a vitória sobre o Figueirense por 3 a 2,que deixou o Flamengo novamente no G-4, o técnico Caio Júnior fez uma análise do desempenho do time. Ele acredita que a equipe soube controlar o ímpeto do adversário e teve a oportunidade de decidir a partida logo no primeiro tempo. O comandante rubro-negro comentou ainda a participação do árbitro.

- O Figueirense teve o mérito no segundo tempo, e o Flamengo foi melhor e teve a chance de golear. O Figueirense demonstrou uma vontade enorme, foi muito aguerrido. O árbitro deixou o jogo seguir muito, seguindo a nova tendência, mas não pode deixar de marcar o que for falta. Aproveitamos bem o nervosismo do adversário - afirma.

Caio Júnior destacou a participação do volante Ibson, que, jogando mais recuado, jogou muito bem e comandou o meio-de-campo do Fla.

- O Ibson esteve muito bem, jogou na função que gosta de jogar. No geral, a equipe esteve muito bem, mas tivemos um pouco de dificuldade depois do primeiro gol deles - diz.

O técnico do Fla avaliou também a entrada do centroavante Vandinho, que retornou ao time depois de uma lesão muscular.

- Fiquei contente com a participação dele. Eu estava preocupado, porque teve uma lesão e não vinha treinando com confiança. Devagarzinho ele vai readquirir o ritmo. Mostrou ser um homem de área, ganhamos mais uma boa opção - encerra.


Fora de casa, Flamengo bate o Figueirense e retorna ao G-4


Com um jogo de toque de bola envolvente, o Flamengo venceu o Figueirense por 3 a 2 no estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina, chegou a 40 pontos, e entrou no G-4, na quarta posição. Para não sair do grupo dos quatro clubes que se classificariam para a Libertadores de 2009, o time rubro-negro precisa torcer contra o Botafogo, que pega o Coritiba, neste sábado, no Couto Pereira. Enquanto o Fla não perde há seis partidas, o Figueira acumula a quarta seguida no Campeonato Brasileireo, e permanece com 28, com a possibilidade de entrar na zona de rebaixamento cada vez mais próxima.

As duas equipes terão 11 dias de preparação antes da próxima rodada, domingo, 14 de setembro. O Flamengo terá uma tarefa difícil contra o São Paulo, no Morumbi, e o Figueirense vai até a Ilha do Retiro medir força com o Sport.

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Flamengo: tabela de jogos

Setembro

Quarta-feira 03/09
22:00 Brasileirão 2008 24ª rodada Figueirense x Flamengo

Domingo 14/09
16:00 Brasileirão 2008 25ª rodada São Paulo x Flamengo

Domingo 21/09
18:10 Brasileirão 2008 26ª rodada Flamengo x Ipatinga

Sábado 27/09
18:20 Brasileirão 2008 27ª rodada Flamengo x Sport

Outubro

Sábado 04/10
16:00 Brasileirão 2008 28ª rodada Náutico x Flamengo

Sábado 11/10
18:20 Brasileirão 2008 29ª rodada Flamengo x Atlético-MG

Domingo 19/10
18:10 Brasileirão 2008 30ª rodada Vasco x Flamengo

Sábado 25/10
16:00 Brasileirão 2008 31ª rodada Flamengo x Coritiba

Quarta-feira 29/10
20:30 Brasileirão 2008 32ª rodada Vitória x Flamengo

Novembro

Domingo 02/11
16:00 Brasileirão 2008 33ª rodada Flamengo x Portuguesa

Domingo 09/11
16:00 Brasileirão 2008 34ª rodada Botafogo x Flamengo

Domingo 16/11
16:00 Brasileirão 2008 35ª rodada Flamengo x Palmeiras

Domingo 23/11
16:00 Brasileirão 2008 36ª rodada Cruzeiro x Flamengo

Domingo 30/11
16:00 Brasileirão 2008 37ª rodada Flamengo x Goiás

Dezembro

Domingo 07/12
16:00 Brasileirão 2008 38ª rodada Atlético-PR x Flamengo

Ronaldo chega para treinar no Flamengo

O atacante Ronaldo começou nesta quarta-feira, no Flamengo, seu trabalho final de recuperação de uma delicada cirurgia no joelho esquerdo sofrida em fevereiro. Sozinho, o jogador chegou na Gávea às 9h45m (horário de Brasília) e foi direto para academia do clube carioca.

De acordo com o médico do Fla, José Luis Runco, o trabalho do Fenômeno será dividido em três etapas: reforço muscular, condicionamento físico e trabalho com bola em campo.

De acordo com a imprensa inglesa, Ronaldo está na mira do Manchester City. O clube britânico, na última segunda-feira acertou a contratação de Robinho junto ao Real Madrid.

Fla também quer Ronaldo

Perguntado se Ronaldo pode continuar no Flamengo após se recuperar, ou seja, defender a equipe rubro-negra, o vice de futebol do clube carioca, Kléber Leite, afirmou na última terça-feira:

- Não há futuro sem presente. O Ronaldo tem que recuperar a vida dele para voltar a jogar. A partir disso, claro, temos o interesse que ele fique no Flamengo. Agora nos compete fazer isso, o tapete vermelho e preto já está estendido para ele.

Angelim, o zagueiro com mais partidas e sem cartões amarelos no campeonato

O estilo discreto do zagueiro Ronaldo Angelim faz com que os torcedores não percebam a importância do jogador dentro de campo. Diferente da maioria dos atletas da sua posição, ele não comete muitas faltas e raramente recebe cartões amarelos. Vermelho, então, nunca levou desde que chegou ao Flamengo. Bom para o técnico Caio Júnior, que não precisou se preocupar em arrumar um substituto para uma suspensão.

Neste Campeonato Brasileiro, Angelim alcançou uma meta impressionante: nos 20 jogos que disputou, não levou cartão amarelo, tornando-se o zagueiro com o maior número de partidas sem advertência. Na competição, 18 defensores entraram em campo ao menos uma vez e saíram ilesos. No entanto, 12 só atuaram em uma partida. Dos demais, João Paulo (Goiás) e Anderson (Vasco) são os que mais jogaram: seis vezes.

- Essa é uma marca muito legal, principalmente por eu ser um zagueiro. Quem acompanha a minha carreira sabe que isso é normal para mim. Não fui expulso nenhuma vez desde que cheguei ao Flamengo. Mas se eu precisar fazer falta para impedir um gol e levar o cartão, vou fazer sem pensar nesta marca - afirma o zagueiro rubro-negro.

Ronaldo Angelim é o único titular absoluto do Flamengo que não recebeu o amarelo no Brasileiro. Seu companheiro de zaga, o capitão Fábio Luciano, foi o que mais recebeu, sete, muitos deles por reclamação com os árbitros. Angelim também fez menos faltas (21) do que outros seis jogadores do elenco rubro-negro: Juan, Jaílton, Toró, Ibson, Obina e Cristian.

FICHA TÉCNICA:


FIGUEIRENSE X FLAMENGO

Local: Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)

Data: 3/9/2008
Hora: 22h (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

FIGUEIRENSE: Wilson, Leo Matos, Bruno Aguiar, Asprilla e Willian Matheus (Leandro Soares); Gomes, Leandro Carvalho, Ramon e Cleiton Xavier; Wellington Amorin e Rafael Coelho.
Técnico: Paulo César Gusmão.

FLAMENGO: Bruno, Jaílton, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim; Léo Moura, Ibson, Kleberson, Everton e Luzinho (Sambueza); Marcelinho Paraíba e Obina.
Técnico: Caio Júnior.

www.flamengoatemorrer.com.br




Fla dependia muito dos laterais, diz Caio Júnior

Caio Júnior não cansa de comemorar a chegada de reforços para o meio-de-campo e o ataque do Flamengo. O treinador lembrou que a equipe ficou conhecida por ter marcação forte e por depender muito de Léo Moura e Juan. Agora, Caio tem a chance de escalar um meio-de-campo mais ofensivo.

"Tive uma conversa com o grupo neste sentido. Com a vinda dos reforços, tenho uma variação maior e posso tirar o peso dos laterais. Isso já aconteceu nesse jogo, com a exibição do Everton", afirmou.

Se antes Caio Júnior tinha dificuldade de escalar o meio-de-campo por falta de opções, o treinador continua com essa dor-de-cabeça. Mas agora pelo motivo inverso.

"Eu tenho muita opção. Não é fácil escalar em função da quantidade de jogadores que eu tenho. Sei que é uma tarefa difícil, sei que um ou outro jogador não entende no momento, mas minha intenção é fazer o melhor", concluiu.

Corinthians está próximo de anunciar meio-campista


O Corinthians já entrou em acordo com o Flamengo para a contratação do volante Cristian, 25 anos, que perdeu espaço na equipe carioca sob o comando do técnico Caio Júnior. Resta apenas convencer o Atlético-PR, detentor dos outros 50% dos direitos federativos do jogador.

"Com o Flamengo, já está tudo certo. Sabemos do interesse do Corinthians, e nossa relação com eles é a melhor possível. Com Flamengo e Corinthians, nunca há problema nenhum", disse Kléber Leite, vice-presidente de futebol do time rubro-negro.

Campeão da Copa do Brasil pelo Paulista de Jundiaí, em 2005, Cristian mantém contratos até 2011 com Flamengo, por empréstimo, e Atlético-PR.

vasco: depois de contratar Odvan e Fernando(ex-Fla), vem aí...


Kleberson confia na seqüência em casa

O Flamengo está a 11 pontos do líder Grêmio, mas ainda não desistiu do título. Para Kleberson, o time precisa de bons resultados nos dois próximos jogos fora de casa (Figueirense e São Paulo) para depois garantir o maior número de pontos na seqüência que terá no Maracanã. Só assim o Rubro-Negro poderá continuar sonhando com o hexa.

- O Grêmio está tendo uma felicidade de conseguir resultado, mas ainda tem a sombra do Palmeiras. Estamos tentando entrar no G-4. São poucos os pontos de diferença. Precisamos conquistar quatro pontos nos próximos dois jogos. Depois, teremos uma seqüência de jogos em casa que vai nos ajudar até a encostar no Grêmio - analisou Kleberson.

Depois de Figueirense e São Paulo, o Flamengo fará cinco dos próximos seis jogos no Maracanã. Vai enfrentar Ipatinga, Sport, Atlético-MG, Vasco e Coritiba no Rio e apenas o Náutico fora de casa.

Ronaldo vai se recuperar na Gávea


Ronaldo pediu e o Flamengo autorizou que o atacante faça seu tratamento de recuperação de cirurgia no joelho esquerdo na Gávea. O jogador, que se machucou em fevereiro, ficará sob os cuidados do médico do clube e da Seleção José Luiz Runco.

Segundo os médicos Gerard Saillant e Eric Rolland, Ronaldo está completamente recuperado e o retorno do Fenômeno aos gramados depende de dois ou três meses de forte trabalho físico.

O mais provável destino de Ronaldo é o Manchester City. O vice-presidente do clube, Gary Cook, revelou na semana passada que fará uma proposta pelo jogador assim que estiver apto a voltar a jogar.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Relacionado, Vandinho espera recuperar o ritmo perdido


O técnico Caio Júnior terá novamente à disposição, nesta quarta-feira, contra o Figueirense, em Santa Catarina, o atacante Vandinho, recém-contratado pelo Flamengo mas que logo teve uma lesão na coxa direita. O jogador deverá no banco de reservas, apesar de ainda não estar no melhor de sua forma.

- Tenho o Vandinho como opção, mas ele não está 100% - diz o treinador.

Vandinho acredita que só poderá recuperar o ritmo perdido quando voltar a ter oportunidades na equipe.

- Estou um pouco sem ritmo. De pouco em pouco, com o decorrer dos jogos, eu vou voltar ao normal - afirma.

O atacante conhece bem o Figueira, já que atuava no Avaí, clube também de Florianópolis, e já fez o alerta.

- É um time bem defensivo, mas que sai no contra-ataque muito forte. Temos que ficar ligados nisso - diz.

Sem Juan, Caio Júnior deve improvisar Everton na ala esquerda

O técnico Caio Júnior ainda não decidiu qual será a formação do time do Flamengo para enfrentar o Figueirense, nesta quarta-feira, em Florianópolis. Na ala esquerda, ele não terá Juan, que está com a seleção brasileira, e estuda a possibilidade de escalar o meia Everton improvisado. Há ainda a possibilidade de Luizinho ser improvisado. Eltinho, que seria o reserva imediato, não está em boas condições e sequer foi relacionado.

- O time perde bastante, porque o Juan é o melhor lateral-esquerdo do Brasil, e por isso está na seleção. Devo improvisar, o Eltinho tem potencial mas ficou muito tempo parado por causa de uma lesão. Na estréia ele não foi bem, é o momento de preservá-lo. Vou escolher entre o Everton e o Luizinho - diz.

No meio-de-campo, Caio Júnior também faz mistério. Ele terá as voltas de Ibson e Aírton, que cumpriram suspensão diante do Fluminense. No ataque, a tendência é que Marcelinho Paraíba e Obina sejam mantidos. Vandinho surge como opção no banco de reservas depois de se recuperar de uma lesão na coxa direita.

- Ainda não sei qual será o meio-de-campo. Não é fácil escalar, tenho muitas opções. É possível que alguém fique fora e não entenda - despista.

Na manhã desta terça-feira, os jogadores disputaram um animado recreativo. O time do Fla que enfrenta o Figueira nesta quarta deve ter: Bruno; Jaílton, Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Leo Moura, Toró (Aírton), Ibson, Kleberson e Everton (Luizinho); Marcelinho Paraíba e Obina.

Ingressos para torcida do Fla esgotados para jogo contra o Figueirense

O lugar cativo para assistir Figueirense x Flamengo nesta quarta-feira, no estádio Ornaldo Scarpelli, esteve concorrido nesta segunda-feira. Pelo menos pelo lado da torcida visitante. Os quatro mil ingressos disponibilizados para os flamenguistas se esgotaram às 16h15m (de Brasília).


Pelo lado dos alvinegros, a procura não tem sido muito grande. Como é de costume, os torcedores devem deixar para comprar o ingresso somente momentos antes do início da partida, conforme explicou ao "Diário Catarinense" o diretor administrativo e financeiro da Figueirense Participações, João Gonçalves.

— Este ano a expectativa é de casa cheia e agora vamos ver a torcida do Figueirense, que tradicionalmente vem em peso nas partidas contra os times tradicionais.

Para assistir Figueirense x Flamengo, o torcedor alvinegro tem à disposição ingressos nos setores B, C e D, pelo preço de R$ 30,00. Os ingressos podem ser adquiridos nas bilheterias do Orlando Scarpelli, das 9h às 19h nesta terça e, no dia do jogo, das 9h até o início do segundo tempo. Os pontos de venda em Florianópolis, Palhoça e São José atendem em horário comercial até as 15h de quarta-feira.

Mascote rubro-negro é destaque na TV


"Uh Tererê sou Flamengo até morrer" e Tererê San, terça, dia 2, às 21.30h no GNT (canal 41 Net)

O documentário é uma produção Urca Filmes baseado no livro "Nós e nossos cães", de autoria de Cacau Higino.

Tererê foi escolhido para protagonizar o programa de estréia por ser torcedor e mascote do Flamengo.

Horários alternativos:
Sexta, dia 5 às 18.30h
Sábado, dia 6, às 19.30h
Segunda,dia 8,às 13.30h


Promoção "Flamengo até morrer, eu sou!


Concurso cultural poderá premiar torcedor rubro-negro pelo resto de sua vida.

O Clube de Regatas do Flamengo em parceria com a Roxos e Doentes – empresa que fará a gestão da nova rede de lojas oficiais do clube – lançam o concurso cultural “Flamengo até Morrer, Eu Sou!”. O vencedor da promoção receberá o prêmio dos sonhos de todo rubro-negro apaixonado: uma camisa oficial 1 de jogo lançada pelo Flamengo, a cada ano, tendo vigência a partir de hoje*.

Para receber o tão sonhado prêmio, os participantes terão que escolher o nome das novas lojas oficiais do Clube, cuja primeira unidade será inaugurada no Rio de Janeiro ainda neste ano. Para participar o torcedor deverá acessar o hotsite http://www.flamengoatemorrer.com.br/
e responder a pergunta: "Qual deve ser o nome da nova rede de lojas oficiais do Flamengo?". Será possível participar quantas vezes desejar.

O concurso é dividido em duas fases. A primeira delas vai até o dia 08/09, quando serão selecionados os 5 melhores nomes enviados pela torcida. Os autores dos nomes escolhidos nesta fase irão receber uma camisa oficial do Flamengo, autografada por todo o elenco.

A fase final começará no dia 09/09, quando os 5 nomes pré-selecionados serão colocados em votação aberta para todo o público, até o dia 17/09.

No dia 19/09 serão divulgados os nomes dos 5 vencedores, incluindo o autor do nome escolhido pela torcida para batizar a primeira rede de lojas oficiais do maior clube do Planeta. O torcedor que tiver sido o primeiro a sugerir o nome selecionado irá receber uma camisa oficial do Flamengo por ano.

1ª Fase - 01/09 a 08/09 - Envio das sugestões de nomes
2ª Fase - 10/09 a 17/09 - Votação aberta dos melhores nomes selecionados

*Válido até o final da parceria entre o Clube e a Roxos e Doentes.

Flamengo ainda acredita no título brasileiro


Mesmo a 11 pontos do líder Grêmio, os jogadores do Flamengo não desistiram da busca pelo hexacampeonato. Bruno e Juan acreditam que o Rubro-Negro vai até o fim do Campeonato Brasileiro com chances de conquistar o título. Para o goleiro, a campanha do ano passado serve como lição.

- O Flamengo está na briga. Basta pegarmos o exemplo do ano passado. Estávamos na zona de rebaixamento e só não chegamos em segundo porque relaxamos. Vamos brigar até o fim. Se quiser ser campeão, o Flamengo não pode perder pontos fora de casa - afirmou Bruno.

Já Juan sabe que a busca pelo título é complicada, mas não quer que o time desista até a última rodada:

- Tem que lutar sempre pelo título. Se vamos conseguir ou não é outra coisa. Mas o empenho tem que ser esse.

Sambueza brilha em jogo-treino


Os jogadores do Flamengo que não começaram o clássico com o Fluminense, domingo, no Maracanã, participaram de um jogo-treino contra o Rubro, da Terceira Divisão do Rio de Janeiro, nesta segunda à tarde na Gávea. O placar foi 6 a 0, e o destaque foi o argentino Sambueza, que fez dois. Maxi, Vandinho, Fernando e Fernandão completaram.

Sambueza estreou pelo Fla contra o Tricolor no domingo e deu o passe para Kleberson marcar o gol no empate por 2 a 2. Em alta com o técnico Caio Júnior, ele deve ter em breve uma chance na equipe titular.

Os titulares fizeram apenas um trabalho físico leve. A equipe entrou em campo contra o Rubro com Diego, Luizinho, Leonardo, Thiago Sales e Eltinho; Aírton (Jônatas), Cristian, Ibson (Erick Flores) e Sambueza (Fernando); Maxi (Vandinho) e Josiel (Fernandão).

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Everton não se sente titular do Flamengo

Um dos destaques do Flamengo no clássico contra o Fluminense, que terminou empatado por 2 a 2, no útimo domingo, no Estádio do Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, o meio-campista Everton comemorou sua boa estréia pelo clube.

Porém, o jogador, que não sentiu o peso da camisa, não acha que tenha conquistado a vaga de titular com a boa apresentação nesta partida.

"Eu estava tranqüilo, porque sei do meu potencial. Me senti à vontade, mas ainda não me acho titular. Tenho que trabalhar muito para o Caio decidir isso. Aos poucos, vou me soltando", afirmou Everton.

Para o meio-campista, 19 anos, sua atuação no segundo tempo foi melhor do que no primeiro. Everton aproveitou a companhia de Juan, para dar trabalho à defesa do Fluminense.

"No segundo tempo, tive um pouco mais de espaço com o Juan pelo lado esquerdo. No primeiro, foi um jogo mais estudado", analisou.

Musa do Brasileirão: as três candidatas finalistas do Flamengo.



Suellen Vale

Anninha Leifeld

Renata da Costa Jakubo






Juan desfalca o Fla contra o Figueirense


Para a partida de quarta-feira, contra o Figueirense, em Santa Catarina, o técnico Caio Júnior terá uma ausência certa na equipe do Flamengo. O lateral-esquerdo Juan viaja nesta segunda-feira para defender a Seleção Brasileira nas partidas contra o Chile e a Bolívia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Outro desfalque certo é o apoiador Fierro. O jogador, que ainda não estreou com a camisa do Flamengo, foi chamado para defender o Chile na Eliminatórias. Os dois só estarão disponíveis para o treinador rubro-negro na partida do dia 14, contra o São Paulo.

Apesar da notícia, Caio Júnior pode comemorar a volta dos volantes Ibson e Aírton. Ambos estavam cumprindo suspensão automática e não enfrentaram o Fluminense, mas podem voltar à equipe na partida de quarta contra o Figeuirense. Resta saber agora que sairá da equipe já que os apoiadores Everton e Sambueza fizeram boa estréia.

QUA, 03/09/2008 - brasileirão 2008 - 24ª rodada

  • 22h:00 - Figueirense x Flamengo

Estádio Orlando Scarpelli

Tuka Rocha cutuca o Corinthians na festa pelo segundo lugar em Donington


Após chegar em segundo em Donington Park na Fórmula Superliga, Tuka Rocha, piloto do Flamengo, comemorou o resultado com o presidente do clube, Márcio Braga, e Nelsinho Piquet, seu amigo. Tudo isso debaixo d'água, com a torcida em festa.

- O segundo lugar foi importante para a divulgação da categoria no Brasil e para o clube também. Brigamos com Liverpool e outros grandes times. Não deu para chegar em primeiro, mas a gente tem o que comemorar. E ainda por cima terminamos na frente do Corinthians - diz

F-Superliga: torcida do Flamengo marca presença em Donington

Os rubro-negros levaram duas bandeiras enormes para as arquibancadas da reta dos boxes


domingo, 31 de agosto de 2008

Brasileirão: tabela de classificação e próximos jogos.

Classificação:

1º Grêmio 48
2º Palmeiras 43
3º Cruzeiro 40
4º Botafogo 39 -Classificados para a Copa Libertadores


5º São Paulo 38
6º Vitória 37
7° Flamengo 37
8º Coritiba 37
9º Sport 32
10º Goiás 30
11º Internacional 30
12º Atlético-MG 29 -Classificados para a Copa Sul-Americana


13º Figueirense 28
14º Vasco 26
15º Fluminense 24
16º Atlético-PR 23

17º Náutico 23 -Rebaixados para a Série B
18º Portuguesa 23
19º Santos 23
20º Ipatinga 21


Próximos jogos, 24ª rodada:

Qua, 03/09/2008
19:30 Goiás x Atlético-PR
22:00 Figueirense x Flamengo
22:00 Santos x Vitória
22:00 Atlético-MG x São Paulo

Qui, 04/09/2008
20:30 Palmeiras x Sport
20:30 Vasco x Cruzeiro

Sáb, 06/09/2008
18:20 Internacional x Portuguesa
18:20 Coritiba x Botafogo
18:20 Náutico x Ipatinga
18:20 Fluminense x Grêmio

Ficha Técnica:

FLAMENGO 2 X 2 FLUMINENSE

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 31/8/2008
Hora: 18h10 (de Brasília)

Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa-RS)
Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)

Renda/público: R$ 1.011.637,00 / 56.074 pagantes

Cartões amarelos: Arouca (FLU)
Cartões vermelhos: não houve

GOLS: Conca, 11'/1ºT (0-1); Marcelinho Paraíba, 25'/1ºT (1-1); Maurício, 22'/2ºT (1-2); Kleberson, 43'/2ºT

FLAMENGO: Bruno, Jaílton, Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Toró (Erick Flores, 34'/2ºT), Kleberson, Everton (Sambueza, 25'/2ºT) e Juan; Marcelinho Paraíba e Obina (Maxi, 14'/2ºT).
Técnico: Caio Júnior.

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Thiago Silva, Luiz Alberto e Roger; Eduardo Ratinho (Tartá, 15'/2ºT), Arouca, Maurício (Romeu, 26'/2ºT) e Junior Cesar; Conca (Fernando, 34'/2ºT) e Everton Santos; Washington.
Técnico:Cuca

Jogadores do Fla lamentam o empate no clássico


O empate de 2 a 2 contra o Fluminense, neste domingo, no Maracanã, não foi um bom resultado para o Flamengo. Se tivesse vencido, o Rubro-Negro voltaria à zona de classificação para a Libertadores. Mas, com um ponto, o time se manteve em sétimo lugar no Campeonato Brasileiro, a dois pontos do Botafogo, quarto colocado. E o resultado, apesar de ter sido conquistado nos últimos minutos, foi lamentado pelos jogadores.

Marcelinho Paraíba finalmente marcou seu primeiro gol pelo Fla. Mas o atacante não estava feliz com o resultado do clássico e nem comentou o fato de ter desencantado com a camisa rubro-negra.

– Foi um grande jogo por parte do Flamengo. O Fluminense só ficou atrás, se defendeu e conseguiu fazer dois gols em dois chutes. Fomos melhores e conseguimos buscar o empate, mas merecíamos a vitória – analisou Marcelinho, que mudou o visual e entrou no clássico com o cabelo vermelho e preto.

Autor do gol de empate, Kleberson foi outro a lamentar o empate, mas gostou do resultado no fim. O volante marcou seu quarto gol com a camisa rubro-negra e o segundo contra o Fluminense.

– Estava sem ângulo, a única chance que eu tinha era cabecear para o chão e consegui. Foi muito importante marcar esse gol. Estávamos melhores no jogo e merecemos o empate no fim – disse Kleberson.

Bruno se isenta de culpa nos gols do clássico


A falha no empate com o Internacional, na rodada passada, ainda repercute na arquibancada. No fim do Fla-Flu, muitos torcedores não se conformaram com os dois gols de longa distância sofridos pelo goleiro Bruno no empate de 2 a 2 contra o Fluminense, no Maracanã, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Paciente, ele foi compreensivo com as vaias, mas garante não ter falhado.

– Quando falho, assumo. Sou sempre o primeiro a falar. No primeiro gol, estava encoberto e o Conca acertou um belo chute. No lance do Maurício, a bola fez uma curva e atrapalhou. Poderia colocar qualquer goleiro, que nenhum pegaria. A torcida está certa em cobrar de quem ela acha que pode render mais. Trabalharei em dobro – disse.

Com relação ao clássico, o goleiro considerou o empate injusto pelo que o Flamengo apresentou.

– Pelo volume de jogo, merecíamos a vitória. Criamos muito mais – lamentou-se Bruno.

Caio Jr. elogia estréia de Everton e Sambueza


O técnico do Flamengo, Caio Júnior, viu apenas um motivo para comemorar no empate de 2 a 2 contra o Fluminense, neste domingo, no Maracanã. O treinador não celebrou o empate heróico de Kleberson aos 43 minutos do segundo tempo mas a atuação de seus dois novos estreantes: os apoiadores Everton e Sambueza.

– Não preciso nem falar da exibição do Everton. Foi marcante. Chamou muito a atenção um menino de 19 anos jogar como jogou na estréia. Ganhamos um meia. Um grande jogador. Também queria enaltecer a estréia do Sambueza. Me chamou muito a atenção. Além da técnica, tem muita visão de jogo – elogiou.

Kleberson marca aos 43 do segundo tempo. Tricolor vencia com dois chutes de longa distância até então.


O Fluminense vencia o clássico e calava a maioria flamenguista no Maracanã. Isso até os 43 minutos do segundo tempo, quando um gol de Kleberson garantiu o emocionante empate por 2 a 2.

Apesar de pressionar durante quase toda a partida, o Fla sentiu a falta de um homem-gol. Para piorar, pela segunda partida consecutiva, o goleiro Bruno teve uma falha decisiva. Sorte que o argentino Sambueza entrou bem e "deu" um gol para Kleberson no fim do jogo.

Caio Junior: Flamengo envolveu o Fluminense durante todo o jogo.


Normalmente, o time que consegue um empate aos 43 minutos do segundo tempo festeja. Não foi o caso do Flamengo neste domingo. No vestiário pós-jogo, o técnico Caio Júnior elogiou a postura de sua equipe e lamentou a igualdade por 2 a 2 com o Fluminense.

- É duro absorver o resultado depois desta atuação. Pela qualidade do futebol que foi apresentado, envolvemos o adversário o jogo todo. Seria injusto demais perder, assim como foi injusto empatar – declara o treinador.

O Flamengo está na sétima posição do Brasileirão, com 37 pontos. Apesar da invencibilidade de cinco jogos, a distância para o Grêmio é de 11 pontos. Nada que torne a conquista do título algo impossível.

- Acredito na conquista do título, principalmente pelo fato de ter confrontos diretos entre estas equipes que estão na frente. Mas precisamos colar no Palmeiras, que é o segundo, senão fica difícil – declara Caio Júnior.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Figueirense, no Orlando Scarpelli. O jogo será na quarta-feira.