Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 24 de janeiro de 2009

Juiz ladrão dá vitória ao Botafogo 2 x 1

No primeiro tempo, após cruzamento, Santiago(Boavista) cabeceou para dentro das redes, mas o árbitro marcou falta que não houve sobre Leandro Guerreiro e o gol foi anulado.

Aos cinco minutos do 2º tempo, Alessandro (Botafogo) cabeceou próximo à trave esquerda do goleiro Erivélton, mas a bola passou por um buraco na rede e o árbitro Marcelo de Souza Pinto confirmou um gol que não houve e causou revolta dos jogadores do Boavista. A partida ficou paralisada por quase dez minutos e após muita discussão, o auxiliar confirmou que o lance não era válido.


Americano humulha vasco dentro do galinheiro de São Januário

Americano da show, humilha, da olé e vence o vasco por 2 x 0

Eu acredito

3ª divisão do Brasileirão 2010

2ª divisão do Campeonato Carioca 2010

Crise financeira pode tirar atual campeão Flamengo do Novo Basquete Brasil

A crise financeira do Flamengo, que já matou a ginástica artística rubro-negra, pode entrar em quadra e fazer nova vítima. Com três meses de salários atrasados e sem receber os prêmios pelas conquistas do Campeonato Estadual e do último Nacional, os jogadores de basquete ameaçam não entrar em quadra na próxima quarta-feira, na abertura do Novo Basquete Brasil (NBB), contra o Pinheiros, em São Paulo. Neste sábado, os atletas rubro-negros se reuniram com a vice-presidente de Esportes Olímpicos da Gávea, Patrícia Amorim, para buscar uma solução para o impasse.

- Tivemos uma reunião neste sábado e ela explicou para a gente a real situação. Ela foi bem sincera e a gente está esperando uma resposta. Se ela não tiver como dar um prazo, ela já falou que vai abrir para os jogadores procurarem outro time. Temos família e precisamos comer – explicou o armador Duda, pelo telefone, descartando a possibilidade de todo o grupo se reunir vestindo a camisa de outro clube.

Procurada pela reportagem do GLOBOESPORTE.COM, Patrícia Amorim não foi encontrada para comentar o assunto. Segundo Duda, a promessa é de que qualquer verba que entrar no Flamengo será destinada ao basquete. Uma das esperanças do armador está no publicitário João Henrique Areias, também conselheiro do clube e que ficará responsável por gerir a recém-criada Unidade de Esportes Olímpicos, tentativa do Flamengo de captar recursos para o esporte amador. Ele, porém, considera que caso a situação se resolva, a estreia do Rubro-Negro contra o Pinheiros já estaria prejudicada.

- É uma situação muito difícil para a gente. Temos um titulo para defender e a gente sabe que não vai estar 100% psicologicamente. Se entrarmos, vamos ter que fazer de tudo para dar o melhor possível.

Angelim na expectativa pelo tri com o Flamengo

Se conquistar o Carioca deste ano, o Flamengo chegará ao seu quinto tricampeonato estadual. Um jogador do elenco em especial torce para que o clube atinja essa marca. Ronaldo Angelim esteve presente no último bicampeonato do Rubro-Negro.

- Tenho a oportunidade de ser tri pelo Flamengo. Sabemos que será difícil, mas fico feliz com essa chance. Ser campeão em um clube como o Flamengo não é pra qualquer um. Tenho esse privilégio, mas sabemos que temos grandes equipes pela frente, que também irão fazer de tudo para conquistar o Carioca - disse Angelim, que prega respeito ao Friburguense, adversário deste domingo:

- Vamos encontrar dificuldades. Temos de respeitar bastante a equipe do Friburguense, mas sempre com o objetivo de vencer.

Flamengo lidera o ranking do sistema pay-per-view

PPV: todos os números da pesquisa 2008




Clube Média IBOPE Datafolha Diferença
Flamengo 13,84 13,14 14,53 - 1,39
Corinthians 9,77 10,25 9,29 + 0,96
São Paulo 9,21 8,44 9,98 - 1,54
Palmeiras 8,23 8,24 8,21 + 0,03
Grêmio 8,17 7,75 8,58 - 0,83
Internacional 6,87 7,00 6,74 + 0,26
Cruzeiro 6,56 6,87 6,25 + 0,62
Vasco da Gama 6,46 6,45 6,47 - 0,02
Atlético Mineiro 5,94 6,48 5,40 + 1,08
10º Fluminense 5,55 5,45 5,65 - 0,20
11º Botafogo 4,67 5,50 3,84 - 1,66
12º Santos 2,42 2,26 2,57 - 0,31
13º Atlético Paranaense 1,59 1,29 1,88 - 0,59
14º Figueirense 1,42 1,36 1,48 - 0,12
15º Coritiba 1,41 1,65 1,17 + 0,48
16º Sport 1,21 1,14 1,27 - 0,13
17º Vitória 1,05 1,03 1,06 - 0,03
18º Bahia 0,93 1,09 0,77 + 0,32
19º Náutico 0,70 0,69 0,70 - 0,01
20º Goiás 0,68 0,78 0,58 + 0,20
21º Avaí 0,68 0,64 0,71 - 0,07
22º Paraná 0,55 0,53 0,56 - 0,03
23º América Mineiro 0,51 0,33 0,68 - 0,35
24º Santa Cruz 0,38 0,43 0,32 + 0,11
25º Vila Nova 0,35 0,36 0,34 + 0,02

Outros 0,90 0,88 1,00 - 0,12

Total Geral 100,0 100,0 100,0

Marcelinho Paraíba vai debutar no Carioca

Aos 33 anos e com um currículo recheado de títulos, o meia-atacante Marcelinho Paraíba terá a partir deste domingo o privilégio de disputar o campeonato estadual mais charmoso do Brasil pela primeira vez. O Carioca pode dar ao jogador o gostinho de ser campeão com a camisa do Flamengo, o que ainda não aconteceu, pois ele disputou apenas o Brasileiro pelo clube.

Com o retrospecto recente do Flamengo no Carioca, com seis títulos nos últimos dez anos, é bem possível que Marcelinho Paraíba alcance a sua primeira conquista pelo clube em pouco tempo.

Quem já viveu a emoção de disputar o Campeonato Carioca fala com ar de soberania sobre essa oportunidade. É o caso do técnico Cuca, que ainda busca o seu primeiro título na carreira, já que foi vice-campeão no Rio nas duas últimas temporadas. Ele treinava o Botafogo e, curiosamente, foi superado pelo Flamengo, seu atual clube.

– Lembro bem do meu primeiro jogo pelo Campeonato Carioca. Foi aqui pelo Flamengo, um Fla-Flu. Terminou empatado em 2 a 2. Ainda não era o técnico, mas estava no estádio e desci para o vestiário no intervalo porque sentia que podia ajudar. Foi um jogão. O Carioca é um campeonato maravilhoso e vale muita coisa – declarou Cuca, lembrando de sua passagem pela Gávea em 2005.

O capitão Fábio Luciano exaltou a força do grupo rubro-negro e fez questão de recordar que foi campeão e levantou a taça logo no primeiro Campeonato Carioca de sua carreira, no ano passado.

– Cheguei e encontrei um grupo campeão, que gosta de vencer e que busca todos os títulos. Isso foi fundamental para eu terminar meu primeiro carioca como campeão, e sei que quem chegou agora encontrou a mesma coisa. É um torneio charmoso, com clássicos e rivalidades históricas – declarou o capitão.

Outros jogadores, como Everton, Douglas, Josiel, Sambueza, Fierro e Willians, também terão o prazer de disputar o Carioca pela primeira vez. O último dessa lista ainda terá a vantagem de começar a competição como titular.

Kleber Leite exalta promessas do Fla e promove zagueiro

Wellinton está na Venezuela disputando o Sul-Americano sub-20 com a seleção brasileira e ainda nem deve ter recebido a notícia. Porém, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Kleber Leite, antecipou e avisou que o zagueiro voltará direto da competição para o time profissional do Flamengo.

- Ele é um grande jogador e será promovido aos profissionais – confirmou o dirigente.

Desta forma, o Flamengo terá seis zagueiros em seu elenco: Fábio Luciano, Ronaldo Angelim, Douglas e os três jogadores formados no clube: Thiago Sales, Fabrício e Wellinton.

Kleber Leite aproveitou para enumerar as promessas das categorias de base. Ele considera que 2009 será o ano da maturação de alguns jovens talentos, como Erick Flores (foto), Antônio, Paulo Sergio e Kayke.

- Temos quase um time inteiro de meninos entre os profissionais. Aos poucos, eles vão se integrando à equipe. Será um ano de maturação e muito produtivo para esta garotada – declarou.

O próximo jogador da lista a ser promovido será o lateral-esquerdo Jorbison. O jogador, de 18 anos, impressionou a comissão técnica na Copa São Paulo de Juniores e deve começar a treinar entre os profissionais quando Juan ou Egídio tiverem algum problema.

Atualmente, o técnico Cuca tem 14 jogadores formados no clube no elenco principal. Destes, três deles estão emprestados ao Fla (Diego, Ibson e Jônatas).

Jogadores das divisões de base no time profissional

1. Diego (goleiro)
2. Marcelo Lomba (goleiro)
3. Paulo Victor (goleiro)
4. Thiago Sales (zagueiro)
5. Fabrício (zagueiro)
6. Wellinton (zagueiro)
7. Egídio (lateral)
8. Antônio (volante)
9. *Aírton (volante)
10. Jônatas (volante)
11. Ibson (volante)
12. Erick Flores (meia)
13. Paulo Sergio (atacante)
14. Kayke (atacante)

* O jogador teve quase toda a sua formação no Nova Iguaçu e chegou à Gávea no início de 2008 para jogar na equipe de juniores. Posteriormente, foi promovido.


Kléber Leite vê ano vitorioso para o Flamengo

O vice de futebol do Flamengo, Kléber Leite, revelou-se mais animado com a temporada de 2009 do clube em relação ao ano passado e teceu elogios ao técnico Cuca.

Um dos motivos para tamanha confiança é o fato de o Flamengo ter ficado com grande parte do elenco do ano passado, que foi campeão carioca e quinto lugar do Campeonato Brasileiro. Outra razão é a esperança que tem no trabalho do novo treinador.


– Tenho certeza de que este ano será muito melhor. A base foi mantida. Temos um grande treinador. Eu sempre tive um carinho pelo Cuca. Ele é detalhista, estrategista. Está em sintonia com o grupo – declarou.

Apesar das decepções de 2008, Fábio quer reencontro empolgante com torcida

A torcida do Flamengo se despediu de forma pouco gentil da equipe em 2008: “time de m...”, gritaram os torcedores após o empate por 3 a 3 com o Goiás, na penúltima rodada do Brasileirão. O ano mudou, mas a base da equipe continua a mesma neste início e ano.

Da equipe que estreia no Campeonato Carioca contra o Friburguense, domingo, no Maracanã, apenas o volante Willians é novidade. Todos os outros estão com o ranço da decepção no Campeonato Brasileiro. A maior parte deles também carrega o carimbo da eliminação para o América-MEX, em maio.

Por isso, fica a questão: será que a torcida terá a mesma paciência com os atletas? O psicólogo Paulo Ribeiro prefere esperar o desenrolar dos fatos para depois conversar com o grupo.

- Se ocorrer, a gente vê o que faz. Mas nosso time é forte. Jogamos todo o Brasileiro com aquela faixa “Brasileiro é obrigação” em letras garrafais e correspondemos. O futebol é bom porque dá um leque de mil opções. Se não deu em uma competição, tem a outra logo em seguida para dar a volta por cima – declarou.

Capitão da equipe, Fábio Luciano normalmente é poupado das vaias. Otimista, ele acredita que não haja qualquer traço das decepções nos torcedores que forem ao Maracanã.

- O time é deles. Não acredito em uma cobrança exagerada. Será um reencontro empolgante para os dois lados. Estamos ansiosos de poder voltar a jogar diante da nossa torcida – afirmou o principal líder dos jogadores.

Federação confirma Bangu x Fla em Volta Redonda

A partida entre Bangu e Flamengo, que será realizada na próxima quinta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Carioca, foi marcada para o Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

O local do jogo demorou a ser decidido, pois o estádio de Moça Bonita, do clube mandante, ainda não tinha garantia necessária para receber os clubes grandes do Rio.

Quem confirmou a partida no Raulino foi Betinho, administrador do estádio. Ele disse que foi comunicado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) que o Bangu receberá o Flamengo em Volta Redonda.

"Houve uma reunião e o nosso representante na Ferj, Ronaldo Jarbas, disse que Bangu x Flamengo será aqui no Raulino", confirmou.

Hexacampeão no Rio, Junior comenta o Carioca pela TV Globo

Junior está de volta ao posto de comentarista da TV Globo 14 anos depois da estreia na emissora. Neste domingo, o ex-jogador do Flamengo e da seleção brasileira estará ao lado do narrador Luis Roberto na transmissão de Flamengo x Friburguense, às 17h, no Maracanã.

Desde o Campeonato Brasileiro do ano passado, o craque participa do bloco de esportes do telejornal local do Rio de Janeiro (RJ TV) e pertence ao time de comentaristas do SporTV. Apesar da experiência acumulada como comentarista, a volta representa um desafio para Junior.

- O momento é de profissionais multimídia e isso vale também para a função de comentarista. Por isso, além de comentar os jogos, a idéia é reforçar a atualização do meu blog, o "Visão de Jogo", e participar bastante do GLOBOESPORTE.COM usando as possibilidades que a internet oferece para aumentar a relação com quem acompanha futebol.


Junior lembra que suas primeiras participações na função em 1995, apenas dois anos depois de ter encerrado a carreira de atleta.

- Fiz alguns jogos da Copa Mercosul e a final do Campeonato Brasileiro. E, em 1998, comentei alguns jogos da Copa do Mundo, na França.

O ex-jogador relembra que as partidas da Copa-98 foram narradas por Luis Roberto, que na ocasião era recém-chegado à TV Globo.

- Ele vinha do rádio. Eu estava ali também ainda no início. E agora conseguiram juntar a dupla. Fizemos muitos jogos naquela Copa e já dava para ver nele um profissional que valoriza a equipe. Já estávamos juntos nas participações do RJ TV e agora, no Carioca, certamente faremos muitas partidas juntos.

Com a experiência de ter conquistado seis títulos estaduais no Rio com a camisa do Flamengo - 1974, 78, 79 (dois), 81 e 91 -, Junior vê equilíbrio na competição.

- O Carioca vai ser equilibrado. O Flamengo sai em vantagem na Taça Guanabara. O Fluminense foi o que melhor contratou e pode chegar bem. A dificuldade será a falta que vai fazer o Thiago Silva. O Botafogo mudou muita gente de peso e tem o Reinaldo chegando, além de apostas. Com uma garotada, o Vasco é um ponto de interrogação. Acho que o Dorival já mostrou que é um bom profissional. Foi a grande contratação do clube. Entre os médios e pequenos, alguns times podem surpreender. Tem o Caxias, que fez um bom papel na Série C. O Boavista pode vir com um bom futebol. E a expectativa pela volta do Bangu. Este ano, eles vão ter a vantagem de jogar em casa.

Diego Hypolito desabafa: ‘Acabou a ginástica do Flamengo. Foi uma facada

Presidente Marcio Braga diz aos atletas que não tem verba para renovar os contratos, e bicampeão mundial lamenta: ‘Fecharam as portas’





















A reunião do presidente do Flamengo, Marcio Braga, com Jade Barbosa, Diego e Daniele Hypolito terminou em clima de velório. Sem esconder o abatimento, o trio de ginastas deixou o encontro na tarde desta sexta-feira após um choque de realidade diante da crise rubro-negra. Marcio disse aos atletas que não está “mandando ninguém embora”, mas não tem dinheiro para renovar os contratos. A única solução seria a chegada de novos patrocinadores ou de verbas públicas.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Rapidinhas do Mengão!


Campanha incentiva torcedores a irem de bicicleta ao Maracanã
Em contrapartida, estacionamento de veículos embaixo dos viadutos e ao longo da Avenida Radial Oeste será proibido a partir deste domingo

Direção do Flamengo marca reunião com Jade Barbosa, Diego e Daniele Hypolito
O presidente Marcio Braga vai atender os ginastas ainda nesta sexta-feira

Friburguense busca vitória na estreia, mas se contenta com empate contra o Fla
Apoiador Victor Hugo acredita que não perder neste domingo, no Maracanã, é a prioridade. Time serrano já está escalado pelo técnico Cleimar Carvalho

Favoritismo do Fla não ilude técnico Cuca
Treinador diz que ainda não definiu se pretende escalar Zé Roberto como meia ou como atacante

Bruno convoca a torcida para a estreia e decreta: 'Este tem que ser o nosso ano'
Goleiro espera que o Maracanã fique lotado na partida deste domingo contra o Friburguense

CARIOCA 2009: Flamengo mantém a base em busca do quinto tricampeonato
Atual bicampeão, time rubro-negro aposta na manutenção do elenco para manter a primazia no Rio de Janeiro

Após ser um dos artilheiros do time em 2008, Ibson comemora liberdade
Meia marcou 15 gols no último ano e só ficou atrás de Marcinho

Leo Moura tira onda de goleirão na Gávea

Leo Moura mostrou um novo talento nesta sexta-feira. Durante o treino na Gávea, o lateral-direito do Flamengo pediu licença aos goleiros e mostrou que também sabe defender. Depois de saltar e espalmar um chute, Leo aproveitou para tirar onda e comemorar.







Parceiro, Cuca participa de treino de jogadas ensaiadas na Gávea

Ele bateu palmas, arremessou a bola, orientou, gritou e passou. Posicionado dentro do gramado e hiperativo, o técnico Cuca dirigiu nesta sexta-feira um treino de jogadas ensaiadas na Gávea. Mas nem parecia que ele era o treinador do Flamengo.

A sintonia com os jogadores chamou atenção. Entre um acerto e outro no posicionamento, ele sempre incentivava os pupilos.

- É natural que ocorra esta relação. A gente sabe o que é bom para o jogador. No geral, estou muito satisfeito. Até porque dependo 99% deles para que o trabalho dê resultado – disse Cuca.

Para preservar as suas jogadas, o treinador pediu para que o treino não fosse filmado. Este tipo de treinamento agradou ao capitão Fábio Luciano.

- Ano passado sofremos muito com estas jogadas do Botafogo e agora teremos a oportunidade de usá-las a nosso favor. O Cuca está passando muita coisa positiva – afirmou.

Prefeitura proíbe bebidas alcoólicas em volta do Maracanã durante os jogos

A partir deste domingo, quando o Maracanã recebe a rodada de estreia do Campeonato Carioca 2009, está proibida a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas em volta do estádio, no intervalo de tempo entre duas horas antes do início e duas horas depois do término dos jogos.

O decreto de número 30.417 foi publicado ontem pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e faz parte da Operação Tolerância Zero das Secretarias de Esporte, Turismo e Lazer e Ordem Pública da cidade. A medida, que segue padrões da Fifa, valerá apenas para o Maracanã, já que o estádio será palco dos jogos da Copa de 2014.

A Secretária de Esporte, Turismo e Lazer do Rio, Márcia Lins, explicou quais as razões para a proibição da venda e ingestão de bebidas alcoólicas no entorno do Maracanã em todas as competições, a partir do Estadual 2009.

- A medida serve para reduzir a grande concentração em determinados pontos, além de inibir o consumo de bebidas alcoólicas. Vamos coibir ambulantes e a fiscalização será mais complexa. Os torcedores deixarão de entrar no estádio faltando apenas cinco ou dez minutos para o início do jogo - garantiu.

Rodrigo Bethlem, Secretário da Ordem Pública, não descartou a inclusão de outros estádios na operação. No entanto, isso só aconteceria em um futuro distante.

- A prioridade é o Maracanã. Podemos estender esta medida para outros estádios apenas em longo prazo. Se for necessário fazer, nós faremos. Como toda medida nova, ela causa estranheza no início, mas terá um benefício enorme para a sociedade - disse Bethlem.

No domingo, o Maracanã recebe a partida entre Flamengo e Friburguense, às 17h. Assim, a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas num raio de 500m do estádio estará proibida das 15h às 21h. Ainda nesta sexta-feira, a Prefeitura vai enviar um comunicado aos comerciantes esclarecendo o decreto em questão.

Gramado do Maracanã passa por reforma para o início do Estadual

Palco estará totalmente recuperado apenas na segunda rodada do Carioca, mas receberá Flamengo x Friburguense já neste domingo






















À primeira vista, o gramado do Maracanã está longe do ideal. Homens plantam gramas em um canto e rolos compressores estão por todos os lados, além de haver buracos no meio-de-campo e na intermediária. No entanto, a secretária de Esportes, Turismo e Lazer do Rio, Márcia Lins, garante que o palco estará em ótimas condições até domingo, quando o Flamengo enfrenta o Friburguense, às 17h no estádio, pelo Campeonato Carioca.

- O gramado foi tratado durante o mês de janeiro, mas ainda não conseguimos a recuperação integral dele. A grama teve de ser replantada em alguns pontos depois do show da Madonna e ainda tivemos que combater uma praga neste início de ano. Mas até domingo vai estar tudo bem - afirmou a presidente da Suderj, prevendo uma melhora de 90% do gramado para este fim de semana.

De acordo com Márcia Lins, a chuva dificultou a recuperação da grama e acabou atrapalhando a reforma que já havia sido feita pela Secretária de Esportes.

- A grama está em coloração diferente em alguns pontos do gramado. Mas não é defeito técnico. A bola vai rolar redondinha. A falta de sol está dificultando a fotossíntese de alguns trechos plantados recentemente. Espero que até a segunda rodada do Estadual tudo esteja 100% - disse, para depois emendar que foram gastos 600m² de grama, três toneladas de adubo e 800m³ de areia na reforma do gramado.

Hegemonia no futebol carioca serve de incentivo para os rubro-negros

Além do tricampeonato, os rubro-negros estão de olho em outra conquista histórica em 2009: a hegemonia no futebol carioca.Flamengo e Flu estão empatados com 30 títulos estaduais cada (o presidente da Federação, Rubens Lopes, considera o título de 2002 do Flu sub judice). E se for campeão, pela primeira vez, o Fla vai passar o rival.

Quando o Flamengo ganhou o primeiro título estadual, em 1914, o Tricolor já era cinco vezes campeão. O Rubro-negro só conseguiu acabar com a vantagem no ano passado, com a conquista em cima do Botafogo. Por isso, os jogadores sabem que o título é mais do que especial.

Obs: o Flu tem 29 títulos, o de 2002 não é reconhecido pela Federação de Futebol RJ. O Flu começou no futebol em 1902 e o Flamengo em 1912.

- É um título para entrar na história do Flamengo. Para colocar os nossos nomes nessa marca - resumiu bem o meia Ibson, um dos destaques do time.

Ibson é, curiosamente, o único titular que foi revelado pelo clube. Todos os outros dez jogadores vieram de outros clubes. Mas como a maioria está há muito tempo na Gávea há uma identificação com a camisa rubro-negra. É o caso dos laterais Leo Moura e Juan. Dos zagueiros Fábio Luciano e Ronaldo Angelim. Do atacante Obina. E do goleiro Bruno.

- Em termos de rivalidade é legal isso. Dois grandes clubes do Rio empatados no número de títulos estaduais. Mas temos que respeitar também o Vasco e o Botafogo. Eles chegam para disputar o título. A gente entra com uma vantagem por ter mantido a base e com uma responsabilidade a mais por ter vencido nos dois últimos anos. Espero um Flamengo dedicado, se entregando. Um time aguerrido, que sem a bola todo mundo marca e com ela joga. Contra qualquer time a gente tem que correr pra caramba.

Flamengo e Fluminense são vistos como os dois principais candidatos ao título carioca. Mas o Rubro-negro manteve a base do ano passado. Dos titulares, nove eram titulares no último brasileiro. Willians, que veio do Santo André, e Airton, que entrou na vaga de Jaílton, são as novidades. Já o Tricolor manteve apenas quatro titulares (Fernando Henrique, Wellington Monteiro, Conca e Luiz Alberto) e corre contra o tempo para conseguir entrosar o time.

- A gente já se conhece e leva uma certa vantagem. Mas não significa que o campeonato está garantido. Não vamos ganhar nada fora das quatro linhas. Vamos ganhar ali dentro (mostrando o campo). Assim como ganhamos os últimos dois. E se a gente entrar focado e concentrado é difícil alguém bater o Flamengo - disse Bruno.

Bruno aposta no título da Copa do Brasil para cortar a cabeleira

Desde o ano passado, Bruno começou a deixar crescer o cabelo. O goleiro disse que só iria ao cabeleireiro quando conquistasse um título importante. O camisa 1 já deixou claro que nem mesmo o tricampeonato estadual serve para acabar com a promessa. Por isso, Bruno terá três oportunidades este ano para voltar a ter o cabelo curto - a Copa do Brasil, o Brasileiro e a Copa Sul-Americana.

Segurando a onda e exagerando nos cremes, o goleiro aposta na conquista da Copa do Brasil e na vaga para a Libertadores para acabar logo com o sofrimento. Ele fez questão nesta quinta-feira de lembrar que não está desmerecendo o título estadual. O Flamengo disputa com o Fluminense a hegemonia no futebol carioca. Ambos os clubes têm 30 conquistas. Mas o camisa 1 sonha mais alto.

- Título é título. E quando se ganha é sempre muito importante para a carreira do jogador. Não que o campeonato estadual seja ruim. Para a gente é muito bom já que começa o ano com o pé direito. Mas quero um algo mais. Um campeonato de mais expressão. Tipo a Copa do Brasil.

Após a decepção do quinto lugar no último Campeonato Brasileiro e a perda da vaga na Libertadores, Bruno espera que o time garanta logo uma vaga na competição de 2010. Por isso, o título da Copa do Brasil virou quase uma obsessão.

- Quero ver o Flamengo logo de novo na Libertadores. É isso que eu espero do Flamengo esse ano. Quero o Flamengo campeão da Copa do Brasil. O Brasileiro é muito longo e as equipes têm muitos altos e baixos. É mais difícil.

Ibson comemora liberdade para ajudar ataque

Autor de um dos gols que deu a vitória aos titulares no coletivo realizado nesta quinta-feira, Ibson comemorou a liberdade que tem tido para subir e auxiliar o ataque. Apesar de gostar dos avanços, o volante sabe que não pode esquecer de ajudar os companheiros na marcação.

- Quero mesmo é corresponder. Estou com liberdade, mas não posso esquecer de ajudar a compor a marcação. Temos uma vantagem porque mudou apenas um jogador do ano passado para cá, o Willians. O pessoal já se conhece e agora é trabalhar cada vez mais para melhorar - explicou.

Após os treinos físicos puxados que marcaram a pré-temporada, os coletivos já ajudam a matar a saudade da bola. Mas Ibson quer mais. O camisa 7 do Flamengo não vê a hora de voltar a pisar no Maracanã e dar de cara com a massa rubro-negra apoiando a equipe.

- Bate saudade dos torcedores, do Maracanã e, principalmente, das vitórias. É sempre bom voltar a jogar - finalizou.

Flamengo x Bangu segue sem local definido

A partida do Flamengo contra o Bangu, válida pela segunda rodada da Taça Guanabara, corre riscos. Isto porque, pelo Estatuto do Torcedor, o local de jogo tem de estar definido com uma semana de antecedência para definição de venda de ingressos. Até esta quinta-feira a noite, o Rubro-Negro não foi comunicado sobre o local onde do jogo da semana que vem.

– Isso é responsabilidade do Bangu e da Federação de Futebol do Rio. Ainda não fomos comunicados – afirmou Michel Asseff Filho, diretor jurídico do Flamengo.

No site da Federação Carioca de Futebol, a partida pode ser em dois lugares: ou em Bangu, no Estádio Molça Bonita, ou em Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira.

Vaga de titular no Fla surpreende Aírton

Com a chegada do técnico Cuca, os jogadores do Flamengo se esforçaram ainda mais para mostrar serviço para o novo treinador. A entrada de Willians entre os titulares surpreendeu a todos, mas teve um jogador que correu por fora e se firmou em uma das vagas dos 11 titulares. Trata-se do volante Aírton, que ficou surpreso com a chance logo de primeira.

Ele já havia sido titular em algumas partidas do Campeonato Brasileiro no ano passado. Mas, com a chegada de Cuca, o volante esperava apenas ter uma chance durante a temporada, só não acreditava que fosse acontecer tão cedo.

- Realmente, não esperava ser titular. Mas fiz meu trabalho, segui treinando forte e consegui uma vaga na equipe. Agora, vou trabalhar em dobro para não sair - afirmou.

Aírton deixou para trás concorrentes como Toró, Jônatas, Éverton, Fierro e Sambueza para garantir uma vaga no meio-de-campo. O jogador sabe que a briga é grande. Por isso, entrará focado nas partidas.

- Estou feliz pois não esperava por isso. Mas tenho que seguir meu trabalho para continuar jogando - finalizou.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Rapidinhas do Mengão!

Rubro-negros fazem festa para Zico na estreia do técnico pelo CSKA em Israel
Galinho fica surpreso com presença de flamenguistas no estádio em Netanya. 'Onde tem Zico sempre tem Flamengo', diz torcedor


Vagner Love marca duas vezes na estreia de Zico pelo CSKA em Israel
Atacante é o destaque na vitória de 4 a 1 sobre o Maccabi Netanya


Diego cobra reunião com Marcio e cogita até lançar boneco para arrecadar dinheiro
Atleta aceita ceder imagem para divulgar a marca do clube e evitar cortes de atletas: ‘Pela manutenção do meu esporte, estou disposto a ajudar’


Irritada, Daniele Hypolito cobra mais comunicação dos dirigentes do Fla
Apesar dos problemas, ginasta ainda tem vontade de ficar no clube


Só a chegada de um novo patrocínio é capaz de manter Diego e Jade no Fla
Vice-presidente do clube afirma que nenhum contrato será renovado

Secretário propõe alternativa para clubes

Enquanto o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) preferiu não se pronunciar sobre as declarações do presidente do Flamengo, Marcio Braga, de que os clubes precisam receber diretamente as verbas públicas como, por exemplo, o dinheiro da Lei Agnelo/Piva, o Ministério do Esporte comentou a questão. Segundo o secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, Djan Madruga, os clubes realmente precisam de mais recursos.

- Sabemos que os clubes formadores estão em dificuldade. Por isso estamos estudando uma forma de as verbas chegarem a eles. No entanto, quero ressaltar que já existe a Lei de Incentivo ao Esporte e as agremiações podem buscar recursos por meio dela - disse Madruga, citando o Pinheiros como exemplo de clube que já teve seu projeto aprovado.

Para o secretário, a briga com o COB não vai levar a nada. Ele defendeu a união dos clubes em vez de uma luta para dividir o dinheiro que o COB recebe anualmente por meio da Lei Agnelo/Piva:

- A briga tem de ser por mais recursos e não pela divisão do que é repassado atualmente.

Na semana passada, a vice-presidente de esportes olímpicos do Flamengo, Patrícia Amorim, revelou que foi elaborado um projeto de captação de recursos por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. O Rubro-Negro busca cerca de R$ 8 milhões para manter as modalidades olímpicas.

No dia 3 de fevereiro, na sede do Pinheiros, em São Paulo, será realizada uma reunião para a criação do Conselho Nacional de Clubes Formadores de Atletas Olímpicos. Por meio dele, os principais clubes do Brasil vão solicitar ao Ministério do Esporte 30% da verba da Lei Agnelo/Piva.

Zé Roberto finalmente treina com bola no Fla

Após muitos treinos físicos, o apoiador Zé Roberto finalmente teve seu primeiro contato com bola desde que chegou ao Flamengo. Enquanto titulares e reservas disputavam um coletivo, o camisa 10 soltava a musculatura em um campo muito reduzido com dois golzinhos. Ao seu lado estavam o zagueiro Fabrício e o atacante Kayke. O trio jogava contra os atacantes Erick Flores, Paulo Sergio e Vandinho. Fora das atividades, o argentino Maxi apenas dava voltas ao redor do campo.

A expectativa da comissão técnica é de que Zé Roberto esteja em plenas condições de jogo na terceira rodada da Taça Guanabara, contra o Volta Redonda, no próximo dia 1º de fevereiro, no Raulino de Oliveira. Para o jogador, este é um bom prazo já que ele não pretende entrar em campo sem estar 100%.

Léo Moura e Bruno são os 'ministros' de Obina

“Eleito” como o presidente da grande área do Flamengo, Obina terá de escolher o seu ministério. O goleiro Bruno e o lateral-direito Leonardo Moura surgem como boas opções para assumir os cargos. Os dois companheiros do partido rubro-negro não pouparam elogios ao centroavante.

Apesar de o Flamengo ter outros atacantes no elenco, Leonardo Moura não esconde que tudo que Obina já deu ao clube faz com que ele tenha um eleitorado maior, principalmente nas classes do povão.

– O ataque tem grandes jogadores, mas Obina leva uma grande vantagem por tudo que já fez aqui no Flamengo: os gols, os momentos e o carinho da torcida – declarou o ministro da lateral direita.

E os feitos de Obina realmente não foram poucos. Além de ter livrado o Flamengo do rebaixamento em 2005, o atacante fez gols na final da Copa do Brasil de 2006 e na do Campeonato Carioca dois anos depois.

O goleiro Bruno vendeu seu peixe e já tomou posse de um dos ministérios rubro-negros. Fazendo uma média com seu superior, ele pediu a ajuda do presidente da nação.

– Quero ser um ministro dele nesta busca por títulos. Até porque não aguento mais o meu cabelo. Serei o Ministro da Defesa para evitar os bombardeios contra o “país” Flamengo – disse Bruno, lembrando da promessa que fez de cortar o cabelo apenas quando o clube ganhar um título importante.

A melhor frase do goleiro foi sobre a função de cada um. Principalmente nessa época de guerra.

– Obama não pode ser matador, mas o Obina sim – brincou Bruno.

Fla ainda não assinou com a Petrobras

O Flamengo ainda não renovou o patrocínio com a Petrobras. O contrato de 2008 com a estatal acaba no dia 26 de janeiro, mas o presidente, Marcio Braga, espera assinar o novo acordo antes do fim do mês.

- O contrato está pronto. Esperamos assiná-lo até o próximo dia 30. A nossa sugestão é que seja assinado pela agência de marketing do Flamengo, que é um órgão que vai pertencer ao clube, mas com um CNPJ diferente - afirmou.

O valor que o Flamengo receberá ainda não foi divulgado oficialmente. Estima-se que o patrocínio gire em torno de R$ 14,2 milhões, abaixo dos R$ 16,2 milhões que o Rubro-Negro recebeu em 2008.

- Sobre valores, não adianta nem me perguntar, pois vamos anunciar no dia da assinatura - disse Marcio Braga.

Titulares vencem mais um coletivo na Gávea

Às vésperas da estréia no Campeonato Carioca, o técnico Cuca comandou mais um coletivo na Gávea. Sem fazer qualquer modificação na equipe - Willians participou integralmente da atividade - os titulares venceram por 3 a 2. Obina, Fábio Luciano e Ibson marcaram. Josiel e Jônatas descontaram.

Os titulares começaram vencendo, mas apresentando dificuldades defensivas. Sempre que os reservas tocavam a bola com mais velocidade conseguiam penterar com facilidade na defesa. Tanto que viraram o jogo. Mas, aos poucos, o time principal evoluiu e se aproveitou de jogadas de contra-ataque em velocidade para reverter o placar.

O time jogou com: Bruno; Aírton, Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Willians, Kleberson, Ibson e Juan; Marcelinho Paraíba e Obina. A estréia é no próximo domingo, contra o Friburguense, no Maracanã.

Cuca não poupa elogios a Obina: guerreiro, bom cabeceador, referência...

Treino sim, outro também, e Obina tem deixado a marca nos treinamentos do Flamengo. O bom desempenho dele provocou uma empolgação desmedida do técnico Cuca.

Ao analisar o camisa 18, o comandante rubro-negro não poupou elogios.

- Obina tem tudo para vingar neste ano e ser um dos artilheiros do Brasil. Ele é guerreiro, cabeceia muito bem e funciona como referência – disse.

O jogador anda sorridente pela Gávea. Desde 2007, quando teve uma grave lesão no joelho, ele não iniciava um ano tão bem.

- A fase está muito boa. Estou me sentindo feliz, disposto a ajudar o Flamengo e fazer gols – disse.

O Flamengo estreia no Campeonato Carioca no próximo domingo, contra o Friburguense, no Maracanã.

Em discurso ousado, presidente projeta mudanças imediatas no clube

O Flamengo empossou nesta quarta-feira o novo vice de finanças, Sebastião Pedrazzi, no auditório Rogério Steinberg, na Gávea. Porém, o novo dirigente permaneceu toda a coletiva de apresentação calado. Ao seu lado, o presidente Marcio Braga repetiu o discurso das mudanças urgentes no clube, mas apresentou algumas medidas práticas.

O dirigente iniciou avisando que o programa de revitalização da sede do Rubro-Negro está entregue ao governador Sérgio Cabral Filho e acredita que não haverá problemas para aprová-lo posteriormente na prefeitura do Rio.

Em relação ao futebol, velhas ideias em novos formatos. Marcio designou o ex-presidente Hélio Ferraz para ser o gestor de um projeto para a Sociedade Empresária do futebol. Outro dirigente que ganhou nova atribuição foi Ricardo Heinrichsen. Ele será o responsável pela agência de marketing vinculada ao Flamengo que receberá a verba do novo contrato com a Petrobras. Desta forma, utilizando um CNPJ diferente, o clube evita que o dinheiro fique bloqueado.

Confira os trechos da entrevista de Marcio Braga: Nova Gávea
“Quero anunciar que o programa de revitalização da Gávea está entregue ao governador e veremos se ele tem alguma sugestão. Na prefeitura o projeto é mais tranquilo porque há uma prioridade à parte esportiva e já havia sido aprovado anteriormente”

Futebol moderno
“Teremos de passar por um período de transformação, de experiência. Perdemos passe dos atletas para os empresários. Agora, eles formam fundos altamente capitalizados. Não temos condição de concorrer. São atletas de terceiros e que jogam aqui por algumas temporadas. Não adianta pensar na formação se não pensarmos na manutenção destes atletas.

Eles fazem centros de treinamentos, contratam olheiros, preparadores voltados para a exportação. E como eles não têm clubes que sejam boas vitrines, continuam colocando no Flamengo, no São Paulo. Se não mudarmos o modelo de gestão não chegaremos a lugar algum. Temos que criar a sociedade empresária”.

Adequação do Flamengo à realidade
"Pretendemos fazer a mudança do modelo de gestão que tanto necessitávamos e que tanto queríamos. Para tocar um projeto como esse é necessário um perfil de profissional que não consegui localizar aqui no Brasil. Vários nomes e nenhum de acordo com aquilo que nós achávamos.

Por isso, o Hélio Paulo Ferraz vai gerenciar o projeto da formatação da Sociedade Empresária do Futebol".

Petrobras
"Contrato com a Petrobras está pronto. A partir de agora pode ser assinado. Não me perguntem quanto. Ele vai ser assinado pela agência de marketing do Flamengo, que terá sua gestão com o diretor de marketing Ricardo Heinrichsen. Terá CNPJ diferente e será gerida exclusivamente por profissionais".

No CSKA, Zico dá aval para chegada de Léo Moura

O Flamengo corre sério risco de perder Leonardo Moura. O namoro com o CSKA se arrasta há um mês e a cada dia ganha força. Além de o lateral-direito ter conhecimento das conversas entre seu empresário e o clube de Moscou, ele ganhou um estímulo de peso: Zico, técnico do CSKA, elegeu-o como um dos melhores do Brasil em atividade na posição.

"Minha opinião sobre o Léo Moura é que se trata de um dos melhores laterais em atividade no Brasil. Quanto à negociação, não me envolvo. É com o presidente e a diretoria do clube", afirmou Zico, que aponta o que considera o problema para o desfecho. "Estou em Israel. O clube tem já 10 estrangeiros e com a crise... Não me falaram nada".

Léo Moura e Zico aproximaram-se em uma pelada de fim de ano, quando trocaram idéias e surgiu o interesse. O jogador tem conhecimento de que a qualquer hora pode ir para o frio da Rússia, e gostou de saber das novas declarações de Zico.

"É uma honra o elogio dele. Vamos ver...", resumiu o atleta, que não comenta abertamente o assunto até uma proposta chegar à diretoria.

No Flamengo desde 2005 e com seu contrato prorrogado até 2011, o lateral tem multa rescisória estipulada em R$ 13,5 milhões. Léo Moura até já deixou a família avisada sobre a possibilidade de mudança de ares. A janela de transferências internacionais vai até o dia 31.

Reserva da lateral direita recentemente contratado, Everton Silva, ex-Friburguense, chegou a dizer na sua apresentação, semana passada, em Teresópolis, que viria para suprir a ausência de Leonardo Moura.

"Sabemos que o Léo tem propostas e pode sair. Ele me deu conselhos e disse que posso chegar onde ele chegou", disse Everton Silva, na ocasião.

O jogador segue em compasso de espera, ciente de que ser treinado por Zico faria superar o frio russo.

Diretor do Fla sobre Mota: ‘Estamos momentaneamente fora’

Como já era esperado, a contratação do atacante Mota pelo Flamengo não deve mesmo acontecer. No que depender da diretoria rubro-negra, a situação está cada vez mais difícil, até porque o Seongnam Ilhwa, clube do atacante na Coréia do Sul, não está tão disposto a liberá-lo.

- Fizemos a nossa parte, e na última hora o clube dele recuou. Então estamos momentaneamente fora. Se, por acaso, o empresário do Mota conseguir e liberação, voltamos a conversar – explicou o diretor de futebol, Plínio Serpa Pinto.

Emerson Damaceno, empresário de Mota, viaja neste fim de semana para tentar definir de uma vez por todas a situação.

Zé Roberto se esforça para entrar em forma

Principal contratação do Flamengo para esta temporada, o apoiador Zé Roberto corre contra o tempo para acompanhar os demais companheiros no condicionamento físico. O jogador tem se esforçado imensamente para ficar em sua condição ideal.

A expectativa do técnico Cuca é de contar com Zé Roberto para a terceira rodada do Campeonato Carioca, quando o Flamengo enfrentará o Volta Redonda, fora de casa. O camisa 10 diz que o sacrifício é recompensado.

- Foi bom treinar com o campo pesado. Estava acostumado com o frio da Alemanha e tinha dias que o calor estava insuportável, castigando. Cansa, é desgastante, mas quando você pensa em ficar de mau humor, eu lembro que é um processo que vai fazer bem a mim e é necessário para o meu trabalho - declarou Zé Roberto.

Fla treina debaixo de muita chuva

O treinador orienta Marcelinho Paraíba (à esq.) e Ibson




















Ibson luta com a água para ficar em pé




















Willians chuta a bola e a água





















Cuca mostra aos jogadores a maneira que quer seu time em campo



Jogadores se empenham em treino e ganham elogios do treinador

A estreia do Flamengo no Campeonato Carioca deste ano acontece só no domingo, às 17h, contra o Friburguense, no Maracanã. Mas, pelo menos para Cuca, os jogadores já estão de parabéns. É claro que a alegria do treinador é devido ao empenho de todos nos treinamentos da pré-temporada em Teresópolis, assim como no Rio de Janeiro. Após o trabalho desta quarta-feira, o comandante distribuiu elogios.

- A entrega e a vontade de evoluir estão sendo enormes. Estou muito satisfeito com a dedicação do grupo. Tivemos alguma evolução. Eles estão trabalhando sério e temos tudo para fazer uma grande campanha. O Campeonato Carioca desse ano vai ser mais difícil, teremos jogos no interior e temos que estar preparados .

Cuca também explicou sua preferência por Willians no meio-de-campo no lugar de Everton.

- O Everton é um dos titulares que temos. Ele já entrou na vaga do Willians e hoje (quarta) entrou no lugar do Airton. É importante treinar algumas variações para podermos usar na hora do jogo. Os jogadores se ambientam e não estranham durante a partida.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Rapidinhas do Mengão!


Fla corta verba e deixa em dúvida a permanência de Jade e irmãos Hypolito
Marcio Braga diz que clube continuará poliesportivo, mas não garante ginástica e só assegura basquete e remo

Obina faz o único gol do coletivo na Gávea
O técnico Cuca realizou um treino coletivo durante cerca de 30 minutos nesta quarta-feira e os titulares venceram os reservas por 1 a 0. Obina, praticamente o único atacante da equipe, fez o gol da atividade

Kleberson tem mais liberdade com Willians
O Willians é um jogador de qualidade e quando está em campo me dá mais liberdade para que eu possa atacar - disse

Forte calor é preocupação no Flamengo
Kleberson acha que time deve tocar mais a bola para evitar desgaste

Rabello afirma que não haverá parada técnica no Campeonato Carioca
O presidente da Comissão de Arbitragem da Federação do Rio de Janeiro, Jorge Rabello, confirmou em entrevista ao programa Redação Sportv que não haverá parada técnica durante os jogos do Campeonato Carioca

Juan espera Estadual mais difícil em 2009
Lateral-esquerdo diz que clubes pequenos darão mais trabalho por jogarem em casa e que rivais se reforçaram

Flamengo x Friburguense: ingressos à venda nesta quarta-feira
Equipes fazem a estreia no Campeonato Carioca 2009 neste domingo

Novo vice de finanças do Fla toma posse
Sebastião Pedrazzi vai substituir José Carlos Dias neste ano

Time titular para a estreia é divulgado por Cuca, com Willians entre os 11

Quem é Willians

Nome: Willians Domingos Fernandes
Idade: 22 anos
Data de nascimento: 29/1/1986
Local: Praia Grande, São Paulo
Posição: volante
Altura: 1,75 m
Peso: 71 kg
Clubes que defendeu: Santo André desde 2007 (marcou três gols em 56 partidas disputas)

Logo após o treinamento desta quarta-feira na Gávea, sob forte chuva, o técnico Cuca confirmou o que já era esperado: devido aos bons coletivos que têm feito, o volante Willians ganhou a vaga de Everton no meio-campo. Com isso, Marcelinho Paraíba volta a jogar um pouco mais adiantado na estreia do Flamengo no Campeonato Carioca, domingo, às 17h, no Maracanã, contra o Friburguense.

No trabalho desta quarta, Cuca comandou durante uma hora um treino-tático seguido de um mini-coletivo. Durante 20 minutos, o treinador pediu que os titulares marcassem os reservas por pressão. E o resultado foi excelente, já que os suplentes tiveram muitas dificuldades até mesmo para ultrapassar a linha de meio-campo

A única alteração feita por Cuca no time principal durante a atividade foi a entrada de Everton no lugar de Aírton. Segundo ele, é uma substituição experimental para uma situação em que o time precise ser mais ofensivo. Os titulares venceram o coletivo por 1 a 0, gol de Obina.

O Flamengo vai para campo enfrentar o Friburguense com: Bruno, Aírton, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim, Leo Moura, Willians, Ibson, Kleberson e Juan; Marcelinho Paraíba e Obina.

Bruno tem nova função para desempenhar no Flamengo

Quem observou atentamente o jogo-treino contra o Tupi, em Teresópolis, no último domingo, percebeu que Bruno ganhou uma nova responsabilidade com a chegada de Cuca: ser uma espécie de líbero quando o Flamengo tiver um escanteio ou uma falta perto da área adversária a seu favor.

Em determinado momento do jogo-treino, quando o time teve uma falta ofensiva, apenas dois jogadores rubro-negros ficaram na sobra, no meio-de-campo, para marcar os dois adversários responsáveis pelo contra-ataque. Um deles foi Léo Moura.

– Adianta, Bruno – orientou o lateral–direito.

O goleiro correu até a intermediária e ali ficou até o desenrolar da jogada, sem sucesso.

Procurado pelo LANCE!, Cuca admitiu que essa determinação faz parte de um conjunto de mudanças táticas. E explicou que a função requer algumas características para ser desempenhada.

– Quem faz isso muito bem é o goleiro holandês do Manchester United, Van der Sar. Para fazer isso, é necessário um jogador versátil. É preciso ter qualidade e inteligência. Vamos tentar fazer isso aqui uma vez ou outra, pois Bruno tem qualidade com os pés para isso – explicou Cuca.

Bruno disse que já chegou a fazer essa função outras vezes, pelo próprio Flamengo. Mas admitiu que agora a situação é diferente.

– Cuca está treinando essas situações de contra-ataque. Antes de ele chegar, eu já fazia mais ou menos isso de ficar adiantado. Mas agora isso ficou bem mais visível. É quase uma espécie de líbero mesmo – explicou o goleiro, para falar dos cuidados que esse tipo de função requer.

– Não dá para ir em qualquer bola. Só quando ela for um pouco mais para a linha de fundo. E também é preciso voltar rapidamente para o gol – disse Bruno.

Flamengo faz reforma na sala de imprensa

Depois de muita reclamação por parte da imprensa pela pouca estrutura que tem para trabalhar na Gávea, o Flamengo está reformando a sala de imprensa do clube e ela deve ficar pronta em cerca de duas semanas.

Com as obras, espera-se que acabe o mau cheiro - como de fezes de gato, por exemplo - do local e que haja número de cadeiras suficiente para todos os profissionais, já que a estrutura anterior não proporcionava essas questões simples.

Nesta quarta-feira, os jogadores fizeram o primeiro treino no campo da Gávea nesta temporada. O gramado também passou por algumas reformas durante as férias dos atletas.

Turma dos apelidos batiza mais um

Depois de Willians "Paul Tergat", a turma dos apelidos batizou mais um no Flamengo. O lateral-direito Everton Silva, que veio do Friburguense, é chamado nas resenhas de Henry.

- Isso é coisa do Leo Moura. Ele que adora essas brincadeiras. Mas o Henry da Gávea também sabe fazer gol. Eu garanto. No Estadual do ano passado fiz dois - disse.

No seu clube anterior, Everton era chamado de "Chuva". Ele explica o motivo.

- Lá em Friburgo chove muito e eu odeio treinar na chuva - contou.

O lateral-direito avisa que pode jogar no outro lado do campo. Mesma polivalência de Luizinho, que o antecedeu na função de reserva de Leo Moura.

Cuca realiza treino técnico sem posição fixa

O Flamengo realizou um treino técnico na tarde desta terça-feira no Ninho do Urubu, em Vargem Grande. Durante cerca de uma hora, os jogadores participaram de uma atividade em que cada um só podia tocar na bola duas vezes antes de soltá-la. Para se ter ideia, o lateral-direito Leonardo Moura passou a maior parte do tempo na direita.

Os raios e as trovoadas atrapalharam um pouco o desenrolar do treino, mas não chegaram a interrompê-lo.

Para esta quarta-feira, o treino da manhã foi cancelado e à tarde a atividade será realizada na Gávea. É possível que Cuca defina a equipe que enfrenta o Friburguense no domingo em um treino tático.

Em treino disputado, Fierro leva Jônatas a nocaute

Treino na tarde desta terça, jogadores exageram nas divididas e sobra para o volante




















Na tarde desta terça, os jogadores do Flamengo realizaram um treino recreativo em campo inteiro, no Ninho do Urubu. A dificuldade da atividade acirrou o ânimo dos jogadores e as entradas duras se repetiram. Primeiro, Angelim pegou Fierro e levou uma bronca de Fábio Luciano. O capitão, porém, poucos minutos depois deu uma entrada forte em Thiago Sales. Por fim, o chileno Fierro levou Jônatas a nocaute. Depois de assustar por alguns instantes, o volante levantou, recebeu água no rosto e prosseguiu no treino. O Fla volta a treinar na tarde desta quarta, na Gávea.

Kleberson pede cautela para estreia do Fla

Nem mesmo a manutenção da base do ano passado faz com que o apoiador Kleberson acredite que o Flamengo terá tranquilidade no início do Campeonato Carioca. O pentacampeão considera que o Rubro-Negro ainda necessita de tempo para apresentar o seu melhor. Além do mais, outros clubes estão se preparando desde o ano passado.

- Na estreia nós sabemos que não vamos estar 100% ainda. Têm muitos clubes trabalhando há muito tempo já. É normal no começo de campeonato que o time precise de ajustes - declarou.

O Flamengo estreia no domingo contra o Friburguense, no Maracanã, pelo Grupo B do Carioca. A única dúvida do técnico Cuca é entre Willians e Everton.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Com saudade da bola, Zé Roberto corre em busca da forma ideal

O meia Zé Roberto está ‘sofrendo’ depois de sua chegada ao Flamengo. Como se apresentou mais tarde na pré-temporada, ele tem feito o trabalho de recuperação física sozinho com o preparador Riva Carli. O jogador admite que está ansioso para treinar com bola junto de seus companheiros, mas sabe que o momento apropriado ainda vai chegar.

- O importante agora é chegar aos cem por cento na parte física. Preciso mesmo estar bem porque jogo no meio-campo, um setor que desgasta demais. Estou com saudade da bola, mas por enquanto ainda tenho que correr sem ela – disse Zé Roberto em entrevista à Rádio Globo.

O meia só deve estrear pelo Flamengo na terceira rodada da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, dia 1º de fevereiro, contra o Volta Redonda, na Cidade do Aço.

Para Juan, Carioca 2009 será ainda mais difícil

Lateral-esquerdo pede atenção com os times considerados pequenos: “Eles se reforçaram e vão poder jogar nos seus estádios”.

Um dos destaques do Flamengo na temporada passada, o lateral-esquerdo Juan espera um ano de muitas conquistas para o rubronegro da Gávea. O primeiro objetivo é o título do Campeonato Carioca, que começa no domingo para o Flamengo, com o jogo diante do Friburguense, às 17h, no Maracanã.

-“Nosso primeiro objetivo no ano é o tricampeonato carioca. Acho que o campeonato desse ano vai ser mais difícil do que o de 2008 e 2007. As equipes consideradas pequenas se reforçaram e vão dar muito trabalho. Além disso, teremos jogos fora de casa, o que torna o Carioca ainda mais difícil. Sempre tem muita pressão”.

Para Juan, nada melhor do que começar a competição logo com uma vitória.

-“Dentro de casa temos que buscar os resultados. Não podemos bobear e perder pontos jogando no Maracanã diante da nossa torcida. Se fizermos o nosso papel dentro de casa vamos nos classificar”.