Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 14 de março de 2009

Lanterna do Carioca para ataque do Flamengo e arranca um empate











Lento e sem qualquer inspiração o Flamengo acabou tropeçando contra o lanterna do campeonato Carioca, o Triges, ao empatar em 1 a 1, gols de Leandro Chaves, aos 26 minutos, após falha do goleiro Bruno, que largou uma bola chutada de fora dá área nos pés do adversário. A igualdade veio aos 39 minutos, em uma cabeçada de Josiel, após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo.

O Flanmengo começou o jogo pressionando o adversário, que tentava se defender. Aos cinco minutos, Juan foi derrubado na área e penalti marcado. Na cobrança, Leo Moura mandou a bola por cima do gol. Mesmo tendo desperdiçado a oportunidade, o rubro=-negro não se entregou, dois minutos depois em um lançamento de Kleberson para Josiel, o atacante isolou.

Irritada com a sequencia de erros, a pequena torcida do Flamengo começou a vaiar o time e cobrar raça dos jogadores. Foi o incentivo que a equipe da Baixada Fluminense precisava. E a oportunidade veio através de um chute de longe de Clayton. o goleiro Bruno não segurou a bola que foi parar nos pés de Leandro Chaves, que só tocou para marcar.

Mesmo atrás no placar, o Flamengo não alterou seu ritmo. Ainda assim, por pouco não chegou ao empate, após uma saída errada do goleiro Marcos Paulo. Kleberson pegou a sobra e lançou Josiel, que chutou à direita.

O empate veio aos 39 minutos, em uma cobrança escanteio pela esquerda, por Juan. Josiel subiu mais que a defesa adversária cabeceando para o fundo da rede. O Flamengo ainda poderia ter saído do primeiro com a vitória, se Zé Roberto, nos descontos, não mandasse para fora após tabelar com Juan.

O Flanengo começou o segundo tempo da mesma maneira que terminou a primeira etapa, em ritmo lento. Já o Tigres retornou com mais vontade, e aos seis minutos Denis mandou um petardo defendido por Bruno. A resposta rubro-negra veio rápida.Aírton lançou Kleberson pela esquerda, que cruzou para Everton Silva bater de primeira nas mãos do goleiro do Tigres.

Vendo o tempo passar e com as vaias da torcida, Cuca resolveu mudar, tirando Everton Silva, em seu lugar colocou Obina. A mudança não impressionou o time adversário que em chute de longe de Leon, obrigou o goleiro Bruno a mandar para escanteio.

Sem nenhuma criatividade, o Flamengo insistia em levantar bolas na área. A defesa do Tigres tentava de toda a maneira afastar o perigo. Aos 30 minutos, em uma cobrança de escanteio, Zé Roberto chutou sem direção. O rubro-negro ainda desperdiçou outras duas chances.Uma nos pés de Josiel e quase no final com Maxi, cara a cara com o goleiro adversário, que fez grande defesa.

Bruno admite a sua falha no gol do Tigres

As coisas realmente não estão boas para o goleiro Bruno. Não bastasse a discussão com o auxiliar-técnico Andrade e o desconforto com o atraso no pagamento dos salários, o jogador falhou bisonhamente no gol do Tigres e interferiu diretamente no resultado deste sábado. Na saída de campo, o rubro-negro comentou o lance infeliz:

– Não fui bem, ainda tentei me recuperar, mas não consegui. São coisas que acontecem. Estou feliz no Flamengo. Se hoje sou conhecido no Brasil e no mundo, devo ao clube - disse Bruno.

Bruno garante que a postura apática do time rubro-negro diante do Tigres não será repetida no clássico contra o Vasco, no outro domingo.

- Com todo respeito ao Tigres, não é a mesma motivação ganhar deles. Não adianta fazer cinco gols neles e perder para o vasco depois. No clássico é outra história. Vamos com tudo para cima do vasco - declarou Bruno.

Cuca: ‘Não merecíamos a vitória’

O empate em 1 a 1 com o Tigres, até então o lanterna do Campeonato Carioca, não constava nos planos de Cuca. Ainda assim, o treinador afirmou, em entrevista coletiva, que o Flamengo não merecia a vitória neste sábado, e lamentou os poucos minutos de bom futebol do time.

- Imaginávamos ter uma atitude de pressão no segundo tempo, coisa que só foi ocorrer nos dez minutos finais. A torcida incendiou e os jogadores passaram a acreditar, mas aí já era tarde. Não merecíamos a vitória.

O pênalti perdido por Leo Moura, logo aos cinco minutos de jogo, também foi lembrado por Cuca.

- O começo de jogo foi bom. Mas foi a partir do pênalti perdido que deu aquela desandada, acabamos nos perdendo. Aí, o natural já não sai naturalmente. Quando três ou quatro jogadores não vão bem, é normal a equipe também não ir bem. E às vezes é irremediável, como foi hoje.

Ainda em campo, Bruno e Fábio Luciano divergem sobre salários atrasados

Sem tomar conhecimento das declarações um do outro, o goleiro Bruno e o zagueiro Fábio Luciano divergiram, na saída do gramado, após o empate diante do Tigres, no Maracanã, sobre o problema financeiro que o Flamengo enfrenta: salários atrasados.

– Não sei que crises vocês falam que existe no Flamengo. Hoje, no Brasil, salário atrasado é algo normal e não nos afeta dentro de campo. Viemos para ganhar o jogo, mas, infelizmente, nem sempre é possível. O futebol é uma caixinha de surpresas e temos que colocar a cabeça no lugar – afirmou o goleiro Bruno.

Ao ser perguntado sobre a situação do time de basquete, campeão sul-americano nesta semana, o zagueiro Fábio Luciano preferiu adotar um discurso mais direto.

– Tem que falar mesmo do time de basquete. Foram os campeões. Não era para ninguém estar com os salários atrasados – disse.

Flamengo 1 x 1 Tigres do Brasil


Ficha técnica:

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 14/03/2009

Hora:16h (de Brasília)

Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)

Auxiliares: Edinei Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

Renda/público: R$ 140.672,00 / 11.717 pagantes

Cartões amarelos: Kleberson (FLA); Gilcimar, Leandro Chaves, Pedrão (TIG)

GOLS: Leandro Chaves, 26'/1ºT (0-1); Josiel, 39'/1ºT (1-1).

Flamengo: Bruno, Everton Silva (Obina, 18'/2ºT), Fábio Luciano, Welinton e Juan; Aírton, Willians, Kleberson (Fierro, 27'/2ºT) e Leonardo Moura; Zé Roberto e Josiel (Maxi, 35'/2ºT). Técnico: Cuca.

Tigres do Brasil: Marcos Paulo, Oziel, Pedrão, Zé Carlos e Edson; Leão, Denis (Fábio, 33'/2ºT), Jaílson e Clayton (Sorato, 34'/2ºT); Gilcimar (Joaélton, 28'/2ºT) e Leandro Chaves.

Técnico: Carlos Alberto.

Irmãos Hypólito em ação

Diego se apresentará na etapa alemã da Copa do Mundo, enquanto Daniele participará de Torneio Internacional, em Veneza.

Chegou o momento que Diego Hypólito mais gosta. Após treinamentos intensos, o ginasta embarcará para a Alemanha, na próxima segunda-feira (16/03), onde irá disputar a primeira etapa da Copa do Mundo de Ginástica Artística, entre os dias 19 e 22 de março.

Diego, que encerrou 2008 ostentando o título de tricampeão mundial de solo, teve seu nome confirmado na seleção brasileira depois de ser submetido a uma seletiva, em Curitiba, sede da CBG. – “Estou bem fisicamente e essa primeira competição servirá para que eu ganhe ritmo. Vou competir no solo e no salto, e existe uma chance de participar nas barras. A maior novidade será a mudança no código de pontuação”.

Daniele, a eterna Pequena Notável da modalidade olímpica, já se encontra em Veneza, na Itália, em companhia da jovem Letícia da Costa, também ginasta do C.R.F, e do técnico Ricardo Pereira. As duas foram convocadas para disputar o Torneio Internacional da cidade italiana após serem avaliadas pela técnica de seleções da CBG, Georgette Vidor. Daniele e Letícia entrarão em ação neste sábado (14/03).

Além do Brasil e da anfitriã Itália, o torneio contará com a presença das seleções da Inglaterra, China e Romênia.


Hotsite Fla-Basquete

Depois de camisa temática, Fla-Olímpico lança Hotsite para o Basquete.

O Flamengo acaba de lançar um Hotsite do Fla-Basquete - www.flabasquete.com - e sua rede social - www.flabasquete.com/basqueteiros como parte do esforço de dar o destaque que o atual campeão sul-americano merece.

Cadastre-se e participe!

Mengão fica no 3 a 3 com o Tigres e mantém liderança no juniores

O Flamengo recebeu o Tigres do Brasil na manhã deste sábado, na Gávea, pela décima rodada do Campeonato Carioca e ficou no empate por 3 a 3. Os dois clubes dividem a liderança da competição com 23 pontos, mas o Rubro-Negro leva vantagem por ter melhor saldo de gols.

Jogando em casa, o Flamengo partiu para cima no início e saiu na frente com gol de Dieguinho. O Tigres empatou ainda no primeiro tempo, levando os times em igualdade para o intervalo.

Na segunda etapa, o Flamengo chegou a abrir 3 a 1 com dois gols do atacante Diego Maurício. O Tigres diminuiu aos 29 minutos. O Rubro-Negro reclama de um pênalti não marcado a seu favor aos 37.

Nos acréscimos, o Tigres empatou numa cobrança de pênalti, em lance também muito questionado por jogadores, comissão técnica e torcida rubro-negros.

Ronaldo Angelim deve voltar ao Mengão no clássico contra o vasco

Mais do que o fim das discussões, o rachão que antecedeu ao jogo contra o Tigres chamou a atenção pelo retorno do zagueiro Ronaldo Angelim. Recuperado de uma grave lesão na coxa direita, o zagueiro do Flamengo participou normalmente da brincadeira.

A expectativa do técnico Cuca é escalá-lo no clássico contra o Vasco, dia 22 de abril.

- Na semana que vem o Angelim estará à disposição. De repente ele pode até ir para o clássico – disse o treinador.

Ronaldo Angelim está fora desde o início de fevereiro. Primeiro, Thiago Sales o substituiu por dois jogos. Depois, Cuca optou por escalar o jovem Welinton, de 19 anos. Ele aceita devolver a vaga sem reclamar:

- Fico feliz por ver o Angelim de volta. Tinha ficado preocupado. A posição é dele. O que o Cuca fizer estou satisfeito.

De volta à boa fase, Fla recebe o Tigres



Ficha técnica:

Flamengo x Tigres do Brasil

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 14/03/2009

Hora:16h (de Brasília)


Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Auxiliares: Edinei Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

Flamengo: Bruno, Everton Silva, Fábio Luciano, Welinton e Juan; Aírton, Willians, Kleberson e Leonardo Moura; Zé Roberto e Josiel.

Técnico: Cuca.

Tigres do Brasil: Marcos Paulo, Oziel, Pedrão, Zé Carlos e Tobias; Leão, Denis, Jaílson e Clayton; Gilcimar e Leandro Chaves.

Técnico: João Carlos Costa.

Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 15h45m(de Brasília).


Cheques sem fundo levam Fla à Justiça para pagar pelo zagueiro Rodrigo

Não é raro a diretoria do Flamengo alegar que o caos financeiro atual é apenas consequência de administrações passadas. Porém, o caso do zagueiro Rodrigo, por exemplo, é emblemático e confronta tal argumentação. O jogador teve uma curta passagem pela Gávea em 2008. Teve uma grave fratura no braço, pouco jogou e optou por transferir-se para São Paulo. A dívida, no entanto, chegou aos R$ 400 mil.

Em um acordo interno, o empresário do jogador, Giuseppe Dioguardi, pagou o dinheiro ao atleta e “herdou” o crédito com o Rubro-Negro. No total, recebeu 12 cheques para descontar aos poucos.

Somente dois deles foram compensados. Os demais voltaram porque estavam sem fundos. De acordo com os advogados de Giuseppe, o que mais impressiona é que, apesar de seguir passando cheques “voadores”, o Flamengo não tem a conta encerrada e tampouco é levado ao Serasa.

Sem conseguir o dinheiro, a equipe de Dioguardi entrou com uma ação na 17ª Vara Cível há cerca de uma semana.

-Hoje são R$ 400 mil. Se não pagarem, daqui a dez anos isso se transforma em R$ 5 milhões e aí vão culpar “administrações passadas” – disse um dos advogados que cuida do caso.

Outro jogador que recentemente teve problema com a prática de cheques sem fundos na Gávea foi Marcelinho Paraíba. Cansado de esperar pelo pagamento de luvas, que totalizavam mais de R$ 800 mil, o atleta entrou em acordo e foi para o Coritiba.

Bruno: 150 jogos e desconforto em treino

As novas regras do rachão do Flamengo atingiram em cheio um dos protagonistas da semana. O goleiro Bruno, que completa 150 jogos pelo Rubro-Negro na partida deste sábado, contra o Tigres, no Maracanã, pela Taça Rio, deu claros sinais de que não gostou das modificações e quase não atuou no recreativo.

Ao fim do treino tático, ele já estava visivelmente incomodado com a situação. Quando o recreativo estava prestes a começar, Bruno deu indícios de que não iria participar do rachão para treinar separadamente com o preparador de goleiros, Roberto Barbosa.

Foi então que o capitão Fábio Luciano foi falar com eles. Bruno, então, seguiu em direção ao restante do grupo. Mas na hora em que Cuca chamou os jogadores para explicar as novas regras, o goleiro permaneceu de cara amarrada encostado em uma das traves. Durante a atividade, Bruno, que foi obrigado a jogar no gol (sempre participa na linha), também continuou aborrecido e sem demonstrar nenhum tipo de descontração do início ao fim da atividade.

O motivo por qual Bruno mostrou incômodo foi o recreativo desta terça-feira. Na ocasião, ele discutiu com Andrade, afirmando que o auxiliar técnico nunca ganhou nada na carreira como treinador. A torcida rubro-negra ficou ao lado do ídolo do clube já que, como jogador, o ex-volante ganhou diversos títulos pelo Flamengo, inclusive o Mundial Interclubes de 1981.

União e apoio no desembarque do Flamengo

Os torcedores do Flamengo fizeram muita festa para os jogadores campeões da Liga Sul-Americana de Basquete, título inédito do clube. Mas os cerca de 600 rubro-negros presentes no Aeroporto Internacional também protestaram contra a crise financeira que assola o Flamengo, o qual deve salários aos jogadores.

A torcida levou uma faixa com os seguintes dizeres: 'Jogar por amor, sim. Salários atrasados, não'. O presidente Marcio Braga também não foi poupado e duramente criticado pela torcida, que ainda alfinetou o futebol: 'Não é mole, não, o Basquete é o orgulho da Nação'.

Toda a delagação vestia a camisa lançada pela diretoria para buscar recursos para a modalidade. O primeiro jogador a desembarcar foi Duda, que trouxe o troféu de campeão. A partir daí os protestos sumiram e a comemoração deu o tom no Aeroporto. Todos os jogadores tiveram seus nomes gritados, em especial Marcelinho - principal pontuador do Sul-Americano, e Coloneze (um dos heróis da conquista).

- Uma alegria muito grande para a gente, que vive um muito momento de dificuldades. Está todo mundo de parabéns. Lutamos muito pois sabemos que o Flamengo vive um momento difícil mas é muito maior que qualquer coisa. É uma emoçaõ muito grande - disse Marcelinho, que aponta o combustível para a vitória:

- Essa torcida. Eles não deixam esmorecer nunca, sempre nos apoiam. É uma alegria muito grande.


Duda, jogador que se destacou sobretudo no último período e chegou a passar mal com tanto esforço, também comentou a calorosa recepção:

- É muita emoção. Nada melhor que chegar aqui e ver essa torcida maravilhosa recebendo a gente. Isso é melhor que qualquer medalha e prêmio.

A festa terá continuidade domingo, no Maracanãzinho, quando o Flamengo recebe o Brasília pelo pelo Novo Basquete Brasil, às 11h. A partir das 9h, o torcedor poderá se divertir com atrações musicais e uma exibição de basquete de rua.






Pivô do Flamengo inventa o 'Pé de Deus'

Se Maradona inventou a "Mão de Deus" ao marcar o gol sobre a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986, o pivô Coloneze é o criador do "Pé de Deus". E por ironia do destino a invenção foi feita na Argentina, pátria do ex-craque do futebol e atual técnico da seleção dos rivais.

No último lance da vitória do Flamengo sobre o Quimsa, na qual o Rubro-Negro conquistou o inédito título da Sul-Americana, o pivô interceptou um passe da equipe Argentina com o pé.

O juiz não viu e deixou a jogada seguir. Coloneze ainda correu atrás da bola e ganhou a posse para o Flamengo.

- Tive a sorte de a bola bater no meu pé e o juiz não marcar nada. Foi muito bom para a gente - disse o pivô no desembarque do Flamengo no Aeroporto Internacional.

O ala-armador Marcelinho, cestinha da partida contra o Quimsa e principal pontuador da competição, ressalta a importância do "Pé de Deus".

- Talvez se não fosse o "Pé de Deus" do Coloneze nós não teríamos vencido - disse Marcelinho.

E a estrela do pivô também brilhou ao pegar o rebote do lance livre de Duda e terminou a partida com a bola do jogo. Colonoze comenta a conquista e ressalta a torcida do Flamengo:

- É inexplicável ganhar um título desta importância pelo Flamengo. Foi muito maior que o Brasileiro do ano passado e a nossa campanha na Sul-Ameriacana (quando o Rubro-Negro foi vice-campeão). A torcida do Flamengo é fora do comum. Só quem está no Flamengo sabe o que é.

Baby: 'Isso para mim é um sonho'

O pivô Baby foi o principal reforço do Flamengo para a temporada. Mal chegou ao clube e Baby já sentiu o gostinho de ser campeão. E logo um título inédito para o clube: a Liga Sul-Americana. Baby ressalta sua volta ao país após jogar na NBA e na Rússia, além de elogiar a torcida.

- Este título é uma satisfação enorme, ainda mais sendo pelo Flamengo. Estava fora do país há dez anos, isso para mim é um sonho, voltar para o meu país de origem, jogar pelo Flamengo, a torcida apoiando. Espero ganhar mais títulos pelo Flamengo - disse Baby.

Torcida: 'Marcelinho é melhor que LeBron'

Um dos jogadores mais festejados no desembarque do Flamengo foi o ala-armador Marcelinho, cestinha da partida contra o Quimsa com 41 pontos e eleito o melhor jogador do confronto. A torcida do Flamengo, caracterizada pela irreverência, elogiou Marcelinho e comparou o rubro-negro com um craque da NBA:

- Marcelinho é melhor que o LeBron (ala do Clevelanda Cavaliers) - cantava a torcida no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

O ala comentou sua premiação e destacou todo o grupo.

- Eu sempre digo que o melhor jogador do campeonato sai do time campeão. E basquete é um esporte coletivo, no qual o trabalho em equipe é muito importante. Então eu divido esse troféu com os meus companheiros - disse Marcelinho.

Marcelinho voltou a tocar no ponto delicado do clube: os atrasos de salários dos jogadores.

- A gente sabe a situação que o Flamengo vive. Nós só queremos um tratamento igual. Na dificuldade é o grupo se fecha mais. E isso aconteceu conosco. Um time que já era muito unido - encerra o ala.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Cuca enaltece esforço de Obina recentemente

O técnico Cuca fez questão de ressaltar o esforço feito pelo atacante Obina nos útimos dias e confirmou que o jogador foi relacionado para a partida deste sábado contra o Tigres, no Maracanã.

Obina perdeu peso e treinou em dois períodos nesta semana para recuperar a melhor forma e obteve resultado. Isso tudo foi feito porque ele foi preterido da partida da última quarta-feira contra o Duque de Caxias.

- A parada dele foi muito boa. Teve muito trabalho. Foi bom para a parte física e técnica dele. Não vou dizer que em uma semana ele já está perfeito, mas evoluiu muito e estará no banco - disse Cuca.

O atacante Obina ainda busca marcar o seu primeiro gol na temporada. Ele começou o ano como titular, mas perdeu a posição para Josiel.

Definido o trio de arbitragem para Fla x Tigres

A Federação do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) realizou na quinta-feira o sorteio dos árbitros para a terceira rodada da Taça Rio. Para a partida entre Flamengo e Tigres do Brasil, neste sábado, no Maracanã, Gutemberg de Paula Fonseca será auxiliado por Edinei Guerreiro Mascarenhas e Gilberto Stina Pereira.

Esta será apenas a segunda partida de Gutemberg de Paula neste Campeonato Carioca. Já pela primeira rodada da Taça Rio, ele apitou a vitória por 3 a 0 do Boavista sobre o Duque de Caxias.

O fato de Gutemberg ter sido pouco escalado até agora causa estranheza, pois ele foi eleito o melhor árbitro do Campeonato Carioca do ano passado.

Campeonato Carioca, Taça Rio: classificação

Colocação Time PG J V E D GP GC SG %
vasco 6 2 2 0 0 7 1 6 100%

Fluminense 6 2 2 0 0 3 1 2 100%
Americano 3 2 1 0 1 5 4 1 50%

Madureira 3 2 1 0 1 3 3 0 50%
Tigres Brasil 1 2 0 1 1 3 4 -1 16%

Resende 1 2 0 1 1 1 3 -2 16%
Cabofriense 0 2 0 0 2 1 5 -4 0%

Duque de Caxias 0 2 0 0 2 2 7 -5 0%












Colocação Time PG J V E D GP GC SG %
Boavista 6 2 2 0 0 5 0 5 100%

Flamengo 6 2 2 0 0 7 3 4 100%
Bangu 4 2 1 1 0 3 2 1 66%
Volta Redonda 3 2 1 0 1 4 2 2 50%

Macaé 3 2 1 0 1 3 2 1 50%

Botafogo 3 2 1 0 1 4 6 -2 50%
Friburguense 1 2 0 1 1 1 4 -3 16%
Mesquita 0 2 0 0 2 1 6 -5 0%

Título do basquete põe time de futebol do Flamengo em saia justa

No Flamengo, na hora de levantar o dedo e dizer há quanto tempo os salários estão atrasados, o time de basquete ganha por goleada. São quatro contra um mês e meio da equipe de futebol. Nos títulos, porém, Marcelinho e cia estão à frente.

Campeões do Sul-Americano de basquete na última quinta-feira, na Argentina, os jogadores comandados pelo técnico Paulo Chupeta viraram símbolo do “amor à camisa” na Gávea.

Há quem os use como “incentivo” para os jogadores. Por outro lado, existe o temor de que o exemplo vindo das quadras se transforme em pressão-extra dentro dos campos. O técnico Cuca ficou desconfortável com a situação e fez questão de dizer que seus comandados não têm menos disposição.

- Daqui a pouco todo mundo faz isso (atrasa salário) achando que vai ser o campeão. E esse não é o caminho. Parabéns ao basquete, mas aqui no futebol nós também nos dedicamos bastante, mesmo com todos os problemas – afirmou.

O apoiador Zé Roberto, que ainda não recebeu nada desde que chegou à Gávea, em janeiro, acompanhou a partida entre Quimsa e Flamengo e sentiu orgulho.

- Acompanhei o jogo todo em casa. Serve de exemplo. Com quatro meses de salário atrasado. Mostra que quando a gente quer, independentemente de problemas, pode dar certo – disse.

Na noite desta sexta-feira, o time de basquete do Rubro-Negro desembarca no Rio de Janeiro e deve ser recepcionado por centenas de torcedores. Está prevista uma carreata para festejar o título. Enquanto isso, ainda sem empolgar a torcida no ano, a diretoria estima que somente 15 mil pessoas irão ao Maracanã assistir ao jogo contra o Tigres, neste sábado.

Rapidinhas do Mengão!

Flamengo prega respeito total ao lanterna do Campeonato Carioca
Cuca lembra que Tigres não é um ‘João ninguém’ e Zé Roberto admite que Rubro-Negro mudou forma de encarar as partidas

Presidente Lula envia ao Congresso projeto que muda estatuto do torcedor
Texto criminaliza a violência nos estádios e proximidades. Governo quer que torcedores tenham carterinha para entrar em estádios

Título do basquete põe time de futebol do Flamengo em saia justa
Marcelinho e cia ganharam Sul-Americano mesmo há quatro meses sem receber e esvaziam reclamações de salários atrasados

Rachão do Flamengo sofre intervenção para acalmar ânimos dos atletas
Cuca dá cartões amarelo e vermelho a Andrade: ‘A regra da atividade é o respeito’, diz o treinador

Em quase dois meses no Fla, Zé Roberto ainda não recebeu um real do clube
Jogador mostra-se compreensivo e diz que no momento a situação não o incomoda

Suspenso, Ibson dá lugar a Kleberson contra o Tigres no sábado
Em treino na manhã de sexta, técnico Cuca confirma a única alteração na equipe

Paz temporária faz Leo Moura celebrar ‘maturidade’ do elenco
Apesar de os fatos apontarem para um ambiente conturbado, lateral-direito garante: ‘Aqui, ninguém tem birra com ninguém’

Recado aos desconfiados: ‘Fizemos um bom jogo’, diz Leo Moura
Jogador minimiza gols sofridos nos minutos finais da vitória sobre o Caxias

De volta ao NBB, Flamengo enfrenta o Brasília

Campeão sul-americano volta o foco para o Novo Basquete Brasil

De alma lavada e com o título inédito de campeão sul-americano, o Flamengo/Petrobras volta o foco para as disputas do Novo Basquete Brasil. Ocupando a vice-liderança na tabela de classificação do primeiro turno, com 19 pontos (10 jogos / 9 vitórias e uma derrota), o atual campeão brasileiro e sul-americano enfrenta o forte time do Universo/BRB Financeira/Brasília neste domingo, no Maracanãzinho.

A partida, prevista para ter início às 11h, será válida pela 13ª rodada do turno do NBB e terá transmissão ao vivo do Sportv 2.



Entrada: R$20,00 inteira / R$10,00 meia entrada / R$5,00 com a camisa Fla-Basquete
Pontos de venda: Ingresso Fácil (http://www.ingressofacil.com.br/)
Horário de Funcionamento: Segunda a sábado, das 11h às 17h
Estádio do Maracanã (Bilheteria 8): Rua Eurico Rabelo, S/N - Maracanã
Clube de Regatas do Flamengo: Avenida Borges de Medeiros, 997 - Gávea
Sede do Fluminense: Rua Álvaro Chaves, 41 - Laranjeiras
Terra Encantada: Avenida Ayrton Senna, 2800 - Barra da Tijuca
São Cristovão (Campo): Rua Figueira de Melo, 200 - São Cristovão
No dia do evento, nas Bilheterias do Maracanãzinho

Flamengo é o novo dono da América

O Flamengo deu uma lição de superação na noite desta quinta-feirae conquistou o inédito título da Liga Sul-Americana de Basquete ao derrotar o Quimsa por 98 a 96, no jogo decisivo do Final Four – em Santiago del Estero (ARG), casa do adversário. O jogo foi definido apenas nos últimos segundos, em dois lances livres convertidos pelo ala Duda.

Os guerreiros rubro-negros deixaram para trás os problemas referentes aos atrasos salariais e à pressão da torcida argentina para levar o Brasil ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez desde 2005, quebrando a hegemonia hermana na segunda principal competição do continente americano.

Para chegar à glória foi necessário muito sofrimento e a inspiração do mais uma vez brilhante ala Marcelinho, que fechou o jogo com 41 pontos, após uma excelente atuação no primeiro tempo, quando anotou 30.

A vitória obtida pelo Fla derrubou também o último invicto do torneio, que teve como principal destaque um atleta brasileiro: o ala-pivô Wanderson, cestinha do Quimsa, com 25 pontos.

O pivô Baby, que fez ótima partida na vitória sobre o Cucuta, não brilhou desta vez, mas o trabalho coletivo da equipe nos momentos decisivos foram fundamentais.

Agora é hora de festejar e deixar para trás todas as dificuldades. Afinal, dinheiro nenhum pode pagar a façanha destes heróis.

Marcelinho é eleito melhor jogador da Liga

Marcelinho tem motivos de sobra para sorrir. Além de ser o cestinha do Flamengo no Final Four, com 88 pontos no total, o ala foi eleito o melhor jogador da Liga Sul-Americana.

– Estou muito feliz. Muitas pessoas diziam que eu só jogava no Brasil, mas mostrei que posso jogar bem fora do país também – desabafou o jogador, que na partida contra o Quimsa acertou dez cestas de três pontos.

O técnico Paulo Chupeta também demonstrou muita euforia na comemoração do título inédito:

– Sabíamos que seria muito difícil, mas acreditamos o tempo todo que seríamos campeões.

No momento de alegria e comemoração até a crise salarial foi esquecida pelos atletas.

– Este grupo soube separar os problemas enfrentados fora da quadra. Todos só pensaram no título – disse o ala Jefferson.

Nesta sexta-feira, o Flamengo desembarcará no Rio de Janeiro às 21h.

quinta-feira, 12 de março de 2009

Fla lança camisa para pagar salários no basquete

O Flamengo lançou nesta quinta-feira no Rio de Janeiro a primeira camisa da linha Fla-Basquete, que terá toda a receita líquida destinada ao pagamento dos salários atrasados dos jogadores e da comissão técnica do basquete rubro-negro. A camisa é preta, tem uma bola de basquete e os dizeres "Eu visto essa camisa".

Esta foi uma solução emergencial adotada pelo clube para acertar os salários atrasados dos atletas e da comissão técnica, que estão tendo destaque tanto no NBB quanto na Liga Sul-Americana de Clubes. O vice-presidente de Esportes Olímpicos do Flamengo, João Henrique Areias, calcula que se forem vendidas 10 mil camisas por mês, os salários conseguirão ser pagos.

A camisa custará R$ 39,90 e o torcedor que comprá-la pagará apenas R$ 5 para assistir aos jogos de basquete, que custam R$ 20. Toda a prestação de contas estará disponível para consulta dos torcedores no site oficial do Flamengo.

Os pontos de venda são, o próprio site do clube (www.flamengo.com.br), as lojas da Fla boutique, Flashop Roxos e Doentes, além de pontos de vendas no Maracanãzinho e Maracanã.

Outra novidade no basquete do Flamengo é a mudança no local do mando das partidas do clube. O Rubro-Negro deixa a quadra do Tijuca Tênis Clube e vai passar a jogar no Maracanãzinho já a partir deste domingo, contra o Universo/BRB em partida remarcada do NBB. Veja como assistir a essa partida:

Flamengo x Universo/BRB:
Domingo, 15/03 às 11h
Local: Maracanãzinho
Entrada: R$20 inteira / R$10 meia-entrada / R$5 com a camisa Fla-Basquete

Pontos de venda: Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br)
Horário de Funcionamento: Segunda à sábado, das 11:00h às 17:00h
Estádio do Maracanã (Bilheteria 8): Rua Eurico Rabelo, S/N - Maracanã
Clube de Regatas do Flamengo: Avenida Borges de Medeiros, 997 - Gávea
Sede do Fluminense: Rua Álvaro Chaves, 41 - Laranjeiras
Terra Encantada: Avenida Ayrton Senna, 2800 - Barra da Tijuca
São Cristovão (Campo): Rua Figueira de Melo, 200 - São Cristovão
No dia do evento, apenas nas bilheterias do Maracanãzinho

Ibson veste a camisa em prol do basquete





















Pelo segundo ano consecutivo na decisão da Liga das Américas, o time de basquete do Flamengo ganhou a solidariedade dos companheiros do futebol na luta contra a crise financeira que perturba o clube. Nesta quinta-feira, uma camisa promocional foi lançada para arrecadar dinheiro para a modalidade e um dos garotos propaganda do produto foi Ibson.

O volante posou para fotos na Gávea com a camisa que leva os dizer “FlaBasquete – Eu visto essa camisa”.

O produto será vendido por R$ 39,90 em todas as lojas oficiais do clube. A meta é que sejam vendidas 12 mil camisas por mês para que sejam pagos os salários de jogadores e comissão técnica do basquete.

Nesta quinta-feira, o Flamengo pode conquistar seu primeiro título sul-americano na modalidade. Para isso, entra em quadra precisando vencer os argentinos do Quimsa, às 21h, na cidade de Santiago Del Ero, na Argentina.

Obina só voltará a ser utilizado contra o vasco

A seca de gols - ainda não marcou neste ano - tem custado caro a Obina. Depois de não ser relacionado para o jogo contra o Duque de Caxias, o atacante também ficará fora da partida de sábado, diante do Tigres do Brasil, no Maracanã. A tendência é de que o baiano volte apenas contra o vasco, no outro domingo (dia 22/03).

A alegação do técnico Cuca é de que Obina precisa aproveitar este tempo para voltar a sua melhor forma.

- Ele ainda tem um caminho a percorrer antes de voltar a jogar. No sábado, o Obina está fora novamente - disse Cuca, preocupado com as suas opções para o ataque.

- Tenho três centroavantes de ofício: Josiel, Obina e Paulo Sérgio. Estou dando chance a todos. Porém, vai chegar um determinado momento em que decidirei o que será feito - explicou Cuca.

Pacote Antiviolência

O presidente Luis Inácio Lula da Silva assinará na tarde desta sexta-feira um pacote antiviolência para o esporte. A medida pretende se unir ao Estatuto do Torcedor e irá criminalizar a desordem e o vandalismo.

O governo brasileiro em conjunto com o Conselho Nacional de Justiça, Ministérios do Esporte e da Justiça, CBF e Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União, quer banir os torcedores que causam desordem nos estádios de futebol.

Lula ainda ratificará as punições e fará outras imposições para o fim dos baderneiros: proibição de permanecerem embriagados dentro dos estádios ou prisão por até dois anos para aqueles que cometerem atos violentos ou portarem objetos que propiciem à violência em um perímetro de cinco metros ao redor das instalações esportivas.

Torcedores cadastrados para entrar no estádio

Outro ponto destacado pelo programa é que somente pessoas cadastradas em um programa nacional de torcedores poderão entrar em estádios. Esse é um projeto que terá início a partir de 2010 e valerá para assistir às partidas da primeira e segunda divisões do campeonato Brasileiro. Neste caso, tanto integrantes de torcidas organizadas e torcedores comuns receberão um cartão eletrônico com o registro de suas digitais no momento do cadastramento.

O programa será direcionado aos estádios com capacidade maior do que dez mil pessoas. Ao passar pelas catracas, os torcedores só terão a entrada permitida caso a sua digital coincida com a que consta no cartão. Esse ponto deverá colaborar com a inibição da atuação dos cambistas.

O processo de cadastramento terá início no segundo semestre deste ano e poderá ser feito via Internet. O governo federal planeja fazer uma ampla campanha para divulgar o sistema.

Fla x Tigres: ingressos à venda

A boa vitória do Flamengo sobre o Duque de Caxias manteve o Rubro-Negro na liderança do Grupo B da Taça Rio, com seis pontos em dois jogos. A equipe do técnico Cuca terá mais um desafio neste sábado, diante do Tigres, no Maracanã, e os ingressos já estão à venda. São 68.359 entradas à disposição do público, que pode adquiri-las em diversos pontos de venda, das 9h às 17h. Confira:

PREÇOS DOS INGRESSOS
Cadeiras Comuns R$ 20 (R$ 10 a meia)
Arquibancadas Verdes ou Amarelas R$ 30 (R$ 15 a meia)
Arquibancadas Brancas R$ 40 (R$ 20 a meia)
Cadeiras Especiais R$ 120 (R$ 60 a meia)


LOCAIS DE VENDAS ANTECIPADAS
Bilheterias da Gávea (Flamengo)
Bilheterias do Fluminense F. C.
Parque Terra Encantada (Av. Ayrton Senna 2800, Barra da Tijuca - horários: seg. a qui. 11h às 17h; sex. 9h às 13h e sáb. das 10h às 13h)
Bilheteria 08 do Maracanã
Bilheterias do São Cristóvão F.R

Bruno se irrita com torcida: ‘Quer saber? Se eu sou o problema, me manda embora’

O Flamengo fez de tudo para colocar um ponto final na crise gerada pelo bate-boca entre Andrade e Bruno no recreativo de terça-feira. Levou o auxiliar-técnico a Volta Redonda, promoveu um abraço, mas faltou combinar com o torcedor. Após a vitória por 4 a 2 sobre o Duque de Caxias, nesta quarta, o goleiro até falava sobre a paz, mas...

- Está tudo resolvido. Não tem problema – neste momento, a torcida provoca e grita “Andrade” - Quer saber? Se eu sou o problema, a janela do meio do ano está aí. É só me mandar embora. Não quero atrapalhar o Flamengo.

Em entrevista coletiva, Cuca tentou colocar panos quentes na polêmica e disse que de cabeça fria o goleiro terá outra postura.

- Aquilo foi de cabeça quente. Ele foi ideal para entrevistas após o jogo porque estava de cabeça quente. Depois que tomar um banho, a entrevista seria em um outro tom.

Líder do Grupo B da Taça Rio, o Flamengo encara o Tigres, sábado, às 16h, no Maracanã.

Zé Roberto lamenta desatenção do Flamengo

Um dos destaques da vitória do Flamengo por 4 a 2 sobre o Duque de Caxias, o meia-atacante Zé Roberto festejou a conquista dos três pontos, mas saiu insatisfeito por conta da reação do adversário no fim do jogo, tirando um pouco o brilho do triunfo.

- Não podemos complicar um jogo como este, que estava fácil para nós. Temos de amadurecer este tipo de coisa para que isso não aconteça novamente - declarou.

A partida desta quarta-feira demonstrou que Zé Roberto está evoluindo fisicamente. Ele movimentou-se durante todo o jogo e deu duas assistências, para os gols de Josiel e o primeiro de Leonardo Moura.


Cuca reclama de 'crise' permanente no Fla

Apesar da boa exibição do Flamengo durante a maior parte do jogo, o técnico Cuca mais uma vez saiu de campo tendo que responder mais questões ruins do que favoráveis. Tudo por conta do finzinho da partida contra o Caxias, quando o Rubro-Negro sofreu dois gols.

Abordado também sofre a confusão entre Bruno e Andrade que aconteceu na terça-feira, Cuca solicitou que a Gávea ganhe ares de calmaria para que o grupo possa trabalhar tranquilamente rumo ao tricampeonato estadual.

- Eu vi a situação e falei com o fotógrafo: "Ainda bem que sua máquina não tem gravador". Ele respondeu: "Mas tem ouvido". Os dois já se desculparam. Estamos cansados de abrir o jornal e ver o vulcão em vermelho-e-preto. Está na hora de dar um basta nos problemas e pensar no título, pois temos plenas condições de ser campeões - ponderou Cuca.

Leo Moura pode deixar o Fla esta semana

Depois das vaias e de um início de ano decepcionante na lateral-direita, Leonardo Moura se encontrou no meio-campo do Flamengo. Responsável direto por seis dos sete gols marcados pela equipe na Taça Rio, ele foi o destaque da vitória por 4 a 2 sobre o Duque de Caxias nesta quarta-feira, em Volta Redonda, balançou as redes duas vezes, mas também balançou o coração da torcida rubro-negra.

Após o apito final do árbitro, Leo Moura admitiu em entrevista à TV Globo que sua saída da Gávea é questão de tempo e depende apenas de uma proposta formal do CSKA Moscou.

- Todo mundo saque o que aconteceu no início do ano. Teve a procura e a conversa. Agora, o Flamengo vai decidir. O clube tem 50% dos meus direitos e sabe o que é melhor. Sabemos que precisa de verba. Se aparecer a oportunidade, vai dar certo.

O time de Zico já sondou o lateral-direito do Flamengo no início da temporada, mas a negociação não andou. Ao contrário do restante do futebol europeu, a janela de transferências do Campeonato Russo ainda não está fechada e vai até o próximo domingo, dia 15 de março.

O empresário do jogador, Eduardo Uram, no entanto, garante que ainda não foi procurado pelos russos.

Juan faz as pazes com o gol e agradece a Bruno por dica em cobrança de falta





















A torcida pediu e Bruno correu até a intermediária do Duque de Caxias para cobrar uma falta. Porém, o goleiro cedeu a vez para Juan. A tática era simples: enganar o camisa 1 do time rival. Deu certo. O Flamengo abriu o placar e facilitou a vitória por 4 a 2.

- O Bruno que mandou eu bater a falta. Ele disse que o goleiro deles iria achar que ele cobraria e não chegaria na bola. Com certeza, esse gol tem grande porcentagem dele – declarou Juan.

Depois de ser vaiado no último sábado, o lateral-esquerdo reencontrou os aplausos e marcou seu segundo gol na temporada, em cinco jogos.

Com o triunfo em Volta Redonda, o Flamengo mantém o aproveitamento de 100% na Taça Rio e lidera o Grupo B. O próximo jogo será no sábado, contra o Tigres, no Maracanã.

Gols de falta quebram escrita e garantem vitória do Fla por 4 a 2

As cobranças de falta se transformaram em um tormento para o Flamengo desde que Renato deixou o clube e foi jogar no Oriente Médio. Na noite desta quarta-feira, depois de mais de dois anos, o time conseguiu marcar dois gols de falta num mesmo jogo e venceu por 4 a 2 o Duque de Caxias, em Volta Redonda, e chegou aos seis pontos no Grupo B da Taça Rio, assumindo a liderança isolada, com um ataque que nos últimos três jogos está com uma média de quatro gols.

Depois de vencer o Ivinhema por 5 a 0 e o Cabofriense por 3 a 1, o Flamengo entrou em campo cercado de crises por todos os lados. Além do atraso de quase dois meses no pagamento dos salários, a discussão entre o goleiro Bruno e o auxiliar técnico Andrade durante um treino na terça-feira deixou o ambiente conturbado.

Andrade chegou a viajar para Volta Redonda, o que não é comum, para mostrar que a situação foi controlada. Bruno deu declarações para deixar a polêmica de lado num momento em que o Flamengo tenta se encontrar.

Com o domínio completo do jogo desde o primeiro minuto, o Flamengo demonstrou sua disposição em resolver rapidamente o jogo. Josiel teve uma chance aos 10 minutos, mas chutou longe. Pouco depois, Éverton Silva e Willians fizeram boa jogada, mas Leonardo Moura não conseguiu empurrar a bola para o gol.

Aos 19, Ibson sofreu falta bem próximo da área. O goleiro Bruno foi para a cobrança, mas ele só ameaçou e Juan deixou o Flamengo em vantagem, marcando seu segundo gol na competição depois de ter saído de campo vaiado no último jogo. O Flamengo espantava a primeira bruxa da noite.

– O Bruno tem um percentual grande nesse gol. Na hora da cobrança, ele falou para eu bater, pois o goleiro do Caxias achava que ele bateria – comentou Juan.

O jogo ficou um pouco mais aberto. Depois de um erro de passe de Arílson, Leonardo Moura lançou Zé Roberto, que cruzou da ponta direita para Josiel aproveitar a falha do zagueiro Henrique e aumentar a vantagem para 2 a 0. Foi o primeiro gol do atacante desde que ganhou a vaga de Obina no ataque do Flamengo.

A velocidade do contra-ataque do Flamengo deixava a defesa do Duque de Caxias em maus lençóis. Numa tentativa de diminuir o placar, os espaços ficavam à disposição do adversário. Leonardo Moura soube aproveitar e lançou Zé Roberto, que devolveu para o lateral, agora meia, entrar na área e fazer 3 a 0, aos três minutos do segundo tempo.

Leonardo Moura estava mesmo inspirado. Aos 11 minutos, ele sofreu falta do lado esquerdo da área e cobrou com categoria e deixou o Flamengo com o 4 a 0 no placar.

Apesar da extrema vantagem no placar, o Flamengo ainda pressionava e os jogadores pareciam não estar satisfeitos. Tanto que, por excesso de vontade e falta de tranquilidade, Ibson fez uma falta boba e levou o cartão vermelho, desfalcando o time no jogo contra o Tigres, sábado, no Maracanã.

Depois da expulsão, o time se perdeu e Fábio Luciano cometeu pênalti ao puxar Eduardo Teles. Edivaldo cobrou com perfeição aos 36 minutos. Ele ainda fez mais um aos 39 e fechou o placar em 4 a 2.

Duque de Caxias 2 x 4 Flamengo


Ficha técnica:

Estádio: Raulino de Oliveira , Volta Redonda (RJ)

Data: 11/03/2009

Hora: 21h50 (de Brasília)

Renda/público: R$ 27.650 / 2.133 pagantes

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (RJ)
Auxiliares: Jackson Lourenço Massara dos Santos (RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ)

Cartões amarelos: Welinton, Ibson, Toró, Fábio Luciano, Zé Roberto (FLA); Eduardo Telles, Cadu, Renatinho, Alberoni (DCA)

Cartão vermelho: Ibson, 28'/2ºT (FLA)

Gols: Juan, 19'/1ºT (0-1); Josiel, 36'/1ºT (0-2); Leonardo Moura, 3'/2ºT (0-3); Leonardo Moura, 11'/2ºT (0-4); Edivaldo, 36'/2ºT (1-4); Edivaldo, 39'/2ºT (2-4).

Duque de Caxias: Borges, Arílson (Fábio Valle, intervalo), Henrique, Eduardo Telles e Alan; Léo Oliveira, Alberoni, Cadu (Juninho, 14'/2ºT) e Renatinho; Deni (Zé Carlos, 30'/2ºT) e Edivaldo.

Técnico: Marcelo Buarque.

Flamengo: Bruno, Everton Silva (Toró, 31'/2ºT), Fábio Luciano, Welinton e Juan; Aírton, Willians (Kleberson, 25'/2ºT), Leonardo Moura e Ibson; Zé Roberto e Josiel (Paulo Sérgio, 14'/2ºT).

Técnico: Cuca.

Basquete: Flamengo atropela o Cúcuta Norte e fica a um passo do título na Sul-Americana

Desta vez, não deu nem para a saída. Após perder para o Cúcuta Norte na primeira fase da Liga Sul-Americana, o Flamengo atropelou a equipe colombiana em jogo válido pelo Final Four da competição. Na noite desta quarta-feira, em Santiago del Estero, o Rubro-Negro venceu com o pé nas costas, por 115 a 82, e ficou a um passo do título continental. A decisão será na quinta, às 21h, contra o Quimsa, dono da casa.

O destaque do Fla na quarta-feira foi o pivô Baby, com 26 pontos. Duda veio em seguida com 23 e cinco chutes de três certeiros em oito tentativas. Marcelinho fez 22 pontos.

Ao fim do primeiro tempo, o jogo já parecia decidido. O Flamengo foi para o vestiário com 16 pontos de vantagem no placar e um basquete bem mais consistente que o do adversário. O Cúcuta cometia um erro atrás do outro e não conseguia furar a defesa carioca.

No terceiro quarto, a vantagem só aumentou e logo chegou perto da casa dos 30 pontos. De olho no jogo contra o Quimsa, o técnico Paulo Chupeta aproveitou o último período para testar os reservas. Ainda assim, eles fizeram 31 pontos e garantiram a vitória elástica.

quarta-feira, 11 de março de 2009

Após julgamento no TJD, Fábio Luciano e Aírton estão liberados para jogar

O zagueiro Fábio Luciano e o volante Aírton foram julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) nesta quarta-feira, pelas expulsões na semifinal da Taça Guanabara contra o Resende. O capitão do Flamengo pegou pena mínima de um jogo de suspensão, já cumprida na estreia da Taça Rio contra o Cabofriense, enquanto seu companheiro foi absolvido.

Os dois jogadores estão liberados para atuar. Nesta quarta, o time da Gávea enfrenta o Duque de Caxias, às 21h50m, no estádio da Cidadania, em Volta Redonda. Mas para esta partida, os atletas já estavam liberados para atuar. As informações são do site Justiça Desportiva.

Fábio Luciano foi denunciado por ter, segundo a súmula, ofendido o árbitro da partida e poderia pegar até quatro jogos de gancho. Já Aírton foi denunciado pela expulsão após cometer o pênalti que resultou no primeiro gol do Resende e poderia pegar três jogos.

Kleber Leite absolvido

O vice de futebol do Flamengo, Kleber Leite, também foi absolvido, por unanimidade, pelo TJD-RJ. O dirigente foi julgado pelas declarações dadas na derrota na semifinal da Taça GB e poderia pegar até 180 dias de suspensão. No intervalo da partida, ele reclamou das expulsões de Fábio Luciano e Aírton e teria ofendido o árbitro Felipe Gomes dos Santos.

Nos bastidores, Fla trama paz e saída tranquila de fornecedor de material

Já se foi o tempo em que o Flamengo atacava a Nike via imprensa. Nas últimas semanas, o clube e a fornecedora de material esportivo realizaram algumas reuniões para tratar de uma trégua na relação.

O contrato vence em junho deste ano e há uma pendência judicial tramitando na Câmara de Comércio. Em 2008, o Rubro-Negro rescindiu o contrato de forma unilateral, mas uma liminar o manteve em vigor. Pessoas ligadas ao clube carioca, no entanto, dizem que a saída da Nike ocorrerá de forma tranquila e “por cima”.

Na semana passada, o Flamengo divulgou um edital para a escolha do novo fornecedor. Segundo o diretor de marketing do Fla, Ricardo Heinrichsen, não há “cartas marcadas” para a Vulcabrás, com quem o clube teria assinado contrato em 2008, vencer a licitação.

- Não tem nada disso. Nesta semana, recebi ligações de duas empresas mostrando-se interessadas e dizendo que vão fazer propostas. O edital foi feito para haver transparência na escolha – disse o dirigente.

Garotada do Fla empata com o Duque de Caxias

O Flamengo visitou o Duque de Caxias na manhã desta quarta-feira, no estádio Marrentão, e ficou no empate por 1 a 1 pela nona rodada do Estadual. Com o resultado, o Rubro-Negro chegou a 22 pontos e assumiu a liderança provisória do Campeonato Carioca de juniores ao lado do Tigres, que ainda nesta quarta enfrentará o Friburguense na Serra.

Mesmo fora de casa, o Flamengo saiu na frente com o gol do atacante Bruno Paulo. Foi o nona vez que ele marcou em nove partidas. É o artilheiro da competição. O Duque de Caxias empatou no fim do primeiro tempo.

O Flamengo reclama de um gol mal anulado nos acréscimos da segunda etapa. Juninho marcou, mas a arbitragem parou o lance sem motivos, causando a revolta dos rubro-negros.

Josiel desabafa: 'A pressão sobre mim e o Obina é enorme'

São dois jogos de jejum. Nada além disso. Mas Josiel já começa a experimentar a invisível pressão por gols no Flamengo. Confirmado por Cuca na partida contra o Duque de Caxias, nesta quarta-feira, o centroavante considera que a sua posição é a mais cobrada no clube.

- A pressão sobre mim e sobre o Obina é enorme, maior do que em qualquer um. É normal passar um ou dois jogos sem marcar, mas é claro que tenho vontade de marcar em todas as partidas – disse.

Por enquanto Obina ainda não fez gol no ano. Josiel balançou as redes em quatro ocasiões. Três delas quando entrou no segundo tempo.

- Entrava faltando 20 minutos e apareciam várias chances. Agora, jogo mais e surgem menos chances – estranhou o jogador.

Com Josiel no ataque, o Flamengo enfrenta o Caxias nesta quarta-feira, às 22h, em Volta Redonda. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeos. A TV Globo transmite a partida.

Duque de Caxias x Flamengo


Ficha técnica:

Estádio: Raulino de Oliveira , Volta Redonda (RJ)

Data: 11/03/2009

Hora: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (RJ)
Auxiliares: Jackson Lourenço Massara dos Santos (RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ)

Duque de Caxias: Borges, Arílson, Henrique, Renan e Alan; Léo Oliveira, Alberoni, Cadu e Renatinho; Deni e Edivaldo. Técnico: Marcelo Buarque.

Flamengo: Bruno, Everton Silva, Fábio Luciano, Welinton e Juan; Aírton, Willians, Leonardo Moura e Ibson; Zé Roberto e Josiel. Técnico: Cuca.

Transmissão: A TV Globo exibe a partida ao vivo para o Rio de Janeiro. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 21h50m (de Brasília).

terça-feira, 10 de março de 2009

Flamengo vence Regatas por 92 a 72 na Sul-americana

O Flamengo venceu nesta terça-feira o Regatas de Corrientes, da Argentina, por 92 a 72, pela primeira rodada da fase final da Liga Sul-Americana de Clubes, na cidade argentina de Santiago del Estero.

As duas equipes protagonizaram um duelo equilibrado na primeira metade da partida. Tanto que o período inicial terminou empatado em 20 a 20. Os comandados de Paulo Chupeta jogaram um pouco melhor no segundo quarto e a partida foi para o intervalo com os rubro-negros vencendo por 41 a 38. Até este momento, o principal jogador rubro-negro vinha sendo Duda, com 13 pontos.

O time carioca subiu de produção nos dois últimos períodos e se manteve sempre à frente do placar, garantindo a vitória com uma tranquilidade até certo ponto surpreendente. Apenas no terceiro quarto, o Fla abriu onze pontos de vantagem (25 a 14). No fim, o maior destaque da partida foi o ala-armador Marcelinho Machado, cestinha com 25 pontos. Pelo lado dos argentinos, o melhor foi Mariano Fierro, que marcou 16 pontos.

Mesmo com o drama dos salários atrasados de jogadores e comissão técnica, o Flamengo volta à quadra nesta quarta, às 19h de Brasília, para enfrentar os colombianos do Cucuta Norte. Uma nova vitória deixa o Rubro-Negro bem próximo do título. Na última rodada, na quinta, o Fla enfrenta mais um time local, o Quimsa.

Flamengo corre atrás de recursos em Brasília

O deputado federal José Rocha (PR-BA), relator do projeto que altera a Lei Pelé, recebeu nesta terça-feira representantes do Conselho de Clubes Formadores de Atletas Olímpicos (Confao) liderados pelo presidente em exercicio do Flamengo, Delair Dumbrosck.

O deputado vai apresentar o relatório nesta quarta, e ficou sensibilizado pela reivindicação dos clubes, cujo pleito é receber 30% dos recursos destinados ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB). O deputado federal Otavio Leite (PSDB-RJ)também participou da reunião.

- Queremos que 55% prossigam com o COB, 30% sejam destinados aos clubes que formam atletas e os outros 15% prossigam com o Comitê Paraolimpíco. 77% dos atletas que foram às Olimpíadas de Pequim foram formados pelos clubes, o que significa dizer que é justo que esses clubes que investiram e se dedicaram recebam alguma dessas verbas que o Brasil já destina através das loterias - disse Otávio.

Alem disso, Dumbrosck esteve no Ministerio do Esporte para tratar da Timemania, que deve ser objeto de uma medida provisória, para prorrogar as condicões de pagamento atuais, o que deve ocorrer em breve.

Flamengo tenta manter a aparência ‘saudável’ contra o Duque de Caxias











As vitórias voltaram, mas a paz está longe. Confuso e ainda atolado nas notícias ruins, o Flamengo busca orientar-se dentro e fora de campo em 2009. O desafio seguinte será nesta quarta-feira, às 21h50m, contra o Duque de Caxias, no estádio da Cidadania, em Volta Redonda.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeos. A TV Globo também transmite para o Rio de Janeiro.

Os salários atrasados deixaram de ser o principal problema. A harmonia interna está longe de existir. A discssão de Bruno com Andrade não é nda se comparada à insatisfação de alguns jogadores com o ambiente do clube.

Cuca, a seu modo, tenta domar a crise. Conversa com um, com outro, mas sabe que há focos de insatisfação. As vitórias sobre Ivinhema, na Copa do Brasil, e Cabofriense, na estreia da Taça Rio, acalmaram um pouco o ambiente. Só um pouco.

- Sempre pretendo melhorar a harmonia e o astral do grupo – disse o treinador.

Fábio Luciano e Aírton voltam

O Flamengo está na terceira posição do Grupo B, com três pontos, empatado com outros cinco times. O único desfalque da partida será o zagueiro Ronaldo Angelim, que está machucado. Cuca manteve Wellinton na zaga e Leo Moura como responsável pela armação de jogadas.

- O Leo está bem, mas sabe que pode melhorar. Isso que me anima – afirmou o comandante, que não relacionou Obina para a partida por causa de problemas físicos.

O zagueiro Fábio Luciano e o volante Aírton retornam depois de cumprirem suspensão na rodada anterior.

O Caxias perdeu por 3 a 0 para o Boavista na estreia. Integrante da Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe aposta no ex-flamenguista Deni para surpreender.

Teste da balança tira Obina do jogo contra o Duque de Caxias

Cuca não avisou, mas Obina está fora da partida contra o Duque de Caxias, nesta quarta-feira, em Volta Redonda. O GLOBOESPORTE.COM apurou que o jogador do Flamengo ficou no Rio de Janeiro para melhorar a forma física e treinou à tarde na Gávea com os atletas que não foram relacionados. Ele também terá de comparecer ao clube na manhã desta quarta-feira.

Durante o treino de segunda, o jogador conversou separadamente com o técnico Cuca. Mas a decisão de tirá-lo só aconteceu nesta terça-feira após o “teste da balança”. O jogador está há dez jogos sem marcar e no início do ano recebeu elogios do treinador por causa de sua forma física.

No banco de reservas do estádio da Cidadania, o Flamengo terá Paulo Sergio como opção de centroavante. O jogador de 19 anos recebeu diversos elogios de Cuca nas últimas semanas. Josiel será o titular.

O Mengão enfrenta o Caxias, às 22h, no estádio da Cidadania. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeos.

Mesmo sem receber, Flamengo não pretende tirar patrocínio da camisa

Março chega à metade e o Flamengo ainda não tem patrocinador para 2009 decidido. Pior. O clube ainda divulga gratuitamente a marca da Petrobras, cujo contrato terminou no dia 31 de janeiro.

Por enquanto, não há qualquer intenção de retirar a marca da camisa. Mesmo depois que a empresa anunciou que não pretende restituir o clube em relação a fevereiro.

- Sem problemas (fazer propaganda sem receber) e sequer cogitamos retirar a marca deles. Ainda estamos em entendimento e precisamos fazer alguns ajustes – declarou o presidente Delair Dumbrosck.

No fim de fevereiro, a Petrobras chegou a divulgar que chegara a um acordo para prolongar o compromisso por R$ 14,2 milhões por ano. No entanto, a falta de certidões negativas do Flamengo emperrou o acordo e o clube estuda alternativas.

- O mercado está muito difícil. Mas sabemos que provavelmente esse mês tempo que estamos sem contrato – disse o diretor de marketing do Flamengo, Ricardo Heinrich


Bruno 'perde a linha' e ofende Andrade em rachão do Flamengo

Ser árbitro de futebol é tarefa árdua até em rachão. Que o diga Andrade. Na manhã desta terça-feira, o auxiliar-técnico do Flamengo virou alvo do goleiro Bruno durante treino na Gávea.

Depois que a atividade terminou, enquanto os jogadores seguiam para o vestiário, o goleiro se irritou com as marcações do “juiz” e recebeu uma repreensão:

- Está reclamando de quê? Você não é nada - disse Andrade.

O goleiro rebateu rispidamente:

- Quando era jogador, você ganhou tudo. Mas como técnico não ganhou nada – berrou.

A cena causou constrangimento. Andrade, campeão do mundo em 1981 pelo Flamengo, não respondeu e Fábio Luciano interferiu e mandou o goleiro treinar cobrança de faltas. A diretoria e o técnico Cuca tomaram conhecimento do episódio, mas ainda não se pronunciaram. O treinador atrasou o início da coletiva por 30 minutos e conversou separadamente com o auxiliar.

Pouco antes, o volante Ibson teve atitude mais branda, mas também irritadiça. Ele recebeu uma entrada violenta de Juan e ficou inconformado. Alguns minutos antes de o rachão terminar, ele jogou o colete no chão e saiu andando sozinho.

O Flamengo enfrenta o Duque de Caxias nesta quarta-feira, em Volta Redonda. A delegação segue para a Cidade do Aço ainda nesta tarde

Flamengo/Petrobras x Regatas Corrientes

O Mengão encara nesta terça-feira o primeiro desafio do Final Four da Liga Sul-Americana de Clubes.

O quadrangular final da 13ª Liga Sul-Americana de Clubes terá início nesta terça-feira (10/03), em Santiago del Estero, na Argentina, com o time do Flamengo/Petrobras, vice-campeão sul-americano de 2008, encarando os atuais campeões da Liga, o Regatas Corrientes, da Argentina. Depois, o Rubro-Negro terá como adversários os times do Cucuta-Norte, da Colômbia, e do Quimsa, da Argentina.

A primeira partida do atual campeão brasileiro no “Final Four” será a partir das 19h, e não terá transmissão televisiva.

A ESPN Brasil, segundo a grade de programação da emissora, transmitirá ao vivo as partidas de Flamengo/Petrobras x Cucuta-Norte, na quarta-feira (11/03), a partir da 19h, e Flamengo/Petrobras x Quimsa, na quinta-feira (12/03), a partir das 21h.

- “Conhecemos bem o Regatas, embora a base da equipe tenha mudado um pouco do ano passado, mas continua muito forte. Além disso, é um time argentino, que catimba, que irrita muito, e é sempre um jogo muito nervoso, precisamos ter tranquilidade e paciência para não entrarmos na provocação deles. Pelo que vimos do sistema de jogo deles, há dois jogadores que são fundamentais no time, que são Kammerichs, dentro do garrafão, e Cequeira, que arma o time. Temos que diminuir os espaços de Cequeira e jogar em velocidade, que é a nossa maior característica, partir para cima para buscar essa vitória” - afirmou o ala Marcelinho Machado, capitão rubro-negro.

Pela Liga Sul-Americana de 2008, as duas equipes se confrontaram na série final (melhor-de-cinco jogos), com os argentinos levando a melhor e fechando a série em 3 a 2 (resultados abaixo).

1º jogo da final Flamengo x Corrientes: 72 a 95
2º jogo da final Flamengo x Corrientes: 56 a 63
3º jogo da final Flamengo x Corrientes: 98 a 79
4º jogo da final Flamengo x Corrientes: 86 a 79
5º e decisivo jogo Flamengo x Corrientes: 65 a 73

Fla vai ter semana agitada no TJD

O departamento jurídico do Flamengo terá trabalho esta semana. O Rubro-Negro vai ter três julgamentos no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ). Fábio Luciano e Aírton serão julgados na quarta-feira pelas expulsões na semifinal da Taça Guanabara contra o Resende, e o presidente Marcio Braga responderá por declarações contra o Tribunal, na terça.

O caso mais complicado é o de Fábio Luciano. O árbitro da semifinal, Felipe Gomes da Silva, relatou na súmula que o zagueiro se virou para ele e disse "vai tomar no ..." duas vezes. O capitão do Flamengo vai responder ao artigo 251 (reclamar ou desrespeitar o árbitro) e pode ser suspenso de um a quatro jogos. Já Aírton vai responder por infração ao artigo 250 (praticar ato desleal) e, se foi punido, pode pegar de uma a três partidas de suspensão.

- Assumo que falei aquela palavra. Mas não foi direcionada ao árbitro. Fiquei irritado com a situação do jogo, dele mandar voltar a jogada três vezes - explicou Fábio Luciano, que não sabe se vai ao julgamento ou se viaja com o grupo para o jogo contra o Duque de Caxias, em Volta Redonda.

Nesta terça-feira, Marcio Braga será julgado pelo Pleno do TJD por ter declarado que Fluminense e TJD são "predadores que agem contra os interesses maiores do futebol" após a perda de seis pontos do Vasco na Taça Guanabara. Ele vai responder aos artigos 187 (ofender moralmente), 188 (Manifestar-se de forma desrespeitosa, ou ofensiva, contra membros da Justiça Desportiva) e 190 (Manifestar-se de forma desrespeitosa ou ofensiva contra ato ou decisão de entidade de administração do desporto e da Justiça Desportiva). Se punido, pode ser suspenso por 1.080 dias.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Definido o trio de arbitragem para Duque x Fla

A Federação do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) realizou nesta segunda-feira o sorteio dos árbitros para a segunda rodada da Taça Rio. Para a partida entre Duque de Caxias e Flamengo, nesta quarta-feira, em Volta Redonda, Pablo dos Santos Alves será auxiliado por Jackson Lourenço Massara dos Santos e João Luiz Coelho de Albuquerque.

Esta será a terceira partida de Pablo dos Santos Alves neste Carioca. Ele já havia apitado Tigres do Brasil 0 x 4 Vasco e Boavista 1 x 1 Mesquita, ambos pela Taça Guanabara.

O auxiliar Luiz Antônio Muniz de Oliveira, que errou grosseiramente na partida de estreia do Flamengo no Carioca, contra o Friburguense, estará no jogo entre Cabofriense e Boavista, na quinta-feira, em Cabo Frio.