Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 2 de maio de 2009

Flamengo x Botafogo


Ficha técnica:


Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 03/5/2009

Hora: 16h (de Brasília)

Árbitro: Péricles Bassols Cortêz (Fifa-SP)
Auxiliares: Wágner de Almeida Santos (SP) e Vinicius da Vitória Nascimento (SP)

Flamengo: Bruno, Aírton, Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Kleberson, Willians, Ibson e Juan; Zé Roberto e Josiel - Técnico: Cuca.

Botafogo: Renan, Leandro Guerreiro, Juninho e Emerson; Alessandro, Fahel, Léo Silva, Eduardo e Thiaguinho; Reinaldo (Túlio Souza) e Victor Simões - Técnico: Ney Franco

Transmissão: A TV exibe a partida ao vivo. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país. Tempo Real:

O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 16h (de Brasília).

Proximidade da final superlota loja do Fla

No mundo do futebol, cada vez mais comercial, ações mirabolantes de marketing costumam chamar a atenção e atrair o torcedor para perto do clube. No Flamengo, porém, nenhum plano estratégico foi elaborado, mas o marketing de estar na decisão do Estadual está “bombando”. Neste sábado, a procura por produtos oficiais do clube foi grande e gerou fila na Fla Boutique, na Gávea.

A proximidade da decisão do Campeonato Carioca, neste domingo, às 16h, contra o Botafogo, no Maracanã, trouxe ao Rio de Janeiro inúmeros torcedores de outros estados, principalmente do Nordeste. O rubro-negros aproveitaram a queima de estoque dos produtos ainda com a marca do antigo patrocinador para fazerem a festa.

Produto mais procurado, a camisa de jogo saia por R$ 90, quase metade do valor cobrado há pouco mais de um mês. Outra atração da loja foi a exibição dos filmes das últimas vitórias sobre o Botafogo, nos Estaduais de 2007 e 2008.

- Nem sempre é assim. Está muito mais cheio por causa da decisão – explicou um vendedor.

A expectativa pelo anúncio oficial da contratação de Adriano ainda não causou retornos financeiros para o estabelecimento. Mesmo que extra-oficialmente, camisas com o nome do Imperador ainda não foram procuradas.













Mengão campeão na enquete do site Terra

ENQUETE
Quem será o campeão carioca?
O seu voto já foi computado

Botafogo
3.39 % - 15687 votos
Flamengo
96.61 % - 446500 votos

Total: 462187 votos

Data: 02/05/2009

Hora: 16h15m

Torcida lota a Gávea e grita: 'É campeão'

O sossego do dia anterior no treinamento no Ninho do Urubu foi trocado por calorosos gritos de incentivo neste sábado, na Gávea, no último treinamento do Flamengo antes da decisão do Campeonato Estadual, domingo, às 16h, contra o Botafogo, no Maracanã. Cerca de 600 rubro-negros estiveram no clube para passar energia positiva.






Repleto de turistas de todo o país, a Gávea esteve em festa durante o divertido treinamento recreativo tradicional da véspera dos jogos. A atividade foi cercada por gritos de incentivo, principalmente para Obina e Cuca, que participou o rachão. O capitão Fábio Luciano também foi bastante assediado, com os já famosos gritos de “Fica, Capitão”.

Ao término do recreativo, vencido pelo time de colete, o grito de “É campeão” tomou conta das arquibancadas.

Bruno se destaca em treinamento de pênaltis: cobrando e defendendo

O otimismo que tomou conta da Gávea neste sábado deu lugar à precaução na reta final do último treinamento antes da decisão do Campeonato Carioca, às 16h, no Maracanã, contra o Botafogo. Depois do treino recreativo, a coisa ficou séria e o elenco rubro-negro treinou cobranças de pênaltis.

O título será decidido nas penalidades máximas em caso de empate e se isso acontecer o Flamengo tem um grande trunfo: Bruno. Seja cobrando ou defendendo, o goleiro teve aproveitamento satisfatório e levantou os cerca de 300 torcedores presentes à Gávea.

O camisa 1 cobrou seis penalidades e converteu todas. Bruno, por sinal, foi quem teve melhor aproveitamento. Zé Roberto, Fábio Luciano, Willians e Kleberson também mantiveram os 100%, mas em um número menor de cobranças. Entre os titulares quem decepcionou foi Emerson. O Sheik fez apenas dois gols em cinco tentativas.

- Se a decisão for para os pênaltis, precisamos manter a calma para cumprir o nosso papel. Mesmo com o estádio lotado é necessário ficar tranquilo. Mas vamos fazer de tudo para decidir nos 90 minutos – disse o volante Ibson.

Léo Moura fez coro com o companheiro e falou do trunfo rubro-negro.

- Ter o Bruno dá uma tranquilidade a mais. Precisamos buscar o resultado nos 90 minutos. Se for para os pênaltis, estamos preparados.

Em 2007, Flamengo e Botafogo decidiram o Carioca nos pênaltis e o Rubro-Negro levou a melhor. Após empate por 2 a 2 no tempo normal, a equipe da Gávea venceu por 4 a 2. Bruno, que defendeu as cobranças de Lucio Flavio e Juninho, foi o destaque.

Mãe de Cuca prestigia o filho e esbanja confiança: ‘É hora de ser campeão’

Cuca vive a expectativa de conquistar seu primeiro título como treinador. Neste domingo, às 16h, no Maracanã, ele disputa sua terceira final consecutiva de Campeonato Carioca, desta vez pelo Flamengo, algoz dos anos anteriores, quando dirigiu o Botafogo, e para amenizar a ansiedade nada melhor do que colo de mãe. Para tranquilizar o filho, Dona Nilde Stival esteve na Gávea para acompanhar o treinamento deste sábado e esbanjou confiança.

Ao lado da nora, Rejane Stival, e da neta, Maiara, a mãe de Cuca passou energias positivas para o filho e foi presença ilustre entre os cerca de 300 rubro-negros que estiveram no clube. Sem muita superstição, mas com a confiança em dia, ela profetizou:

- Chegou a hora de ser campeão. Meu filho está bem calmo. Não tem mudado em nada a rotina dele. Chega em casa, joga um baralhinho, tudo muito tranquilo.

No embalo do filho, ela não quis revelar a escalação do Flamengo e manteve o mistério quanto ao ataque, que deve ser formado por Zé Roberto e Emerson.

- Ele me falou que vai jogar com onze (risos).

‘Minha vida recomeça no domingo’, profetiza o xodó Obina

Olhando do início ao fim a escalação do Flamengo para a final do Campeonato Carioca, contra o Botafogo, não se vê o número 18. Mas nem por isso as atenções ficam longe de Obina. Relacionado para banco de reservas neste domingo, o atacante carrega o estigma e a responsabilidade de entrar no segundo tempo e decidir o título. Ele sabe disso. O jejum de gol persiste há cinco meses ou 12 jogos. Muito? Para o baiano é um suplício. A cada chance desperdiçada o olhar não esconde a crise interna. Mas levanta a cabeça, olha para frente e crava, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM:

- Sei que vou ganhar essa luta.


Confira a íntegra do bate-papo com o xodó rubro-negro:

GLOBOESPORTE.COM: Muito torcedor do Flamengo jura que você será o herói deste tri... (Obina interrompe)
Obina: Olha, eu sonho todos os dias com isso. É sério. Só penso em comemorar este gol.

E como seria esta comemoração?
Com os meus companheiros. Na hora do meu sofrimento todo mundo esteve fechado comigo. Fazer este gol seria uma recompensa para todos que confiaram em mim. Até os torcedores que agora estão pegando no meu pé na hora certa vão me apoiar.

No último jogo a torcida chegou a pedir por Adriano, atacante que sequer está no elenco. Machuca ouvir essas coisas?
Não machuca. O Adriano é um atacante espetacular e será muito bem-vindo.

E moralmente como você se sente para esta final? Nada na minha vida foi fácil. Sempre lutei para conseguir as coisas. Desta vez eu caí. Mas sei que vou ganhar esta luta.

Você está triste?
Já estive, sim. Mas as pessoas me viam alegre nos treinos. Sabe por quê? Porque não queria passar essa tristeza para os meus companheiros. Em casa eu fico quieto, sem falar com ninguém. Não cheguei a chorar de tristeza ou de raiva. Mas sofri muito. Agora eu melhorei porque sinto que coisas boas vão vir.

E a saudade de ouvir a torcida gritando que é melhor do que o Eto’o? Está grande. Tenho muita saudade daquilo porque significava que estava correspondendo, fazendo gols. Mas domingo é dia.

Dia de quê?
Minha vida recomeça no domingo.

(Obina mata um mosquito que estava em seu rosto, fecha a porta do carro e deixa o CT Ninho do Urubu. Antes, abre o vidro e avisa: "Eu vou voltar")

Robinho, do Volta Redonda, pode formar dupla com Adriano no Brasileiro

Diante da seca de gols do ataque, a expectativa da torcida do Flamengo é para contar logo com os gols de Adriano. No entanto, antes do Imperador, um outro atacante deve pintar na Gávea: Robinho. Destaque do Volta Redonda no Campeonato Estadual, o jogador está próximo de um acerto e pode se juntar ao elenco já a partir da próxima semana.

Robinho tem 21 anos e marcou cinco gols pelo Voltaço no Carioca deste ano. Além do Flamengo, o Palmeiras também está interessado no jogador. A oferta do clube paulista, no entanto, é menor e o atacante deve mesmo parar na Gávea. Empresário e dono dos direitos federativos do jogador, Reinaldo Pitta não desmente a negociação, mas prefere despistar.

- Pode acontecer. Mas só vou falar sobre isso na segunda-feira. O Flamengo está envolvido em uma grande decisão. Não tem motivo para tocar neste assunto agora.


Vamos Flamengo!!!

Vamos ser campeão, vamos Flamengo!!!
Minha maior paixão, vamos Flamengo!!!
Que essa taça vamos conquistar!!!


sexta-feira, 1 de maio de 2009

Pequenino Maxi vai para o gol e facilita a vida dos atacantes

Reparou no espaço entre a mão do goleiro e o travessão? Pois é. No treino desta sexta-feira, Maxi resolveu ajudar os atacantes, que não vivem boa fase, e trocou de posição. Ele aprovou o seu desempenho embaixo das traves: 'Eu gosto de jogar no gol. Só falta um pouquinho de altura", disse, sorrindo, o argentino, de 1,65m.

Fla foge do treino coletivo, mas está escalado para a decisão





















Os coletes ficaram guardados na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Nada de trabalho tático ou coletivo no penúltimo treino do Flamengo antes da final do Campeonato Carioca, domingo, contra o Botafogo. O técnico Cuca preferiu exercitar fundamentos. Aliás, um só: as finalizações.

Depois de uma longa conversa no centro do campo e de repetidas rodas de bobo, os jogadores foram divididos em dois grupos para treinar arremates. Escalação? Apenas 45 minutos antes de o clássico começar. No entanto, em conversa com os atletas, o treinador confirmou o ataque com Emerson e Zé Roberto. Recuperado de uma torção no tornozelo direito, Aírton retorna à zaga no lugar de Welinton.

- Eles (jogadores) sabem quem vai jogar. O time está decidido. Mas só vou divulgar um pouquinho antes da partida – despistou o treinador.

O jejum de quatro jogos sem gols dos atacantes parece não incomodá-lo. O comandante do Flamengo classificou as últimas atuações do time como “boas” e lamentou somente a falta de pontaria.

- Não me preocupo com a falta de gols dos atacantes. Criamos 25 chances no último jogo. Só faltou precisão, mas só nos treinamentos é que eles podem pegar essa confiança – explicou Cuca.

O time está escalado com: Bruno; Aírton, Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Willians, Ibson, Kleberson e Juan; Zé Roberto e Emerson.

Flamengo cala torcida no Distrito Federal e vence clássico contra o Brasília

Dezesseis mil pessoas lotaram o ginásio Nilson Nelson, no Distrito Federal, para assistir à final antecipada do Novo Basquete Brasil (NBB) entre Flamengo e Brasília nesta sexta-feira. Acostumado a ter a torcida a favor, o Rubro-Negro não se intimidou com os milhares de gritos a favor do time da capital e conquistou sua revanche do primeiro turno, vencendo por 100 a 92.

Além do gostinho de devolver o triunfo na casa do adversário - no primeiro confronto da temporada, o Brasília venceu no Maracanãzinho -, a equipe carioca saboreou ainda mais o resultado que a levou a encostar na liderança, com 46 pontos, um atrás do rival, mas com dois jogos a menos.

O equilíbrio também apareceu na disputa de quem seria o cestinha da partida. Marcelinho, do Flamengo, ganhou de Alex, do Brasília, com diferença de um ponto, ao marcar 25.

O próximo confronto do Mengão será na quarta-feira, contra o Araraquara, Às 20h. Já o time do Distrito Federal enfrentará o Joinville, no mesmo dia e horário.

Mãe de Adriano celebra retorno ao Fla: ‘Estamos felizes. Era o que ele queria’

Depois da rasteira no caso Ronaldo, a torcida do Flamengo ainda aguarda o anúncio oficial para comemorar o retorno de Adriano à Gávea. No entanto, uma minoria rubro-negra não esconde a felicidade com o acerto do Imperador com o clube que o revelou: os familiares do atacante.

Após sete anos em uma rotina de idas e vindas para a Itália, os parentes mais próximos finalmente terão a oportunidade de curtirem a companhia de Adriano por um longo período. Rubro-negra assumida, a mãe do Imperador, Dona Rosilda, revelou que o desfecho favorável da situação foi benéfico em todos os aspectos.

-Estamos muito felizes com isso. Toda a nossa família torce pelo Flamengo e ficou satisfeita com essa decisão. Além do mais, ele vai poder ficar mais tempo aqui, pertinho da gente. O que importa é o Adriano estar feliz. A felicidade dele é a nossa felicidade. E era isso que ele queria.

Na família uma das mais satisfeitas com o acerto é a avó de Adriano, Dona Vanda. Ao confirmar que daria um tempo na carreira, o próprio Imperador revelou o pedido da avó para que voltasse ao Flamengo.

- Minha mãe gosta muito do Flamengo. Não gostamos de falar em fanatismo, esse tipo de coisa, porque temos uma ligação forte com nossa religião. Mas o Flamengo é o time do coração dela e ela também está muito alegre.

Tire suas dúvidas sobre caso Adriano

Principal contratação do Flamengo nos últimos anos, Adriano Imperador já tomou conta da imaginação dos rubro-negros. A torcida conta os dias para poder assistí-lo em campo. A ansiedade divide espaço com a preocupação. Será que o Flamengo terá de pagar algo à Inter de Milão (ITA)? Será que o clube corre o risco de perdê-lo facilmente caso algum clube do exterior tente contratá-lo?

Confira a resposta a essas e outras perguntas!

A rescisão de contrato com a Internazionale eliminou qualquer vínculo de Adriano com o clube italiano?

Sim. O fim do contrato de Adriano com a Internazionale foi feito de forma amigável. Portanto, não há mais nenhuma ligação do atacante com o clube italiano no presente e, por isso, ele estaria livre para assinar com o Flamengo. "A rescisão não seria problema para ele jogar agora, pois foi feita em 30 de março", disse o empresário do jogador, Gilmar Rinaldi.

Adriano já pode jogar pelo Flamengo no Brasileirão na semana que vem?

Teoricamente, não. Por seu último clube ter sido italiano, Adriano só poderia jogar no Brasil quando fosse aberta a janela de transferência do exterior. No entanto, como o atacante esta sem clube, o Flamengo pode pedir à CBF e à Fifa uma liberação especial. Em 2007, o São Paulo conseguiu isso com Jorge Wagner e as entidades costumam conceder essa liberação nesses casos. "Ele poderá jogar sem muitos problemas", garante o empresário Gilmar Rinaldi.

E os direitos federativos de Adriano pertencem a quem?

Ao jogador. Já que o vínculo com a Internazionale foi encerrado, Adriano pode negociar com qualquer outro clube. Seria como um funcionário que se desligou de uma empresa. Para trabalhar em outra, ele não precisa informar à empresa antiga sobre seu novo emprego.

O Flamengo colocará no contrato com Adriano alguma multa rescisória?

Ainda não é possível afirmar se há qualquer tipo de cláusula especial, já que o jogador e o clube ainda não oficializaram a assinatura de contrato. O Flamengo, no entanto, irá se resguardar e deverá estipular um valor caso haja a quebra do vínculo por uma das duas partes ou alguma proposta de outro clube.


Fla troca oba-oba por calmaria e se prepara para a final longe da Gávea

Apoio e incentivo são sempre bem-vindos, ainda mais na antevéspera de uma decisão, mas o Flamengo fez questão de ter uma sexta-feira de calmaria. No feriado do dia do trabalho o torcedor rubro-negro que planejou ir à Gávea passar energia positiva para o título Carioca vai ter que mudar os planos. O penúltimo treinamento antes final de domingo, às 16h, no Maracanã, contra o Botafogo, será realizado no Centro de Treinamento Ninho do Urubu, em Vargem Grande, com portões fechados para o público.

Cuca garantiu que não faz mistério nem treinos secretos. No entanto, mudança do local do treinamento aconteceu justamente no dia do último coletivo antes do clássico decisivo. A imprensa tem a entrada liberada. A princípio, a equipe não deve ter muitas novidades em relação a que empatou no último domingo, mas Erick Flores e Josiel ou Obina podem ser escalados.

No sábado acontecerá o retorno à Gávea com acesso livre para os sócios.


Músico profetiza: Fla será campeão carioca de 2009 com um gol de Obina

Rodrigo Santos, do Barão Vermelho, desenhou todo o lance decisivo. GLOBOESPORTE.COM deu um jeitinho para apresentar a jogada em vídeo


Torcida do Mengão vibra com escalação do "artilheiro" Emersom

Depois de o ataque passar em branco no empate de 0 x 0 com o Fortaleza, com lances bisonhos, ridículos de Obina, Josiel e Zé(bundão) Roberto, a torcida do Mengão torce pela contratação do zagueiro artilheiro Emersom, do Botafogo, que fez dois gols contra e ajudou o Mengão nos jogos decisivos. "Depois do campeonato, o Emersom tem que ser contratado".

Já existe um pré-contrato para assinar, ele é o nosso melhor atacante.

Na Internet, no site de relacionamento Orkut , já existe um abaixo assinado em uma comunidade criada por torcedores do Flamengo para exaltar os gols do nosso zagueiro artilheiro Emersom. Quem sabe ele não forma uma bela dupla com Adriano.

Clube consegue recuperar R$ 1,25 milhão

O Flamengo conseguiu uma vitória importante para combater a asfixia financeira e ajudar a pagar parte dos salários atrasados. Ontem, o clube recebeu a confirmação da liberação de uma cota de R$ 1,25 milhão ainda do patrocínio da Petrobras, que havia sido retida e estava sub judice. O dinheiro deve entrar nos cobalidos cofres na próxima semana.

Já quanto ao patrocínio, como Delair Dumbrosck afirmara na semana passada, o acordo está a um passo de ser fechado com a Cosan, que estamparia a marca Esso na camisa.

Apesar de estar muito bem encaminhado, o clube não descartou por completo outras propostas. Depois da Cosan, pela ordem, os mais interessantes foram o Banco Santander e a Vigor, que estampa Batavo no uniforme do Corinthians. A Oi também tinha interesse, e a Fiat desistiu do negócio.

E lá, no galinheiro de são januário...

I A CASA CAIU

O vasco fica no 1 a 1 com o Icasa, rebaixado no campeonato Cearense(duelo de 2ª divisão)



Atraso salarial na justiça

O Ministério Público do Trabalho do Rio (MPT-RJ) entrou com uma ação pública ontem, contra o vasco, por causa do atraso salárial de funcionários e jogadores. O procurador Cássio Casagrande requereu, além da quitação da dívida com os empregados(atletas e funcionários), a suspensão do clube na Timemania, loteria que tem como benefício o parcelamento das dívidas fiscais.

A assinatura com a Eletrobrás pode vir a ser afetada. De acordo com Casagrande, o vasco se recusou no dia 17 a assinar o Termo de Ajustamento de Conduta(TAC) para regularizar a dívida em 90 dias.

- O clube admitiu que é praxe atrasar o pagamento em até tres meses, o que deixa seus empregados em situação dramática- disse o procurador.

DESAFIO DE GIGANTES !!!















O time de Brasília, que é o atual líder do Novo Basquete Brasil, com 46 pontos (21 vitórias/4 derrotas), recebe o Flamengo nesta sexta-feira (01/05), às 17 horas, no Ginásio Nilson Nelson, na capital federal. Sportv transmite ao vivo a partida que é válida pela 12ª rodada do returno.

Com dois jogos a menos que o adversário (21 vitórias/2 derrotas), o Flamengo, que está invicto no returno do NBB, se encontra em 2º lugar, com 44 pontos, e já está classificado para a próxima fase.

O Universo/BRB/Financeira Brasília foi a segunda das duas únicas equipes que conseguiu quebrar a invencibilidade do Rubro-Negro na competição. No primeiro turno, em partida realizada no Maracanãzinho, o time da capital federal venceu pelo placar de 82 a 78. O outro time que venceu o Flamengo, também no turno, foi o Winner/Limeira (108 a 101).

A equipe de Brasília, que é considerada uma das mais fortes, pois conta com excelentes jogadores, como Valtinho, Cipriano, Alex e Estevam, além do experiente Ratto, vem de vitória (82 a 77) sobre o Pitágoras/Minas, 3º colocado, com 43 pontos (24 jogos/19 vitórias/5 derrotas).



Confira a campanha do Flamengo no returno do NBB:

1ª rodada: x E.C.Pinheiros – 86 a 81
2ª rodada: x Paulistano/Amil – 105 a 71
4ª rodada: x Winner/Limeira – 76 a 65
3ª rodada: x São José/Unimed/Vinac – 91 a 80
5ª rodada: x Amigão/Andorinha/Unimed/Assis: 106 a 88
6ª rodada: x GRSA/Itabom/Bauru: 98 a 91
7ª rodada: x Ciser/Araldite/Univille/Joinville: 100 a 90
8ª rodada: x Univates/Bira: 90 a 73
9ª rodada: x Saldanha da Gama: 99 a 49
10ª rodada: x Cetaf/Garoto/UVV/PMVV: 89 a 68
11ª rodada: folgou

Foto: Duda, Wagner e equipe chegaram em Brasília nessa quinta feira, após uma rápida passagem pelo Hotel foram direto para o treinamento no ginásio Nilson Nelson.


Os torcedores rubro-negros estão mostrando todo o seu amor ao Flamengo, não somente ao futebol, mas ao clube. A Nação está de parabéns por sua grande adesão na campanha das camisas que ajudará o basquete rubro negro. Muitos estão literalmente vestindo a camisa e indo aos jogos prestigiar a equipe, que mesmo com todos os problemas, foram recentemente campeões Sul-Americanos.

Continuem participando, apoiando, indo aos jogos e convidando os seus amigos, que com a força da Nação ultrapassaremos a meta de 12.000 camisas vendidas por mês.

A camisa custa R$ 39,90 e o torcedor que comprar pagará R$ 5 para assistir aos jogos de basquete, que custam R$20.

As camisas estão sendo comercializadas de diversos modos: pela internet, pela www.flaboutique.com.br; na loja oficial do clube a Flashop, em diversas lojas físicas e também, diretas do fabricante, em quantidades maiores – os chamados kits diferenciados.

















quinta-feira, 30 de abril de 2009

Márcio Braga: 'Adriano é filho do Flamengo'

De licença médica, o presidente do Flamengo, Márcio Braga, foi só alegria ao comentar a provável contratação do atacante Adriano pelo Rubro-Negro. O dirigente, inclusive, lembrou de uma ocasião em que encontrou o Imperador em um aeroporto do Rio de Janeiro e os dois trocaram gentilezas.

- Muita boa a contratação. É um jogador identificado com o clube. Estava contando ao Delair (Dumbrosck, vice geral e presidente em exercício), que uma vez eu estava vindo de Brasilia, há uns dois anos, e cruzei com Adriano no aeroporto do Galeão. Ele estava lesionado, de muletas. Quando me viu, veio, me beijou, abraçou. Vi a emoção que ele teve ao encontrar o presidente do Flamengo. Ele é filho do Flamengo, nasceu ali e é muito bem-vindo - rasgou elogios.

Adriano foi cria do Flamengo desde as divisões de base. Em 2000, estreou nos profissionais e saiu do clube em 2001.

Olympikus pagará o salário de Adriano

O patrocinador que irá ajudar a pagar os salários de Adriano é a Olympikus. O LANCENET! apurou a informação com fontes rubro-negras que confirmaram que o futuro fornecedor de material esportivo do Flamengo já passará a ajudar o clube nesse projeto.

Na verdade, o nome da Olympikus ainda está sendo mantido em sigilo e nenhum dirigente rubro-negro fala abertamente sobre o assunto, até porque existe toda uma negociação entre o Flamengo e a Nike (cujo contrato termina em julho) com relação à briga judicial entre eles.

- Existe um sigilo contratual que precisa ser respeitado - diz o vice jurídico Adalberto Ribeiro.

Mas segundo a apuração do LANCENET!, o Flamengo pagará cerca de R$ 160 mil mensais a Adriano (valor próximo, por exemplo, ao que ganha Josiel, cujo contrato termina em julho e não deve ser renovado).

Já a empresa ajudaria com um valor que gira em torno de R$ 200 mil. A Cosan/Esso, patrocinadora que deve ser anunciada na próxima semana, também pode acabar ajudando o clube.

A Olympikus passará a ser a forncedora de material esportivo a partir de agosto. Ela pagará, além da ajuda a Adriano, cerca de R$ 21 milhões no primeiro ano de contrato e também construirá um museu e uma grande loja na Gávea (além de outras dez espalhadas pelo Brasil).

Marcio Braga crava: 'Flamengo será campeão'

O presidente Marcio Braga ainda está de licença médica e afastado da Gávea. Mas nem por isso ele tem deixado de acompanhar as notícias do clube, ainda mais às vésperas da final contra o Botafogo. Para o dirigente, o Flamengo será campeão e conquistará o quinto tricampeonato da história.

- Vamos ser campeões. Estou muito confiante - disse nesta quinta-feira Marcio Braga para arriscar um palpite em seguida:

- O Flamengo vai ganhar por 2 a 1. Acho que os gols serão de Josiel e Kleberson - opinou o presidente licenciado, que vem sendo substituido pelo vice-geral, Delair Dumbrosck.

Marcio Braga passou por uma cirurgia no coração e só deve retornar à Gávea no segundo semestre deste ano. Enquanto isso, ele já voltou às suas atividades no cartório. Nesta quarta, esteva em Brasília resolvendo assuntos pessoais.

- O médico me deu 120 dias de licença do Flamengo. Só cumpri 70, mas venho conversando sempre com Delair (Dumbrosck (presidente interino), que está muito bem - informou Marcio.

Cuca fica no banco na decisão

Cuca poderá comandar o Flamengo do banco na decisão do Carioca contra o Botafogo, no próximo domingo, no Maracanã. O técnico rubro-negro esteve nesta quinta-feira no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro(TJD/RJ) novamente. Desta vez ele conseguiu efeito suspensivo As informações são do site Justiça Desportiva.

Cuca foi denunciado pela Procuradoria por ter dito em uma entrevista coletiva que o presidente do TJD/RJ, Antônio Vanderler, mentiu ao não conceder um efeito suspensivo que fora prometido, segundo ele, para a decisão do segundo turno do Campeonato Carioca.

- Devo ter entendido errado. Ele deve ter me dito que ia analisar e entendi que ele iria me dar o efeito suspensivo. Nunca tive a intenção de chamar alguém de mentiroso. Peço desculpas se ofendi alguém - afirmou o treinador na quarta comissão do TJD/RJ.

TJD-RJ indefere pedido da procuradoria, e Juan está liberado para jogar no domingo

Um dia após a notícia de que poderia ficar sem Juan para a final do campeonato Carioca, no domingo, contra o Botafogo, o Flamengo pode respirar aliviado. Nesta quinta-feira, o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ), Antônio Vanderler, resolveu indeferir o pedido da procuradoria de suspensão preventiva do lateral. Na primeira partida da decisão, o rubro-negro fez falta dura em Maicosuel e tentou intimidar o meia alvinegro após o lance.

- Usamos o bom-senso e indeferimos o pedido. O dano seria irreparável. Imagina se eu dou a punição e na semana que vem ele é absolvido? Analisei o lance e não achei passível do artigo 35. Foi uma falta um pouco mais dura, mas sem violência.

Com isso, o Flamengo não precisou entrar com um mandado de garantia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para assegurar a presença de Juan na partida. O advogado rubro-negro Michel Assef Filho, porém, já esperava que o presidente do TJD indeferisse o pedido da procuradoria.

Fla ‘troca’ treinamento por calor humano em tour agrícola na volta ao Rio

O que a princípio seria um pequeno atraso tomou maiores proporções e cancelou o treinamento do Flamengo na tarde desta quinta-feira. Após um verdadeiro tour rural de quase quatro horas no retorno de Volta Redonda para o Rio de Janeiro, o elencodo Mengão chegou à Gávea às 16h45m e foi dispensado da atividade que estava marcada para as 15h30m.

Foto: o Uru-busão mobilizou algumas cidades do interior do Rio de Janeiro na tarde desta quinta-feira.

Apenas os jogadores que não foram relacionados ou não viajaram, como Ronaldo Angelim e Fábio Luciano, trabalharam com a comissão técnica na sede do clube.

Se faltou treinamento na semana da final do Estadual, domingo, às 16h, contra o Botafogo, no Maracanã, sobrou calor humano no percurso. Da Cidade do Aço até a sede do clube, o ônibus oficial do clube passou por quatro cidades (Vassouras, Barra do Piraí, Mendes e Paracambi) onde se tornou a principal atração. Juntamente com o ambiente agrícola da viagem, o que se via eram constantes palavras de incentivo e acenos para as janelas completamente escuras.

Romário: ‘Fla está em melhor momento para a decisão do Campeonato Carioca’

Os laços afetivos de Romário com o Flamengo parecem bem estreitos, mesmo tendo deixado a Gávea em 1999.

Para a decisão do Campeonato Carioca, entre o Flamengão e o Botafogo domingo, no Maracanã, o Baixinho não cravou que o seu ex-clube será campeão, mas disse que está em melhor momento do que o adversário.

- É difícil dizer quem será campeão, mas o Flamengo está num momento muito melhor do que o Botafogo. Além disso, a torcida Mengão faz a diferença. Mas não me arrisco a dizer quem levará o título – disse Romário pendendo para o ex-clube.

Romário está muito envolvido com o América neste momento, clube com o qual assinou nesta quinta-feira parceria até dezembro para gerir o departamento de futebol profissional. Mas o ex-atacante de Flamengo, Vasco e Fluminense acha que a decisão do Carioca será muito difícil para os finalistas.

- Quando o árbitro apitar o início da partida será complicado para Flamengo e Botafogo. Apontar um campeão agora é quase impossível. Os 11 jogadores de cada lado lutarão até o fim para conquistar o título – esquivou-se Romário.

Federação do Rio divulga renda e público para a final de domingo entre Bota e Fla

A Federação de Futebol Estadual do Rio de Janeiro (Ferj) divulgou nesta tarde de quinta a renda e o público da final do Campeonato Carioca de domingo, entre Flamengo e Botafogo.

Segundo a Ferj, foi arrecadado R$ 1.989.415 com a venda antecipada de 67.809 ingressos postos à venda e mais os bilhetes de gratuidade, que também têm custo e contam na renda final da partida.

O público pagante, segundo o borderô divulgado pela Federação, é praticamente o mesmo da final da Taça Rio: 78.393 ingressos vendidos. Como a final do segundo turno do Carioca registrou 78.395 pagantes, por apenas dois ingressos, portanto, não houve recorde também no público para o jogo que vai definir o campeão estadual do Rio de Janeiro em 2009.

Todos os bilhetes foram vendidos em menos de dois dias ou cerca de doze horas de comercialização. As cadeiras azuis – últimos bilhetes que haviam sobrado, já que as arquibancadas e cadeiras especiais se esgotaram no primeiro dia de vendas (segunda) – acabaram no início da tarde de terça.

A maior renda pertencia ao primeiro jogo da final do Carioca entre Botafogo e Flamengo, com R$ 1.462.853 arrecadados. Para as finais, o preço dos ingressos teve acréscimo de 25% a 50%, dependendo do setor.

Flamengo dribla obstáculo financeiro e fecha com Adriano

O último detalhe que faltava para o acerto entre Flamengo e Adriano acontecer foi resolvido. O clube acertou um patrocínio para arcar com o salário do atacante. O detalhe é que a empresa não irá estampar sua marca na camisa rubro-negra. O retorno da empresa se dará em ações de marketing com o jogador.

Especula-se que o salário do jogador gira em torno de R$ 500 mil e, por isso, uma parceria se fez necessária. Apesar de tudo estar apalavrado, a assinatura do contrato do jogador com o clube, que iria até a mtedade de 2010, só deve mesmo acontecer após a final do Carioca, no próximo domingo.

O departamento de futebol do clube não quer entrar em detalhes antes do jogo. Mas o tom é de otimismo e de esperança. Já o presidente em exercício, Delair Dumbrosck, praticamente confirma a negociação.

- É uma empresa que já ajuda a partir de maio com os custos do Adriano, mas só tem a necessidade de usar a sua imagem no segundo semestre, quando irão lançar um produto - afirmou o presidente.

Revelado no Flamengo, Adriano deixou o clube em 2001 e jogou na Itália nos últimos oito anos. Ele também teve uma breve passagem pelo São Paulo em 2008. No fim de março, pediu um “tempo” para voltar a ter motivação para jogar futebol e rescindiu contrato com o Inter de Milão.

Na última terça-feira, o atacante revelou que só voltaria a jogar futebol se fosse no Mengão.

A manobra feita pela diretoria para conseguir a verba para contratar o Imperador não é novidade. Na década de 90, o então presidente Kleber Leite fez engenharias semelhantes para contratar Romário e Edmundo. Ambos chegaram por um pool de empresas, que não eram vinculadas diretamente ao clube.

Cuquinha não se abala: ‘Só faltou o gol’

As vaias da torcida do Flamengo em Volta Redonda entraram por um ouvido e saíram por outro do auxiliar-técnico Dirceo Stival, conhecido como Cuquinha. Responsável por dirigir a equipe nesta quarta-feira, já que o irmão Cuca está suspenso, ele considerou a atuação no empate por 0 a 0 contra o Fortaleza muito boa.

- Só faltou o gol. Tivemos mais de 60% de posse de bola, demos mais de 20 chutes. Mas o importante na Copa do Brasil é não tomar o gol dentro de casa.

O Flamengo dorme na cidade do Sul Fluminense e retorna ao Rio de Janeiro no início da tarde desta quinta. O time concentra-se agora na possibilidade do tricampeonato estadual, domingo, contra o Botafogo.

- O objetivo é conquistar o título. Temos que nos concentrar e não medir esforços para ser campeões – afirmou Cuquinha.

Juan tenta analisar empate pelo lado positivo, mas lamenta chances perdidas

Do males o menor. Foi com esse pensamento que Juan analisou o empate do Flamengo com o Fortaleza, nesta quarta-feira, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Com o regulamento debaixo do braço, o lateral-esquerdo admitiu que o resultado não foi dos melhores, mas lembrou que ao menos o time não sofreu gol dentro de casa.

- Era importante fazer e não levar. Conseguimos não levar, mas não fizemos. Criamos várias oportunidades, mas não finalizamos bem. Então, saímos daqui com esse 0 a 0.

Ameaçado de não entrar em campo na decisão do Campeonato Estadual, domingo, às 16h, no Maracanã, contra o Botafogo, por conta de um pedido de punição preventiva feito pela procuradoria do TJD, Juan evitou polêmica e usou um discurso politicamente correto.

- Tudo que a diretoria puder fazer, vai fazer. Então, é com a diretoria.

O Flamengo volta a encarar o Fortaleza na próxima quarta-feira, às 21h50m, na capital cearense, e precisa de uma vitória ou de um empate com gols para seguir na Copa do Brasil.

Ataque falha, Fla empata sem gols com o Fortaleza, e torcida pede por Adriano

O Fortaleza fez jus ao seu nome e como tal, impediu o Flamengo de sair com a vitória nesta quarta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira. Encontrando uma forte retranca da equipe cearense, o Mengão não saiu de um 0 a 0 no primeiro jogo das oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Josiel, Obina, Emerson e Zé Roberto são vaiados, e torcedores de Volta Redonda clamam pela chegada do Imperador.


quarta-feira, 29 de abril de 2009

Flamengo 0 x 0 Fortaleza


Ficha técnica:


Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Data: 29/4/2009

Hora: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Roberto Baatz (Fifa-PR) e João Antônio Sousa Paulo neto (DF)

Renda/público: R$ 53.630,00 / 4.060 pagantes / 4.967 presentes

Cartões amarelos: Danilo, Silvio, Eusébio, Júlio (FOR)

Flamengo: Bruno, Leonardo Moura, Airton, Welinton e Juan; Willians, Kleberson, Ibson (Everton, 32'/2ºT) e Erick Flores (Zé Roberto, 17'/2ºT); Emerson e Obina (Josiel, 17'/2ºT). Técnico: Cuca.

Fortaleza: Douglas, Danilo, Silvio e Edson; Coutinho, Júlio, Sidnei (Marcelo Nicácio, 20'/2ºT), Eusébio, Guto; Bambam (Wanderley, intervalo) e Luiz Carlos (Bismarck, 30'/2ºT). Técnico: Mirandinha.

Buáaaatafogo é pequeno até no exterior!

Galera do Mengão! Navegando pela internet achei um videozinho que é a cara Buáaaatafogo. Deem uma olhada abaixo e vejam que até no exterior a superioridade do Mais Querido é indiscutível!

<a href="http://video.msn.com/?mkt=pt-BR&amp;playlist=videoByUuids:uuids:ce2acf6b-c156-4962-b15f-ed936c206878&amp;showPlaylist=true&amp;from=msnvideo" target="_new" title="Entrevista com botafoguense sofredor (parodia)">Vídeo: Entrevista com botafoguense sofredor (parodia)</a>

Punição preventiva pode tirar Juan da final de domingo

Tribunal de MERDA, porrada neles!!!

O Flamengo foi pego de surpresa com uma notícia nada agradável em Volta Redonda momento antes da partida contra o Fortaleza, nesta quarta-feira, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil: a procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) entrou com um pedido de suspensão preventiva para Juan por conta da bronca dada em Maicosuel no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca contra o Botafogo, no último domingo.

Denunciado no início da semana por ato de hostilidade em relação ao adversário, o lateral-esquerdo só será julgado na semana seguinte à decisão, mas há a possibilidade de ser impedido de entrar no campo do Maracanã para a grande final, domingo, às 16h.

- Foi feita a denúncia e vou apreciar este pedido na tarde desta quinta-feira. Existem vários precedentes para este tipo de punição, como prevê o artigo 35 do código (brasileiro de justiça desportiva). Uma pena preventiva é cabível quando se julga ineficaz a pena. Ainda não vi o lance com detalhes, vou observar atentamente antes de uma decisão – explicou o presidente do TJD, Antônio Vanderler, por telefone, acrescentando em seguida que divulgará a decisão sobre o caso na tarde desta quinta.

Segundo ele, caso a punição seja confirmada, um pedido de efeito seria inútil.

- Se eu deferir este pedido, não seria coerente dar logo em seguida o efeito suspensivo.

Dirigente rubro-negro fica irado


O vice-presidente de futebol do Flamengo, Kleber Leite, ficou muito irritado ao saber da notícia e reagiu imediatamente.

- Existem forças ocultas querendo atrapalhar o Flamengo. Isso está muito estranho. Mas eles precisam saber que o Flamengo é muito grande e que pode muito, tem muita força. Vamos responsabilizar pessoalmente a qualquer um que tente nos prejudicar.

Pena de Marcio Braga é reduzida em 1.320 dias pelo Pleno do STJD

Após sessão do Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na tarde desta quarta-feira, a pena imposta ao presidente licenciado do Flamengo, Marcio Braga, caiu de 1.440 dias para 120 dias, segundo informa o site “Justiça Desportiva”.

O dirigente foi denunciado por ter criticado de forma desrespeitosa a perda de seis pontos do Vasco durante a Taça Guanabara. O clube de São Januário foi punido por ter escalado de forma irregular o meia Jéferson. Assim, Marcio respondeu em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e levou pena máxima de 1.440 dias, no Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro.

O advogado de defesa, Michel Assef Filho, afirmou que o dirigente não se dirigiu em momento algum ao tribunal e que sequer houve um inquérito para apurar a ofensa.

O Pleno do STJD, então, por maioria dos votos, absolveu Marcio Braga em dois artigos e o puniu com a pena de 120 dias no artigo 190 (Manifestar-se de forma desrespeitosa ou ofensiva contra ato ou decisão de entidade de administração do desporto e da Justiça Desportiva).

No entanto, Marcio Braga ainda corre o risco de ser suspenso por mais 120 dias. Depois do primeiro julgamento no TJD/RJ, ele emitiu nota oficial dizendo que sua punição era uma retaliação da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio). O dirigente acusou a entidade de supostamente contribuir para o enfraquecimento do futebol carioca e de apropriação indevida do valor das rendas dos jogos do Campeonato Estadual.

Depois do prejuízo, Fla muda basquete para Macaé de olho em R$ 400 mil

Campeão brasileiro, sul-americano e estadual. O time de basquete do Flamengo acumula títulos e suscita orgulho nos rubro-negros. Entretanto, a boa fase não refletiu aumento nas bilheterias. Na terça-feira, a diretoria anunciou a transferência de todos os jogos até o fim do Novo Basquete Brasil (NBB) para Macaé, cidade na Costa do Sol fluminense.

Os motivos são fundamentalmente financeiros. Nos últimos três jogos, a soma dos públicos pagantes ficou em 1.071. Em um deles, contra o São José, no dia 1º de abril, apenas 188 torcedores foram ao Maracanãzinho.

O prejuízo acumulado nos 12 jogos como mandante na competição chega a R$ 46.733. Por isso, a proposta da cidade do interior veio em boa hora.

- Como vamos aguentar essas perdas financeiras? Tem de ter dinheiro novo. Em pouco mais de dois meses, o João Henrique Areias ajudou o clube a conseguir quase R$ 1 milhão em verbas, com patrocínio, as camisas do Fla-Basquete e agora esta parceria. A proposta era irrecusável - disse o diretor de esportes olímpicos do Fla, Marcos Braz.

Se o time de Marcelinho chegar à final do NBB, o clube terá lucro de R$ 400 mil. A média por partida é de quase R$ 70 mil.

- E há outro detalhe para aqueles que reclamam. Além da parte financeira, o Maracanãzinho estará fechado para o evento Holiday on Ice durante as semis e finais do torneio – explicou Braz.

Mais um salário na conta

O Flamengo pagou nesta quarta-feira o salário de fevereiro ao elenco de basquete, cuja folha mensal está em R$ 210 mil. Desta forma, a dívida com os jogadores, que em fevereiro chegava a quatro meses, caiu para um.

" Espiões do Fla", urubus rondam o treino do Botafogo em Saquarema

Na semana da grande final do Campeonato Carioca 2009, o Botafogo fugiu do Rio de Janeiro para treinar e ter mais tranquilidade em Saquarema, na Região dos Lagos. Mas parece que a equipe do técnico Ney Franco está sendo observada no campo do Boavista. Na manhã desta quarta-feira, alguns urubus 'espionavam' as atividades da equipe alvinegra, antes da decisão entre Flamengo e Botafogo, no domingo. A ave é o símbolo do rival da Gávea, que está em Volta Redonda, onde enfrenta o Fortaleza nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.



Adriano pode ser anunciado como reforço do Flamengo já na próxima semana

Repórter Eric Faria confirma no programa Redação SporTV que o Imperador deve começar a treinar na Gávea no dia 11 de maio

O Flamengo pode anunciar o retorno do atacante Adriano à Gávea já na próxima semana. Segundo informações do repórter da Rede Globo Eric Faria, em entrevista ao programa Redação SporTV desta quarta-feira, o Imperador deve começar a treinar com o elenco rubro-negro no próximo dia 11, um dia depois da estreia do time no Campeonato Brasileiro, contra o Cruzeiro.

- A contratação do Adriano pode ser anunciada já na próxima semana. A tendência é que ele comece a treinar no Flamengo no dia 11 de maio, até porque ele ainda tem que resolver alguns problemas em Milão. Só por isso ele não começaria a treinar na Gávea na próxima segunda-feira - informou Eric Faria.

Ainda de acordo com Eric Faria, o empresário do Imperador, Gilmar Rinaldi, já fez um planejamento para a recuperação física do atacante, que rescindiu contrato com o Internazionale de Milão, da Itália, junto com o departamento médico do Flamengo. Todo esse trabalho seria feito da mesma forma que aconteceu com Ronaldo, no Corinthians. O que ainda estaria pendente, seria o acordo financeiro entre o atleta e o clube carioca.

- O salário ainda não está acertado, falta alguma coisa da parte financeira. Mas o José Luis Runco, médico do Flamengo e da seleção brasileira, conversou com o Gilmar Rinaldi, empresário do Adriano, e eles já traçaram planos de recuperação física para o Adriano, mais ou menos nos moldes do que foi feito com o Ronaldo. Obviamente, o Adriano está em um estágio mais avançado do que o Fenômeno estava. Ele já está fazendo uma preparação, mais uma recuperação atlética mesmo. A gente espera que ele já entre quase em ponto de bala mesmo - finalizou Eric.

Na tarde desta terça-feira, Adriano garantiu ao GLOBOESPORTE.COM que "se fosse para voltar a jogar, seria no Flamengo" e que "a vontade de atuar no clube da Gávea era absurda".

Zé Roberto não se sente bem como atacante

Sem ainda ter apresentado o futebol esperado, Zé Roberto admite que a vida não está sendo fácil no Flamengo. Para o jogador, que foi substituído nos dois últimos jogos, o motivo das fracas atuações se deve ao fato de estar jogando fora de posição.

Escolhido como o melhor meia-direita do Brasileiro de 2006, quando jogava pelo Botafogo de Cuca, Zé Roberto tem sido escalado no Flamengo como segundo atacante. O jogador já conversou com o treinador sobre o assunto e não está muito satisfeito como vem sendo escalado.

- Estou tendo dificuldades. Jogo numa posição em que nunca atuei e não me sinto bem. Jogar como atacante dificulta muito. Já conversei com o Cuca, mas é a opinião dele. Não faço polêmica com treinador, mas não tem dado certo para mim - afirmou Zé Roberto ao jornal "O Dia".

Na partida desta quarta-feira, contra o Fortaleza pela Copa do Brasil, Zé Roberto deve ser poupado. Josiel e Obina disputam uma vaga no ataque ao lado de Emerson.

Gávea: em obras para melhor atender aos jogadores

Chuveiros novos com água quente, banheiras de hidromassagem e armários mais espaçosos, além de um cantinho todo especial, com a foto de cada jogador: este é o novo vestiário do futebol profissional do Flamengo.

A reforma do local, que começou em dezembro do ano passado, ainda não está concluída, segundo Juruna, encarregado de administração do clube e responsável pelas obras.

- Primeiro reformamos o campo, que hoje é um dos melhores do Rio de Janeiro. Depois fizemos a sala de imprensa, já que os jornalistas reclamavam muito que não tinham um lugar para ficar. E agora o vestiário dos atletas. Ainda pretendemos terminar o vestiário da comissão técnica - disse o funcionário.

Além de banheiras, chuveiros e armários novos, os rubro-negros também ganharam dois ar-condicionados e uma sala de reunião, que ainda vai receber um telão e um data show. Segundo a assessoria do clube, a sala servirá para os jogadores se unirem antes das partidas e assistirem a palestras. (Assista ao vídeo abaixo com todas as imagens do novo vestiário do Flamengo)


Funcionário do clube há 12 anos, Juruna conta que em 2008 recebeu muitas reclamações por causa da estrutura do clube da Gávea. Ao fim de dezembro, não restaram dúvidas de que algo tinha que ser feito para melhorar o vestiário. A partir de uma parceria com a Fla Boutique - loja oficial do clube - e a Time - grupo que coordena as escolinhas de futebol - foi possível colocar a mão na massa, já que as obras só poderiam ser feitas no final da temporada.

- Graças à ajuda financeira desses parceiros, conseguimos realizar as obras. Ficou tudo simples, mas muito bonito, e o que é mais importante, os jogadores aprovaram.

Funcionário do clube há 12 anos, Juruna conta que em 2008 recebeu muitas reclamações por causa da estrutura do clube da Gávea. Ao fim de dezembro, não restaram dúvidas de que algo tinha que ser feito para melhorar o vestiário. A partir de uma parceria com a Fla Boutique - loja oficial do clube - e a Time - grupo que coordena as escolinhas de futebol - foi possível colocar a mão na massa, já que as obras só poderiam ser feitas no final da temporada.


- Graças à ajuda financeira desses parceiros, conseguimos realizar as obras. Ficou tudo simples, mas muito bonito, e o que é mais importante, os jogadores aprovaram.











Vestiário rubro-negro tem três banheiras de hidromassagem inviduais e uma coletiva










Além de mais espaçosos, novos armários são personalizados com as fotos dos jogadores

Superstição faz punição virar fator favorável ao Fla na Copa do Brasil

A marcação da partida contra o Fortaleza para Volta Redonda, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil, deveria soar como uma punição ao Flamengo por conta de um episódio envolvendo torcedores ainda na edição de 2006. No entanto, se o retrospecto rubro-negro na cidade em 2009 for levado em consideração, o torcedor pode ficar animado.

Enquanto as duas únicas derrotas da equipe na temporada, para Resende e vasco, aconteceram no Maracanã, o aproveitamento no Raulino de Oliveira é de 100%. Ao todo foram cinco partidas, com cinco vitórias. Cuca credita o bom desempenho ao apoio do torcedor, mas avisou que o duelo contra o Fortaleza não será nada fácil.

- Aqui é muito bom, dá para jogar bem. O campo é bom e a torcida é ótima. Teremos a dificuldade por conta do Fortaleza ser um grande time. Queremos o apoio que tivemos nas outras vezes. Vencemos todas as partidas que disputamos aqui em virtude disso, então queremos apoio mais uma vez.

Pela Taça Guanabara, o Flamengo venceu Bangu (2 x 1), Macaé (2 x 1) e Volta Redonda (1 x 0) no estádio. O triunfo no segundo turno foi diante do Duque de Caxias (4 x 2).

Flamengo desvia a mira, esquece o Botafogo e enfrenta o Fortaleza

“O Botafogo é uma fortaleza” , diz a faixa exibida pela torcida alvinegra nos últimos jogos. Para o Flamengo, no entanto, o Fortaleza é um Botafogo. Explica-se. Nesta quarta-feira, o Mengão esquece parcialmente a decisão do Carioca e mira, com a mesma seriedade, as oitavas-de-final da Copa do Brasil contra a equipe cearense. A partida de ida será no estádio da Cidadania, em Volta Redonda.

Fla encara jogo como uma decisão

Ao contrário do que pode parecer, o Flamengo não viu como fator desfavorável a divisão de atenções. Se Fábio Luciano e Ronaldo Angelim foram poupados, Cuca jura que não é por menosprezo ao adversário desta quarta, mas sim por necessidade.

- Essa partida será boa para quebrarmos a ansiedade antes da decisão. A Copa do Brasil é uma competição superimportante. Leva o campeão à Libertadores, mas não só isso. Garante também um título nacional importantíssimo.

Por causa de uma punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em 2006, a equipe não pôde atuar no Maracanã e seguiu para Volta Redonda, cidade do sul fluminense, localizada a 130 km da capital.

Em busca de mais poder de fogo ao sistema ofensivo, o treinador deve optar por jogar com dois atacantes de origem – Emerson e provavelmente Obina – e terá o jovem Erick Flores, de 19 anos, no meio-campo na vaga de Zé Roberto.

O atacante baiano não entra em campo há sete jogos e desde a última semana faz um trabalho especial para melhorar a forma técnica. O objetivo é colocá-lo em campo domingo, contra o Botafogo.

Fortaleza também tentar ‘deixar de lado’ o tri

Em situação bem semelhante à do Flamengo, o Fortaleza também tem a disputa de um tricampeonato pela frente. No fim de semana disputa contra o Ceará a final do Cearense e tem a vantagem do empate, por ter vencido por 2 a 1 o primeiro jogo. Para a partida pela Copa do Brasil, o técnico Mirandinha pode poupar alguns titulares, principalmente no ataque. Nomes mais conhecidos como o veterano Rodrigo Mendes e o atacante Marcelo Nicácio não devem jogar.

Flamengo x Fortaleza


Ficha técnica:

Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Data: 29/4/2009

Hora: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Roberto Baatz (Fifa-PR) e João Antônio Sousa Paulo neto (DF)

Flamengo: Bruno, Leonardo Moura, Airton, Welinton e Juan; Willians, Kleberson, Ibson e Erick Flores (Zé Roberto); Emerson e Josiel (Obina). Técnico: Cuca.

Fortaleza: Douglas; Danilo, Silvio e Edson; Bismarck, Júlio, Coutinho, Eusébio (Sidnei) e Guto; Bambam (Luiz Carlos) e Wanderley. Técnico: Mirandinha.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Torcedores do Flamengo: 'Vice é o Ney Franco'

Cerca de 40 torcedores está no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), para acompanhar o treino do Flamengo na noite desta desta terça-feira.

O grupo mais animado é formado por meninas que gritam o nome de todos os jogadores e entoaram o canto "Vice é o Ney Franco", em alusão aos botafoguenses que criaram o grito "Vice é o Cuca".

Inicialmente, os jogadores realizam apenas um trabalho recreativo no gramado - nesta quarta, às 21h50, o Rubro-negro enfrenta o Fortaleza no primeiro jogo das oitavas-de-final da Copa do Brasil.

O técnico Cuca ainda não definiu a equipe que entra em campo, já que neste domingo acontece o segundo jogo da decisão do Campeonato Carioca, contra o Botafogo.

‘Se tiver que voltar a jogar será no Flamengo', revela Adriano

Se em outras ocasiões a tentativa do Flamengo de repatriar Adriano fracassou, o destino da negociação iniciada há cerca de duas semanas promete ser diferente. Nesta terça-feira, o jogador revelou ao GLOBOESPORTE.COM sua intenção quando retornar aos gramados.

- Se tiver que voltar a jogar será no Flamengo. A vontade de atuar lá é absurda. – declarou.

O Imperador almoçou com amigos em um shopping na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Oficialmente, o atacante ainda não confirma o acerto com o Rubro-Negro, mas amigos dele disseram ao GLOBOESPORTE.COM na última sexta que as negociações estão em fase final.

Em março, Adriano abandonou o Inter de Milão dizendo-se cansado e desestimulado com a vida na Itália. Ele curte férias no Rio de Janeiro enquanto decide quando - e se - retornará aos campos de futebol. Revelado nas divisões de base do Flamengo, o centroavante foi negociado com o Inter de Milão em 2001.

Fla segue na cola de Simon e mandará lance de pênalti bizarro para a Fifa

Desafeto declarado do árbitro Carlos Eugênio Simon, o Flamengo se aliará, em breve, ao Fortaleza nos protestos contra o pênalti mal marcado a favor do Ceará na decisão do Campeonato Cearense, no último domingo.

Após declarar que não mediria esforços para tirar o árbitro gaúcho da Copa do Mundo de 2010 por um lance polêmico envolvendo o atacante Diego Tardelli em partida contra o Cruzeiro, válida pelo Brasileirão de 2008, em Belo Horizonte, o vice de futebol do rubro-negro, Kleber Leite, ganhou mais um trunfo em sua “missão”.

Ao tomar conhecimento do ocorrido no estádio Castelão no último fim de semana, o dirigente entrou em contato com o vice jurídico, Michel Assef, e o encarregou de enviar para a Fifa a trapalhada de Simon.

- Conversamos sobre isso e vamos mandar o vídeo com esse lance para que seja anexado ao material que enviamos no ano passado.

Sobre a repercussão do dossiê enviado no último ano (clique aqui e confira o vídeo do dossiê rubro-negro), Kleber Leite garantiu ter recebido um retorno do secretário-geral de Fifa.

- O próprio Jerome Valcke me ligou agradecendo pelo alerta e disse que o material está arquivado na Fifa.


Em pouco mais de 12 horas, todos os ingressos de Fla x Bota estão vendidos


Em menos de dois dias ou cerca de doze horas de vendas, terminaram todos os 67.809 ingressos para a final de domingo (03 de maio) do Campeonato Carioca de 2009 entre Flamengo e Botafogo, de acordo com a assessoria de imprensa do clube da Gávea.

As cadeiras azuis – últimos bilhetes que haviam sobrado, já que as arquibancadas e cadeiras especiais se esgotaram no primeiro dia de vendas (segunda) – foram todas vendidas nessa manhã e no início dessa tarde de terça.

A expectativa é de superar o maior público do campeonato até agora, recorde do clássico que decidiu a Taça Rio entre Flamengo e Botafogo, do dia 19 de abril. Na vitória do Mengão por 1 a 0 estiveram presentes no Maracanã 83.359 pessoas, com 78.395 de público pagante.

Apesar do maior público, a maior renda era do primeiro jogo da final do Carioca entre Botafogo e Flamengo, com R$ 1.462.853 arrecadados. Isso porque houve acréscimo de 25% a 50%, dependendo do setor, no valor dos ingressos para as finais do Estadual. Como todos os ingressos já estão vendidos, o segundo jogo da decisão do Carioca já supera a arrecadação do primeiro clássico.

Ataque do Flamengo: um mal crônico

Há apenas uma partida para terminar o Campeonato Carioca, o técnico Cuca ainda tem dificuldades para fazer com que o setor ofensivo rubro-negro engrene definitivamente neste ano. Os atacantes do Flamengo só fizeram dois gols – ambos de Emerson – nas últimas seis partidas.

Pouco para uma reta decisiva de competição. Pelo lado alvinegro, a maldição tem sido a rotina de lesões de seus principais jogadores. O que fará mais a diferença na decisão de domingo?

No Flamengo, para piorar, nas duas vezes em que Emerson marcou, o Rubro-Negro atuou com time misto (contra o Fluminense, na última rodada da Taça Rio, e contra o Remo, pela Copa do Brasil), o que demonstra a fragilidade dos titulares.

A pouca inspiração dos homens de frente tem feito com que Juan se sobressaia nas horas decisivas.Com o gol de pênalti que marcou no domingo, o lateral-esquerdo chegou a seis no Carioca e já é o vice-artilheiro do time nesta temporada.

O mais curioso deste problema crônico no ataque rubro-negro é que, no início do ano, o clube negociou Diego Tardelli com o Atlético Mineiro e ele é o goleador do Brasil em 2009 com 20 gols.

Com a saída de Tardelli, Obina começou a temporada como titular, mas não soube aproveitar as chances que teve. Além de não ter feito gols neste ano, o baiano ainda desperdiçou dois pênaltis e sepultou de vez o seu lugar na equipe.

A partir daí, o desacreditado Josiel ganhou oportunidade e parecia que solucionaria o problema. O camisa 9 teve uma excelente sequência e marcou 11 gols, entrando na briga pela artilharia do Estadual. No entanto, nada dura para sempre e Josiel já está há seis jogos sem marcar e voltou a amargar a reserva.

Juan admite que Fla ainda procura um equilíbrio para a equipe:

– Temos de buscar jogar melhor tática e tecnicamente. Ainda está faltando encaixar melhor o time.