Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 6 de junho de 2009

Sport x Flamengo


Ficha técnica:


Estádio: Ilha do Retiro, Recife (PE)

Data: 7/6/2009

Horário: 16h (de Brasília)


Árbitro: Cléber Welington Abade (SP)
Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP) e Márcio Luiz Augusto (SP)

Sport: Magrão, Moacir, César, Durval e Dutra; Igor, Sandro Goiano, Fumagalli e Luciano Henrique; Wilson e Weldon. Técnico: Emerson Leão.

Flamengo: Bruno, Welinton, Aírton e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Willians, Toró, Ibson e Juan; Emerson e Adriano. Técnico: Cuca.

GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

TV e Rádio Globo transmitem em Tempo Real.

Thiago Sales deixa Fla e vai para o Coritiba

Pouco aproveitado pelo técnico Cuca nesta temporada, o zagueiro Thiago Sales foi emprestado pelo Flamengo ao Coritiba até o fim de 2009. O objetivo da diretoria rubro-negra é manter o jogador em atividade.

"Para o Flamengo é bom que o Thiago tenha uma sequência de jogos nesta temporada", disse o diretor Plínio Serpa Pinto.

Thiago Sales se apresenta ao Coritiba na terça. Além dele, Douglas também não ficará no elenco. O zagueiro rescindiu o contrato e deve se apresentar ao Santo André no início da semana.

Revista divulga os maiores salários do futebol brasileiro

Um levantamento feito pela Revista Placar do mês de Junho mostrou quais são os maiores salários do futebol brasileiro. O resultado não é nada surpreendente. O atacante Ronaldo, do Corinthians, lidera o ranking com folgas: mais de R$ 1,1 milhão por mês, somando-se salários e porcentagens de patrocínios a que o jogador tem direito.

Até o terceiro colocado, não há surpresas entre os salários mais altos. Depois de Ronaldo, Adriano e Nilmar são os que faturam mais a cada mês. Na seqüência, dois jogadores do Fluminense: Fred, contratado como estrela junto ao Lyon, e Leandro Amaral, que mal tem jogado. Este último impressiona: fatura R$ 280 mil mensais, mais do que nomes como D´Alessandro, Marcos e Rogério Ceni.

O ranking da Revista Placar ainda mostra algumas disparidades dentro dos próprios clubes. O Corinthians, por exemplo, tem um caso curioso. Tirando Ronaldo, o maior salário do elenco pertence ao atacante Souza, reserva e criticado pela torcida. Souza ganha R$ 175 mil mensais, mais do que o capitão William, os volantes Cristian e Elias, o atacante Dentinho, entre outros.

Ainda segundo o levantamento, cada gol de Souza custou R$ 437 mil. Em jogos oficiais ele marcou apenas duas vezes, ambas de pênalti. Keirrison, do Palmeiras, custou "apenas" R$ 33 mil por gol marcado.

Confira os dez maiores salários do futebol brasileiro:

1 - Ronaldo (Corinthians) - R$ 1,1 milhão
2 - Adriano (Flamengo) - R$ 362 mil
3 - Nilmar (Internacional) - R$ 360 mil
4 - Fred (Fluminense) - R$ 350 mil
5 - Leandro Amaral (Fluminense) e Kléber (Cruzeiro) - R$ 280 mil
6 - Thiago Neves (Fluminense) - R$ 270 mil
7 - Edmílson (Palmeiras) - R$ 240 mil
8 - Rogério Ceni (São Paulo) - R$ 230 mil
9 - Washington (São Paulo) - R$ 220 mil
10 - Marcos (Palmeiras), D´Alessandro (Internacional), Léo (Santos) e Fábio Costa (Santos) - R$ 200 mil

Ranking de clubes brasileiros da Revista Placar

Confira o ranking atualizado da Revista Placa:

1º – São Paulo - 386 Pontos

2º – Flamengo – 342 Pontos

3º – Santos – 324 Pontos

4º – Palmeiras – 315 Pontos

5º – Grêmio – 297 Pontos

6º – Cruzeiro – 290 Pontos

7º – Corinthians – 282 Pontos

8º – Internacional – 271 Pontos

9º – Vasco da Gama – 254 Pontos

10º – Fluminense – 231 Pontos

11º – Atlético Mineiro – 188 Pontos

12º – Bahia – 164 Pontos

13º – Botafogo – 158 Pontos

14º – Sport Recife – 156 Pontos

15º – Coritiba – 117 Pontos

16º – Paysandu – 96 Pontos

17º – Remo – 85 Pontos

18º – Vitória – 84 Pontos

19º – Atlético Paranaense – 81 Pontos

20º – Fortaleza – 76 Pontos


Brasil 4 x 0 Uruguai


Ficha técnica:


Estádio: Centenário, Montevidéu, Uruguai

Data: 6/6/9

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Saúl Laverni (Fifa-ARG)
Assistentes: Gustavo Esquivel (ARG) e Ariel Bustos (ARG)

Renda/Público: Não divulgados

Cartões amarelos: Valdez (URU); Luís Fabiano (BRA)
Cartões vermelhos: Pereira (URU); Luís Fabiano (BRA)

GOLS: Daniel Alves, aos 11'/1ºT (0-1); Juan, aos 35'/1ºT (0-2); Luís Fabiano, aos 7'/2ºT (0-3); Kaká, aos 29/2ºT (0-4)

Uruguai: Viera; Pareira, Valdez, Godin e Cáceres; Martinez, Pérez (Abreu, intervalo), Eguren e Alvaro Pereira (Fernandez, 21'/2ºT); Suárez e Forlan. Técnico: Oscar Tabárez

Brasil: Júlio Cesar(Flamengo); Daniel Alves, Juan(Flamengo), Lúcio e Kléber; Felipe Melo(Flamengo), Gilberto Silva, Elano (Ramirez, 21'/2ºT) e Kaká (Júlio Baptista, 40'/2ºT); Robinho (Josué, 40'/2ºT) e Luís Fabiano. Técnico: Dunga



Em vez de gramado, Flamengo se prepara no mármore do hotel






















O Flamengo cancelou o treino deste sábado e realizou uma atividade improvisada no centro de convenções do hotel em que está hospedado, no bairro de Boa Viagem, no Recife. Por 20 minutos, o preparador físico Riva Carli comandou um alongamento e tiros curtos sobre o chão de mármore.
























Adriano também participou do mini-treino. Ele está confirmado no time titular na partida contra o Sport, domingo, na Ilha do Retiro, pela quinta rodada do Brasileirão.

Imperador vai definir o número de sua camisa

No decorrer desta semana, o LANCENET! deu inúmeras opções de qual camisa Adriano poderá usar nos quatro jogos que fará antes de ter o seu número definido por uma votação dos torcedores. Neste domingo, contra o Sport, o próprio Imperador é quem vai escolher que número usará.

O departamento de marketing do Flamengo gostou das ideias dadas pelo LANCENET!, principalmente a do número 87, que seria uma provocação ao Sport, que se diz campeão brasileiro daquele ano, assim com o Rubro-Negro carioca.

Outras opções são os números 31 (títulos estaduais do Flamengo), 53 (ano em que Zico nasceu) e 81 (ano do título mundial que o Flamengo conquistou) e 2 (segunda divisão) em homenagem ao vasco.

Para conhecer a Palestina, Cuca aceitaria enfrentar o Corinthians fora do Brasil

A ideia da União de promover o duelo do segundo turno do Brasileirão, entre o Corinthians, de Ronaldo, e o Flamengo, de Adriano, pela 37ª rodada, na Palestina, agrada ao técnico Cuca. Ainda sem data definida, o jogo está previsto para o fim de semana do dia 28 de novembro. A partida em terras internacionais faria parte do programa do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, cuja intenção é utilizar o esporte como ferramenta diplomática do país no exterior. Para os clubes, o evento poderia representar uma vitrine para convites. Todos os custos seriam arcados pelo Governo brasileiro. Diante da possibilidade, Cuca se mostra favorável.

- Está muito longe. Se acontecer, será em novembro. Vamos esperar. Eu sou a favor. Não conheço a Palestiva, vamos lá (risos) – disse.

A realização do "Jogo da Paz" ainda depende de acertos, e uma solicitação formal deverá ser feita aos clubes. Os presidentes de Flamengo e Corinthians, Marcio Braga, e Andrés Sanches, respectivamente; o vice de futebol e o vice geral do clube carioca, Kleber Leite e Delair Dumbrosk; e o vice de marketing do Timão, Luiz Paulo Rosenberg, participarão de um almoço na próxima segunda-feira para acertar os detalhes.

Antes que a instabilidade chegue ao time, Cuca quer acumular pontos

Céu nublado, com nuvens pesadas, e pancadas de chuva no fim do Brasileirão. Esta é a previsão que o técnico Cuca não quer ouvir pelos lados da Gávea nesta temporada. Perto do G-4, o comandante do Flamengo não pensa em outra coisa a não ser subir na tabela. Com sete pontos, o Rubro-Negro pode terminar a quinta rodada na zona de classificação para a Libertadores. Atualmente é o sétimo e está a cinco do líder Internacional.

Cuca sabe que uma das formas de se manter na briga pelo título é roubar pontos dos adversários fora de casa. O time terá duas chances. A primeira delas é neste domingo, contra o Sport, na Ilha do Retiro. A segunda será no fim de semana seguinte, em Curitiba, contra o Coritiba. O treinador destaca que a equipe vai para estes dois jogos para somar seis pontos. A tese é simples.

- Antigamente era bom empatar fora de casa porque a vitória valia dois pontos. O prejuízo não era tão grande. Hoje, quando você empata, um ponto fica contigo, o outro com o adversário, e um é jogado fora – disse.

Cuca sabe o que é liderar boa parte do Brasileirão e depois ver tudo ruir. A experiência negativa que o próprio técnico cita ocorreu há dois anos. Escaldado, quer ter gordura para queimar por precaução, caso o Flamengo passe por uma fase ruim que comprometa a campanha.

- Você imagina sempre ser o primeiro. Em 2007, pelo Botafogo, nós lideramos o campeonato um turno todo e de repente tudo mudou. Perdemos jogadores e não tivemos a força necessária para reagir. Todos os times passam por isso, por um momento instável. Acho que só em 2003 o Cruzeiro liderou sempre – lembrou.

Sport e Flamengo se enfrentam às 16h (de Brasília). O GLOBOESPORTE.COM acompanha o duelo em Tempo Real.


Fabrício é liberado pela CBF e reforça a delegação do Fla no Recife

Quando retornou do empréstimo do Hoffenheim, da Alemanha, Fabrício foi avisado que só poderia jogar peloFlamengo em agosto, quando a janela de transferências internacionais reabrisse. No entanto, o clube carioca conseguiu inscrevê-lo na CBF e o técnico Cuca relacionou o zagueiro na delegação que está no Recife.

Aos 19 anos, o jogador jamais defendeu o time profissional do Rubro-Negro. Revelado nas divisões de base, foi emprestado ao Paraná em 2008 e neste ano estava na Alemanha. Na partida deste domingo pelo Brasileirão, contra o Sport, na Ilha do Retiro, ele ficará no banco de reservas.

Outro que pode estrear no Flamengo é Aleílson. O atacante, contratado do Águia de Marabá, será uma das opções ofensivas para os lugares de Adriano e Emerson.

Confira a delegação do Flamengo no Recife
Goleiros: Bruno e Marcelo Lomba
Laterais: Léo Moura, Juan e Everton Silva
Zagueiros: Ronaldo Angelim, Aírton, Welinton e Fabrício
Volantes: Willians e Toró
Meias: Ibson, Fierro, Everton e Zé Roberto
Atacantes: Adriano, Emerson, Josiel e Aleílson

Flamengo cancela treino deste sábado

O torneio de recreativos dos jogadores do Flamengo terá somente 37 rodadas no Campeonato Brasileiro deste ano. A comissão técnica cancelou o treinamento deste sábado por causa do desgaste da viagem entre Rio de Janeiro e Recife.

O rachão aconteceria no CT do Náutico às 10h deste sábado, mas o desembarque da delegação na capital pernambucana aconteceu somente no início da madrugada. Haverá somente uma sessão de alongamento à tarde, no hotel em que a delegação está hospedada, no bairro de Boa Viagem.

Relaxado, o Flamengo enfrenta o Sport neste domingo às 16h (de Brasília), na Ilha do Retiro. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real. TV e Rádio Globo transmitem em Tempo Real.

Com o aval de Adriano, novo atacante busca espaço no Fla

Aleílson mudou de tribo. Até o mês passado, o atacante, 24 anos, defendia o Águia de Marabá e disputava "pelada" com os índios Quicategê. No mês passado, o jogador foi contratado por empréstimo pelo Flamengo e deixou para trás a infância marcada pelo trabalho na roça, emprego em uma fábrica de rodos e a cidade de Morada Nova, no Pará, para desembarcar em um hotel de luxo e dividir quarto na concentração com Adriano.

"Fiquei assustado. Estava em Marabá, de repente parei no Rio e ainda divido quarto com Adriano. Ele me incentivou bastante, disse que o que eu precisasse era só pedir. Respondi que respeito meus companheiros, mas brigarei pelo meu espaço entre os titulares", afirmou Aleílson, que ganhou o número 31 e camisa com seu nome gravado nas costas.

Aleílson começou sua carreira de fato no ano passado. No início de 2008, ainda sem saber se seria aproveitado no Águia de Marabá, revezava os treinamentos com o emprego em uma fábrica de rodos. "Não sabia se daria certo, então treinava e trabalhava, pois na fábrica eu tinha carteira assinada", recordou o atacante.

Ainda criança, enquanto sonhava em colher frutos no futebol, Aleílson trabalhava na roça, plantando arroz, feijão e abóbora, que começou a virar carruagem. "Tive uma infância difícil, sabia que o futebol era complicado. Mas tenho potencial", destacou o jogador.

No Rio, Aleílson fica a maior parte do tempo no quarto do hotel. Das maravilhas da cidade, conheceu apenas a Praia da Barra e o Cristo Redentor visto de longe, do gramado da Gávea. A música sertaneja e os bailes melody eram suas principais atrações em Marabá. Na cidade, Aleílson jogava futebol com os índios.

"Desde que o homem branco chegou, eles sabem jogar bola", garantiu o atacante. Questionado se os nativos conhecem o Flamengo, ele solta a expressão: "Hã... se não conhecem".

Aleílson mudou de tribo: entre os índios, ele pode ser considerado um cacique; na Gávea, o atacante busca espaço. Pelo menos, na concentração, ele está ao lado de Adriano.


Nicarágua anuncia amistoso com Flamengo no Rio

A seleção da Nicarágua anunciou que disputará seis amistosos com times brasileiros, incluindo Flamengo e Fluminense, como parte de sua preparação para a Copa de Ouro da Concacaf, que será disputada em julho, nos Estados Unidos. As partidas serão disputadas no Rio de Janeiro, entre 9 e 29 de junho, também contra Friburguense, Artsul, Nova Iguaçu e CFZ, revelou a Federação Nicaragüense de Futebol.

A seleção da Nicarágua, um país onde o esporte mais popular é o beisebol, completará seu treinamento com clínicas na escola esportiva do Tigres do Brasil.


A Nicarágua é um país da América Central, limitado ao norte pelo Golfo de Fonseca (através do qual faz fronteira com El Salvador) Honduras, a leste pelo Mar das Caraíbas, através do qual faz fronteira com o território colombiano de San Andrés e Providencia, a sul com a Costa Rica e a oeste com o Oceano Pacífico. Sua capital é Manágua.


Adriano tira o sono dos pernambucanos e reina na chegada do Fla a Recife


O relógio marcava quase 1h de sábado, e Henrique, de apenas oito anos, não reclamava de sono. No saguão do aeroporto dos Guararapes, no Recife, tinha uma missão a cumprir: recepcionar Adriano na primeira viagem desde o retorno ao Flamengo.

Ao lado dele, centenas de pessoas tiveram a mesma ideia. Quase todas com uma coroa de louros dourada na cabeça e gritando “o Imperador voltou”. Rapidamente e escoltado por seguranças e policiais militares, o atacante passou por um corredor humano até chegar ao ônibus.


























Da janela, acenou, sorriu e fez a alegria de quem dormiu mais tarde para vê-lo. O magnetismo em torno do centroavante foi tamanho que outros jogadores, como Ibson e Toró, andaram tranquilamente até o veículo sem que ninguém os parasse. A delegação rubro-negra seguiu para um hotel, localizado na praia de Boa Viagem, lanchou rapidamente e seguiu para os quartos.


sexta-feira, 5 de junho de 2009

Júnior serve de inspiração para 'zagueiro' Aírton

A mudança radical de posição de Aírton não é um fato incomum no Flamengo. Júnior, que foi quem mais vestiu a camisa do clube na História (874 jogos), é o exemplo mais clássico disso.

O Capacete, como era conhecido, começou a carreira como lateral-esquerdo e até Copa do Mundo disputou nesta função. Depois, mais experiente, foi deslocado para a cabeça-de-área e comandou o Rubro-Negro no título brasileiro de 1992, o último do clube.

Outro que se destacou em mais um setor do campo foi Leonardo (técnico do Milan), que teve trajetória parecida com a de Júnior e deixou a lateral esquerda para se solidificar no meio-de-campo.

Em outros clubes, Cafu é o maior destaque no quesito versatilidade. Começou como meia e foi capitão do penta como lateral-direito da Seleção.


Pleno do TJD-RJ muda pena de Juan e lateral enfrenta o Sport


O lateral-esquerdo está liberado para defender o Flamengo contra o Sport, neste domingo, às 16h. O jogador foi julgado nesta sexta-feira no Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro, que mudou a pena pelas ameaças do rubro-negro ao meia Maicosuel, do Botafogo, de 30 dias para dez partidas. Ele irá cumprir a punição apenas no próximo Carioca que disputar.

De acordo com o site Justiça Desportiva, a votação foi apertada - 4 votos a 3 - e o recurso do Flamengo foi aceito apenas no voto do presidente do TJD-RJ, Antônio Vanderler.

A infração foi desclassificada do artigo 278 (ameaçar alguém por palavra, escrito, gestos ou por qualquer outro meio, causar-lhe mal injusto ou grave) do CBJD para o 258 (assumir atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva). O jogador pegou a pena máxima prevista.

Juan já havia enfrentado o Atlético-PR na última rodada do Brasileirão, amparado por um efeito suspensivo.

Para manter Ibson, Flamengo terá de se mexer

O contrato de quatro anos já foi oferecido a Ibson. Resta agora ao Flamengo conseguir levantar os R$ 11 milhões pedidos pelo Porto, que dificilmente vai reduzir para R$ 9 milhões como todos esperam. Segundo Eduardo Uram, empresário do jogador, o clube português está disposto a abrir negociação com o Flamengo.

– O Porto está disposto a vender, mas só o fará se a proposta for apresentada. Até agora, ainda não foi feita – disse Eduardo Uram.

O Flamengo tem a concorrência de dois times brasileiros, um deles é o Internacional. Além disso, três clubes europeus já sondaram o Porto: um da França, um da Alemanha e outro do Leste Europeu.

Alheio às negociações, Ibson disse que não pode mais fazer nada.
– Já abri mão de muita coisa para continuar. Agora, depende do Flamengo. Eles vão tentar alguma proposta – disse à TV Globo.

Adriano não deve jogar 90 minutos contra o Sport, na Ilha do Retiro

Na reestreia com a camisa do Flamengo, no último domingo, Adriano surpreendeu ao jogar toda a partida contra o Atlético-PR, pelo Brasileirão. A previsão era que ele disputasse apenas o primeiro tempo, mas o Imperador suportou os 90 minutos e esbanjou fôlego. Correu, armou jogadas e balançou a rede na vitória por 2 a 1. No entanto, a dose não deve se repetir neste domingo. Contra o Sport, às 16h (de Brasília), na Ilha do Retiro, pela quinta rodada, o atacante pode jogar apenas um tempo. Quem avisa é o técnico Cuca.

- Ele vai melhorar jogo a jogo. É um jogador de força, por isso tem que estar bem fisicamente. Todas as partidas vão exigir muito dele. Talvez faça apenas uma etapa do jogo contra o Sport. Não é porque jogou 90 minutos na estreia que vai ter de repetir isso. A gente vai ter que sentir o desempenho dele em cada partida – disse.

A forma física de Adriano está em evolução. Ele precisa perder quatro quilos. Ciente da confiança que torcedores e os próprios jogadores do Flamengo têm no atacante, Cuca prefere dividir responsabilidades. O treinador pede calma para não gerar uma expectativa fora do comum.

- Sinceramente, acho prematuro dizer que o time está melhor com o Adriano. Foi só um jogo. É claro que ele é muito importante e foi muito bem, mas as coisas vão melhorar gradativamente – ressaltou.

No treino desta sexta-feira, Adriano se movimentou bastante na atividade tática realizada em apenas metade de um dos campos do Ninho do Urubu, em Vargem Grande. Cuca trabalhou o posicionamento do time, especialmente no setor ofensivo. Na saída do vestiário do CT, o Imperador posou para fotos com alguns torcedores que assistiram ao trabalho e jogadores das categorias de base do clube que moram no local.

Para Cuca, jogadores do Sport vão correr mais na estreia de Emerson Leão

Jogadores motivados pela chegada do novo técnico, um campo ruim e o “bafo de leão” que vem da arquibancada sobre os jogadores do Flamengo. É o que espera o técnico Cuca para o jogo contra o Sport, domingo, pela quinta rodada do Brasileirão, na Ilha do Retiro. O treinador rubro-negro acredita que o adversário vai correr ainda mais sob o comando de Emerson Leão, contratado nesta semana.

- Os jogadores sempre demonstram mais disposição quando o treinador estreia. É um fator motivador. O Sport joga muito bem na Ilha. Vai ser um jogo bom. O campo lá é muito ruim e dá para sentir o bafo do leão (risos) – disse.

Cuca foi o único a dar entrevista nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande. Antes da coletiva, lembrou a última vez em que esteve no estádio. Na época, era treinador do Botafogo.

- Foi um empate por 3 a 3 com três gols do André Lima (hoje no São Paulo). Um jogão – comentou.

Agora, acredita que também não terá vida fácil com o Flamengo, mas espera voltar do Recife com três pontos que podem deixar a equipe ainda mais perto do G-4. A Rubro-Negro carioca tem sete pontos e está em sétimo lugar, a um ponto da zona de classificação para a Libertadores. As vitórias fora de casa são consideradas fundamentais pelo comandante para as pretensões do grupo no Nacional.

- Vencemos o Santo André na casa deles e agora nós vamos ter dois jogos fora que serão difíceis (Sport e Coritiba). Quem tem ambição tem que jogar em casa e fora do mesmo jeito – avisou.

No último treino antes da viagem para o Recife, Cuca comandou uma atividade tática em metade do campo. Deu atenção especial para a armação das jogadas de ataque. Também ensaiou lances de bola parada e arremessos laterais. A delegação embarca às 22h (de Brasília), no Aeroporto Internacional Tom Jobim.

Toró diz que objetivo do Fla é conquistar seis pontos nos dois jogos fora do Rio

Para as próximas duas partidas do Flamengo, que serão disputadas fora do Rio de Janeiro, contra o Sport, neste domingo na Ilha do Retiro, e contra o Coritiba, no Couto Pereira, no próximo dia 14, Toró diz que o objetivo é conquistar seis pontos. Apesar de os jogos serem fora da casa, o volante acredita ser bem possível vencer as duas partidas.

- Nosso plano é conquistar as duas vitórias, porque queremos ser campeões e não podemos achar que vamos vencer apenas jogando em casa. O time está bem treinado e com vontade de vencer. Temos de aproveitar que não jogaremos em casa para mostrar a força do Flamengo – afirmou Toró.

O volante argumenta que um dos trunfos rubro-negros para as partidas fora de casa é o sistema defensivo, que segundo ele está bem consistente. Toró disse que no treino a última quinta-feira, no CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande (Zona Oeste do Rio) a defesa se reorganizou muito rapidamente e afirma que isso pode fazer a diferença nos jogos.

- Gostei da forma como treinamos, porque o setor (defesa) se recompõe logo. Isso é um fator importante, porque o time ficará mais forte quando sofrermos um ataque adversário. Aí, podemos sair em velocidade e surpreendê-los – analisou Toró.

Com Juan sob risco, Cuca testa Everton

A possibilidade de não ter o lateral-esquerdo Juan na partida deste domingo, contra o Sport, pela quinta rodada do Brasileirão, fez o técnico Cuca testar o meia Everton na função. No treinamento desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, o camisa 6 participou apenas de um treino técnico com os reservas e do rachão que encerrou a atividade.

Juan foi suspenso por 30 dias pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) por conta da polêmica com Maicosuel, no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, contra o Botafogo (assista ao lance no vídeo ao lado). O lateral foi punido no artigo 278 do CBJD (ameaçar alguém por palavra, escrito, gestos ou por qualquer outro meio, causar-lhe mal injusto ou grave), e absolvido no artigo 258 (assumir atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva). No entanto, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, domingo passado, ele entrou em campo sob efeito suspensivo.

O resultado do julgamento do recurso do departamento jurídico do Flamengo será conhecido ainda nesta sexta. Se a pena for mantida, Juan não poderá enfrentar o Sport. Cuca torce pela liberação do jogador para não ter de improvisar.

- Muda porque o Everton não é lateral. É meia, um ponta, que faz a função naquele lado quando é necessário. Sem dúvida nenhuma o Juan faz muita falta – disse.

A delegação rubro-negra embarca para Recife às 22h (de Brasília), do Aeroporto Internacional Tom Jobim. Neste sábado, o time treina às 10h, no CT do Náutico, na capital pernambucana. Se Juan for punido, ele não vai viajar com o grupo.

Flamengo conhece a HSBC Arena

Flamengo recebeu astros do basquete americano na HSBC Arena.


O time do Flamengo compareceu a HSBC Arena, zona oeste do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (5/6), para fazer reconhecimento da quadra e contou com a presença dos astros do Halem Globetrotters. Os dois times aproveitaram o momento de descontração para trocar experiência.

Foi o primeiro dia dos rubro-negros na HSBC Arena, que será palco das finais do Novo Basquete Brasil entre Flamengo e Universo/BRB/Financeira Brasília.

Os jogos na HSBC Arena serão realizados nos dias 13/6 (sábado), às 12h e 14/6 (domingo), às 13h. Os portões serão abertos com duas horas de antecedência. Quem chegar antes poderá assistir a atrações à parte, como a performance do grupo cultural AfroReggae Percussão, que se apresentará no domingo.

Neste sábado será a vez dos rubro-negros prestigiarem os astros americanos, que estão em turnê pelo Brasil e se apresentam no Maracanãzinho.

Serviço geral da HSBC Arena

HSBC Arena divulga os serviços para as finais do Novo Basquete Brasil.

A HSBC Arena disponibilizou todos os dados necessários para o conforto do torcedor que comparecer às finais do Novo basquete Brasil, entre Flamengo e Universo/BRB/Financeira Brasília, nos próximos dias 13, 14 e 21 de junho.

Confira as informações abaixo:

DATAS
13/6 – 12 horas – HSBC Arena (Rio de Janeiro)
14/6 – 13 horas – HSBC Arena (Rio de Janeiro)
21/6 – 12 horas – HSBC Arena (Rio de Janeiro)

ABERTURA DOS PORTÕES
Duas horas antes do início do evento

PÚBLICO ESTIMADO
Serão colocados à venda 15.000 ingressos.

PONTOS DE VENDA
Internet: www.ingressofacil.com

Pontos Oficiais:
Estádio do Maracanã (Bilheteria 8): Rua Eurico Rabelo, S/N - Maracanã
Clube de Regatas do Flamengo: Avenida Borges de Medeiros, 997 - Gávea
Sede do Fluminense: Rua Álvaro Chaves, 41 - Laranjeiras
Terra Encantada: Avenida Ayrton Senna, 2800 - Barra da Tijuca
São Cristovão (Campo): Rua Figueira de Melo, 200 - São Cristovão
HSBC Arena: Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 3401 – Barra da Tijuca

INÍCIO DAS VENDAS
Sexta-feira, dia 5 de junho

VALORES DOS INGRESSOS
R$ 20,00 – Cadeira Nível 3
R$ 40,00 – Camarote
R$ 30,00 – Cadeira Nível 1
R$ 50,00 – Cadeiras Nível Central
R$ 80,00 – Cadeira Premier

Estudantes têm direito a meia-entrada.

Condição Especial
R$ 5,00 com camisa do FlaBasquete – Nível 3

Outras informações sobre os jogos
www.ingressofacil.com.br

SERVIÇO MÉDICO
Haverá posto médico e UTI móvel

ACESSO – Entrada nos dias de jogos
Rampa Principal (Portão Principal)
Av. Abelardo Bueno, 3401
Não será permitida a entrada com objetos cortantes e/ou contundentes e garrafas.

BARES
Cadeiras 1: 5 bares
Camarotes: 2 bares
Cadeiras 3: 4 bares

ESTACIONAMENTO
A HSBC Arena possui 1.100 vagas no estacionamento interno.
Preço: R$15,00 por veículo

Na área externa à HSBC Arena, a Rio Rotativo disponibiliza área de estacionamento em frente ao Autódromo. São cerca de 2.500 vagas com cartão de estacionamento no valor de R$2,00.


Vereador do Rio fará homenagem a Adriano

Mal voltou ao futebol brasileiro e Adriano já está cercado de homenagens e reverências. Na última terça-feira, o vereador Bencardino (PRTB-RJ) apresentou um requerimento para condecorar o Imperador com o Conjunto de Medalhas Pedro Ernesto, pelo exemplo de superação e humildade que o jogador tem demonstrado e por fazer feliz grande parcela do povo carioca.

A proposta foi aprovada na quinta-feira no plenário da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, mas a data da entrega da medalha ainda está para ser definida.

– Ainda vamos agendar o local e o dia que iremos fazer a homenagem ao Adriano. Temos de combinar esses detalhes com a assessoria do jogador. Pensamos em fazer a cerimônia no Flamengo ou aqui na Câmara dos Vereadores – disse Paulo Wilson dos Santos, assessor do vereador Bencardino.


Emerson renova e Douglas vai embora

Após muita indefinição, finalmente, o atacante Emerson assinou a renovação de contrato. Seu novo compromisso com o Flamengo agora vai até julho de 2011. A confirmação dá tranquilidade a Cuca. Emerson recebeu proposta do Al-Shabbab (EAU), mas recusou.

Já o zagueiro Douglas acertou a sua volta ao Santo André e se apresentará na próxima segunda-feira. Ele se despediu com um gol contra no coletivo desta quinta.

Bruno quer dar uma basta no ‘quase lá’

Bruno não quer mais ser reconhecido apenas porque o Flamengo foi bem no Campeonato Brasileiro, porém, sem conquistar títulos. O goleiro rubro-negro quer dar uma basta no “quase lá” para, este ano, ser campeão da competição. No ano passado, o Fla liderou por dez rodadas seguidas, mas ficou em quinto lugar. E em 2007, deu uma arrancada na reta final, terminando na terceira posição.

- Não quero mais fazer boas campanhas. Desta vez, quero conquistar o título brasileiro, que o Flamengo não ganha desde 1992. Nosso time entrou nesta competição com vontade de levantar o troféu – afirmou Bruno.

O camisa 1 do Flamengo sabe que a missão não é bem fácil assim, mas não a considera impossível. A começar pelo jogo do próximo domingo, contra o Sport, na Ilha do Retiro. Bruno afirma que o time vai viajar para trazer os três pontos na bagagem.

- Vamos até lá para vencer. O torcedor quer o título, e nós queremos o título. Não adianta ir bem até as rodadas finais e não conseguir nada. Isso, a torcida esquece rapidamente. Mas, se formos campeões, não vão esquecer – disse o goleiro.

Fla já tem plano montado para manter Ibson

A estrategia do Flamengo para acertar a permanência de Ibson começa a sair do papel. Antes de qualquer conversa com o Porto, detentor dos direitos do volante, a diretoria rubro-negra quer acertar tudo com o jogador. Por isso a cúpula se reuniu nesta quinta-feira com Eduardo Uram, seu empresário, e apresentou uma proposta de contrato de quatro anos com reajuste salarial.

Assim, o Flamengo espera que Ibson lute ainda mais para ter realizada a vontade de permanecer no clube de coração. É justamente por isso que o interesse do Internacional não mexe tanto com os ânimos do clube.

Acertado o novo contrato com Ibson, o Flamengo parte então para tentar reduzir e parcelar o valor pedido pela diretoria do Porto, que hoje gira em torno de R$ 11 milhões. O Rubro-Negro tem ainda que acertar uma pendência financeira referente ao primeiro empréstimo de Ibson. Para concluir toda a engenharia financeira, o Flamengo conta com a ajuda de um grupo de empresários dispostos a ajudar o clube.


Rapidinhas do Mengão!


Em busca de um zagueiro destro, Fla observou Gil, do Atlético-GO
Porém, proposta do clube carioca não agradou: ‘Não temos interesse em emprestá-lo’, diz dirigente do time goiano

Jogadores do Fla ficam desconfiados com Jogo da Paz na Palestina
Bruno e Toró dizem desconhecer a proposta rubro-negra e do Corinthians de se enfrentarem no Oriente Médio, mas dizem estar dispostos a ajudar

bson será papai pela segunda vez
Esposa do jogador, Cinthia, descobriu a gravidez na quarta-feira


Renato Augusto garante que tem que marcar até lateral-esquerdo na Alemanha

Meia diz que sente falta da torcida do Flamengo, fala sobre seu novo posicionamento e da dificuldade enfrentada em seu novo posicionamento


Renato Augusto está há uma temporada na Alemanha, jogando pelo Bayer Leverkusen, mas em entrevista ao programa Ta na Área, do Sportv, o meia garantiu que já sente saudades da torcida do Flamengo, clube que defendeu desde 2001, quando tinha 13 anos, ainda nas categorias de base.

- Até hoje eu ainda assisto jogo do Flamengo e acabo relembrando de algumas coisas. O que mais sinto falta é da torcida. Quando eu entrava no maracanã e ficava arrepiado - lembrou o meia.

Ao falar sobre sua adaptação na Alemanha, o meia garantiu que não foi muito fácil, mas o fato de chegar logo jogando ajudou bastante. O estilo de jogo diferente dos alemães também atrapalhou um pouco, mas nada que impedisse Renato Augusto de jogar alto nível.

- No início é um pouco difícil, mas pra mim foi bom, porque cheguei jogando, cheguei participando. Então para mim foi um início muito bom. Eles usam um pouco mais de força física, um jogo mais corrido, bastante velocidade, até porque o campo tem as dimensões mais reduzidas.

No clube carioca, Renato Augusto atuou como meia mas por diversas vezes foi escalado no ataque. Já na Europa, o meia garantiu que teve que aprender até a marcar lateral-esquerdo e jogar em um futebol bem mais veloz que o brasileiro.

- Tive que me adaptar porque aqui eu jogava como um meia centralizado ou jogava como atacante e lá jogo como um meia aberto pela direita. Tenho que marcar lateral-esquerdo. O estilo de jogo é completamente diferente. Então tive que me adaptar rápido. Mas ainda tenho a preferência de jogar centralizado que é como eu gosto – garantiu o jogador.

Basquete: como chegar HSBC Arena

Localização:

A HSBC Arena está localizada na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Sem dúvida, uma das regiões que mais crescem no Rio de Janeiro. São cem mil habitantes usufruindo de 18 quilômetros de praia, a maior da cidade. E os turistas, que em outros tempos se concentravam em Copacabana e em outros pontos da zona sul da cidade, também se renderam às belezas e ao conforto que a Barra da Tijuca oferece.

A Barra também é caracterizada como o bairro de belos condomínios residenciais e pela grande variedade de shoppings centers, que justificam o investimento de muitos empresários.

No entorno da HSBC Arena está o complexo empresarial mais moderno da cidade. As empresas Esso, Amil, Michelin, a Confederação Brasileira de Futebol, os hospitais Barra Dor e Sara Kubitscheck, o Pólo Audiovisual, o Projac – da Rede Globo – os estúdios do Recnov - da Record - o parque aquático Maria Lenk e o Autódromo são alguns dos vizinhos da HSBC Arena.

Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 3401
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - CEP: 22775-040
Tel.: + 55 21 3035 5200
Próximo ao Autódromo do Rio de Janeiro.

Estacionamento:

Capacidade para 1000 veículos
Comum: R$ 15,00

Como Chegar:

Para saber como chegar clique aqui e na esquerda da tela, no campo "A", digite o seu ponto de origem.

Principais distâncias:

• Aeroporto Internacional - HSBC Arena: 40 min

• Aeroporto Santos Dumont - HSBC Arena: 60 min

• Aeroporto de Jacarepaguá - HSBC Arena: 15 min

• Hotéis em Copacabana - HSBC Arena: 40 min

• Hotéis em São Conrado - HSBC Arena: 20 min

• Hotéis na Barra da Tijuca - HSBC Arena: 15 min

Linhas de ônibus:

Linha 268
- Praca XV - Riocentro (via Autódromo e via HSBC Arena)

Linha 706 - Alvorada - Taquara (Via Autódromo e via HSBC Arena)

Linha 708 - Largo do Remi - Alvorada (circular via Autódromo e via HSBC Arena)

Linha 736 - Cascadura - Riocentro (via Autódromo e via HSBC Arena)

Linha 2113 - Castelo - Taquara (via zona Sul e Barra) (via Autódromo e via HSBC Arena)

Vias de acesso para a HSBC Arena

- Linha Amarela – Une o subúrbio a Barra da Tijuca

- Linha Vermelha – Une a Baixada Fluminense à Zona Sul, com saídas para a Linha Amarela

- Avenida das Américas (principal via da Barra , possui cerca de 40 quilômetros);

- Avenida Ayrton Senna (liga a Barra ao bairro de Jacarepaguá e à Linha Amarela);

- Avenida Lucio Costa (ao longo do litoral da Barra).


quinta-feira, 4 de junho de 2009

Alterações nas datas da final do NBB

Flamengo faz o primeiro treino na HSBC Arena, com presença dos Globetrotters.

A LNB (Liga Nacional de Basquete) confirmou novas datas e horários para os jogos da série melhor-de-cinco da final do Novo Basquete Brasil.

O primeiro jogo entre Flamengo e Universo/Brasília foi adiado para o dia 11, quinta-feira, às 12 horas, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (Distrito Federal). Com isso, as partidas a serem realizadas no Rio de Janeiro, na HSBC Arena, também sofreram mudanças.

Nesta sexta-feira (5/6), às 10h30, os astros do Halem Globetrotters, que estão no Brasil para uma série de apresentações, farão um treino com a equipe do Flamengo, na HSBC Arena.


Confira a programação, segundo informações da comissão técnica rubro-negra:

Dia 8/6 – segunda-feira
11h: Treino técnico – HSBC Arena – Portão 5
Folga

Dia 9/6 – terça-feira
11h: Treino técnico – HSBC Arena – Portão 5
Folga

Dia 10/6 – quarta-feira
9h28: Chegada ao Santos Dumont
10h28: Viagem para Brasília – voo Web 6790
19h: Treino técnico, Ginásio Nilson Nelson

Dia 11/6 – quinta-feira
12h: JOGO 1: Universo/BRB/Financeira Brasília x Flamengo – Ginásio Nilson Nelson (Sportv)
16h05: Retorno ao Rio de Janeiro
17h40: Chegada prevista ao Santos Dumont

Dia 12/6 – sexta-feira
11h: Treino técnico, HSBC Arena
Folga

Dia 13/6 – sábado
12h: JOGO 2: Flamengo x Universo/BRB/Financeira Brasília – HSBC Arena (Sportv)
Folga

Dia 14/6 – domingo
13h: JOGO 3: Flamengo x Universo/BRB/Financeira Brasília – HSBC Arena (Sportv)

Dia 15/6 – segunda-feira
Folga

Fla está a um passo de fechar novo acordo para diminuir asfixia financeira

Primeiro Petkovic, segundo a Segil. Depois do acordo para equacionar a dívida com o jogador sérvio, o Flamengo prepara-se para fechar na próxima semana outro pacto que diminuirá a retenção de receitas “na fonte”.

A dívida com a empresa de segurança, herança da gestão Edmundo dos Santos Silva, atualmente ultrapassa a casa dos R$ 10 milhões, e a Justiça determinou que 15% das verbas sejam descontadas. Diante do acordo próximo de ser sacramentado haverá uma carência para início do pagamento e parcelas fixas.

- Certamente este acordo alivia o nosso caixa – disse o vice-presidente jurídico, Adalberto Ribeiro.

Segundo estimativas do departamento financeiro no início de 2009, cerca de 79% de todo o dinheiro que entraria no Flamengo seria destinado a pagamento de dívidas antigas. Mas o acerto com Pet e a Segil já diminui a perda em 30%. O próximo passo é gerar as receitas previstas no orçamento com patrocinador (cerca de R$ 21 milhões) e venda de direitos federativos de atletas (R$ 31 milhões).

A primeira ação programada para cumprir esta última meta seria a venda de Fabrício para o Hoffenheim, da Alemanha, por R$ 10 milhões. Deste valor, R$ 4 milhões seriam utilizados para quitar uma dívida com o Atlético de Madri referente à compra de Gamarra.

Contudo, o clube alemão não exerceu o direito de compra, e agora o Flamengo tem até 31 de julho, segundo o acordo assinado com os espanhóis, para arrumar a verba.

- O Fabrício era a primeira opção, temos essa segunda (venda de atletas até 31 de julho) e uma terceira. Tudo previsto no contrato – explicou Adalberto, sem dizer exatamente qual é a outra alternativa para quitar o débito.

Depois de deixar treino na véspera, Aírton participa de coletivo no Ninho do Urubu

Não passou de um susto a torção no tornozelo direito de Aírton. Na tarde desta quinta-feira, o jogador do Flamengo retornou normalmente aos treinos e participou do coletivo no CT Ninho do Urubu.

O volante foi mantido na zaga ao lado de Ronaldo Angelim e Welinton. Este último ocupa a vaga deixada por Kleberson, que está na seleção brasileira. Desta forma, Willians foi adiantado para jogar ao lado de Ibson na armação de jogadas.

- O Willians tem essa característica interessante de chegar ao ataque e ainda não exploramos muito – afirmou o técnico Cuca.

No ataque, Adriano teve novamente a companhia de Emerson. Na véspera, o Sheik chegou atrasado porque achou que o treino seria realizado na Gávea.

O Flamengo iniciou o treino com Bruno; Welinton, Aírton e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Toró, Willians, Ibson e Juan; Emerson e Adriano.

A atividade terminou 1 a 0 para os titulares, gol contra de Douglas.

Em sexto lugar no Campeonato Brasileiro, com sete pontos, o time enfrenta o Sport no próximo domingo, às 16h, na Ilha do Retiro.


Flamengo encara dois jogos seguidos fora

Nas próximas duas rodadas, o Flamengo vai estar longe de sua torcida. Os duelos contra Sport e Coritiba serão fora de casa, mas Willians mantém a confiança. Para o volante, o Flamengo tem tudo para conquistar os seis pontos.

- É um jogo importante. O Sport é um grande rival quando joga em casa, mas se formos com a cabeça tranquila e jogarmos sério como estamos temos chance de sair com a vitória. Temos que manter a pegada porque dá para conseguir seis pontos - disse.

Para Ronaldo Angelim, os seis pontos são possíveis, mas desde que o Flamengo atue da mesma forma como vinha fazendo nas vitórias sobre o Santo André e o Atlético-PR.

- O time tem atuado muito bem, principalmente nos últimos jogos. Espero que possamos manter o mesmo volume de jogo, mesmo sabendo que os próximos dois jogos fora serão muito difíceis - afirmou.

Depois das duas próximas rodadas, o Flamengo vai ter uma sequência de três jogos no Maracanã. O Rubro-Negro vai enfrentar o Internacional, o Fluminense e o Vitória.

Willians não vê muita diferença na nova posição

Com a opção de escalar Welinton no lugar de Kleberson, Cuca pretende adiantar um pouco mais Willians, que terá mais liberdade para atacar. Para o volante, a forma como vai jogar no domingo contra o Sport, na Ilha do Retiro, não será muito diferente.

- Para mim muda muito pouco. Vou continuar marcando com a mesma vontade e ajudando o ataque. Se uma bola sobrar para mim lá na frente, vou arriscar o chute - afirmou.

Com a nova escalação e mais liberdade, Willians foi perguntado se iria jogar de forma parecida como a de Ramires, do Cruzeiro. Mas o volante preferiu desconversar:

- Ele tem o seu estilo. Graças a Deus estou fazendo um bom trabalho aqui e espero continuar assim.

Punido, Leão estreará contra o Flamengo longe do banco de reservas

O Sport bem que queria, mas ainda não poderá ter Emerson Leão no banco de reservas. O treinador, apresentado nesta quinta-feira no Rubro-Negro pernambucano , cumpre suspensão de 120 dias imposta pelo TJD-MG, no último dia 19, por invadido o gramado no segundo jogo da final do Campeonato Mineiro.

Leão já recorreu da punição e será julgado na próxima terça-feira, pelo STJD, no Rio de Janeiro. Mas contra o Flamengo, domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, o interino Levi Gomes dará lugar ao assistente Fernando Leão. Além do auxiliar técnico, Emerson Leão também trouxe o preparador físico Rodrigo Chaves e pediu a contratação de um preparador de goleiros. As informações são de Silvio Guimarães, presidente do Sport.

– Ele já está ciente e vai comandar o jogo contra o Flamengo das cabines de TV e rádio. Mas antes ainda tem treino nesta quinta, na sexta, e também no sábado – afirmou, por telefone.

Cleber Welington Abade apita o jogo

A CBF divulgou o trio de arbitragem para a partida, válida pela quinta rodada do Brasileirão. O paulista Cleber Welington Abade apita o jogo, auxiliado por Carlos Augusto Nogueira Júnior e Márcio Luiz Augusto, também de São Paulo.

Governo estaria interessado em levar Corinthians e Flamengo para a Palestina

O Governo Federal estuda a possibilidade de levar o jogo entre Corinthians e Flamengo para ser disputado na Palestina, no Oriente Médio, segundo o jornal "Folha de S. Paulo". A iniciativa é do Ministério das Relações exteriores, que pretende utilizar o futebol como uma forma de diplomacia com outros países. Os clubes pretendem se reunir na próxima segunda-feira para discutir o assunto.

A partida está marcada para o dia 28 de novembro, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Para que a iniciativa se concretize será necessário um acordo entre os clubes, a CBF e TV Globo, detentora do direito de transmissão de imagens da competição. O Governo arcaria com todos os custos.

O Flamengo gostou da possibilidade. Além de ganhar visibilidade em todo o mundo em função do clássico poder ser disputado em uma área de conflito, o Rubro-Negro vê com bons olhos poder participar de uma campanha pela paz.

- A reunião deve ser nesta segunda-feira, no Rio. O presidente licenciado Marcio Braga que está organizando. Vamos ver essa possibilidade, quando e como podemos fazer. O esporte tem que trabalhar pela paz, se pudermos servir como este elo será importante. Todo mundo tem de ter cidadania e uma instituição como o Flamengo tem a obrigação. Queremos colaborar. - afirmou o presidente em exercício do Flamengo Delair Dumbrosck.

Delair ainda lembrou outro clube que ajudou na luta pela paz. O Santos, em 1969, foi disputar um jogo no antigo Congo Belga, que já se chamou Zaire e hoje é conhecido como República Democrática do Congo. Naquela época o país vivia uma guerra entre as cidades Kinshasa e Brazaville. O conflito foi suspenso para que Pelé & Cia. pudessem jogar.

- O Santos, na Era Pelé, fazia isso e parou até guerra! - disse.

Além de Flamengo e Corinthians serem os clubes mais populares do Brasil, os dois contam com dois dos principais atacantes do país na atualidade: Ronaldo e Adriano. E nunca um jogo do Campeonato Brasileiro foi disputado fora do país.

Zagueiro por acaso, Aírton foge da fama de desleal: ‘Foram lances sem intenção’

O jeito pausado e as poucas palavras contrastam com a atitude dentro de campo. Desde que estreou no Flamengo, em abril de 2008, Aírton demonstrou personalidade de veterano. Isso com apenas 19 anos.

Volante de origem, não titubeou quando Cuca pediu no início do ano para que jogasse na zaga, posição que jamais desempenhara. Deu conta do recado e ganhou ainda mais responsabilidade com a aposentadoria de Fábio Luciano.

- Eu sou volante. Minha posição é essa. Mas o Cuca me colocou na zaga e eu joguei. Ali atrás o risco é maior. Não dá para errar – disse .

Porém, junto com os elogios vieram questionamentos sobre lances desleais contra os rivais. Na última segunda-feira, Aírton foi julgado e absolvido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa de um pisão que deu em Nilmar.

- Foram lances sem intenção de machucar. Mas estou procurando melhorar – disse o jogador.

Em 41 jogos pelo Flamengo, recebeu um cartão vermelho. Foi na semifinal da Taça Guanabara, contra o Resende.

- Mas não foi por jogada violenta. Foram dois cartões amarelos – explicou.

Alice vem aí

Até o ano passado, o volante morava na concentração do Flamengo, em Vargem Grande, e enfrentava mais de 2h de ônibus da Gávea ao CT. Passava despercebido na roleta. O contrato renovado até 2013 permite que ajude os familiares.

Mas engana-se quem pensa que Aírton se enclausurou em um dos condomínios de luxo da Barra da Tijuca, bairro dos “boleiros” cariocas. Ele ainda mora em Austin, bairro de Nova Iguaçu, município da Baixada Fluminense. O caminho até a Gávea é longo. Mais de 50 km para ir. Outros 50 km para voltar.

Ele chegou a alugar um apartamento em Ipanema, na Zona Sul da cidade, e vizinho à Gávea. Mas um bom motivo o fez voltar para a proximidade dos familiares.

- Minha mulher (Darlene) está grávida. Daqui a pouco nasce a Alice e é melhor que fiquemos perto das nossas famílias. Estou morando com meus pais (Aílton e Silvane) e minha irmã (Aline). Mas daqui a pouco queria voltar para Ipanema. É tudo pertinho. Gostei de lá – disse.

Evolução de Adriano anima comissão técnica

Nem mesmo a ausência do treino matinal de terça-feira desanimou a comissão técnica do Flamengo. Tanto no campo da fisiologia como na preparação física, todos estão animados com a evolução que Adriano vem mostrando nos últimos dias.

Para o fisiologista Paulo Figueiredo, Adriano tem um porte físico excepcional e está muito motivado em buscar a melhor forma. Ele não falou em números, mas deixou claro que o Imperador está perto de alcançar os desejados 98 quilos, peso considerado por ele ideal.

– Tanto a questão do peso como a do percentual de gordura estão se desenvolvendo muito bem. Após o coletivo, ele treinou finalizações e ainda fez um trabalho de tração que foi muito válido – explicou.

O preparador físico Riva Carli disse que o auge do Imperador vai chegar com o passar dos jogos. Segundo ele, esse é o melhor treinamento.

– Junto ao condicionamento vem o ritmo de jogo. Além dos jogos, as semanas cheias também são importantes. Teremos algumas semanas até voltarem os jogos de quarta-feira que serão determinantes. Programamos sempre as terças com treino físico integral – afirmou.


Briga entre torcidas na Marginal Tietê

Um encontro entre torcedores de Corinthians e vasco(2ª divisão), reforçado por palmeirenses, terminou com a morte de um corintiano nesta quarta-feira, em São Paulo. Segundo informou a Rádio Globo, a briga entre eles aconteceu na altura da Ponte das Bandeiras, um dos acessos à Marginal Tietê, pouco antes do empate por 0 a 0 que colocou o clube do Parque São Jorge na final da Copa do Brasil.

A identidade do corintiano morto ainda não foi divulgada. Diferentemente do que foi informado anteriormente, ele não foi assassinado a tiros e sim a pauladas e facadas e já chegou morto ao Hospital de Santana, para onde também foram levados oito feridos. A dificuldade para identificar o torcedor morto se deve ao fato de ter chegado ao hospital somente de cuecas, sem qualquer documento. Alguns dos envolvidos na confusão foram encaminhados para o 13º DP da Polícia Militar, na Casa Verde, zona norte da capital paulista, onde estão prestando depoimento.

Nas imediações do estádio do Pacaembu, mais vandalismo. Um dos ônibus da torcida do vasco(2ª divisão) foi queimado por corintianos, o que provocou o atraso na saída . Outros dois carros também foram atingidos. Uma barreira de policiais foi formada perto de onde o veículo pegava fogo e não foi permitida maior aproximação.

Corinthians empata com o vasco(2ª divisão) e avança à decisão da Copa do Brasil

Eliminado, termina mais um ano na merda!!!

Vão passar seis meses lutando para voltar a 1ª divisão e mais nada.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Adriano é apresentado ao Ninho do Urubu

Quando Adriano deixou o Flamengo, em 2001, o Ninho do Urubu era apenas um local ermo, com mato para todos os lados. Tudo bem que o CT ainda não está completamente pronto, mas a evolução, principalmente nos últimos três anos, permite que o time profissional treine lá às vezes.

Nesta quarta, o Imperador foi “apresentado” ao local. Ele participou de todo o coletivo na equipe titular, mas não fez gol. No fim da atividade, recebeu passe no meio-campo, ganhou do zagueiro Thiago Sales, driblou Marcelo Lomba, mas... chutou no lado de fora da rede.


- Boa, Adriano – incentivou Ibson.

O jogador foi o último a deixar o campo. Antes de chegar ao vestiário teve outro compromisso real: tirar fotos com os jogadores das categorias de base do Flamengo que moram no CT. Somente outro ídolo teve tratamento semelhante dos meninos quando pisou no Ninho do Urubu: Ronaldo.

Adriano se surpreendeu com o frio do Rio de Janeiro. A temperatura beirava os 13ºC quando ele deixou o local, ao anoitecer. Não esqueceu de um elegante casaco, herança do tempo em que morou na Itália.

- Está friozinho, né? – disse, antes de se dirigir para o carro e partir.

Evolução física

A comissão técnica reconhece que o jogador está longe do ideal na parte física. Mas vibra com as “semanas cheias” para trabalhá-lo. Por isso, as faltas, como a que ocorreu na terça-feira, são tão mal vistas. O Imperador está 4kg acima do peso desejado.

- Teremos cinco semanas sem jogos às quartas. Separamos um dia em cada uma dessas semanas somente para trabalhar a parte física do grupo. Ainda falta fôlego para o Adriano, mas a condição técnica diferenciada dele favorece bastante. Ele está evoluindo – afirmou o preparador físico Riva Carli.

À base de raquetadas, Petkovic tem resultados satisfatórios nos exames

Petkovic se proclamou “magrinho” durante sua chegada ao Flamengo. E os exames comprovaram o bom estado físico do apoiador, principalmente para um atleta que não entra em campo há mais de seis meses.

No período em que estava sem clube, o sérvio manteve a forma frequentando academia e jogando tênis. Surtiu efeito.

- Os resultados foram satisfatórios. O Pet é muito cuidadoso e manteve uma atividade física regular jogando tênis e andando de bicicleta – explicou o fisiologista Paulo Figueiredo.

Nesta quarta-feira, o jogador, de 36 anos, ficou na Gávea realizando trabalho físico enquanto o grupo principal treinou no CT Ninho do Urubu. A programação prevê treinos integrais para o reforço até o fim de semana.

- Ele irá se juntar ao grupo na segunda. O Pet é um jogador cuja técnica é mais importante do que a parte física. Em 15 dias ele estará pronto para ser relacionado – disse o preparador físico Riva Carli.


Willians usa brinco com W8




























O que chamou a atenção na entrevista de Willians foi o seu brinco. O volante gosta do número oito e não quer mais perdê-lo: "Sempre joguei com a oito, mas na Copa do Brasil fiquei com a 16. Acho que não mudo mais. É importante jogar sempre com a mesma camisa."

Airton torce o tornozelo e vira dúvida

O volante Airton sofreu uma torção no tornozelo direito no coletivo do Flamengo na tarde desta quarta-feira, no CT Ninho do Urubu. A contusão aconteceu em uma dividida com Maxi Biancuchi. Everton o substituiu no resto da atividade. Airton ainda será avaliado pelo departamento médico do clube para saber ser terá condições de enfrentar o Sport, domingo, na Ilha do Retiro.

No início do coletivo, o técnico Cuca testou o time sem Kleberson, que está servindo à seleção brasileira. Welinton entrou na zaga, no lugar de Willians, que foi adiantado para o meio-de-campo. No ataque, Emerson chegou atrasado ao CT e o coletivo começou com Josiel formando dupla com Adriano, que desta vez chegou na hora.

Os titulares venceram a atividade por 1 a 0, gol de Everton e jogaram com Bruno; Welinton, Airton (Everton) e Angelim; Leo Moura, Toró, Willians, Ibson e Juan; Josiel (Emerson) e Adriano.

Provisoriamente, Fla troca a Gávea pelo CT

Pelo menos até o fim da semana, o gramado da Gávea será poupado. Por decisão da comissão técnica, o Flamengo realizará três dias consecutivos de treino no CT Ninho do Urubu.

O local tem campos em ótimos estados, mas peca por causa da falta de estrutura. O vestiário é apertado e (ainda) não há sala de musculação. A inauguração acontecerá no próximo dia 18. Na segunda-feira, o presidente em exercício Delair Dumbrosck se equivocou ao marcar a estreia da aparelhagem para o dia 8.

As atividades marcadas para o CT serão na tarde desta quarta, período integral na quinta e novamente à tarde na sexta. Depois deste último treino, a delegação segue direto para o aeroporto Internacional e embarca para Recife.

Em sexto lugar no Brasileiro, com sete pontos, o Flamengo enfrenta o Sport, domingo, na Ilha do Retiro.

Após papo 'curto e grosso', Kleber Leite promete igualdade de condições a Pet

O departamento de futebol do Flamengo decidiu mastigar, engolir e digerir a contratação de Petkovic. Pelo menos externamente. O vice-presidente de futebol, Kleber Leite, se reuniu rapidamente com o sérvio e o treinador Cuca na terça-feira para desfazer o constrangimento da apresentação do reforço.

Na segunda-feira, nem o técnico e nem qualquer dirigente do futebol compareceram à chegada do apoiador. O fato provocou mal-estar nos bastidores do clube. O presidente em exercício, Delair Dumbrosck, queixou-se do boicote e pediu explicações de Cuca.

Diante do quadro hostil, Kleber Leite adotou um discurso conciliador, explicou por que não apareceu para receber Pet e prometeu tratá-lo da mesma forma que os demais jogadores:

- O processo aqui é democrático. Não fui à apresentação porque aquilo não era do futebol e sim uma ação da presidência com os departamentos jurídico e de finanças. Ele será tratado como qualquer outro jogador, recebendo o mesmo carinho. O plano ético predomina no Flamengo. O treinador decide quem joga e quem não joga. Tivemos um papo curto e grosso e está tudo perfeitamente entendido – disse.

Petkovic iniciou os treinamentos com o grupo, mas ainda não tem estreia marcada. Ele não entra em campo desde o fim do ano passado, quando estava no Atlético-MG.


Basquete: Brasília garante vaga na final contra o Flamengo


As finais do "Novo Basquete Brasil (NBB)" começam a ser disputadas na próxima terça, às 19h, na capital federal. Será uma reedição do ano passado, quando o Flamengo sagrou-se campeão.

Apesar da lesão, Morais segue em pauta no Fla

Morais segue mais do que firme nos planos do Flamengo. Nem mesmo o fato de o jogador ter sofrido uma entorse no joelho direito que o vai tirar dos gramados por um mês altera os planos do clube.

Nos bastidores, a contratação é dada como certa. Mas a negociação só será oficializada após a eliminação do Corinthians na Copa do Brasil. O Flamengo conta com um grupo de empresários para bancar a compra do jogador e a quantia gira em torno de R$ 6 milhões.

Segundo o vice de futebol, Kléber Leite, as finanças do Flamengo não seriam comprometidas nessa negociação.

– Tenho falado diariamente com o Andrés Sanchez sobre isso. Em uma semana devemos definir essa situação. Contamos com um apoio que nos dá condições de traçar um caminho interessante – afirmou Kléber.

Há ainda a possibilidade de o Corinthians exercer o direito de compra sobre Morais e repassá-lo por empréstimo ao Flamengo.

Carioca de Futsal

De goleada, Flamengo vence o Canto do Rio e se prepara para o próximo confronto.

A equipe adulta do Flamengo recebeu o Canto do Rio na noite da última sexta-feira (29/5), no Ginásio Hélio Mauricio, para a primeira partida das quartas-de-final do Campeonato Carioca e venceu por 9 a 1, em um jogo sem muitas faltas e cartões.

Com quatro gols de Diego, o atual artilheiro da equipe, três gols de Henrique, um de Paulinho e um de Leco, o time rubro-negro conseguiu manter o ritmo de jogo, sofrendo apenas um único gol, feito por Pedro, camisa 4 da equipe adversária.

O Flamengo não joga essa semana e segue treinando para o jogo de volta com o mesmo Canto do Rio, que acontecerá no dia 9 de junho, em Niterói.

A equipe da Gávea, comandada pelo técnico Cid Escarlate, está muito confiante e vai com tudo para conseguir a classificação para próxima fase.