Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 4 de julho de 2009

2ª divisão: o vasco continua na MERDA


O sofrimento não pode acabar!!!

Em 2010
vasco
na 3ª divisão


Classificação:



Time PG J V E D GP GC SG
Guarani 23 9 7 2 0 13 5 8 85%
Brasiliense 19 9 6 1 2 15 7 8 70%
Ponte Preta 17 9 5 2 2 16 7 9 63%

Atlético-GO 17 9 5 2 2 17 14 3 63%

Portuguesa 17 9 5 2 2 12 9 3 63%
América-RN 15 9 5 0 4 11 11 0 56%
Figueirense 14 9 4 2 3 14 10 4 52%
vasco 14 9 3 5 1 8 4 4 52% ridículo, fora da 1ª divisão
Duque de Caxias 13 9 3 4 2 13 10 3 48%
10º Ipatinga 12 9 3 3 3 14 12 2 44%

Bahia 12 9 3 3 3 9 7 2 44%

Vila Nova 12 9 3 3 3 7 10 -3 44%
13º Bragantino 11 9 3 2 4 12 12 0 41%

Fortaleza 11 9 3 2 4 15 16 -1 41%
15º Ceará 10 9 2 4 3 11 12 -1 37%
16º Paraná 8 9 2 2 5 8 13 -5 30%

Juventude 8 9 2 2 5 10 16 -6 30%
18º ABC 7 9 2 1 6 5 16 -11 26%
19º São Caetano 5 9 1 2 6 5 12 -7 19%
20º Campinense 3 9 1 0 8 10 22 -12 11%


Em São Januário(galinheiro)...

Jogadores da base do vasco reclamam de má alimentação

O cardápio para mais de 180 atletas da base incluí apenas arroz, feijão, salsicha ou linguiça e ração, segundo relatam os próprios atletas.

– A comida nunca foi muito boa, mas piorou muito este ano– revela desanimado um aluno que preferiu não se identificar, temendo represárias. – Poucas vezes comi carne e quando tem é moída. A gente já reclamou, mas não deu em nada.


Cuca diz que mau desempenho de Ibson contra o Vitória é compreensível

Os gols de Flamengo 2 x 1 Vitória pela 9ª rodada do Brasileirão 2009

Adriano deixa Engenhão sem dar entrevistas

A polêmica sobre a falta de Adriano ao treino continua. Apesar de dizer que teve uma indisposição estomacal e diarréia, o Imperador foi visto comento um cachorro-quente às seis horas da manhã de sexta em um quiosque na praia da Barra, segundo a coluna de Ancelmo Gois, no jornal “O Globo”.

O atacante se mostrou incomodado com mais essa polêmica e não perdeu tempo após o jogo. Adriano entrou rapidamente no vestiário e, em poucos minutos, foi embora sem tomar banho. Ele atendeu alguns torcedores, mas não falou com a imprensa e mostrou-se irritado, o que pode ser considerado normal, já que ele não estava escalado para dar entrevista coletiva após o jogo.

O jogador que deu entrevista, na sala de imprensa do Engenhão, foi o atacante Emerson. O técnico Cuca também concedeu entrevista.


Ibson: `Fico triste de não ter feito o gol`

Ibson pode deixar Fla com pênalti perdido

O meia Ibson pode acabar deixando o Flamengo com um gosto amargo, mesmo com seu time tendo vencido o Vitória por 2 a 1, neste sábado, no Engenhão. Acontece que o jogador perdeu um pênalti, no segundo tempo da partida e acabou desperdiçando a chance de sair do clube com mais um gol.

- Tive duas oportunidades. Estou triste em não ter feito o gol para homenagear a torcida e minha esposa, que está grávida. Meu contrato termina domingo, fico feliz pela vitória, pelo grupo e companheiros. Fico feliz em fazer parte do Flamengo - disse Ibson.

O clima do jogador era mesmo de despedida e ao deixar o gramado, ele afirmou que ainda não sabe o que acontecerá com o seu futuro.

- Tenho contrato com o Porto até 2011 e com o Flamengo acabou. Vou continuar treinando, vamos esperar durante a semana. Não posso deixar a forma cair. Não tenho uma definição ainda. Não sei como vai ser. Vamos conversar durante a semana. Meu coração está apertado. Estou satisfeito e o sentimento é de dever cumprido - completou o meia.

Fla vence Vitória e continua invicto no Engenhão

Foi um triunfo com roteiro às avessas para o Flamengo, neste sábado, no Engenhão. Quem fez o gol, ganhou vaias. Quem perdeu pênalti, recebeu aplausos. O Mengão despachou o Vitória por 2 a 1, pela nona rodada do Brasileirão, e entrou pela primeira vez no grupo das equipes que se classificam para a Libertadores em noite de momentos opostos para Juan e Ibson.

Autor do primeiro gol do Flamengo - Roger empatou para o Vitória e Emerson marcou o do triunfo -, o lateral Juan, que teve má atuação, sofreu com a ira da torcida e foi vaiado quase todas as vezes que tocou na bola. O volante, que deve se despedir do clube - o Porto não aceitou a proposta rubro-negra, mas a diretoria promete contra-atacar -, desperdiçou um pênalti, mas ouviu das arquibancadas os gritos de “Fica”.

Com 14 pontos, o Mengão pulou para a quarta posição na competição, uma colocação atrás dos baianos, que, com 16, permanecem em terceiro. Para se manter no G-4, o Flamengo vai secar ainda nesta rodada o Palmeiras, que enfrenta neste domingo o Avaí, em Floripa, e o Corinthians, que recebe o Fluminense, na quarta-feira. Na próxima rodada, o Flamengo vai até o Morumbi encarar o São Paulo, domingo, às 16h, enquanto o Vitória recebe o Santos, no mesmo dia, às 18h30m, no Barradão, em Salvador.


Brasileirão 2009: classificação

Time PG J V E D GP GC SG %
Atlético-MG 17 8 5 2 1 19 11 8 71%
Internacional 17 8 5 2 1 10 6 4 71%
Vitória 16 9 5 1 3 14 10 4 59%
Flamengo 14 9 4 2 3 12 14 -2 52%
Barueri 14 9 3 5 1 18 13 5 52%
Santos 13 9 3 4 2 18 15 3 48%
Palmeiras 13 8 3 4 1 12 10 2 54%
Corinthians 11 8 3 2 3 8 7 1 46%
Goiás 11 8 2 5 1 17 13 4 46%
10º Santo André 11 9 2 5 2 14 15 -1 41%
11º Cruzeiro 10 8 3 1 4 9 13 -4 42%
12º São Paulo 10 8 2 4 2 9 7 2 42%
13º Fluminense 10 8 2 4 2 6 8 -2 42%
14º Grêmio 9 8 2 3 3 10 9 1 38%
15º Sport 8 9 2 2 5 13 14 -1 30%
16º Atlético-PR 8 8 2 2 4 9 15 -6 33%
17º Náutico 8 8 2 2 4 9 15 -6 33%
18º Coritiba 7 8 2 1 5 12 16 -4 29%
19º Avaí 7 8 1 4 3 9 12 -3 29%
20º Botafogo 6 8 1 3 4 9 14 -5 25%

Melhores momentos: Flamengo 2 x 1 Vitória pela 9ª rodada do Brasileirão 2009

Flamengo 2 x 1 Vitória


Ficha técnica

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 4/7/2009

Hora: 18h30 (de Brasília)

Renda: R$ 442.815,00

Público: 20 mil pagantes/ 25 mil presentes

Árbitro: Nielson Nogueira (Fifa-PE)
Auxiliares: Erch Bandeira (Fifa-PE) e Jossemmar José Diniz Moutinho(PE)

Cartões amarelos: Anderson Martins, Uellinton (VIT), Kleberson e Emerson (FLA)
Cartões vermelhos: Vanderson 37'/2ºT (VIT) Kléberson 46'/2ºT (FLA)

Gols: Juan, 26'/1ºT (1-0); Roger, 16'/2ºT (1-1); Emerson, 22'/2ºT (2-1)

Flamengo: Bruno, Léo Moura, Weliton, Ronaldo Angelim e Juan (Zé Roberto, 18'/2ºT); Willians, Toró (Everton, 9'/1ºT) , Kléberson e Ibson; Emerson (Petkovic, 43'/2ºT) e Adriano. - Técnico: Cuca.

Vitória: Viafara, Wallace, Victor Ramos e Anderson Martins (Adriano, 44'/2ºT); Apodi (Nino, 33'/2ºT), Vanderson, Uellinton; Leandro Dominguez e Leandro; Elkeson (Neto Berola, 16'/2ºT) e Roger. - Técnico: Paulo César Carpegiani.

Situação inusitada: Cuca escala dois goleiros no banco de reservas

O Flamengo apresentou neste sábado, na partida contra o Vitória, no Engenhão, pela nona rodada do Brasileirão, uma novidade, no mínimo, inusitada: dois goleiros no banco de reservas. Como o titular Bruno reclamou de dores nas costas por conta de uma lombalgia, Cuca relacionou Marcelo Lomba e Paulo Victor por precaução.

Nem mesmo o aquecimento sem dores do goleiro titular fez o treinador mudar de opinião. A vaga no banco seria do argentino Maxi Bianccuchi. Entretanto, o atacante está com visto de trabalho vencido e foi cortado, abrindo espaço para Paulo Victor, que nunca atuou pelo rubro-negro como profissional.

Além de Lomba e Paulo Victor, Fabrício, Fierro, Everton, Zé Roberto e Petkovic foram as outras opções de Cuca.

Porto não aceita proposta do Flamengo, e Ibson se distancia mais da Gávea

A diretoria do Flamengo despista, Ibson não esconde a ansiedade, o pai do jogador tenta manter a confiança, mas a cada nova informação vinda de Portugal torna-se mais improvável a permanência do volante na Gávea. A proposta apresentada ao Porto na sexta-feira para comprar os direitos federativos do camisa 7 não agradou os portugueses.

O clube ofereceu € 3,2 milhões (cerca de R$ 9 milhões) pelo jogador, mas a dívida de € 375 mil (R$ 1,2 milhão) pelo atual empréstimo tem feito o Porto se manter receoso quanto ao acerto. A diretoria rubro-negra promete uma nova investida para a próxima segunda-feira, quando volta a se reunir com representantes portugueses.

- Estou preocupado com o jogo. Só vamos voltar a falar sobre este assunto no início da semana – disse o vice-presidente de futebol, Kleber Leite.

Diante do atual panorama, a partida desde sábado, contra o Vitória, no Engenhão, pela nona rodada do Brasileirão, pode ser a última de Ibson com a camisa do Flamengo.

Família reunida para assistir à ‘despedida’ de Ibson, o rubro-negro maluco

O sorriso fácil vai desaparecer por alguns instantes neste sábado. A felicidade se transformará em ansiedade quando Ibson colocar o uniforme para disputar sua 184ª partida pelo Flamengo contra o Vitória. Não será apenas um jogo. Pode ser o último.

Há quem ouse duvidar que não existe mais “amor à camisa” no futebol. Não tente dizer isso perto do pai do camisa 7 rubro-negro. Depois de dois anos em Portugal, trocou a tranquilidade e os salários em dias da Europa pela paixão.

- O Ibson é maluco, completamente maluco. Ele vai pelo amor ao Flamengo e já deixou muito dinheiro para trás por causa disso. Esse menino precisa ser valorizado – disse o pai, Laís Silva, sem esconder a emoção.

Na escala de pagamento do Rubro-Negro, Ibson está longe do topo. Tem o sétimo ou oitavo salário do elenco. Pouco para quem personifica a simbologia do “jogador-torcedor”.

O contrato de empréstimo termina no domingo. A proposta para comprá-lo do Porto foi oficializada. Há participação de diversos investidores, inclusive circula na Gávea que o botafoguense Eike Batista é um deles. Mas há quem aposte que o empresário Eduardo Uram tem uma proposta em mãos uma proposta “irrecusável” da Europa.

Por via das dúvidas, Laís viaja a Portugal na próxima quarta. Pretende ajudar o Flamengo na empreitada. Se obtiver êxito, terá de se desfazer de um apartamento mobiliado e dois carros luxuosos na cidade do Porto. Tudo em nome do amor.

- Eu sou apaixonado pelo Flamengo. Mas o Ibson é mais, muito mais. Não adianta nem tentar mudar a opinião dele – explicou o pai.

Neste sábado, Ibson pediu para a esposa, Cinthia, levar o filho Júnior ao jogo. Laís também se esforçará para não perder a partida. Ele foi a Campinas observar um jogador de 15 anos e voltará no voo de 15h para acompanhar a possível despedida.

- Ele me fez um pedido especial para ficarmos juntos nesta hora. E eu estarei lá. Levarei meu remédio para o coração (em 2008 Laís fez uma angioplastia) para poder aguentar a emoção – afirmou.

A partida começar às 18h30 (de Brasília), e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.


Colunista diz que Adriano comia cachorro quente na praia antes de faltar ao treino

A explicação para a indisposição intestinal de Adriano parece que foi descoberta. Segundo o colunista Ancelmo Gois, do jornal "O Globo", o jogador do Flamengo estava comendo cachorro quente com amigos no primeiro quiosque do Quebra-Mar, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, onde mora, às 6h de sexta-feira - três horas antes do treino do Flamengo, marcado para a Gávea.

Pouco depois, o atacante telefonou para o clube, alegando que estava com diarreia e sem condições de ir treinar. Em comunicado divulgado à imprensa na tarde de sexta, o Flamengo informou que o médico Marcelo Soares atestou a indisposição do atleta.

Depois de passar a manhã em casa, o jogador foi direto para a concentração. Essa foi a terceira vez que Adriano faltou a um treino desde seu retorno ao Flamengo, em maio deste ano. O Mengão enfrenta o Vitória, às 18h30m deste sábado, no Maracanã, pelo Brasileirão.


Ex-goleiro Zé Carlos luta contra o câncer


A agonia de um ídolo

Três vezes campeão carioca e uma vez da Copa do Brasil, o ex-goleiro do Flamengo, Zé Carlos está internado em estado gravíssimo no Hospital da Ordem Terceira da Penitência, na Tijuca. O ex-jogador luta contra um câncer que tomou conta de seu sistema digestivo. Segundo um médico que o atendeu em abril, no Hospital Pasteur, no Méier, a situação é irreversível.

- Ele já nos procurou com um câncer no abdomem, em estado avançado. Não havia mais nada a fazer – disse o doutor, que pediu para não ser identificado.

Depois de uma primeira entrada no hospital do Méier, Zé Carlos, segundo alguns amigos, praticamente desistiu de lutar pela vida. Em junho, o estado do ex-jogador se complicou e ele acabou internado na Ordem Terceira da Penitência.

José Carlos da Costa Araújo, nascido em 7 de fevereiro de 1962, começou sua carreira no Americano-RJ e no Rio Branco-ES. Chegou ao Flamengo em 1984, tornando-se titular dois anos depois. Além dos títulos conquistados pelo rubro-negro, ele entrou para a história ao se tornar o segundo goleiro a marcar um gol pelo clube, em 1987, contra o Nacional, na primeira fase da Copa do Brasil.

Também vestiu a camisa da seleção brasileira. Foi reserva de Taffarel na Copa do Mundo de 90. Também na condição de suplente, participou da campanha que lhe rendeu a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988.

Zé Carlos passou também por clubes portugueses, pelo Cruzeiro, Vitória-BA, XV de Piracicaba-SP, América-SP, e Tubarão-SC. Em 2006, ocupou a função de gerente de futebol do América em 2006, quando trabalhou com Jorginho, atual auxiliar de Dunga na seleção brasileira".

Zagueiro Juan será o primeiro visitante do 'Reffis do Mengão'


O Flamengo abrirá as portas de sua nova sala de musculação e reabilitação para um visitante ilustre. A partir da próxima semana, o zagueiro Juan, do Roma e da seleção brasileira, realizará o trabalho de recuperação de sua lesão na Gávea.

A aparelhagem, foi toda substituída e o clube rubro-negro dispõe agora de uma estrutura similar à do Reffis do São Paulo, conhecido por ajudar na recuperação de diversos jogadores que atuam no exterior.

- A partir de semana que vem o Juan estará conosco para se recuperar da lesão. Colocaremos nossos profissionais e equipamentos à disposição – disse o vice-presidente de futebol Kleber Leite

A visita de Juan não tem “segunda intenção” de contratá-lo. Revelado nas categorias de base do Fla, o defensor servirá para divulgar positivamente a melhoria do departamento de reabilitação.

Dados



Nome Completo: Juan Silveira dos Santos
Dia do Nascimento: 01/02/1979
Nascimento: Rio de Janeiro (RJ)
Posição: Zagueiro
Número de Partidas pelo Fla: 245
Número de Gols: 29

Títulos



Pelo Flamengo

Campeonato Carioca: 1996, 1999, 2000 e 2001
Taça Guanabara: 1996, 1999, 2001
Taça Rio: 1996 e 2000
Copa dos Clubes Brasileiros Campeões Mundiais: 1997
Copa Mercosul: 1999
Copa dos Campeões: 2001

Pela Seleção Brasileira

Copa América: 2004 e 2007
Copa das Confederações: 2005 e 2009


sexta-feira, 3 de julho de 2009

Flamengo x Vitória

Ficha técnica

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 4/7/2009

Hora: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Nielson Nogueira (Fifa-PE)
Auxiliares: Erch Bandeira (Fifa-PE) e Jossemmar José Diniz Moutinho(PE)

Flamengo: Bruno, Willians, Weliton e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Toró, Ibson, Kleberson e Juan; Emerson e Adriano. Técnico: Cuca.

Vitória: Viafara, Wallace, Victor Ramos e Anderson Martins; Apodi, Vanderson, Uellinton; Leandro Dominguez e Leandro; Elkeson e Roger. Técnico: Paulo César Carpegiani.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.
O SporTV - para todo o Brasil, menos para o Rio de Janeiro - o Premiere Futebol Clube transmite.


Em vez de respostas, mau humor e reticências sobre caso Ibson

Toca o telefone. O diretor de futebol do Flamengo, Plínio Serpa Pinto, atende. Antes mesmo da primeira pergunta, avisa que não tem “nada a declarar”. A frase em forma de fuga se repete por mais cinco vezes e o dirigente desliga. A resposta sobre o caso Ibson fica no ar.

O clube entregou a proposta oficial ao empresário do jogador, Eduardo Uram, na noite de quinta-feira. Pelo tom nada amistoso do agente percebe-se que há chance de o negócio com o Porto não vingar.

- No momento adequado vou falar sobre isso. Não vou comentar a proposta do Flamengo – disse o empresário, que deve se pronunciar sobre o caso na segunda-feira.

Com ajuda de investidores, o Rubro-Negro arrecadou quase os R$ 12 milhões desejados. Mas a concorrência do mercado europeu tem peso e pode afastar Ibson da Gávea.

O contrato de empréstimo termina no domingo, dia 5 de julho. Desta forma, a partida contra o Vitória, neste sábado, pode ser o último jogo dele pelo Flamengo.

Rapidinhas do Mengão!

O fracassado treino de reconhecimento do Engenhão
O Flamengo se adaptou, no máximo, às cercanias do Engenhão. Nesta sexta-feira, o clube transferiu o treino da Gávea para o palco da partida contra o Vitória, mas não fez bom negócio. Por causa da forte chuva que caiu de madrugada, o gramado principal foi preservado e os jogadores realizaram o recreativo no campo anexo. - Não faz mal. É compreensível por causa da chuva – disse o técnico Cuca.

Melhor zagueiro do Brasil
O goleiro Marcelo Lomba tem prestígio também quando precisa executar outra função. No recreativo, ele é conhecido como "o melhor zagueiro do Brasil" pelos companheiros.

Yves
Ao contrário do amigo Adriano, o volante participou normalmente do rachão. Ele foi o último a deixar o gramado.

O número
Petkovic usou o número 43 no treino, referência ao número de gols dele pelo Flamengo. A diretoria avisou na véspera que Adriano assumirá a camisa 10 daqui a três jogos.


Médico do Flamengo confirma versão de Adriano e recomenda repouso

O Flamengo enviou a segunda nota oficial de sexta-feira. Depois de justificar a falta de Adriano no treino desta manhã, o clube passou à imprensa a informação de que o médico Marcelo Soares “atesta a indisposição estomacal” do jogador e recomenda repouso até o sábado.

A versão apresentada pode salvar o atacante de receber a multa por reincidência em faltas disciplinares. Há cerca de um mês, ele recebeu uma advertência porque perdeu um treinamento e alegou que não havia conseguido contatar o gerente de futebol Isaías Tinoco.

Adriano está confirmado no ataque do Flamengo na partida deste sábado contra o Vitória, no Engenhão. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real a partir de 18h30m (de Brasília), com vídeos.



Fla-Flu é o destaque da fase brasileira da Copa Sul-Americana 2009

A Conmebol divulgou na tarde desta sexta-feira os quatro cruzamentos dos times brasileiros na fase regional da Copa Sul-Americana 2009. O destaque vai para o clássico carioca entre Flamengo e Fluminense, o "Fla-Flu", logo em um dos primeiros embates. A rodada de ida deve acontecer no dia 5 de agosto. O Internacional, atual campeão, só entra na competição a partir das oitavas-de-final.

Ainda na fase regional, o Atlético-MG terá o Goiás pela frente; o Botafogo terá o Atlético-PR como adversário, enquanto o outro paranaense do torneio, o Coritiba, pega o Vitória.

Confira os duelos nacionais:

Flamengo x Fluminense
Botafogo x Atlético-PR
Goiás x Atlético-MG
Coritiba x Vitória

Jogadores pegam carona para deixar o treino

Alexandre Cassiano/AGÊNCIA O GLOBO

Estirado no carrinho que serve como maca no Engenhão, Ibson não estava machucado. Ele apenas queria uma carona para deixar o campo anexo do estádio rumo ao vestiário. E junto com ele foi o zagueiro Fabrício. Mas antes houve uma intensa disputa pelos lugares.

Adriano justifica falta e avisa que diarreia o derrubou

O Flamengo comunicou em nota oficial o motivo da ausência de Adriano no treino desta manhã, no Engenhão. Desta vez, a culpa não foi do rádio do gerente de futebol Isaías Tinoco e nem de compromissos com a Justiça. O Imperador se justificou dizendo que não dormiu bem e acordou com uma forte diarreia.

- Passei muito mal à noite, acordei com uma forte indisposição intestinal e liguei para avisar que não tinha condições de ir treinar. Fui para a concentração me tratar e fazer uma atividade que não prejudicasse meu rendimento amanhã (sábado), contra o Vitória - disse o jogador, via assessoria de imprensa do clube.

Por volta de 13h, ele chegou ao hotel que serve de concentração para o Flamengo, na Barra de Tijuca. Rodeado por jornalistas e fotógrafos, entrou pela porta dos fundos e não deu quaisquer declarações (assista à chegada dele no vídeo acima). À tarde, caso esteja melhor do problema intestinal, fará um trabalho leve na academia.

A diretoria deve se pronunciar sobre o caso ainda nesta sexta-feira. O jogador tem uma advertência acumulada e na escala de punições do clube a próxima punição é a multa. Desde que chegou ao Flamengo, dia 7 de maio, Adriano não foi a três dias de treinamento. Em uma destas ausências, apresentou uma convocação judicial e escapou da punição.

Apesar da falta nesta sexta-feira, o jogador está escalado para a partida deste sábado contra o Vitória, no Engenhão. O jogo começa às 18h30m (de Brasília), e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

Fernando Maia/AGÊNCIA O GLOBO

Adriano chega à concentração do Flamengo em hotel na Barra

Cuca evita criticar a nova falta de Adriano: 'Probleminhas ocorrem'

Desta vez, Cuca controlou as palavras e repassou a responsabilidade sobre a ausência de Adriano no treino desta sexta-feira para a diretoria. Sereno e sem criticar o jogador, o treinador do Flamengo explicou a ligação que recebeu nesta manhã antes do treino no Engenhão, marcado para as 10h, e pediu prudência:

- Por volta de 9h o Adriano me telefonou e disse que tinha um probleminha para resolver e que, por isso, não poderia treinar. Ele não me explicou o que havia acontecido. Por isso, vamos esperar.

O Imperador é aguardado na concentração do time, na Barra da Tijuca, para almoçar com os companheiros. Talvez ele realize um treino à tarde, em local indefinido, para repor a atividade perdida. Questionado se a reincidência do comandado o preocupava, Cuca atirou água na polêmica e repetiu “problemas ocorrem” quatro vezes durante a entrevista coletiva.

- Em um grupo grande de jogadores esses probleminhas ocorrem. O Adriano vai conversar com a diretoria. É um assunto interno e não adianta prejulgá-lo. O importante é que o grupo está unido para a partida contra o Vitória – disse.

Nas duas faltas anteriores de Adriano – ambas justificadas – o técnico teve comportamento oposto. Queixou-se publicamente do que considerou falta de profissionalismo e prometeu que não aceitaria mais situações semelhantes.

O Flamengo enfrenta o Vitória neste sábado às 18h30m, no Engenhão, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real. O SporTV - para todo o Brasil, menos para o Rio de Janeiro -, o Premiere Futebol Clube transmite.


Adriano falta ao treino do Flamengo pela terceira vez

Adriano usará camisa 10

O Flamengo preparou toda uma campanha publicitária para escolher a camisa do atacante Adriano, os torcedores votaram na internet e definiram que o Imperador deveria usar a camisa número 9. Porém, como no Rubro-Negro as coisas não costumam acontecer conforme a lógica, o vice de futebol Kleber Leite afirmou, que o jogador utilizará mesmo a camisa 10.

A medida tomada pelo departamento de futebol para evitar maiores transtornos, já que Adriano acha que a camisa nove dá azar e sempre teve um sonho de vestir a camisa 10, que foi de Zico. Para não ficar mal com o departamento de marketing e também com os torcedores, nos primeiros jogos o Imperador utilizará a camisa nove.

- Está tudo bem equacionado. Adriano vai jogar por um período com a nove e depois realizará o sonho dele de infância de usar a camisa de Zico. Vamos agradar a todos - explicou Kleber Leite.


Olympikus paga salários e contrata jogadores

Mais do que fornecedora de material esportivo nos próximos seis anos, a Olympikus, que apresentou os novos uniformes ontem, na Gávea, pode ser considerada a ‘paitrocinadora’ do Flamengo. Além de 21 milhões por ano, mais R$ 3 milhões durante três meses para estampar Olympikus Tube na camisa enquanto o clube não consegue novo patrocinador, a empresa atuou na contratação de Adriano e no pagamento dos salários apenas para ajudar o Rubro-Negro.

O Imperador, que usará o número 9, não pode ser utilizado como garoto-propaganda, pois tem contrato com outra empresa até 2011, e quarta-feira, ao contrário dos demais jogadores, foi o único que desfilou com as chuteiras do seu patrocinador.

O único vínculo entre Olympikus e Adriano é pelo fato de o jogador ser atleta do Flamengo e, naturalmente, ter sua imagem ligada à empresa devido ao uniforme. “Pagamos o Adriano para ajudar o Flamengo. Ele tem contrato com outra empresa, não podemos fazer nenhuma ação de marketing específica com ele. A camisa de jogo é nossa ligação”, esclareceu Tullio Formicola, diretor de marketing esportivo do grupo Vulcabras/Azaleia, que detém a marca Olympikus.

Quarta-feira, Adriano desfilou na passarela com outra chuteira, que vai de encontro com a linha de tênis Olympikus Tube, que estampará a camisa nos próximos três meses.

Com o fim do contrato do Rubro-Negro com a antiga fornecedora, um imenso outdoor de Adriano com a camisa do Flamengo em comercial da empresa foi retirado de um prédio próximo à sede da Gávea. “Não damos detalhes do contrato”, afirma David Grinberg, gerente de comunicação da Nike.

Presidente em exercício, Delair Dumbrosck exaltou a nova fornecedora. “O casamento com a Nike foi encerrado. Começamos uma nova era. Queremos que a Olympikus venda muitas camisas para dobramos os valores do patrocínio”, afirmou Delair.

Adriano vestiu a camisa 9. A fornecedora espera que, mesmo sem ação específica, a imagem sirva para vender, mesmo que o Imperador não seja Olympikus dos pés à cabeça.


Toró: “O Engenhão trás boas recordações”

Um dos jogadores mais identificados com a torcida do Flamengo, o volante Toró lembrou que o Engenhão, local da partida de sábado, contra o Vitória, trás boas recordações para o rubro-negro. Segundo o jogador, a equipe da Gávea sempre consegue bons resultados quando atua no Estádio.

-"O Maracanã é a nossa casa, mas quem quer ser campeão não pode ficar escolhendo lugar para jogar. Não existe isso de campo. Temos que entrar em campo e jogar futebol. Respeitamos muito o Vitória, mas vamos em busca de um bom resultado. Jogamos lá algumas vezes e sempre vencemos".

Toró elogiou a volta de Kleberson e disse que o jogador é sinônimo de vitória.

-“O Kleberson é um jogador muito importante. Ele chama a responsabilidade e todos confiam muito nele. È um jogador vencedor, que vai nos ajudar muito”.


Fla tem média de público melhor que a do Botafogo no Engenhão

O Flamengo jogará no Engenhão no próximo sábado, contra Vitória, às 18h30 e tem motivos para comemorar a partida longe do Maracanã. Apesar de a casa ser do Botafogo, o rubro-negro tem média de público maior que os donos do estádio. Enquanto o Alvinegro tem média de 12.070 torcedores em 55 jogos, o Fla tem 12.883 nos dois jogos que fez no Engenhão.

Além disso, nas duas vezes em que disputou uma partida na casa do Botafogo, o Fla venceu por 4 a 0.

"Não estamos muito acostumados. Mas quando jogamos lá fomos bem. O Engenhão tem dado sorte. Apesar do campo ser menor, facilita de repente a marcação. É um pouco diferente, não sei se é por ser um pouco aberto. Mas não importa o estádio, a torcida do Flamengo sempre inflama. E no Engenhão não vai ser diferente", falou Léo Moura.


Programa do futebol 6 a 12/julho

O Flamengo enfrenta o São Paulo, domingo dia 12 /07, às 16 horas, no Morumbi

Dia 6 - Segunda-feira

Folga

Dia 7 - Terça-feira

9h - Gávea

15h30 - Gávea

As entrevistas serão somente pela manhã

Dia 8 - Quarta-feira

15h30 - Gávea

Dia 9 - Quinta-feira

9h - Gávea

15h30 - Gávea

As entrevistas serão somente pela manhã

Dia 10 - Sexta-feira

15h30 - Gávea

Dia 11 - Sábado

10h - Gávea, treino seguido de viagem para São Paulo

Dia 12 - Domingo

16h - São Paulo x Flamengo

Dias de Ibson, no Fla, estão chegando ao fim

Neste domingo, o contrato de empréstimo do meia Ibson com o Flamengo chega ao fim, para desespero de grande parte da torcida rubro-negra. Com isso, caso o clube carioca não consiga comprar o jogador, que tem seus direitos econômicos ligados ao Porto, de Portugal, a partida de sábado contra o Vitória, no Engenhão, será a última do atleta com a camisa do Fla.

Ibson tem contato com o Porto até 2012 e vem sendo emprestado ao Flamengo desde 2007. Porém, desta vez, o clube português não deseja mais emprestar o atleta e só libera o jogador caso o Rubro-Negro pague cerca de R$ 12 milhões.

- Domingo acaba o contrato, mas não tem nenhuma passagem marcada. Estarei em casa com minha família. Todo ano esta situação acontece, estou aguardando e torcendo para que o melhor se resolva. Meu contrato acaba domingo e não sei o que vai acontecer. Isso atrapalha um pouco, mas tenho que esquecer. Está chegando mais próximo do fim e o Porto queria me vender e não mais um empréstimo. Não tenho tido contato com eles - disse Ibson.

O que pode complicar ainda mais o sonho da diretoria do Flamengo em permanecer com o meia no clube, é que o Porto anunciou a venda de Lucho Gonzalez, que atuava na posição de Ibson no clube português. A favor do Flamengo tem o relacionamento ruim de Ibson com o treinador Jesualdo Ferreira.

- Acabando mesmo no domingo, eu sou um jogador do Porto, só viria treinar no Flamengo se tivesse um acordo entre os clubes. O treinador do Porto é o mesmo, mas isso não importa. Ele não conseguiu me encaixar na equipe e eu na maneira dele trabalhar - lembrou o meia.

A diretoria do Flamengo afirma já ter conseguido uma boa parte do dinheiro necessário para a permanência do atleta no clube e a esperança dos rubro-negros é que o clube português aceite um valor menor do que o pedido inicialmente.

- Isso não é minha área, mas espero que eles possam se ouvir e se acertarem. Meu coração está batendo mais forte, faltam três dias e tenho que pensar apenas no Vitória. Sou um cara otimista, o Flamengo espera o momento certo - completou Ibson.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Livro 'PENTATRI' é lançado no Rio, nesta quinta-feira

O Flamengo reviveu nesta quinta-feira boa parte de sua gloriosa História durante o lançamento do livro “Pentatri - A história dos cinco tricampeonatos cariocas do Flamengo”, em uma livraria na Zona Sul do Rio. Escrito por Paschoal Ambrósio Filho, o livro traz registros de todas as partidas.

Prestigiaram o lançamento ex-jogadores que fizeram parte das conquistas históricas. O zagueiro Juan, da Roma (ITA), os ex-atacantes Índio e Evaristo de Macedo foram alguns dos presentes no lançamento. O presidente em exercício do clube, Delair Dumbrosck, também apareceu.

A ausência ficou por conta dos jogadores do último tricampeonato. Devido a problemas no trânsito para a Barra, que ficou lento devido a um acidente, ninguém apareceu. O único a prestigiar foi justamente o capitão da conquista, o ex-zagueiro Fábio Luciano.

– Parabenizo ao autor pela iniciativa do livro. É um registro importante de um momento maravilhoso da minha carreira. Fico feliz em ter feito parte da História – afirmou.

Do atual elenco, apenas Petkovic, herói do tricampeonato de 2001, compareceu ao evento.

O meia agradeceu ao autor do livro e lembrou do famoso gol que marcou contra o vasco na final do Campeonato Carioca de 2001.

- Tenho certeza de que tem muitos personagens que ajudaram a fazer a história do Flamengo, temos que agradecer o Paschoal por ter lembrado de todos. O meu gol contra o vasco é o momento mais marcante da minha carreira e aqui no Brasil, principalmente pela torcida do Flamengo. Os vascaínos preferem esquecer - completou Petkovic.

Zagueiro Juan vai se tratar no Flamengo

O zagueiro da Seleção Brasileira, Juan, que chegou a ser afastado da Copa das Confederações por causa de uma lesão que sofreu na partida contra a Itália, na primeira fase da competição, vai se recuperar na nova sala de musculação da Gávea.

Quem confirmou a notícia foi o vice de futebol do Flamengo, Kleber Leite, no início da noite desta quinta-feira.

- Juan ficará aqui conosco a partir da próxima semana, fazendo musculação - disse Kleber Leite.

O zagueiro foi criado ans divisões de base do Flamengo e hoje em dia é titular absoluto do Roma, da Itália. O jogador sofreu com uma série de lesões durante esta temporada e disse que só voltará para a Itália quando estiver 100% fisicamente.


Rapidinhas do Mengão!

loja oficial ainda não vende camisa nova
Ainda não foi nesta quinta-feira que a loja oficial do Flamengo no Centro do Rio de Janeiro recebeu os novos uniformes. Segundo os vendedores, a Olympikus deve entregar até terça. O preço sugerido é de R$ 149,90. O lançamento aconteceu na última quarta-feira, na Gávea, e poucas horas depois havia camisas à venda no maior shopping do Rio de Janeiro.

Noveleiro
Ronaldo Angelim não quis perder um segundo sequer do capítulo desta quinta-feira da novela Paraíso. No início da noite, o jogador deixou o treino com uma televisão portátil na mão sintonizada na Rede Globo.

Camisa 7 é dele
Adriano está dividido entre a nove e a dez. Sorte de Ibson. O jogador brincou que não gostaria de perder seu número. - É da sorte. Sou bastante apegado – disse. Quando jogava no Porto, o volante utilizou as camisas 31 e 6.

Volta de Kleberson é considerada amuleto por Toró: ‘Ele chama a vitória’
Partida contra o Rubro-Negro baiano será a primeira do volante após a Copa das Confederações


Titulares absolutos voltam e entram nos lugares de Everton e Fabrício

No primeiro e único coletivo do Flamengo na semana visando à partida contra o Vitória, o técnico Cuca revelou quem sai da equipe para a volta de Ronaldo Angelim e Kleberson. Fabrício e Everton saíram da equipe titular na atividade desta quinta-feira, na Gávea.

Angelim cumpriu suspensão na última rodada, enquanto o pentacampeão do mundo estava na África do Sul disputando a Copa das Confederações pela seleção brasileira.

Suspenso por mais três jogos, Aírton continua fora da equipe. O Flamengo treinou com: Bruno; Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Toró, Willians, Kleberson e Ibson; Emerson e Adriano. Os jogadores estrearam o uniforme amarelo de treino da Olympikus.


Flamengo espera público de cerca de 30 mil

Sétimo colocado do Campeonato Brasileiro, o Flamengo espera aproveitar o terceiro jogo consecutivo no Rio de Janeiro para terminar a rodada em melhor posição. Para isso, o clube conta com o apoio da torcida e espera presença de cerca de 30 mil pessoas no Engenhão neste sábado contra o Vitória.

Para ter este público, o Flamengo terá disponível os setores superiores do estádio, ao contrário do que vem acontecendo nos jogos do Botafogo por lá.

Segundo Anderson Simões, vice-administrativo do Botafogo e responsável pela logística do Engenhão, o bom senso prevalece a cada jogo realizado no estádio.

– Abrimos a parte superior de acordo com a expectativa de público. Não adianta gastar luz à toaem jogos de casa vazia – disse Simões, que deixou toda a responsabilidade do estádio nas mãos do Flamengo.

– Cerca de 100 pessoas nossas devem trabalhar, mas o Flamengo é quem deve controlar o acesso ao estádio e fiscalizar a segurança. No sábado, o Engenhão é deles.

Adriano treina sem número

Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

Adriano ainda não comprovou que será o camisa 9 do Flamengo. Nesta quinta-feira, o jogador participou da atividade na Gávea sem qualquer número às costas. A mesma coisa ocorreu com Petkovic. Em promoção realizada pelo clube, os torcedores escolheram a camisa 9. No entanto, o jogador, por superstição, prefere jogar com a 10, que iria para Pet. Todos os outros jogadores que foram a campo estavam com os respectivos números.

Gordinhos e mulheres não são esquecidos na nova coleção do Flamengo

Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

Crianças, mulheres e gordinhos não foram esquecidos pelo novo fornecedor de material esportivo do Flamengo. No lançamento da nova linha, quarta-feira, na Gávea, o diretor da Vulcabras, Tullio Formicola fez questão de ressaltar que haverá tamanhos de dois anos a 4G. As mulheres também têm modelos exclusivos de camisas e calças.

Jogadores não veem defeitos no novo uniforme; torcedores aprovam

Em enquete realizada no GLOBOESPORTE.COM, os torcedores do Flamengo aprovaram as camisas produzidas pela Olympikus. Mais de 70 mil votaram e 65% disseram que "gostaram muito". Somente 12% consideraram os uniformes "feios". O restante classificou como "mais ou menos". Entre os jogadores a aprovação também prevaleceu.

Todos participaram da festa de apresentação, na Gávea. Bruno, Marcelo Lomba, Petkovic, Ibson e Adriano foram os modelos. Os demais funcionaram como “jurados”.

- Ficaram muito bonitos. Muito bonitos mesmo - disse Emerson.

Toró aproveitou para celebrar o início do casamento entre Flamengo e Olympikus, que termina no fim de 2014.

- O uniforme está diferente, mas bonito. Está aprovado. Espero que a gente faça muito sucesso com ele e o novo patrocinador - afirmou.

A estreia da roupa nova será no sábado contra o Vitória, no Engenhão, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Bruno aposenta camisa amarela e opta por modelo azul

A primeira linha de produtos do Flamengo tem modelos amarelo, azul e preto à disposição de Bruno. Antes mesmo da estreia, o goleiro fez sua escolha.

- Vou colocar a amarela um pouquinho de lado e jogarei com a azul (modelo royal). Achei muito bonita - disse.

As camisas número 1 virão de fábrica com um autógrafo do goleiro no peito e o nome dele escrito às costas. O pedido de uma linha própria de produtos era antigo.

- Sempre quis isso. É a realização de um sonho. Nos outros clubes que defendi nunca tive algo parecido. E o antigo fornecedor também não quis me dar. Só posso agradecer por ter esta oportunidade - declarou.

O goleiro tem uma reunião agendada com representantes da Olympikus nesta semana para conversar sobre a linha de produtos.

Novo fornecedor paga, mas não pode usar Adriano



Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

Adriano na apresentação dos uniformes. Chuteira da Nike

Um presente e tanto. O Flamengo não pode se queixar do companheirismo do novo fornecedor de material esportivo. A Olympikus confirmou que foi a responsável direta pela contratação de Adriano.

Mais da metade do salário do jogador é pago pelo novo fornecedor de material esportivo. Curiosamente, porém, a empresa admite que não tem como explorá-lo comercialmente.

- Não faremos qualquer ação específica porque ele é da Nike. Só vamos usar a camisa de jogo - explicou o diretor do grupo Vulcabras, Túllio Formicola Filho.

Nem na apresentação oficial dos novos uniformes houve trégua. O Imperador usou camisa, bermuda e meião da Olympikus. Mas as chuteiras vermelhas eram da Nike.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Rapidinhas do Mengão!


o Imperador bom de mira

Fim de treino do Flamengo. Jogadores bebem água, Adriano não. Ele caminha no gramado da Gávea e se livra da bola com um bico para o alto. Bem para o alto. Um ou dois segundos depois, o destino do chute do Imperador é conhecido: a cabeça do assessor de imprensa Thássilo Soares. Ibson ri e acusa Welinton. Adriano bebe energético como se nada tivesse acontecido.

Mais um mês

Marcio Braga reassumiria a presidência nesta quarta-feira. Porém, ele não se sentiu bem na véspera e recebeu recomendação médica para estender a licença por mais 30 dias. O presidente está afastado desde fevereiro por causa de uma operação no coração. Delair Dumbrosck ocupa o cargo interinamente.

Reconhecendo a casa

A comissão técnica transferiu o treino de sexta-feira da Gávea para o Engenhão, local da partida contra o Vitória. A atividade está marcada para as 10h.

Reunião garante permanência de Zé Roberto no Flamengo

Pela terceira vez desde que chegou, no início deste ano, Zé Roberto esteve perto de deixar o Flamengo. Porém, uma reunião na terça-feira sacramentou a continuidade dele na Gávea.

A diretoria do Rubro-Negro tentou repassá-lo ao Cruzeiro em duas ocasiões. Semana passada, o Botafogo também entrou na negociação. Mas o parecer do encontro entre Zé, o técnico Cuca, o vice-presidente de futebol do clube, Kleber Leite, e o diretor Plínio Serpa Pinto foi de mantê-lo.

-Eu quero ficar e foi isso que ficou decidido. Nunca partiu de mim a possibilidade de sair. Meu ciclo na Gávea ainda não acabou e quero voltar ao time para fazer a torcida confiar em mim como aconteceu quando eu cheguei - disse o jogador, via assessoria de imprensa.

Um dos principais problemas que Zé Roberto enfentou no Flamengo foi a dificuldade de jogar no meio-campo. Cuca preferiu escalá-lo no ataque. Porém, os dois conversaram e o pedido do jogador deve ser atendido.

- Sempre quando Cuca precisou, eu joguei no ataque. Mas me sinto melhor no meio-de-campo e sei que posso render ainda mais se voltar a atuar por ali. Passei isso para ele e acredito que as chances disso acontecer aumentaram - declarou.

Léo Moura: 'Só deixo o Fla por algo especial'

Toda vez que a janela de transferência europeia se abre, a saída de um jogador rubro-negro começa a ser especulada pela imprensa. Já é tão comum ver o lateral Léo Moura ter que responder sobre possíveis negociações, que o atleta parece ter na ponta da língua as respostas para este tipo de assunto. O jogador, que já atuou pela Seleção Brasileira, disse, nesta quarta-feira, que só deixaria o Flamengo se fosse para algum lugar que ele considere especial.

- A janela abriu hoje (quarta-feira). Primeiro algum clube tem que procurar o Flamengo e meu empresário. Mas estou focado no Brasileiro e quero continuar no Flamengo. Tenho mais dois anos de contrato e só saio se for por algo especial - disse Léo Moura.

Sobre a saída de Ibson, Léo Moura é mais um dos jogadores que torcem para a permanência do jogador no Flamengo.

- Todos querem Ibson. É um grande jogador. Estamos torcendo para que tudo dê certo e ele continue. Ele nos ajuda muito e o time vai perder muito se ele sair. Ele está tranquilo, sabe dos esforços que estão sendo feitos. Se dependesse só dele já estaria com contrato assinado - completou o lateral.


Flamengo anuncia recorde na pré-venda das novas camisas

Antes mesmo de mostrar os novos uniformes ao público, o Flamengo e Olympikus celebraram o primeiro êxito da parceria. Nesta quarta-feira, na cerimônia que marcou o início da parceira, o clube anunciou um recorde na pré-venda das camisas.

- Em apenas três semanas vendemos 204.840 camisas. Isso garante para o clube R$ 1,6 milhão em royalties. Só para ter uma ideia, a antiga fornecedora (Nike) vendia 120 mil por ano – disse o vice-presidente de marketing do Rubro-Negro, Ricardo Heirinchsen.


Uma das maiores críticas ao antigo fornecedor recaía sobre a dificuldade para distribuir o material para todo o país. Problema que a Olympikus assegura ter solucionado.

- A partir desta semana vão existir peças do Flamengo. A nação rubro-negra não está só no Rio de Janeiro. Está no Brasil inteiro. Hoje (quarta) começa uma nova era – disse o diretor do grupo Vulcabras, Túlio Fornícola.

Na loja oficial da Olympikus, no Rio de Janeiro, a nova camisa é vendida por R$ 150.


Criador da camisa do Fla diz que ela está pronta há um ano e minimiza críticas

Os novos uniformes do Flamengo, apresentados na tarde desta quarta-feira no Rio de Janeiro, já estavam prontos há cerca de um ano. Quem garante é o próprio criador dos modelos, Fernando Costa. Desde o início das negociações com a Olympikus, ele já vinha trabalhando na criação das camisas e diz que houve um consentimento antes de divulgá-las para a imprensa.

- A camisa está pronta faz um ano e teve poucos ajustes. O Flamengo não tem um padrão nas listras e deu para brincar mais com isso. O uniforme anterior era muito listrado e a torcida reclamou muito. Por isso, procuramos ficar no meio termo e dar um equilíbrio – disse ele, por telefone, de São Paulo.

Questionado sobre o novo detalhe vermelho na gola que já causa reclamações da torcida flamenguista em alguns sites de relacionamento, Fernando, que é supervisor de produtos do Grupo Vulcabras (dona da marca Olympikus), revelou que os desenhos são baseados no símbolo do novo fornecedor.

- Não fizemos nenhuma pesquisa histórica, pois entendemos que é o início de um novo ciclo e os torcedores vão entender. Colocamos na parte anterior um movimento que faz um contorno da gola como se fosse uma peça só e lembra os arcos da Olympikus. Acabamos estendendo isso para outros uniformes do clube. Acredito que vai agradar bastante. Ela é moderna e não perde a tradição – revelou ele, que fez questão de exaltar a volta das listras horizontais no meio da camisa branca, semelhante ao modelo que era utilizado na década de 90.

Camisa do Flamengo muda, e Adriano Imperador segue a tendência

Enquanto as listras estão mais grossas, Imperador se mostra bem mais 'fino'

Montagem/Montagem

A nova camisa do Flamengo (à direita) apresenta algumas mudanças em relação ao desenho do antigo fornecedor. Curiosamente, o atacante Adriano, principal 'modelo' no desfile dos uniformes, também apresentou algumas diferenças em relação à foto do dia 7 de maio, quando foi apresentado no clube (à esquerda). Enquanto a camisa rubro-negra agora tem faixas mais grossas que a anterior, o Imperador revela formas mais esbeltas. A gola olímpica substitui a que tinha formato em 'V', do mesmo jeito que o pescoço do novo camisa 9 do Fla também está mais fino.

Fim do mistério: Adriano será o camisa 9

Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

Adriano já foi 29, 27, 92, 90 e 100 desde que chegou ao Flamengo. Mas, a partir desta quarta-feira, o Imperador será o 9. Definitivamente. Durante a apresentação dos novos uniformes, na Gávea, a escolha dos torcedores foi revelada. O clube realizou uma campanha na internet para que a torcida escolhesse entre os números 9 ou 10. Enquanto desfilava, Adriano tinha uma camisa com um ponto de interrogação. Ele virou de costas e a tirou. Embaixo havia outro uniforme, desta vez com o número 9.

Flamengo apresenta seu novo uniforme

Com novo fornecedor, Flamengo apresenta roupas oficiais na Gávea

Em tarde de modelo, Adriano, que vestirá a camisa 9, puxou a fila para a apresentação dos novos uniformes do Flamengo, no início da tarde desta quarta-feira, na Gávea. O lançamento celebra o início da parceria de quase seis anos com a Olympikus. A empresa substitui a Nike e pagará R$ 21 milhões - entre material esportivo e dinheiro - por temporada.

Veja a galeria de fotos com as camisas do Fla

Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

Jogadores do futebol e do basquete do Flamengo apresentam o novo manto rubro-negro

O uniforme número 1 tem as listas rubro-negras um pouco mais grossas em relação ao atual. Há um detalhe vermelho na gola. Por sua vez, a camisa branca volta às listras horizontais no meio da camisa, semelhante ao modelo que era utilizado na década de 90. O patrocínio frontal da camisa nos primeiros três meses será Olympikus Tube.

- Queria agraceder a Vulcabras (dona da marca Olympikus) por ter essa visão. Estamos inaugurando hoje (quarta) uma nova era. Vamos ter os produtos mais vendidos do país - disse o presidente do clube, Delair Dumbrosck.

Foram reveladas as novas camisas do time de basquete e dos goleiros. Também foi mostrada uma linha de produtos para os torcedores. Camisas, cachecol, boné. Uma linha casual, totalizando mais de 45 produtos.

Atraso

O acordo com a Olympikus estava fechado desde o fim do primeiro semestre de 2008. Entretanto, uma ação desastrada do departamento de marketing do Flamengo atrasou a oficialização da parceria.

Alegando descumprimento de cláusulas contratuais, o clube rompeu unilateralmente o contrato e passou a usar um uniforme com três interrogações no lugar do fornecedor de material esportivo. Durou pouco. A Justiça determinou que a Nike voltasse a vestir o clube até o fim do contrato, dia 30 de junho de 2009.

Confira o infográfico abaixo com as mudanças no uniforme do Fla:

Novos uniformes, mas nem tanto, no treino do Flamengo

Clube utiliza linha com três interrogações da Olympikus na manhã desta quarta-feira. Lançamento das camisas será no início da tarde

Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

A poucas horas do lançamento dos novos uniformes do Flamengo, os jogadores treinaram com material fornecido pela nova patrocinadora na manhã desta quarta-feira, na Gávea. Porém, o clube se preocupou em manter o suspense e utilizou camisas com três interrogações, feitas em 2008. As placas ao redor do campo foram substituídas. Sai Nike e entra Olympikus.

Mansão de Eurico Miranda vai a leilão

O ex-presidente do vasco eurico miranda não tem mais como chorar o leite derramado. A mansão dele, em Angra dos Reis, irá a leilão nos próximos dias por conta de uma ação indenizatória de R$ 1,5 milhão, vencida pela Parmalat Laticínios. A carta precatória, emitida pela 29 Vara Cível, já está à disposição dos advogados da empresa que, agora, precisam levá-la para o Fórum de Angra dos Reis, local da propriedade, responsável pelo pregão.

— Normalmente, não dou declarações sobre os casos que conduzo. Prefiro não me pronunciar — disse o advogado de eurico, Marco Antônio Teixeira Prado.

A briga judicial Eurico x Parmalat dura 11 anos. Em 1997, antes da final do Campeonato Brasileiro, o ex-presidente do vasco, à época portador de imunidade parlamentar por ser deputado federal, suspeitou que a empresa pagaria R$ 300 mil ao árbitro da decisão para que o Palmeiras, patrocinado pela empresa, fosse campeão. Em 2000, o juiz Jorge Luís Alves deu sentença favorável à Parmalat. Eurico recorreu a instâncias superiores, sendo derrotado no Rio e em Brasília.

Em janeiro de 2006, o juiz Wilson Marcelo Koslowsky determinou a penhora da casa do ex-presidente. De acordo com os autos do processo, os oficiais de Justiça não conseguiram fazer a avaliação do bem em algumas oportunidades — descrita como mansão com suítes, que, entre tantos cômodos, possui um “deck” para atracar barcos; há ainda uma casa de 84 metros, na qual reside o caseiro.
— O caseiro não franqueou a entrada... — mostra um trecho do processo.

No final de 2008, o analista judiciário João da Silva ingressou na residência e conseguiu avaliar a casa. No processo, ele narra o método adotado e estipulou o valor de R$ 1,2 milhão. Uma lancha de 32 pés, também para avaliação, não foi encontrada pela Justiça.

— O eurico disse que a Parmalat ia comprar o juiz. Ganhei em todas as instâncias. No meio da execução, quebrei os sigilos dele, que até doou a casa para os filhos para sair da penhora. Cassamos. O imóvel foi avaliado. Falta a lancha que sumiu — afirmou o advogado da Parmalat, José Diogo Bastos Neto.

2ª divisão: vasco continua na MERDA

E o vasco continua vivendo o seu drama. Na noite desta terça-feira, em São Januário(galinheiro), na abertura da nona rodada da Série B, a equipe não passou de um empate sem gols com o Bragantino - o quinto em um jejum de vitórias que já dura oito partidas (duas pela Copa do Brasil, nas semifinais contra o Corinthians, e seis pela Segunda Divisão). E no jogo que pode ter marcado a despedida do capitão Carlos Alberto, que deixou o campo sem conceder entrevistas e Ramon, pode ter fraturado a clavícula.

Agora, com 14 pontos, o time segue em sexto lugar, mas pode ser ultrapassado por nada menos que quatro equipes na continuação da rodada: América-RN, Bahia ou Figueirense, Ipatinga e Vila Nova-GO, e cair para o décimo lugar.

Renda: R$ 82.679 Público: 5.895 pagantes, ridículo.

Na decisão do (NBB) Novo Basquete Brasil, Flamengo x Brasília
16 mil torcedores apaixonados.

Classificação

Time PG J V E D GP GC SG
Guarani 22 8 7 1 0 13 5 8 92%
Brasiliense 19 9 6 1 2 15 7 8 70%
Atlético-GO 16 8 5 1 2 15 12 3 67%
Ponte Preta 14 8 4 2 2 13 7 6 58%
Portuguesa 14 8 4 2 2 11 9 2 58%
vasco 14 9 3 5 1 8 4 4 52% ridículo fora da 1ª divisão
Duque de Caxias 13 9 3 4 2 13 10 3 48%
América-RN 12 8 4 0 4 10 11 -1 50%

Bahia 12 8 3 3 2 9 6 3 50%
10º Figueirense 11 8 3 2 3 13 10 3 46%

Ipatinga 11 8 3 2 3 13 11 2 46%

Bragantino 11 9 3 2 4 12 12 0 41%

Vila Nova 11 8 3 2 3 7 10 -3 46%
14º Fortaleza 10 8 3 1 4 15 16 -1 42%
15º Ceará 9 8 2 3 3 11 12 -1 38%
16º Juventude 8 8 2 2 4 10 13 -3 33%

Paraná 8 8 2 2 4 8 12 -4 33%
18º ABC 6 8 2 0 6 4 15 -11 25%
19º São Caetano 4 8 1 1 6 3 10 -7 17%
20º Campinense 3 8 1 0 7 10 21 -11 12%


O sentimento não pode parar!!!

Eu acredito: vasco na 3ª divisão em 2010