sábado, 7 de novembro de 2009

"Agora cada jogo é uma grande decisão"

O carinho dos torcedores na chegada ao Aeroporto de Confins e no treino de hoje à tarde, no CT do América-MG, confirmou apenas o sentimento de todos no Flamengo de que o time tem uma partida fundamental amanhã, contra o Atlético-MG, para continuar com chances de brigar pelo título brasileiro.

"Cada jogo agora é uma grande decisão, ninguém tem dúvidas disso. Essa será a primeira até o fim do campeonato, mas nós vivemos um momento de tranquilidade e vamos jogar com inteligência. O jogo é no campo deles, o apoio ao Atlético será maior, mas sabemos estudar bem os adversários e podemos conseguir uma vitória que será fundamental para o Flamengo - analisou o lateral-direito Leonardo Moura.

A rivalidade histórica entre o clubes aumenta a certeza do camisa 2 rubronegro de que a partida de amanhã tem tudo para ser uma das mais difíceis do Brasileiro.

- A gente tem acompanhado as matérias sobre os jogos que marcaram época entre Flamengo e Atlético-MG, e a rivalidade é muito grande. Hoje são dois times que brigam por algo melhor no Brasileiro, mas não podemos esquecer que é uma rivalidade com paz. Com a violência que vemos por aí, é preciso que os torcedores pensem apenas em incentivar a sua equipe.

Programa do futebol - 9 a 15/novembro

Dia 9 - Segunda-feira

Folga

Dia 10 - Terça-feira

16h - Vargem Grande

Dia 11 - Quarta-feira

16h - Vargem Grande

Dia 12 - Quinta-feira

16h - Vargem Grande

Dia 13 - Sexta-feira

16h - Vargem Grande, treino seguido de viagem para Recife

Dia 14 - Sábado
A definir

Dia 15 - Domingo

16h (de Brasília) - Náutico x Flamengo


Rapidinhas do Mengão!

Rachão acaba com polêmica e purrinha em Belo Horizonte

O último treino do Flamengo antes do jogo contra o Atlético-MG, neste domingo, no Mineirão, foi apenas um tradicional rachão, no CT do América-MG, em Belo Horizonte. Mas o que era para ser apenas uma recreação entre os jogadores, acabou tendo pitadas de insatisfação.

É que não houve um consenso entre os jogadores e o árbitro do rachão, o auxiliar Marcelo Sales, com relação ao placar. O time de Adriano, Petkovic e Léo Moura chegou a estar ganhando por 9 a 1. Conforme a diferença foi diminuindo, começaram as reclamações, pois não houve uma contagem certa por nenhum dos dois times. Por conta disso, Bruno acabou abandonando a atividade e o técnico Andrade teve de substituí-lo.

Sem palitinho, vai com pedrinha

Terminado o rachão, os jogadores improvisaram outra forma de diversão: a purrinha. Adriano, Petkovic, Léo Moura, Willians, Zé Roberto e Welinton pegaram pedrinhas do chão do banco de reservas do campo de treino e começaram a jogar. Sentados em círculo, eles tentavam adivinhar o número total de pedras na mão de todo mundo. Zé Roberto foi quem mais acertou.

Susto no rachão

Durante o treino recreativo, uma dividida entre Toró e Adriano chamou a atenção. Os dois disputaram a bola, o volante levou a pior e acabou sentindo o pé direito. Ele chegou a tirar a chuteira, ser examinado pelo médico Marcio Tanure, mas logo depois voltou a treinar normalmente.

Visita à mineira

Antes de o treino começar e os portões do Centro de Treinamento do América-MG, em Belo Horizonte, serem abertos para a torcida e a imprensa, o zagueiro Thiago Gosling, que passou pelo Flamengo em 2007, visitou a delegação rubro-negra. Mas ele nem assistiu à atividade e foi embora assim que os jogadores foram a campo.

Brasileirão 2009: classificação até 7/9/2009 e próximos jogos

Time PG J V E D GP GC SG %
São Paulo 59 34 16 11 7 47 35 12 58%
Palmeiras 58 33 16 10 7 52 37 15 59%
Atlético-MG 56 33 16 8 9 52 44 8 57%
Cruzeiro 54 34 16 6 12 50 49 1 53%
Flamengo 54 33 15 9 9 49 42 7 55%
Internacional 52 33 15 7 11 54 40 14 53%
Avaí 50 34 13 11 10 53 45 8 49%
Grêmio 48 34 13 9 12 59 41 18 47%
Goiás 47 33 13 8 12 55 58 -3 47%
10º Corinthians 46 33 12 10 11 42 46 -4 46%
11º Santos 45 34 11 12 11 50 51 -1 44%
12º Vitória 44 34 12 8 14 47 48 -1 43%
13º Barueri 44 33 11 11 11 52 45 7 44%
14º Coritiba 41 33 11 8 14 44 48 -4 41%
15º Atlético-PR 40 33 11 7 15 36 46 -10 40%
16º Botafogo 38 33 8 14 11 45 50 -5 38%
17º Santo André 35 33 9 8 16 35 47 -12 35%
18º Náutico 35 34 9 8 17 42 61 -19 34%
19º Fluminense 33 33 7 12 14 38 54 -16 33%
20º Sport 30 34 7 9 18 45 60 -15 29%


Próximos jogos

34ª Rodada

Data Hora Local Mandante


Visitante

4/11 21h50 Olímpico Grêmio 1 x 1 São Paulo

7/11 18h30 Pacaembu Santos 3 x 1 Náutico

7/11 18h30 Ilha do Retiro Sport 2 x 3 Cruzeiro

7/11 18h30 Barradão Vitória 0 x 1 Avaí

8/11 16h Pacaembu Corinthians
x
Santo André

8/11 16h Mineirão Atlético-MG
x
Flamengo

8/11 16h Maracanã Fluminense
x
Palmeiras

8/11 18h30 Arena da Baixada Atlético-PR
x
Goiás

8/11 18h30 Arena Barueri Barueri
x
Internacional

8/11 18h30 Engenhão Botafogo
x
Coritiba


O vice voltou


Parabéns vasco

Em 2008, foram para merda, final de 2009 saíram da merda.

O sentimento nunca vai acabar, jamais será esquecido!


VERGONHA, NOJO

SEGUNDA DIVISÃO 2009

SEMPRE VICE DO MENGÃO





Diego Hypolito é ouro na Croácia e fatura o tetracampeonato da Super Final

O ginasta Diego Hypolito teve mais um bom motivo neste sábado para afastar de vez a insegurança que tem sentido nos últimos tempos. Com uma bela apresentação, Diego conquistou o ouro na final do solo da Copa do Mundo de Osijek, na Croácia. O resultado garante ao brasileiro o inédito título de tetracampeão da Super Final.

- Fiquei bastante feliz por ter feito uma prova boa, por conseguir voltar a manter a tranquilidade. Estou mais do que contente por ter conquistado o tetracampeonato, um título inédito, que era minha principal meta. Foi um ano de muitas vitórias - disse Diego ao SporTV, por telefone.

No Mundial de Londres, em outubro, o nervosismo atrapalhou Diego Hypolito a conquistar o tricampeonato. Mas, após as falhas que lhe deixaram até fora da final na Inglaterra, o brasileiro foi para a Croácia determinado a não errar e conseguiu vencer a prova de solo e, de quebra, garantir o tetracampeonato por antecipação com 15,550 pontos. A medalha de prata foi para o croata Tomislav Markovic, que somou 15,225 pontos. O israelense Alexander Shatilov fez 14,925 e ficou com o bronze. O também brasileiro Victor Rosa terminou em quinto lugar(14,325 pontos).

- Foi uma prova muito boa, talvez a melhor desse ano. Acho até que poderia ter recebido uma nota mais alta. Nas eliminatórias, eu tinha tirado 15,675 pontos e achei essa série da final melhor - comentou o brasileiro, que também foi campeão em 2004, 2006 e 2008.

O título da Super Final é dado para o atleta que conseguir mais pontos no ranking da Copa do Mundo em cada categoria. Com a vitória na Croácia, o ginasta brasileiro somou 180 pontos na liderança do solo e não tem mais chances de ser alcançado por nenhum outro atleta. De qualquer forma, Diego ainda vai participar da última etapa do circuito, em Stuttgart.

Diego está fora da disputa no salto

A felicidade só não é completa porque o tetracampeão teve de abrir mão da disputa do título no salto. Em segundo lugar no ranking nesta categoria, Diego não poderá entrar na briga em Stuttgart porque ainda não está totalmente recuperado da lesão no ombro esquerdo.

- Ainda estou com um pouco de dor no ombro, mas agora é mais questão de preparação física. O grande problema é que o médico não me autorizou a competir o salto. Por enquanto, só posso disputar o solo. Agora só me resta torcer para continuar em segundo e esperar até o ano que vem para disputar o título no salto.

Confira as medalhas de Diego na temporada 2009!

Março (Cottbus-Alemanha) – Prata no solo e prata no salto
Abril (Maribor-Eslovênia) - Ouro no solo
Maio (Glasgow-Escócia) – Ouro no solo e ouro no salto
Maio (Moscou –Rússia) – Ouro no solo
Novembro (Osijek-Croácia) – Ouro no solo

Léo Moura faz a cabeça de fã

Rodrigo Benchimol/GLOBOESPORTE.COM

Depois de ser recebido com carinho por centenas de torcedores em Belo Horizonte, o Flamengo contou com a presença de um 'ilustre anônimo' no treino deste sábado, no CT do América-MG. Fã de Léo Moura, o metalúrgico Saulo Rocha chamou a atenção por imitar o estilo do lateral-direito. Ele não chega a ser parecido com o jogador rubro-negro, mas é tido na capital maneira como sósia por conta do cabelo no estilo moicano. 'Aqui em Minas torço para o Cruzeiro, mas no Rio sou Flamengo. Além disso, fã do futebol dele.

Amanhã (domingo) vamos bater o Galo com dois cruzamentos do Léo Moura e dois gols do Adriano. O importante é ser um bom espetáculo', disse ele, apostando no placar de 2 a 0 contra o Atlético-MG, em jogo que começa às 16h, no Mineirão

Cambistas vendem ingressos para Galo x Flamengo na porta do Mineirão

Enquanto a bola não rola, o Mineirão é a festa dos cambistas e ambulantes. Por mais que os 64.800 ingressos colocados à venda tenham se esgotado rapidamente no começo da semana, ainda é fácil compra-los para o jogo entre Atlético -MG e Flamengo, às 16h (horário de Brasília) deste domingo.

Misturados entre os vendedores de bandeiras e camisas, os cambistas são abordados por vários torcedores que chegam em seus carros. Os preços variam. As cadeiras centrais superiores e inferiores estão custando R$ 60. As laterais, R$ 45.

O torcedor rubro-negro que quiser comprar o ingresso vai encontrar por R$ 60, mesmo sendo nas cadeiras inferiores laterais, a parte destinada ao Flamengo.

- Pro Flamengo o preço é mais caro. Não tenho o ingresso aqui, mas a gente dá um jeito de arrumar rapidinho – disse um dos cambistas, que circulava em frente ao Mineirão.

No começo da semana, os ingressos para o jogo terminaram. Apenas 1.731 foram vendidos no Rio de Janeiro pela Ingresso Fácil. O Flamengo não solicitou os 10% a que tem direito.

Mengão atrás do centésimo gol da temporada

Até agora, nas quatro competições oficiais que disputou (Brasileirão, Copa do Brasil, Carioca e Sul-Americana), o Flamengo marcou 99 gols. E como neste domingo, no clássico contra o Atlético Mineiro, não há espaço para outro pensamento, a não ser uma vitória, uma pergunta se faz necessária: quem será o autor do centésimo gol rubro-negro na atual temporada? Candidatos não faltam. Artilheiro do time e vice do Brasileirão, com 17 gols, Adriano é o principal deles. Outro forte concorrente é Petkovic, que já fez gols de falta, de escanteio e até driblando adversários dentro da área. Motorzinho da equipe, Zé Roberto, novamente atravessando excelente fase, também pode ser o autor do gol 100.

Há um bom tempo sem balançar redes adversárias, Léo Moura, mais antigo jogador do clube no atual elenco, também se candidata a carrasco do Galo. Metido a artilheiro, o goleiro Bruno, cria da base do Atlético, é outro candidato a herói - quem sabe? - em cobrança de falta.

Com 38 gols marcados em 20 jogos, o Flamengo alcançou a melhor média (1,8 por jogo) no Campeonato Carioca, do qual foi campeão. No Brasileiro, o Rubro-negro, cuja média é de 1,5 gol por jogo, fez 49 em 33 partidas. Já na Copa do Brasil e na Sul-Americana a média é de 1,8 e 0,5 gol por partida, respectivamente.

Candidato mais forte a ser o autor do gol 100, Adriano não esconde que seria uma honra marcá-lo, principalmente em em um jogo decisivo como o clássico de domingo, no Mineirão. E ele vai mais além: a artilharia do Brasileirão é seu objetivo principal. Zico, em 1982, com 20 gols, foi o último jogador rubro-negro a ser artilheiro do torneio nacional.

- Seria muito legal para mim marcar esse gol. Mas espero sair do Mineirão artilheiro. Vou batalhar muito por isso, para entrar para a história do Flamengo - comentou.

Perguntado sobre a coincidência de sempre marcar quando dá entrevista e come os pastéis da avó, dona Vanda, o Imperador brincou.

- A entrevista já estou dando, mas os pastéis não vieram e estou ficando preocupado - divertiu-se Adriano, no Ninho do Urubu.

Bruno já pegou 12 pênaltis pelo Flamengo



Na natureza dos pênaltis, pode-se dizer que o cobrador leva grande vantagem na disputa com o goleiro. De um tempo pra cá, ela passou a ser ainda maior por conta das paradinhas. Mas quando quem vai cobrar se depara com Bruno, toda essa diferença é reduzida.

Os números do goleiro rubro-negro são de deixar qualquer batedor um pouco mais tenso ou preocupado na hora do duelo. Para se ter uma noção, nenhum rival conseguiu fazer valer a sua vantagem nas últimas quatro vezes em que o Flamengo cometeu um pênalti. Bruno defendeu três cobranças e Vágner Love mandou a bola para fora no jogo contra o Palmeiras, no último dia 17, pelo Brasileirão.

Há quatro temporadas na Gávea, o goleiro já defendeu 12 penalidades (veja todas elas no vídeo acima). Seis delas foram no decorrer dos jogos, como as duas contra o Santos, perdidas por Paulo Henrique, no último dia 31. A outra metade foi em disputas de jogos decisivos, como nas finais do Carioca de 2007 e 2009, em que o Flamengo sagrou-se campeão sobre o Botafogo.

As explicações para esse aproveitamento estão na ponta da língua do camisa 1 rubro-negro: as importantes dicas do preparador de goleiros Roberto Barbosa, muito trabalho e um físico que colabora.

- Roberto sempre conversou comigo, ele me cobra e dá dicas muito importantes. Ele está sempre ao meu lado. Também tenho um biotipo que ajuda. Mesmo tendo altura, eu sou um goleiro rapidinho. É legal ter esse reconhecimento, pois é o resultado do nosso trabalho – conta o goleiro, que tem 1,90m.

Curiosamente, a sua estreia pelo Flamengo foi marcada por cobranças de pênaltis. Em jogo contra o Internacional, pelo Brasileiro de 2006, o time foi derrotado por 2 a 1, sendo que os dois gols sofridos foram dessa maneira.

- Lembro bem desse jogo. Foram dois gols do Fernandão. Mas no segundo pênalti eu quase cheguei na bola – relembra Bruno.

De lá pra cá, a história mudou. Quando a sua competência não ajudou, a sorte esteve presente. Os cobradores mandaram a bola pra fora quatro vezes contra ele, desde que chegou à Gávea. Depois de viver a fase do goleiro artilheiro (foram três gols pelo Flamengo), agora ele curte a fama de bom pegador de pênaltis, como os goleiros que lhe serviram de inspiração.

- É bom passar a ser reconhecido por essa característica. Goleiros excelentes também foram reconhecidos assim. Taffarel pegou muito pênalti importante, inclusive em jogos decisivos de Copa do Mundo. O próprio Dida também tinha essa qualidade. Eles são bons exemplos e me orgulho de começar a fazer parte desse grupo – disse Bruno.


Rapidinhas do Mengão!

Imperador tem prejuízo com goleiros do Fla

Prejuízo no ar

A cada pênalti perdido por Adriano nos treinos, ele paga R$ 50 aos goleiros rubro-negros. Na última sexta-feira, no Ninho do Urubu, o atacante do Flamengo esbanjou um bom aproveitamento. Ele chegou até a brincar depois de inúmeras cobranças revertidas com sucesso contra o quarto goleiro, Paulo Victor.

- Tem R$ 50 no ar - gritou o Imperador.

Foi aí então a vez de o terceiro goleiro, Marcelo Lomba, ir para o gol. No primeiro chute de Adriano, ele agarrou e provocou.

- Tem R$ 50 no ar - gritou Lomba.

Foi aí que Paulo Victor voltou para o gol e Adriano voltou a converter suas penalidades e a debochar do companheiro.

- Tem R$ 100 no ar - gritou.

Nisso, Lomba voltou ao gol e, novamente na primeira cobrança, Adriano desperdiçou. Dessa vez para fora. Obviamente, escutou o mesmo deboche do terceiro goleiro rubro-negro. Quando Paulo Victor retornou, conseguiu defender dois pênaltis de Adriano e reverter a situação. Ou seja, Adriano acabou tomando um prejuízo de R$ 200.

- Hoje (sexta-feira) foi complicado (risos)... Mas tem de ver que eu bati mais de mil pênaltis e só perdi quatro - justificou o Imperador.

Punição na Gávea

O presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro, foi suspenso liminarmente por 30 dias das suas atividades no Flamengo. O motivo da punição decretada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Walter D’Agostino, foi a discussão que ele protagonizou em reunião em que o presidente Marcio Braga convocou para divulgar os números da auditoria nas contas do clube.

Agência/Divulgação

Imagem do documento emitido pelo Conselho Deliberativo do Flamengo


Sem moral

O atacante Denis Marques não foi relacionado para o jogo contra o Atlético-MG, domingo, no Mineirão. Ele sequer viajou para Belo Horizonte com o restante do grupo. Bruno Mezenga e Gil foram os escolhidos pela comissão técnica.


Do comandante do vôo à torcida mineira, Fla é bem recebido em Belo Horizonte

A delegação do Flamengo foi recepcionada no fim da noite desta sexta-feira por mais de 400 torcedores no aeroporto de Confins, em Minas Gerais. Nem mesmo o atraso de pouco mais de uma hora fez os rubro-negros desistirem de ver seus ídolos de perto.

Rodrigo Benchimol/GLOBOESPORTE.COM

Torcedores do Fla em Belo Horizonte cercam o ônibus que levou a delegação rubro-negra para o hotel

O vôo estava previsto para chegar por volta das 22h em Belo Horizonte, mas só chegou por volta de 23h15 desta sexta-feira. Segundo o comandante, que admitiu ser flamenguista, o atraso aconteceu pelo intenso tráfego aéreo no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

- Estou honrado com a presença do meu time no vôo. Que faça um ótimo jogo. Sucesso! – disse o comandante, assim que o avião pousou em Confins.

Mas o carinho que o time recebeu não foi só esse. Segundo um policial militar, mais de 400 rubro-negros esperavam o time no local. Adriano, Petkovic e Bruno foram os mais festejados e só conseguiram entrar no ônibus com a ajuda de muitos seguranças.

- Pet, você é a nossa esperança contra o Galo – disse repetidamente um torcedor.

Cerca de 20 carros ainda seguiram o ônibus rubro-negro até o hotel onde a delegação do Flamengo está hospedada em Belo Horizonte. Na tarde deste sábado, o time faz um treino no CT do América-MG. O Flamengo enfrenta o Atlético-MG, domingo, às 16h, no Mineirão.

Futsal: Fla bate o São José e segue vivo na Taça Brasil

Menos de 24 horas depois de sofrer uma virada na estreia contra o Minas, quando chegou a abrir 2 a 0 e acabou perdendo por 3 a 2, o Flamengo se recuperou na Taça Brasil de Futsal pagando na mesma moeda. O adversário, porém, era o outro: o São José. A equipe paulista terminou o primeiro tempo com vantagem de dois gols no placar, mas na etapa final, os rubro-negros conseguiram a virada, com dois gols de Silva e um de Gabriel, e saíram do Ginásio Presidente Ciro II com seus primeiros três pontos na competição.

O jogo desta sexta foi tão movimentado como o da última quinta-feira. As duas equipes não mediram esforços para abrir o placar. Jogando de maneira ofensiva, o Flamengo teve boas chances, mas quem fez o primeiro foi o São José, com Lucas, aos nove minutos. O gol animou os donos da casa, que ampliaram aos 23, com Keke. Quando parecia que o time da Gávea ia sentir o golpe, veio a virada.

O empate aconteceu em menos de um minuto. Silva e Gabriel marcaram aos 26 e 28 minutos, respectivamente, e recolocaram o Mengão no jogo, que a partir de então, ficou tenso. E quem decidiu o jogo a favor do Rubro-Negro foi o ala Silva, que já havia sido um dos heróis do título estadual do Flamengo no ano passado. A dois minutos do apito final, ele marcou mais um, dando números finais ao jogo: 3 a 2. Pouco depois, foi expulso, mas não dava tempo para mais nada.

A vitória mantém as chances de classificação do Flamengo para a fase final da Taça Brasil. No entanto, a situação do time rubro-negro não é fácil. A equipe do técnico Cid Escarlate, além de ter que vencer o Jardim Limoeiro e o São Paulo, precisa torcer contra o Minas, que precisa de apenas um empate em sua próxima partida, contra o próprio São Paulo, para garantir a única vaga do Grupo B.

Ficha Técnica


Flamengo 3 x 2 São José

Data: 06-11-2009 às 20h30
Local: Ginásio Presidente Ciro II, em São Paulo-SP

Arbitragem: Arnaud Agostinho Cordeiro Filho / ES e Maurício Antônio Lopes / MG

Flamengo: Rafael, Michel, Magrão, Panazio e Gabriel. Entraram: Breno, Leco, Arthur, Xandó, Silva, Henrique e Jaxwel. Técnico: Cid Escarlate.

São José: Pezão, Jojo, Keke, Lucas e Wesley. Entraram: Velloso, Max, João Paulo, Jonas e Alan. Técnico: Ricardo Denser.

Gols: Lucas (SAO) aos 9', Keke aos 23', Gabriel aos 28' e Silva aos 26 e 38 minutos.


Feijoada do Mengão



A "Feijoada do Mengão" está de volta. O evento acontecerá neste sábado, 7 de novembro, na Rua Rui Barbosa, nº 170, no bairro do Flamengo (Salão Nobre). O esoaço abre ao meio-dia e fica aberto até 16h30, em meio a uma roda de samba com o grupo Karta Marcada, a bateria da Mangueira, Nem da Tia Doca e Gilsinho da Portela.

Mais informações

NEXTEL (21) 7813.38.39 -ID. 43225 "João Zona Sul"



Confira a tabela e a classificação do NBB

Organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB), o Novo Basquete Brasil (NBB) reúne 14 equipes, que se enfrentam em turno e returno. As quatro melhores garantem vaga direta nos playoffs. Já as outras quatro vagas serão decididas em um mata-mata classificatório entre os times que ficarem do quinto ao 12º lugar. Confira a classificação e a tabela do primeiro turno.

Classificação
Posição Equipe J V D Pontos
1 Brasília 2 2 0 4
2 Flamengo 2 2 0 4
3 Palmeiras/Araraquara 1 1 0 2
4 Joinville 1 1 0 2
5 Minas 1 1 0 2
6 São José 1 1 0 2
7 Franca 1 1 0 2
8 Paulistano 2 0 2 2
9 Saldanha da Gama 2 0 2 2
10 Assis 1 0 1 1
11 Vila Velha/Cetaf 1 0 1 1
12 Bauru 1 0 1 1
13 Pinheiros 1 0 1 1
14 Londrina 1 0 1 1

1ª rodada
Data Horário Confronto Local
01/11 10h Pinheiros 92 x 98 Brasília São Paulo
01/11 11h Joinville 108 x 76 Londrina Joinville
01/11 11h Flamengo 99 x 70 Vila Velha/Cetaf Rio de Janeiro
01/11 11h São José 84 x 72 Saldanha da Gama São José dos Campos
01/11 11h Paulistano 85 x 88 Minas São Paulo
01/11 11h Palmeiras/Araraquara 76 x 69 Bauru Araraquara
01/11 11h Franca 74 x 63 Assis Franca

2ª rodada
Data Horário Confronto Local
02/11 19h Paulistano 67 x 75 Brasília São Paulo
06/11 19h Flamengo 109 x 72 Saldanha da Gama Rio de Janeiro
08/11 10h Franca x Bauru Franca
08/11 11h São José x Vila Velha/Cetaf São José dos Campos
08/11 11h Pinheiros x Minas São Paulo
08/11 11h Palmeiras/Araraquara x Assis Araraquara

3ª rodada
Data Horário Confronto Local
15/11 10h Joinville x Flamengo Joinville
15/11 11h Bauru x Assis Bauru
15/11 11h Brasília x Franca Brasília
15/11 11h Minas x Palmeiras/Araraquara Belo Horizonte
15/11 11h Saldanha da Gama x Pinheiros Vitória
15/11 11h Vila Velha/Cetaf x Paulistano Vila Velha
15/11 11h Londrina x São José Londrina

4ª rodada
Data Horário Confronto Local
22/11 10h Minas x Franca Belo Horizonte
22/11 11h Brasília x Palmeiras/Araraquara Brasília
22/11 11h Saldanha da Gama x Paulistano Vitória
22/11 11h Vila Velha/Cetaf x Pinheiros Vila Velha
22/11 11h Londrina x Flamengo Londrina
22/11 11h Joinville x São José Joinville

5ª rodada
Data Horário Confronto Local
27/11 20h São José x Flamengo São José dos Campos
27/11 20h Paulistano x Joinville São Paulo
27/11 20h Pinheiros x Londrina São Paulo
27/11 20h Palmeiras/Araraquara x Vila Velha/Cetaf Araraquara
27/11 20h Franca x Saldanha da Gama Franca
27/11 20h Assis x Minas Assis
27/11 20h Bauru x Brasília Bauru

6ª rodada
Data Horário Confronto Local
29/11 10h Paulistano x Londrina São Paulo
29/11 11h Pinheiros x Joinville São Paulo
29/11 11h Palmeiras/Araraquara x Saldanha da Gama Araraquara
29/11 11h Franca x Vila Velha/Cetaf Franca
29/11 11h Assis x Brasília Assis
29/11 11h Bauru x Minas Bauru

7ª rodada
Data Horário Confronto Local
05/12 10h Minas x Brasília Belo Horizonte
06/12 11h Saldanha da Gama x Bauru Vitória
06/12 11h Vila Velha/Cetaf x Assis Vila Velha
06/12 11h Londrina x Franca Londrina
06/12 11h Joinville x Palmeiras/Araraquara Joinville
06/12 11h Flamengo x Pinheiros Rio de Janeiro
06/12 11h São José x Paulistano São José dos Campos

8ª rodada
Data Horário Confronto Local
10/01 11h Saldanha da Gama x Assis Vitória
10/01 11h Vila Velha/Cetaf x Bauru Vila Velha
10/01 11h Londrina x Palmeiras/Araraquara Londrina
10/01 11h Joinville x Franca Joinville
10/01 11h Flamengo x Paulistano Rio de Janeiro
10/01 11h São José x Pinheiros São José dos Campos

9ª rodada
Data Horário Confronto Local
15/01 20h Pinheiros x Paulistano São Paulo
15/01 20h Palmeiras/Araraquara x São José Araraquara
15/01 20h Franca x Flamengo Franca
15/01 20h Assis x Joinville Assis
15/01 20h Bauru x Londrina Bauru
15/01 20h Brasília x Vila Velha/Cetaf Brasília
15/01 20h Minas x Saldanha da Gama Belo Horizonte

10ª rodada
Data Horário Confronto Local
17/01 11h Palmeiras/Araraquara x Flamengo Araraquara
17/01 11h Franca x São José Franca
17/01 11h Assis x Londrina Assis
17/01 11h Bauru x Joinville Bauru
17/01 11h Brasília x Saldanha da Gama Brasília
17/01 11h Minas x Vila Velha/Cetaf Belo Horizonte

11ª rodada
Data Horário Confronto Local
22/01 19h Paulistano x Franca São Paulo
22/01 20h Vila Velha/Cetaf x Saldanha da Gama Vila Velha
22/01 20h Londrina x Minas Londrina
22/01 20h Joinville x Brasília Joinville
22/01 20h Flamengo x Bauru Rio de Janeiro
22/01 20h São José x Assis São José dos Campos
22/01 20h30m Pinheiros x Palmeiras/Araraquara São Paulo

12ª rodada
Data Horário Confronto Local
24/01 11h Londrina x Brasília Londrina
24/01 11h Joinville x Minas Joinville
24/01 11h Flamengo x Assis Rio de Janeiro
24/01 11h São José x Bauru São José dos Campos
24/01 11h Paulistano x Palmeiras/Araraquara São Paulo
24/01 11h Pinheiros x Franca São Paulo

13ª rodada
Data Horário Confronto Local
29/01 20h Franca x Palmeiras/Araraquara Franca
29/01 20h Assis x Pinheiros Assis
29/01 20h Bauru x Paulistano Bauru
29/01 20h Brasília x São José Brasília
29/01 20h Minas x Flamengo Belo Horizonte
29/01 20h Saldanha da Gama x Joinville Vitória
29/01 20h Vila Velha/Cetaf x Londrina Vila Velha

14ª rodada
Data Horário Confronto Local
31/01 11h Assis x Paulistano Assis
31/01 11h Bauru x Pinheiros Bauru
31/01 11h Brasília x Flamengo Brasília
31/01 11h Minas x São José Belo Horizonte
31/01 11h Saldanha da Gama x Londrina Vitória
31/01 11h Vila Velha/Cetaf x Joinville Vila Velha

Marcelinho teme por falta de acordo e volta a citar greve: 'Vamos ter problema'

Dois jogos, duas vitórias incontestáveis. Atual campeão do NBB, o Flamengo começou bem sua luta pelo bicampeonato da competição. Mas se em quadra tudo parece dar certo, fora dela a equipe rubro-negra se aproxima cada vez mais de uma crise. Nesta sexta-feira, após a vitória sobre o Saldanha da Gama, o ala Marcelinho voltou a falar sobre a possibilidade de uma greve coletiva antes da partida contra o Joinville, na próxima rodada, devido aos atrasos de salário e à demora para a assinatura do contrato referente à temporada 2009/10.

- A diretoria se reuniu, e nós estamos esperando assinar o contrato até quarta-feira. Na terça, vamos nos reunir com o supervisor (André Guimarães) para saber qual é a posição do clube. Se não houver acordo, aí nós vamos ter problemas. Existe a possibilidade de não viajarmos porque achamos que já deu muito tempo para esse contrato ser formalizado e assinado. Pagamento a gente pode relevar por um tempo, mas o contrato não. Ele é nossa garantia – afirmou.

O armador Fred seguiu a mesma linha e endossou as palavras do capitão do time rubro-negro.

- Nós vamos conversar essa semana. Estamos pensando nisso (não ir a Joinville). Uma coisa é você não receber o dinheiro, outra é não ter contrato. É só colocar a cláusula que está faltando e assinar. Não vejo mistério. Ele é muito importante por uma questão de segurança, para podermos jogar com a cabeça tranquila.

A partida contra o Joinville no dia 15, também marcará o reencontro de Marcelinho com a equipe catarinense. No último confronto, válido por um torneio amistoso pré-NBB, o ala se negou a sair da quadra após ser expulso, o que causou o encerramento da partida. Ele e Shilton acabaram sendo julgados pela confusão e terão de cumprir suspensão em amistosos.

- Aquilo para mim é passado. Eu tenho que pensar para frente. E temos que jogar bem, porque vai ser um jogo difícil. São duas grandes equipes que sempre que se enfrentam fazem grandes partidas.

Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!