sábado, 27 de março de 2010

Com força máxima, Flamengo encara o embalado América no Engenhão

Campeonato Carioca

Classificação até 27/03/2010

Taça Rio

GRUPO 1 P J V E D GP GC S %
1Flamengo 16 6 5 1 0 16 4 12 88
2Fluminense 16 6 5 1 0 16 5 11 88
3Bangu 13 7 4 1 2 12 9 3 61
4Boavista 9 6 3 0 3 10 8 2 50
5Duque de Caxias 9 6 3 0 3 5 5 0 50
6Olaria 9 7 3 0 4 5 9 -4 42
7Americano 8 7 2 2 3 9 12 -3 38
8Volta Redonda 6 6 2 0 4 7 8 -1 33

GRUPO 2 P J V E D GP GC S %
1Botafogo 13 6 4 1 1 11 6 5 72
2América-RJ 11 6 3 2 1 9 6 3 61
3vasco 9 6 3 0 3 7 6 1 50
4Macaé 9 6 3 0 3 10 10 0 50
5Tigres-RJ 6 7 2 0 5 8 12 -4 28
6Resende 6 7 2 0 5 5 17 -12 28
7Friburguense 4 6 1 1 4 6 12 -6 22
8Madureira 4 7 1 1 5 4 11 -7 19


Flamengo x América


Ficha técnica

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 28 de março de 2010 (Domingo)

Horário: 16h(de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Dibert Moises (RJ) e Flávio da Silva (RJ)

Flamengo: Bruno; Leonardo Moura, David, Fabrício e Juan; Maldonado, Willians Kléberson e Petkovic; Vágner Love e Adriano
Técnico: Andrade

América-RJ: Roberto; Claudemir, Fábio Braz, Luciano Almeida e Gerson; Júnior, Mael, Bruno Reis e Jones Carioca; Adriano e Paty
Técnico: Gabriel Vieira

Fla perde e cai para terceiro no Estadual Sub-20

A situação do time de juniores do Flamengo no Campeonato Carioca da categoria ficou complicada neste sábado (27.03). Os rubro-negros perderam o clássico com o Botafogo, em Caio Martins, por 3 a 2, enquanto seus principais rivais na luta pelo título ( Flu e vasco) venceram seus confrontos nesta rodada. Ao final desta jornada, a equipe da Gávea ocupa o terceiro lugar da Taça Guanabara, com 26 pontos ao lado do Alvinegro. O Flu lidera, com 29, e o vasco é o segundo, com 28.

A partida começou com ambas as equipes buscando o resultado, afinal, o confronto era o chamado jogo de seis pontos. Quem vencesse, além de ganhar três pontos, tiraria do adversário a possibilidade de conquistá-los. E foi o Botafogo quem largou na frente, ainda no primeiro tempo. Mas, Vinícius Paquetá, em tarde inspirada, empatou o placar. Antes do intervalo, no entanto, os donos da casa reassumiram a ponta e foram para o vestiário vencendo por 2 a 1.

Na volta para o segundo tempo, os alvinegros ampliaram e complicaram a situação rubro-negra. A estrela de Paquetá brilhou mais uma vez, aos 37 da etapa final, e o Flamengo descontou: 3 a 2. A partir daí, o time do técnico Armênio Moura lançou-se ao ataque para buscar o empate, mas não conseguiu. O Fla entrou em campo com Marcelo Carné, Galhardo, Henrique, Marlon e Jorbison; João Vitor, Maicon, Guilherme e Dieguinho; Paquetá e Dudu.

Desfalque

O Flamengo não contou com um dos destaques da equipe neste clássico. Saba, que já havia ficado de fora do jogo contra o vasco, no meio de semana, também não enfrentou o Botafogo . O jogador sofreu um pisão no amistoso de quinta-feira, em Brasília, e foi vetado para a partida.

"Em Brasília, senti um pouco de dor, mas nada demais. Depois, quando passou o tempo, piorou, meu pé inchou... O doutor Gustavo me examinou e acabei tendo que ficar de fora do jogo", explicou o meia.

FOTOS: Andrade vira fotógrafo e registra imagem de Adriano com fã na Gávea

Após o animado treino deste sábado na Gávea, Andrade e Adriano atenderam aos torcedores presentes. Para agradar a uma torcedora, o treinador pegou o seu filho de colo e pediu ao Imperador para que tirasse uma foto segurando ele. Se isso não bastasse, a mãe ainda deu a máquina para Andrade tirar a foto.

- Tem de fazer um pouquinho de tudo. Ser treinador, fotógrafo, psicólogo de vez em quando. Mas vale tudo para deixar o torcedor feliz. Até tirar foto do Adriano - brincou o técnico.

Rodrigo Benchimol/GLOBOESPORTE.COM

Técnico Andrade dá uma de fotógrafo e registra imagem de fã com Adriano na Gávea

Adriano foi um dos jogadores mais animados e que mais trabalharam neste sábado. Após o tradicional rachão (que seu time perdeu), o Imperador foi um dos últimos a deixar o campo depois de treinar finalizações ao lado de Andrade. Na hora de atender aos torcedores, sobrou paciência. Até mesmo na hora em que um deles jogou uma camisa que caiu na sua cabeça.

Rodrigo Benchimol/GLOBOESPORTE.COM

Adriano e Andrade distribuem autógrafos depois do treino deste sábado na Gávea



Andrade descarta quarteto com Adriano, Love, Petkovic e Vinícius Pacheco

A disputa por uma vaga entre os titulares vem sendo travada entre Vinícius Pacheco e Petkovic desde o início do ano. Contra o América, domingo, no Engenhão, Andrade optou pelo retorno do camisa 22, com o sérvio ficando no banco. Mas muitos torcedores gostariam de ver os dois jogadores juntos em campo, formando um quarteto com Adriano e Vagner Love.

Mas o rubro-negro que tiver esse sonho deve perder as esperanças. Andrade explicou, na última sexta-feira, que a possibilidade disso acontecer é praticamente inexistente. A não ser que seja uma situação de jogo, quando o time estiver precisando de um resultado. Caso contrário, o treinador considera que o Flamengo ficaria mais vulnerável na marcação.

- Futebol, de um tempo para cá, não se joga só com a bola. Tenho dois atacantes (Adriano e Love) que não são de muita marcação. Só o Love ajuda um pouco. Mas não posso pedir que eles corram atrás de lateral. Se eu escalar dois jogadores sem vocação (para a marcação), fica complicado. Não quer dizer que em uma emergência, eles não joguem. Mas em uma situação normal tem de saber jogar sem a bola. Muita gente sem marcar sobrecarrega os volantes - disse Andrade, que também pensa a longo prazo.

- De repente, para enfrentar um time pequeno, eu poderia até testar essa formação. Mas vou jogar contra um Palmeiras assim? É meio suicídio essa formação - explicou o treinador.

Uma outra situação que também gera discussão entre os torcedores é com relação ao sistema defensivo. Com a ausência de Álvaro, com uma torção no joelho esquerdo, David ganhou uma chance entre os titulares ao lado de Fabrício. Perguntado se essa atual dupla de zaga poderia se tornar a titular quando Álvaro voltar, Andrade deu a entender que não. Mas também não descartou a possibilidade com o argumento de que quem estiver melhor vai jogar.

- São dois grandes jogadores, mas no futebol o ideial é mesclar experiência com juventude. Lembro do time de 87, que tinha jovens como Zinho, Ailton, Jorginho, Leonardo... Um grande time se faz com juventude e experiência. O Flamengo vinha jogando com o Álvaro e o Fabrício: um com uma rodagem boa e um garoto começando. Mas não tenho receio usar Fabrício e David. O futuro acaba determinando quem joga - explicou Andrade.

O Flamengo enfrenta o América, às 16h (horário de Brasília) deste domingo, no Engenhão.

Andrade e Vagner Love afirmam que preferem os jogos do Fla no Maracanã

O retrospecto rubro-negro no Engenhão é digno de deixar qualquer torcedor feliz. Mas não por causa disso que o Maracanã ganhou na preferência de Vagner Love e Andrade. Os dois ressaltaram as qualidades do estádio onde o Flamengo enfrenta o América, neste domingo. Mas deixaram claro que é no Maior do Mundo onde o time prefere jogar.

O Flamengo está invicto jogando no Engenhão. Na história do clube, foram sete jogos no estádio: 6 vitórias e um empate (no último clássico contra o Botafogo), com 18 gols marcados e apenas 5 gols sofridos. Mesmo assim, Andrade elogiou que é em outro lugar que o time e o torcedor se sentem mais à vontade.

- O ideal é jogar no Maracanã. O Engenhão é uma segunda opção. Não acredito muito nesse negocio de superstição, de que está dando certo... Não espero que um lugar traga sorte. É tudo trabalho. Engenhão é um bom estádio, mas prefiro jogar no Maracanã – disse o técnico, lembrando que o fato de a dimensão do campo do Maracanã ser maior ajuda o seu time.

Vagner Love também defendeu a mesma opinião e levou em consideração as facilidades para os torcedores. E apontou este fator como uma das causas do pouco público nos últimos jogos do Flamengo.

- A torcida está acostumada com o Maracanã, ir lá e apoiar. Essa mudança às vezes dificulta o torcedor. O acesso (ao Engenhão) não é muito bom. Muita gente reclama do estacionamento, que é difícil chegar... Quando o jogo é no Maracanã a torcida vai mais. É muito bom para ela e para os jogadores também – afirmou Love.


Love sobre dupla com Adriano: ‘Estamos provando que está dando certo’

Amigos dentro e fora de campo, Vagner Love e Adriano mantêm a mesma relação sadia por mais que estejam brigando pela artilharia do Carioca. Essa disputa, na verdade, serviu até mesmo para o camisa 9 da Gávea fazer uma espécie de desabafo aos que disseram, na época em que foi contratado, que a dupla não daria certo por terem características parecidas.

Marcia Feitosa/Vip.com

Andrade conversa com os artilheiros do Carioca, Adriano e Vagner Love

Mas o tempo, o desempenho da dupla e os seus números conseguiram provar que estes críticos se enganaram. Pelo menos é isso que Love deixou claro na entrevista coletiva que ele concedeu na última sexta-feira, na Gávea.

- Muita gente questionou este ataque. Estamos provando dentro de campo que ele está dando certo. É bom ter esses gols e esses números - disse o atacante, que lidera a artilharia do Carioca com 11 gols.

Logo atrás dele vem Adriano, com 10. Mas os números mencionados por Love não são apenas estes. Dos 54 gols marcados pelo Flamengo em 2010 (contando o Carioca e a Libertadores), 24 (ou 54,5%) foram feitos pelo Império do Amor. Coincidência ou não, as únicas duas derrotas rubro-negras no ano (Botafogo, na semifinal da Taça Guanabara, e Universidad de Chile, em Santiago) aconteceram em jogos em que um dos integrantes da dupla não marcou gol.

Além do entrosamento confirmado pelos números, a intenção de Love e de Adriano é igual com relação à artilharia do Carioca.

- Espero que ele continue sendo meu adversário na artilharia e que eu e ele continuemos fazendo gols. Quem sai beneficiado é o Flamengo. Seria muito bom se o Flamengo ganhasse o título com os dois como artilheiro da competição - disse Vagner Love.

O Império do Amor estará em campo contra o América, às 16h (horário de Brasília) de domingo, no Engenhão.

Marketing do Fla comemora acerto sobre o Maracanã

O departamento de marketing do Flamengo comemorou o acordo entre Ferj, Suderj e BWA para a sequência dos jogos no Maracanã. Isso porque, na busca por patrocinadores, argumentos são baseados no público médio no estádio. Na medida em que as partidas migrassem para o Engenhão, menor e mais distante do centro, a tendência seria de negócios com valores abaixo do projetado.



Fla e Flu podem garantir neste sábado a classificação para a semifinal da Taça Rio

Flamengo e Fluminense podem ter suas respectivas vagas matematicamente garantidas na semifinal da Taça Rio antes mesmo de entrarem em campo nesta sétima rodada. Neste sábado, às 16h, em Moça Bonita, o Bangu enfrenta o Tigres. Se empatar ou perder, a equipe não terá mais chances de ultrapassar rubro-negros ou tricolores no Grupo A do Carioca.

Fla e Flu têm 16 pontos, seis a menos que o Bangu. O time vermelho e branco precisa vencer seus dois próximos jogos, torcer por duas derrotas seguidas de um dos rivais, e ainda por cima tirar uma desvantagem considerável no saldo de gols. Atualmente, o saldo do Bangu é de dois gols. O do Fluminense é 11. O líder Flamengo tem 12.

Para o Tigres, o jogo é decisivo na luta contra o rebaixamento. O time do técnico Sorato é o vice-lanterna na classificação geral, com apenas nove pontos no somatório dos dois turnos. O lanterna é o Resende, que tem os mesmos nove pontos, mas perde nos critérios de desempate. Os dois piores colocados na classificação geral caem para a Série B do Rio.

O adversário do Resende neste sábado é o Olaria, também às 16h. No mesmo horário, outro jogo importante na luta contra a queda: Madureira x Americano. O time de Campos tem 10 pontos no somatório geral.

Confira toda os jogos da sétima rodada da Taça Rio:

Sábado - 27/3

16h - Bangu x Tigres

16h - Volta Redonda x Friburguense

16h - Resende x Olaria

16h - Madureira x Americano

Domingo - 28/3

16h - Flamengo x América

16h - Macaé x Caxias

18h30 - Vasco x Fluminense

Segunda - 29/3

19h30 - Boavista x Botafogo

Conmebol descarta vaga para Libertadores pela Sul-Americana

A Conmebol ainda trata com cautela a possibilidade de dar uma vaga na Copa Libertadores da América ao vencedor da Copa Sul-Americana do ano anterior. O jornal O Globo anunciou nesta sexta-feira que a entidade estudava a possibilidade, mas a Conmebol explicou que ainda não há proposta oficial para a adoção da nova regra.

"Ainda não temos nada sobre isso. Quem pode fazer esta proposta são as confederações e federações, não a própria Conmebol", explicou Nestor Benítez, porta-voz da entidade, em contato com o Terra. "Oficialmente, não há proposta. Sempre há a possibilidade de alguém fazê-la, mas por enquanto, não há nada sobre o assunto", completou.

Ainda segundo a Confederação Sul-Americana de Futebol, os representantes das confederações que integram a entidade irão se reunir em congresso técnico no próximo dia 28 de abril, data na qual os interessados poderão até fazer tal proposta. "Mas não sei se vão tratar de tal assunto", explicou Benítez.

O porta-voz da Conmebol explicou ainda que as propostas não podem ser feitas pelos clubes, ainda que eles tenham a possibilidade de agir indiretamente. "Pode ser o caso de falarem com as federações, e elas fazerem a proposta. Mas não fazem solicitações diretamente", completou.

Os clubes brasileiros vêm de duas finais consecutivas de Copa Sul-Americana, conquistando o título com o Internacional (2008) e ficando com o vice do Fluminense (2009). Apesar de tratada com desdém, a competição apresenta retrospecto recente ligeiramente melhor no período para os clubes do Brasil, que perderam duas finais de Libertadores em 2008 e 2009.

Nova camisa do vasco é a mais vendida na casa dos mortos

arte1

Big Brother Brasil 10



Quem deve sair da casa? Vote no Paredão!

Flamengo é derrotado pelo Bauru e perde liderança do NBB para o Brasília

Tropeço do Flamengo no interior de São Paulo. Na prorrogação, a equipe carioca perdeu para o Bauru por 108 a 105 e caiu da liderança do NBB nesta sexta-feira. Liderados por Larry Taylor, o time da casa fez a alegria da torcida e do Brasília, que assumiu a primeira colocação da tabela com a derrota do rival.

Marcelinho e Duda foram os cestinhas do jogo, com 25 pontos. Mas nem mesmo o desempenho dos irmãos Machado foi capaz de superar a boa atuação do armador Larry, que terminou a partida com 24 pontos e nove assistências e levou o Bauru à vitória. Assim como ele, o pivô Jeff Agba ajudou a equipe paulista, deixando a quadra com um duplo-duplo ao somar 18 pontos e 10 rebotes.

- Foi um jogo histórico. Não só pela vitória, mas o momento da competição, a superação de sair da adversidade e vencer na prorrogação ninguém menos que o líder do campeonato. Uma vitória dessas consagra o projeto Bauru - disse o técnico do Bauru, Guerrinha

O Flamengo volta à quadra neste domingo, às 11h, contra o Assis. Já o Bauru enfrentará o São José, no mesmo dia e horário.


sexta-feira, 26 de março de 2010

Flamengo participará da Hora do Planeta 2010



Programação do futebol

Depois de um mês, o Flamengo volta a ter uma semana inteira para trabalhar entre os dias 29 de março e 4 de abril. Todas as atividades serão na Gávea. O time folga na segunda-feira e enfrenta o Friburguense no domingo.

Confira a programação do departamento de futebol.

Segunda-feira
Folga

Terça-feira
15h30 - Gávea

Quarta-feira
9h - Gávea
15h30 - Gávea

Quinta-feira
15h30 - Gávea

Sexta-feira
15h30 - Gávea

Sábado
15h30 - Gávea

Domingo
16h - Friburguense x Flamengo


Paes: Engenhão não tem problemas de estrutura e torcedores não correm risco. Será?

  1. O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, se reuniu nesta sexta-feira com o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, e representantes de empreiteiras que participaram da construção do Engenhão para discutir os problemas existentes no local. Após o encontro, Paes, que chegou a dizer anteriormente que pensava em punir os responsáveis, afirmou que o estádio João Havelange não possui danos estruturais, e, desta forma, não oferece risco aos torcedores.

O prefeito informou ainda que foi feita uma lista com o que precisa ser melhorado no estádio, mas alegou não ter conhecimento técnico para entrar em detalhes.

- Nenhum dos problemas do Engenhão é de ordem estrutural. Não há risco para os torcedores, que são a nossa maior preocupação. Os problemas que existem serão resolvidos na velocidade certa. Há uma lista deles pronta. Esse foi o entendimento que tivemos nesta reunião. As empreiteiras têm mostrado boa vontade, até porque o Engenhão é uma grande vitrine - disse Eduardo Paes.

Maurício Assumpção mostrou-se feliz com o desfecho da encontro. O presidente alvinegro disse que agora ficou mais claro o que é responsabilidade do Botafogo e o que é papel das empreiteiras. Eduardo Paes, anteriormente, não descartava nem a possibilidade de o clube perder o direito de explorar o estádio.

- Saio deste encontro extremamente satisfeito. A intervenção do prefeito foi fundamental, melhorou a comunicação. Agora acertamos os ponteiros. A responsabilidade de administrar o Engenhão é grande, e agora todos sabem seu papel. Fico feliz em saber que o prefeito entende que o Botafogo está fazendo a sua parte - disse Assumpção.

Paes disse que o Alvinegro receberá um manual para auxiliá-lo na administração do Engenhão. Ele afirmou também que o Botafogo não tem nenhum débito com a prefeitura.

- É importante que o Botafogo saiba exatamente como fazer. Uma parte é de responsabilidade de quem fez (empreiteiras), e a outra é de quem usa (Botafogo). E esclareço também que o clube está em dia com os pagamentos, além de ter contratado uma equipe de manutenção. Estamos tranquilos quanto a isso.

Entenda o caso

Na última terça-feira, 23 de março, em nota publicada na coluna de Ancelmo Gois, no jornal "O Globo", foi divulgado que o Engenhão estaria com problemas estruturais, informação confirmada pelo Botafogo, que detém a concessão do estádio por 20 anos - três já foram cumpridos.

O clube revelou que enviara no dia 3 de abril de 2009 um relatório listando 30 defeitos de infraestrutura e manutenção, como falhas de projeto e infiltrações, que atingem as casas de máquinas dos elevadores, causando risco de curto-circuito, e juntas de dilatação que sustentam a estrutura.

Uma cópia do ofício chegou à Rio Urbe, que a encaminhou para o Tribunal de Contas do Município - o documento teria passado inclusive pela Superintendência de Patrimônio Imobiliário da Secretaria municipal de Fazenda, organizadora da licitação e que entregou ao Botafogo a administração do Engenhão por duas décadas, na época em que o prefeito era Cesar Maia.
De acordo com a reportagem de "O Globo", o ofício foi arquivado pelo TCM.

Andrade tenta corrigir Vinícius no grito

Andrade não só confirmou como justificou a opção por Vinícius Pacheco e Toró entre os titulares para enfrentar o América, domingo, às 16h, no Engenhão. O treinador explicou porque barrou Petkovic e Maldonado. A questão física não foi levada em conta, já que semana que vem o Flamengo não joga.

Segundo o treinador, Pacheco foi escolhido por dar mais velocidade ao time. A decisão, no entanto, promete deixar Andrade sem voz: para o comandante, o meia precisa melhorar a concentração durantes os jogos para se firmar como titular.

- Vinícius é assim desde a base. Ele só funciona à base de gritos. Tem de ser assim, à base do tranco, do empurrão: “vamos, Vinícius, acorda”. Chego a ser chato. Até minha esposa me cobrou que eu estava sendo chato com ele. Mas ele é assim, se desliga do jogo, toca e fica (parado) como se fosse volante. Tenho de orientá-lo até o dia em que não precisar mais. Até brinco com ele: “estou dando o caminho mais fácil e você quer o mais longo? Quer ir pelos espinhos?”. Ele está entendendo que jogar pelos lados do campo é mais fácil. O futebol atual pede jogador com dinâmica e velocidade. Ele tem tudo isso. Se fizer tudo o que estou pedindo, será o titular – disse Andrade.

A justificativa para a volta de Toró, que cumpriu suspensão contra o Tigres, foi por estar com mais ritmo de jogo que Maldonado.

- Temos cinco jogadores para três posições: Willians, Maldonado, Toró, Kleberson e Fernando. Vamos buscar o que é o ideal para o Flamengo, sem cometer injustiça. Vamos dar tempo ao tempo, que ele se encaminha de acertar as coisas. Hoje eu pensei nos que vinham jogando. Mas não quer dizer que não posso usar o Maldonado. Só não sei no lugar de quem ainda – disse o técnico.

Além das explicações sobre as escolhas para enfrentar o América, Andrade também deixou claro duas outras questões: quais são os seus critérios para escalar o time e o motivo que o levou a não poupar jogadores neste confronto.

- Uso o critério independentemente do nome (do jogador). Tenho de buscar o que é o melhor para o Flamengo. Às vezes tem um (jogador) de nome, mas outro garoto está rendendo mais. É um critério mais justo para todos e vou estar sendo coerente. Posso até cometer erros, pois sou humano, mas procuro dar oportunidade para todos, independentemente de idade ou outra coisa – disse o técnico.

Segundo ele, a possibilidade de prejudicar o Vasco jamais foi discutida na Gávea.

- Penso só em ganhar o jogo para ser o primeiro da chave. Perderia a seriedade do futebol se isso acontecesse. Temos de ir a campo e fazer nosso papel – justificou o treinador.

O Flamengo enfrenta o América, às 16h (horário de Brasília) de domingo, no Engenhão, com Bruno, Leonardo Moura, David, Fabrício e Juan; Toró, Willians, Kleberson e Vinícius Pacheco; Vagner Love e Adriano.


Vagner Love faz lobby por Ronaldinho Gaúcho no Fla: 'Ele tem o jeito carioca'

A opção por voltar ao Brasil no segundo semestre do ano passado não causou arrependimento em Vagner Love. Nem mesmo a perda de privacidade e de ter visto seu nome em manchetes policiais fizeram o atacante mudar de opinião. Tanto que ele fez lobby pela vinda de Ronaldinho Gaúcho para o Flamengo. O camisa 9 revelou que o jogador do Milan lhe confidenciou o desejo de vestir um dia a camisa rubro-negra. E brincou com a possível formação de um trio com Adriano e Ronaldinho Gaúcho.

- Ele já falou uma vez que, não sei se agora ou mais pra frente, quer jogar pelo Flamengo. Ele acha a torcida maravilhosa e comentou rápido. Tomara que ele venha. E tomara que eu arrume alguma briguinha (lá na Rússia) para eu continuar no Fla. Seria um trio legal. Nem nem sei como iriam chamar, mas seria bem legal. Ele (Ronaldinho Gaúcho) tem um pouco do jeito do carioca. Então poderia ser o Império do Amor Carioca – brincou Vagner Love, que tem contrato com o Flamengo até julho.

De acordo com o atacante, não há qualquer tipo de sentimento negativo em relação à volta ao futebol brasileiro. Mesmo depois de seu nome ter aparecido nas páginas policiais. Ano passado, pelo Palmeiras, o jogador também passou por momentos delicados ao ser alvo da ira de torcedores.

- Apesar dos acontecimentos e de não ter tanta privacidade em muitas coisas fora de campo, mesmo assim não me arrependo. Estou feliz. Não sei se vou ficar muito tempo, porque tenho contrato (com o CSKA), mas está valendo muito a pena – disse o atacante.

Love citou os motivos de estar rendendo muito bem pelo Flamengo, após passagem discreta pelo Palmeiras no ano passado.

- Junta tudo: a alegria de estar em casa, estar no time de coração, mais próximo da família e dos amigos, readaptação...Quando voltei, não foi legal no começo. Agora já me readaptei ao clima, ao jeito jogar (do futebol brasileiro) e estou conseguindo fazer meu trabalho bem feito – explicou Love.

O Flamengo enfrenta o América domingo, às 16h, no Engenhão. Love está confirmado no time, já que Andrade optou por não poupar titulares.

Andrade deve escalar Fla completo, com Petkovic e Maldonado de volta ao banco

A possibilidade de poupar alguns titulares contra o América, domingo, às 16h, no Engenhão, foi praticamente descartada por Andrade. No coletivo desta sexta-feira, na Gávea, o treinador armou o time titular com o que ele considera a sua força máxima no momento. As novidades ficaram por conta dos retornos de Vinícius Pacheco e Toró. Com isso, Petkovic e Maldonado vão para o banco.

Pacheco parece ter vencido a disputa com o sérvio, que havia começado entre os titulares nos últimos dois jogos. Mas contra o Tigres, na última quarta-feira, Petkovic foi substituído pelo apoiador no intervalo. Toró, que cumpriu suspensão neste jogo, voltou entre ao time no lugar de Maldonado. Na zaga, David segue no lugar de Álvaro, que se recupera de torção no joelho esquerdo.

O volante chileno e Pet treinaram entre os reservas, que venceram os titulares por 3 a 0. O time foi completado por muitos juniores - parte do elenco disputou amistoso contra o Brasília, na última quinta-feira, no Distrito Federal. Michael, que não viajou por problemas no embarque, participou da atividade.

Os titulares jogaram com Bruno, Leonardo Moura, David, Fabrício e Juan; Toró, Willians, Kleberson e Vinícius Pacheco; Adriano e Vagner Love. O Flamengo enfrenta o América, às 16h (de Brasília) de domingo, no Engenhão.

Descontração

Antes de o coletivo começar, Adriano e Vagner Love se alongaram na grade em frente à área da imprensa. Os repórteres fotográficos aproveitaram a proximidade. Os atacantes brincaram com a situação.

- Essa foto está muito perto. Pior é que eles (fotógrafos) apertam essas máquinas uma vez e ela tira mais de dez fotos – brincou o Imperador.


David acredita que não terá problemas para renovar com o Flamengo

A diretoria do Flamengo segue conversando com alguns jogadores para mantê-los no clube. O meio-campo Petkovic já foi procurado e tem uma nova conversa agendada para a semana que vem. O zagueiro Álvaro e o volante Maldonado também faz parte dos planos dos dirigentes, assim como o zagueiro David.

O jogador, que agrada ao técnico Andrade, afirmou nesta sexta-feira já ter sido procurado pela diretoria. Para ele, não haverá problema em assinar sua renovação de contrato com o Rubro-negro.

- Já fui procurado pela diretoria para renovar o contrato e isso me deixa muito feliz. Espero que acerte logo e seja algo bom para mim e para o Flamengo - disse o zagueiro, em entrevista à Rádio Brasil.

David espera que o Panathinaikos, clube grego dono dos seus direitos econômicos, aceita a proposta rubro-negra.

- Estamos esperando o Panathinaikos se pronunciar, já que eles estão focados nas disputas dos torneio europeus, mas acredito que não exista problema algum para que eu permaneça - concluiu.

Flamengo se une a Koff; Teixeira, a Kleber

A presidente do Flamengo, Patricia Amorim, aceitou ser a vice na chapa de Fábio Koff. O outro candidato, Kleber Leite (foto) reagiu às críticas de são-paulinos sobre o fato de ter uma empresa de marketing. Distribuiu carta aos 20 sócios do C13 repudiando as insinuações de conflito de interesses.

Depois disse à coluna que sua candidatura nasceu do pedido de dois clubes, ao qual se somou o apoio “total e irrestrito” do presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Afirmou que por isso não cogita desistir e que confia que, até novembro, conseguirá convencer mais eleitores.

Basquete



A quatro rodadas para o fim da fase de classificação do Novo Basquete Brasil, o Flamengo precisa vencer seus dois compromissos deste fim de semana no interior paulista para atingir os playoffs na primeira colocação dependendo apenas de suas próprias forças. Na liderança da competição com 40 pontos, e com uma sequência de 15 vitórias em 16 partidas, sendo as últimas 11 consecutivas, o time do técnico Paulo Chupeta enfrenta Bauru nesta sexta-feira, às 20h, na Associação Luso Brasileira de Bauru, e Assis, domingo, às 11h, no ginásio Jairo Ferreira dos Santos.






Despedida com sabor de dever cumprido

Diego será treinado por Rogério Lourenço

O Flamengo não terá seu artilheiro nas últimas rodadas da Taça Guanabara de Juniores. Diego Maurício, que tem 11 gols na competição, viaja nesta sexta (26.03) para Barcelona e Dubai, onde disputa amistosos e torneios internacionais com a Seleção Brasileira Sub-19. O centroavante, no entanto, deixa o time com a sensação de dever cumprido, e confiante de que seus companheiros conseguirão manter a liderança e conquistar o título deste primeiro turno.

A partida contra o vasco, na última quarta-feira (24.03), foi a última de Diego antes do embarque. E não poderia ter sido melhor. Vitória na raça, de virada, por 2 a 1, que garantiu o Flamengo na liderança do Estadual Sub-20. E, é claro, com gol do artilheiro.

"Nós conversamos no intervalo do jogo e sabíamos que poderíamos sair da briga pelo título ou sermos guerreiros e virar o jogo. Todo mundo correu um pelo outro e conseguimos a vitória. Agora vou para a seleção de cabeça erguida e tranqüilo, com o time na liderança, e espero voltar com a equipe campeã", disse.

A viagem, no entanto, não faz Diego esquecer, nem por um segundo do Flamengo. Ele garante que irá manter contato constante com os companheiros para saber como está o time no Rio de Janeiro. Afinal, neste sábado, já tem clássico contra o Botafogo.

"Vou viajar com a seleção, mas vou estar sempre no MSN, no Orkut, twittando... Pra falar com a rapazeada e ver como está o time aqui. Eles me ajudaram muito, torceram por mim na seleção, e eu também torço por eles nessa reta final da Taça Guanabara", explicou.

Retribuição
O jogador revela ainda a importância do grupo rubro-negro em sua carreira. Segundo ele, a união deste elenco, dentro e fora de campo, é fundamental para o sucesso. E, com a amarelinha, ele espera retribuir todo o apoio que sempre teve na Gávea.

"Estou muito feliz com essa convocação, e espero fazer o melhor possível. Não só por mim, mas também pelos meus companheiros e pelo Flamengo. Quero representar bem o clube, porque esse grupo é maravilhoso de trabalhar. Agora é dar continuidade ao trabalho feito aqui e aproveitar essa chance", finalizou.



O dilema do meio-campo do Flamengo em 2010: Vinícius Pacheco ou Petkovic

Em oito dos 17 jogos do Flamengo em 2010, o técnico Andrade trocou Vinícius Pacheco por Petkovic ou vice-versa. Na partida contra o Tigres, quarta-feira, o sérvio começou, foi mal e deu lugar ao companheiro no intervalo. Vinícius aproveitou a chance, participou com desenvoltura de jogadas ofensivas e deu um gol de bandeja para Adriano. A alternância entre os dois cria dúvida para a próxima partida, domingo, contra o América.

Aos 37 anos, Pet iniciou o ano atrasado dos demais porque passou alguns dias a mais na Sérvia. Fora de forma, estreou na segunda rodada, mas saiu do banco de reservas. Fez um belo gol e indicou que repetiria neste ano o brilho do segundo semestre de 2009. Mas (ainda) não foi bem assim.

Titular contra o Fluminense, foi substituído quando o time perdia por 3 a 1. Além de o Flamengo virar o clássico para 5 a 3, Pet ainda abandonou o estádio no intervalo e entrou em confronto com o vice de futebol Marcos Braz.

O perdão aconteceu, mas a relação – de parte a parte – não foi mais a mesma. Depois de jogos e jogos no banco de reservas, recuperou a posição contra o Botafogo. Teve atuação regular. Antes do jogo contra o Tigres, deixou evidente que ainda se sente desconfortável com tudo o que viveu no clube neste ano. Segundo Vinícius, a mágoa não influência no relacionamento dos "rivais".

- Temos um relacionamento normal. No dia que ele voltou ao time me deu parabéns por tudo o que fiz. Quem vai resolver quem joga é o Andrade – disse Pacheco.

A “bondade” dele ao passar a bola para Adriano em vez de chutar a gol chamou a atenção. Acostumado à fama de garçom, o apoiador avisa que também gosta de fazer gol.

- Prefiro fazer gol, mas naquela jogada senti que ele estava melhor posicionado do que eu – afirmou.

Na véspera da partida, um leve puxão de orelha de Andrade o fez refletir. O técnico comentou em entrevista coletiva que Vinícius não cumprira suas ordens no jogo contra o Botafogo.

- Prestei bastante atenção no que ele disse. Queria fazer o que ele me pediu. E bem – disse o jogador.

Andrade ainda não comunicou a equipe que enfrentará o América, domingo, no Engenhão. A partida começa às 16h (de Brasília)
.

Fla tem o seu ‘golpe fulminante’ em 2010

A vitória contra o Tigres, na última quarta-feira, no Engenhão, evidenciou uma das armas do Flamengo de 2010. Os dois últimos gols rubro-negros, marcados por Vagner Love e Adriano, saíram de jogadas fulminantes que pegaram o adversário desprevenido. Isso tem sido uma das características do time de Andrade este ano.

Afinal, não foi a primeira vez que gols desta maneira aconteceram na temporada. Contra o Americano, na Taça Guanabara, por exemplo, o Império do Amor fez uma tabelinha fatal na saída de bola. No jogo seguinte, contra o Fluminense, novos golpes fulminantes em contra-ataques finalizados por Adriano.

Na Libertadores, o Flamengo voltou a fazer gol em estilo parecido contra o Universidad Católica, no Maracanã. E na última quarta-feira os últimos gols contra o Tigres evidenciaram que o time consegue aliar velocidade e objetividade em jogadas bem construídas desde o seu campo de defesa. Com um detalhe: todas elas foram realizadas no segundo tempo.

- Isso mostra que o nosso time batalha até o fim, não dá os jogos como perdido e que tem velocidade e qualidade para sair jogando para o ataque – disse Andrade.

Dois jogadores sempre têm participado dessas jogadas: Juan e Vinícius Pacheco. O primeiro iniciou a jogada do segundo gol contra o Tigres, após receber bola de Bruno. Depois tocou para Adriano, recebeu de volta e deixou Love na cara do gol para marcar.

- Essas jogadas têm acontecido pela qualidade, precisão e experiência dos jogadores do Flamengo. Essa está passando a ser uma das características do nosso time, que passa a ter essa válvula de escape – explicou o lateral-esquerdo.

Vinícius Pacheco também participou de algumas delas também. Contra o Fluminense e o Tigres deixou Adriano livre para marcar.

- Nosso time tem muitos jogadores velozes: eu, Juan, Léo Moura, Love... Isso facilita os contra-ataques. E também mostra que temos conjunto – disse o apoiador.

O Flamengo volta a jogar no próximo domingo, contra o América, no Engenhão.

Jovens comemoram atuação de destaque


A noite desta quinta-feira (25.03) foi especial para três jogadores do Flamengo. Os jovens Paulo Victor, Guilherme Camacho e Carlyle brilharam na vitória por 3 a 0 sobre o Brasília FC, em amistoso disputado no Estádio Mané Garrincha, na capital federal. O goleiro defendeu um pênalti, o meio-campista fez um golaço, e o xodó da torcida local fechou a goleada.

A comparação com Bruno foi inevitável. Já no segundo tempo do amistoso, pênalti para o time da casa. O apoio, no entanto, foi todo para Paulo Victor. Felipe foi para a cobrança, e o arqueiro rubro-negro não decepcionou. Voou no canto direito e fez a defesa, para delírio dos torcedores, que gritaram seu nome.

"Nosso trabalho de dia a dia reflete na hora do jogo. O Roberto passa as coisas para a gente, estuda e passa o posicionamento correto para sair na bola. Raramente um pênalti nosso volta, fiz isso e fui feliz. Gostei, a torcida gritou meu nome, não sofremos gols... Foi muito bom", afirmou Paulo, de 22 anos.

Camacho, que faz 20 anos em 2010, foi outro que brilhou. O camisa número 8 armou bem o meio-de-campo, distribuiu bons passes, e coroou a boa atuação com um golaço na etapa final.

"Foi uma jogada bonita mesmo, mas o importante é que o time todo jogou bem, mesmo sem muito entrosamento. Espero ter agradado", disse o jogador.

No entanto, ninguém deixou o estádio mais feliz do que Carlyle. O meia-atacante, de 18 anos, voltou à cidade onde ganhou projeção no futebol e fez bonito. Aplaudido pela torcida, ele não sentiu a pressão e deixou seu gol, o terceiro da vitória.

"Fico muito feliz com esse carinho. Não esperava mesmo, e foi muito bom também ter entrado em campo e marcado um gol", encerrou.

Ficha técnica

Estádio: Mané Garrincha, Brasília (DF)

Data: 25/03/2010

Hora: 20h30

GOLS: Dênis Marques (18'/1ºT), Camacho (13'/2ºT) e Carlyle (42'/2ºT)

FLAMENGO: Paulo Victor, Galhardo, Romulo, Henrique e Anderson (Saba); Lenon, Leo Medeiros, Camacho e Gil (Eliabe); Denis Marques e Bruno Mezenga (Carlyle).

BRASÍLIA: Diego, Fagner, Piu, Melo e Perivaldo; Magrão, Vinicius, Ramon e Marques; Felipe e Kabila.



Juan sobre o Império do Amor: 'Disputa pela artilharia é saudável'

Um tem 11 gols e é o atual artilheiro do Campeonato Carioca. O outro, tem dez e está na cola de seu companheiro de ataque na disputa pela mesma artilharia. Eis o Império do Amor: Vágner Love e Adriano, respectivamente. Companheiro de time dos atacantes, o lateral-esquerdo do Flamengo, Juan, garantiu que a briga pela artilharia do Carioca ocorre de maneira saudável entre o Imperador e o Atacante do Amor.

- Vejo com bons olhos esta disputa, porque são dois grandes jogadores que buscam ser artilheiros. Isso faz parte da carreira deles. É legal ver isso. Está sendo saudável, um toca a bola para o outro. É bacana - disse o lateral.

Ainda segundo Juan, o duelo entre Adriano e Love é tão pacífica que chega a ser caridosa.

- Vi até o Love falando que se desse empate ficaria melhor. Se eles terminassem empatados seria legal. A competitividade é boa e sadia quando é pelo lado da brincadeira. Mas aqui não tem nada desse tipo, não - afirmou.

Pacheco destaca boa relação com Petkovic

Com o afastamento de Petkovic durante a maior parte da Taça Guanabara, Vinícius Pacheco ganhou espaço na equipe do Flamengo e não decepcionou. Porém, o gringo está voltando aos poucos e a tendência é de que Pacheco seja utilizado por Andrade apenas no segundo tempo das partidas, devido ao fraco preparo físico de Pet.

Segundo o jovem meia, sua convivência com Petkovic é a melhor possível para dois jogadores que disputam a mesma vaga.

- A gente se dá super bem. Converso com ele no dia a dia e com outros jogadores também. Na época em que ele voltou depois de ficar afastado ele me deu parabéns, disse que eu estava jogando bem e que deveria manter o bom futebol. Nos damos muito bem, sem qualquer tipo de problema - afirmou Vínicius Pacheco, que também analisou sua postura dentro de campo, afirmando que suas investidas pelas laterais têm sido mais efetivas do que pelo meio do campo.

- Contra o Botafogo fiquei mais pelo meio e tive mais dificuldades porque eles se fecharam mais, já que venciam. Contra o Tigres caí mais pelas pontas e ficou mais fácil para mim. Vou continuar jogando assim - disse.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Flamengo vence por 3 a 0 amistoso contra o Brasília

O Flamengo venceu por 3 a 0 o amistoso contra o Brasília, na noite desta quinta-feira, no Mané Garrincha. Denis Marques, Camacho e Carlyle fizeram os gols do time rubro-negro, que foi comandado pelo auxiliar-técnico Marcelo Sales e formado por reservas e juniores.

Thiago Barros/Site oficial

Jogadores abraçam Denis Marques (de costas) após o atacante marcar o primeiro gol


Inicialmente, o amistoso seria contra o o Al-Khoyol, do Líbano, em homenagem ao Dia Nacional da Comunidade Árabe no Brasil. Mas quando a delegação rubro-negra chegou à capital federal descobriu que iria enfrentar o Brasília.

O Flamengo foi recepcionado por muitos torcedores no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. O mais assediado foi Carlyle, recém contratado para as divisões de base junto ao CFZ do Distrito Federal. O apoiador Michael estava relacionado para a viagem, mas teve problemas para embarcar e acabou ficando no Rio de Janeiro.

No primeiro tempo, o Flamengo teve maior domínio do jogo e posse de bola. Para muitos torcedores, o árbitro deixou de dar dois pênaltis para os rubro-negros. Um em Gil e outro em Denis Marques, que chegou a irritar a torcida local após perder duas oportunidades. Mas na terceira ele se redimiu. O atacante recebeu passe do lateral-direito Rafael Galhardo e abriu o placar tocando na saída do goleiro.

No segundo tempo, quem brilhou foi Camacho. O jogador marcou um belo gol após driblar três adversários e tocar sutilmente por cima do goleiro. Poucos minutos depois, o Brasília teve um pênalti a seu favor. Mas o goleiro Paulo Victor defendeu. Em seguida, foi a vez de brilhar a estrela de Carlyle. Denis Marques fez jogada de pivô e rolou para ele chutar e ampliar: 3 a 0.

O Flamengo jogou com Paulo Victor, Rafael Galhardo, Rômulo, Henrique e Anderson (Vitor Saba); Lenon, Léo Medeiros, Camacho e Gil (Eliabe); Denis Marques e Bruno Mezenga (Carlyle).

A delegação volta para o Rio de Janeiro nesta sexta-feira. Boa parte dos jogadores segue para a Gávea onde os titulares treinam para enfrentar o América, domingo, no Engenhão, pela Taça Rio.



FOTO: Fla ganha loja em Madureira

Cadu Machado/Master Sports

O Flamengo lançou, na tarde desta quinta-feira, a sua loja no Madureira Shopping. Os ex-jogadores Adílio, Fábio Luciano e Julio Cesar Uri Gueller foram os mestres de cerimônia da inauguração. "Essas situações são sempre muito legais. O carinho do público não tem preço", disse Fábio Luciano.

Melhores momentos: Flamengo 3 x 1 Tigres pela 6ª rodada da Taça Rio

Fla aprova patrocínio, e time vai ganhar bônus de R$ 150 mil em caso de título

O Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou o novo contrato de patrocínio para o time de basquete, atual campeão do Novo Basquete Brasil (NBB). O investimento da operadora de TV por assinatura Sky será de R$ 500 mil durante a temporada 2010 e, em caso de título nacional, haverá premiação extra de R$ 150 mil. Com 18 vitórias em 22 jogos, a equipe lidera o campeonato.

A marca aparecerá estampada nos ombros e na parte de baixo das costas da camisa e calção dos uniformes.

- É mais um passo importante que estamos dando para a valorização da marca do Flamengo. Esta nova parceria fortalece ainda mais o nosso basquete, que tem nos dado tantas alegrias. São de investidores como esse, que acreditam no potencial do esporte olímpico, que precisamos para mantermos grandes equipes já pensando nos Jogos Olímpicos - disse a presidente do Flamengo, Patricia Amorim.


Adriano é liberado do treino desta quinta

A Gávea viveu uma tarde diferente nesta quinta-feira. Poucos jogadores foram vistos em campo. Além da liberação de Adriano, o amistoso que reservas e juniores irão disputar contra o Al-Khoyol, a partir das 20h30m, em Brasília, fez o treino ter a participação de pouquíssimos jogadores.

Adriano foi liberado por ter prestado depoimento na 22ª DP (Penha). O Imperador foi convocado para prestar esclarecimentos sobre uma moto que teria sido comprada por ele em nome de Marlene Pereira de Souza, mãe do traficante Mica. O atacante deve se reapresentar na Gávea apenas na sexta-feira à tarde.

No treino desta quinta-feira, apenas os goleiros Bruno e Marcelo Lomba, Ronaldo Angelim, Rodrigo Alvim, Everton Silva, Fierro, Ramon, Vinícius Pacheco, Toró e Fernando foram a campo. No segundo tempo da atividade, Fernando voltou a sentir o mesmo problema que o afastou dos últimos jogos. Ele já havia se recuperado da lesão na coxa esquerda, mas abandonou o treino mancando e levando as mãos ao local.

Os jogadores que disputaram a partida contra o Tigres ficaram na academia fazendo um treino regenerativo. O zagueiro Fabrício chegou atrasado. O treino estava marcado para começar às 15h30m, mas ele apareceu na Gávea às 16h. Poucos minutos depois, Kleberson já estava indo embora.

O time reserva que disputa amistoso contra o Al-Khoyol, às 20h30m desta quinta-feira, em Brasília, será comandado pelo auxiliar-técnico Marcelo Sales.

Apostando na "força da torcida", Braz quer reforços

Andrade comanda treinamento descontraído na Gávea Foto: Márcia  Feitosa/Vipcomm/Divulgação
Andrade pode ganhar novos reforços para Libertadores e Brasileiro


O elenco do Flamengo não está fechado para a sequência da Copa Libertadores e muito menos para a luta pelo bicampeonato brasileiro. A informação foi repassada nesta quinta-feira pelo vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, que entende que o clube precisa estar atento aos vários tipos de movimentação do mercado.

O dirigente lembrou que a necessidade de reforçar o plantel neste momento nem chega a existir, mas que contratações não poderiam ser encaradas como fatos surpreendentes, principalmente pela iminência de possíveis perdas no meio do ano.

"Estamos atentos às oportunidades do mercado e podemos trazer alguém, desde que o Flamengo não tenha que colocar dinheiro, apenas a força de nossa torcida", disse Marcos Braz, negando qualquer tipo de investimento, em entrevista à Rádio Brasil.

"Acredito que temos um elenco acima da média, que foi campeão brasileiro e que precisa manter essa sequência de títulos. Como estamos sempre na vitrina, na iminência de sofrer perdas, estamos sempre observando o plantel", disse o dirigente.

Marcos Braz disse que a prioridade neste momento, porém, é tentar a renovação de contrato do meia Petkovic, que se encerra no final do próximo mês de maio. O zagueiro Álvaro, que tem seu vínculo encerrado em agosto, é outro que já está negociando.

"Na verdade, a gente aos poucos está resolvendo esse problema. Já estamos conversando com o Álvaro e com o Petkovic. Estamos trabalhando para eles permanecerem, mas temos vários planejamentos em mente", afirmou Braz.



Marcos Braz vê fim do "Império do Amor" e descarta Ronaldinho

Com empate, Flamengo chegou aos 13 pontos e reassumiu a liderança  do Grupo B da Taça Rio Foto: Agência Lance

Depois de ressaltar a importância da chegada de reforços no Flamengo, Marcos Braz falou sobre o encerramento do "Império do Amor" na metade deste ano. Descrente na permanência de Adriano e Vagner Love depois da Copa do Mundo da África do Sul, o dirigente ressaltou estar atento ao mercado e trabalhando para amenizar estas possíveis perdas.

"São dois atletas em situação dificílima e nunca escondi isso dos torcedores. O nosso dever de casa será feito e faremos o possível para mantê-los. Mas estamos atentos ao que está acontecendo", afirmou Marcos Braz, em entrevista concedida à Rádio Brasil, antes de descartar qualquer possibilidade de contratar Ronaldinho.

"Em relação a Ronaldinho Gaúcho, quanto mais eu falar ou alguém falar da matéria vai gerar especulações. Houve o sonho no ano passado de contratar esse jogador e ponto final", afirmou o dirigente.


Adriano presta depoimento sobre compra de motocicleta

Adriano deixa delegacia sem dar entrevistas

Como era esperado, a saída de Adriano da 22ª DP, na Penha, às 13h12 desta quinta-feira, transformou a Avenida Lobo Júnior em uma verdadeira cena de cinema. Tentando chegar perto do atacante, crianças, torcedores e jornalistas criaram um grande tumulto, com direito a tombos e gritos de euforia.

Assim que Adriano apareceu na porta da delegacia, gritos, empurra-empurra, buzinas e perguntas em vão foram feitas em direção ao atacante, que claramente surpreso com o evento que se transformou a sua presença no bairro da Zona Norte do Rio, foi para o carro e deixou o local sem dar entrevistas.

O tumulto só acabou quando o carro do Imperador sumiu dos olhos da torcida. Os carros que passavam na Lobo Júnior pararam para ver a saída do craque.

Adriano esteve na Penha para prestar depoimento sobre uma possível ligação com o traficante Mica, da Favela da Chatuba. O jogador está sendo investigado por ter supostamente dado uma moto para a mãe do traficante, em 2008.

Presença de Adriano transforma 22ª DP em um verdadeiro caos


O que era para ser um simples depoimento para esclarecer uma possível ligação com um traficante da favela da Chatuba, virou um verdadeiro evento na Avenida Lobo Júnior, uma das avenidas mais importantes da Penha, Zona Norte do Rio. A presença do atacante Adriano, que mais cedo chegou à 22ª DP praticamente paralisou o local, transformando a vida dos moradores em um verdadeiro caos.

Quando chegou, às 11h30 desta quinta-feira, o Imperador deu alguns autógrafos para cerca de dez crianças que estavam na porta da delegacia. Porém, com o tempo, a entrada da DP parecia um verdadeiro pátio de escola na hora do recreio. Os alunos da Escola Municipal Souza Carneiro, que fica próxima a delegacia, aproveitaram o fim da aula e foram diretamente para o local para tentar ter um contato com o ídolo.

- Estava na aula e soube que o Adriano estava aqui. Saí de lá e vim correndo. Sou muito fã dele. Tem muita gente, mas ele é alto e espero poder vê-lo só um pouquinho - disse a estudante Juliana Souza, de 12 anos.

Além das cerca de cem crianças que já se encontram na porta, alguns torcedores do Flamengo estão chegando ao local, cantando músicas para o atacante. Uma das duas pistas da Avenida Lobo Júnior foi fechada por causa da multidão e o engarrafamento fica cada vez maior. Muitos moradores já estão na porta de suas casas tentando entender o que acontece na DP.


Andrade admite que pouco público interfere no rendimento dos jogadores

O número 1915 bem que poderia representar a primeira vez que o Flamengo conquistou o primeiro Carioca invicto. Mas, na verdade, ele é o público pagante do jogo contra o Tigres, na última quarta-feira, no Engenhão. A falta de torcedores no estádio foi lamentada por Andrade, que admitiu que isso acaba mudando o comportamento dos jogadores ao entrarem em campo.

O treinador, porém, não acredita que a pouca presença nos estádios seja motivo para atrapalhar o desempenho deles.

- Não bate desânimo, mas a motivação não é a mesma. Não era para ser, mas sabemos como é o ser humano: se tivessem 60, 70 mil pessoas aqui a resposta deles seria outra – disse o treinador, para analisar o comportamento do Flamengo no jogo.

- No primeiro tempo jogamos devagar, com o time sem muito interesse. Só demos uma acordada quando sofremos o gol. Já o segundo tempo foi melhor – completou.

O jogo entre Flamengo e Tigres, na última quarta-feira, no Engenhão, teve público pagante de 1.915, com 3.118 presentes. A renda foi de apenas R$ 47.405. O time volta a jogar no estádio no próximo domingo, contra o América.


Maldonado comemora seu retorno: ‘Agora é rumo à Copa do Mundo

Após marcar mais duas vezes, Adriano abre sorriso para comentar ‘gol mais fácil’

Adriano entrou e saiu de campo com a cara fechada. Nem nas duas vezes em que balançou as redes na vitória d Flamengo por 3 a 1 sobre o Tigres abriu uma concessão. Mas ao comentar o segundo gol, em que só teve o trabalho de rolar a bola para a baliza vazia após passe de Vinícius Pacheco (assista ao lance no vídeo ao lado), o Imperador deu um leve sorriso.

- Acho que foi um dos mais fáceis que já fiz. É bom porque os outros são mais complicados. Espero ter outras oportunidades assim – disse, em entrevista ao repórter Eric Faria, da TV Globo.

O Império do Amor domina a tabela de artilheiros. Vagner Love tem 11 gols contra dez de Adriano. O sucesso da dupla merece elogios. Mas com cautela.

- Está tudo indo muito bem. Temos que continuar fazendo desse jeito porque domingo tem mais um jogo difícil – disse.

Praticamente classificado às semifinais da Taça Rio, o Flamengo joga contra o América, domingo, no Engenhão. A partida será às 16h (de Brasília).


Campeonato Carioca: classificação e artilheiros

GRUPO 1 P J V E D GP GC S %
1Flamengo 16 6 5 1 0 16 4 12 88
2Fluminense 16 6 5 1 0 16 5 11 88
3Bangu 10 6 3 1 2 10 8 2 55
4Boavista 9 6 3 0 3 10 8 2 50
5Duque de Caxias 9 6 3 0 3 5 5 0 50
6Olaria 9 6 3 0 3 5 7 -2 50
7Americano 7 6 2 1 3 9 12 -3 38
8Volta Redonda 6 5 2 0 3 7 7 0 40


GRUPO 2 P J V E D GP GC S %
1América-RJ 11 6 3 2 1 9 6 3 61
2Botafogo 10 5 3 1 1 10 6 4 66
3vasco 9 6 3 0 3 7 6 1 50
4Macaé 9 6 3 0 3 10 10 0 50
5Tigres-RJ 6 6 2 0 4 7 10 -3 33
6Friburguense 4 6 1 1 4 6 12 -6 22
7Madureira 3 6 1 0 5 4 11 -7 16
8Resende 3 6 1 0 5 3 17 -14 16


Artilheiros

11
Vagner love

10
Adriano

8
Dodô
Herrera


Americano 3 x 2 vasco


Ficha técnica


Estádio: Galinheiro de São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 24/3/2010 - 21h50 (de Brasília)

Público: 732 pagantes

Renda: R$ 10.840,00

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Auxiliares: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (SP)

Cartões Amarelos: Dudé, Fernando, Rafael Coelho, William, Magno

Cartões Vermelhos: Jader (35'/2ºT)

Gols: Leandro 17'/1ºT (0-1), Elton 18'/1ºT (1-1), Leandro 29'/1ºT (1-2), Léo Gago 43'/1ºT (2-2) e Nilton 8'/2ºT (2-3)

quarta-feira, 24 de março de 2010

Love comemora artilharia do Estadual

O Império do Amor voltou com tudo. Depois de dez jogos, a dupla voltou a marcar na mesma partida, e foi fundamental para mais uma vitória do Flamengo no Campeonato Carioca. Vagner Love, que não balançava as redes há três jogos, festejou o fim do pequeno jejum. Com o gol marcado nesta quinta, contra o Tigres, ele chega a 11 na competição, e mantém a artilharia isolada do Estadual.

Na cola do Artilheiro do Amor, está seu companheiro, Adriano, que marcou duas vezes na partida. O Imperador tem nove gols na competição, mas, para Vagner Love, isso é bom. Desde o início do ano, ele afirma que quer terminar o Estadual como artilheiro, só que empatado com Adriano.

"A briga é maravilhosa. Espero que possamos continuar fazendo esses gols e ajudando o Flamengo a sair com as vitórias. O objetivo é vencer, conquistar o título, mas a artilharia deixa a gente feliz da vida", afirmou.

Após a partida, o camisa número 9 ainda brincou com Vinícius Pacheco, que de uma ótima assistência para Adriano.

"O Pacheco deu uma forcinha a ele, mas espero que me ajude também nos próximos jogos. Hoje foi para o Adriano e nos próximos jogos pode ser para mim. O importante é os dois fazerem gols e o Flamengo ganhar os jogos e títulos", completou.

Juntos, Love e Adriano já marcaram 23 gols em 17 partidas neste ano de 2010.

Universidad Católica e Caracas empatam no grupo do Flamengo

Universidad Católica e Caracas empataram nesta quarta-feira em 1 a 1, no Chile, e favoreceram o Flamengo, segundo no grupo 8 da Copa Libertadores.

Os dois gols da partida saíram no segundo tempo. Bustamante fez para os venezuelanos aos 4 e Juan José Morales empatou para os donos da casa aos 36.

Com o empate, a Universidad Católica passou a somar três pontos, e o Caracas agora tem dois. Flamengo e Universidad de Chile, que se enfrentam em 7 de abril e têm um jogo a menos, estão com seis e sete pontos, respectivamente.



Os gols de Flamengo 3 x 1 Tigres do Brasil pelo Carioca 2010

Bruno pede respeito à ‘cara emburrada’ de Adriano nas comemorações

Da última vez em que Adriano concedeu entrevista coletiva disse que seria difícil brigar pela artilharia do Carioca. Mas com os gols na vitória por 3 a 1 sobre o Tigres, no Engenhão, o atacante do Flamengo soma dez e encostou em Vagner Love, que lidera com 11. Mas nem isso fez o Imperador abrir o sorriso na noite desta quarta-feira.

Não houve qualquer esboço de felicidade ou explosão de alegria comum a qualquer jogador que balança as redes. A frieza não foi criticada por Bruno. Pelo contrário.

- Isso é um momento dele, tem de respeitar... Tenho certeza que ele está feliz em fazer gols. Atacante vive disso – disse o goleiro.

O capitão comentou a atuação rubro-negra contra o Tigres.

- Ficamos um pouco apáticos no primeiro tempo, trabalhando a bola e achando que iríamos fazer o resultado a qualquer momento. No segundo tempo, tivemos atitude, fomos para cima e fizemos os gols – explicou Bruno.

O Flamengo volta a campo contra o América, no próximo domingo, no Engenhão.

Adriano e Love marcam e o Flamengo vence

Daniel Zappe / VIPCOMM


No embalo do Império do Amor, o Flamengo foi ao Engenhão nesta quarta-feira e conseguiu vencer o Tigres por 3 a 1, de virada, com gols de Vagner Love e Adriano (duas vezes). Os gols do Imperador serviram para tentar calar de vez as criticas das "pessoas ruins" e ajudar o Mengão a sonhar com classificação antecipada para as semifinais da Taça Rio.


Flamengo 3 x 1 Tigres


Ficha técnica

Data: 24/03/2010 (quarta-feira)

Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Djalma José Beltrami Teixeira (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

Público: 1.915 pagantes/ 3118 presentes

Renda: R$ 47.405,00

Cartões amarelos: David (FLA); Denis e Zé Carlos (TIG)

Gols: Gilcimar, aos 31 e Adriano, aos 37 minutos do primeiro tempo; Vagner Love, aos sete e Adriano, aos 32 minutos do segundo tempo

Flamengo
Bruno; Leonardo Moura, David, Fabrício e Juan; Willians (Rodrigo Alvim), Maldonado, Kleberson e Petkovic (Vinícius Pacheco); Vagner Love (Ramon) e Adriano.
Técnico: Andrade

Tigres
Rodolpho; Edinho, Paulo Cesar, Zé Carlos e Célico (Edson Barbosa); Leão, Denis, Giovanni (Jefinho) e Daniel Silva; Claytinho e Gilcimar (Campanário)
Técnico: Sorato


Lance a lance: Flamengo 3 x 1 Tigres

2º tempo
47' TempoFim de jogo no Engenhão. O Flamengo vence o Tigres por 3 a 1 e fica perto da vaga à semifinal da Taça Rio
41'Tigres Edson cruza da esquerda e Clayton mergulha, mas manda para fora
37'Tigres SubstituiçãoMexe o Tigres pela última vez. Entra Campanário e sai Gilcimar
36'Flamengo SubstituiçãoÚltima mexida do Fla. Entra Rodrigo Alvim e sai Willians
36'Tigres Cartão amareloZé Carlos põe a mão na bola e recebe o amarelo
32'Flamengo GolGOOOOOOOOL DO FLAMENGO! Fabrício faz lindo lançamento para Pacheco, que rola para Adriano empurrar. Festa do Mengão!
31'Tigres Bruno salva! Edinho cruza e Daniel Silva cabeceia para grande defesa do goleiro rubro-negro
30'Flamengo SubstituiçãoMexe o Fla. Sai Love entra Ramon
29'Tigres Clayton tenta arrancar pelo meio e sofre falta
26'Tigres SubstituiçãoSegunda mudança no Tigres. Sai Celico e entra Edson
24'Flamengo Léo Moura arrisca chute de primeira da direita, mas manda por cima
23'Flamengo NA TRAVE! Love recebe de Juan, gira e manda na trave
22'Tigres SubstituiçãoMexe o Tigres. Sai Geovanni e entra Jefinho
21'Tigres Edinho cruza da direita e quase surpreende Bruno!
20' TempoO jogo recomeça
20' TempoO árbitro interrompe o jogo para a parada técnica.
18'Flamengo Léo Moura sai pela direita e cruza, mas Rodolpho defende
16'Flamengo Dessa vez valendo, Adriano cobra a falta e manda para fora
15'Flamengo O Fla bate falta rapidamente e Love marca, mas o juiz diz que não autorizou
10'Flamengo UUUUUH! Adriano invade a área e bate de direita, mas Rodrolpho evita o terceiro.
9'Tigres Edinho arrisca de longe, mas manda muito mal!
7'Flamengo GolGOOOOOOL DO FLAMENGO! Adriano sai rapidamente para o ataque e toca para Juan, que deixa para Love dar lindo drible de corpo e marcar o gol da virada! Mengão na frente!
5'Tigres Daniel Silva faz boa jogada individual pela esquerda e cruza, mas Bruno pega
5'Flamengo impedimentoKleberson tenta lançamento para Adriano, que estava impedido
3'Flamengo Pacheco cruza na área, Adriano tenta o cabeceio, mas o árbitro dá falta
1'Tigres Começa bem o Tigres! Gilcimar bate da entrada da área, a bola desvia em David e sai
0' TempoComeça o segundo tempo no Engenhão

Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!