Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 10 de abril de 2010

Léo Moura acredita em final feliz de semana sob pressão: ‘Nos levará ao céu’

O Flamengo vive na gangorra entre o céu e o inferno. E os próximos dois jogos vão mostrar em qual das extremidades o time ficará. O primeiro desafio será neste domingo, contra o vasco, pela semifinal da Taça Rio. A derrota impede a continuidade do sonho do tetracampeonato do Carioca.

Na quarta-feira, o desafio será contra o Universidad Católica, em Santiago. O Rubro-Negro está na segunda posição do Grupo 8, com sete pontos, e um revés complicaria bastante a situação.

A semana sob pressão não incomoda Léo Moura. Após o treino deste sábado, o lateral demonstrou tranquilidade e esperança.

- Sei que a pressão é grande. Mas é um momento que gostamos e estamos acostumados. Acredito que essa semana nos levará para o céu – disse.

Neste sábado, o time realizou um recreativo e depois os jogadores treinaram cobranças de pênalti. Bruno, como de praxe, teve ótimo desempenho nas defesas. O grupo também assimilou bem a ausência de Adriano.

- Fico triste porque ele nos ajuda muito em campo. Mas vamos com a mesma dedicação para conseguir a vitória e que na final ele esteja conosco – afirmou Léo Moura.

O Flamengo enfrenta o vasco às 16h (de Brasília), neste domingo, no Maracanã.


Contando com o apoio da Nação



Já são mais de 20 mil ingressos vendidos e a expectativa, como não poderia deixar de ser em um Flamengo e vasco, é de casa cheia neste domingo. Os rubro-negros sabem da importância de ter ao seu lado o 12º jogador, e já convocaram a torcida para comparecer em peso ao Maracanã.

Um dos jogadores de maior identificação com a Nação Rubro-Negra, Vagner Love espera balançar as redes pela primeira vez contra o maior rival do Flamengo. O jogador quer ajudar sua equipe a conseguir a vaga na decisão, e se possível, com gols.

"Com certeza, a torcida irá lotar o estádio e a vontade é redobrada para retribuir todo essa carinho. Estou ansioso para ver a torcida gritando meu nome e empurrando o time para a vitória. Estou ali como jogador e torcedor e, por isso, a vontade é redobrada", afirmou o Artilheiro do Amor.

O jovem Vinícius Pacheco, que ainda não sabe se será titular no clássico, também conta com a presença em massa do torcedor rubro-negro no Maracanã.

"A camisa do Flamengo acaba se tornando a nossa segunda pele, por sermos formados na base. Desde pequenos, nos acostumamos com a presença da torcida, ainda mais em jogos contra o vasco e tenho certeza de que não será diferença nesse clássico", disse.

Ciente de que o time acabou decepcionando na torcida na última quinta-feira, ao sofrer o empate no minuto final da partida contra o Universidad de Chile, Willians espera uma vitória para fazer as pazes com a Nação.

"A gente quer vencer e ficar de bem com a torcida É uma motivação muito grande disputar um clássico contra o vasco e vou fazer o meu melhor para me sair bem", completou.



Adriano não piora, mas surpreende e pede para ficar fora da semifinal da Taça Rio

Sexta-feira: Adriano pede para dar entrevista, fato raro. Sorridente, confirma escalação no clássico contra o vasco mesmo com dores lombares e justifica o sacrifício dizendo que o grupo precisa dele. Sábado: o Imperador chega à Gávea, conversa com o médico Márcio Tannure e pede para não entrar em campo no domingo.

A mudança de atitude surpreendeu, até porque as dores não pioraram. Questionado sobre o porquê da alternância, Tannure justificou:

- Ele está melhor, mas prefere fazer a parte física e jogar quando estiver 100%. O departamento médico achou essa posição interessante. Foi tudo conversado.

Adriano sentiu as costas há uma semana, durante um recreativo na Gávea. Ele ficou fora da partida contra o Universidad de Chile, quinta-feira. A escalação no próximo jogo da Libertadores, contra o Universidad Católica, em Santiago, não está garantida.

- Vamos ver. Tem de ter cautela nesse momento – disse de forma sucinta o médico.


Adriano está fora da semifinal da Taça Rio

A torcida do Flamengo recebeu uma notícia ruim na véspera do duelo com o vasco pela primeira partida da semifinal da Taça Rio. Adriano está fora do jogo contra o time cruzmaltino neste domingo, às 16h, no Maracanã. O jogador chegou a ir à Gávea no treinamento deste sábado, mas foi vetado por causa das dores lombares.

O Imperador já havia ficado fora da partida da última quinta-feira, quando o Rubro-Negro empatou por 2 a 2 com o Universidad de Chile, pela Libertadores, no Maracanã. Na sexta, Adriano participou do treino, admitiu ainda sentir dores, mas mostrou otimismo em participar do confronto com o vasco.

Andrade ainda não anunciou o substituto, mas a tendência é a escalação de Bruno Mezenga. O atacante, de 21 anos, tem quatro gols no ano. Todos marcados no estádio da Cidadania, em Volta Redonda.

No último treino antes do clássico, o grupo disputou um animado recreativo. Destaque para a irreverência de David. Porém, nem só de risadas foi feita a atividade. Outros dois jogadores deram sustos. Petkovic recebeu um “tostão” na coxa esquerda e Bruno caiu no chão após um choque com Ramon. O goleiro, que jogou na linha, queixou-se de um problema no pé esquerdo, mas não preocupa para o clássico.


Maldonado deve voltar ao meio de campo do Flamengo

O técnico do Flamengo, Andrade, deve promover mudanças na equipe que enfrenta o vasco, domingo, pela semifinal da Taça Rio e quem ganha espaço com isso é o volante Maldonado.

Como as últimas atuações de Kleberson não estão agradando, é grande a possibilidade de o atleta chileno, que vinha retornando aos poucos após lesão no joelho esquerdo, tornar-se titular.

- Maldonado é um jogador muito importante, experiente e entende muito da posição - disse Andrade.

Com isso, o meio de campo do Flamengo contra o vasco deve ser composto pelo chileno, por Toró, por Willians e por Michael, que agradou no empate em 2 a 2 com a Universidad de Chile, pela Libertadores.

Michael: ‘Saí da água para o vinho e espero permanecer no vinho’

Além de Ronaldo Angelim, a grande surpresa na escalação do Flamengo contra o Universidad de Chile, na última quinta-feira, foi Michael. Depois de uma atuação segura pelo time reserva contra o Friburguense, no último domingo, Andrade gostou do apoiador e o colocou como titular contra os chilenos. O jogador aproveitou mais essa chance: marcou um gol, participou do outro, mostrou boa movimentação e tem chance de enfrentar o Vasco, neste domingo, no Maracanã, pela semifinal da Taça Rio.

Se isso acontecer, Michael reconhece que será pego de surpresa. Afinal, começou o ano fora de forma e tendo poucas chances. Mas diz estar totalmente pronto para se firmar no Flamengo.

- Eu mesmo não esperava ser titular desse jogo (Universidad de Chile). Se vier outra surpresa agradável como essa, estou pronto. Não estou aqui no Flamengo para atrapalhar. É para ajudar. Se Andrade optar pela minha permanência no time titular, vou fazer o máximo para jogar bem e ajudar o time a se classificar para a final do Carioca. Saí da água para o vinho e espero permanecer no vinho. Futebol é dinâmico e quando você menos espera as coisas acontecem. Eu treinava com afinco e não desanimei, porque sabia que a hora ia chegar e precisaria estar pronto. Estou correspondendo e falei para o Andrade que, se precisar, pode contar comigo – afirmou Michael.

O jogador chegou ao Flamengo após uma turbulenta passagem pelo Botafogo. Na Gávea, seu primeiro jogo foi contra o Olaria, dia 3 de fevereiro. Depois disso, uma série de situações o fez perder outras oportunidades: uma sinusite, problemas familiares, esquecimento do documento de identidade para viajar com o time para o amistoso contra o Brasília... Soma-se a isso tudo o fato de ter chegado ao clube sem disputar uma partida havia mais quatro meses. Ou seja, sem boa condição física ou qualquer ritmo de jogo.

- Vim para um grupo campeão brasileiro, em que a concorrência é grande. Tem outros três jogadores na minha posição (Petkovic, Vinícius Pacheco e Ramon)... A oportunidade veio. Já era para ter acontecido antes, mas não veio por problemas de saúde, situações extra-campo, enfim... Agora veio e estou contente. Tudo acontece no seu devido tempo – afirmou Michael, que veste a camisa 80 no Carioca (em homenagem ao ídolo Ronaldinho Gaúcho) e a 25 na Libertadores.

Andrade elogiou as atuações do jogador contra Friburguense e Universidad de Chile. Há quem diga na Gávea que ele deve ganhar a vaga de Vinícius Pacheco contra o Vasco, domingo, no Maracanã. Se isso não acontecer, Michael pelo menos estará no banco de reservas.


Marcio Braga



O ex-presidente do Flamengo Marcio Braga telefonou para a presidente Patrícia Amorim para reclamar da sua posição de apoio a Fabio Koff e não ao também ex-presidente rubro-negro Kléber Leite.


Kléber Leite, candidato a presidência do Clube dos 13.

Flamengo x vasco: ingressos à venda



Confira os preços

Cadeira especial R$ 150 (meia R$ 75)
Arquibancada verde, amarela ou branca R$ 50 (meia R$ 25)
Cadeira comum R$ 30 (meia R$ 15)

Obs: estudante tem direito à meia-entrada. Menores de 12 anos, idosos e deficientes físicos têm direito à gratuidade na cadeira comum.

Os postos de vendas


Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora)
Bilheterias do galinheiro de São Januário
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Rua São João nº. 34 loja 114 – Centro – Niterói
Arena da Barra

Venda pela internet: comprar através do site www.ingressofacil.com.br



‘Se fizer gol contra o vasco vou comemorar. Ou não’, brinca Adriano

Adriano trocou a cara fechada por sorrisos. Vários, diversos. Até para justificar a fase de artilheiro emburrado foi assim. Dos 12 gols que marcou em 2010, ele não comemorou os últimos seis. Em um deles mandou uma mensagem para os críticos, a quem chamou de “pessoas ruins”. Nos demais, cabeça baixa e festejos tímidos, apenas com os companheiros de Flamengo.

A torcida sente falta do atacante vibrante, que chegou a tirar a camisa e contrair-se como o “Hulk” em 2009. O Imperador preferiu não prometer uma mudança de atitude caso faça gol na semifinal da Taça Rio contra o vasco, domingo.

- Espero marcar domingo. Se fizer gol, posso comemorar. Ou não – disse, sorrindo.

Adriano assegurou que o jeito contido após balançar as redes não é represália à fase conturbada que viveu. O jogador teve problemas fora do campo e chegou a prestar depoimento para esclarecer uma denúncia de que comprara uma moto para a mãe de um traficante.

- Não sei (por que parei de comemorar). Não foi porque quis mostrar que estava com raiva. Só não sentia vontade. Eu tenho a minha forma de comemorar, mas não venho fazendo. Não é nada com ninguém.

Recuperado, mas não 100%, da contratura muscular nas costas, o camisa 10 está confirmado na partida de domingo contra o vasco, no Maracanã. O jogo começa às 16h (de Brasília).

Assista a um gol da fase "cara amarrada" de Adriano:



Quem será o vice do segundo turno, Taça Rio?

Ficha Técnica

Botafogo x Fluminense

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 10/4/10

Hora: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Auxiliares: Ricardo Maurício Ferreira de Almeida (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

Botafogo: Jefferson, Fahel, Antônio Carlos e Danny Morais; Somália, Leandro Guerreiro, Sandro Silva, Túlio Souza (Edno) e Marcelo Cordeiro; Herrera e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

Fluminense: Rafael; Leandro Euzébio, Cássio e Gum; Mariano, Diguinho, Conca, Everton e Julio Cesar; Alan (Diogo) e Fred. Técnico: Cuca.

portugal/vasco: trouxeram escravidão, racismo e homossexualismo também!

Ordem dos Templários


Era uma ordem de militares de cavalaria que existiu por cerca de dois séculos na idade média.

Os seus membros fizeram voto de pobreza e castidade para se tornarem monges. Usavam seus característicos mantos brancos com a cruz vermelha de malta, e seu símbolo passou a ser um cavalo montado por dois cavaleiros.




FOTO: o estilo rapper do Imperador

Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

O brinco brilhante de Adriano quase “desapareceu” nesta sexta-feira. Durante a entrevista coletiva, além do bom humor, o jeito dourado dele roubou a cena. Cordão grosso, pulseira idem e relógio. Tudo de ouro, no maior estilo rapper americano. Camisa preta apertadinha, bermuda quadriculada e sandália franciscana completaram o visual. Recuperado, mas não inteiramente, de uma contratura nas costas, ele está confirmado na semifinal da Taça Rio, domingo, contra o vasco.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

FOTO: O novo terceiro uniforme do Fla

Divulgação /Divulgação

Vazou na internet o novo terceiro uniforme do Flamengo. O amarelo e o azul foram as primeiras cores usadas pelo remo do clube. Os tons chegaram a ornamentar uma camisa lançada em 1995, ano do centenário rubro-negro. Na ocasião, no entanto, o modelo não foi aprovado pelo Conselho Deliberativo rubro-negro. Desta forma, a camisa não foi utilizada em nenhuma partida. O novo terceiro uniforme foi aprovado em dezembro do ano passado

Torcida fará campanha para ajudar vítimas da chuva

Elas são fundamentais nas arquibancadas e empurram o time em todos os momentos. No entanto, agora, as torcidas organizadas do Flamengo irão atuar fora dos estádios. Preocupadas em ajudar as vítimas da chuva no Rio de Janeiro, os torcedores decidiram que seria interessante pedir ao rubro-negro que entrasse de cabeça nessa iniciativa.

A partir das 13h, representantes das quatro maiores torcidas organizadas do Flamengo irão estar na estátua do Bellini, entrada dos torcedores rubro-negros no Maracanã, arrecadando as doações.
Eles estarão no local até às 16h e pedem que os torcedores levem alimentos não perecíveis, água mineral, roupas, além de material de higiene e limpeza.

Tudo o que for arrecadado será enviado para o município mais atingido pelas chuvas: Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Para maiores informações sobre a campanha, os torcedores interessados podem falar com André, um dos idealizadores do movimento, no telefone 7831-0354.

"Todos precisam fazer a sua parte em um momento como esse. Temos certeza que os torcedores do Flamengo ajudarão bastante", afirmou André.


Jogador de futsal do Flamengo morre em deslizamento em Niterói

Uma das vítimas dos deslizamentos na Região Metropolitana do Rio de Janeiro por conta das chuvas foi o jogador de futsal do Flamengo Felipe Santos da Silva. A informação foi confirmada pelo clube, que tomou conhecimento do caso nesta sexta-feira. Amigos do pivô Felipe Macedo, como era conhecido, informaram que ele faleceu na última terça-feira ao lado do pai, Anacleto, da madrasta e da irmã, todos vitimas do deslizamento no Morro do Castro, no bairro da Venda da Cruz, em Niterói. Felipe completaria 18 anos neste sábado.

- Temos muitos jogadores de São Gonçalo e Niterói e foram eles que nos avisaram dessa fatalidade, de que a casa dele na comunidade do Morro do Castro tinha desabado – confirmou Luiz Antônio Rodrigues, coordenador do departamento de futsal do Flamengo.

Segundo Luiz Antônio, Felipe não aparecia no clube desde o ano passado, já que sua categoria só deve disputar uma competição no segundo semestre.

- Ele ainda não tinha se reapresentado em 2010 porque a categoria sub-20 está em recesso. Mas era um jogador muito talentoso. Era habilidoso, mas seu forte era a força física. Era muito bom jogador, titular do time sub-17 em 2009 – explicou o coordenador.

O Flamengo ainda não informou se irá prestar alguma homenagem ao jogador. Mas o clube está recolhendo doações para as vítimas dos deslizamentos na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Os donativos podem ser entregues no jogo contra o vasco, domingo, no Maracanã, na semifinal da Taça Rio.


Clube dos 13: Kleber Leite aposta em três votos dos cariocas

Kléber Leite, candidato a presidência do Clube dos 13, aposta que terá três dos quatro votos dos clubes do Rio na eleição da entidade que ocorrerá segunda-feira. Seu adversário é o atual presidente, Fábio Koff.

Botafogo e Vasco já anunciaram oficialmente o voto em Kléber Leite. Flamengo já anunciou seu voto em Fábio Koff. O presidente do Fluminense, Roberto Horcades está na chapa de Fábio Koff, mas é amigo de Ricardo Teixeira, presidente da CBF e aliado de Kléber na disputa.

- Hoje, eu tenho três dos quatro votos dos clubes do Rio de Janeiro - disse o candidato da oposição, com todas as letras.

Se for verdade, Horcades fechou com ele.

Avisando que não ‘fará média’, Andrade indica Kleberson no banco na semifinal

Para bom entendedor, meia palavra basta. No caso de Andrade, meio raciocínio foi suficiente para evidenciar que as seguidas atuações apáticas de Kleberson vão lhe custar o lugar no time do Flamengo na semifinal da Taça Rio, domingo, contra o vasco.

Apesar de figurinha carimbada nas convocações de Dunga e cotado para ir à Copa do Mundo, o volante vive momento conturbado no clube. Vaiado seguidamente pela torcida, foi substituído no intervalo da partida contra o Universidad de Chile.

Andrade sabe que tirar Kleberson do time pode prejudicá-lo na seleção brasileira. Mas apresenta um argumento para lá de plausível para se defender.

- Ele é um jogador de seleção e sempre convocado. Mas temos que pensar no melhor para o Flamengo. Meu emprego está em jogo e tenho que escalar o que for melhor para o time. Mas não tenho time definido. Bruno, Vagner Love e Adriano estão garantidos. Os demais estou estudando – disse.

Questionado se realmente sente o cargo ameaçado, o treinador recuou. Mas manteve a firmeza de que a equipe terá mudanças na decisão.

- Não vou fazer média com ninguém. Tenho que ser justo e domingo estará em campo o que considero de melhor para o Flamengo – declarou.

A tal escalação ideal deve ter Maldonado no meio-campo ao lado de Toró, Willians e Michael. Há a possibildidade de Andrade surpreender e optar por uma escalação ofensiva, com Toró, Willians, Michael e Vinícius Pacheco.

Na frente, o Império ao Amor está confirmado. Apesar de contestada, a dupla de zaga formada por Álvaro e Ronaldo Angelim será mantida por questão de experiência, como ressaltou o treinador.

- Nesses jogos decisivos quanto mais experiência, melhor – disse Andrade.

Provável escalação do Flamengo na semifinal de domingo, às 16h (de Brasília): Bruno; Léo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado, Toró, Willians e Michael; Vagner Love e Adriano.

O Imperador voltou

Na última vez que Adriano concedeu uma entrevista coletiva, no mês passado, foi para explicar o momento conturbado da sua vida pessoal. Nesta sexta-feira, o Imperador quebrou o silêncio com bom humor, falando apenas sobre futebol. O atacante confirmou que ainda sente dores lombares, mas disse que vai enfrentar o vasco, domingo, no Maracanã, pela semifinal da Taça Rio, pois o grupo precisa dele.

Adriano garantiu que não tinha condições de enfrentar o Universidad de Chile, na última quinta-feira, pela Libertadores. As dores nas costas não permitiram. Elas ainda incomodam, mas o atacante treinou normalmente nesta sexta-feira.

- Hoje (sexta) foi o primeiro treino depois que fiquei parado. Com certeza tem que ter cautela para não agravar a dor. Espero amanhã (sábado) acordar bem e fazer mais um treinamento. É hora de poder ajudar o grupo. Ainda estou com um pouco de dor, não estou 100%, mas vale o sacrifício. Sei que o grupo precisa da minha presença e espero dar continuidade nessa reta final.

Segundo ele, essa não é a primeira vez que as dores nas costas o atrapalham. Por isso, se poupou do treino técnico em campo reduzido realizado debaixo de chuva.

- Se o treino de amanhã for como o de hoje, com certeza domingo vou estar jogando. Quando essa dor pega, dói mesmo. Já tive hérnia e fiquei um tempo parado na Inter (Milão). Sei que faço falta ao grupo e vale o esforço. Não dá para ficar fora desse jogo. Por isso, vou fazer de tudo para me apresentar bem. O que vale é minha cabeça. Estou bem, focado no que quero. Tenho que pensar em ajudar e sei o quanto faço falta para o grupo.

Ferj define arbitragem das semifinais

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro definiu a arbitragem para as semifinais do Campeonato Estadual, que acontecem neste fim de semana. Na partida entre Botafogo e Fluminense, Péricles Bassols está confirmado. João Batista de Arruda será o responsável pelo jogo de domingo, entre Flamengo e vasco.

As semifinais do Campeonato Carioca começam neste sábado com a partida Botafogo x Fluminense, às 18h30m, no Maracanã. Péricles Bassols Cortez será o árbitro. Ele será auxiliado por Ricardo Maurício Ferreira de Almeida e Lilian da Silva Fernandes Bruno.

A outra semifinal será disputada entre Flamengo e vasco, às 16h, de domingo, no mesmo local. João Batista de Arruda foi sorteado. Seus auxiliares serão Eduardo de Souza Couto e Luiz Antônio Muniz de Oliveira.

Adriano vai a campo e aumenta a chance de enfrentar o vasco domingo

Depois de desfalcar o time contra a Universidad de Chile, na última quinta-feira, por conta das dores lombares, Adriano treinou nesta sexta-feira, na Gávea. Mesmo debaixo de chuva, o Imperador foi a campo e mostrou estar recuperado. Com isso, aumentam as suas chances de enfrentar o vasco, domingo, no Maracanã, pela semifinal da Taça Rio.

Adriano pisou no gramado da Gávea de chuteiras, ao lado de Ramon e Fernando. Os três fizeram um puxado treino físico, enquanto os reservas disputavam um treino técnico em campo reduzido. Na etapa final desta movimentação, o Imperador passou a treinar com eles. O atacante fez todos os movimentos de jogo sem apresentar maiores problemas. Mas foi visível que ele se poupou e não se movimentou tanto.

O último jogo de Adriano foi contra o América, no último dia 28. Depois disso, ele sentiu as dores lombares no último sábado, durante treino no Ninho Urubu, e deu início ao tratamento. Mas no domingo, ele não se tratou. Na última segunda-feira, ele voltou a fazer fisioterapia. Ou seja, o treino de hoje foi o primeiro desde sábado.

Cronologia do Imperador:

Último jogo: Flamengo x América – dia 28/03
Último sábado (03/04): sentiu as dores lombares
Domingo: o time folgou e ele não fez tratamento
Segunda-feira: fez fisioterapia no Ninho do Urubu
Terça-feira: um fisioterapeuta do Flamengo foi até a sua casa para realizar o tratamento
Quarta-feira: Adriano vai à Gávea para fazer fisioterapia
Quinta-feira: segundo o departamento médico do clube, Adriano fez um trabalho físico em casa
Sexta-feira: Imperador volta a treinar com o grupo na Gávea



O Clube dos 13 e as cotas de TV

As cotas de TV no Brasil ainda são muito baixas se comparadas a outros campeonatos pelo mundo. Tudo bem que o Campeonato Inglês reúne as maiores grifes do esporte mundial e, perto do que se ganha lá com cotas, o que os clubes ganham no Brasil é esmola.

Inglaterra: R$ 3 bilhões/ano.
Brasil: R$ 500 milhões/ano.

Mas quando comparamos com um campeonato absolutamente inexpressivo da Europa é que vemos o nosso amadorismo.

Turquia: R$ 650 milhões/ano.

A eleição no Clube dos 13 acontece na segunda-feira (12/04). O atual mandatário, Fábio Koff, orgulha-se de ter aumentado as cotas de TV sensivelmente desde que assumiu a presidência, em 1996. É verdade. Mas ainda não chega nem ao patamar turco.

O candidato Kleber Leite, apoiado por Ricardo Teixeira e pela TV Globo, prefere tentar outras formas de ganhar dinheiro. Portanto, não dá para apostar que ele fará pressão para ganhar mais da TV.

O Clube dos 13, que nasceu para defender os interesses dos principais clubes do país, no decorrer dos anos passou apenas a cuidar dos direitos de transmissão. E ainda não utiliza todo o potencial que tem em mãos na hora de negociar. Não é fácil crer que os dois candidatos que estão aí mudarão sensivelmente esta realidade.

Rubro-Negros brilham na Copa Internacional do Mediterrâneo

A base do Flamengo, como de costume, vem cedendo atletas a diversas categorias da seleção brasileira de futebol. Nesta semana, jogadores do Rubro-Negro se destacaram na disputa da 10ª edição da Copa Internacional do Mediterrâneo, tanto no sub-16 como no sub-19. O Brasil conquistou os títulos em ambas as modalidades.

No sub-16, o técnico Nilton Barbosa convocou dois atletas do Flamengo, e ambos brilharam na competição. O meia-atacante Adryan marcou quatro gols e foi o artilheiro da seleção na Copa. Mattheus balançou a rede logo na estréia. Adryan também deixou o seu na disputa por pênaltis contra o Barcelona, na decisão do torneio.

Já no sub-19, quem representou bem as cores do clube da Gávea foi Diego Maurício. O artilheiro do Campeonato Carioca de Juniores marcou duas vezes na competição, e sob o comando do técnico Rogério Lourenço, assistente técnico da equipe profissional do Flamengo, também levantou o caneco.

Vejas os resultados das campanhas vitoriosas:

Seleção Brasileira Sub-16:


1ª fase: 31 de março - Brasil 5 x 0 CFD Alcobendas (gols de Adryan (três), Leandro e Mattheus) 1 de abril - Brasil 6 x 0 UE Llagostera (gols de Leo (dois), Leandro (dois) e Rômullo (dois) e Brasil 1 x 1 Griona F.C. (gol de Rômullo)

Oitavas-de-final: 2 de abril - Brasil 3 x 1 Junior F.C. (gols de Leandro, Marlon e Adryan) e Brasil 2 x 0 CE L'Hospitalet (gols de Luiz Gustavo e Leandro)

Quartas-de-final: 3 de abril - Brasil 1 x 0 China (Leo)

Semifinal: 3 de abril - Brasil 0 x 0 (4 a 3 nos pênaltis) Aspire F.D. - converteram para o Brasil: Luiz Gustavo - Lucas - Adryan e Mattheus

Final: 4 de abril - Brasil 0 x 0 (4 x 3 Pênaltis) FC Barcelona - converteram para o Brasil: Luiz Gustavo - Lucas - Marlon e Adryan.0

Seleção Brasileira Sub-19:


1ª Fase: 31 de março - Brasil 2 x 0 FE Palamós (gols de Lucas Gaúcho (dois)
1 de abril - Brasil 7 x 0 FC Palafrugell (gols de Lucas Gaúcho, Kleber, Taubaté, Wellington, João Paulo e Diego Mauricio (dois) e Brasil 3 x 0 FE AT Vilafranca (gols de Wellington Sanches, Wellington e Lucas Gaúcho)

Oitavas de final: 2 de abril - Brasil 2 x 0 EF St Feliu de Guixols (gols de Lucas Gaúcho)

Quartas-de-final: 2 de abril - Brasil 1 x 1 (5 x 4 Pênaltis) FE AT Vilafranca - Lucas Gaúcho

Semifinal: 3 de abril - Brasil 0 x 0 (4 x 3 Pênaltis) CFZ Brasília SE

Final: 4 de abril- Brasil 1 x 0 Desportivo Brasil (gol de Wendel)



Conheça os segredos de Bruno, o atual rei das penalidades do futebol brasileiro

De novo melhor em campo, Michael renasce e recebe elogios de Andrade

Ele começou jogando duas vezes seguidas. Uma quando o Flamengo foi a campo com o time reserva; outra, com o titular. Em ambas, Michael não sentiu a responsabilidade e foi o melhor jogador do Flamengo. O reconhecimento externo veio com os gritos da torcida durante a partida contra o Universidad de Chile. Já o interno também não tardou.

Autor do primeiro gol no empate por 2 a 2, o apoiador ganhou pontos com Andrade e pode roubar a posição de titular no meio-campo na partida contra o Vasco, domingo.

- Todos ficaram satisfeitos com a apresentação dele. Ele foi muito bem contra o Friburguense e merecia essa oportunidade. Ele correspondeu à expectativa não só minha, mas de todos. Ganhamos mais um jogador no Flamengo e quem sabe ele não consegue o espaço dele – disse o treinador.

Normalmente visto com desconfiança, Bruno Mezenga entrou no intervalo e também agradou. O jogador participou de diversas jogadas de perigo, acertou um cabeceio na trave e liberou Vagner Love para se movimentar na entrada da área.

- Ele foi a referência, deu mais liberdade ao Love, fez bem o pivô, com passes importantes. Foi uma boa apresentação – afirmou Andrade.

Provavelmente sem Adriano, o Flamengo volta a campo neste domingo contra o vasco, pela semifinal da Taça Rio. A partida começa às 16h (de Brasília).


Vagner Love 'só serve para abrir garrafas de Adriano', diz jornal chileno

O jornal popular chileno "La Cuarta" usa de ironia para se referir ao “Império do Amor” em sua edição desta sexta-feira, um dia após o empate entre Universidad de Chile e Flamengo por 2 a 2, pela Taça Libertadores. Segundo o diário, o atacante rubro-negro Vagner Love "só serve para abrir as garrafas" de seu companheiro de ataque Adriano. O texto destaca ainda que a Universidad se manteve como única líder do grupo 8, ficando com a classificação no bolso". Apenas Love jogou nesta quinta. Adriano, lesionado, não foi relacionado para a partida.

O mesmo "La Cuarta" chamou o empate de 'Maracanazo', em alusão ao termo usado para se referir à derrota do Brasil para o Uruguai na final da Copa do Mundo de 1950, disputada no mesmo Maracanã, e disse que o segundo gol da Universidad, marcado pelo argentino Matías Rodríguez já nos acréscimos, "merece um monumento".

Outros jornais de Santiago disseram que a Universidad jogou "à moda uruguaia" no Rio de Janeiro, onde o técnico da equipe chilena, o uruguaio Gerardo Pelusso, que tem vários compatriotas entre seus comandados, impôs uma tática extremamente defensiva.

"As oitavas-de-final estão cada vez mais próximas", destaca o jornal "El Mercurio", enquanto o "La Tercera" considera que a Universidad teve "um resultado histórico" na Libertadores, da qual foi semifinalista em 1996.

O "La Nación" destaca "a soberba bomba de esquerda" de Rodríguez que permitiu o "agônico" empate "quando tudo parecia perdido".

Com o resultado de ontem, a Universidad de Chile continua liderando o grupo 8 da Libertadores, agora com oito pontos. O Flamengo vem logo atrás, com sete.

Escalação de Adriano no clássico contra o vasco é ‘difícil, mas não impossível’

O Flamengo precisa de Adriano. Mas o atacante, que marcou 12 gols em 11 jogos em 2010, deve ser desfalque no clássico contra o vasco, domingo, pela semifinal da Taça Rio. O Imperador realizou um trabalho à parte na quinta-feira, acompanhado pelo preparador físico Daniel Jouvin. Ele fez trabalhos leves, na sala de musculação, porque as dores na região lombar ainda incomodam.

- O Adriano está melhor, mas com dor e ainda não foi a campo. A escalação dele é difícil, mas não impossível – afirmou o médico Marcelo Soares.

A lesão - uma contratura - ocorreu durante o recreativo de sábado, quando o jogador deu um giro para chutar. O tratamento ocorre à base alongamento e eletroterapia.

- Vamos esperar. O Adriano é um jogador muito forte e sempre temos a esperança de que ele amanheça bem e possa jogar – disse Marcelo.

O camisa 10 não participou do empate por 2 a 2 com o Universidad de Chile, na quarta-feira. Michael o substituiu. No entanto, a tendência é que o apoiador seja mantido, e Bruno Mezenga entre no ataque. Neste caso, Kleberson ou Vinícius Pacheco iria para o banco de reservas.

A semifinal da Taça Rio será no domingo, às 16h (de Brasília).

Andrade, sobre Pet: ‘Se voltar a ser o mesmo do ano passado, terá espaço’

Os gritos da torcida não mudam a opinião de Andrade com relação a Petkovic. Ovacionado nas arquibancadas, é cada vez mais evidente que o sérvio vem perdendo seu espaço no Flamengo. Com uma renovação de contrato para lá de complicada em andamento, o jogador está sem prestígio com a diretoria e com a comissão técnica.

Tanto que o clube está longe de oferecer o que Pet quer parar assinar um novo contrato. Andrade sinaliza claramente que busca outras alternativas para a posição do sérvio. Contra o Universidad de Chile, por exemplo, Michael, que não vinha jogando, ganhou uma vaga entre os titulares no lugar do vetado Adriano, ainda não recuperado de dores lombares. Michael foi o autor do primeiro gol da equipe no empate em 2 a 2. Pet começou a jogada do segundo.

Apesar de preterido, o sérvio tem o seu nome cantado pela torcida em todos os jogos. Principalmente os que são realizados no Maracanã. Mas Andrade disse que sabe lidar bem com esse “pedido” vindo das arquibancadas. Porém, deixou claro que o jogador precisa melhorar muito para convencê-lo de que a torcida tem razão.

- É normal (a torcida pedir). O Pet é um ídolo e a torcida pede mesmo. Ele é um jogador com uma certa idade (37 anos), que hoje discute uma renovação de contrato. Mas ele jogou contra Caracas, Botafogo, Tigres... A partir do momento em que voltar a ser o mesmo jogador do ano passado, vai ter o espaço dele. E agora surgiu o Michael, que será mais um jogador nessa briga – explicou Andrade.

O contrato de Petkovic termina em maio e o seu desejo inicial era renovar até o fim de 2011 para encerrar a carreira no Flamengo. Mas nas reuniões com Josias Cardoso, procurador do jogador, a diretoria só ofereceu um contrato até o fim de 2010. Em meio a esse impasse, o sérvio já deu duas entrevistas reclamando do tratamento que vem recebendo na Gávea. A cada dia que passa o futuro do jogador parece cada vez mais distante do Flamengo. Por mais que tenha moral com a torcida, falta convencer a diretoria e Andrade de que ainda é útil ao time.

Flamengo vence Libertad e termina em terceiro

Mesmo sem o ala Duda, poupado com dores no ombro esquerdo, o Flamengo se recuperou da derrota contra o Juventud Sionista e venceu o Libertad Sunchales por 89 a 68, nesta quinta-feira, em Brasília. Com o resultado, o time rubro-negro terminou a chave brasileira do Torneio Interligas em terceiro lugar. A equipe comandada pelo técnico Paulo Chupeta só volta às quadras agora pelas quartas-de-final do Novo Basquete Brasil dia 23 de abril, fora de casa contra um adversário a ser definido nas oitavas-de-final, que começaram nesta quarta-feira.




quinta-feira, 8 de abril de 2010

Campeonato Estadual de Remo confirmado para domingo


Apesar das expectativas em relação ao mau tempo, que alterou totalmente a rotina de treinamentos do remo do C.R.Flamengo, a 1ª Regata Estadual de 2010 está confirmada para este domingo (11/4). A competição, que conta com a presença dos principais clubes do Rio de Janeiro, terá início às 9h, na Lagoa Rodrigo de Freitas.

O Flamengo é o atual campeão e pretende manter o título em 2010. Com novos reforços de peso, o Rubro-Negro, que é comandado pelo técnico Marcos Amorim (Marcão), tem ainda mais chances de segurar o caneco na Gávea.

- Conseguimos manter a nossa base campeã de 2009 e nos reforçamos para tentar o título neste ano, que promete ser o campeonato mais disputado dos últimos tempos. Todos os clubes se reforçaram e as provas serão muito acirradas, decididas somente na linha de chegada.

Além da dupla formada por Fabiana Beltrame e Gibran Cunha, o Flamengo trouxe Marcellus Marcillis, o Cabeça, e Sebástian Fernandez, irmão do argentino Santiago Fernandez, integrante da equipe rubro-negra desde o início de 2009. Os dois remaram juntos e venceram as provas do Double Skiff e Four Skiff, categoria Aberto, nos Jogos Sul-Americanos da Colômbia, agora em março. Os dois serão os representantes do Double Skiff deste domingo. Cabeça, como é conhecido no meio desportivo, é recordista brasileiro em medalhas e títulos conquistados: foram três de prata e duas de bronze, em Pan-Americanos, e 17 ouros em Sul-Americanos.

- Nosso Double Skiff Aberto é muito forte, mas temos a prova do Oito Sub-23 que também temos boas chances de vitória. Seria muito bom começarmos o ano vencendo a regata e levando a prova de encerramento, até porque esta homenageia o Buck – acrescentou Marcão.

Em tempo: A Federação de Remo do Estado do Rio de Janeiro (FRERJ) fará uma homenagem especial, e mais do que merecida, a Guilherme Augusto do Eirado Silva, o Buck, responsável por inúmeras conquistas no remo rubro-negro. A homenagem será na última e tradicional prova do Oito.

Confira as provas da 1ª Regata do Estadual de Remo 2010:

1ª – 9h: Four Skiff Junior A
2ª – 9h15: Single Skiff Peso-leve
3ª – 9h30: 4 Com Aspirante
4ª – 9h45: Double Skiff Peso-leve Sub-23/Feminino
5ª – 10h: Single Skiff Junior B
6ª – 10h10: Double Skiff Aberto
7ª – 10h25: Four Skiff Masters C
8ª – 10h35: 2 Sem Peso-leve
9ª – 10h50: Double Skiff Infantil/Feminino
10ª – 11h: Single Skiff Junior B/Feminino
11ª – 11h10: Four Skiff Aspirante/Feminino
12ª – 11h25: Oito Com Sub-23



Flamengo x vasco: ingressos à venda

Os ingressos podem ser adquiridos das 9h às 17h em todos os pontos de venda.

Confira os preços

Cadeira especial R$ 150 (meia R$ 75)
Arquibancada verde, amarela ou branca R$ 50 (meia R$ 25)
Cadeira comum R$ 30 (meia R$ 15)

Obs: estudante tem direito à meia-entrada. Menores de 12 anos, idosos e deficientes físicos têm direito à gratuidade na cadeira comum.

Os postos de vendas


Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora);
Bilheterias do Galinheiro de São Januário;
Bilheterias do São Cristóvão F.R;
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube;
Rua São João nº. 34 loja 114 – Centro – Niterói;
Maracanã, bilheteria 8;
Arena da Barra

Venda pela internet: comprar através do site www.ingressofacil.com.br.



Entenda o que o Flamengo precisa para se classificar


COMO PRIMEIRO DO GRUPO 8
Terá de vencer a Universidad Católica, em Santiago, e o Caracas, no Maracanã, e ainda torcer por ao menos um tropeço da Universidad de Chile, que tem pela frente o Caracas, na Venezuela, e o clássico chileno contra a Católica.

COMO SEGUNDO DO GRUPO 8
Hoje, o Flamengo ficaria com a sexta e última vaga entre os segundos colocados, superando os uruguaios Racing, no Grupo 1, e Cerro, no Grupo 5, no saldo de gols. No entanto, os Grupos 2, 3, 4, 6 e 7 já estão com cinco rodadas. O Rubro-Negro tem, no momento, 58% de aproveitamento. Em comparação com os clubes que têm cinco rodadas, é superior apenas ao Banfield (53%), no Grupo 6.



Vacilo do Fla irrita Leonardo Moura: 'Precisamos ser mais inteligentes'

O Flamengo saiu atrás, virou e tinha a vitória nas mãos. Porém, o gol do Universidade do Chile, aos 46 minutos do segundo tempo, decretou o empate em 2 a 2, na tarde desta quinta-feira, no Maracanã, pelo grupo 8 da Libertadores. Irritado, o lateral-direito Leonardo Moura reclamou da postura da equipe.

“Faltou atenção. Tínhamos que ter parado a jogada antes. Isso é Libertadores. Precisamos ser mais inteligentes”, salientou o camisa 2, na saída de campo, que teve suas palavras, mesmo de um jeito mais seco, endossadas pelo sérvio Petkovic. “Faltou não levar o gol”, limitou-se o gringo.

O goleiro Bruno, como não poderia ser diferente, lamentou o resultado, mas elogiou o futebol apresentando pelo Flamengo e até considerou injusto o empate.

“A rapaziada está de parabéns. Futebol de vez em quando é injusto. Jogamos bem, fomos superiores, mas acabamos punidos com um gol praticamente no último lance da partida. Agora é esquecer um pouco a Libertadores e pensar no Vasco”, disse, referindo-se ao clássico de domingo, às 16h, no Maracanã, pela semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Estadual.

Com o empate, o Flamengo chegou aos sete pontos e permaneceu na segunda posição do grupo 8. A liderança é do Universidade do Chile, com oito. O Universidad Católica, também do Chile, tem três, enquanto o Caracas, da Venezuela, é o último, com dois.

Na próxima rodada do grupo 8, o Flamengo vai até o Chile enfrentar o Universidad Católica, na próxima quarta-feira, dia 14 de abril, enquanto o Universidade, na véspera, enfrenta a equipe venezuelana, em Caracas.


Andrade: 'Não merecíamos empate no fim'

A vitória de virada do Flamengo por 2 a 1 sobre a Universidad de Chile estava quase sacramentada no Maracanã. Até que Rodriguez, aos 46 minutos da etapa final, acertou chute forte e a bola morreu nas redes do goleiro Bruno, que nada pôde fazer.

Jogo empatado e inevitáveis lamentações. O técnico Andrade ressaltou que, apesar de ceder no fim da partida, a postura do Rubro-Negro em campo foi marcada pelo empenho e pela dedicação dos jogadores.

- No primeiro tempo nós tivemos mais posse de bola, mas não conseguimos agredir. Com a entrada do Bruno Mezenga melhorou. O time se empenhou, brigou, mas infelizmente futebol tem dessas coisas. Foi um momento de desatenção e descuido, que não pode acontecer, principalmente em uma competição como a Libertadores - disse Andrade, que esperava um placar mais justo ao fim dos 90 minutos.

- No final nós fomos penalizados, não merecíamos o empate no fim - lamentou.


Melhores momentos de Flamengo 2 x 2 Universidad de Chile pela Libertadores

Pet simplifica tropeço rubro-negro: 'Faltou não sofrer gols'



O meia Petkovic, que entrou no segundo tempo e teve boa atuação no empate por 2 a 2 entre Flamengo e Universidad de Chile, demonstrou uma certa impaciência ao ser questionado sobre o que faltou à equipe para vencer o duelo desta quinta-feira, no Maracanã.

"Faltou não sofrer gols", disse, por duas vezes.

Apesar de irritado, Pet teve boa participação no jogo, fazendo um lançamento lindo na jogada que resultou no primeiro gol do Mengão.




Os gols de Flamengo 2 x 2 Universidad de Chile pela Libertadores 2010

Álvaro reclama da falta de marcação dos homens de frente nos acréscimos do jogo

Depois de uma virada heroica, o empate do Universidad de Chile nos acréscimos do jogo calou a torcida do Flamengo nesta quinta-feira, no Maracanã. Todos os jogadores lamentaram a ducha de água fria que tirou a liderança momentânea no Grupo 8 da Libertadores.

Com o resultado, o Mengão passa a ter apenas 7 pontos, um a menos que a líder La U. Enrte a tristeza, houve espaço para reclamações. Depois de falhar em vários lances durante o jogo, principalmente no primeiro gol adversário, Álvaro saiu de campo criticando a postura de seus companheiros nos instantes finais. Segundo o zagueiro, faltou os jogadores de frente ajudarem na marcação.

- Nos esforçamos bastante, mas precisamos saber jogar com o resultado. Não precisa ter três homens no ataque aos 45 do segundo tempo. Essas coisas que não têm perdão – reclamou Álvaro.

Já o capitão Bruno falou do desafio que o Flamengo terá pela frente na Libertadores. Para tentar a classificação para as oitavas de final, o time precisará vencer os seus últimos dois jogos contra o Universidad Católica, na próxima quarta-feira, em Santiago, e Caracas, dia 21, no Maracanã.

- Paciência. Acho que o time correu atrás, foi guerreiro, mas são coisas do futebol. No fim, tomamos um gol que calou o Maracanã. Temos mais dois jogos na competição que precisamos vencer. É um desafio e o Flamengo está acostumado a desafios. Vamos lá que não tem nada perdido – disse o goleiro.


Debaixo de chuva, Fla cede empate no fim e segue em segundo

  Foto: Satiro Sodré/Agif/Gazeta Press

Sem Adriano, Vágner Love foi o único atacante de ofício do Flamengo na primeira etapa


Depois de toda a confusão envolvendo o adiamento da partida entre Flamengo e Universidad de Chile, o time rubro-negro entrou em campo no Maracanã, nesta quinta-feira, e cedeu um empate por 2 a 2 nos acréscimos. Com todo o segundo tempo sendo jogado sob uma chuva apertada, gols de Michael e Léo Moura iam dando a vitória ao time da casa, quando Rodríguez marcou para os chilenos nos acréscimos.

O resultado manteve o time no segundo lugar do Grupo 8 da Copa Libertadores, com sete pontos - um a menos que a própria Universidad de Chile, que lidera. Completam a chave Universidad Católica (CHI), com três pontos, e Caracas (VEN), com dois.

Com o gramado do Maracanã em condições melhores do que na quarta-feira, mas ainda bastante castigado pelas fortes chuvas, o jogo começou truncado e com muita marcação no meio de campo. O time carioca apareceu bem no ataque aos 6min, após cobrança de escanteio que Vágner Love cabeceou por cima do travessão.

Fechados na defesa, os chilenos buscavam explorar os contra-ataques. Aos 14min, nova chance na bola parada para o Flamengo: Michael bateu falta na área e Willians cabeceou firme, mas à direita do gol de Conde. Três minutos depois, Love fez boa jogada, girou sobre o marcador e bateu forte de perna esquerda, mas acertou a rede pelo lado de fora.

A equipe rubro-negra mantinha a posse de bola, mas pecava nos passes para ameaçar o gol dos visitantes. Aos 34min, nova bola alçada para Vágner Love, isolado no ataque, que conseguiu o cabeceio, mas mandou para fora. Pouco depois, foi a vez de Juan bater falta e exigir boa defesa de Conde, que espalmou para escanteio.

Aos 42min, Michael avançou pela direita, puxou para o meio e chutou em cima do goleiro. Na sequência, a Universidad de Chile aproveitou para abrir o placar: após cruzamento da direita, Álvaro não conseguiu afastar e o meia argentino Walter Montillo cabeceou para as redes. O primeiro tempo, fraco tecnicamente, acabou com a vantagem dos chilenos.

Na volta do intervalo, o técnico Andrade tentou dar companhia a Vágner Love no comando de ataque colocando Bruno Mezenga na vaga de Kléberson. Logo no primeiro minuto, Ronaldo Angelim desviou com perigo após cobrança de falta de Juan, mas a bola saiu à direita. Não demorou muito para a chuva começar a cair, piorando a situação do gramado.

A Universidad chegou novamente com Montillo, aos 3min, mas Bruno defendeu tranquilamente o chute da entrada da área. Com 13min, Bruno Mezenga bateu colocado e Conde espalmou. A torcida começou a cantar nas arquibancadas e Andrade respondeu colocando o sérvio Petkovic no lugar de Vinícius Pacheco.

Aos 16min, quase veio o empate. Léo Moura cruzou e Bruno Mezenga escorou de cabeça, mas a bola bateu na trave. Na sobra, Vágner Love não dominou e a bola sobrou para Toró, que chutou muito alto, perdendo ótima chance. O Flamengo pressionava e o time chileno buscava segurar o resultado, marcando na intermediária e tentando ligar o contragolpe.

Léo Moura teve mais uma boa chance aos 21min. Após boa jogada de Willians, Vágner Love escorou para o lateral, que bateu firme, mas teve a finalização defendida por Conde. De tanto tentar, os donos da casa conseguiram o empate no minuto seguinte: após bate-rebate na área, Love cruzou rasteiro e Michael chutou firme. A bola ainda bateu no zagueiro da Universidad, mas entrou.

O Flamengo continuou em cima do adversário e teve boas chances de virar o jogo com Petkovic e Vágner Love. Aos 34min, o camisa 9 foi derrubado na área pelo goleiro, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Após toda a pressão, o segundo gol rubro-negro finalmente chegou aos 37min, com Léo Moura aproveitando a sobra de chute travado de Michael para encher o pé e dar a vantagem aos cariocas. Porém, já aos 46min, a bola foi levantada na área do Flamengo, Rivarola escorou para trás e Rodríguez finalizou para garantir o empate.

Flamengo 2 x 2 Universidad de Chile

Gols
Flamengo: Michael, aos 22min, e Léo Moura, aos 37min do 2º tempo
Universidad de Chile: Montillo, aos 43min do 1º tempo, e Rodríguez, aos 46min do 2º tempo

Ponto Forte do Flamengo
Domínio da posse de bola e pressão sufocante sobre os chilenos no segundo tempo

Ponto Forte da Universidad de Chile
Marcação forte no meio de campo e velocidade no contra-ataque

Ponto Fraco do Flamengo
Erros de passe no meio de campo e isolamento de Vágner Love no ataque, principalmente no primeiro tempo

Ponto Fraco do Universidad de Chile
Pouca criatividade e postura muito defensiva na segunda etapa

Lance polêmico
Pênalti não marcado do goleiro Conde sobre Vágner Love, aos 34min do segundo tempo

Personagem do jogo
Matías Rodríguez, que marcou o gol salvador para os chilenos aos 46min do segundo tempo

Esquema Tático do Flamengo
4-4-2
Bruno; Léo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Toró, Willians, Kléberson (Bruno Mezenga) e Michael (Maldonado); Vinícius Pacheco (Petkovic) e Vágner Love. Técnico: Andrade

Esquema Tático do Universidad de Chile
4-4-2
Conde; Contreras, Victorino, Olarra e Rojas; Matías Rodríguez, Seymour, Iturra e Montillo (Nelson Pinto); Puch (Vargas) e Olivera (Rivarola). Técnico: Gerardo Pelusso

Cartões amarelos
Flamengo: Vinícius Pacheco, Vágner Love, Willians e Bruno
Universidad de Chile: Iturra, Rojas e Rodríguez

Árbitro
Roberto Silvera (URU)

Auxiliares
Mauricio Espinosa (URU) e Carlos Pastorino (URU)

Público
16.784 pagantes (15.361 presentes)

Renda
R$ 481.583,00

Local
Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

vasco vai ter renda do clássico diante do Flamengo penhorada para pagar dívidas

A vida financeira do vasco não anda nada fácil nos últimos tempos. Se não bastassem os problemas para manter os salários dos jogadores e dos funcionários em dia (dois meses e três meses, respectivamente), o clube vai ter a renda do clássico de domingo, às 16h, contra o Flamengo, no Maracanã, penhorada pela Justiça. O objetivo é quitar um débito do clube com os ex-jogadores Edmundo, Euller e Donizete. A ação foi movida pelo advogado dos atletas Luiz Roberto Leven Siano.

O GLOBOESPORTE.COM apurou que Leven Siano conseguiu a penhora através do órgão especial do Tribunal Regional do Trabalho. A dívida com os três jogadores gira em torno de R$ 4 milhões. Edmundo teria cerca de R$ 2,5 milhões a receber do vasco. O débito com Euller é de R$ 1 milhão, e com Donizete de R$ 500 mil.

Caso consiga a vaga para a final da Taça Rio, a renda novamente será penhorada para seguir diminuindo os débitos com os três jogadores. O departamento jurídico do o vasco não se manifestou oficialmente sobre o assunto.

Lance a lance: Flamengo 2 x 2 Universidad de chile


2º tempo
48' Fim de papo no Maraca. 2 a 2.
46'Univ. de Chile (CHI) Rodriguez entra pela direita da área e acerta um chute de grande felicidade. Uma bomba, sem chances para Bruno.
46'Univ. de Chile (CHI) GolGOL DO UNIVERSIDAD DO CHILE!!!
44'Flamengo Cartão amareloBruno demora para bater o tiro de meta e leva amarelo.
42' Mais três de acréscimo.
38'Flamengo SubstituiçãoSubstituição: Sai Michael, entra Maldonado.
37' Cartão amareloWillians recebe amarelo após o gol.
37'Flamengo GolQue esforço! Na raça, Leonardo Moura rouba a bola ainda na defesa e dá para Pet lançar Vagner Love com perfeição. O atacante das trancinhas corre e bate na área, para a bola cair nos pés do veloz Leonardo Moura. Após o pique, ele manda uma bomba para virar o jogo no Maraca.
37'Flamengo GOL DO FLAMENGO!!!
34'Univ. de Chile (CHI) SubstituiçãoSubstituição: Sai Oliveira, entra Rivarola.
33'Flamengo Na jogada, o goleiro derruba Vagner Love. Outra penalidade não marcada.
33'Flamengo Por pouco! Bruno Mezenga apara cabeçada na área e serve Vagner Love. De frente para o gol, o atacante toca a bola por baixo e manda à direita de Conde.
30'Univ. de Chile (CHI) Rodriguez pega Juan com força e faz falta. O Fla continua no ataque.
29'Flamengo Michael coloca na área, mas Victorino afasta o perigo.
27'Flamengo A torcida do Fla empurra o time em busca da virada!
24'Univ. de Chile (CHI) SubstituiçãoSubstituição: Sai Puch, entra Vargas.
21'Flamengo GolChorado! Bola brigada na área. Primeiro com Juan, depois Vagner Love, que disputa com o goleiro Conde. A pelota atravessa a área e cai no pé de Michael, que chuta forte. Após desvio na defesa, finalmente tudo está igual no Maraca.
21'Flamengo GolGOL DO FLAMENGO!!!
20'Flamengo Pressão! Leonardo Moura põe a bola com categoria no gol, mas Conde salva com um pulo espetacular.
19'Univ. de Chile (CHI) impedimentoE a bandeira levanta errado. Puch recebe na frente e é dado impedimento. Porém, o apoiador do Universidad tinha condições legais de jogo.
18'Flamengo Cartão amareloPor falta em Seymour, Vagner Love leva cartão amarelo.
16'Flamengo Incrível! Bruno Mezenga recebe cruzamento preciso de Leonardo Moura e a bola pega no pé da trave. Na sobra, Toró isola acima da meta.
15'Flamengo SubstituiçãoSubstituição: Sai Vinícius Pacheco, entra Petkovic.
15'Flamengo Conde! Bruno Mezenga bate com categoria e o goleiro manda para fora.
13'Flamengo Petkovic é chamado por Andrade para entrar em campo.
13'Univ. de Chile (CHI) Cartão amareloRodriguez chega mais forte na marcação é recebe cartão amarelo.
12'Flamengo A torcida pede sem parar por Petkovic.
12'Flamengo De cabeça! Bruno Mezenga recebe dentro da área e manda para o gol. Seguro, Conde defende.
10'Flamengo Cartão amareloSujou! Vinícius Pacheco dá carrinho no meio de campo em Rodriguez e leva amarelo.
8'Flamengo Vagner Love tenta roubar a bola de Iturra e leva as maõs ao rosto. Na disputa, o jogador do clube chileno acerta sem intenção o rosto do rubro-negro.
6'Flamengo É a vez de Vagner Love. Pela esquerda da área, o atacante tenta centralizar a bola, mas Victorino chega junto, a bola bate em Love e sai em tiro de meta.
5' Aperta a chuva no Maior do Mundo.
4'Flamengo Arrisca! Bruno Mezenga pega forte de fora da área, mas coloca longe do gol.
3'Univ. de Chile (CHI) Puch arrisca de longe e Bruno encaixa com firmeza.
2'Flamengo A bola até vai na área, mas Ronaldo Angelim não chega em tempo para a cabeçada.
1'Flamengo Leonardo Moura ataca pela direita e é derrubado. Vai chover bola na área.
1' TempoComeça a segunda etapa no Maraca!
Intervalo
Flamengo SubstituiçãoSubstituição: Sai Kleberson, entra Bruno Mezenga.