sábado, 17 de abril de 2010

De rabo de cavalo, Love convoca rubro-negros a dividirem o Maraca com o Bota

Se depender da parcial de venda de ingressos divulgada neste sábado, a torcida do Botafogo fará uma grande festa no Maracanã para apoiar seu time na final da Taça Rio com o Flamengo, às 16h (horário de Brasília) de domingo. Afinal, os ingressos para as arquibancadas verde e amarela destinadas aos alvinegros foram esgotados. Mas Vagner Love não se preocupou com esta informação.

O atacante está confiante que a torcida do Flamengo também estará presente no estádio. Mesmo assim, convocou os rubro-negros a irem ao Maracanã para ajudar o time a conquistar a Taça Rio e obrigar a realização dos dois jogos da final do Carioca contra o próprio Botafogo, que venceu a Taça Guanabara.

Agência/Estado

Vagner Love exibe novo visual na véspera da final da Taça Rio contra o Botafogo: tranças presas e barba

- Espero que a nossa torcida toda esteja no Maracanã. Que ela compareça, pois sabemos que ela faz a diferença. Ela é o nosso 12º jogador e espero que nos ajude a fazer a festa no Maracanã. Sabemos que quando o Flamengo chega (nas decisões) ela nos apóia muito. Se ela estiver lá (no Maracanã), vamos fazer de tudo para conquistar esse título e dedicá-lo a ela - disse Love, que retocou as tranças e passou a prendê-las como um rabo de cavalo.

Até o fim da tarde deste sábado foram vendidos 44.135 de um total de 66.817 bilhetes disponíveis. As cadeiras especiais e a arquibancada verde do Flamengo também estão esgotadas. Ainda restam 22.682 ingressos para a decisão da Taça Rio que poderão ser comprados neste domingo. A venda acontece apenas em General Severiano e na Gávea, de 9h às 13h, e na bilheteria 8 do Maracanã, de 9h até o intervalo da partida. As demais bilheterias do estádio abrem às 12h.

Beijo no Escuro


Flamengo x Botafogo


Ficha técnica


Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 18/4/10

Hora: 16h (de Brasília)



Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Lourenço Massara dos Santos (RJ)

FLAMENGO: Bruno, Léo Moura (Everton Silva ou Fierro), David, Angelim e Rodrigo Alvim; Maldonado, Toró, Willians (Michael) e Vinícius Pacheco; Adriano e Vagner Love. Técnico: Andrade.

BOTAFOGO: Jefferson, Fábio Ferreira, Antônio Carlos e Fahel; Alessandro, Leandro Guerreiro, Túlio Souza, Renato e Marcelo Cordeiro; Herrera e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana

Transmissão: A TV Globo exibe a partida ao vivo. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.


Love garante que grupo está unido: ‘Briga de marido e mulher se resolve em casa’

A briga envolvendo Bruno e Petkovic no intervalo do jogo contra o Universidad Católica, na última quarta-feira, no Chile, não irá influenciar o rendimento do Flamengo contra o Botafogo, domingo, no Maracanã, pela final da Taça Rio. Pelo menos é isso que garantiu Vagner Love na entrevista que ele concedeu nesta sábado, no Ninho do Urubu.

O atacante garantiu que a conversa que o grupo teve com a comissão técnica na última sexta-feira aparou todas as desavenças internas.

- Isso (a briga) não vai interferir. Aconteceu em um jogo da Libertadores, já conversamos e nos entendemos. Estamos concentrados, unidos. Problema vai haver em qualquer lugar: em casa, na rua, na família. Briga de marido e mulher se resolve em casa e daqui a pouco volta tudo ao normal - afirmou Vagner Love.

Na última sexta-feira, Andrade garantiu que Bruno e Petkovic não serão punidos por conta do episódio no Chile. Os dois estão relacionados para enfrentar o Botafogo, às 16h (horário de Brasília) de domingo, no Maracanã.


Léo Moura passa a ser dúvida para final da Taça Rio

Após o rachão realizado no Ninho do Urubu, um susto no time do Flamengo. O lateral Léo Moura sentiu uma contratura na coxa direita e passou a ser dúvida para o clássico decisivo deste domingo, contra o Botafogo.

Os médicos do Flamengo reavaliarão o lateral-direito na manhã deste domingo e, caso ele seja vetado para a decisão da Taça Rio, a dupla de laterais do Flamengo será composta por reservas, já que o lateral-esquerdo Juan, suspenso, também não joga.

Para a vaga de Léo Moura, os principais cotados são Everton Silva, reserva da posição, e Fierro, que já foi utilizado por Andrade pelo corredor direito. Já a vaga deixada por Juan será ocupada por Rodrigo Alvim.

A provável formação do Flamengo para a final da Taça Rio é: Bruno, Leonardo Moura, David, Ronaldo Angelim e Rodrigo Alvim; Toró, Maldonado, Willians e Michael (Vinícius Pacheco); Adriano e Vagner Love.


Campeonato Carioca: artilheiros

JogadorGols

1

Vagner Love (Flamengo)

14

2

Adriano (Flamengo) e Dodô (vasco)

11

3

Loco Abreu (Botafogo)

10

4

André Gomes (Macaé)

9

5

Herrera (Botafogo)

8

6

Caio (Botafogo), Fred (Fluminense), Léo Guerreiro (Boavista) e Tássio (Volta Redonda)

7


Final da Taça Rio: 44.135 bilhetes vendidos, restam 22.682

No domingo, a venda acontece apenas em General Severiano e na Gávea, de 9h às 13h, e na bilheteria 8 do Maracanã, de 9h até o intervalo da partida. As demais bilheterias do estádio abrem às 12h.


A partida pode ser a última do Campeonato Carioca de 2010, já que o Botafogo conquistou o primeiro turno e garante o título da competição por antecipação se vencer. Assim como no ano passado, o Flamengo, que busca o tetracampeonato estadual, precisa ganhar para forçar a realização de dois jogos decisivos.

Preços dos ingressos:


Cadeira Especial: Ingressos esgotados
Arquibancadas verde, amarela ou branca: R$ 50,00 (meia R$ 25,00)
Cadeira Comum: R$ 30,00 (meia R$ 15,00)

Venda pela internet: site www.ingressofacil.com.br


Flamengo treina penalidades de portões fechados para enfrentar o Botafogo

Cercado de muitos cuidados, o Flamengo realizou seu último treino, neste sábado, no Ninho do Urubu, antes de enfrentar o Botafogo, domingo, no Maracanã, na final da Taça Rio. A atividade estava marcada para começar às 15h30m (horário de Brasília), mas a imprensa só foi liberada depois de 90 minutos. Durante este período de exclusão, os jogadores treinaram cobranças de pênalti e jogadas de bola parada.

Ou seja, a comissão técnica achou por bem não oferecer qualquer pista ou informação de como os rubro-negros se prepararam para uma disputa de pênaltis se o clássico terminar empatado. E também como irá enfrentar as bolas aéreas alvinegras. Quando os portões foram abertos, os jogadores já estavam realizando um animado treino recreativo.

Poupado das últimas atividades por conta de dores no tornozelo direito, após pancada sofrida contra o Universidad Católica, na última quarta-feira, em Santiago, Willians participou normalmente e está confirmado para enfrentar o Botafogo. Vetado por dores na panturrilha direita, Álvaro fez apenas tratamento.

No fim da atividade, Léo Moura sentiu dores na coxa direita ao cruzar uma bola e deixou o campo para fazer fisioterapia. O lateral será reavaliado pelo médico Luiz Runco na manhã deste domingo, na concentração do Flamengo, mas não deve ser um problema para a decisão.

A presidente Patrícia Amorim acompanhou boa parte do treinamento, assim como o vice de futebol, Marcos Braz.


Em 91, Fla conquista a Taça Rio

LNET! reproduz briga entre Bruno e Pet no vestiário do Flamengo


Nos  quadrinhos, a reprodução do desentendimento entre Bruno e Petkovic no  intervalo do jogo Flamengo x Universidad Católica

Nos quadrinhos, a reprodução do desentendimento entre Bruno e Petkovic no intervalo do jogo Flamengo x Universidad Católica

As cenas de pugilato protagonizadas por Bruno e Petkovic, no vestiário do Estádio San Carlos de Apoquindo, os pés da Cordilheira dos Andes, em Santiago, no Chile, foram dignas de folhetim.

Indignado com a derrota de 2 a 0, ainda no primeiro tempo, para o Universidad Católica, capitão e goleiro do Mengão, Bruno destilou seu ódio sobre Petkovic.

Certo de que o gringo fazia corpo mole, chegou ao vestiário berrando:

- Você quer me f... Você quer me f...

Em seguida, o goleiro partiu para cima de Pet, aplicando-lhe dois empurrões, no peito. O sérvio reagiu e tentou investir sobre Bruno, que lhe desferiu um soco. O golpe atingiu o pescoço do apoiador.

Como não existem somente vilões em todo filme, os outros jogadores intervieram e separaram os brigões. Pet ficou isolado, fora do vestiário, visivelmente abatido. Bruno voltou ao gramado para a segunda etapa e viu, de dentro das quatro linhas, o vexame rubro-negro até o fim.

Na volta para casa, não somente pela derrota que pode custar a desclassificação na Libertadores, mas principalmente pelo desastrado entrevero entre Pet e Bruno, o clima era de velório, no avião fretado.

Apesar da tentativa frustrada de esconder o fato, a notícia, como em um filme de suspense, vazou na noite de quinta-feira. O silêncio foi a tônica entre as partes envolvidas. Mas ontem à noite, uma voz se levantou, na tentativa de selar a paz.

- O episódio teve um lado positivo. Ninguém quer perder. Se houve cobrança, é porque todo mundo quer vencer. É normal. Isso no futebol sempre ocorreu. Agora é tocar a vida porque temos final no domingo. Aprendemos com os erros. Quando caímos, temos de aprender a levantar. Quando o patrão está com raiva de seu funcionário, com certeza vai dar uma dura - explicou Adriano, o pacificador, pondo água na fervura.


Ingressos para Flamengo x Botafogo

Furto de equipamentos atrasa venda de ingressos no Maracanã

A venda de ingressos neste sábado no Maracanã para a decisão da Taça Rio entre Botafogo e Flamengo, domingo, sofreu um atraso de duas horas devido ao furto de equipamentos no local.

De acordo com funcionários, computadores e impressoras de uma das bilheterias foram levados durante a madrugada. O registro da ocorrência foi feito na 18ª Delegacia de Polícia Civil, que não informou maiores detalhes do caso.

Assim, antes que o atendimento ao público pudesse ser iniciado, os policiais precisaram fazer uma perícia no local, dando início às investigações. Por isso, o horário de abertura foi retardado.

Os torcedores de Flamengo e Botafogo que foram chegando ao estádio por volta das 9 horas tiveram que esperar até às 11 horas para começarem a comprar seus ingressos.

Por outro lado, ao contrário de outros postos, no Maracanã a meia-entrada está sendo comercializada normalmente. Na última sexta, no Tijuca Tênis Clube e na sede do São Cristóvão apenas a entrada inteira era vendida.

Fla conta com 'chefes', 'indiferentes' e um Petkovic isolado

A briga entre Bruno e Petkovic desvendou de vez a grave crise de comando que assola o Rubro-Negro. Divididos, hoje, a convivência dos jogadores depende do equilíbrio entre os três grupos que integram o elenco. Com a exceção de Petkovic, os outros 34 jogadores convivem em harmonia, sem maiores problemas.

Mesmo que camuflados, existem três grupos no elenco. O principal deles é formado por Bruno, Léo Moura, Álvaro e os atacantes Vagner Love e Adriano. Considerados os "chefes" do elenco, os cinco têm o poder de escolher os horários de treinos, o início da concentração, entre outras decisões importantes para o elenco. Alguns deles foram os principais responsáveis pela efetivação do técnico Andrade após a demissão de Cuca, no ano passado.

Os "chefes" contam com o apoio de outros jogadores do elenco. Toró, Denis Marques, Fabrício, Everton Silva e David são alguns deles. Além de conviverem bem, eles costumam sair juntos nos dias de folga concedidos pela comissão técnica.

Outro grupo é formado pelos "indiferentes": atletas sem histórico de confusão ou polêmica. Maldonado, Angelim, Juan, Willians, Kleberson e Vinícius Pacheco são uns dos integrantes. Esse grupo tem a característica de acatar as decisões sem criar problema para a comissão técnica e companheiros. Apesar de não comandarem, têm bom relacionamento com os "chefes".

Em meio à divisão, Petkovic integra o bloco do "eu sozinho". O sérvio ainda conversa com alguns jogadores, mas na maior parte do tempo prefere o isolamento. O temperamento do jogador complica bastante a sua integração com o restante dos companheiros. Por não concordar com as determinações dos "chefes", acaba isolado e sem clima no grupo. Pet costuma dizer que o vice de futebol, Marcos Braz, não o trata da mesma forma que Adriano e Vagner Love

Na véspera de jogos decisivos contra Botafogo e Caracas, este é o retrato de um Flamengo rachado e que luta mais uma vez contra si próprio.

A divisão do elenco rubro-negro:

Os "chefes" - Bruno, Adriano, Vagner Love, Léo Moura e Álvaro.

Amigos dos "chefes" - Paulo Victor, Welinton, Everton Silva, Toró, Michael, Ramon, Denis Marques, Gil, Fabrício, David, Rodrigo Alvim e Fernando.

"Indiferentes" - Marcelo Lomba, Marcelo Carné, Ronaldo Angelim, Galhardo, Jorbison, Juan, Maldonado, Léo Medeiros, Lenon, Rômulo, Willians, Fierro, Camacho, Kleberson, Vinícius Pacheco, Saba e Bruno Mezenga.

Bloco do "eu sozinho" - Petkovic


David animado com chance de ser titular no Flamengo

A dupla de zaga testada pelo técnico Andrade na última sexta-feira foi formada por David e Ronaldo Angelim, já que Álvaro apresenta uma lesão na panturrilha direita.

Feliz com a possibilidade de estar entre os escolhidos para a decisão da Taça Rio, domingo, contra o Botafogo, David lembrou com entusiasmo de outro momento importante em que o treinador precisou dele.

Na ocasião, também no Maracanã, o zagueiro virou herói: marcou o primeiro gol do Mengão na vitória sobre o Grêmio, por 2 a 1, que deu ao Flamengo o título do Campeonato Brasileiro do ano passado.

- Não vou mentir. Claro que sempre que volto ao Maracanã lembro daquele gol, e se puder participar de mais uma conquista do Flamengo, fazendo meu melhor lá atrás, e quem sabe ajudando no ataque também, vai ser ótimo – disse o zagueiro ao site oficial do clube.

Flamengo e Ambev perto de anunciar parceria


O Flamengo pretende anunciar semana que vem a parceria com a Ambev, para fornecimento de bebidas no clube, por três anos. As condições já foram acertadas entre as partes, só resta o último aval dos departamentos jurídicos. Os ganhos previstos seguem sob sigilo, por conta da cláusula de confidencialidade do contrato.


Andrade diz que o tri não ajuda na final deste domingo: 'Faz parte do passado'

As conquistas sobre o Botafogo nos últimos três últimas decisões dão aos flamenguistas a confiança de que a história poderá se repetir mais uma vez no duelo deste domingo, que vale o título da Taça Rio. Mas o técnico Andrade sabe só isso não adianta. Ele disse que uma final nunca é igual à outra e que o Rubro-Negro precisa entrar com muita atenção no domingo.

- Isso faz parte do passado. Foram três conquistas recentes, mas não me apego a isso. O momento é outro e vejo até o Botafogo com uma certa vantagem por já estar na final do Carioca. Não podemos achar que porque vencemos três finais vamos vencer esta de novo. Uma final nunca é igual à outra. Então temos de entrar bem atentos - afirmou o treinador.

Andrade lembrou que o próprio Fla recentemente quebrou um tabu: no Brasileiro de 2009, venceu o Santos na Vila Belmiro pela primeira vez e partidas oficiais. O Rubro-Negro encara o Botafogo neste domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã.


Adriano participa de evento contra o tráfico de menores


Atacante do Flamengo esteve nesta sexta-feira na sede da CBF, no Rio de Janeiro, para o lançamento de uma cartilha de direitos e prevenção ao tráfico de menores do esporte. A iniciativa é do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente do Rio de Janeiro, em parceria com o consórcio Trama. No fim do evento, Adriano lembrou o início de sua carreira: 'Escolhi um empresário que não deu coisas. Escolhi um que me deu um trabalho'

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Flamengo é favorito, mas Botafogo nunca pareceu tão pronto.

O Bota deve forçar as jogadas pela esquerda para que os  cruzamentos achem Abreu na disputa pelo alto contra Angelim. Léo Moura  será a principal alternativa pelos lados do Fla que novamente apostará  tudo em Love e Adriano para adiar a definição do Estadual.

É impossível deixar de atribuir um grande favoritismo ao atual tricampeão estadual e campeão brasileiro, que já mostrou poder de decisão em diversas ocasiões, inclusive contra o próprio adversário da final da Taça Rio, e é indubitavelmente superior em termos técnicos.

Porém, mais do que os problemas internos na Gávea que costumam ser superados em finais e jogos importantes, o que fortalece o Botafogo é a chance de definir o campeonato em uma única partida e a presença do vencedor e experiente Joel Santana no comando técnico. Mais que isso, existe uma grande probabilidade da principal e única, jogada ofensiva da equipe novamente dar certo, como aconteceu na semifinal da Taça Guanabara, por um equívoco na escalação do arquirrival.

Contra Loco Abreu, o gigante de 1,93 metro de altura que fica como referência para os inúmeros cruzamentos alvinegros e funciona tanto como finalizador como preparador, escalar Ronaldo Angelim - 1,77 metro e que falhou seguidamente no jogo aéreo na derrota para o Universidad Católica por 2 a 0 pela Libertadores, e deixar Fabrício, de 1,86 metro na reserva soa como uma decisão temerária de Andrade.

Não à toa, Joel Santana retorna com Marcelo Cordeiro no lugar de Somália e deve escalar o canhoto Renato Cajá no meio-campo. Certamente para cruzar bolas pela esquerda buscando Abreu entre Angelim e Rodrigo Alvim, que marca melhor e é mais alto que Juan, mas não tem o devido entrosamento com a retaguarda titular. A alternativa também é interessante para prender um pouco Léo Moura, que será a melhor opção rubro-negra pelos lados do campo.

A grande chance do Flamengo em termos técnicos e táticos é contar com uma tarde inspirada de sua dupla de ataque, responsável por 24 dos 45 gols da equipe. Nos últimos duelos, Love e Adriano levaram ampla vantagem sobre o limitado trio de zaga alvinegro e só não marcou mais do que os dois gols do Imperador na fase de grupos do returno porque Jefferson impediu com boas defesas e Love perdeu várias chances, especialmente na Taça GB.

O problema será fazer a bola chegar, já que o mais provável é que Andrade mande novamente a campo um meio-campo com três volantes – Maldonado mais plantado, quase como um terceiro zagueiro - e apenas Michael na articulação. Joel deve colar Leandro Guerreiro, seu melhor marcador, no meia de ligação e tentar asfixiar a criação rubro-negra.

Caio e Vinícius Pacheco são opções interessantes para mudar a cara da partida no segundo tempo pelo bom entendimento com as duplas de ataque e também pelo ritmo veloz que imprimem ao jogo.

É óbvio que tudo pode mudar com um gol do Flamengo logo no início, já que o trauma do Bota pelas derrotas recentes em finais não pode ser desconsiderado. A vantagem psicológica do atual tricampeão é inegável, mas o Botafogo do futebol “rústico” que dá certo e leva o time muito mais longe do que podia se imaginar nunca pareceu tão preparado para levantar a taça desejada pela sofrida e supersticiosa torcida que confia em Joel para bisar o feito de 1997, mas desta vez sem final.


Confira os confrontos de quartas de final do Novo Basquete Brasil


20/04 - Brasília x Bauru

21/04 - Franca x Pinheiros

21/04 - Minas x Joinville

23/04 - Flamengo x São José



Flamengo entrega à CBF documentos do Clube dos 13 e aguarda Taça de Bolinhas

O argumento de que jamais recebeu o documento do Clube dos 13 no qual Flamengo e Sport dividem o título do Brasileiro de 1987 não poderá ser mais usado pela CBF. O vice jurídico rubro-negro, Rafael de Piro, foi à sede da entidade na tarde desta sexta-feira, na Barra da Tijuca, e protocolou todas as documentações de reuniões da entidade sobre o assunto. Os principais dados estão em uma ata de 1997, quando o Sport passou a fazer parte do Clube dos 13 . Na época, havia necessidade de unanimidade para permitir a inclusão dos pernambucanos no grupo dos principais clubes do país. Kléber Leite, presidente do Flamengo na ocasião, condicionou sua assinatura ao reconhecimento do penta. O Sport contesta o argumento.

Na última quarta-feira, a CBF determinou que a Taça de Bolinhas será entregue ao São Paulo, considerado oficialmente como o primeiro a conquistar cinco vezes o Brasileiro.

- Entramos com um pedido de reconsideração da decisão tomada pela CBF. Apresentamos as duas atas das reuniões do Clube dos 13 de 88 e 97. Não encontrei com o Ricardo Teixeira (presidente da CBF), mas tenho certeza que ele receberá esta documentação e a encaminhará ao departamento jurídico da entidade – explicou Rafael de Piro.

Com esse pedido, o clube agora espera receber a Taça de Bolinhas. Na quarta-feira, dia em que Ricardo Teixeira anunciou a decisão favorável ao São Paulo, a CBF alegou jamais ter recebido a documentação do Clube dos 13 pró-Flamengo.

- O Clube dos 13 disse que as enviou cinco vezes, mas a CBF diz que nunca recebeu. De qualquer maneira, agora ela (CBF) tem tudo em mãos – explicou de Piro.

Entre as documentações entregues pelo vice jurídico estão a ata da reunião de 88, que reconhece o Flamengo e Internacional como campeão e vice-campeão daquele ano, sem necessidade de cruzamento com Sport e Guarani; a ata da reunião extraordinária de 97, determinando que os dois clubes (Flamengo e Sport) não precisavam ter se enfrentado e que, portanto, são os campeões de 87; e o ofício de 2007, reforçando a decisão da reunião de 1997.


Boa noite





Adriano recebe prêmios do Brasileiro com 130 dias de atraso

O Flamengo levantou a taça do Campeonato Brasileiro de 2009 em 7 de dezembro, um dia depois de vencer o Grêmio. Mas Adriano, artilheiro da competição ao lado de Diego Tardelli, do Atlético-MG, com 19 gols, recebeu seu troféu apenas nesta sexta-feira - 130 dias depois.

Adriano não compareceu ao evento que premiou os destaques do último Brasileiro e não deu explicações sobre sua ausência. Nesta sexta, mais de quatro meses depois e a poucas semanas do início da edição 2010 do campeonato nacional, o atacante flamenguista compareceu à CBF e levou para casa os troféus Rei do Gol e Atacante de Ouro - ele também havia sido eleito o segundo melhor atacante do torneio.

Site de apostas aponta Flamengo e Santos como favoritos

Flamengo e Santos são os favoritos nos duelos decisivos deste fim de semana pelos Estaduas do Rio de Janeiro e São Paulo, respectivamente. Pelo menos segundo o site de apostas Betsson.com (www.betsson.com).

No Rio, o Flamengo enfrentará o Botafogo na final da Taça Rio. O Fla precisa da vitória para conseguir o troféu e provocar a decisão do Estadual, que seria contra o mesmo Fogão. A cada real apostado no Mengão, o site pagará R$2,25. Já triunfo do Alvinegro renderá R$2,90 ao apostador.

Em São Paulo, a vantagem do Santos é ainda maior. Cada real gasto no Peixe renderá "apenas" R$ 1,90. Já a vitória do São Paulo vale R$ 3,50. O curioso é que o apostador pode levar essa quantia caso aposte no Tricolor mesmo se o time vencer só por um gol de diferença, o que não o classifica para a final.


Kleberson será homenageado com placa

O Flamengo homenageará, neste domingo (18.04), o meio de campo Kléberson, que completou, no último final de semana, na vitória diante do vasco, 100 jogos pelo clube.

O jogador receberá a placa antes do início da decisão da Taça Rio, entre Flamengo e Botafogo, às 16h, no Maracanã. O Mengão busca o bicampeonato da competição e o tetra Estadual.




Taça Rio: aproximadamente 40 mil ingressos vendidos para a decisão

O torcedor que quiser assistir no Maracanã à decisão da Taça Rio, no próximo domingo, às 16h (de Brasília), ainda tem chance de conseguir uma entrada neste fim de semana. Pelo menos no sábado. Depois dos 30.027 vendidos até quinta-feira, o clássico entre Flamengo e Botafogo fechou a sexta-feira com 39.174 já nas mãos da torcida - a carga total é de 66.817. As cadeiras especiais são o único setor para o qual não há mais ingresso.

A comercialização começou na quarta-feira apenas para sócios dos dois clubes, sendo aberta ao público em geral na quinta - nos dois dias, pela manhã e início da tarde, alvinegros e rubro-negros encontraran dificuldades para conseguir um bilhete.

A partida pode ser a última do Campeonato Carioca de 2010, já que o Botafogo conquistou o primeiro turno e pode, portanto, garantir o título da competição por antecipação. Assim como no ano passado, o Flamengo, que busca o tetracampeonato estadual, precisa vencer para forçar a realização de dois jogos decisivos.

A venda de ingressos continua no fim de semana, e haverá comercialização também no Maracanã no domingo, até a hora da partida, além dos outros pontos de venda - no sábado, o torcedor pode adquirir a sua entrada das 9h às 17h.


Confira os locais de venda

Sede do Botafogo, General Severiano
Engenhão: Bilheteria Norte (Botafogo) e Bilheteria Sul (Flamengo)
Maracanã, bilheteria 8
Sede do Flamengo, Gávea
Sede do Vasco, São Januário
Sede do São Cristóvão
Rua São João, 34. Centro – Niterói
Tijuca Tênis Clube
Arena da Barra

Preços dos ingressos:

Cadeira Especial: Ingressos esgotados
Arquibancadas verde, amarela ou branca: R$ 50,00 (meia R$ 25,00)
Cadeira Comum: R$ 30,00 (meia R$ 15,00)

Venda pela internet: site www.ingressofacil.com.br


Sem aperto de mão, Pet e Bruno são absolvidos após 'conversa de homem'

A diretoria do Flamengo decidiu que Bruno e Petkovic não serão punidos pela briga ocorrida no intervalo da derrota por 2 a 0 para o Universidad Católica, quarta-feira, em Santiago. Na ocasião, o goleiro, irritado com a atuação do meia, partiu para cima do sérvio no vestiário.

Nesta sexta, no Ninho do Urubu, o grupo se reuniu antes do treino para comentar o caso. Segundo o técnico Andrade, muitos jogadores falaram e o tom foi de união, apesar de o clima entre Pet e Bruno continuar longe de ser dos melhores.

- Não houve aperto de mão, mas houve uma conversa de homem - comentou Andrade, ao ser questionado se a dupla havia feito as pazes.

Para o treinador, o episódio não terá reflexo negativo na final da Taça Rio, contra o Botafogo, domingo, às 16h, no Maracanã. Pelo contrário: servirá para tornar o grupo mais maduro.

- Não é o momento de punição. Eles sentaram, falaram frente a frente. Essa conversa é melhor do que punição. Eu estava no vestiário no momento e falei para eles que não podemos perder para nós mesmos, só por méritos dos adversários. Tivemos uma conversa franca, também sou cobrado, e não gostei da atitude deles. Cobrança é normal, só não pode extrapolar. Roupa suja se lava em casa. Conversamos todos, junto com a comissão técnica, olho no olho, cara a cara. Tenho certeza de que o grupo sai fortalecido - analisou Andrade.

Amigo de Bruno e bem relacionado com Pet, Adriano também atuou como 'pacificador' na conversa antes do treino.

- Batemos um papinho e resolvemos. Agora é dar continuidade, já esquecemos. Teve uma parte positiva. Houve uma cobrança, uma coisa de momento. Já aconteceu várias vezes no futebol. É só mais uma barreira que vamos passar. Os jogadores já conhecem o Pet. Ele cobra muito. Mas acho que ele tem muito para dar ainda. Não considero que o grupo tem problemas com ele - garantiu o Imperador.

Andrade fez críticas aos dois envolvidos. Para ele, o capitão do time não poderia ter dado este mau exemplo.

- Bruno, apesar de novo, é um atleta experiente. Mas às vezes fica de cabeça quente e comete erros. Ele está arrependido pelo que houve com o Pet. Tem de haver respeito entre eles. Quando isso acaba, não dá para trabalhar.

Titular contra o Universidad Católica, Petkovic treinou entre os reservas nesta sexta-feira. Andrade negou que a decisão esteja relacionada com a briga de quarta-feira.

- Desde o final de 2009 ele já tinha dado uma caída. Também chegou mais tarde na pré-temporada, porque passou o Natal na Sérvia. Não fez como deveria ser feito. De lá para cá, ele não voltou a ter aquelas exibições do ano passado, nem teve o mesmo êxito. Oportunidade está sendo dada, mas de repente ele tem algum problema fora de campo que pode estar atrapalhando - concluiu o técnico.


Adriano, David e Rodrigo Alvim treinam entre os titulares; Petkovic é reserva

O técnico Andrade comandou na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, um treino coletivo para montar a equipe do Flamengo para a decisão da Taça Rio contra o Botafogo, domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã.

A atividade só foi liberada para a imprensa cerca de duas horas depois do início. O time tem algumas novidades, como a volta de Adriano ao ataque e a presença de David e Rodrigo Alvim entre os titulares. A principal dúvida está no meio de campo. Na primeira atividade depois da briga com o goleiro Bruno, Petkovic treinou entre os reservas.

David deverá ser o substituto de Álvaro, que sentiu dores na panturrilha direita na partida contra o Universidad Católica, quarta-feira, pela Libertadores. Rodrigo Alvim entra no lugar de Juan, que está suspenso por causa da expulsão na semifinal da Taça Rio, contra o vasco. O ponto de interrogação na escalação foi causado pela ausência de Willians no coletivo. O volante não participou do treino, ficou apenas fazendo fisioterapia no tornozelo direito. Ele, no entanto, não deve ser problema para a decisão. Mas Andrade não diz no lugar de quem Willians entrará. Nesta sexta, o meio de campo teve Toró, Maldonado, Vinícius Pacheco e Michael. Não está descartada a hipótese de o time jogar com apenas dois volantes.

O time titular teve: Bruno; Léo Moura, David, Ronaldo Angelim e Rodrigo Alvim; Maldonado, Toró, Vinícius Pacheco e Michael; Vagner Love e Adriano.


Adriano comenta sobre briga entre Bruno e Pet

Na tarde desta sexta-feira, o Imperador Adriano esteve na sede da CBF para participar da campanha "Na rede certa", que trabalha a favor dos direitos e prevenção ao tráfico de crianças e adolescentes no esporte. O atacante é o atleta-símbolo da iniciativa. Antes de deixar o evento e partir para treinar no Ninho do Urubu, o atacante comentou sobre a briga entre o goleiro Bruno e o meia Petkovic, no intervalo do jogo contra a Universidad Católica, em Santiago.

Adriano pretende conversar com os companheiros para resolver o problema.

- Vou conversar no treino para saber o que realmente aconteceu. Vamos colocar as coisas no lugar. Temos uma decisão muito importante no domingo - disse o Imperador.

Sobre a pressão no Flamengo e a situação do técnico Andrade no comando do clube, Adriano comentou.

- Sempre vai existir pressão no Flamengo. Confiamos 100% no Andrade e vamos continuar com ele - encerrou.

Comissão técnica do Fla terá de resolver caso envolvendo Bruno e Pet

A responsabilidade por conduzir as medidas que serão tomadas por conta da briga entre Bruno e Petkovic, no intervalo do jogo contra a Universidad Católica, na última quarta-feira, em Santiago, será de Andrade, sua comissão técnica e do gerente de futebol, Isaias Tinoco. Na visão do alto escalão dos dirigentes rubro-negros, eles precisam se posicionar, já que presenciaram toda a confusão no vestiário.

Na verdade, o clube tentará blindar o máximo possível a repercussão do caso para tentar que ele não afete o rendimento contra o Botafogo, domingo, pela final da Taça Rio, e contra o Caracas, quarta-feira, pela Libertadores. Os dois jogos praticamente definem a vida do Flamengo no primeiro semestre de 2010. Por conta disso, já há determinações para minimizar o desentendimento entre o goleiro e o sérvio. Inclusive, dizendo que não houve agressões físicas.

As assessorias de imprensa dos dois jogadores confirmaram que eles não devem dar entrevista nesta sexta-feira, no treino que está marcado para às 15h30m (horário de Brasília), no Ninho do Urubu. Só quem deve dar entrevista é o técnico Andrade, como já acontece normalmente às sextas-feiras. Corre o risco de o vice de futebol, Marcos Braz, não se pronunciar sobre o assunto. Pessoas ligadas ao dirigente informaram que ele quer um relatório detalhado do que aconteceu no Chile antes de se posicionar e tomar uma medida. Afinal, ele não viajou para Santiago com a delegação.

Só depois disso será possível determinar medidas e punições para os jogadores. Mas a possibilidade de afastar os envolvidos está, inicialmente, descartada. Por mais que o ambiente seja péssimo para Petkovic e sua renovação tenha ficado ainda mais longe, os relatos que chegaram aos mandatários rubro-negros apontam que ele não teve culpa no desentendimento com Bruno. Por sua vez, ninguém na Gávea vai querer afastar o goleiro e capitão do time na véspera de uma decisão.

Por tudo isso, o clube tenta tratar o assunto com a maior cautela possível. Tanto que ninguém se pronunciou até o momento sobre o caso. Nem Marcos Braz, nem Bruno, nem Pet, nem seus representantes. Um jogador que não quis se identificar resumiu o sentimento do que aconteceu no vestiário contra o Universidad Católica:

- Acabamos perdendo o jogo para nós mesmos. A situação agora está complicada.

A assessoria da presidente Patrícia Amorim também comunicou que ela não deve falar sobre o caso. No entendimento presidencial, esse assunto tem de ser conduzido pelo departamento de futebol, uma vez que ela tem outras tarefas mais importantes para conduzir, como, por exemplo, a própria questão envolvendo a Taça das Bolinhas.


Flamengo de olho na contratação de zagueiro Dalton do Flu

Enquanto a situação de Dalton não fica definida já tem clube pensando em contar com o jogador. O Flamengo estaria de olho na contratação do defensor, caso consiga judicialmente o rompimento do contrato com o Fluminense. O empresário do jogador, César Bottega, falou sobre a possibilidade e disse que pessoas ligadas ao clube procuraram o atleta, mas nada oficial surgiu.

- Conversei de forma amistosa com algumas pessoas ligadas ao Flamengo, mas não tem nada de concreto. Só procuraram para saber como estava a situação do jogador com o Fluminense. Seria um negócio interessante, mas não vamos falar sobre negociações até definir a situação dele - afirmou ao LANCENET!

Questionado sobre o interesse do jogador em permanecer no futebol carioca, Bottega disse que seria bom, mas garantiu que o atleta não tem preferência de clube. Dalton é natural de Rio das Ostras, Região dos Lagos, no Rio de Janeiro.

- Ele é de Rio das Ostras, então ficar perto da família sempre é bom. Mas após resolvermos a situação do atleta vamos analisar o que é melhor para ele. O Dalton não tem preferência de clube, ele quer apenas o melhor para sua carreira - confirmou.

Em relação ao interesse do jogador em permanecer no Flu, Bottega afirmou que a situação é difícil, já que clube e atleta seguem travando uma batalha na justiça, que vai se alongar até o próximo dia 20.

- Ele quer o que é de direito. Acho difícil ter um acordo para o Dalton ficar no Fluminense. Nada é impossível. Só que nesse momento, a situação é complicada - concluiu.

Na próxima dia 20 haverá um novo julgamento para definir a situação do atleta e do Fluminense, após o jogador recusar uma proposta de acordo. Dalton cobra uma dívida referente ao seu FGTS, que gira em torno de R$ 13 mil, alegado pelo jogador que não foram pagos pelo clube.


Vitória por dois gols de diferença sobre o Caracas praticamente leva Fla às oitavas

O desfecho do Grupo 4 da Libertadores tornou um pouco menos dramática a missão do Flamengo para garantir a vaga nas oitavas. Ao empatar por 0 a 0 com o Lanús, o Universitario terminou em segundo lugar na chave, com 10 pontos e saldo de três gols. Para ultrapassar o time peruano, o Flamengo precisa vencer o Caracas por dois gols de diferença na próxima quarta-feira, às 21h50m, no Maracanã. Neste caso, a vaga estará garantida se o Racing (URU) não vencer o Cerro Porteño no dia seguinte por cinco ou mais gols de diferença, fora de casa.

O problema está no cruzamento das oitavas. Terminando à frente apenas de Racing e Universitario, o Flamengo seria o último time entre os classificados. Enfrentaria, então, o time de melhor campanha na primeira fase, que atualmente é o Vélez Sarsfield, com 13 pontos. Os argentinos, porém, já fizeram sua última partida e podem ser ultrapassados.

Para entrar na próxima fase em condição menos incômoda, os rubro-negros ainda podem contar com o desfecho favorável do Grupo 5, liderado atualmente pelo Deportivo Quito, com 10 pontos, um a mais que o Internacional. Os dois times se enfrentam no Beira-Rio na próxima quinta-feira, às 19h30m.

Caso o Flamengo vença o Caracas por dois gols na quarta, ultrapassará também o Deportivo Quito se este for derrotado pelos colorados em casa. Vitória dos equatorianos também classificaria os rubro-negros.

Em caso de empate, tudo depende do saldo do Flamengo após o jogo de quarta. Se a vitória da equipe de Andrade for por 2 a 0, o Rubro-Negro só não passa o Inter se o jogo contra o Deportivo Quito for 6 a 6. Triunfo por pelo menos três gols garantiria os cariocas na frente dos gaúchos.

O Grupo 5, porém, ainda tem mais um perigo. Com sete pontos, o Cerro (URU) também pode chegar a dez, se vencer o Emelec, em casa. O desempate com o Flamengo seria no saldo. Os uruguaios têm saldo zero e cinco gols marcados. O time brasileiro tem saldo um e fez oito gols.


Michael garante que não tem mágoa do Botafogo: 'É um adversário normal'

As dores na coxa esquerda já não incomodam mais Michael. Recuperado do problema muscular que o afastou do time contra o Universidad Católica, o apoiador vai saber nesta sexta-feira se terá condições de disputar a final da Taça Rio, domingo, contra o Botafogo, seu ex-clube.

Em General Severiano, ele não teve uma passagem produtiva. O apoiador não se entendeu com o técnico Estevam Soares, teve problemas disciplinares, e foi afastado. Algo que ele garante já ter esquecido.

- É um adversário normal. Não vejo como um jogo de revanche ou um adversário que me cause raiva. Estou com a cabeça tranquila. Não tenho essa rivalidade ou qualquer mágoa com o Botafogo. Estou feliz aqui e nem quero saber de lá. Só espero que seja um bom jogo e que o Flamengo saia do Maracanã feliz – afirmou Michael.

José Luiz Runco, médico do Flamengo e da seleção brasileira, deve examiná-lo nesta sexta-feira, na Gávea, para confirmar se Michael está bem o suficiente para voltar a jogar.

- Estou bem, venho treinando forte e quero jogar. Não sinto mais nada, mas nesta sexta-feira eu vou conversar com o Runco para ver o que ele acha. Aí vamos ver se vai dar – afirmou Michael, que sentiu as dores após o jogo contra o Vasco, no último domingo.

Segundo ele, o problema aconteceu pelo fato de ter jogado três jogos consecutivos (Friburguense, Universidad de Chile e Vasco) em um curto período. Fato que nem o próprio apoiador se lembra quando aconteceu pela última vez em sua carreira. Apesar de ainda ter de ser avaliado pelo departamento médico, o jogador já fala com confiança sobre a decisão.

- Em final ninguém quer ficar fora. Estou aí para ajudar, seja entrando desde o início ou ficando no banco. Isso quem decide é o Andrade. Queria ter ido para o Chile, mas não deu. Agora é focar em ajudar o time nessa final.

Além dele, outros jogadores ainda são dúvida contra o Botafogo. O zagueiro Álvaro, que sofreu uma lesão na panturrilha esquerda no jogo contra o Universidad Católica, é a principal preocupação de Andrade. Ramon (dores na coxa direita), Willians (dores no tornozelo) e Denis Marques (dores no joelho direito) também serão reavaliados nesta sexta-feira, mas devem ser liberados para a decisão.


Temporada 2010 é marcada por turbulência constante no Flamengo

Briga entre Bruno e Petkovic é apenas mais um desentendimento entre tantos outros vividos na Gávea neste ano, dentro e fora de campo


A briga entre o goleiro Bruno e o meia Petkovic no intervalo do jogo contra o Universidad Católica, na última quarta-feira, em Santiago, pela Libertadores, foi apenas mais um que se juntou à série de outros problemas que marcam o 2010 do Flamengo. Nas vésperas de dois jogos decisivos (a final da Taça Rio contra o Botafogo, domingo; e o último jogo da fase de grupos da Libertadores contra o Caracas, na próxima quarta), o clube volta a ficar em estado de ebulição.

Desde a pré-temporada em Porto Feliz, o Flamengo convive com problemas que vieram junto com a conquista do Campeonato Brasileiro, em 2009. Depois de uma conturbada renovação, Andrade voltou aos trabalhos em janeiro com uma série de problemas: perdeu jogadores importantes como Aírton, Everton e Zé Roberto; Adriano se reapresentou com o mesmo problema da bolha no pé esquerdo; Leonardo Moura tinha um pequeno tumor no nariz; Ronaldo Angelim não tinha renovado seu contrato; Petkovic voltou mais tarde para passar o Natal ortodoxo na Sérvia; Denis Marques só apareceu no interior paulista nos últimos dias de trabalho.

A fúria de Pet no Fla-Flu

Inúmeras situações que mostravam que o porto do Flamengo não era tão feliz assim. O acerto com Vagner Love foi a quase solitária boa notícia em meio a isso tudo. Quando voltou ao Rio de Janeiro, os jogos do Carioca começaram. Conforme as rodadas foram passando, os problemas foram se desvendando, numa espécie de efeito dominó. Dentro de campo, o sistema defensivo foi alvo de críticas por sua fragilidade. Para muitos, as ausências de Aírton, negociado com o Benfica, e Maldonado, que recuperava-se de cirurgia no joelho esquerdo, desprotegeram a defesa. Mas enquanto o Império do Amor fazia mais gols do que o time sofria, e as vitórias apareciam, estava tudo bem.

Pelo menos até o Fla-Flu do dia 31 de janeiro. Foi quando Petkovic ficou irritado ao ser substituído por Vinícius Pacheco no intervalo do jogo, deflagrando um caminho sem volta. Antes de deixar o Maracanã, Marcos Braz se desentendeu com o sérvio, que acabou sendo afastado do grupo. O caso foi ganhando novos capítulos, entre troca de acusações comportamentais e reclamações por excesso de privilégios na Gávea.

Antes de Pet ser reincorporado ao grupo, Leonardo Moura e Álvaro discutiram asperamente durante o jogo contra o Boavista, no dia 6 de fevereiro, em Volta Redonda. Durante o carnaval, também houve pequenos atritos entre a comissão técnica, e o auxiliar Marcelo Sales chegou a ser afastado alguns dias. No jogo seguinte, o sérvio voltou a jogar (substituindo Vinícius Pacheco), mas o Flamengo perdeu a semifinal da Taça Guanabara para o Botafogo, no dia 17 de fevereiro.

O compromisso que o Flamengo tinha logo depois era a estreia na Libertadores, contra o Universidad Católica, no dia 24 de fevereiro, Maracanã. Vitória heróica por 2 a 0 com um homem a menos (Willians foi expulso com dois minutos de jogo). Mas o resultado positivo veio acompanhado de mais uma polêmica. Desta vez, Álvaro xingou Andrade após algumas orientações táticas.

Confusão na Chatuba

Iniciada a Taça Rio, novos problemas. Sem Adriano e Kleberson, convocados para o amistoso da seleção brasileira contra a Irlanda, em Londres, o time começou a competição goleando o Macaé e vencendo o Madureira. Mas logo após esses dois jogos, veio o notório episódio na Chatuba. O Imperador voltou da Inglaterra diretamente para a farra com companheiros de Flamengo, entre eles Álvaro e Bruno. Quando estavam na Vila Cruzeiro, a então esposa do atacante, Joana Machado, apareceu na favela como um furacão, discutindo com Adriano e criando uma série de constragimentos públicos. E o goleiro Bruno, ao tentar defender o colega, ainda fez uma pergunta com teor machista: "quem nunca brigou ou até saiu na mão com a mulher?". O camisa 1 levou uma dura da presidente patrícia Amorim e teve que se retratar dias depois.

Por causa do episódio da Chatuba, o Imperador foi afastado do jogo contra o Caracas, na Venezuela, dia 10 de março, pela Libertadores.

- Os problemas do Adriano são notórios e conhecidos – chegou a dizer Marcos Braz na época.

Dias depois, o casal apareceu de mãos dadas na Gávea quando o atacante iniciou a etapa de treinos de recondicionamento físico. Mesmo visivelmente fora de forma, o atacante voltou ao time contra o Vasco, marcando o gol da vitória, dia 15 de março. Foi a partir deste jogo que Vagner Love passou a ter de responder publicamente por suposto envolvimento com traficantes, após ter sido flagrado entre eles numa festa na Rocinha.

Love na favela e moto polêmica

Em meio a esse caos extracampo, o time foi a Santiago e foi derrotado pelo Universidad de Chile, dia 17 de março. Mas o jogo seguinte serviu para amenizar as críticas ao Império do Amor, quando Adriano marcou os dois gols que garantiram o empate no clássico contra o Botafogo. A partir daí, o Imperador passou a fazer gols importantes, mas sempre sem comemorá-los.

Quando o Império do Amor saiu do foco policial (os dois atacantes tiveram que depor sobre o envolvimento com traficantes) e tudo parecia ter acalmado, Adriano desfalcou o time contra a Universidad de Chile, no começo do mês, por causa de dores lombares. Elas o tiraram não só desse jogo, mas também de todos os outros até agora. Ou seja, dos cinco jogos rubro-negros na Libertadores, ele jogou apenas dois.

Mas o foco deixou de ser Adriano justamente em um desses jogos que ele esteve ausente da competição sul-americana. Na última quarta-feira, Bruno e Petkovic brigaram no intervalo do jogo contra o Universidad Católica, em Santiago.



Grandes do Rio 'estreiam' na Globo

Os quatro grandes clubes do Rio já deram na quinta-feira os primeiros passos para terem voz mais ativa no futebol do Estado e do país. À noite, os quatro presidentes foram à Globo para iniciar já a discussão do futuro contrato de TV do Campeonato Estadual.

Os clubes querem negociar o contrato diretamente, e não mais deixar nas mãos do presidente da Ferj, que também participou do encontro. Na próxima reunião entre os quatro, que deve ocorrer no início da semana que vem, os clubes vão divulgar um manifesto.





MP envia Termo para vendas de ingressos no Rio. Saiba!



O Ministério Público enviou ontem aos quatro grandes clubes do Rio, à Suderj, à Ferj e à BWA a minuta de um novo Termo de Ajustamento de Conduta sobre a venda de ingressos na cidade. Um dos itens do TAC proíbe a venda de ingressos no estádio em clássicos e finais de campeonato. E deu dez dias para a resposta.


Flamengo só deve lançar terceiro uniforme daqui a duas semanas

Ainda não será nesta sexta-feira que o Flamengo irá lançar o seu terceiro uniforme. O departamento de marketing rubro-negro se reuniu na última quinta-feira com Túlio Fornicula, diretor da Olympikus, e ficou decidido pelo adiamento da cerimônia de lançamento. Isso só deve acontecer nas próximas duas semanas, possivelmente no próximo dia 26. Mas já existe uma data marcada para a estreia da camisa azul e amarela.

Trata-se do jogo contra o Vitória, dia 16 de maio, em Salvador, na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Este será o segundo jogo rubro-negro na competição. O primeiro é contra o São Paulo, dia 9 de maio, no Rio de Janeiro. Mas por determinação do Conselho Deliberativo, a camisa só poderá ser utilizada em partidas fora da cidade, com um intervalo mínimo de 30 dias e apenas três vezes por ano.

Antes mesmo de ser lançado, o terceiro uniforme já gerou grande expectativa na torcida. Tanto que mais de 50 mil camisas já foram encomendadas por lojistas. As cores foram escolhidas em alusão ao uniforme do remo, que o clube utilizava nos primeiros anos após a sua fundação, em 1895.


FOTO: Taça Rio já está na sede da Ferj

Buda Mendes/FERJ

O troféu que o vencedor do segundo turno do Campeonato Carioca vai erguer já está na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro. Como nos últimos dois anos, a Taça Rio é inspirada na Liga dos Campeões da Europa. Banhada em prata, pesando cerca de dez quilos e com 70 cm ela será disputada neste domingo, às 16h, por Flamengo e Botafogo no Maracanã. O ponto curioso da foto de divulgação da Ferj, é que, ao fazer menção aos clubes, a entidade escolheu usar a camisa 2 do Alvinegro e a camisa do goleiro Bruno, do Rubro-Negro.

Libertadores: Universitario empata com o Lanús, e situação do Flamengo melhora um pouco

Mengão terá que bater o Caracas por, no mínimo, dois gols de diferença e secar o Racing de Montevidéu contra o Cerro Porteño. Dos oito segundos colocados, os seis melhores avançam às oitavas.

Classificação

GRUPO 1 P J V E D GP GC S
1 Corinthians

13 5 4 1 0 8 3 5
2 Racing-URU

7 5 2 1 2 4 5 -1
3 Independiente

6 5 1 3 1 3 3 0
4 Cerro Porteño

1 5 0 1 4 3 7 -4


GRUPO 2 P J V E D GP GC S
1 Once Caldas

11 5 3 2 0 8 4 4
2 São Paulo

10 5 3 1 1 8 2 6
3 Monterrey

6 5 1 3 1 5 6 -1
4 Nacional-PAR

0 5 0 0 5 1 10 -9


GRUPO 3 P J V E D GP GC S
1 Alianza Lima

12 5 4 0 1 12 6 6
2 Estudiantes

10 5 3 1 1 10 5 5
3 Juan Aurich

6 5 2 0 3 7 11 -4
4 Bolívar

1 5 0 1 4 1 8 -7


GRUPO 4 P J V E D GP GC S
1 Libertad

12 6 3 3 0 10 3 7
2 Universitario-PER

10 6 2 4 0 5 2 3
3 Lanús

8 6 2 2 2 6 6 0
4 Blooming

1 6 0 1 5 3 13 -10


GRUPO 5 P J V E D GP GC S
1 Deportivo Quito

10 5 3 1 1 5 4 1
2 Internacional

9 5 2 3 0 5 2 3
3 Cerro

7 5 2 1 2 5 5 0
4 Emelec

1 5 0 1 4 2 6 -4


GRUPO 6 P J V E D GP GC S
1 Nacional-URU

9 5 2 3 0 7 4 3
2 Banfield

8 5 2 2 1 9 7 2
3 Morelia

5 5 1 2 2 4 6 -2
4 Deportivo Cuenca

4 5 1 1 3 6 9 -3


GRUPO 7 P J V E D GP GC S
1 Vélez Sarsfield

13 6 4 1 1 10 5 5
2 Cruzeiro

11 6 3 2 1 12 6 6
3 Colo Colo

8 6 2 2 2 8 10 -2
4 Deportivo Itália

1 6 0 1 5 4 13 -9


GRUPO 8 P J V E D GP GC S
1 Universidad do Chile

11 5 3 2 0 10 6 4
2 Flamengo

7 5 2 1 2 8 7 1
3 Universidad Católica

6 5 1 3 1 5 5 0
4 Caracas

2 5 0 2 3 3 8 -5


Próximos jogos


Ter, 20/04/2010
  • 20:15
  • 21:15
Qua, 21/04/2010
  • 19:30
  • 19:30
  • 21:50
  • 21:50
  • 21:50
  • 21:50
Qui, 22/04/2010
  • 19:30
  • 19:30
  • 21:50
  • 21:50


Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!