Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 24 de abril de 2010

Rogério Lourenço dá recado: ‘Não adianta ficar sem treinar e dizer que resolve’

A diretoria do Flamengo tinha apenas uma opção: Joel Santana. O treinador postergou a resposta, pensou e decidiu ficar no Botafogo. Com o tiro n’água, a presidente Patrícia Amorim ficou de mãos atadas. As negociações com treinadores que interessam não seriam tão fáceis a ponto de fechá-las até a partida contra o Corinthians, quarta-feira, pelas oitavas de final da Taça Libertadores. A granada sem pino caiu na mão de Rogério Lourenço, um dos três auxiliares de Andrade e técnico da seleção brasileira sub-20. Ele não se intimidou com o desafio e mostrou-se afinado com o discurso da presidente de mudar a filosofia de negligência aos treinos.

- O que o jogador faz no jogo é resultado dos treinamentos. Não adianta passar a semana inteira sem treinar e dizer que resolve, como acontecia há 20, 30 anos O futebol, de um modo geral, e não apenas no Flamengo, não permite isso. Se querer as coisas certas é ser disciplinador, é por aí... – disse o treinador, que terá sua primeira experiência em um time profissional.

Rogério encontra um grupo muito criticado e em busca de uma nova identidade. Após o título brasileiro e o início ruim em 2010, o Rubro-Negro terá de se reinventar. Até porque esta é uma exigência da diretoria. Foi por isso que Andrade foi demitido, assim como a cúpula do futebol. Trabalhar com jogadores renomados, mas propensos às polêmicas não incomoda o novato.

- Depende como cada um vê as coisas. Eu vejo o lado de assumir uma equipe com jogadores de nível internacional.

Neste domingo, os jogadores do Flamengo, que não falam desde a partida contra o Caracas, quarta-feira, estão de folga. Voltam aos treinos na segunda à tarde. Os dois dias de trabalho antes da partida contra o Corinthians vão servir para o interino tentar passar suas orientações ao time.

- Óbvio que já tenho coisas na cabeça, mas nos treinamentos de segunda e terça vou colocá-las em prática. Não sou muito apegado às definições de tática por 4-4-2, 4-5-1... Não baseio meu trabalho nisso.

Conmebol divulga lista dos árbitros das oitavas da Libertadores

A Confederação Sul-americana de Futebol divulgou neste sábado a escala dos árbitros que vão atuar nos primeiros jogos das oitavas de finais, da Copa Libertadores da América. O destaque ficou para o paraguaio Carlos Amarilla, que vai trabalhar no confronto entre Flamengo e Corinthians, no Maracanã, na quarta-feira.

Segundo melhor colocado na fase de classificação, o São Paulo vai à Lima pegar o Universitário (PER), com o argentino Saúl Laverni no apito. A partida também será realizada na quarta-feira.

No mesmo dia, o Internacional viaja a Buenos Aires para encarar o Banfield. A arbitragem será do uruguaio Jorge Luis Larrionda.

Já na quinta-feira, o Cruzeiro espera um Mineirão lotado no duelo com o Nacional (URU). Os jogadores da raposa terão que ficar atentos com o rigoroso e polêmico Héctor Baldassi, da Argentina.

Dois árbitros brasileiros também estão escalados para esta rodada. Carlos Eugênio Simon vai apitar o jogo entre Alianza Lima e Universidad de Chile, enquanto Salvio Espíndola vai trabalhar no confronto Once Caldas x Libertad.

Nos demais jogos, os árbritos escolhidos foram:

San Luis x Estudiantes - Juan Ernesto Soto (VEN)
Chivas x Vélez Sarsfield - Óscar Ruiz (COL)

Todos os confrontos vão acontecer na quarta e quinta-feira desta semana.

Sinto-me preparado para assumir esse cargo, diz Lourenço

Confirmado como técnico interino do Flamengo até a próxima quarta-feira, Rogério Lourenço se sentiu prestigiado com a oportunidade de comandar o Rubro-Negro na partida diante do Corinthians, na próxima quarta-feira. Ele garante estar preparado para o novo desafio.

-Estou muito feliz. Fiquei contente com o convite e me sinto preparado para assumir esse cargo, mesmo que interinamente. Todo mundo sabe que a diretoria está procurando um novo técnico e ninguém escondeu isso de mim - garantiu.

O grande objetivo da cúpula de futebol do Flamengo é trazer um treinador que exija grande disciplina de seus comandos. Lourenço não se enquadra nestas características, mas garante não ser adepto a escalar jogadores que não treinam durante a semana.

- Não sou um treinador disciplinador. Não é a palavra certa. Mas sei que os resultados é fruto de um trabalho na semana. Não dá para ter um jogador que não treina a semana inteira, chega na hora do jogo e não vai resolver - explicou.

Ciente da dificuldade de permancer à frente do comando técnico do Fla, o interino traça o paralelo desta oportunidade com a sua vida como jogador profissional.

- Tudo na minha vida aconteceu rapidamente. Quando estreei como jogador tinha 17 anos. Também parei cedo, aos 33 anos. Estou tendo essa oportunidade e acredito que posso ser efetivado como treinador. Já foi feito isso em outras oportunidades, com o Carlinhos e com o Andrade - lembrou.


Love passa mal e perde primeiro treino de Rogério no Flamengo

Vagner Love foi a ausência no treino do Flamengo na tarde deste sábado, no CT Ninho do Urubu. O jogador telefonou para o gerente de futebol Isaías Tinoco, disse que passou mal e não poderia participar da atividade. Ele também solicitou a visita do médico Márcio Tannure à sua casa no início da noite.

Os demais jogadores participaram de um treino em campo reduzido sob o comando de Rogério Lourenço. O auxiliar deve ser o técnico na partida de quarta-feira contra o Corinthians, pelas oitavas de final da Taça Libertadores.

Adriano treinou normalmente, assim como Petkovic. O sérvio ficou fora do treino de sexta por causa de dores musculares.

Neste domingo, a programação foi mantida e o grupo terá folga. A reapresentação acontece segunda-feira, na Gávea, às 15h30m.


Rogério assume

Após a recusa de Joel Cachaceiro Santana, que preferiu continuar no Botafogo, o Flamengo aposta em Rogério Lourenço para as oitavas de final da Libertadores, contra o Corinthians. O ex-zagueiro do clube fazia parte da comissão técnica como um dos auxiliares de Andrade.

Rogério já comandará a equipe no treino da tarde deste sábado. Técnico da seleção brasileira sub-20, ele estava cotado para assumir a equipe desde o início do ano, quando o clube encontrava dificuldade para renovar o vínculo com Andrade.




Rogério foi formado no clube e defendeu o time de 1988 a 1994. Depois, voltou ao clube em 2000 e fez dois jogos antes de abandonar os gramados. Ao todo, foram 282 partidas e 23 gols. Participou da campanha dos títulos Copa do Brasil de 1990, do Carioca de 1991 e do Brasileiro de 1992.




Joel cachaceiro decide pela permanência no Botafogo

Joel disse ao povo que fica. Após um dia de indefinição e assédio do Flamengo, o técnico Joel Santana decidiu, neste sábado, pela permanência no comando do Botafogo para a sequência da temporada. As informações são do colunista Renato Maurício Prado, do jornal "O Globo".

Joel, que participou de reunião na manhã deste sábado com a cúpula do futebol alvinegro, se encontrou com o seu empresário, Léo Rabello, e o comunicou da decisão de recusar a proposta rubro-negra para substituir Andrade.

- Não entendi. É a primeira vez, em muitos anos de trabalho, que ele não me ouve. No Flamengo, embora o salário fosse um pouco menor, ele ganharia muito mais, por causa da premiação nas diversas fases da Libertadores. Eu o aconselhei a ir. Mas ele acabou comovido com a turma do Botafogo e decidiu ficar - afirmou Rabello, em entrevista ao colunista.

Além do bom momento que vive no clube, o papo de cerca de dez minutos com os jogadores na manhã deste sábado foi fundamental para escolha do treinador.


Maldonado não se mostra preocupado com trocas no Fla

Entre toda a insatisfação estampada na cara dos jogadores do Flamengo, sexta-feira, no Ninho do Urubu, por conta da demissão de Andrade do comando técnico da equipe e do vice-de futebol, Marcos Braz, uma voz soou imparcial em meio à comoção.

Acostumado com a disputa da Copa Libertadores e com o objetivo fixo de defender a Seleção do Chile na Copa do Mundo deste ano, o chileno Maldonado deixou claro que a mudança no cargo técnico não deve demandar tanta atenção do elenco. Para o chileno, o Flamengo deve fixar suas atenções para o jogo contra o Corinthians, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

– Vamos aguardar essas mudanças, mas o time conseguiu a vaga para as oitavas da Libertadores, e isso é o mais importante. Agora resta esperar para ver quem chega e fazer o melhor nos próximos dias para fazermos um bom jogo contra o Corinthians – disse o jogador.


Joel aparece no Botafogo, mas não dá treino e destino deverá ser mesmo o Flamengo

Ao que parece Joel Santana está mesmo trocando o Botafogo pelo Flamengo. Na manhã deste sábado, em General Severiano, o treinador apareceu no clube, mas não comandou o treinamento. Ele teve apenas uma conversa com os jogadores e dirigentes dentro do vestiário, praticamente dando um adeus.

A reunião foi antes de começar o treino. Depois, por apenas cerca de 25 minutos, os jogadores realizaram o tradicional rachão (sempre nas vésperas dos jogos) e foram comandados pelo auxiliar técnico Jair Ventura.

A assessoria de imprensa do Botafogo informou que não haverá qualquer coletiva para confirmar a provável saída de Joel Santana. Tudo será divulgado no site oficial do clube.

Porém, o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, perguntado sobre a permanência do treinador, deu a seguinte resposta, já praticamente confirmando a sua ida para o Flamengo. “Pergunta para ele (Joel Santana)”, limitou-se.

Para Fahel, que atuando como zagueiro cresceu desde a chegada de Joel Santana, a saída do treinador, neste momento, seria muito ruim para os jogadores.

“Nós (atletas) conversamos exatamente sobre isso. A saída de um técnic o nunca é boa, mesmo nos momentos de dificuldade. O Joel sabe que queremos a sua permanência. A diretoria está fazendo o possível para ele ficar”, comentou o volante.

Na Gávea, David já se preocupa com Ronaldo

A definição do duelo de oitavas de final da Copa Libertadores entre Corinthians e Flamengo imediatamente levantou preocupações nos setores defensivos das duas equipes. De um lado, os corintianos terão de segurar o Império do Amor, ataque formado por Adriano e Vagner Love. Do outro, os rubro-negros focarão o Fenômeno Ronaldo. Esse já o foco do zagueiro David.

"Nós temos que nos preocupar com o Ronaldo, é claro. É um grande jogador, um dos melhores do mundo, mas se eu for jogar, vou fazer meu máximo para neutralizá-lo, assim como do lado de lá também todos vão querer parar o Vagner Love e o Adriano", analisou o jogador, confiante para a partida da próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Maracanã.

Nenhum dos ataques aparece em boa fase. Ronaldo está fora de forma e tem sido contestado pelo fraco desempenho na temporada. Adriano vive problema semelhante: tem passado por constante lesões e escândalos envolvendo supostos problemas pessoais e com consumo de álcool. Apesar disso, David espera um duelo complicado para decidir quem seguirá na briga pelo título continental.

"Está todo mundo muito feliz com a vaga, mas também muito ciente de que precisa aproveitar essa oportunidade de ter chegado às oitavas de final. Nosso objetivo é o título e sabemos que o Corinthians é um candidato forte também a ser campeão. Vai ser um grande jogo e temos que estar preparados", complementou o defensor rubro-negro.

Álvaro não deve pegar o Corinthians pela Libertadores

O zagueiro Álvaro tem poucas chances de jogar contra o Corinthians, quarta-feira, pelas quartas de final da Taça Libertadores.

Na sexta-feira, mais uma vez o jogador não participou das atividades, no Ninho do Urubu. Enquanto o grupo estava em campo, Álvaro permaneceu fazendo um trabalho diferenciado na sala de musculação.

Segundo o médico Márcio Tanure, dificilmente ele estará em campo contra o Timão.

– Ele está fazendo um trabalho diferenciado. Estamos percebendo certa evolução, mas para quarta-feira, acho pouco provável. É maior a probabilidade dele não participar do jogo – afirmou.

Willians, que saiu no meio do treinamento reclamando de dores no tornozelo direito, não participou da segunda metade do trabalho em campo. Porém, o volante não preocupa para o duelo com o Corinthians.

– Willians tinha um incômodo no tornozelo. Por isso decidimos que seria melhor ele fazer musculação. Sua escalação dependerá do treinador. Por parte do departamento médico, não há restrição – disse Tanure.

Troca de comando no futebol muda o andamento de negociações no Fla

A demissão do comando do departamento de futebol do Flamengo interrompe uma série de negociações que vinham sendo conduzidas pelos ex-diretores Marcos Braz e Eduardo Manhães. Ao mesmo tempo, a mudança inaugura uma nova fase, e o futuro de alguns jogadores pode ter um desfecho diferente do que estava sendo desenhado.

Os casos de Petkovic e Álvaro são os melhores exemplos. O sérvio não contava com a simpatia do vice de futebol, Marcos Braz, e a sua renovação estava emperrada. Mas a presidente Patrícia Amorim passará a conduzir a negociação, que ganhou novos ares. Com contrato até junho, Pet deseja assinar até dezembro de 2011, e existe uma corrente política na Gávea que deseja a sua permanência.

- A situação dele (Pet) vai ser analisada. Não só a dele, mas a de todos os jogadores – disse a presidente.

Já o caso de Álvaro é justamente o inverso. Com moral junto a Braz, o zagueiro não tem prestígio com a cúpula, e é o primeiro nome da lista de jogadores ameaçados de não continuar na Gávea. O contrato do defensor termina em junho e, segundo um assessor de Patrícia, não deverá ser renovado. O motivo é simples: uma parte do grupo de atletas não gosta de Álvaro, que sempre reclama dos outros ao invés de assumir as próprias falhas. Ele também é malvisto por tentar se impor como líder.

Paralelamente a estas situações, há conversas que foram iniciadas por Marcos Braz. Antes de deixar o comando do futebol, ele fez um único pedido a Patrícia Amorim: para que ela honre os compromissos que tinham sido assumidos por ele. O ex-vice de futebol já havia adiantado a renovação do acordo com o volante Maldonado, que tem vínculo com o clube até 31 de agosto, e prolongar o contrato do goleiro Marcelo Lomba, que termina em dezembro de 2012.

O agora ex-dirigente também já tinha acertado a contratação do apoiador Jones Carioca, que disputou o Campeonato Carioca pelo América e pertence ao Bonsucesso. Braz só estava esperando a definição do futuro do Fla na Libertadores para anunciar o acordo.

Também existem casos não tão adiantados. Caso de Zé Roberto. Com o aval de Braz, o empresário do apoiador do Schalke 04, Rodrigo Fonseca, foi à Alemanha tentar a liberação para que ele retorne ao Flamengo.


Pesos pesados

Ronaldo-Adriano-Galvao-sumo

Haja coração, haja coxinha, haja risole, haja bisteca, haja cigarros, haja travecos…


sexta-feira, 23 de abril de 2010

Em jogo equilibrado, Flamengo vence São José e abre 1 a 0 nas quartas do NBB

Desta vez não teve recorde, muito menos vitória fácil. Depois de vencer o São José no returno, com direito a 63 pontos, o Flamengo teve de lutar até o fim da primeira partida dos playoffs para derrotar o campeão paulista por 78 a 71 e abrir a série melhor de cinco com o triunfo na casa do adversário.

Cestinha do jogo e do campeonato, Marcelinho anotou 35 pontos e chegou à marca de 4 mil pontos pelo Flamengo. Pelo São José, Matheus somou 21.

- Fico muito feliz por representar a nação rubro-negra. Nós, que somos flamenguistas, sabemos o que a torcida sente nas arquibancadas. Estou feliz por fazer história no clube e quero fazer mais ainda com a conquista de títulos – disse Marcelinho, em entrevista ao SporTV.

A marca de 4.000 pontos de Marcelinho foi alcançada logo no primeiro quarto, com um arremesso de dois certeiro. O ala comandou o ataque rubro-negro no início da partida, somando 15 pontos no período inicial. No entanto, o camisa 4 também foi incisivo na defesa, acumulando duas faltas para tentar segurar a reação do São José.

Do outro lado da quadra, Wanderson acertou a mão para deixar o jogo empatado em 26 pontos logo no terceiro minuto do segundo quarto. Com aproveitamento de 100% nos lances livres, o campeão paulista virou o placar e, mesmo com a reação do Flamengo perto do fim do período, foi para o intervalo com um ponto a mais no marcador (39 a 38).

Na volta para o terceiro quarto, Marcelinho e Jefferson abriram o caminho para a vitória carioca. A dupla de ataque aproveitou a mudança na marcação do São José para abrir seis pontos de diferença no placar, a maior vantagem de uma equipe no jogo. Mas quando parecia que o Flamengo caminhava para um triunfo tranquilo, a defesa abriu, e o São José começou a pontuar e encostar no placar.

A menos de um minuto do fim do terceiro período, Matheus acertou um arremesso de dois e deixou o placar empatado em 54 pontos. Porém, a 13 segundos do apito final, Wagner permitiu que o Rubro-Negro fosse para o banco com a vantagem de dois pontos.

A marcação do time paulista, então, parou. Livre, Marcelinho anotou três chutes fora do garrafão, e Teichmann chegou a enterrar uma bola para deixar o Flamengo mais seguro na partida. O São José tentou equilibrar o jogo novamente com arremessos de três de Matheus, mas não foi suficiente. Ao todo, os donos da casa tiveram um aproveitamento de apenas 20% no fundamento, acertando sete de 34 tentativas.

- Nosso ataque não produziu tanto, o aproveitamento de três pontos não foi bom. Mas faltou o detalhe. Jogamos de igual para igual, e nossa equipe ainda está viva – afirmou Matheus.

Flamengo e São José voltam a se encontrar no próximo domingo, às 20h30m (de Brasília), na Arena da Barra, no Rio de Janeiro. A partida terá transmissão ao vivo do SporTV 2.


Showbol

Já estão definidos os finalistas do Campeonato Brasileiro de Showbol 2010.

Na preliminar o Corinthians venceu o Palmeiras por 10 a 7. No jogo principal o Flamengo venceu o Flu por 10 a 6. O Flamengo é o campeão Brasileiro 2009.

Flamengo x Corinthians

Data: 30/04/2010

Local: Volta Redonda/RJ

Hora: 21h

Transmissão: SporTV


Flamengo: Joel confirma convite de Patrícia Amorim e se diz com o coração dividido

O técnico Joel Santana foi convidado, oficialmente, nesta sexta-feira, para ser o substituto de Andrade no comando do time do Flamengo. O que até então era apenas uma sondagem transformou-se em convite formal, feito pela presidenta Patrícia Amorim, agora à tarde, após demitir o antigo treinador.

- Não posso negar (que recebeu o convite). Estou com o coração dividido. De um lado, o Botafogo, que me acolheu tão bem e do outro o Flamengo, com quem sempre tive uma relação muito especial. É uma decisão difícil. Preciso sentar com o meu empresário (Leo Rabello) e pesar bem as duas coisas. Mas seja qual for o caminho, quero ficar bem com os dois clubes e com o Maurício Assumpção e a Patrícia, dos quais só tenho gentilezas.

Joel atendeu ao telefonema logo depois de uma sessão na bicicleta ergométrica da academia onde malha. E, dizendo que ainda iria almoçar, explicou que só no final da tarde iria conversar com o empresário, para tomar uma decisão.

- Nessas horas, não é só o dinheiro que pesa. Ouvir um jogador, como o Fahel, dizer, como disse, que daria a vida para que eu ficasse, faz a gente balançar. Tenho certeza de que quando me encontrar com eles (o elenco alvinegro), a pressão vai ser grande. Mas a torcida rubro-negra também já começa a me fazer apelos nas ruas. E até o Fábio Luciano, que era o meu capitão lá na Gávea, já ligou, me dando força para voltar ao Fla.

Na despedida, uma brincadeira e um indício:

- O importante é sair sempre bem e isso quero fazer, também no Botafogo, se for o caso. Como fiz no Flamengo e, por isso, a "nação" gosta de mim até hoje. E a "nação" é a "nação, né?

Despedida de Andrade e Braz leva Império do Amor às lágrimas

A reação hostil de Vagner Love durante a entrevista coletiva da presidente Patrícia Amorim foi apenas reflexo de um dia complicado para os jogadores do Flamengo. Houve comoção com a notícia da demissão do técnico Andrade e do vice de futebol Marcos Braz nesta sexta-feira.

Com os portões fechados à imprensa, a dupla esteve no CT Ninho do Urubu antes do treino para se despedir e agendou uma entrevista coletiva para segunda-feira. Foram abraçados por todo o grupo. Em um dos momentos de maior emoção, Vagner Love chorou abraçado a Braz. Adriano também não conteve as lágrimas. Ele deixou o CT com o semblante fechado. Enquanto entravam no vestiário, muitos balançaram a cabeça negativamente. Outros, preocupados, perguntaram aos jornalistas se já havia um novo técnico.

No clube, porém, há um consenso de que a mobilização foi tardia. Os jogadores transformaram a liberdade que tinham em uma anarquia disfarçada. Na opinião da nova diretoria, o poder paralelo do grupo organizava planilha de treinos e folgas, por exemplo. Além, claro, de abusar da vida noturna. Patrícia Amorim assistiu a tudo de longe e vendo que não houve melhoria, resolveu interceder.

- Prefiro não falar o que eu acho da conduta dele (Andrade) como técnico porque ele tem resultado. Agora não é linha dura. É o resgate do trabalho sério, coeso, com pessoas comprometidas. É isso que traz o resultado positivo. Vou ter a chance de implantar essa filosofia e metodologia de trabalho - disse.


Bruno: 'É um jogão, e temos que vencer'

O ambiente na Gávea anda conturbado nos últimos dias. Nesta sexta-feira, o vice de futebol Marcos Braz e o técnico Andrade foram demitidos. Porém, a preocupação dos jogadores do Flamengo é uma só: o jogo de ida pelas oitavas-de-final da Libertadores contra o Corinthians, quarta-feira (28/04), no Maracanã, às 21h50.

Considerado "O confronto do ano", o duelo entre os clubes com as maiores torcidas do Brasil promete. Um clássico que será decidido nos detalhes. Pensando nisso, o goleiro Bruno deixou clara a importância de uma vitória na partida no Maior do Mundo.

- É um jogão, e temos que vencer. Aqui no Rio, em casa, temos que vencer - declarou.


Patrícia Amorim explica demissões no Fla e estuda 4 nomes

Presidente do Flamengo, Patrícia Amorim explica as demissões do  técnico Andrade, do vice-presidente de futebol, Marcos Braz, e do  diretor Eduardo ... Foto: Márcia Feitosa/Vipcomm/Divulgação

Depois de se reunir com os jogadores do Flamengo e comunicá-los das demissões do técnico Andrade, do vice-presidente de futebol, Marcos Braz, e do diretor Eduardo Manhães, Patrícia Amorim, presidente do clube, concedeu uma entrevista coletiva nesta sexta-feira para explicar a atitude tomada.

A decisão de demitir Andrade foi tomada em uma reunião na noite da última quinta-feira, mas Patrícia Amorim esperou que a classificação do Flamengo para as oitavas de final fosse confirmada para anunciar as demissões.

"Peço até desculpas pela demora no anúncio, mas optei por falar com os jogadores e os envolvidos antes. Esperei passarmos para a próxima fase da Libertadores, já que essas pessoas merecem sair pela porta da frente do clube. Afinal, deram um título nacional após 17 anos ao clube", explicou a presidente.

Segundo Patrícia Amorim, o que pesou na demissão de Andrade, Braz e Manhães foi a falta de comando que imperava no futebol do clube.

"Algumas coisas no departamento de futebol ficaram insustentáveis. Não estava confortável com a forma como o futebol estava sendo administrado e quero sentir alegria e prazer de estar aqui", argumentou Patrícia Amorim.

Novo técnico

Patrícia Amorim afirmou que trabalha com quatro opções para assumir o cargo de treinador. Prometendo uma definição até este sábado, a presidente evitou falar em nomes.

"Trabalhamos com uns quatro nomes. Não irei revelar qual, obviamente. Quero é que a torcida saiba que quem chegar irá implementar tudo o que pensamos ser correto. Será uma transição sem traumas. O Flamengo voltará a ter alegria", prometeu a presidente.



Flamengo x Corinthians: ingressos para sócios no sábado. Demais torcedores, só domingo

A venda antecipada de ingressos para a partida entre Flamengo e Corinthians, que será realizada na próxima quarta-feira, às 21h50m, no Maracanã, pelas oitavas de final da Libertadores, começará neste fim de semana. No sábado, apenas os sócios do clube carioca poderão adquirir suas entradas. Os bilhetes ficarão disponíveis para os demais torcedores a partir de domingo.

Ao todo, serão colocados 67.233 ingressos à venda. Arquibancadas verdes e amarelas custarão R$ 50 (25 meia entrada), enquanto a branca sai por 80 (R$ 40 meia). Cadeiras azuis têm o preço de R$ 30 (R$ 15 meia), e as especiais saem por R$ 250 (R$ 125 meia).

A venda de sábado para os sócios ocorrerá apenas na Gávea. No dia seguinte, mais três postos estarão disponíveis para os rubro-negros: campo do São Cristóvão, bilheteria 8 do Maracanã e a Arena Multiuso. As bilheterias ficarão abertas entre 9h e 17h.

A partir de segunda-feira, no mesmo horário, outras três bilheterias também venderão entradas para o duelo brasileiro: ginásio do Tijuca Tênis Clube, bilheteria 11 de São Januário e na Rua São João 34, loja 114, no centro de Niterói.

Preços e postos de venda para Flamengo x Corinthians

Preços dos Ingressos:

Arquibancadas verdes ou amarelas inteiras: R$ 50,00
Arquibancadas verdes ou amarelas ½ entrada: R$ 25,00

Arquibancadas brancas inteiras: R$ 80,00
Arquibancadas brancas ½ entrada: R$ 40,00

Cadeiras Especiais inteiras: R$ 250,00
Cadeiras Especiais ½ entrada: R$ 125,00

Cadeiras Comuns inteiras: R$ 30,00
Cadeiras Comuns ½ entrada: R$ 15,00

Início das vendas antecipadas (sábado – 23/04):
Av. Borges de Medeiros, 997 (somente para sócios do Flamengo)

Locais com início das vendas a partir de domingo (25/04):

Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora)
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheteria do Maracanã nº. 08
HSBC Arena - Av. Abelardo Bueno, 3401 - Barra da Tijuca.

Locais com início das vendas a partir de segunda-feira (26/04):
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Bilheteria nº. 11 de São Januário
Rua São João nº. 34 loja 114 – Centro – Niterói



Nunes fala sobre Fla, Andrade e Joel

Grande artilheiro do Flamengo na década de 80, o atacante Nunes, foi bem breve ao comentar a demissão do ex-companheiro Andrade:

- Ele tem de estar preparado para tudo. O profissional está sujeito a esse tipo de coisa - lamentou o artilheiro das decisões.

Quanto a quem deve assumir o lugar de Andrade no comando técnico do Flamengo, Nunes aprova a contratação do técnico Joel Santana, atualmente no Botafogo:

- É um treinador que tem uma bagagem muito grande. É um nome muito bom, importante. Tem que ver se vai aceitar. É um homem excelente assim como tem outros nomes. Tem outros vencedores por aí também. Não é bom ficar trocando de treinador toda hora - finalizou Nunes.

Ex-jogador do Flamengo, Adílio lamenta demissão de Andrade

Grande craque do Flamengo nos anos 80, Adílio, foi pego de surpresa com a demissão do amigo e companheiro de equipe durante anos, Andrade, agora ex-técnico do Flamengo.

O ex-jogador que junto com Andrade formou a dupla de volantes da equipe campeã do Mundo em 1981, se disse surpreso, mas entende como normal para o futebol.

"Eu não acho (justa a demissão do Andrade). Devia ficar um pouco mais, até porque o Flamengo classificou agora. Mas agente sabe que a vida de treinador é essa", afirmou o ídolo rubro-negro.

Sobre quem deve assumir o cargo, Adílio não foi categórico, mas entende que Joel Santana, atual técnico do Botafogo é um bom nome. "Quem vier vai tem que estar preparado e eu acho que o Joel está. Ele é um treinador de alto nível assim como o Andrade", afirmou o ex-jogador do Flamengo.

Cartola do Avaí é opção para gerir futebol do Fla

No processo de reestruturação do futebol do Flamengo, a diretoria do Flamengo busca um diretor-executivo para o futebol. Na Gávea, um dos nomes que surge é o de João Henrique Areias, atualmente no Avaí. Ele já teria sido contactado por pessoas ligadas à presidente Patricia Amorim e chegaria ao Rio neste sábado para conversar com a diretoria.

A profissionalização do futebol é um desejo da presidente desde sua posse, em dezembro do ano passado. Procurado pela reportagem, João Henrique Areias disse ter ouvido a história, mas negou ter sido oficialmente procurado.

- O que eu ouvi dizer é que vão contratar um diretor-executivo de futebol. Estou bem no Avaí, pelo qual desenvolvo um projeto há dois meses dando consultoria. Mas essa história saiu de algum lugar. Ouvi esse galo cantar, mas não sei onde. Estou em Parati para um evento e neste sábado estarei no Rio, mas para resolver assuntos particulares - disse Areias.

Areias já esteve presente na política do Flamengo. Ano passado, chegou a ser um dos candidatos à presidência do clube, mas acabou desistindo do pleito. Integrantes de sua chapa apoiaram Patricia Amorim, mas, na ocasião, ele recusou uma fusão das candidaturas. Recentemente, ele exerceu a função de diretor-executivo nos esportes olímpicos e era subordinado a Marcos Braz, que também atuava nos esportes olímpicos. Indagado sobre João Henrique Areias, o vice-geral, Hélio Ferraz, foi claro:

- Não ouvi falar neste nome. Mas é neste perfil que há uma procura. Não estou participando de qualquer processo hoje (sexta-feira) - esclareceu Helio Ferraz.

Sob protestos explícitos dos jogadores, presidente justifica demissões no Fla

A cinco dias do jogo contra o Corinthians pelas oitavas de final da Taça Libertadores, o futebol do Flamengo está, literalmente, sem comando. A presidente Patrícia Amorim confirmou a demissão do vice de futebol Marcos Braz, do diretor Eduardo Manhães e do treinador Andrade. O novo técnico será conhecido neste sábado. Já para os cargos administrativos, até segunda-feira não há substitutos. A decisão visivelmente não foi bem recebida pelos jogadores.

Ao mesmo tempo em que a presidente falava sobre o novo modelo, os jogadores voltaram do treino. E, sem se importar, iniciaram uma animada batucada no vestiário, atrapalhando o discurso da mandatária. Vagner Love apareceu na porta e falou alto por três vezes.

- É brincadeira. É brincadeira... É brincadeira ou não é, Russo? – disse, apertando a mão do massagista.

Patrícia confirmou que nem todos gostaram das notícias que ela trouxe.

- Aqueles que aprovaram, que possam aproveitar a chance que foi dada. Aqueles que não aprovaram a mudança, que consigam resultados para retribuir aos que contribuíram. Não é falando que se resolve, porque cria-se um constrangimento – afirmou Patrícia.

A entrevista coletiva realizada na tarde desta sexta-feira, no CT Ninho do Urubu, teve um tom confuso. Apesar de dizer que as mudanças ocorreram porque o ambiente estava “insuportável”, a dirigente confirmou o fundo político.

- A saída foi difícil, mas o que importa é a instituição. Entrei com um grupo e preciso dar uma resposta política. E a hora certa é essa, com a classificação. O Flamengo precisa reconquistar a alegria de jogar – disse Patrícia.

A dirigente aproveitou para debochar de Andrade e Marcos Braz. Os dois tiveram rusgas em 2010, mas almoçaram juntos nesta sexta-feira.

- Marquei às 13h com o Andrade para conversar. Ele apareceu uma hora e meia depois junto com o Marcos Braz. Fiquei surpresa com esse comportamento. Que bom que esse desfecho tenha ajudado a melhorar o relacionamento entre eles - disse, em tom irônico.

Marcos Braz e Andrade também chegam ao Ninho do Urubu

Além da presidente Patricia Amorim, os recém-demitidos do clube, Andrade e Marcos Braz também estão neste momento no CT do Ninho do Urubu.

Os dois foram ao centro de treinamento para se despedir dos jogadores. Marcos Braz deixou o cargo de vice de futebol e Andrade o de treinador.

Ao chegar, Braz falou de forma rápida e confirmou que está fora do Rubro-Negro.

- Estamos fora (ele e Andrade). Só viemos nos despedir dos jogadores - afirmou o ex-vice de futebol.



Patricia Amorim chega ao Ninho do Urubu

A presidente do Flamengo, Patricia Amorim, já está no CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande, onde os jogadores do Flamengo realizarão um treinamento visando à partida da próxima quarta-feira contra o Corinthians.

Mas a notícia que a presidente foi dar aos atletas não é muito agradável. Patricia foi ao CT comunicar as saídas de Andrade e Marcos Braz do Flamengo. Eles foram demitidos na tarde desta sexta-feira.



Flamengo espera resposta de Joel Santana ainda nesta sexta-feira


A esperança da diretoria do Flamengo é anunciar o novo técnico ainda nesta sexta-feira e o nome que surge com mais força é o de Joel Santana, atualmente no Botafogo. Segundo o clube, o contato com o empresário do treinador, Léo Rabelo, já foi feito e o Mengão vive a expectativa de uma resposta.


Patrícia Amorim demite vice de futebol Marcos Braz e o técnico Andrade

As mudanças esperadas para quinta-feira saíram nesta sexta. A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, já comunicou ao vice de futebol Marcos Braz, ao técnico Andrade e ao diretor de futebol Eduardo Manhães que eles estão demitidos. A cúpula rubro-negra realizou uma reunião na casa do vice geral Hélio Ferraz, no fim da tarde desta quinta, mas preferiu esperar um dia antes de oficializar as mudanças. Para o comando da equipe, Joel Santana, atualmente no Botafogo, é o favorito. O cargo de Braz será ocupado interinamente por Ferraz, enquanto o clube procura um novo gestor, que passará a ser remunerado, mudando o atual modelo na Gávea.

Um dos nomes cotados para ser o profissional da área é Leonardo, que atualmente é técnico do Milan, mas já foi gerente do clube italiano. O ex-lateral tem contrato até o fim de maio.

O Flamengo já tentou outras vezes adotar o modelo profissional no futebol. Em 1999, durante a gestão de Edmundo dos Santos Silva, Gilmar Rinaldi foi contratado como superintendente. Em 2003, com Hélio Ferraz, Radamés Latari foi o escolhido. No ano seguinte, Júnior assumiu a função.

Desde o ano passado, o futebol era comandado por Marcos Braz, com Isaías Tinoco e Eduardo Manhães. Os dois últimos exerciam cargos remunerados.



David nega problemas no grupo do Fla e destaca bom retrospecto contra o Corinthians

Apesar da perda da Taça Rio e da classificação dramática para as oitavas de final da Libertadores, o zagueiro David garante: o ambiente na Gávea é bom.

- Estou lá todo dia. Sinto o ambiente normal. Estamos sempre conversando, o clima é descontraído. É um grupo muito bom para trabalhar. Não tem nada disso. O grupo é muito unido mesmo. O problema é que vivemos de resultados. Perdemos a Taça Rio, nos classificamos para as oitavas de final da Libertadores dependendo de outros resultados. Mas não tem isso de grupo rachado. Estamos tendo dificuldade para lidar com equipes que vêm para cima. Mas o ambiente no Flamengo é muito bom – disse o jovem defensor rubro-negro, em entrevista à Rádio Brasil, nesta sexta.

Com o Corinthians como próximo adversário na Libertadores, David, que foi titular da zaga rubro-negra diante do Caracas, relembra os tempos em que defendeu as cores do Palmeiras, arquirrival do Timão, e destaca seu retrospecto positivo diante da equipe do Parque São Jorge.

- Vai ser um jogo muito bom. Minha estreia no Flamengo foi contra o Corinthians, e fui muito feliz naquele jogo. Ganhamos por 1 a 0, com gol do Adriano. Espero que possamos repetir isso. Estamos focados e vamos trabalhar bastante para poder neutralizar o Ronaldo, que é um grande artilheiro. Joguei muitas vezes e nunca perdi para o Corinthians. Espero repetir isso no Flamengo.

Uma coisa é certa para David, independentemente do que acontecer na vida política do clube ou de quais jogadores forem escalados – o Fla precisa, mais que nunca, do apoio da torcida rubro-negra para seguir na briga pelo título da competição continental.

- A torcida tem todo o direito de cobrar, mas pode ter certeza de que precisamos muito dela. Espero que ela compareça nesta quarta-feira para que nós consigamos nosso objetivo.

Flamengo e Corinthians fazem o primeiro jogo pelas oitavas de final da Libertadores na quarta-feira, às 21h50m, no Maracanã.

Confronto equilibrado entre Flamengo e Corinthians

Após uma combinação de resultados, ficou definido que Flamengo e Corinthians se enfrentarão pelas oitavas de final da Copa Libertadores. E o confronto entre os times de maiores torcida no país é marcado pelo equilíbrio.

Até hoje, Flamengo e Corinthians se enfrentaram 113 vezes, com vantagem para o Mengão. O Flamengo já venceu o rival paulista em 46 oportunidades, com 24 empates e 43 triunfos à favor do Corinthians. Além disso, os cariocas marcaram 185 gols, enquanto os paulistas balançaram as redes 174 vezes.

Outros fatos curiosos marcam o duelo. A maior goleada é do Corinthians. No dia 03 de maio de 1953, o Corinthians venceu o clássico por 6 a 0, em partida válida pelo Torneio Rio-São Paulo daquele ano.

Já a maior série invicta no confronto é do Flamengo, e foram nos últimos jogos. O Flamengo vem de uma sequência de seis partidas sem ser derrotado. O último jogo entre as duas equipes aconteceu em 2009, com vitória do Flamengo por 2 a 0, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro.

Confira os números completos do confronto entre Flamengo e Corinthians

Jogos:113
Vitórias do Fla: 46
Vitórias do Corinthians: 43
Empates: 24
Gols Feitos pelo Fla: 185
Gols Feitos pelo Corinthians: 174
Maior goleada do Flamengo: 6 a 2 no Torneio Rio-São Paulo de 22/12/1949
Maior goleada do Corinthians: 6 a 0 no Torneio Rio-São Paulo de 03/05/1953
Maior série invicta do Flamengo: 6 jogos (5 vitórias e 1 empate) de 04/06/2006 até hoje
Maior série invicta do Corinthians: 5 jogos (4 vitórias e 1 empate) de 12/08/1989 até 20/02/1991
Maior série de vitórias do Flamengo: 5 vitórias de 10/10/1998 até 16/11/2000
Maior série de vitórias do Corinthians: 4 vitórias de 12/08/1989 até 27/01/1991


Conmebol define data e horário dos jogos de ida das oitavas da Libertadores

A Conmebol divulgou nesta sexta-feira os horários das oitavas de final da Taça Libertadores da América. Os confrontos começam a ser disputados na terça-feira, com San Luis (que fará sua estreia na competição neste ano) contra Estudiantes (o atual campeão). No mesmo dia, o Chivas Guadalajara também faz seu primeiro jogo no torneio em 2010, contra o Vélez Sarsfield.

Quase todos brasileiros entram em campo na quarta, dia 28. São Paulo encara o Universitario fora de casa, às 19h30m. Às 21h50m, o Inter enfrenta o Banfield na Argentina, e Flamengo e Corinthians duelam no Maracanã. O Cruzeiro é o único do país a jogar na quinta, às 19h, no Mineirão, contra o Nacional (URU).

As datas e horários das partidas de volta ainda não foram definidos.

Data

Hora Jogo
27/04 20h45m San Luis x Estudiantes
27/04 23h Chivas Guadalajara x Vélez Sarsfield
28/04 19h30m Universitario x São Paulo
28/04 21h50m Flamengo x Corinthians
28/04 21h50m Banfield x Internacional
29/04 19h Cruzeiro x Nacional (URU)
29/04 21h15m Alianza Lima x Universidad de Chile
29/04 23h30m Once Caldas x Libertad

Colorado Andrezinho ajuda a classificar o Flamengo e paga dívida a amigos

Andrezinho foi criado para o futebol pelo Flamengo. Chutou bola pela Gávea desde criança, passou pelas categorias de base, virou profissional e aí ganhou o mundo. De volta ao Brasil, desta vez para jogar pelo Inter, ele sempre manteve vínculos com os cariocas. E não se furtou a decepcioná-los mesmo assim. Na Copa do Brasil do ano passado, um golaço de falta do jogador eliminou o Flamengo. Nasceu uma dívida, mas ele garante: ela foi paga nesta quinta-feira.

Cambaleante na Libertadores, o Rubro-Negro contava com resultados paralelos nesta quinta, após vencer o Caracas por 3 a 2 na quarta, para avançar às oitavas de final da competição continental. Uma das exigências era que o Inter não empatasse com o Deportivo Quito. Pois o Colorado ganhou por 3 a 0 . E Andrezinho foi fundamental. Com três minutos de jogo, fez um golaço. E pagou a conta que tinha com os amigos flamenguistas desde o ano passado.

- Recebi vários telefonemas. Tenho vários amigos no Rio, e muitos deles são flamenguistas. Eles relembraram o gol que fiz contra o Flamengo, o da Copa do Brasil. Falaram que era hora de retribuir. Essa brincadeira sempre vai existir, até por eu ser formado no Flamengo, ter amigos lá, e ter feito aquele gol. Mas meu pensamento, na verdade, é sempre defender as cores do Internacional – disse Andrezinho.



Brasil é nanico na Conmebol


O Brasil, principal país sul-americano dos pontos de vista econômico, político e futebolístico, não tem nenhum cargo de destaque na Conmebol. Os quatro principais são ocupados por cartolas do Paraguai (o presidente Nicolas Leoz), Uruguai, Argentina e Bolívia.

Quem conduz os negócios é o argentino Eduardo De Luca, secretário-geral.



Sobre jogo com Corinthians, Léo Moura diz: 'Estamos preparados'

O lateral-dreito, Léo Moura, afirmou que a equipe do Flamengo já está toda voltada para o confronto da próxima quarta-feira, diante do Corinthians, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Segundo o lateral, nas circunstâncias que o Mengão garantiu a vaga, não pode escolher adversário e garantiu que o time está preparado para enfrentar qualquer rival, mesmo sabendo da força do Timão.

- Na situação em que nos classificamos, não poderíamos escolher adversário. Veio o Corinthians e sabemos que será um jogo muito complicado, como todos na Libertadores. Mas acredito que estamos preparados para as batalhas que virão pela frente - declarou ao site oficial do clube.

Já o zagueiro David - autor do gol da vitória diante do Caracas, logo o da classificação - afirmou que a pressão será forte em cima do Fla, independente do adversário.

- A pressão ia existir de qualquer jeito. Poderia ser São Paulo, um time estrangeiro ou o Corinthians. Não podemos nos preocupar com isso. O importante é entrar em campo e fazer de cada jogo uma final - lembrou.

Liga dos Campeões paga 3.400% a mais que a Libertadores

A Liga dos Campeões paga aos clubes que a disputam mais de 3.400% a mais do que a Libertadores da América. Para disputar a fase de grupos, cada clube recebe 3,8 milhões de euros (R$ 8,9 milhões) de cara, mais 550 mil euros por partida disputada, fora bônus 400 mil euros por empate e 800 mil euros por vitória.

Assim, uma equipe fraca, que vença um jogo, empate dois e perca três receberá 8,7 milhões de euros (ou R$ 20,5 milhões).

Na verdade, não é preciso nem entrar na fase de grupos para receber o mesmo que o campeão da Libertadores. As equipes que disputam a fase preliminar, um simples mata-mata, recebem 2,2 milhões de euros (R$ 5,1 milhões) cada, quase chegando ao pagamento máximo da Conmebol.

Esses valores são o mínimo, e podem crescer, dependendo de receitas variáveis, como o payperview. A regra geral é que os clubes ficam com 82% da receita total, menos um fixo de 37 milhões de euros.

Como as receitas passam dos 700 milhões de euros, os clubes dividem mais de 530 milhões de euros (R$ 1,245 bi), contra 20 milhões de dólares (R$ 35 mi) da Libertadores.

Um dirigente da Conmebol que pediu para não ser identificado atribuiu os valores à diferença entre as economias dos continentes.

Mas silenciou diante do fato de que, em 15 anos, o PIB da América Latina ter mais do que dobrou, e o valor pago aos clubes ficou o mesmo.

Libertadores: a copa da miséria

A Libertadores é o sonho de todo presidente de clube e o pesadelo de todo diretor financeiro. A frase parece irônica, mas não é. Se, do ponto de vista esportivo, é o torneio mais importante do continente, é quase um buraco sem fundo do ponto de vista econômico.

O LANCENET! obteve o documento que mostra os valores pagos em 2010 pela Conmebol aos clubes participantes. Até as semifinais, o valor nem paga direito os custos de viagem.

Para arrecadar um mísero milhão de dólares (R$ 1,75 milhão), é preciso chegar à semifinal.

E nem a conquista merece uma bolada. O campeão da Libertadores recebe menos do que a cota de TV paga a qualquer dos 12 maiores clubes nos Estaduais. E o vice recebe cerca da metade do campeão.

– Na Libertadores, o que salva é a arrecadação de bilheteria. Se não fosse por isso, os clubes pagariam para jogar – diz o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez.

– O que a Conmebol paga é uma vergonha. US$ 10 mil pelas placas de um jogo é uma piada de mau gosto – afirma João Paulo Jesus Lopes, diretor de futebol do São Paulo e um dos homens de confiança do presidente Juvenal Juvêncio.

Lopes diz que, depois da entrada dos clubes mexicanos, a questão econômica ficou ainda mais problemática. Para jogar contra o Monterrey, o clube desistiu de fretar um avião porque teria de pagar US$ 350 mil, praticamente o valor que recebeu para disputar a primeira fase, que teve seis jogos.

O Internacional, para jogar contra o Emelec, no Equador, pagou US$ 150 mil por um voo fretado.

Outra dificuldade é o modelo de contrato. A Conmebol não negocia diretamente com a Fox (rede de TV dos EUA), mas por meio de uma empresa de marketing esportivo argentina, que fica com uma gorda comissão. Depois, a entidade apresenta os valores aos clubes, que não têm meios de negociar.

Nos últimos anos, clubes brasileiros receberam a promessa de um extra porque ameaçaram não assinar o contrato de cessão dos direitos de imagem. Mas, depois que assinaram, ficaram a ver navios.

Flamengo estreia com vitória na Taça Rio Sub-20

O Flamengo começou bem sua caminhada na luta pelo título do segundo turno do Campeonato Carioca de Juniores. Mesmo com desfalques importantes, o time do técnico Armênio Moura passou pelo Duque de Caxias, fora de casa, por 3 a 1, com gols de Christianno, Juninho e Diego Maurício. Saba e Galhardo, machucados, não jogaram.

Depois de ficar em quarto lugar na Taça Guanabara, a equipe da Gávea está motivada para vencer a Taça Rio e disputar o título do Estadual com o Fluminense, campeão do primeiro turno. E, para o técnico Armênio Moura, o time entrou em campo com muita disposição, e por isso conseguiu o resultado.

"Era um campo pequeno, duro, foi uma partida difícil, mas o time foi bem e conseguiu começar o campeonato com uma vitória, o que é sempre importante", explicou.

O Flamengo jogou com Marcelo Carné, Leo, Marlon, Christianno e Anderson; João Vitor, Maicon, Guilherme e Ricardinho; Carlyle (Juninho) e Diego Maurício. Na quarta-feira, o time enfrenta o Bangu na Gávea. Vale lembrar que o jogo desta quinta seria no final de semana, mas foi antecipado a pedido do Caxias.

Novo Basquete Brasil: Flamengo tenta fazer valer favoritismo no primeiro jogo da série contra o São José

Na fase de classificação foram dois confrontos e duas vitórias. No último deles, Marcelinho anotou 63 pontos e se transformou no maior pontuador em uma mesma partida da história dos campeonatos brasileiros. Mas nesta sexta-feira, no primeiro jogo dos playoffs contra o São José, o ala-armador espera encontrar um adversário muito mais duro, que jogará apoiado por sua torcida. A melhor de cinco entre os times com a segunda e sétima melhores campanhas do NBB, terá início às 21h, com transmissão do SporTV.

- O que aconteceu na fase de classificação é passado, playoff é outro campeonato, cada jogo é uma decisão. Tem tudo para ser uma série bastante disputada. Acredito que o Flamengo é favorito pela campanha que fez em todo o campeonato, mas acho que o São José cresceu muito do meio para o final e está em um excelente momento. É um time de ataque forte, com bom aproveitamento nos chutes da linha dos três e dois armadores que ditam o ritmo da equipe. Eles jogam em casa, empurrados pelo ginásio lotado, e precisamos ter concentração e calma para buscarmos um bom resultado - disse Marcelinho, que só precisa de três pontos para atingir os 4.000 vestindo a camisa do clube da Gávea.

O São José, atual campeão paulista, não está disposto a permitir que o jogador rubro-negro consiga marcar tantos pontos como os 63 do returno. Para isso, o técnico Régis Marrelli pediu atenção na marcação ao cestinha.

- Esse jogo em casa é fundamental. Se vencermos, passamos um pouco de pressão para o Flamengo. Sabemos que eles são favoritos, mas se tivermos tranquilidade no ataque e fizermos uma boa defesa teremos chances de vitória. Marcelinho não pode fazer 63 pontos de novo. Se ele fizer, vamos embora. Fecho a conta. Se ele marcar uns 20, 25 pontos é normal. Sabemos da qualidade dele. Naquele jogo não soubemos marcá-lo de forma adequada - brincou o técnico Régis Marrelli.

Brasília e Minas tentam abrir 2 a 0

Além do confronto entre São José e Flamengo, a rodada terá mais dois jogos. Com 1 a 0 na série, Brasília e Minas tentam tirar proveito do mando de quadra para ficarem mais perto das vagas nas semifinais. A partir das 19h, o líder da fase de classificação recebe o Bauru. Às 20h, em Belo Horizonte, o Minas tenta passar novamente pelo Joinville.


Jogadores posicionam-se contra ‘varredura’ no comando do Flamengo

Nem a classificação sofrida às oitavas de final da Taça Libertadores livrou o Flamengo do buraco negro. A decisão – até o momento irreversível – da presidente Patrícia Amorim de trocar todo o comando do departamento de futebol causou profundo desconforto nos jogadores.

Adriano, por exemplo, ligou para o vice de futebol Marcos Braz no fim da noite de quinta-feira e colocou-se à disposição para “fazer o que for” a fim de impedir a demissão do dirigente. Outros atletas tiveram a mesma atitude e também criticaram a mudança repentina em toda a estrutura do departamento às vésperas de uma partida decisiva.

Apesar do desentendimento público com Petkovic, Braz goza de prestígio com o elenco. Um dos jogadores dimensionou a opinião sobre a iminente saída.

- Vai ser ruim demais. O grupo está fechado com ele – disse, preferindo não se identificar por temer represálias do novo comando.

Sem chefe e sem técnico, o Flamengo inicia nesta sexta a preparação para o primeiro jogo contra o Corinthians, pelas oitavas da Libertadores, que acontece quarta-feira, no Maracanã.

Patrícia Amorim sofreu forte pressão para intervir no futebol desde que assumiu a presidência, em janeiro, mas o título brasileiro atrasou o processo. Desta vez, porém, a dirigente aproveitou-se da eliminação no Campeonato Estadual e da classificação chorada no torneio continental para agir. Ela cedeu aos apelos do grupo ligado ao vice geral Hélio Ferraz. Ele deve assumir o futebol provisoriamente enquanto o clube procura um diretor executivo para gerir o departamento.

- Manda quem pode, obedece quem tem juízo – disse Hélio Ferraz, em tom enigmático.

Demonstrando pouco conhecimento da Libertadores, Patrícia justificou que pretendia mexer no cargo de Braz porque a classificação à próxima fase era “muito difícil”. O vice de futebol discordou e avisou que a vaga viria, o que de fato ocorreu. Mas no início da madrugada, novamente a presidente teve de ouvir pedidos para demitir Marcos Braz sob o argumento de que ele ficaria “forte demais”. Ela concordou e comunicará a decisão na tarde desta sexta-feira.


‘Gordinhos’, Ronaldo e Adriano se preparam para duelo de pesos pesados

Duas estrelas. Dois craques com história na seleção brasileira. Dois atacantes fatais. Duas celebridades do futebol, cercados de idolatria e polêmicas. Dois “gordinhos”. Enfim, Ronaldo e Adriano se enfrentarão com as camisas de Corinthians e Flamengo, respectivamente. A espera foi grande, sim, mas o reencontro será em grande estilo.

Se no Campeonato Brasileiro do ano passado o duelo entre o Fenômeno e o Imperador foi adiado, o destino reservou um palco internacional para esse show: a Taça Libertadores da América. E logo de cara, nas oitavas de final. Não à toa o técnico do Timão, Mano Menezes, nomeou o encontro como uma luta de pesos pesados.

- É um enfrentamento pesado, de dois pesos pesados do futebol. Tenho certeza que cada um vai fazer o melhor pelo seu clube. E, como sempre, vai se classificar o time que errar menos – declarou o corintiano. No primeiro turno do Nacional de 2009, Ronaldo estava com a mão quebrada. No segundo, Adriano com o pé queimado.

Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM

Pela primeira vez, desde que retornaram ao Brasil, Ronaldo e Adriano vão duelar

No entanto, os números dos atacantes na Taça Libertadores mostram que o corintiano tem superado melhor o problema com o peso. Dos seis jogos do Timão na fase de grupos, Ronaldo participou de cinco, marcando dois gols. Já Adriano esteve em campo apenas três vezes pelo Flamengo, balançando as redes uma única vez, na estreia.

Talvez por isso o técnico Mano Menezes veja o Corinthians mais dependente do Fenômeno do que o Flamengo do seu Imperador.

- Acho que precisamos mais do Ronaldo (do que o Flamengo do Adriano). E estamos trabalhando intensamente para que a má fase acabe até quarta-feira. Estou com bom pressentimento – falou Mano. O técnico determinou esta semana uma carga maior de treinamentos para o camisa 9. Até por isso o poupou do jogo com o Medellín.

A CAMPANHA DO TIMÃO A CAMPANHA DO MENGÃO
Corinthians 2x1 Racing-URU Flamengo 2x0 Univ. Católica-CHI
Ind. Medellín-COL 1x1 Corinthians Caracas-VEN 1x3 Flamengo
Cerro Porteño-PAR 0x1 Corinthians Univ. de Chile 2x1 Flamengo
Corinthians 2x1 Cerro Porteño-PAR Flamengo 2x2 Univ. de Chile
Racing-URU 0x2 Corinthians Univ. Católica-CHI 2x0 Flamengo
Corinthians 1x0 Ind. Medellín-COL Flamengo 3x2 Caracas-VEN
16 PG, 5 V e 1 E 10 PG, 3 V, 1 E e 2 D

O que Mano espera agora é que Ronaldo possa apresentar, enfim, um futebol de alto nível. Algo que ainda não aconteceu nesta temporada. Em 14 jogos pelo Timão no ano, o Fenômeno fez cinco gols. É até um bom retrospecto. Mas não se comparado a 2009, quando ele balançou as redes dez vezes na mesma quantidade de partidas.

- O objetivo quando você contrata grandes jogadores é ter uma equipe mais forte e preparada nesses momentos. Será uma oportunidade de colocar bons jogadores frente a frente e oferecer um futebol de alto nível ao torcedor – opinou o treinador alvinegro.

O primeiro encontro entre o Corinthians de Ronaldo e o Flamengo de Adriano será na quarta-feira, dia 28 de abril, às 21h50m, no Maracanã, no Rio de Janeiro. A volta está marcada para o dia 5 de maio, no mesmo horário, no Pacaembu, em São Paulo. Quem avançar às quartas encara o vencedor de Universidad de Chile x Alianza Lima.


Ronaldo x Adriano: 'jogo do ano' mexe com quase 60 milhões de brasileiros

Quem tem mais camisa? Quem tem mais história? Quem tem o melhor ataque? E o melhor time? Quem está mais pesado?

O jogo do ano vai acontecer em maio. E já começa na semana que vem. Trinta e cinco milhões de rubro-negros contra vinte milhões de corintianos em 180 minutos. Será um duelo histórico entre dois clubes, duas marcas... e dois jogadores. O Corinthians fenomenal contra o Flamengo imperial. O Império do Amor contra Ronaldo e Roberto Carlos. Ronaldo contra Adriano. Frente a frente. Abdomen a abdomen. O encontro das massas começa na próxima quarta-feira no Maracanã. Mas, até lá, a estrela do confronto será, ironicamente, um instrumento de medida de massa. A popular balança estará em campo, na área, na boca do povo. Chargistas e humoristas agradecem. Será o clássico do peso, dirão uns. Futebol, não! Sumô - brincarão outros.

Mas o fato é que luzes, holofotes e as duas maiores torcidas pró e contra do Brasil estarão de olho no Maracanã e no Pacaembu. E Ronaldo e Adriano, pesados ou não, vão trazer graça e mitologia ao confronto. Dois dos melhores atacantes do mundo - duas das maiores torcidas do mundo. Jogando a chance de disputar o título... do mundo. Em São Paulo, todos torcerão pelo Flamengo - a não ser a massa fiel. No Rio, todos torcerão pelo Corinthians, exceto a nação rubro-negra.

Quem chega mais inteiro para os confrontos


O Corinthians chega melhor - e mais inteiro - para o confronto. No ano do centenário, montou um ótimo time, repleto de opções. Terminou a primeira fase da Libertadores como primeiro no geral. Mas, no Campeonato Estadual, foi mal.

O Flamengo chegou aos trancos e barrancos - se classificou como pior segundo colocado... graças a resultados alheios, depois de perder o Campeonato Estadual. Mas... em 2007 e 2008, o time ganhou o título carioca - foi bem na primeira fase da Libertadores... e se despediu melancolicamente nas oitavas.

O time de Mano Menezes busca sua primeira Libertadores. O time de Andrade (ou de seu substituto) busca a segunda. O Corinthians tem coadjuvantes melhores - tem Roberto Carlos, uma defesa comandada por William e Chicão, tem Dentinho em ótima fase. O Flamengo tem o lado B do Império do Amor, Vagner Love, melhor jogador do time no ano.

O confronto do ano. O duelo das massas, com e sem trocadilho.

Primeiro capítulo: Maracanã, quarta-feira, 28 de abril, 21h50m. Não perca.


Flamengo aguarda o 'sim' de Joel Santana

A saída de Andrade nem mesmo foi confirmada pelo Flamengo, mas o clube já abriu negociações com outro nome: Joel Santana. O treinador do Botafogo recebeu duas propostas nesta quinta-feira. Uma do próprio Alvinegro, de renovação, e outra do Rubro-Negro. A resposta de Joel deverá sair nesta sexta e o Flamengo tem boas chances de trazer o técnico que o fez sofrer no Carioca.

Justamente por ter em mãos uma vantajosa oferta do Flamengo, Joel ainda não respondeu ao Botafogo sobre sua permanência. Em General Severiano, os dirigentes têm ciência de outras propostas pelo treinador, embora não tenham a confirmação de que uma delas é justamente do rival derrotado na final do Carioca.

A diretoria rubro-negra entende que Joel tem o perfil necessário para alavancar uma mudança no elenco sem ser radical. Ao mesmo tempo que possui o linguajar boleiro, de fácil comunicação com os jogadores, sabe controlar feras aparentemente indomáveis, como já fez com Romário e Renato Gaúcho, ambos do mesmo estilo de Adriano e Vagner Love, por exemplo.

A abertura de negociações com Joel teria sido o grande trunfo para Marcos Braz convencer a cúpula rubro-negra de que poderia permanecer no clube e agilizar as modificações necessárias. Além disso, Joel tem como empresário Léo Rabello, que tem ótima relação com Eduardo Moraes, genro do vice-geral, Hélio Ferraz, e um dos mais cotados para ser o novo vice de futebol. Rabello também foi um dos financiadores da campanha de Patricia Amorim à presidência.


Patrícia vai anunciar a saída de Andrade, Braz e Manhães nesta sexta

As mudanças que Patrícia Amorim pretende anunciar nesta sexta-feira já causam reboliço na Gávea. Mesmo com o Flamengo classificado para as oitavas de final da Libertadores, a presidente vai oficializar a saída de Andrade, do vice de futebol, Marcos Braz, e do diretor-executivo de futebol, Eduardo Manhães, em uma coletiva de imprensa. Para comandar o futebol, o nome deve ser o do vice-geral, Hélio Ferraz. Para dirigir o time, ainda não há uma definição. Apesar da dificuldade, Joel Santana e Muricy Ramalho são os primeiros da lista de preferências, nessa ordem.

Algumas correntes políticas do clube já começam a se manifestar contra a decisão da cúpula rubro-negra tomada após a reunião na casa de Hélio Ferraz, na tarde desta quinta-feira, em Ipanema. O presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro, foi o primeiro a levantar a bandeira para que não haja mudanças no departamento de futebol. Seu argumento, dado antes mesmo de terminar o jogo Cerro Porteño 0 x 0 Racing, no Paraguai, é que o Flamengo conseguiu a classificação.

- Me chegou esta notícia (das demissões) e não concordo. Se elas se confirmarem, será um erro estratégico. Fico triste com isso. O Flamengo vai disputar a Libertadores normalmente e estão criando uma crise institucional que não tem cabimento. Essa questão está sendo conduzida de maneira precipitada. Não é preciso medidas radicais – afirmou Leonardo, que gostaria de conversar com a presidente Patrícia Amorim, antes que ela tome qualquer decisão.

- Quero chamar todos os envolvidos e fazer uma reunião extraordinária do Conselho Fiscal para saber se tem algo a mais nessa história. Se for só pelo desempenho do time em campo é um absurdo.

Líderes de torcida também já começam a se movimentar a favor de Andrade e Marcos Braz. Algumas facções devem emitir notas oficiais repudiando a decisão presidencial. Mas nada disso deve adiantar. Patrícia Amorim quer implantar a profissionalização no departamento de futebol. Antes de comunicar sua decisão publicamente, quer conversar com Andrade, que ainda pode ser convidado a permanecer no clube para assumir outra função. O técnico não deve aceitar.

- As pessoas envolvidas merecem respeito, e amanhã (sexta-feira) todos serão informados das decisões - disse Patrícia Amorim ao sair da casa de Hélio Ferraz, nesta quinta.

A entrada do vice-geral, que contaria com a ajuda de Eduardo Moraes, seria de maneira interina até que a cúpula presidencial encontre um nome capaz de gerir profissionalmente o futebol do Flamengo. Os sonhos são Zico e Leonardo. O Flamengo enfrenta o Corinthians na próxima quarta-feira, no Maracanã, pelas oitavas de final. Só ainda não sabe com qual treinador.



Para Roberto Carlos, crise no Flamengo não terá peso nas oitavas de final

O Flamengo já é o assunto principal no Corinthians. A vitória por 1 a 0 sobre o Independiente Medellín-COL, nesta quinta-feira, pela Libertadores, colocou os dois clubes de maior torcida do país frente a frente nas oitavas de final. Apesar do momento turbulento vivido pelo adversário, o lateral-esquerdo Roberto Carlos faz questão de destacar a força do Mengão.

- Não podemos escolher adversário. É um time que todo mundo fala que tem crise, mas é muito forte. Nós sabemos disso. São dois jogos importantíssimos para nós vamos atrás da vitória - afirmou.

O Corinthians avança ao "mata-mata" com a melhor campanha entre os 32 clubes participantes da competição sul-americana. Já o Flamengo ficou com a última vaga. Mesmo assim, o Alvinegro não terá vantagem em caso de dois empates, mas poderá decidir em casa. O primeiro jogo será na próxima quarta-feira, às 21h50m, no Maracanã.

- Nós fizemos a nossa parte. De repente, para o Flamengo faltou um ou outro detalhe - acrescentou o pentacampeão.

Roberto Carlos, aliás, foi novamente um dos principais destaques na vitória sobre os colombianos. O jogador criou várias opções ofensivas e mostrou que vive novamente uma grande fase.

- Estou demonstrando no campo que, mesmo com 37 anos, estou pronto para jogar e correr - completou.

Times de maior torcida do Brasil duelam na Libertadores; veja todos os confrontos

Confira como ficaram as chaves da fase eliminatória do torneio continental: