Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 22 de maio de 2010

Flamengo x Grêmio Prudente


Ficha técnica


Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 23 de maio de 2010 (Domingo)

Horário: 18h30min(de Brasília)

Árbitro: Francisco Nascimento (AL)

Assistentes: Alessandro Rocha (Fifa-AL) e Pedro de Araújo (AL)

Flamengo: Bruno; Leonardo Moura, David, Ronaldo Angelim e Juan; Toró, Willians, Michael, Vinícius Pacheco (Fernando ou Ramon); Bruno Mezenga e Vagner Love.

Técnico: Rogério Lourenço

Grêmio Prudente: Márcio, Leonardo, Dênis e Diego; Sasha, Anderson, João Vitor, Flavinho e Marcelo Oliveira; Henrique Dias e Araújo

Técnico: Toninho Cecílio

Transmissão: O Premiere Futebol Clube transmite para todo o Brasil, pelo sistema pay-per-view


Nem para explodir serve

[piadas_bin_laden_congresso.gif]

Ficou na 'merda'

Como pode?


Imperador em contagem regressiva

Faltam sete dias para o fim do contrato de Adriano com o Flamengo. Serão três jogos no período, todos no Maracanã, confrontos que podem significar a despedida do Imperador, contra Grêmio Prudente, Fluminense e Grêmio. Com proposta da Roma e o interesse do Olympique de Marselha, ele ainda não sabe o que fazer do seu futuro, mas terá tempo para tomar uma decisão por causa da paralisação das competições durante a Copa do Mundo da África do Sul.

Como dificilmente acertará sua renovação antes do dia 30, Adriano já desfalcará o Flamengo em duas rodadas do Campeonato Brasileiro, já que o time ainda vai jogar nos dias 2 e 6 de junho antes da paralisação. Ele, inclusive, deve aproveitar para passar um tempo na Itália com amigos antes de conversar com o empresário Gilmar Rinaldi e seus familiares sobre o seu futuro.

“Depende muito mais dele do que da gente. Já disse que, se o Adriano quiser ficar, temos como viabilizar financeiramente a sua permanência. Mas há a vontade dele que vai prevalecer”, disse a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim.

Hoje, Adriano recebe R$ 650 mil mensais, sendo R$ 300 mil pagos pela Olympikus, fornecedora de material esportivo do clube. A empresa está muito satisfeita com a repercussão de sua participação na contratação do jogador, além do resultado efetivo nas vendas de camisas e produtos do clube. A meta para este ano é ultrapassar os dois milhões de camisas oficiais.

No ano passado, Adriano abriu mão de seu milionário contrato com a Internazionale para ser feliz no Rio e no Flamengo. No fim de 2009, ele recebeu uma proposta do Olympiakos e não aceitou. Agora, a diretoria do clube espera que a felicidade do Imperador pese novamente na decisão.


Flamengo vence jogo 1 e pula na frente na final do NBB

Após um passeio no primeiro tempo, quando dominou o Brasília sem sustos diante de sua torcida na Arena da Barra, o Flamengo só foi perceber na volta do vestiário que aquele era o maior clássico do basquete brasileiro. Com uma segunda etapa equilibrada e tensa, como manda o figurino em uma final do Novo Basquete Brasil, o Mengão sofreu, suou e brigou até o último segundo, mas conseguiu se impor em casa. A vitória por 88 a 84 no jogo 1 faz a equipe carioca pular na frentre na decisão. Agora a série melhor de cinco migra para a capital federal, e o próximo confronto será sexta-feira, no ginásio Nilson Nelson.

Diante de arquibancadas que começaram vazias e foram enchendo ao longo do primeiro tempo, o Flamengo abriu o jogo apostando nos chutes de três. Com dois de Marcelinho e um de Duda, o time abriu vantagem e só foi fazer sua primeira cesta de dois após quatro minutos de partida. A enterrada de Teichmann levantou a torcida e obrigou Lula Ferreira a pedir tempo, perdendo por 11 a 5. Com uma defesa forte e os irmãos Machados comandando o ataque, o Fla fechou o primeiro período com 26 a 16 no placar.

Veio o segundo quarto, e a situação ficou ainda mais confortável. O Rubro-Negro abriu com uma sequência de 7 a 0 e passou a comandar o placar com tranquilidade. Guilherme GIovannoni, que estava apagado, finalmente entrou no jogo. O ala do Brasília chegou a 11 pontos, mas foi pouco.
O ginásio quase veio abaixo quando Alírio pegou um rebote deitado no garrafão e passou para Jefferson acertar de três, abrindo 16 de vantagem. Na saída para o intervalo, o Flamengo vencia por 48 a 34.

Àquela altura, os principais jogadores do Brasília já tinham sido "homenageados" pela torcida carioca na Arena. Arthur, Valtinho, Alex e Giovannoni ouviram corinhos "elogiosos". Na quadra, eles não conseguiram render na primeira metade do confronto.

Na volta do vestiário, o cenário mudou. Os visitantes abriram 7 a 0 e equilibraram o duelo. O Flamengo só foi pontuar após quatro minutos, com uma cesta de três de Hélio. A três minutos do fim do terceiro período, Valtinho cortou a diferença para três pontos. E Hélio teve de aparece de novo. O armador fez uma bandeja e roubou duas bolas para assistir Marcelinho na linha de três. O cestinha não decepcionou, acertou os chutes e colocou o Fla 12 pontos à frente.

No fim do quarto, Giovannoni ainda respondeu com um tiro de fora e, na virada para o último período, o placar era de 66 a 60 para os donos da casa.

O Brasília cortou para dois e deixou a torcida apreensiva na Arena. Na marca de seis minutos para o fim, Alex virou para o time da casa com uma cesta de três na lateral. Era a primeira vez em toda a partida que os visitantes lideravam. Mas durou pouco. Com chutes certeiros de Duda e Jefferson, o Flamengo recuperou a liderança.

A um minuto do fim, Alex converteu uma linda bandeja e cortou a vantagem rubro-negra para três pontos. Com 14 segundos no relógio, o ala repetiu a dose e cortou para apenas um. O Flamengo, contudo, manteve a cabeça no lugar e selou a vitória com lances livres de Marcelinho e Duda. Triunfo rubro-negro, festa da torcida na Arena, e vantagem de 1 a 0 na série para o atual campeão do NBB.

Bruno e Rogério Lourenço tem longo papo após treino

Terminado o rachão realizado no campo do Ninho do Urubu, o técnico do Flamengo, Rogério Lourenço, e o capitão e goleiro da equipe, Bruno, bateram um longo papo a sós.

Ainda dentro do gramado, o treinador gesticulou bastante para o camisa 1, que parecia concordar com as colocações de seu comandante.

Questionado sobre o teor da conversa, Rogério Lourenço economizou palavras e optou pela discrição.

- Coisas do futebol - afirmou.

Neste domingo o Flamengo enfrenta o Grêmio Prudente, no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo, que começará às 18h30.


Adriano (marginal) não treina e deve desfalcar o Fla contra o Prudente

Tudo indica que Adriano não ajudará o Flamengo a se recuperar no Brasileiro contra o Prudente, neste domingo, às 18h30m, no Maracanã. O Imperador não participou do recreativo da equipe neste sábado à tarde, no Ninho do Urubu. A atividade estava marcada para as 15h30m. Às 16h30m, quando os portões foram abertos aos jornalistas, Adriano não estava mais no local. Segundo a assessoria de imprensa do clube, o jogador ficou no Ninho por aproximadamente 40 minutos. Não há informações sobre qualquer tipo de lesão.

Petkovic é outro que não treinou. O sérvio reclamou de dores na coxa direita e fez tratamento, mas também deve desfalcar a equipe neste domingo. Kleberson, convocado para a Copa do Mundo, não joga.

O Flamengo conquistou apenas dois pontos nas duas primeiras rodadas do Brasileiro - empatou em 1 a 1 com São Paulo e Vitória.

Leonardo quer que Prudente mire os três pontos contra o Flamengo

Após sofrer uma goleada na estreia e aplicar outra na segunda rodada, o Grêmio Prudente tem um adversário complicado neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro: o Flamengo, atual campeão nacional, que joga em casa, no Maracanã. O Rubro-Negro carioca, apesar de vir de uma eliminação na Taça Libertadores, conta com jogadores com passagens pela seleção brasileira, como Adriano, Vágner Love, Leonardo Moura e Juan.

O zagueiro Leonardo, capitão do Prudente na vitória sobre o Atlético-MG, porém, não quer desculpas. Assim como a equipe do interior paulista conseguiu o 4 a 0 sobre o Galo mineiro, ele espera que o time vá para o ataque, e ressaltou que, nesta competição, não há jogos fáceis.

- Todo adversário é difícil. Domingo temos mais um. Mas, no Brasileiro, você tem sempre que mirar os três próximos pontos. E nós estamos atrás dos nossos três próximos pontos, contra o Flamengo, um grande time - disse Leonardo.



Qual é o melhor centro de treinamento do Brasil?

Foi exibido ontem o último capítulo da série que avaliou os centros de treinamentos dos vinte clubes da série A do campeonato brasileiro.

E a melhor estrutura de todo o país pertence ao Atlético Mineiro, seguido pelo xará Paranaense e pelo arquirrival Cruzeiro.

A diferença entre os três primeiros é mínima.

Confira a classificação final, lembrando que a pontuação máxima era de 4.275 pontos:

1 – Atlético Mineiro – 3.538
2 – Atlético Paranaense – 3.509
3 – Cruzeiro – 3.465
4 – São Paulo – 3.447
5 – Santos – 3.142
6 – Palmeiras – 3.107
7 – Internacional – 3.032
8 – Goiás – 2.993
9 – Grêmio – 2.964
10 – Botafogo – 2.814
11 – Flamengo – 2.690
12 – vasco – 2.650
13 – Corinthians – 2.439
14 – Fluminense – 2.297
15 – Avaí – 2.255
16 – Guarani – 2.252
17 – Atlético Goianiense – 2.156
18 – Vitória – 1.943
19 – Ceará – 1.705
20 – Grêmio Prudente -
395






"Estou decidido a não treinar times no Brasil", afirma Zico

Zico descartou a possibilidade de treinar alguma equipe brasileira no momento. O treinador, que deixou o comando do Olympiacos (Grécia) no começo deste ano, afirmou que deseja seguir sua carreira na Europa. Ele também falou sobre suas expectativas para a Copa do Mundo.

“Apareceram algumas propostas, mas estou decidido a não treinar aqui. Quero ver se consigo continuar na Europa”, disse, em entrevista ao programa Esporte Fantástico, da TV Record.

Sobre a Copa do Mundo, Zico confia em uma atuação destacada do Brasil. “Acredito em um bom desempenho da seleção. A equipe deu mostras de sua força. No Brasil, sempre há questões em torno de alguns jogadores favoritos do público, mas acho que o Brasil está no caminho certo rumo ao título”, afirmou o técnico, que treinou o Japão na Copa-2006.

Ele também apontou qual seria o principal adversário da seleção brasileira no Mundial. “Pelo o que vi nos últimos anos, um dos maiores candidatos é a Espanha, que tem uma boa espinha dorsal e jogadores de qualidade”, analisou.

Por fim, Zico acha que os argentinos correm por fora na disputa pela taça na África do Sul.. “A Argentina, pela campanha nas eliminatórias, não assusta. No entanto, o melhor jogador da atualidade pode fazer a diferença. Messi é o único gênio da atualidade e está em fase fenomenal”, encerrou.

Convite de Patrícia a Assef Filho causa desconforto no Flamengo

Patrícia Amorim convidou, mas Michel Assef Filho não sabe se aceitará o cargo de vice-presidente de futebol do Flamengo. O vazamento da decisão da presidente na imprensa provocou desconforto entre os aliados de Patrícia, que sugerem outro nome, também ligado à área jurídica: Rafael De Piro, atual procurador geral do Rubro-Negro.

A manhã de sábado foi de telefonemas entre as diversas correntes políticas do clube. Como não pertence ao grupo que elegeu Patrícia, Michel teme que seja boicotado e não consiga desenvolver o trabalho com tranquilidade. Ele é partidário da ideia de contratar o ex-jogador Fábio Luciano para gerir o futebol do clube como executivo.

Patrícia terá reuniões com os caciques da política rubro-negra para bater o martelo sobre a questão. Seja com Assef Filho, seja com De Piro, a presidente tem noção de que o clube precisa de alguém para comandar o departamento. Ela acumula o cargo desde a saída de Marcos Braz, no dia 27 de abril.

Artilheiro do time sub-20, Diego Maurício é promovido no Fla

A saída do Império do Amor ainda está no campo das hipóteses. Fechado mesmo é o empréstimo de Bruno Mezenga para um time polonês. E por isso o técnico Rogério Lourenço buscou uma solução interna. Neste sábado, ele promoveu o atacante Diego Maurício aos profissionais.

Aos 19 anos, o centroavante é o artilheiro da equipe de juniores em 2010, com 22 gols. Recentemente, disputou um torneio com a seleção sub-20 na Europa e ajudou na conquista da taça.

Diego viajaria com a delegação de juniores do Flamengo para Minas Gerais neste domingo e disputaria a Taça BH da categoria. Entretanto, a notícia alterou os planos.

Ele participa do treino na tarde deste sábado, no Ninho do Urubu. Rogério comandou o atacante tanto no time de juniores quanto na seleção.


Andrade: ‘Tinha gente torcendo contra para poder me demitir’

Andrade assistiu pela televisão ao desfecho da participação do Flamengo na Taça Libertadores. De longe, viu a queda do Império do Amor e o fim de uma campanha que julgava merecer terminar. Afinal, quando assumiu o Flamengo em agosto de 2009, o time capengava na tabela e beirava a zona de rebaixamento. Oito meses e um título brasileiro depois, se viu desempregado.

Na imprensa, a presidente Patrícia Amorim o criticou e afirmou que tinha de intervir porque o clima no departamento de futebol era insuportável e havia uma bagunça generalizada.

- Continua a mesma coisa, nada mudou desde que eu saí. Se existia bagunça, como ela diz, permanece – disse Andrade.

O treinador não gosta do adjetivo magoado. Prefere dizer que a saída o chateou da maneira como foi conduzida. Em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, ele desabafa e conclui:

- Tinha muita gente lá dentro torcendo para o Flamengo perder para poder me demitir.

Sensação ao assistir à eliminação em casa

“É uma grande frustração começar um trabalho e não ter a chance de terminá-lo. Fui campeão brasileiro, cheguei à final do Carioca e às oitavas da Libertadores. Tinha grande chance de ser campeão. O time do Flamengo é muito superior ao do Universidad de Chile. Na primeira fase, tivemos muitos problemas porque disputávamos duas competições importantes e ficava difícil concentrar”

Falta de paciência da diretoria

“Todos os times que estavam envolvidos na Libertadores não foram campeão estaduais e todos os treinadores foram mantidos no cargo. São Paulo e Inter, por exemplo, foram firmes e seguraram o Ricardo Gomes e o Fossati. Deram credibilidade a eles, coisa que não fizeram comigo e agora os dois clubes estão nas semifinais. Faltou paciência. Aliás, só não fizeram isso (demissão) antes porque eu fui campeão brasileiro”.

Motivos da demissão

“Muita gente lá dentro torcia para o Flamengo perder para poder me demitir. Não tinha o que falar para me tirar e inventaram muitas coisas. Tiveram que buscar mentiras para justificar a minha saída. Devo ser o único técnico do mundo campeão e com aproveitamento de 70% que perdeu o emprego.”

Bagunça instaurada na Gávea?

“Continua a mesma coisa, nada mudou desde que eu saí. Se existia bagunça, como ela diz, permanece. O Flamengo tinha muitos problemas extracampo e a diretoria me obrigava a resolver. Mas como é isso? Tenho que dar treino, pôr o time em campo e cuidar da parte disciplinar? Assim eu tiro o emprego de alguém. Fiquei muito exposto”.

Confiança do grupo

“O grupo me respeitava, sempre tive o elenco na mão e foi dessa forma que conseguimos o título brasileiro. Plantaram várias notícias na imprensa para dizer o contrário porque precisavam de justificativas para me demitir”.

Mudança de postura em 2010

“Em 2009 existiam os mesmos problemas, mas o foco não era o Flamengo. Era o São Paulo, o Atlético-MG, o Palmeiras... Como fomos campeões voltou tudo para cima do Flamengo e teve uma dimensão enorme. Bastava o time perder para surgir uma crise. Crise era a palavra do momento na Gávea. Nossa equipe não tinha mais o direito de perder. Vitória e derrota fazem parte do futebol, só que as pessoas não entendiam isso”.

Adriano

“Quando o Flamengo contratou o Adriano já sabia dos problemas. De repente vai querer mudar tudo? Não tinha como. Eles já estavam cientes de tudo. Eu procurei administrar, mas quem faz a filosofia não é o treinador. Já tinha isso (privilégio) no Flamengo quando assumi. Não fui eu. E pelo jeito a filosofia não mudou até agora. Está a mesma coisa”.

Pekovic

“Não tive problema algum com o Petkovic. Coloquei o Pet em dois jogos seguidos contra o Caracas e contra o Botafogo. Mas as pessoas não percebem que ele não voltou a repetir as atuações do ano passado. E aí inventam que eu tinha algo contra o cara. Foi tudo plantado para me minar com a torcida. Não tinha a nada a ver”.

Postura da presidente na hora de demiti-lo

“A Patrícia disse olhando no meu olho que sofria muita pressão e se não cedesse ficaria sozinha. Na campanha ela falou de preservar o ex-atleta, mas não fui preservado em momento algum. Na quarta-feira já tinham decidido a demissão e me deixaram dois dias no cargo. Estava lá estampado no GLOBOESPORTE.COM: Andrade será demitido. O mundo todo sabia e me deixaram exposto. Ela devia ter me preservado”.

Futuro

“Não tenho pressa. Vou escolher uma boa oportunidade. Em oito meses de carreira, ganhei o Brasileiro e fui eleito o melhor técnico do ano. Tem treinador que na vida toda não tem esse currículo.”

Com uma possível reformulação, Bruno também tem chances de sair

No campo das negociações, os maiores esforços da diretoria são na intenção de manter Vagner Love e Adriano (ou pelo menos um deles) na Gávea até o fim do ano. Mas enquanto joga suas fichas no sentimento dos atacantes para renovar com eles, os comandantes do clube podem ser sofrer com uma espécie de reformulação forçada do elenco rubro-negro. Além do Império do Amor, outros nomes importantes podem deixar o Flamengo em breve. Entre eles, Bruno, Petkovic e Kleberson.

No retorno de Santiago, o goleiro desabafou com amigos que sua passagem pela Gávea estava chegando ao fim. Ele se sente perseguido pela torcida, mesmo tendo sido importante durante os quatro anos no clube. Por isso, está cansado de não ser tão valorizado como gostaria. O goleiro tem contrato com o Flamengo até dezembro de 2012, mas deseja ser negociado pela diretoria na próxima janela.

- Não dá mais. Já deu para mim. Está na hora de buscar novos ares – disse Bruno durante o vôo.

O caso de Petkovic é mais complicado e não depende apenas do interesse esportivo para a renovação ser consumada. É que o advogado do sérvio entrou com ação contra o Flamengo por conta do atraso no pagamento dos seus honorários. O problema é que no contrato que a última gestão fez com o jogador para que ele voltasse ao clube incluía a cláusula de que o parcelamento da dívida com o advogado não poderia atrasar em mais de 90 dias. Caso contrário, todo o acordo poderia ser comprometido.

- Se ele retirar a ação, a renovação é praticamente certa. Caso contrário, fica mais complicado – disse a presidente Patrícia Amorim no desembarques da delegação no início da noite de sexta-feira.

Ainda no Chile, poucos minutos antes de embarcar rumo ao Brasil, Pet disse que estava “num caminho bom para renovar”. Mas na chegada ao Rio de Janeiro, ele não quis se manifestar diante da afirmação da dirigente.

- Eu não ouvi o que ela falou e não gosto de me pronunciar em cima daquilo que não ouvi – afirmou o sérvio.

A saída de Kleberson, por sua vez, não passa por razões parecidas com a destes outros casos. Na verdade, a diretoria entende que deve aproveitar para negociá-lo por conta da valorização com a convocação do volante para a Copa do Mundo. O raciocínio é o mesmo para o caso de Fierro, que deve ir para a África do Sul pela seleção do Chile.

Além de todos estes casos, existem outras possibilidades de saída. Entre elas a de Leonardo Moura e Toró. O lateral-direito não vê com maus olhos a possibilidade de ser negociado para o exterior. Já o volante estaria incomodado por ainda não ter sido procurado para renovar o contrato que termina dia 31 de outubro.

Convencida de que não pode perder as oportunidades do mercado, a diretoria rubro-negra promete acelerar as negociações para ter uma equipe forte no Brasileiro. Se antes esperava o término da Copa do Mundo para agilizar as contratações, já existe a promessa de novidades para a próxima semana. A começar pela efetivação de um vice de futebol, que deve ser o advogado Michel Asseff Filho.

- Vamos ter uma semana intensa agora. Não por causa da eliminação na Libertadores, mas porque já tínhamos programado isso. Vamos ter novidades – comentou o vice de finanças Michel Levy, que tem participado de todas as negociações do departamento de futebol.

A cúpula rubro-negra promete ir ao mercado para reforçar o time e agilizar as renovações e contratações. Além da permanência de Adriano e Love, o Flamengo não quer perder Maldonado, cujo vínculo termina no fim de agosto. O clube pretende contratar um zagueiro renomado, já que não pretende renovar com Álvaro, cujo contrato termina no próximo mês. Já existe negociações para repatriar o atacante Emerson. E a contratação de Washington, do São Paulo, também está sendo analisada.

Inimigos íntimos, Brasília e Flamengo abrem a grande final do NBB no Rio


Desde o dia 1º de novembro do ano passado, foram 230 jogos. Agora restam no máximo cinco com apenas dois rivais dentro da quadra. A partir deste sábado, a final do Novo Basquete Brasil põe frente a frente as duas equipes que dominam o cenário nacional nos últimos três anos. Inimigos íntimos, Brasília e Flamengo abrem a disputa às 16h, na Arena da Barra. Os cariocas perseguem o tricampeonato nacional e o monopólio nas duas edições do NBB, enquanto a turma da capital tenta quebrar a hegemonia do adversário e levantar a taça.

helio, flamengo, nbb

Duelo de armadores: Valtinho (à esquerda) e Hélio travam duelo na criação das jogadas (Divulgação/NBB)

Dono da melhor campanha na primeira fase, o Brasília tem a vantagem de jogar dentro de casa três das cinco partidas previstas para a série. O Flamengo abre o confronto diante de sua torcida, no Rio. Os dois finalistas vêm de confrontos complicados nas semis e estão prontos para escrever mais um capítulo da maior rivalidade atual no basquete brasileiro.

- São duas equipes muito próximas tecnicamente. Durante o campeonato ficou comprovado que a disputa é bastante equilibrada. E nós levamos uma pequena vantagem em poder definir a série em casa, mas para isso precisamos confirmar no nosso ginásio – resume o técnico Lula Ferreira, do Brasília, que comanda um elenco estelar na decisão.

Finais
Data
Hora
Local
Jogo 1 22/5 16h RJ
Jogo 2 28/5 21h DF
Jogo 3 30/5 11h30m DF
Jogo 4 3/6 16h RJ *
Jogo 5 6/6 10h DF *
* Se necessário

Cestinha do campeonato, Marcelinho Machado segue a mesma linha de raciocínio de Lula e afirma que o Flamengo precisa largar na frente com uma vitória na Arena neste sábado.

- Chegamos à final, que era um objetivo. Agora vamos partir para o outro, que é o título. E para isso é fundamental vencer o primeiro jogo em casa – avalia o ala.

Nas duas edições do NBB, os times se enfrentaram nove vezes, com cinco vitórias do Brasília e quatro do Fla. No ano passado, a final foi até a quinta partida, vencida pelo Mengão na Arena.

A decisão coloca lado a lado o melhor ataque e a melhor defesa da competição. Os brasilienses têm média de 92,4 pontos por jogo, além de liderar as estatísticas de rebotes (33,7), tocos (3,1) e lances livres (77,8% de aproveitamento). O time do Rio é o melhor em pontos sofridos (apenas 77 por rodada) e um dos líderes em roubadas de bola (8,6).

Brasileirão 2010: próximos jogos

3ª rodada

Data Hora Mandante


Visitante Local
22/05/2010 18h30 Atlético-GO - x - Santos Serra Dourada
22/05/2010 18h30 Palmeiras - x - Grêmio Palestra Itália
22/05/2010 16h Botafogo - x - Goiás Engenhão
23/05/2010 16h Internacional - x - São Paulo Beira-Rio
23/05/2010 16h Corinthians - x - Fluminense Pacaembu
23/05/2010 16h Ceará - x - Vitória Castelão
23/05/2010 16h Atlético-MG - x - Atlético-PR Mineirão
23/05/2010 18h30 Flamengo - x - Grêmio Prudente Maracanã
23/05/2010 18h30 Guarani - x - Cruzeiro Brinco de Ouro
23/05/2010 18h30 Avaí - x - vasco Ressacada

Após golaço, Walter Montillo é oferecido ao Flamengo

Autor do golaço por cobertura que fez o Flamengo ser eliminado da Libertadores pelo Universidad de Chile, na última quinta-feira, no Santa Laura, Walter Montillo também pode vir a fazer parte da história rubro-negra por um outro motivo. É que horas depois do jogo um representante do apoiador argentino se encontrou com dirigentes rubro-negros no hotel em que o time esteve hospedado, em Santiago.

Montillo, que tem 26 anos, foi oferecido ao Flamengo em conversa com o vice de finanças, Michel Levy. Não houve recusa ou aceitação. Na verdade, o assunto ficou de ser analisado por toda a diretoria e comissão técnica.

- Temos de conversar e nos informar melhor – despistou Levy, sem entrar em detalhes sobre o assunto.

Para contar com Montillo, o Flamengo teria de fazer um investimento relativamente alto. O representante do jogador informou que a multa rescisória circula na casa dos R$ 3 milhões. Mas que La U aceitaria a liberação por cerca de R$ 2 milhões. O contrato seria de cinco anos. Um dos fatores para os valores serem elevados é que ele possui passaporte comunitário. Apesar de ser o salário mais caro do time chileno, o valor é baixo perto de quase todos os vencimentos dos atuais titulares rubro-negros.

Um outro motivo de análise por parte do Flamengo pode ser o fato de Montillo ser considerado um jogador irregular no Chile, apesar de extremamente técnico. Ele costuma brilhar em algumas partidas, como aconteceu na última quinta-feira, quando encobriu Bruno com um toque de classe; mas também somir em outras. Porém, o apoiador é considerado por muitos como o melhor jogador do Universidad de Chile.

Walter Montillo iniciou a carreira no San Lorenzo, da Argentina, em 2002. Ele chegou a disputar o Mundial sub-20 pela seleção do país, em 2003. Três anos depois, foi negociado com o Morélia, do México, em 2007. No ano seguinte retornou ao clube de origem, mas foi pouco aproveitado. Aí a La U resolveu comprá-lo por cerca de US$ 1 milhão, sendo uma das transações mais caras do futebol chileno em 2008. O retorno do investimento só veio em 2009, quando o time foi campeão do Torneio Apertura (abertura) e também destacou-se na Copa Sul-Americana marcando gols em jogos importantes.

Michel Assef Filho está próximo de ser o novo vice de futebol do Fla

Antes de embarcar de volta para o Brasil, Patrícia Amorim disse que irá anunciar o novo vice-presidente de futebol na próxima semana. O nome em questão é o de Michel Assef Filho, advogado que colabora com o Flamengo há alguns anos. Mas antes de sacramentá-lo no cargo a dirigente quer conversar com o vice-geral, Hélio Ferraz.

- Será uma pessoa nova – disse a mandatária, dando uma pista ainda em Santiago.

A intenção dela é que o escolhido mantenha uma boa relação política e administrativa junto à cúpula presidencial, fato que não acontecia com Marcos Braz, que foi demitido junto com Andrade no dia 23 de abril. Desde então, o departamento de futebol não tem um comandante para tocar os principais assuntos.

Durante o vôo que trouxe a delegação rubro-negra para o Rio, Patrícia e Assef Filho conversaram durante longo tempo por terem se sentado bem perto no avião. O vice de finanças, Michel Levy, e o diretor jurídico, Luiz Manoel, também participaram das conversas. Ambos continuarão ajudando o departamento de futebol como vem acontecendo. Apesar de praticamente já ter um vice de futebol escolhido, Patrícia Amorim ainda busca um diretor-executivo para o departamento.

O GLOBOESPORTE.COM telefonou no fim da noite desta sexta para Michel Assef Filho e Patrícia Amorim para confirmar a informação, mas eles não atenderam.

Renovação com Pet empaca na Justiça

Parecia um caminho sem obstáculos para uma renovação de contrato tranquila com Petkovic, mas a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, deixou claro que, para isso acontecer, o advogado Rodrigo Ramos deve retirar uma ação de cobrança na Justiça dos honorários devidos pelo clube com o acordo feito para o pagamento da dívida de R$ 20 milhões com o sérvio. Ela se mostrou irredutível.

“Para a gente conversar, essa ação tem que ser retirada”, afirmou Patrícia, lembrando que o acordo com o advogado está incluído no de Petkovic e, por isso, a ação é única. “Se isso não acontecer, a renovação fica mais complicada”.

Petkovic tem contrato com o Flamengo até o dia 15 de junho e Patrícia Amorim foi orientada pelo departamento jurídico a tomar tal atitude. O jogador já manifestou o interesse em seguir no clube até junho de 2011, quando pretende encerrar a carreira e vai ter que convencer o seu advogado a esquecer a ação.

“Acho que vamos renovar o contrato sem problemas. A minha vontade é de permanecer e vejo uma grande chance de isso acontecer”, afirmou Petkovic, que receberia um aumento de R$ 70 mil para compor o salário de R$ 150 mil. Além disso, o jogador recebe parcelas mensais de R$ 200 mil por causa do acordo da dívida.

Gringo já planeja o futuro

Mesmo sabendo das dificuldades que pode ter para renovar o seu contrato, Petkovic já faz planos para as próximas rodadas do Campeonato Brasileiro, que vai ser paralisado no dia 6 de junho, por causa da Copa do Mundo da África do Sul. Contra o Grêmio Prudente, amanhã, no Maracanã, ele deve estar em campo.

“Temos que levantar a cabeça. Os próximos cinco jogos são muito importantes para o nosso time no Campeonato Brasileiro. Não podemos cometer os mesmos erros da Copa Libertadores e precisamos somar o máximo de pontos para ficarmos na briga pelo título brasileiro”, afirmou Petkovic.

Nas duas primeiras rodadas, o Flamengo empatou duas vezes em 1 a 1, com São Paulo, no Maracanã, e Vitória, no Barradão. Os próximos três jogos serão no Rio, contra Prudente, Fluminense e Grêmio.


sexta-feira, 21 de maio de 2010

Flamengo confirma interesse em Emerson e sondagem a Washington

A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, isentou a dupla de ataque de culpa na eliminação nas quartas de final da Libertadores e já avisou que a manutenção de Vagner Love e Adriano é a prioridade da diretoria. Mas, devido à complexidade das renovações, o clube começa a se precaver.

E dois nomes saem na frente: Emerson e Washington. A postura do Sheik entusiasmou a diretoria. O atacante demonstrou publicamente que deseja voltar à Gávea, de onde saiu em agosto passado.

- Temos interesse nele. É um jogador que demonstrou vontade de jogar aqui e isso conta muito – disse Patrícia.

Emerson tem outras propostas. O São Paulo o procurou e há pelos menos mais dois clubes brasileiros interessados.

- Dei o 'start' (na negociação) com o Flamengo. Eu gosto muito do clube. Vamos ver – disse o atacante.

Insatisfeito no São Paulo, Washington tem como representante Gilmar Rinaldi, o mesmo de Adriano. Foi do empresário, aliás, a sugestão de negócio com o Fla. Uma conversa inicial foi confirmada pela presidente do Rubro-Negro carioca.

- Foi uma sondagem. Queremos primeiro manter os jogadores que temos – afirmou Patrícia Amorim no início da noite desta sexta-feira, durante o desembarque da delegação do clube no Rio, vinda de Santiago.

O atacante já esteve nos planos do clube, mas sua contratação não foi recomendada pelo médico José Luiz Runco devido aos problemas cardíacos que o atacante sofreu em 2003, quando atuava pelo Fenerbahçe (Turquia).

Vagner Love avisa que aceita até brigar para ficar no Fla

Nada de protestos, nada de violência. O Flamengo chegou ao Rio de Janeiro no início da noite desta sexta-feira sem qualquer hostilidade por causa da eliminação na Taça Libertadores. Pelo contrário. Os poucos torcedores que estiveram no aeroporto Tom Jobim preocuparam-se unicamente em celebrar os ídolos.

Adriano recebeu gritos histéricos femininos. Os demais não despertaram tanta euforia, mas também foram requisitados para fotos e autógrafos. Um dos mais abatidos era Vagner Love. O atacante deu clara demonstração de que deseja permanecer no Flamengo. O contrato dele termina em julho, e o CSKA Moscou já informou que deseja tê-lo novamente.

- Se tiver que brigar, eu brigo. Se dependesse de mim, assinaria a renovação agora. A permanência é difícil, mas não impossível – disse o artilheiro do Fla no ano, com 20 gols.

Criticado por ter se jogado na área no último lance da partida em Santiago, Vinícius Pacheco se justificou:

- O cara tocou na minha perna direita e me desequilibrou.

No ar...

As quatro horas de voo fretado de Santiago até o Rio tiveram jogadores bem humorados. Alguns deles dormiram. A presidente Patrícia Amorim chegou até a servir um cafezinho para Adriano, que passou a maior parte do tempo entretido em um jogo de ação no laptop.

O momento mais tenso foi quando alguns torcedores que estavam consumindo bebida alcoólica foram interpelados para “dar uma segurada” e responderam de forma agressiva. Um dos seguranças do Flamengo intercedeu e controlou a situação.


Flamengo desembarca no Rio de Janeiro

O Flamengo desembarcou no início desta noite no Aeroporto Internacional Tom Jobim após a vitória por 2 a 1, sobre a La 'U', que eliminou a equipe da Copa Libertadores. Com Adriano liderando o grupo, a delegação chegou ao Rio cheio de incertezas. A primeira delas é se o 'Império do Amor', formado pelo próprio atacante e o companheiro Vagner Love, contiuará na Gávea após a Copa do Mundo, já que o contrato de ambos termina por agora ( o de Adriano no próximo dia 30).

"Não sei ainda (se fica). Vou pensar com carinho. Tudo o que vou fazer vai ser com o coração", disse o Imperador aos jornalistas, enquanto deixava o local.

O Flamengo se reapresenta neste sábado para a partida de domingo, às 18h30, contra o Grêmio Prudente, no Maracanã.

Adriano promete usar o 'coração' para decidir o seu futuro

Depois da eliminação do Flamengo da Taça Libertadores, uma dúvida que ronda o Flamengo é se Adriano e Vágner Love vão permanecer na Gávea. A permanência da dupla é a prioridade da diretoria. O contrato do Imperador termina no próximo dia 30, e o jogador interessa a clubes europeus. O Roma teria, inclusive, uma proposta pronta para fazer ao atacante. No desembarque da delegação rubro-negra no Rio, no início da noite desta sexta-feira, Adriano foi o primeiro a deixar o aeroporto Tom Jobim. E apesar de cercado de seguranças do clube, deu indícios que a possibilidade de permanecer na Gávea não podem ser desprezada.

- Não sei ainda (o meu futuro). Vou pensar com carinho. Mas tudo o que vou fazer vai ser com o coração - afirmou aos jornalistas enquanto caminhava para pegar o seu carro.

Em 2009, Adriano também seguiu o coração ao decidir deixar o Internazionale, e um contrato mais vantajoso financeiramente na Europa, para voltar a ficar no Rio, mais perto dos amigos e de suas origens, e jogar pelo Flamengo.

Depois da partida contra o Universidad do Chile, a presidente Patrícia Amorim conversou com o jogador e garantiu que o desejo de Adriano é seguir na Gávea.

- Foi conversado sobre a vontade do clube de que ele permaneça e tive uma resposta positiva. A vontade dele é permanecer. Ele é querido pelo grupo, um líder. Sabemos que ele tem proposta de fora e é um atleta diferenciado, mas acreditamos mesmo assim - afirmou.


Venda antecipada de ingressos para Fla x Flu começa neste sábado

O Flamengo fará, na próxima quarta-feira (26.05), seu primeiro clássico no Campeonato Brasileiro 2010. O adversário será o Fluminense e a partida está marcada para o Maracanã, às 19h30. E a venda de ingressos antecipada para o jogo começará neste sábado, para os sócios do Flamengo.

Os associados poderão adquirir suas entradas na Gávea (Av. Borges de Medeiros, 997). A venda será realizada de 9h às 17h.

Vale ressaltar que cada torcedor, sócio ou não, só poderá comprar três ingressos cada. Aqueles que adquirem meia entrada, deverão, obrigatoriamente, apresentar documento que comprove seu direito (carteira de identidade, carteira de estudante ou comprovação de matrícula do ano de 2010) para ingressar no estádio. Aos torcedores vale ainda o aviso de que a promoção Itaú não está valendo para esta partida.

Confira abaixo todas as informações sobre a venda antecipada de ingressos:
Jogo: Fluminense F. C. x C. R. Flamengo.
Data: 26/05/2010 (quarta-feira)
Horário: 19:30h
Local: Estádio Mario Filho – Maracanã

Preços dos Ingressos:
Arquibancadas verdes, amarelas ou brancas inteiras: R$ 40,00
Arquibancadas verdes, amarelas ou brancas ½ entrada: R$ 20,00
Cadeiras Especiais inteiras: R$ 150,00
Cadeiras Especiais ½ entrada: R$ 75,00
Cadeiras Comuns inteiras: R$ 30,00
Cadeiras Comuns ½ entrada: R$ 15,00

Locais de Vendas Antecipadas:
Av. Borges de Medeiros, 997 (somente para sócios do Flamengo)
Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora)
Bilheterias do Fluminense F. C.
Bilheterias do Estádio de São Januário
Bilheterias do Maracanã nº. 08 (exceto domingo dia 23/05/2010)
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheteria do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Rua São João nº. 34 loja 114 – Centro – Niterói
HSBC Arena - Av. Abelardo Bueno, 3401 - Barra da Tijuca
Site da Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br)


Patrícia Amorim faz balanço positivo do Fla na Libertadores: ‘Fomos bem’

O sonho do bicampeonato da Taça Libertadores foi adiado mais uma vez. A fila desde 1981 se prolonga, mas na análise interna, a participação do Flamengo na edição de 2010 do torneio foi satisfatória.

No dia seguinte à eliminação para o Universidad de Chile, a presidente Patrícia Amorim elogiou o desempenho do time.

- Fomos bem na Libertadores. Conseguimos avançar até uma fase (quartas de final) que não chegávamos há muito tempo (desde 1993). Jogamos muito bem no último jogo – disse.

Desde o início da competição, o Flamengo sofreu com a fragilidade de seu sistema defensivo. Foram 15 gols sofridos em dez jogos. Classificado às semifinais, o São Paulo só foi vazado duas vezes.

- Não tivemos problemas no ataque, mas sim nos gols que sofremos – declarou a presidente, isentando o Império do Amor de culpa na eliminação.



Flamengo x Universo/Brasília - 1º Jogo


Dia: 22/5 Sábado

Hora: 16h

Local: HSBC Arena

http://o2aktuell.files.wordpress.com/2009/06/af_logo_nbb.jpg



Fla disputará torneio sub-19

A Arena Barueri vai receber em julho grandes clubes do mundo na categoria Sub-19. A Federação Paulista de futeboç lançou a Copa Eurofarma de Futebol Júnior, que confrontará grandes do Brasil contra outros do mundo. Corinthians, Flamengo, Santos e Palmeiras são os times nacionais, que receberão Sevilla, Boca Juniors, Porto e Peñarol.

O torneio começa em 24 de julho e vai até 1º de agosto. As equipes foram divididas em dois grupos de quatro equipes em cada um, sendo dois brasileiros e dois estrangeiros. Os dois melhores se classificam para a fase final. Também haverá disputa entre quinto e oitavo colocados.

Confira os grupos da primeira fase:

Grupo 1: Flamengo, Palmeiras, Porto e Peñarol
Grupo 2: Sevilla, Boca Jr., Corinthians e Santos

Flamengo apresentará protesto à Conmebol contra chilenos

Depois de a delegação rubro-negra passar por maus bocados durante o jogo do Flamengo contra a Universidad de Chile na última quinta-feira, em Santiago, a diretoria do clube carioca resolveu protestar. No início da próxima semana, dirigentes entregarão à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) um protesto pedindo a punição da Universidad de Chile, por conta
dos incidentes ocorridos no Estádio Santa Laura.

O objetivo dos rubro-negros é que o local seja interditado para jogos continentais. Entre as dificuldades encontradas pelos jogadores do Fla, o zagueiro Ronaldo Angelim foi atingido por uma moeda e o atacante Vágner Love foi acertado por uma bola de golfe. Ao final do primeiro tempo, até o árbitro da partida, o uruguaio Roberto Silvera, teve dificuldades para deixar o campo.

O técnico Rogério Lourenço foi um dos que criticaram a atitude dos torcedores chilenos. "Esse estádio não tem condições nem de abrir campeonato estadual. Foi vergonhoso o que aconteceu", disparou o treinador.

Além do pedido à Conmebol, a diretoria do Flamengo deve entrar em contato com Internacional e São Paulo para que os três times apresentem juntos um pedido de melhoria nas condições de jogos. Vale lembrar que os dois brasileiros fazem uma das semifinais da Libertadores e podem enfrentar "La U" na final. Outra alternativa estudada pela cúpula rubro-negra é enviar um relatório à Fifa, detalhando o que aconteceu no jogo da última quinta.


Flamengo coloca manutenção do Império do Amor como prioridade





Um grande ponto de interrogação. O Flamengo acordou nesta sexta-feira eliminado da Taça Libertadores e sem saber por onde começar o planejamento para o segundo semestre. A presidente Patrícia Amorim pretendia chegar à pausa para a Copa do Mundo com a classificação para as semifinais assegurada. Seria mais fácil para negociar as renovações, principalmente do Império do Amor, atrair reforços e efetuar as mudanças no departamento de futebol.

Ainda não há um gestor para a área. A ideia da dirigente é contratar um diretor executivo e nomear o novo vice de futebol ainda nesta semana. O comando da equipe também é incerto.

- O Rogério é nosso treinador contratado, mas ele continua em avaliação e segue em constante observação - disse Patrícia Amorim.

Apenas na manhã pós-derrota, quatro nomes circularam nos bastidores. Luiz Felipe Scolari, Abel Braga, Adílson Batista e Marcos Paquetá. Mas, por enquanto, o técnico é Rogério Lourenço. E ele mira a continuidade no Brasileirão.

- Nosso foco estava todo nessa partida (contra o Universidad de Chile). Agora é vida que segue. Em uma semana teremos três jogos em casa (Prudente, Fluminense e Grêmio) e ganhar o Brasileiro é difícil demais. O mais importante foi resgatar a confiança desse grupo. No Carioca, não fomos felizes, na Libertadores também não, mas a torcida está orgulhosa da equipe - disse o treinador.

Mas a insuficiente vitória por 2 a 1 sobre o Universidad de Chile terá efeitos sobre o grupo. Adriano e Vagner Love são as prioridades. O primeiro tem propostas da Europa e o segundo ainda tenta uma improvável extensão do contrato de empréstimo até dezembro.

- O Vagner tem um prazer enorme em jogar no Flamengo, é flamenguista. Sentiu muita tristeza com a eliminação, mas esta eliminação não mudou o desejo dele em continuar. Contudo não depende dele somente, depende também do clube russo e até onde o Flamengo pode chegar (financeiramente) - disse o empresário do atacante, Evandro Ferreira, em entrevista à “Rádio Brasil”.


A presidente Patrícia Amorim conversou com Adriano após a partida no Chile e considera que a permanência dele não é impossível.

- Foi conversado sobre a vontade do clube de que ele permaneça e tive uma resposta positiva. A vontade dele é permanecer. Ele é querido pelo grupo, um líder. Sabemos que ele tem proposta de fora e é um atleta diferenciado, mas acreditamos mesmo assim - disse a dirigente.

O desmanche também ameaça outras peças fundamentais. Apesar de terem contrato, jogadores como Bruno e Léo Moura podem sair. Os dois estão há muito tempo no clube e uma transferência para o exterior está nos planos deles.

Petkovic tem a renovação de contrato alinhavada por mais um ano. Ele receberá um aumento de R$ 60 mil.

- O clube manifestou a vontade e o acordo não é difícil. O caminho é bom para continuar - disse o sérvio.

A situação de Maldonado, cujo compromisso termina em agosto, é diferente. Ele pertence ao Rentistas-URU, clube do empresário Juan Figger, e para mantê-lo o Flamengo precisa abrir o cofre. O Atlético-MG tem interesse no chileno. Kleberson e Fierro disputam a Copa do Mundo e desfalcam o time nas cinco partidas que antecedem ao recesso.

Descartado na reta final da Libertadores, Álvaro encabeça a lista de dispensa. Bruno Mezenga vai para a Polônia e Gil também deve sair.

A delegação desembarca no Rio na noite desta sexta-feira e prepara-se para o jogo de domingo contra o Prudente, no Maracanã. O Rubro-Negro tem dois pontos no Brasileiro e ocupa a 13ª posição.

'Não existe mau funcionário, existe mau patrão', diz dirigente do Fla

Considerados problemas para o Flamengo, por estarem envolvidos em confusões extra-campo, os atacantes Vagner Love e Adriano, que têm seus contratos encerrados no meio do ano, foram defendidos pelo vice-presidente geral do clube, Hélio Ferraz. Em entrevista à Rádio Brasil, o dirigente disse que a diretoria está no comando para administrar a indisciplina dos atletas e dar suporte para apresentarem o que tem de melhor.

"Não existe mau funcionário, existe mau patrão. Patrão bom é patrão ruim. O difícil é arrumar um infeliz que saiba jogar bola. A gente está lá para dar suporte. Sou sempre a favor do talento. E acho que se não consegue administrar um talento, a falha é da administração. Consertar disciplina é um problema da administração", explicou Ferraz. "Não haverá afobação. Tudo será feito com tranquilidade, no melhor caminho", concluiu.


Técnico do Fla critica Estádio Santa Laura

As péssimas condições encontradas por todos os profissionais que tiveram que trabalhar no Estádio Santa Laura durante o duelo entre Universidad de Chile e Flamengo foram duramente criticadas pelo técnico da equipe carioca, Rogério Lourenço.

– Viemos aqui em um estádio vergonhoso que não dá para ter jogo da Libertadores. Já fui campeão desta competição pelo Cruzeiro e nunca vi nada parecido com isto aqui. Este estádio não poderia brigar jogo nem dos regionais do Brasil – reclamou Rogério.

O treinador, ao sair do vestiário para conceder entrevista coletiva, presenciou uma verdadeira guerra entre os jornalistas chilenos e o assessor de imprensa do Fla, que tentava organizar toda a confusão. O tumulto só foi resolvido quando os jornalistas brasileiros foram para dentro do vestiário rubro-negro no estádio.


Kleberson lamenta: 'Acontece'

Kleberson não escondeu o abatimento pela eliminação do Flamengo na Copa Libertadores, principal objetivo do clube nesta temporada. Chateado, o meia lembrou que o fim do sonho rubro-negro foi causado pela apatia apresentada no jogo de ida, quando o Fla foi derrotado no Maracanã por 3 a 2 pela Universidad de Chile.

- Infelizmente no primeiro jogo não conseguimos fazer o resultado. Ficamos tristes, mas acontece - disse Kleberson.



Melhores momentos: Universidad de Chile 1 x 2 Flamengo pelas quartas da Libertadores 2010

‘Mostramos que o nosso time é melhor que o deles’, diz Rogério

O Flamengo está fora da Taça Libertadores, mas o técnico Rogério Lourenço não perdeu a marra. Na entrevista coletiva após a partida contra o Universidad de Chile, ele afirmou categoricamente que a equipe eliminada é melhor do que a classificada.

- Saímos de cabeça erguida da Libertadores. Apesar da eliminação, mostramos que temos um time melhor que o deles. A única bola que o Montillo teve no jogo fez o gol – disse.

Entretanto, apesar da vitória por 2 a 1 nesta quinta-feira, no estádio Santa Laura, os números contra La U são desfavoráveis. Nos outros três jogos, os chilenos venceram dois (2 a 1 e 3 a 2) e empataram um (2 a 2). Ah, e claro, estão com a classificação às semifinais asseguradas.

Em quase todas as respostas, o treinador ressaltou a boa atuação do time rubro-negro no Santa Laura.

- Esse time tem que ser exaltado. Conseguimos uma vitória convincente, honrando as tradições do Flamengo. Acabamos com o último invicto na Libertadores. Eles levaram a classificação? Parabéns! Mas a história não foi (fácil) como eles esperavam – afirmou Rogério Lourenço.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo pelo Campeonato Brasileiro contra o Prudente, no Maracanã. A equipe tem dois pontos nas duas rodadas.


Atingido por uma bola de golfe, Angelim critica: ‘É inadmissível’

O Flamengo sofreu com a hostilidade e a selvageria da torcida do Universidad de Chile na vitória por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no estádio Santa Laura. Após a batalha, os jogadores mostraram os ferimentos dos objetos arremessados pela torcida. O pior deles era o de Ronaldo Angelim.

O zagueiro foi atingido em cima do olho por uma bola de golfe.

- Eles jogaram uma bola de golfe e me machucaram. Isso não pode acontecer. É inadmissível – declarou.

Apesar do triunfo fora de casa, o Flamengo está fora da Libertadores e mira no Campeonato Brasileiro.

- Libertadores agora é passado. A realidade é o Brasileiro. Espero que a ressaca passe o mais rápido possível – disse o camisa 4.


Adriano sobre a eliminação: 'Time caiu de pé'

O Flamengo pagou caro pela péssima atuação no jogo de ida no Maracanã e deu adeus à prioridade da temporada com uma vitória por 2 a 1 contra a Universidad de Chile. Os jogadores deixaram o campo do Estádio Santa Laura lamentando a derrota por 3 a 2 no Maracanã, mas usaram o discurso da queda de pé para minimizar o sofrimento de mais uma eliminação traumática na Copa Libertadores, como já havia acontecido em 2007 e 2008 contra Defensor, do Uruguai, e América, do México, ambas no Maracanã.

“O time caiu de pé, fez uma boa partida, infelizmente não conseguimos o resultado”, afirmou Adriano, que marcou o segundo gol da vitória por 2 a 1, e que pode ter feito uma de suas últimas partidas com a camisa do Flamengo, já que seu contrato termina no dia 30 deste mês e uma proposta da Roma pode tirá-lo da Gávea

Adriano e Vagner Love foram chamados de gordos na antevéspera do jogo pelo técnico da Universidad de Chile e ambos fizeram gols ontem, em Santiago. Mas como a Universidad do Chile marcou mais gols fora de casa conseguiu a vaga na semifinal, contra a equipe do Chivas.

“O time está de parabéns pelo desempenho no jogo. Infelizmente, não conseguimos a classificação. Trabalhamos, buscamos, mas não conseguimos”, comentou Kléberson.

Chances não faltaram para fazer o terceiro gol. O meio-campo Petkovic, que entrou no intervalo do jogo, preferiu não reclamar da arbitragem pela falta de bolas nas mãos dos gandulas e pela cera feita pelos jogadores da Universidad de Chile nos momentos finais da partida.

“Não sei se o árbitro deveria ter dado mais tempo de jogo ou não. Mas nos esforçamos e buscamos o resultado mesmo com um jogador a menos em campo”, disse o sérvio.


Os gols de Universidad de Chile 1 x 2 Flamengo pelas quartas da Libertadores 2010

Fla vence, mas está fora da Copa Libertadores

Adriano dá bicicleta antes de Love marcar primeiro gol do Flamengo  Foto: EFE

O Flamengo foi melhor que a Universidad de Chile, pressionou os donos da casa no Estádio Santa Laura e venceu por 2 a 1, mas o resultado desta quinta-feira não foi o bastante para o time carioca chegar às semifinais da Copa Libertadores. Mesmo com uma atuação muito superior à da derrota por 3 a 2 do jogo de ida, no Maracanã, faltou um gol para que a equipe brasileira revertesse a desvantagem.

Classificados, os chilenos enfrentarão o Chivas Guadalajara, no México, na fase semifinal. Do outro lado da chave, o finalista será brasileiro e sairá do confronto entre São Paulo e Internacional.


Flamengo 2 x 1 Universidad de chile


Ficha técnica


Esquema Tático da Universidad de Chile
4-4-2
Miguel Pinto; Rodríguez, Victorino, Olarra e Rojas; Seymour, Nelson Pinto, Álvaro Fernández e Montillo (Contreras); Eduardo Vargas (Puch) e Olivera (Rivarola). Técnico: Gerardo Pelusso

Esquema Tático do Flamengo
4-4-2
Bruno; Léo Moura, David, Ronaldo Angelim e Juan; Toró (Vinícius Pacheco), Willians, Kléberson (Bruno Mezenga) e Michael (Petkovic); Vágner Love e Adriano. Técnico: Rogério Lourenço

Cartões amarelos
Universidad de Chile: Rodríguez, Nelson Pinto e Montillo
Flamengo: Juan, Léo Moura e Willians

Cartões vermelhos
Flamengo: Willians e Vágner Love

Árbitro
Roberto Silvera (URU)

Auxiliares: Miguel Nievas (URU) e Carlos Pastorino (URU)

Local

Estádio Santa Laura, Santiago (CHI)

Gols
Universidad de Chile: Montillo, aos 27min do 2º tempo
Flamengo: Vágner Love, aos 45min do 1º tempo, e Adriano, aos 32min do 2º tempo

Ponto Forte da Universidad de Chile
Brilhos individuais de Montillo, que prendeu a bola no ataque, e Miguel Pinto, que salvou o time com excelentes defesas

Ponto Forte do Flamengo
Saiu em busca do resultado desde o primeiro minuto, abafando o time da casa, e melhorou com a entrada de Petkovic

Ponto Fraco da Universidad de Chile
Postura muito defensiva durante toda a partida, marcando atrás da linha da bola, mas sem velocidade para contra-atacar

Ponto Fraco do Flamengo
Meio de campo apático na criação de jogadas no primeiro tempo, obrigando Adriano a recuar

Personagem do jogo
Montillo, que comandou a Universidad de Chile em lances individuais e marcou um golaço no segundo tempo

Lance polêmico
Adriano teve a camisa claramente puxada dentro da área por Olarra, aos 41min do segundo tempo, mas o árbitro não marcou o pênalti

Lance bizarro
Bolada de Toró em cima do árbitro Roberto Silvera, aos 14min do segundo tempo


Lance a lance: Universidad de Chile 1 x 2 Flamengo

  • 50min - Fim de jogo.
  • 49min - Petkovic conduz com habilidade. Juan rola para Vinicius Pacheco que está no chão e pede penalidade máxima. O árbitro manda o jogo seguir.
  • 49min - Vágner Love tenta lançar Adriano! De qualquer forma a zaga corta mais uma.
  • 48min - Vágner Love tenta lançar Adriano! De qualquer forma a zaga corta mais uma.
  • 48min - Ronaldo Angelim tenta na base do lançamento! Melhor para a zaga chilena.
  • 47min - Edson Puch protege bem a bola pela lateral do campo e valoriza o tempo.
  • 46min - Diversos lances polêmicos envolvem a partida entre Universidad e Flamengo, que reclama de uma possível penalidade máxima para cima de Adriano nos instantes finais de partida.
  • 45min - Jogo paralisado com a expulsão de Willians.
  • 44min - Perdeu a cabeça! Willians expulso por excesso de faltas.
  • 44min - Rivarola ousa um chute de longe, mas sem perigo para o gol de Bruno.
  • 40min - Entra Rivarola e sai Juan Manuel Oliveira no Universidad.
  • 42min - Adriano aproveita o cruzamento e cabeceia colocado. Miguel Pinto defende.
  • 41min - Entra Bruno Mezenga e sai Kléberson no Flamengo.
  • 41min - Kléberson chega até a linha de fundo e conquista um escanteio pela direita.
  • 40min - O Flamengo pressiona a saída de bola do Universidad e tenta o gol da classificação na base da raça!
  • 39min - Ronaldo Angelim aciona Juan. Vágner Love divide com o zagueiro e perde.
  • 38min - Vinicius Pacheco cruza e o zagueiro corta!
  • 37min - O Flamengo pressiona! Petkovic cobra escanteio e após o bate e rebate quase Vágner Love consegue finalizar!
  • 36min - Vai retrancar! Entra Contreras e sai Walter Montillo no Universidad.
  • 35min - O Flamengo precisa de mais um gol apenas para se classificar para a semifinal.
  • 34min - Juan entregou a bola pelo meio campo. A bola chega do outro lado com Léo Moura. Petkovic rolou para Adriano que fez um lindo gol!
  • 33min - \o/ GOOOLLL do Flamengo!!! Adriano
  • 32min - Petkovic gira bem diante de seu marcador, mas toca errado para Juan.
  • 32min - Entra Vinicius Pacheco e sai Toró no Flamengo.
  • 31min - Por comemoração inapropriada, Walter Montillo recebe cartão amarelo.
  • 30min - O contra-ataque começou com Felipe Seymor. Walter Montillo recebeu e marcou um golaço por cobertura, empatando a partida!
  • 29min - \o/ GOOOLLL do Universidad de Chile!!! Walter Montillo
  • 27min - Petkovic levanta a bola na área com o pé esquerdo e Miguel Pinto defende mais uma para os chilenos!
  • 26min - Nelson Pinto comete falta e reclama na sequência. Cartão amarelo.
  • 25min - O jogo segue cá e lá, com as duas equipes criando boas chances de gols.
  • 24min - Escanteio para a Universidad! Walter Montillo levanta com força e a zaga do Flamengo corta mais uma!
  • 24min - Rafael Olarra recua para o goleiro Miguel Pinto que, mesmo marcado por Vágner Love, leva a a vantagem e levanta a bola para o campo de ataque.
  • 23min - Perigo! Matías Rodriguez faz linda jogada individual e Léo Moura salva o Flamengo!
  • 22min - Walter Montillo executa cruzamento com muita força e a bola passa sobre os jogadores chilenos.
  • 21min - O árbitro não tolera nova falta de Willians e aplica-lhe um cartão amarelo.
  • 20min - Juan tenta executar uma assistência para Vágner Love. Melhor para a defesa chilena.
  • 19min - Alvaro Fernandez ganha de Adriano. Em seguida, o Flamengo recupera a posse de bola.
  • 18min - Adriano tenta ganhar no jogo de corpo de seu marcador, mas o árbitro aponta falta do avante brasileiro.
  • 17min - Miguel Pinto sai da área para tirar a bola com os pés, Vágner Love aperta na marcação, mas o goleiro consegue levantar a bola para o campo de ataque.
  • 16min - Matías Rodriguez levanta a bola na área com um forte arremesso lateral e a defesa do Flamengo tira.
  • 15min - Contra-ataque da Universidad! Em bola erguida na área do Flamengo, David é quem joga a bola pela linha de fundo.
  • 14min - Juan avança com liberdade, cruza na pequena área e Nelson Pinto tira!
  • 13min - Quase gol! Willians cruza! Adriano toca de cabeça por cobertura e Miguel Pinto faz linda defesa!
  • 12min - Levantamento na área chilena! Ronaldo Angelim aparece como homem surpresa, toca de cabeça e Miguel Pinto defende!
  • 11min - Entra Edson Puch e sai Eduardo Vargas no Universidad.
  • 10min - Juan Manuel Oliveira recebe isolado no ataque e chuta mal para o gol de Bruno.
  • 9min - Petkovic cobra uma falta em direção ao gol, a bola quica à frente do goleiro Miguel Pinto que executa uma difícil defesa!
  • 8min - Juan Manuel Oliveira recebe atendimento médico fora de campo.
  • 7min - O Universidad investe em lançamentos pela linha de lado e, em mais um desses lançamentos, Léo Moura joga a bola para fora.
  • 6min - Alvaro Fernandez avança com muita velocidade! Juan, perfeito na marcação, domina. Léo Moura recebe pela direita, recua para David. Petkovic recebe de Kléberson e gira bonito para cima da marcação de Mauricio Victorino. Petkovic chuta de pé esquerdo para fora do gol!
  • 5min - Petkovic rola para Kléberson! Juan tabela com Petkovic e Alvaro Fernandez aparece na marcação.
  • 4min - O Universidad valoriza a posse de bola, troca passes pela defesa e, finalmente, ergue a bola no campo de ataque. Melhor para o zagueiro David.
  • 3min - Juan rola a bola para Adriano. O avante vê a passagem de Léo Moura. Kléberson fica com a bola e cruza, Vágner Love testa para fora.
  • 2min - Walter Montillo cobra a falta e pelo alto Bruno defende.
  • 1min - Toró comete falta em Walter Montillo segundo a arbitragem.
  • 0min - Começa a etapa final! O Flamengo tem uma alteração. Petkovic entra e sai Michael.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Lance a lance: Universidad de Chile 0 x 1 Flamengo

  • 49min - Fim de primeiro tempo! O Flamengo precisa de mais um gol para garantir a classificação para a semifinal da Libertadores da América 2010!
  • 47min - Confusão na área do Universidad! Adriano tenta de bicicleta. Vágner Love é quem finaliza e marca o primeiro gol do jogo!
  • 46min - \o/ GOOOLLL do Flamengo!!! Vágner Love
  • 46min - Michael domina na entrada da grande área! Dois marcadores aparecem cometendo falta! Cartão amarelo para Matías Rodriguez.
  • 44min - Que susto! Matías Rodriguez chuta cruzado e rasteiro em direção ao gol de Bruno! A bola não desvia em nenhum dos jogadores e sai pela linha de fundo.
  • 43min - Adriano toca para Juan! Adriano recebe novamente e a zaga corta!
  • 42min - No travessão! Léo Moura cobra escanteio. Após a sobra, Kléberson chuta no travessão de Miguel Pinto!
  • 41min - Michael aciona Juan que chuta cruzado! Espalma o goleiro!
  • 40min - Juam Manuel Oliveira arrisca um chute de longe e a bola passa sem levar perigo ao gol de Bruno.
  • 39min - O Flamengo tenta furar a defesa adversária com tabelas em velocidade, mas o time chileno se defende bem.
  • 38min - Vágner Love, Léo Moura e Willians tentam triangulação. A defesa leva a melhor.
  • 37min - Muito marcado, Adriano reclama com a arbitragem de que está sofrendo infrações sem a posse de bola.
  • 36min - No travessão! Walter Montillo recebe em condições de finalizar e manda uma pancada de perna direita no travessão!
  • 35min - Adriano carrega a bola pela meia esquerda e aciona o lateral Juan. Michael recebe, rola para Willians que cruza na área. Ninguém aparece para concluir.
  • 34min - Juan parte pela esquerda. Michael recebe do lateral e avança em profundidade, mas a bola sai pela linha de lado.
  • 33min - Vágner Love parte em velocidade. Nelson Pinto afasta parcialmente. O Flamengo mantém a bola no campo de ataque.
  • 33min - Walter Montillo cobra uma falta diretamente para o gol e Bruno, em dois tempos, executa importante defesa.
  • 32min - O jogo segue equlibrado com as duas equipes oscilando bons e maus momentos.
  • 31min - O Flamengo arma contra-ataque em velocidade, mas o árbitro flagra uma falta ofensiva da equipe brasileira.
  • 30min - Levantamento na área do Flamengo! José Rojas ergue a bola na área e, após o desvio de Juan Manuel Oliveira, o goleiro Bruno protege bem.
  • 29min - Walter Montillo executa o cruzamento e Vágner Love tira de cabeça!
  • 28min - Vágner Love recebe pelo meio, faz o giro, mas telegrafa a tabela e entrega a bola de graça para o adversário.
  • 27min - Objetos continuam sendo arremessados para dentro de campo. O lateral Juan foi atingido por uma pilha.
  • 26min - Alvaro Fernandez arrisca um chute de média distância e a bola sai pela linha de fundo.
  • 25min - José Rojas levanta a bola na área e Bruno tira de soco!
  • 24min - Torcedores arremessam objetos dentro de campo. O goleiro Miguel Pinto solicita um melhor comportamento por parte de seus torcedores.
  • 23min - Walter Montillo parte em velocidade. Juan comete falta dura e recebe o primeiro cartão amarelo do jogo.
  • 22min - Michael cruza muito forte para dentro da grande área e Vágner Love não alcança.
  • 21min - Kléberson comete carga faltosa no meio campista adversário.
  • 20min - David sai jogando perigosamente e quase entrega a bola para o atacante chileno.
  • 19min - Adriano recebe com liberdade! Léo Moura apanha a bola pela direita, faz o drible na marcação e Nelson Pinto salva o time chileno. Na sequência do lance, Michael arruma a bola para o pé esquerdo e arrisca um bom chute, mas a bola sai pela linha de fundo.
  • 18min - Léo Moura enfia a bola para Kléberson que busca Vágner Love na área! Miguel Pinto defende!
  • 17min - Escanteio para o Universidad! Após a cobrança, Vágner Love, recuado, tira mais uma vez.
  • 16min - Léo Moura erra passe pelo meio campo. José Rojas avança com a bola e Vágner Love auxilia a marcação fazendo bom desarme.
  • 15min - Vágner Love tenta cavar uma penalidade máxima, mas o árbitro entende que não houve a infração. Segue o jogo.
  • 14min - Adriano busca jogo pela meia direita. Kléberson enxerga bem Juan passando pela esquerda e o aciona. Vágner Love recebe o passe e o árbitro assinala falta para o Flamengo.
  • 13min - Michael cobra escanteio de pé esquerdo. Adriano cabeceia, mas a bola havia saído pela linha de fundo anteriormente.
  • 12min - Léo Moura cobra falta com violência. A bola bate na marcação e sai para escanteio.
  • 11min - Vágner Love faz linda jogada individual pela linha lateral da grande área e sofre falta!
  • 10min - Escanteio para o Flamengo! Kléberson cobra fechado e a defesa tira bem.
  • 10min - Alvaro Fernandez arma a jogada pela direita. Faz a tabela em velocidade e Ronaldo Angelim afasta a bola da defesa.
  • 9min - Alvaro fernandez levanta a bola na área e Bruno defende com segurança mais uma vez.
  • 8min - Eduardo Vargas escapa da marcação do primeiro, mas Toró na cobertura evita a finalização.
  • 7min - O goleiro Miguel Pinto levanta a bola para o campo de ataque, mas o árbitro marca uma falta de ataque do time chileno.
  • 6min - O Universidad do Chile investe em jogadas em profundidade, enquanto o Flamengo tenta administrar a posse de bola sem sucesso.
  • 5min - Juan ultrapassa a metade do campo e enfia para Adriano. Victorino aparece na cobertura.
  • 4min - O goleiro Bruno faz boa defesa após lançamento na grande área do Flamengo.
  • 3min - Juan faz o corte pelo lado esquerdo da defesa. Os chilenos começam com maior tempo de posse de bola.
  • 2min - Toró rola para Kléberson. Vágner Love dispara em velocidade, mas a bola sobra com o goleiro adversário.
  • 1min - Alvaro Fernandez apoia pela ponta e sai com bola e tudo pela linha de fundo.
  • 0min - Começa a partida! O Flamengo aposta na dupla de ataque Vágner Love e Adriano, a dupla dos 34 gols na temporada.
  • 0min - Olá amigos internautas!!! Quase tudo pronto para o confronto decisivo entre Universidad de Chile e Flamengo pela Libertadores da América 2010!