sábado, 20 de novembro de 2010

Melhores momentos de Flamengo 2 x 1 Guarani pela 36ª rodada do Brasileiro 2010

Ronaldo Angelim evita comemoração e lamenta 'abandono' da torcida

A torcida lotou o Engenhão e festejou a vitória do Flamengo sobre o Guarani, importante para afastar um pouco mais o risco de rebaixamento. O clima de comemoração após a partida, porém, não contagiou tanto o zagueiro Ronaldo Angelim, que exaltou a força das arquibancadas, mas lamentou o abandono dos fãs ao longo do ano.

"Quando jogamos com raça, somos um time diferente por causa da massa, que nos faz jogar. Pena que esse ano o torcedor não compareceu muito. Nós também não fizemos por onde, então temos de ter paciência. Vamos tentar livrar o Flamengo dessa situação e no próximo ano o professor Vanderlei (Luxemburgo) vê o que acontece", disse o defensor, na saída do gramado.

Após o apito final, Angelim foi um dos jogadores que se dirigiram às arquibancadas para agradecer o apoio dos 34.944 pagantes. Visivelmente incomodado com a situação da equipe - agora está em 13º, com 43 pontos -, o jogador alertou: "Ainda não estamos livres".

Ele ainda revelou a conta para que o time se livre definitivamente do risco de rebaixamento e disse que os cariocas precisam somar três pontos nas últimas duas rodadas para respirarem aliviados. Os adversários serão Cruzeiro (em casa) e Santos (fora).


Luxemburgo morde e assopra a torcida: ‘Injusta e maravilhosa’




O técnico Vanderlei Luxemburgo não esqueceu de agradecer o apoio dos torcedores rubro-negros após a vitória por 2 a 1 sobre o Guarani, neste sábado, que fez o Flamengo voltar a respirar no Campeonato Brasileiro. Quase 40 mil pessoas incentivaram a equipe. Era obrigatório vencer para diminuir a ameaça de rebaixamento para a Segunda Divisão. Com os três pontos, o Fla chega a 43, em 13º, seis à frente do Z-4.

Luxa também criticou a torcida durante sua entrevista coletiva. Para ele, as vaias ao goleiro Marcelo Lomba, após o gol do Bugre, foram equivocadas.

- Parabéns aos jogadores. Sabíamos que o Guarani jogaria fechado, buscando o contra-ataque. Mas eu sou uma pessoa muito prática. Acho que a torcida se equivocou. Foi maravilhosa, 40 mil pessoas, apoiou, mas o Lomba não tem culpa de nada. A bola não pode passar baixinha na primeira trave e você culpar o goleiro. Foi injusta com o Lomba, mas maravilhosa com a gente – frisou.

Luxa reconheceu que o clima andava pesado. Foi por isso que ao longo de toda a semana ele ressaltou que seria importante contar com os jogadores mais experientes do grupo.

- Essa coisa de rebaixamento incomoda, todos pensando nisso, traz uma intranquilidade. O time contou com a experiência de alguns jogadores importantes e conseguiu segurar o Guarani. Só a bola parada deles passou, que era uma bola perigosa – comentou.

Os jogadores terão dois dias de folga e só voltam aos treinos na próxima terça-feira, às 16h30m, no Ninho do Urubu. O Flamengo vai enfrentar o Cruzeiro, domingo que vem, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Deivid torce o tornozelo direito e será examinado na terça-feira

O atacante Deivid terá de ser examinado para saber a gravidade da lesão no tornozelo direito. Durante o primeiro tempo da partida contra o Guarani, neste sábado, no Engenhão, pela 36ª rodada do Brasileiro, o camisa 99 foi substituído aos 21 minutos. Diego Maurício entrou e fez o gol da vitória por 2 a 1, que alivia a situação do Rubro-Negro na tabela. O time está com 43, em 13º, seis à frente do Z-4.

Na saída do Engenhão, Deivid posou para fotos com alguns torcedores e ainda tinha expressão de dor. O Fla volta a jogar no próximo domingo, contra o Cruzeiro, em Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira.

O grupo terá dois dias de folga e retorna aos treinos na tarde da próxima terça-feira, às 16h30, no Ninho do Urubu.



Juan: 'Não acabou, vamos trabalhar por mais'

A torcida deu resposta à convocação dos jogadores e lotou o Engenhão para apoiar o Flamengo no confronto contra o Guarani, na noite deste sábado. Todos os ingressos foram comprados e com a ajuda da torcida, o time Rubro-Negro não se abateu com o gol de empate do Bugre e soube buscar a virada com Diego Maurício.

Aliviados com a vitória de 2 a 1 sobre os paulistas, que afastou os cariocas da zona de perigo, os jogadores rubro-negros foram agradecer o apoio do torcedor.

- Nós convocamos o torcedor e demostramos dentro de campo a nossa vonyade. Nos importamos muito com o Flamengo. Não queremos ver o clube na Segunda Divisão. Ainda não acabou, vamos trabalhar por mais - garantiu o camisa 6.



Diego Maurício comemora gol importante contra o Guarani

Autor do gol decisivo que garantiu a vitória por 2 a 1 sobre o Guarani, neste sábado, o garoto Diego Mauricio se mostrou bastante feliz por ter ajudado a equipe a se livrar cada vez mais do fantasma do rebaixamento.

"Fico muito feliz por ajudar, feliz por ter marcado esse gol em um momento importante como esse. Me dedico bastante e agradeço ao professor Vanderlei por mais essa oportunidade. Sabia de como era fundamental um resultado positivo aqui hoje e fico satisfeito em ter ajudado o time a conseguir", disse.

Muito religioso, Diego agradeceu também à força divina por mais este momento abençoado. Identificado com a torcida rubro-negra, o camisa 49 ressaltou ainda o quanto este apoio foi importante durante todo o jogo.

"Comemorei agradecendo a Deus, que é maravilhoso e tem feito muita coisa por mim. Dedico também à torcida, que é maravilhosa. Eles fizeram a parte deles, como sempre fazem, dando muito apoio ao time e mereciam esse resultado", finalizou.

Este foi o quarto gol do centroavante pelo time profissional do Flamengo. Sua estreia foi em 23 de maio, contra o Grêmio Prudente, quando ele teve boa atuação e sofreu um pênalti na vitória rubro-negra por 3 a 1.


Após vitória, Petkovic destaca a 'Nação': 'Vai na conta da torcida'

Os jogadores pediram, e a torcida compareceu ao Engenhão. A partida não foi das melhores, mas o Flamengo cumpriu o prometido, venceu o Guarani neste sábado por 2 a 1 e vê agora o fantasma do rebaixamento um pouco mais longe. Com o resultado, o Rubro-Negro está com 43 pontos, seis a mais que o Avaí, em 17º - que joga neste domingo contra o Atlético-GO.

Após a partida, os jogadores fizeram questão de exaltar os quase 40 mil torcedores que compareceram ao estádio.

- Essa vitória significa muito. Vai na conta da torcida, que veio nos apoiar e isso significa muito – elogiou o sérvio.

Juan também elogiou os flamenguistas e a vontade dos jogadores dentro de campo.

- Os torcedores compareceram, e nós mostramos vontade. Nos importamos muito com esse clube. Não queremos ver o Flamengo na Segunda Divisão. A gente vai dar a vida por esse clube – disse o lateral.

Angelim ressaltou que o time ainda não está livre de rebaixamento.

- Conseguimos uma vitória importante. Mas não acabou ainda. Temos dois adversários muito difíceis ainda (Cruzeiro e Santos). Mas se o torcedor comparecer e nos prestigiar, isso vai ajudar muito.

Na próxima rodada, o Flamengo encara o Cruzeiro, domingo, às 17h (de Brasília), em Volta Redonda.


Os gols de Flamengo 2 x 1 Guarani pela 36ª rodada do Brasileirão 2010

Em boa forma, Fábio Luciano é saudado no Engenhão

Fábio Luciano visitou o Flamengo no treino de sexta-feira e repetiu a dose neste sábado. Ex-zagueiro e capitão do Rubro-Negro, ele esteve no Engenhão para assistir ao jogo contra o Guarani, pela 36ª rodada do Brasileirão, e chamou a atenção dos torcedores. Durante o intervalo, Fábio foi saudado pela torcida. Na tribuna do estádio, posou para fotos e recebeu elogios pela boa forma. Um fã fez o seguinte comentário: “Está fininho ele, olha lá. Esse cara tinha que voltar”.

Fábio está com 35 anos e parou de jogar após o título do Campeonato Carioca do ano passado. Ele também ganhou o Estadual de 2008 no Fla.

Fábio Luciano, ex-zagueiro do Flamengo
Fábio Luciano, ex-zagueiro do Flamengo, é abraçado por uma fã


Flamengo 2 x 1 Guarani


Ficha técnica


Local
Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)


Data
20/11/2010

Hora
19h30 (de Brasília)

Gols

Flamengo:
Renato Abreu, aos 2min, Diego Maurício, aos 33min do primeiro tempo
Guarani
: Baiano, aos 12min do primeiro tempo

Ponto Forte do Flamengo
Disposição em campo e bom comportamento defensivo

Ponto Forte do Guarani
Equilíbrio dos nervos apesar da pressão da torcida

Ponto Fraco do Flamengo
Dificuldade em articular jogadas e posse de bola pouco objetiva

Ponto Fraco do Guarani
Quase não finalizou, apesar da intranquilidade de Marcelo Lomba

Personagem do jogo
Diego Maurício, que marca gol vital para a permanência do Fla

Esquema Tático do Flamengo
4-2-2-2
Marcelo Lomba; Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Willians e Maldonado; Kléberson (Marquinhos) e Renato Abreu; Diogo (Petkovic) e Deivid (Diego Maurício)
Treinador: Vanderlei Luxemburgo

Esquema Tático do Guarani
4-1-4-1 Emerson; Apodi, Aislan, Aílson e Márcio Careca; Maycon; Geovane, Baiano, Preto (Paulinho) e Barboza (Mário Lúcio) (Pablo); Mazola
Treinador: Vagner Mancini

Cartões Amarelos
Flamengo:
Léo Moura, Juan, Willians, Diego Maurício
Guarani:
Preto e Geovane

Árbitro
Wilton Pereira Sampaio (DF)

Auxiliares
Cesar Augusto de Oliveira Vaz (DF) e João Antonio Sousa Paulo Neto (DF)

Renda
R$ 387.940,00

Público
34.932 pagantes (39.720 presentes)


Primeiro tempo: Flamengo 2 x 1 Guarani

33 minutos


GOOOOOOOOOOOOOOOOL!!! ÉÉÉ DO FLAMENGO!!! DIEGO MAURÍCIO!! Diogo arranca pelo meio, a zaga afasta errado e deixa Diego Maurício na cara de Emerson. O atacante fuzila e estufa a rede do Guarani.






Primeiro tempo: Flamengo 1 x 1 Guarani

12 minutos

GOL!!! DO GUARANI!!! Baiano empata!!! Baiano cobra falta da ponta esquerda fechada, a bola quica e engana o goleiro, que falha.






Primeiro tempo: Flamengo 1 x 0 Guarani

2 minutos

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!!! ÉÉÉ DO FLAMENGO!!! RENATO!!! Falta da intermediária, Renato bate com muita categoria, mandando no ângulo direito de Emerson, sem chance de defesa.





Angústia, confiança e fé: rubro-negros chegam para a 'final' no Engenhão

O produtor de marketing Rafael Otero, de 34 anos, tatuou nas costas o rosto da mãe. Declaração de amor que ele só foi capaz de repetir pelo Flamengo. E mais de uma vez. Na pele, estão o escudo do remo, o urubu, mascote do Rubro-Negro, seis estrelas (cinco títulos brasileiros e o Mundial de 1981 – a do hexa ainda será feita), e a frase “Sempre te amarei, onde estiver estarei”, trecho de uma música que embala os jogos do time. Dores que ele sentiu com orgulho, mas que neste sábado não superam a angústia por ver o time ameaçado pelo rebaixamento.

- É com muita dor que vejo o Flamengo lutando para não cair. Quem torce para o Flamengo nunca espera por isso, mas uma vez que você está na Primeira Divisão tem de enfrentar o risco de rebaixamento. Mas vamos superar. Sou sempre otimista e vai dar tudo certo.

torcedor do flamengo tatuado, flamengo x guaraniTorcedor tatuado ajoelha e reza por uma vitória (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)

O Engenhão vai receber cerca de 35 mil pessoas. A partir das 19h30m (de Brasília), Flamengo e Guarani se enfrentam em clima de tudo ou nada. Os cariocas estão em 14º, com 40 pontos, três a mais que os paulistas, que ocupam a 18ª posição.

Dentro e fora do estádio, uma mistura de otimismo e apreensão. O estudante Victor de Araújo não tem dúvidas ao dizer que é o jogo mais importante da equipe na temporada, mais do que os da Libertadores.

- É final. Serão 90 minutos apoiando. Estou tenso e sei que vou para casa sem as unhas.

Amigo de Victor, Carlos Alberto demonstra confiança e até certa frieza. Mas no fundo está preocupado. Afinal, escolheu a partida decisiva para levar o filho pela primeira vez a um jogo do Flamengo. Não quer decepcionar Matheus, de seis anos.

- Ele acordou cedo e às 10h30m começou a pedir para vir ao estádio. Veio para ganhar, é pé-quente. Se não ganhar, o Flamengo estará com o pé na lama. A torcida abraçou o time. Eu comprei ingresso no primeiro dia. A cobrança será do início ao fim. Pela briga, pela luta para não cair, é “o” jogo.

torcedores do flamengo, flamengo x guaraniTorcedor mirim fica nos braços dos mais velhos (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)

O estoquista Eduardo Gomes não se conteve e pediu para falar. Precisava botar para fora tanta ansiedade.

- Estou 100% nervoso e 100% confiante. É como seu o mundo estivesse acabando. Tem que ganhar aos trancos e barrancos.

Para tentar acalmar os ânimos, música. É o que oferece o MC Xande, que já começou a escrever os primeiros versos de um Rap antiqueda.

“Não desce, não desce, não desce! Não pode descer. Não desce, não desce, não desce! A nação não pode sofrer.

A chegada dos torcedores ao Engenhão é intensa, mas tranquila, e o policiamento está reforçado. A venda de bebida alcoólica ocorre normalmente nas residências ao redor do estádio. Os cambistas também agem sem qualquer problema. Os ingressos para a partida estão esgotados.

Fla x Guarani: ingressos esgotados

A torcida do Flamengo fez o seu papel e comprou todos os ingressos para a partida deste sábado, às 19h30m, contra o Guarani, no Engenhão. Ao todo, foram colocados à venda 34.932 bilhetes. O clube bateu seu recorde de público jogando no estádio. No Brasileiro do ano passado, 25.546 rubro-negros pagaram para ver o 2 a 1 sobre o Vitória no primeiro turno. No segundo turno, contra o Botafogo, o borderô registrou 25.192 pagantes.

Neste ano, o melhor público da equipe no estádio aconteceu no Fla-Flu do segundo turno: 15.886 pagantes. O número de ingressos vendidos também representa o recorde do Engenhão neste Brasileiro. No último domingo, no empate entre Fluminense e Goiás (1 a 1), havia 30.897 pagantes. O maior público do estádio ainda é o da inauguração, em 2007, quando mais de 40 mil pessoas assistiram à vitória do Botafogo sobre o Fluminense por 2 a 1.


Fifa e comitê da Copa vão decidir por reabertura do Maracanã em 2013

O Maracanã pode ou não ser reaberto em janeiro de 2013. Quem decidirá pela utilização do estádio antes da Copa das Confederações, em junho do mesmo ano, será a Fifa e o comitê organizador da competição. A mesma decisão será tomada após o torneio e no período que antecede a Copa do Mundo de 2014. A informação foi confirmada pela secratária de esportes, turismo e lazer do Rio de Janeiro, Márcia Lins. Segundo ela, o Governo é apenas o resposável pela realização e pela conclusão das obras de reforma do estádio.

- Temos a CBF, as federações e o comitê organizador para decidir essa situação. O estádio será entregue à Fifa para a Copa das Confederações de 2013, mas não siginifica que o Maracanã ficará fechado até a competição, em junho. Os responsáveis vão ver a necessidade do calendário , mas o estádio não conseguirá receber todas as competições que são disputadas normalmente. Quem decidirá será a CBF, o comitê organizador e a Fifa - afirmou Márcia Lins, durante a abertura da Soccerex, na praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

A secretária aproveitou para explicar que as obras no estádio estão dentro do cronograma estabelecido pelo Governo. Até o fim do ano, o projeto executivo do Maracanã estará finalizado com todas as suas especificações. De acordo com Márcia Lins, o custo das reformas será de R$ 705 milhões. Os valores serão divididos pelo Estado (R$ 305 milhões) e pelo financiamento liberado pelo BNDES (R$ 400 milhões).

Márcia Lins aproveitou para passar outras informações sobre as reformas. A tribuna de honra do estádio será demolida. Porém, o local será reconstruído no futuro.

- A tribuna de honra que é um item original e tem um peso histórico terá que ser demolida. A ideia é manter cada parte deste local para ser remontado em um museu que faremos após os Jogos Olímpicos de 2016. É todo um cuidado que temos para manter a parte histórica do Maracanã - afirmou.

A secreatia confirmou ainda uma parceria com a prefeitura e a intenção de revitalizar a área do entorno do estádio.

- Vamos entregar tudo pronto em dezembro de 2012. A grande novidade é a parceria que temos com a prefeitura para transformar a região do entorno do Maracanã em uma espécia de "Central Park" do esporte - disse Lins, para logo depois lembrar que, além do Maracanã, apenas o estádio Azteca, no México, recebeu duas Copa do Mundo.

Durante a Soccerex, o Governo do Rio de Janeiro vai exibir uma nova maquete do Maracanã, que será inaugurada na próxima segunda-feira, no Forte de Copacabana. No início da semana, em Nova Iorque, a empresa de arquitetura responsável pelas obras admitiu que o projeto sofrerá algumas mudanças por conta da parte estrutura do estádio carioca.


Decisivo, Marquinhos espera ajudar o Fla novamente

Muitos torcedores e até mesmo jornalistas vem fazendo a mesma pergunta nas últimas semanas: quando Marquinhos vai ganhar uma chance como titular do Flamengo? Ainda não será contra o Guarani, neste sábado (20.11), no Engenhão. Mas o técnico Vanderlei Luxemburgo já demonstrou que conta com o talento do jovem baiano, que vem sendo muito importante nas últimas rodadas, e o camisa número 38 segue aguardando mais oportunidades para seguir ajudando o Flamengo.

Com três assistências e um gol em sete partidas que ele disputou vindo do banco de reservas, Marquinhos tem a confiança da Nação Rubro-Negra e promete retribuí-la em campo, mais uma vez, neste final de semana. Ciente da importância do jogo com o Guarani, ele promete muito empenho de todo o grupo.

"Precisamos da torcida ao nosso lado para apoiar, mas temos que fazer nosso papel em campo. É um jogo importante e não podemos errar. Isso conta muito. É um jogo difícil, esperamos o apoio deles durante todo o jogo e tomara que consigamos a vitória", disse.

O jogador, que pode atuar tanto como apoiador quanto como atacante, caindo pelos lados, está animado para mais esta partida importante que vem por aí. Ele deve ficar no banco e espera ter alguns minutos para mostrar serviço e ajudar o Flamengo na luta por estes três importantes pontos que estarão em jogo.

"Estou confiante. Espero ter uma chance de ajudar a equipe. Independente de ficar no banco ou ser titular, quero ajudar, fazer o meu melhor e, se eu entrar, vou fazer meu máximo", encerrou.

O Flamengo enfrenta o Guarani escalado com Marcelo Lomba, Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado, Willians, Kleberson e Renato; Diogo e Deivid.


Flamengo projeta custos com museu



O Flamengo calcula que a gestão do Museu custará cerca de R$ 4 milhões anuais, conta que ainda pode diminuir. O valor é muito perto do custo de gestão do estádio do Engenhão, muito maior. Para gerir o espaço, será criado o Instituto Museu do Flamengo, que ficará responsável pela administração do caixa, separada do clube.







Torcedores do Fla formam fila para garantir últimos ingressos

Faltava cerca de uma hora para as bilheterias serem abertas e centenas torcedores rubro-negros já formavam uma extensa fila na Bilheteria Norte do Engenhão para garantir os últimos ingressos do jogo deste sábado, contra o Guarani, às 19h30. Até a sexta-feira, haviam sido vendidos 33.733 ingressos.

Restam 1.199 entradas, apenas para os setores Norte e Oeste, que serão vendidas das 8h às 12h, apenas na Bilheteria Norte do Engenhão. Foram colocados à venda 35 mil ingressos, sendo 200 destinados à torcida do Guarani. A partida vai bater o recorde de público do Engenhão no Brasileiro - o maior havia sido no empate entre Fluminense e Goías, no último domingo, com 30.897 pagantes.






sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Jogadores apostam na disciplina tática e na união do grupo

A receita do Flamengo para vencer o Guarani, sábado (20.11), no Engenhão, tem ingredientes importantes para o time rubro-negro: disciplina tática e união do grupo. Os jogadores crêem que é preciso ter total atenção em como se posicionar durante a partida, que não será fácil. Afinal, o duelo é como uma final de campeonato tanto para o Fla como para o Guarani.

Leo Moura acredita que um posicionamento inteligente e tranqüilidade na partida serão mais do que fundamentais para a equipe na partida. Segundo ele, o ambiente é positivo e isso é o que pode fazer a diferença.

"Estamos evoluindo. Fizemos um bom coletivo, é importante estar bem compactado atrás para que o pessoal da frente possa resolver. O posicionamento é um aspecto importante desse jogo. O ambiente aqui é muito bom, de alegria e esperamos um final de campeonato feliz", disse.

O jogador acredita que é preciso corresponder com sua função de capitão. Motivado, ele crê que é importante dar apoio aos jogadores rubro-negros. Ciente de que é um líder do elenco, Leo quer ajudar ao máximo.

"Todos os jogadores precisam de apoio, principalmente quando perdem gols. Como capitão, tenho que ajudar neste aspecto. É importante estar ligado nessa situação e saber do papel que você tem", completou.

Flamengo x Guarani



Ficha técnica


Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 20/11/2010

Hora: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Cesar Augusto de Oliveira Vaz (DF) e João Antônio Paulo Neto (DF)

Flamengo: Marcelo Lomba, Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado, Willians, Kleberson e Renato; Diogo e Deivid - Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Guarani: Emerson, Apodi, Aislan, Ailson e Márcio Careca; Maycon, Baiano (Paulinho), Preto e Barboza; Mazola e Geovane - Técnico: Vagner Mancini.

O SporTV transmite a partida, exceto para o Rio de Janeiro. O Premiere Esportes mostra para todo o Brasil, pelo sistema pay-per-view.


FOTO: Fábio Luciano aparece no treino para rever os amigos

O elenco do Flamengo recebeu uma grande visita no treino desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Bi-campeão carioca pelo clube (2008 e 2009), Fábio Luciano, de 35 anos, conversou com os antigos companheiros e assistiu uma parte dos trabalhos. Segundo Maldonado, a presença de um jogador tão importante como ele, é muito bom para motivar o elenco nesse momento delicado no Campeonato Brasileiro.

- Conheço o Fábio há muito tempo. Ele ainda tem muita amizade com o grupo e é sempre importante aparecer alguém assim nesses momentos ruins.

Fábio Luciano, ex-zagueiro do Flamengo
Fábio Luciano, ex-zagueiro do Flamengo, no treino desta sexta



Fla bate seu recorde de público no Engenhão: 33.733 ingressos vendidos

O Flamengo já tem garantido seu recorde de público jogando no Engenhão. Na venda antecipada para a partida deste sábado, às 19h30m, contra o Guarani, já foram comprados 33.733 ingressos. Restam apenas 1.199 bilhetes, todos para os setores Oeste e Norte.

No Brasileiro do ano passado, 25.546 rubro-negros pagaram para ver o 2 a 1 sobre o Vitória no primeiro turno. No segundo turno, contra o Botafogo, o borderô registrou 25.192 pagantes.

Neste ano, o melhor público da equipe no estádio aconteceu no Fla-Flu do segundo turno: 15.886 pagantes.

O número de ingressos vendidos também representa o recorde do Engenhão neste Brasileiro. No último domingo, no empate entre Fluminense e Goiás (1 a 1), havia 30.897 pagantes. O maior público do estádio ainda é o da inauguração, em 2007, quando mais de 40 mil pessoas assistiram à vitória do Botafogo sobre o Fluminense por 2 a 1.

Os ingressos para o jogo de sábado custam entre R$ 10 e R$ 20 (há meia-entrada). Nos jogos anteriores, os preços variavam entre R$ 30 e R$ 60. Neste sábado, a venda ocorrerá somente no Engenhão, de 8h às 12h. Não haverá venda na hora do jogo. Cada torcedor só poderá comprar três ingressos.

Preços dos ingressos:

Setor Norte: R$ 10 inteira / R$ 5 meia (área mista)

Setor Oeste Superior: R$ 10 inteira / R$ R$ 5 meia (torcida do Fla)

Setor Oeste Inferior: R$ 20 inteira / R$ 10 meia (torcida do Fla)



Imprensa mexicana cogita troca de Everton, ex-Fla, por Kleberson

O site mexicano Milenio.com publica nesta sexta-feira a hipótese de o Tigres trocar Everton por Kleberson. Campeão brasileiro pelo Flamengo no ano passado, atuando algumas vezes improvisado como lateral-esquerdo, Everton não se firmou no México e está fora dos planos da equipe para o Clausura 2011. O jogador tem contrato com o Tigres até o fim de 2014 e será emprestado no ano que vem. Em janeiro deste ano, o clube mexicano investiu R$ 10 milhões para adquirir 80% dos direitos do meia.

Kleberson, por sua vez, também é visto na Gávea como uma valiosa moeda de troca. Em julho deste ano, o jogador chegou a ser cotado em negociação envolvendo Gilberto Silva, do Panathinaikos.

Oficialmente, a diretoria do Flamengo diz que não há qualquer negociação em curso para a próxima temporada. Segundo o vice de futebol do clube, Luiz Augusto Veloso, nada será decidido enquanto a equipe não estiver garantida na Série A de 2011.

- É claro que o torcedor atento que fica sabendo que o Éverton está disponível já pensa em contratação. Mas qualquer coisa neste momento não passa de especulação - disse Veloso, em entrevista à Rádio Brasil.


Maldonado garante vaga de titular no Fla

O técnico Vanderlei Luxemburgo continua depositando muita confiança no volante Maldonado e, nesta sexta-feira, escalou o jogador na equipe titular do treino tático que comanda, neste momento, no Ninho do Urubu. O chileno se reintegrou ao grupo apenas ontem, depois de atuar em amistoso pela seleção de seu país. Até então, Correa estava treinando como titular, mas o camisa 7 acabou retornando para a condição de reserva.

A equipe titular foi formada com: Marcelo Lomba, Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado, Willians, Kleberson e Renato; Diogo e Deivid. Já os reservas ficaram com: Paulo Victor, Rafael Galhardo, Jean, David e Rodrigo Alvim; Fernando, Correa, Marquinhos e Gilherme Negueba; Diego Maurício e Val Baiano.



Flamengo faz primeiro jogo em casa no NBB

O Flamengo faz, nesse domingo (21.11), seu segundo jogo pelo NBB (Novo Basquete Brasil). Mas a partida contra o Vitória, às 11h, na HSBC Arena, em Jacarepaguá, terá sabor de estreia para o time da Gávea. Isso porque será a primeira vez que o Flamengo jogará diante de sua torcida na competição.

Na última quarta-feira, o time se superou e venceu o Vila Velha, por 90 x 70, em Vila Velha. A equipe não pôde contar com quatro jogadores: o ala-armador Duda, o armador Hélio e os ala-pivôs Jefferson e Wagner, que cumpriram suspensão pela confusão na terceira partida da final da última temporada, contra o Brasília, em Brasília.

Para o jogo desse domingo, Hélio e Wagner são presença garantidas. Jefferson, que sofreu uma lesão na coxa direita durante a primeira fase da Liga Sul-Americana, deverá ser confirmado na equipe nesse sábado (20.11). Duda, por sua vez, não jogará. O ala-armador ainda se recupera da torção no tornozelo direito sofrida no jogo de estreia do Flamengo na Liga, dia 29.10, contra o Malvin (URU).

"Será muito importante contar com esses jogadores, pois o time vinha atuando no seu limite. Esse é um jogo importante, principalmente porque será nossa estreia em casa", disse o técnico Paulo Chupeta, que elogiou o adversário.

"O Vitória tem um time bem montado e, apesar da derrota (92 x 78), fez uma boa partida contra o Minas. Eles contam com bons jogadores, como o ala-armador Guilherme", acrescentou Chupeta.

Depois da partida contra o Vitória, o Flamengo volta suas atenções para a fase final da Liga Sul-Americana, de 24 a 28 de novembro, na HSBC Arena, no Rio. Anfitrião da competição, o Rubro-negro só estreia na segunda rodada, dia 25, contra o Boca Juniors (ARG). As duas equipes estão no Grupo A, que conta ainda com Franca. No Grupo B estão Brasília, Quimsa (ARG) e Espartamos (VEN).

Flamengo é o clube com o maior número de atletas no Sul-Americano de Remo

Cinco barcos e muitos sonhos em jogo. No próximo dia 23, nove remadores do Clube de Regatas do Flamengo embarcam para Concepción, no Chile, para disputar o Sul-Americano de Remo 2010. O retorno está previsto para o dia 29.

Todos os rubro-negros convocados para o Sul-Americano foram campeões brasileiros recentemente, além de terem conquistado o bicampeonato estadual consecutivo (2009 / 2010). A comissão técnica rubro-negra também estará presente na cidade chilena. O comandante Marcos Amorim terá o auxílio técnico de Alexandre Clark, Nilton Alonço (Gauchinho) e Rodrigo Rodrigues.

"Somos o clube que cedeu mais atletas para a seleção. Mesmo sem conhecer os adversários acredito muito na preparação feita e nos resultados obtidos nos treinamentos. Se confirmarem os tempos daqui, os cinco barcos serão vitoriosos" – declarou o Marcão.

O ritmo de treinamento tem sido intenso e em dois períodos (manhã e tarde). Na parte da manhã, os remadores entram na água por volta das 5h30 e só saem depois das 8h30. Segundo o técnico Marcos Amorim, o Flamengo é o clube com o maior número de remadores e barcos confirmados na competição.

"Eu acredito que vamos obter bons resultados neste Sul-Americano. Estou muito confiante na minha e nas demais guarnições do Flamengo que vão representar o Brasil. É sempre difícil competir contra argentinos, chilenos e paraguaios, mas confio no nosso trabalho e, se Deus quiser, voltaremos com medalhas douradas para o Brasil" – disse Daniel Amorim, um dos integrantes do Dois Sem Sub-23.

"A nossa preparação começou antes do Campeonato Brasileiro, o primeiro objetivo que deveria ser alcançado para assim podermos almejar o Sul-Americano. A vitória veio. O barco no qual iremos competir exige muita força de vontade e calma, pois o Dois Sem é um barco que, além de força, exige muita técnica. Seguimos treinando intensamente para melhorarmos ainda mais o andamento do barco, pois o que mais precisamos é melhorar a técnica e a sensibilidade que o barco exige e, a cada dia estamos progredindo rumo ao Sul-Americano, no qual a nossa meta é trazer uma medalha de ouro para nosso país" – completou Maciel Costa.

Confira os barcos e os remadores do Flamengo no Sul-Americano:

Dois Sem Sub-23 Masculino – Daniel Amorim e Maciel Costa da Silva
Double Skiff Sub-23 Masculino – Denis Araujo e Willan Karllos Giaretton (Magrão)
Single Skiff Junior Feminino – Nayara Furtado
Double Skiff Junior Feminino – Nayara Furtado e Gabriela Salles
Four Skiff Junior Feminino – Gabriela Salles, Beatriz Tavares, Paula Chaves e Sarah Muniz

Todos os remadores ficarão hospedados no Hotel Alborada.


Clubes do Rio estudam modo de limitar gratuidades

Os clubes do Rio estudam junto com a Ferj como limitar as entradas grátis no Carioca-11. Os jurídicos têm se reunido para elaborar uma proposta conjunta que regulamente a lei estadual e vão entregá-la ao MP. A alegação é que a média atual de 10% de gratuidade e cerca de 70% de meias entradas por jogo vão acarretar aumento nos preços.




Flamengo acerta esquema de pagamento com a Batavo

Segundo o vice de marketing do Flamengo, Henrique Brandão, ficou acordado nesta quarta com a Batavo o pagamento integral das duas últimas parcelas do contrato. A informação ainda chegou ao Jurídico, que por ora mantém a cobrança na Justiça. A coluna não localizou representantes da Brasil Foods, dona da marca.






Apoio ao estádio em Duque de Caxias cresce no Flamengo

Cresce no Flamengo o apoio ao plano do estádio em Duque de Caxias, no Grande Rio. Os defensores dizem que ele é menos distante do centro que Itaquera, em São Paulo, e que tem estação de trem de subúrbio, a Linha Vermelha e o aeroporto do Galeão perto. Os mais exaltados defendem um estádio com mais do que os 65 mil lugares do Fielzão ''que não existe''.



Amapá é único estado que não comprou tijolinho do Flamengo

O Flamengo chegou a 3,5 mil tijolos vendidos para o CT Ninho do Urubu em dez dias. Dentre os Estados do Brasil, só o Amapá ainda não apareceu. Assim que atingir 5 mil unidades, o clube comprará o primeiro lote. A partir de amanhã, será veiculado o comercial com Vanderlei Luxemburgo pedindo a participação.




Venda de ingressos para o hexagonal final começa na segunda

Os ingressos para a fase final da Liga Sul-Americana de basquete, de 24 a 28 de novembro, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, começam a ser vendidos na próxima segunda-feira (22.11). Os preços variam entre R$ 20 e R$ 60, com meia entrada e desconto de 20% para clientes HSBC e sócios do Flamengo (desconto não válido para meia entrada).

Os preços são os seguintes:

Dias 24, 25 e 26 (quarta, quinta e sexta-feira, respectivamente): R$ 40 – setor único

Semifinais dia 27 (sábado): Nível 3 – R$ 20

Fundo de quadra – R$ 30

Nível 1 central – R$ 40

Arquibancada retrátil e camarotes – R$ 50

Final dia 28 (domingo): Nível 3 – R$ 25

Fundo de quadra – R$ 40

Nível 1 central – R$ 50

Arquibancada retrátil e camarotes – R$ 60

Os ingressos serão vendidos na bilheteria da HSBC Arena e em outros postos ainda a serem confirmados.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Léo Moura: situação atual é mais confortável do que em 2005

O lateral direito Léo Moura está acostumado a enfrentar decisões na reta final do Campeonato Brasileiro. Ano passado, foi um dos destaques na épica arrancada que deu o título ao clube rubro-negro. Este ano, é um dos jogadores de quem mais se espera nessa luta do Fla contra a degola.

Sábado, contra o Guarani, todo o grupo concorda que será uma decisão. O momento é bastante semelhante ao de 2005, quando o time também brigou pela permanência na elite. Léo Moura estava na equipe naquele ano, e considera que a situação atual é mais confortável.

"É muito diferente. A situação de hoje é muito mais confortável. Em 2005 tínhamos que vencer praticamente todos os jogos para depender somente de nós. Hoje não, só dependemos de uma vitória", analisou o capitão do Mengão.

Na 14ª posição, o Flamengo está a apenas três pontos da zona do rebaixamento, com 40. O adversário, Guarani, é o 18º, com 37 pontos. Após a partida, restarão apenas duas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.

Crianças invadem treino e tietam ídolos do Fla

Os jogadores do Flamengo tiveram uma surpresa no treino desta quinta-feira, no Ninho do Urubu. Assim que terminou o coletivo, a garotada do mirim e pré-mirim invadiu o gramado para tietar seus ídolos. Entre eles, estava o jovem Djalma, filho do craque Djalminha, revelado pelo Rubro-Negro e que também brilhou por Palmeiras e La Coruña (ESP).

Os goleiros Marcelo Lomba (em pé) e Paulo Victor (deitado) passaram o fim do treino rodeados pelos jovens rubro-negros.

Já o meia Renato foi rodeado pelos fãs. Além de distribuir autógrafos, o Urubu Rei bateu uma bolinha com a molecada no Ninho do Urubu.





Diogo encara jogo contra o Guarani como a decisão da carreira: ‘É a hora’

Nem passa pela cabeça de Diogo ser rebaixado para a Segunda Divisão. Muito menos com a camisa do Flamengo. Aos 23 anos, o atacante, que chegou à Gávea ao lado de Deivid para ser a solução de um time que faz poucos gols, vive o momento de maior pressão da carreira. Em 15 jogos com a camisa rubro-negra, marcou apenas uma vez. Ele reconhece que está devendo, assim como toda a equipe. O Fla é o 14º na tabela do Brasileirão, com 40 pontos, apenas três à frente do Z-4. Neste sábado, o adversário será o Guarani, 18º, que também luta para não cair.

Diogo, que começou na Portuguesa (onde disputou a Série B de 2007) e depois jogou por duas temporadas no Olympiacos, da Grécia, não tem dúvidas ao afirmar que será a maior decisão que vai disputar até então.

- Pelo fato de ser o Flamengo, pela importância do jogo. Vai se muito importante. Não passa pela minha cabeça (rebaixamento) e nem estou pensando em derrota. O time está se dedicando, só pensamos em vencer para que isso não aconteça – disse.

O camisa 43 tem sido muito cobrado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo nos treinos. Na maioria das vezes com broncas. No coletivo desta quinta-feira, se destacou com boas arrancadas e jogadas pelas pontas. Contra o Bugre, ele e Deivid vão formar novamente o ataque D2, que ainda não vingou.

- Está na hora (de funcionar), o time está precisando. Os resultados são medidos pelos pontos, pelos gols. Se isso não vier, vamos ser criticados. Futebol é assim. Não tem jeito.Temos de ajudar o time da melhor forma possível, mas em conjunto. Sozinhos não vamos a lugar nenhum. Com o esforço da equipe, vamos conseguir a vitória. Venho me dedicando, o Vanderlei vem cobrando. É a hora – afirmou.

O Flamengo fará o último treino antes do jogo na tarde desta sexta-feira. Os jogadores já estão concentrados para a partida, que será disputada no Engenhão, às 19h30m (de Brasília).


Fla aguarda resultado em campo para negociar patrocínio

A diretoria do Flamengo espera os resultados em campo para continuar as conversas sobre o patrocínio máster. O contrato, que foi festejado no meio do ano passado, agora é apontado como um problema. A diretoria considera que só a manutenção na Série A pode evitar um corte de receita.



Patricia Amorim tira foto com juvenis e vibra com primeiro título no futebol

A Gávea viveu uma manhã especial nesta quinta-feira. Em comemoração ao título estadual juvenil, conquistado no mês passado, sobre o Botafogo, os jogadores tiraram a foto oficial da conquista e tiveram a presença da presidente Patricia Amorim, além da comissão técnica e dos diretores da base rubro-negra. Como os maus resultados na temporada, a dirigente não hesitou em revelar o destino da faixa de campeã que recebeu das mãos de um funcionário.

- Ah, essa tem de ir para a minha sala, é meu primeiro título no futebol...

Flamengo juvenil EstadualTime juvenil do Fla posa com Patricia Amorim no centro, em frente à taça (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

Em seguida, após cumprimentar a garotada, fez um breve discurso de parabéns e lembrou a importância da identificação com a camisa rubro-negra, em tempos de êxodo constante no país. Palavras que repetiu pouco depois ao GLOBOESPORTE.COM.

- É claro que é importante ser campeão, até nessa idade, mas o que eles precisam saber é que tem um clube cada vez mais preocupado com a formação deles, em todos os aspectos. A tradição de times identificados com o Flamengo não pode acabar. Em 2009, conquistamos um título (brasileiro) que foge a essa regra, apesar de termos contato com muitos que já estavam aqui há quatro ou cinco anos, além do Adriano e alguns outros, que sabem bem o que é Flamengo.



Jogo entre Fla e Guarani já tem quase 25 mil ingressos vendidos

Os torcedores do Flamengo responderam bem à convocação feita por diretoria, treinador e jogadores rubro-negros. Segundo dados oficiais do clube, a venda antecipada para o jogo deste sábado, contra o Guarani, às 19h30m, no Engenhão, fechou a quinta-feira com 24.643 ingressos vendidos.

Os ingressos custam entre R$ 10 e R$ 20 (há meia-entrada). Nos jogos anteriores, os preços variavam entre R$ 30 e R$ 60. Os horários de venda são entre 9h e 17h, nos locais detalhados abaixo. Cada torcedor só poderá comprar três ingressos.

torcida faz fila para comprar ingressos para o jogo do flamengo contra o guaraniTorcedores rubro-negros fizeram longas filas no Engenhão (Foto: Alvinho Duarte / Agência Estado)


Preços dos ingressos:

Setor Sul: R$ 10 inteira / R$ 5 meia (torcida do Fla)

Setor Norte: R$ 10 inteira / R$ 5 meia (área mista)

Setor Leste Superior: R$ 10 inteira / R$ 5 meia (torcida do Fla)

Setor Leste Inferior: R$ 20 inteira / R$ 10 meia (torcida do Fla)

Setor Oeste Superior: R$ 10 inteira / R$ R$ 5 meia (torcida do Fla)

Setor Oeste Inferior: R$ 20 inteira / R$ 10 meia (torcida do Fla)

Pontos de venda:

Av. Borges de Medeiros, 997 - Gávea (somente para sócios do Fla com a mensalidade em dia)
Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora)
Bilheteria Sul do Engenhão
Bilheterias do Fluminense F. C.
Bilheteria nº. 11 de São Januário
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Rua São João nº. 34 loja 114 – Centro – Niterói
HSBC Arena - Av. Abelardo Bueno, 3401 - Barra da Tijuca.
Site da Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br)



Luxa cobra melhorias ofensivas e obtém êxito em coletivo no Ninho

O técnico Vanderlei Luxemburgo cobrou melhorias ofensivas e obteve êxito no coletivo da tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu. Durante a atividade, a maior preocupação do treinador foi a velocidade e a troca de passes no setor ofensivo. Também houve ênfase às jogadas ensaiadas em faltas e escanteios. O resultado final foi satisfatório. Diogo foi um dos destaques do treino, caindo pelas pontas e trocando passes com os laterais. E Deivid fez o gol da vitória por 1 a 0 nos 50 minutos abertos à imprensa.

diogo e deivid no treino do flamengo

Diogo e Deivid, de vermelho, no treino do Flamengo (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

O treinador repetiu a formação que havia escalado na última quarta: Marcelo Lomba, Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Correa, Willians, Kleberson e Renato; Deivid e Diogo. O time reserva teve Paulo Victor, Galhardo, Jean, David, e Rodrigo Alvim; Fierro, Fernando, Negueba e Marquinhos, Diego Maurício e Val Baiano.

Petkovic não participou do treino. O sérvio sofre com uma gastroenterite e ficou no hotel em que o restante do elenco irá se concentrar já a partir da noite desta quinta. Outro desfalque foi Maldonado. O volante esteve no Chile na última quarta para um amistoso da seleção contra o Uruguai, voltou ao Brasil nesta quinta e esteve no CT, mas não entrou em campo. Caso seja titular, o mais provável é que Maldonado entre no time no lugar de Correa.

Ex-presidente do Conselho Fiscal do Fla falece no Rio

O ex-presidente do Conselho Fiscal do Flamengo, Roberto Abranches, faleceu nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro. O benemérito rubro-negro sofria de leucemia guda. Seu enterro será nesta sexta-feira, às 11h, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, Zona Oeste do Rio.

Abranches foi um dos articuladores do movimento que resultou no impeachment do ex-presidente do clube Edmundo Santos Silva, em 2002. O cartola mantinha grande presença no Conselho do clube. Em sua homenagem, o Flamengo decretou três dias de luto.





Fla dos salários em dia ainda deve dinheiro a Adriano e Vagner Love

O Flamengo garante que a folha de pagamento do elenco está em dia. Só não vale incluir Adriano e Vagner Love nesta equação. Os integrantes do Império do Amor deixaram o clube no fim do primeiro semestre e ainda têm quantias significativas a receber referentes a salários e direitos de imagem.

A dívida está lá. No entanto, no discurso da do vice de finanças é melhor esquecê-la por ora. Michel Levy reagiu com irritação à informação.

- Agora os assuntos extracampo não são importantes de esclarecer. Os rubro-negros têm de colaborar para que o time possa jogar bem nos três últimos jogos. Qual a relevância de dizer se o Flamengo deve para Adriano e Vagner Love? Manda o empresário vir me procurar que eu resolvo o problema dele.

Levy aproveitou para defender Patrícia Amorim e pautar os assuntos que são interessantes até o fim do Brasileiro.

- Ela (Patricia Amorim) não disse que estava tudo em dia. Disse que os salários e os impostos estão em dia. Isso é reflexo da administração catastrófica que nós encontramos. Vamos ajudar o Flamengo a sair desta situação. Vamos saber se vai jogar o Deivid, o Diogo, o Val Baiano... Vamos falar de futebol - sugeriu.

O diretor de comunicação do clube, Bernardo Monteiro, explicou que os débitos não preocupam:

- Não vai gerar uma dívida como a do Pet, por exemplo. Até pela boa relação que temos com os atletas vamos organizar o pagamento.

Empresários confirmam
O Flamengo que só pensa em futebol, deixa os problemas e o planejamento para um amanhã que custa a chegar e compromete 2011. As dívidas prejudicam a credibilidade do clube e a etiqueta de mau pagador volta a ser uma realidade desconfortável.

No elenco atual existe quase uma dezena de jogadores com parcelas de luvas atrasadas. Mesmo distantes, Adriano e Love nomearam os empresários para solucionar o calote.

- (A dívida) é verdade, sim. Eles quitaram uma parcela, mas depois não conseguiram manter o pagamento. O Adriano quer receber, né? – disse Gilmar Rinaldi, que viaja nesta semana para a Itália para visitar o Imperador no Roma.

O agente de Love, Evandro Ferreira, também aguarda.

- Há uma dívida, sim. O meu advogado Diogo Souza teve uma reunião para reprogramar o pagamento – disse.

Sem os gols da dupla, o Rubro-Negro está na 14ª posição no Brasileiro, com 40 pontos e corre o risco de cair para a Série B. O próximo compromisso será contra o Guarani, sábado, no Engenhão.


Confira os árbitros para os jogos da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro


Sábado

19h30m

Grêmio x Atlético-PR - Sálvio Fagundes (SP)
Flamengo x Guarani - Wilton Sampaio (DF)
Grêmio Prudente x Ceará - Elmo Cunha (CE)

Domingo

17h

Vitória x Corinthians - Carlos Eugênio Simon (RS)
São Paulo x Fluminense - Heber Roberto Lopes (PR)
Botafogo x Internacional - Ricardo Ribeiro (MG)
Palmeiras x Atlético-MG - Marcos Chagas (RS)

19h30m

Cruzeiro x vasco - Leandro Vuaden (RS)
Avaí x Atlético-GO - Evandro Rogério Roman (PR)
Goiás x Santos - Marcelo de Lima Henrique (RJ)


Flamengo é campeão estadual e bicampeão brasileiro no Polo Aquático

Na véspera de completar 115 anos de fundação, o Clube de Regatas do Flamengo conquistou dois importantes títulos para o polo aquático rubro-negro. Sob o comando do técnico Rafael Hall, as equipes do infanto-juvenil e do infantil conquistam os títulos de campeão estadual e brasileiro, respectivamente.

A grande conquista foi no infanto, no qual o Rubro-Negro sagrou-se bicampeão brasileiro invicto em disputa na piscina da Escola Naval do Rio de Janeiro. No clássico Fla-Flu, a equipe da Gávea venceu com facilidade o Fluminense e fechou o placar em 11 a 5. Na ocasião, João Leopércio foi o artilheiro da competição.

Pelo Estadual Infantil, o Flamengo também conquistou o título de forma invicta. Flamengo e Fluminense protagonizaram uma partida digna de final. Com o placar de 9 a 7, o time da Gávea levou a melhor e garantiu o segundo título para o polo aquático no final de semana que antecedeu a comemoração dos 115 anos do Mais Querido. O rubro-negro Vitor Bruhm foi o goleiro menos vazado, enquanto Felipe Carsalade, também do Flamengo, foi o artilheiro.

"Foram vitórias importantes para todos nós. Como podemos ver, o futuro está garantido tanto para o masculino quanto para o feminino" – disse o diretor Maurício Pires.

Sem Maracanã e Mineirão, média de público despenca em 2010


Dezembro de 2009. Torcedores do Flamengo enfrentam uma verdadeira procissão para adquirir ingressos para a partida contra o Grêmio que, dias depois, daria o título brasileiro ao clube após 17 longos anos de espera. Enormes filas se alastram pelas ruas do Rio de Janeiro. Apaixonados de todo o Brasil pagam verdadeiras fortunas para ter a oportunidade de acompanhar a última batalha antes da realização de um sonho. Assim como os rubro-negros, tricolores no Rio de Janeiro, e atleticanos, em Minas Gerais, lotaram as arquibancadas na reta final da competição, elevando a média do campeonato a 17.808 pagantes por jogo. A maior desde a Copa União, em 1987.

estádio Engenhão vazio para Botafogo x Madureita, 02/04/2009Engenhão vazio: sem o Maracanã, torcida carioca começa a se acostumar aos poucos ao estádio (Foto: GLOBOESPORTE.COM)

Menos de uma temporada depois, porém, a situação é bem diferente. Após anos em processo de crescimento, a média de torcedores em jogos do Campeonato Brasileiro despencou. Seja pelo simples desinteresse da torcida, fato corriqueiro em anos de Copa do Mundo, ou pelas ausências do Maracanã e do Mineirão – palcos recordistas de público nas últimas edições – o certo é que ela caiu de quase 18 mil para um pouco mais de 14 mil (14.450) a três rodadas do fim da competição.

Os dois estádios, que estão em obras para a Copa do Mundo de 2014, realmente fazem falta. Juntos, em 2009, receberam todos os dez maiores públicos da competição. Na atual temporada, mesmo abertos durante uma pequena parte do Brasileirão, receberam seis dos dez jogos com mais torcedores.

Recordistas em 2009 sofrem em 2010

Sem os palcos onde costumam levar multidões, Flamengo e Atlético-MG têm médias inferiores a 50% em relação ao ano passado (veja na tabela abaixo). É evidente que os resultados dentro de campo também mudaram. Se no ano passado brigavam pelo título, atualmente a luta é contra o rebaixamento.

MÉDIAS DE 2009 MÉDIAS DE 2010
Flamengo 40.036

Atlético-MG 38.761

São Paulo 26.305

Fluminense 22.042

Cruzeiro 21.973

Corinthians 20.213

Palmeiras
18.425

Internacional 18.323

Sport
17.896

Grêmio
17.776

Coritiba
16.817

Atlético-PR 16.280

Botafogo 14.373

Náutico
13.863

Vitória
13.391

Goiás
11.944

Avaí
9.983

Santos
9.242

Santo André 4.796

Barueri
3.691

Corinthians
26.591

Ceará
22.604

Fluminense
21.156

Botafogo
19.183

Grêmio
18.736

Flamengo
17.826

Internacional
17.305

Atlético-PR
16.723

Cruzeiro
16.056

São Paulo
15.011

vasco
14.853

Vitória
13.596

Atlético-MG
13.047

Palmeiras
11.323

Santos
9.311

Avaí
8.535

Guarani
7.957

Goiás
7.036

Atlético-GO 6.677

Prudente 4.984

Em termos financeiros, o prejuízo também é grande. Pouca gente nos estádios, menos dinheiro nos caixas. O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kallil, revela que o Galo perdeu muito sem o Mineirão, mas prefere não apontar a ausência do estádio como o principal culpado pela má fase.

- Sem o Mineirão, o Atlético-MG perdeu uma receita bruta de R$ 16 milhões. Lógico que vamos tentar reaver isso de alguma forma. O Atlético não vai pagar conta de Copa do Mundo. Vamos tentar um entendimento com o Governo do Estado e ver o que podemos fazer. É difícil usar isso como desculpa. O Cruzeiro está na mesma situação e chegou a disputar o título. É claro que a torcida do Atlético-MG é diferente. Mas é um clube de massa e sente mais a falta do Mineirão.

Já o assessor da presidência do Flamengo, Eduardo Moraes, credita a falta de público em jogos do Rubro-Negro ao mau momento do time. No entanto, não deixa de criticar o Engenhão em alguns aspectos, mas ressalta que o torcedor carioca terá de se acostumar ao estádio.

- O que mais atrapalha é a campanha do time. Com o Flamengo bem, a torcida enche qualquer estádio, seja o Maracanã, o Engenhão ou em Volta Redonda. O Engenhão tem o problema do acesso. Como que o cara consegue sair do trabalho para chegar ao estádio às 19h30? Mas o torcedor carioca vai ter de se acostumar. Maracanã só em 2013. E com Copa do Mundo e Olimpíadas, existe a burocracia de competições internacionais que não estamos acostumados. Até 2016, o Maracanã pode ser tirado dos clubes a qualquer momento.


MAIORES PÚBLICOS DE 2009 MAIORES PÚBLICOS DE 2010
Flamengo 0 x 0 Goiás - 78.639
Flamengo 2 x 1 Grêmio - 78.639
Fla 2 x 0 Fluminense - 78.409
Flamengo 1 x 0 Santos - 77.063
Flamengo 2 x 1 Atlético-PR - 68.217
Flu 1 x 0 Palmeiras - 64.194
Atlético-MG 1 x 3 Fla - 63.385
Atlético-MG 1 x 0 Vitória - 57.901
Flamengo 2 x 1 São Paulo - 57.210
Atlético-MG 2 x 1 Flu - 55.713

*Todos os 10 maiores públicos de 2009 foram no Maracanã ou no Mineirão

vasco 2 x 2 Fluminense - 76.205
Fluminense 3 x 0 Inter - 57.454
Flamengo 0 x 0 vasco - 57.035
Ceará 2 x 0 São Paulo - 44.591
Ceará 0 x 0 Corinthians - 44.500
Ceará 2 x 2 Flamengo - 44.171
Grêmio 2 x 2 Internacional - 41.661
Flamengo 0 x 0 Santos - 41.007
Flu 3 x 1 Atlético/PR - 38.345
Cruzeiro 1 x 0 Corinthians - 37.377

*Mesmo interditados durante boa parte do campeonato, Maracanã e Mineirão receberam seis, dos dez principais públicos

Mesmo assim, a tese do mau desempenho nos gramados cai por terra quando constatado que o Fluminense, vice-líder do Brasileirão, tem média inferior à de 2009, quando brigou até a última rodada para não cair. O Tricolor ainda faz um jogo decisivo no Engenhão, contra o Guarani, na última rodada. No entanto, os números são muito aquém do esperado para um postulante ao título. Antes do fechamento do Maracanã, no início de setembro, o clube tinha a melhor média da competição. Agora, ocupa a terceira colocação, atrás de Corinthians e Ceará.

A boa novidade em 2010 fica por conta do Ceará. De volta à elite do futebol brasileiro após 16 anos, a torcida do Vozão encheu o Castelão durante todo o Brasileirão. Com a segunda melhor média do ano – atrás apenas do líder Corinthians -, o clube nordestino é responsável por três, das dez maiores públicos do campeonato. Outra curiosidade é a média de público do Grêmio Prudente. Mesmo com uma péssima campanha dentro de campo, o clube teve uma média superior a do ano passado, quando mandava os jogos em Barueri. Mesmo assim, tem a pior média entre os 20 participantes (veja na tabela acima).


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Fla finalmente estreia no NBB, ignora desfalques e derrota o Vila Velha

O Flamengo mostrou nesta quarta-feira por que é considerado um dos principais candidatos ao título do NBB. Finalmente estreando na competição, o time carioca tinha vários desfalques e ainda perdeu o mando de campo. Mesmo assim, o Mengão conseguiu uma vitória tranquila contra o Vila Velha por 90 a 70 (41 a 40 no intervalo), em Vila Velha.

- O time se portou muito bem. Por mais que já estivéssemos jogando o Estadual e a Liga Sul-Americana, sempre há uma ansiedade a mais pela estreia. O jogo foi bem igual no primeiro tempo, mas, a partir do terceiro quarto, o Flamengo soube aproveitar a defesa mais consistente para abrir vantagem - disse Marcelinho Machado.

Marcelinho, aliás, foi o cestinha da partida, com 28 pontos, além de seis rebotes, cinco assistências e cinco roubos de bola. Teichmann fez um duplo-duplo, com 20 pontos e dez rebotes; e Bábby fez 17 pontos e pegou nove rebotes. Pelo lado capixaba, o sérvio Dusan marcou 21 pontos, e Riddick fez 13.

O time rubro-negro não contou nesta quarta com Jefferson, Wagner, Duda e Hélio, que cumprem suspensão pela confusão no jogo 3 da final contra o Brasília, na temporada passada. Até por este motivo, começou a partida concentrando as ações em Marcelinho, que marcou quase metade dos pontos do time no primeiro tempo (19 de 41).

Depois de uma primeira etapa equilibrada, o Fla passou a marcar melhor e conseguiu abrir vantagem a partir do terceiro quarto. O Vila Velha, por outro lado, cometeu erros e faltas, deixando os cariocas abrirem distância.

O Flamengo volta a jogar neste domingo, às 11h (de Brasília), contra o Vitória, na Arena da Barra. No mesmo dia e horário, o Vila Velha vai até Belo Horizonte encarar o Minas.


Após assumir vício, Quaresma pode ser suspenso por 60 dias

A Comissão de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil em Minas Gerais (OAB-MG) pediu na manhã desta quinta-feira a suspensão preliminar do advogado do goleiro Bruno de Souza, Ércio Quaresma. O advogado declarou no último fim de semana, em entrevista ao jornal O Dia, ser viciado em crack. De acordo com o presidente em exercício da comissão, Fábio Henri Siqueira, Quaresma pode ser afastado do exercício da profissão por até 60 dias.

Segundo Henri Siqueira, o pedido foi assinado e encaminhado ainda nesta quinta-feira ao Tribunal de Ética e Disciplina. "Como o caso específico teve um clamor e um impacto muito negativo na imagem da categoria, o pedido é imediato e tramita de forma mais rápida", afirmou. Após ser notificado, Quaresma terá um prazo de 48 horas para prestar esclarecimentos sobre o caso.

O presidente da comissão disse que a declaração de Quaresma a respeito de seu vício foi a mais grave de uma série de desvios de conduta, que motivaram a abertura de dez processos disciplinares. "Essa foi a que pesou mais, isso veio a somar de maneira muito mais grave", afirmou. "Aqui na Comissão de Ética, nós ficamos sabendo do que foi noticiado na imprensa, juntamos as provas e, somente com isso, a OAB toma esse tipo de providência", disse Henri Siqueira, que acredita que Quaresma deva ser notificado ainda nesta semana.

AL: 'liberdade de Bruno começa hoje', diz perito da defesa

O perito médico legal George Sanguinetti, assistente técnico da defesa de Bruno de Souza, afirmou que a defesa do atleta vai pedir na tarde desta quarta-feira a anulação do processo contra o ex-goleiro do Flamengo, acusado de matar a ex-amante Eliza Samudio. "A liberdade de Bruno começa hoje", disse o perito em Maceió (AL).

Sanguinetti, que também é professor de Medicina Legal da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), depõe na tarde desta quarta-feira, na 2ª Vara Criminal, com a juíza Maria das Graças Gurgel, a pedido da juíza Marixa Fabiane, responsável pelo caso. Os trabalhos de perícia foram feitos em parceria com a Ufal.

De acordo com Sanguinetti, a perícia realizada nas casas do goleiro e do amigo dele, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, não encontrou vestígios de Eliza. "Não existe sangue, não há cabelo, não há provas técnicas. Não há indícios. Há uma prova testemunhal. Por isso, vamos pedir a anulação do processo", disse Sanguinetti.

Mesmo com os locais lavados, disse o perito, poderiam ser encontrados vestígios da estudante. "Disseram que os cães devoraram os restos de Eliza. Não foram encontrados vestígios nos cães nem nos excrementos. Os cães não fizeram um banquete humano, como se disse. Isso é estória. Com 'E'", disse.

"Na casa do Bola, os autos dizem que ela foi torturada e executada. A casa dele tem 12 m de frente, com vizinhos. É uma área povoada e na casa dele tinha a mulher do Bola e o filho dele, de 21 anos", explicou o perito. "Na casa do Bruno, as provas testemunhais dizem que ela estava (na residência). Mas, pela perícia, não se aponta isso", disse.

Verdade seja dita


Val Baiano, Deivid, Diogo...

Angelim pede voto de confiança e reconhece: ‘Estamos devendo’

A notícia de que a torcida do Flamengo comprou 10 mil ingressos para a partida do próximo sábado, contra o Guarani, deixou Ronaldo Angelim animado. Nesta quarta-feira, o zagueiro reconheceu que o time está em dívida com os rubro-negros. Diante dos paulistas, a vitória é fundamental para afastar o risco de rebaixamento. A equipe de Vanderlei Luxemburgo está em 14º, com 40 pontos, apenas três à frente do adversário.

- Estamos devendo, especialmente nas duas últimas partidas. Perdemos em casa, não jogamos o que deveríamos e precisamos da vitória para sair desta situação. Tenho certeza de que a torcida viu que ficou mais complicado e vai lotar o Engenhão contra o Guarani. É um jogo diferente, é uma final. Convoco os torcedores, pois precisamos muito do resultado e eles são importantíssimos. Quando a torcida aparece, os jogadores percebem que ela está ao lado - afirmou.

Foram colocados à venda 35 mil ingressos. Será o último jogo do Flamengo no Rio neste Brasileiro. O time vai enfrentar o Cruzeiro, no fim de semana seguinte, em Volta Redonda, distante cerca de 120 km da capital. Depois, encerra sua participação contra o Santos, fora de casa, no dia 5 de dezembro.

Nesta quarta-feira, Luxemburgo comandou um treino coletivo no Ninho do Urubu. A novidade na equipe titular foi a entrada do volante Kleberson. Ele substituiu Maldonado, que está a serviço da seleção chilena, mas volta a tempo de jogar. Entretanto, é possível que o Penta seja escalado. Titular ou não, ele reforça as palavras de Angelim.

- Esse é um momento importante do Flamengo. Acho que se a torcida comparecer e apoiar o time, essa vibração será revertida em gols. Espero que ela compareça, nos ajude para conseguirmos um ótimo resultado - afirmou

Angelim prevê um jogo de paciência, onde a concentração vai contar muito.

- As duas equipes precisam da vitória. Assistimos ao jogo do Fluminense contra o Goiás (empate por 1 a 1, no Rio) e vimos que foi assim. Os adversários jogam fechados, nos contra-ataques, complicam. Estamos vacinados sobre isso. Quem joga aqui contra o Flamengo vem com a marcação forte, não deixa a nossa equipe jogar e leva pontos daqui. Temos de marcar forte também para termos sucesso nesta partida – comentou.

O grupo rubro-negro volta a treinar nesta quinta-feira, às 16h30m, e inicia a concentração para a partida.


Fla está prestes a vender o primeiro lote de tijolinhos

Em pouco mais de uma semana, a campanha Rubro-Negro para sempre está prestes a vender o primeiro lote de 5 mil tijolinhos. Até a tarde desta quarta-feira foram contabilizados cerca de 3.500 vendas, quando o departamento de marketing começou uma nova ação envolvendo as embaixadas rubro-negras, as torcidas organizadas e as escolinhas de futebol do clube.

De acordo com o marketing do clube, a comercialização em estados como São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza, Vitória, Manaus, Cuibá, São Luís, Natal, Santa Catarina, Florianópolis está sendo significativa.

A tendência das compras fora do Rio de Janeiro é de se tornar ainda maior. Para alavancar ainda mais as vendas, o clube vem preperando um comercial de televisão, que começará a ser veículado a partir da semana que vem em três canais.

- É um sucesso e vamos reforçar ainda mais para atingir um nível nacional. Vender este número de tijolinhos em uma semana da campanha é muito bom. Está dentro do esperado. Sábado, no Engenhão, haverá mais uma ação na loja Cidadão Rubro-Negro localizada acima da do setor superior leste. Lá, o torcedor poderá comprar o seu tijolinho - explicou Herrison Baptista, diretor de marketing do Flamengo ao LANCENET!

Neste primeiro momento será colocado 15 mil tijolinhos - pode-se chegar a 23 mil - à venda (em três lotes) para preencher a Alameda da Nação, que liga os três campos do CT de Vargem Grande. A venda dos tijolinhos (cada unidade custa R$ 250) ajudará na modernização do Ninho do Urubu.

Luxa pode pegar seis jogos por dizer ao árbitro que ele foi uma decepção

O Flamengo pode ganhar um problema a mais na reta final do Campeonato Brasileiro. O técnico Vanderlei Luxemburgo será julgado na próxima segunda-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva e pode ser suspenso por até seis partidas. O treinador foi denunciado por reclamar da arbitragem após a derrota diante do Atlético-PR (1 a 0, dia 7, em Volta Redonda).

Luxa foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) - conduta contrária à disciplina ou ética desportiva - cuja punição varia entre uma e seis partidas de suspensão.

Segundo relato da súmula do árbitro José Henrique de Carvalho, o treinador entrou em campo e foi em direção dele, proferindo as seguintes palavras: "Você foi uma decepção... você deu apenas três minutos de acréscimos".

sumula flamengo x atlético-pr
Relato do árbitro José Henrique de Carvalho na súmula de Flamengo x Atlético-PR (Foto: Reprodução)

Algo que pode complicar a vida de Luxemburgo é o fato de ele ser reincidente em casos como este. Ao todo, o treinador já respondeu a sete denúncias ao longo da carreira. Se pegar pena máxima, Luxemburgo não vai poder comandar a equipe nas duas últimas rodadas do Brasileirão.


Luxemburgo arma time titular do Fla com Kleberson no meio e ataque D2

O técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo, comandou na tarde desta quarta-feira um treinamento coletivo no Ninho do Urubu. A novidade no time titular ficou por conta da inclusão de Kleberson, que ocupou a vaga de Maldonado, que está à serviço da seleção chilena. O meia teve atuação destacada na atividade, realizada sob forte chuva, e se entendeu bem com Léo Moura pelo lado direito.

Além do pentacampeão, a equipe titular teve ainda os retornos de Renato e Deivid, que cumpriram suspensão na rodada passada. A formação completa foi a seguinte: Marcelo Lomba; Léo Moura, Wellinton, Ronaldo Angelim e Juan; Willians, Corrêa, Kleberson e Renato; Diogo e Deivid.

O treinamento no Ninho do Urubu começou por volta das 16h30m, mas a imprensa só teve acesso quase uma hora mais tarde. Luxemburgo interrompeu a atividade diversas vezes para passar instruções aos atletas. No fim, apenas um gol: Corrêa marcou para os titulares.

No time reserva estiveram Paulo Victor, Rafael Galhardo, Jean, David e Rodrigo Alvim; Fernando, Fierro, Marquinhos e Pet; Diego Maurício e Val Baiano.

O Flamengo se prepara para enfrentar o Guarani neste sábado, às 19h30m, no Engenhão. A vitória é essencial na luta dos rubro-negros para afastar a possibilidade de rebaixamento.

Nação atende o chamado: 10 mil ingressos vendidos

A convocação foi feita pelos jogadores e pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, e a torcida do Flamengo começa a corresponder. Nesta quarta-feira, primeiro dia da venda de ingressos para o jogo contra o Guarani, os rubro-negros compraram dez mil bilhetes, dos 35 mil à disposição. A informação é do site oficial do clube. As equipes se enfrentam neste sábado, no Engenhão, às 19h30m (de Brasília), pela 35ª rodada. São adversárias na briga contra o rebaixamento. O Fla está em 14º, com 40 pontos, três a mais que o Bugre, que é o 18º.

Preocupada com a situação do clube no Campeonato Brasileiro, a diretoria do Flamengo decidiu fazer uma promoção. Os ingressos custam entre R$ 10 e R$ 20 (há meia-entrada). Nos jogos anteriores, os preços variavam entre R$ 30 e R$ 60. Os horários de venda são entre 9h e 17h, nos locais detalhados abaixo. Cada torcedor só poderá comprar três ingressos.

Preços dos ingressos:

Setor Sul: R$ 10 inteira / R$ 5 meia (torcida do Fla)

Setor Norte: R$ 10 inteira / R$ 5 meia (área mista)

Setor Leste Superior: R$ 10 inteira / R$ 5 meia (torcida do Fla)

Setor Leste Inferior: R$ 20 inteira / R$ 10 meia (torcida do Fla)

Setor Oeste Superior: R$ 10 inteira / R$ R$ 5 meia (torcida do Fla)

Setor Oeste Inferior: R$ 20 inteira / R$ 10 meia (torcida do Fla)


Pontos de venda:

Av. Borges de Medeiros, 997 - Gávea (somente para sócios do Fla com a mensalidade em dia)
Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora)
Bilheteria Sul do Engenhão
Bilheterias do Fluminense F. C.
Bilheteria nº. 11 de São Januário
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Rua São João nº. 34 loja 114 – Centro – Niterói
HSBC Arena - Av. Abelardo Bueno, 3401 - Barra da Tijuca.
Site da Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br)


Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!