sábado, 5 de fevereiro de 2011

Flamengo x Boavista


Ficha técnica



Local: Cláudio Moacyr, Macaé (RJ)


Data: 6/02/2011

Hora: 17H

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga

Auxiliares: Francisco de Sousa e João Luiz de Albuquerque

Boavista: Thiago, Joílson, Gustavo, Santiago e Paulo Rodrigues; Julio César, Thiaguinho, Raphael Augusto e Tony; André Luis e Frontini.

Técnico: Alfredo Sampaio.

Flamengo: Felipe, Léo Moura, Welinton, David, Egídio; Maldonado, Willians, Renato , Thiago Neves, Ronaldinho; Devid.

Técnico: Vanderlei Luxemburgo.


A TV Globo exibe para os estados do RJ, ES, SE, AL, PB, RN, PI, PA, MA, AM, AC, AP, RR, RO e DF, além da cidade de Joinville-SC.



Fla e Ronaldinho chegam a Macaé sob forte esquema de segurança

Os últimos dias da pré-temporada em Londrina, em meados de janeiro, serviram de ensaio para que o Flamengo se acostumasse com uma nova rotina. Na ocasião, a chegada de Ronaldinho Gaúcho ao interior paranaense atraiu centenas de torcedores à porta do hotel que serviu de concentração para os jogadores. Diariamente, foi preciso montar um esquema especial para a entrada e a saída do camisa 10.

Na tarde deste sábado, o craque fez a primeira a viagem com a delegação após sua estreia, na quarta-feira passada, contra o Nova Iguaçu. Até então, só havia voltado de Londrina. A chegada dos atletas a Macaé, no Norte Fluminense, teve segurança reforçada. Oito profissionais do clube viajaram (três deles chegaram antes à cidade). O avião fretado pousou no aeroporto às 15h30m (de Brasília). Os jogadores não passaram pelo saguão. Um ônibus esperava o grupo na pista para a saída por um portão lateral. Poucos rubro-negros foram ao local. Entretanto, tão logo a notícia sobre a chegada da equipe se espalhou, curiosos correram para vê-la.

Ronaldinho ônibus Flamengo Macaé (Foto: Richard Fausto / Globoesporte.com)
Léo Moura, Ronaldinho e Marquinhos dentro do ônibus (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

Um animado Ronaldinho batucava no fundo do veículo. De óculos escuros e sua inseparável boina, acenou e sorriu para os fãs. Conduzido por batedores, uma viatura da polícia militar e dois carros da prefeitura, o veículo partiu para o hotel, na Praia dos Cavaleiros. Ao longo do percurso, que durou cerca de 30 minutos, passou pelo estádio Cláudio Moacyr, local da partida contra o Boavista, neste domingo, às 17h (de Brasília), pela sexta rodada do Grupo A da Taça Guanabara. Perto do Moacyrzão, ambulantes vendiam bandeiras e camisas do Flamengo.

Em carros e motos, alguns torcedores acompanharam o ônibus até a concentração. Cerca de 15 pessoas esperavam pelo time. De forma tranquila, jogadores e membros da comissão técnica desceram do ônibus. Ronaldinho foi o último e, como sempre, causou alvoroço. Funcionários e hóspedes aproveitaram para conseguir fotos e autógrafos. Uma torcedora se aproximou e pediu a Ronaldinho que posasse ao lado dela. O craque respondeu de forma positiva, mas a ordem da segurança era para que ele não parasse no saguão.

O técnico Vanderlei Luxemburgo relacionou 20 jogadores para a partida. O atacante Wanderley sente dores no joelho direito e foi poupado. O meia Darío Bottinelli, com uma torção no tornozelo direito, também não viajou. A novidade entre os relacionados é o atacante Negueba, campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

O Flamengo é o líder da sua chave, com 15 pontos. Em cinco partidas, foram cinco vitórias. Um empate com o Boavista assegura a classificação para as semifinais.

Veja os jogadores que estão em Macaé:

Goleiros: Felipe e Paulo Victor;
Zagueiros: David, Welinton, Ronaldo Angelim e Jean;
Laterais: Léo Moura, Egídio e Rodrigo Alvim;
Volantes: Willians, Maldonado e Fernando;
Meias: Thiago Neves, Marquinhos, Fierro, Renato e Vander;
Atacantes: Ronaldinho Gaúcho, Deivid e Negueba.


Ronaldinho Gaúcho se destaca em treino de cobranças de faltas

O primeiro gol de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Flamengo não saiu no seu jogo de estreia, contra o Nova Iguaçu, no Engenhão, e a expectativa ficou para a partida deste domingo, contra o Boavista, em Macaé. E pelo bom aproveitamento nos treinos o feito pode vir em uma cobrança de pênalti ou até mesmo de falta.

Na manhã deste sábado, após o rachão realizado no Ninho do Urubu, a maior parte do elenco rubro-negro fez um longo treino de finalizações observado bem de perto pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Do outro lado do campo, Ronaldinho Gaúcho e Renato se aplicaram nas bolas paradas.

Nas cobranças de faltas próximas à linha da grande área, uma das especialidades de Ronaldinho Gaúcho, o craque chamou a atenção até dos companheiros. Nas primeiras sete tentativas, o camisa 10 aproveitou apenas duas cobranças. Mas em seguida iniciou uma sequência de bolas no ângulo da meta defendida por Marcelo Lomba, que se esticou ao máximo para evitar os gols.

- Voa nela, Lomba! Faltou só um braço! Vai, Mau Mau! – gritavam os jogadores rubro-negros, brincando com as vãs tentativas e com a semelhança do goleiro com Maurício, do BBB 11.

Nesta sequência final, de 11 cobranças Ronaldinho colocou oito longe do alcance de Lomba. Satisfeito com o aproveitamento, o camisa 10 deixou o gramado cantando com os demais jogadores e ainda acertou um chute violento de longa distância em uma lata de lixo posicionada na lateral do gramado.

Pouco antes Ronaldinho Gaúcho teve 80% de aproveitamento nas 20 cobranças de pênaltis contra Marcelo Lomba, que pegou duas, e Paulo Victor, que defendeu mais duas. As outras 16 bolas Ronaldinho Gaúcho mandou para as redes, variando bastante a forma como bateu.

Já Renato obteve 66,6% de aproveitamento da marca de pênalti. Foram 15 chutes, com dez gols, três defesas de Paulo Victor e duas bolas na trave. O atacante Deivid realizou seis cobranças e converteu apenas três, com 50% de aproveitamento.

Depois da sessão de penalidades, Renato e Thiago Neves treinaram cobranças de faltas de longa distância, Renato marcou quatro gols em 14 tentativas, enquanto o camisa 7 chutou 11 vezes e não marcou nenhum.

Com a bola posicionada mais próxima da linha da grande área, Thiago Neves melhorou o rendimento e fez dois gols em oito tentativas.


Segunda divisão 2012



















Da série “Camisas que gostaríamos de ver por aí”


Toliminado


Da série “Camisas que gostaríamos de ver por aí”



Deivid evita rivalizar com Wanderley e se diz surpreso com vaias

O atacante do Flamengo Deivid tem evitado entrar no clima de rivalidade com o colega Wanderley, que o substituiu na vitória por 1 a 0 sobre o Nova Iguaçu e marcou o gol da vitória. Após o rachão da manhã deste sábado, o camisa 9 rubro-negro disse que ficou surpreso por ouvir algumas vaias da torcida no Engenhão durante sua substituição na partida que marcou a estreia de Ronaldinho Gaúcho. Fato inédito em sua vida como profissional, diz ele.

- Fiquei surpreso. Fiz um gol contra o América e outro contra o Vasco. Não fiz contra o Nova Iguaçu, e aí vieram as vaias. Isso é uma coisa nova na minha carreira. É a primeira vez que passo por isso em 13 anos como profissional. Uma hora tinha que acontecer. Estou tranquilo e espero reencontrar o caminho das redes- disse Deivid, o único a dar entrevista após o trabalho.

Deivid diz ainda que acha normal as críticas de parte dos torcedores. E busca outros exemplos no futebol e até no próprio clube.

- Eu já vi até o Léo Moura sendo vaiado aqui no Flamengo. E mesmo com as carreiras do Ronaldo e do Roberto Carlos, até eles estão sendo vaiados no Corinthians - lembrou.

O atacante toma por base o apoio que vem recebendo do técnico Vanderlei LUxemburgo, que já o garantiu na escalação do tiem que enfrenta o Boavista, neste domingo, às 17h (de Brasília), em Macaé, pela sexta rodada do Campeonato Carioca.

- Ele falou para eu ficar tranquilo, porque meu momento vai mudar. Tenho a confiança do grupo e também do treinador.

Sobre a boa fase do seu reserva imediato, Wanderley, Devid o elogiou e disse que é sinal de que o elenco está forte.

- Fico feliz pelo Wanderley. Ele é jovem, está entrando fazendo os gols, o que é sinal de que o grupo está forte, e quem entra está dando conta do recado - completou.



David Braz diz que sucesso da defesa deve-se a ajuda dos companheiros

Defesa menos vazada do Campeonato Carioca, com apenas dois gols sofridos, ao lado Resende, a dupla de zaga do Flamengo vem curtindo o bom momento. David Braz comemora a fase no clube, mas diz que isso deve-se ao comprometimento que o time tem durante das partidas. Segundo ele, até a marcação dos atacantes ajuda na retaguarda rubro-negra.

- Nosso meio tem jogadores consagrados e estamos buscando nosso espaço lá atrás. Todo grupo tem ajudado na marcação, e credito essa boa fase da zaga aos meus companheiros. O ataque está pressionando a defesa adversária e isso facilita para a gente, pois a bola chega fácil. Também estou tendo uma sequência de jogos importante. Espero que seja assim até o fim da temporada.

Quanto ao jogo deste domingo, às 17h, contra o Boavista, em Macaé, David Braz diz que o Flamengo viaja com o objetivo de conquistar a vitória para seguir na liderança do seu grupo.

- Nosso objetivo é a classificação em primeiro lugar e vamos para Macaé para conseguir a vitória. A equipe está bem equilibrada. O ataque está pressionando a defesa adversária e isso facilita para a gente, pois a bola chega fácil.



Luxa, sobre vaias para Deivid: ‘Se fizer um gol domingo, muda tudo’

Mesmo com o gol na vitória por 2 a 1 sobre o Vasco, a torcida do Flamengo anda reclamando muito das atuações do atacante Deivid. Contratado para ser o jogador de referência dentro da área, ele ainda não conseguiu mostrar o grande futebol de antigamente e acabou sendo vaiado na última partida diante do Nova Iguaçu, quando foi substituído. Experiente, o técnico Vanderlei Luxemburgo faz questão de amenizar o momento do jogador e sabe que a qualquer hora a torcida começará a apoiá-lo.

- Imagina se cada vez que um jogador for criticado eu resolver tirá-lo. Se ele (Deivid) fizer um gol domingo, vai mudar tudo. Ele jogou no Corinthians, no Santos e tem que estar preparado para isso. Quem não tem esse preparo não vai jogar no Flamengo.

Wanderley, artilheiro da equipe no Carioca, com quatro gols, sentiu dores no joelho direito e será poupado da partida. Mesmo assim, Luxemburgo disse que o atacante vem se empenhando muito nos treinamentos e terá outras oportunidades.

- Não posso esquecer que o Vanderlei vem se esforçando, fez o gol (da vitória contra o Nova Iguaçu), mas não posso ficar trocando assim. Ele está bem, mas é melhor dar um prazo maior. Se ele começasse o próximo jogo e desse caneladas, iriam reclamar dele. Tem que deixar as coisas acontecerem. Tirei o Neymar quando cheguei ao Santos, as pessoas me chamavam de burro e queria preservá-lo.

O Flamengo volta a campo neste domingo, às 17h (de Brasília) para enfrentar a equipe do Boavista, pela sexta rodada da Taça Guanabara, em Macaé.


O corno vascaíno quer voltar!



Maurício vascaíno (falso maumau), segundo eliminado, em 25/01 quer voltar: fora corno vascaindo.









Wesley pega Maria do corno vascaindo!!!










NÃO...... SIM...... NÃO......SIM.......SIM

Casa de vidro: quem volta para a casa do BBB? Vote aqui! (Inácio Moraes / TV Globo)

R10 gera disputa entre escolas de samba do Rio

Pouco menos de dois meses após ser envolvido em uma disputa entre Flamengo, Grêmio e Palmeiras por sua contratação, Ronaldinho Gaúcho voltou a ser o pivô de uma nova queda de braço. Desta vez, porém, o assunto é fora das quatro linhas.

Pelo menos três escolas de samba do Rio de Janeiro já fizeram convites para o astro rubro-negro desfilar no Carnaval deste ano.

Além da Portela, a primeira se manifestar sobre a sondagem ao staff de Gaúcho, Grande Rio e Beija-Flor já confirmaram os contatos.

A Mangueira, apesar de não admitir oficialmente o interesse, também quer o camisa 10 do Fla em sua apresentação na Sapucaí.

A possível presença do jogador em mais de uma agremiação não gera um clima de rivalidade entre as escolas cariocas por Gaúcho.

O argumento utilizado pelas agremiações tange a mesma justificativa: o apreço de Ronaldinho pelo samba e pelo Rio de Janeiro.

– O carnaval é público e o jogador é livre. Ele é um grande sambista e não tem nada haver em aparecer na mídia – disse Serginho Procópio da Velha Guarda da Portela.

Na próxima quinta-feira, Ronaldinho poderá ir a Nilópolis a convite de Neguinho da Beija-Flor, intérprete e símbolo da escola. Gaúcho já recebeu o pedido para estar na Sapucaí pela Beija-Flor.

– Ronaldinho adora samba e a mãe dele é minha fã. Se aceitar, desfilará no chão – disse o intérprete.

Se na questão de clube Ronaldinho deu preferência ao Flamengo, quando o assunto é carnaval o astro deverá ser amistoso e não escolher apenas uma agremiação.

As escolas que poderão ter Ronaldinho na sapucaí neste carnaval:

PORTELA
Enredo:A escola contará a sua história de 84 anos por meio do enredo "Rio, Azul da cor do mar"

Por que R10?
O irmão de Ronaldinho, Assis, é torcedor da Portela e já desfilou pela escola. O rubro-negro é um admirador da Velha Guarda da Portela. No início do mês, ele esteve no show do sambista Monarco, da Velha Guarda da Portela, no Instituto Moreira Salles.

MANGUEIRA
Enredo: Com "O filho fiel, sempre Mangueira", a Verde e Rosa contará um de seus bambas, Nelson Cavaquinho.

Por que R10?

A escola não confirma oficialmente o convite. Mas a bateria da Mangueira esteve na apresentação do jogador, no dia 12 de
janeiro, e Ivo Meirelles, presidente da escola, foi o mestre de cerimônia na festa na Gávea.

BEIJA-FLOR
Enredo:
A escola de Nilópolis fará uma homenagem ao cantor Roberto Carlos com "A simplicidade de um Rei".

Por que R10?

Ronaldinho Gaúcho foi convidado por Neguinho da Beija-Flor, intérprete da escola, que tem grande simpatia da mãe do jogador
do Flamengo, dona Miguelina. Na próxima quinta-feira, Ronaldinho é aguardado no ensaio na quadra da escola.

GRANDE RIO
Enredo:
A escola investe no tema da cultura popular brasileira e promete desvendar os mistérios da ilha Y-Jurerê Mirim com o enredo "Y-Jurerê Mirim – A encantadora ilha das bruxas (Um conto de cascaes)"

Por que R10?
David Brazil, promoter da escola, é amigo de Ronaldinho e confirmou o convite feito ao jogador para desfilar no carnaval.

OUTRAS ESCOLAS

Por que R10?
O Salgueiro, por meio de sua assessoria, nega o convite a Ronaldinho. O jogador, porém, visitou a quadra da agremiação algumas vezes em julho do ano passado, quando estava de férias no Rio. Há fotos do jogador no site da escola. Já a Vila Isabel tem como enredo "Mitos e histórias entrelaçadas pelos fios de cabelo" e o tema poderia ser um motivo a mais para Ronaldinho desfilar pela escola.

Em noite de reencontros, Fla perde e espera milagre na Liga das Américas de Basquete

Quando Kyle Lamonte deixou o Flamengo, ficou acordado que ele teria que pagar uma multa se enfrentasse o clube até junho de 2011. Nesta sexta-feira, o americano decidiu entrar em quadra contra o Rubro-Negro e o reencontro não foi nada bom para os cariocas. Com 16 pontos, sete rebotes e cinco assistências, o jogador ajudou o Peñarol, da Argentina, a vencer por 90 a 76 e a deixar encaminhada a eliminação a equipe brasileira da Liga das Américas.

Para seguir com chances na competição, o Fla tem de torcer por uma derrota do Peñarol para o Halcones Rojos e vencer o Capitanes de Arecibo por 24 pontos de diferença.

O confronto também marcou o reencontro do técnico Sérgio Hernández, da equipe argentina, com seu compatriota Gonzalo García, treinador do Fla. Hernández teve o comandante rubro-negro como auxiliar na seleção da Argentina, mas não deu chances ao pupilo.

Leonardo Gutierrez, do Peñarol, foi o cestinha em quadra, anotando 27 pontos. Outro destaque da equipe argentina foi Pablo Rodríguez, que assinalou 20. O ex-rubro-negro Kyle Lamonte marcou 16.

Pelo Flamengo, mais uma vez o melhor pontuador foi Marcelinho, com 25 pontos. Seu irmão Duda, com 16, foi o segundo melhor anotador do quadro brasileiro.


sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Luxa vê rivais à frente do Fla e insiste em dar liberdade a Ronaldinho

Cinco vitórias, uma delas em clássico, apenas dois gols sofridos, Thiago Neves, Ronaldinho... O Flamengo iniciou a temporada enfileirando credenciais ao título da Taça Guanabara. Mas basta assistir ao comportamento do técnico Vanderlei Luxemburgo nos treinos e ouvir as declarações dele para notar que o trabalho está no estágio inicial.

O treinador gesticula, orienta e posiciona o time da maneira que gostaria de ver. Por enquanto, desistiu de colocar Renato na lateral esquerda e mantém Egídio. Em um futuro próximo, no entanto, Anderson, campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, deve ter mais chances no setor.

No trabalho tático desta sexta-feira, ele cobrou marcação sob pressão no time reserva. Até Ronaldinho tinha função de “marcador”. Outro detalhe foi o posicionamento de Willians. Se na campanha do Brasileirão de 2009 ele jogava quase na ponta direita, auxiliando Léo Moura, agora ele é o primeiro volante do meio-campo, atrás de Maldonado. Vanderlei inverteu o posicionamento porque considera o chileno melhor na distribuição de jogadas.

- Alguém tem que correr. O grande gol do Willians é tirar a bola como ele vem tirando. Se o volante entender que ele tem que fazer isso e tocar a bola, está perfeito. Ele tinha um passe muito ruim e estou trabalhando isso – comentou Vanderlei.

Como ainda considera o Flamengo em formação, o treinador não hesita em dizer que os rivais, referindo-se a Fluminense e Botafogo, estão em um estágio mais avançado. Ele quer aproveitar a semana sem jogos depois do duelo com o Boavista para intensificar os trabalhos físicos e táticos.

- Os outros clubes estão na nossa frente. O time do Fluminense, por exemplo, todo mundo sabe quem sai e quem entra. Semana que vem teremos dois dias da semana em tempo integral, trabalhando a parte física. Hoje (sexta) fiz um trabalho tático que achava interessante, pois fiz uma mudança e coloquei o Renato no meio.Estou montando uma filosofia. Se o time começar a perder, vão dizer que o Luxemburgo não sabe armar a equipe – declarou.

Nesta filosofia enquadra-se Ronaldinho. O atleta recebeu nota 10 em comportamento dentro e fora de campo. Nesta sexta, quando recebeu uma “chamada” do treinador, abaixou a cabeça e estendeu o polegar concordando. Depois, participou de um longo treino de finalização e arrancou comentários por causa de um belíssimo gol de letra com a bola no ar. Justamente por esse talento, Vanderlei repete o lema sobre a liberdade do camisa10 em campo.

- Você tem que achar o espaço que ele possa render mais. Ele jogava no Barcelona pela esquerda, só que tinha o Messi, o Xavi. Aqui ele precisa ser mais participativo. No Brasil é diferente, tendo um jogador desse você não pode deixá-lo preso em um canto. Quero que ele use todos os setores do campo. Tenho que buscar esse talento do Ronaldinho – declarou.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo, às 17h (de Brasília) contra o Boavista, em Macaé. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeos.



Fla sem o xodó no domingo: Wanderley fora contra o Boavista

O Flamengo não poderá contar com o novo xodó da torcida rubro-negra neste domingo, na partida contra o Boavista, pela sexta rodada da Taça Guanabara. O atacante Wanderley sentiu dores no joelho direito e não vai participar do jogo em Macaé. O problema não é grave, mas o departamento médico do clube decidiu poupar o atleta.

Wanderley é o artilheiro do Fla no Campeonato Carioca, com quatro gols. E foi o autor do gol da vitória diante do Nova Iguaçu, quarta-feira passada, na estreia de Ronaldinho Gaúcho.

Mesmo que tivesse condições de atuar, o atacante seguiria como opção no banco de reservas. O treinador Vanderlei Luxemburgo decidiu manter Deivid na equipe.

A única mudança em relação ao time que iniciou a partida contra o Nova Iguaçu será o retorno de Egídio à lateral esquerda, com Renato atuando no meio-campo. Vander vai para a reserva.

O argentino Bottinelli, com uma torção no tornozelo direito, tem chances remotas de ser liberado para o jogo.


Flamengo se prepara para gerar receitas com Ronaldinho

Depois da estreia de Ronaldinho, na quarta-feira, o Flamengo se articula para garantir receitas oriundas das propriedades da camisa, explorando o fator R10.

O novo uniforme será lançado no dia 1 de março e, até lá, o clube poderá acertar com os interessados em patrocinar o Rubro-Negro um valor que seja 60% superior ao do antigo vínculo com a Batavo.

Veja quanto  o Flamengo pode faturar  com patrocínios no uniforme



A Traffic, parceira do Fla na contratação de Ronaldinho, busca ofertas para o patrocínio master (frente e costas da camisa) a partir de R$ 35 milhões.

Com base nos números pretendidos pelo grupo, o LANCE! projetou o valor que poderá ser gerado de receita, considerando os espaços da frente e costas e da manga das camisas (já fechada com o BMG até o fim de 2011) e dentro do número (negociado com a TIM em 2010).

No total, o Flamengo arrecadaria R$ 47,2 milhões com a venda dessas três propriedades.

– Esse é um valor pedido no mercado e está coerente. Se vai ser fechado ou não pelo Flamengo não podemos saber. Mas existe efetivamente uma tendência de valorização das propriedades esportivas no Brasil e isso eleva o preço – explicou Rafael Plastina, gerente de marketing e novos negócios da Informídia.

O clube, por sua vez, prefere não mencionar, seja valor ou percentual, possíveis aumentos nos contratos antes de qualquer desfecho.

– Não dá para falar em valor. Vamos trabalhar isso nas negociações. Queremos algo, é claro, acima do atual. Não quero fazer uma projeção e criar expectativas – explicou Henrique Brandão, vice de marketing do clube rubro-negro.

Há conversas em curso com três empresas. E enquanto não há uma definição, o Flamengo estampará à frente de sua camisa uma mensagem institucional a partir do jogo de domingo contra o Boavista.

Valor astronômico fechado na estreia
Os R$ 900 mil arrecadados pelo Flamengo no jogo de estreia de Ronaldinho Gaúcho estão bem acima da realidade contratual firmada pelo clube com os seus parceiros.

Se a receita de R$ 22 milhões gerada pelo patrocínio master da Batavo fosse dividida pelo número de jogos do time na temporada de 2010 – foram em média seis por mês – cada compromisso do Rubro-Negro custaria R$ 333 mil, valor quase três vezes inferior ao desembolsado pela Visa e pela Cielo para exposição de suas marcas na quarta-feira.

Como parâmetro para entender o contrato milionário fechado pelo clube, o LANCE!NET mostra qual o valor de uma propaganda de 30 segundos durante o intervalo do Jornal Nacional, da TV Globo.

Para exibir um anúncio em todo o Brasil no horário nobre da emissora, os interessados precisam pagar pela quantia de R$ 422.600.

O jogo de estreia de Ronaldinho contra o Nova Iguaçu foi transmitido pela TV Globo em 14 estados e também na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina.

DADOS SOBRE O PATROCÍNIO
PATROCÍNIO MASTER (frente e costas)
Último contrato
Batavo - R$ 22 milhões
Número com o qual trabalha a Traffic para 2011 - R$ 35 milhões
Aumento: 60%
PATROCÍNIO PREMIUM ( mangas)
BMG - R$ 9 milhões (já definido)
DENTRO DO NÚMERO
TIM ( valor negociado no fim de 2010: R$ 2 milhões) - com a projeção do aumento de 60%: 3,2 milhões
TOTAL: R$ 47,2 milhões

Luxemburgo muda o Fla, barra Vander e escala Egídio na lateral

Apesar de mais uma vitória do Flamengo no Campeonato Carioca (1 a 0 sobre o Nova Iguaçu), o treinador Vanderlei Luxemburgo decidiu alterar o time para a partida contra o Boavista, neste domingo, em Macaé. No treino coletivo realizado nesta sexta-feira, Luxemburgo tirou Vander da equipe titular, com a volta de Egídio à lateral esquerda e de Renato ao meio-campo.
Na partida contra o Nova Iguaçu, na última quarta-feira, com a entrada de Ronaldinho Gaúcho na equipe, o treinador decidiu passar Renato para a lateral, sacando Egídio da equipe. Durante o segundo tempo do último jogo, o treinador já havia feito esta alteração, desistindo da improvisação de Renato na lateral.
No coletivo, o treinador decidiu manter Deivid no ataque. Wanderley, artilheiro da equipe no Carioca, com quatro gols, treinou no time suplente.
A equipe titular formou com Felipe, Léo Moura, Welinton, David Braz e Egídio; Maldonado, Willians, Renato, Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho; Deivid.
No jogo de domingo, o treinador dificilmente poderá contar com Bottinelli. O argentino não treinou devido a uma torção no tornozelo direito e está praticamente vetado para a partida contra o Boavista.
No treino desta sexta-feira, o goleiro Marcelo Lomba voltou a treinar com o grupo. Titular da meta rubro-negra no Campeonato Brasileiro, o arqueiro chegou a ser emprestado para a Ponte Preta em janeiro, mas retornou ao Fla nesta semana devido a um impasse financeiro entre os dois clubes.


Ronaldinho Gaúcho, finalmente, joga futevôlei na praia e vive como carioca

Ronaldinho Gaúcho ou Carioca? Na manhã desta sexta-feira, o craque, finalmente, conseguiu ir à praia na Barra da Tijuca e jogar futevôlei. De folga, já que o treino no CT do Flamengo é apenas na parte da tarde, o meia tirou o atraso e, claro, atraiu dezenas de pessoas.

ronaldinho gaúcho praia flamengo (Foto: AGnews)Ronaldinho joga futevôlei na praia sob os olhares de vários fãs (Foto: AGnews)

R10 já havia comentado com amigos e a imprensa que estava sentindo falta desse tipo de lazer, já que, desde que acertou com o Rubro-Negro, estava treinando quase sempre de forma integral, de manhã e à tarde. Um dos motivos pelos quais preferiu o Flamengo ao Grêmio, por exemplo, é o amor que tem pelo Rio de Janeiro. Na cidade, ele se sente em casa, graças ao samba, às praias, e obviamente ao futevôlei, esporte adorado por boleiros em atividade e já aposentados, como Romário e Renato Gaúcho.

Neste domingo, Ronaldinho faz sua segunda partida pelo time da Gávea, às 17h (de Brasília), contra o Boavista, em Macaé, válida pela sexta rodada da Taça Guanabara. A TV Globo transmite ao vivo, inclusive para a cidade do Rio de Janeiro, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em tempo real. Os ingressos para o duelo já estão esgotados. O Fla é o líder do Grupo A com 15 pontos.


Ronaldinho pega no pé de Thiago Neves durante gravação para a TV

A amizade entre Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves começou em 2008, durante os Jogos Olímpicos de Pequim, na China. Agora, eles são companheiros de Flamengo. Dividem a responsabilidade de conduzir o Rubro-Negro na luta por títulos. Se dentro de campo o entrosamento ainda está no início, fora dele já é o ideal. As brincadeiras são comuns. Thiago chama Ronaldinho de “Patrão”. O craque, por sua vez, se refere ao amigo como “Canhota”.

Nesta quinta-feira, após treino regenerativo no Ninho do Urubu, ambos participaram da gravação da nova escalação das transmissões da TV Globo. Thiago foi orientado pelo produtor Marcel Lins: de costas para a câmera, deveria se virar e fazer alguma pose. O camisa 7 pretendia exibir uma expressão séria. Ronaldinho não deixou.

- Vou fazer uma cara de mau. Sem gracinha – disse Thiago.

- Duvido! Você vai começar a rir e eu estou aqui para ajudar - disse um sorridente Ronaldinho, enquanto esperava a sua vez.

Thiago bem que tentou, mas logo foi interrompido pelas provocações de R10. A cada tentativa do companheiro, Ronaldinho produzia alguns sons com a boca ou falava algo para desconcentrá-lo.

- Eu falei que tu não ia conseguir ficar sério. Faz cara de sacana... - e mais uma vez o Gaúcho fez o companheiro sorrir.


Depois de três chances, Thiago, enfim, concluiu a gravação. Na sua vez, Ronaldinho mostrou que é vaidoso. O jogador teve de deixar sua inseparável boina de lado para participar da filmagem. Pediu um minuto e foi ao vestiário para se preparar. Voltou com rabo de cavalo e uma faixa preta, o mesmo visual da estreia contra o Nova Iguaçu.

Ronaldinho escalação Flamengo pose (Foto: Reprodução)Ronaldinho também fez pose com a camisa rubro-negra (Foto: Reprodução)




O fotógrafo oficial da equipe do Flamengo

O lateral direito Leonardo Moura já disse, mais de uma vez, que gosta muito de fotografia. Ele está sempre batendo papo com os fotógrafos, vê suas imagens na internet e, desde a criação da FlaImagem, também se arrisca em dar alguns cliques de vez em quando. No ano passado, o alvo foi o chileno Fierro. Desta vez, Leo testou a potência da lente 200mm para fotografar pessoas de uma distância um pouco maior.

Na última quinta-feira (03.02), como os jogadores titulares fizeram somente trabalho de massagem no Ninho do Urubu, ele não foi ao campo e ficou de longe registrando alguns momentos. Entre uma pergunta e outra ao fotógrafo Alexandre Vidal, Leo tirou fotos do lateral esquerdo Egídio e de um funcionário do clube, Juruna, que é um dos responsáveis pela manutenção do Centro de Treinamento (confira abaixo).

"Me dá essa câmera aqui para eu treinar", brincou.

Ao ver Egídio andando a cerca de 200m de distância, Leo chamou o companheiro para ser um modelo de testes.

"Faz pose aí, Gidão", gritou.

Outro que também se interessou pelas fotos foi o lateral esquerdo Rodrigo Alvim. Ele tirou suas dúvidas sobre as diferenças entre as lentes e sobre como manejar um equipamento profissional.



Companheiros elogiam Bottinelli no Flamengo

Bottinelli não é muito de falar. Tímido, com poucas palavras, chegou ao Flamengo um tanto quanto desconhecido dos torcedores e de quase todos os novos companheiros. Mas não de Maldonado e Fierro. Os chilenos acolheram o hermano, que fez muito sucesso defendendo a Universidad Católica, do Chile, e já sentiram do jogador uma grande vontade em dar certo com a camisa rubro-negra. A torcida o impressionou, a recepção do grupo também e agora ele quer, a cada jogo, mostrar que tem condições de vestir o manto sagrado.

Em entrevista à equipe do site oficial, Maldonado falou um pouco sobre as primeiras impressões de Bottinelli sobre o clube da Gávea. Segundo ele, o argentino está se adaptando cada vez mais à nova vida e está muito satisfeito com tudo o que está acontecendo em sua carreira.

"Ele não esperava tanto da torcida. Ele sabia que era a maior do Brasil, mas logo na estreia ver um espetáculo daqueles acho que foi diferente para ele. Até porque os torcedores aplaudiram quando ele entrou, então isso foi bem legal. Ele disse que está muito feliz por estar aqui e está cada vez mais entrosado. Ele é um cara tranquilo, na dele, e estamos procurando ajudá-lo no que for preciso", disse o volante, que teve o discurso endossado por Fierro.

"O Darío é um jogador que já criou uma amizade conosco e que nós conhecemos de tê-lo visto jogar, muito bem, no Chile. Acredito que ele pode dar muito certo no Flamengo. Todos torcemos para isso", observou.

Ainda em Londrina, após seus primeiros dias de trabalho com o grupo, o jogador já demonstrava um bom entrosamento com os novos companheiros. Feliz com a maneira como vem sendo tratado por todos, Bottinelli diz que isso dá a ele ainda mais motivação na hora de entrar em campo.

"Foi muito importante ser recebido bem como fui. Eles me trataram bem e isso ajuda bastante a me adaptar e também me sentir em casa aqui", completou.




Willians acata decisão de Luxa e aparece menos no ataque

Willians terminou 2010 com propostas de Inter, Santos e São Paulo, além de sondagens de equipes estrangeiras. Num primeiro momento, a possibilidade de disputar a Taça Libertadores o seduziu, e uma saída do Flamengo não estava descartada. Na reta final do Campeonato Brasileiro, chegou a ser substituído algumas vezes por Vanderlei Luxemburgo, que o considerava indisciplinado taticamente. Porém, uma conversa com o técnico o motivou a continuar.

- Ano passado, vocês me viam chegando muito lá na frente. Este ano o Vanderlei procurou conversar comigo e achou que a função que estou fazendo agora o agrada mais. Fico um pouco mais ali atrás, fixo, mais preocupado com a marcação. O bom momento que eu vivo é graças a ele também. É um técnico que entende de futebol, de grupo, sabe o que tem de fazer. Procuro acatar isso. Estou fazendo as coisas certas.

Luxa disse a Willians que o novo posicionamento poderia levá-lo à Seleção Brasileira. O jogador está no Flamengo desde 2009, quando conquistou o título carioca e o Brasileirão. Em 2010, foi eleito o terceiro melhor da posição. No ano anterior, conquistara a prata.

O compromisso do volante com o clube termina em 31 de dezembro de 2014. Em breve, haverá uma conversa entre o agente do jogador, Sérgio Dias, e o departamento de futebol rubro-negro. Em pauta, um reajuste salarial. Enquanto isso, Willians faz planos.

- Sou um cara que trabalha muito, gosto de fazer o que eu faço. Tenho muito a conquistar e estamos num bom começo de ano. Pretendo manter essa regularidade até o fim.

Neste domingo, o Flamengo enfrenta o Boavista, às 17h (de Brasília), em Macaé. Líder do Grupo A, com 15 pontos, o Rubro-Negro só precisa de um empate para ir às semifinais da Taça Guanabara.

Ronaldinho já garantiu retorno de exposição de marcas

Se dentro das quatro linhas Ronaldinho Gaúcho ainda precisará de um tempo para ter o retorno técnico esperado pelo Flamengo, fora de campo a imagem do astro já tem o sucesso comprovado.

A pedido do LANCE!NET, a empresa de pesquisas esportivas Informídia fez um estudo, entre os dias 12 e 13 de janeiro, sobre a exposição da Batavo, cujo contrato com o clube se encerrou no último dia 31.

A análise engloba a data da apresentação do jogador, na Gávea, e sua chegada a Londrina, para a pré-temporada.

Em apenas dois dias, a marca da antiga patrocinadora do Fla foi exposta 440 vezes em um total de pouco mais de 19 minutos.

O percentual de aproveitamento da empresa em todo o noticiário que envolveu a aparição do camisa 10 nas emissoras de TV abertas e fechadas foi de 4%.

– É um dado muito relevante para apenas dos dias. Esse volume de exposição só no futebol é possível – comentou Rafael Plastina, gerente de marketing e novos negócios da Informídia.

Como exemplo de que o grande jogador agrega valor à marca, o Corinthians viveu efeito semelhante na contratação de Ronaldo.

Em 2009, quando o clube repatriou o Fenômeno, houve um crescimento de 49% no espaço ocupado pelos patrocinadores do Timão na
mídia em relação ao ano anterior.

E, em 2010, o índice foi mantido. Os valores da exposição não podem ser divulgados pela Informídia em função de uma cláusula
contratual de sigilo com os clubes.

Ter Ronaldinho Gaúcho, portanto, também significa possuir um argumento importante para angariar cifras milionárias.

– Só a presença de Ronaldo no time é suficiente para fechar novos contratos – disse Fábio Wolff, especialista em marketing esportivo.





Flamengo arrecada R$ 1,5 milhão com tijolinhos



O Flamengo já vendeu 1.300 unidades dos tijolinhos do segundo lote, de 5 mil. Até agora, já foram arrecadados com a campanha R$ 1,5 milhão para a construção do Centro de Treinamento. Na semana que vem, o Marketing vai fechar uma nova campanha de divulgação, provavelmente explorando a imagem de Ronaldinho Gaúcho.



De olho na base, Luxemburgo acompanha vitória dos juniores

Vanderlei Luxemburgo, por ora, não planeja reforços para o time profissional do Flamengo. Mas encontrou uma forma de trazer boas opções para as posições carentes. Na última quinta-feira, por exemplo, ele acordou cedo e foi a Curicica, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, assistir à vitória dos juniores por 5 a 3 sobre o Nova Iguaçu. Yguinho marcou três vezes, Matheus Bissi fez um e o volante Muralha completou o placar.

Este último é uma das promessas mais maduras para se transformar em realidade. O volante treina também com os profissionais e tem se destacado nos coletivos.

- Cheguei ao Flamengo em fevereiro do ano passado e, rapidamente, me adaptei e já conquistei dois títulos (Estadual juvenil invicto e Copa São Paulo). Estou à espera da minha oportunidade para dar passes para o Ronaldinho - afirmou Muralha.

O lateral-esquerdo Anderson também merece olhar atento de Vanderlei. Ele está preocupado com as opções que dispõe no setor e no último jogo improvisou Renato. Irmão gêmeo de Anderson, Alex se machucou e fraturou o pé. Ele, que joga na lateral direita, deve ficar até três semanas fora dos treinos.

Sem lugar

Convidados para a volta olímpica na estreia de Ronaldinho, na quarta-feira, os jogadores do time campeão da Copa São Paulo sub-18 esbarraram em um problema: o Flamengo esqueceu de separar uma área para os meninos assistirem ao jogo. Eles passaram todo o primeiro tempo rodando pelo setor de camarotes em busca de um lugar. A presidente Patrícia Amorim foi informada da situação e a resolveu.



Rubro-negros mostram empolgação com Ronaldinho em enquete

Há mais rubro-negros empolgados do que decepcionados com a estreia de Ronaldinho Gaúcho, segundo enquete realizada na página do Flamengo no GLOBOESPORTE.COM. Em 24h de votação, mais de 30 mil torcedores (87%) responderam que os lampejos do astro no jogo contra o Nova Iguaçu foram sinais de que o meia brilhará pelo clube. Aproximadamente 5 mil (13%) afirmaram que a festa foi bonita, mas o jogador ficou devendo.

O próximo jogo de Ronaldinho será no domingo, às 17h (de Brasília), contra o Boavista, em Macaé. A TV Globo transmite a partida para o Rio de Janeiro. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real a partir das 16h30m (de Brasília).

Atacante que ‘bate em zagueiro', Wanderley vira exemplo no Fla

Wanderley tem demonstrado que com ele não tem bola perdida. Uma das características do atacante é a persistência. É assim que, mesmo sem ser titular, ele encabeça a lista de artilheiros do Flamengo, com quatro gols. Para os companheiros, o camisa 33 serve de inspiração. É exemplo de raça, de entrega.

Léo Moura, que passou a faixa de capitão a Ronaldinho Gaúcho na última quarta, é um dos que elogiam o atacante.

- Wanderley é assim de natureza. Ele sabe que a cobrança é muito grande e encarnou o espírito, mostra raça, determinação. Cada um tem um estilo. Dessa forma, ele tem a felicidade de nos ajudar. Quando vemos o ataque marcando, dobramos as forças lá atrás. Sabemos que a qualquer momento eles vão definir uma jogada. Foi o que aconteceu com o Wanderley contra o Nova Iguaçu. Ele foi lá e teve a oportunidade de definir o jogo.

O estilo cativante de Wanderley também é aprovado por Willians. O volante, que conquistou a admiração da torcida pelo espírito guerreiro, sabe o quanto isso faz diferença.

- A torcida vê quem quer e quem não quer, a garra que todos têm no campo, não só eu ou Wanderley. Estamos fazendo de tudo para ser campeões. Temos uma meta. A marcação começa lá na frente. Se apertarem lá, atrás nós vamos chegar junto também. O Wanderley tem um vigor físico muito bom, é um atacante chato, que bate em zagueiro (risos). Está num bom momento, fazendo os golzinhos dele.

No próximo domingo, o Flamengo vai enfrentar o Boavista, em Macaé, pela sexta rodada. Basta um empate ao Rubro-Negro para assegurar a vaga para as semifinais. O Fla tem 15 pontos e 100% de aproveitamento.


Léo Moura: ‘Chegar a um título invicto vai ser muito especial’

As cinco vitórias nas cinco primeiras partidas do Carioca não são novidade para o Flamengo. Na campanha de 2008, por exemplo, quando o Rubro-Negro conquistou o título, venceu nas seis primeiras rodadas. Perdeu a invencibilidade contra o Fluminense, no sétimo jogo. Nos dois últimos anos, o Fla venceu as cinco primeiras partidas da competição, mas acabou empatando na sexta, contra Boavista, em 2009, e Olaria, em 2010. Neste domingo, no sexto jogo do Grupo A da Taça Guanabara, a equipe vai enfrentar o Boavista, em Macaé, às 17h (de Brasília). Um empate garante a vaga nas semifinais.

Durante a pré-temporada em Londrina, no interior paranaense, o técnico Vanderlei Luxemburgo demonstrou otimismo ao afirmar que pretende conquistar muitos títulos com o Flamengo de forma invicta. Para o lateral-direito Léo Moura, a possibilidade motiva.

- Acho que isso vai acontecer naturalmente. Se formos campeões invictos, vai acontecer de uma forma tranquila. Queremos sempre ganhar. É como o Vanderlei disse numa entrevista: a derrota também existe no futebol, faz parte. Para nos bater vai ser mais difícil, estamos motivados a isso. Chegar a um título invicto vai ser muito especial. Continuar assim é importante.

O Flamengo já foi campeão carioca invicto em quatro oportunidades: 1915, 1920, 1979 (naquele ano, foram duas edições. O clube ganhou ambas, sendo a primeira de forma invicta) e 1996.

Com 100% de aproveitamento, o time está com 15 pontos na tabela e ocupa a primeira posição do Grupo A.


Fla estreia com derrota na segunda fase da Liga das Américas de Basquete

O Flamengo começou com pé esquerdo a segunda fase da Liga das Américas de Basquete. Em partida válida pelo Grupo E, com sede em Veracruz, no México, o Rubro-Negro foi derrotado, na noite desta quinta-feira (já madrugada de sexta no Brasil), pelo anfitrião Halcones Rojo, por 81 a 77 (34 a 30).

Na partida preliminar, uma surpresa. O Capitanes de Arecibo, de Porto Rico, bateu o favorito Peñarol Mar del Plata, da Argentina, por 85 a 80, liderando o grupo juntamente com os mexicanos do Halcones, com dois pontos. Flamengo e Peñarol estão em terceiro, com um.

Já pelo Grupo F, com sede em Corrientes, na Argentina, estão o Regatas de Corrientes-ARG, o Halcones de Xalapa-MEX, o Quimsa de Santiago del Estero-CHI e o brasileiro Uniceub/BRB. As partidas serão realizadas somente entre os dias 11 e 13 de fevereiro.

No duelo desta noite, o grande nome do Flamengo foi Marcelinho. Com 27 pontos, o ala foi o cestinha em quadra. Bábby foi outro elemento com bom desempenho pelo quadro brasileiro. O pivô anotou 15 pontos e ainda pegou oito rebotes.

O treinador do Rubro-Negro, Gonzalo Garcia, reconheceu a superioridade do adversário, argumentando que as excessivas falhas de sua equipe acabaram determinando a derrota para os locais.

- Sabíamos da qualidade do time mexicano e de seus bons jogadores. O Flamengo fez uma partida irregular. Fizemos um bom primeiro quarto, mas a partir do segundo, passamos a cometer muitos erros e quando voltamos para a partida, a diferença já era muito grande e não tivemos tempo para virar - salientou o técnico.

Pelo time mexicano, destaque absoluto para Lloreda Ferron, que assinalou 23 pontos e apanhou 11 rebotes, conseguindo um duplo-duplo para a conta pessoal. Com 21 pontos marcados, Stoll também mostrou serviço pelo Halcones Rojos.

A segunda rodada do Grupo E, pela segunda fase da Liga das Américas, será disputada nesta sexta-feira. O Flamengo retornará à quadra para enfrentar o Peñarol Mar del Plata, enquanto os mexicanos encaram o Capitanes de Arecibo, em um duelo de líderes.

Gonzalo Garcia elogia o próxomo rival do Flamengo e, pela forma de jogar do quadro argentino, prevê um duelo diferente.

- O Peñarol é uma grande equipe, que tem um estilo bem sul-americano de jogar, diferentemente do Halcones, que joga no estilo caribenho. Vamos mudar a nossa tática de jogo -avisou o treinador do Fla.


Diego Maurício já pensa em clássico contra a Argentina


Diego Maurício foge de defensor da Colômbia. Flamenguista marcou segundo gol do triunfo brasileiro. Foto: Mowa Press/Divulgação

O atacante Diego Maurício mal saiu de campo e já direcionou o foco para o duelo contra a Argentina


Após a vitória por 2 a 0 sobre a Colômbia, pela segunda rodada do hexagonal final do Sul-Americano Sub-20, o atacante Diego Maurício, que entrou no decorrer do jogo e sacramentou o triunfo do País, já desviou o foco para o clássico diante da Argentina.

"Não será fácil, é um clássico. Todos querem jogar. Vamos trabalhar para sairmos vitoriosos no proximo jogo", disse o autor do segundo gol da vitória brasileira.

O Brasil encara a Argentina na madrugada de domingo para segunda-feira, às 23h10, pela terceira rodada do hexagonal.



Os gols de Brasil 2 x 0 Colômbia pelo Sul-Americano Sub-20

Brasil 2 x 0 Colômbia


Ficha técnica

Estádio: Universidad Nacional San Agustín, Arequipa (PER)

Árbitro: Raúl Orozco (BOL)
Auxiliares: Efrain Castro (BOL) e Francisco Mondria (CHI)


Gols: Casemiro, aos dois minutos do primeiro tempo;o Diego Maurício, aos 44 do segundo tempo


















Cartões amarelos
: Casemiro (Brasil), Díaz (Colômbia)

Brasil: Gabriel, Danilo, Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro; Fernando, Casemiro (Diego Maurício), Lucas, Oscar e Neymar (Henrique); Willian José (Zé Eduardo)
Técnico: Ney Franco


Colômbia: Mosquera, Arias, Saiz, Franco e Viáfara; Díaz, Julio (Cardona), Cuéllar, Calle (Mendoza); Ortega (Castillo) e Escobar
Técnico: Eduardo Lara


Sem patrocinador, Flamengo terá o endereço de seu site na camisa

Ainda sem o patrocinador master para a temporada 2011, o Flamengo decidiu fazer uma propaganda institucional. Na partida contra o Boavista, no domingo, em Macaé, a camisa do Mengão terá o endereço do site do clube (www.flamengo.com.br) estampado na frente e nas costas.

Na vitória sobre o Nova Iguaçu quarta-feira, que marcou a estreia de Ronaldinho Gaúcho, o Flamengo arrecadou R$ 900 mil, tendo como patrocinador master uma operadora de cartão de crédito. No entanto, o acordo era válido somente para aquele jogo e, com isso, o Rubro-negro não teria nenhuma marca em seu lugar. O patrocínio nas mangas da camisa, de um banco, continua no uniforme.

Segundo a diretoria do Flamengo, o objetivo é arrecadar em patrocínios no uniforme um valor entre R$ 40 a 45 milhões neste ano, contando todas as áreas da camisa e do calção. No ano passado, o patrocinador master, uma empresa de laticínios, desembolsou R$ 25 milhões para estampar sua marca.



quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Mello se surpreendeu com fôlego de Ronaldinho

A comissão técnica do Flamengo acreditava que Ronaldinho Gaúcho poderia atuar durante os 90 minutos em sua estreia diante do Nova Iguaçu, mas não teria certeza se a expectativa seria confirmada.

Ronaldinho, por sua vez, demonstrou estar bem fisicamente após 21 dias de trabalhos intensos na pré-temporada, em Londrina (PR), e também no Ninho do Urubu.

- Ronaldinho é um jogador de alto nível. Jogadores assim como ele são imprevisíveis. Eu tinha a convicção de que ele jogaria toda a partida, mas não poderia ter certeza. Ele se sentiu bem. Estava feliz e empolgado com a torcida. Por isso não sentiu tanto o cansaço - explicou o preparador físico Antônio Mello.

O segundo jogo de Ronaldinho será no domingo contra o Boavista, em Macaé (RJ).


Campeonato Carioca: próximos jogos

5ª rodada

02/02 - 17h

América3x1Americano

Edson Passos

02/02 - 17h

Boavista0x1Resende

Bacaxá

02/02 - 17h

Madureira2x1Cabofriense

Conselheiro Galvão

02/02 - 17h

Olaria1x1Macaé

Bariri

02/02 - 17h

Bangu1x1Botafogo

Raulino de Oliveira

02/02 - 21h50

Flamengo1x0Nova Iguaçu

Engenhão

03/02 - 19h30

vasco0x0Volta Redonda

São Januário

03/02 - 19h30

Fluminense3x1Duque de Caxias

Engenhão

6ª rodada

05/02 - 17h

Bangu-x-Cabofriense

Moça Bonita

05/02 - 17h

Macaé-x-Madureira

Cláudio Moacir de Azevedo

05/02 - 17h

Resende-x-Nova Iguaçu

Trabalhador

06/02 - 17h

Volta Redonda-x-América

Raulino de Oliveira

06/02 - 17h

vasco-x-Americano

São Januário

06/02 - 17h

Boavista-x-Flamengo

Cláudio Moacir de Azevedo

06/02 - 17h

Duque de Caxias-x-Olaria

Marrentão

06/02 - 19h30

Fluminense-x-Botafogo

Engenhão



Campeonato Carioca: classificação

Grupo A

CLASSIFICAÇÃOPJVEDGPGCSG%
1
Flamengo
15
5
5
0
0
10
2
8
100
2
Resende
13
5
4
1
0
8
2
6
86.7
3
Boavista
10
5
3
1
1
8
5
3
66.7
4
Nova Iguaçu
8
5
2
2
1
7
5
2
53.3
5
América-RJ
4
5
1
1
3
6
11
-5
26.7
6
Volta Redonda
2
5
0
2
3
1
5
-4
13.3
7
Americano
2
5
0
2
3
5
10
-5
13.3
8
vasco
1
5
0
1
4
4
9
-5
6.7 lanterna, 2ª divisão



Grupo B


CLASSIFICAÇÃOPJVEDGPGCSG%
1
Fluminense
15
5
5
0
0
17
6
11
100
2
Botafogo
13
5
4
1
0
15
4
11
86.7
3
Bangu
8
5
2
2
1
5
4
1
53.3
4
Olaria
7
5
2
1
2
7
10
-3
46.7
5
Macaé
5
5
1
2
2
8
10
-2
33.3
6
Duque de Caxias
4
5
1
1
3
9
10
-1
26.7
7
Madureira
4
5
1
1
3
6
10
-4
26.7
8
Cabofriense
0
5
0
0
5
3
16
-13
0


Estreia de R10 garante salários no Nova Iguaçu por quatro meses e meio

A derrota para o Flamengo no Engenhão praticamente eliminou o Nova Iguaçu da Taça Guanabara, mas o clube da Baixada Fluminense tem bons motivos para comemorar. Além dos vários elogios que o time recebeu pela boa atuação e da grande exposição da equipe, o Nova Iguaçu recebeu R$ 228.514 apenas de arrecadação de bilheteria. Valor suficiente para pagar quatro meses e meio de salários dos jogadores, uma vez que a folha salarial do Laranja da Baixada gira em torno de R$ 50 mil mensais.

Como vencedor da partida, o Flamengo teve direito a R$ 60% da renda: R$ 347 mil. Mas, devido a duas penhoras, uma de R$ 51.415,75 e outra de R$ 34.277,17, a quantia caiu para R$ 257.078, suficiente para arcar com a parte que lhe cabe do primeiro salário de Ronaldinho, uma vez que apenas 25% do salário do craque (R$ 250 mil) saem dos cofres rubro-negros. A diferença para o montante embolsado pelo Nova Iguaçu foi de apenas R$ 28.500.

Em Nova Iguaçu, o dinheiro, a princípio, ajudará a diretoria a arcar com parte das despesas referentes ao Campeonato Carioca. Segundo o presidente Jânio Moraes, o clube gastará com viagens, hospedagens e despesas gerais de jogos cerca de R$ 600 mil até o fim do Estadual.

ronaldinho gaucho marcação flamengo x nova iguaçu (Foto: Marcelo Theobald/Globo)Amaral marca Ronaldinho e patrocinadores comemoram a exibição do jogo (Foto: Marcelo Theobald/Globo)


- As despesas são muitos altas. Esperava arrecadar em torno de R$ 300 mil. Quanto você acha que um cube gasta para disputar o Carioca? Brincando, R$ 600 mil. Reduzimos o déficit para R$ 400 mil. No jogo contra o vasco, por exemplo, tivemos prejuízo. É muito difícil fazer futebol no Brasil. Estamos nessa porque somos apaixonados e gostamos muito. Temos a esperança de vender um jogador. Quem sabe descobrir um diamante? – desabafou o dirigente.

Lamentações à parte, Jânio comemora a ‘ajuda divina’ para o Nova Iguaçu ser o coadjuvante na estreia de Ronaldinho. Para ele, foi uma questão de justiça com um dos clubes que menos arrecada no Estadual.

- Por termos ingressado no Carioca como o vice campeão da segunda divisão do ano passado, nossa cota (R$ 200 mil) de TV é bem menor do que a dos demais times (R$ 1 milhão). Mas Deus nos abençoou. Ele foi lá trazer o Ronaldinho de volta para o Brasil e nos escolheu para a estreia – brincou.

Quem também comemora é o patrocinador do Nova Iguaçu. A empresa de cosméticos paga R$ 240 mil anuais ao clube da Baixada Fluminense (R$ 20 mil mensais). Um valor relativamente barato para a grande exposição que teve nesta quarta-feira, principalmente, se for levado em conta que o Flamengo arrecadou R$ 900 mil de patrocínio apenas para a partida.

A arrecadação total da partida foi de R$ 918 mil. As despesas, porém, chegaram a R$ 347 mil, restando uma renda líquida de R$ 571 mil. Como perdeu a partida, o Nova Iguaçu teve direito a 40%. De acordo com o regulamento do Campeonato Carioca, em todos os jogos da competição, o vencedor recebe 60% da arrecadação, enquanto a equipe derrotada leva o restante. Em caso de empate, os clubes dividem a bilheteria.

Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!