Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 2 de abril de 2011

Ronaldinho Gaúcho deixa o Engenhão mancando

Ronaldinho Gaúcho não brilhou, mas teve boa participação na vitória do Flamengo sobre o Duque de Caxias, por 2 a 0, neste sábado, no Engenhão. No primeiro tempo, o camisa 10 arriscou algumas boas arrancadas pelo lado esquerdo do campo e incomodou os defensores adversários. Na parte final, apareceu mais nas jogadas de bola parada. O craque deixou o estádio mancando, cumprimentou alguns amigos e atendeu alguns fãs. Logo aos seis minutos de jogo, ele sentiu o tornozelo direito em uma dividida.

 Neste domingo, o grupo rubro-negro terá folga. O time volta a trabalhar na tarde segunda-feira. À tarde, viaja rumo a Atibaia, no interior de São Paulo. O grupo fará preparação na cidade até sábado, quando retorna ao Rio e já se concentra para o jogo contra o Botafogo, domingo.



Luxemburgo pede tranquilidade acima de tudo para os jogadores rubro-negros

Melhores momentos de Duque de Caxias 0 x 2 Flamengo pelo Carioca 2011

Rubro-negros se empolgam no Engenhão: ‘O campeão voltou’

Os três empates seguidos na Taça Rio incomodaram, geraram vaias e críticas da torcida. Nada que uma vitória não fosse capaz de amenizar. Neste sábado, o Flamengo voltou a vencer e assumiu a liderança do Grupo A, com 12 pontos. Após os 2 a 0 sobre o Duque de Caxias (gols ao lado), os rubro-negros se empolgaram. Os minutos finais do jogo foram de gritos de “olé” e o “campeão voltou”.

- Sempre estivemos tranquilos, os empates foram resultados normais. Hoje era importante ganhar, fizemos os gols, sabíamos que seria complicado até sair o primeiro gol. Mas depois, numa bola parada, demos sorte para fazer o segundo (contra, marcado por Hamilton) – disse o volante Maldonado.

A partida marcou o reencontro do time com a torcida que vive no Rio. Em março, o Flamengo jogou seis vezes, mas apenas uma no Engenhão (empate sem gols com o Fluminense).

O grupo terá o domingo de folga.

Na segunda-feira, os jogadores treinam na parte da tarde e viajam para o interior de São Paulo. Vanderlei Luxemburgo decidiu levar o time para Atibaia. A equipe ficará por lá até o próximo sábado. No domingo, o Rubro-Negro enfrenta o Botafogo.



Rodrigo Alvim é vaiado no Engenhão

Vanderlei Luxemburgo deu a Rodrigo Alvim a chance de se firmar na lateral esquerda do Flamengo. Depois de ter sido titular no 3 a 3 com o Madureira, domingo passado, o jogador começou a partida contra o Duque de Caxias, neste sábado, pela sexta rodada da Taça Rio. Não chegou a comprometer, mas a paciência da torcida rubro-negra durou pouco. Alvim passou a ser vaiado aos 39 do primeiro tempo. A partir daí, cada erro de passe gerou protestos.

O treinador não esperou muito para tirar o jogador. Aos 14 do segundo tempo, Alvim deu lugar a Diego Maurício. Desta forma, o Flamengo passava a jogar com Drogbinha e Deivid, que substituíra Wanderley no intervalo, na frente. Renato, autor do primeiro gol da vitória por 2 a 0, fora improvisado na lateral esquerda (Hamilton, contra, fez o segundo).

Luxemburgo tem encontrado dificuldades para preencher a posição. Egídio, que começou a temporada como titular, sequer ficou no banco neste sábado. Antes de dar chance a Alvim, o zagueiro Ronaldo Angelim e o próprio Renato foram improvisados. O técnico reconhece a carência no setor.

Depois três empates seguidos (com Fluminense, Cabofriense e Madureira), o Mengão reencontrou a vitória e assume a liderança do Grupo A, com 12 pontos. 


Renato Abreu fala da sequência de empates e comemora belo gol na partida

Ronaldinho Gaúcho comemora invencibilidade no ano e a semana livre para trabalhar

Renato e Ronaldinho brilham e Flamengo vence o Duque de Caxias

O Flamengo precisa da vitória para dar um fim ao jejum que durava três jogos no Estadual. E nos momentos difíceis Renato, o Urubu Rei, sempre aparece para afastar os problemas. Com um golaço e um cruzamento dele, o Flamengo venceu o Duque de Caxias por 2 a 0, na noite deste sábado, no Engenhão, pela sexta rodada da Taça Rio.

Com mais três pontos, o Flamengo que era quarto, avançou três posições e agora é líder do Grupo A.



.

Flamengo 2 x 0 Duque de Caxias

Ficha técnica


Hora: 18h30m (de Brasília)

Local:  Engenhão

Data: 02 / 04 / 2011

Renda: R$ 199.210,00

Público: 9.127 pagantes


Gols
Flamengo:  Renato, aos 28min, e Hamilton (contra), aos 44min do segundo tempo

Duque de Caxias: Fernando; Ari, Vitor, Genílson (Lucão) e Hamilton; Jougle, Juninho, Lenílson e John (Gilcimar); Geovane Maranhão (Gerônimo) e Somália.
Técnico: Waldemar Lemos

Flamengo: Felipe; Leonardo Moura, Welinton, David e Rodrigo Alvim (Diego Maurício); Maldonado, Willians, Renato Abreu e Thiago Neves (Fierro); Ronaldinho e Wanderley (Deivid).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Cartões amarelos
Duque de Caxias: Vitor, Juninho, Lenílson e Hamilton
Flamengo: Willians

A abitragem será de Lenilton Rodrigues Gomes Júnior (RJ), auxiliado por Silbert Faria Sisquim (RJ) e Wendel de Paiva (RJ).



2º tempo: Flamengo 2 x 0 Duque de Caxias

44 min


GOOOOOOLLL DO FLAMENGO!! Hamilton faz contra!! Renato Abreu cruza a bola na área. Hamilton se antecipa a David Braz, mas manda a bola para seu próprio gol, encobrindo Fernando


 
 
 

.

2º tempo: Flamengo 1 x 0 Duque de Caxias




28min

GOOOOOOOOLLL DO FLAMENGO!!! Renato Abreu faz um golaço!! O meia do Fla recebe na intermediária, ajeita a bola e solta uma bomba. A bola toma efeito e entra no ângulo do goleiro Fernando!!





.

2º tempo: Flamengo 0 x 0 Duque de caxias

15 min




ForaRodrigo Alvim, Deivid e Welinton 




2º tempo: Flamengo 0 x 0 Duque de Caxias


5 min

O Deivid é muito merda.

PERDE O GOL DEIVID!! Ronaldinho cobra a falta, a bola desvia na barreira e Deivid consegue dominar e bater para o gol. Fernando consegue abafar a finalização e Genílson salva em cima da linha.



Final do 1º tempo: Flamengo 0 x 0 Duque de Caxias

Flamengo e Duque de Caxias empatam em 0 a 0 no Engenhão. O Mengão domina a partida, mas não consegue furar o bloqueio do time da Baixada.


 Willians comenta o primeiro tempo: "A gente está bem, criando oportunidades. Nós estamos chegando na cara do gol, falta empurrar para dentro."





.

Flamengo vai pedir desfiliação do C13

O Flamengo vai pedir a desfiliação do Clube dos 13, mas só fará isso daqui a um mês. O Fla pediu ao departamento financeiro do C13 explicações detalhadas sobre a operação de adiantamento de receita de TV. O clube quer saber se houve cobrança de juros compostos pelo C13 ao avalizar o empréstimo bancário. O C13 diz que não cobrou um centavo.





Na torcida pelo Milan, Ronaldinho diz que não se arrepende de ter voltado

 

Quase três meses após seu retorno, o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho já pode dizer que não se arrepende de nada. Em entrevista ao jornal italiano “Corriere dello Sport”, o craque do Flamengo revelou estar muito satisfeito na nova casa.

– Estou muito contente, desde o início de 2011 não perdi nenhuma partida. A oportunidade de voltar a jogar em casa era boa. Não me arrependi de minha decisão, era a melhor para todos. O futebol é assim – afirmou o brasileiro, que se ausentou por suspensão contra o Cabofriense pela Taça Rio, mas permanece invicto com o time.

Às vésperas do clássico decisivo entre Milan e Inter de Milão pelo Campeonato Italiano, o brasileiro aproveitou para dar força ao ex-clube. Ele agradeceu ao presidente rossonero e primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, e à torcida pelo apoio que recebeu.

– Me deram muito carinho, mesmo quando as coisas não iam bem. Espero que o Milan vença tanto o dérbi quanto o scudetto. Torcerei aqui do Brasil – disse R10, que lamentou não ter levantado nenhum caneco com o Milan.

Apesar da declarada preferência, Ronaldinho desejou sorte ao compatriota Leonardo, atual técnico da Inter de Milão.

– Está tendo bons resultados no Inter. Desejo uma boa carreira como técnico e que ganhe muitos títulos. Ele merece.



Verba comprometida com Deivid

O dinheiro cedido pela Olympikus para pagar parte do salário de Adriano durante a última passagem do Imperador pelo Flamengo foi parar na conta do atacante Deivid e está comprometido até o fim de 2011.

A fornecedora de material esportivo, que tem contrato com o Flamengo até o fim de 2013, banca cerca de 70% do salário de Deivid. A ideia era que o atacante virasse um ídolo da torcida e aumentasse a venda de camisas do clube. Mas o jejum de gols e má fase do jogador atrapalharam os planos. Deivid marcou nove gols em 30 jogos pelo Rubro-negro.

A empresa vendeu cerca de 1,1 milhão de camisas oficiais do Flamengo durante a conquista do Campeonato Brasileiro de 2009, quando  Adriano vestia o número 10.

Em entrevista esta semana, Deivid admitiu que a sombra de Adriano no Flamengo o atrapalha e o deixa incomodado.




Mentiras de 1º de Abril

E lá, na Ratolândia...



sexta-feira, 1 de abril de 2011

Novo Basquete Brasil


O Flamengo controlou uma reação do São José na reta final e não teve problemas para vencer por 81 a 70.

Sem o pivô Bábby, que deve ficar 20 dias parado por causa de uma lesão no ombro  esquerdo, o Mengão se manteve na segunda posição graças aos 18 pontos de Jefferson e aos 14 de Marcelinho Machado e Hélio. Teague e Duda fizeram 12 cada. O cestinha do São José foi Renato, com 16.



Sem Bábby, o Flamengo teve cinco pontos e cinco rebotes de Átila (Foto: Adenir Britto /  Divulgação)




Confira os resultados desta sexta:

Brasília 90 x 88 Joinville
São José 70 x 81 Flamengo
Araraquara 82 x 90 Pinheiros
Franca 94 x 74 Paulistano
Limeira 61 x 89 Minas
Vila Velha 76 x 93 Bauru
Vitória 87 x 86 Assis

A última rodada no domingo:


10h - Limeira x Flamengo (SporTV)
11h - Uberlândia x Joinville
11h - São José x Minas
11h - Araraquara x Paulistano
11h - Vila Velha x Assis
11h - Vitória x Bauru
12h - Franca x Pinheiros (SporTV)


.

Luxa diz que Fla tem intenção de contratar Vagner Love

Vagner Love retornou à Rússia nesta sexta-feira sem qualquer proposta do Flamengo na mala. Na terça, um encontro do atacante com dirigentes do clube reacendeu na torcida a expectativa de ver o Artilheiro do Amor novamente com a camisa rubro-negra. A passagem dele pela Gávea, no entanto, teve como tema principal o acerto do pagamento da dívida de R$ 700 mil do Rubro-Negro referente ao primeiro semestre do ano passado. Love, que tem contrato até 2014 com o CSKA, negou mais uma vez que estivesse negociando com o Flamengo.

O técnico Vanderlei Luxemburgo confirmou que o clube tem a intenção de contratar o atacante, mas reforçou as palavras do jogador.

- Neste momento não se falou de contrato, a não ser a intenção dele de voltar ao Brasil e do Flamengo de contratar. A situação é diferente da do Adriano, que era algo concreto. Adriano tinha deixado o Roma e estava sem clube. Vagner Love tem contrato - disse, em entrevista à "Rádio Globo".

Luxa desejou sorte ao Imperador, apresentado nesta quinta pelo Corinthians. O técnico também comentou o comportamento de Negueba. Ele considera que o garoto se deslumbrou com a fama repentina e decidiu segurá-lo momentaneamente. Negueba não ficou no banco de reservas no empate por 3 a 3 com o Madureira, em Macaé, continua treinando entre os profissionais, mas deve disputar algumas partidas do Carioca sub-20.

- Ele estava entrando bem, mas em dois jogos que coloquei, ele deixou de jogar para a equipe e quis dar drible para a galera. Eu peguei e disse, "garoto, você vai ficar fora da equipe para saber o que estamos fazendo".

Confira outros trechos da entrevista:

Fla 2010 x Fla 2011 

Houve mudança radical. A minha maior dificuldade como técnico é encaixar Ronaldinho e Thiago Neves na mesma equipe. Não tenho como colocar dois volantes, os dois e mais dois atacantes, porque fico com o setor de meio fraco. A melhor maneira é colocar eles dois como meia e atacante, e um atacante mais por dentro. Monto a equipe buscando o melhor com o que tenho no elenco. Diego Maurício pode até jogar, mas ele e Ronaldinho fazem lado de campo. O Negueba funciona mais como meia-atacante, mas com velocidade de campo diferente. Dentro do esquema com Ronaldinho e Thiago tenho que ter um cara mais próximo, Wanderley ou Deivid. Posso jogar com Deivid e Ronaldo e encaixar o Thiago Neves como número 1; o meio campo que eu gosto, tecnicamente falando não, mas o que me dá alternativa é Maldonado, Willians e Renato. Aí posso deixar o Ronaldinho mais solto.

Projeto do Flamengo

O projeto do Flamengo é fazer uma equipe forte. O clube tem que entrar nas competições para ganhar. No Carioca, a gente tem a obrigação de entrar na semifinal. Depois, se vai ganhar ou perder, é diferente, mas tem obrigação de brigar. O projeto é levar o Flamengo para grandes disputas. A outra é estrutura. Sem isso não adianta, é um castelo de areia. Semana que vamos fazer o lançamento das instalações provisórias do Ninho do Urubu e dar o start na construção permanente. Ano que vem o time tem que estar na Libertadores. Com a receita que vai ter, ano que vem o Flamengo não pode ficar fora das maiores competições da América do Sul. Esse projeto mexe ainda com as categorias de base. Desde que cheguei abri uma janela para os meninos. A partir do ano que vem, esses meninos que ganharam a Copa São Paulo de Juniores vão passar a ser mais aproveitas. O clube vai poder fazer a base do elenco com esses meninos.

Cobrança da torcida

Essa coisa é a adrenalina do futebol. Sem isso, o futebol não existe. Se começarmos a fazer gol e a ganhar, voltar à rotinha de vitórias, o torcedor vai com a gente. Eu não tenho nenhuma dúvida de que o Flamengo está no caminho certo. Esta discussão faz parte do futebol. É assim que você cresce. A torcida do Flamengo não pode ser meia dúzia que foi ali para trás (do banco de reservas no empate com o Madureira, em Macaé).

Negueba

Todos os jogadores têm tendência a crescimento mudam de comportamento. Então a gente tem que chegar e puxar de novo. Hoje em dia um menino tem assessor, advogado, procurador. Ele estava entrando bem, mas em dois jogos que coloquei, ele deixou de jogar para a equipe e quis dar drible para a galera. Eu peguei e disse, "garoto, você vai ficar fora da equipe para saber o que estamos fazendo". Ele tem que jogar para a equipe.

Maior rival no Rio

No processo crescente, o Vasco está ocupando um espaço muito rápido, está num momento emocional muito bom. O Vasco está crescendo. O Fluminense é o campeão brasileiro, e agora depois do jogo da Libertadores, contra o América-MÉX, também cresceu, está motivado de novo. Jogando no Centenário, tem totais condições de bater o Nacional. E o Botafogo é o atual campeão carioca.

Adriano vai brilhar no Corinthians?

Espero que contra a gente não. Mas que ele tenha sucesso, não tenho que torcer contra. Que ele volte a ser um grande jogador.

Semana de treinos em Atibaia-SP

Estamos indo para Atibaia para uma semana de trabalho, é reta decisiva do Carioca e da Copa do Brasil.

Tática de confronto em coletivas

A gente vai aprendendo com o tempo. Quando o cara vem com aquela pergunta dura, você vai no peito dele para ele recuar, e os outros caras vão junto, já não vêm tão duros.


Time de Léo Moura freia bonde de Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves



Evento comum em véspera de jogo, o rachão no Flamengo está se tornando coisa séria. A "panela" de Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves lidera a disputa contra o time de Léo Moura e Ronaldo Angelim em 2011. Mas, na manhã desta sexta-feira, no último treino antes do duelo contra o Duque de Caxias, pela 6ª rodada da Taça Rio, a história foi diferente. Com Willians inspirado, o time do lateral-direito deu show no Ninho do Urubu e diminuiu a vantagem de R10 e companhia (confira no vídeo ao lado).
- A divisão já é desde o ano passado. O Juanzinho, que foi para o São Paulo, e o Renato encabeçavam o time sem colete, enquanto eu e Angelim lideramos a nossa equipe. Eles ainda estão em vantagem. Estão tirando proveito no ano. Mas a gente ainda vai chegar lá. Nosso trabalho é a longo prazo. Estamos pensando lá no Brasileiro. A gente ainda vai chegar - brincou Léo Moura.
Depois da animada disputa, o time vencedor posou para os fotógrafos. Todos os jogadores fizeram o estilo marrento, imitando Ronaldinho Gaúcho na semana passada.
- Eles estão sete vitórias à frente, mas a gente vai buscar. Nosso time não desiste. É como a Fênix, ressurge das cinzas - completou o líder dos "com colete".
jogadores flamengo rachão treino (Foto: Richard Fausto / Globoesporte.com)Time de Léo Moura posa ao estilo marrento de Ronaldinho

Diego Maurício encurta as tranças e abandona o estilo Serena Willians

Depois de servir à Seleção Brasileira sub-20 em janeiro e fevereiro, Diego Maurício voltou ao Flamengo com penteado diferente e tranças alongadas. Foi o bastante para os companheiros de clube alterarem o apelido do atacante: saiu Drogbinha e entrou a tenista americana Serena Willians. No treino recreativo desta sexta-feira, o jogador voltou a usar o corte que lembra mais o atacante marfinense Didier Drogba, do Chelsea, da Inglaterra.

Neste sábado, o Flamengo enfrenta o Duque de Caxias, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão, pela sexta rodada da Taça Rio. Diego deve continuar no banco de reservas. O atacante tem entrado bem nas partidas, mas ainda não conseguiu convencer o técnico Vanderlei Luxemburgo a escalá-lo como titular. Ronaldinho e Wanderley serão mantidos na linha de frente.


diego mauricio flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com) 
Diego Maurício encurtou as tranças e relembrou o visual Drogbinha  (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com)
 
 
 
Diego Maurício no treino do Flamengo (Foto: Maurício Val / VIPCOMM)
 
De rabo de cavalo, vinha sendo chamado de Serena Willians (Foto: Maurício Val / VIPCOMM)
 
 
 
 

Flamengo renova contrato de Galhardo, Vitor Hugo e Thomas

O Flamengo renovou, nesta sexta-feira (01.04), o contrato de três promessas das categorias de base. Galhardo, de 19 anos, Vitor Hugo e Thomas, de 18, estenderam seu vínculo com o clube por mais cinco anos (31.03.16) e poderão desenvolver todo o seu futebol tranquilamente na segunda casa de ambos.

Campeão Sul-Americano sub-20 com a seleção brasileira neste ano, Galhardo já é uma realidade no futebol brasileiro. Integrado ao elenco principal do Flamengo desde 2009, participou inclusive da campanha do hexacampeonato pelo clube.

O jovem lateral direito chegou ao Flamengo ainda na categorias mirim, contratado junto ao Friburguense. Desde então, despontou e sempre foi considerado uma das jóias de sua geração.

"Com esse acerto de hoje, firmamos um projeto para trabalhar a consolidação do Galhardo como jogador de seleção brasileira. Ele ganhou título pela sub-20 esse ano e esperamos que consiga ir ao Mundial da categoria. O mais legal nisso tudo foi que conversamos muito com o jogador e com sua família. Explicamos que temos muitos planos para o futuro dele aqui no clube", afirmou o direto de futebol Luis Augusto Veloso.

Já os jovens Thomas, atacante, e Vitor Hugo, volante, ainda estão nos juniores. Mas o primeiro se tornou conhecido da torcida rubro-negra ao participar da campanha vitoriosa na Copinha 2011. Foi ele que marcou cinco gols num só jogo na competição, diante do Gurupi-TO. Além disso, ele também sofreu o pênalti que originou o gol do título, marcado por Negueba.

"Com esses dois acertos, consolidamos ainda mais nosso plantel de jovens jogadores e demos mais um passo em nosso planejamento a longo prazo para o futebol", completou Veloso, revelando que Galhardo já teria, inclusive recebido proposta do futebol italiano.

"O Galhardo é um jogador que já desperta interesse do mercado internacional. Recentemente tivemos uma proposta oficial da Juventus (ITA), mas não consideramos satisfatória para o clube nem para o jogador. Nosso interesse é mantê-lo conosco", finalizou o dirigente rubro-negro. 
 
 

Traffic aposta em Fla e Flu para gerir Maracanã

 
 
A Traffic aposta nos contratos com Flamengo e Fluminense para conseguir a gestão parcial do Maracanã. Antes mesmo de o estádio ficar pronto, o consórcio Odebrecht/Andrade Gutierrez/Delta devem procurar os clubes para negociar. Sua rival é a Internation Stadium Group (ISG), que vai gerir a Arena de Recife depois da Copa.
 
 
 

Titular contra o Madureira, Lorran não enfrenta o Duque de Caxias

Lorran treino Flamengo (Foto: VIPCOMM)
No empate por 3 a 3 com o Madureira, domingo passado, em Macaé, Vanderlei Luxemburgo deu a Lorran, de 18 anos, a chance de estrear no time profissional do Flamengo. Com Renato suspenso, o volante foi titular nos primeiros 45 minutos da partida, teve atuação regular e acabou substituído no intervalo.

Nesta sexta-feira, o garoto ficou fora da relação para o jogo contra o Duque de Caxias, neste sábado, no Engenhão, às 18h30m (de Brasília), pela sexta rodada da Taça Rio. Após o rachão, o jogador deixou o Ninho do Urubu de carro enquanto o grupo embarcava no ônibus para seguir até a concentração.

O atacante Negueba, que ficou fora do banco de reservas no jogo passado, foi relacionado normalmente pelo treinador. O time titular terá Felipe, Léo Moura, Welinton, David e Rodrigo Alvim; Willians, Maldonado, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Wanderley.

O Rubro-Negro precisa da vitória para manter as chances de classificação à semifinal. Com nove pontos, está em quarto no Grupo A. Vasco, Boavista e Americano, nesta ordem, têm dez.



Léo Moura nega exageros noturnos: 'Temos de viver, somos humanos'



Pelo menos no discurso oficial, os jogadores do Flamengo concordaram com o técnico Vanderlei Luxemburgo no que diz respeito à decisão de passar toda a semana que vem em Atibaia, no interior de São Paulo. Depois de três empates seguidos, o treinador entendeu que era o momento de tirar o time do Rio, para  fugir da vida noturna.
Léo Moura disse que será uma semana importante, mas não considera que o time está exagerando fora de campo.
- A concentração tem de existir sempre. Temos de manter a alegria do grupo, mesmo com algumas pessoas querendo conturbar. Cada um tem sua vida particular. Sabemos que tem o momento de sair e o momento de nos resguardar. Mas temos de viver, somos seres humanos, não somos diferentes - comentou.
O volante Maldonado lembrou que o time corre risco de ficar fora da fase final da Taça Rio. E frisou que logo depois o Flamengo fará o jogo de ida contra o Horizonte, pelas oitavas da Copa do Brasil, ainda sem local definido (a ordem do mando de campo é decidida por sorteio da CBF).
- O treinador teve uma conversa com a gente sobre a importância dessa semana de preparação. Vamos enfrentar o Botafogo e depois tem Copa do Brasil. A conversa foi para falar de algumas coisas que estavam faltando. Coisas que temos de cuidar para que os empates não continuem acontecendo e todos não comecem a duvidar do trabalho que está sendo feito - analisou o chileno.

patricia amorim luxemburgo  flamengo (Foto: Richard Fausto / Globoesporte.com)Patrícia Amorim conversa com Luxemburgo após o treino (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
Patrícia Amorim esteve no Ninho do Urubu nesta manhã. Em entrevista ao jornal 'Marca Brasil', a presidente comentou que ia dar apoio a Vanderlei Luxemburgo, pressionado desde que se posicionou publicamente contra a contratação de Adriano.
Patrícia se reuniu em uma das salas do CT com o treinador, acompanhada de outros dirigentes.

Fla confirma treinos em Atibaia na próxima semana

O Flamengo confirmou em seu site oficial que os jogadores irão treinar em Atibaia na semana que vem. O retiro fora do Rio foi tema de uma longa conversa de Vanderlei Luxemburgo com o grupo na última quarta-feira. No papo, o treinador cobrou mais disciplina do grupo nesta reta final da Taça Rio.

O elenco ficará concentrado no interior de São Paulo de segunda a sexta, retornando ao Rio de Janeiro apenas no sábado, um dia antes de enfrentar o Botafogo, pela Taça Rio. Haverá treino integral na terça e na quinta.

Depois de três empates seguidos, contra Fluminense (0 a 0), Cabofriense (0 a 0) e Madureira (3 a 3), o Flamengo precisa vencer o Duque de Caxias neste sábado, às 18h30m, no Engenhão. A equipe está em quarto lugar no Grupo A, um ponto atrás de vasco(2ª divisão), Boavista e Americano.



.

Próximo rival do Flamengo, surpresa Horizonte tem presidente rubro-negro


Paulo Wagner presidente horizonte adversário do flamengo copa do brasil (Foto: Divulgação)
Do alto de seus recém-completados sete anos de existência, o Horizonte, do Ceará, está prestes a disputar o jogo mais importante de sua história. Depois de despachar Asa e Guarani, times que vão disputar a Série B do Brasileirão em 2011, o Galo do Tabuleiro, como é conhecido o clube cearense, agora terá pela frente ninguém menos que o Flamengo na terceira fase da Copa do Brasil. O feito da equipe é motivo de orgulho para todos no Horizonte. Para o presidente, Paulo Wagner, o sabor é ainda mais especial. Afinal, o clube que dirige vai encarar o time de seu coração.


Por telefone, Paulo Wagner contou ao GLOBOESPORTE.COM que se apaixonou pelo Flamengo quando viu jogar a geração de Zico e companhia. Engana-se, entretanto, quem acha que o coração de Paulo estará dividido quando a bola rolar para Horizonte x Flamengo.

- É uma satisfação muito grande enfrentar o Flamengo, pode ter certeza. Mas se tiver que morrer alguém, que morra o Flamengo. A gente sabe que é muito difícil ganhar, mas temos um grupo forte. É difícil, mas não impossível - declarou o presidente.

Palco do jogo contra o Flamengo tem capacidade para 10.500 pessoas

Horizonte fica na região metropolitana de Fortaleza, a 40 km da capital. O time manda seus jogos no estádio Domingão, que fica na cidade. Apesar de a capacidade ser de 10.500 pessoas, Paulo Wagner já confirmou que é lá que o Galo do Tabuleiro vai duelar com o Urubu. A CBF vai sortear em 7 de abril os mandos de campo para os confrontos da fase de oitavas de final, que não começarão a ser disputados antes do dia 13.

A opção de levar o jogo para o Castelão está fora de cogitação, uma vez que o estádio da capital acaba de ser fechado para as obras visando à Copa de 2014. O estádio Presidente Vargas, segundo maior de Fortaleza, passa por reformas e ainda não foi liberado pelas autoridades para receber partidas, nem mesmo do Campeonato Cearense.

- Vai ser no Domingão mesmo. Estamos estudando a possibilidade de usar mais um lance de arquibancadas, só para este jogo, onde caberiam mais 5 mil pessoas. Mas ainda não sabemos se será possível - explicou Paulo Wagner, que também já foi presidente do Ferroviário e assumiu o Horizonte em dezembro de 2009, a convite do prefeito da cidade.

time do horizonte campeão adversário do flamengo copa do brasil (Foto: Divulgação) 
Festa pelo título da Copa Fares Lopes 2010, que valeu a vaga na Copa do Brasil (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Horizonte, por sinal, é a maior patrocinadora do clube desde que ele se tornou profissional, em 2004. O primeiro título, o da Segundona Cearense, aconteceu em 2007. Desde então, o Horizonte não deixou mais a elite do futebol local. Ano passado, mais duas conquistas: a do Campeonato do Interior e a da Copa Fares Lopes, que valeu a classificação para a Copa do Brasil de 2011.

Salários dos atletas variam entre R$ 600 e R$ 4 mil

O elenco atual não tem grandes craques, nem mesmo aqueles em fim de carreira. Os salários variam entre R$ 600 e R$ 4 mil. O time tem como técnico Roberto Carlos, auxiliar que assumiu há pouco mais de um mês como interino, após a demissão de Erasmo Forte, e foi mantido no cargo até hoje.

Sem procurar adotar discurso politicamente correto, o presidente apontou a força do grupo como grande virtude do Horizonte.

- A cada jogo, um atleta é decisivo. Contra o Guarani, foi Diego Palhinha, que fez os dois gols (no empate por 2 a 2, em Campinas, que valeu a classificação - gols ao lado). Outro dia foi o goleiro... Este grupo se fechou e é este o ponto forte da gente - garantiu Paulo Wagner.

A campanha do Horizonte no Campeonato Cearense é até bem razoável. No primeiro turno, o time se classificou para a fase semifinal, mas foi eliminado pelo Ceará, que viria a ser campeão. No segundo turno, o desempenho já não é assim tão bom. O Galo aparece em sétimo lugar, com sete pontos, três abaixo do Ferroviário, último time dentro do G-4. Restam seis rodadas e o mandatário Paulo Wagner acredita que há tempo para uma reviravolta.

- Dos cinco jogos do returno, quatro foram fora de casa. Agora isso vai ser compensado nos últimos jogos, e acredito que a gente pode se recuperar dentro da nossa casa - explicou.

Para o Flamengo, o confronto com o Horizonte oferece, por dois motivos, a sensação de déjà vu. Na segunda fase, o Rubro-Negro enfrentou outro cearense, o tradicional Fortaleza. Já na rodada de abertura, o rival foi o alagoano Murici, cujo presidente é flamenguista. Em ambas as ocasiões, não houve freio para o bonde rubro-negro.


Craque do Fla, Ronaldinho vira desenho animado na Itália em 2012

Há pouco mais de um ano e meio, quando ainda jogava no Milan, Ronaldinho Gaúcho anunciou em seu site oficial que poderia entrar no mundo dos desenhos animados. Mas só agora o projeto saiu do papel e irá virar realidade em 2012. Segundo o jornal italiano “Corriere dello Sport”, uma série direcionada a crianças de 4 a 14 anos será produzida pela empresa Gig Italia Entertainment, e transmitida pela TV italiana a partir do ano que vem. Serão 52 episódios com duração de 11 minutos cada.

desenho animado ronaldinho gaúcho (Foto: Divulgação)Ronaldinho Gaúcho será personagem de desenho animado na TV italiana (Foto: Divulgação)
 
 
O desenho animado do craque rubro-negro surgiu de uma parceria do jogador com o cartunista Maurício de Souza, criador do gibi que conta a história da família de Ronaldinho.

Na produção, Ronaldinho não é o famoso jogador de futebol, e sim um menino com muita habilidade com a bola nos pés e o sonho de se tornar um grande atleta. Além de Gaúcho, outros personagens aparecem no desenho, como seus familiares, amigos e até os cachorros.


Luxa ordena freio nas noitadas e promove retiro em Atibaia

Luxemburgo treino Flamengo (Foto: Fábio Borges / VIPCOMM)
O bonde sem freio saiu da inércia, acelerou e está em vias de descarrilar. A invencibilidade de 18 jogos escora as críticas, mas não sustenta a governabilidade do Flamengo. Diante do risco que se avizinha, o maquinista Vanderlei Luxemburgo resolveu acionar a trava de emergência. Na última quarta-feira, o treinador reuniu o grupo no centro do gramado do Ninho do Urubu, decretou restrições sobre as noitadas, desabafou sobre o caso Adriano e, irritado, fez ameaças.

Este último item referia-se ao sigilo da reunião. Ele avisou que se a imprensa soubesse do que fora tratado no Ninho do Urubu “buscaria o x-9” a qualquer custo. Porém, um dirigente soube da conversa e relatou ao GLOBOESPORTE.COM.

Luxemburgo vê no horizonte as partidas decisivas da Taça Rio. No momento, o time é o quarto colocado no Grupo A, com oito pontos. Outros tropeços colocariam o futuro do treinador e de seu projeto na berlinda. 
Principalmente porque existe pouco apoio da torcida. As atuações nada convincentes e a postura no caso Adriano implodiram a confiança de parte dos torcedores. No discurso ao elenco, o treinador voltou a mostrar desconforto com o tema Imperador. E alimentou uma crise que ele próprio faz questão de negar, mas não consegue digerir.

- Esses caras (jornalistas) tratam como se o Adriano estivesse no grupo. Eles conseguem colocá-lo no noticiário diariamente. Parece que ele é jogador do Flamengo. Não quero mais ouvir esse nome aqui – determinou.

Treinos longe do Rio

O grande argumento para esnobar o atacante é a nova filosofia, pautada na disciplina. Por isso, mantê-la e respaldá-la virou um esforço diário para a comissão técnica e a diretoria. Fora um atraso ou outro, a assiduidade do elenco é quase de quartel. Mas isso não significa um time de anjinhos. O desempenho dos atletas nas noitadas também é de time invicto. O apelido “bonde sem freio”, aliás, surgiu nas repetidas reuniões dos solteiros do grupo.

O treinador sabe e esticou a corda para segurá-los. Se durante o carnaval Vanderlei marcou treinamentos em horários que permitissem a folia dos comandados, desta vez, a ordem é diferente. Ele pediu de forma enfática e textualmente para que os jogadores “pisassem no freio” e evitassem as noitadas.

Para se certificar de que será atendido, ele planejou um retiro em Atibaia, no interior de São Paulo, na próxima semana. A viagem servirá para tentar melhorar um ambiente confuso. Os jogadores relatam um treinador estressado e temem pelo pior no Brasileiro.

- O esquema de jogo não está funcionando, o time não consegue criar. Se temos dificuldades no Carioca, imagina quando jogarmos o Brasileiro, contra equipes mais fortes? Só que não adianta, ele (Luxemburgo) quer do jeito dele – disse um dos jogadores.

Vanderlei pensa grande. Olha para a invencibilidade e considera que a marca o credencia a sonhar com a repetição de um feito que alcançou no Cruzeiro, em 2003: a tríplice coroa, com as conquistas do Carioca, Copa do Brasil e Brasileiro. Os atletas relatam que há obsessão pelo tema.

Quando demonstrou destempero em uma das entrevistas coletivas no Ninho do Urubu ao se negar a comentar o assunto Adriano, o técnico foi criticado por pessoas próximas à presidente Patrícia Amorim. Vanderlei mudou o tom, mas depois do empate em 3 a 3 com o Madureira no último domingo, quando foi vaiado e ouviu da torcida gritos pelo atacante, ele afirmou que alguns torcedores recebiam uma "graninha" para fazer protestos.

Nesta quinta-feira, durante a entrevista coletiva,Vanderlei fez questão de sorrir, falou sobre as vaias e comentou sobre o mesmo assunto que proíbe os jogadores de falarem: Adriano.

- As vaias pertencem ao futebol. Estou calejado. Quem não estiver preparado para isso, está morto. Um processo momentâneo aconteceu ao Flamengo. Entendemos tudo aquilo (assunto Adriano) que aconteceu. Mas ele já acertou com outro clube. O torcedor pode pensar que perdeu um ídolo, craque, ficou órfão. Não tenho nada que contestar, nem discutir. A torcida é fantástica, maravilhosa.


‘Olé’ brinca com apresentação de Adriano no corinthians: ‘Gordo por gordo’

O diário argentino “Olé” não perdeu a oportunidade de dar uma alfinetada no futebol brasileiro após a apresentação de Adriano no Corinthians, nesta quinta-feira, em São Paulo. O jornal brincou com o fato de Ronaldo, que anunciou aposentadoria há pouco mais de um mês, ter dado boas-vindas ao Imperador.

– Gordo por gordo – diz a manchete.

Apesar da rivalidade, os hermanos destacaram as chegadas recentes também de Luis Fabiano, pelo São Paulo, e Ronaldinho Gaúcho, pelo Flamengo. Para a reportagem, o futebol brasileiro “vai continuar dando samba”.

print Olé Ronaldo Adriano (Foto: Reprodução)Reprodução da página do 'Olé': jornal brinca com as boas-vindas do Fenômeno ao Imperador (Foto: Olé)


.

Fla entrará com recurso por Taça das Bolinhas

O Flamengo adotou uma nova postura para ter a Taça das Bolinhas de vez. O diretor jurídico Rafael de Piro foi a São Paulo para resolver algumas questões burocráticas e revelou que vai entrar na Justiça exigindo que a taça seja entregue diretamente ao Flamengo, sem passar pela Caixa Econômica. O clube já ganhou instâncias no Rio e em Brasília.

– Estou tratando disso em São Paulo para resolver logo a situação. Entrei com um recurso para que a Taça das Bolinhas venha direto para o Flamengo. Teremos mais novidades sobre isso nas próximas semanas – disse o dirigente.

O Flamengo quer que o São Paulo cumpra a decisão proferida pelo juiz da 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro em relação ao destino da Taça das Bolinhas, depois que a reclamação do Tricolor paulista teve seguimento negado no dia 3 de março pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O São Paulo, na ocasião, entrou com uma petição para o STJ "analisar" a liminar da Justiça do Rio de Janeiro, que obriga o clube a devolver a Taça das Bolinhas. Porém, a ministra Maria Isabel Gallotti negou. Ela alegou que "o STJ não se manifestou sobre o mérito da questão, isto é, sobre quem efetivamente é o campeão brasileiro de 1987".


quinta-feira, 31 de março de 2011

Neusa Félix celebra entrada do Flamengo na F-Truck

Os motores da Fórmula Truck começam a roncar nesta sexta-feira no Rio de Janeiro. Mas antes da largada, um encontro entre duas forças femininas foi realizado nesta quinta-feira: Neusa Félix, presidenta da categoria, e Patricia Amorim, mandatária do Flamengo. A parceria do Rubro-Negro com a Truck promete render.

O encontro foi realizado na sede do clube, na Gávea. Neusa entregou um troféu para Patricia Amorim para simbolizar a entrada do Flamengo nas pistas.

– Você que está acostumado a assistir a futebol com um monte de jogadores correndo atrás de uma bola, agora verá um monte de caminhões andando junto. Essa junção deu certo, está bacana. A gente sabe de um poder de uma torcida, tanto o Corinthians (Roberval Andrade) quanto o Flamengo (José Maria Reis e Leandro Reis) têm muita torcida. Você vai para torcer por eles, mas de outra maneira – disse Neusa para Patrícia no encontro.

– A parceria entre Flamengo e a Truck foi sacramentada para toda a temporada-2011. Patricia Amorim destacou a nova empreitada.

– Já começou dando certo! Recebemos um troféu (risos). O Flamengo alça outros voos, dá uma reforçada na marca, na instituição. A velocidade tem tudo a ver com o clube. Estamos na Fórmula Truck porque é um bom projeto, tem uma boa organização, a gente acolheu bem. Com duas mulheres no comando então, tudo funciona bem! – brincou a presidenta rubro-negra.


Bate-Bola

Neusa Navarro Félix (Presidenta da F-Truck)

Qual é a importância de um clube como o Fla na F-Truck?
Tudo que vem para ajudar é bem-vindo. Nada mais legal do que o torcedor poder ir para o autódromo ver seu time. É uma junção que vai dar muito certo. Para nós é muito importante.

Existe a possibilidade de a Truck acolher outros clubes para a categoria?
A gente já teve um contato com o Santos. A vinda do Flamengo vai trazer outros clubes, tenho certeza. Ano passado foi o Corinthians, que estourou (e foi campeão com Roberval Andrade), agora é Flamengo. Não temos nada certo com Santos, mas essa é uma junção legal: futebol com automobilismo. Acho que tem tudo a ver.


Luxa explica advertência a Wanderley em coletivo

A vontade e vibração em campo são as marcas de Wanderley. Mas no coletivo desta quinta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo não gostou da dividida do atacante com o goleiro Paulo Victor e advertiu: "Vai querer chutar a cara do cara?" Ele foi mantido no time titular e deve atuar ao lado de Ronaldinho na partida deste sábado, contra o Duque de Caxias.

Após o treino, o técnico Vanderlei Luxemburgo explicou a advertência ao atacante, artilheiro do time com cinco gols na temporada. Luxemburgo ficou preocupado com uma possível lesão do goleiro Paulo Victor e resolveu "puxar o freio" do jogador.

- Não teve nada demais. Só falei para ele ir com calma. De repente ele quebra o cara no treino e estou morto. Mas não quero que ele perca isso. Já nos deu uma vitória pra gente assim. Ele é de raspar, cair... Ele está sempre no local certo. Não podemos esperar algo muito técnico dele - explicou o treinador.


Moacyrzão é alternativa de casa do Fla para jogos do Brasileiro

As conversas entre o Flamengo e a prefeitura de Macaé começaram na semana passada. Em pauta, o interesse do clube e do município de promover jogos do time rubro-negro pelo Campeonato Brasileiro no Cláudio Moacyr. A ideia está em fase preliminar e depende da ampliação do estádio. Atualmente, o Moacyrzão está liberado para receber 12 mil torcedores, três mil lugares a menos do que o estabelecido pelo regulamento da competição, que começa em 21 de maio.

Estádio Macyrzão Macaé (Foto: Richard Fausto / Globoesporte.com) 
Casa do Fla no Carioca, Moacyrzão será ampliado  (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

- Estamos tendo uma conversa com o Flamengo para atender às expectativas e podemos incluir os jogos do Brasileiro. Nossa previsão seria chegar à capacidade mínima necessária num período de 60 a 90 dias. Depois, ampliar com mais seis mil lugares e chegar a 21 mil – informou o prefeito de Macaé, Riverton Mussi, por telefone.

PARTIDAS DO FLAMENGO EM MACAÉ - 2011
Jogo Data Público
Flamengo 2 x 0 Americano 26/01 8.105
Boavista 2 x 3 Flamengo  06/02 8.000
Flamengo 1 x 0 Resende 13/02 4.588
Bangu 1 x 2 Flamengo 10/03 5.270
Cabofriense 0 x 0 Flamengo 20/03 1.570
Flamengo 3 x 3 Madureira 27/03 3.542
Obs: os números se referem ao público pagante.

Nesta sexta-feira, será aberto o processo de licitação para a escolha da empresa que irá executar a obra. O edital deve sair dentro de dez dias e, se tudo correr bem, o processo será concluído em um mês.

Estima-se que a obra completa dure cerca de quatro meses e custe R$ 20 milhões. O investimento, motivado principalmente pelo interesse do Flamengo, será todo feito pela prefeitura de Macaé.

- Com a chegada do Flamengo e de grandes times que utilizaram nossas instalações, estamos vendo uma boa perspectiva. Nossa cidade recebe gente de todo o país, seria um grande atrativo para a população poder participar dos jogos do Brasileiro. Isso nos animou a atender a exigência da CBF para poder ter o estádio na Primeira Divisão.

Construído em 1982, o Moacyrzão foi reformado em agosto de 2010. Foram investidos R$ 21 milhões pela prefeitura para dar cara nova ao palco, que ganhou ar de modernidade e um gramado impecável. Vizinho das duas maiores favelas da cidade, a Nova Holanda e a Nova Esperança, foi erguido perto do mar e do aeroporto, que opera voos para Rio e Vitória. São 26 portões de acesso, banheiros para deficientes, dois bares, 172 refletores, uma escola municipal e estacionamento para 2.500 carros. No projeto de ampliação, estão previstas a urbanização do entorno, a construção de uma escola, de um centro comunitário e de quadras poliesportivas. Faltam numeração nas arquibancadas, aumento do sistema de câmeras de segurança (oito estão instaladas, restam 13) e elevadores.

CONHEÇA AS INSTALAÇÕES ATUAIS DO ESTÁDIO MUNICIPAL DE MACAÉ


Da parte do Flamengo, a intenção ainda é embrionária. Com o fechamento do Maracanã para as obras da Copa do Mundo de 2014, o clube passou a mandar seus jogos no Engenhão. O Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e o Moacyrzão viraram alternativas. A segunda agrada mais, segundo o diretor de futebol Luiz Augusto Veloso:

Quanto custa jogar no Moacyrzão, em Macaé?

Locação do estádio: R$ 13 mil
Aluguel de grades para separação do público: R$ 3 mil
Taxa de iluminação: R$ 2 mil
 
- Quando não tivermos estádio para jogar, quando o Botafogo jogar no Engenhão, por exemplo, temos de ter um estádio alternativo. Precisamos evoluir na conversa com a prefeitura de Macaé e aguardar o andamento das obras. O estádio tem condições de nos receber, o gramado é de boa condição, os vestiários são confortáveis. A outra alternativa é Volta Redonda, mas o hotel não tem o mesmo nível, os jogadores não gostam do estádio, não nos adaptamos. A viagem é mais desgastante (duas horas de ônibus), já que quase 90% das que fizemos a Macaé foram de avião (30 minutos). Não temos alternativa. Quando é possível, jogamos no Engenhão, que é muito mais perto. Não é o nosso estádio, não é o ideal, mas é onde não temos os desgaste de viagem.

Lar do sufoco
Apesar da ideia do técnico Vanderlei Luxemburgo de perpetuar Macaé como casa, o Flamengo ainda não brilhou por lá. Em seis partidas, foram quatro vitórias apertadas e dois empates com equipes de menor expressão (Cabofriense e Madureira). No último fim de semana, por decisão dos jogadores, a delegação viajou de ônibus. Trocaram meia hora de voo em aviões pequenos e desconfortáveis por três horas na rodovia (BR-101).

A participação da torcida também tem decepcionado. O maior público pagante de um jogo do Flamengo no estádio foi registrado em 26 de janeiro, na vitória por 2 a 0 sobre o Americano: 8.105 pessoas. Na segunda partida, em 6 de fevereiro, triunfo por 3 a 2 sobre o Boavista, com Ronaldinho em campo. Oito mil compareceram. Desde então, a presença dos rubro-negros despencou. Contra o Cabofriense, por exemplo, dia 20 de março, só 1.570 torcedores pagaram ingresso. O menor número em partidas do time na cidade até então.

Como a ampliação do Cláudio Moacyr não ficará pronta para a estreia do Flamengo no Brasileiro, dia 21 de maio, contra o Avaí, o clube busca alternativas. A partida está marcada para o Engenhão, mas o Botafogo, concessionário do estádio, reservou o local para o show de Paul McCartney (sábado e domingo).



Luxa, sobre R10: 'Na hora da decisão os grandes jogadores crescem'


Luxemburgo ronaldinho gaúcho Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)
Um jogador de alto nível cresce na hora das decisões. Com esse pensamento, Vanderlei Luxemburgo está convicto de que Ronaldinho Gaúcho terá uma subida de produção e um brilho maior na decisão do Campeonato Carioca. O técnico afirmou que todo ser humano tem seu dia ruim, como foi o do camisa 10 no empate em 3 a 3 com o Madureira, no último domingo.

- O Ronaldinho é um atleta de alto nível, mas, como todos, também tem seu dia ruim. Ele vem num processo de readaptação ao futebol brasileiro. A tendência é evoluir naturalmente, ele está no caminho certo. Muitas vezes é difícil manter o jogador talentoso motivado entre os jogos. Mas na hora que se aproxima a decisão, os grandes jogadores crescem. Quando chega na final, eles querem ganhar, sabem o que fazer. Não tenho dúvida de que será assim com Ronaldinho - afirmou Luxemburgo.

Vanderlei garantiu ainda que o percentual de gordura de Ronaldinho Gaúcho está em 10,2%, valor considerado ideal na avaliação do departamento de preparação física.

Apostando no camisa 10, o Flamengo enfrentará o Duque de Caxias, sábado, às 18h30m, no Engenhão. Para este jogo, Vanderlei sabe que um novo tropeço pode significar o fim do sonho de conquistar também a Taça Rio.

- Fizemos jogos ruins contra Cabofriense e Madureira. Perdemos quatro pontos, caso tivéssemos vencido essas partidas seríamos líderes. Temos de vencer o Duque de Caxias para manter a possibilidade de classificação.

Nesta quinta, o treinador começou a definir o time titular do jogo de sábado. No coletivo, a escalação foi: Felipe, Léo Moura, Welinton, David Braz e Rodrigo Alvim; Maldonado, Willians, Renato, Thiago Neves;  Ronaldinho Gaúcho e Wanderley.

Garantido na decisão do Campeonato Carioca depois da conquista da Taça Guanabara, o Rubro-Negro ocupa atualmente a quarta colocação do Grupo A, com nove pontos, atrás de Americano (terceiro), Boavista (segundo) e vasco (primeiro), todos com dez (desempate no saldo de gols).


Em coletivo, Luxa mantém Rodrigo Alvim entre os titulares

Willians e Renato de volta ao meio-campo, e Rodrigo Alvim mantido entre os titulares na lateral esquerda. A dois dias do jogo contra o Duque de Caxias, Vanderlei Luxemburgo começou a definir o time que vai entrar em campo no próximo sábado, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão. Após três empates seguidos na Taça Rio, o Flamengo é o quarto colocado no Grupo A, com nove pontos, um a menos que Vasco, Boavista e Americano.

Depois de cumprirem suspenão, Willians e Renato retornam nos lugares de Galhardo e Lorran. Alvim, que ganhara a primeira chance da temporada no empate por 3 a 3 com o Madureira, continua no time de cima. Com ele na equipe, o treinador diz que ganha mais força na marcação.

A equipe foi formada com Felipe, Léo Moura, Welinton, David e Rodrigo Alvim; Maldonado, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Wanderley.



Para Felipe, invencibilidade protege trabalho de Luxa e dos jogadores

 felipe flamengo (Foto: Janir Jr/Globoesporte.com)
Se o momento é instável, os jogadores do Flamengo tomam a invencibilidade do time na temporada como apoio. As 12 vitórias e os quatro empates viraram escudo diante da pressão que se instalou após três jogos sem vencer no Campeonato Carioca. O  Mengão não conseguiu passar pelo Fluminense e tropeçou em Cabofriense e Madureira.

- Vivemos um momento normal. O clássico (Fla-Flu) não conta porque foi diferente. Se o (Ricardo) Berna não faz grandes defesas, poderíamos ter vencido. 

Sabemos que nos últimos dois jogos não fomos bem, jogamos abaixo da expectativa– disse o goleiro Felipe.

O camisa 1 diz que as cobranças são naturais, mas condena o exagero.

- Esses empates não podem colocar o trabalho do Vanderlei (Luxemburgo) e do grupo em xeque. Não há motivo para tantas críticas, tanta pressão. Nós e o Coritiba somos os únicos times grandes invictos na temporada. Mas sabemos que é assim e que para voltar ao normal só com vitórias.

Coritiba e Flamengo são as únicas equipes da Série A do Brasileirão que ainda não foram derrotadas na temporada. O Coxa jogou 20 partidas, venceu 18 e empatou duas.

O mengão volta a jogar neste sábado, contra o Duque de Caxias, no Engenhão, às 18h30m (de Brasília). O time é o quarto colocado no Grupo A, com nove pontos. Vasco, Boavista e Americano, nesta ordem, lideram com dez.


Diego Maurício acha que vaga no time vai acontecer naturalmente

Diego Maurício, do Flamengo - (Foto: Paulo Sérgio)

O técnico Vanderlei Luxemburgo ainda não encontrou um time ideal. As principais mudanças na equipe são no setor ofensivo e todos os atacantes já tiveram chances como titular, com exceção de Diego Maurício, mesmo com suas boas exibições quando entra no decorrer das partidas.

Ele não participou de toda a preparação do elenco no começo do ano porque estava como a Seleção sub20 no Campeonato Sul-Americano da categoria. Porém, desde que retornou, vem tendo boas atuações, como na estreia da Taça Rio, contra o Bangu, quando marcou o gol da vitória. Depois, mesmo com poucos minutos em campo, teve atuações melhores do que a maioria dos companheiros de ataque.

- Essa decisão eu deixo para o Vanderlei. Sigo fazendo o meu trabalho da melhor forma. Se for para começar um jogo, vou tentar ajudar o time do Flamengo. Claro que eu espero jogar de titular, mas deixo isso acontecer naturalmente - disse Diego Maurício ao LANCENET!

Contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil, ele entrou no fim da partida e conseguiu fazer o terceiro gol na vitória por 3 a 0. Diante da Cabofriense, acertou duas bolas na trave e foi o melhor em campo no empate por 0 a 0.

No último jogo, Diego Maurício foi peça fundamental na recuperação do Flamengo após estar perdendo por 3 a 1 para o Madureira. Ele fez bonita jogada individual e cruzou para Deivid marcar o gol.

De todos os concorrentes pela vaga de centroavante, Diego Maurício é o que tem melhor média de notas.

Nos cinco jogos que disputou, ele marcou dois gols e tem uma média de notas de 6,3, enquanto Deivid e Wanderley têm médias de 5,6 e 5,9, respectivamente. Drogbinha ainda leva desvantagem por ter entrado apenas no segundo tempo.

As melhores médias do elenco são de Ronaldinho e Thiago Neves, com aproximadamente 6,4.

David confia no poderio ofensivo

Apesar dos pedidos incessantes por um atacante, o zagueiro David defende os companheiros. Sem querer se envolver na volta de Vagner Love, ele mostra confiança nos atacantes à disposição de Luxa.

– É um grande jogador, já nos ajudou muito em sua passagem. Mas deixamos isso para a diretoria. Confio muito em Deivid, Diego Maurício e Wanderley – disse.



Tales Cerdeira e Henrique Rodrigues fecham contrato com o Flamengo

Henrique Rodrigues durante a eliminatória dos 200 metros medley - Mundial Dubai (Foto: Satiro Sodré / CBDA)
Depois de terminar em terceiro lugar no Troféu José Finkel no ano passado, a natação do Flamengo promete brigar pelos títulos nacionais este ano. Além de contar com o campeão olímpico e mundial Cesar Cielo, o Flamengo confirmou nesta quinta-feira outros dois importantes reforços: Tales Cerdeira e Henrique Rodrigues.

A decisão do Pinheiros de pressionar seus nadadores para deixar o P.R.O. 2016, projeto liderado por Cielo, acabou favorecendo o clube rubro-regro. Foi assim que André Schultz e Leonardo de Deus decidiram ir para o Flamengo. E, nesta quinta-feira, a vice-presidente de esportes olímpicos Cristina Callou confirmou também as contratações de Tales Cerdeira e Henrique Rodrigues.

- Estão confirmados sim. Demos entrada no pedido de transferência na segunda-feira – disse Callou.

Essas trocas prometem acirrar as disputas nacionais. Com os desfalques, o Pinheiros, atual campeão, deve perder força, enquanto o Flamengo tem tudo para entrar na disputa pelo título. A dirigente, entretanto, prefere ter cautela ao falar sobre a expectativa para este ano.

- A nossa intenção é sempre melhorar o resultado anterior. No ano passado, ficamos em terceiro. Não é uma coisa impossível (ser campeão), mas é muito difícil. Tem que dar tudo certo, todo mundo nadar muito bem para ter chance. E não foi só a gente que se reforçou.