sábado, 4 de junho de 2011

Em boa fase, Sasaki supera Hypolito e conquista o Troféu Brasil de ginástica


diego hipolyto ginástica (Foto: Ricardo Bufolin/Photo&Grafia)
Pela manhã, Daniele Hypolito subiu ao degrau mais alto do pódio. À tarde, o irmão não conseguiu repetir o feito. Nas competições masculinas do Troféu Brasil de ginástica, em Brasília, Diego Hypolito, do Flamengo, foi superado pelo companheiro do Flamengo Sergio Sasaki, que conquistou o ouro na competição com a soma de 88.550 pontos.

- O programado era conseguir mais de 88.000 pontos e estou muito feliz por ter atingido a meta. O nosso objetivo está no Mundial, que vai ser classificatório para as Olimpíadas, onde nosso intuito é fazer de 89.000 a 90.000. Quando mudei de clube e, consequentemente, de estado, abri mão de algumas coisas e é muito bom ver que está valendo a pena. Consegui as duas medalhas na Copa do Mundo já neste ano e agora esse título. Devo tudo isso a minha equipe e meus técnicos – vibrou Sasaki, que trocou São Caetano pelo Rio de Janeiro e hoje treina no Flamengo.

O ginasta competiu em seis aparelhos e conseguiu 15.550 no solo, 13.750 no cavalo, 14.300 nas argolas, 16.500 no salto, 14.400 nas paralelas e 14.050 na barra fixa. Diego terminou em segundo lugar com 86.200 pontos, seguido por Péricles Silva, do Pinheiros, com 85.100.

Na ginástica rítmica, Eliane Sampaio ficou com o ouro ao somar 98.450 pontos (25.850 no arco, 24.825 na bola, 24.000 nas maças e 23.775 na fita).

- A competição foi muito boa. Consegui fazer tudo como vinha treinando e fiquei satisfeita especialmente com o arco, que foi o meu melhor aparelho. Foi a primeira vez que fiz essa apresentação nas maças e consegui uma boa nota. E na de fita, cometi uma falha boba no final, mas tudo foi suficiente para conseguir o título. Estou muito feliz com o resultado – avaliou a ginasta.


'Brasileiro', Pet lamenta ausência de Thiago Neves contra a Holanda

Com passagens por sete clubes do país - Flamengo, Fluminense, Vasco, Vitória, Goiás, Santos e Atlético-MG - o sérvio Petkovic se sente um brasileiro. Neste sábado, o jogador comentou em seu Twitter sobre o jogo da Seleção Brasileira contra a Holanda. No segundo tempo do empate por 0 a 0, Pet pediu uma substituição usando a primeira pessoa do plural.

- Estamos jogando bem melhor no segundo tempo, falta alguém para fazer o gol. Falta o Thiago Neves - escreveu, pedindo a eentrada de seu companheiro de Flamengo.

O sérvio irá se despedir do futebol neste domingo, às 16h, contra o Corinthians, no Engenhão. O jogador será titular justamente no lugar de Thiago Neves.

petkovic twitter (Foto: Reprodução/Twitter) 
 
Pet queria ver o companheiro de Flamengo em ação na etapa final (Foto: Reprodução/Twitter)
 
 
 
 

Aconteceu, 4 de junho 1916



Flamengo 3x1 São Bento (SP) – 1916

Depois de utilizar a camisa cobra-coral, o Flamengo estreou, diante do São Bento (SP), seu tradicional uniforme rubro-negro, em 1916. Desde então, o manto sagrado não perdeu mais as características. Mais largas ou estreitas, as listras vermelhas e pretas sempre vestiram os jogadores do Mais querido.

Neste confronto, o Flamengo venceu por 3 a 1 e, como não poderia de ser, deu início a trajetória vencedora que o rubro-negro segue até os dias de hoje.



Confira a ficha técnica:

Amistoso

Flamengo 3 x 1 São Bento (SP Capital)


Estádio: Rua Paissandu

Juiz: Affonso de Castro

Time: Cazuza, Antonico e Nery; Curiol, Sydney Pullen e Galo; Arnaldo, Gumercindo, Reid, Borgerth e Riemer.

Gols: Sydney Pullen (4'), Gumercindo (17' do 1º tempo) e Riemer (22º do 2º tempo) e Burgos (31' do 1º tempo)


Sabia que...

O Flamengo foi o primeiro clube a oferecer "faixas" de campeões aos seus atletas. As primeiras faixas foram idealizadas pelo Grande-Benemérito senhor Hilton Santos e foram entregues aos campeões de futebol no ano de 1939.



Despedida de Pet: 35.031 ingressos vendidos para duelo entre Flamengo x Corinthians

A promessa de Engenhão lotado para a despedida de Petkovic contra o Corinthians, às 16h, neste domingo, virou realidade. Até o fim deste sábado, foram vendidos 35.031 ingressos para o adeus do sérvio. Restam apenas 1.080 entradas para o setor oeste inferior, que serão vendidas a partir de 9h deste domingo, na bilheteria oeste do estádio. O ingresso custa R$ 60 (meia-entrada a R$ 30).

A torcida promete uma grande festa e um mosaico será formado nas arquibancadas para saudar Pet. O jogador gravou depoimento em vídeo que será exibido no telão do Engenhão, agradecendo aos torcedores rubro-negros. O gringo atuará durante os 45 minutos iniciais e receberá as homenagens durante o intervalo da partida.





Flamengo lança camisa e bandeira oficiais para despedida de Petkovic

Bandeira Petkovic (Foto: Site Oficial do Flamengo)
O Flamengo pretende lucrar com a despedida de Petkovic. Além de economizar com o salário do gringo - um dos mais altos do elenco - o clube lançou produtos em homenagem ao ídolo: serão vendidas uma camisa e uma bandeira comemorativa.

Os produtos estarão à venda neste domingo em quiosques oficiais, situados no Setor Leste do Engenhão, palco do adeus contra o Corinthians, às 16h. A bandeira custará R$ 39,90 e a camisa R$ 49,90. A partir de segunda-feira, os produtos estarão disponíveis nas outras lojas que vendem produtos oficiais do Flamengo.

- A presença do ídolo no esporte é fundamental. O Petkovic ajudou a imortalizar ainda mais a nossa camisa 10 e, depois, a 43. O Flamengo sabe da importância dele na história do clube e sabe o quanto o torcedor é apaixonado por ele. Justamente por isso, não poderíamos deixar passar uma data tão importante como essa. Criamos dois produtos específicos para a despedida dele e esperamos uma grande aceitação -  afirmou Henrique Brandão, vice-presidente de marketing, em entrevista ao site oficial do clube.


camisa Petkovic (Foto: Site Oficial do Flamengo) 
 
Camisa tem a imagem da comemoração do gol de falta sobre o Vasco em 2001 (Foto: Site Oficial do Fla)
 
 
 

Após quase um mês, Léo Moura celebra volta ao time




Recuperado de uma lesão no joelho direito, Léo Moura voltará à equipe titular do Flamengo neste domingo, contra o Corinthians, no Engenhão. O lateral direito sentiu a lesão no ligamento colateral medial do joelho na semifinal da Taça Rio, diante do Fluminense, no fim de abril.

Sem jogar desde 11 de maio, no empate em 2 a 2 com o Ceará, que eliminou o Fla da Copa do Brasil, Léo Moura terá pela frente outra partida importante e decisiva logo em sua volta à equipe titular: o clássico diante do Corinthians, e que também é o jogo de despedida de Petkovic.

- Volto em um jogo importante, por se tratar de um Brasileiro. É também a despedida de um grande jogador, um amigo, que é o Pet. Pude ser campeão do lado dele. Esse jogo vai ter vários aspectos positivos - disse o lateral direito.

Léo, que ficou mantendo a forma física no tempo em que ficou sem jogar, acredita que a vontade de vencer e a empolgação podem servir como combustível para uma boa atuação do lateral, mesmo sem que ele esteja em totais condições físicas:

- Mesmo tendo ficado de fora de alguns jogos, estava treinando fisicamente, mantendo a forma. Se eu não estiver 100%, minha força de vontade e minha superação vão passar por cima de tudo isso.

Flamengo x Corinthians têm feito jogos emocionantes nos últimos anos, nas mais diversas competições. Neste domingo, o jogo é válido ainda pela terceira rodada do Brasileiro, mas Léo prevê um jogo difícil, mesmo assim:

- É um jogo muito importante porque os times vão brigar até o final pelo título brasileiro. Quem vencer, terá tranquilidade para trabalhar ao longo da semana. Deixamos escapar dois pontos (contra o Bahia), mas acredito que agora vai dar tudo certo.


Patricia Amorim entra em campo com camisa de Ronaldinho


Patricia Amorim camisa Ronaldinho Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)
A expressão ‘veste a camisa’ define a aparição de Patricia Amorim no treino no Ninho do Urubu. A presidente do Flamengo, que costuma marcar presença nas atividades de sábado, usava um uniforme de treino com o número 10 e o nome de Ronaldinho. Mas sua atuação ficou restrita a observar a movimentação.

Fã confessa do jogador, a dirigente cumprimentou Ronaldinho depois da atividade. Recentemente, a presidente saiu em defesa do camisa 10, que chegou a ser vaiado no jogo de ida contra o Ceará pela Copa do Brasil, quando a equipe foi derrotada por 2 a 1 no Engenhão.

- Ele é o cara - afirmou Patricia, na ocasião.




Rachão: bola no pagode, Deivid vira lindo e Pet o Mestre dos Magos

Rachão em véspera de jogo está longe de ser novidade no Flamengo. Mas na manhã deste sábado, na última atividade antes do jogo com o Corinthians, os jogadores destilaram ironias, reclamações, brincadeiras e até discutiram durante o treino recreativo.

Com cara de sono e paradão no ataque da sua equipe, Ronaldinho Gaúcho repetiu inúmeras vezes uma expressão que também serve para ser usada pelo jogador fora das quatro linhas.

- Bota a bola no pagode - gritava Ronaldinho, para receber passes dos companheiros.

Ronaldinho Gaúcho treino Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 
 
Ronaldinho Gaúcho durante rachão no Ninho do Urubu (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)
 
Depois de marcar dois gols, o jogador sinalizou com as mãos para provocar o time adversário. Do outro lado, na equipe de coletes vermelhos, Willians também fez dois gols, mas sua principal participação foi nas reclamações. O jogador não parou de perturbar um minuto e se atracou de brincadeira com Bottinelli.

Um desavisado que estivesse no treino poderia pensar que algum ator global disputava o rachão.

- Aqui, lindo. Passa a bola, lindo - pediam os jogadores.


Willians Bottinelli treino Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)
O lindo em questão era Deivid. Já o apelido Papada, de Ronaldo Angelim, perde espaço para Ganso, por conta de semelhanças – físicas, é claro - com o jogador do Santos. Negueba fez firulas e levou uma entrada mais forte. Renato e Fernando, que eram do mesmo time, tiveram uma discussão, nada fora do normal. Mas foi o suficiente para Diego Maurício implicar.

-Ih, o time azul está perdendo a cabeça.

Sobrou brincadeiras até para Pet.

- O Mestre dos Magos voltou – brincou David Braz, em referência ao personagem que aparecia e sumia repentinamente no desenho Caverna dos Dragões.

Neste domingo, contra o Corinthians, às 16h, no Engenhão, a coisa é séria. O time está escalado com Felipe, Léo Moura, David Braz, Welinton e Egídio; Willians, Renato, Bottinelli e Pet; Ronaldinho Gaúcho e Wanderley.


Festa do time, sorrisos e carinho da filha: o último dia de Pet no Fla

Exatamente às 11h24m deste sábado, depois de treinar cobranças de faltas com bom aproveitamento, Petkovic caminhou lentamente pelo gramado do Ninho do Urubu, cruzou a linha lateral do campo para dar um abraço na filha Ana e checou mensagens no celular. Depois de uma manhã em que reclamou muito no rachão, foi jogado para o alto pelos companheiros e ensaiou belas faltas, Pet encerrou seu último treino com a camisa do Flamengo com um sorriso constante estampado no rosto. Neste domingo, contra o Corinthians, às 16h, no Engenhão, o gringo dará adeus ao futebol.

Petkovic último treino Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 

Petkovic é levantado pelos companheiros no último treino no Fla (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

Aos 38 anos, Pet chegou cedo ao Ninho do Urubu. Trocou a roupa e foi para seu último treino antes da despedida. Durante o rachão, o jogador não parou de falar e reclamar um minuto. Correu, deu combate, fez gol e comemorou com os punhos cerrados.

Petkovic filha (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)
O time de Pet, Léo Moura, Junior Cesar, Willians, Galhardo, David Braz e Negueba conseguiu a segunda vitória na semana sobre Ronaldinho Gaúcho e companhia. A tradicional foto virou uma homenagem a Pet. Os companheiros pegaram o jogador no colo.

- Vamos mudar, é o último do Pet - sugeriu Deivid.

- Não me joga para o alto, não joga - pediu Pet.

Sem sucesso. O gringo foi festejado pelos companheiros. Depois, implicou com alguns jogadores do time derrotado. Em seguida, se encaminhou para uma série de cobranças de faltas na entrada da área. De longe, Ronaldinho Gaúcho apenas assistia. O camisa 10 não treinou falta.

Pet retirou o colete vermelho e exibiu o número 43 às costas. Ele acertou a trave algumas vezes e fez belos gols no ângulo. No fim, o jogador deixou o campo e beijou a filha Ana. O jogador mais do que nunca terá tempo para a função de pai. Eram 11h24m. O último minuto do último treino de Pet pelo Flamengo.

Petkovic último treino Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 
Petkovic treina cobranças de falta no Ninho do Urubu (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

Fla deve direcionar R$ 8 milhões a CT

A direção do Flamengo deve direcionar R$ 8 milhões dos R$ 45 mi que receberá de luvas e adiantamento do contrato com a Globo para as obras do CT. A primeira fase, a do módulo dos profissionais, está orçada em R$ 8,5 milhões. O clube tem em caixa R$ 4 milhões para esta parte da obra. O contrato com a Globo foi assinado na quarta-feira.
 
 
 

A infiltração, a boca e liderança do goleiro Felipe no Flamengo


Vanderlei Luxemburgo e Felipe no treino do Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)
No Flamengo, o peixe pode até morrer pela boca, como diz o ditado, mas se salva pelas mãos. É o caso do goleiro Felipe. Vanderlei Luxemburgo brincou com o fato de o jogador dar declarações fortes ainda em campo depois das partidas, mas exaltou a postura de liderança do camisa 1. E revelou uma história curiosa.

- Na final da Taça Rio contra o Vasco ele não voltaria do intervalo, pois estava com dores no ombro. O Felipe tomou injeção, infiltração, chorou e eu preparei o Paulo Victor. Ele falou que ia continuar. Isso passa uma situação de quem quer conquistar. Para ganhar campeonato, tem que jogar com dor, no sacrifício. Essa é a diferença dos jogadores campeões – declarou Luxa.

Felipe é o único jogador do elenco que disputou todas as 29 partidas da temporada, incluindo dois amistosos na pré-temporada. O goleiro sofreu 22 gols. E, em alguns jogos, como na eliminação para o Ceará na Copa do Brasil, o jogador deixou o campo cercado de microfones e com declarações fortes. Na ocasião, ele detonou o árbitro Sandro Meira Ricci.

- Tenho conversado com o Felipe. Disse que o maior prejuízo dele não é agarrar, é falar. Igual ao Marcão, do Palmeiras. Dizia para ele parar de falar no caminho até o vestiário (risos). Mas dentro do gol os dois são fantásticos. Felipe é uma liderança que surge no grupo do Flamengo – completou Luxa.



Rubro-negro de coração, Felipe Melo relembra bons momentos com Pet


O ano de 2001 foi especial para os torcedores do Flamengo. Todos se lembram dos gols de falta de Petkovic, nas finais do Campeonato Carioca e da Copa dos Campeões, títulos que marcaram a temporada. Mas outro jogador também brilhou, há dez anos, com um gol decisivo para o Rubro-Negro: o volante Felipe Melo. Ainda menino, com 18 anos de idade, ele subiu no meio da zaga do Internacional, escorou de cabeça, e garantiu o time da Gávea, que lutava contra o rebaixamento, na primeira divisão do Brasileirão no ano seguinte.

Uma lembrança para lá de viva na memória de Felipe, que tem esta partida, do dia 18 de novembro de 2001, como um de seus jogos inesquecíveis na carreira. E a história sobre como ele se tornou herói é curiosa. O meio-campista entrou no jogo com o respaldo do experiente goleiro Clêmer, que virou para o banco e pediu: "Bota o Felipe". Carlos Alberto Torres, então técnico rubro-negro, chamou o menino e o colocou em campo. Deu no que deu.

- Com certeza foi um jogo inesquecível. Por toda a situação que estava envolvida e por ter sido o meu primeiro gol pelo Flamengo como profissional. Como torcedor, para mim, aquilo era uma coisa inacreditável. Foi uma das maiores emoções da minha vida como jogador. Tenho muitos jogos inesquecíveis, como meu primeiro gol pela Seleção, o primeiro pelo Juventus, contra o Roma, mas esse foi especial também - contou o jogador.

Felipe Melo (Foto: Thiago Barros) 
Felipe Melo em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM: recordações boas do Flamengo (Foto: Thiago Barros)

E as recordações voltam à cabeça agora que Petkovic está próximo de se despedir do Flamengo. Afinal, foi o sérvio quem cruzou a bola para Felipe marcar seu primeiro - e mais importante - gol com a camisa rubro-negra. E foi ele também o responsável pelo primeiro - e mais emocionante - título conquistado pelo jovem cabeça de área no clube de seu coração.

- Só tenho a agradecer por tudo o que ele fez pelo Flamengo e pelo futebol brasileiro, apesar de ser gringo. Ele sempre jogou muita bola, ajudou demais o time naquela época e também na conquista do hexa em 2009 e merece esse reconhecimento, com certeza. Foi ele quem cruzou a bola para o meu primeiro gol como profissional e também foi o responsável por aquele título de 2001, que foi o meu primeiro no clube. Estava no grupo e foi emocionante - recordou o volante, que promete estar torcendo por uma despedida de gala do sérvio contra o Corinthians.

- No domingo, estaremos todos juntos torcendo por ele e pelo Flamengo - garantiu Felipe Melo, que jogou no Flamengo de 2001 a 2003, fez 71 partidas e marcou 11 gols.

Retorno é "complicado" no momento

Apesar da paixão pelo clube e do desejo da presidente Patricia Amorim em repatriá-lo em breve, Felipe considera "complicado" o seu retorno ao Flamengo. Aos 28 anos, o cabeça de área acredita que ainda tem objetivos a cumprir no futebol europeu. No entanto, avisa: se um dia voltar, a preferência, é claro, é do Rubro-negro.

Felipe Melo com tijolinho do Flamengo (Foto: Divulgação)
- Muita gente até diz, quando coloco algo sobre o Flamengo no Twitter, que estou tentando cavar um retorno, mas isso não existe. No momento, não penso ainda. Mas é claro que, se um dia eu retornar ao Brasil, penso em jogar no Flamengo pelo amor que tenho pelo clube, mas não gosto de ficar pensando no final da carreira. Tenho muito carinho também pelo Cruzeiro, pelo Grêmio, mas no Rio, por exemplo, só no Flamengo. Não teria cara de vestir camisa de Fluminense, Vasco ou Botafogo - frisou o volante, que elogia Luxemburgo, Patricia Amorim, mas também faz cobranças: o Flamengo tem que lutar por títulos de grande importância nas próximas temporadas.

- O Flamengo pode melhorar muito, mas sem dúvida, com o Vanderlei e o trabalho feito pela Patrícia Amorim, o clube evoluiu. A presidente mudou o estilo do Flamengo, o Luxemburgo é um treinador que dispensa comentários e espero que a vinda do Ronaldinho abra portas para outros grandes craques jogarem no Flamengo e reforçarem ainda mais. Até porque não pode se contentar com Carioca. Tem que buscar a Sul-Americana, o Brasileiro... - analisou.

Felipe Melo participou da campanha Rubro-negro para sempre feita pelo Fla (Foto: Divulgação)

felipe melo criança com a camisa do Flamengo (Foto: Arquivo Pessoal)
Além de Felipe, o goleiro Julio César, do Inter de Milão, e o zagueiro Juan, do Roma, seriam os outros integrantes do "trio dos sonhos" da presidente Patricia Amorim, que deseja contar com jogadores identificados com o clube no futuro. Amigo de Julio, Felipe admite que há um bom relacionamento entre eles, mas nega qualquer contato para um possível retorno.

- Falo um pouco menos com o Juan, porque ele está em Roma e é um pouco mais complicado, mas converso sempre com o Julio César. Aprendi a gostar dele ao longo da carreira, crescemos junto no Flamengo, foi meu parceiro de quarto na Seleção e torço muito por ele e também fico feliz pelo retorno dele à Seleção - finalizou.


Desde a infância, paixão pelo Flamengo faz parte da vida de Felipe Melo (Foto: Arquivo Pessoal)


O gringo que conquistou o Brasil: raio-X da carreira de Pet no país




Dejan Petkovic não foi o primeiro estrangeiro a fazer sucesso no futebol do Brasil. Tampouco será o último. O sérvio, no entanto, conquistou fãs, títulos e respeito no país. Por aqui, alcançou o sucesso, vestiu a camisa de sete clubes, representou bandeiras importantes: Vitória, Flamengo, Vasco, Fluminense, Goiás, Santos e Atlético-MG. Jogos, gols, títulos, homenagens. Pet tem história para contar. A que mais o orgulha ocorreu no fim de 2009, quando fora eternizado na Calçada da Fama do Maracanã. Tornou-se o quinto estrangeiro a alcançar tal feito. Além dele, os craques Franz Beckenbauer (Alemanha), Eusébio (Portugal), Romerito (Paraguai) e Elias Figueroa (Chile) deixaram suas marcas. Pet realizou “um sonho que não sonhou”, como disse na época.
Gol Petkovic Flamengo x Vasco 2001 (Foto: Hipólito Pereira / O Globo)Gol Petkovic Flamengo x vasco 2001 
Neste domingo, ele dá adeus ao futebol vestido de vermelho e preto. São as cores do Vitória, seu primeiro time no Brasil, e do Flamengo, clube que mais vezes defendeu no país e onde mais venceu. O Mengão enfrenta o Corinthians, às 16h (de Brasília), no Engenhão. Pet jogará no máximo 45 minutos e será titular.


Vai ser dia de casa cheia. Até a noite desta sexta-feira, quase 30 mil ingressos foram vendidos. O dia 5 de junho vai marcar o fim da carreira de um dos maiores ídolos da história recente do Fla, um estrangeiro que virou cidadão carioca e construiu uma trajetória de craque. 



Os passos de Pet


Aos 38 anos, Petkovic deixa o futebol com um currículo respeitável. Revelado pelo Radnicki Nis, da Sérvia, o jogador destacou-se no Estrela Vermelha de Belgrado. Na passagem pela Espanha, defendeu Sevilla e Real Madrid até chegar ao Vitória, em 1997. Virou ídolo em pouco tempo com boas atuações gols. No Leão, fez 59 em 90 partidas.


Em 99, Petkovic transferiu-se para Venezia, na Itália. A chegada ao Flamengo ocorreu em 2000. Na Gávea, ele conquistou o bicampeonato estadual 2000/01, a Copa dos Campeões 2001 e o Campeonato Brasileiro 2009. Em 2002, passou a defender o vasco e tornou-se campeão carioca em 2003, foram 28 gols em 66 jogos.



Naquele mesmo ano, o sérvio jogou futebol para chinês ver. Ficou pouco tempo no Shanghai Shenhua até retornar a São Januário. Pouco depois, defendeu o Al Itihhad da Arábia Saudita. Pet também foi do Fluminense, Goiás, Santos e Atlético-MG.







Capítulo especial no Flamengo


O sérvio teve duas passagens marcantes pelo Flamengo. Foi contratado em 2000 e retornou em 2009. O jogador disputou 196 jogos pelo clube e fez 57 gols. Foram 33 de bola parada (15 de falta, 14 de pênalti e quatro olímpicos). Pet foi o artilheiro do Fla na temporada 2000, com 28 gols. Na sua volta ao Rubro-Negro, há dois anos, disputou 76 partidas e marcou 14 gols. É o 49º maior artilheiro da história do clube.





As conquistas mais marcantes foram o tricampeonato carioca de 2001, quando fez o gol decisivo na final contra o vasco, numa cobrança de falta espetacular(confira, ao lado, o lance histórico); o título da Copa dos Campeões daquele mesmo ano, além do Brasileirão de 2009. Ao lado de Adriano, Pet fora decisivo no hexacampeonato nacional.
O sérvio não joga desde a última rodada do Brasileiro do ano passado. Na ocasião, disputou os 20 minutos finais do empate sem gols com o Santos, na Vila Belmiro. Já seu último gol foi na derrota para o Palmeiras, no Rio, por 3 a 1, dia 25 de setembro. No início desta temporada, fora afastado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo e trabalhou na Gávea durante cinco meses. Foi reintegrado na semana passada para se preparar para o adeus.



Petkovic jogou 12 edições do Brasileiro. Na história da competição, atuou 268 vezes e marcou 83 gols. É o estrangeiro que mais jogou e também o que mais marcou gols no campeonato. Na campanha do título de 2009, foram 23 jogos e oito gols.


petkovic flamengo treino (Foto: Cezar Loureiro/Globo)O Gringo se despedirá dos gramados, mas ficará sempre guardado na lembrança dos torcedores brasileiros (Foto: Cezar Loureiro/Globo)

Petkovic dará volta olímpica e terá diversas homenagens

Petkovic (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

Estão sendo preparadas uma série de homenagens para que Petkovic tenha uma despedida inesquecível. Assim que a partida contra o Corinthians, neste domingo, às 16h, começar, a torcida Urubuzada irá organizar um mosaico. Durante os 15 minutos de intervalo, será exibido no telão do Engenhão um trailer do documentário O Gringo, grandes momentos da carreira de Pet e uma mensagem de agradecimento à torcida.


O sérvio, um dos principais ídolos do Flamengo, dará uma volta olímpica com direito a papel picado na frente da entrada das escadas do túnel que dá acesso ao vestiário. Além disso, está sendo preparado um coquetel para imprensa no Engenhão uma hora e meia antes de começar a partida. 

Em todas as entradas do estádio, haverá a entrega de 30 mil Mica cards com o layout do filme de Pet. O torcedor que apresentar esse card nas bilheterias dos cinemas (Cine Glória e Ponto Cine) receberão 50% de desconto no ingresso para assistirem ao filme.



Rapidinhas do Mengão!


Vanderlei  Luxemburgo  conversa com Drogbinha sobre multa no trânsito

Depois do treino coletivo da tarde desta sexta-feira, Vanderlei Luxemburgo chamou Diego Maurício para uma conversa. O técnico falou sobre a multa que o atacante recebeu por dirigir sem habilitação. Na madrugada da última terça-feira, Diego foi parado em uma blitz da Operação Lei Seca, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. O jogador fez o teste do bafômetro e não foi constatada qualquer concentração de álcool no organismo dele. Drogbinha teve de chamar um amigo para levar o veículo para casa. Ele tem ido aos treinos com o próprio carro, mas de carona.

- É ele é jovem, né? Os jovens acham que podem fazer tudo. Chamei para conversar porque poderia ser algo ainda mais grave. Tenho que orientar.

Ronaldinho atrai sheiks

O camisa 10 foi visitado por Heenk Ten Cate, ex-treinador do Ajax e auxiliar de Frank Rijkaard no Barcelona, na época em que o craque jogava na Espanha. Além do holandês, os sheiks Abdala Sharjah, dono do Al Sharjah, e Fahad Quajar, dono do Al Gharafa, ambos dos Emirados Árabes Unidos, foram ao CT e pediram para conhecer Ronaldinho. Solícito, o meia-atacante posou para fotos e conversou em inglês com os visitantes.

Luiz Antônio ganha a ‘vaga’ de Fernando

O volante de 20 anos integrou a equipe reserva durante o coletivo desta sexta-feira. Enquanto isso, Fernando, muito criticado após o empate por 3 a 3 com o Bahia, trabalhou à parte com Rodrigo Alvim e Gustavo. Segundo Vanderlei Luxemburgo, o garoto está sob observação.

- O Jaime (de Almeida, auxiliar técnico) acompanhou quatro ou cinco jogos seguidos do Luiz Antônio e ele vinha se destacando (na base). Trouxe ele para cá e tenho que botar para treinar. Quero ver como ele vai se sair. O Fernando teve as oportunidades e vai ter de trabalhar. Não quer dizer que ele vai ser afastado. Vou ficar sem opções, já que o Muralha vai participar da Libertadores sub-20. O Luiz Antônio não vai.


sexta-feira, 3 de junho de 2011

Flamengo ganha esperança por Alex Silva


O Flamengo manifestou interesse no zagueiro Alex Silva, que estava emprestado ao São Paulo, mas logo percebeu que o futuro do jogador poderia ser um clube europeu, pois o Sporting (POR) já estava bem adiantado na negociação com o Hamburgo (ALE), dono de 50% dos direitos econômicos do atleta. Entretanto, uma notícia  deu novas esperanças aos rubro-negros. O clube alemão rejeitou a proposta dos portugueses pois considerou abaixo do valor pretendido.

O Hamburgo impôs até quinta-feira para que o Sporting faça uma contra-proposta, mas os portugueses já avisaram que não têm condição de aumentar o valor.

A negociação com o Flamengo estava parada, mas após a notícia pode voltar com força. Grêmio, Santos e Corinthians já demonstraram interesse no atleta, mas o Rubro-Negro conta com o trunfo de negociar com o empresário Sérgio Malucelli, que detém os outros 50% dos direitos econômicos de Alex Silva. Ele é amigo de longa data do técnico Vanderlei Luxemburgo, com quem tem trocado informações sobre o futuro do zagueiro.

Otimismo por Aírton

 O Flamengo esperava a resposta do Benfica sobre a proposta feita pelo volante Aírton. Porém, os portugueses ainda não responderam, mas o otimismo dos dirigentes rubro-negros ainda é grande. O vice de finanças Michel Levy se limitou a dizer que a "expectativa é muito boa".

O Benfica pediu 500 mil euros (R$ 1,1 milhão) pelo empréstimo de um ano do volante, mas o Flamengo não está disposto a pagar essa quantia.A intenção é acertar com o jogador pelo período de um ano e garantir uma opção preferencial de compra para o caso de Willians ser vendido num futuro breve.



Promessa paga pela metade: Fla quita parte do ‘bicho’ do título carioca

Um mês depois da conquista invicta do Campeonato Carioca, o Flamengo quitou parte  da premiação pelo título da Taça Rio. Nesta sexta-feira, cada jogador do grupo recebeu R$ 15 mil por conta da classificação na fase eliminatória. A dívida, no entanto, foi paga pela metade. Restam ainda R$ 10 mil do returno do estadual e um bônus para elenco e comissão técnica e de apoio, já que o time foi campeão sem a necessidade de dois jogos finais. O valor exato do diferencial não foi fechado, mas seria algo em torno de R$ 10 mil, o que resultaria um débito de R$ 20 mil em “bicho” por atleta. A promessa é de pagamento na terça, data em que o clube também pretende realizar o pagamento de luvas atrasadas.

A pendência causou desconforto ao departamento de futebol. O técnico Vanderlei Luxemburgo cobrou o vice de finanças Michel Levy publicamente por mais de uma vez, inclusive na festa de premiação do estadual.

O clube precisa dissolver também o débito referente ao prêmio pelos três primeiros jogos da Copa do Brasil. O Rubro-Negro eliminou Murici-AL, Fortaleza e Horizonte-CE sem a necessidade do jogo de volta. O valor combinado por cada partida foi de R$ 2,5 mil, num total de R$ 7,5 mil. Neste caso, ainda não há uma previsão.

Há ainda uma pendência que envolve a participação rubro-negra na Taça Libertadores da América do ano passado.

Na Taça Guanabara, o grupo recebeu R$ 15 mil pela classificação depois dos sete jogos da fase eliminatória. Para a semifinal não houve premiação. Ficou acertado que se o time fosse campeão do primeiro turno receberia mais R$ 10 mil. O total de R$ 25 mil foi pago a cada jogador.






Jornal espanhol destaca despedida de Petkovic: 'Adeus do Zico europeu'

Dejan Petkovic viveu um dos momentos mais difíceis de sua carreira na Espanha e está bem retratada no documentário "O Gringo", sobre a vida do jogador. Quando vestiu a camisa do Real Madrid, na temporada 1995/96, se desentendeu com o treinador, não teve chances de se firmar e acabou frustrando as expectativas dos europeus, que sempre o viram como uma grande promessa. Apesar disso, ele ainda é lembrado - e com carinho - por alguns merengues e pela imprensa local.

Nesta sexta-feira, em seu site oficial, o jornal "Marca", um dos mais importantes do país, destacou a despedida do jogador, que enfrenta o Corinthians, no domingo, no último jogo oficial de sua carreira, pelo Flamengo. Com uma matéria entitiulada "Rambo (apelido do jogador na Europa) Petkovic pendura as chuteiras", o diário lembra que Pet não se deu bem, apesar do que se esperava dele, e destaca sua passagem pelo futebol brasileiro.

O artigo lembra ainda que na estreia de Pet pelo Real, a torcida chegou a vaiar Fernando Hierro, ídolo merengue, por não ter deixado o sérvio cobrar uma falta, que sempre foi uma de suas grandes especialidades. A página traz também um vídeo com lances de Pet no Flamengo, com o título de "O adeus do Zico europeu".

petkovic marca  (Foto: Reprodução/Marca) 
Diário coloca foto de Petkovic ainda jovem, à esquerda, em treino do Real Madrid (Foto: Reprodução/Marca)

Fla e Dínamo de Kiev discutem forma de pagamento por André

Flamengo e Dínamo de Kiev estão próximos de um acordo sobre André, e a tendência é que o anúncio da transferência do atacante seja feito na próxima semana. A forma de pagamento é que ainda precisa ser definida. Os ucranianos têm contrato com o jogador até agosto de 2015 e aceitam vendê-lo. Há um ano, o clube pagou € 8 milhões (R$ 18,2 milhões) para tirá-lo do Santos e pretende recuperar boa parte do investimento. O valor é considerado elevado pelos dirigentes rubro-negros, que buscam alternativas.

A aquisição de 100% dos direitos econômicos de André é a opção mais provável. Por mais de uma vez, a presidente Patricia Amorim disse que o clube pode fazer um esforço por considerar o atacante de 20 anos um bom investimento. Desta forma, um vínculo de pelo menos cinco anos seria firmado. A entrada de um parceiro na negociação para viabilizar o acerto não está descartada.

Também existe a possibilidade de o Flamengo envolver algum jogador do plantel no negócio. Neste caso, o acerto dependeria também do desejo deste atleta de se transferir, além de um acordo salarial e de tempo de contrato com o Dínamo.

Entre André e Flamengo, tudo certo. As bases salariais foram definidas, e ele aguarda o desfecho das conversas. Depois de passar a semana entre o Rio e Cabo Frio, na Região dos Lagos, sua cidade natal, o ex-santista foi a São Paulo na noite desta quinta-feira na companhia de seu empresário, Jean Neto. É Jean quem faz o contato entre Fla e Dínamo. Na capital paulista, André contratou os serviços de uma assessoria de imprensa e retornou à Cidade Maravilhosa. O jogador vai passar o fim de semana com a família.

Desde que chegou ao Brasil, no sábado passado, ele tem se exercitado diariamente e vai manter esta programação. Na última temporada, o atacante defendeu o Bordeaux por empréstimo. Na França, jogou apenas 174 minutos e não marcou um gol sequer.


Os gols de Rio de Janeiro 9 x 8 Ceará pelo Torneio de Seleções de Showbol 2011

Showbol: Rio vira para cima do Ceará e avança à decisão do Torneio de Seleções


Em uma partida muito equlibrada, o Rio de Janeiro venceu o Ceará, por 9 a 8, na noite desta sexta-feira, em Recife. Com o resultado, os cariocas avançaram à final do Torneio de Seleções de showbol.

Apesar do favoritismo carioca, foi a seleção do Ceará quem tomou a iniciativa da partida. Com menos de 10 minutos de jogo, os cearenses já venciam por 3 a 0, com gols de Cleison, Gera e Neto.

Os cariocas só foram reagir na segunda metade da primeira etapa. A 10 minutos do fim, Bruno Reis diminuiu para 3 a 1. Pouco depois, Cleison cometeu pênalti ao colocar a bola para fora em seu campo de defesa e Djalminha cobrou com perfeição para fazer o segundo dos cariocas.

A dois minutos do fim da primeira etapa, Robert igualou o marcador. Só que, no minuto final, Mirandinha e Cleison colocaram os cearenses novemante em vantagem: 5 a 3.

No segundo tempo, Julinho fez o quarto dos cariocas com três minutos, mas Cleison, logo depois fez mais dois, aumentando para 7 a 4. Djalminha, de pênalti, e Bruno Reis, em chute de longe diminuíram a diferença para apenas um gol. O empate do Rio veio com Marquinhos a nove minutos do fim.

Faltando menos de dois minutos para o encerramento, veio o lance mais polêmico da partida: Maizena rebateu chute para fora e o árbitro Romildo Corrêa marcou pênalti, entendendo que o goleiro cearense colocou para fora intencionalmente. Djalminha cobrou e fez 8 a 7. Na saída, Gera ainda empatou para os cearenses, mas Djalminha, em nova cobraná de pênalti, fez o gol da vitória: 9 a 8.
.
Rio de Janeiro: Robertinho, Júnior Baiano, Válber, Emerson, Marquinhos e Djalminha. Entraram: Leandro Ávila, Gonçalves, Julinho, Bruno Reis, Robert e Gabriel.

Ceará: Maizena, Paulo César, Januário, Gera, Cleison e Neto. Entraram: Roger, Damião, Reginaldo Cara de Gato, Marcos Gaúcho e Mirandinha.




Confira a tabela da competição:

03/06 - 18h30m - Seleção Ccarioca 9 x 8 Seleção cearense

03/06 - 19h30m - Seleção paulista 11  x 6  Seleção pernambucana


Disputa do terceiro lugar:

05/06 - 12h - Seleção cearense Seleção pernambucana


Final


05/06 - 13h -  Seleção Carioca    x  Seleção paulista


O SporTV transmite todos os jogos





Bruno teria encomendado morte de juíza a traficante

A Polícia Civil mineira investiga uma denúncia de que o goleiro Bruno teria encomendado ao traficante carioca Nem da Rocinha a morte da juíza Marixa Fabiane Rodrigues, da comarca de Contagem. A magistrada é responsável pelo processo contra Bruno, que é suspeito de participação no desaparecimento da ex-amante Eliza Samudio. As informações são do portal R7.

Outros que também estariam na suposta lista negra de Bruno são o delegado Édson Moreira, chefe do Departamento de Homicídios, o deputado estadual Durval Ângelo (PT) e o advogado José Arteiro Cavalcante, defensor dos interesses da família de Eliza.

A denúncia partiu do presidiário Jaílson Alves de Oliveira, que afirmou ter ouvido na cela da penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria as declarações de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, outro suspeito de participação no sumiço de Eliza.

O advogado de Bruno, Claudio Dalledone, classificou a denúncia como um factóide e disse ter entrado com uma representação contra o advogado Francisco Ângelo Carbone Sobrinho, representante de Jaílson.

- É um factóide criado por pessoas mal intencionadas. Inclusive já pedi instauração de inquérito policial e investigação da OAB nesse caso - afirmou o advogado, ao portal R7.



Na despedida de Pet, preferência nas faltas continua com Ronaldinho



petkovic flamengo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)
No coletivo, foi Petkovic quem bateu. No jogo, a preferência será de Ronaldinho. Vanderlei Luxemburgo informou que o camisa 10 continuará como principal cobrador de faltas e pênaltis do Flamengo na despedida do sérvio. Neste domingo, às 16h, o Rubro-Negro enfrenta o Corinthians, no Engenhão, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Pet vai dar adeus ao futebol e será titular nos primeiros 45 minutos da partida.

O treinador, no entanto, disse que não há qualquer restrição às tentativas do gringo. Segundo ele, a decisão será de R10.

- O Ronaldinho é o cobrador oficial de faltas e pênaltis do time. Mas isso não quer dizer que ele não possa deixar o Pet cobrar, já que é um jogador que tem qualidade para isso. Se nunca tivesse batido, aí eu não deixaria. Mas o Pet bate pênalti e falta com muito talento.

No coletivo desta sexta-feira, Ronaldinho sofreu uma falta na entrada da área, e Pet cobrou duas vezes. Na primeira, mandou para fora. Depois, viu o goleiro Paulo Victor espalmar. Na véspera, o sérvio disse em entrevista coletiva que ainda não havia conversado com o companheiro sobre o assunto.

Luxa espera que Petkovic tenha fôlego para ir até o intervalo. Caso contrário, será substituído.

- Se eu achar que ele não vai conseguir, vamos mudar. Aí ele sai e o pessoal fica falando com ele do lado de fora do campo. Mas não precisa parar o jogo, pode continuar.

vanderlei luxemburgo  flamengo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)
Luxa observa a movimentação durante o treinamento (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)

O treinador fez elogios ao sérvio, que vai se aposentar aos 38 anos como ídolo da história recente do Rubro-Negro.

- Ele marcou história, tem muita qualidade.

O time que enfrenta o Corinthians será formado por Felipe, Léo Moura, Welinton, David e Egídio; Willians, Renato, Bottinelli e Petkovic; Ronaldinho e Wanderley.




Quase 30 mil ingressos já foram vendidos para a despedida de Pet

O Flamengo divulgou nesta sexta-feira uma nova parcial da venda de ingressos para o jogo contra o Corinthians, às 16h deste domingo, pelo Brasileirão. No total, 29.846 entradas já foram vendidas para a partida, que marcará a despedida do ídolo Petkovic.

Da carga de 37.092 bilhetes, só há unidades para os setores Leste e Oeste Inferior, que custam R$ 60 (R$ 30 meia-entrada). O Rubro-Negro enfrenta o Corinthians, às 16h (de Brasília), pela terceira rodada do Brasileirão. O setor Norte é destinado aos corintianos.

As vendas seguem neste sábado em todos os postos (exceto o Engenhão) e pela internet (ainda há duas mil entradas disponíveis para compra no site www.ingressofacil.com.br).

Preços dos ingressos:

Flamengo
Setor Leste e Oeste Inferior: R$ 60 (R$ 30 meia-entrada)

Corinthians
Setor Norte: R$ 30 (R$ 15 meia-entrada)

Pontos de venda:
Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora)
Bilheterias do Fluminense F. C.
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Loja Sea Soul – Rua São João 35, loja 38 – Niterói
HSBC Arena - Av. Abelardo Bueno, 3401 - Barra da Tijuca.
Clube Nilopolitano – Estrada Expedicionário, 91 -Nilópolis (somente ingressos inteiros)
Associação Atlético Volantes de Mesquita – Rua Maciel 157 – Juscelino Mesquita (somente ingressos inteiros)
Site da Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br)
Em São Paulo:
Ginásio do Ibirapuera: Rua Manuel da Nóbrega, 1361 – Ibirapuera
Estádio do Pacaembu: Praça Chales Miller s/n



Luxa admite risco no adeus de Pet contra corinthians e prepara substituições


Luxemburgo durante entrevista do Flamengo (Foto: Janir Junior / GLOBOESPORTE.COM)
Luxemburgo assumiu que a despedida de Pet no jogo de Corinthians, domingo, às 16h, no Engenhão é um risco. E assumiu a responsabilidade. O técnico admitiu que alguns jogadores terão que se sacrificar na marcação e lembrou que Léo Moura voltará ao time depois de ficar afastado por conta de dores no joelho direito. Ele também garantiu que a escalação de Egídio na lateral esquerda foi para evitar que Junior Cesar, também sem ritmo de jogo ideal, deixasse o time ainda mais limitado.

Luxa revelou que já definiu as substituições que fará durante a partida. O técnico também não participará das homenagens ao gringo, já que afirmou que, enquanto Pet dá adeus ao futebol durante o intervalo, ele estará no vestiário fazendo ajustes no time.

- É um risco. Temos a volta do Léo Moura, que ainda não está completamente legal, mas temos que colocar para jogar. Tem o Pet. Se colocasse o Junior Cesar seriam 30% das forças. As substituições já estão preparadas. O Pet vai jogar, no máximo, 45 minutos. Enquanto tem a festa dele, eu já desço para o vestiário para fazer ajustes – afirmou Vanderlei.

O técnico também comentou sobre questionamentos que são feitos pela escolha da despedida em uma partida oficial.

- Estou vendo o pessoal comentar bastante. Primeiro, foi o afastamento. O Pet é profissional. Ninguém colocou o jogador à disposição porque é mau caráter ou pilantra. É uma relação de patrão e empregado. Vão sempre arrumar uma maneira de contestar. Conversei com o Isaías (Tinoco, gerente de futebol). Decidi arriscar para dar um pouco de vida, beleza a essa despedida. Acho uma coisa bem feita.

Luxa reiterou que contratou Junior Cesar para ser titular. O lateral-esquerdo poderia entrar caso Pet não se despedisse contra o Corinthians.

- O Egídio jogou dois jogos bem. Mas não podemos esquecer que ele vinha criticado e contratei o Junior Cesar para jogar. Não adianta inventar conversa. Contratei porque não consegui acertar a lateral esquerda. Se o Junior Cesar não render, aí é outra coisa.



Luxa confirma Pet como titular e mantém Egídio na lateral esquerda

petkovic flamengo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)
Em coletivo realizado na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, o técnico Vanderlei Luxemburgo manteve Egídio na lateral esquerda e escalou Petkovic no lugar de Thiago Neves, que está com a Seleção Brasileira. Junior Cesar, contratado para ser o titular na lateral e que estava cotado para estrear domingo, contra o Corinthians, treinou entre os reservas e vai ter de esperar.

Pet bateu duas faltas na atividade desta sexta. O aproveitamento foi ruim. Uma foi para fora e outra defendida por Paulo Victor. Ele e Ronaldinho vão decidir quem será o responsável pelas cobranças durante a partida. No fim da atividade, os titulares venceram por 2 a 0, gols de David Braz e Welinton.

Recuperado de dores no joelho direito, Leonardo Moura treinou normalmente e está confirmado na equipe. Já o criticado Fernando, que entrou nos minutos finais do empate por 3 a 3 com o Bahia na última rodada, não treinou sequer entre os reservas. O jogador ficou em um outro campo, junto com Gustavo e Rodrigo Alvim.

O time treinou com Felipe, Léo Moura, Welinton, David Braz e Egídio; Willians, Renato, Bottinelli e Petkovic; Ronaldinho e Wanderley. Os reservas tiveram Paulo Victor, Galhardo, Jean, Angelim e Júnior Cesar; Muralha, Luiz Antônio, Vander e Negueba; Diego Maurício e Deivid.

- O time que vai entrar jogando é o que treinou, alguém vai ter de se sacrificar um pouco mais na marcação, em função de o Pet não ter essa característica e estar voltando para um jogo de despedida. Ver ele e Ronaldinho juntos é uma coisa bonita - disse o técnico Vanderlei Luxemburgo.

egidio flamengo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com) 
O lateral Egídio garantiu sua vaga entre os titulares no domingo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)

O teinador rubro-negro ressaltou ainda que, apesar do caráter festivo da partida, o time precisa se concentrar em ganhar o jogo.

- Esquecendo a festa, sabemos que vale três pontos. Falei com o Pet que ele vai ter de ir no máximo que puder. Jogar para ele e para a equipe. Vamos fazer a despedida, mas o importante é criar resultado. Tenho visto o pessoal comentar bastante que não deveria ser dessa forma. Mas difícil é encontrar uma oportunidade. Temos de fazer (a despedida). Achei que no início da competição, com três jogos, dava para arriscar um pouco ali para dar um pouco de vida, de beleza. O Flamengo está fazendo a despedida de um jogador que tem história no clube - explicou Luxa.

Visita ilustre


O treino foi visto por um convidado ilustre: Heenk Ten Cate, ex-treinador do Ajax e auxiliar de Frank Rijkaard no Barcelona, nos tempos de Ronaldinho Gaúcho. Ele  veio ao Brasil para comentar o amistoso deste sábado, entre Brasil e Holanda, às 16h, no Serra Dourada. O holandês, que teve passagem também como auxiliar no Chelsea, treinou na última temporada a equipe do Umm Salal, do Qatar.


Dirigente do Benfica confirma conversas com o Fla sobre Airton

O diretor de comunicação do Benfica, João Gabriel, confirmou, nesta sexta-feira, que o clube português tem conversado com o Flamengo sobre Airton. Na semana passada, o vice de finanças Michel Levy e o procurador-geral Rafael de Piro aproveitaram uma viagem a Portugal para investir no volante. O Rubro-Negro tenta contratá-lo por empréstimo e está otimista. O dirigente luso, no entanto, não entrou em detalhes sobre o negócio.

- O que posso dizer é que estamos em contato com o Flamengo. Mas, ao contrário dos dirigentes do Brasil, que falam tudo, o Benfica só vai se pronunciar quando o negócio for concluído - afirmou.

O Flamengo contrataria o volante por um ano, com opção de compra no fim do vínculo e passe fixado. Airton deixou a Gávea em janeiro do ano passado e custou € 3 milhões (R$ 6,8 milhões) aos portugueses.

O jogador está de férias no Rio e, segundo os dirigentes rubro-negros, deseja voltar ao clube. Na última temporada, fez apenas 15 jogos pelo Benfica, sendo sete como titular.


Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!