Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 25 de junho de 2011

Zagueiros do Fla mostram satisfação com atuação

Após a vitória do Flamengo por 4 a 1 sobre o Atlético-MG, os zagueiros Welinton e David Braz falaram sobre a goleada em favor do Flamengo, que acabou com um jejum de quatro partidas sem vitórias.

O zagueiro Welinton afirmou que o Flamengo teve muitas chances na primeira etapa, e já poderia ter marcado nos 45 minutos iniciais. Para o zagueiro, o gol atleticano foi uma jogada fortuita.

- No primeiro tempo, nós criamos muito. O Atlético-MG achou o gol no segundo tempo. Nós lutamos muito e merecemos o placar - disse.

David foi conciso nas palavras. O jovem defensor foi substituído no começo do segundo tempo, mas parecia satisfeito com sua própria atuação:

- Sempre trabalhei quieto. Estou de parabéns, fui muito feliz nesse jogo.

Ronaldo Angelim diz não sentir falta de ritmo de jogo


Com a mudança de esquema para o 3-5-2, promovida pelo técnico rubro-negro Vanderlei Luxemburgo, o zagueiro Ronaldo Angelim voltou à titularidade da zaga do Flamengo. Mesmo há tempos sem começar jogando, o zagueiro disse que não sentiu o ritmo de jogo diante do Atlético-MG.

- Estou tranquilo. Estou aqui há tanto tempo que jogar, para mim, não é nenhuma novidade. Sempre que o técnico precisar de mim, pode contar comigo. Queríamos vencer por uma margem boa de gols, e conseguimos - afirmou.

Sobre a saída de David para a entrada de Negueba, que impulsionou o Flamengo ao ataque no segundo tempo, Angelim brincou e disse que a escolha do técnico foi pela demora de seu companheiro de zaga em rebater a bola perto de sua grande área:

- O David é meu companheiro de quarto e posso brincar com ele. O Luxemburgo resolveu tirá-lo porque ele queria brincar um pouquinho de sair jogando. Acho que o professor apostou em mim porque eu afasto logo a bola (risos).


Luxa diz que crise fica na parte externa e que atuação foi convincente


O Flamengo, enfim, voltou a conjugar o verbo vencer, o que não acontecia desde o dia 21 de maio, quando bateu o Avaí por 4 a 0 na estreia do Brasileirão. A vitória por 4 a 1, de virada, sobre o Atlético-MG, fez Vanderlei Luxemburgo aprovar a atuação do time e afirmar que os focos de crise e o caso Ronaldinho durante a semana não atingiram o grupo.

- O Flamengo foi superior durante os 90 minutos, mas no primeiro tempo a bola não entrou. No segundo, eles conseguiram fazer o gol. Mexi no time para jogar a equipe mais para cima deles. O time teve uma atuação convincente. Não foram as mexidas que decretaram a vitória, eu não fui fantástico.

No segundo tempo, Vanderlei lançou Negueba e Deivid nas vagas de David Braz e Wanderley, respectivamente.  O técnico disse ainda que toda polêmica sobre Ronaldinho Gaúcho durante a semana não passou para o lado de dentro do campo.

- Tem muita crise, discussão que fica na parte externa. Respeitamos as críticas, mas elas não trabalham. Não é uma vitória para dar tranqüilidade nem mostrar nada a ninguém – afirmou o técnico, para falar mais sobre as saídas do camisa 10.

- Ele sabe que cometeu alguns excessos, mas conversamos sobre isso internamente.

O zagueiro Juan, que recentemente renovou seu contrato com o Roma, esteve no Engenhão para assistir ao jogo contra o Atlético-MG.



'O verdadeiro Flamengo foi o do segundo tempo', diz Thiago Neves

Logo após a vitória sobre o Atlético-MG, o meia Thiago Neves exaltou o esquema ofensivo do Mengão, que mudou de cara no segundo tempo do jogo no Engenhão. O Rubro-Negro perdia por 1 a 0 quando Luxemburgo sacou o zagueiro David Braz para lançar Negueba. Deu no que deu.

 '' É assim mesmo. O Flamengo tem que partir para cima o tempo todo, como mostramos contra o Atlético-MG. Isso é bom para nossa confiança e foi desse modo que consegui fazer o gol da virada. O verdadeiro Flamengo é esse que se viu no segundo tempo. Temos que continuar assim", afirmou o jogador.

O Flamengo iniciou a partida com três zagueiros, jogando com alas. Luxa arriscou um 3-5-2, mas para felicidade da torcida rubro-negra, mudou a tempo.



Melhores momentos: Flamengo 4 x 1 Atlético-MG pela 6ª rodada do Brasileirão 2011

Depois das vaias, Ronaldinho tem nome gritado pela torcida



Depois das vaias, o reconhecimento. Ronaldinho Gaúcho começou mal no jogo contra o Atlético-MG na noite deste sábado, subiu de produção no segundo tempo, fez um golaço, protagonizou bons lances na etapa final e foi saudado pela torcida aos gritos de ‘Ah, é Ronaldinho’. No último domingo, no mesmo Engenhão, o camisa deixou o gramado aos 44 minutos do segundo tempo sob vaias dos rubro-negros.

No fim, o jogador, já sem camisa, se dirigiu à torcida, bateu no peito e fez um misto de agradecimento com pedido de desculpa. Na saída do campo, o jogador não concedeu entrevista e desceu para o vestiário com os punhos cerrados em direção às arquibancadas.

Ronaldinho não marcava desde o empate em 3 a 3 com o Bahia, no dia 29 de maio. Com o golaço neste sábado, ele contabiliza três no Campeonato Brasileiro. Durante a semana, o camisa 10 foi alvo de muitas críticas por conta das fracas atuações e dos excessos na vida particular.


Deivid comemora os dois gols que marcou na vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG

Os gols de Flamengo 4 x 1 Atlético-MG pela 6ª rodada do Brasileirão 2011

Flamengo 4 x 1 Atlético-MG



Ficha técnica


Data: 25/06/2011

Horário: 18h30 (de Brasília)

Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP/FIFA)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP/FIFA) e Alessandro Rocha de Matos (BA/FIFA).


Gols: Dudu Cearense, aos sete minutos do segundo tempo; Ronaldinho Gaúcho, aos 21 minutos do segundo tempo; Thiago Neves aos 31 minutos do segundo tempo; Deivid aos 40 e 45 minutos do segundo tempo.

Público pagante: 14.054

Público presente: 16.870

Renda: R$ 393.100,00


Cartões amarelos: Guilherme, Dudu Cearense e Renan Ribeiro (Atlético-MG); Thiago Neves (Flamengo).

Flamengo: Felipe, Welinton, David Braz (Negueba) e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Luiz Antônio (Luiz Philipe), Renato Abreu, Thiago Neves e Junior Cesar; Ronaldinho e Wanderley (Deivid).
Técnico:  Vanderlei Luxemburgo

Atlético-MG:  Renan Ribeiro, Patric, Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Giovanni Augusto (Toró), Serginho, Dudu Cearense e Daniel Carvalho (Renan Oliveira); Magno Alves (Neto Berola) e Guilherme.
 Técnico: Dorival Júnior



Base do Flamengo vence o Duque de Caxias na Taça Guanabara

Na manhã deste sábado, em partidas válidas pela sexta rodada do returno da Taça Guanabara, primeira fase do Estadual de cada categoria, as equipes infantis e juvenis do Flamengo duelaram com o Duque de Caxias, no Estádio Romário de Souza Faria, o Marrentão, em Xerém.

No infantil, vitória apertada
Com a vitória por 2 a 0, a equipe do Flamengo chegou aos 33 pontos no grupo A, ocupando a vice-liderança, já classificado para a próxima fase do Estadual. Por sua vez, o Tricolor da Baixada permaneceu na lanterna do grupo B, com apenas dois pontos conquistados, e já está eliminado da competição.

A equipe do Flamengo volta a campo enfrentando o Botafogo, às 9h, em Caio Martins. Já o Duque de Caxias receberá o Resende, no Marrentão, às 15h. Ambas as partidas acontecerão no próximo sábado.

Goleada no juvenil
Após a goleada de 4 a 1, a equipe do Flamengo fica na vice-liderança do grupo A, com 32 pontos ganhos, já classificado para a próxima fase. Já o Duque de Caxias permanece na quarta colocação do grupo B, com 18 pontos conquistados. O Tricolor da Baixada ainda depende de si para conquistar a vaga na próxima fase deste Estadual.

No próximo sábado, o Flamengo encara o Botafogo, às 11h, em Caio Martins. No mesmo dia, o Duque de Caxias recebe o Resende, às 13h, no Marrentão.

Diego Maurício vai para o fim da fila e Wanderley reaparece como titular


wanderley flamengo treino (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
Diego Maurício voltou para o fim da fila. Depois de ser titular no jogo contra o Botafogo no último domingo, o jogador retornou para o banco de reservas. Para Vanderlei Luxemburgo, o atacante não se encaixou no modelo tático adotado e ainda precisa aprimorar as partes técnica e tática. E novamente o setor ofensivo terá a presença de Wanderley diante do Atlético-MG, neste sábado, às 18h30m, no Engenhão.

- Ficou mais uma vez provado que o Diego Mauricio é bom jogador, mas, como titular, sai muito para o lado. Mudei o esquema e com Wanderley fico mais centralizado - analisou Vanderlei, que acredita que Diego precisa de maior obediência tática.

Deivid é outra opção no banco. No treino desta sexta-feira, o jogador chegou atrasado por conta de problemas particulares, treinou na sala de musculação e não participou do rachão com o restante do grupo.

- Não foi nada disciplinar, ele teve um problema particular, mas está relacionado para o jogo - explicou o técnico rubro-negro.

Diante do Galo, Vanderlei Luxemburgo trocou o esquema 4-4-2 para o 3-5-2 por conta das suspensões de Willians e Bottinelli. A zaga terá a presença de David, Welinton e Ronaldo Angelim. Luiz Antonio, 20 anos, começará pela primeira vez como titular entre os profissionais.

- Preferi dar um pouco de segurança com os três zagueiros. Até porque o Renato e o Luiz Antonio não são primeiros volantes. É importante ter essa proteção e isso nos levará a agredir mais o adversário - afirmou Luxa.

O Flamengo encara o Atlético-MG às 18h30m, no Engenhão.


Do dinheiro da Globo, Fla deve gastar R$ 15 milhões em contratação



A diretoria do Flamengo vai cumprir o acordo político e deve gastar em torno de R$ 15 milhões do dinheiro da TV Globo em contratações. A preocupação de cartolas rubros-negros, agora, é que esse dinheiro não vá todo para só um reforço, como ocorreria se a negociação por Kleber tivesse vingado - o Fla ofereceu R$ 13,8 milhões para trazer o jogador.






 

Conselho do Fla também acende luz amarela com Ronaldinho

Não é só a diretoria que está de luz amarela acesa com o Ronaldinho. O Conselho Fiscal vai pedir todos os contratos envolvendo o jogador e o clube e até os que ele assinou com a Traffic que tenham o clube como anuente.



Fla vai reavaliar Ronaldinho em janeiro

Ronaldinho Gaúcho pode mesmo sair do Flamengo no final do ano. E não é só o jogador que pode querer a separação. Diretores do clube dizem que a situação do jogador será reavaliada em janeiro. Se continuar como está, o Rubro-Negro deverá tentar uma dispensa amigável – unilateralmente, o clube não cogita fazer porque teria de pagar até R$ 16 milhões de rescisão. 

Outro ponto a ser avaliado é a posição da Traffic. A empresa está pagando R$ 1 milhão por mês ao jogador e até agora nem consegue vislumbrar como vai recuperar esse dinheiro.


sexta-feira, 24 de junho de 2011

Na pelada com Ronaldinho





Premiação segue atrasada e jogadores do Fla ficam contrariados

                   


Ao fim de mais uma semana, a diretoria do Flamengo não depositou a parte que falta da premiação pela conquista do Campeonato Carioca e outros 'bichos' que ainda não caíram na conta bancária do elenco. Além do atraso na quitação, internamente os jogadores questionam o fato de dirigentes falarem em cifras milionárias para a contratação de reforços, entre eles Kléber, do Palmeiras, e não darem satisfações para os responsáveis pela conquista do título estadual. O grupo se sente desvalorizado e debate o assunto nos bastidores.

A promessa de pagamento era até 7 de junho, o que não ocorreu. No início do mês, a diretoria pagou a cada jogador R$ 15 mil pela classificação na fase eliminatória do Carioca. Ficaram pendentes R$ 10 mil do returno do estadual e um bônus para elenco e comissão técnica, já que o time foi campeão sem a necessidade de dois jogos finais. O valor seria algo em torno de R$ 10 mil, o que resultaria um débito de R$ 20 mil por atleta.

O clube precisa quitar também os prêmios pelos três primeiros jogos da Copa do Brasil. O Rubro-Negro eliminou Murici-AL, Fortaleza e Horizonte-CE sem a necessidade do jogo de volta. O valor combinado por partida foi de R$ 2,5 mil, num total de R$ 7,5 mil. Há ainda uma pendência que envolve a Taça Libertadores da América do ano passado.

A reportagem do GLOBOESPORTE.COM não conseguiu contato com o vice de finanças Michel Levy para falar sobre o assunto.






Luxa sobre o caso Ronaldinho: ‘Antigamente já teria chutado o balde’

Vanderlei Luxemburgo comentou nesta sexta-feira o caso Ronaldinho Gaúcho. Nos últimos dias, o camisa 10 foi alvo de críticas por conta das fracas atuações e dos excessos nas noites cariocas. O técnico admitiu que os fatos divulgados pela imprensa sobre o jogador são concretos, afirmou que em outras épocas já teria chutado o balde e disse entender as cobranças feitas pela torcida. O técnico revelou que Ronaldinho viveu uma situação diferente nos últimos dias.

- Pela experiência, tratei o assunto com mais calma. Antigamente já teria chutado o balde de outra forma... Discutimos nosso trabalho internamente. Já tomei muitas decisões duras. Os fatos divulgados pela imprensa são concretos. Não são factóides – afirmou o técnico do Mengão.

Vanderlei Luxemburgo no treino do Flamengo (Foto: Maurício Val / VIPCOMM) 
Luxemburgo comanda treinamento no Ninho do Urubu (Foto: Maurício Val / VIPCOMM)

Luxa lembrou o episódio que aconteceu em 1995, quando entrou em colisão com Romário e deixou o clube.

- Na minha discussão com Romário acabou que eu saí do clube. Todo mundo bancava o Romário, diziam que ele era fantástico, que ia para noite e no dia seguinte resolvia. As mesmas pessoas que defendiam o jogador naquela época hoje criticam o Ronaldo.

O treinador rubro-negro comentou a presença de alguns integrantes de torcida organizadas no Ninho do Urubu na última terça-feira. Os torcedores não tiveram os pedidos para conversar com jogadores e comissão técnica atendidos.
Ronaldinho Gaúcho sorridente no treino do Flamengo (Foto: Jorge Wiliam / Agência O Globo)
 
- Não vejo problema em conversar civilizadamente numa sala. Mas o CT é nosso local de treinamento.

Segundo o técnico, Ronaldinho viveu uma semana diferente, sob pressão.

- É normal que ele fique mais retraído, mas nos últimos treinos ele já demonstrou estar bem. Ele é um cara consagrado, levou uma porção de pancada durante a semana e talvez não estivesse acostumado a isso.

Percentual de gordura tem redução

Vanderlei, inclusive, defendeu o camisa 10.

- Contra o Botafogo, ele correu e lutou como os demais jogadores. Achei uma injustiça, pois as vaias no jogo contra o Botafogo foram pelas coisas que aconteceram durante a semana. Não tirei o jogador para que ele fosse vaiado ou criasse qualquer situação. Tirei porque achei necessário – explicou o técnico.

Segundo o treinador, nesta quinta-feira foi medido o percentual de gordura de Ronaldinho. E o resultado agradou.

- Ele diminuiu ainda mais. Estava com 9%, ou mais um pouquinho. A motivação para ele alcançar os objetivos tem que partir do próprio Ronaldo.

Ronaldinho Gaúcho estará novamente no centro das atenções neste sábado, quando o Flamengo enfrentará o Atlético-MG, às 18h30m, no Engenhão.



Luxemburgo confirma o Fla com três zagueiros neste sábado, no Engenhão

O técnico Vanderlei Luxemburgo confirmou o time com três zagueiros para o jogo deste sábado, contra o Atlético-MG, às 18h30, no Engenhão. O treinador testou a formação duas vezes durante a semana e vai colocá-la em prática no duelo válido pela sexta rodada do Brasileirão. Com isso, o time terá Wellinton, David e Ronaldo Angelim atrás. No ataque, Wanderley segue como titular. Vanderlei Luxemburgo explicou a opção:

- Escolhi pelo esquema adotado. Preciso de um jogador que centralize as jogadas.

Sem Willians e Bottinelli, suspensos, o treinador confirmou também Luiz Antonio no meio. Desta forma, a escalação ficou assim: Felipe, Welinton, David e Angelim; Léo Moura, Luiz Antonio, Renato, Thiago Neves e Junior Cesar; Ronaldinho e Wanderley.

Nesta sexta-feira, os jogadores fizeram o tradicional rachão, vencido pelo time de Ronaldinho.



Time sub-15 do Fla está na final da Lion City Cup

O time sub-15 do Flamengo venceu  a seleção sub-15 de Cingapura por 3 a 0  e se classificou para a final da Lion City Cup, maior competição do mundo da categoria. Os gols foram marcados por Jorge, aos 39 do primeiro tempo, Herson, aos 15 do segundo, e Caio, aos 24 do segundo. O autor do último gol foi eleito o melhor jogador da partida.

A final será contra a seleção sub-16 de Cingapura, que derrotou o Juventus, da Itália, nos pênaltis, por 4 a 3. No tempo normal, a partida terminou 2 a 2. A decisão será no domingo, às 9h45m (de Brasília).

Na primeira fase da competição, o Flamengo empatou por 1 a 1 com seu adversário da final de domingo.



Patricia, sobre Ronaldinho: ‘Temos de nos preocupar. Pagamos caro’

Ronaldinho Gaúcho treino Flamengo (Foto: Fábio Borges / VIPCOMM)
Na última terça-feira, Ronaldinho Gaúcho foi tema de uma conversa entre dirigentes do Flamego e Roberto Assis. Em pauta, a repercussão negativa dos excessos do camisa 10 na noite carioca no momento em que o time sofre para engrenar no Campeonato Brasileiro - foram quatro empates e apenas uma vitória. O empresário e irmão do jogador o defendeu, disse que a turbulência é passageira, mas prometeu uma mudança de comportamento.

Na manhã seguinte, R10 chegou meia hora mais cedo ao treino e suou a camisa num circuito que incluiu trabalho para a parte física, finalizações e toques de bola em espaço reduzido. Segundo a presidente Patricia Amorim, a preocupação com o comportamento de Ronaldinho é o mesmo com os demais atletas do grupo. A diferença está na proporção que o craque gera.

- Tudo preocupa. Não só em relação ao Ronaldinho, mas a todos os jogadores. É que com ele tem uma dimensão maior, é o capitão, a estrela do time. Não tem muito jeito. Mas não é nada que a gente não consiga conversar. O Assis estava aqui e aproveitamos para falar com ele. Achamos que seria bom e fluiu muito bem. Temos a preocupação sempre. Não interferimos na vida pessoal dele, mas temos de nos preocupar. Pagamos caro - disse Patricia.

Ronaldinho assinou contrato com o Flamengo por três anos e meio. O craque recebe mensalmente cerca de R$ 1 milhão (com variáveis como royalties em venda de camisas). A Traffic, parceira do clube no acerto com o jogador, é responsável por 75% dos vencimentos dele. O restante sai da conta do Rubro-Negro.


Na base da força e da fé, zagueiro Gustavo busca seu espaço no Flamengo



O porte físico assusta à primeira vista. Mas basta Gustavo pronunciar algumas palavras para a fala mansa revelar um cara tranquilo, do tipo que curte novelas, tem como principal badalação ir ao shopping com a família e foge do estereótipo de boleiro. A força física ele usa apenas para combater os adversários e nos potentes chutes de fora da área. Evangélico, o zagueiro de 25 anos reza todas as noites e agradece por ter chegado ao Flamengo depois de uma peregrinação por clubes pequenos. Mesmo com ajuda divina, porém, a vaga não cairá do céu.

- Muitas coisas aconteceram na minha vida, mas tenho a cabeça boa, os pés no chão. A expectativa agora é para ter uma chance. Mas já posso dizer que estou ao lado de um ídolo, que é o Ronaldinho. Pedi a camisa que ele usou na estreia do Brasileiro, contra o Avaí. Coloquei num quadro que está na sala da casa dos meus pais – revelou Gustavo.

gustavo flamengo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com) 
 
Muito forte, Gustavo ganhou apelido curioso: Geladeira (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)

A casa dos pais João Batista e Rita de Cássia fica em Atílio Vivacqua, interior do Espírito Santo, onde Gustavo nasceu. Apesar de ainda não conseguir comprar fiado nas padarias locais, Gustavo revela que a cidade se orgulha do filho da terra.

- Fizeram a maior festa quando eu acertei com o Flamengo. Rodei por clubes como o Tigres, CRB, Potiguar, Boavista, Duque de Caxias até chegar ao Flamengo. Minha carreira sempre foi batalhar – afirmou o jogador.

gustavo flamengo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)
Quando chegou ao Flamengo, a batalha foi contra a balança e para recuperar a forma física. O jogador cumpriu um período de treinos separado do grupo. Contra o Atlético-MG, neste sábado, às 18h30m, no Engenhão, Gustavo poderá sentir o gostinho de ficar no banco pela primeira vez.

- Perdi peso desde que cheguei e melhorei bem. Com a ansiedade pelo acerto com o Flamengo, acabei comendo demais, agora fechei a boca, tive acompanhamento de nutricionista.

Dentro de campo, Gustavo se define como um zagueiro de forte desarme e com chute potente. Fora das quatro linhas, o jogador revela ter personalidade atípica em meio aos boleiros.

- Sou noveleiro, gosto de assistir filmes de ação, ir ao shopping e ficar com a minha família (ele é casado com Carla e tem uma filha Geovanna, de oito meses). Curto música evangélica, vou à Igreja e sempre leio a Bíblia. Meu prato preferido é arroz, feijão, bife e batata frita.

Depois de roer o osso, Gustavo quer comer o filé. O jogador garante que nunca foi chegado à malhação. Segundo ele, o porte físico é herança genética do pai.

- Nunca fui de malhar. Sempre tive essa massa muscular.

A tal massa muscular lhe rendeu 1,86m, cerca de 90 kg e um apelido logo nos primeiros dias de clube.

- O pessoal me chama de Geladeira. Eu levo numa boa.

No Flamengo, na base da força e da fé, o Geladeira busca seu espaço sem medo de entrar numa fria.


‘Big Brother’ das obras do CT do Fla atrasa e deve começar em 15 dias



novo ct flamengo (Foto: Divulgação)
O Flamengo ainda não conseguiu iniciar a transmissão das obras do Ninho do Urubu. Para dar transparência ao processo, o clube prometeu instalar duas câmeras no CT para exibir o andamento da construção aos torcedores ao vivo pela internet. Foi criada uma área específica para isso no site oficial, e as imagens deveriam estar no ar desde 15 de junho. A espiadinha, no entanto, vai ter de esperar um pouco mais, segundo o vice de patrimônio do clube, Alexandre Wrobel.

- As câmeras já começaram a ser instaladas, mas o processo está em fase final de cabeamento. Temos de levar o cabeamento até lá em baixo (na altura do campo 4). Tivemos de reforçar o sistema que foi contratado, pois se tivéssemos muitos acessos simultâneos, se dez ou 15 torcedores deixassem a transmissão ligada ao mesmo tempo, por exemplo, não suportaríamos. Estamos reforçando o servidor. Não quero fixar prazo, mas creio que a transmissão começa dentro de dez ou quinze dias - afirmou Wrobel.

As obras foram iniciadas há um mês, em 24 de maio. A intenção é concluir em um ano a parte mais importante do projeto. A construção começou a partir dos módulos 16 e 17, que vão atender a equipe de futebol profissional. Essa área custará R$ 8,5 milhões. Na última segunda-feira, Wrobel teve uma longa reunião com o técnico Vanderlei Luxemburgo para tratar de detalhes da execução do projeto.

- Tivemos uma conversa com os engenheiros sobre a obra, precisávamos alinhavar algumas coisas. Ele está participando diretamente com ideias, sugestões. Já pediu alguns detalhes, mudanças. Em torno do campo de treinos estava prevista uma pista de atletismo, mas ele achou que não é necessário. Então decidimos mudar. Estamos conversando constantemente - disse.

As obras ainda estão em ritmo inicial, mas o dirigente diz que corre tudo dentro do programado:

- Estamos seguindo um cronograma, não vamos atropelar as coisas. O técnico de fundações pediu mais oito furos de sondagem. Tivemos de fazer e perdemos cerca de dez dias. É obra. Lá na frente vamos recuperar. Está indo bem.

Dos R$ 8,5 milhões necessários para erguer os módulos dos profissionais, R$ 1,3 milhão foi arrecadado pela campanha dos tijolinhos e R$ 2,1 milhões serão doados pela parceira Ambev. Doações de pessoas físicas e parte das luvas da assinatura do novo contrato de televisão também serão empregadas na obra. Além disso, a exploração do prédio do Morro da Viúva é vista como mais uma fonte de receita.


Patricia mantém interesse por Kleber e nega ter pedido desculpas a Tirone



kleber palmeiras treino (Foto: Piervi Fonseca / Agência Estado)
A presidente do Flamengo, Patricia Amorim, confirmou que ligou para o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, mas negou que tenha pedido desculpas por ter feito a proposta por Kleber. Nesta quinta-feira, o dirigente do clube paulista revelou a conversa com a do Rubro-Negro e procurou encerrar a possibilidade de uma transferência do atacante.

- Não acredito que o Flamengo ainda tenha intenção de levar o Kleber. Conversei com a Patricia na última segunda-feira. Ela se desculpou por ter entendido algo diferente (em relação ao contrato do atacante).

Patricia explicou que a intenção era fazer o contato antes que o interesse no jogador se tornasse público e ainda assim fez o telefonema.

- Liguei para ele na segunda-feira, pois queria esperar passar o fim de semana por conta dos jogos. Apesar de ter assinado a proposta na sexta, queria ter falado com ele antes que a oferta se tornasse pública. Mas a coisa vazou. Mesmo assim encaminhamos o e-mail e a carta. Não chegou a ser um pedido de desculpas. Não retiro a proposta, está de pé e falei isso com ele. Não teria motivo para pedir desculpas porque fazer uma proposta é algo normal. Qualquer empresa pode fazer isso quando se interessa por algum profissional - afirmou.

Apesar de Tirone considerar o assunto encerrado, a presidente do Flamengo diz que o clube ainda estuda uma forma de investir no jogador. No sábado passado, o Flamengo fez uma proposta de € 3 milhões (cerca de R$ 7 milhões) por 50% dos direitos econômicos de Kleber - a outra metade pertence ao Cruzeiro. A oferta foi recusada pelo Verdão. Os cariocas estudam a possibilidade de pagar a multa rescisória de € 6 milhões (equivalente a R$ 13,7 milhões), valor estabelecido por Palmeiras e Cruzeiro e firmado em documento. Desta maneira, o Alviverde não teria como frear o negócio, e a decisão ficaria com o jogador.

- O Flamengo não abandonou. Sabemos que é difícil, mas vamos estudar a possibilidade de fazer uma nova proposta. Caso seja possível, será feita.

O presidente alviverde diz que a multa rescisória acertada com Kleber é muito maior do que a oferta rubro-negra e ultrapassa os R$ 100 milhões. De fato há uma multa entre Kleber e Palmeiras em caso de rescisão antes do término do contrato (junho de 2015), mas ela não inviabilizaria o negócio. O valor exato é de R$ 240 milhões.

Na última quarta-feira, Kleber reafirmou seu desejo de permanecer no Palmeiras, mas não descartou ouvir a oferta do Fla.

Por ora, André também não está descartado

André, que já foi a primeira opção do Flamengo para o ataque, ainda não saiu da pauta. O jogador pertence ao Dínamo de Kiev e tem contrato até 2015. Há um ano, os ucranianos pagaram € 8 milhões (cerca de R$ 18 milhões) ao Santos e pretendem recuperar boa parte do investimento. Patricia Amorim, no entanto, diz que o negócio é complicado.

- Não desistimos de ninguém. As coisas esfriam e esquentam a todo momento. Às vezes, você tem de falar com um lado para depois falar com outro. Mas é muito difícil (o caso de André). Falamos com muita gente. Todo dia alguém oferece algum jogador. Sabemos que precisamos trazer (reforços).


quinta-feira, 23 de junho de 2011

Fora do Flamengo Ronaldinho vagabundo Gaúcho


O contrato que a Traffic assinou com Ronaldinho Gaúcho para que ele jogasse no Flamengo tem cláusulas relativas à imagem do jogador que permitem a sua rescisão caso a empresa e o clube entendam que o comportamento boêmio do atleta está prejudicando não somente o desempenho esportivo do time como também a possibilidade de aumento de faturamento, através da venda de patrocínio e licenciamentos diretamente ligados a ele.

Por enquanto, nem a Traffic nem o Flamengo querem falar abertamente sobre esta hipótese. Preferem esperar que o Dentuço se conscientize de que as suas frenéticas atividades extra-campo estão atrapalhando tanto os resulados esportivos quanto os econômicos - até hoje não se conseguiu vender a cota Master de publicidade da camisa e o preço, originalmente, estipulado em R$ 30 milhões, já baixou para R$ 20 milhões e nem assim encontrou interessados.

A melhor proposta, até agora, foi da Peugeot, e era de R$ 17 milhões brutos (daí ainda teriam que ser descontados os 20% da agência que cuida da conta da montadora francesa, o que levou a diretoria rubro-negra a recusar o negócio).

Na terça-feira, Assis, irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho, esteve reunido com alguns dirigentes do Fla numa badalada churrascaria do Rio e no menu, além da autorização para alguns contratos de licenciamento, esteve a questão do comportamento do craque.

Assis prometeu que o jogador será mais contido, daqui pra frente, principalmente em momentos esportivamente tensos, como o atual, onde o time não vence há quatro jogos.

A conferir...

Melhores momentos: Brasil 1 x 0 Austrália pelo Mundial Sub-17

Meia do Flamengo faz golaço de falta e coloca o Brasil nas oitavas de final







Austrália 0 x 1 Brasil


Ficha técnica

Estádio: Guadalajara, em Guadalajara (México)

Data: 23/06/2011

Árbitro: Stephan Studer (SUI)

Auxiliares: Sandro Pozzi (SUI) e Rafael Zeder (SUI)


Cartões amarleos: Lucas Piazon, Matheus, Nathan (Brasil); Melling (Austrália)

Gol: Adryan, aos 31 do segundo tempo


Brasil:    Charles, Wallace, Marquinhos, Matheus e Emerson; Hernani (Misael), Marlon Bica, Guilherme (Nathan) e Adryan; Lucas Piazon e Ademilson
Técnico: Emerson Ávila

Austrália:  Izzo, Chapman, King, Brown, Perkatis (Pegenek), Espindola (Oxborrow), Cooper, Tombides, Makarounas (Mauk), Melling e Woodcock.
Técnico: Jan Versleijen



Junior Cesar: 'Temos consciência de que não estamos jogando bem'




Num momento em que as vitórias do Flamengo são raras, pensar em jogar bonito fica em segundo plano. Em cinco rodadas do Brasileirão, o time só venceu na estreia, contra o Avaí. Depois, empatou quatro jogos seguidos (com Bahia, Corinthians, Atlético-PR e Botafogo) e começou a ouvir o barulho da crise batendo na porta. Críticas ao time, aos excessos de Ronaldinho Gaúcho na noite carioca, torcida no CT para cobrar um desempenho melhor. Entre os jogadores, há um consenso: é hora de vencer a qualquer custo, mesmo que seja na base do chutão.

- Neste momento, sim. Vencer é mais importante do que jogar bem. Claro que o ideal seria unir o útil ao agradável. Vencer e jogar bem traz confiança, você vai alcançando bons resultados. Quando você não joga bem e ganha, pelo menos você sobe na tabela, isso passa despercebido. Às vezes, você joga bem, empata e fica numa situação incômoda. O Brasileiro é um campeonato difícil e não permite que um time fique tanto tempo sem vencer, ainda mais o Flamengo, que quer brigar pelo título e pela Libertadores. Temos consciência de que não estamos jogando bem.

A retomada foi marcada para sábado, contra o Atlético-MG, pela sexta rodada. Em casa, o Rubro-Negro terá a obrigação de dar uma resposta aos torcedores.

- Sabemos da importância do jogo e da vitória. Esperamos sair com um resultado positivo. Não tem jogo fácil, sábado vamos enfrentar uma equipe experiente e sabemos que é fundamental somar pontos em casa.

Além de vitórias, os rubro-negros querem ver um Ronaldinho diferente contra a equipe mineira.

- Sabemos a pessoa que é o Ronaldo, claro que futebol é movido a resultado. Normal que a cobrança venha. Nós sabemos da importância do Ronaldo para a nossa equipe. É líder, capitão, tem experiência. Temos certeza que ele vai voltar a ser o cara que decide.

Flamengo e Atlético-MG se enfrentam às 18h30m (de Brasília). Os cariocas estão em 10º, com sete pontos. O Galo tem oito e é o quinto.


Sempre tranquilo, Luiz Antonio vive pressão na primeira entrevista no Flamengo

Olhar assustado, pressão do companheiro Junior Cesar, respostas curtas e sempre com a palavra ‘tranquilo’ incluída e um incessante gesto nervoso de ajeitar os meiões a cada declaração. Aos 20 anos, Luiz Antonio, que será titular no sábado, contra o Atlético-MG, às 18h30m, no Engenhão, concedeu sua primeira entrevista coletiva como jogador profissional do Flamengo. E confessou.

- É difícil, a pressão é muito grande. Dar entrevista é mais difícil do que ser titular. É complicado – brincou o jogador, que foi criado no futebol de salão do clube e depois nas categorias de base do Rubro-Negro.

Luis Antonio do Flamengo em sua primeira entrevista coletiva  (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com) 

Luiz Antonio concede a sua primeira entrevista coletiva (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com)

Antes de enfrentar a sabatina dos jornalistas, Luiz Antonio foi vítima de brincadeira de Junior Cesar.

- Ih, você que vai falar?! Não vai quebrar, não, hein?! – brincou o lateral-esquerdo.

O volante recebeu de Ronaldinho Gaúcho o apelido de Pequeno Michael por conta da suposta semelhança com Michael Jackson na época em que o cantor lançou o sucesso Thriller.

Apesar do nervosismo, Luiz Antonio manteve o jeito sereno.

- Estou em casa no Flamengo, bem tranqüilo, meus pais que me passam esse jeito de ser.

Depois de responder inúmeras perguntas, falar de sua vida, família e expectativa para o jogo contra o Atlético-MG, Luiz Antonio soltou um largo sorriso. Chegava ao fim sua primeira entrevista coletiva. E ele até agradeceu.

- Até que foi tranqüilo. Gostei de dar entrevista. Obrigado.


Vanderlei Luxemburgo voltou a testar o Flamengo no esquema com três zagueiros. Depois do treino tático de quarta-feira, o técnico repetiu a formação no coletivo desta quinta. Ronaldo Angelim passa a fazer companhia a Welinton e David.

Muralha treino Flamengo (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com)
Sem Willians e Bottinelli, suspensos, o treinador manteve Luiz Antonio no meio e Wanderley no ataque. Desta forma, a escalação dos titulares ficou da seguinte forma: Felipe, Welinton, David e Angelim; Léo Moura, Luiz Antonio, Renato, Thiago Neves e Junior Cesar; Ronaldinho e Wanderley.

Durante o trabalho, Luxa interrompeu para dar instruções, especialmente para o setor ofensivo, e praticou muito as jogadas de bola parada. Luiz Antonio foi elogiado pelo técnico ao conseguir anular alguns contra-ataques. Renato incorporou o líder, falando bastante. Com Wanderley na equipe, Ronaldinho joga um pouco mais recuado, mais como um armador.

O ataque teve muitas dificuldades para entrar na defesa dos reservas. Tanto que Thiago Neves foi obrigado várias vezes a arriscar os chutes de longe. Os alas Leo Moura e Junior Cesar tiveram liberdade para apoiar, mas apenas o primeiro aproveitou o espaço para ir ao ataque.

- Treinamos a formação com três zagueiros, ainda não sabemos se será assim. É um esquema que dá mais liberdade. Independentemente do esquema, vamos buscar a vitória no sábado. Sabemos da importância desse jogo contra o Atlético e de voltar a vencer no Brasileiro – disse o lateral-esquerdo Junior Cesar.

O volante Muralha (foto), que disputou a Libertadores sub-20 no Peru, foi reintegrado, correu em volta do gramado e deve ser relacionado para o jogo contra o Atlético-MG, neste sábado, no Engenhão, pela sexta rodada. A partida será às 18h30m.


Invasão do Fla na Sérvia: depois de Pacheco, Mezenga fecha com Estrela




Vinicius Pacheco no Estrela Vermelha (Foto: Reprodução Blic)
O Estrela Vermelha apostou nas indicações de Petkovic. Se no início do ano o clube contratou o colombiano Borja (três gols em 17 jogos), nesta semana mais dois reforços ex-Flamengo chegaram ao clube. O apoiador Vinícius Pacheco foi apresentado nesta quinta-feira e Bruno Mezenga desembarcou em Belgrado no mesmo dia. Ambos ainda pertencem ao Rubro-Negro e foram emprestados por um ano. Mezenga estavano no Legia Varsóvia, da Polônia, e marcou três gols em 13 jogos..

Segundo o técnico do clube de Belgrado, Roberto Prosinecki, as contratações têm um objetivo:

- O Estrela precisa ser o Barcelona da Sérvia. O time precisa voltar a ter uma mentalidade vencedora e isso não acontece do dia para a noite - disse o treinador.

O Partizan foi o campeão local neste ano e o Estrela terminou em segundo lugar. O Flamengo poderá acompanhar de perto os atletas emprestados em agosto. As duas equipes têm amistoso marcado para o dia 9 , em Belgrado. Será a segunda fase da despedida de Petkovic dos campos. A primeira foi no empate por 1 a 1 com o Corinthians, no início de junho.


Náutico confirma a contratação de Paulo Sérgio junto ao Flamengo

Como já era esperado, o Náutico anunciou oficialmente a contratação do atacante Paulo Sérgio, de 22 anos, que pertence ao Flamengo e estava no Estoril, de Portugal. Os últimos detalhes da negociação foram acertados na manhã desta quinta-feira pela diretoria alvirrubra, e o jogador ficará no novo clube por empréstimo até o final de 2011. É o segundo atleta emprestado nesta semana pelo Mengão ao Timbu, que já havia anunciado o acerto com o volante Lenon na segunda.

- É uma nova fase para mim. Fico feliz pelo acerto e espero poder mostrar meu futebol aqui. Todos sabem da força do Náutico e como o acesso é importante para o clube - disse Paulo Sérgio.

O atacante afirmou também que chega para buscar o seu espaço na equipe comandada pelo técnico Waldemar Lemos, que o indicou. Ele vai brigar por posição com Kieza, Ricardo Xavier, Alexandro, Joélson e Rogério:

- Há bons jogadores aqui, que estão jogando bem, mas vim para ajudar. Vou brigar pela vaga.


Léo Moura espera vitória por guinada no Brasileiro


Vencer o Atlético-MG neste sábado, no Engenhão, será fundamental para afastar as críticas ao time do Flamengo. Há seis anos no clube, Léo Moura conhece bem a pressão de quando os resultados não aparecem. A meta é vencer essa partida em casa e recuperar os pontos perdidos com a vitória sobre o América-MG.

- Não conseguimos vitórias. Acredito que se conseguirmos isso tudo vai sumir. Temos de ter consciência de que vencer no Brasileiro é importante, porque esses pontos podem fazer darmos uma guinada no Brasileiro. Temos de aproveitar os jogos em casa - explicou Léo. 

O empate com o Bahia, em jogo válido pela segunda rodada, não sai da memória dos jogadores do Flamengo. A partir desta partida, Léo Moura acredita que os jogadores foram atrapalhados pela ansiedade de recuperar os pontos que estavam praticamente garantidos.

- Temos de nos fechar. Esse grupo é experiente e sabe da importância. Depois nós vamos jogar fora de casa contra um time considerado pequeno, que vai dificultar a nossa vida. Temos de fazer o nosso papel, sair e tentar trazer pontos para recuperar os que ficaram nos empates - finalizou.

Em cinco jogos no Brasileiro, o Flamengo venceu apenas na estreia o Avaí. Empatou com Bahia, Corinthians, Atlético-PR e Botafogo. Por esses resultados, o time se afastou muito dos líderes e ocupa, no momento, a 10ª posição na tabela de clássificação do Brasileiro.

A partida contra o Atlético-MG será neste sábado, às 18h30, no Engenhão, pela sexta rodada do Brasileiro.



Olympikus prepara para julho linha casual do Flamengo

A Olympikus prepara para julho o lançamento das linhas casuais do Flamengo. Tulio Formicola, diretor da empresa, diz que ela será inspirada na história do clube, e não haverá referências a jogadores, como Ronaldinho Gaúcho. Aproveitou para reiterar que o Museu do Rubro-Negro sairá em novembro, apesar da desconfiança de conselheiros.








Na Série C do carnaval, Patricia vira enredo da Arrastão de Cascadura



Arrastão de Cascadura Flamengo Patricia Amorim (Foto: Divulgação)
A presidente do Flamengo, Patricia Amorim, vai misturar o preto e vermelho com o verde e branco no carnaval 2012. Longe do luxo dos desfiles e camarotes do Grupo Especial na Marquês de Sapucaí, a dirigente virá no carro abre-alas da Arrastão de Cascadura. A escola do Grupo C que desfilará na Avenida Intendente Magalhães, em Campinho, no domingo de carnaval, acredita que a vida pessoal e profissional de Patricia dá samba.

Na última terça-feira, uma reunião na Gávea entre Patricia e diretores da Arrastão selou o acordo para o enredo. Segundo Carlos "Magrinho", que faz parte da presidência da Escola, a aprovação passou pelo crivo da presidente e do marido, Fernando Sihman, por se tratar de um relato da vida da nadadora, vereadora, mãe e presidente.

- Estivemos na Gávea na terça-feira. Já tínhamos levado a proposta para o Fernando, esposo da Patricia, há um tempo. Eles gostaram e está tudo certo. A Patricia se comprometeu a ir a alguns ensaios na nossa quadra em Cascadura, e também participará do desfile. Ela virá no carro abre-alas - revelou Magrinho.

ronaldinho gaúcho patricia amorim  christine fernandes baile vermelho e preto (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
 
Momento carnaval: Patricia posa com Ronaldinho no Baile do Vermelho e Preto 2011 (Foto: Fla Imagem)

Além do abre-alas, a Arrastão de Cascadura só tem mais um carro alegórico. No carnaval deste ano, quando terminou em terceiro e não conseguiu subir para o Grupo B, foram 800 componentes no desfile. Para 2012, a projeção é chegar a mil. E na torcida para que a homenageada possa dar uma ajuda além da pessoa física.

- Não foi acordado nada sobre um apoio financeiro da Patricia. Mas de repente pode pintar alguma coisa... Temos poucos investimentos para fazer o nosso carnaval. É natural receber ajuda - destacou o vice-presidente da Arrastão.

A escola, que ostenta as cores verde e branca, ensaia numa humilde quadra em Cascadura. A ordem dos desfiles de 2012 será definida no dia 1º de julho. O enredo tem o nome provisório "Patricia Amorim: da natação à presidência da Grande Nação".

Arrastão de Cascadura Flamengo Patricia Amorim (Foto: Divulgação)
- Tivemos a ideia depois de a Dilma ter sido eleita presidente do Brasil. A mulher está no comando. Vamos contar na avenida a vida toda de Patricia Amorim, que chegou ao Flamengo aos oitos anos como nadadora e conquistou muitos títulos. Ela também tem sucesso na carreira política, é mãe de quatro filhos.

Segundo Magrinho, a protagonista será Patricia Amorim.

- O foco é a Patricia. O Flamengo aparecerá, mas é coadjuvante.

No Carnaval de 1974, a Arrastão homenageou o Rubro-Negro com o enredo "Flamengo, glória de um povo". A escola terminou em oitavo lugar no Grupo C.

A sinopse do samba-enredo sobre Patricia Amorim ficará pronta em duas semanas. A dirigente terá que aprovar – ou não – a abordagem feita pela Arrastão sobre a sua vida.



quarta-feira, 22 de junho de 2011

Fla acerta contas com o Benfica pelo empréstimo de Airton


airton flamengo (Foto: Divulgação / Site oficial do Flamengo)

O Flamengo efetuou nesta quarta-feira o pagamento pelo empréstimo de Airton. A informação foi publicada no site oficial do Rubro-Negro. O valor do negócio não foi divulgado, mas o Benfica cobrou R$ 1 milhão para ceder o volante por uma temporada. Desta forma, a documentação do jogador será enviada pelo clube português nos próximos dias para que a inscrição na CBF seja realizada. Estão previstas para segunda-feira a assinatura do contrato e a apresentação do atleta.

Airton está em Portugal para resolver detalhes da mudança para o Rio e ficará por lá até sábado. Enquanto isso, o volante tem treinado na academia do Benfica sob orientação dos profissionais de preparação física e de fisiologia do Flamengo. Ele entra em contato para dar informações sobre sua evolução. Nesta quarta, o jogador falou com o diretor de futebol Luiz Augusto Veloso e com o fisiologista Claudio Pavanelli.

A reestreia de Airton com a camisa rubro-negra pode ocorrer no próximo dia 29, contra o América-MG, em Sete Lagoas-MG. A partida será na Arena do Jacaré, pela 7ª rodada do Brasileirão. Assim que for incorporado ao grupo, ele vai realizar a preparação física elaborada por Antônio Mello. O jogador foi campeão brasileiro pelo clube em 2009.



Em treino tático, Luxa testa Fla com três zagueiros

Vanderlei Luxemburgo começou a montar o Flamengo para enfrentar o Atlético-MG, sábado, pela sexta rodada do Brasileirão. Sem Bottinelli e Willians, suspensos, o treinador testou uma formação com três zagueiros. Ronaldo Angelim foi escalado ao lado de Welinton e David. Na atual temporada, Luxa ainda não começou um jogo sequer com o esquema de três zagueiros. O que ocorreu em algumas partidas foi a opção por improvisar o Ronaldo Angelim na lateral esquerda.

No meio, Luiz Antonio, que estreou no time profissional no segundo tempo contra o Botafogo, ganhou nova chance. No ataque, Wanderley voltou ao time de cima.

Neste esquema, Ronaldinho saiu mais da área do que de costume. Luxemburgo elogiou a movimentação dos jogadores e corrigiu o posicionamento de cada setor.

O acesso dos jornalistas só foi permitido uma hora e 15 minutos depois do início da atividade. Willians treinou entre os reservas, enquanto Bottinelli fez um trabalho físico à parte. A escalação dos titulares no treino: Felipe, Welinton, David e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Luiz Antonio, Renato, Thiago Neves e Junior Cesar; Ronaldinho e Wanderley.

Vale lembrar que Luxemburgo ainda irá receber mais uma opção para a vaga de Willians. O volante Muralha, eliminado da Libertadores sub-20 na última terça-feira, volta ao Brasil nesta quinta.


Ronaldinho Gaúcho acorda cedo e participa de ‘ralação’ no Fla



Ronaldinho Gaúcho no treino do Flamengo (Foto: Janir Junior / GLOBOESPORTE.COM)Ronaldinho Gaúcho chegou cedo ao treino do Flamengo na manhã desta quarta-feira, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande (Zona Oeste do Rio). Na única atividade marcada para às 10h durante esta semana, o jogador apareceu com meia hora de antecedência e suou a camisa num circuito que incluiu trabalho para a parte física, finalizações e toques de bola em espaço reduzido.
 
Durante a atividade, o camisa 10 exibiu a já tradicional olheira, mas demonstrou bom humor e brincou com seus companheiros. O elenco foi dividido em vários grupos e fez um trabalho forte na parte física. Ronaldinho teve melhor movimentação do que nas últimas atividades realizadas na parte da manhã.

Depois do treino, o jogador deu mais uma corrida. Dessa vez para pegar uma bebida para repor as energias. Sozinho, Ronaldinho foi o primeiro a deixar o gramado em direção às instalações do Ninho do Urubu para almoçar e descansar para a atividade marcada para às 15h30m.

- Ronaldinho é um grande jogador, a qualquer momento pode desequilibrar uma partida, como já aconteceu. Estamos juntos no mesmo barco. Não foi só ele que fez o time empatar – afirmou David Braz.

Ronaldinho Gaúcho está no centro das atenções depois de atuações abaixo da média e com aparições de maior brilho fora do que dentro de campo. Nesta terça-feira, integrantes de torcidas organizadas que estiveram no Ninho do Urubu condenaram os excessos do camisa 10 na noite.

Apesar de internamente todos estarem cientes da agitada vida particular de Ronaldinho, nenhuma medida mais radical pôde ser colocada em prática, já que o jogador não faltou a nenhum treino desde que se apresentou ao clube, em janeiro.

A última entrevista coletiva concedida pelo camisa 10 foi no dia 30 de abril, véspera da decisão da Taça Rio contra o vasco. Depois disso, o jogador deu declarações apenas na saída de campo depois das partidas.


Ronaldinho Gaúcho no treino do Flamengo (Foto: Janir Junior / GLOBOESPORTE.COM) 
 
O astro esteve sorridente em alguns momentos da atividade (Foto: Janir Junior / GLOBOESPORTE.COM)
 
 

Fla empresta Egídio ao Ceará


egidio flamengo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)
O departamento de futebol do Flamengo decidiu emprestar o lateral-esquerdo Egídio para o Ceará até o fim da temporada. A decisão causa certa surpresa, já que o jogador vinha sendo escalado por Vanderlei Luxemburgo no time reserva, na condição de substituto imediato de Junior Cesar, recém-contratado.

Enquanto isso, Rodrigo Alvim, que sequer participava dos coletivos e recebe um salário quase três vezes maior que o do companheiro, continua no clube e tem contrato até 26 de janeiro de 2013.

Idas e vindas. Tem sido assim a rotina de Egídio no Flamengo. Criado no clube, o lateral-esquerdo se acostumou à sequência de empréstimos. Com 25 anos, viveu por algumas vezes a expectativa frustrada de se firmar no Rubro-Negro. Em 2007, foi cedido ao Paraná. Lá, disputou a Libertadores e voltou à Gávea em 2008. Participou da campanha do título carioca e acabou cedido ao Juventude, do Rio Grande do Sul.

O retorno ao Rio ocorreu em 2009. Sem chances, foi parar no Figueirense. No início de 2010, ficou novamente fora do elenco, e o clube acabou mandando-o para o Vitória. O ano foi intenso. No primeiro semestre, decidiu a Copa do Brasil, mas perdeu para o Santos. No segundo, sofreu com o Leão baiano ao não conseguir evitar o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Com a saída de Juan (agora no São Paulo), dono da posição desde 2006, o jogador esperava, enfim, vingar em 2011. Começou a temporada como titular, mas não foi bem. Além de Rodrigo Alvim, que também fracassou no time de cima, Luxemburgo improvisou o zagueiro Ronaldo Angelim e até o meia Renato. Nas duas primeiras rodadas do Brasileirão, contra Avaí e Bahia (vitória por 4 a 0 e empate por 3 a 3), Egídio se destacou e chegou a fazer um gol sobre os baianos. Ao todo, foram 19 partidas. Ele tem contrato com o Rubro-Negro até 31 de dezembro de 2012.



Léo Moura defende R10 e acha que patrulha é desnecessária


Léo Moura no treino do Flamengo (Foto: Janir Junior / GLOBOESPORTE.COM)
Cobrar, sim; vigiar, não. Pelo menos esse é o pensamento de Léo Moura. O jogador, que está no Flamengo desde 2005 e já sofreu na pele a pressão da torcida, afirmou que a cobrança sobre os jogadores é válida, mas garantiu que é desnecessário uma patrulha por parte de torcedores para regular a vida particular dos atletas. Nesta quarta-feira, um dia depois de integrantes de facções organizadas terem ido ao Ninho do Urubu para tentar conversar com o grupo, o lateral-direito saiu em defesa de Ronaldinho Gaúcho, muito criticado pelos excessos nas noites cariocas. E dividiu responsabilidades.

- A torcida tem o direito de cobrar, sim, pois são eles que incentivam. Mas ninguém tem que vigiar a vida dos outros. Alguns torcedores são trabalhadores e também têm o direito de curtir. Assim como os jogadores – afirmou Léo Moura.

O lateral saiu em defesa de Ronaldinho Gaúcho, principal alvo das críticas da torcida.

- É injusta a cobrança ser só em cima dele. Mas ele é um cara que sabe lidar com isso, está muito tranquilo. As críticas atingem todos nós. O Ronaldo deve achar que as cobranças são injustas, mas ele é experiente e ainda vai mostrar aqui no Flamengo tudo o que ele fez no futebol. Confiamos e queremos ajudá-lo.

Em 2009, perseguido pelas vaias de parte da torcida rubro-negra, Léo Moura chegou a direcionar palavrões para a arquibancada do Maracanã ao marcar um gol no empate em 1 a 1 com o Náutico, pelo primeiro turno do Brasileiro.

- No Flamengo existe cobrança quando ganha, perde ou empata. Os mais jovens têm que saber o que é essa cobrança. Mas isso nos dá mais força para buscar a vitória. Estou aqui desde 2005, sei como é.

Léo Moura lembrou ainda que durante o Campeonato Carioca as notícias dos excessos dos jogadores fora de campo também começaram a estampar as manchetes do Rubro-Negro. E o time acabou sendo campeão.

- Perto da semi e das finais também se falou disso e fomos campeões. Temos que nos policiar, pois o Flamengo é sempre mais visto do que as outras equipes. Mas cada um tem sua diversão. Dentro de campo, nós todos nos cobramos.

Em janeiro, Léo Moura passou a faixa de capitão para Ronaldinho. Aos 32 anos, o lateral-direito demonstrou experiência para receitar o único remédio capaz de cicatrizar as feridas abertas no Flamengo.

- Estamos com um pouco de ansiedade pelos resultados que não aparecem, um jogo que está na nossa mão e deixamos escapar. Isso complica. Só com a vitória vamos acabar com isso. A gente gosta de vencer, não de empatar. Esses pontos lá na frente farão falta.

O Flamengo voltará a campo no sábado, quando enfrentará o Atlético-MG, às 18h30m, no Engenhão


Kaká no Ninho: aposta do Fla faz primeiro treino com os profissionais

Ronaldinho Gaúcho e Kaká juntos no Ninho do Uburu. Na manhã desta quarta-feira, o camisa 10 do Flamengo treinou com um xará do ex-companheiro de Seleção Brasileira e Milan-ITA. Entre as três idas e vindas do Rubro-Negro ao Ceará para enfrentar Fortaleza, Horizonte e Ceará pela Copa do Brasil, o departamento de futebol acertou a contratação por empréstimo gratuito de Kaká, do Tiradentes. O meia trabalhou pela primeira vez com o grupo de profissionais.


Kaká e Ronaldinho no treino do Flamengo (Foto: Janir Junior / GLOBOESPORTE.COM)
Kaká participou do treino físico e 'colou' em Ronaldinho Gaúcho  (Foto: Janir Júnior / GLOBOESPORTE.COM)

Durante a atividade física e de finalizações, os jogadores foram divididos em grupos. Kaká ficou a maior parte do tempo ao lado de R10 e trocou algumas palavras com o capitão do time. O apoiador é canhoto e completou 18 anos recentemente. Ele foi titular na campanha do pequeno clube da Polícia Militar no Campeonato Cearense e fica ficará no Flamengo até o fim do ano. Se for aprovado, o clube pode contratá-lo por R$ 500 mil, preço estipulado em contrato pelos direitos econômicos da promessa. Na época da contratação, o Flamengo combinou com o Tiradentes que testaria Kaká entre os profissionais.

A nova aposta rubro-negra foi revelada em uma Olimpíada Escolar do interior do Ceará e chegou a ser cotado para jogar no futebol holandês. Além dele, os juvenis Jean, Pablo e Felipe trabalharam com o grupo principal.

Ao contrário da última terça, nesta quarta não houve pressão de integrantes de organizadas no CT.



Assis, sobre má fase de R10 e do Fla: ‘Tempestade em copo d’água’

O Flamengo recorreu a Roberto Assis para controlar os excessos de Ronaldinho Gaúcho na noite carioca. Nesta terça-feira, o irmão e empresário do jogador esteve com o diretor de futebol Luiz Augusto Veloso no Rio para tratar do assunto. O comportamento do jogador preocupa no momento em que a equipe não largou bem no Campeonato Brasileiro. Em cinco jogos, uma vitória e quatro empates seguidos. Para Assis, as críticas ao camisa 10 e ao time são exageradas.

- Acho que o desempenho dele tem sido bacana nesses cinco meses. Eles ganharam o primeiro e o segundo turno do Carioca, ficaram vários jogos invictos. Sempre foi um jogador fora de série e estamos sempre esperando coisas de outro mundo do Ronaldo. Acho que o Flamengo está reconstruindo uma equipe, está se reconstruindo. Isso é pouco a pouco, tem de dar tempo ao tempo. São só cinco rodadas do Brasileirão. Estão fazendo tempestade em copo d’água.

Segundo ele, depois de um ano em que o Rubro-Negro sofreu com turbulências e brigou contra o rebaixamento, é natural que o clube demore a evoluir nesta temporada.

- O Flamengo é um dos poucos times no Brasil que teve só uma derrota. Você olha para as outras equipes do Brasileiro e o elenco está entre os melhores, tem qualidade. Ainda é cedo. O time veio de um ano muito difícil, terminou o último campeonato brigando contra o rebaixamento. Não tem conseguido os resultados porque é difícil montar um conjunto num curto espaço de tempo. São 20 equipes, uma competição longa, tem muito para acontecer.

O Flamengo tem sete pontos na tabela e está em 10º lugar. O time enfrenta o Atlético-MG, sábado que vem, no Engenhão, com obrigação de vitória para aliviar a desconfiança da torcida. Os rubro-negros, que vaiaram Ronaldinho após o clássico contra o Botafogo, esperam uma resposta do meia-atacante em campo. O jogo começa às 18h30m (de Brasília).

ronaldinho gaucho luxemburgo flamengo botafogo (Foto: Ivo Gonzalez / O Globo) 
 
Substituído por Luxa no fim do clássico, Ronaldinho foi vaiado novamente (Foto: Ivo Gonzalez / O Globo)