Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 16 de julho de 2011

Contratação de Welinton em pauta no Inter de Milão, dizem italianos

welinton flamengo treino (Foto: Fábio Borges / Vipcomm)
A contratação de Welinton é assunto na Itália. Segundo a imprensa daquele país, há tempos o Inter de Milão quer o zagueiro do Flamengo. No entanto, o interesse teria ficado mais forte diante da saída de Materazzi e da possível transferência do brasileiro Lúcio. A urgência para ter o reforço pode acelerar a tentativa de negócio, conforme publica o site da emissora “Sportitalia”.

Não é a primeira vez que Welinton, de 22 anos, desperta o interesse de um grande clube europeu. Em novembro do ano passado, o Stuttgart, da Alemanha, mostrou-se interessado e chegou a fazer uma proposta. O valor da oferta não foi divulgado, mas teria girado em torno de R$ 6 milhões. O risco de perder o defensor obrigou o Flamengo a recomprar parte dos diretos econômicos dele. O Rubro-Negro readquiriu os 40% que eram da Traffic e passou a ter 100% do jogador.

Na próxima segunda-feira, o clube vai finalizar a contratação do zagueiro Alex Silva, ex-São Paulo. Ele já passou por exames médicos, vai assinar contrato de pelo menos três anos e será apresentado. O advogado do jogador, Régis Villas Boas, tem passagem comprada de São Paulo para o Rio para resolver o processo.


Viagem frustrada: Fla não convence Dínamo a reduzir valor de André








O diretor de futebol do Flamengo, Luiz Augusto Veloso, foi à França na última quinta-feira ciente de que o Dínamo de Kiev cobraria pelo menos R$ 18 milhões para vender o atacante André. Neste domingo, ele vai voltar ao Rio com a mesma informação. A diferença é que agora restam apenas quatro dias para o fechamento da janela de transferências do exterior (20 de julho).

No encontro realizado na sexta-feira com o presidente do clube ucraniano, Igor Surkis, em Mônaco, a oferta de compra rubro-negra fora recusada. O valor não foi revelado oficialmente, mas seria menor do que a feita ao CSKA Moscou por Vagner Love (os russos recusaram R$ 11,1 milhões pelo Artilheiro do Amor, em abril). Na mesma conversa, o Fla tentou convencer o mandatário do Dínamo a emprestar o ex-santista por uma temporada e se comprometeu a pagar R$ 1,7 milhão. Veloso ouviu uma nova recusa, pois Surkis não pretende ceder. Neste sábado, nenhuma reunião foi realizada.  

O clube carioca já havia tentado comprar parte dos direitos econômicos de André, mas sem sucesso. O Atlético-MG é concorrente e ofereceu R$ 6,6 milhões por 50% do jogador. A tendência é que também receba uma resposta negativa.

O GLOBOESPORTE.COM apurou que a chance de o atacante retornar ao Brasil é cada vez menor. Quem acompanha diretamente o negócio diz que é algo inferior a 50%. Além de um desempenho muito ruim dentro de campo, André deixou má impressão pelo comportamento, e Igor Surkis não se mostra muito empenhado em facilitar a vida dele. Na temporada passada, ele jogou no Bordeaux, da França, mas pouco entrou em campo e sequer fez gol. O atleta pretende voltar ao Brasil para tentar recuperar espaço na Seleção Brasileira. Aos 20 anos, tem idade para disputar os Jogos Olímpicos do ano que vem, em Londres.

Neste sábado, o atacante Amauri, do Juventus-ITA, disse ao GLOBOESPORTE.COM que foi informado por um de seus empresários sobre o interesse do Flamengo em contratá-lo. Ele vai aproveitar três dias de folga e vai aproveitar para se encontrar com Ernesto Bronzetti na próxima segunda-feira para saber detalhes da proposta.

O Flamengo também negocia a contratação por empréstimo do argentino Ariel. O atacante, ex-Coritiba, está no Racing Santander, da Espanha. Ele ocuparia a lacuna deixada por Wanderley, vendido para o Al Arabi, do Qatar.


Laterais gêmeos deixam o Fla e vão jogar no Vitesse, da Holanda

Titulares na campanha do título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, conquistado no fim de janeiro, os laterais Alex e Anderson, de 19 anos, estão de saída do Flamengo. Os gêmeos não renovaram contrato com o Rubro-Negro e vão se transferir para o Vitesse, da Primeira Divisão da Holanda. Anderson, que joga na esquerda e chegou a treinar no grupo profissional, anunciou a trasferência via Twitter depois de se despedir dos companheiros.

- Dia de despedida hoje, meu último treino no Clube de Regatas do Flamengo. Só tenho a agradecer a todos, aprendi muitas coisas lá. Foram nove anos de clube, fiz grandes amigos, que quero levar para a vida toda. Estou me transferindo para a Europa, futebol holândes. Desejo a todos os meus amigos boa sorte nessa caminhada - escreveu neste sábado.

Recentemente, a dupla ficou fora da disputa da Libertadores sub-20. Na época, o departamento de futebol optou por não escalar os irmãos no torneio por conta do impasse na renovação contratual. Alex e Anderson estavam vinculados ao clube até 31 de dezembro deste ano e, de acordo com o diretor Luiz Augusto Veloso, não aceitaram a proposta de prorrogação do vínculo. Segundo um dirigente do clube, com o desfecho negativo das negociações para a permanência, a oferta do Vitesse foi considerada satisfatória para ambas as partes. Os valores não foram divulgados.

- Os jogadores Anderson e Alex assinaram contrato de cinco anos com o Vitesse. Eles tinham contrato até 31 de dezembro com o Flamengo e estão sendo transferidos para a Holanda através de um acordo completo entre os clubes. Portanto, não estão sendo transferidos livres. O clube holandês pagou ao Flamengo pelos dois jogadores uma soma relevante, que não pode ser revelada por questão de confidencialidade. Os jogadores viajam neste domingo para realizar exames médicos e posteriormente assinarem contrato de trabalho - disse o empresário da dupla, Eduardo Uram.

Os laterais são as primeiras baixas da geração campeã da Copinha. No Flamengo, eles recebiam R$ 3.500 cada. O GLOBOESPORTE.COM apurou que a oferta de renovação foi considerada baixa. A intenção do clube era ampliar os contratos por um período entre três e cinco anos.


Amauri revela contato do Fla e se anima: ‘Coração balança’



O atacante Amauri, do Juventus-ITA, disse neste sábado que foi informado por um de seus empresários sobre o interesse do Flamengo em contratá-lo. Segundo o jogador, ele terá três dias de folga e vai aproveitar para se encontrar com Ernesto Bronzetti na próxima segunda-feira para saber detalhes da proposta. A caminho de Turim, o centroavante falou com otimismo sobre a possibilidade de voltar a jogar no Brasil depois de uma década.

- Segunda-feira vou falar com o meu empresário e ele vai passar os detalhes dessa proposta do Flamengo. Recebi a informação de que houve um contato. É motivo de muita alegria, fico feliz em saber que um clube tão grande está interessado em mim. Se der tudo certo, será um prazer. São 11 anos de Europa, né? Com a possibilidade de voltar ao Brasil e para um clube como o Flamengo, o coração balança – disse, por telefone.

Amauri comemora gol do Parma contra o Udinese (Foto: AP) 
Amauri disputou a última edição do Italiano pelo Parma (Foto: AP)

Aos 31 anos, Amauri começou a carreira no Santa Catarina, em 1999. No ano seguinte, transferiu-se para o Napoli e foi emprestado ao Bellinzona, da Suíça. De volta à Itália, também passou por Piacenza, Messina, Chievo e Palermo. Depois de duas temporadas de destaque no time da Sicília, foi contratado pelo Juventus, em 2008. Começou bem na Velha Senhora, mas sofreu com as seguidas lesões e com a má fase da equipe e não conseguiu repetir o bom desempenho. Emprestado, disputou a última edição do Campeonato Italiano com a camisa do Parma.

Na últimas semanas, o nome do jogador tem sido apontado como moeda de troca do Juventus. Amauri, que tem cidadania italiana desde abril do ano passado, tem passe avaliado em € 7 milhões (R$ 15,6 milhões), mas seu vínculo acaba na próxima temporada. Ou seja, em dezembro ele já poderá assinar um pré-contrato com qualquer clube, sem qualquer indenização aos italianos. Por isso, os Bianconeri querem negociá-lo o quanto antes.

O Parma também quer Amauri, principalmente após os últimos seis meses em que ele esteve emprestado no clube e foi muito bem sempre que entrou em campo. Mas o salário de € 4 milhões (R$ 8,9 milhões) por temporada que ele recebe é considerado muito alto.

Natural de Carapicuíba, Região Metropolitana de São Paulo, o atacante passou férias no Brasil e disse que acompanhou o desempenho do Flamengo no Brasileirão. O volante Felipe Melo, revelado na Gávea e companheiro dele no Juventus, também serve de referência.

- Passei férias no Brasil e pude ver dois jogos do time, é uma grande equipe, tem grandes jogadores. Tem também o Felipe, que jogou no Flamengo e sempre fala tão bem do clube.

Sua única convocação para a Seleção Brasileira ocorreu em 31 de janeiro de 2009, após muita expectativa, para um amistoso contra a Itália. Ele foi chamado por Dunga para substituir Luis Fabiano, que fora cortado por lesão. O Juventus, no entanto, vetou sua ida à Seleção, pois o prazo limite determinado pela FIFA para ceder atletas havia chegado ao fim. Já naturalizado, após a Copa do Mundo da África do Sul, recebeu sua primeira convocação para defender a Itália, num amistoso contra a Costa do Marfim. Foi sua única chance na seleção italiana até agora.

A reportagem do GLOBOESPORTE.COM não conseguiu contato com dirigentes do Flamengo para confirmar a informação. O diretor de futebol Luiz Augusto Veloso está na França e tenta a contratação do atacante André, do Dínamo de Kiev. Já o vice de finanças Michel Levy informou nesta sexta-feira que faria uma viagem particular. O clube tem pressa, já que a janela de transferências do exterior fecha na próxima terça. 

O Flamengo também negocia a contratação por empréstimo do argentino Ariel. O atacante, ex-Coritiba, está no Racing Santander, da Espanha. Ele ocuparia a lacuna deixada por Wanderley, vendido para o Al Arabi, do Qatar.



Vanderlei Luxemburgo observa o time em jogo-treino no Ninho do Urubu


willians flamengo jogo-treino olaria (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
Árbitro, bandeirinhas e até foto oficial com os capitães. Só faltou gol dos titulares do Flamengo nos primeiros 45 minutos do jogo-treino contra o Olaria, realizado na manhã deste sábado, no Ninho do Urubu. O técnico Vanderlei Luxemburgo aproveitou o adiamento do jogo contra o Palmeiras de domingo para quarta-feira para observar a equipe e manter o ritmo dos jogadores.

Na etapa inicial, a formação foi a mesma que superou São Paulo e Fluminense nas duas últimas rodadas do Brasileirão. O time foi escalado com Felipe, Léo Moura, Welinton, Angelim e Junior Cesar; Airton, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid.

Sob sol forte, o time de cima explorou as jogadas pelas laterais. Antes dos dez minutos, chegou uma vez com Junior Cesar pela esquerda e outras duas pela direita com Léo Moura e Willians. Na criação, Thiago Neves foi o mais participativo. O camisa 7 procurou se movimentar, dar opções aos companheiros e arriscou um chute a gol.

Ronaldinho, por sua vez, escolheu o canto esquerdo e pouco tocou na bola. Apareceu bem só depois dos 20 minutos com três lançamentos. Dois para Thiago e um para Junior Cesar. Numa cobrança de falta sofrida por ele, acertou a barreira. Na função de pivô, Deivid foi muito discreto, se posicionou em alguns momentos para receber cruzamento na área, mas nenhuma bola o alcançou.

A retaguarda quase não teve trabalho. O Olaria arriscou apenas alguns chutes sem potência de média distância, mas Felipe defendeu com tranquilidade. O calor foi um adversário mais incômodo. Quase no fim do primeiro tempo, Willians se queixou do sol forte.

leo moura flamengo jogo-treino olaria (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
Léo Moura em ação em jogo-treino (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

O lateral-direito Léo Moura considerou a atividade produtiva.

- Foi bastante útil, tivemos uma semana boa de trabalho, foi um jogo-treino importante para não perder o ritmo, já que a partida contra o Palmeiras acabou sendo adiada. Foram 45 minutos bem corridos, bem trabalhados. Sabemos da importância do jogo contra o Palmeiras para encostar no líder e vamos em busca da vitória mesmo sendo fora de casa.

No segundo tempo, Vanderlei Luxemburgo utilizou os reservas, mas o cenário foi o mesmo da primeira etapa: 0 a 0. O Flamengo passou a jogar com Paulo Victor, João Vitor (Digão), Gustavo, Jean e Rodrigo Alvim; David Braz, Luiz Antonio, Bottinelli e Vander; Thomás (Rafinha) e Diego Maurício. Luxemburgo, que passara o tempo todo apenas observando, deu bronca em Rafinha.

- Ò Rafinha! Se perde a p.... da bola tem que voltar para marcar - esbravejou.

Neste domingo, o grupo rubro-negro vai folgar. Os jogadores voltam ao treino na manhã de segunda-feira, às 10h. A partida contra o Palmeiras será no Pacaembu, às 19h30m. O horário, no entanto, pode passar para 21h50m, de acordo com a participação da Seleção Brasileira na Copa América.

Flamengo quita dívidas e cobra punição na Fifa

O Flamengo pagou os débitos com Espanyol (ESP) e Olympiakos (GRE) por respectivamente Jônatas (2008/2009) e Diogo (2010) e homologou os acordos na Fifa. O vice-presidente jurídico do Flamengo, Rafael De Piro, também aproveitou a ida à entidade em Zurique (SUI) para consultar a entidade sobre o imbróglio do título do Brasileirão/87 e a Taça das Bolinhas. Ele argumenta que divergências esportivas não devem ser levadas à Justiça comum, como fizeram São Paulo e Sport. Não há prazo definido para uma resposta.





CT do Flamengo: obras avançam

O Flamengo começa na próxima semana a fundação, estrutura e colocação de formas no CT do Ninho do Urubu. Essa parte da obra vai durar cerca de três meses. O CT vai ganhar também uma horta para consumo próprio dos jogadores. A diretoria se diz otimista em cumprir o prazo de entrega do CT profissional: junho de 2012.




sexta-feira, 15 de julho de 2011

Fla negocia com o atacante argentino Ariel, ex-Coritiba


Ariel gol Racing Santander (Foto: Reuters)
O Flamengo quer um atacante e se concentra em André do Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Ao mesmo tempo, o clube negocia com o argentino Ariel, ex-Coritiba, do Racing Santander. O jogador tem 23 anos e está na Espanha desde agosto do ano passado.

A chegada do reforço, no entanto, não encerraria a busca por um nome de peso. Ariel ocuparia a lacuna deixada por Wanderley, vendido na semana passada para o Al Arabi, do Qatar. Na última temporada do Campeonato Espanhol, ele disputou 30 jogos, sendo 15 como titular, e fez três gols (dois de perna esquerda e um de cabeça). Foram dez assistências. O jogador é canhoto, tem 1,87m e pesa 87 kg.  

O argentino passou por uma cirurgia no início de junho por conta de uma fratura no braço direito. Ele se machucou enquanto brincava com o filho. Os médicos do Racing estimaram a liberação dele para os treinos na segunda metade deste mês, de acordo com a evolução do pós-operatório.  

Ariel iniciou a carreira no Nueva Chicago, da Argentina, com 18 anos, em 2005. Em 2008, transferiu-se para o Coritiba. Ficou na equipe paranaense até o ano passado, mas deixou o clube antes do fim do contrato.

Ele deve acertar com o Flamengo por empréstimo de um ano.




Direito federativo, direitos econômicos

Nos últimos dias o mercado tem andado meio movimentado, pelo menos no ramo da boataria e das informações desencontradas.

Houve quem dissesse que o Flamengo iria comprar a parcela do Cruzeiro dos direitos econômicos de Kleber, para apressar ou mesmo concretizar sua contratação. Bobagem.

Há quem diga que o clube vai comprar ou vender metade ou outro percentual dos direitos federativos de um atleta. Sem chance, essa possibilidade não existe.

Vamos, então, dar uma olhada básica, bem sumária, sobre esse tema. E já aviso: tem uns “engenheiros jurídicos” que parecem capazes de dar nó em pingo-d’água e tem uns teretetês por aí que eu, sinceramente, desconheço. Então, vamos ao básico, mesmo.

O direito federativo
Direito federativo é único e só pode ser detido por um clube devidamente registrado – ou seja, nenhum empresário, agente, grupo econômico ou qualquer outra coisa que não seja um clube de futebol, em dia com as federações da vida, pode ter direito federativo de algum atleta. Devido ao seu caráter único, não cabe, em momento algum, dizer que “o clube X é dono de y% dos direitos federativos do atleta Fulano”. Se, mesmo assim, alguém falar em percentual, um clube sempre terá 100% dos direitos federativos de um atleta. Consequentemente, o plural “direitos federativos” só se aplica se estivermos falando de dois ou mais jogadores.

Querem ver a prova disso:

Imaginem que o Flamengo compra 50% dos direitos federativos de Carlitos Tevez e os outros 50% fiquem com o Manchester City. Os dois clubes teriam direito a inscrever o jogador, na CBF e na FA. E o pobre Carlitos teria que comprar um caça supersônico aposentado – da USAF ou, mais facilmente, da Força Aérea Russa – como um Mig 23, por exemplo, devidamente desarmado e com o espaço das armas tomado por combustível, e usá-lo quase uma vez por dia, para poder cumprir os compromissos cá e lá.

Meio que sem chance, não?

Outro ponto importante: direito federativo, ao contrário do antigo passe, não é eterno, ele tem a duração do contrato assinado entre o atleta e o clube. Findo esse prazo, o jogador está livre para procurar outro emprego.

E se o jogador estiver emprestado?

A mesma coisa: o clube que recebeu-o emprestado terá o direito federativo, ou seja, 100%, desse atleta, durante o prazo ce seu contrato com o clube onde joga emprestado. Para ficar claro: um jogador é emprestado a outro por 6 ou 12 meses. Primeiro, isso é possível porque seu contrato com o clube que detém seu direito federativo tem uma duração superior à do contrato ou empréstimo ou, pode acontecer, idêntica. Se o contrato do atleta tem validade de mais 24 meses, digamos, ele pode jogar em outro clube por qualquer período inferior ou no máximo igual a esse.

Direito federativo, portanto, é uma coisa efêmera, mera decorrência de um contrato de trabalho entre um atleta e um clube. Findo o contrato, finda a figura do direito federativo, que voltará a existir no momento em que o atleta assinar outro contrato com outro ou com o mesmo clube.

Por fim, direito federativo só pode ser negociado de um clube para outro. Isso já ficou claro no texto, mas não custa ressaltar.

Adendo: a Multa Rescisória
Ela é sempre alta, mesmo para clubes brasileiros.

Como diz o nome, ela é uma penalidade financeira para quem rescinde um contrato de forma unilateral. Há algumas controvérsias, mas o caminho mais correto e menos sujeito a interpelações judiciais é o clube interessado repassar o dinheiro da multa à parte interessada em rescindir o contrato, o jogador, e este pagar a multa e ficar liberado para assinar compromisso com o outro clube. Claro, que isso numa situação de conflito (como já aconteceu). De maneira geral, chega-se a um acordo civilizadamente, e o interessado paga o valor total da multa e parte com seu novo contratado em busca do “felizes para sempre”.

Os direitos econômicos
Opa, a primeira diferença já aparece no título: direitos econômicos – no plural, porque mais de uma entidade pode deter os direitos econômicos de um atleta.

Se o direito federativo só existe enquanto existir um contrato, o direito econômico só existirá se um atleta for negociado de um clube para outro durante a vigência de seu contrato. É essa transferência que dá “vida” ao direito ou direitos econômicos.

Para ficar claro, vamos pegar um exemplo concreto: o affaire Kleber/Palmeiras/Flamengo/Cruzeiro.

O Cruzeiro negociou a transferência do atleta para o Palmeiras. Provavelmente, devido ao valor não ser o desejado, o clube das Alterosas e o da Pauliceia concordaram que, em caso de transferência do atleta 50% dos direitos econômicos aí gerados seriam do Cruzeiro. Em termos práticos, o Cruzeiro não tem poder algum sobre o jogador ou sobre o Palmeiras, nada, exceto no caso do Palmeiras negociá-lo. Nesse caso, o clube mineiro terá direito à metade do valor do negócio.

E se o Kleber se aposentar no Palmeiras? Ou sofrer um acidente?

Bom, não conheço o contrato, mas ele pode ou não ter uma cláusula de compensação para o Cruzeiro, algo como: se o atleta não for negociado nos próximos x meses, caberá à Sociedade Esportiva Palmeiras o pagamento de um valor indenizatório ao Cruzeiro Esporte Clube no total de y reais. outra cláusula que os podem ou não ter acertado é o valor mínimo de transferência ou um valor mínimo para essa complementação do negócio para o Cruzeiro.

Quanto ao risco de um acidente e um encerramento precoce de carreira, é possível, mas não sei se provável, que haja um seguro cobrindo ambos os clubes.

E a história que o Flamengo compraria a parte do Cruzeiro? Se verdadeira, e duvido que seja, seria inócua. O clube poderia comprar até mesmo os direitos econômicos da parte do Palmeiras e nada aconteceria, a menos que o alviverde cedesse, por contrato, seus direitos federativos sobre o atleta.

Os parças dos direitos econômicos
Parece que “parça” está na moda, não? Então, vamos a eles, os parças que usufruem dos direitos econômicos.

O primeiro, e já bastante comum, é o próprio atleta. Jogadores jovens, principalmente, de repente fazem sucesso, chamam a atenção e têm contratos com baixos valores de multas, além, é claro, de baixos salários. Nesse momento, os clubes correm e oferecem novos contratos, com salários maiores e, o que de fato importa, multas contratuais altíssimas.

Ora, jogador não é bobo e empresário menos ainda. Nessa circunstância, o primeiro item a ser negociado é “quantos porcento vão ficar pro meu garoto?” e só depois vem o salário. Dessa forma, é comum um atleta jovem ser dono de 30% dos direitos econômicos de sua futura transferência. É, também, bastante comum que ele venda uma parte desse percentual para seu empresário, recebendo dinheiro vivo que vai para a compra de uma casa para os pais, um carrão zero para ele y otras cositas más. Vejam, por exemplo, o caso de Paulo Henrique Ganso: 45% de seus direitos econômicos são do Santos, outros 45% do DIS e 10% do próprio atleta.

Empresários também são donos de parcelas de direitos econômicos, embora a FIFA tenha algumas restrições. Dependendo da pobreza da família do atleta e de suas necessidades imediatas, não é incomum um empresário adiantar meio milhão de reais ou mesmo um milhão em troca de 10, 15, 20% dos direitos econômicos do atleta, que muitas vezes irão se transformarem 3, 4, 5 ou mais milhões de reais.

Há também empresas no negócio, como parece ser o caso da Unimed e agora do banco patrocinador de mais de dez clubes da Série A. Nos dois casos, mas principalmente no caso do banco, temos uma mistura de papeis que, ao menos na minha visão, deveria gerar muita preocupação.

É isso.

O passe, felizmente, acabou, foi jogado no lugar de onde nunca deveria ter saído: a lata de lixo. Sua existência moldou o mundo da bola por décadas e décadas. Prendeu jogadores, enriqueceu clubes que empobreceram ainda mais do que enriqueceram. Há, ainda, quem lamente sua extinção. É quase como lamentar o fim da escravidão, guardadas as proporções devidas.

O jogador hoje tem liberdade para trabalhar onde quiser. Sua obrigação é cumprir o contrato. Porém, como bem sabemos, contratos são sujeitos a pressões e mudanças. Pode não ser bom, mas é assim que é.

Compete aos clubes melhorarem suas gestões e acompanharem com mais atenção e rigor tudo que se passa com seu principal patrimônio depois da torcida: os seus jogadores.






Após corte na Seleção Sub-20, Diego Maurício treina no Flamengo



Diego Mauricio Luxemburgo treino Flamengo (Foto: Leandra Benjamin / FlaImagem)Surpreso com o corte na Seleção Brasileira que vai disputar o Mundial Sub-20, o atacante Diego Maurício não perdeu tempo e, ainda nesta sexta-feira, voltou a trabalhar no Flamengo. O jogador chegou ao Ninho do Urubu já com uma atividade técnica em andamento. Cumprimentou o técnico Vanderlei Luxemburgo, conversou rapidamente e foi direto participar do treinamento junto aos companheiros.
 
Encerrada a atividade, Diego ficou sozinho trabalhando finalizações com o auxiliar técnico Lopes Junior. O Flamengo volta a treinar na manhã deste sábado. O time só volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Palmeiras, no Pacaembu.



Fla sai de reunião com Dínamo sem acordo por André. Clube não desiste


andre bordeaux (Foto: AFP)
O diretor de futebol do Flamengo, Luiz Augusto Veloso, esteve reunido nesta sexta-feira com o presidente do Dínamo de Kiev, Igor Surkis. A pauta do encontro, realizado em Mônaco, foi a negociação do atacante André. O resultado não foi animador para os rubro-negros: os ucranianos informaram que não aceitam vender André por menos de € 8 milhões (cerca de R$ 18 mi). A oferta rubro-negra não foi revelada oficialmente, mas seria menor do que a que foi feita ao CSKA Moscou por Vagner Love (os russos recusaram € 5 milhões pelo Artilheiro do Amor, em abril).

Apesar do insucesso neste primeiro encontro, o Flamengo ainda não se deu por vencido com relação a André. Luiz Augusto Veloso vai ficar em Mônaco pelo menos até domingo. O dirigente planeja um novo encontro com o presidente do Dínamo. A ideia é fazer uma proposta de empréstimo, apesar de os ucranianos já terem externado o desejo de só negociar o atacante em definitivo.

Mais cedo, em entrevista coletiva no Ninho do Urubu, o técnico Vanderlei Luxemburgo comentou as dificuldades que o Flamengo encontra para contratar um atacante. A janela para transferências internacionais fecha na próxima quarta-feira.

- A situação do Kleber demorou a ser definida, se fecharia ou não. Foi feita a proposta pelo Vagner Love, mas não foi aceita. Às vezes, você quer e não consegue. A história do Kleber ficou mais longa. É o mercado. O André, assim como os outros, é um bom jogador. No caso do Alex (Silva), não começou agora, a negociação começou lá atrás. Agora ficou apertado (para reforçar o ataque, por conta da janela). Temos outras situações se desenvolvendo, vamos ver. Até porque o nosso ataque é o mais positivo do campeonato - disse.

Se não consegue contratar, o Flamengo, ao menos, obteve um reforço caseiro para os próximos jogos. O atacante Diego Maurício foi cortado da seleção Sub-20 e está de volta ao clube para a sequência do Campeonato Brasileiro.




‘Meu Mundial agora é o Brasileiro’, diz Diego Maurício após o corte


diego mauricio brasil sub 20 granja comary fãs (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)Cortado do Mundial Sub-20, Diego Maurício voltou ao  Rio de Janeiro logo em seguida para participar do treino do Flamengo na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Ney Franco havia convocado 25 jogadores para uma lista final de 21 - Sebá, Roni e Felipe Anderson foram os outros preteridos pelo treinador. Além de ter perdido espaço na Seleção Brasileira, Diego Maurício sabe que também precisa reconquistar o técnico Vanderlei Luxemburgo.

No período de preparação do Brasil na Granja Comary, o jogador viu Negueba e Rafael Galhardo ficarem com mais prestígio que ele na comissão técnica rubro-negra. Ambos foram chamados para os jogos contra São Paulo e Fluminense (duas vitórias por 1 a 0), enquanto Diego Maurício participou apenas do Fla-Flu - mesmo assim porque Wanderley havia sido vendido para o Al Arabi.

Diego sofre para se firmar desde o início do ano. Viveu momentos conturbados, como as duas vezes em que chegou atrasado ao treino rubro-negro em Vargem Grande. O último episódio polêmico se deu quando não participou do primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca de juniores, contra o Botafogo (derrota por 2 a 0). Negueba, Galhardo e Luiz Antônio jogaram aquela partida. Na ocasião, Luxemburgo preferiu não comentar o caso.

- Vou conversar com o professor, mas não tenho nenhum tipo de problema com ninguém. Vivo um ambiente tranquilo e transparente com o os meus companheiros, tenho respeito por todos eles, a convivência é positiva. Estou num momento tranquilo, a base familiar me ajuda a ficar focado, com a cabeça no lugar. Estou feliz com o que o Flamengo me proporciona - disse o atacante, por telefone.

Sobre o corte, Diego Maurício se disse surpreso. Ele entende que merecia ser mantido no grupo.

- Estou chateado. Fico triste, porque estava empenhado em ir ao Mundial, vinha concentrado, me preparando bem, treinando. Mas é a opção do treinador e eu respeito. Estou voltando para o Flamengo, vou me dedicar ao meu clube, o time está bem, faz uma boa campanha no Brasileiro. Quero ajudar. Meu Mundial agora é o Brasileiro, espero fazer uma campanha vitoriosa com o Flamengo.

A declaração sobre encarar o Brasileiro como um Mundial lembra frase parecida de Adriano quando ficou fora da lista final de Dunga para a Copa do Mundo do ano passado. Na ocasião, o Imperador disse que "sua Copa seria a Libertadores pelo Flamengo". O time acabou eliminado pelo Universidad de Chile nas quartas de final da competição.

Luxa não se preocupa com vitória do Corinthians: ‘Ainda vai tropeçar’


Luxemburgo na partida do Flamengo contra o Fluminense (Foto: Wagner Meier / Ag. Estado)
A vitória do Corinthians, nesta quinta-feira, contra o Internacional, fez com que os paulistas abrissem seis pontos de vantagem para o Flamengo no Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, o técnico Vanderlei Luxemburgo não demonstrou nenhum tipo de preocupação quanto a isso. Calejado neste tipo de competição, o treinador Rubro-Negro elogiou a campanha do Timão – foram oito vitórias e apenas um empate –, mas acredita que ainda tem muita água para rolar debaixo da ponte.

- Estamos na nona rodada. O campeonato não será decidido agora, tem muita coisa para acontecer. O Corinthians ainda vai tropeçar, assim como nós também. Veja o exemplo do São Paulo, que conseguiu cinco vitórias seguidas e depois perdeu. O campeonato só será decidido faltando umas cinco rodadas para terminar - analisou.

Luxa comentou que disputar o título brasileiro é sempre obrigação no Flamengo, mas ressaltou que o objetivo inicial é a conquista de uma vaga para a Taça Libertadores da América, no próximo ano. Para ele, a presença constante na maior competição entre clubes da América faz aumentar a possibilidade de se ganhar o torneio.

- Temos duas possibilidades, o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana. O importante é chegarmos à Libertadores da América e ficarmos lá por muito tempo. Quanto mais disputarmos, mais teremos chances de conquistar o título - explicou.
 
 

Luxa elogia investimento em Alex Silva: ‘Tem muita lenha para queimar’

Alex Silva São Paulo (Foto: Marcelo Prado / Globoesporte.com)
O anúncio oficial da contratação de Alex Silva pelo Flamengo depende da realização da última parte dos exames médicos e da assinatura do contrato, prevista para este sábado. O zagueiro está no Rio e finaliza o processo para ser apresentado nos próximos dias. Nesta sexta-feira, Vanderlei Luxemburgo comentou a chegada do reforço e o elogiou. O treinador destaca, especialmente, a experiência do jogador.

- Boa contratação. Vai se juntar ao elenco para essa temporada, com um contrato mais largo, de no mínimo três anos. É uma compra definitiva e não um empréstimo, tem experiência, ganhou vários campeonatos, tem liderança. O Flamengo acertou também pela idade, 26 anos, tem muita lenha para queimar. É uma contratação muito boa para o clube.

O Flamengo decidiu investir R$ 5,5 milhões por 50% dos direitos econômicos de Alex Silva. Para Luxa, um nome importante principalmente para ajudar o Flamengo a alcançar o objetivo principal da temporada: a vaga na Libertadores.

- Ajuda, agora caminhamos legal. Na montagem do time, de um elenco, você vislumbra possibilidades para o ano que vem. Chegaram jogadores que estão calejados. Aí depois você faz contratações pontuais, direciona e compõe o grupo. Temos um grupo com jogadores experientes.

O treinador espera contar com Alex em breve. Em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, o jogador disse que deve estar pronto para jogar em 15 dias. Ele chega para assumir uma vaga na zaga, atualmente formado por Welinton e Ronaldo Angelim.

Vice-líder do Brasileirão, com 19 pontos, o Flamengo enfrenta o Palmeiras a próxima quarta-feira.



Diego Maurício, Sebá, Roni e Felipe Anderson cortados do Mundial sub-20


Diego Mauricio Seleção sub-20 (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)
O técnico Ney Franco anunciou na tarde desta sexta-feira, através do site oficial da CBF, o nome dos quatro jogadores da Seleção Brasileira sub-20 cortados do Mundial da categoria, na Colômbia. São eles os atacantes Diego Maurício (Flamengo) e Sebá (Cruzeiro) e os meias Roni (Criciúma) e Felipe Anderson (Santos). Dentre os descartados, o rubro-negro foi a maior surpresa, já que participou da conquista do Sul-Americano do Peru, disputado entre janeiro e fevereiro.

A data foi o limite permitido pela Fifa para a entrega da lista final de 21 nomes. Os três goleiros (Gabriel, Aleks e César), por norma da entidade, já estavam garantidos. A opção por manter os quatro zagueiros também vem de uma experiência no Sul-Americano, quando o treinador perdeu Bruno Uvini (machucado) e Juan (expulso) na derrota para a Argentina.

Com Alex Sandro, a situação é um pouco diferente. Com lesão muscular na coxa, o lateral-esquerdo ainda está em fase de recuperação e deve treinar com bola apenas na próxima semana. Apesar de não estar garantido na primeira fase, Ney preferiu esperá-lo ao menos até a véspera da estreia.

Em concentração na Granja Comary, Teresópolis-RJ, desde o dia 4 de julho, a Seleção perdeu seus atletas em alguns dias para disputarem o Campeonato Brasileiro por seus clubes. A partir da próxima segunda-feira, no entanto, todos os 21 estarão juntos até o fim da competição.

O Brasil embarca à Colômbia no próximo domingo, dia 24. A estreia será contra o Egito, dia 29, em Barranquilla, pelo Grupo E. Áustria e Panamá completam a chave.


Confira os 21 jogadores que vão ao Mundial sub-20 da Colômbia:

Goleiros: Gabriel (Cruzeiro), Aleks (Avaí)  e César (Flamengo)

Laterais: Danilo (Santos), Galhardo (Flamengo), Alex Sandro (Santos) e Gabriel Silva (Palmeiras)

Zagueiros: Bruno Uvini (São Paulo), Frauches (Flamengo), Romário (Internacional) e Juan (Internacional).

Meio-campistas: Casemiro (São Paulo), Fernando (Grêmio), Allan (Vasco), Dudu (Cruzeiro), Alan Patrick (Shakhtar-UCR), Oscar (Internacional) e Philippe Coutinho (Inter de Milão-ITA).

Atacantes: Willian José (São Paulo), Henrique (São Paulo) e Negueba (Flamengo).


Brincadeira de criança: jogadores do Fla soltam pipa no CT



reprodução twitter willians flamengo pipa  (Foto: Divulgação / Twitter) 
Willians com a pipa no ar(Foto: Divulgação / Twitter)
 
Linha esticada, cerol na mão, rabiola checada e pipa para o alto. Só o vento não quis ajudar muito. Nesta sexta-feira, alguns jogadores do Flamengo aproveitaram o intervalo entre os treinos da manhã e da tarde com a brincadeira dos tempos de criança. Depois do almoço, Junior Cesar, Léo Moura, Deivid, Digão, Thiago Neves, Willians e Welinton se divertiram no campo 2 do Ninho do Urubu.

Léo Moura com pipa no treino do Flamengo (Foto: Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM) 
 
Léo Moura com uma pipa no treino do Flamengo (Foto: Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM)
 
 
 

Fla fará jogo-treino contra o Olaria

Com o adiamento da partida entre Palmeiras e Flamengo para a próxima quarta-feira, devido ao jogo da Seleção Brasileira contra o Paraguai, pela Copa América, o Rubro-Negro ganhou mais três dias de preparação. Para manter o ritmo de jogo, o técnico Vanderlei Luxemburgo vai comandar um jogo-treino na manhã deste sábado, contra o Olaria, no Ninho do Urubu.

O provável time titular é: Felipe, Léo Moura, Wellington, Ronaldo Angelim e Junior César; Airton, Willians, Renato, Thiago Neves e Ronaldinho; Deivid.

Vanderlei pretende manter os titulares em campo por 45 minutos. Depois, testará os reservas.

O Flamengo é o vice-líder do Brasileirão, com 19 pontos, em nove partidas.


Fla tem manhã de treino físico puxado no Ninho do Urubu


ronaldinho gaucho  flamengo treino (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
A manhã desta sexta-feira foi de treino físico exaustivo no Ninho do Urubu. Sob o comando do preparador Antônio Mello, o grupo do Flamengo trabalhou forte por pouco mais de uma hora. Distribuídos em trios, os jogadores realizaram circuitos que aliavam corrida, saltos e exercícios abdominais. Entre as estações montadas, os atletas também praticavam chutes a gol e condução de bola.

Ronaldinho teve a companhia do lateral-direito Léo Moura e do zagueiro Jean e suou a camisa. Perto do encerramento do treino, alguns jogadores demonstraram sinais de cansaço, casos do volante Willians e do meia Thiago Neves. Em alguns momentos, o camisa 7 chegou a se apoiar nos joelhos para descansar.

Por conta do adiamento do jogo contra o Palmeiras de domingo para quarta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo mudou a programação. A atividade desta sexta será em dois períodos. À tarde, os jogadores vão trabalhar novamente no CT. Neste sábado, o treinamento será pela manhã e, no domingo, o grupo terá folga.


Palmeiras x Flamengo: venda de ingressos começa nesta segunda

O jogo Palmeiras e Flamengo, que foi transferido para a próxima quarta-feira, no Pacaembu, ainda está sem horário definido (só terá confirmação após o jogo do Brasil, neste domingo, pela Copa América). Por conta disso, o clube paulista avisa que a venda de ingressos será iniciada na próxima segunda-feira e já deu algumas informações de como será a comercialização.

Nos postos de venda, as vendas serão realizadas na segunda (18) e terça-feira (19) (ver horários abaixo). No Palestra, na segunda (18), terça (19) e quarta-feira (20), das 10h às 17h. E no Pacaembu, apenas na quarta-feira (20), das 10h até o intervalo. Pela Internet, as vendas seguem de segunda a quarta, 24h por dia, através do site www.futebolcard.com.

Os valores dos ingressos são:
Arquibancadas Verde e Amarela - R$30 (R$15 meia-entrada)
Arquibancada Laranja (Setor Itaucard) - R$30 (R$15 meia-entrada)
Tobogã (Palmeiras) - R$30 (R$15 meia-entrada)
Cadeira Laranja - R$40 (R$20 meia-entrada)
Cadeira Descoberta - R$60 (R$30 meia-entrada)
Cadeira Coberta Azul - R$ 150 (R$75 meia-entrada)
Arquibancada Visitante Lilás - R$ 30 (R$15 meia-entrada)

Visa Passfirst - Clientes dos cartões de crédito Visa além de realizar a compra através do site www.futebolcard.com, poderão utilizar o seu cartão como instrumento de entrada ao estádio. Os demais compradores do site deverão retirar seus ingressos em guichês identificados nas bilheterias do estádio

Torcedor Itaú Card - O estádio do Pacaembu disponibiliza o Espaço Torcedor Itaú Card (portão 21), localizado no setor de Arquibancada Laranja. Os clientes Itaú terão direito a pagar meia-entrada para este setor apresentando identificação no ato da compra do ingresso.

Além do estádio Palestra Itália, seguem abaixo os 4 postos de venda para a torcida do Palmeiras. As vendas nesses postos serão segunda (18) e terça-feira (19).

> Bar Brahma
Avenida São João, 677 - Centro
Horário de funcionamento (das 09h às 11h30 e das 15h às 19h)

> Posto Ipiranga - Central Park
Rua Jurubatuba, 1500 - Centro, São Bernardo do Campo-SP
Horário (10h às 21h)

> Central de Entretenimento Express / Sede
Rua Américo Brasiliense, 1827 Sala 3 - Santo Amaro
Horário (09h às 17h)

> Super Shopping Osasco
Av. dos Autonomistas, 1828 (Recepção) - Vila Yara
Horário (10h às 22h)

Posto de venda para a torcida do Flamengo

Pacaembu:
18/07 e 19/07 - Das 10h às 17h (Tobogã Par – Bilheteria 26)
20/07 - Das 10h até intervalo (Entrada Setor Visitante)

Regras de acesso
Torcida Uniformizada: No Estádio do Pacaembu as torcidas uniformizadas do time local só poderão entrar pelo Portão 03 (Arquibancada Amarela). Em outros portões não será permitida a entrada de torcedores com trajes de Torcidas Organizadas.

Torcida Visitante: O acesso não será permitido para torcedores com camisas, bandeiras e acessórios do time adversário nos setores da torcida local.

Gratuidade
PNE - Portadores de Necessidades Especiais: Para o acesso ao estádio o torcedor deverá estar portando documento oficial de PNE com foto. Entrada apenas pelo portão Principal ou Tobogã.
Crianças de 5 a 12 anos: Para o acesso ao estádio o torcedor deverá estar acompanhado de um adulto pagante. Entrada apenas pelo portão Principal ou Tobogã.
Adultos maiores de 60 anos e Aposentados: Não pagam ingresso mediante apresentação de identicação. Entrada apenas pelo portão Principal ou Tobogã.

Regras de meia entrada
Estudantes: Estudantes do ensino fundamental, médio ou superior (público ou particular) pagam meia entrada. Para acesso ao estádio o estudante deverá apresentar comprovante de matrícula ou frequência, carteira da Instituição com foto e o RG.

Professores da Rede Pública Estadual de São Paulo: Pagam meia entrada. Para acesso ao estádio o beneficiário deverá apresentar comprovante legal da Rede Pública Estadual de Ensino de São Paulo com foto e o RG.

É necessário apresentar o documento comprovatório na entrada do evento. Caso o portador do ingresso não tenha direito ao benefício, será necessário pagar a diferença do valor do ingresso na bilheteria do estádio.

Vale lembrar ao torcedor que a Outplan e o Palmeiras sempre colocam os ingressos à venda 72 horas antes da partida. Para garantir o acesso aos jogos, o torcedor deve adquirir seus ingressos sempre nos postos de venda oficiais citados acima.


Angelim prevê disputa na zaga do Fla: ‘Vamos brigar por posição’

Vanderlei Luxemburgo e Ronaldo Angelim no treino do Flamengo (Foto: Fábio Borges / VIPCOMM)
A quarta melhor defesa do Campeonato Brasileiro, com oito gols sofridos, vai ganhar corpo. Alex Silva chega ao Flamengo para ser titular absoluto. Contratado por R$ 5,5 milhões junto ao Hamburgo-ALE, o ex-são-paulino é tratado como um reforço que dará mais qualidade e experiência ao setor. Quem tem sido escalado demonstra tranquilidade e promete esforço para continuar na equipe.

- Aquele que estiver melhor o Vanderlei vai colocar para jogar. Só queremos comemorar porque todo reforço é bem-vindo. Vamos brigar por posição, tem um monte de zagueiros, o campeonato é longo, vai começar um maratona de dois jogos por semana e todos vão jogar em algum momento.

Angelim virou titular contra o Atlético-MG e foi mantido diante de América-MG, São Paulo e Fluminense. Nas quatro partidas, quatro vitórias. Para o Magro de Aço, mera coincidência.

- O time embalou, vive uma boa sequência de jogos, conseguimos vencer e acabou que eu estava no meio. Espero que se mantenha assim. Se tiver uma boa sequência, acho que vou estar jogando no mesmo nível de 2009.


Angelim espera convencer Luxa de que merece seguir como titular (Foto: Fábio Borges / VIPCOMM)




Adiamento do jogo contra o Palmeiras não agrada

O camisa 4 se posicionou sobre a mudança de data da partida contra o Palmeiras, pela 10ª rodada. Por conta do jogo da Seleção Brasileira contra o Paraguai na Copa América, o confronto passou de domingo para quarta-feira, no Pacaembu, em São Paulo.

- Vamos ter que jogar numa quarta e num sábado e pegar um adversário descansado. O Ceará joga neste domingo e nos enfrenta uma semana depois. Nossa parte de preparação física é experiente e vai decidir o que teremos de fazer para suportar bem.


Thomás: ‘filho’ de Léo Moura e olhos grudados em R10 e Thiago Neves


David, Thomás e Léo Moura treino Flamengo (Foto: Fla imagem)
O coletivo virou jogo. Passes, arrancadas e chutes executados com cuidado. Tudo para fazer valer a máxima de que a primeira impressão é a que fica. Na tarde desta quinta-feira, Thomás, Rafinha, Digão e João Vitor treinaram entre os profissionais do Flamengo. Novidade só para o primeiro. O meia-atacante, de 18 anos, estreou na equipe de cima. Usou até camisa de treino personalizada com o nome e o número 25. Na vitória dos reservas por 2 a 0, apareceu bem, ousou e fez gol.

- Quando você tem uma chance, o único jeito de agarrar é mostrando empenho nos treinos. Foi assim que consegui chegar no profissional e é lá que quero ficar. Sempre gostei de partir para cima, é o meu futebol. Quando me ligaram para avisar que treinaria com Ronaldo, Thiago e outros jogadores consagrados, foi uma felicidade imensa. Ainda mais no meu time do coração.

Sem Diego Maurício, Negueba e Galhardo, que estão na Seleção Brasileira sub-20, Vanderlei Luxemburgo teve de recorrer aos garotos da base. Thomás, lá no fundo, tinha a esperança de ser chamado.

- Quando os meninos foram convocados, fiquei otimista. Só não achava que seria tão rápido.

Na chegada, foi recebido com afagos por Léo Moura. O lateral “adotou” a revelação e se preocupa em fazer com que tudo corra bem.

- Desde que sou da base quem conversa muito comigo é o Léo Moura. Ele me dá conselhos, me orienta bastante sobre o que tenho de fazer. Quando nos encontramos no time profissional, ele disse que era mais um filho dele que estava chegando, me desejou boa sorte. Tenho ele, Ronaldinho e Thiago Neves como inspiração. Esses dois últimos são da minha posição, procuro observar e aprender com eles. Ronaldo é meu ídolo desde que eu era pequeno. O melhor de todos.

Mineiro de estilo carioca

Antes de chegar ao Flamengo, no fim de 2007, Thomás jogou no Botafogo. Como tantos outros garotos da idade dele, deixou a cidade natal para correr atrás da bola e do sonho. De Juiz de Fora-MG ao Rio foi um pulo, ainda mais na companhia da família inteira.

- Veio todo mundo. Meu pai (Otávio), minha mãe (Denise), meu irmão (Leandro) e minha irmã (Bárbara). Eu sou o caçula. Decidimos nos mudar no fim de 2006. Meu pai me acompanhava nisso e todos me apoiaram. Ajuda bastante estar com eles.

O mineiro se mudou para a Barra da Tijuca, na Zona Oeste, e virou carioca logo, logo. A chance de trabalhar com os profissionais chega depois de algumas experiências importantes na equipe de baixo. O ano começou com o título da Copa São Paulo de Juniores e renovação de contrato até 2016. Depois, dois momentos difíceis: queda na Libertadores sub-20 e derrota para o Botafogo na final do Carioca da categoria.

- Fiz cinco gols na Copinha. Apesar da eliminação na Libertadores, temos bons resultados, é  uma geração que carrega a esperança do Flamengo e dos torcedores. Temos conquistado títulos, estamos chegando na maioria dos campeonatos e esse reconhecimento é muito bom. A cobrança também já é grande, mas tudo isso ajuda no nosso crescimento.


quinta-feira, 14 de julho de 2011

Dirigente do Fla viaja para negociar com ucranianos por André


andré atacante (Foto: GLOBOESPORTE.COM)
Um dia depois de dizer que não havia motivo para preocupação por causa da proximidade do fechamento da janela de transferências do exterior (dia 20 de julho), o diretor de futebol do Flamengo, Luiz Augusto Veloso, embarcou para a França. O dirigente vai ao encontro do presidente do Dínamo de Kiev, Igor Surkis, tentar contratar André.

Depois de desistir de Kleber, do Palmeiras, o clube voltou as atenções para o ex-atacante do Santos e tem pressa. Os ucranianos pretendem lucrar cerca de R$ 18 milhões com a venda dos direitos econômicos do atleta de 20 anos. O Rubro-Negro, por sua vez, tenta reduzir consideravelmente o valor ou até mesmo conseguir que ele seja emprestado.

- Passei para o Veloso quais são as possibilidades do Flamengo para fechar esse negócio e lá ele vai resolver se vamos comprar algum percentual do jogador ou fechar o empréstimo – disse o vice de finanças Michel Levy, sem dar detalhes.

Os dirigentes do Dínamo estão cientes da necessidade do Flamengo e não pretendem facilitar o negócio. Por outro lado, o técnico da equipe ucraniana, Yuri Semin, não vê problemas em liberar o jogador.

- Ele é jogador do Dínamo e tem contrato longo (2015). Se houver uma proposta, o presidente vai deixá-lo sair. Agora ele está treinando. Se ele for melhor do que nossos atacantes, vai jogar. Pode ser que o jogador não se encaixe hoje, mas amanhã é uma outra situação. Especialmente por se tratar de um rapaz jovem – disse o treinador, segundo a imprensa daquele país.

Enquanto aguarda uma solução, André tem realizado treinos físicos no clube da Ucrânia. O técnico Vanderlei Luxemburgo teve de recorrer aos garotos da base por conta da falta de atacantes no grupo profissional. Como Negueba e Diego Maurício estão com a Seleção Brasileira sub-20, Deivid é o único da posição. No treino desta quinta-feira, o meia-atacante Thomás e o atacante Rafinha foram integrados ao time de cima.



Vanderlei Luxemburgo repete formação dos dois últimos jogos


Rafinha no treino do Flamengo (Foto: Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM)
Em treino coletivo na tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu, o técnico Vanderlei Luxemburgo repetiu a formação que venceu Fluminense e São Paulo nas duas últimas rodadas: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, Angelim e Junior Cesar; Airton, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid. 

Novidade mesmo só no time reserva, em que os jovens Thomás, Rafinha e Digão foram aproveitados. A equipe suplente teve Paulo Victor, Digão, Gustavo, Jean e Rodrigo Alvim; David Braz, Luiz Antônio, Bottinelli e Vander; Rafinha e Thomás.

No período em que o treinamento foi aberto aos jornalistas, a partir das 16h30m, os reservas venceram por 2 a 0, gols de Vander e Thomás. O time titular encontrou dificuldades para atacar. Gustavo acompanhou Ronaldinho de perto e não aliviou.  Em uma dividida, o camisa 10 ficou um pouco irritado com o zagueiro.

Outro nome da base que esteve presente foi o volante João Vitor, que fez apenas um trabalho físico. O garoto chegou a ser chamado para entrar quando Gustavo sentiu dores no pé direito, mas o zagueiro se recuperou rapidamente.

Luxemburgo também treinou cobranças de falta e escanteio. O time não sofreu gols nos dois últimos jogos, mas o treinador segue preocupado em dar mais força defensiva ao time.

O Flamengo volta a jogar na próxima quarta-feira, contra o Palmeiras, no Pacaembu. Se a Seleção Brasileira vencer o Paraguai no domingo, às 16h, o jogo rubro-negro será às 19h30m. Caso o Brasil seja precocemente eliminado da Copa América, o duelo em São Paulo passa para 21h50m.



Alex Silva já faz previsão para estreia pelo Fla: ‘Dá para jogar em 15 dias’




Alex Silva São Paulo (Foto: Marcelo Prado / Globoesporte.com)
No Rio de Janeiro para acertar os últimos detalhes do contrato e passar pelos exames médicos de rotina, Alex Silva já fala como jogador do Flamengo. O zagueiro, que está na cidade acompanhado do advogado Régis Villas-Boas, elogiou o clube e a torcida rubro-negra. Aos 26 anos, o ex-são-paulino deve acertar por quatro anos e será apresentado assim que tudo for resolvido.

- Estou muito feliz em poder voltar a jogar futebol, principalmente por ser no Flamengo, um clube tão importante. Nasci para isso. O Flamengo tem excelentes jogadores, está bem no campeonato e tem uma torcida contagiante. Estamos finalizando os exames e as questões contratuais - disse o jogador, que rescindiu com o São Paulo na quarta-feira e também estava na mira de clubes como Sporting-POR e Grêmio.

Sem jogar desde maio, quando deixou o Tricolor Paulista após se desentender com os dirigentes, Alex Silva vinha mantendo a forma em uma academia em Amparo, cidade do interior de São Paulo onde nasceu. Mesmo assim, ele está confiante e já fez até uma previsão para a estreia com a camisa rubro-negra. O defensor acredita que em 15 dias já poderá estar em campo.

- O Flamengo tem um preparador físico muito capacitado, o Antônio Mello. Além disso, não tenho tendência para engordar. Acho que em 15 dias dá para jogar - afirmou.

E entrosamento não deve ser problema para Alex Silva, que conhece boa parte dos jogadores do Flamengo:

- O Flamengo tem jogadores com os quais me dou muito bem. Joguei com o Ronaldinho na Seleção, com o Thiago Neves no Hamburgo e também na Seleção, e com o Junior César no São Paulo. O clube montou uma equipe muito forte.

O zagueiro, que costumava usar a camisa 4 no São Paulo - que é de Ronaldo Angelim no Fla -, também não faz questão de escolher o número com qual vai jogar daqui para frente. Para ele, o importante é voltar aos gramados.

- Não estou preocupado com isso.

Depois de acertar com Alex Silva e os empresários Sérgio Malucelli e Juan Figger, que têm sociedade na metade dos direitos econômicos do jogador, o Flamengo oficializou a proposta de € 2,5 milhões (cerca de R$ 5,5 milhões) pela outra metade, e os alemães aceitaram. O Fla acordara tal valor anteriormente em um encontro com o diretor de futebol do clube alemão, o dinamarquês Frank Anersen, na semana passada, no Rio.



Preparador do Fla: mudança do jogo contra o Palmeiras trará benefícios


jjogadores flamengo treino praia (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
Em função do jogo Seleção Brasileira contra o Paraguai, pela Copa América, domingo que vem, a partida entre Palmeiras e Flamengo, pela décima rodada do Brasileirão, foi transferida para quarta-feira. As equipes vão se enfrentar às 19h30m (de Brasília), no Pacaembu. O horário, no entanto, pode passar para 21h50m se o Brasil for eliminado. A programação do grupo rubro-negro sofrerá alterações. É possível que a comissão técnica realize mais um treinamento em dois períodos na sexta ou no sábado e dê folga aos jogadores no domingo.

Depois da vitória no Fla-Flu, os atletas folgaram na segunda e na terça. Na volta ao trabalho, nesta quarta, realizaram um trabalho físico na praia do Recreio dos Bandeirantes pela manhã e uma atividade técnica à tarde, no CT. Segundo o preparador físico Antônio Mello, a mudança será benéfica.

- Já temos a programação montada para o jogo na quarta. É importante realizar uma boa recuperação. Na volta da folga, fizemos um trabalho físico de intensidade média para começar a semana. Nos próximos treinos vou voltar ao trabalho com bola e circuitos montados. A semana mais longa vai ser produtiva.

A viagem para São Paulo estava prevista para sábado e deve ocorrer na terça-feira, véspera da partida. Depois do Palmeiras, o adversário rubro-negro será o Ceará, dia 23, em Macaé, no Norte Fluminense.

- Vamos começar uma sequência com dois jogos por semana. Você começa a administrar o condicionamento do grupo com ênfase ao trabalho de musculação, a prevenir lesões, a fazer uma recuperação mais longa entre os jogos. Alimentação, repouso e controle da atividade são fundamentais.

O Flamengo é o vice-líder do Brasileirão, com 19 pontos, um a mais que o Palmeiras, que é o quarto.

Melhores momentos: Brasil 4 x 2 Equador pelo Grupo B da Copa América

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Série A: três jogos da 10ª rodada passam de domingo para quarta-feira

Classificado como primeiro colocado do Grupo A para a próxima fase da Copa América, a Seleção Brasileira vai enfrentar o Paraguai no próximo domingo, às 16h (hora de Brasília). Com isso, três jogos da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro passam para quarta-feira: Palmeiras x Flamengo no Pacaembu, Botafogo x Corinthians em São Januário e Figueirense x Grêmio no Orlando Scarpelli. As partidas estão marcadas inicialmente para 19h30m, mas podem passar para 21h50m caso a Seleção seja eliminada no domingo.

O jogo Ceará x América-MG no Presidente Vargas continua domingo, mas passa de 16h para 18h30, mesmo horário de Inter x São Paulo no Beira-Rio e Cruzeiro x Bahia na Arena do Jacaré. As quatro partidas de sábado estão mantidas: Vasco x Atlético-PR em São Januário, Coritiba x Fluminense no Couto Pereira e Atlético-GO x Avaí no Serra Dourada, todos às 18h30, além de Santos x Atlético-MG na Vila Belmiro, às 21h.



Brasil 4 x 2 Equador




Ficha técnica


Estádio: Mário Kampes, em Córdoba (Argentina)

Árbitro: Roberto Silveira (URU)
Auxiliares: Miguel Nievas (URU) e Hernan Maidana (ARG)

Gols: Alexandre Pato, aos 28 minutos, Caicedo, aos 37 minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 4 minutos, Caicedo, aos 13 minutos, Alexandre Pato, aos 15 minutos, Neymar aos 28 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: André Santos (Brasil); Noboa (Equador)

Brasil: Julio César, Maicon, Lúcio, Thiago Silva e André Santos; Lucas Leiva, Ramires e Paulo Henrique Ganso (Elias); Robinho, Neymar (Lucas) e Alexandre Pato.
Técnico: Mano Menezes

Equador: Marcelo Elizaga, Neicer Reasco, Norberto Araújo, Frickson Erazo e Walter Ayoví; Oswaldo Minda, Christian Noboa, Michael Arroyo e Édison Mendez (Narciso Mina); Christian Benitez e Felipe Caicedo.
Técnico: Reinaldo Rueda



Com os mesmos cinco pontos da Venezuela, a Seleção avançou para as quartas de final como líder da chave e vai encarar o Paraguai, segundo melhor terceiro colocado, no domingo, às 16h (de Brasília), em La Plata, com transmissão ao vivo do GLOBOESPORTE.COM, da TV Globo e do SporTV.





Luxa comanda treino técnico e tem papo com Ronaldinho em sua sala




Depois de um treino físico na praia do Recreio dos Bandeirantes pela manhã, os jogadores do Flamengo realizaram uma atividade técnica com bola na tarde desta quarta-feira. Vanderlei Luxemburgo trabalhou com o grupo em campo reduzido, no Ninho do Urubu. Os rubro-negros praticaram jogadas ofensivas e defensivas.

Após o trabalho, o treinador deixou o gramado ao lado de Ronaldinho e levou o camisa 10 para uma conversa rápida em sua sala.

 A equipe iniciou a preparação para o jogo contra o Palmeiras, marcado para o próximo domingo, no Pacaembu, em São Paulo. No entanto, ele pode ser transferido para quarta-feira, de acordo com a participação da Seleção Brasileira na Copa América.