Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 10 de setembro de 2011

Marcelinho e Caio Torres conquistam vaga olímpica com a seleção brasileira de basquete


O Brasil conquistou hoje (10.09), a vaga olímpica no basquete com atuação espetacular de dois rubro-negros. Marcelinho Machado e Caio Torres representaram o Flamengo e carimbaram o passaporte para Londres-2012. O ala, de 36 anos, foi o destaque e cestinha da partida contra a seleção da República Dominicana ao marcar 20 pontos, em um jogo que terminou em 83 a 76.

Em 25 minutos de atuação, Marcelinho converteu cinco cestas de três pontos, pegou dois rebotes e deu quatro assistências. O ídolo do basquete rubro-negro não escondeu a emoção pela conquista que buscava há mais de 10 anos, já que o Brasil não participa de uma olimpíada do basquete desde Atlanta (1996). 

"Representa muita coisa conseguir essa vaga. A gente buscava, trabalhava muito para conseguir isso e não vinha. Mas este ano treinamos muito, abdicamos de um monte de coisas para chegar num momento como esse. É indescritível", disse o craque do Flamengo, com lágrimas nos olhos após a partida.

Recém contratado do Flamengo, o pivô Caio Torres também fez a diferença e foi fundamental na vitória brasileira. Com um garrafão já comprometido pelo excesso de faltas, Caio soube fazer um jogo limpo, furou a forte defesa dominicana e conseguir ampliar o placar para 66 a 57 no terceiro quatro. Ao longo de seus 12 minutos em quadra, fez cinco pontos, pegou três rebotes e deu uma assistência.

"O Marcelinho é um orgulho muito grande para todos nós. Capitão do Flamengo, da seleção. Saber que o Flamengo continua contribuindo para as seleções brasileiras é muito gratificante. O Flamengo investe nos esportes olímpicos e conseguiu, através do Marcelinho, que foi a alma do jogo, e do Caio Torres, uma conquista que o Brasil não tinha há muito tempo. Mostraram o que é o Flamengo. Mais uma vez, estamos colaborando para a história do esporte brasileiro. O Brasil volta à Olimpíada com a atuação fundamental do Marcelinho. Investimos nos últimos anos no basquete rubro-negro e o resultado está aí, com o Marcelo escrevendo seu nome na história. O Brasil vai receber as Olimpíadas de 2016 e o Flamengo está fazendo sua parte ao ter representantes em diferentes modalidades, como na natação e ginástica", declarou a presidente Patricia Amorim. 

Caso a Argentina passe por Porto Rico, o Flamengo poderá ter mais dois representantes nos Jogos Olímpicos de Londres: o ala-pivô Federico Kammerichs e, o auxiliar técnico da seleção "hermana" e treinador da equipe rubro-negra, Gonzalo Garcia.

R10 e Thiago Neves estão entre os sete pendurados

O técnico Vanderlei Luxemburgo pode ter mais problemas para o clássico contra o Botafogo, próximo jogo após o compromisso contra o Atlético-PR com o Atlético-PR. O Flamengo entra em campo com sete jogadores com dois cartões amarelos. Dentre eles estão os craques, Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho.

Os outros são os também titulares Felipe, Welinton e Willians. Entre os reservas, o zagueiro Gustavo e o volante Muralha.

Caso R10 receba o terceiro cartão amarelo hoje, será sua terceira suspensão pelo mesmo motivo neste Campeonato Brasileiro.




Beltrame conquista ouro, e Flamengo vence 5ª etapa do Estadual de Remo



Apenas quatro dias depois de desembarcar no Rio de Janeiro após ser campeã mundial no single skiff leve, Fabiana Beltrame conquistou mais um título para o Flamengo, desta vez na quinta etapa do Estadual de Remo. Ao lado Cássia Brito, a atleta chegou em primeiro no double skiff leve e levou um dos sete ouros do clube rubro-negro na competição. Com as medalhas, a equipe do Mengão soma agora 372 pontos, seguida por Botafogo, com 296, e vasco, com 278.

Fabiana Beltrame remo Flamengo (Foto: Silvia Pontes / Site oficial do Flamengo) 
 
Beltrame (dir) disputa double skiff leve ao lado de Cássia Brito (Foto: Silvia Pontes / Site oficial do Flamengo)

- A Fabiana sempre faz a diferença. Pelo que ela representa, pelo seu cuidado diário. Não foi uma vitória fácil, mas prevaleceu o empenho dela. Desde o início, determinamos que seria a Cássia (a parceira no double). Foram muitas conversas, atenção com o peso (55kg) e, em tudo, ela correspondeu muito bem. Ela estava realmente pronta para encarar o desafio – disse o técnico Marcos Amorim.

Fabiana Beltrame remo Patrícia Amorim Flamengo (Foto: Silvia Pontes / Site oficial do Flamengo)
Durante o evento esportivo, Fabiana Beltrame recebeu uma placa da presidente Patrícia Amorim pelo feito no Mundial de Bled, na Eslovênia. Os irmãos Ronaldo e Ricardo de Carvalho, bicampeões Pan-americanos em Caracas (1983) e Indianápolis (1987) também foram homenageados na ocasião.

A sexta e última etapa do Estadual de Remo será no dia 6 de novembro, a partir das 9h. Ao todo, 12 provas serão disputadas na Lagoa Rodrigo de Freitas.

 
Fabiana e Cássia posam com a presidente Patrícia Amorim (Silvia Pontes / Site oficial do Flamengo)




Em treino técnico, garotos vão à lona, e Felipe se veste de Muralha



digão flamengo treino atendimento médico (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)O médico Marcelo Soares teve de dar um pique no treino do Flamengo na manhã deste sábado. Durante uma atividade técnica em campo reduzido, o lateral-direito Digão chocou-se com o goleiro Felipe, que jogava na linha, e sentiu muitas dores no ombro direito. O garoto foi atendido, ficou fora por alguns minutos, mas voltou ao trabalho normalmente.
 
Pouco depois de sair do gramado, o médico teve de retornar. Desta vez, Adryan sentia fortes dores e se contorcia depois de levar uma bolada nas partes baixas. O meia caminhou com dificuldades, mas ainda conseguiu participar da parte final do trabalho.

Como jogador de linha, Felipe usou a camisa do volante Muralha, com o número 31 e a inscrição Luiz Philipe às costas. A delegação viajou de avião para Macaé após o almoço e enfrenta o Atlético-PR neste domingo, às 18h (de Brasília), pela 23ª rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro tem 36 pontos e está em quinto na tabela.

adryan flamengo treino atendimento médico (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
 
Após bolada, Adryan recebe atendimento médico (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)


A escalação provável: Felipe, Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior Cesar; Maldonado, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid.

felipe goleiro flamengo treino usa camisa de muralha (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
Felipe treinou na linha e usou a camisa de Muralha (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)




Fla aceita acordo com a Esso




O departamento jurídico do Flamengo aceitou a proposta da Esso e vai entrar num acordo judicial com a empresa por conta do processo de aluguel do 'Posto Mengão', que funcionava na Gávea nos anos 90.

A empresa pagará R$ 7,7 milhões de reais à vista e o Fla vai retirar a ação. Agora, o marketing do clube vai finalizar a propriedade do uniforme - provavelmente o calção - que será vendida à Mobil, empresa do mesmo grupo, por R$ 2,8 milhões até o fim do ano.






Vestido de rubro-negro, Marcelo Bispo testa prancha do Flamengo no Rio


Marcelo Bispo aproveitou a manhã deste sábado para testar a nova prancha do Flamengo.

Devidamente uniformizado com camisa e bermuda rubro-negras, o surfista caiu no mar da praia de Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro, vestido com as cores do clube de coração.

surfe marcelo bispo prancha flamengo (Foto: Facebook) 
Vestido com camisa e bermuda rubro-negras, Marcelo Bispo observa o mar em Ipanema... (Foto: Facebook)
 
surfe marcelo bispo prancha flamengo (Foto: Facebook) 
 
.... e cai na água para testar a nova prancha do Flamengo (Foto: Facebook)
 
 
 
 

Com edema ósseo na perna direita, Vander treina afastado do grupo



Enquanto o grupo do Flamengo se aprontava no fim da manhã deste sábado para a viagem a Macaé, para o jogo contra o Atlético-PR, Vander pegava o carro no estacionamento do Ninho do Urubu e deixava o CT. Há 15 dias, o meia reclamou de dores na perna direita e foi submetido a um exame de imagem. O resultado apontou um edema ósseo na tíbia, que o afastou dos treinos como os companheiros.

- Ele tem feito o trabalho físico na areia, musculação, bicicleta. O que fizemos foi tirá-lo do impacto para repousar a região. Na outra semana (a partir do dia 19), vamos liberá-lo – explicou o médico Marcelo Soares. Ele diz que não há qualquer relação com a fratura na fíbula da mesma perna, sofrida no início de março.

Vander chegou ao Flamengo nos últimos dias de 2010 com uma missão bem definida: demonstrar, em um ano, que poderia passar de jogador contratado por empréstimo a reforço definitivo do clube. O início foi bom. O meia, de 21 anos, que pertence ao Bahia, disputou as sete primeiras partidas do Rubro-Negro em 2011, incluindo os dois amistosos da pré-temporada, e fez dois gols. Foi titular em alguns momentos, mas perdeu espaço depois que Ronaldinho e Thiago Neves estrearam.

Na primeira lesão, precisou ter paciência para suportar os dois meses de recuperação. Não houve a necessidade de cirurgia, mas ele passou um bom tempo com uma bota ortopédica. Depois, sessões e mais sessões de fisioterapia. O jogador voltou a ser relacionado, mas quase não teve chances. A última partida dele foi contra o Ceará, em 23 de julho, no empate por 1 a 1.

O Flamengo enfrenta o Furacão no Moarcyrzão, às 18h (de Brasília). O time tem 36 pontos e está em quinto no Brasileiro. A formação provável: Felipe, Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior Cesar; Maldonado, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid.



Suspenso, Airton não enfrenta o Atlético-PR

O retorno de Airton ao time do Flamengo vai ficar para o domingo da próxima semana, no clássico com o Botafogo. Recuperado da cirurgia no joelho esquerdo, o volante chegou a ser relacionado para a partida contra o Atlético-PR, neste domingo, mas está fora por suspensão. Na terça-feira passada, o departamento jurídico do clube foi informado sobre a queda do efeito suspensivo que dava condições de jogo ao atleta.

airton flamengo treino (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
Mesmo recuperado, Airton segue fora do time do Flamengo (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
 
 
O camisa 55 fora suspenso por quatro partidas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no dia 22 de julho, por conta da agressão ao meia Souza no Fla-Flu do dia 10 daquele mês. Airton foi incluso no artigo artigo 254 (agressão física) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Depois de cumprir metade da pena, o clube conseguiu um efeito suspensivo que lhe garantia participação nos confrontos até que um novo julgamento fosse realizado. O jogador, no entanto, se machucou na derrota por 4 a 1 para o Atlético-GO, em 18 de agosto. Submetido a uma artroscopia, ele ficou fora contra Inter, vasco, Avaí, Bahia e Corinthians. Esta última partida é considerada a terceira da punição.

Sem ele, Maldonado será mantido entre os titulares contra o Furacão. A partida, válida pela 23ª rodada do nacional, será em Macaé, às 18h (de Brasília). A provável escalação: Felipe, Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior Cesar; Maldonado, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid.




De volta, Alex Silva reforça confiança: ‘Não há motivo para tempestade’




alex silva flamengo treino (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
Uma lesão no joelho esquerdo interrompeu a sequência de jogos que Alex Silva tanto queria no Flamengo. O zagueiro machucou o joelho esquerdo logo no início do clássico contra o vasco, em 28 de agosto, e desde então, teve de se dedicar ao tratamento com fisioterapia. Recuperado, ele está relacionado para a partida deste domingo, contra o Atlético-PR, pela 23ª rodada.

Antes de se machucar, Alex enfrentara Atlético-GO, na estreia dele, Inter e Atlético-PR, pela Copa Sul-Americana. De volta, ele diz que vai usar a experiência para não sentir a falta de ritmo.

- Estou pronto, preparado, louco para jogar. Sou um jogador que não gosta de ficar fora. Infelizmente houve a lesão, mas consegui me recuperar rápido. Espero voltar bem e ajudar meus companheiros. A falta de ritmo atrapalha um pouco, mas você busca os atalhos. Na prática, fiquei uma semana parado, já que ao longo desta semana trabalhei forte, deu para recuperar. Antes de estrear havia ficado 90 dias parado. Foi diferente.

Pirulito volta ao time em um momento delicado. O Flamengo não vence há sete rodadas, está em quinto na tabela, com 36 pontos, a sete do líder Corinthians.

- Não há motivo para tempestade. O próprio Flamengo fez com que a cobrança existisse. O Flamengo construiu isso, é normal essa sequência de derrotas. Todo mundo acha que é o fim do mundo, mas não é. O time vai encontrar o caminho novamente, vamos voltar a vencer e tudo vai voltar ao normal.

Ele acredita que um bom resultado contra os paranaenses vai reforçar a confiança do time.

- É difícil ficar falando, fazendo reuniões, apontando erros. Isso acaba sendo mais estressante. Temos de entrar em campo para vencer. Futebol é resultado e Flamengo é Flamengo. O negócio é chegar, fazer uma boa partida para que a confiança volte, e conseguir uma sequência tão boa como a que tivemos antes desta má fase.

Na manhã deste sábado, Alex participou de uma atividade técnica coordenada pelo auxiliar Lopes Júnior. Luxemburgo assistiu ao trabalho à beira do campo do CT ao lado de Léo Moura. Aqueles que enfrentaram o Corinthians na quinta-feira passada fizeram um trabalho regenerativo.

A delegação viaja de avião para Macaé na tarde deste sábado. A partida contra o Furacão será às 18h, no Moacyrzão.


Showbol: Mengão perdeu a chance de ser tri!!!


O Flamengo, atual bicampeão brasileiro, perdeu para  o merda do vasco por 6 a 5.

Djalminha, o principal jogador do Mengão, discutiu com o árbitro Oscar Roberto Godói e acabou levando o cartão vermelho, deixando o Flamengo com um jogador a menos. No showbol, existe o cartão azul, que tira o punido de quadra por apenas dois minutos, voltando em seguida.





Felipe vê Fla sem confiança: ‘A alegria de jogar caiu um pouco’


Os jogadores do Flamengo buscam respostas. Ficar sete jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro mexeu com o grupo. A equipe conquistou apenas três dois últimos 21 pontos em disputa. Nas três últimas rodadas, perdeu para Avaí, Bahia (em casa) e Corinthians. Estacionado nos 36 pontos, na quinta posição, o Rubro-Negro viu os concorrentes diretos avançarem. A distância para o Timão, que lidera, subiu para sete pontos.

O goleiro Felipe sente diferença no espírito dos jogadores, mas lembra que a reação precisa ser imediata.

- Perdemos um pouco a confiança, a alegria de jogar caiu um pouco, mas domingo já tem jogo. Era um confronto direto (contra o Corinthians), mas agora temos a obrigação de fazer três pontos. Sete jogos sem vencer é muito jogo.

Neste domingo, o time enfrenta o Atlético-PR, em Macaé, pela 23ª rodada. O Furacão vive situação difícil e luta contra o rebaixamento, na 19ª posição, com 19 pontos.

- Temos de ganhar o jogo. Fizemos oito meses muito bons e em um mês parece que desaprendemos. Mas sabemos que não é assim. A equipe está vivendo um momento muito ruim, só um ou outro jogador se destaca. Dependendendo dos resultados de domingo, podemos voltar a ficar bem, a quatro pontos do líder.


sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Léo Moura admite má fase: 'Assumo a responsabilidade'

Se o Flamengo não passa por uma boa fase, um dos jogadores que também não vem tendo boas atuações, o lateral-direito Léo Moura, admitiu não viver bom momento.

- Este questionamento sempre acontece. Estou com 32 anos, e sou experiente. Às vezes você não consegue chegar tanto no ataque. Já estou com seis anos no clube e sei que a cobrança vai estar sempre em quem tem qualidade. Assumo esta responsabilidade. O Flamengo precisa de mim, então quero melhorar - disse.

Sobre o esquema tático, o camisa 2 do Fla lembrou que a prioridade é defender e depois atacar.

- Não tem limitação para atacar, tenho liberdade para isso. Mas, hoje jogamos com uma linha de quatro, então é pensar em defender antes de atacar - comentou.

O Mengão pega o Atlético-PR, no próximo domingo, às 18h, no estádio Cláudio Moacyr, em Macaé. 






Ronaldinho Gaúcho atrai centenas de fãs e causa euforia na Bienal do Livro



Ronaldinho Gaúcho foi a grande atração da XV Bienal do Livro, no Riocentro, nesta sexta-feira. O craque do Flamengo foi participar de uma noite de autógrafos no estande da editora do álbum de figurinhas do Campeonato Brasileiro e do gibi do qual Ronaldinho é personagem (Maurício de Sousa é o autor e também foi ao evento). Centenas de fãs estiveram no local para ver o craque. Cem deles tiveram direito aos autógrafos e fotos com o ídolo (sorteados entre os que compraram produtos da editora).

Ronaldinho na Bienal (Foto: André Durão/Globoesporte.com) 

Ronaldinho aponta para o sua versão do mundo dos quadrinhos (Foto: André Durão/Globoesporte.com)

O craque chegou ao local por volta de 19h30m e foi muito assediado. De boina branca, R10 mandou beijos para multidão, que gritava eufórica. Desde cedo, adultos e crianças já esperavam pelo atleta. Vestindo camisas do Flamengo, da Seleção e do Barcelona, eles cantaram músicas como "Ronaldinho, cadê você?" enquanto esperavam. Quando o craque chegou, o hino do Flamengo foi cantado a plenos pulmões.

Ronaldinho na Bienal (Foto: André Durão/Globoesporte.com)
A primeira fã a receber autógrafos (e abraços) de Ronaldinho foi Cláudia Ramos. A estudante, de 25 anos, foi ao local junto da filha, Stephanny, de cinco meses de idade. Chorando, ela parecia não acreditar após o encontro com o ídolo.

- Meu sonho era conhecer o Ronaldinho. Fui várias vezes aos jogos do Flamengo. Falei para ele que muitas vezes fui ao Engenhão para vê-lo. Eu estava hoje em casa, minha amiga me mandou uma mensagem e corri para cá. Ele (Ronaldinho) falou para eu não chorar, ficar calma e agradeceu o carinho. Eu retribuí e disse "domingo é Mengão, né?", e ele respondeu "com certeza" - contou Cláudia, referindo-se ao jogo contra o Atlético-PR, pelo Brasileirão.

Ronaldinho abraça a fã Cláudia Ramos, a primeira da fila (Foto: André Durão/Globoesporte.com)

Ronaldinho ficou dentro de uma espécie de aquário, onde recebia os sorteados para os autógrafos, fotos e cumprimentos. O grosso do público teve de observar mais de longe, separado por grades. Em certo momento, Ronaldinho foi até o vidro de proteção e deu um autógrafo, para delírio da multidão.

Outro momento curioso se deu quando o craque recebeu um fã com a camisa do Fluminense. R10 chegou a dar uma risadinha, mas prontamente posou para uma foto junto do tricolor. O ídolo também recebeu alguns presentes, como um pingente de prata, uma bola e uma chuteira de chocolate.

ronaldinho gaúcho flamengo bienal (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com) 
Ronaldinho posa com fã tricolor, observado por Maurício de Sousa (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com)

R10 sai sorridente, mas cercado de seguranças


Ronaldinho deixou o local por volta de 20h50m, 80 minutos depois de ter chegado. Todos os cem sorteados foram atendidos. Sorridente, o ídolo deixou o Riocentro cercado de seguranças, que tiveram trabalho para afastar a multidão. Perguntado sobre a sensação que sentia, Ronaldinho foi direto:

- Muito bom! Isso tudo é por causa do Maurício (de Sousa) - disse R10, brincando com o cartunista, que por sinal é torcedor do São Paulo.

O gibi do qual R10 é personagem central foi criado em 2006 por Maurício de Sousa. Na historinha, o craque veste as cores da Seleção Brasileira. Com a atual boa fase do craque, com direito a papel de protagonista com a camisa amarela, a ficção dos quadrinhos coincide com a vida real.

Publico a espera de ronaldinho na bienal (Foto: André Durão/Globoesporte.com) 
Multidão se aglomera para ver Ronaldinho na Bienal (Foto: André Durão/Globoesporte.com)

A figurinha de Ronaldinho é uma das difíceis e cobiçadas entre os colecionadores do álbum do Campeonato Brasileiro. Desde 1990 a editora comercializa álbuns ligados ao futebol no Brasil.


Flamengo encara o Atlético-PR com obsessão de vencer



Sem vencer há sete partidas no Brasileiro, o time do Flamengo voltou do Pacaembu com obsessão de vitória. E para retomar o rumo na competição, o time carioca enfrenta o Atlético-PR neste domingo, às 18h, no estádio Moacyrzão, em Macaé, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Vanderlei Luxemburgo ganhou duas boas opções para o confronto. O zagueiro Alex Silva e o volante Aírton, recuperados de lesão, participaram de um coletivo nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu, e serão relacionados para a partida contra o Furacão.

O treinador ainda não revelou se eles começarão entre os 11 ou ficarão no banco de reservas. Maldonado teve boa atuação na partida contra o Corinthians e deverá aparecer novamente no time titular. No mais, o treinador deverá confirmar a mesma escalação do jogo contra o Timão.

Um dos mais experientes do time, o goleiro Felipe, que foi o principal destaque do Flamengo na última partida, explicou que o grupo está focado em retomar o rumo no brasileiro e para isso, terá de voltar a encontrar o caminho da vitória no Brasileiro.

- Primeiramente temos de voltar a vencer. O pensamento tem de ser esse. Não podemos pensar em outra coisa. Voltando a vencer, pensamos na Libertadores e, depois, no título - explicou o goleiro.

Furacão cheio de desfalques

O técnico Antônio Lopes não poderá contar com Cleber Santana que foi expulso contra o Palmeiras na última quinta-feira. Madson também está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e Kleberson, por ter contrato com o Rubro-Negro da Gávea, também está fora.

O departamento médico do Furacão continua cheio. Branquinho se recupera de uma pubalgia e está fora do Campeonato Brasileiro. Morro García, com uma lesão na planta do pé, também não tem data para voltar. Nieto e Paulo Baier já foram liberados pelo DM, mas recuperam a forma física e não estão disponíveis para o confronto.

Destaque no empate contra o Palmeiras, o atacante Guerrón, que era preterido por Renato Gaúcho, agora vive nova fase com Antônio Lopes. O atleta espera poder ajudar a tirar o Atlético da incômoda 19ª colocação do Brasileiro.

- Nas ruas me perguntavam se eu não queria estar em campo e isso incomodava bastante. Mas passou e agora estou feliz. Espero lutar com meus companheiros, fazendo gols e ajudar o Atlético a sair dessa situação - disse.

Em relação ao time que atuou contra o Palmeiras na Arena da Baixada, duas mudanças. Renan foi escalado no lugar de Cleber Santana, suspenso. Adailton, que não foi bem contra a equipe paulista, foi sacado do time e Rodriguinho ganhou a vaga ao lado de Guerrón. Lopes afirmou que Rodriguinho é um atleta experiente e tem feito bons treinamentos recentemente.


Ficha técnica



Estádio: Moacyrzão, Macaé (RJ)

Data: 11/09/2011

Hora:18h

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Auxiliares: Alessandro A Rocha de Matos e Fabio Pereira.


FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Welinton, Alex Silva (Gustavo), Junior Cesar; Maldonado, Willians, Thiago Neves e Renato; Ronaldinho e Deivid. 
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Atlético-PR: Renan Rocha , Edilson, Manoel, Rafael Santos e Heracles; Deivid, Renan, Marcelo Oliveira, e Marcinho ; Guerrón e Rodriguinho.
Técnico: Antônio Lopes.



Felipe: 'Não adianta culpar o Luxa. Os atletas têm de pôr a cara'



Depois da derrota por 2 a 1 para o Corinthians, nesta quinta-feira, Vanderlei Luxemburgo assumiu a culpa pela sequência de sete jogos sem vitórias do Flamengo no Campeonato Brasileiro. O treinador reconheceu a queda de rendimento de alguns jogadores, não citou nomes, mas disse que o grupo será cobrado.

- Não vou execrar nenhum jogador meu – disse, em entrevista coletiva ainda em São Paulo.

De volta ao Rio, o goleiro Felipe e o lateral-direito Léo Moura foram escalados para falar com os jornalistas. Para o camisa 1, é hora de dividir responsabilidades.

- Cada um tem sua parcela de culpa, não adianta culpar o professor. Cada atleta sabe o que tem de fazer, da sua responsabilidade. É fácil todo mundo cobrar, vair o treinador, mas os atletas têm que pôr a cara. Quando vence, vence todo mundo. Quando perde, perde todo mundo também. Nosso elenco é fechado, não é justo direcionar as críticas, como já aconteceu com o Ronaldo e com outros atletas. Nós temos a responsabilidade de tirar o Flamengo desta situação – frisou Felipe, que carregava nas mãos um quadro com sua imagem - Foi a única coisa boa da viagem a São Paulo - disse o goleiro, sobre o presente.

felipe flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com) 
Felipe exibe quadro que ganhou: 'Única coisa boa da viagem' (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com)

Com a derrota no Pacaembu, a terceira seguida, o Rubro-Negro continua em quinto, com 36 pontos, mas está a sete do líder Corinthians. Léo Moura ressalta que a cobrança interna também começou.

- É hora de se cobrar mesmo, temos um grupo qualificado para ser cobrado. Nós que somos mais experientes temos de dar o suporte para os mais novos. É hora de conversar e trabalhar.

Após o desembarque, os jogadores foram liberados. A equipe se reapresenta na manhã deste sábado, no Ninho do Urubu, e viaja após o treino para Macaé, no Norte Fluminense. No domingo, enfrenta o Atlético-PR, às 18h (de Brasília).

- É um jogo para a equipe voltar a mostrar o futebol de sete rodadas atrás. É o mesmo elenco, não pode cair tanto o ritmo como caiu. Sabemos o que precisamos fazer para melhorar, para no domingo vencer e convencer – disse Felipe.



Airton e Alex Silva disputam coletivo e estão liberados para jogar domingo

alex silva airton flamengo (Foto: Leandra Benjamin / FlaImagem)


Há sete jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Flamengo ganhou nesta sexta-feira dois motivos para sorrir. O zagueiro Alex Silva e o volante Airton, que estavam machucados, participaram normalmente de um coletivo contra o time juvenil, no Ninho do Urubu, e estão liberados para encarar o Atlético-PR, neste domingo, em Macaé, pela 23ª rodada.

 A atividade desta sexta-feira durou 40 minutos. Airton e Alex Silva atuaram ao lado dos jogadores do elenco profissional que não viajaram a São Paulo para enfrentar o Corinthians, na noite de quinta-feira.

De acordo com o site oficial do Flamengo, já está confirmado que os dois serão relacionados para o jogo de domingo. Ainda não se sabe, entretanto, se serão titulares. Alex Silva, que não joga desde o clássico contra o Vasco, quando machucou o joelho esquerdo, está ansioso para o retorno após três jogos ausente.

- A expectativa é grande. Quem me conhece sabe que eu sou um tipo de jogador que não gosta de estar de fora desses momentos difíceis, pois gosto de ajudar o time. Mas temos que respeitar a parte médica. Graça a Deus me senti muito bem nesse coletivo e se Deus quiser vamos fazer uma grande partida contra o Atlético-PR, para que parem de duvidar da capacidade desse elenco do Flamengo, que é muito grande - declarou Pirulito ao site do Fla.

Airton, que passou por uma artroscopia no joelho esquerdo e não joga desde o dia 18 de agosto (derrota para o Atlético-GO), espera ajudar o Flamengo a superar o mau momento.

- Esperamos mesmo vencer este jogo, já que faz um tempo que não ganhamos. Não sei se vou jogar, mas se o professor (Luxemburgo) me colocar em campo, vou fazer de tudo para ajudar o Flamengo - acrescentou Airton.

A bola rola para Flamengo x Atlético-PR às 18h deste domingo, em Macaé. Quinto colocado, com 36 pontos, o Fla precisa da vitória para pôr fim à má fase e se manter entre os primeiros no Brasileirão.




O retorno da campeã mundial à Lagoa Rodrigo de Freitas



Depois de alcançar o feito inédito com a medalha de ouro conquistada no Mundial de Bled, na Eslovênia, Fabiana Beltrame volta o foco para as disputas da 5ª Regata do Campeonato Estadual de Remo 2011, que será realizada nesse sábado (10.09), a partir das 9 horas, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Diferentemente da prova em que se destacou ao superar adversárias de diferentes nacionalidades, a campeã mundial competirá no Double Skiff e terá a também peso-leve Cássia Brito como aliada. A dupla já mostrou entrosamento e rendeu bons resultados para o Flamengo em outras regatas.

"A Cássia foi a única que estava no peso certo (55kg) para essa categoria da Fabiana sem precisar se submeter ao sacrifício. As duas foram campeãs brasileiras no ano passado e têm tudo para repetir o feito", ressaltou o técnico Marcos Amorim.

Invicto na temporada 2011 e com a garra da campeã mundial Fabiana Beltrame, o Flamengo está pronto para encarar mais uma etapa válida pelo Campeonato Estadual, competição que conta com a participação dos principais clubes do Rio de Janeiro.

"Essa conquista no Mundial tem um aspecto muito importante e de motivação para toda a equipe. Mostrou que estão todos no caminho certo e que o Mundial não é tão impossível, que todos têm condições de chegar lá um dia", completou Marcão.

Líder absoluto, com uma vantagem de 66 pontos sobre o segundo colocado, o Botafogo, o Flamengo pretende fechar o ano com chave de ouro, uma vez que conquistou os títulos de campeão brasileiro no júnior e no sênior e teve sucesso em todas as regatas que disputou internacionalmente.

Confira as provas da 5ª Regata do Estadual 2011 e a pontuação dos três primeiros colocados:

1ª prova: 4 Sem Junior A
2ª prova: 2 Com Aspirante
3ª prova: Single Skiff Peso-leve Sub-23
4ª prova: Double Skiff Junior B / Feminino
5ª prova: Four Skiff Infantil / Feminino
6ª prova: Single Skiff Junior B
7ª prova: Double Skiff Peso-leve / Feminino
8ª prova: 4 Com Aberta
9ª prova: Four Skiff Masters D
10ª prova: Double Skiff Junior B
11ª prova: Four Skiff Peso-leve
12ª prova: Oito Com Aspirante


Campeonato
 
1º - Flamengo, 298 pontos
2º - Botafogo, 232 pontos
3º - vasco, 228 pontos


Flamengo x Atlético-PR: bilhetes para jogo em Macaé já estão à venda


Estudantes munidos de documentação têm direito à meia-entrada. Idosos, deficientes físicos e crianças menores de 12 anos têm acesso gratuito ao estádio até uma hora antes do início da partida.

Os torcedores do Flamengo entram pelos portões 4, 5, 6, 7 e 15, enquanto a entrada dos atleticanos será feita somente pelo portão 12.
Confira os preços:
Arquibancada: R$ 40
Visitante: R$ 40

Postos de venda:
Gávea
Estádio Cláudio Moacyr
São Cristóvão F.C.
Sede social do Bangu A.C.
Tijuca Tênis Clube
Arena da Barra
Shopping Popular de Niterói
Clube Nilopolitano (Nilópolis)
Associação Atlético Volantes de Mesquita (Mesquita)
Site Ingresso Fácil



Médico do Flamengo avisa: 'Ainda é precoce para David Braz jogar'


David Braz no treino do Flamengo (Foto: Janir Junior / GLOBOESPORTE.COM)
Recuperado de uma amigdalite aguda que resultou em infecção pulmonar, o zagueiro David Braz já está liberado pelo departamento médico. Segundo o médico rubro-negro Márcio Tannure, porém, ainda não é adequado colocá-lo para jogar, principalmente devido ao fato de o jogador ter perdido 8 kg - já recuperou 2 kg.

- Ele se recupera bem e está trabalhando a parte física. Em função da grande perda de peso seria precoce colocá-lo para jogar agora, mas ele já está totalmente liberado em relação à parte médica. O importante é focar no recondicionamento físico dele por agora - disse o médico Márcio Tannure, à Rádio Brasil.

Opções para domingo

Ambos recuperados de problemas no joelho esquerdo, o volante Airton e o zagueiro Alex Silva passarão por um teste nesta sexta-feira. A dupla participa de um coletivo e, caso não apresente nenhum problema, fica à disposição de Vanderlei Luxemburgo para o jogo de domingo, contra o Atlético-PR, às 18h.

- Haverá um coletivo para os dois jogadores pela parte da tarde. Uma avaliação será feita diante da reação deles no coletivo e aí sim poderei afirmar se jogam ou não - explicou.

Alex sofreu um estiramento do ligamento colateral medial do joelho esquerdo há 12 dias. Airton foi submetido a uma artroscopia há 22 dias.

 - Estamos na expectativa de vê-los no domingo, mas não posso afirmar ainda - completou.



Na ressaca pós-derrota, reservas do Fla suam na academia do hotel

Os titulares puderam dormir até mais tarde para esquecer a derrota por 2 a 1 para o Corinthians. Porém, os reservas do Flamengo acordaram cedo nesta sexta-feira em São Paulo. O preparador Antônio Mello comandou um treino na sala de musculação do hotel em que a delegação está hospedada.

O desembarque da delegação no Rio está marcado para as 16h (de Brasília). O time treina no Ninho na manhã de sábado e viaja de ônibus para Macaé onde, no dia seguinte, enfrenta o Atlético-PR.


Ronaldo Angelim no treino do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
Ronaldo Angelim malha no hotel do Flamengo na manhã desta sexta (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
 
 
 
 

STJD solicita imagens, e Gustavo pode pegar até 12 jogos de gancho




A agressão de Gustavo a Liedson não foi marcada pelo árbitro Márcio Chagas da Silva, mas pode ter consequências após o apito final. Procurador do STJD, Paulo Schmitt informou que já pediu as imagens do jogo entre Flamengo e Corinthians desta quarta-feira (assista ao vídeo) e irá estudar o caso para identificar se caberá um julgamento ao zagueiro rubro-negro.
- Solicitei as fitas hoje de manhã. Vamos avaliar com calma, mas ele pode ser indiciado por agressão - afirmou Schmitt.
Gustavo pode ser julgado pelo artigo 254-A (praticar agressão física) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Caso seja aplicada uma pena ao jogador, ele pode ficar fora de quatro a 12 jogos.
Aos 15 minutos do segundo tempo, Gustavo deu um soco no estômago de Liedson, que, minutos antes, havia entrado em uma discussão do zagueiro com Emerson. Porém, o defensor rubro-negro negou a agressão no fim do jogo.
                                                             
- Não agredi, não. Qualquer encostada neles, os caras caem. Foi um lance do jogo. Esbarrei sem querer e ele fez aquela cena. O Liedson está bom para ator. Se ele se sentiu agredido, eu não tenho nada a dizer sobre isso. Futebol é contato. Só lamento - afirmou.

Para acompanhar lesionados, Luxa segue mais cedo para o Rio

Luxemburgo Flamengo x Corinthians (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Vanderlei Luxemburgo não voltará com a delegação do Flamengo que está em São Paulo, onde a equipe da Gávea foi derrotada pelo Corinthians nesta quinta-feira por 2 a 1, no Pacaembu. Com o objetivo de acompanhar a recuperação do zagueiro Alex Silva e do volante Airton, o treinador antecipou seu regresso, enquanto o restante da comitiva chegará ao Rio somente por volta das 16 horas. A informação é do site oficial do clube.

Buscando recuperação no Brasileirão (dos últimos 21 pontos disputados, o Fla conquistou somente três), Luxemburgo espera contar com os dois jogadores lesionados para enfrentar o Atlético Paranaense, em duelo a ser realizado domingo, às 18 horas, em Macaé, pela 23ª rodada da competição.

Alex vem trabalhando na recuperação de um estiramento colateral medial no joelho direito sofrido logo nos primeiros minutos do empate por 0 a 0 com o vasco, dia 28 de agosto, pela 19ª rodada. Já Airton foi submetido a uma artroscopia no joelho esquerdo e desfalca a equipe desde a surpreendente goleada por 4 a 1 sofrida para o Atlético-GO no Engenhão, dia 18 de agosto, pela 17ª rodada.




Renato, sobre bate-boca com Sheik: 'Menosprezar ex-time é coisa ruim

Os minutos finais da partida entre Corinthians e Flamengo, nesta quinta-feira, no Pacaembu, foram marcados por um desentendimento entre o atacante Emerson e o meia rubro-negro Renato. Após a vitória por 2 a 1 do Timão, de virada, os dois discutiram na saída de campo e tiveram de ser separados por companheiros. Ao deixar o estádio, o jogador da equipe carioca não revelou o motivo da confusão, mas disse que o Sheik desrespeitou o Fla.

- Menosprezar o ex-time é uma coisa ruim. Vocês me conhecem bem, sou de defender meu clube. Jamais vou procurar brigar com alguém. Até então o jogo estava sendo bem disputado, na bola. No lance em que tomei uma pegada, e eu não sou de fazer média, acabei sofrendo a falta de uma maneira ruim da parte dele. O jogo começou a esquentar, mas nada que não fosse possível controlar - disse Renato, ex-jogador do Corinthians.

Apesar da insistência dos repórteres, o meia não quis dar detalhes sobre a polêmica, mas voltou a criticar o atacante corintiano:

- Depois vocês vão ver nas imanges, não vou arranjar polêmica, não sou disso. Depois vocês vão ver o que ele falou para a gente dentro de campo. Do meu ponto de vista foi anormal, jamais vou fazer o que ele fez. Cada um tem uma cabeça. Não gosto de arrumar confusão, mas aconteceu. O importante é seguirmos o nosso caminho.

Emerson jogou no Flamengo no primeiro semestre de 2009. Ele chegou ao Corinthians depois do polêmico rompimento com o Fluminense por cantar uma música alusiva ao Rubro-Negro no ônibus que transportava a equipe tricolor para um jogo da Taça Libertadores deste ano.

O Flamengo tem 36 pontos e continua em quinto na tabela do Brasileirão. O Corinthians manteve a liderança e chegou a 43.



Luxa trata derrota como normal e frisa: ‘Objetivo é a Libertadores’

Desta vez, não houve como encontrar algum ponto positivo na derrota do Flamengo. Nesta quinta-feira, Vanderlei Luxemburgo viu o seu time perder a terceira partida seguida no Brasileirão e aumentar a séria sem vitórias no campeonato para sete. Foram três pontos conquistados nos últimos 21 disputados. O Flamengo continua em quinto lugar, com 36, mas viu os concorrentes diretos avançarem, diferentemente de algumas rodadas anteriores. Após a derrota para o líder Corinthians no Pacaembu por 2 a 1, de virada, a distância para a ponta da tabela é de sete pontos.

Luxa reconheceu que a equipe poderia ter feito muito mais, mas classificou o resultado em São Paulo como normal.

- Somar três pontos em 21 é ruim, não crescemos. Mas o resultado aqui é normal. Não seria normal se fosse contra o Bahia, Figueirense... Mas foi bem natural. O Corinthians está brigando na frente, aqui é difícil jogar. Tenho que sair com a cabeça tranquila.

Na saída do gramado, alguns jogadores, entre eles Ronaldinho Gaúcho, frisaram que é hora de dar um tempo no assunto título e pensar na vaga para a Libertadores do ano que vem. O atacante Deivid, por sua vez, disse que a equipe jogou muito recuada.

- Não vi nada de anormal em o time ficar lá atrás contra o Corinthians, no Pacaembu. E a projeção do Ronaldo está dentro (da realidade). Nosso primeiro objetivo traçado é a Libertadores. Esse time do Flamengo saiu da zona de rebaixamento no ano passado no último jogo (foi no penúltimo, na verdade). Nós reformulamos o grupo para este ano. A entrada na Libertadores é o nosso projeto. Se ganhar (o Brasileiro), excelente. O importante é levar a equipe para aquilo que tem de orçamento, e aí sim fazer contratações pontuais - avaliou o técnico.

Luxemburgo sabe que as cobranças da torcida vão aumentar, mas procurou demonstrar tranquilidade.

- Sou técnico de grandes equipes há bastante tempo, acostumado a esse tipo de pressão. A gente respeita o torcedor, sabe que ele vai cobrar, como o do Corinthians cobrou. A pressão de trabalhar no Corinthians, no Flamengo, no Palmeiras, vai existir sempre.

A delegação retorna ao Rio na tarde desta sexta-feira. No domingo, o time recebe o Atlético-PR, em Macaé, às 18h.


Corinthians x Flamengo Luxemburgo (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com) 
 
Vanderlei Luxemburgo não esquenta com possível pressão após maus resultados: "Sou técnico de equipes grandes há bastante tempo"  (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
 
 
 

Melhores momentos: Corinthians 2 x 1 Flamengo pela 22ª rodada do Brasileirão 2011

No retorno, Maldonado fica pouco mais de uma hora em campo

Foram quatro meses e meio de espera, de muita fisioterapia e paciência. Sem Airton, que se recupera de uma artroscopia no joelho esquerdo, Vanderlei Luxemburgo apostou em Maldonado para proteger a defesa do Flamengo. O camisa 5 voltou a jogar nesta quinta-feira, contra o Corinthians, pela 22ª rodada do Brasileirão, depois de uma longa recuperação da segunda cirurgia no joelho esquerdo. Na derrota por 2 a 1 no Pacaembu, em São Paulo, permaneceu em campo por uma hora e 11 minutos e deu lugar a Muralha quando o confronto estava empatado.

Ele foi bem especialmente na meia hora inicial, quando a equipe paulista pressionou muito os rubro-negros. Além de reforçar a marcação, Maldonado acertou passes e ajudou a colocar os nervos de Gustavo e Welinton no lugar. A dupla de zaga cometeu erros bobos nos primeiros 45 minutos e sentiu dificuldade para conter o ímpeto dos atacantes do Timão, que pressionavam a saída de bola.

Na etapa final, o chileno sentiu o cansaço e a falta de ritmo, como ele mesmo previra na véspera. A última partida do jogador havia sido disputada em 20 de abril, no empate por 1 a 1 com o Horizonte-CE, pela Copa do Brasil, no Rio.

No próximo domingo, o Flamengo enfrenta o Atlético-PR, em Macaé, às 18h (de Brasília). Airton tem treinado normalmente, será reavaliado nos dois próximos dias e tem chances de voltar ao time titular. O Rubro-Negro tem 36 pontos e está em quinto na tabela do Brasileirão. A equipe não vence há sete partidas.


Suspenso, Bottinelli não enfrenta o Atlético-PR no domingo

O técnico Vanderlei Luxemburgo não vai poder contar com Bottinelli na partida do Flamengo contra o Atlético-PR, no domingo, pela 23ª rodada do Brasileirão. O meia argentino substituiu Thiago Neves no segundo tempo da derrota por 2 a 1 para o Corinthians, nesta quinta-feira, no Pacaembu, e recebeu o terceiro cartão amarelo logo que entrou em campo. Apesar de o jogador estar em má fase, Luxa perde um jogador de armação para a partida.

Por outro lado, o treinador espera contar com o volante Airton e com o zagueiro Alex Silva. Ambos estão recuperados de lesões no joelho esquerdo e serão avaliados nos dois próximos dias. Se liberados, devem voltar ao time titular.

O Flamengo é o quinto colocado no Brasileirão, com 36 pontos, e não vence há sete rodadas. A delegação retorna o Rio na tarde desta sexta-feira.





Sem pensar em título, R10 sonha com Libertadores

O Flamengo completou sete partidas sem vencer no Campeonato Brasileiro ontem. Ao sair de campo após o jogo contra o Corinthians, os jogadores se mostraram muito abatidos. Capitão do time, Ronaldinho preferiu deixar a busca pelo título de lado e passou a falar apenas na classificação para  a Libertadores, já que a diferença para o líder passou para sete pontos.

– Estamos tendo derrotas agora, o que é horrível, a torcida não gosta porque nos acostumamos a ganhar. Ainda tem muita coisa para acontecer no segundo turno, temos que voltar a jogar bem para no ano que vem estarmos na Libertadores da América – explicou.

O goleiro Felipe também seguiu a mesma linha de pensamento do companheiro.

– Temos que pensar em ficar entre os quatro, uma coisa de cada vez. Agora estamos longe do líder – disse o camisa 1, que foi o melhor do Flamengo em campo.




Os gols de Corinthians 2 x 1 Flamengo pela 22ª rodada do Brasileirão 2011


Gustavo diz que não agrediu Liedson

Felipe diz que Flamengo precisa aproveitar o fator campo na próxima rodada

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Corinthians 2 x 1 Flamengo


2º tempo


43min


GOL DE LIEDSON!!!
Willian cruza pela direita, Paulinho raspa e Liedson emenda de voleio!!! Um golaço!!! O Timão volta à liderança!







Corinthians 1 x 1 Flamengo


2º tempo


17 min


GOL DO CORINTHIANS!!! LIEDSON!!!
Após lateral cobrado para a área, defesa do Flamengo afasta mal. Willians tira bola de Gustavo e Liedson bota no fundo do gol!






Renda e público do jogo



Renda:  R$ 1.284.311,50
Público:  35.392 pagantes  / 37.707 total






Corinthians 0 x 1 Flamengo


1º tempo

28min


GOLLLLLLLLLLLLLLL DO FLAMENGO! DEIVID!!!
Ronaldinho bate escanteio na primeira trave, Renato Abreu desvia e Deivid coloca no fundo do gol!!! O Flamengo está na frente!!!








Recuperados, Airton e Alex Silva podem voltar contra o Atlético-PR


O técnico Vanderlei Luxemburgo poderá ter dois reforços para o jogo de domingo contra o Atlético-PR, às 18h, em Macaé, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo o médico José Luiz Runco, Airton e Alex Silva se recuperaram de problemas médicos e já treinam normalmente, mas ainda serão avaliados na sexta-feira e no sábado.

O volante passou por uma artroscopia no joelho esquerdo e entrou em campo pela última vez contra o Atlético-GO. Já o zagueiro, recuperado de uma estiramento no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, tratou a lesão com fisioterapia e pode voltar após três jogos. A sua última partida foi contra o vasco.




Com dores na garganta, Jael está fora contra o Corinthians

 

 

Atacante deixou a concentração em São Paulo e retornou para o Rio de Janeiro











Flamengo e Corinthians se unem para aumentar distância sobre os demais



Se dentro de campo Flamengo e Corinthians brigam pelo título brasileiro e se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h50, no Pacaembu, fora dele viraram parceiros. Os dois clubes de maior torcida do Brasil mantêm boa relação, trocam ideias sobre projetos e trabalham em sintonia para tornarem-se, em um futuro não muito distante, também potências do futebol mundial.






A aproximação começou em março, época da negociação dos direitos de TV. Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, ligou para a do Flamengo, Patricia Amorim, propondo que os dois brigassem juntos para receber da Globo valor diferenciado dos demais, mais do que os R$ 35 milhões anuais. Patricia inicialmente achou ousada a proposta, até delirante, mas os dois passaram a conversar com mais frequência. Resultado: fecharam contrato de R$ 92 milhões (que pode chegar a R$ 120 milhões, com venda de pacotes pay-per-view) por ano cada um, bem à frente dos demais clubes.





A estratégia é a mesma: aproveitar a massa torcedora para aumentar o faturamento. Com o contrato maior de TV (válido por três anos, 2012/15), os dois terão mais dinheiro para montar times fortes, contratar ídolos e brigar por títulos. Assim, com equipes de ponta, pretendem vender mais produtos licenciados, valorizar as marcas e conseguir patrocínios cada vez maiores para reinvestir no elenco.

Essa fórmula que parece simples nem sempre foi levada a sério pelas duas grandes potências. Somente nos últimos anos o futebol passou a ser visto como negócio. O Timão teve a maior receita do país em 2010, com R$ 212 milhões. Neste ano deve manter-se na liderança. O Fla era somente o quinto lugar ano passado (ver tabela), mas acabará 2011 com um dos maiores faturamentos, impulsionados pela onda Ronaldinho Gaúcho.





A parceria não parou na negociação de TV. Para contratar Ronaldinho, por exemplo, o Fla usou o modelo da engenharia feita na parceria Timão/Fenômeno. O clube da Gávea também citou o Timão quando teve dificuldade para fechar o patrocínio master. Mesmo em polêmicas envolvendo torcidas, os dois presidentes se entenderam. E resolveram não brigar pela disputa dos craques Adriano e Tevez.



BATE-BOLA

Caio Campos, gerente de marketing do Corinthians

Como o clube conseguiu multiplicar a receita com licenciamento?
Tudo faz parte de um processo. O aumento dos royalties (5,5% para 18%) está ligado à capacidade de negociação. Na renovação do contrato, apostamos no crescimento e no potencial da marca. Outro ponto foi a criação do novo canal de distribuição, a rede de lojas Poderoso Timão. As 104 lojas fazem o número de licenciamentos crescer.

A maior fonte de receita do clube ainda é a TV. A que patamar a parte de licenciamentos pode chegar?
Acredito que o licenciamento/franquias ultrapasse a bilheteria até 2012, mas essa ordem será alterada assim que o novo estádio estiver pronto. Com certeza, bilheteria e seus periféricos serão a primeira fonte de renda do clube.

Acha que Timão e Fla podem, com muito mais receita, polarizar o futebol brasileiro como fazem Real Madrid e Barcelona na Espanha?
Acredito que quem gera mais audiência deve se diferenciar de alguma forma dos outros, mas não sou a favor de disparidade como na Espanha. E não acontecerá aqui.

COM A PALAVRA

Amir Somoggi

Diretor da área de consultoria esportiva da BDO RCS

"Os novos contratos de TV sem dúvida vão deixar Corinthians e Flamengo mais fortes. Devem ter crescimento grande de receita nos próximos anos. Mesmo assim, não acredito que haverá uma polarização, pelo menos por enquanto. Não devem, a curto prazo, virar Barcelona e Real Madrid.

Os dois, apesar de terem torcida por todo o Brasil, ainda não encontraram maneiras eficientes de transformar torcedores em clientes. Outros clubes, mesmo com número menor de torcedores, têm atuação mais eficiente para aumentar a arrecadação. São os casos de São Paulo e Inter.

A expectativa é para o fechamento dos balanços deste ano. O Corinthians, até o fim de julho, já havia investido 65% do total do ano passado no departamento de futebol. Isso já mostra o reflexo de ainda mais dinheiro em caixa."

Corinthians de olho no mercado chinês
Enquanto o Flamengo domina as regiões Norte e Nordeste do Brasil em número de torcedores, o Corinthians abre os olhos para a Ásia, mais precisamente a China, o maior mercado do mundo.

Em julho, por exemplo, o diretor de marketing Luis Paulo Rosenberg cogitou a contratação de um 'chinês ruim de bola' para abrir as portas do país para o Corinthians.

No ano que vem ou em 2013, dependendo da adequação do calendário brasileiro ao europeu, ainda há a possibilidade do Corinthians fazer alguns amistosos na China, como fez o Real Madrid (ESP) neste ano.

A intenção é expandir a marca no exterior, já com espaço garantido, graças à parceria com Ronaldo, que começou em 2008 e que continua, apesar de o Fenômeno ter parado.

Além do dinheiro dos consumidores asiáticos, o clube está de olho no dos norte-americanos. Entre agosto e outubro de 2008, o departamento de marketing e Ronaldo negociaram com a Nike um período de 15 dias, em janeiro do ano seguinte, para o Corinthians fazer sua pré-temporada na sede da multinacional, em Beaverton, no Oregon, nos EUA. A viagem incluiria dois amistosos contra o Barcelona (ESP). A negociação não foi concluída.

Pelo lado do Mengão, o caminho foi inverso. Em março, a montadora chinesa Jac Motors se aproximou do clube para negociar o patrocínio master da camisa - hoje ocupada pela Procter Gamble, proprietária da marca Gillette, entre outras.


Ronaldinho: craque até nas histórias em quadrinhos


Ninguém poderia imaginar que às vésperas de um jogo decisivo entre Flamengo e Corinthians, que acontecerá nesta quinta, às 21h50, no Pacaembu (SP), um episódio digno de Cascão iria tirar, de certa forma, o foco do confronto. Mas num hotel no qual o 'Espaço Turma da Mônica', voltado para o público infantil, chama a atenção com suas piscinas e oficinas, nada como o retorno de um carismático jogador, fonte de inspiração do cartunista Maurício de Sousa, para apaziguar o ambiente.

Protagonista de uma história em quadrinhos lançada em 2006 pelo considerado "pai" da Mônica, o também dentuço R10 não só é visto por Luxa como um craque inquestionável e um reforço importantíssimo. Servirá como um mediador entre o treinador e o grupo.

O zagueiro Welinton, por exemplo, destaca sua importância:

- É o grande astro. É um cara alegre e que está sempre querendo o bem de nós e nós querendo o bem dele. Sempre que está conosco é uma alegria fora de série. Todo mundo tem um carinho especial por ele.

  

Se nos bastidores sua liderança vem sendo importante, em campo o jogador vem agradando tanto tecnicamente quanto fisicamente.

- É um atleta de alto nível e que hoje produz no campo como se tivesse com 27, 28 anos. Está em plena forma física e com uma capacidade muito boa de assimilação.

'CASCÃO' SEGUE MISTERIOSO

Após três dias que o episódio do pum veio a público, o 'Cascão' rubro-negro ainda não se acusou, mas Welinton já acha que é passado.

- Claro que na hora ele ficou chateado, mas passou. Hoje em dia todo mundo até brinca com isso aí.




BATE-BOLA

Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica e do gibi de Ronaldinho

1) Como surgiu este projeto dos quadrinhos do Ronaldinho e de que maneira ele aconteceu?
R: Eu falei com o irmão dele, o Assis, que estava buscando outro personagem depois do Pelezinho (inspirado em Pelé), porque gosto de falar de esporte para a criançada. Então procurei o Ronaldo e ele gostou, porque é fã da Turma da Mônica.

2) E como foi feita a construção do personagem para a história em quadrinhos?
R: Eu fui lá para Porto Alegre e falei com a família. Depois fui na escola na qual ele estudou, no campinho onde ele jogava bola...

3) Seus trabalhos têm o cuidado de sempre passar uma mensagem para as crianças. De que maneira você fez isso com o Ronaldinho?
R: Trabalhei na questão da premeditação, da busca pelo objetivo. Na história, ele quer porque quer ser jogador, um campeão. Também exploro a relação familiar, com sua mãe, sua irmã, as brigas comuns de irmão com o Assis...

4) E como anda o projeto?
R: Hoje está em 32 idiomas pelo mundo. Queria fazer um contrato grande e fizemos. Ainda tem uns dez anos (o contrato com o Pelé, por exemplo, acabou).

5) E de que maneira acha que a vinda para o Fla pode agregar?
R: O fato de ele jogar no Flamengo só traz benefícios. É um clube de grande torcida.