sábado, 24 de setembro de 2011

Marcelinho Machado aproveita a folga e encara a multidão no Rock in Rio


Marcelinho Machado Rock in Rio (Foto: Cintia Barlem / GLOBOESPORTE.COM)
Um dos nomes da conquista da vaga da seleção brasileira para os Jogos Olímpicos de Londres-2012, Marcelinho Machado conferiu de perto o Rock in Rio. O jogador do Flamengo escolheu o meio do público para ver a atração mais esperada por ele na noite de sábado: Red Hot Chili Peppers. O atleta disse que o assédio do público não incomoda.

- Pedem para tirar fotos, mas eu não me importo. Gosto de sentir o calor dos fãs - afirmou.

O jogador também já tem marcada na agenda outra data para ir ao festival. No próximo sábado, tem ingresso garantido para conferir a banda Coldplay.

Após a Copa América de Mar del Plata, que garantiu para o Brasil a vaga em Londres, Marcelinho já está de volta à rotina no Flamengo. Ele disputa o Campeonato Estadual do Rio contra Macaé, Tijuca e Iguaçu.
 








Felipe sobre a vitória sobre o América-MG: "Parece que a gente ganhou um título, gente"

Turbilhão de emoções: jogadores do Fla se renovam após vitória dramática



Junior Cesar correu feito louco e jogou a camisa para a torcida. No banco, Vanderlei Luxemburgo, os membros da comissão técnica e os jogadores reservas vibraram como se fosse um título. A vitória, enfim, saiu. Quarenta e nove dias depois, o Flamengo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro (a última fora sobre o Coritiba, em 6 de agosto). Neste sábado, o Rubro-Negro, de forma dramática, derrotou o América-MG por 2 a 1, de virada. Foram dez jogos de jejum (cinco derrotas e cinco empates), a pior sequência do clube em quatro décadas de competição. Antes de deixarem o gramado, os atletas se reuniram no campo e conversaram por alguns minutos. Mais leves, mostraram-se renovados com o resultado. O time chega a 41 pontos, mesmo número do Fluminense, e continua na sexta posição.

- Tinha de desabafar, é um momento complicado. Daqui para frente vai ser diferente. Voltamos para a competição – disse o lateral-esquerdo Junior Cesar.

Autor do primeiro gol do Fla no jogo, o atacante Deivid substituiu Jael no intervalo e teve boa participação na virada.

- A gente procura ajudar sempre. Nem sempre é como esperamos. Prevaleceu a força de vontade, a raça. O Flamengo é isso aí. Precisamos do apoio do torcedor. Quando ele incentiva, contagia. Mas quando vaia sentimos também.

Thiago Neves teve desempenho muito ruim na primeira etapa, mas melhorou na segunda parte do confronto. Foi dele o gol chorado que dá mais tranquilidade ao time.

- Tira um peso muito grande, uma pressão de dez jogos sem vencer. Isso não pode acontecer com um time que quer ser campeão brasileiro. Jogamos sem o Ronaldo, que vive grande fase, é complicado. Mas mostramos que podemos vencer sem ele.

O grupo terá dois dias de folga e volta ao trabalho na manhã de terça-feira, às 10h, no Ninho do Urubu. O próximo compromisso é decisivo. O Flamengo vai enfrentar o São Paulo, domingo, no Morumbi. Ronaldinho e Alex Silva, suspensos contra o América-MG, retornam. Willians, que não jogou por conta das dores musculares, terá uma semana para se recuperar.


Renato comemora a vitória sobre o América-MG: "O alívio é grande"



Melhores momentos: Flamengo 2 x 1 América-MG pela 26ª rodada do Brasileirão 2011





Luxa destaca três trocas no intervalo, mas nega ter decidido jogo

Depois de um primeiro tempo fraco, em que saiu perdendo para o América-MG, o técnico Vanderlei Luxemburgo deu uma bronca em seus comandados no vestiário do Engenhão e fez três trocas simultâneas no intervalo: entraram Diego Maurício, Thomás e Deivid nas vagas de Maldonado, Bottinelli e Jael. O Flamengo virou e o treinador elogiou as próprias mudanças, mas não aceitou a afirmação de que teria decidido a partida com essa atitude.

"Quem ganhou o jogo foram os jogadores. Eu entrei com o time um pouquinho mais cauteloso, porque quando você está na fase ruim, a tendência é nervosismo, não pode ficar inventando. Eles fizeram o gol, tiveram um contragolpe ou outro e ficaram em vantagem. Aí eu tinha 45 minutos para decidir. Fiz as três substituições para dar velocidade no contra-ataque. Eu entrei com uma equipe mais conservadora, mas tinha possibilidades no banco", disse o comandante.

O treinador ainda elogiou o atacante Diego Maurício, uma de suas apostas. No entanto, fez uma ressalva: o jogador precisa repetir atuações como a deste sábado para se manter no clube.

"O Diego Maurício é um jogador de muita qualidade, mas ele precisa descobrir isso. Nós não o queremos fora do Flamengo, o queremos no elenco. Ele tem que participar do jogo, como fez hoje. Me perguntaram porque eu o afastei há um tempo atrás. Foi porque eu fiz um treino coletivo e ele ficou 26 minutos sem tocar na bola. Como é que pode?", raciocinou.

Sexto colocado do Campeonato Brasileiro, o Flamengo volta a campo domingo que vem, no Morumbi, contra o São Paulo.



Os gols de Flamengo 2 x 1 América-MG pela 26ª rodada do Brasileirão 2011





Flamengo não terá Léo Moura contra o São Paulo

O lateral-direito Léo Moura desfalcará o Flamengo no jogo contra o São Paulo, no próximo domingo, no Morumbi. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o América-MG neste sábado e terá de cumprir suspensão.

Galhardo e Fierro são opções do técnico Vanderlei Luxemburgo para a vaga do titular.

Em contrapartida, o Rubro-Negro terá as voltas do zagueiro Alex Silva e do atacante Ronaldinho, que não jogaram contra o Coelho por causa de suspensão.




Thiago Neves diz que time pode vencer mesmo sem Ronaldinho


A ausência de Ronaldinho na vitória sobre o América-MG por 2 a 1, neste sábado, foi minimizada pelos jogadores. Autor do gol que determinou o triunfo rubro-negro, Thiago Neves disse que o time mostrou que pode vencer mesmo sem o seu principal jogador.

- Nos empenhamos, corremos e mesmo sem Ronaldo provamos que temos força para vencer - disse o jogador.
Exausto ao término da partida, o craque rubro-negro disse que todo o esforço em campo foi recompensado.

- Todo mundo saiu de campo acabado. Mas vale a pena pelo Flamengo - exaltou.







Felipe: 'Tiramos o caminhão de brita das costas'



Destaque na vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o América-MG, neste sábado, o goleiro Felipe demonstrou o sentimento de alívio. O time não vencia há dez partidas no Campeonato Brasileiro e se afastou da zona de classificação para a Libertadores.

- Dez jogos sem ganhar não é fácil. Parece que tiramos o caminhão de brita das costas. Agora é voltar a deslanchar no Campeonato - comentou o goleiro.

O camisa 1 disse que a vitória poderia ter acontecido de uma maneira mais tranquila. O Flamengo só chegou ao segundo gol aos 43 minutos do segundo tempo.

- Na fase que estamos não poderíamos começar perdendo. A torcida já estava impaciente e acabou saindo o gol deles. Mas no segundo tempo o time entrou com outro espírito e fico feliz por isso - observou.




Thiago Neves, autor do gol da vitória


 "Alegria e alívio também. Está todo mundo de parabéns, fomos guerreiro e todo mundo lutou. Eu lutei o jogo todo, às vezes dá certo ou não. Estou contente com a atuação do time hoje".







Flamengo x América-MG



Ficha técnica



Local: Engenhão


Data: 24/09/2011


Hora:  18h (de Brasília)

Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva e Carlos Nogueira Junior.

Gols: Mário Kempes ( 29'/1°T), Deivid ( 17'/2°T), Thiago Neves ( 43'/ 2°T)

Renda:
R$ 189.130,00
Público: 6.886 pagantes/9mil presentes

Cartões amarelo: Léo Moura (FLA) e Otávio(AME)

Flamengo: Felipe; Léo Moura, Welinton, David e Junior Cesar; Aírton, Maldonado (Diego Maurício/intervalo), Renato, Bottinelli (Thomas/intervalo), Thiago Neves; Jael (Deivid/intervalo)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

América-MG: Neneca, Micão, Anderson, Otávio; Sheslon (Gláuber/ 28' 2°T), Leandro Ferreira, Amaral, Luciano (Rodriguinho/ 25' 2°T) e Gilson; Kempes (Irênio/ 32' 2°T) e André Dias.
Técnico: Givanildo Oliveira



Flamengo 2 x 1 América




2º tempo


43min

Gol de Thiago Neves
 Depois de duas lindas defesas de Neneca, a bola sobra para Thiago Neves marcar de cabeça!!!












Flamengo 1 x 1 América-MG


2º tempo

16min

Goooooooooooooool de Deivid, o maldito!!!
Léo Moura cruza da direira e Deivid sobe mais alto para marcar!!!


 
 
 
 
 






Flamengo ridículo 0 x 1 América-MG



1º tempo


29min


Gol de Kempes
Atacante bateu no canto, Felipe foi na bola, mas não deu pra ele!!!













Muito legal!!!














Frase da semana


Ver o vasco na liderança do campeonato é como ver uma vaca em cima da árvore: voce não sabe como foi parar lá, mas tem certeza que vai cair.




Após ‘acordadinha’, Diego Maurício volta a ser relacionado por Luxa


diego mauricio rodrigo alvim cesar flamengo treino (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)
No início da semana, Diego Maurício sequer viajou com a delegação do Flamengo para Belo Horizonte. Ficou fora da partida contra o Atlético-MG e viu Thomás entrar na lista de Vanderlei Luxemburgo. Nesta sexta-feira, o técnico não deu detalhes, mas deixou claro que a medida teve o objetivo de coibir atos de indisciplina do atacante. Por exemplo: os sete atrasos a treinos na temporada. Diego está convocado para a partida contra o América-MG, neste sábado, no Engenhão, às 18h (de Brasília). As equipes se enfrentam pela 26ª rodada do Brasileirão.

- É um processo de tomada de decisões que realizamos internamente. Não viajou por decisão nossa, mas está na relação dos concentrados. Você não pode bater por bater, tem que ensinar. Ele cometeu um equívoco e como houve reincidência não entrou na relação. Mas já voltou. Foi para dar uma acordadinha. Aí ele viu o Thomás, que chegou aqui há pouco tempo, encostar e viu que tem de manter o espaço. Mas não quer dizer que o Diego Maurício esteja fora. Foi uma decisão estratégica sobre um moleque que precisa ser formado.

O diretor de futebol rubro-negro, Luiz Augusto Veloso, diz que o clube está atento ao comportamento de Diego Maurício.

- A gente acompanha e dedica a todos os jogadores com potencial de ascensão no clube com a mesma atenção, com o mesmo carinho. Estamos trabalhando para que ele volte a ser o jogador que criou essa expectativa toda. Acho um pouco natural nessa fase. Eu não me surpreendo. Esse processo é difícil, são meninos em transições rápidas nas suas vidas. Alguns assimilam de alguma maneira, outros de outra. Acredito que o que está sendo feito visa sempre o melhor para ele, para a carreira dele e para clube. É um bom menino, mas precisa se afirmar na carreira. Acredito plenamente que ele vai se afirmar. Já viveu momentos bons e momentos difíceis. Não há nada contra ele, mas há uma filosofia que o jogador que quer vingar precisa seguir.

Diego é cria da base do Flamengo e estreou entre os profissionais no Brasileiro do ano passado. Ele tem contrato até o fim de 2015. O Rubro-Negro é dono de 80% dos direitos econômicos do atleta, e a Traffic detém o restante. Em maio deste ano, o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, demonstrou interesse em contratá-lo, mas a negociação não avançou. Em fevereiro, mesmo na reserva da Seleção Brasileira sub-20 que conquistou o Sul-Americano no Peru, ele ganhou projeção e cortejos por conta de seu estilo de jogo. Observadores do Roma, da Itália, acompanharam Drogbinha de perto. Antes, o Porto, de Portugal, e o próprio Shakhtar haviam demonstrado interesse. Em julho, foi pré-convocado para defender a Seleção sub-20 no Mundial, mas acabou cortado às vésperas do campeonato. O Brasil conquistou o título.



Flamengo adota lema do Rock In Rio para reagir e voltar a sonhar no Brasileirão

Art Flamengo (Fotomontagem: Lance!)  
 


Desde sexta-feira, o Rio de Janeiro se transformou na cidade mundial do rock. No embalo do evento, o Flamengo se inspira no slogan do Rock In Rio para interromper a série de dez jogos sem vitórias e ratificar o objetivo traçado pela comissão técnica: chegar ao G5 do Campeonato Brasileiro.

No ritmo do trocadilho "Por uma Fla melhor, Libertadores Eu Vou", o Mengão recebe o América-MG neste sábado, às 18h, no Engenhão, disposto a decretar o fim da má fase.

Vanderlei Luxemburgo não conta com um grupo de roqueiros, ao contrário de muitas das atrações que se apresentarão na Cidade do Rock até o próximo fim de semana. O objetivo dos integrantes do Fla, porém, tem o mesmo propósito.

Da mesma maneira que os artistas pretendem retribuir com um belo espetáculo às 700 mil pessoas esperadas (nos sete dias), os rubro-negros querem se reconciliar com a Nação.

O recado partiu de Junior Cesar, o especialista em música gospel do grupo do Flamengo:

– Temos ambição de buscar a Libertadores e até mesmo buscar o título. Temos de fazer por merecer esse resultado e acabar com essa sequência que está incomodando.

O jejum rubro-negro ainda não pode até ser comparado ao longo tempo que o Rio de Janeiro não recebia uma edição do evento. A última aconteceu em 2001.

O hiato de dez anos é infinitamente menor do que os 49 dias sem triunfos do Fla no Brasileirão.

Tempo, porém, suficiente para fazer com que os jogadores sequer recordem da última vitória, no dia 6 de agosto, sobre o Coritiba.

– Não está vindo na minha cabeça. É complicado, mas todos os jogadores sabem da responsabilidade que teremos para esse jogo de sábado.Todo mundo tem de ter concentração máxima – pediu o camisa 6 do Flamengo.

Foco imprescindível para que a reação, enfim, seja contemplada logo mais no Engenhão e amenize as cobranças de um público exigente formado por mais de 35 milhões.






Ronaldinho prestigia show de Elton John: ‘Vim só para ver esse cara’



Ronaldinho Rock in Rio (Foto: Cintia Barlem)
Ronaldinho Gaúcho foi a maior atração na área VIP nesta sexta no Rock in Rio. O jogador do Flamengo chegou no meio da noite já com os shows em andamento e se dirigiu a um espaço reservado, que era protegido por dois seguranças e uma recepcionista. O GLOBOESPORTE.COM teve acesso ao local para falar com o craque.

Em um rápido contato, o jogador da Seleção Brasileira deu a razão da sua presença no festival: "Vim só para ver esse cara", apontando para o palco onde Elton John tocava Tiny Dancer.

Suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no empate por 1 a 1 com o Atlético Mineiro, quarta-feira, em Sete Lagoas, Ronaldinho desfalca o Mengão neste fim de semana. Buscando quebrar o jejum de 10 jogos sem vitória no Brasileiro, o time da Gávea encara o lanterna América-MG, neste sábado, às 18 horas, no Engenhão, pela 26ª rodada da competição.
 



sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Se marcar um gol, Jael pode festejar à la roqueiros



A fase do Flamengo não é das melhores. Mas uma vitória neste sábado contra o América-MG pode dar início a uma nova arrancada. No embalo do Rock in Rio, o atacante Jael acredita nisso e caso faça um gol, já vislumbra uma comemoração em homenagem ao festival.

– Não sou muito chegado a Rock. Não é o meu estilo de música preferido, mas quem sabe se eu puder fazer um gol, não faço uma comemoração que tenha a ver com o evento? Só na hora mesmo, mas o importante é conseguirmos a vitória, o que nos dará muita confiança – brincou o camisa 26 rubro-negro, que deu o passe para o gol de Ronaldinho Gaúcho, no empate contra o Atlético-MG, em 1 a 1, na quarta-feira

Novamente titular, Jael lembrou que a postura da equipe dentro de campo tem melhorado.

– A alegria vai voltar ao Flamengo se conseguirmos vencer. Todo o grupo está focado nesse jogo para que isso aconteça – disse ao LNET!.

Sobre uma possível ida ao Rock in Rio após o jogo, o atacante preferiu ser cauteloso.

– Tenho convite, mas vai depender do resultado. Assim como todo o elenco, quero muito a vitória e só estou pensando nisso. Depois, dando tudo certo, a gente pensa em ir ao festival – explicou o Cruel.


Flamengo chega à marca de 1 milhão de fãs no Facebook



O Flamengo celebrou nesta sexta-feira o sucesso de sua página no Facebook. Seis meses após a criação, o clube atingiu a marca de 1 milhão de fãs nesta mídia social, a que mais cresce no momento. O clube vê a ferramenta como forma de aproximação com seus torcedores. Por lá, são feitos sorteios e outra ações promocionais.

A presidente Patrícia Amorim comemorou o feito.

- É uma marca que tem a cara do Flamengo. Sabemos que nossa torcida é uma nação e, por isso, podemos sonhar com números muito maiores. Mesmo assim, é importante atingir um milhão de fãs. Nosso maior patrimônio está ali, são os torcedores. Temos que usar todas as ferramentas possíveis para estar mais próximos deles. Além disso, através do Facebook, podemos premiar alguns deles com produtos oficiais, muitas vezes exclusivos. Até gostaríamos de premiar todos, mas, como são milhões e milhões, não é possível - disse a mandatária.

Para o vice-presidente de marketing rubro-negro, Henrique Brandão, ainda há muito o que crescer nesta área.

- Ainda somos novos neste meio. Outros clubes possuem esta ferramenta há mais tempo e, por isso, estão na nossa frente. O Boca Juniors, por exemplo, tem a maior página entre clubes de futebol da América Latina, com mais de 2,5 milhão de fãs. Vamos chegar lá, sem dúvida. Nossa meta é essa e o torcedor nos ajudará a conquistar isso o quanto antes. Isso é o futuro. Já estamos no mercado, negociando, a princípio, com nossos parceiros para que eles também estejam junto conosco nessa empreitada. Tudo isso pode gerar uma receita que o Flamengo nunca teve. Ficamos muito felizes por ter atingido esta marca, mas queremos mais. Muito mais - explicou.



Luxemburgo: ‘Vamos ter que ganhar. E agora sem o Ronaldinho’





vanderlei  luxemburgo e jogadores  flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com)
Em tempos de crise, Vanderlei Luxemburgo mantém a serenidade. Com tom de voz tranquilo e descontração, falou nesta sexta-feira sobre a necessidade de fazer o Flamengo reencontrar a vitória. O time não vence no Brasileirão há dez rodadas (cinco empates e cinco derrotas), está em sexto na tabela, com 38 pontos, fora da zona de classificação para a Libertadores. Neste sábado, o Rubro-Negro enfrenta o América-MG, lanterna da competição. Aos que consideram a chance perfeita para se recuperar, o treinador adverte:

- O campeoanto está muito complicado. Você acha que é o jogo e de repente não é. Tem que ganhar. Ontem (quinta), era o jogo do vasco, contra o Atlético-GO, em casa, para ficar isolado na liderança. Mas não conseguiu a vitória. O tudo ou nada é quando você não tem nada, mas o Flamengo não é franco atirador. Temos que ganhar não porque é o lanterna, mas porque precisamos ganhar. Queremos alguma coisa dentro da competição. Por isso queremos ganhar do América-MG – frisou.

Suspensos pelo terceiro cartão amarelo, Ronaldinho e Alex Silva estão fora. Willians sente dores musculares e também não joga. Luxa não apontou os substitutos. Certo mesmo é que Jael será mantido no ataque titular. Negueba, Deivid e Bottinelli podem ocupar a vaga de R10, artilheiro da equipe no nacional, com 13 gols.

- Vamos ter que ganhar. E agora sem o Ronaldo. Não adianta pensar no peso da ausência do Ronaldinho. Quem entrar tem que jogar. Vamos buscar a vitória que está faltando para nós. Temos jogadores experientes. Mesmo com experiência a bola queima um pouco mais no pé. Quando está perdendo, é complicado. Tem que ter calma, tranquilidade.

Após o empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, na rodada passada, Vanderlei chegou a dizer que poderia poupar algum jogador para equlibrar o time fisicamente, mas não poderá colocar a ideia me prática.

- Nao dá para equilibrar fisicamente quando precisa ganhar. Cansado ou não cansado, o jogador tem que jogar.

O grupo está concentrado para a partida. Flamengo a América-MG vão jogar no Engenhão, às 18h (de Brasília).


Léo Moura se arrisca como fotógrafo e recebe dicas no Ninho do Urubu


Apesar do momento de crise do Flamengo, Léo Moura arranjou um tempo para se descontrair após o treino regenerativo dos titulares, na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Ao fim da atividade, o lateral que, com a ausência de Ronaldinho Gaúcho, deve ser o capitão do time contra o América-MG, neste sábado, às 18h, no Engenhão, pegou emprestada a câmera fotográfica do fotógrafo do clube, Alexandre Vidal, e recebeu dicas do profissional à beira do gramado. Os companheiros e a presidente Patrícia Amorim, que prestigiou o treino, acompanharam a brincadeira do jogador.

leonardo moura fotógrafo flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com) 
 Léo Moura recebe dicas do fotógrafo do Flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com)
 
Após o treino, Alexandre Vidal revelou o interesse de Léo Moura, exaltou o empenho do “pupilo” e elogiou as fotografias do camisa 2 do Flamengo.

- O Léo Moura é o mais curisoso, o que mais procura informações, tenta entender. Ele comprou uma máquina que faz quase tudo que a minha faz para tirar fotos da filha com qualidade. Indiquei uma câmera, expliquei e ele começou a mostrar as fotos que faz. Está indo bem - destacou o fotógrafo do Flamengo.
Quem precisa recuperar o foco e ficar bem na foto, no entanto, é o Flamengo. Há dez rodadas e 48 dias sem vencer pelo Campeonato Brasileiro, o time despencou da segunda para a sexta colocação, ficando, pelo menos momentaneamente, fora da zona de classificação para a Taça Libertadores.

Confira abaixo as fotos tiradas pelo lateral

fierro  treino flamengo (Foto: Leonardo Moura/Fla Imagem) 
Fierro na mira de Léo Moura (Foto: Leonardo Moura/Fla Imagem)


 
negueba treino flamengo (Foto: Leonardo Moura/Fla Imagem) 
Negueba também virou "modelo" para Léo Moura (Foto: Leonardo Moura/Fla Imagem)
 
 
 

Com dores musculares, Willians é vetado e não enfrenta o América-MG



Além de Ronaldinho Gaúcho e Alex Silva, suspensos, o Flamengo ganhou um desfalque de última hora para a partida contra o América-MG, neste sábado, às 18h, no Engenhão, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com dores musculares, o volante Willians foi vetado e não enfrenta o Coelho.

Durante o treino desta sexta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo não deu pistas do time que mandará a campo no sábado. Após a atividade, o treinador teve um papo com Jael, Bottinelli, Ronaldo Angelim e Maldonado.

vanderlei  luxemburgo e jogadores  flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com) 
 
Luxa conversa com Angelim, Bottinelli e Jale no treino desta sexta (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com)
 
Durante a entrevista coletiva, Luxemburgo confirmou apenas que o atacante Jael será mantido entre os titulares. Há dez jogos sem vencer pelo Campeonato Brasileiro, Flamengo tem algumas opções para o time que vai a campo tentar acabar com o jejum. Poucas dúvidas há na defesa, que deve ser formada por Felipe, Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Junior Cesar.

Do meio para frente, entretanto, abre-se um leque. Luxa pode optar por recuar Renato para a função de segundo volante. Desta forma, o meio poderia ser formado por Airton e Renato na marcação, com Bottinelli e Thiago Neves na área de criação. Na frente, Jael poderia atuar ao lado de Negueba ou Deivid. Outra hipótese seria a troca simples do segundo volante, com Muralha ou Maldonado entrando na vaga de Willians. Assim, Renato jogaria mais adiantado, junto a Bottinelli e Thiago Neves, com Jael sozinho como homem de área. Não estaria descartada, nesta formação, uma troca de Bottinelli por Negueba, com Thiago Neves atuando mais à frente.

Com 38 pontos, o Flamengo é o sexto colocado e está fora da zona de classificação para a Libertadores.



Sob os olhares de Patrícia Amorim, Fla se reapresenta no Ninho do Urubu



Em meio à crise no futebol e o burburinho político que atormenta o Flamengo nos últimos dias, os jogadores se reapresentaram na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, para o primeiro e único treino de preparação para o jogo contra o América-MG, neste sábado, às 16, no Engenhão.

Como geralmente faz antes dos jogos, a presidente Patrícia Amorim foi ao Ninho do Urubu acompanhar a atividade. Antes de os atletas entrarem em campo para uma rápida roda de bobinho, a dirigente conversou com alguns jogadores e com o técnico Vanderlei Luxemburgo. Atenta, acompanhou ao lado do vice-presidente de futebol, Luiz Augusto Veloso, o treino regenerativo dos atletas que começaram a partida contra o Atlético-MG.

vanderlei luxemburgo patricia amorim  flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com) 
Patrícia conversa com Luxemburgo antes do treino (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com)

O goleiro Felipe e o atacante Jael foram as únicas exceções e foram a campo com o restante do elenco. Em campo reduzido, Vanderlei Luxemburgo comandou um treino de dois toques. Suspensos e fora do jogo contra o América-MG, Ronaldinho Gaúcho e Alex Silva não apareceram no campo. Para a vaga do zagueiro, David Braz e Ronaldo Angelim disputam a posição. Já o substituto de R10 ainda é uma incógnita. Luxa pode usar dois atacantes. Neste caso, Deivid, Diego Maurício e Negueba ganham força. Outra opção seria deixar apenas um homem na frente, com o argentino Bottinelli entrando no meio-campo.

Apesar de cobrar resultados imediatos, Patrícia Amorim, nesta sexta-feira, reiterou sua confiança no técnico Vanderlei Luxemburgo, que vive um momento delicado à frente do time. No Campeonato Brasileiro, o Flamengo não vence há dez jogos e despencou da segunda para sexta colocação, fincando fora, neste momento, da zona de classificação para a Libertadores.

Deivid no treino do Flamengo (Foto: Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM) 
 
Bottinelli e Deivid são algumas das opções para a vaga de R10  (Richard Souza/ GLOBOESPORTE.COM)
 
 
 

Conmebol divulga datas das oitavas da Sul-Americana


A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou, nesta sexta-feira, os horários dos jogos de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. As partidas de volta serão divulgadas na semana que vem, como informa a entidade.

As fases seguintes também já têm as datas definidas. De acordo com o calendário, não haveria conflito de dadas com o jogo do Botafogo contra o Santos, pelo Brasileirão, remarcado pela CBF para o dia 19/10, já que o jogo de volta pode acontecer no dia 26.

JOGOS DE IDA (Horário de Brasília):

28/9 - 19h15 - LDU (EQU) x Independiente (ARG)
29/9 - 19h15 - Olimpia (PAR) x Arsenal (ARG)
29/9 - 21h30 - Botafogo x Santa Fé (COL)
29/9 - 21h30 - Godoy Cruz (ARG) x Universitario (PER)
5/10 - 19h15 - Universidad Católica (CHI) x Vélez (ARG)
5/10 - 19h15 - Aurora (BOL) x vasco
5/10 - 21h50 - Flamengo x Universidad de Chile (CHI)
19/10 - 21h50 - São Paulo x Libertad (PAR)

FASES SEGUINTES:

Quartas de final: 26/10, 2/11 e 9/11
Semifinal: 23/11 e 30/11
Final: 7/12 e 14/12



Ecos políticos: Capitão Léo acusa Marcio; advogado detona Patrícia


A troca de acusações frontal entre a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, e o antecessor dela, Marcio Braga, atingiu alvos paralelos. Citados por um e por outro o presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro, e o advogado Pedro Tengrouse se defenderam atacando.

Tengrouse prestou serviços – terceirizados – à gestão de Marcio. Na entrevista que concedeu na quinta-feira, Patrícia afirmou que ele é tricolor e atualmente defende o Sport na briga pelo reconhecimento do título brasileiro de 1987. Pedro partiu para o confronto.

- Ela é mentirosa e ingrata. Não sou e nunca fui advogado do Sport. Como sou um dos poucos que conhecem bem a estrutura da Fifa, fui consultado, mas não aceitei. Apenas coloquei o advogado do Sport em contato com o do Flamengo. Não sei por que ela inventou isso. Outro ponto. Sou tricolor, com razão, mas profissional. Ela deveria olhar para a própria casa. O marido dela (Fernando Sihman) é tricolor e ex-líder de organizada do clube.

Tengrouse prosseguiu e disse que o Flamengo deve um mês de salário a ele.

- Não entendi por que me citar em uma briga política. Sempre fui muito leal e ajudei a Patricia em duas ocasiões: uma quando ela estava ameaçada de expulsão e perda do mandato por infidelidade partidária do PSDB (foi apenas advertida). A outra foi quando ela fazia gestão desastrada nos esportes amadores e eu a auxiliei. Se ela quer lembrar de mim, lembra da minha nota de dezembro que ainda não foi paga. Gosta de dizer que os salários estão em dia, mas não paga o que me deve.

Capitão Léo diz que Peruano foi funcionário de Marcio

Do outro lado da trincheira, o presidente do Conselho Fiscal do Flamengo, Leonardo Ribeiro, foi alvo de Marcio Braga. O ex-presidente se referiu ao Capitão Léo como “um desclassificado, que ofende a inteligência de todo e qualquer rubro-negro”.

Leonardo Ribeiro Flamengo (Foto: Felippe Costa/Globoesporte.com)Leonardo Ribeiro foi breve, mas pesado em relação a Marcio Braga (Foto: Felippe Costa/Globoesporte.com)
 
Ao tomar conhecimento da entrevista, Leonardo Ribeiro se manifestou. Foi breve, mas pesado.

- O Marcio Braga está fazendo a parte dele, tomando a frente da oposição e diminuindo os outros grupos políticos. Mas cometeu um erro: falar de um conselheiro que era funcionário dele na ouvidoria do clube. Se o José Carlos Peruano resolver abrir a boca, o Marcio Braga vai preso. O mandato do Edmundo Santos Silva é pequenas causas perto do que aconteceu na gestão dele.

Segundo Marcio Braga, José Carlos Peruano, que na última segunda-feira agrediu o também conselheiro Arthur Muhlemberg, é cabo eleitoral de Patricia Amorim e “muito próximo” do marido dela, Fernando Sihman.

- A política que desenvolvem lá dentro originou a agressão. O agressor (José Carlos Peruano) fez a campanha dela e é ligado ao marido dela. É claro que estão bancando a torcida para não reclamar dos dez jogos sem vitória. Pelo que é falado nos corredores do clube, há pagamento de material esportivo e ingresso. Fui oito vezes presidente e nunca vi essa calmaria. A terra tem que tremer.

Patricia Amorim rebateu a acusação.

- Ligado em que sentido? Eu quero que diga como. E quero que prove. Ele é sócio - e não fui eu que dei o título. Fui apoiada por muita gente. Siro Darlan fez campanha para mim, o doutor Marcelo Antero fez também. Isso é uma bobagem, é ridículo. Meu marido é ligado a mim, a meus filhos. Fui apoiada por mais gente do bem do que do mal. No caso da agressão, aplicamos a punição máxima que podemos dar, que o clube determina em estatuto. Dei a punição preliminar que o estatuto permite (30 dias) e será criada uma comissão para investigar. Não quero nem saber se é Peruano, se é fulano. Não tenho rabo preso com ninguém. Na minha vida política, não devo nada a deputado, senador, prefeito. Não devo nada.



Patricia se mostra tolerante, mas cobra: ‘Resultados têm de acontecer’



Incomodada com a persistente má fase do Flamengo no Campeonato Brasileiro - o time não vence há dez jogos -, a presidente Patricia Amorim, que nesta quinta-feira foi criticada e respondeu ao ex-presidente Marcio Braga, mantém o discurso de confiança no projeto capitaneado por Vanderlei Luxemburgo. A mandatária se mostra tolerante, mas cobra uma reação imediata.

- É o período mais difícil do ano. Os resultados têm de acontecer. Fui atleta olímpica, de alto nível. Minha formação como dirigente também me ensinou que a sua sobrevivênvia no esporte é pautada em cima de resultados. Eu sei, os treinadores sabem, os jogadores sabem. É assim que funciona. Eu procuro ter um prazo de tolerância maior, porque oito meses sem derrota dão o suporte (na verdade, o Fla sofreu a primeira derrota no ano no início de maio). Continuo acreditando, mas sempre com avaliação crítica. Não sou eu quem vai garantir a permanência das pessoas. Minha avaliação é equilibrada. Ainda estamos sob avaliação. Quem se mantém com contrato, quem tem o contrato renovado, é quem tem resultado. É muito simples.

Dos últimos 30 pontos em disputa, o Flamengo somou apenas cinco. A dirigente diz que tem um estilo de cobrança equilibrado, mas intenso.

- A cada rodada que você não vence, acaba fazendo uma nova avalição. Não tem chifre em cabeça de cavalo. Acontece que, é claro, a avaliação que o torcedor faz, os dirigentes também fazem. Não falo em tom agressivo, embora a cobrança aconteça diariamente. Mesmo que eu não cobrasse, qualquer jogador, treinador, qualquer profissional, se cobra. Quando ele não vai bem, tem que trabalhar dobrado, buscar alternativas, soluções. Mas ainda estou bastante firme. Não sinto que é o momento de mudar nada.
 
O sábado será de coração aos pulos para os rubro-negros. A equipe tem 38 pontos, está fora da zona de classificação para a Libertadores e se aproxima do ponto mais alto da crise. Sob intensa pressão, o Fla recebe o América-MG no Engenhão, às 18h. Os mineiros estão na lanterna, com 19 pontos. Em 25 partidas, acumulam 12 derrotas, dez empates e só três vitórias. Parece ser o adversário ideal para a reabilitação, mas um novo insucesso seria pura dinamite para o grupo de Vanderlei Luxemburgo. Ronaldinho e Alex Silva, suspensos com três cartões amarelos, não jogam.



quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Flamengo tem mais torcida que o Náutico em Pernambuco



Detalhamento da pesquisa:
Localidade: Estado de Pernambuco
Instituto: Plural Pesquisas
Amostra: 1200 entrevistados, entre 02 e 06 de abril de 2011
Margem de erro: 2,8 p.p.







Venda antecipada de ingressos para Flamengo x América-MG


A venda de ingressos antecipada para a partida entre Flamengo e América-MG começou nesta quarta-feira (21.09) para os sócios rubro-negros. Os associados que estiverem com suas obrigações em dia poderão comprar as entradas na sede social do clube, na Gávea. Os demais torcedores poderão efetuar a compra a partir de quinta-feira (22.09).

Vale destacar que cada torcedor, sócio ou não, só poderá adquirir três ingressos cada. Aqueles que comprarem ingresso de meia-entrada deverão, obrigatoriamente, apresentar documento que comprove seu direito (carteira de identidade, carteira de estudante ou comprovação de matrícula) para ingressar no estádio.

AVISO IMPORTANTE
Os torcedores com direito a gratuidade (menores de 12 anos acompanhados de responsáveis, deficientes físicos e idosos maiores de 65 anos) terão que acessar o estádio uma hora antes da partida. Após esse horário, estará encerrada a troca de gratuidades. Esse procedimento será executado para preservar a integridade física desses torcedores e garantir que a capacidade máxima seja respeitada do estádio.

SERVIÇO
Jogo: Flamengo x  América-MG.
Data: 24/09/2011 (sábado)
Horário: 18h
Local: Estádio Olímpico João Havelange.

Preço dos ingressos:
Setor Leste Superior: R$ 40,00 inteira (R$ 20 meia-entrada)
Setor Leste Inferior: R$ 60,00 inteira (R$ 30 meia-entrada)
Setor Oeste Superior: R$ 40,00 inteira (R$ 20 meia-entrada)
Setor Oeste Inferior: R$ 60,00 inteira (R$ 30 meia-entrada)
Os setores Norte e Sul não estarão disponíveis para o jogo.

Pontos de venda:
Bilheterias da  Gávea (Praça N. S. Auxiliadora)
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheteria Sul do Engenhão
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Sede social do Bangu AC - Av. Cônego de Vasconcelos , 549 – Bangu (somente ingressos inteiros)
HSBC Arena - Av. Abelardo Bueno, 3401 - Barra da Tijuca.
Shopping  Popular  -  Rua São João,  Número 75 - Niterói
Clube Nilopolitano – Estrada Expedicionário, 91 -Nilópolis
Associação Atlético Volantes de Mesquita – Rua Maciel 157 – Juscelino Mesquita
Site da Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br)



Patricia responde: ‘Quando o futebol vai mal, os covardes aparecem’




Patrícia Amorim, presidente do Flamengo (Foto: Márcia Feitosa / Vipcomm)

 Patricia Amorim não deixou a bola quicar. Assim que soube da entrevista do ex-presidente do Flamengo, Marcio Braga, criticando agressivamente sua gestão, a atual presidente rubro-negra respondeu. E não baixou o tom. A mandatária disse que não poderia se calar diante de tanta “bobagem” e classificou as acusações do ex-presidente como levianas e covardes. Fez questão de falar sobre cada ponto abordado pelo antecessor em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM - e foi detalhista.



Abaixo os principais trechos: 


Marcio disse que José Carlos Peruano, sócio que agrediu o conselheiro Arthur Muhlemberg nesta semana, é ligado à sua gestão e a seu marido. É verdade?

PATRICIA AMORIM: Ligado em que sentido? Eu quero que diga como. E quero que prove. Ele é sócio - e não fui eu que dei o título. Fui apoiada por muita gente. Siro Darlan fez campanha para mim, o doutor Marcelo Antero fez também. Isso é uma bobagem, é ridículo. Meu marido é ligado a mim, a meus filhos. Fui apoiada por mais gente do bem do que do mal. No caso da agressão, aplicamos a punição máxima que podemos dar, que o clube determina em estatuto. Dei a punição preliminar que o estatuto permite (30 dias) e será criada uma comissão para investigar. Não quero nem saber se é Peruano, se é fulano. Não tenho rabo preso com ninguém. Na minha vida política, não devo nada a deputado, senador, prefeito. Não devo nada. 
O ex-presidente disse também que a folha de pagamento está acima do orçamento. Como a gestão atual responde?
O que ele está falando é mentira. Imagina ter uma folha de R$ 11 milhões. Cada um fala o que quer, e a gente tem que provar. Nossa folha é de cerca de R$ 6,5 milhões. Subiu como a receita subiu. E nossa receita mais do que subiu. E vamos falar dele. O que ele deixou de legado no Flamengo? Estou construindo o CT. A previsão de arrecadação do orçamento não é de R$ 130 milhões/ano, e sim de R$ 150 milhões. Temos cumprido com o orçamento, cumprimos em 2010. Estou muito segura disso. É uma agressão absurda.
Ele disse que você mudou para pior as áreas de marketing, finanças e jurídico. 

Os membros do jurídico são absolutamente os mesmos. Não mandamos um advogado sequer embora. Alguns escritórios permanecem os mesmos e não houve reformulação. No marketing saíram alguns e entraram outros. Não teve nenhum tipo de litígio. Não teve perseguição. O financeiro, que hoje está no Vasco, não nos atendeu. Parece que todos foram para o Vasco. Nós encontramos prejuízos ao Flamengo, pessoas que estavam em outra administração. A folha que ia para o banco não era a mesma da contabilidade do clube. Demos chances para os bons funcionários. Quando encontramos funcionários que deram prejuízos ao clube, mudamos. Mas é tudo comprovado. Temos provas de tudo isso. Quem tem de da dar explições é quem estava antes. Ser incompetente é uma coisa. Se no fim do ano não tiver alcançado os resultados, concordo com a crítica. Acho que ainda é muito cedo, estamos há dez rodadas muito mal. Mas aceito as críticas. Não peço licença toda hora. Peço uma semana em julho e só. As pessoas votaram em mim com um vice-presidente que tem minha confiança (Hélio Ferraz). Eu nasci no Flamengo. A presidente do Flamengo hoje frequenta o Flamengo, e não o Country Club. Quantos jogadores eu vendi? Não fiz nada disso. O que temos é a valorização desses meninos, não cedi com as propostas. E o que eles me deixaram? É uma discussão que, infelizmente, não leva o Flamengo a nada. 

E a questão da explosão da dívida?

Eu sirvo e vou servir o Flamengo depois de ser presidente. Nunca vi o Marcio Braga numa reunião do Conselho Deliberativo, no Conselho de Administração. Não aparece, não vejo. Eu dou a cara para bater. Ele deveria ir às reuniões do conselho. Ele pagou imposto? Tenho dificuldade, confesso. Mas ele pagou? Os impostos nem eram recolhidos. E a dívida rola - viram milhões e milhões. As dívidas que eu faço não vou deixar para quem vem em seguida. Tudo tem sido pago. Dos jogadores que mandamos embora, com toda dificuldade, eu venho pagando.

E o Zico? Marcio disse que ele foi desrespeitado pela sua gestão.

O Zico fez campanha para o Delair. Nunca politizei esse assunto. Fizemos o acordo com o CFZ, depois o CFZ fez outro acordo e não comunicou ao Flamengo. Foi um grande prazer ter o Zico, mas as coisas não funcionaram. Dez dias depois que ele entrou, houve o caso Bruno. As coisas não aconteceram. A culpa é de todos nós. Assumo minha parcela, o Zico assumiu a dele, o Zico é forte. As pessoas têm que enxergar. Eu não tirei o Zico, nem tiraria. Ele me mandou mensagem, ele saiu. Depois, não falei mais com ele. Jamais tiraria o Zico. E não tenho nenhuma mágoa. Aguentei isso firme. Acho que o Zico sentiu-se confortável para vir, mas as coisas não fluncionaram. O problema do Zico não é comigo. É com o Conselho Fiscal, que fiscaliza o Flamengo. Eu também tenho problema com eles, mas fico na minha, resolvendo. Para mim, é uma situação muito tranquila. Já encontrei o filho do Zico, a Sandra, esposa do Zico, mandei mensagem quando ele completou 40 anos como federado no Flamengo.

Marcio disse que você recebeu o clube com dinheiro em caixa. É verdade?

Estou pagando impostos, salários, fazendo obras. Não quero entrar na polêmica com ele. Recebi o clube com R$ 80 milhões de verba antecipada e dívida de R$ 350 milhões. Aí ele vem de graça falar. Tem suspeita de corrupção? Prova! As contas dele foram aprovadas cheias de restrições, de ressalvas. Se for ver os contratos, o da Rede Globo vai sair de R$ 45 milhões para R$ 100 milhões. A gente faz investimento para fazer essa quantidade de obras na Gávea. O Flamengo não quebrou, não faliu. É capaz de pagar as contas, de cumprir os compromissos. Fazemos investimento para melhorar a profissionalização do clube. E vou fazer. Sou capaz de pagar e estou sendo. Há 20 meses meus salários estão em dia. Não me lembro de na gestão dele estararem em dia. Não lembro mesmo. E não me omito e viro as costas para as dívidas que tenho. Se estou atrasada, estou atrasada. O Flamengo é o maior clube do Brasil, de maior torcida. Não sei se é o de maior valorização da marca, mas está sempre entre os melhores. Nunca pode dizer que um clube como o Flamengo faliu. Temos cerca de nove mil associados e mais de 700 produtos licenciados.

Como é, no meio dessa fase difícil do futebol, aparecer mais essa crise?

O Flamengo é sempre assim, vive essa ebulição política. Não é de hoje. Quando o resultado do futebol começa a não ir bem, aí os covardes se apresentam. Agora, quero ver a coragem de me enfrentar como enfrento todos os conselheiros todos os dias no clube. Com sabedoria, educação e sutileza. Sempre fui contida e preocupada em não atacar a gestão anterior. A partir do momento em que sou agredida, me vejo na obrigação de responder. Quero saber se ele gostou do resultado da Copinha. Estamos fazendo algo que vamos deixar. Alguma vez ele foi no Tigres, no Madureira? Ele conhece os jogadores da base como eu, conhece as famílias? Se ele quer tumultuar, tudo bem. Aqui vai encontrar uma mulher muito corajosa. Antes tivesse a nobreza e o compromisso com o Flamengo de falar isso para mim. Me ligasse e falasse para mim. Ia ouvir. Dessa forma, covarde, respondo com a coragem da primeira mulher presidente de um clube de futebol no Brasil.

Como é sua relação com Marcio Braga? 

Não tenho relação com ele. Estou há um ano e nove meses na presidência e não fico falando mal dele, não jogo sujo. Estou à disposição de qualquer presidente, não quero saber. Ele acha que é maior que o Flamengo, mas não é. O Flamengo é o Flamengo com ele e sem ele. Com Patricia e sem Patricia. Com Ronaldinho e sem Ronaldinho. Com Zico e sem Zico. Estou dando a minha contribuição diária. Eu vou entregar o CT para o próximo presidente. O que ele entregou para mim? Uma dívida de quase R$ 400 milhões. E tem mais coisa. Na época em que o Marcio era presidente, ele tinha o Dr. Pedro Trengrouse como seu assessor especial e jurídico. Era pessoa jurídica e recebia por nota do clube. Vale destacar que este advogado é tricolor. Coincidência ou não, é este mesmo advogado que está à frente da causa do Sport, contra o Flamengo, na questão do título de 87, que o Marcio nunca correu atrás do reconhecimento.

Ele criticou também o presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro (Capitão Léo)... e algumas pessoas que fazem parte da sua gestão. 

O (Alexandre) Wrobel (vice de patrimônio) nem era da minha chapa. O Michel Levy (vice de finanças) não é ligado a ninguém. Hélio Ferraz foi o presidente depois do Edmundo Santos Silva. O Henrique Brandão (vice de marketing) é muito mais ligado ao Veloso (Luiz Augusto, vice de futebol). O Veloso foi vice do Marcio Braga em 90, eleito na chapa dele. Tenho 24 anos de serviços dedicados ao Flamengo. Essas pessoas estão entrando na vida do clube agora. Fui vice-presidente do Marcio Braga, não tem cabimento. O Capitão Léo foi eleito presidente do Conselho Fiscal durante o exercício do Marcio Braga e reeleito no meu mandato. Se ele vincular a mim, vou vincular a ele. É surreal. É votado diretamente pelos sócios, não tem nada a ver com diretoria. É o sujo falando do mal lavado.

Marcio levantou também suspeitas de corrupção no clube.

É leviana essa acusação. Se continuar falando sobre isso, vai ser convocado a prestar esclarecimentos. Só pode falar a partir de provas. Vou a todas as reuniões do conselho, todas. Falo com repórteres, vou aos jogos. Não me escondo. Não peço licença toda hora. Estou limpando uma porção de lambança que ele fez. Ele perdeu uma eleição dias depois de ser campeão brasileiro. Não foi por acaso. O sócio respondeu porque sabe que não vale ganhar a qualquer preço. O sócio estava insatisfeito. O patrimônio estava dilacerado, instalações depredadas, falta de organização na base. Sempre se sustentou nos resultados do futebol, mas num determinado momento o sócio deu um basta.

Como está a situação financeira do clube? 

Cheguei com quatro ações na Fifa. Hoje, não há nenhuma. O Flamengo não tem penhora, não deve a nenhuma confederação ou federação. Deixaram uma dívida de R$ 13 milhões com a BWA (empresa de confecção de ingressos) sem pedido de autorização do conselho para fazerem o empréstimo. Depois de perderem a eleição - pegaram mais R$ 5 milhões. Será que eles fizeram esse pedido? Pode ser que eu encontre. Mas estamos pagando essa dívida... faltam três milhões e pouco. Vou entregar o Flamengo em dezembro do ano que vem com a dívida paga e começando a dar lucro de bilheteria.

E as críticas sobre o Flamengo não buscar estádio?

Na época em que a prefeitura abriu a licitação, o único presidente que não quis o Engenhão foi o Marcio. Ele não quis porque queria construir um shopping na Gávea e nem participou do processo de concessão. O que eles vão ter que engolir, como diz o nosso bom Zagallo, é que não deixaram patrimônio para os sócios. Estou deixando uma valorização infinitamente superior que eles não foram capazes de deixar em prática. Vou deixar o CT, a Gávea revitalizada. Acho o fim do mundo o Marcio Braga fazer essa crítica. Ele não tem moral para falar.



Flamengo cogita mandar jogo pela Copa Sul-Americana no Pacaembu


Sem o Engenhão por causa dos shows do cantor canadense Justin Bieber, a diretoria do Flamengo cogita levar para São Paulo a partida de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O jogo contra o Universidad de Chile, marcado para o dia 5 de outubro, poderá ser no Pacaembu.

A segunda partida será realizada no dia 19, em Santiago. O Engenhão estará interditado no início de outubro em virtude da realização dos shows de Justin Bieber, nos dias 5 e 6.

Segundo o gerente de futebol Isaías Tinoco, a sugestão de mandar o jogo no Pacaembu foi do Universidad de Chile e agrada ao Flamengo. De acordo com o regulamento, o time visitante precisa estar de acordo com a mudança se o novo local estiver a mais de 50 quilômetros de distância.

- Os bons estádios do interior (Macaé e Volta Redonda) ficam acima desse limite. Os chilenos sugeriram São Paulo, no Pacaembu, que está vago. O Flamengo depende da interpretação da federação (do Rio, a Ferj). 

Tentei falar com o doutor Rubens (Lopes, presidente da federação), mas não consegui. O Flamengo está vinculado à federação, e ela tem que entender que as competições da Sul-Americana estabelecem esses limites. Não foi o Flamengo que marcou o show no Engenhão.

Isaías descartou qualquer possibilidade de usar São Januário para a partida contra o Universidad de Chile.
- O Vasco não cede, com toda certeza e razão. Vocês não entendem o que seria a torcida do Flamengo em São Januário. É uma loucura, isso não está nem em pauta.



Luxa, sobre críticas de Marcio Braga: 'Sei que isso é oportunismo político'



vanderlei luxemburgo, botafogo x flamengo (Foto: Rudy Trindade/Agência Estado)
Primeiro Vanderlei Luxemburgo remexeu no passado e citou o ex-presidente Marcio Braga como responsável por sua demissão do Flamengo em 1991. Agora, Marcio Braga deu o troco, dizendo que Luxa é uma pessoa de comportamento estranho e o acusando de ser o culpado por demitir "covardemente" a comissão técnica campeã brasileira em 2009. O treinador rubro-negro tentou evitar a tréplica, mas não deixou de mandar seu recado pela sua assessoria.

- Não vou ficar respondendo ao Marcio Braga pelo respeito ao seu passado no clube e por se tratar de uma pessoa muito idosa. Sei que isso é oportunismo político, afinal de contas ninguém veio a público falar nada quando o Flamengo foi campeão carioca e estava invicto no Campeonato Brasileiro - disse o técnico.

Em entrevista nesta quinta-feira, Marcio Braga atacou principalmente a atual presidente, Patricia Amorim, mas disparou em direção a Luxemburgo também:

- Esse Vanderlei já abandonou o Flamengo duas vezes. Ele ganha R$ 700 mil e é o dono do futebol. Ele desmanchou a comissão permanente e mandou fisioterapeuta, fisiologista e psicólogo para a rua. Foi essa comissão chutada covardemente que nos deu o título brasileiro de 2009. Vanderlei tem passado. Ele esteve lá, foi mandado embora e disse que o Flamengo não tinha bola. Colocamos o Carlinhos, os meninos dos juniores e fomos campeões brasileiros em 1992. Depois, o Kleber Leite trouxe esse cara de volta em 1995. Eu falei para não trazer, mas não houve jeito. Ele tem um comportamento estranho. Daqui a pouco arruma as coisas e vai embora. E o que vai deixar?




Marcio Braga ataca gestão de Patrícia Amorim no Flamengo: ‘Assustado’



Márcio Braga, ex-presidente do Flamengo (Foto: Ag. O Globo)
Um ano e nove meses de gestão de Patrícia Amorim no Flamengo. Um ano e nove meses de silêncio da oposição. Porém, o ex-presidente Marcio Braga decidiu se manifestar e pretende iniciar um debate sobre o futuro do clube.

Na semana passada, o ex-presidente foi citado por Vanderlei Luxemburgo como causador da demissão dele do clube, em 1991. Marcio não gostou da citação e respondeu. Atacou o estilo do treinador – a quem classificou como pessoa de comportamento estranho – e o culpou por demitir “covardemente” a comissão técnica fixa campeã em 2009.

Porém, o ex-dirigente reservou as principais críticas ao trabalho da atual mandatária. Marcio Braga aponta uma operação no vermelho na área financeira. Segundo ele, em menos de dois anos, a folha de pagamento do clube saltou de R$ 5 milhões para R$ 11 milhões, e as receitas não acompanharam tal crescimento – estão na casa de R$ 130 milhões. Ele também usa adjetivos como “assustado” e “preocupado” para definir o atual momento e garante que há graves suspeitas de corrupção no clube – mas não especificou quais.
 
O episódio da agressão entre conselheiros na última segunda-feira também foi mencionado. Segundo Marcio Braga, o agressor José Carlos Peruano é cabo eleitoral de Patrícia e “muito próximo” do marido dela, Fernando Sihman.
 
Confira a entrevista:

Agressão entre conselheiros
- A política que desenvolvem lá dentro originou a agressão. O agressor (José Carlos Peruano) fez a campanha dela e é ligado ao marido dela. É claro que estão bancando a torcida para não reclamar dos dez jogos sem vitória. Pelo que é falado nos corredores do clube, há pagamento de material esportivo e ingresso. Fui oito vezes presidente e nunca vi essa calmaria. A terra tem que tremer.

Dívida
- Ando muito preocupado com o que anda acontecendo no Flamengo. Parece algo muito grave, muito sério. A começar pelo balanço do ano passado. A Patrícia talvez seja a última presidente que chegou e encontrou dinheiro em caixa. O clube tinha boa arrecadação, contas em ordem, time campeão carioca e brasileiro e uma comissão técnica fixa muito boa. Mas o que aconteceu? No ano passado, o clube aumentou a dívida, segundo o balanço divulgado, em R$ 100 milhões, e desmanchou as áreas de marketing, finanças e o setor jurídico. Foi todo mundo embora. Ela colocou e tirou o Zico numa situação degradante para a instituição. A gestão é assustadora.

 
Luxemburgo
- Esse Vanderlei já abandonou o Flamengo duas vezes. Ele ganha R$ 700 mil e é o dono do futebol. Ele desmanchou a comissão permanente e mandou fisioterapeuta, fisiologista e psicólogo para a rua. Foi essa comissão chutada covardemente que nos deu o título brasileiro de 2009. Vanderlei tem passado. Ele esteve lá, foi mandado embora e disse que o Flamengo não tinha bola. Colocamos o Carlinhos, os meninos dos juniores e fomos campeões brasileiros em 1992. Depois, o Kleber Leite trouxe esse cara de volta em 1995. Eu falei para não trazer, mas não houve jeito. Ele tem um comportamento estranho. Daqui a pouco arruma as coisas e vai embora. E o que vai deixar?

Folha de pagamento
- A folha de pagamento do clube era de R$ 5 milhões/mês quando eu saí e já está em quase R$ 11 milhões. São dados estarrecedores, e a gente fica temeroso do futuro. Se o clube arrecada R$ 130 milhões/ano, como pode se comprometer a pagar R$ 11 milhões/mês? Só numa conta simples chegamos a R$ 143 milhões de despesas. Isso apenas com ordenados.

Leonardo Ribeiro, presidente do Conselho Fiscal
- O presidente do Conselho Fiscal é um desclassificado, que ofende a inteligência de todo e qualquer rubro-negro. Ela se cerca de pessoas que serviram ao Edmundo Santos Silva (refere-se ao diretor de futebol Luiz Augusto Veloso, o diretor de comunicação Bernardo Monteiro, o diretor Mauro Chaves e o diretor do patrimônio histórico Alexandre Furtado) e parece que o Flamengo toma a mesma direção daquela gestão e isso não é bom. Estou assustado. Mais do que isso, está faltando oposição para questionar. Não é falar mal das pessoas, mas da ordem da instituição. É preciso que haja oposição consciente discutindo o Flamengo. Há suspeitas graves de corrupção por lá e com o tempo isso vai aparecer.

Polêmica com os ídolos
- Nossos ídolos têm que ser protegidos. O Flamengo tem a grandeza não por dirigentes, mas sim por ídolos. Kanela, Coutinho, Buck, Júnior, Adilio, Andrade, Zico, Domingos... Esses são os grandes ídolos. Quem eram os dirigentes? Esses ninguém lembra.

Oposição
- Vamos começar a nos organizar para discutir o Flamengo de forma permanente. Não deixar a pouca inteligência, o senhor Zé Burrice ser o único a falar. A cada dia o Flamengo se esvazia mais. Não podemos deixar a inteligência escondida.

Marcio em 2012?
- Eu vou participar. Terá um candidato para representar essa linha de pensamento. Não estou dizendo que vou ser candidato. Queremos começar a discutir imediatamente para não deixar o clube se deteriorar.

Copa 2014
- A revitalização na Gávea e Copa do Mundo no Brasil. Não é possível que seja meramente para construir estádios. Tem que prestigiar os clubes e encontrar soluções para o futebol quebrado. O Corinthians acaba de ganhar um estádio, e o Flamengo o que ganhou? Privatização do Maracanã tiraram, vetaram revitalização da Gávea e nada disso é discutido pela atual diretoria.

Reforma do estatuto
- Esses dirigentes de poderes foram eleitos com compromisso de fazer a reforma do estatuto. Queremos ampliar o eleitorado, quem implantou a eleição direta foi o meu grupo. Queremos chegar ao ponto de todo rubro-negro votar no presidente. Temos que dar voto a todo mundo. Flamengo é uma nação. Da maneira que está um débil mental daqueles (refere-se a Leonardo Ribeiro) será eleito. O Conselho está envelhecendo, estamos sumindo.
 

Mano 'ajuda' Corinthians, ao não levar atletas para amistosos



Seleção não desfalcará o Corinthians em rodada do Brasileiro. Já os concorrentes ao título não tiveram a mesma sorte!!!



Confira a classificação atual e os convocados de cada clube no Brasileirão:

1. São Paulo - Lucas
2. vasco - Dedé
3. Corinthians -
4. Botafogo - Jefferson
5. Fluminense - Fred
6. Flamengo - Ronaldinho
7. Internacional - Oscar

9. Santos - Neymar

 

Mano apresenta duas listas da Seleção para três amistosos




Confira abaixo as duas convocações de Mano Menezes:

SUPERCLÁSSICO (ARGENTINA) AMISTOSOS (COSTA RICA E MÉXICO)
GOLEIROS GOLEIROS
Jefferson (Botafogo)
Rafael (Santos)
Julio César (Inter de Milão)
Jefferson (Botafogo)
Neto (Fiorentina)
LATERAIS LATERAIS
Danilo (Santos)
Mário Fernandes (Grêmio)
Bruno Cortês (Botafogo)
Kleber (Internacional)
Daniel Alves (Barcelona)
Fábio (Manchester United)
Marcelo (Real Madrid)
Adriano (Barcelona)
ZAGUEIROS ZAGUEIROS
Dedé (vasco)
Réver (Atlético-MG)
Rhodolfo (São Paulo)
Emerson (Coritiba)
Réver (Atlético-MG)
Thiago Silva (Milan)
David Luiz (Chelsea)
Dedé (vasco)
VOLANTES VOLANTES
Ralf (Corinthians)
Paulinho (Corinthians)
Casemiro (São Paulo)
Rômulo (vasco)
Lucas Leiva (Liverpool)
Fernandinho (Shakhtar Donetsk)
Sandro (Tottenham)
Luiz Gustavo (Bayern de Munique)
MEIAS MEIAS
Lucas (São Paulo)
Oscar (Internacional)
Diego Souza (vasco)
Elkeson (Botafogo)
Lucas (São Paulo)
Elias (Sporting)
Oscar (Internacional)
Hernanes (Lazio)
ATACANTES ATACANTES
Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)
Neymar (Santos)
Fred (Fluminense)
Borges (Santos)
Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)
Hulk (Porto)
Jonas (Valencia)
Neymar (Santos)
Kleber (Porto)
Fred (Fluminense)




Veja quais os jogos os atletas não vão participar na Série A





Clubes                                               Jogadores                     Jogos que os  convocados ficarão fora
Atlético-MG Rever   América-MG (8/10) e    Santos (12/10)                                                   
Botafogo Jefferson Bahia (8/10) e Corinthians (12/10)
Flamengo Ronaldinho Fluminense (9/10) e Palmeiras (12/10)
Fluminense Fred Flamengo (9/10) e Coritiba (12/10)
Inter Oscar Vasco (9/10) e São Paulo (12/10)
Santos Neymar Palmeiras (9/10) e Atlético-MG (12/10)
São Paulo Lucas Cruzeiro (5/10) e Inter (12/10)
vasco Dedé Inter (9/10) e Atlético-PR (12/10)




Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!