Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 10 de março de 2012

Romário sugere comissão para comandar a CBF


Romário jogando futevôlei (Foto: Divulgação/Mundial de Futevôlei)Durante sua participação no Mundial de Futevôlei, disputado na Praia de Copacabana, Romário falou sobre as mudanças no comando da CBF. Segundo o Baixinho, a falta de credibilidade persiste.

- Sai uma pessoa com uma credibilidade duvidosa e entra outra pior. Ricardo já deveria ter saído a algum tempo, mas o comando do futebol brasileiro não pode ser feito desta maneira - disparou.

O ex-camisa 11 ainda ressaltou que uma pessoa só não pode comandar a entidade e que uma comissão deveria ser formada para definir as questões do futebol brasileiro.

- Uma pessoa só não pode comandar. É preciso um grupo de 3 a 5 pessoas. Uma comissão que trabalhe para que o futebol cresça e se torne algo transparente e positivo - completou.

Perguntado se estaria apto para assumir a CBF ou fazer parte de uma eventual comissão, Romário foi bastante sucinto.

- Não tenho condições de assumir a CBF - finalizou.

Joel pede apoio da Nação Rubro-negra


Na vitória sobre o Emelec, na última quinta-feira (08.03), o Flamengo encontrou algumas dificuldades e não apresentou o seu melhor futebol dentro de campo. Por isso, foi constantemente cobrado pela apaixonada e exigente torcida rubro-negra que esteve presente no estádio do Engenhão.

Ciente da importância do apoio da maior torcida do Brasil, o técnico Joel Santana pediu para que a Nação Rubro-negra compareça em massa no clássico com o Fluminense, no próximo domingo (11.03), e ajude o time a conquistar mais uma vitória na Taça Rio.

“Estamos em uma sequência de matar ou morrer. Vamos enfrentar o campeão do turno e precisamos da torcida”, disse o comandante rubro-negro.

O treinador revelou que também esperava uma vitória mais folgada do Flamengo sobre o Emelec. Entretanto, ele lembrou que o time vem sofrendo bastante com desfalques e ainda enfrentou um adversário perigoso. Por isso, houve a necessidade de escalar uma defesa mais fechada.

“Torcedor quer três, quatro, sete ou nove gols. Eu tambem quero. Mas nem sempre o time consegue. Eles tinham um atacante careca, chato e forte que brigava bastante lá na frente. Precisavamos de uma zaga mais firme”, explicou.


Campeonato Carioca: confira os resultados desse sábado

 
 2º turno       Taça Rio
 
16h - Bangu 1 x 1 Botafogo
16h - Nova Iguaçu 0 x 1 Duque de Caxias
16h - Americano 2 x 2 Olaria
16h - Resende 2 x 0 Boavista
17h - Macaé 3 x 1 Friburguense


Esquecidos, Kleberson e Romulo vibram com o recomeço no Flamengo




rômulo kleberson flamengo treino (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) Caso fosse um filme, o título de “Os esquecidos” poderia definir bem a trilogia de Kleberson e Rômulo no Flamengo. Fora de cartaz há tempos, os dois jogadores foram relacionados para o clássico deste domingo, com o Fluminense, às 18h30, no Engenhão. Agora, a cena poderia ganhar o nome de “O recomeço”.

- É uma virada muito grande na minha vida, voltar ao Flamengo, ser relacionado para uma partida. Estou motivado, preparado, mas com os pés no chão – afirmou Kleberson, que disputou seu último jogo pelo Atlético-PR, em setembro.

Apesar dos cinco meses sem disputar um jogo oficial, Kleberson garante que está pronto. Ele deverá ficar como opção no banco de reserva, mas já se diz feliz por ter sido relacionado:

- É um longo período sem jogar, mas estou pronto. É um recomeço. Só de o Joel ter colocado meu nome na lista já é gratificante. Eu, Rômulo e outros garotos dos juniores estamos buscando espaço no time.

Kleberson deixou o Flamengo no começo de 2011, quando foi preterido por Vanderlei Luxemburgo. Sem mesmo conversar pessoalmente com o jogador, o técnico passou um comunicado de que ele deveria treinar na Gávea, enquanto o time principal fazia suas atividades no Ninho do Urubu. Seu último jogo pelo clube foi na vitória por 2 a 1 sobre o Guarani, no dia 20 de novembro de 2010.

Já Rômulo, 25 anos, saiu do Flamengo no meio de 2010, quando foi emprestado ao Atlético-GO. No ano passado, o volante defendeu o ABC antes de voltar e treinar separadamente do grupo principal. Nem mesmo realizou a pré-temporada em Londrina. Ele não defende o clube desde o dia 25 de julho de 2010, na derrota por 1 a 0 para o Internacional.

- Deus colocou o Joel de volta aqui, espero ter oportunidade. Trabalho para fazer o meu melhor. O Flamengo tem muitos jogadores bons na minha posição, os melhores estão aqui: Airton, Willians, Maldonado. A gente quer jogar sempre, mas tem que entender – disse Rômulo, que também é um dos xodós de Joel Santana.


Situação fará contragolpe a pedido de impeachment de Patricia Amorim


Na guerra política que promete deixar o clima quente no Flamengo ao longo deste ano eleitoral para o clube, o ex-presidente Delair Dumbrosck, que comandou o Rubro-Negro em 2009, durante o período em que Marcio Braga estava afastado, encaminhou um documento para o Conselho Deliberativo questionando as finanças e prestação de contas do Rubro-Negro, além de considerar a hipótese de pedido de impeachment de Patricia Amorm. Delair, porém, deu entrada quase no fim do dia e o presidente do Conselho, Sylvio Capanema, que pode acatar ou não o pedido encaminhado pelo conselheiro, só tomou ciência do ofício neste sábado. Capanema vai se pronunciar no início da próxima semana. Mas a resposta por parte da situação já está preparada.

A alta cúpula da política alega que Delair pode ser punido pelo estatuto do Flamengo, artigo 52, que cita “tornar público documento interno que possa denegrir a imagem do clube”. O pedido feito por Dumbrosck foi reproduzido neste sábado no blog do jornalista Renato Maurício Prado, no site do jornal "O Globo" (imagem abaixo). Além disso, como argumento de defesa, o Conselho Fiscal lembra que as contas de 2009 de Delair só foram aprovadas no ano passado.

Trecho carta delair dumbrosck impeachment patricia amorim (Foto: Blog Renato Mauricio Prado / Jornal o Globo) 
Trecho da carta de Delair Dumbrosck que pede o impeachment de Patricia Amorim (Foto: Blog Renato Mauricio Prado / Jornal o Globo)
 
 
Possibilidade de impeachment é remota

Ainda assim, Dumbrosck espera que o Flamengo crie uma comissão de inquérito para apurar as denúncias. A abertura de um processo contra a atual mandatária fica agora na dependência do Conselho, mas diversos setores do clube – como Conselho Fiscal e departamento de finanças – estão a favor de Patricia.

- O artigo 37 do estatuto do Flamengo está sendo ferido, e a penalidade é a perda do mandato. Fiz o pedido porque estamos em 2012 e a prestação de contas de 2010 não teve como ser apreciada. O presidente do Conselho terá que abrir uma comissão de inquérito para apurar, espero que já na próxima semana. Eu vou agir – disse Delair nesta sexta-feira, pouco depois de tornar público seus questionamentos.

A possibilidade de impeachment, porém, é algo distante, e seria em última instância de uma série de questionamentos e ponderações diante do Conselho.

A oposição começa a se movimentar para o cenário político. A candidatura de Patricia Amorim para tentar a reeleição já está acertada. Neste sábado, a dirigente esteve no Ninho do Urubu na parte da manhã e  participou de uma sessão de fotos e filmagens pelo Ninho, mas não se pronunciou sobre o assunto.




Renato passa por cirugia de três horas e deve voltar às atividades em 18 dias


 
Renato Abreu após cirurgia (Foto: Cadu Machado /Divulgação)
Renato foi submetido a uma intervenção cirúrgica na manhã deste sábado, no hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, para corrigir a arritmia detectada semana passada, em exame de renovação do seu seguro de saúde. Segundo o médico Serafim Borges, correu tudo bem durante as três horas de cirurgia, mas uma mudança no processo modificou a previsão de retorno aos treinamentos de 10 para 18 dias.

- Foi tudo tranquilo nas três horas de cirurgia, correu bem. Mas a previsão de retorno mudou um pouco. Tivemos que mapear pelo lado direito e esquerdo. Então, daqui a 15 dias ele será reavaliado e, estando tudo bem, em 18 dias volta a treinar – afirmou Serafim Borges, que acrescentou que o jogador terá alta neste domingo.

A previsão inicial para a volta de Renato aos campos era de sete a dez dias depois da cirurgia. Um catéter foi inserido pela virilha do jogador até o lado direito do coração, local da arritmia. O procedimento também teve que ser feito pelo lado esquerdo para o estudo eletrofisiológico, que mapeia a região e onde foi feita uma ablação, que vai cauterizar o foco da arritmia.

- Consideramos a cirurgia um sucesso. O coração do Renato é totalmente normal, só tendo a taquicardia que foi corrigida plenamente com o procedimento realizado hoje. O atleta poderá voltar a praticar atividades físicas e jogar futebol sem nenhum tipo de problema - disse o médico Claudio Baldi, que também participou da equipe de cirurgia.

info coração renato abreu (Foto: arte esporte)

A partir de agora, o jogador terá um acompanhamento especial apenas como prevenção. Renato ficará em observação por 24 horas no hospital antes de ser liberado. Depois de 15 dias – a previsão inicial era de uma semana -, fará uma nova avaliação física e um monitoramento em seguida. Se os resultados forem todos positivos, poderá voltar a treinar no Ninho do Urubu daqui a 18 dias.

Depois do treino desta manhã, Kleberson revelou que todos foram pegos de surpresa no início da semana, quando o problema de Renato foi diagnosticado:

- Ficamos assustados, pois de uma hora para outra, ele está treinando ali do nosso lado e tem um problema como esse. Mas vai dar tudo certo.



Sampaio Corrêa-MA apronta para cima do Mengão e pega a coisa maldita(vasco) na final


Sampaio Correia x Flamengo Copa Brasil de futebol de areia (Foto: Antônio Lima/Divulgação) Surpresa da Copa Brasil de futebol de areia, o Sampaio Corrêa-MA voltou a aprontar em Manaus. Sob a batuta do atacante Datinha, destaque do jogo com dois gols, o time do Maranhão venceu o Flamengo de virada por 4 a 1 e faz a final com o Vasco, que derrotou o Cruzeiro por 3 a 0. Roberto e Moysés marcaram os outros gols dos maranhenses, e Diego anotou o de honra do Rubro-Negro. A decisão será neste domingo, às 10h. A disputa de terceiro e quarto lugares acontece às 08h30m.

- É difícil falar após uma derrota, mas foi complicado. Estamos muito cansados porque também jogamos ontem à noite. Amanhã é outro jogo, outra história, e vamos correr atrás do terceiro lugar. Não viemos apenas para vencer a coisa maldita(vasco), queríamos ser campeões, então é claro que estamos tristes - afirmou Willian, goleiro do Flamengo.

Sampaio Correia x Flamengo Copa Brasil de futebol de areia (Foto: Antônio Lima/Divulgação) 
Camisa 10 do Sampaio Corrêa, Datinha foi o destaque do duelo em Manaus (Foto: Antônio Lima/Divulgação)
 
- Trabalhamos muito para que isso acontecesse, então não foi uma surpresa. Mas é claro que vencer o Flamengo é emocionante, ainda mais com o apoio da torcida do Vasco. Amanhã certamente não teremos esse apoio, mas vamos em busca do título - disse Roberto, camisa 5 do Sampaio Corrêa.

O jogo começou equilibrado, com os dois times buscando o ataque. Mas quem arriscou primeiro foi o Sampaio Corrêa, após o chute cruzado de Jaudo. O Flamengo demorou a levar perigo à meta da equipe maranhense, mas animou a torcida com um golaço de Diego. O atacante arriscou de longe e mandou a bola no ângulo direito do goleiro Gut, aos sete minutos.

Sampaio Correia x Flamengo Copa Brasil de futebol de areia Benjamin leva cartão amarelo (Foto: Antônio Lima/Divulgação)
Atrás no placar, o Sampaio Corrêa voltou mais ligado e partiu para cima. E a pressão deu certo. O incansável Datinha recebeu a bola pela esquerda, avançou com velocidade e bateu forte, no meio do gol, para empatar a partida. Sonolento, o Flamengo demorou a entrar na partida e criou poucas chances. A única boa tentativa foi com Moska, que recebeu na esquerda, invadiu a área e chutou cruzado rente à trave.

Na terceira e última etapa, o jogo pegou fogo. Aos dois minutos, Diego recebeu o passe açucarado de Juninho e, de frente para o gol, finalizou na rede pelo lado de fora, para desespero da torcida. O que os rubro-negros não esperavam era o segundo gol de Datinha. Com uma arrancada espetacular, ele bateu firme, no canto direito de Willian, e fez 2 a 1 para o Sampaio Corrêa.

Atrás no placar, o Flamengo partiu para o ataque, mas deixou espaços na zaga. E o Sampaio Corrêa aproveitou. A dois minutos do fim, Roberto pegou o rebote na área e anotou o terceiro. Mas ainda teve tempo para mais um. No último minuto, Moysés marcou de pênalti e fechou o caixão rubro-negro: 4 a 1.



Sem titulares por dois dias, Fla vai na base da conversa para o clássico


deivid flamengo treino (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)
Nada de gritos, brincadeiras e disputa acirrada. O treino recreativo realizado na manhã deste sábado foi esvaziado, sem a badalação tradicional do rachão e com a presença apenas dos reservas e do atacante Deivid, que começou no banco na vitória sobre o Emelec,  pela Libertadores, na última quinta-feira.

Ronaldinho Gaúcho e os demais titulares não foram a campo nos últimos dois dias e fizeram apenas trabalho regenerativo e exercícios na sala de musculação do Ninho do Urubu. Sem nenhum treino com bola com a equipe que irá a campo neste domingo, a conversa será a tática principal de um Flamengo desfigurado para o clássico com o Fluminense, às 18h30m, no Engenhão.

Joel Santana, que acompanhou a atividade deste sábado à beira do campo, não contará com Felipe, Léo Moura, Airton, Willians, Maldonado, Camacho e Renato Abreu, todos com problemas de ordem médica, além de Bottinelli, que cumprirá suspensão. O zagueiro Welinton, que levou uma cotovelada na partida pela Libertadores, tomou alguns pontos próximo ao supercílio e também não joga.

O time do Flamengo é uma incógnita. Caso decida utilizar três zagueiros, Joel poderá levar a campo um time com Paulo Victor, Gustavo, Gonzalez e David Braz; Galhardo, Muralha, Luiz Antonio, Ronaldinho Gaúcho e Junior Cesar; Vagner Love e Deivid.

O meia Kleberson e o volante Rômulo foram incluídos na relação para o clássico.

Depois do treino desta manhã, o grupo seguiu para concentração num hotel na Barra da Tijuca.


Titular no último Fla-Flu, Paulo Victor coloca histórico positivo em jogo


Paulo Victor e Cantarele flamengo (Foto: Thales Soares/GLOBOESPORTE.COM) A vitória por 1 a 0 sobre o Emelec, quinta-feira, foi o primeiro jogo do goleiro Paulo Victor na história da Taça Libertadores. Reserva de Felipe no Flamengo, ele seguirá no time titular no clássico com o Fluminense, domingo, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão, pela terceira rodada da Taça Rio. Nesse caso, bem mais familiar em sua vida.

No Campeonato Brasileiro do ano passado, Paulo Victor foi titular na vitória por 3 a 2 sobre o Fluminense, com dois gols de Bottinelli, no dia 9 de outubro de 2011. O detalhe acabou sendo a forma como o goleiro recebeu a notícia. Já no vestiário, Felipe ficou fora do clássico por causa de uma virose. Desta vez, a rotina do jogo já começa bem antes.

- Preparado eu estou sempre, independentemente da hora em que fico sabendo que vou jogar. Desta vez, tem um sabor diferente, pois vou viver um pouco antes do clássico. É um momento no qual há muita gente olhando para você. Tomara que possa marcar mais uma vez pelo lado positivo - disse Paulo Victor, que vai substituir Felipe, vítima de uma pancada na cabeça no jogo contra o Duque de Caxias, domingo passado.

Com o jogo de quinta-feira, ele completou 16 partidas com a camisa do Flamengo, sendo que em 12 delas não sofreu gols. Seu retrospecto conta com nove vitórias, seis empates e apenas uma derrota (para o Universidad de Chile, em Santiago, pela Copa Sul-Americana de 2011). Foram apenas cinco gols sofridos. A primeira vez na Libertadores transformou-se em mais um momento marcante.

- Procuro encarar sempre com tranquilidade. Sei da situação do momento, tudo que envolvia aquele jogo. Trabalhei muito para ter esse gostinho de poder jogar - comentou Paulo Victor, que já teve a oportunidade de defender uma cobrança de pênalti no empate em 0 a 0 com o Figueirense, pelo Brasileiro, no dia 17 de novembro do ano passado, no Engenhão.

Para o clássico com o Fluminense, o técnico Joel Santana também não poderá contar com Leonardo Moura, Aírton, Willians e Camacho, machucados, e Bottinelli, suspenso. Além deles, Renato está fora, afastado para ser submetido a uma cirurgia para corrigir uma arritmia cardíaca.




Esvaziado? Rivais enaltecem o Fla-Flu no ano do centenário do clássico

Segundo Nelson Rodrigues, o Fla-Flu começou 40 minutos antes do nada. E em 2012 o clássico mais charmoso do Brasil completa seu primeiro centenário. O primeiro dos confrontos será realizado neste domingo, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão, pela Taça Rio. E contará com dois times muito desfalcados, seja por opção, lesão ou suspensão. Apesar dos problemas, o técnico Abel Braga e o lateral-esquerdo Junior Cesar garantem: o glamour é - e sempre será - o mesmo.

- Fla-Flu é sempre Fla-Flu. É um jogo diferente, charmoso. Um clássico que vai completar 100 anos e mexe com o torcedor independentemente de como as equipes vão jogar. Acho que teremos um bom público. Queremos tirar proveito do bom nosso bom momento. Joel sabe o que o Flamengo precisa, assim como eu sei o que o Fluminense precisa. Escalações à parte, o clássico não perde o glamour. Será um grande jogo - garantiu o técnico tricolor Abel Braga.

Ex-jogador do Fluminense e hoje vestindo as cores do Flamengo, Junior Cesar já experimentou os dois lados do confronto. E reforça as palavras de Abelão. Para o jogador, o equilíbrio será a tônica do confronto deste domingo.

- Não sabemos se o Fluminense irá utilizar o seu time titular não. Mas o grupo deles é experiente e vai suprir a ausência de quem ficar fora. Estamos muito desfalcados e vamos precisar de muito empenho para conquistar os três pontos. Independentemente disso, o Fla-Flu dispensa comentário. Mexe com as duas torcidas e sempre há um equilíbrio entre os dois times - resumiu.

Para o clássico, o Flamengo não terá Léo Moura, Aírton, Willians, Camacho e Felipe, machucados, além de Renato, afastado por causa de um problema cardíaco, e Bottinelli, suspenso. Pelo lado do Fluminense, Abel não deu qualquer pista do time. Thiago Neves, com dores na coxa direita, no entanto, deve ser poupado. Fred e Deco, que foram liberados do treinamento desta sexta, também devem ficar fora do confronto.


Alex Silva estará no Rio segunda-feira para retirar ação contra o Flamengo


Alex Silva durante entrevista (Foto: André Durão / GLOBOESPORTE.COM)
O problema entre o zagueiro Alex Silva e o Flamengo está perto de ser resolvido. Segundo o vice-presidente de finanças do clube, Michel Levy, o jogador estará no Rio de Janeiro, segunda-feira, acompanhado de seu advogado, para retirar a ação da Justiça do Trabalho que pede a rescisão de seu contrato por falta de pagamento.

Desde a reapresentação dos jogadores no começo da pré-temporada, os dois lados não se entendem. Alex Silva acabou sendo afastado do grupo após se recusar a viajar à Bolívia e entrou com a ação na Justiça para deixar o clube. Por outro lado, o Flamengo se negou a facilitar a saída do jogador, que chegou a ser cotado no Santos e no Grêmio, novo clube do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Caso se confirme a retirada da ação, a situação de Alex Silva poderá ser resolvida rapidamente. O clube tem interesse em negociar o jogador, que tem contrato até 2014, para abrir espaço em sua folha salarial. Um dos interessados ainda é o Santos, comandado por Muricy Ramalho, com quem ele trabalhou no São Paulo.

- Vamos ter essa reunião e existe uma negociação para o Alex Silva ser emprestado. Mas ainda não há clube definido. Pode ser o Santos, como outro qualquer - disse Levy.



sexta-feira, 9 de março de 2012

Com casa cheia, Flamengo vence o vasco e se garante nas semifinais



Vasco x Flamengo Copa Brasil de futebol de areia em Manaus (Foto: Antonio Lima)
A torcida chegou confiante de que teria um espetáculo em quadra. Além da tradicional rivalidade, o duelo entre Flamengo e vasco valia uma das vagas do grupo A para as semifinais da Copa Brasil de futebol de areia, que está sendo realizada em Manaus. O recorde de público (31 mil pessoas, no clássico do ano passado) não foi batido, mas quem compareceu não se decepcionou. Cerca de 25 mil pessoas viram uma partida equilibrada, com boas jogadas e belas defesas. Mas quem levou a melhor foi o Mengão, que venceu por 4 a 3 e se classificou. Cazé (2) e Diego (2) marcaram para a equipe da Gávea. Bueno, Mauricinho e Bruno Xavier anotaram para a coisa maldita(vasco).

Apesar da derrota, o vasco garantiu a segunda posição da chave, por conta de derrota do Sport para a Suíça por 4 a 3. Nas semifinais, o Flamengo enfrenta o Sampaio Corrêa-MA, que venceu o Manaus por 3 a 1, enquanto a equipe cruz-maltina mede forças com o Cruzeiro, que bateu o Botafogo por 3 a 2 na prorrogação.

- Deixamos o vasco crescer em alguns momentos do jogo, a gente poderia segurar, mas os deslizes são inevitáveis, faltou um pouco de organização. Acho que fui iluminado por Deus ao fazer esse gol no último minuto e com o apoio da galera então, sensacional. No Rio, o público é pequeno comparado a esse aqui - declarou Diego, autor do gol da vitória.

Vasco x Flamengo Copa Brasil de futebol de areia em Manaus (Foto: Antonio Lima) 
Bruno Xavier, do vasco, corre para marcar o adversário Benjamin na capital do Amazonas (Foto:Antonio Lima)

- O jogo foi muito difícil, eles decidiram no detalhe. (Flamengo x vasco) É sempre um clássico, muitos jogadores de seleção brasileira, que jogam juntos há muito tempo. Mas é isso, infelizmente não deu. Agradecemos também aos nossos torcedores, que fizeram uma festa linda, sem violência - afirmou Bueno.

O jogo começou agitado e com enorme disputa pela bola. O Flamengo foi o primeiro a balançar as redes da arena do Centro Cultural dos Povos da Amazônia. Aos dois minutos, Cazé soltou a bomba na cobrança de falta antes do meio da quadra, a bola quicou no montinho e enganou o goleiro Cesinha. Mas não deu tempo de comemorar. O Vasco respondeu na mesma moeda e empatou após falta cobrada por Bueno. Aos oito, Benjamin teve duas chances de desempatar, mas esbarrou no arqueiro cruz-maltino.


No lance seguinte, Bruno Xavier arriscou a bicicleta e levou perigo à meta rubro-negra, levantando a torcida. No minuto final, Cazé, de novo ele, pegou a sobra pela direita e encheu o pé para mandar no canto. O gol animou o Flamengo, que ampliou na sequência. Com categoria, Diego mandou a cavadinha na cobrança de pênalti e fez 3 a 1, para delírio do público.

Atrás no placar, o vasco começou o segundo período buscando o ataque. Aos dois minutos, Gil bateu falta rente à trave e arrancou o grito de "uh" da torcida. Em outra cobrança, desta vez de Bruno Xavier, a bola passou raspando o travessão. O goleiro Willian, que substituiu o lesionado Robertinho, se esticou todo e torceu para que ela saísse. Mais recuado, o Flamengo respondeu com perigo. Aos dez, Benjamin recebeu de frente para o gol e chutou para a defesa de Cesinha.

No terceiro e último período, o vasco foi para o "tudo ou nada" e se lançou ao ataque. Aos seis minutos, foi premiado. Mauricinho bateu colocado no canto, diminuiu e colocou fogo no jogo. A pressão cruz-maltina acabou dando certo. Aos dez, Rafinha achou Bruno Xavier na área, que pegou de primeira no canto esquerdo do goleiro Willian para empatar. Mas o Flamengo não estava morto. Aos 11, Benjamin fez grande jogada pela esquerda e tocou para Diego, livre na área, tocar para rede e garantir a vitória por 4 a 3. Festa rubro-negra na arena de Manaus.


   Torcida do Flamengo lota a arena de Manaus para assistir ao clássico (Foto: Márcio James)

Contratação de Charles pelo Fla ainda vai ser avaliada por Joel



Charles volante do Cruzeiro comemora gol (Foto: Divulgação)
A contratação do volante Charles, ex-Cruzeiro, segue indefinida no Flamengo. O jogador. Ele já tem um acordo para assinar um contrato de três anos com o clube, numa negociação conduzida pelo vice-presidente de finanças, Michel Levy, mas ainda falta o aval do técnico Joel Santana.

Charles está no Rio há alguns dias e deve receber até segunda-feira uma resposta sobre a situação. Ele está sem vínculo com qualquer clube desde que rescindiu o contrato com o Lokomotiv Moscou.

- Ainda falta acertar uns detalhes com o Joel. A partir de segunda-feira podemos falar sobre isso - disse Michel Levy.

A chegada de Charles seria uma alternativa para suprir a ausência de Aírton, que se machucou e ainda vai demorar para voltar a jogar. Ainda assim, o volante está emprestado ao Flamengo até junho e deve ser devolvido ao Benfica.


Filho de Donizete marca, Fla derrota o Galo e vai à final da Copa Rio Sub-17




 O Flamengo está na final da Copa Rio Sub-17 de futebol. Com um gol de Renan Donizeti, filho do ex-jogador Donizete, e outro de Otacílio, o Rubro-Negro derrotou o Atlético-MG por 2 a 1, no estádio Moacyrzão, em Macaé (RJ). Zé Roberto descontou para o Galo.

 O adversário do Flamengo na decisão do torneio será o Internacional, que bateu o Bahia por 2 a 0. A final também será em Macaé, no Moacyrzão, e terá transmissão do SporTV neste domingo, às 13h.




Kleberson e Rômulo foram incluídos na relação para o clássico com o Flu


Kleberson flamengo (Foto: Ivo Gonzalez /Globo)
Com desfalques em excesso, o técnico Joel Santana vai começar a usar jogadores tratados como carta fora do baralho por seu antecessor, Vanderlei Luxemburgo. O meia Kleberson e o volante Rômulo foram incluídos na relação para o clássico com o Fluminense, domingo, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão, pela terceira rodada da Taça Rio. Eles ainda não haviam feito parte de qualquer concentração na temporada. Ambos têm contrato até o fim deste ano.

Kleberson deixou o Flamengo no começo de 2011, quando foi colocado em um grupo para treinar separadamente por Luxemburgo. Ele, Correa, Petkovic e outros jogadores trabalhavam na Gávea, enquanto o time principal fazia suas atividades no Ninho do Urubu. Seu último jogo pelo clube foi a vitória por 2 a 1 sobre o Guarani, no dia 20 de novembro de 2010.

Aos 25 anos, Rômulo deixou o Flamengo em meados de 2010, quando foi emprestado ao Atlético-GO. No ano passado, ainda defendeu o ABC antes de voltar e treinar separadamente do grupo principal. Ele não defende o clube desde o dia 25 de julho de 2010, quando perdeu por 1 a 0 para o Internacional.

Kleberson participou ativamente da campanha da conquista do Campeonato Brasileiro de 2009, mas caiu no esquecimento depois da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Rômulo chegou a viver um momento de reaparecimento no clube com a participação na Taça Libertadores de 2010, quando foi titular na vitória no confronto com o Corinthians pelas oitavas de final.

Nesta sexta-feira, Kleberson e Rômulo participaram do treinamento no Ninho do Urubu, do qual apenas jogadores que não atuaram na quinta-feira participaram. Os reservas disputaram um coletivo em campo reduzido no centro de treinamento.

O técnico Joel Santana não poderá contar com Felipe, Leonardo Moura, Aírton, Willians, Camacho e Maldonado, todos machucados. Além deles, Bottinelli está suspenso e Renato também está fora, pois precisará passar por uma cirurgia para corrigir uma arritmia cardíaca.

Joel Santana diz que Camacho está fora do clássico contra o Fluminense


Joel Santana tem mais uma dor de cabeça para o clássico contra o Fluminense, pela Taça Rio. O técnico do Flamengo confirmou, em entrevista exclusiva ao "Tá na Área", que o meia Camacho não está liberado para o confronto deste domingo, no Engenhão. O jogador se machucou durante a vitória do Rubro-Negro por 2 a 1 sobre o Duque de Caxias, há seis dias. Preocupado, o comandante da equipe da Gávea revelou que, ao todo, o time tem nove desfalques.

- São nove desfalques: Léo Moura será substituído por Galhardo. O Wellington, com um corte no rosto, também está fora. Assim como Maldonado, William, Felipe, Ayrton, Renato e Camacho, que sentiu a contusão. Botinelli está suspenso.

Joel ainda não fechou a lista dos jogadores da próxima partida, mas disse que deve definir os títulares no sábado.

Carlyle  Camacho flamengo (Foto: Thales Soares/GLOBOESPORTE.COM) 
Camacho treinou nesta sexta-feira, mas sentiu dores e está fora de clássico contra o Fluminense  (Foto: Thales Soares/GLOBOESPORTE.COM)
 
O adversário

O Fluminense, que ainda se recupera da viagem para Buenos Aires, no confronto com o Boca Juniors, pela Libertadores, também está preocupado com o desgaste dos jogadores devido ao intenso calendário de jogos. Apesar disto, o técnico Abel Braga garante que não deve poupar jogadores na competição estadual.

- Eu considero o jogo contra o Flamengo bem importante, mas quero contar com força máxima na Libertadores. Quem estiver bem, em condições, deve jogar neste domingo. Vou precisar correr riscos - disse em entrevista a apresentadora Vanessa Riche.

Ação de ex-presidente do Fla pode levar a impeachment de Patricia Amorim


Frame - Patricia Amorim (Foto: Reprodução/TV L!)
Desde outubro do ano passado sem receber respostas sobre questões que envolvem a saúde financeira do Flamengo, Delair Dumbrosck interpelou, nesta sexta-feira, ao Conselho Deliberativo do clube e enviou uma notificação, pedindo apresentação das contas de 2010. O processo poderá até ocasionar um impeachment da atual presidente Patricia Amorim.

O ex-mandatário chegou a fazer uma consulta ao Conselho Fiscal sobre as informações pedidas e o órgão também não soube informar.

- Eles que não tinham como me confirmar porque ainda não tinha recebido qualquer informação sobre as contas de 2010. Mandei um ofício para o Conselho Deliberativo, pedindo que chamassem a presidente porque o Conselho Fiscal não tinha material para apreciar as contas - contou.

Ele, então, baseou-se no artigo 37 do estatuto do clube para tomar a ação e ameaça até levar o caso à justiça caso não tenha uma resposta nas próximas semanas.

- Como não responderam desde janeiro, entrei com um ofício baseado nesse artigo que fala sobre perda de mandato. Agora é aguardar o presidente do Conselho nomear uma comissão de inquérito. Se não tiver uma resposta em dez, 15 dias, vou procurar a via judicial para ver como vai ser - avisou.

Delair não questiona apenas as contas do Flamengo de 2010, mas também os recentes contratos feitos pelo clube com a Traffic e 9ine, empresa de marketing esportiva de Ronaldo Fenômeno, e as contratações de Ronaldinho e Vagner Love.

- Até hoje não falaram nada sobre o contrato com a Traffic. Temos informações absurdas, mas não sabemos. Love e Ronaldinho custariam mais de R$ 2 milhões. E o Love seria 100% CLT, não teria imagem - comentou.

O ex-presidente rubro-negro também criticou o atual gasto com o departamento de futebol.

- Disseram-me que a folha está em R$ 11 milhões e são quase 700 funcionários. Na minha gestão, deixamos com cerca de 380, 400. A Patricia precisa dar satisfação - pediu Delair.

Felipe: ‘Se Ronaldinho estivesse no auge, estaria no Barcelona’

ronaldinho gaucho flamengo emelec libertadores (Foto: Cezar Loureiro / Ag. O Globo)
Os jogadores do Flamengo saíram em defesa de Ronaldinho Gaúcho, alvo das vaias da torcida na vitória por 1 a 0 sobre o Emelec, quinta-feira, no Engenhão, pela Taça Libertadores. Capitão do time e líder do grupo, o jogador deu passe para o gol de Vagner Love e até conseguiu arrancar aplausos, criando uma divisão na arquibancada.

Fora do time por causa de uma pancada na cabeça, o goleiro Felipe disse que não se pode esperar que R10 repita as exibições de sua fase áurea do Barcelona. O goleiro também fez uma comparação com a passagem de Ronaldo pelo Corinthians. Na época, o camisa 1 atuava pelo clube paulista e o Fenômeno voltava mais uma vez a jogar futebol depois de uma de suas muitas lesões na carreira.

- Quando o Ronaldo chegou ao Corinthians queriam que ele fosse o mesmo do Barcelona, do Internazionale. Não tinha condições. Agora, é parecido. Se o Ronaldinho Gaúcho estivesse no auge, estaria no Barcelona - afirmou Felipe. - Ele ajuda como pode. O último passe é sempre dele. Acho que a torcida está sendo severa demais. Ele não vai ganhar nem perder sozinho. Os aplausos são para todos e as vaias não podem ser apenas para um jogador.

Felipe afirmou que uma grande atuação de Ronaldinho Gaúcho no clássico com o Fluminense, domingo, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão, pela Taça Rio, será capaz de mudar todo o ambiente em volta do jogador. O goleiro demonstrou fé na possibilidade de uma exibição de gala do craque.

- Se ele marcar três gols contra o Fluminense, vai mudar tudo. Ele pode fazer isso. Já foi eleito duas vezes o melhor jogador do mundo. Depois daquele jogo contra o Santos (5 a 4, na Vila Belmiro, no Brasileiro do ano passado), ficaram uma semana falando dele - comentou Felipe.

A pressão sobre Ronaldinho foi grande e deve continuar da mesma forma. O Flamengo, hoje, arca com todas as despesas do jogador depois que a Traffic desistiu de bancar a maior parte dos salários.

- Não foi só o Ronaldinho. Não houve um brilho individual no jogo. Ele dispensa comentário por sua qualidade, pelo que representa e já mostrou no futebol. Mas temos nossa parcela de culpa também. O grupo tem consciência de que não fez um bom jogo - afirmou Junior Cesar.

Renato vai passar por cirurgia, mas voltará a jogar futebol


No dia em que comemorou o nascimento de sua terceira filha, Renato recebeu a notícia de que vai voltar a jogar futebol. O médico Serafim Borges informou nesta sexta-feira que o jogador do Flamengo, de 33 anos, vai passar por uma intervenção cirúrgica já neste sábado para corrigir a arritmia detectada segunda-feira, em exame de renovação do seu seguro de saúde.

A previsão para a volta de Renato aos campos é de sete a dez dias depois da cirurgia. Segundo Serafim, o jogador terá um acompanhamento especial apenas como prevenção. Um catéter será inserido pela sua virilha até o lado direito do coração, local da arritmia.

- No passado, uma arritmia como essa afastaria qualquer atleta de suas atividades físicas. Mas hoje, com a evolução da medicina, temos condições de fazer uma intervenção para interromper esse problema - explicou Serafim Borges.

Renato vai ser submetido a um estudo eletrofisiológico, que vai mapear a região e fazer uma ablação, que vai cauterizar o foco da arritmia. Segundo o médico, não deixa de ser um processo invasivo e, por isso, há riscos como em toda cirurgia.

- Mas temos uma equipe gabaritada, que nos deixa muito tranquilo.  Vai haver uma sedação tranquila, não será preciso anestesia geral - disse Serafim.

Depois da cirurgia, Renato ficará em observação por 24 horas no hospital antes de ser liberado. Depois de uma semana, fará uma nova avaliação física e um monitoramento em seguida. Se os resultados forem todos positivos, poderá voltar a treinar no Ninho do Urubu.


Com quatro pontos na cabeça, Felipe espera voltar contra o Olimpia-PAR


Sorridente, fazendo piadas durante a entrevista de Junior Cesar, o goleiro Felipe mostrou que a pancada na cabeça no jogo contra o Duque de Caxias já faz parte do passado. Fora do clássico de domingo com o Fluminense, às 18h30 (De Brasília), no Engenhão, ele promete estar pronto para voltar no confronto com o Olimpia, quinta-feira, no mesmo estádio, pela Taça Libertadores.

felipe flamengo ponto na cabeça (Foto: Thales Soares/GLOBOESPORTE.COM) 
Felipe sorri no Ninho do Urubu. Retorno é contra o Olimpia (Foto: Thales Soares/GLOBOESPORTE.COM)

Felipe ainda não fez qualquer atividade com bola desde o jogo com o Duque de Caxias, dia 4, quando chegou a desmaiar em campo antes de ser conduzido ao Hospital Público de Macaé. O goleiro garante que o tempo sem treinar não afetará em seu desempenho em campo.

- Foi um lance normal. O cara (Gilcimar) não teve intenção. Conversei com ele depois. A gente percebe quando não há maldade. Para goleiro, é diferente, mas não é uma semana fora que vai me fazer perder três meses de trabalho. É algo que não depende só de mim. Só jogo se estiver 100% para não atrapalhar o time - disse Felipe.

Sem poder jogar, o goleiro acompanhou da arquibancada a sofrida vitória por 1 a 0 sobre o Emelec, quinta-feira, quando o time chegou a ser vaiado no fim. Felipe lamentou não estar em campo e não se sentiu bem apenas como um torcedor.

felipe flamengo ponto na cabeça (Foto: Thales Soares/GLOBOESPORTE.COM)No detalhe, os pontos na cabeça de Felipe

- Chutei cadeira, reclamei, mas o problema é não ter como ajudar assistindo ao jogo da arquibancada - declarou Felipe.

O camisa 1 rubro-negrou elogiou Paulo Victor, seu substituto.

- Sempre que ele entrou, foi bem. O Flamengo está bem servido com seus goleiros. É um problema a menos.

Além de Felipe, o técnico Joel Santana não poderá escalar Léo Moura, Aírton e Willians, machucados, contra o Fluminense, além de Renato, afastado do time por problemas cardíacos. Bottinelli, expulso diante do  Duque de Caxias, cumprirá suspensão e também não vai poder jogar.


Léo Moura está fora do Fla-Flu


O técnico Joel Santana perdeu, mais uma vez, o lateral-direito Léo Moura. Ele sofreu um leve estiramento na coxa direita e não enfrentará o Fluminense, domingo, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão, pela terceira rodada da Taça Rio. Não há previsão de volta. É a segunda vez que o jogador se machuca nesta temporada. Na primeira, foi substituído no clássico com o Vasco com dores no joelho direito e desfalcou o time contra Boavista e Duque de Caxias.


leo moura marcio tannure flamengo emelec libertadores (Foto: Cezar Loureiro / Ag. O Globo) 
Léo Moura deixa o campo amparado no jogo contra o Emelec (Foto: Cezar Loureiro / Ag. O Globo)

Para a vaga de Léo Moura, a opção da posição é Rafael Galhardo. No entanto, por circunstâncias de jogo, o técnico Joel Santana usou Negueba para substituir o jogador na vitória sobre o Emelec, quando o time estava em campo num esquema com três zagueiros.

Além de Leonardo Moura, Joel também não poderá contar com Felipe, Aírton e Willians, machucados, e Renato, afastado por causa de um problema cardíaco. Bottinelli, expulso diante do Duque de Caxias, cumprirá suspensão e também não vai poder jogar. No treino desta sexta-feira, Camacho voltou a trabalhar com o grupo e pode ser mais uma opção para o treinador.


Rivalidade entre Flamengo e vasco deixa futebol de lado e chega ao rúgbi


Na disputa para sediar o Sul-Americano, o Flamengo levou a melhor. Membros da Confederação Brasileira de Rúgbi (CBRu), em conjunto com representantes da Confederação Sul-Americana de Rúgbi, estiveram no Galinheiro de  São Januário e não ficaram satisfeitos com o que viram. A procura era por um estádio bem localizado e com amplo espaço, que pudesse receber com conforto as dez delegações que participam do torneio.

- A conversa com os dirigentes foi bem rápida, durou cerca de meia hora. Eles visitaram a Gávea e alugaram o campo para a competição. Nós, inclusive, antecipamos uma partida das categorias de base contra o Fluminense de domingo para sexta-feira - conta Renato Darlan, coordenador de marketing do Flamengo.

A Gávea receberá 49 jogos em apenas dois dias de competição. Com isso, a preocupação com o gramado é ainda maior.

- Reformamos o campo recentemente e a CBRu se responsabilizou a cobrir os custos com qualquer dano que seja causado. Eles falaram que isso não aconteceria, porque o rúgbi era jogado no alto, mas não foi bem isso que eu vi na televisão - brinca Darlan, lembrando o contato físico dos jogadores, similar ao futebol americano.

Adryan comemora chamado para Seleção sub-20 com piques na Gávea



adryan flamengo treino (Foto: Fábio Castro / Agência Estado)
O técnico Ney Franco anunciou na tarde desta quinta-feira os 18 jogadores que representarão a Seleção sub-20 na Copa Internacional do Mediterrâneo. A competição será disputada em Barcelona entre os dias 3 e 8 de abril. Entre os convocados, dois rubro-negros: o meia Adryan e o meia-atacante Thomás.

Adryan ficou fora do Fla-Flu do Carioca de juniores por conta de uma suspensão, mas foi à Gávea para assistir ao clássico também nesta quinta. O Rubro-Negro venceu por 6 a 1. Pouco depois, veio a notícia da convocação.

- Estava um pouco triste por não ter participado do bom jogo que o Flamengo fez, mas logo após a bela vitória recebi um telefonema informando sobre minha convocação para o torneio da sub-20. Fiquei tão feliz e surpreso que dei piques no estacionamento da Gávea (risos). Agradeço à confiança do Ney Franco e espero que seja mais uma grande experiência com a camisa da Seleção Brasileira.

O jogador tem 17 anos, ganhou o Sul-Americano da categoria no ano passado e foi um dos destaques da Seleção no Mundial, também realizado em 2011. No Flamengo, chegou a treinar entre os profissionais sob o comando de Vanderlei Luxemburgo e defendeu o time nas primeiras rodadas do Carioca, contra Bonsucesso e Olaria, quando o ex-técnico usou reservas e garotos. Com Joel Santana, ainda não teve chances.

A delegação se apresentará no dia 19 de março, às 10h, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio deJaneiro. De lá, segue para a Granja Comary, onde ficará concentrada até o dia 29, data da viagem para Barcelona. O Brasil pode conquistar o bicampeonato, pois venceu em 2011 de forma invicta.

Após a disputa da Copa Internacional do Mediterrâneo, a Seleção segue direto para o Qatar, onde jogará amistosos entre os dias 9 e 19 de abril.



David Braz não esconde insatisfação com vaias da torcida: ‘Não aceito’

Ao contrário dos demais jogadores do Flamengo, David Braz não escondeu o seu incômodo com as vaias da torcida durante quase todo o jogo contra o Emelec, vencido pelo Flamengo por 1 a 0, gol de Vagner Love, nessa quinta-feira, no Engenhão. Enquanto a maioria dos companheiros preferiu dizer que compreendeu a insatisfação do torcedor, o zagueiro rubro-negro afirmou nunca ter visto tamanha manifestação dos torcedores e ressaltou a importância do apoio vindo da arquibancada em uma competição tão difícil como a Libertadores.

- Eu, particularmente, não aceitei as vaias do torcedor no final da partida. O torcedor do Flamengo nunca foi da maneira que foi nessa quinta. Na minha opinião, a gente sempre vê a torcida apoiando o time. E, desta vez, foi só vaiando a gente. É claro, a gente compreende que eles tinham um a menos, a gente tinha que vencer. Mas os três pontos eram o mais importante em um campeonato que é difícil pra caramba. Eles podiam estar ao lado da gente. Não concordei, mas tudo bem, a gente deixa para lá. A gente entende o torcedor, eles queriam que a gente fizesse um placar melhor que 1 a 0, mas Libertadores é difícil. O mais importante eram os três pontos. Nós, jogadores, estamos tentando fazer da melhor maneira possível - desabafou o jogador em entrevista à Rádio Brasil.

Ronaldinho Gaúcho foi o principal alvo dos rubro-negros. Mas os chutões de Welinton, as opções de Joel Santana, os incontáveis erros de passe de Bottinelli e o fraco desempenho de Negueba, que substitiu Léo Moura ainda no primeiro tempo, também foram muito criticados.

O Flamengo volta a campo no domingo, para o clássico contra o Fluminense, no Engenhão. No mesmo palco, quinta-feira que vem, o confronto, já pela Libertadores, será contra o Olimpia. O Rubro-Negro é o líder do Grupo 2, com quatro pontos.



Titular na Libertadores, Muralha conquista a torcida: ‘Foi muito lindo’


Sem Airton, Willians, Renato e Maldonado, todos vetados pelo departamento médico do Flamengo, Joel Santana recorreu novamente aos garotos Muralha, de 19 anos, e Luiz Antonio, de 20. Nesta quinta-feira, no Engenhão, eles foram bem contra o Emelec, pela Libertadores. Joel gostou do desempenho da dupla. Apesar de não ter convencido, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0, gol de Vagner Love, e assumiu a liderança do Grupo 2, com quatro pontos.

- Muralha é um jogador de muito talento, sai para o jogo. O Luiz também é muito talentoso, tem força. Aos poucos vamos dando chances aos mais novos, aos jogadores criados no clube.

Luiz Antonio havia começado os dois jogos da Pré-Libertadores, contra o Real Potosí-BOL. No primeiro jogo, marcou o gol rubro-negro na derrota por 2 a 1. Já Muralha entrou na partida de volta, na vitória brasileira por 2 a 0, no Engenhão.

Muralha, Flamengo x Emelec (Foto: André Portugal / VIPCOMM)
Titular pela primeira vez contra os equatorianos, Muralha teve bom desempenho numa noite em que nem Ronaldinho e Joel Santana foram poupados das vaias e xingamentos da torcida. A boa atuação foi reconhecida e ele teve o nome gritado pelos rubro-negros nos minutos finais.

- Quem sobe da base do Flamengo sabe que precisa correr, demonstrar garra, raça, e se dedicar do primeiro ao último minuto. Foi isso que eu fiz. Dei tudo de mim. Foi muito lindo a torcida gritando o meu nome. Uma emoção que não sei descrever.

Ele diz que não sentiu o peso da responsabilidade, principalmente porque os companheiros mais rodados colaboraram.

- Jogadores experientes me ajudaram muito, por isso acho que não senti tanto a mudança dos juniores para o profissional, está tudo dando certo, estou muito satisfeito.

Ele e Luiz Antonio serão mantidos por Joel no meio-campo. Neste domingo, o time enfrenta o Fluminense, pela terceira rodada da Taça Rio, às 18h30m, no Engenhão. Joel ainda não poderá contar com Airton, Willians, Renato e Maldonado. O goleiro Felipe também está fora.



Flamengo 1 x 0 Emelec - Copa Santander Libertadores 08/03/2012



quinta-feira, 8 de março de 2012

Joel dá razão a vaias da torcida: ‘Não foi o tipo de vitória que eu gostaria’

Vitória apertada, importante, mas que não convenceu. Nesta quinta-feira, o Flamengo derrotou o Emelec por 1 a 0, pela segunda rodada do Grupo 2 da Libertadores, mas deixou o gramado do Engenhão sob vaias. Durante a partida contra os equatorianos, Joel Santana foi chamado de burro, e Ronaldinho jogou boa parte do segundo tempo sob vaias. Na entrevista coletiva, o técnico reconheceu o desempenho ruim e deu razão a quem reclamou.

- Não foi o tipo de vitória que eu gostaria. Claro que a torcida gostaria, eu gostaria também, de um placar mais elástico, que poderia ter sido construído, pois tivemos umas duas ou três chances incríveis, mas não concluímos com eficiência. Com isso, claro que o torcedor que veio aqui - e para nós foi muito bom, ele faz parte dessa luta - tem razão de reclamar. Gostaria que fossem dois, três, quatro (gols). Ficaríamos mais tranquilos, sem dar chance ao adversário. Mas voltou a acontecer uma contusão (Léo Moura se machucou no primeiro tempo). Amanhã (sexta) vamos ver que somos líderes do grupo e temos um jogo na quinta para consolidar a liderança (contra o Olimpia, no Rio). Libertadores é assim, sofrido, suado, chorado, e será assim nos jogos dentro e fora de casa.

Joel voltou a lamentar a série de problemas médicos. Léo Moura, que retornou após lesão no joelho direito, sentiu dores no músculo posterior da coxa direita. Welinton recebeu uma cotovelada no primeiro tempo e teve de levar três pontos do lado esquerdo do rosto. Na partida, ele não contou com Felipe, Airton, Willians, Renato, Camacho e Maldonado.

- Nesses anos todos de trabalho, nunca tive tantos jogadores machucados na mesma posição. Tinha mais dois que eu poderia usar no jogo (Maldonado e Camacho), mas não consegui. Perdemos o Léo Moura, um dos melhores do Brasil no momento, vive grande fase, nível de Seleção Brasileira. Nosso zagueiro sofreu um corte profundo no rosto. Vamos ver o que sobrou para colocarmos em campo.

Neste domingo, o Flamengo enfrenta o Fluminense, pela terceira rodada da Taça Rio. Dos vetados pelo departamento médico, só Camacho tem condições de voltar. Bottinelli também não vai jogar, pois terá de cumprir suspensão. Léo Moura é dúvida.

O Mengão, apesar do desempenho ruim, chegou a quatro pontos no Grupo 2 e lidera. No próximo jogo da competição continental, o duelo é com o Olimpia-PAR.




Sport dribla favoritismo do Fla, vira no fim e segue vivo na Copa Brasil



Em jogo cheio de alternativas, o Sport Recife driblou o favoritismo do Flamengo, arrancou a virada no terceiro período e venceu por 6 a 4, pela segunda rodada do grupo A da Copa Brasil de futebol de areia, em Manaus. Com mais fôlego e jogando com aplicação tática, o time pernambucano somou três pontos e pode garantir a vaga nas semifinais com uma vitória sobre a Suíça, nesta sexta-feira. A equipe da Gávea, com três pontos, precisa superar o arquirrival Vasco para avançar. Adnam, Kojak e Léo Ribeiro (2) e Juninho Alagoano anotaram para o Leão. Benjamin (3) e Diego fizeram os gols do Flamengo.

- Espetacular. Essa é a melhor palavra para definir essa vitória. O Sport se superou nesse jogo, o Flamengo é uma grande equipe, todo mundo sabe, e tivemos que dar o nosso melhor par vencer. Com todo o respeito à Suíça, vamos nos impor em quadra amanhã para garantir a classificação para a semifinal - afirmou Juninho Alagoano.

O craque Benjamin lamentou a derrota do time carioca diante dos pernambucanos.

- Faltou atenção para o nosso time no último período e também perdemos muitas oportunidades. Mas não tem nada perdido e vamos com tudo para o clássico com o vasco.



Flamengo x Sport Recife Copa Brasil de futebol de areia (Foto: Antonio Lima) 
Benjamin comemora um de seus três gols contra o Sport Recife na arena de Manaus (Foto: Antonio Lima)

Junior Cesar critica vaias da torcida do Flamengo

O lateral-esquerdo Junior Cesar não se mostrou à vontade com as críticas da torcida do Flamengo, na vitória desta quinta, sobre o Emelec, pela Copa Santander Libertadores. Junior lembrou a dificuldade de se jogar uma competição como esta.

Na saída de campo, o jogador foi sucinto ao comentar as vaias dos torcedores rubro-negros que compareceram ao Engenhão.

- Quem acha que Libertadores é fácil, que fique em casa.


Léo Moura se vê fora do Fla-Flu de domingo


Nesta quinta-feira, na vitória por 1 a 0 sobre o Emelec, do Equadro, pela Copa Santanter Libertadores, o lateral-direito Léo Moura foi substituído ainda no primeiro tempo por conta de uma lesão no joelho. A preocupação foi imediata principalmente por conta do clássico contra o Fluminense, neste domingo.

- Não dá para jogar não. Está doendo muito o meu joelho e devo precisar fazer um trabalho - declarou o jogador à Rádio Glbo ainda durante a partida contra a equipe equatoriana.

O Flamengo enfrenta o Fluminense, às 18h30, no Engenhão. Felipe e Renato já eram desfalques rubro-negros para a partida.


Jogadores do Fla dizem entender ira da torcida do Flamengo

As vaias da torcida do Flamengo durante e após a vitória sobre o Emelec/EQU, nesta quinta-feira, foram comentadas pelos jogadores rubro-negros, depois do fim do jogo. Mesmo festejando o resultado, os atletas disseram que entendem a indignação da torcida.

O zagueiro David disse que compreendia a vontade dos torcedores em ver o Rubro-Negro golear os equatorianos, mas preferiu destacar o fato da equipe ter vencido:

- Acho que valeu pelos três pontos. Jogamos bem, apesar das vaias da torcida. Sei que eles querem que goleemos, mas hoje enfrentamos um time que tem qualidade. Graças a Deus, saímos daqui com os três pontos.

Já o goleiro Paulo Victor também destacou o resultado positivo como o mais importante a se ressaltar, mas não esqueceu de citar a torcida, dizendo que imaginava que todos quisessem ver ma grande atuação do time do Flamengo.

- Entendo o torcedor que vem aqui e quer ver espectáculo, mas a vitória é o mais importante. Criamos muito, fizemos uma boa partida. Agora vamos seguir pra semana que vem, que temos mais um jogo pela Libertadores - disse.


Vaias, ira e pedidos por Bottinelli; veja noite "trágica" de Ronaldinho


Ronaldinho foi vaiado por torcedores rubro-negros nesta quinta. Foto: André Portugal / Vipcomm/Divulgação

Nem mesmo a vitória foi capaz de apaziguar a irritação de boa parte da torcida do Flamengo com Ronaldinho. Insatisfeita com a apatia do craque nos últimos jogos, a massa rubro negra não o poupou, e passou parte do segundo tempo vaiando e xingando o camisa 10 da Gávea.
"Ei, Ronaldinho, vai tomar no c...", gritou uma parte considerável da torcida rubro negra que acompanhou a vitória do time por 1 a 0 sobre o Emelec, do Equador, no Engenhão. 

Cada vez que a bola ia em direção ao jogador que recebe o maior salário do elenco rubro negro, começavam fortes vaias. Por volta dos 30 minutos do segundo tempo, uma pequena parte da torcida tentou reverter a situação, passando a gritar o nome do meia atacante. Foi prontamente encoberta por vaias da fatia que criticava o jogador. 

Ronaldinho teve atuação apagada no primeiro tempo do jogo. Só apareceu em lances de bola parada. Na cobrança de uma falta na entrada da área do Emelec, a torcida começou a pedir que o argentino Botinelli arriscasse o chute ao gol. Ronaldinho acabou batendo bem, com a bola passando bem próxima ao gol adversário. 

No segundo tempo, o craque apareceu bem mais. Logo no início, tabelou com Vágner Love na jogada que terminou no gol rubro-negro, marcado pelo atacante conhecido pelas tranças coloridas. Depois, a participação de Ronaldinho se limitou a dar alguns passes, dos quais dois deixaram os atacantes do Flamengo em condições de finalizar a gol. 

A ira da torcida rubro negra também foi direcionada ao técnico Joel Santana, especialmente quando o lateral Leo Moura saiu machucado, ainda na primeira etapa. Os torcedores não concordaram com a entrada do atacante Negueba, e não pouparam o treinador do tradicional grito de "burro".

Mesmo com o fim do jogo, o time foi bastante vaiado, e Joel foi muito xingado na saída do campo.



Vagner Love exalta conquista de três pontos sobre Emelec


Mesmo sendo mais time que o Emelec, o Flamengo venceu por apenas 1 a 0, na noite desta quinta-feira, e foi vaiado pelos torcedores. Mesmo assim, o atacante Vagner Love exaltou que o mais importante foi sair vitorioso de campo.

Love afirmou que a Copa Libertadores é uma competição complicada, em que não é fácil vencer, mesmo diante de equipes tecnicamente inferiores, como foi o caso desta quinta.

- Conseguimos a vitória, isso é o mais importante. Libertadores é assim mesmo, vai ter jogo em que vamos fazer mais gols. Hoje fizemos só um, mas está bom - disse.






Com gol de Love e vaias a Ronaldinho, Flamengo vence Emelec e é líder


Vágner Love fez o gol da vitória do Flamengo nesta quinta-feira. Foto: André Portugal / Vipcomm/Divulgação

Em jogo marcado por vaias do torcedor rubro-negro ao meia-atacante Ronaldinho, o Flamengo derrotou o Emelec-EQU por 1 a 0, nesta quinta-feira, no Estádio Engenhão, pela segunda rodada do Grupo B da Copa Libertadores da América. O resultado deu a liderança da chave à equipe brasileira. 

O triunfo veio graças a um gol de Vágner Love, e rendeu aos flamenguistas o topo do grupo, com quatro pontos ganhos, um a mais que o próprio Emelec-EQU e também que o Olimpia-PAR. O Lánus-ARG, por sua vez, ocupa a lanterna da chave, sendo ainda o único time sem vencer entre os quatro que disputam duas vagas. 

O próximo rival do Flamengo é o clube paraguaio da chave, na próxima quinta, às 22h (de Brasília), também no Estádio Engenhão. Já o Emelec irá a Lanús encarar o clube local, no Estádio La Fortaleza, mas na terça-feira, às 19h45. 




Flamengo 1 x 0 Emelec



Ficha Técnica

Local: Engenhão

Data: 08/03/2012


Hora: 19h30m (de Brasília)


Renda: 741.859,00

Público pagante: 27.826


Público presente: 31.859

Cartões amarelos
Flamengo: Bottinelli
Emelec: P. Quiñónez e C. Quiñónez

Cartão vermelho
Emelec: De Jesus

Árbitro: Darío Ubriaco (URU)
Auxiliares: Carlos Pastorino (URU) e Nicolás Taran (URU)

Gol
FLAMENGO: Vágner Love, aos 3min do segundo tempo


Flamengo Paulo Vítor; Welinton (Deivid - Intervalo), Marco González e David Braz; Léo Moura (Negueba - 27'/1ºT), Muralha, Luiz Antônio, Bottinelli, e Júnior César; Ronaldinho e Vágner Love.
Técnico: Joel Santana 

Emelec:  Estaban Dreer; José Luis Quiñonéz (Carlos Quiñonez - 41'/1ºT), Achilier e Baguí; Valencia, Mondaini (Walter Iza - Intervalo), Pedro Quiñonez , Giménez e Gaibor; Marlon de Jesús e Figueroa (Vigneri - 15'/2ºT).
Técnico: Marcelo Fleitas


                                                       



Flamengo 1 x 0 Emelec

2º tempo


3min


GOOOOOOOOOOOOOL DO FLAMENGO!!!!
Vagner Love faz linda tabelinha com Ronaldinho, que devolve de primeira na área e Love chuta na saída de Dreer.



Depois do confinamento, ex-BBB Rafa reencontra o Flamengo no Engenhão


BBB Rafa Flamengo Engenhão (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
Aos poucos, o ex-BBB Rafa, do “Big Brother Brasil 12”, tenta retomar a rotina. Na noite desta quinta-feira, ele vestiu a camisa do Flamengo e foi ao Engenhão para assistir ao jogo contra o Emelec, do Equador, pela Libertadores. Acompanhado do ex-vice-presidente de futebol Marcos Braz, vestia o uniforme com o número 99, do atacante Vagner Love. Ele acompanhou a partida de um dos camarotes do estádio.

- Fiquei muito curioso dentro da casa para saber o que estava acontecendo com o time, se o Vagner Love era nosso. Até tentei perguntar para os integrantes da bateria da Grande Rio quando eles tocaram lá, mas ninguém podia falar nada. Fiquei louco lá dentro. Vou a todos os jogos do Flamengo, sou fanático. Quando soube que o Love era nosso, foi uma felicidade imensa. Primeira vez que venho ao Engenhão e sou reconhecido. É muito bacana. Participar do programa foi a melhor coisa que me aconteceu.

Logo que saiu da casa, no dia 28 de fevereiro, o projetista de iluminação buscou informações sobre o time. E se surpreendeu com as novidades.

- Me assustei um pouco quando saí. A primeira coisa que vi foi aquele gol incrível que o Deivid perdeu contra o vasco (na semifinal da Taça Guanabara). Quando entrei na casa, o Vanderlei Luxemburgo ainda era o técnico. Mas o Papai Joel é o cara e vai colocar ordem na casa. A Libertadores é nossa.

Desta vez, a também BBB Renata, com quem Rafa teve um romance na casa, não o acompanhou.

- Dentro da casa ela pediu para eu torcer pelo Cruzeiro (risos). Não estamos conseguindo nos encontrar, ela saiu e está com os projetos dela, eu com os meus, e realmente é muito difícil agora. Entendo isso. Depois vamos ter tempo para conversar. Não consegui encontrar ainda muitos dos meus amigos.

O carioca diz que está na torcida por um casal do programa.

- Torço pela Monique, que era uma das minha amigas lá dentro. E pelo Yuri também, que é parceiro.