Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 17 de março de 2012

Goleiro Felipe trocaria avião do Fla por viagem de ‘busão’ à Macaé


Para evitar uma viagem desgastante nos 192 quilômetros que separam a cidade do Rio de Janeiro de Macaé, no interior do estado, o Flamengo costuma fazer o percurso de avião. Assim, em cerca de 30 minutos o time chega ao município onde neste domingo enfrenta o Friburguense, pela quarta rodada da Taça Rio. Mas alguns jogadores rubro-negros não fazem questão da mordomia e preferem mesmo encarar a estrada de ônibus. É o caso do goleiro Felipe, que usou o Twitter para expressar todo o seu medo em relação à curta viagem. 

Além de frases como “prefiro mil vezes três horas de busão” e “que não chova, não vente e o avião levante”, o camisa 1 do Fla postou ainda uma foto do avião usado pelo Flamengo. Segundo ele, para sobreviver ao voo neste avião “é preciso muita oração”.

Filho de um controlador de voo, Felipe tem muito medo de viajar de avião. Em fevereiro, o time passou por maus bocados voltando justamente de Macaé após vitória sobre o Nova Iguaçu. Por conta do mau tempo, houve muita turbulência e o aeroporto Santos Dumont estava fechado. O avião teve de partir para o Galeão, mas retornou ao Santos Dumont, pousando com 80 minutos de atraso.



Fla viaja para Macaé com 18 atletas



Joel Santana no treino do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
Joel Santana relacionou 18 jogadores para a partida contra o Friburguense, neste domingo, pela quarta rodada da Taça Rio. A delegação do Flamengo viajou para Macaé de avião na tarde deste sábado. A partida será no Moacyrzão, às 16h (de Brasília).

O treinador não pode contar com sete jogadores: Léo Moura, Airton, Renato, Vagner Love, Deivid e Camacho, vetados pelo departamento médico, e Ronaldinho Gaúcho, que cumprirá suspensão pelo cartão vermelho recebido no Fla-Flu do último domingo.

Felipe e Willians retornam. O goleiro se recuperou da concussão cerabral sofrida no jogo contra o Duque de Caxias, e o volante está livre das dores no tornozelo direito. O argentino Bottinelli é o único meia relacionado.

Joel não divulgou a escalação. A dúvida está no ataque. Pela primeira vez em dez partidas sob seu comando, o treinador não terá Ronaldinho, Love e Deivid ao mesmo tempo. Sem os três, Paulo Sérgio ganhou uma oportunidade e entrou na lista. A tendência é que Thomás, Negueba e Diego Maurício disputem duas vagas.

O Rubro-Negro tem seis pontos e está em quarto no Grupo A.

Os relacionados:


Goleiros: Felipe e Paulo Victor
Laterais: Galhardo, Junior Cesar e Magal
Zagueiros: Marcos González, David Braz e Welinton
Volantes: Willians, Muralha, Luiz Antonio e Kleberson
Meias: Bottinelli
Atacantes: Thomás, Negueba, Diego Maurício, Lucas e Paulo Sérgio


Léo Moura volta a treinar com o grupo do Flamengo na terça-feira



Léo Moura está em fase final de recuperação e vai voltar a treinar com o grupo do Flamengo na próxima terça-feira, na Gávea. O jogador entrou no período de transição do departamento médico para a preparação física. Na manhã deste sábado, o lateral-direito calçou chuteiras, treinou com uma bola menor e correu por um circuito com variações de direção e saltos. Antes de ir para o campo principal do Ninho do Urubu, Léo cumprimentou e conversou rapidamente com a presidente Patricia Amorim.


Léo Moura no treino do Flamengo (Foto: Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM) 
Léo Moura continua fazendo trabalho especial para voltar ao time  (Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM)

O jogador não participou do empate por 3 a 3 com o Olimpia, quinta-feira passada, pela Libertadores. O camisa 2 sofreu uma lesão na parte posterior da coxa direita no jogo contra o Emelec, também pela competição continental. Antes, havia ficado fora contra Boavista, Duque de Caxias e Fluminense. O problema, no entanto, era outro: dores na parte externa do joelho direito.

Léo está sendo preparado para a partida contra o Volta Redonda, no dia 25, pela quinta rodada da Taça Rio. Neste domingo, o Rubro-Negro enfrenta o Friburguense, em Macaé, às 16h (de Brasília).



Willians sobre Adriano: 'Único time em que poderia se levantar é o Fla'


Willians no treino do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
Em 2009, durante a caminhada para a conquista do título brasileiro, Willians tinha Adriano como um dos seus principais parceiros no Flamengo. Agora, ele vive a expectativa pelo retorno do Imperador. Neste sábado, o volante contou que conversou com Adriano após a rescisão do jogador com o Corinthians e sentiu o atacante animado com as manifestações de carinho da torcida. Ainda sem saber o desfecho desta reaproximação, Willians diz que sempre há espaço para o amigo.

- Falei um pouco com ele quando estava vindo para o Rio, mas ainda não nos encontramos. Só depende da diretoria. Se vier, vamos recebê-lo de braços abertos. Sem comentários para falar do Adriano. Ele vai ajudar muito a gente. Quando fala de Flamengo, ele fica animado. É prata da casa, tem um moral muito grande aqui. É um cara respeitado por tudo que fez em 2009. Soube que o clube abriu as portas para ele se recuperar. Vamos ver o que pode ser feito.

Willians acha que só o Flamengo pode ajudar Adriano a voltar a ser aquele jogador que conduziu o time na conquista do hexacampeonato. Para o volante, o império pode ser reconstruído.

- O único time em que ele poderia se levantar e se recuperar, voltar a ser o Imperador, é aqui, é o Flamengo. Ele tem um carinho imenso pelo clube. A torcida e o clube têm um carinho imenso por ele. Acho que daria muito certo.

Antes e durante o jogo contra o Olimpia-PAR, na noite de quinta-feira, a torcida convocou Adriano para o elenco do Flamengo. O grito de “Imperador voltou” levantou os torcedores no Engenhão e chegou à Região dos Lagos do Rio de Janeiro. O atacante está em Búzios e soube da manifestação dos rubro-negros. Empolgado, comentou para quem quisesse ouvir:

- Tô chegando - disse o jogador, que lamentou o empate por 3 a 3 com os paraguaios.

A reação da torcida também foi tema da conversa entre Willians e Adriano.

- Ele comentou que a torcida pediu para ele voltar. Está forte o pedido da torcida. Ele está tranquilo. Se ele vier, vai ser uma grande ajuda. É um cara de comando e decisivo em campo.

O encontro com dirigentes do Flamengo só deve acontecer quando ele retornar de viagem, provavelmente na próxima segunda-feira. Adriano precisa de mais um mês de recuperação da lesão no tendão de Aquiles do tornozelo esquerdo. Ele rescindiu contrato com o Corinthians na segunda-feira e deve voltar aos treinamentos na próxima semana. O Flamengo vai oferecer médico e fisioterapeuta para acompanhá-lo e, posteriormente, decidir se discutirá um vínculo contratual.

Pitbull vai a Macaé

Depois de ficar fora contra Duque de Caxias, Emelec, Fluminense e Olimpia, Willians está recuperado de um trauma grave no tornozelo direito. Ele foi relacionado pelo técnico Joel Santana e vai com a delegação na tarde deste sábado para Macaé. É lá que o Flamengo enfrenta o Friburguense, neste domingo, pela quarta rodada da Taça Rio, às 16h. A partida será no Moacyrzão.

- Estou voltando depois de uma lesão grave, que me preocupou muito. Achei até que ia ficar mais um tempo sem jogar, mas os fisioterapeutas são excelentes e conseguiram me colocar para jogar logo. Agora, é ir com tudo. Se o professor Joel decidir me colocar para jogar, vou fazer de tudo para ajudar a equipe e jogar sem receio.

Joel não divulgou a escalação para o jogo. Uma das opções de escalação: Felipe, Galhardo, Marcos González, David Braz e Junior Cesar; Willians, Muralha, Kleberson e Bottinelli; Thomás e Diego Maurício.



Suspenso, Ronaldinho fica fora de rachão. Willians vai a Macaé


 
Paulo Sérgio no treino do Flamengo (Foto: Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM)
O rachão do Flamengo na manhã deste sábado foi diferente. Menos animado do que de costume, sem a tradicional foto do time vencedor e sem Ronaldinho, Vagner Love e Deivid. O camisa 10, que lidera uma das equipes, não apareceu no campo. Segundo a assessoria de imprensa do clube, ficou na academia. O atacante não vai enfrentar o Friburguense, neste domingo, pela quarta rodada da Taça Rio. Ele terá de cumprir suspensão pelo cartão vermelho recebido. O jogador deixou o Ninho do Urubu às 11h.

Love e Deivid estão machucados. Os dois sentem dores na coxa direita. O incômodo no Artilheiro do Amor é na parte posterior, enquanto no camisa 9 o problema é na parte anterior.

Recuperado de um trauma grave no tornozelo direito, que o afastou por mais de três semanas, o volante Willians trabalhou normalmente pelo segundo dia seguido e vai entrar na relação da viagem a Macaé, local da partida. O camisa 8 ficou fora de quatro partidas (Duque de Caxias, Emelec, Fluminense e Olimpia). Ele deve voltar ao time titular.

A relação de Joel Santana terá 18 nomes. A novidade estará no ataque. Paulo Sérgio vai ser relacionado pela primeira vez pelo treinador. Aos 22 anos, o jogador, revelado pelo clube, tenta recuperar espaço. No ano passado, ele defendeu o Náutico na Segunda Divisão.

Joel não divulgou a escalação para o jogo. Uma das opções de escalação: Felipe, Galhardo, Marcos González, David Braz e Junior Cesar; Willians, Muralha, Kleberson e Bottinelli; Thomás e Diego Maurício.



Sem R10, Deivid e Love, Fla terá ataque inédito contra o Friburguense



Thomás e Joel - Treino Flamengo (Foto: André Portugal / Vipcomm)
A escalação do ataque do Flamengo virou ponto de interrogação. Joel Santana perdeu os principais nomes do setor de uma só vez. Na partida contra o Friburguense, neste domingo, às 16h (de Brasília), pela quarta rodada da Taça Rio, ele não terá Ronaldinho Gaúcho, Deivid e Vagner Love. Em dez jogos sob o comando do treinador, a formação ofensiva sempre teve pelo menos dois deles.

Love e Ronaldinho dividem a artilharia da equipe na temporada, com cinco gols. Deivid, que perdeu a vaga de titular, tem um.

Ronaldinho vai cumprir suspensão pelo cartão vermelho recebido no primeiro tempo do Fla-Flu de domingo passado. Deivid e Vagner Love foram vetados nesta sexta-feira. Ambos sentem dores na coxa direita. O primeiro na parte anterior, enquanto o Artilheiro do Amor reclama de um incômodo na parte posterior.

Joel tem seis jogadores à disposição para o ataque. Três deles já ganharam chances com o técnico: Thomás, Negueba e Diego Maurício. Thomás, aliás, foi titular no Fla-Flu e no jogo contra o Olimpia, pela Libertadores, mas em outra função. Foi escalado um pouco mais recuado, bem aberto pela meia direita.

O outro trio ainda espera uma oportunidade: Lucas, que está inscrito na Libertadores, Itamar e Paulo Sérgio. Os dois últimos jamais foram relacionados por Joel e ficam fora até da equipe reserva nos coletivos.

Na manhã deste sábado, o Flamengo realiza o último treino antes da partida, que será disputada no Moacyrzão, em Macaé. A tendência é que Joel leve para o Norte Fluminense só 18 jogadores. Uma das opções de time: Felipe, Galhardo, Marcos González, David Braz e Junior Cesar; Muralha, Luiz Antonio, Kleberson e Bottinelli; Thomás e Diego Maurício.

A lista de desfalques: Léo Moura, Airton, Renato, Ronaldinho, Deivid e Love. O Flamengo é o quarto colocado no Grupo A, com seis pontos, três a menos que o líder Macaé.

Os jogadores à disposição de Joel Santana contra o Friburguense:

Goleiros: Felipe e Paulo Victor
Laterais: Galhardo, Junior Cesar e Magal
Zagueiros: Marcos González, David Braz, Welinton e Gustavo
Volantes: Willians, Muralha, Luiz Antonio, Maldonado, Kleberson e Rômulo
Meias: Bottinelli e Camacho
Atacantes: Thomás, Negueba, Diego Maurício, Lucas, Itamar e Paulo Sérgio

As formações de ataque usadas pelo técnico até aqui:

Flamengo 1 x 0 Madureira: Ronaldinho e Deivid
Flamengo 2 x 0 Nova Iguaçu: Ronaldinho, Deivid e Love
Lanús 1 x 1 Flamengo: Ronaldinho e Deivid
Resende 1 x 3 Flamengo: Ronaldinho, Deivid e Love
Vasco 2 x 1 Flamengo: Ronaldinho, Deivid e Love
Flamengo 1 x 2 Boavista: Love e Deivid
Duque de Caxias 1 x 2 Flamengo: Ronaldinho, Deivid e Love
Flamengo 1 x 0 Emelec: Ronaldinho e Love
Flamengo 2 x 0 Fluminense: Ronaldinho e Love
Flamengo 3 x 2 Olimpia: Ronaldinho e Love



Fla descumpre obrigações com Pet e Romário e pode se complicar


Petkovic e Romário (Fotos: Arquivo L!)
Dentro de campo, Petkovic e Romário nunca deram prejuízo ao Flamengo. Fora das quatro linhas, é o Flamengo quem está em débito com dois dos principais jogadores do clube nas últimas duas décadas. Acordos para o pagamentos de dívidas foram feitos, valores, reduzidos. Mesmo assim, o clube continua deixando seus credores em segundo plano.

No total, o débito só com o sérvio e o Baixinho beira R$ 20 milhões. E nenhuma das duas contas está em dia. Procurado pela reportagem do LANCENET!, o vice-presidente jurídico, Rafael de Piro, não quis se manifestar. O vice de finanças, Michel Levy, não atendeu às ligações.

Antes, o dinheiro do acordo com os dois jogadores era repassado diretamente pelo Clube dos 13. Como o Flamengo assumiu a gestão das cotas de televisão, o repasse ficou a cargo do clube, e não mais da entidade.

- Não há satisfação por parte do Flamengo. Eles atrasam um, dois, cinco, 90 dias e não procuram o Petkovic. Que tipo de gestão é essa? - questionou Josias Cardoso, empresário do sérvio, lembrando em seguida que, se o Flamengo passar de 90 dias sem realizar um depósito sequer, terá de arcar com o valor integral (R$ 9,6 milhões), sem o parcelamento em 48 vezes de R$ 200 mil.

- O mais engraçado é que com esses problemas todos, o Pet guarda o maior espaço no coração para o Fla.

Sobra amor e falta dinheiro.

Com a palavra

Josias Cardoso, empresário de Petkovic

As parcelas não estão em dia. Quem é que pode imaginar que um clube tão grande, com tantas pessoas nos departamentos jurídico e financeiro, consegue ser tão desinformado. Que tipo de gestão é essa? Ao dizerem que está em dia estão tentando limpar a barra deles. Simplesmente porque a gestão é política e não administrativa. Nela, o que mais interessa é a imagem.

Petkovic já fez um monte de concessões ao Flamengo. Ele liga para os dirigentes para avisar que está atrasado e nada acontece. Eles atrasam um, dois, cinco, noventa dias e não procuram o Pet. Quando o Michel Levy assumiu, meteu o pau nas gestões anteriores, dizendo que eles não poderiam ter contraído uma dívida como essa. Uma semana depois, ele estava fazendo a mesma coisa dos outros. Aí vem o Rafael de Piro (vice jurídico) me dizer que o Pet não gosta do Flamengo. Tenho como comprovar que ele já deu do próprio bolso R$ 3,5 milhões para o Flamengo. Desafio que esses dirigentes tenham dado 10% disso ao clube. O mais engraçado é que, mesmo com esses problemas todos, o Pet guarda o maior espaço de seu coração para o Flamengo. Se algum inimigo lhe trai, você já espera, mas quando é alguém que você ama, a pessoa fica muito mal.

O Pet tem a habilidade de separar a instituição de quem a administra. Do contrário, ele piraria.

Dívida com Romário é grande ainda

A passagem de Romário pelo Flamengo terminou em 1999. Mesmo assim, o Baixinho até hoje tem dinheiro a receber do clube rubro-negro. Atualmente, ele chegou a um entendimento com a diretoria para parcelar os R$ 10 milhões a que tinha direito em parcelas de R$ 165 mil. Mas estas também não estão em dia, como adiantaram pessoas próximas ao deputado federal.

O LANCENET! tentou contato com o advogado de Romário, Vinicius Cândido de Moraes, na noite de ontem, mas o telefone estava desligado. No caso do Baixinho, a dívida não tem relação alguma com a gestão de Patricia Amorim - diferentemente do débito com Petkovic, que não é só dela também. O ex-jogador tem a receber também de Fluminense e vasco.


Flamengo quer R$ 40 milhões com patrocínios do uniforme



A diretoria do Flamengo busca R$ 40 milhões de patrocínios com o uniforme. Por ora, estão assinados o BMG (mangas, R$ 8,5 milhões), Mobil (barra R$ 5 milhões) e TIM (número, R$ 2,5 milhões). Ainda falta vender o principal. As conversas com a Hyundai são as mais adiantadas para o espaço master.


Sob a asa de Joel Santana, Negueba vira o vilão da torcida do Flamengo


Negueba vive uma situação conflituosa no Flamengo. Ao mesmo tempo em que está sob a asa de Joel Santana, o jogador caiu em desgraça com rubro-negros. O xodó de Joel virou o vilão da torcida. Se em outros tempos ouviu gritos por seu nome vindos da arquibancada, agora foi vaiado pela segunda partida seguida. No empate com o Olimpia por 3 a 3, nessa quinta-feira, ele despertou a reação dos torcedores assim que foi chamado pelo treinador para substituir Thomás, aos 33 minutos do segundo tempo.

Com placar apontando 3 a 1, o jogador de 19 anos foi escalado bem aberto pelo lado direito do campo. Nas tentativas de arrancada em velocidade, foi desarmado sem dificuldades. Errou tudo que tentou. Em uma disputa de bola no campo de defesa, perto da linha de fundo, virou as costas para uma jogada por achar que a bola sairia, mas ela parou na bandeirinha de escanteio e ficou com um adversário. Os torcedores foram à loucura.

- Coloquei o Negueba para aproveitar a velocidade dele pelo lado direito, só que não deu certo. Acontece. Não podemos colocar (a culpa) na conta de ninguém - afirmou Joel Santana após a partida.

negueba marin flamengo x Olimpia (Foto: Reuters) 
Negueba entrou contra o Olimpia e viu o adversário empatar o jogo em 13 minutos (Foto: Reuters)

Contra o Emelec, na semana passada, Negueba foi a opção para substituir Léo Moura, que saiu machucado aos 29 minutos do primeiro tempo. Assim que se levantou do banco para receber instruções, pôde notar a insatisfação que vinha da arquibancada do Engenhão. Em campo, deu arrancadas e até alguns bons passes. Só que desperdiçou duas chances claras, uma delas inacreditável, e não contou com o perdão dos torcedores.

E domingo, contra o Friburguense, em Macaé, ele tem chance de ser titular, já que Ronaldinho está suspenso e Vagner Love e Deivid estão vetados pelo departamento médico. Junior Cesar e Luiz Antonio contaram nessa sexta-feira que deram apoio ao companheiro.

- Passamos tranquilidade para ele, pois é um jogador de qualidade, campeão mundial (pela Seleção Brasileira sub-20). E nos ajudou em outras situações - afirmou o lateral-esquerdo.

- Não entendi por que a torcida vaiou. Pedimos para ele continuar tranquilo, isso acontece no Flamengo. Os torcedores apoiam e vaiam. Aconteceu comigo. Ele tem que ficar tranquilo para que possa nos ajudar - acrescentou o volante.

Joel adota o 'pequenininho' Negueba

Negueba caiu nas graças de Joel Santana de cara. Com dois dias de trabalho e algumas conversas, o treinador abriu o coração para um dos mais jovens do grupo. O atacante virou o novo filho do Papai. Na passagem anterior pelo Flamengo, entre 2007 e 2008, Joel demonstrava carinho especial com o volante Toró. Foi assim também em outras equipes que dirigiu.

- Tem um que já está quase debaixo da asa do papai. Gostei muito do Negueba. Todo mundo quer bater nele (risos). Qualquer coisa é o Negueba, ele é pequenininho. Estavam batendo muito nele. Sempre é o culpado de tudo. Não vou deixar mais. Vou adotá-lo. Antes, eu tinha adotado o Torozinho, agora é o Negueba - disse, na segunda entrevista coletiva.

Os números de Negueba com Joel Santana
Jogo Data Torneio Participação
1 x 0 Madureira 09/02/2012 Taça Guanabara Jogou todo o segundo tempo
2 x 0 Nova Iguaçu 12/02/2012 Taça Guanabara Entrou aos 42 do segundo tempo
1 x 1 Lanús-ARG 15/02/2012 Libertadores Entrou aos 47 do segundo tempo
3 x 1 Resende 18/02/2012 Taça Guanabara Entrou aos 34 do segundo tempo e fez um gol
1 x 2 Vasco 22/02/2012 Taça Guanabara Entrou aos 33 do segundo tempo
1 x 2 Boavista 29/02/2012 Taça Rio Entrou aos 15 do segundo tempo
2 x 1 Duque de Caxias 04/03/2012 Taça Rio Entrou aos 13 do segundo tempo
1 x 0 Emelec-EQU 08/03/2012 Libertadores Entrou aos 29 do primeiro tempo
3 x 3 Olimpia-PAR 15/03/2012 Libertadores Entrou aos 33 do segundo tempo

Negueba conseguiu mais do que carinho e proteção contra as brincadeiras do grupo. Ganhou seguidas oportunidades. Não chegou a ser titular, mas em dez jogos sob o comando do treinador só não entrou em um, no Fla-Flu no domingo passado, na vitória por 2 a 0. Nessa sequência, fez um gol: na vitória por 3 a 1 sobre o Resende, na última rodada da Taça Guanabara. O jogador entrou aos 34 do segundo tempo e marcou aos 38. Uma curiosidade: apenas em quatro jogos Negueba ficou em campo por meia hora ou mais (contra Madureira, Boavista, Duque de Caxias e Emelec).

Promovido por Luxa, campeão da Copinha e irregularidade

Negueba foi promovido ao time de profissionais em outubro de 2010 por Vanderlei Luxemburgo. O ex-técnico costumava dizer que ele tinha alegria nas pernas. O Flamengo brigava para eliminar o risco de rebaixamento. Luxa escalou o atacante pela primeira vez contra o Atlético-PR, em Volta Redonda, e de cara como titular. Era a antepenúltima rodada do Brasileirão. Estreia de muita correria, pouco brilho e derrota da equipe por 1 a 0.

Depois da virada do ano, foi emprestado pelo treinador ao time de juniores para ganhar mais experiência. Luxa pediu que Negueba fosse escalado como atacante e não mais como meia. O jogador foi titular na campanha do bicampeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no início de 2011. De pênalti, marcou o gol do título na final contra o Bahia, no Pacaembu.

O primeiro gol como profissional não demorou. Ele veio na quinta partida, contra o Boavista, na vitória por 3 a 2, pela Taça Guanabara. Do fim de 2010 para cá, Negueba marcou quatro vezes em 49 jogos.

O problema é que ele nunca conseguiu uma sequência como titular. A expectativa sobre o jogador cresceu na metade da temporada passada, depois que ele foi campeão do Mundial sub-20 pela Seleção Brasileira com boas atuações. Assim como Vanderlei e Joel, Ney Franco gostava de lançá-lo no segundo tempo para explorar a velocidade.

De volta ao clube, o bom desempenho não se repetiu. Negueba alternou altos e baixos, mas ainda assim contava com o incentivo dos torcedores. Raros foram os jogos em que o nome dele não foi gritado pelos rubro-negros. Agora, o clima é de hostilidade com a promessa. Mais um obstáculo para quem ainda busca espaço no time titular.


Para findar parceria, Fla e Traffic fazem outra



Representantes da Traffic e do Flamengo se fizeram anteontem a primeira reunião para debater o fim da malfadada parceria por Ronaldinho Gaúcho. Ambos dizem ter dinheiro a receber do parceiro. Ficou acertado que a Traffic vai propor um plano de negócio para que as duas partes se ressarçam do prejuízo que acham que tiveram.



sexta-feira, 16 de março de 2012

Após empate, Jr. Cesar diz: ‘Vamos recuperar os pontos fora de casa’


Junior Cesar no treino do Flamengo (Foto: Richard Fausto/GLOBOESPORTE.COM)
A resposta ainda não veio. E talvez jamais chegue. No dia seguinte ao empate com o Olimpia, pela terceira rodada do Grupo 2 da Libertadores, os jogadores do Flamengo fizeram um treino regenerativo. Trabalho leve para recuperar o corpo, mas a cabeça ainda pesa. Como explicar o resultado de 3 a 3, no Engenhão, depois de abrir três gols de vantagem?

- É inexplicável – resumiu o lateral-esquerdo Junior Cesar.

A resposta ainda é a mesma que os poucos atletas que falaram com a imprensa deram após a partida. O resultado surpreendente abalou o grupo, segundo Junior Cesar.

- Pela boa partida que fizemos, abrimos a margem de três gols de vantagem, ceder o empate dentro de casa, diante da torcida, isso nos deixou bastante chateados. Era um jogo importante para abrir uma margem na liderança. Todos os jogadores estão chateados, tristes, mas fizemos um pacto após o jogo. Vamos recuperar os pontos fora de casa. A torcida do Flamengo vai ter muitas alegrias esse ano. Lamentamos o resultado, mas foi uma das melhores partidas que fizemos no ano. Libertadores é assim. Você tem que ficar atento até o apito final do juiz. Deixamos essa brechinha. Tem que ter um pouco mais de malandragem, fazer o dever de casa.

O Rubro-Negro não perdeu a liderança da chave. Agora, tem cinco pontos, um a mais que o Olimpia. Brasileiros e paraguaios vão se enfrentar na próxima rodada, dia 28 de março, em Assunção. O palco será o estádio Defensores del Chaco.

- Vai começar uma espécie de segundo turno da Libertadores, os jogos de volta. Esse resultado contra o Olimpia serviu de exemplo. Temos a certeza de que podemos jogar de igual para igual com eles lá.

Antes, o Flamengo terá dois jogos pela Taça Rio. Neste domingo, o adversário é o Friburguense, em Macaé, às 16h (de Brasília). Depois, o time terá uma semana só de treinos. No dia 25, enfrenta o Volta Redonda. A viagem para o Paraguai será no dia seguinte.



Ranking de pontuação da Libertadores – 1960-2011


O site da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) exibe um levantamento dos maiores times da história tomando como base a pontuação alcançada por cada um dos 189 times que já disputaram a competição. Atribuindo três pontos por vitória e um por empate, o ranking não leva em consideração o número de títulos, mas exibe quantas taças cada clube já levantou – além do aproveitamento de pontos ganhos e o número de participações:



Cabe ressaltar que os resultados da edição 2012 ainda não estão contabilizados, de modo que Corinthians, Flamengo, Fluminense, Internacional, Santos e Vasco tem a oportunidade de galgarem algumas posições.

Pelo histórico de equilíbrio do futebol brasileiro, percebe-se que nossos clubes tem bem menos participações do que os de países vizinhos. O líder São Paulo, por exemplo, jogou a Libertadores 15 vezes, enquanto Peñarol e Nacional do Uruguai orbitam em torno de 40 participações. Até por isso, o Tricolor do Morumbi surge apenas na 11ª colocação. Completam o top-ten brasileiro: Cruzeiro (13º), Palmeiras (14º), Grêmio (17º), Santos (21º), Flamengo (26º), Internacional (29º), Corinthians (33º), vasco (48º) e Fluminense (53º).

No tocante ao aproveitamento percentual dos grandes clubes, o três melhores são Cruzeiro (65,89%), Santos (63,33%) e Flamengo (62,84%). O pior é o Atlético-MG – com 11 vitórias, 11 empates e 11 derrotas em quatro oportunidades (44,44%). A grande surpresa fica por conta do Paysandu: com apenas uma campanha – antológica, que incluiu vitória sobre o Boca Juniors em plena Bombonera – o Papão alcançou o índice de 70,83%, o maior entre todos os clubes na história do torneio. O pior foi o Bangu, que em 1986 atingiu meros 11,11% de aproveitamento.



Depois de um ano e dois meses, Fla vai treinar na Gávea



O treino do Flamengo da próxima terça-feira não será no Ninho do Urubu. Depois de um ano e dois meses, os jogadores vão trabalhar na sede do clube, na Gávea, às 10h. A última vez que isso ocorreu foi em janeiro de 2011, na reapresentação dos jogadores para a pré-temporada. Depois, o ex-técnico Vanderlei Luxemburgo não comandou uma atividade sequer no local.

Aliás, durante toda a última passagem dele pelo clube, Luxa conviveu com a pressão de conselheiros para que o time trabalhasse na Zona Sul pelo menos em alguns dias da semana. Vanderlei, no entanto, dizia que os treinamentos no CT eram uma forma de comandar o grupo com privacidade e também acelerar as obras de modernização. Era o que ele chamava de “choque de ordem”. A preocupação com a melhoria na estrutura era tão grande que virou até cláusula contratual.

No ano passado, a estrutura provisória do Ninho foi melhorada. Em dias de treinos em dois períodos, os atletas passaram a fazer as refeições e a descansar em camas dispostas dentro de containeres. O departamento médico, a gerência de futebol e a comissão técnica ganharam áreas exclusivas. A entrevistas, que antes eram feitas na porta do vestiário e ao lado do estacionamento, passaram a ocorrer numa sala de imprensa instalada dentro de um container.

Faz tanto tempo que o time profissional do Flamengo não vai à Gávea que será a estreia de Ronaldinho Gaúcho em um treino na sede. Depois de ser apresentado no início de 2011, ele se juntou aos demais em Londrina e na volta ao Rio só participou de atividades no CT.

Segundo a assessoria de imprensa, o local foi escolhido para o treino de terça-feira porque o grupo fará exercícios físicos na caixa de areia e na piscina. Em sua entrevista coletiva de apresentação, no início de fevereiro, Joel foi perguntado sobre a possiblidade da volta aos treinos à Gávea e elogiou o Ninho.

- Antigamente reclamavam que era longe. Está lindo, jogadores têm condições de trabalhar. Aqui as instalações são excelentes para trabalhar, ter privacidade. Da última vez (na quarta passagem, entre 2007 e 2008) não tinha quase nada. Agora foi modernizado. Flamengo tem que ter um centro de treinamento com facilidades para todo mundo.

O Flamengo enfrenta o Friburguense neste domingo, às 16h (de Brasília), em Macaé, pela quarta rodada da Taça Rio. Na segunda-feira, o grupo vai folgar.

 

Vagner Love está fora do jogo contra o Friburguense

vetados (André Portugal / Vipcomm)Mais desfalques para Joel Santana. Nesta sexta-feira, a assessoria de imprensa do Flamengo informou que os atacantes Vagner Love e Deivid estão vetados pelo departamento médico para o jogo contra o Friburguense, domingo, pela quarta rodada da Taça Rio. Love sente dores na parte posterior da coxa direita. O problema o incomodou aos quatro minutos do primeiro tempo do empate por 3 a 3 com Olimpia, nesta quinta, pela Libertadores. O jogador recebeu atendimento médico e conseguiu continuar até o fim. Agora, ele será poupado e fará tratamento. Desde que retornou, esta será a primeira vez que Love desfalca o time por lesão. O atacante já cumpriu suspensão contra o Lanús, na Argentina, pela Libertadores.

Deivid seria o substituto provável, mas também não vai jogar. O atacante sente dores na parte anterior da coxa direita. Ele chegou a ser relacionado para o jogo contra os paraguaios, mas o problema o incomoda desde a partida contra o Vasco, pela semifinal da Taça Guanabara.

Desta forma, Joel não terá o trio de ataque que já foi titular. Além de Love e Deivid, Ronaldinho Gaúcho terá de cumprir suspensão pelo cartão vermelho recebido no Fla-Flu. O técnico tem as seguintes opções para o setor: Thomás, Negueba, Diego Maurício, Lucas, Itamar e Paulo Sérgio.

O deparamento médico tem algumas boas notícias. O goleiro Felipe, que foi poupado contra o Olimpia, deve voltar a ser o titular do gol. O volante Willians está recuperado de um trauma no tornozelo direito e voltou a treinar com bola nesta sexta. Ele também está liberado. Segundo o médico Marcelo Soares, no entanto, é possível que ele só volte no dia 25, contra o Volta Redonda. O meia Camacho também treinou com bola. Ele está curado da torção no tornozelo direito.

O lateral-direito Léo moura também está perto de um retorno. Na segunda-feira, ele vai iniciar o trabalho no campo. Léo se recupera de uma lesão na parte posterior da coxa direita sofrida há pouco mais de uma semana.

A lista completa de desfalques: Léo Moura, Airton, Renato, Deivid, Love e Ronaldinho.

Friburguense e Flamengo vão se enfrentar no Moacyrzão, em Macaé, às 16h (de Brasília). O Mengão é o quarto colocado no Grupo A, com seis pontos, três a menos que o líder Macaé.


União de cariocas por liga de clubes fica mais distante


Fracassou a reunião que o ex-presidente do Flamengo Marcio Braga pretendia fazer com os presidentes de Fluminense, vasco e Botafogo para discutir uma liga de clubes e estratégia para impedir o avanço do poder dos paulistas na CBF. Segundo Braga, os clubes decidiram não enfrentar o presidente da Ferj, Rubens Lopes.

Até fevereiro, Fla vendeu mais de 117 mil camisas oficiais


O Flamengo vendeu 119.500 camisas oficias em janeiro e fevereiro, abaixo da média. Dessas, cerca de 17 mil são da terceira camisa, lançada em setembro. A Olympikus, fornecedora do Fla, considera boa a vendagem da terceira camisa, uma vez que o time quase não a utilizou em campo no início do ano.






Muralha: ‘Talvez seja a hora de priorizar a Libertadores’


Contra o Olimpia, foram sete desfalques. Joel Santana não pôde contar com Felipe, Léo Moura, Airton, Willians, Renato, Camacho e Lucas. Com exceção do goleiro, que já voltou a treinar normalmente, os demais estão machucados. O camisa 1 foi poupado.

O técnico armou o time titular com cinco jogadores criados na base: Paulo Victor, Galhardo, Muralha, Luiz Antonio e Thomás. Tem sido assim por conta da série de lesões graves. Contra os paraguaios, Muralha foi titular pela quarta vez seguida e se destacou. O Rubro-Negro vinha bem, fez 3 a 0, mas peremitiu o empate nos 15 minutos finais. No fim, o resultado frustrante gerou reflexão.

- Talvez seja a hora de priorizar a Libertadores. Teremos dois jogos difíceis fora de casa (contra Olimpia e Emelec) que poderão definir a nossa classificação. Estamos com o elenco reduzido no momento, muitos jogadores machucados. Mas isso é algo que cabe ao Joel decidir. Vamos dar o máximo em todos os jogos. Torcemos para que esses atletas, como Felipe, Léo Moura e Willians, voltem para nos ajudar.


Muralha flamengo olimpia libertadores  (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)Muralha foi um dos destaques do time contra o Olimpia (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
 
Apesar do 3 a 3 em casa, o Flamengo não perdeu a liderança do Grupo 2 da Libertadores. O time tem cinco pontos, um a mais que o Olimpia, o vice-líder. Brasileiros e paraguaios voltam a se enfrentar no dia 28, em Assunção, no estádio Defensores del Chaco.

- Foi falta de atenção nossa, deixamos o adversário se empolgar no fim do jogo. Nós conversamos e vamos trabalhar.

Muralha só gostou mesmo do bom desempenho da dupla com Luiz Antonio. O primeiro foi seguro na marcação e nos desarmes. Luiz, por sua vez, também ajudou no ataque. Deu o passe que originou o pênalti sofrido por Vagner Love, convertido por Ronaldinho, e fez o terceiro.

- Essa dupla vem bem desde os juniores, nos entendemos. Temos um bom entrosamento dentro e fora do campo. Isso ajuda muito.

O Flamengo volta a jogar neste domingo, contra o Friburguense, em Macaé, às 16h (de Brasília). O Rubro-Negro está em quarto no Grupo A da Taça Rio, com seis pontos, três a menos que o líder Macaé.



Apesar da frustração, atuação do Fla deixa Renato M. Prado otimista

O empate em 3 a 3 contra o Olimpia teve gosto de derrota para o Flamengo. O time vencia por 3 a 0 e nos últimos 15 minutos da partida sofreu os gols que decretaram o resultado no Engenhão, nesta quinta-feira, pela Libertadores. Na contramão da frustração que tomou conta de boa parte da torcida, Renato Maurício Prado enxergou um futuro promissor. Para ele, a atuação do meio-campo que considera ideal, com Muralha, Thomaz, Luís Antônio e Bottinelli, é o caminho certo para o sucesso do time.  

- Claro que ninguém pode ficar satisfeito com o que o Flamengo fez no final entregando o jogo ganho, e que se encaminhava para uma goleada. Mas em compensação se você olhar para o futuro e ver o que essa garotada jogou até os 31 minutos do segundo tempo, a gente tem motivo para ficar otimista sim - disse Renato Maurício Prado no "Redação SporTV" desta sexta-feira.

Na opinião do comentarista, esta foi a melhor atuação do Flamengo desde a histórica vitória sobre o Santos por 5 a 4, no Campeonato Brasileiro do ano passado. Para Renato, não é hora de se apavorar, já que o time lidera o seu grupo na Libertadores. E nem é o momento de crucificar os jogadores mais jovens pela pane do time no final do jogo, já que o retorno dos antigos titulares não ajudaria a equipe.

- Faltou experiência, o time relaxou. Quando tomou o 3 a 1, em vez ir para cima para fazer o 4 a 1 era hora de prender a bola. Garoto tem isso, a questão da instabilidade emocional. Nada deu certo. Mas essa tragédia em uma fase em que se pode empatar e até perder vai servir como lição para o futuro. O que não adianta é botar os velhos de volta, que eles não vão fazer o que os garotos fizeram até os 31 do segundo tempo - disse Renato.

Outro convidado do programa, o sociólogo Maurício Murad citou o escritor e dramaturgo Nelson Rodrigues para tentar explicar o resultado:

- Há certas partidas em que só os idiotas da objetividade conseguem entender. Elas obedecem as regras do espanto.


Thomás e a frustração da estreia: ‘Não foi o jogo que eu esperava’


No futuro, quando contar para filhos e netos como foi a estreia dele num jogo de Libertadores, Thomás vai começar com uma história de alegria e euforia. Dirá aos pequenos que o Flamengo passeou contra o Olimpia até os 30 minutos do segundo tempo, que Vagner Love não fez gol, mas teve ótimo desempenho. Vai lembrar que Ronaldinho, enfim, jogou em 2012 um pouco do que se esperava dele. E vai descrever com precisão os três gols marcados por Bottinelli, R10 e Luiz Antonio.

Depois, o tom da conversa vai ser de assustar. Terá de explicar como o time tomou o primeiro, o segundo e o terceiro gols dos paraguaios nos 15 minutos finais. E que cada bola na rede fez 30 mil torcedores, que até então cantavam e incentivavam sem parar, deixarem o Engenhão incrédulos e chateados.

Nesta quinta-feira, Thomás foi substituído por Negueba quando o placar marcava 3 a 1 para os brasileiros. O meia-atacante de 19 anos se esforçou, correu, mas errou passes e não conseguiu finalizar arrancadas e dribles. Foi para casa insatisfeito.

- Não foi o jogo que eu esperava. Queria a vitória. Ninguém sabe explicar o apagão que nós tivemos no fim do jogo. Estava todo mundo triste no vestiário. Temos de correr atrás, precisamos nos unir para buscar a classificação.

Thomas flamengo olimpia libertadores  (Foto: André Portugal / Vipcomm)Thomás se esforçou, mas foi o mais discreto entre os mais jovens (Foto: André Portugal / Vipcomm)
 
Ao contrário do que se esperava, os jogadores mais experientes evitaram falar com os jornalistas após a partida. Ronaldinho, por exemplo, não deu entrevista. Procurado, Bottinelli se recusou. A exceção foi Vagner Love, que falou na saída de campo. Os demais foram os jovens: Paulo Victor, Luiz Antonio, Thomás e Muralha.

- Não podemos nos abater. Foi um resultado ruim, mas temos de manter a cabeça no lugar.

Apesar do empate frustrante por 3 a 3, o Flamengo ainda é líder do Grupo 2 da Libertadores. O time tem cinco pontos. O Olimpia é o segundo, com quatro. Eles voltam a se enfrentar na próxima rodada, dia 28 de março, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

Promessa do Fla se apresenta à Seleção Brasileira sub-17


Na manhã desta sexta-feira, a Seleção Brasileira sub-17 se apresentou no aeroporto do Galeão visando à disputa da Copa Mediterrâneo, em Barcelona, entre 3 e 8 de abril. No grupo há cinco rubro-negros. Todos foram vice-campeões da Copa Rio Sub-17 - espécie de Brasileiro da categoria - na semana passada. O principal destaque é o meia Caio Rangel.

- Acabei de fazer um bom campeonato pelo Flamengo e espero repetir a trajetória na Seleção - disse o jogador.

O goleiro Thiago, o zagueiro Lincoln, o meia Herson e o atacante Cafu fazem parte da lista. A delegação segue para a Granja Comary e, antes da viagem à Espanha, disputa dois amistosos no Qatar.


Caio Rangel no embarque da seleção sub-17 (Foto: Divulgação) 
O meia Caio Rangel na apresentação da Seleção Brasileira sub-17 (Foto: Divulgação)


Governo vascaíno do Rio garante entrega do Maracanã em fevereiro de 2013


A secretária estadual de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro, Marcia Lins, afirmou na manhã desta sexta-feira que a entrega do Maracanã está "mais do que garantida" para o dia 28 de fevereiro de 2013. Em um evento realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a Fifa no Rio, ela disse ainda que as pessoas vão se surpreender com a beleza do estádio.

- Está adiantado. Até o final de setembro já estaremos com todas as arquibancadas montadas. Em outubro, começamos a montagem da cobertura, que será uma das maiores do mundo. O Maracanã vai se transformar em um ícone maior do que já é. A entrega esta mais do que garantida para fevereiro -afirmou a secretaria.

Na quinta, Consórcio Maracanã Rio 2014, responsável pela reforma, afirmou que o estádio está com 39% das obras concluídas. O campo será palco de sete partidas da Copa do Mundo, incluindo a final no dia 13 de julho de 2014.

Marcia Lins também comentou sobre a polêmica envolvendo as cadeiras cativas. Segundo a secretária, os donos não serão prejudicados e terão seus direitos preservados. A ideia é deixar o mais próximo possível do antigo setor.

- Será garantido todos os direitos a essas pessoas. Elas vão receber seus lugares. Mais para frente, será discutido como isso será usado na Copa.

Obras Maracanã (Foto: Fernanda Almeida)Estágio atual da reforma do Maracanã: 39% das obras concluídas (Foto: Fernanda Almeida)
Projeto de como ficará o Maracanã, com cadeiras vermelhas (Foto: Divulgação)Projeto de como ficará o palco da final da Copa do Mundo de 2014 (Foto: Divulgação)

Flamengo 3 x 3 Olímpia - Melhores Momentos - Libertadores 2012 - 15/03/2012







Joel se irrita com comparação com derrota de 2008


Flamengo x Olimpia - Copa Libertadores - Joel (Foto: Paulo Sergio)
Depois do empate em 3 a 3 com o Olimpia na noite desta quinta-feira, o técnico Joel Santana entrou na sala de imprensa do Engenhão com cara de poucos amigos. Uma das perguntas deixou o técnico do Flamengo bem irritado, pois fez uma comparação com a vexatória eliminação diante do América do México, em 2008, quando o Rubro-Negro perdeu por 3 a 0 depois de vencer os mexicanos por 4 a 2 fora de casa.

– Não aguento mais isso. Vem com 2008 de novo? Não respondo mais essa pergunta. Qualquer coisa que eu falar... Eu vou ser castigado. Só eu? Temos de dividir a responsabilidade. Eu tinha falado que seria a última vez que falaria sobre isso. Vou pedir de novo. Vamos deixar enterrado. Aqui é outra história. O que aconteceu é que demos bobeira, não fomos espertos – afirmou o treinador.

Joel Santana não sabia explicar como a equipe estava vencendo por 3 a 0 até os 31 minutos do segundo tempo. Para ele, a equipe precisava ter tomado uma atitude antes de o Olimpia marcar o terceiro gol.

– Foi bobeira, falta de malandragem. Tenho de ouvir deles e saber o que aconteceu. Tiramos o pé do freio e pagamos por isso. Teremos de recuperar na casa deles. Agora o problema é nosso. Temos de ganhar uma fora e depois em casa – explicou Joel Santana.

O Flamengo jamais venceu o Olimpia na Libertadores. São quatro jogos e nenhum triunfo rubro-negro. Em 2002, o time carioca foi eliminado na primeira fase.



Flamengo x Olimpia - Copa Libertadores - Paulo Victor (Foto: Gilvan de Souza) Assim que o Olimpia (PAR) conseguiu marcar o gol de empate no Engenhão, os jogadores do Flamengo apresentaram um semblante de completo abatimento. Era possível perceber em seus rostos que eles não conseguiam achar explicação para o que havia acontecido, já que o time havia feito 3 a 0 sem ter muito trabalho.

Ao fim do 3 a 3 desta quinta-feira, o goleiro Paulo Victor mostrou-se irritado irritado.

– Não tem explicação. Nós não esperávamos. Agora é correr para buscarmos recuperar nos jogos fora de casa  - afirmou.




E o próximo adversário do Flamengo na Copa Santander Libertadores é justamente o Olimpia, no Paraguai. No dia 28 é a vez de o Rubro-Negro viajar até o Assunção para encarar novamente o rival.

Depois, o time de Joel ainda terá outro jogo fora do Rio de Janeiro, contra o Emelec (EQU), no dia 4 de abril. Na última rodada o Fla volta a jogar em casa, contra o Lanús (ARG).


Vagner Love reclama: 'Não pode levar gols desse jeito'

O semblante dos jogadores do Flamengo após o terceiro gol do Olimpia dizia tudo. Até os 31 minutos do segundo tempo, o Rubro-Negro tinha três gols de vantagem, tocava bem a bola e controlava o jogo. Quando tudo parecia que ia dar certo, sofreu mais dois gols e desperdiçou a chance de terminar os jogos de ida da Copa Santander Libertadores com três pontos de vantagem para o Lanús, segundo colocado do Grupo 2.

Após o apito final, muitos jogadores pediram para não falar com a imprensa. Vagner Love, um dos protagonistas do jogo, ao dar assistência para o gol de Bottinelli e sofrer o pênalti, foi um dos que tiveram coragem para explicar o apagão, que permitiu a reação paraguaia.


Para o atacante, a bobeada no fim do jogo teve sabor amargo e pode ter consequências durante a competição.

- Não pode levar os gols assim, com uma vantagem dessas, tocando bem a bola. Não pode ficar desligado desse jeito. É como se fosse uma derrota para nós. Não fizemos o nosso trabalho de casa. Agora temos que, lá fora, tentar vencer, o que é mais difícil - disse o jogador.

O empate ainda deixa o Flamengo na liderança do Grupo 2, mas os dois jogos seguidos fora deixam o clube brasileiro em situação complicada. O próximo confronto será justamente contra o Olímpia, no dia 28 de março, pela quarta rodada. Será fundamental que o Rubro-Negro não sofra reações e conquiste pontos.


quinta-feira, 15 de março de 2012

Flamengo 3 x 3 Olimpia

2º tempo

43min


Goooooool de Marín!!! Meia recebe sozinho dentro da área e bate cruzado para empatar o jogo. Assistência foi de Maxi.


Flamengo 3 x 2 Olimpia

2º tempo

38min

Gooooool de Luis Caballero!! Atacante ganha duas vezes de González e, de perna esquerda, acerta o cantinho de Paulo Victor. Encosta o Olimpia.



Flamengo 3 x 1 Olimpia

2º tempo

31min

Gooooool de Pablo Zeballos! Camisa 10 do Olimpia manda uma bomba no alto e vence o goleiro Paulo Victor.



Flamengo 3 x 0 Olimpia

2º tempo

18min

Goooooooooool de Luiz Antonio!! Depois de receber um passe espetacular de Ronaldinho, o volante bate colocado e manda para a rede. Amplia o Fla!! 




Flamengo 2 x 0 Olimpia

2º tempo

13min

Gooooooool de Ronaldinho Gaúcho!!! Camisa 10 cobra forte no canto direito do goleiro e amplia para o Fla!



Flamengo 1 x 0 Olimpia

1º tempo

37min 


Goooooool de Bottinelli!!! Após bela jogada de Vagner Love, meia argentino toca com categoria na saída do goleiro e coloca o Flamengo na frente!!



Torcida dá força e escala Adriano na equipe: ‘O Imperador voltou!’

Das redes sociais para o Engenhão. Os torcedores do Flamengo que foram ao estádio na noite desta quinta-feira demonstraram que querem ver Adriano novamente com a camisa rubro-negra. Antes do jogo contra o Olimpia, do Paraguai, pela terceira rodada do Grupo 2 da Libertadores, algumas das principais torcidas organizadas do clube exibiram faixas em homenagem ao Imperador. Além disso, os rubro-negros incluíram o jogador no tradicional grito dos nomes dos titulares, antes de a bola rolar, como se ele fosse o 12º atleta em campo.

faixa adriano flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com) 
Faixa usada em 2009 mostra Adriano pelo Fla em frente à favela (Foto: Richard  Souza/Globoesporte.com)
 
O canto de 2009, quando Adriano iniciou a segunda passagem pela Gávea, também tomou conta do estádio.

- Ôoo... o Imperador voltou!

Nas faixas expostas, mensagens de apoio e incentivo.

- Imperador, volta logo! Aqui é o seu lugar.

- Imperador, acreditamos no seu potencial.

faixa adriano flamengo (Foto: Richard Souza/Globoesporte.com)Torcida deixa mensagens de apoio ao Imperador

 Uma delas, exibida no setor Leste, já era usada em 2009. Adriano aparece com a camisa do Flamengo, a mão direita no peito e a ilustração de uma favela ao fundo.

Após o jogo desta quinta-feira, o departamento de futebol do Flamengo vai oferecer a estrutura do clube para que Adriano se recupere completamente da lesão no tendão de aquiles e entre em forma. Só depois as partes vão conversar sobre um possível contrato. O jogador está no Rio e já tomou conhecimento da intenção do Rubro-Negro.

Vetado, Léo Moura vai ao Engenhão

Leo Moura Flamengo (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
 Léo Moura avisou via Twitter e cumpriu. Acompanhado da esposa Camila e da filha caçula Isabella, o lateral-direito foi assistir ao jogo contra os paraguaios. Com uma lesão na parte posterior da coxa direita, o camisa 2 está vetado. Ele só deve voltar no dia 25, contra o Volta Redonda, pela Taça Rio.

De camisa vermelha, Léo ficou na Tribuna de Honra, no setor Oeste. Assim que foi notado, ouviu a torcida gritar o nome dele e acenou. Pouco depois, os rubro-negros que estavam mais perto cantaram por Adriano. Léo sorriu e fez sinal de positvo.


Conmebol confirma: Adriano não vai poder jogar pelo Fla na Libertadores

Flamengo e Adriano ainda nem iniciaram oficialmente uma reaproximação, mas clube e jogador já saberão, de antemão, que não será possível ver o Imperador em campo na edição de 2012 da Taça Libertadores. O atleta foi inscrito pelo Corinthians e, mesmo sem ter sequer ficado no banco nos jogos do Timão pelo torneio continental, não poderá ter inscrição por outro clube, confirmou a Conmebol.

O regulamento da Libertadores se limita a dizer que "um jogador não poderá atuar por mais de um clube no mesmo torneio", mas a entidade vai publicar uma nota oficial informando que a proibição se estende aos atletas que foram simplesmente inscritos por outros clubes.

- Falei há pouco com Francisco Figueiredo Brítez, secretário-executivo da Sul-Americana (Conmebol). Ele me confirmou que se o jogador foi inscrito por um clube, não pode ser por outro. No meu entendimento, ele poderia ser inscrito, mas eu precisava da confirmação e por isso liguei para lá. Não pode. Amanhã vão divulgar uma nota sobre o assunto - explicou, por telefone, Ildo Nejar, brasileiro que integra o conselho técnico da Conmebol.

Regulamento da Libertadores (Foto: Reprodução)Regulamento da Libertadores só fala que atleta não pode 'atuar' por mais de um clube (Foto: Reprodução)
 
Vice jurídico do Flamengo, Rafael de Piro informou que o clube, caso de fato venha a contratar Adriano, pode estudar uma estratégia para conseguir a inscrição do atacante.

- Se de fato houver interesse no jogador, aí é possível pensar numa medida, tentar recorrer e reverter esse quadro. Não sei se isso vai de alguma forma esmorecer o interesse do clube nele. Estamos falando em hipótese. Se isso vai acontecer amanhã (o anúncio da Conmebol), é uma informação relevante. A princípio não teríamos o Adriano para a Libertadores. Fizemos um estudo aprofundado do regulamento e entendemos que ele poderia jogar a partir da segunda fase, já que ele foi inscrito pelo Corinthians, mas não jogou e sequer foi relacionado. O regulamento fala em atuar. E isso ele não fez. Essa é a nossa interpretação - disse De Piro.

Especialista acredita que Adriano poderia ser inscrito

Na opinião do advogado Marcos Motta, especilista em casos de futebol na esfera mundial, o Flamengo teria condição de inscrever Adriano.

- O regulamento da competição segue o estatuto da Fifa, que visa à regularidade. Isso é feito para impedir que um jogador dispute a semifinal por um time e a final por outro. Analisei a documentação, as atas da Conmebol e, a não ser que haja uma interpretação absurda e alargada do termo atuar, que consta no regulamento, não há risco para que ele jogue por outra equipe. Agora, a penúltima palavra é do advogado e a última é do órgão competente. Se eles quiserem invalidar... Mas, do ponto de vista jurídico, não há impedimento - disse Motta, antes de saber que a Conmebol havia batido o martelo.

A entidade já invalidou um caso parecido em 2009. Inscrito pelo São Paulo, o lateral Joilson foi impedido de atuar pelo Grêmio, clube para o qual foi transferido na segunda fase da Libertadores. A diferença para o caso de Adriano é que Joilson havia sido relacionado para três jogos, tendo ficado no banco em um deles, contra o Independiente Medellín.


Flamengo cria departamento de futebol de areia


O Flamengo criou um departamento de futebol de areia, esporte comandando no clube pelo presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro. O clube agora tem uma arena para o esporte. O departamento fica sob o guarda-chuva do vice de Futebol, Paulo Cesar Coutinho, indicado ao posto por Ribeiro.





Pitbull na Itália: Genoa tem interesse em tirar Willians do Flamengo


Willians na entrevista (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com)
A Europa aproxima-se de Willians no segundo semestre. O Genoa, da Itália, tem uma oferta pronta pelo volante do Flamengo. O camisa 8 tem contrato como Rubro-Negro até 2015. Na temporada passada, Santos e Inter demonstraram interesse em contratá-lo, mas o Rubro-Negro o segurou e lhe deu um aumento. Entretanto, a história desta vez é diferente.

A negociação é conduzida pelo empresário Sérgio Dias e o jogador tem ciência. Ele demonstrou interesse em se transferir. Os valores ainda não são conhecidos.

Assim como Airton, Willians se recupera de lesão. O jogador sofreu um trauma grave no tornozelo direito há três semanas, no jogo contra o Boavista. Desde então, faz tratamento intensivo. Nesta quarta-feira, ele calçou chuteiras, foi para o campo e realizou um circuito físico. Segundo o departamento médico, o jogador será preparado para a partida do dia 25, contra o Volta Redonda.

O Flamengo é dono de 35% dos direitos econômicos do jogador. O empresário dele, Sérgio Dias, tem 10%. A maior parte pertence ao Santo André, clube que o revelou: 55%. Em 2011, o jogador, conhecido como Pitbull, foi afastado temporariamente por Vanderlei Luxemburgo depois de faltar a um treino na véspera do jogo contra o Grêmio.

A dupla de volantes titular deve deixar o clube no segundo semestre. Airton sofreu uma fratura no pé esquerdo e pode demorar até três meses para voltar aos campos. Ele está fora da fase de grupos da Libertadores e da Taça Rio. Como o contrato de empréstimo do jogador termina no dia 30 de junho, a tendência é que retorne ao Benfica, de Portugal.

O agente Sérgio Dias, o vice de finanças Michel Levy e o vice de futebol Paulo César Coutinho não foram encontrados para comentar a possível negociação.



Messi cita Deco e R10 como dois dos melhores parceiros de sua carreira



Ronaldinho Gaucho e Messi no Barcelona (Foto: Reuters) O atacante Lionel Messi é o grande nome do Barcelona há, pelo menos, quatro anos. Mas o craque argentino já teve os seus dias de coadjuvante de luxo, principalmente no início de sua carreira, quando atuou ao lado de Deco e Ronaldinho, que defendem respectivamente Fluminense e Flamengo. Em entrevista ao programa “Match of the Day Kickabout”, da rede inglesa “BBC”, o hermano elegeu os seus melhores companheiros. Ambos estão em uma pequena lista.

– É muito difícil escolher apenas um. Tive a sorte de jogar com Ronaldinho, Deco, Eto’o e atualmente com Xavi, Iniesta e Fàbregas – disse Messi.

Apesar de ser reconhecidamente o melhor, o camisa 10 mantém a humildade ao falar de outros colegas de profissão que atuam no Campeonato Inglês.

– Há vários jogadores de qualidade na Premier League, como o Kun Agüero, que é meu amigo. Gosto muito do jeito que ele joga. Rooney e Van Persie também estão jogando muito bem. São grandes atletas – afirmou.


INFO - participação MEssi gols barcelona (Foto: Agência Getty Images)






Adriano poderia jogar Liberta pelo Flamengo, diz dirigente


A possível contratação de Adriano pelo Flamengo, após a rescisão do contrato do atacante com o Corinthians, já movimenta o Rubro-Negro. Diante da controvérsia surgida quanto à possibilidade de o jogador disputar a Copa Santander Libertadores por outro clube que não o Timão, o advogado Andre Galdeano, supervisor jurídico do Fla, afirmou nesta quinta-feira que o Imperador estaria apto a defender o clube na competição continental. Mas, pregando cautela, revelou que o clube fará uma consulta à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para dirimir a dúvida.

- O atleta não atuou. Ou seja, apenas foi inscrito, mas não foi relacionado para nenhum jogo. Mas deve-se, a fim de evitar riscos, consultar a Conmebol - declarou Galdeano em seu Twitter, tomando por basse o artigo 10.10 do regulamento da competição.

Apesar de ainda não ter formalizado uma proposta para contratar o Imperador, especulações dão conta de que uma negociação entre o Flamengo e o jogador está em curso. A própria consulta à Conmebol, sobre a possibilidade de utilizá-lo na Libertadores, é um indício das tratativas. Uma das questões mais importantes seria definir em que competições Adriano estaria à disposição do Fla.

Para atuar no restante da Taça Rio e, eventualmente, nas finais do Carioca, Adriano teria que ser inscrito até o 'penúltimo dia útil que anteceder a 4ª rodada do 2º turno do campeonato'. Segundo o disposto no art. 9 do Regulamento do Campeonato Estadual deste ano, Adriano só poderia jogar o restante do Carioca se for inscrito até esta quinta-feira.

Diretoria do Fla enviou mais de 500 documentos ao Conselho Fiscal


A diretoria do Flamengo respondeu ao Conselho Deliberativo que já enviou mais de 500 documentos ao Conselho Fiscal sobre as contas de 2010. Na semana passada, o ex-presidente Delair Dumbrosck, pediu explicações sobre essas contas ao CD, o que poderia causar o impeachment da presidente Patricia Amorim.



Márcio Braga e Hélio Ferraz foram a lançamento de campanha do Fla


Os ex-presidentes do Flamengo Hélio Ferraz e Marcio Braga foram à festa de lançamento da campanha de Ronaldo Gomlevsky à presidência do Flamengo, na segunda. O conselheiro é o primeiro a se lançar ao pleito de dezembro. Gomlevsky acredita que perdeu a eleição de 2006 por ter demorado demais e se lançar.



Rubens Lopes deve se compor com Marin



O presidente da Ferj, Rubens Lopes Jr., decidiu adotar uma atitude legalista sobre em relação a José Maria Marin na presidência da CBF.

Disse a amigos que vai aceitar a posse de Marin e que vai acompanhar seu trabalho. Se sentir que Marin está privilegiando alguém – leia-se a federação paulista – voltará ao movimento rebelde e tentará convocar uma assembleia geral da CBF.


Com liberação do Flamengo, Alex Silva pode negociar com outro clube

 

alex silva  (Foto: André Durão/Globoesporte.com) Alex Silva está vinculado ao Flamengo até 2014, mas pelo menos até dezembro deste ano ele vai vestir outra camisa. Depois de assinar o termo de acordo para a retirada da ação que move contra o clube na Justiça do Trabalho, na terça-feira, o zagueiro teve a saída facilitada. Pirulito será emprestado até o fim da temporada a uma equipe brasileira. Ele está em São Paulo e aguarda a definição sobre o próximo destino.

- Deu tudo certo. Estou liberado para negociar. O Flamengo já me deu a carta de liberação. Vou treinar em São Paulo e ficar na cidade até acertar com algum clube.

O Flamengo vai liberar o jogador sem custos. O próximo clube terá de pagar o salário integral do defensor. Com a saída de Alex, o Rubro-Negro abre um espaço de R$ 300 mil na folha salarial. O Santos, comandado por Muricy Ramalho, com quem ele trabalhou no São Paulo, demonstrou forte interesse no jogador recentemente. Inter e Grêmio, agora comandado por Vanderlei Luxemburgo, também chegaram a procurá-lo.



Em entrevista, González ganha aula de expressões do futebol: ‘Catimba?’



Marcos González (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) Era para ser só uma entrevista coletiva, mas virou um tipo de aula sobre expressões comuns no futebol. O brasileiro naturalizado chileno Marcos González ainda tem um pouco de dificuldade com a língua portuguesa. Justifica-se. O zagueiro deixou o Rio de Janeiro quando ainda era um bebê. Ele já disse que pouco a pouco a comunicação com os companheiros de Flamengo começa a fluir, mas antes de ouvir a primeira pergunta nesta quarta-feira deu o recado aos jornalistas.

- Ainda prefiro falar espanhol.

González costuma dar respostas curtas, quase como uma medida de segurança. Ouve as questões com atenção e arrisca um portunhol carregado.

- Acredito que o trabalho que fiz no Flamengo antes de jogar a primeira partida, mais a partida que fiz pela seleção nos Estados Unidos (amistoso contra Gana) me ajudaram a ter mais ritmo – disse, ao comentar o bom desempenho apresentado nos três primeiros jogos pelo Rubro-Negro.

A primeira dúvida surgiu quando foi questionado sobre a parceria com David Braz.

- O que é entrosamento?

A resposta veio depois de uma breve explicação.

- Acredito que foi natural. Estamos jogando mais partidas juntos, estou me entendendo melhor com ele e com toda a equipe.

O jogador será novamente titular nesta quinta-feira, contra o Olimpia, pela terceira rodada do Grupo 2 da Libertadores. A partida será no Engenhão, às 22h (de Brasília). Com a experiência de 31 anos e a bagagem de jogos por competições sul-americanas, o melhor zagueiro das Américas na temporada passada dá segurança ao time.

- Tive a felicidade de ter jogado partidas de Libertadores e Sul-Americana anteriormente. Essa experiência ajuda bastante para disputar partidas tão importantes. O Olimpia tem uma história muito rica no futebol internacional, merece respeito. Vamos enfrentar o adversário com seriedade. Hoje em dia, todas as equipes merecem cautela, precaução. Nenhuma equipe que entra em campo deixa de brigar. O futebol paraguaio disputa muito a bola, as equipes são bem posicionadas defensivamente. Estamos trabalhando para superar isso.

O papo corria bem até chegar a hora de uma pergunta sobre a catimba que as equipes sul-americanas costumam fazer em jogos contra brasileiros fora de casa.

- O que é catimba? Fazem isso contra as equipes brasileiras? Não sei dizer porque no Chile isso não acontece. Os times que joguei não pensavam em... catinga (sic)? Catimba... não pensavam. Não sei outros times, mas isso não havia no Chile.

O chileno também falou sobre a relação com o técnico Joel Santana. Segundo ele, não há nenhum tipo de problema de comunicação.

- É algo mais coletivo que individual. É normal. Ele trabalha mais com o grupo.

Semelhanças com Fábio Luciano

Fabio Luciano, ex-zagueiro do Flamengo (Foto: Rafael Cavalieri / Globoesporte.com)
Durante a semana, González foi elogiado por um ex-xerife da zaga rubro-negra. Fábio Luciano, que defendeu o Flamengo por duas temporadas e conquistou o Carioca em 2008 e 2009, assistiu a um dos três jogos que o brasileiro naturalizado chileno disputou. E gostou do que viu. Em campo, enxergou semelhanças no estilo de jogo e na aparência. Assim como ele, González compensa a falta de velocidade e de explosão com bom posicionamento e precisão nos desarmes.

- Assisti apenas ao Fla-Flu. Com um jogo, é complicado falar, mas já vi que ele se posiciona muito bem e é muito experiente. Além disso, mostrou qualidade na saída de bola. E fisicamente até parece, não é? Torço para que ele encaixe. Vai ser muito bom para o Flamengo.

González também já ouviu falar sobre o ex-capitão.

- Já me falaram dele. Ainda não vi nada dele , mas me falaram que eu jogo de um jeito parecido com o dele.

Pelo bom começo, o chileno tem boas chances de conquistar o mesmo carinho que os rubro-negros dão a Fábio Luciano.