Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 21 de abril de 2012

Flamengo x vasco: quase 12 mil ingressos vendidos para a semifinal

Ao final deste sábado, quarto dia de venda de ingressos para a semifinal da Taça Rio, entre Flamengo e vasco, já foram comercializados 11.935 bilhetes no total. O clássico será no domingo, às 16h (de Brasília), no Engenhão. A venda continua em todos os postos de venda e pelo site www.ingressofacil.com.br até as 13h deste domingo, exceto no estádio do Engenhão, onde a venda permanece até o término do primeiro tempo da partida

Cada torcedor só poderá comprar até três ingressos (uma meia-entrada, mediante apresentação do documento, e duas inteiras).


Preços:
Setor Sul: R$ 30 (R$ 15 meia) - torcida do Flamengo
Setor Leste Superior: R$ 40 (R$ 20 meia) - torcida do Flamengo
Setor Leste Inferior: R$ 60 (R$ 30 meia) - torcida do Flamengo

Setor Norte: R$ 30 (R$ 15,00 meia) - torcida do vasco
Setor Oeste Superior: R$ 40 (R$ 20) meia - torcida do vasco
Setor Oeste Inferior: R$ 60 (R$ 30) - torcida do vasco


Postos de venda:
 - Bilheterias do Engenhão – Sul (Flamengo)
- Av. Borges de Medeiros, 997 - Gávea (somente para sócios do Flamengo)
- Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora, s/nº)
- Av. Teixeira de Castro, 54 - Bonsucesso
- Bilheterias do São Cristóvão F.R
- Bilheterias do Estádio Guilherme da Silveira (Moça Bonita)
- Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
- Shopping Popular - Rua São João, nº. 75 – Niterói
- FlaShop Centro – Rua da Quitanda 87 (somente ingressos inteiros)
- Social Clube – Rua Juiz Moacyr Marques Morada, 106 - São João de Meriti.
- www.ingressofacil.com.br


Ronaldinho treina faltas e tem aproveitamento razoável

Ronaldinho Gaúcho reservou a parte final do treino do Flamengo na manhã deste sábado para treinar cobranças de falta. Depois do recreativo realizado no Ninho do Urubu, o camisa 10 praticou com os goleiros reservas César e Marcelo Carné. O aproveitamento foi razoável. De 18 tentativas, metade foi na direção do gol ou na trave. A bola entrou quatro vezes, os goleiros também defenderam quatro, e o atacante acertou a trave uma vez. Oito chutes foram para fora e um parou na barreira.

Outros jogadores também treinaram: Renato, Darío Bottinelli e Kleberson. O primeiro chamou a atenção pela precisão nos chutes à meia altura, no canto do goleiro. Geralmente, Renato bate com força, de longe, mas neste sábado trabalhou nas cobranças colocadas. Kleberson e Botti também foram eficientes.

Ronaldinho gaúcho flamengo treino de falta (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
De 18 chutes, metade vai na direção do gol ou na trave (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
 
O argentino, aliás, ganhou o apoio dos torcedores no jogo contra o Lanús, pela Libertadores, na semana passada. Em alguns momentos do jogo, Ronaldinho se posicionava para as cobranças, mas os rubro-negros pediam pelo meia. Isso também já aconteceu com Renato.

O último gol de falta de Ronaldinho pelo Flameng foi em 21 de agosto de 2011, no empate por 2 a 2 com o Inter, pelo Brasileirão. Da lá para cá, não faltaram oportundidades para o camisa 10, mas faltou acertar a pontaria.

Com portões fechados, grupo treina pênaltis

Em caso de empate no tempo normal, Flamengo e Vasco vão disputar a vaga na semifinal da Taça Rio nos pênaltis. Neste sábado, Joel só liberou a entrada da imprensa 55 minutos depois do horário marcado para o início do treino. O grupo praticou pênaltis neste período. As equipes vão se enfrentar no Engenhão, às 16h (de Brasília).



Léo Moura dá as boas-vindas ao lateral Wellington, ex-Resende


Wellington Resende (Foto: Divulgação/ Site oficial) O Flamengo acertou, na última quarta-feira, a contratação do lateral-direito Wellington, que atuou no Campeonato Carioca pelo Resende. O jogador chega para compor o elenco na disputa do Campeonato Brasilleiro. E antes de pisar no Ninho do Urubu, já recebeu o afago de dois dos principais jogadores rubro-negros.

O principal é de Léo Moura, o titular da posição, que fez questão de dar as boas-vindas.

- Espero que venha para ajudar nesta caminhada. Vamos recebê-lo de braços abertos - afirmou o  camisa 2, titular absoluto da posição.

Outro que já mandou recado para Wellington foi Vagner Love.

- Se está vindo para o Flamengo é porque tem qualidade. Espero que possamos ajudá-lo. Qualquer jogador que tem qualidade e chega aqui nós vamos receber de braços abertos.

Vagner Love ataca de fotógrafo em treino do Flamengo

O Flamengo realizou, na manhã deste sábado, o último treino antes da semifinal da Taça Rio, contra o vasco. Fora a tradicional atividade de véspera de jogo, uma cena chamou atenção antes de a bola rolar no Ninho do Urubu. Vagner Love resolveu atacar de fotógrafo e fez alguns cliques com a máquina do profissional que acompanha o time, Alexandre Vidal. Para ficar bem na fita, o Artilheiro do Amor ainda pediu dicas e trocou ideias com o fotógrafo.

Vagner Love Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem) 
Vagner Love testa a máquina do fotógrafo do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem)
 
 
 
 

Assis notifica o Flamengo por salários atrasados de Ronaldinho


Assis no Flamengo (Foto: Richard Fausto de Souza / Globoesporte.com) O departamento jurídico do Flamengo recebeu na semana passada uma notificação de Roberto Assis. No documento, o irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho cobra do clube o pagamento de salários atrasados do camisa 10, entre eles o 13º do ano passado. A dívida é de pelo menos R$ 2,5 milhões.

- Ele pediu ao clube que regularizasse alguns pagamentos que considera pendentes, entre eles o 13º salário do ano passado. Não demos resposta nenhuma, mas procuramos sempre o diálogo. Nos reunimos internamente e estamos tentando encontrar a solução para resolver – disse o vice jurídico do clube, Rafael de Piro.

Como foi acordado há tempos no Rubro-Negro, os vencimentos são quitados no dia 25 de cada mês. Em 28 de fevereiro, os atletas receberam o salário referente ao mês de janeiro, inclusive Ronaldinho. O pagamento do mês de fevereiro deveria ter sido feito em 25 de março, mas o dinheiro só caiu na conta dos jogadores em 4 de abril, dia do jogo contra o Emelec, no Equador, pela Libertadores. R10, no entanto, não recebeu.

Não é a primeira vez que Ronaldinho fica sem salário. No ano passado, por conta da crise na parceria entre Flamengo e Traffic, foram cinco meses sem ver a cor do dinheiro. A relação entre o clube e a empresa de marketing esportivo foi encerrada, e o Rubro-Negro se comprometeu a assumir o valor integral: R$ 1,25 milhão. Antes, a maior parte, R$ 750 mil, era de responsabilidade de Traffic. A quantia deveria ser depositada no dia 5 de cada mês.

Em 9 de fevereiro, R10 recebeu do clube R$ 3,75 milhões, valor referente à dívida que caberia à Traffic. O Rubro-Negro, que assinou um novo contrato de imagem com o jogador, conseguiu a verba graças ao acordo judicial firmado com a Cosan. O sexto mês devido, segundo acordo entre clube e jogador, seria pago até o dia 25 de fevereiro. O GLOBOESPORTE.COM não conseguiu contato com o vice de finanças Michel Levy para confirmar se o pagamento foi feito. Ou seja, a dívida atual pode chegar a R$ 3,25 milhões.

A reportagem também não conseguiu contato com Roberto Assis para comentar o assunto. Ronaldinho está concentrado com a delegação rubro-negra para o clássico contra o Vasco, neste domingo, na semifinal da Taça Rio. A partida será no Engenhão, às 16h (de Brasília).

Antes da semi, Fla tem rachão com árbitro polêmico e gol de ‘Tufão’


Um Flamengo de sorriso aberto. Foi assim no último treino antes da semifinal da Taça Rio. Neste domingo, o Rubro-Negro enfrenta o vasco, no Engenhão, às 16h (de Brasília). Apesar da pressão que ainda ronda o clube por conta da eliminação precoce na Libertadores, na manhã deste sábado o grupo disputou um recreativo marcado por brincadeiras e descontração.

A equipe liderada por Ronaldinho Gaúcho venceu com gol de Tufão. Lucas foi apelidado com o nome do personagem da novela “Avenida Brasil”, da Rede Globo, interpretado por Murilo Benício, que é um jogador de futebol. Na comemoração, todos da equipe de R10 se jogaram sobre o garoto. Diego Assis, sobrinho de Ronaldinho e filho de Assis, assistiu ao treino. Ele treina na base do clube.

Treino Flamengo (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
Time de Ronaldinho vence rachão e posa para a tradicional foto (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
No clássico, arbitragem de Marcelo de Lima Henrique será vigiada por conta das polêmicas que cercaram a última partida entre as equipes. No recreativo, o juiz foi um dos auxiliares de Joel Santana. Marcelo Salles, o Fera, teve decisões contestadas e foi alvo de muitos protestos.
- O Fera é muito fraco - brincou Léo Moura, ainda no gramado.


Marcelo Salles treino Flamengo (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
À beira do campo principal do CT, a presidente Patricia Amorim assistiu ao treino. O vice de futebol Paulo César Coutinho, também. Após o término do rachão, Ronaldinho cumprimentou a presidente. De Joel, a mandatária recebeu um longo e caloroso abraço. Eles conversaram por alguns minutos.
O treinador, no entanto, não vive situação confortável. Patricia não garante a permanência dele em caso de um novo fracasso, desta vez pelo Campeonato Carioca. Na entrevista coletiva que concendeu na sexta-feira, o técnico mostrou-se chateado e falou aos jornalistas com expressão fechada, de mau humor.

Joel Santana não divulgou a escalação da equipe. Sem Willians, machucado, Rômulo deve ganhar uma chance no meio-campo. A provável formação: Felipe, Léo Moura, Marcos González, Welinton e Junior Cesar; Rômulo, Luiz Antonio, Kleberson e Ronaldinho; Deivid e Vagner Love.

Diego Assis Lorran treino Flamengo (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
Diego Assis assiste ao treino dos profissionais ao lado de Lorran (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

O vencedor do confronto entre Flamengo e vasco vai enfrentar Botafogo ou Bangu, que disputam a primeira vaga neste sábado.



Flamengo tem proposta para jogar amistosos na China



O Flamengo ganhou opção para melhorar as suas finanças. Segundo ao jornal "O Globo", os chineses da cidade de Dailan fizeram uma proposta de 2 milhões de dólares (cerca de R$ 3,76 milhões) por dois amistosos na cidade. A oferta não condiciona a participação de Ronaldinho nos jogos, mas exige que o time seja o titular.

A prefeitura espera aproveitar a ida do Rubro-Negro a Dailan para fechar uma parceria com o clube até 2014.

Por outro lado, o Flamengo também negocia com a empresa IMX, de Eike Batista, uma parceria para administrar o Maracanã. Sem concorrentes, as conversas estão avançadas.


vasco Rebaixado Melhores Momentos - Narração Engraçada

vasco da gama - O náufrago

De 1500 até hoje: fim do vasco da escravidão e do preconceito!!!


Fim para essa raça maldita que desde 1500 faz o que quer no Brasil.

Roubaram todas as nossas riquezas exploraram nosso povo e de nada adiantou... Portugal está na merda.

Chega de Euricos, Dinamites e etc.. açoitando o futebol.

Essa raça maldita agrediu o árbitro, desacatou os  policiais e fez ofensas públicas graves ao meio futebolístico... Tudo isso, porque não aguenta a sina de sempre ser vice do Mengão.

Que seja feita justiça e esses marginais sejam indiciados e cumpram suas penas na cadeia. Esse episódio não pode ficar impune. Cadê a justiça?

Será que os promotores, juízes, desembargadores e policiais são vascaínos? Punição severa para esses malditos.

A única forma de serem noticiados é pagando certos "jornalistas", corruptos e mal intencionados para distorcer as notícias e propagar mentiras sobre esse clube desgraçado.

Chegou o momento do FIM desse raça maldita!


Patricia Amorim não garante permanência de Joel Santana


Em entrevista ao “O Globo”, a presidente Patricia Amorim deixou claro que a permanência de Joel Santana no cargo não está garantida. Por ora, a mandatária prefere recorrer a respostas evasivas, mas não deu uma declaração capaz de convencer que o treinador ficará no clube em caso de mais uma eliminação no primeiro semestre.

– Um dia de cada vez, senão você nem acorda – disse a presidente Patricia Amorim.

Se o time for derrotado pelo vasco no clássico de amanhã, a diretoria terá problemas caso tome a decisão de demitir o treinador. Decidindo pela rescisão unilateral, o Flamengo teria que indenizar Joel Santana com o restante dos salários até o fim de seu contrato, que vai até dezembro. Ou seja, cerca de R$ 3 milhões.

Isso dificulta o processo, uma vez que o clube ainda não acertou com o ex-treinador Vanderlei Luxemburgo sobre a multa pela rescisão.

– Por que ele não continuaria? O Joel tem um contrato a cumprir. Nós não trabalhamos pensando que não vai dar certo. Ele está trabalhando e indo muito bem – disse a presidente Patricia Amorim, em entrevista ao SporTV.


sexta-feira, 20 de abril de 2012

A volta do Imperador: fisioterapeuta do Flamengo já trabalha com Adriano


cicatriz Adriano (Foto: Divulgação)Adriano fez nesta sexta-feira sua primeira sessão de fisioterapia, conduzida por Fabiano Bastos, funcionário do Flamengo, no tratamento de recuperação da lesão no tendão de Aquiles do pé esquerdo. O jogador foi submetido a uma cirurgia no local no dia 13, liderada pelo médico José Luiz Runco.

Quarta-feira, o curativo no local da cirurgia foi trocado pela primeira vez por Runco, que é chefe do departamento médico do Flamengo. Adriano precisará ficar seis semanas sem apoiar o pé no chão para que a recuperação seja bem feita.

Essa foi a segunda cirurgia realizada no local. A primeira aconteceu há um ano, quando Adriano defendia o Corinthians. O clube paulista alegou que o jogador faltou a 67 sessões de fisioterapia e por isso sua recuperação não foi adequada. Depois disso, ele acabou demitido por justa causa.

A previsão para Adriano voltar a jogar futebol é de, no mínimo, três meses depois da cirurgia. Segundo Runco, a recuperação do jogador neste início está dentro da programação. A fisioterapia deve acontecer de segunda-feira a sábado, com duas horas por sessão diária.




Para Joel, polêmicas do clássico com o vasco ficaram no passado


joel santana flamengo treino (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
As polêmicas que aconteceram nos últimos encontros entre Flamengo e vasco não preocupam o técnico Joel Santana. Acostumado aos confrontos entre os dois clubes, ele não acredita na influência de fatos passados no confronto de domingo, às 16h (de Brasília), no Engenhão, que definirá o classificado para a final da Taça Rio.

No último clássico, os jogadores do vasco perderam a cabeça com o árbitro Wagner dos Santos Rosa e, por pouco, não o agrediram. Cinco deles foram julgados nesta semana, quatro receberam punições, mas todos estarão em campo no domingo.

- O nosso time é maduro, do Felipe ao Ronaldinho Gaúcho. Não vai haver interferência. É uma briga de cachorro grande. Meus jogadores têm muita confiança no que estão fazendo neste momento. A esperança é de fazer uma boa partida, mas o destino é fogo. Vê o Barcelona. Pegou o Chelsea, perdeu uns oito gols e o jogo. Mas jogou mal? - questionou Joel.

Numa comparação entre os candidatos ao título carioca, o técnico do Flamengo vê um equilíbrio entre os rivais. Até mesmo para o Campeonato Brasileiro, ele acredita na boa preparação dos grandes do Rio para a disputa da competição.

- As equipes estão muito equilíbradas. Os grandes estão bem e o Bangu fez um excelente segundo turno (se classificou para a semifinal da Taça Rio). Todos têm chances iguais. Às vezes, você desliza numa competição e na frent recupera o espaço. Há pouca coisa para mudar nos clubes para o Brasileiro. É errar muito pouco - comentou Joel.



Flamengo enfrenta Suzano de olho nos playoffs



Como parte da preparação para as quartas-de-final do NBB, o Flamengo disputa dois amistosos contra o Suzano, em Suzano (SP). O primeiro deles será nesse domingo (22.04), às 18h. No dia seguinte, as duas equipes voltam a se enfrentar às 20h. O rubro-negro terá a volta do capitão Marcelinho, recuperado de uma fratura no dedo médio da mão esquerda.

Quatro colocado na fase classificatória, com a mesma campanha de Pinheiros e Brasília (segundo e terceiro colocados, respectivamente), o Flamengo passou direto para as quartas-de-final. Seu adversário, no entanto, só será conhecido depois da disputa das oitavas, entre os times classificados de quinto a 12º lugar. O primeiro jogo do Rubro-negro será dia 28.04.

"Os amistosos serão bons para dar ritmo, já que o tempo que a equipe vai ficar parada, do último jogo da fase classificatória até o primeiro jogo dos playoffs, é muito longo", explicou o técnico Gonzalo Garcia.

Para Marcelinho, os confrontos também serão importantes. O jogador ficou três semanas longe das quadras para se recuperar da fratura no dedo e desfalcou o Flamengo nos últimos quatro jogos da fase classificatória.

"Procuro sempre olhar as coisas pelo lado bom. Se era para eu quebrar o dedo, pelo menos aconteceu antes dos playoffs. Voltei a treinar no início da semana, estou me sentindo bem e espero poder ajudar o Flamengo daqui para frente", Marcelinho.


Ala Guto é operado

O ala Guto foi submetido, nessa sexta-feira (20.04), a uma cirurgia por causa de uma hérnia de disco na lombar. O jogador passa bem. Ainda não há previsão de quando ele poderá voltar a jogar.

Flamengo pronto para o Maria Lenk de Natação


Foto: Leandra Benjamin
Vai começar o grande desafio da natação rubro-negra na temporada 2012. Entre os dias 24 e 28 de abril será realizada a 52ª edição do Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu Maria Lenk, com a participação dos principais nadadores brasileiros. A competição, que será disputada no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, vale como uma das seletivas para os Jogos de Londres. A última chance para os brasileiros conseguirem o índice será a Seletiva Olímpica, nos dias 9 a 12 de maio, no mesmo local. Diferentemente das últimas edições, a competição traz de volta as finais disputadas à noite. As eliminatórias serão realizadas a partir das 9h30, com as finais, às 19h.

Entre os atletas já confirmados está o campeão olímpico e mundial Cesar Cielo. Detentor dos principais títulos brasileiros, Cielo encara o Maria Lenk como treino de luxo e pretende alcançar os melhores tempos do mundo. Além de Cesar Cielo, o Rubro-Negro será representado, também, por Nicholas Santos, Leonardo de Deus, Joanna Maranhão, Daynara de Paula, Henrique Barbosa, Tales Cerdeira, André Schultz, João de Lucca, Etiene Medeiros, entre outros. 

Mais uma vez, o Flamengo terá o reforço da espanhola Miréia Belmonte, campeã mundial nos 200m borboleta, 200m e 400m medley, em piscina curta. O time masculino também contará com uma ajuda extra para essa edição do Maria Lenk. Em parceria com o Comitê Olímpico Americano, o Flamengo poderá contar com a garra do norte-americano Eugene Daisuhe Godsoe, que será esperança de medalha nas provas de 50m costas, 100m borboleta, 100m livre e 100m costas.

"O nosso principal objetivo é continuar entre os três primeiros no pódio e, quem sabe, o primeiro lugar. A equipe está bem focada e teremos dois reforços. A Mireia já fez excelentes tempos esse ano, mas não estará na melhor de sua forma, porque está visando às Olimpíadas. Já o Eugene veio mesmo para compor a equipe. A contratação de reforços dos outros clubes só fez motivar ainda mais o nosso grupo. A vinda do Frederick Bousquet, pelo Pinheiros, foi estratégica para competir com o Cielo, o que acabou sendo bom, pois não deixa de ser um estímulo a mais", disse a vice-presidente de Esportes Olímpicos do Flamengo, Cristina Callou.

Confira a programação completa do Troféu Maria Lenk 2012:

Dia 24.04 – terça-feira
8h: Aquecimento
9h30: Eliminatórias da 1ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 200m livre; 50m costas e 200m peito. Prova feminina de 1500m livre (série fraca).
17h: Aquecimento
18h30: Solenidade inaugural
19h: Finais da 1ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 200m livre; 50m costas e 200m peito. Prova feminina de 1500m livre (série forte).

Dia 25.04 – quarta-feira
8h: Aquecimento
9h30: Eliminatórias da 2ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 200m medley, 50m livre, 100m borboleta, 4x200m livre. Prova masculina de 1500m livre (série fraca).
17h30: Aquecimento
19h: Finais da 2ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 200m medley, 50m livre, 100m borboleta, 4x200m livre. Prova masculina de 1500m livre (série forte).

Dia 26.04 – quinta-feira
8h: Aquecimento
9h30: Eliminatórias da 3ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 200m costas, 50m borboleta, 100m peito e 4x100m livre. Prova feminina de 800m livre (série fraca).
17h30: Aquecimento
19h – Finais da 3ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 200m costas, 50m borboleta, 100m peito e 4x100m livre. Prova feminina de 800m livre (série forte).

Dia 27.04 – sexta-feira
8h: Aquecimento
9h30: Eliminatórias da 4ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 400m medley, 100m livre, 50m peito, 800m e 4x50m livre. Prova masculina de 800m livre (série fraca).
17h30: Aquecimento
19h: Finais da 4ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 400m medley, 100m livre, 50m peito, 800m e 4x50m livre. Prova masculina de 800m livre (série forte).

Dia 28.04 – sábado
8h: Aquecimento
9h30: Eliminatórias da 5ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 200m borboleta, 100m costas, 400m livre e 4x100m medley.
17h30: Aquecimento
19h: Finais da 5ª Etapa – Provas femininas e masculinas de 200m borboleta, 100m costas, 400m livre e 4x100m medley.

Willians ainda não tem previsão para voltar a defender o Flamengo


Willians flamengo  (Foto: Fábio Castro / Agência Estado) Fora da semifinal da Taça Rio, o volante Willians, do Flamengo, ainda não sabe quando poderá defender o Flamengo novamente. Com um estiramento grau dois na coxa esquerda, sua recuperação não é garantida para o próximo jogo, caso o time se classifique para a final da competição, onde enfrentaria Botafogo ou Bangu.

Ele se machucou na vitória por 3 a 0 sobre o Lanús, dia 12, e não enfrentou o Americano na semana passada. Ainda não há previsão de recuperação, segundo o médico Márcio Tanure, e sua situação será tratada diariamente.

Nesta temporada, Willians já sofreu outra lesão importante. No confronto com o Boavista, na primeira rodada da Taça Rio, levou um pisão no tornozelo direito e houve preocupação com a possibilidade de uma fratura, descartada em seguida.

A posição de volante é uma das preocupações do técnico Joel Santana, que deve efetivar Rômulo como titular da posição no clássico com o Vasco, domingo, às 16h (de Brasília), no Engenhão, pela semifinal da Taça Rio. Além de Willians, o comandante não pode contar com Aírton e Maldonado, também machucados.

Willians despertou o interesse do Udinese-ITA. Segundo o empresário Sérgio Dias, houve uma procura há dois meses, mas não existe proposta oficial. O jogador tem contrato com o Flamengo até janeiro de 2015.




Patrícia Amorim admite dúvida sobre contratação de Adriano: 'É um dilema'


Desde que Adriano deixou o Corinthians, demitido por justa causa em 12 de março, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, convive com os pedidos de muitos torcedores para que o atacante volte ao Rubro-Negro. Com o jogador iniciando processo de recuperação após operar novamente o tendão de Aquiles do pé esquerdo, a dirigente deixa claro que a contratação do jogador está longe de ser um consenso dentro do clube. Chega a ser um "dilema".

- Algumas vezes, a gente tem a ansiedade de antecipar algum movimento. E quando a gente tem alguma dúvida, é melhor não tomar nenhuma decisão. É lógico que eu como presidente fico em dúvida o tempo todo, o conselho diretor fica em dúvida. O que o coração como torcedora acha e o que a administradora, gestora (acha) que é mais interessante para o clube fazer. É um dilema. Mas como o tempo as coisas vão se resolvendo - afirmou Patrícia em entrevista nesta sexta-feira ao "Arena SporTV".

Questionada se acredita na recuperação médica e de comportamento de Adriano, a presidente do Flamengo foi cautelosa.

- A minha convivência com ele foi pequena, mas a escolha é dele. Por que não? Não sei. A gente estendeu a mão. A contratação não passa só por uma vontade. Passa por uma decisão técnica, se agrada ao treinador. É um fórum. A gente pensa com carinho, porque o torcedor quer. Mas o clube pensa na sua responsabilidade. E no momento certo, vai fazer a sua opção. Não é o momento agora - afirmou.

A dirigente reconheceu que grande parte da torcida do Flamengo "é apaixonada por Adriano". Mas ressaltou que existem vários aspectos que o clube precisa levar em conta antes de tomar uma decisão sobre o atacante.

- O Flamengo só pode contratar um jogador em cima de uma situação financeira e administrativa. Nesse momento, nosso exercício é diminuir um pouco a nossa folha (salarial). Emprestar alguns jogadores ou rescindir (alguns contratos). E há a (situação) médica também. Se o Adriano se recuperar, e o médico achar que ele tem condição, vamos para a parte administrativa. Temos que aguardar. O que o Flamengo fez com muita propriedade, e devia isso a um ídolo do Flamengo como é o Adriano, foi estender a mão ao ser humano. Mas a contratação é um outro momento - acrescentou.

Patrícia Amorim admitiu a possibilidade de assinar um contrato de risco com o atacante.

- Talvez seja até saudável. Porque como se tem muitas dúvidas e a coisa é muito dividida, temos que tentar ao longo do tempo ir avaliando. Não tenho uma resposta agora. Tem muito coisa a ser avaliada.



Fla volta a se concentrar dois dias antes de um clássico com o vasco



Coletiva Joel Santana (Foto: Thales Soares / Globoesporte.com) O Flamengo vai repetir a fórmula do último clássico com o vasco para tentar conseguir a classificação para a final da Taça Rio e se manter na briga pelo título do Campeonato Carioca. A concentração dos jogadores está marcada para a noite desta sexta-feira, dois dias antes do confronto com o rival, marcado para domingo, às 16h (de Brasília), no Engenhão.

A estratégia também aconteceu no confronto válido pela penúltima rodada da Taça Rio. O Flamengo venceu por 2 a 1, com gols de Deivid e Ronaldinho Gaúcho, em um resultado que garantiu a classificação para a semifinal da competição. Diego Souza fez o gol do vasco na ocasião.

O técnico Joel Santana tem o costume de realizar concentrações antecipadas para clássicos e decisões. Antes do último confronto com o vasco, realizado no dia 7 de abril (sábado), os jogadores chegaram a questionar o fato, já que a delegação havia acabado de chegar ao Rio depois da desgastante viagem de ida e volta de Guayaquil, onde havia perdido por 3 a 2 para o Emelec-EQU. O motim acabou não se confirmando.

No momento, Joel passa por um momento de pressão no cargo. A presidente Patrícia Amorim já falou mais de uma vez que sua permanência depende da conquista do Campeonato Carioca. Nesta sexta-feira, o treinador mostrou um mau humor incomum durante o treinamento no Ninho do Urubu.

Quem vencer o confronto entre Flamengo e vasco decidirá a Taça Rio com o classificado no jogo entre Botafogo e Bangu, sábado, no Engenhão. Campeão da Taça Guanabara, o Fluminense aguarda a definição do adversário pela disputa do título carioca.




R10 recebe visita de sobrevivente do massacre de Realengo

 
Ronaldinho Gaúcho recebeu uma visita pouco usual nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Baleada no episódio que ficou conhecido como "massacre de Realengo" (um torcedor do vasco, armado, invadiu um colégio situado no bairro da Zona Oeste do Rio e fez diversos disparos, matando 12 alunos, em abril de 2011), a adolescente Tayane foi até o CT para encontrar R10.


Ronaldinho Gaúcho e Tayane, vítima do massacre na Escola Tássio da Silveira (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
Ronaldinho Gaúcho posa para foto junto a Tayane no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
 
Há pouco mais de um ano, Ronaldinho foi ao hospital e encontrou alunos que sobreviveram ao ataque. Na ocasião, o craque esteve com Tayane, que já se dizia flamenguista fervorosa.



Léo Moura cheio de moral com o treinador




Considerado um dos grandes líderes do elenco do Flamengo, o lateral-direito Léo Moura é muito querido por seus companheiros, pela diretoria, pela comissão técnica e por toda a Nação Rubro-negra. Carismático, ele chama atenção por combinar talento com raça. Nesta temporada, Léo segue sendo uma peça fundamental para o time e tem se destacado com grandes atuações.

Perguntado sobre a importância do camisa 2 para a equipe, o técnico Joel Santana não poupou elogios ao jogador, tanto pela competência como pela humildade.

"É um jogador experiente. Já nos conhecemos há tempos. Ele está entre os cinco melhores laterais do país e já vem mantendo esta condição há muito tempo. Tem equilíbrio nas atuações. Teve uma contusão séria na Libertadores, quando precisávamos dele. É a mesma pessoa desde sempre. Um jogador que me sinto orgulhoso de trabalhar. Nunca teve um deslize, sempre se manteve da mesma forma", comentou.

Neste domingo (22.04), às 16h, no Engenhão, Léo Moura poderá mais uma vez desfilar o seu talento em campo no clássico com o vasco, pela semifinal da Taça Rio.







Pesquisa da Ferj sobre Campeonato Carioca fica pronta



A Labpop entregou à Ferj o resultado da pesquisa sobre a queda de público no Campeonato Carioca. Os torcedores apontaram o preço dos ingressos e a violência das torcida de vasco e Botafogo, como maiores motivos para não frequentar os estádios. A Ferj deve usar a pesquisa para mudar pontos do Estadual já no próximo ano.





Adriano diz que foi humilhado pela diretoria do Corinthians


Longe dos campos, Adriano  fala com exclusividade ao Fantástico e conta detalhes sobre a polêmica saída do Corinthians.


A entrevista completa você vê domingo, no Fantástico!
 
Ele fala que se sentiu humilhado pela diretoria, isolado pelo técnico Tite.

"Foi uma falta de consideração muito grande. Fiquei muito chateado com a diretoria do Cortinhians", ele diz.

"Aconteceram coisas lá dentro que não foram corretas", diz o jogador que pretende dar a volta por cima.




Flamengo tem 47% da torcida no Rio; vasco é vice

A Pesquisa da Vez: Estado do Rio de Janeiro

 

 Detalhamento da pesquisa:

 

Localidade: Rio de Janeiro (capital e estado)
Instituto: GPP
Amostra: 2.000 entrevistas, entre 31 de julho e 01 de agosto de 2010;
Margem de erro: 2,2 p.p

Rio de Janeiro. Capital do segundo estado mais rico do país – e o terceiro mais populoso, apesar da limitada extensão territorial. No futebol, única cidade brasileira a sediar quatro grandes clubes. E uma profusão de pequenos, tendo como paralelo apenas a argentina Buenos Aires. Foi no lar de Flamengo, vasco, Fluminense e Botafogo que o Instituto GPP desembarcou em 2010. A seguir, uma das mais importantes pesquisas já publicadas no Blog Teoria dos Jogos: Rio de Janeiro, estado e capital.

O peso de cada região se baseou no contingente eleitoral, subdividindo o Rio de Janeiro em cinco regiões, expostas a seguir:


Sendo assim, cidades depois da Ponte (como Niterói, já analisada pelo mesmo instituto, e São Gonçalo) foram desmembradas da Baixada Fluminense. Já regiões importantes do interior foram aglutinadas. Volta Redonda e Resende (Sul Fluminense) entraram com Petrópolis e Teresópolis (Serrana). Campos e Macaé (Norte) se uniram a Cabo Frio e à Região dos Lagos.


Os números do estado como um todo variam pouco com relação a Niterói. O Flamengo é líder disparado, com 47,9% das preferências. Seguem vasco (15,7%), Fluminense (12,8%) e Botafogo (9,6%). Não há empate técnico entre nenhum dos envolvidos. Assim, pode-se afirmar que esta é a ordem de grandeza do quarteto carioca.

Já na cidade do Rio de Janeiro o vasco cresce, reforçando a impressão de ter uma torcida muito superior a tricolores e botafoguenses – o que costuma se refletir nas arquibancadas dos clássicos. O clube do galinheiro de São Januário atinge 19,8% – dobro do que o Botafogo detem (9,7%). A explicação reside na histórica ligação da antiga capital do império português e os lusitanos, fundadores do clube. Trata-se de uma relação que não existe no interior. No mais, o Flu marca 13,5%, enquanto o Fla cai um pouco, para 45,6%.

Na medida em que se interioriza, vasco, Flu e Bota diminuem e o Flamengo aumenta sua força. Este processo começa na região metropolitana – onde, curiosamente, está o maior percentual “sem clube” (16,4%). Chegando ao interior, o Fla atinge nada menos que 50,5% dos torcedores. É o equivalente à soma dos rivais acrescidos de 40%.

De volta à capital, por regiões da cidade:


A menor supremacia do Flamengo se dá na região litorânea (Zona Sul). Por lá, o rubro-negro crava “apenas” 34,5%, verificando forte aproximação do Fluminense, segundo colocado (24,5%). Ainda que se saia mal em uma das regiões mais ricas da cidade, o clube da Gávea cresce com consistência a partir de então, atingindo o ápice de 60,8% na Zona Oeste – região da emergente Barra da Tijuca. O Flu segue caminho oposto. Na Zona Oeste, míseros 5,4% – bem menos que o Botafogo (8,7%) e vasco (12,7%). O clube da Estrela Solitária tem seu reduto na região central do Rio (15,8%). Clube de massa, o Vasco tem maior torcida na Periferia Norte (27,7%).
Desmembrando o estado:


Acima, vimos que o Flamengo cresce à medida com que se caminha para o interior. Agora, podemos mensurar um pouco melhor este processo: sua intensidade é ainda maior no Interior II – Norte e Região dos Lagos. Por lá, nada menos que 52,5% das pessoas são flamenguistas – mais até que na Baixada Fluminense (49,2%).

Outra constatação importante: tanto no Norte/Lagos quanto em Niterói/São Gonçalo a torcida do Fluminense é maior que a do vasco. Tratam-se das torcidas que mais variam, disputando o segundo posto cabeça-a-cabeça. Botafoguenses tem perfil estável, acomodados entre 8% e 10% em todas as regiões.

A famosa blindagem do estado do Rio – onde praticamente não há forasteiros – é diminuída no Interior I, onde se encontra o Sul Fluminense. Esta é a região que faz divisa com São Paulo – além de terra natal do Resende e do Volta Redonda. Por isto, 2,9% dos entrevistados torcem por “outros clubes” – percentual que seria ainda maior caso se desmembrasse o Sul da Serra de Petrópolis.

Por critérios de sexo, faixa etária e grau de instrução:



Por idade, percebe-se que a virada do vasco sobre o Fluminense se deu na década de 80, com a “geração Roberto Dinamite”. Até então, o Fluminense era a segunda maior torcida do Rio. E esta diferença aumenta entre os mais jovens (16 a 24 anos), onde o Fluminense é a menor torcida do Rio. A explicação reside no terrível período 1996/1999, quando o Tricolor amargou três rebaixamentos e o calvário da Série C.

Ao contrário do que se imagina, o maior número de botafoguenses não reside entre os idosos (mais de 60). A “geração Garrincha” arrebatou foi a geração seguinte – hoje de 45 a 59 anos. Entre eles, 13,2% são Botafogo, mais que o vasco. Menos que o Fluminense.

Já o Flamengo é um caso à parte. Quase não existem épocas de exceção em seu contínuo processo de crescimento. Detentor de 37,1% na faixa mais velha, o Mengão avança a ponto de conquistar 59,6% dos mais jovens. Por pouco, não totaliza o dobro da soma dos rivais.

Por gênero, todos os clubes crescem entre homens, onde apenas 5,6% não tem time. Em termos de escolaridade, o Fluminense encosta no Flamengo em meio ao nível superior completo – SUPC (24,8% a 35,2%). Há mais flamenguistas com Primário Completo/1º Grau Incompleto – PriC/1GI (51,6%). E por incrível que pareça, entre Analfabetos/Primário Incompleto (AN/PriI), a segunda maior torcida é a do Botafogo, com 14,6%.

Finalmente, a importantíssima mensuração da renda das torcidas:



Percebe-se que o Flamengo mantem boa dianteira desde os mais pobres até os que percebem 10 salários mínimos – hoje equivalente a R$ 7.295,80 no Rio. A partir de então, quem faz jus à alcunha de “time de elite” é o Fluminense. Por muito pouco os tricolores não atingem o posto de torcida mais rica do estado (Fla – 32,7%; Flu – 29,6%). vasco e Botafogo apresentam estabilidade, evidenciando que a base de tricolores cresce exatamente sobre o Flamengo. A pesquisa ainda traz luz aos vínculos empregatícios verificados entre os torcedores.

Um grande abraço e saudações!




Patricia Amorim recusa convite para ser chefe de delegação em Londres



Patrícia Amorim Cbf (Foto: Felippe Costa /Globoesporte.com) Escolhida pela CBF para ser a chefe de delegação da Seleção Brasileira de futebol feminino nos Jogos Olímpicos de Londres, a presidente do Flamengo, Patricia Amorim, não aceitou o convite, de acordo com comunicado no site oficial do clube.

- Embora tenha ficado sensibilizada com o convite e reconheça a importância da competição, Patricia tem o Flamengo como prioridade, não podendo, assim, ficar afastada da presidência por um período de 30 dias. O Flamengo continuará de portas abertas ajudando a CBF e suas Seleções no que for necessário - diz o comunicado.

Quando foi convidada, no início de abril, Patricia já havia dito que era uma honra a lembrança da CBF, mas que precisaria pensar no assunto, pois o clube é uma prioridade em sua vida.

Ao saber da recusa da dirigente, o presidente da CBF, José Maria Marin, lamentou, mas deixou as portas abertas para novos convites.

- Com profunda tristeza tomei conhecimento que a Patrícia Amorim não poderá chefiar a delegação da Seleção em Londres. Compreendo suas razões. Não faltará oportunidades para que no futuro, quando possível, volte a chefiar uma delegação da CBF. Só posso enviar a ela meus sinceros agradecimentos pela enorme colaboração que vem prestando à CBF. Desejamos a ela todo o sucesso, não só como presidente do Flamengo, mas em todos segmentos da sua vida - disse Marin.

O chefe da delegação do futebol masculino será o presidente da federação de futebol de Santa Catarina, Delfim Peixoto. Na Copa do Mundo de 2010, o cargo ficou com o então presidente do Corinthians, Andrés Sanches, atual diretor de Seleções da CBF.

O torneio de futebol olímpico será disputado entre os dias 25 de julho e 11 de agosto em seis sedes: Millennium Stadium (País de Gales), Old Trafford (Manchester), St. James Park (Newcastle), Hampden Park (Glasgow), City of Coventry (Coventry) e Wembley (Londres).

Os torneios terão 16 seleções masculinas (Grã-Bretanha, Coreia do Sul, Japão, Emirados Árabes, Gabão, Marrocos, Egito, México, Honduras, Brasil, Uruguai, Nova Zelândia, Espanha, Suíca, Bielorrússia e o vencedor da repescagem entre Omã e Senegal) e 12 femininas (Grã-Bretanha, Japão, Coreia do Norte, África do Sul, Camarões, EUA, Canadá, Brasil, Colômbia, Nova Zelândia, Suécia e França).



Solução para reforçar a marcação do Flamengo, Rômulo deve começar o clássico

Em 2010, o volante Rômulo estava encostado, treinando separadamente e viu o técnico Rogério Lourenço chamá-lo para entrar como titular do Flamengo no confronto com o Corinthians, que contava com Ronaldo, pela Taça Libertadores. Agora, dois anos depois, pode ter sua primeira chance como titular sob o comando de Joel Santana, novamente num jogo eliminatório, domingo, contra o Vasco, às 16h (de Brasília), no Engenhão, pela semifinal da Taça Rio.

Volante de marcação típico, Rômulo ocupou o espaço deixado por Aírton, Maldonado e Willians, todos machucados. Reintegrado por Joel, ele voltou a trabalhar com o treinador que lhe deu mais chances no Campeonato Brasileiro de 2007, quando jogou 17 vezes, todas como titular. Na época, desempenhou bem seu papel, mas sofreu uma lesão grave no joelho direito e acabou afastado durante seis meses. Desde então, vive idas e vindas.

Romulo treino Flamengo (Foto: Thales Soares / Globoesporte.com) 
Rômulo aperta a marcação em Paulo Sérgio durante o treinamento (Foto: Alexandre Vidal/ Fla Imagem)
 
Joel garantiu depois do treinamento desta sexta-feira, fechado por uma hora e 15 minutos, que ainda não definiu o time para o clássico, pois conta com uma série de jogadores parecidos. Mas deixou escapar a falta de opções para a posição ocupada por Rômulo durante o coletivo, antes da abertura da atividade para a imprensa. O volante já atuou duas vezes este ano, ambas entrando na reta final do segundo tempo.

- Eu conheço bem o Rômulo e se precisar entrar no jogo vai ser normal. Tem um miolo de quatro ou cinco jogadores parecidos. Mas não tenho um de contenção maior. Só segundo e terceiro (jogadores de meio-campo). O Luiz Antonio é parecido com Muralha, que parece com o Bottinelli e o Renato. Ainda vou definir ali naquela posição. É uma questão de escolha. Estou sendo honesto com vocês - explicou Joel.

Na parte aberta do treinamento, o trio no meio foi formado por Luiz Antonio, Kleberson e Renato, que trabalhou a maior parte do coletivo entre os reservas. No começo, Joel escalou Rômulo, Kleberson e Luiz Antonio, repetindo a formação de quarta-feira. No fim, ainda trocou Kleberson por Negueba, como opção de jogo para minutos finais. A lamentar apenas as dores musculares de Diego Maurício e uma pancada que Muralha levou na perna direita.

- Em qualquer lugar do mundo é normal trabalhar a parte tática com portões fechados. Só aqui no Rio não é e cria uma polêmica. Já fiz tudo que deveria fazer, fiz, as mexidas, o trabalho de conjunto dentro daquilo que foi traçado, até com muitos gols, como deverá ser o jogo - analisou Joel.


Com uma semana livre para trabalhar, Joel procurou armar o time da melhor forma e aprimorar a forma física dos jogadores. Antes ausente das atividades matutinas, Ronaldinho Gaúcho participou até do treinamento físico na areia, terça-feira. Mesmo assim, o treinador ainda vê um longo caminho a ser percorrido.

- É preciso ter repetição. Tem que trabalhar o subconsciente do jogador para que ele esteja condicionado a certas situações. Ele esquece, precisa estar gravado. uma equipe como a nossa, que ataca mais do que as outras, sempre tem que estar bem organizada - disse Joel, consciente de que no fim o resultado é o mais importante. - Bom ou não, feio ou bonito, se vencermos, está tudo certo, se perdermos, está tudo errado. É pelo resultado do fim de semana que se analisa, não pelo trabalho.

A formação que Joel mais usou nos treinamentos foi a seguinte: Felipe, Leonardo Moura, González, Welinton e Junior Cesar; Rômulo, Kleberson e Luiz Antonio; Ronaldinho Gaúcho, Deivid e Vagner Love.


Flamengo bate vasco no 1º Torneio Manaus-Rio de showbol


A partida ocorreu na Arena Amadeu Teixeira, na Zona Centro-Oeste de Manaus, mas parecia que jogadores de Flamengo e vasco estavam em em casa. Aproximadamente 3 mil pessoas compareceram ao local para acompanhar uma das partidas da fase de classificação do 1º Torneio Manaus-Rio de Janeiro de showbol, que começou na última terça e encerra no domingo.

Athirson do Flamengo, showbol (Foto: Frank Cunha/GLOBOESPORTE.COM)
Na partida, realizada na noite de terça, o Mengão levou a melhor e venceu por 6 a 4. Athirson e Djalminha (cada um marcou duas vezes) desiquilibraram no final e decidiram para o Fla, que ainda contou com gols de Piá e Maurinho.

Apesar da derrota, o vasco está classificado para a semifinal contra o Fluminense, em partida que será realizada às 10h (11h de Brasília) deste sábado, na Arena Amadeu Teixeira. Na sequência, no mesmo dia, o Flamengo enfrenta o Botafogo, na outra partida decisiva.

A festa da torcida contagiou os jogadores. No final, Athirson estava admirado com o entusiamo dos manauenses pelos times cariocas.
 
-  É gostoso trazer o público para participar, torcer e incentivar. Ver um bom espetáculo. A gente tenta trazer o máximo de alegria para esses torcedores e ficamos feliz por ver o ginásio lotado e todo. Eles estão de parabéns e que sábado e domingo compareçam mais torcedores - ressaltou.

Além de Flamengo, Fluminense, Botafogo e vasco, a competição contou com a participação de dois clubes amazonense, Nacional e Rio Negro, que foram eliminados na fase classificatória.

Torcida do flamengo, em torneio de showbol em Manaus (Foto: Frank Cunha/GLOBOESPORTE.COM) 
Flamenguistas em grande maioria, foram ao delírio com a vitória do time sobre o rival mais odiado




Mistério e mau humor: Joel vive dias de tensão no Flamengo


Coletiva Joel Santana (Foto: Thales Soares / Globoesporte.com) O técnico do Flamengo, Joel Santana, fechou o treinamento por uma hora e 15 minutos. Foi a terceira vez na semana em que ele tomou tal atitude para manter o mistério em relação ao time que vai enfrentar o Vasco, domingo, às 16h (de Brasília), no Engenhão, pela semifinal da Taça Rio, num momento decisivo para a sequência de seu trabalho no clube.

Com tanto mistério e pressão sobre o seu cargo, Joel mudou até o semblante. Normalmente sorridente e com piadas, ele deu respostas curtas e apresentou um mau humor até então desconhecido. A presidente Patrícia Amorim já afirmou mais de uma vez que a conquista do Carioca é fundamental para a sua permanência.

- É a maneira como estou sendo tratado. Não tem nada de maldade com ninguém. Você pergunta, eu respondo. Inventam muita coisa, histórias. Se comento algo, levam para outro lado. Em situação simples, geram polêmica grande e nem falo as coisas. Há 30 anos que disputo clássico. Não estou preocupado - disse o treinador.

O Flamengo vive uma situação complicada pela eliminação na Taça Libertadores ainda na fase de grupos. Foi o único clube brasileiro a não se classificar para as oitavas de final da competição. Joel lembrou 2010, quando conquistou o Carioca com o Botafogo para equiparar os dramas.

- O Carioca é difícil e traz sérias consequências. Em 2010, entrei no meio do campeonato, fui campeão com o Botafogo e os outros três técnicos caíram (Andrade, no Flamengo, Cuca, no Fluminense, e Vagner Mancini, no vasco) - afirmou Joel.


Confira duelos das oitavas da Libertadores


 
Fluminense x Internacional
Unión Española-CHI x Boca Juniors-ARG
Libertad-PAR x Cruz Azul-MEX
Universidad de Chile-CHI x Deportivo Quito-EQU

Corinthians x Emelec-EQU
Lanús-ARG x vasco
Vélez Sársfield-ARG x Atlético Nacional-COL
Santos x Bolívar-BOL




Após algumas semanas de disputa, enfim chegou ao fim a etapa de grupos da Copa Libertadores da América. E, agora, os brasileiros não terão mais vida fácil na fase eliminatória. O Vasco, por exemplo, encara o Lanús-ARG, enquanto o Corinthians enfrenta o Emelec-EQU, que eliminou o Flamengo. Já o Santos terá pela frente o Bolívar, e os outros dois clubes do País farão o único clássico nacional da etapa: Fluminense e Internacional. Confira, a seguir, todos os confrontos das oitavas:  Foto: Terra

Veja os resultados de quinta na Taça Libertadores da América 2012


Fase de grupos - 6ª rodada

Santos 2 x 0 The Strongest-BOL
Juan Aurich-PER 1 x 0 Internacional
Universidad de Chile-CHI 2 x 1 Nacional de Medellín-COL
Peñarol-URU 4 x 2 Godoy Cruz-ARG




quinta-feira, 19 de abril de 2012

Guerra por e-mail: Patricia Amorim e Delair Dumbrosck trocam acusações


barraco
virtual A guerra política no Flamengo, que tem eleições presidenciais marcadas para dezembro deste ano, está gerando uma acalorada troca de acusações via e-mail entre Delair Dumbrosck, ex-presidente do clube em 2009, durante o período em que Marcio Braga estava afastado, e a atual mandatária, Patricia Amorim.

A origem do bate-boca virtual foi uma carta enviada por e-mail por Patricia ao colunista Renato Maurício Prado, do jornal "O Globo". Nela, a presidente respondeu a críticas publicadas pelo jornalista em relação a uma série de temas espinhosos e defendeu-se argumentando que herdou de Marcio Braga e Delair, seus antecessores, um caótico quadro administrativo e financeiro, com mais de R$ 400 milhões em dívidas, cerca de 500 processos trabalhistas, entre outras mazelas como o abandono do prédio do Morro da Viúva e a perda do patrocínio da Petrobras.

Citado pela atual presidente,  Delair Dumbrosck respondeu nesta quinta-feira, em e-mail também publicado no blog de Renato Maurício Prado. O ex-dirigente contestou as acusações e chamou a presidente de mentirosa e incompetente, apesar de "até ter boa vontade'. Delair fez questionamentos referentes aos relatórios para a aprovação das contas de 2010, o aumento da dívida no primeiro mandato de Patricia, os contratos da relação Traffic x Ronaldinho x Flamengo e o inchaço da folha de pagamento do clube que, segundo ele, é de R$ 11 milhões. No meio do fogo cruzado está também a questão da gestão dos esportes olímpicos.

Também nesta quinta, a presidente do Flamengo enviou, via e-mail, a tréplica. Nela, Patricia dá sua versão sobre os questionamentos e acusações. Diz também que sentiu desprezo ao ler a carta de Delair.

Confira abaixo na íntegra: o e-mail de Delair Dumbrosck e a resposta de Patricia Amorim

E-mail enviado por Delair Dumbrosck ao colunista Renato Maurício Prado

"Olá Renato,

Estou fora do país. Porém ligado, tomei conhecimento da sua coluna deste domingo. Não poderia deixar de manifestar-me, pois fui citado nominalmente pela presidente do nosso clube.
Começo com uma frase notória que não é minha: “a arma dos políticos é a mentira”.
Seguem os devidos esclarecimentos para que seus leitores conheçam a verdade:

DÍVIDAS - O endividamento do Flamengo e de qualquer clube brasileiro é uma constante e não foi novidade para mim, nem para Patrícia e não será para o próximo presidente. Quando assumimos o Clube, o Flamengo não tinha conhecimento do tamanho de sua dívida. Não possuía crédito em nenhum estabelecimento. Ela, Patrícia e alguns membros da sua atual diretoria, faziam parte daquela desastrada administração que sofreu o impeachment.
PETROBRAS - Nos perdemos o patrocínio Petrobras. O Flamengo não podia atender as exigências legais para o recebimento das suas cotas de patrocínio (R$ 14milões/ano),então, tive a coragem de buscar uma rescisão amigável com àquela patrocinadora e deixei para a Patrícia, um novo contrato com a Batavo na ordem de R$ 24Milhões/ano, o qual ela perdeu no final de 2010. Ficou 7 meses sem patrocínio, o que já se repete em 2012.
A PASSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO: A gestão foi transferida para Patrícia, com o novo contrato máster e também com um contrato de material esportivo com a Olympikus (R$27Milhões/ano) substituindo a Nike (R$ 6Milhões/ano) incluído de uma das maiores lojas de material esportivo do mundo e a construção do nosso sonhado museu; renegociação de penhoras; títulos: Penta-Tri Carioca, Hexa Brasileiro/2009, Vaga na Libertadores que foi para o “espaço” na primeira fase, Bi-Campeão Brasileiro e Campeão Sul-americano de Basquete; setor social totalmente reestruturado com a criação do Fla Mulher, que, pasme, foi encerrado; a dívida do Flamengo toda levantada e auditada; salários em dia; projeto em negociação com o Governo Chinês para uma parceria que redundaria na conclusão do CT, isto foi totalmente abandonado e preferiram colocar em prática o projeto do “tijolinho”; o Flamengo abandonou também a liderança de um projeto para a Consolidação das Dividas dos Clubes Brasileiros, o que deveria ser de total interesse do Clube; deixamos um novo modelo de controle do orçamento por empenho, que não foi executado até hoje e ainda outras diversas providências com reflexos na reestruturação da gestão do Flamengo. Não conseguimos ainda, identificar as razões que levaram a nova gestão demitir o competente Controller da contabilidade do clube, que hoje é um dos principais funcionários do Vasco da Gama.
ESPORTES OLIMPICOS – Nos iniciamos e deixamos um modelo independente do Basquete, com gestão e patrocínios próprios executado com toda a competência pelo João Henrique Areais, que substituiu a fracassado gestão da Patricia na Vice Presidencia dos Esportes Olímpicos. No cenário atual, não consigo enxergar ganho no grande investimento na natação, em um atleta que não tem menor identificação com o Flamengo e nem treina no Clube que é fundamental para estimular a nova geração. O que dizer sobre o investimento feito no atleta Leandrinho que jogou com um prazo que não permitia menor planejamento, pois retornaria aos EUA assim que terminasse a greve do NBA.
Renato, a solução para o Esportes Olímpicos nos clubes brasileiros, está na participação ativa na regulamentação e implantação do CONFAO, para formação de atletas olímpicos com a aplicação de recursos do Ministério dos Esportes e Loterias diretamente nos Clubes ou Instituições de Ensino com tal finalidade. O Flamengo estava junto com Pinheiros/SP, Minas Tênis Clube na liderança deste processo. Tenho informações a Presidente também abandonou.
QUESTIONAMENTOS QUE NÃO CALAM:

Cadê os relatórios e pareceres para a aprovação das contas ainda do ano de 2010.
Aumento da dívida no ano de 2010 em R$100 milhões.
Contratos Trafic x Ronaldinho x Flamengo.
Razões para um pagamento com cheque ao portador, sacado no caixa do Banco, de nota fiscal da Locanty em 30/12/2010.
O inchaço da folha de pagamento do Clube (R$ 11milhões/hoje); e outros que estão no Conselho Fiscal e Deliberativo sem respostas.
Confesso que apesar de ter perdido a eleição por 90 votos, estava esperançoso que uma mulher, mãe e ex-atleta pudesse dar seqüência a um novo momento que nosso clube vivia. Porém logo no primeiro ano (2010) percebi que sofreríamos com sua falta de comando e experiência, refletido no desmonte de todo o time, tendo 04 técnicos, 05 VP de Futebol, e perda de todas as competições e brigando para não cair no final do Brasileiro.
Enfim, chegamos em 2012 com um cenário inacreditável para um clube que teve suas receitas consideravelmente aumentadas pelo contrato milionário de TV.
Renato, o exposto acima é publico e verídico. Documentos e fatos comprovam. Porém, não pode-se constatar o mesmo no texto da VEREADORA, que já afirmou um dia, que, não modificaria nada no futebol e no outro fez tudo ao contrário, justificando assim a frase inicial desta minha resposta. Patrícia Amorim pode até ter boa vontade, mas já provou que não tem competência para presidir o maior clube do mundo!"

Delair Dumbrosck 


E-mail enviado pela presidente Patricia Amorim a diversos órgaõs de imprensa

RESPOSTA AO EX-VICE-PRESIDENTE DELAIR DUMBROSCK E AO SEU GRUPO

Quando recebi a carta do ex-vice-presidente Delair Dumbrosck meu primeiro sentimento foi de desprezo tamanha às inverdades proferidas por ele. Mas como fui citada nominalmente e chamada de mentirosa, como presidente da maior nação deste país sinto a obrigação de me manifestar e estabelecer a veracidade dos fatos mais uma vez. Tomarei esta atitude quantas vezes forem necessárias, mas a VERDADE, com letras maiúsculas, sempre prevalecerá.

VEREADORA - Fui eleita vereadora três vezes pelo voto popular e também me elegi como presidente do Clube de Regatas do Flamengo no dia seguinte em que o futebol conquistou o título brasileiro. Ao contrário de Delair, que foi derrotado três vezes nas urnas rubro-negras, nunca perdi uma eleição. A vereadora, chamada de mentirosa, teve a iniciativa de incluir o Morro da Viúva no Pacote Olímpico da Prefeitura do Rio, possibilitando uma anistia de mais de R$16 milhões de dívidas em IPTUs atrasados.

DÍVIDAS - Recebi o clube com mais de R$400 milhões de dívidas. A gestão anterior gastou os recursos de 2010 em 2009, deixou mais de 500 ações trabalhistas e centenas de ações cíveis. Somente nos dois primeiros anos deste mandato já paguei mais R$70 milhões de dívidas deixadas pelos gestores Marcio Braga e Delair Dumbrosck.

PETROBRAS - O CRF perdeu seu parceiro patrocinador de duas décadas por inadimplementos fiscais que o impossibilitou, até hoje, de obter o CND. O tão badalado contrato com a Batavo foi encerrado com uma dívida de três meses, que estamos brigando na justiça até hoje para receber. Ao contrário da gestão anterior, fizemos sim o maior contrato de direitos de transmissão/tv da história do futebol brasileiro no valor de R$ 100 milhões. Temos mais de R$16 milhões de patrocínio no futebol com os parceiros, Tim, BMG e Mobil. Recebemos inúmeras propostas inferiores ao valor de mercado para o patrocínio master, mas o "manto sagrado" não pode e nem será desvalorizado.

A PASSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO

Cheguei ao clube no dia 04 de janeiro de 2010 e a situação deixada pela gestão anterior em todos os departamentos era caótica. Como o ex-vice-presidente explica um empréstimo feito à empresa de ingressos BWA em dezembro de 2009, quando já havia perdido a eleição, no valor de quase R$ 6 milhões, com juros de 40% ao ano, sem autorização do CONSELHO? Em dois anos praticamente já liquidei a dívida de R$13 milhões com a BWA, herança também do ex-vice-presidente.
Como Delair explica também a utilização da premiação pelo título do campeonato brasileiro de futebol para o pagamento do mês de novembro dos funcionários? Isso sem contar que o mês de dezembro, o 13º e o prêmio pela conquista do título brasileiro foram pagos pela minha gestão!!!
Foi este caos que encontrei e como prometi comecei a "organizar a casa".
Em relação ao contrato da Olympikus afirmamos que é um bom um contrato, porém só lamentamos que Delair/Marcio Braga tenham antecipado 30% do valor total, prejudicando a nossa administração.

Quanto a construção do "nosso tão sonhado Museu", com anúncio de inauguração pelo próprio Delair para novembro de 2009, o que encontramos em janeiro de 2010, foi absolutamente nada. Nem obra havia. Com a minha gestão, as obras estão em estágio adiantado e com previsão de inauguração antes do fim do mandato.
O fim do Fla-Mulher é mais uma mentira. Funciona e muito, sem fins eleitoreiros, com o novo nome "Social-Mulher". Quando assumimos o clube 40% das mulheres do grupo nem sócias eram, tinham passe livre para entrada e trânsito no clube. Fizemos uma reestruturação e hoje 90% do grupo já é associado.
Como é possível dizer que o setor social estava totalmente reestruturado se encontramos um clube abandonado, com mais de NOVE toneladas de lixo e com necessidade de reforma em todos os equipamentos esportivos e sociais?
Reformamos praticamente o clube inteiro:
Reformamos todos os bares do clube; todos os vestiários e banheiros, o Ginásio Helio Maurício (basquete), o Ginásio Cláudio Coutinho (ginástica) reformamos e pintamos todas as quadras de tênis, reestruturamos a quadra de futsal que estava abandonada há 22 anos e a batizamos de Quadra Adílio /Julio Cezar, revitalizamos toda a parte de trás do clube com a criação da Praça Carlinhos Violino, criamos o Parque Infantil Uruba e Urubinha e salão de festa infantil, criamos a Arena de Beach Soccer em uma área totalmente degradada e abandonada, reformamos a sauna, o Salão Nobre, os chuveiros das piscinas, a sala do projeto SOMA, sem falar que inauguramos a nova secretaria do clube. Estamos concluindo as obras da nova sala de convivência dos sócios, do Ginásio Togo Renan Soares e da arquibancada da piscina que estava abandonada há 12 anos.
Criamos ainda a Ouvidoria, uma promessa minha de campanha, que funciona na sede social com espaço físico para receber todo e qualquer torcedor rubro-negro. Criamos assim um canal direto de diálogo com a nossa nação.
Depois de 23 anos, hoje temos um Centro de Treinamento já funcionando e este ano vamos inaugurar o pavilhão profissional. E isso não é um "Conto Chinês". Vale lembrar que o Projeto do Tijolinho nada tem a ver com subsidiar a construção do CT, uma vez que esta arrecadação representa apenas 5% do total. A idéia do tijolinho surgiu apenas para aproximar o torcedor rubro-negro do nosso CT, afinal cerca de 8 mil torcedores já terão seus nomes eternizados nos muros do Ninho do Urubu.
Vale ressaltar que chegamos em um Flamengo com cerca de 6 mil associados e hoje temos um clube com mais de 9 mil sócios. Um aumento significativo. Atualmente o estacionamento do clube vive cheio, os sócios voltaram a frequentar a Gávea e nossa sede é a mais cobiçada para receber as delegações internacionais para a Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. Assinamos um convênio histórico de parceria com o Comitê Olímpico Norte-Americano e também recebemos em nossa casa a Seleção Holandesa de futebol. Isso sem falar que Barack Obama escolheu o Flamengo para servir de apoio ao seu translado no Rio de Janeiro.
O Flamengo foi sim campeão brasileiro em 2009, mas não possuía os direitos da grande maioria dos jogadores, sendo que os direitos da base foram fatiados para os empresários. HOJE, o Flamengo possui os direitos econômicos de mais 95% de TODOS os seus jogadores, sendo 100% da BASE. E isso é sinônimo de patrimônio.

ESPORTES OLÍMPICOS

Quando chegamos o basquete encontrava-se com três meses de salários atrasados, além de R$ 800 mil em dívidas de parcelas intermediárias e prêmios, todos já pagos. Além disso, o time campeão brasileiro e sul-americano foi montado na gestão da então vice-presidente de Esportes Olímpicos, Patrícia Amorim.

O Flamengo não teve nenhum gasto com a contratação do astro Leandrinho no período do locaute (greve) na NBA. O clube fechou um contrato de patrocínio com os Bancos BMG e Plural e arrecadou R$ 750 mil exclusivamente para a contratação do jogador.

Já a vinda de Cesar Cielo, um dos maiores atletas do Brasil e do mundo na atualidade, proporcionou, não só o aumento considerável do número de alunos nas escolinhas de natação do clube, como, pela primeira vez na história, o Flamengo conseguiu um patrocínio exclusivo para a modalidade (Gatorade).

QUESTIONAMENTOS QUE NÃO CALAM

As contas de 2010, desde 18 de abril de 2012, já estão com a apresentação marcada no Conselho Deliberativo para o dia 08 de maio. Já as contas de 2009 de Delair só foram aprovadas em agosto de 2011 e ainda assim com restrições.
Contrato Traffic X Ronaldinho X Flamengo - O contrato já foi encaminhado para o poder competente.
A Comissão de Inquérito do Conselho Deliberativo está pedindo a punição do ex-presidente Marcio Braga por conta do contrato de venda de Renato Augusto.
Pagamento cheque ao portador - por ser o último dia útil do ano, a empresa citada precisava pagar em dinheiro seus funcionários que trabalharam, recolhendo entulho, lixo, poda de árvores na Gávea e no CT. O clube possui todos os comprovantes dos serviços prestados.
O inchaço na folha - Mais uma MENTIRA. Afirmo que a folha de pagamento do futebol é de aproximadamente R$5 milhões. A única verdade é que os funcionários recebem em dia a 27 meses.
Todas as palavras são verdadeiras e qualquer documento está a disposição para que o associado comprove as afirmativas.
Este grupo de oposição que tanto fala do meu trabalho não comparece ao clube nem nas reuniões dos poderes para votar pelo bem do Flamengo. Mas procura constantemente denegrir a nossa imagem. Não conseguem convencer ao associado e então buscam o caos de fora para dentro com o objetivo da tomada de poder. Eles só amam o clube quando estão no poder.
Como diria Padre Antônio Vieira: " Para falar ao vento bastam palavras; para falar ao coração são necessárias obras".

Saudacões rubro-negras,

Patricia Amorim.