sábado, 12 de maio de 2012

Cariocas se enfrentam em semifinais da etapa de Macaé da Liga Nacional


Fechando o segundo dia de competições na Praia de Cavaleiros, em Macaé, quatro clubes cariocas dominaram os confrontos das quartas de final da 2ª etapa da Liga Nacional de Futevôlei. Querendo somar mais um título da competição, o América, de Felipe Adão, terá pela frente o Flamengo, de Aldair, enquanto William lidera o vasco contra o Fluminense, de Bruno Reis. O SporTV transmite ao vivo as semifinais e as finais neste domingo, a partir das 8h30m.

Primeiro a entrar em quadra pela fase eliminatória, o filho do ex-jogador Cláudio Adão comandou o Mequinha, vice-campeão da 1ª etapa, a uma elástica vitória sobre o Cruzeiro, de Nonato, por 2 sets a 0 (18-8 e 18-9). Já Aldair teve mais trabalho para fazer o Flamengo bater o Corinthians, de Fábio Baiano. Em três sets bastante disputados, o Mengão derrotou a equipe paulista de virada: 16-18, 18-15 e 16-14.

Já Fluminense e vasco mostraram sua força no momento mais importante. Os cariocas fizeram um jogo duro contra Goiás e Botafogo, respectivamente, mas tiveram garra no último set para seguir adiante no torneio com mais tranquilidade. O trio liderado por Bruno Reis derrotou o de Alex Dias por 18-15, 14-18 e 15-7, enquanto William garantiu a vaga do clube da Colina contra os parceiros de Julinho por 18-14, 16-18 e 15-9.

Neste domingo, serão realizadas as últimas partidas do torneio. Flamengo e América fazem a primeira semifinal, seguida do clássico entre vasco e Fluminense. Depois, os homens dão lugar às meninas de vasco (Natalia e Bianca) e Corinthians (Lana e Patricinha), que fazem a final feminina. Para fechar o dia, os vencedores das semifinais masculinas se encontram na decisão.

Confira o cronograma deste domingo:

8h30m - Flamengo x América (semifinal masculina)
9h30m - vasco x Fluminense (semifinal masculina)
10h30m - vasco x Corinthians (final feminina)
11h - Final masculina


Welinton reclama: 'Sempre vem alguém para jogar no meu lugar'


Welinton, do Flamengo (Foto: Arquivo)Entra temporada, sai temporada, e o zagueiro Welinton é questionado, mas acaba sempre 'quebrando um galho' no time titular do Flamengo. Mais experiente, o defensor formado na base do clube reclamou da procura da diretoria por outro zagueiro que chegue para ser titular ao lado do chileno Marcos González.

- Incomodado você fica. Não quer nunca que falem isso. Ficam falando que vai chegar um jogador para atuar junto com o seu parceiro. Pego isso com um trampolim na minha vida. Sempre tem alguém para chegar e jogar no lugar do Welinton, e eu sempre estou jogando - reclamou Welinton, que, no entanto, reconhece que o setor precisa ter reposição.

- Tem que reforçar. Perdeu o David Braz (envolvido na troca por Ibson com o Santos) e Gustavo (emprestado ao Atlético-GO). Mas a decisão de quem vai jogar vai ser do Joel Santana - afirmou.

Com a saída de David, Welinton deverá começar a partida contra o Sport, no próximo sábado, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. No jogo-treino deste sábado, contra o Madureira, ele foi titular ao lado de González e um dos poucos a permanecerem em campo o jogo todo.

Aos 22 anos, Welinton se profissionalizou em 2009, o que deu bagagem ao zagueiro que disputou várias partidas como titular em 2010 e 2011.

- Já sou bem rodado, mas aqui nós aprendemos rápido as coisas. Sabemos como é a pressão. Isso não incomoda, mas o mal ou bem nossa defesa está com um bom retrospecto dentro de campo. Sofreu poucos gols no Carioca. Temos que pensar na frente, o que passou, passou - finalizou.



Flamengo vacila nos dois primeiros períodos e perde para o Barcelona


Numa partida sem muitas emoções, o Flamengo pagou o preço por uma atuação apática nos dois primeiros períodos e foi derrotado pelo Barcelona, por 3 a 2, neste sábado, na abertura do Grupo B do II Mundialito de Clubes de futebol de areia, na Arena Guarapiranga, em São Paulo. Javier Torres, Amarello e Shishin marcaram para a equipe catalã. Pompero e Souza descontaram para o time rubro-negro.

Num primeiro tempo truncado e com poucas chances de gol para ambos os lados, o Barcelona conseguiu achar um gol salvador nos minutos finais. Christian Torres recebeu longo lançamento do goleiro Bukhlitsky e chutou cruzado. Javier Torres, que estava próximo à trave, completou de peito para abrir o placar para o time catalão.

Em desvantagem no marcador, o Flamengo foi para cima no segundo período. Mas, apesar do domínio territorial, o time rubro-negro não conseguiu transformar em gols o maior volume de jogo. Melhor para os espanhóis, que aumentaram a vantagem numa linda cobrança de falta de Amarelle, que acertou acertou o ângulo direito de Robertinho.

O gol diminuiu o ímpeto do Flamengo. Sem ter nada com isso, o Barcelona não corria riscos e jogava apenas nos contra-ataques. Numa dessas investidas, Shishin recebeu pela esquerda, driblou Robertinho e tocou para o gol. O zagueiro Souza, quase em cima da linha, ainda tentou tirar, mas a bola acabou entrando.

II Mundialito de Clubes futebol de areia barcelona flamengo (Foto: Gaspar Nobrega / Inovafoto)

O Barcelona tinha o jogo nas mãos, mas entrou no terceiro e último período sem a mesma pegada e acabou sendo castigado. Sem nada a perder, o Flamengo foi para cima e chegou ao primeiro gol com o uruguaio Pampero, numa cobrança de pênalti.

O gol devolveu a confiança ao time rubro-negro, que partiu para cima. A pressão surtiu efeito e Souza, numa linda jogada individual, acertou uma bomba no ângulo esquerdo do russo Bukhlitsky e diminuiu o prejuízo do Flamengo.



                                                 Amarelle comemora seu gol, o segundo do Barça, contra o Fla

A reação rubro-negra, no entanto, veio tarde demais e apesar de presisonar o Barcelona nos cinco minutos finais, a equipe catalã segurou a vantagem e garantiu a primeira vitória na competição.

Principal jogador do Flamengo, Benjamin reconheceu que a equipe esteve irregular e cometeu muitos erro os dois primeiros períodos.

- Vacilamos no começo do jogo, principalmente no segundo período, quando o time todo jogou muito mal, e tomamos gols que não estamos acostumados a tomar. Conseguimos nos recuperamos no terceiro período, mas não conseguimos buscar o resultado e acabamos pagando pelos nossos erros. Temos que procurar corrigir esses erros para vencer os outros jogos e buscarmos a calssificação - afirmou o camisa 10 rubro-negro.


FLAMENGO: Robertinho, Anderson, Pampero, Benjamin e Casé. Entraram: Souza, Digo Gama e Bernardo. Técnico: Rogério Vilela

BARCELONA: Bukhlitsky, Christian Torres, Rui Mota, Javier Torres e Emereev. Entraram: Shishin, Amarelle e Nico. Técnico: Ramiro Amarelle

Seattle Sounders surpreende São Paulo na estreia

Em um jogo marcado por reviravoltas, o Seattle Sounders (EUA) venceu o São Paulo por 3 a 2, em duelo válido pelo grupo B no II Mundialito. Cati e Plata (2) marcaram os gols dos americanos, enquanto Echeverria e Rafinha descontaram para o Tricolor Paulista.

Rafinha comemorou o lindo gol de bicicleta, mas lamentou a derrota para os estrangeiros.

- Jogo como ala e nunca consegui marcar um gol assim, apesar de tentado muitas vezes. Era uma boa aérea e o único jeito de marcar seria com uma bicicleta, estava bem posicionado. Infelizmente, tivemos o mesmo erro do Brasileiro. Falhamos na marcação e não conseguimos a importante vitória. Mas vamos dar o máximo para conseguir a classificação.

Fla consegue prorrogar empréstimo, e Airton fica até junho de 2013

O Flamengo conseguiu a prorrogação do empréstimo de Airton até junho de 2013. O jogador, contratado ao Benfica, teria que se desligar do Rubro-Negro no próximo mês, mas a diretoria conseguiu que o volante permaneça por mais um ano.

No ano passado, Airton disputou 20 jogos e, na atual temporada, atuou em sete partidas. O volante se recupera de uma fratura no pé esquerdo, sofrida no fim de fevereiro, e aprimora a forma física.

- Com certeza eu gostaria de ficar no Flamengo - disse Airton na semana passada, enquanto os clubes alinhavavam a prorrogação do empréstimo.


Sem novidades, titulares têm atuação fraca e empatam com Madureira

Um novo campeonato, o mesmo time. Neste sábado, em jogo-treino com o Madureira, Joel Santana deu forma à equipe que deve fazer a estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Sport, dia 19, no Recife. O time foi a campo com Paulo Victor, Léo Moura, González, Welinton e Magal; Luiz Antonio, Kleberson, Bottinelli e Ronaldinho Gaúcho; Deivid e Vagner Love. Ainda sem o ritmo de jogo ideal e sem o encaixe das jogadas, a equipe teve atuação sem brilho, chegou a ser dominada e ficou no 0 a 0.

vagner love flamengo jogo treino madureira (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 
Vagner Love (99) durante o jogo-treino com o Madureira (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

Com Felipe em recuperação da dengue, Paulo Victor será o goleiro na estreia do Brasileirão. Expulso na última rodada da competição no ano passado, no clássico com o Vasco, Renato terá que cumprir suspensão. Camacho, com fratura na mão esquerda, também não ficará à disposição para o jogo com o Sport.

Os prováveis titulares atuaram apenas no primeiro tempo. Vagner Love demonstrou cansaço em alguns lances. As jogadas pelo meio-campo não fluíram bem, e a tentativa principal foi com Léo Moura pela direita, também sem sucesso.

Ronaldinho atuou mais distante da área. O melhor momento foi um belo lançamento para Deivid, que conseguiu dominar bem a bola e, dentro da área, perdeu boa chance. Mas o camisa 10 foi desarmado com facilidade em alguns lances.

Joel Santana e Zinho acompanharam a movimentação.
No segundo tempo, Joel trocou quase todo o time, mas manteve Paulo Victor, Welinton e Love em campo. A equipe ficou com Paulo Victor, Wellington Silva, Marllon, Welinton e Rodrigo Alvim; Rômulo, Muralha, Renato e Paulo Sérgio; Diego Maurício e Love.

Já com os reservas em campo, Love fez o primeiro gol em chute cruzado. Renato ampliou em cobrança da falta. E novamente o Artilheiro do Amor deixou sua marca, ao bater no canto esquerdo do goleiro.

Junior Cesar faz trabalho físico no campo
Envolvido em negociação com o Atlético-MG, Junior Cesar fez trabalho físico à parte, mas foi ao gramado do Ninho do Urubu. Nos últimos dias, o jogador ficou na sala de musculação, e na sexta-feira nem mesmo apareceu no CT. O futuro do jogador segue indefinido.

Pretendido por Joel Santana, o volante Dudu Cearense, que poderia ser envolvido numa troca com o Atlético-MG, não foi do agrado dos dirigentes rubro-negros.



Camacho fratura mão e está fora da estreia do Flamengo


Coletiva do Camacho (Frame: Reprodução)Camacho está fora da estreia do Flamengo no Campeonato Brasileiro, no próximo sábado, contra o Sport, na Ilha do Retiro. O meia que seria titular no lugar de Renato, suspenso por ter sido expulso na última rodada do ano passado, diante do vasco, sofreu uma fratura na mão esquerda e está fora. Ele não tem previsão para retorno.

O Flamengo realiza na manhã deste sábado um jogo-treino com o Madureira no Ninho do Urubu e Luiz Antônio ficou com a vaga deixada por Camacho.



Muito ridículo!!!









Quem é mais ridículo?






Flamengo terá de fazer ajustes no balanço de 2010


A diretoria do Flamengo vai ter que fazer ajustes no balanço de 2010, de acordo com as ressalvas apresentadas no Conselho Deliberativo esta semana. Os principais pontos são a atualização da dívida da Timemania e os direitos econômicos de Rafinha, sobre quem a MFD alega ter 50%.



Fla quer única fornecedora para ingressos, sócio-torcedor e afinidade



Após rescindir com a BWA, atual fornecedora de ingressos, a diretoria do Flamengo pretende fechar uma negociação única para o fornecimento dos ingressos, gestão do sócio-torcedor e do programa de afinidade. E mira participar da gestão do Maracanã, por meio do grupo de Eike Batista.


Vice até no crime




Fla trabalha para reforçar elenco com dois zagueiros


Juan, Naldo e Neto (Fotos: Fabian Bimmer/Reuters, Alessandro Bianchi/Reuters e Miguel Schincariol)
O Flamengo ainda pretende contratar dois jogadores para reforçar a defesa na disputa do Campeonato Brasileiro. Um deles viria para formar a dupla de zaga titular com Marcos González, enquanto o outro seria apenas para compor o elenco.

Dois atletas já foram tentados pela diretoria do Fla: Juan, sonho da presidente Patricia Amorim, e Victorino, do Cruzeiro, que viria em troca de Bottinelli, mas devido à recusa do meia, acabou ficando na Raposa.

O Rubro-Negro chegou a sondar o zagueiro Naldo, do Werder Bremen, mas se assustou com o alto valor pedido pelos alemães. Neto, do Guarani, também foi cogitado, mas o Bugre acabou pedindo R$ 3 milhões para liberá-lo. Anderson Conceição, ex-Criciúma, ainda é estudado, e como tem o mesmo agente de Ibson, pode ser uma espécie de contrapeso. Mas o nome não agrada.

Atualmente, o plantel dispõe de apenas três defensores: Marcos González, Welinton e Marllon. Gustavo foi emprestado ao Atlético-GO.




Líder do Fla no futevôlei, Aldair elogia a contratação de Zinho como diretor


Aldair defende o Flamengo na Liga Nacional de Futevôlei (Foto: Divulgação) Aos 46 anos de idade, o ex-zagueiro Aldair segue desfilando o seu talento pelo mundo afora. Aposentado dos gramados desde 2004, o tetracampeão mundial com a seleção brasileira participa da segunda edição da Liga Nacional de Futevôlei (LNF), em Macaé (RJ), onde defende o Flamengo. Revelado para o futebol pelo Rubro-Negro, Aldair ficou feliz com a contratação do ex-meia e amigo Zinho, nomeado diretor-executivo do clube da Gávea nesta sexta-feira.

- Fico contente quando algum ex-companheiro é reconhecido. O Zinho foi chamado para o cargo por ser uma pessoa séria e preparada para dirigir o futebol do Flamengo. Acho que ele tem o perfil de diretor, pois é muito correto e gosta das coisas todas em ordem - destacou Aldair.

Apesar dos elogios a Zinho, o ex-zagueiro faz questão de frisar que o trabalho à frente do futebol do Fla só terá sucesso caso haja uma ação conjunta com outras frentes adminisrativas do clube.

Aldair defende o Flamengo na Liga Nacional de Futevôlei (Foto: Divulgação)Ex-zagueiro credita a boa forma física à alimentação balanceada (Foto: Divulgação)
 
- O Zinho vai precisar de apoio. Não tem como comandar o futebol sozinho. Administrar o carro-chefe do clube requer ajuda vinda de várias frentes. Apesar das dificuldades que podem aparecer, creio que ele fará um grande trabalho.

Apesar da aposentadoria dos gramados, Aldair segue com uma rotina de atleta. Morando em Vila Velha (ES), o atleta corre e faz musculação diariamente, o que lhe proporciona uma capacidade física bem acima da média da sua idade.

- Também faço uma alimentação muito saudável. Creio que, todos esses hábitos, aliados à minha boa genética, fazem com que eu tenha um bom desempenho no futevôlei - diz ele.


Aldair defende o Flamengo na Liga Nacional de Futevôlei (Foto: Divulgação)
Além do futevôlei, Aldair também defende o Flamengo no showbol. Após a Liga Nacional, o atleta volta as suas atenções para o Brasileiro de showbol, onde o Rubro-Negro está no grupo C, ao lado de Grêmio, Cruzeiro e São Paulo.

- Gosto de participar de todas essas competições para me manter em atividade. Enquanto eu me sentir bem, vou continuar atuando - afirmou.

Nesta sexta-feira, o Flamengo derrotou o Macaé por 2 a 0 (19-17 e 18-8), pela fase de grupos do torneio masculino da Liga Nacional de Futevôlei. Neste sábado, o Rubro-Negro faz o clássico contra o Botafogo às 11h, na Praia dos Cavaleiros.



Flamengo promete suporte total a Zinho: ‘Vai ter uma equipe de apoio’

Zinho entendeu a ausência de Patricia Amorim na apresentação dele como diretor-executivo de futebol do Flamengo. Pouco antes de entrar na sala de imprensa do Ninho do Urubu, o ex-jogador recebeu um telefonema da presidente em tom de justificativa. Segundo o dirigente, a mandatária não foi ao CT para “buscar coisas para o clube, para os atletas”.

Enquanto o tetracampeão falava por quase uma hora aos jornalistas, o vice de futebol Paulo César Coutinho ouvia, ao lado da porta, o discurso firme do novo diretor. De óculos escuros, permaneceu encostado na parede e apenas concordou com algumas respostas.

Coutinho foi citado várias vezes por Zinho, que destacou que a dupla será responsável por conduzir o futebol rubro-negro. Uma parceria. Ele pretende colocar em prática o que o vice de futebol não conseguiu em pouco mais de três meses no cargo. A contratação de um diretor foi motivada principalmente pela lacuna que os jogadores sentiam na comunicação com a diretoria. Zinho chega para ser o elo entre o grupo e os dirigentes. Terá de cobrar comprometimento e profissionalismo, mas também defender e administrar os interesses dos atletas.

Zinho com comissão técnica Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
Zinho começou a trabalhar no Flamengo nesta sexta-feira (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)


Diretor-técnico do Nova Iguaçu durante um ano, ele reconheceu pouco antes de aceitar o convite do Flamengo que não tem experiência na área administrativa. Foi por isso que se preocupou com o tempo de contrato e pediu garantias de que terá o vínculo ampliado em caso de reeleição de Patricia Amorim no fim do ano. O vínculo atual termina em 31 de dezembro deste ano.

- A parte de diálogo com os jogadores, do campo, é fácil. Até porque fui técnico nos Estados Unidos. Na parte administrativa, não tenho experiência. A parte de relação com a direção, de entender os focos políticos do clube, só trabalhando mesmo – disse o ex-jogador.

O vice de relações externas do clube, Walter Oaquim, fala com otimismo sobre o nome escolhido e assegura que ele terá todo o suporte necessário para cumprir a função de forma tranquila e eficiente.

- Zinho é jovem, é Flamengo, identificado com o clube. Não estará sozinho. Vai ter uma equipe de apoio só para ele. Vai trabalhar com um advogado do clube, vai ter suporte jurídico para questões que envolvem a Justiça Desportiva, o Michel Levy (vice de finanças) vai estar em contato permanente com ele. Paulo (Coutinho) e eu também vamos ajudá-lo. Acredito que ele tem tudo para ser um dos grandes dirigentes do Brasil.

A partir de agora, Zinho vai conversar com diretoria e comissão técnica para conhecer a real situação do Flamengo e começar a participar do processo de montagem do grupo que vai disputar o Campeonato Brasileiro. O clube acertou com alguns jogadores antes da chegada do diretor. O lateral-direito Wellington Silva, que já treina com o grupo, o volante Amaral, ex-Nova Iguaçu, e o meia Jorge Luiz, que estava no Friburguense, são os reforços contratados. O clube espera também a liberação do meia Ibson pelo Santos e a chegada do volante Cáceres, do Libertad-PAR, que vai se apresentar após a participação da equipe dele na Libertadores.

Zinho garante que estará diariamente no CT, algo que Paulo César Coutinho também não fazia. O Flamengo treina na manhã deste sábado, às 9h30m.





Zinho pediu para não se envolver diretamente nas negociações de atletas


HOME - Zinho aporesentado no Flamengo (Foto: André Portugal)O Flamengo apresentou Zinho como o novo diretor executivo de futebol. Ele será o responsável por fazer a ligação entre os jogadores e a diretoria, embora não tenha todo o respaldo para negociar jogadores diretamente, já que este papel continuará nas mãos do vice de futebol, Paulo Cesar Coutinho e o vice de finanças, Michel Levy.

Zinho chega para preencher uma lacuna que havia sido questionada pelos próprios jogadores. Ele estará sempre presente no Ninho do Urubu e lidará diariamente com o elenco para resolver questões do futebol, além de indicar nomes para reforçar o elenco ou até mesmo aprovar a saída de um atleta.

– Vou ser o elo da diretoria. Agora tem alguém aqui no futebol. Vou estar todos os dias no CT – afirmou Zinho.

Entretanto, ele fez um pedido para não negociar diretamente jogadores com empresários e dirigentes, até mesmo para evitar qualquer tipo de problemas.

Empolgado com a nova possibilidade na carreira, Zinho teve de deixar o emprego de comentarista numa emissora de TV e largou o cargo no Nova Iguaçu.

– Achei uma grande oportunidade e além do mais é o Flamengo, um dos maiores do mundo – disse.
Zinho demonstrou uma postura firme, sempre respondendo todas as perguntas com calma e paciência, mesmo diante das questões mais complicadas.

– Se tiverem coisas ruins para falarem de mim e forem verdadeiras eu vou ter que aceitar. Agora, se forem mentira espero que vocês expliquem bem – finalizou.






sexta-feira, 11 de maio de 2012

Torcida joga junto, Flamengo derrota o Uberlândia e está na semi do NBB

O Flamengo foi a última equipe a se garantir na semifinal do NBB. Mas também não teve a menor dificuldade para vencer o Uberlândia, por 77 a 62, no Ginásio da Tijuca, no Rio de Janeiro, fazer 3 a 2 nas quartas de final e carimbar o passaporte para sua quarta semifinal do NBB - ficou entre os quatro em todas as edições.

O grande destaque da partida foi o pivô Caio Torres, que anotou 22 pontos e nove rebotes. Pelo time mineiro, o americano Robert Day foi o maior cestinha, com 17 pontos. marcados.

Na semifinal, o Flamengo irá duelar com a equipe de São José, que terminou a fase de classificação em primeiro lugar. O primeiro jogo será na terça-feira, no Rio de Janeiro.



Flamengo x Uberlandia, Basquete (Foto: Fernando Azevedo / Fla Imagem) 
Marcelinho, do Flamengo, salta para a bandeja contra Uberlândia (Foto: Fernando Azevedo / Fla Imagem)

Seis clubes já garantem vaga nas quartas de final em Macaé



Nas areias da Praia de Cavaleiros, em Macaé (RJ), Corinthians, América, Flamengo, Botafogo, Palmeiras e Goiás se deram melhor no primeiro dia da segunda etapa da Liga Nacional de Futevôlei. Com os resultados desta sexta-feira, os seis clubes já garantiram classificação para as quartas de final da competição. O SporTV transmite as semifinais e as finais neste domingo, a partir das 8h30m, ao vivo.



Confira a programação e a tabela do Mundialito de Clubes, em São Paulo

Arena Represa de Guarapiranga São Paulo II Mundialito de Clubes São Paulo (Foto: Divulgação/BSWW)
A segunda edição do Mundialito de Clubes de futebol de areia reunirá na Arena Guarapiranga, em São Paulo, alguns dos principais times e jogadores do mundo, dos dias 12 a 19 de maio. Flamengo,  Corinthians, Santos,  São Paulo, Barcelona-ESP, Sporting-POR, Boca Juniors-ARG, Milan-ITA, Seattle Sounders-EUA, Lokomotiv Moscou-RUS, Al Ahli-EAU e vasco buscarão o título da competição.

O torneio será disputado em três grupos de quatro times. Os dois primeiros colocados de cada grupo e os dois segundo melhores na classificação geral se classificam para as quartas de final, que serão realizadas na quarta-feira (16). A TV Globo transmite a partida de abertura do torneio entre Sporting e Corinthians, às 10h15m deste sábado (12).

Saiba quais são os grupos do II Mundialito de Clubes:

Grupo A:  Santos , Milan (Itália) e Boca Juniors (Argentina) e vasco
Grupo B: Flamengo, São Paulo, Barcelona (Espanha) e Seattle Sounders (EUA)
Grupo C: Corinthians, Sporting (Portugal), Lokomotiv (Rússia) e Al-Ahli (Emirados Árabes)

Confira a programação completa:

12 maio - sábado
10h15m - Sporting Portugal x Corinthians (TV Globo)
11h45m - Flamengo x Barcelona (SporTV)
13h - São Paulo x Seattle Sounders
14h15m - Al-Ahli x Lokomotiv

13 de maio - domingo
10h45m - Sporting Portugal x Lokomotiv
12h - vasco x Santos (SporTV)
13h15m - Corinthians x Al-Ahli (SporTV)
14h30m - Milan x Boca Juniors

14 de maio - segunda-feira
15h15m - Barcelona x São Paulo (SporTV)
16h30m - Boca Juniors x vasco (SporTV)
17h45m - Flamengo x Seattle Sounders
19h - Santos x Milan (SporTV)

15 de maio - terça-feira
12h30m - Barcelona x Seattle Sounders (SporTV)
13h45m - vasco x Milan (SporTV)
15h15m - Corinthians x Lokomotiv (SporTV)
16h30m - Santos x Boca Juniors (SporTV)
17h45m - Sporting Portugal x Al-Ahli
19h - Flamengo x São Paulo (SporTV)

16 de maio - quarta-feira
13h30m - Quartas de final (SporTV)
15h - Quartas de final (SporTV)
16h15m - Quartas de final (SporTV)
17h30m - Quartas de final (SporTV)

17 de maio - quinta-feira
Folga

18 de maio - sexta-feira
17h30m - Semifinal (SporTV)
19h15m - Semifinal (SporTV)

19 de maio - sábado
8h45m - Decisão de 3º lugar

10h15m - Final (TV Globo)


Zico deseja boa sorte a Zinho em redes sociais: 'Vou ficar na torcida'



Maior ídolo da história do Flamengo e último ex-jogador a ocupar o cargo de diretor de futebol do clube rubro-negro antes da chegada de Zinho, Zico manifestou sua satisfação e desejou sorte ao ex-companheiro em mensagem publicada no twitter e no facebook. O atual técnico da seleção do Iraque trabalhou no Flamengo em 2010 por apenas quatro meses, após enfrentar uma série de problemas internos.

Zico, Facebook (Foto: Reprodução / Facebook) 
Na foto publicada por Zico, ele aparece ao lado de Zinho logo após a conquista do título da Copa União de 1987 , com a vitória de 1 a 0 sobre o Inter, no Maracanã (Foto: Reprodução / Facebook)

"Queria desejar boa sorte ao Zinho nesse novo desafio de dirigir o futebol do Flamengo. Vou ficar na torcida pelo sucesso dele e, para marcar, peguei essa foto especial do baú, um momento especial que tivemos juntos, a conquista da Copa União, o Brasileiro de 1987", escreveu o Galinho no seu facebook.

Na entrevista coletiva que concedeu na sua apresentação ao Flamengo nesta sexta-feira, Zinho falou sobre Zico e disse: "O Flamengo sempre está de braços abertos para o Zico."



Zinho recebe conselhos de Junior: 'Falei para ele ter cuidado'


Zinho - Treino do Flamengo (Foto: André Portugal)
Antes mesmo de aceitar a proposta para ser o novo diretor executivo do Flamengo, Zinho recebeu um telefonema do companheiro Junior, que foi campeão brasileiro com ele em 1992. Do outro lado da linha, ele pôde ouvir uma voz amiga, recebeu conselhos e um aviso de qual poderia ser o seu problema no clube.

- Ele precisa ter autonomia para tomar as decisões, não só de contratações, mas respaldo com o elenco. Porque muitas contratações o Michel Levy (vice de finanças) bloqueou (quando Zico era o diretor), porque acha que é o entendedor de futebol e pode participar das contratações - disse.

 Zinho conversa com o médico Runco ao chegar no Flamengo(foto)


Junior também aconselhou Zinho de que o momento do Flamengo não é dos melhores e que um fracasso poderia ter dimensões ruins para sua carreira.

- Ele teve uma boa experiência no Miami e no Nova Iguaçu. Mas no Flamengo é outra dimensão, até porque o cargo dele é um cargo visado. Ele tem que ter cuidado. Falei para ele que o mais interessante era ter iniciado uma temporada, porque poderia escolher o técnico, os jogadores. Vai chegar num momento difícil, precisando de resultados e em termos financeiros não tão bons - afirmou.

Na entrevista coletiva, Zinho chegou a falar dos conselhos de Junior, embora não tenha entrado em detalhes. Ele afirmou que o atualmente comentarista da TV Globo é um de seus grandes amigos que fez no futebol. Junior já foi inclusive diretor de futebol no período em que Zinho conquistou o Carioca pelo Flamengo, em 2004.

- O único cara que conversei, que é meu irmão, meu parceiro, foi o Júnior Capacete. Ele e Zico são os meus maiores ídolos no Flamengo.  O Júnior me ligou. É meu parceiro, a gente sempre se fala.  Ele me desejou sorte, se colocou à disposição. Os verdadeiros rubro-negros estão preocupados com um amigo.  Não tive contato com o Zico, não falei por telefone com ele, mas a abertura é total. Houve problemas, mas a direção do Flamengo, pelo que escutei, tem um carinho e um respeito muito grande pelo Zico - disse.



Amaral e Jorge Luiz podem treinar com o grupo do Fla já neste sábado



Joel Santana vai ganhar dois reforços. Segundo o médico Serafim Borges, o meia Jorge Luiz e o volante Amaral completaram todos os exames médicos e estão liberados para assinar contrato e começar a treinar com o grupo do Flamengo.

- Os dois estão liberados e vão estar no treino deste sábado – informou o médico.

Ambos têm 24 anos e assinam por empréstimo até o fim da temporada. Jorge Luiz estava no Friburguense, enquanto Amaral jogou o Campeonato Carioca pelo Nova Iguaçu. O volante, aliás, foi reprovado na primeira bateria de exames e teve de passar por uma nova avaliação. Nesta sexta-feira, os resultados foram satisfatórios e ele está apto a defender o clube.

Para Jorge Luiz, é um retorno. Ele deixou o clube em 2004, aos 16 anos, depois de passar pela base. Não se firmou por questões físicas, pois era considerado muito baixo.

- Estou muito feliz por estar voltando para o clube de onde nunca deveria ter saído. Vou voltar pela porta da frente, trabalhar, tentar manter o que vinha fazendo no Friburguense, e esperar a minha oportunidade. O Flamengo tem muitos jogadores de criação, diferenciados. Vou somar com o grupo. Tenho bom passe, conduzo bem a bola, tenho bom chute a gol. Lá no Friburguense eu cobrava faltas. Vou treinar no Flamengo também.

Além do reencontro com o clube e de uma segunda chance, o meia vive a expectativa de dividir espaço com ídolos como Ronaldinho Gaúcho, Vagner Love e Léo Moura.

- É uma honra trabalhar com esses caras, são grandes nomes do futebol brasileiro. Será um prazer.

Com Jorge Luiz e Amaral, o Flamengo chega a três reforços para o Brasileirão. Além deles, já treina com o grupo o lateral-direito Wellington Silva, ex-Resende. O clube ainda aguarda que o Santos libere o meia Ibson, o que deve ocorrer na segunda-feira. O volante Cáceres, do Libertad-PAR, está apalavrado, mas só vai se apresentar depois da participação da equipe dele na Libertadores.

O Flamengo estreia no nacional no sábado, dia 19, contra o Sport, no Recife. A partida será às 19h30m (de Brasília), na Ilha do Retiro.


Fora de treino dedicado à defesa e ao meio, R10 e Love jogam futevôlei



Com as atenções todas voltadas para a chegada de Zinho, Joel Santana comandou um treino tático na manhã desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Na segunda parte da atividade, dedicada à defesa e ao meio-campo, o treinador não usou os atacantes Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love, que, ao lado de alguns reservas, improvisaram um futevôlei no canto do gramado.

Ronaldinho Gaúcho jogando futvôlei no treino do Flamengo (Foto: Maurício Val / Vipcomm) 
Ronaldinho Gaúcho e Love jogam futvôlei no treino do Flamengo (Foto: Maurício Val / Vipcomm)

Sem seus astros, o time rubro-negro encerrou o treino na metade do campo com Paulo Victor, Léo Moura, González, Welinton e Magal; Luiz Antônio, Camacho, Kleberson e Bottinelli.

Sempre cobrando muito os jogadores, Joel trabalhou o posicionamento da defesa e meio-campo tanto em jogadas de defesa como nas de ataque.


Flamengo goleia vasco em desafio feminino às vésperas do Mundialito de Clubes

Às vésperas do início do II Mundialito de Clubes de futebol de areia, o Flamengo goleou o Vasco, por 6 a 2, durante um desafio feminino entre os representantes cariocas da competição, que começa neste sábado e vai até dia 19 de maio, na Arena de Guarapiranga, em São Paulo, e reunirá 12 clubes de oito países.

No comando dos times, o goleiro rubro-negro Robertinho e o craque vascaíno Jorginho. Mesmo sendo uma brincadeira, o clássico foi levado a sério. Principlamente pelas meninas rubro-negras. Com lances bem disputados, que resultaram em gols após excelentes cobranças de pênaltis e de falta, a rivalidade falou mais alto.

Depois de muita discussão durante o desafio e muitas provocações de lado a lado, a paz reinou apenas depois do jogo.

- A camisa do Flamengo já ajudou muito a começar o bom desempenho - provocou uma das jogadoras rubro-negras.

A TV Globo transmite a partida de abertura do torneio entre Sporting e Corinthians, às 10h15m deste sábado (12).

Felipe deixa hospital, será reavaliado na terça, mas está fora da estreia


  gociação com o
 ogrupoel terceiro dia seguido
 em casa (Divulgação / FIVB)Internado desde a noite da última segunda-feira com diagnóstico de dengue, o goleiro Felipe deixou o hospital Pasteur, no Méier, Zona Norte do Rio, no fim da manhã desta sexta-feira. O jogador do Flamengo está em casa e terá de ficar em repouso até a próxima terça, dia em que passará por um novo exame laboratorial. Se o resultado por bom, ele volta a treinar na quarta.

- Na terça-feira vamos repetir o exame laboratorial. Existe uma quantidade de plaquetas do sangue necessárias para que ele retome as atividades. Se tudo correr bem, vai treinar na quarta. Mas ele está fora do jogo contra o Sport - informou o médico do Flamengo Serafim Borges.

Na segunda, o goleiro chegou a ir ao treino no Ninho do Urubu, mas foi encaminhado para a Gávea, pois tinha febre, diarreia e dor nos olhos, reclamando que estava com esses sintomas desde sábado. Exames específicos apontaram dengue e ele teve de ser internado para tratamento.

Na ausência de Felipe, Paulo Victor assume o gol. O Rubro-Negro enfrenta o Sport, dia 19, na Ilha do Retiro, às 18h30m (de Brasília), pela primeira rodada do Brasileirão.

Assessoria diz que Adriano passará por procedimento pós-cirúrgico

A assessoria de imprensa de Adriano informou que o atacante passará por um procedimento pós-cirúrgico na noite desta sexta-feira. O tratamento, chamado de PRP (Plasma Rico em Plaquetas), usa células do sangue do próprio paciente para acelerar a regeneração de uma área lesionada. Ainda de acordo com a assessoria, o Imperador será atendido em casa pelo médico do Flamengo José Luiz Runco, que tem uma versão diferente sobre o caso.

- Não é isso. Só vou na casa dele hoje para trocar o curativo. É só isso - resumiu.

Adriano teve o tendão de Aquiles do pé esquerdo operado há quase um mês, no dia 13 de abril. Os pontos já foram retirados e ele está sendo submetido a sessões diárias de fisioterapia com um profissional do Rubro-Negro. Segundo Runco, a recuperação ocorre dentro das expectativas e ele terá de ficar pelo menos mais três semanas sem apoiar o pé no chão. A previsão de retorno do jogador aos treinos é de três meses.




Junior Cesar não treina com o grupo do Fla pelo terceiro dia seguido


A situação de Junior Cesar no Flamengo ainda precisa ser definida. Nesta sexta-feira, o lateral-esquerdo ficou sem treinar com o grupo pelo terceiro dia seguido. Segundo o clube, ele sequer foi ao Ninho do Urubu pela manhã. O camisa 6 negocia a transferência para o Atlético-MG. O presidente do Galo, AlexandreKalil, confirmou a informação na noite desta quinta.

A reportagem do GLOBOESPORTE.COM não conseguiu contato com Junior Cesar, mas a assessoria de imprensa do jogador disse que ele esteve no CT e treinou na academia.

A versão do atleta também não bate com a de Zinho, novo diretor de futebol. Apresentado no fim da manhã, ele disse que Junior Cesar não esteve no treino. Recém-chegado, o dirigente ainda vai se informar melhor sobre o caso.

- Ainda vou conversar com o vice de futebol (Paulo César Coutinho) e com a comissão técnica para falar sobre a situação do Junior Cesar. É um jogador que me agrada, mas pelo que sei está em processo de negociação - disse.

Paulo César Coutinho não foi encontrado para falar sobre o assunto.

A saída de Junior Cesar para o Atlético também estaria relacionada ao interesse do Flamengo no volante Dudu Cearense. Pouco aproveitado pelo técnico Cuca no Galo, ele chegou a conversar com Joel Santana pelo telefone na semana passada sobre um possível acerto. A negociação ainda não evoluiu, mas existe a possibilidade de uma troca.

Zinho chega com discurso firme: ‘Regras têm de ser cumpridas’



Aos 44 anos, Zinho dá seu maior passo na carreira de dirigente de futebol. Nesta sexta-feira, 11 de maio, mesmo número da camisa que usava nos tempos de jogador, o tetracampeão assume o cargo de diretor-executivo do Flamengo. Chega para ser o elo entre atletas e direção. Com um discurso firme, concedeu entrevista coletiva por quase uma hora. Disse que vai buscar o diálogo com todas as áreas do clube e pediu a colaboração dos atletas e dos jornalistas no novo desafio.

Sobre Ronaldinho Gaúcho, afirmou que tem bom relacionamento com o camisa 10, de quem foi companheiro no Grêmio, e acredita que o atacante ainda tem muito a dar ao Rubro-Negro e ao futebol.

zinho flamengo coletiva (Foto: Maurício Val / Vipcomm)Zinho concede primeira entrevista coletiva como diretor do Flamengo (Foto: Maurício Val / Vipcomm)

Zinho assina contrato até 31 de dezembro deste ano. A partir de agora, vai convesar com diretoria e comissão técnica para conhecer a real situação do Flamengo e começar a participar do processo de montagem do grupo que vai disputar o Campeonato Brasileiro.

O diretor também falou sobre Adriano. Disse que aprovou a iniciativa do clube de abrir as portas para o Imperador, mas pediu calma para acompanhar a recuperação do atacante da cirurgia no tendão de Aquiles do pé esquerdo. Zinho pretende conversar com médicos, comissão técnica e dirigentes sobre o jogador.

Volta ao Flamengo
Retornar ao Flamengo é sempre motivo de alegria. Na apresentação aos atletas, comentei isso. Quando entrei pelo portão principal, passou um filme. Quando cheguei, tinha 11 anos de idade. É normal. É uma emoção diferente, uma situação em outra função. Quando entrei aqui, era para me formar jogador de futebol. Retornei ao Flamengo em 2004 com currículo vitorioso, ainda consegui ser campeão carioca aqui. Agora, é um desafio da minha vida.

Decisão de aceitar o cargo
Pensei, analisei, conversei com a família, direção do clube, principalmente (Michel) Levy, (Paulo César ) Coutinho e (Walter) Oaquim. Antes de chegar aqui, conversei com a presidente Patricia. Agora, ela tem uma pessoa aqui, junto com o Coutinho. Ela vai se dedicar mais ainda ao clube em geral. Feliz pelo convite, pela confiança deles. Uma das coisas que me fez aceitar o desafio foi a repercussão. De propósito esperei para sentir do povão, do verdadeiro rubro-negro, o cara que vai para o estádio, da própria mídia. Eu não tenho tanto tempo de trabalho nessa função. Exerci um pouco isso nos Estados Unidos e no Nova Iguaçu. Estava exercendo a função de comentarista. Volto para a minha função, já que sou apaixonado, muito motivado. Passei isso para os atletas e comissão técnica.

Início do trabalho
Fiz questão de ir nos juniores, é um trabalho conjunto. Será um trabalho simples, honesto, verdadeiro, olho no olho, objetivo. Trabalhando em prol do Flamengo. Estou muito satisfeito com essa oportunidade e vou me dedicar 24 horas para ter sucesso nessa nova função. Preciso da colaboração, da boa relação com vocês. Cada cantinho que vou passando vou vendo gente da minha época, mas tem muita gente jovem, nova. As primeiras semanas vão ser para conhecer cada setor, a função de cada um. Acredito no trabalho de equipe. A estrela é o Flamengo e cada um tem que exercer sua função para que aconteça, flua.

Zinho diretor
Escutei muita gente. Escutei um colega dizendo que não fui um craque, mas um bom jogador. Que ganhei títulos pelo profissionalismo, seriedade, empenho. Venci cinco brasileiros, três Copas do Brasil, Carioca, Gaúcho, Mineiro, Mundial. Com um trabalho pautado no grupo. Sozinho ninguém vence. No futebol eu sou o resposável, vamos dialogar com a comissão técnica e encontrar o melhor para o Flamengo. Não é para o Zinho, para o Joel, é para o Flamengo. Não é quartel, é no diálogo, na conversa. Mas existem regras e cada um tem que cumprir a sua. Tem que ter uma organização. Vim para cá e não abro mão disso. Honestidade, seriedade e profissionalismo. Dentro de um respeito, a gente se entende. Não pode ter trairagem. Vou chegar com os pés no chão, não sou melhor do que ninguém, não implorei para estar aqui. Fui convidado, analisei o convite, muita gente falou que eu era maluco. Eu não acho que sou maluco, pelo contrário. Desafio, oportunidade boa para a minha carreira, área nova, um dos maiores clubes do mundo. Tem problemas? Tem. Mas com dedicação podemos ultrapassar essas barreiras. Temos de saber administrar as vaidades do futebol.

Estrelas sem privilégio
Não gosto de falar de coisas que não aconteceram ainda. A maioria dos atletas, os mais cascudos, já trabalhou comigo como jogador. Mesmo como jogador viam a minha maneira de ser. Só vivendo as situações para dizer o que vai acontecer. Eu tenho a minha maneira de ser, sou altamente profissional, não gosto de conversa fiada. Aqui cada um tem a sua função. O que tenho pedido aos atletas é que problemas relativos ao futebol, antes de falar, reclamar, falem comigo. Estou aqui para isso. Sou esse elo. Vou tentar resolver os problemas na medida do possível, fazer os atletas renderem o seu melhor futebol. Estou aqui para proporcionar aos atletas uma melhor condição para jogar futebol. Tem que cumprir as funções dele e jogar bola. Falei que de repente não vou resolver tudo, mas existem as regras do futebol. Se cumprir, não vai ter problema nenhum. Espero não ter problema algum. Às vezes, tem o momento de ser firme. Às vezes, vai com calma, tenta entender. A regra é para todo mundo. Não é quartel, mas o futebol exige isso.

Cenário da chegada
Tenho escutado sobre alguns problemas, mas também coisas boas. No Flamengo sempre tudo é superdimensionado. Não há necessidade disso. Problema financeiro? A maioria dos clubes no Brasil tem. O objetivo é, juntamente com a direção, sempre estar cumprindo com aquilo que o clube acordou com os atletas. Isso é importante para o trabalho fluir. Quando acontecer algum problema, não posso deixar isso atrapalhar o desempenho dos atletas. É importante estar com salário em dia, e o pessoal está trabalhando para isso. Tenho visto um empenho muito grande para colocar as coisas em ordem. É fundamental ter essa organização financeira até para que as cobranças possam surtir efeito. Você encontra alguma barreira para desenvolver o trabalho. Estou acreditando no projeto de colocar o Flamengo organizado também nessa parte financeira, que não é a minha área. Quem paga os atletas é o vice de finanças (Michel Levy). Vai contratar o atleta, tem que passar pelo diretor de futebol, pelo vice de futebol (Paulo César Coutinho). Bons jogadores, de nível de Seleção, é sempre bom ter. Não vou atropelar, não vou querer absurdos para o Flamengo para não causar problemas financeiros para o clube. É trabalho em equipe, estou muito tranquilo. A Patricia acabou de me ligar e disse que está buscando coisas para o clube, para os atletas. Disse a ela que agora tem uma pessoa aqui para cuidar do Ninho, que se preocupe com coisas grandes para o Flamengo, patrocínios. Deixa o futebol para que a gente conduza.

Zinho Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Globoesporte.com) 
Zinho já teve a primeira conversa com os jogadores (Foto: Alexandre Vidal / Globoesporte.com)
 
 Pronto para críticas 
Se falarem a verdade, vou ter que engolir. Se falar mentira, espero que sejam corretos, não coloquem na minha conta. Hoje é que dia? Dia 11, hein? Esse 11 me persegue. A partir desse dia eu estou dentro, não corro da batalha. O que for feito por esse grupo vou abraçar a causa. De agora em diante, não tem conversa fiada. Vai ter uma equipe trabalhando. Por isso que é bom ter duas, três pessoas. Acho que direção, jogadores, comissão técnica estão confiantes que chega uma pessoa séria. Que não vai ter nada por baixo dos panos.

Nova rotina
Pretendo ter umas horinhas com a minha família. Me desliguei da Fox, conversei com o presidente do Nova Iguaçu e me desliguei. E agora sou exclusivamente diretor de futebol do Flamengo.

Primero contato com o grupo
Foi o melhor possível. Quando estava vindo para cá, imaginei como seria. Joguei com alguns deles, você fica na dúvida sobre como cumprimentar. Não sabe se cumprimenta como diretor ou como jogador. Quando você volta, as pessoas te recebem de braços abertos. Os mais jovens vão vendo como você é tratado e vai quebrando o gelo. E com a rapaziada com quem trabalhei é mais tranquilo. A intimidade é maior, já convivemos muito, conversei com eles sobre os meus objetivos, foi muito bom, olhando no olho de cada um, pedindo a colaboração de todos e vamos estar juntos no mesmo objetivo para o Flamengo fazer um Brasileirão de altíssimo nível.


Ronaldinho Gaucho e Zinho treino Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) Ronaldinho Gaúcho
Joguei com ele quando tinha 19 anos, é um fenômeno. Já era destaque no Grêmio naquela época. Minha relação com ele é muito boa, nunca tive nenhum tipo de problema com o Ronaldo. Gostei de revê-lo, de dar um abraço longo nele. É uma estrela mundial. Tem 32 anos, mas muita coisa para render, traçar objetivos. Quando a gente tem objetivo, no fim, tem uma meta, você se vê motivado. Vou conversar com o Ronaldo, quero ele junto comigo. Ele e o grupo todo. O Ronaldo faz parte desse grupo e é muito importante para esse grupo com a conduta, desempenho, liderança. É importantíssimo. É seguido por milhares de pessoas pelo que fez no futebol, pelas conquistas, pelo talento. Ele tem que conviver com isso. O Flamengo é diferente de outros clubes. Estou tranquilo, à vontade com o Ronaldo. Tanto com ele como com todo o grupo. Preciso deles ao meu lado. Ou o trabalho não flui. Respeito, honestidade, regras normais do futebol. Não é regra do Zinho. Não vai ter cartilha do Zinho. Funções e regras do futebol profissional. Preciso do Ronaldo do meu lado para fazer o Flamengo brigar pelo título. Se não for assim, a coisa não anda. Preciso deles entendendo a organização do futebol.

Sexto título brasileiro?
Meu parceiro Andrade está tirando onda comigo (risos). A gente tinha cinco títulos, né? Ele conseguiu o sexto como treinador (em 2009) e agora está tirando onda. Seria um prazer chegar no fim do ano, mesmo fora de campo, com mais uma conquista.

Estrutura do Ninho do Urubu
Evoluiu muito, muitas coisas são provisórias, mas melhorou bastante. Precisa melhorar. Tem que buscar o melhor, e o Flamengo está trabalhando para isso. Nem fui na obra ainda, mas a Patricia quer me levar lá para conhecer. Temos um espaço maravilhoso, fui nos juniores. Não sou diretor de todas as categorias, mas tem que olhar na base. Ali vão surgir os talentos, cada um na hora certa. Acho que a área é boa, houve melhorias. Precisa continuar o trabalho de estrutura. Parabenizo as pessoas que estão no Flamengo e aqueles que estavam antes também.

Montagem de elenco
Tudo no seu devido lugar e no seu devido tempo. Me apresentei aos profissionais do clube, estou aqui para bater esse papo. Depois dessa conversa aqui, aí o foco é o trabalho. Vou conversar com a direção, ver o que está sendo feito. Sei que alguns jogadores estão fechados. Não tem o que fazer muito a não ser administrar quem vai chegar. Pelos nomes que escutei, Ibson, Cáceres, apesar de não ser administração minha, aprovo também. Os mais jovens, inclusive o Amaral, que é do Nova Iguaçu, o Jorge Luiz, do Friburguense, são jovens, contratações que se realmente se concretizarem, são promessas. Acompanhei no Carioca. Vou conversar com o vice de futebol, comissão técnica, ouvir o treinador, qual é a posição de carência, como está o elenco, o número de atletas. Isso é o mais tranquilo e é o que mais gosto de fazer. Vou ver o que é concreto, o que está em andamento. Daí para frente, minha participação é 100%.

Portas abertas para Adriano
Adriano tem 30 anos. Tem um currículo invejável. Seleção Brasileira, Copa do Mundo, no último título brasileiro do clube estava aqui. Tem os problemas particulares dele, os problemas fora de campo dele. Estou falando isso porque é o que sai na mídia. É um cara que tem a cara do Flamengo, foi formado no clube, se identifica com o clube. Tem esses pontos positivos e quando quer jogar é absurdo, baita de um jogador. Acho que o clube, até valorizando um cara identificado com ele, abriu as portas. Ele fez a cirurgia, conversei com o departamento médico e vou conversar mais. Abrir as portas para a recuperação do Adriano? Legal, muito bom. Daí para a contratação é outra história. Vamos ver a recuperação, conversar, ver a necessidade da comissão técnica. Não vou começar a responder coisas que não aconteceram ainda. Vamos viver o momento.

Saída de Zico em 2010
Não liguei para o Zico. O único cara que conversei, que é meu irmão, meu parceiro, foi o Júnior Capacete. Ele e Zico são os meus maiores ídolos no Flamengo. Tive o prazer, a honra de subir para o profissional, respeito muito. O Júnior me ligou. É meu parceiro, a gente sempre se fala. É um dos amigos que fiz no futebol. Ele me desejou sorte, se colocou à disposição. Os verdadeiros rubro-negros estão preocupados com um amigo. Júnior foi meu diretor de futebol no Flamegno em 2004. Muito legal. Caras que têm credibilidade com a torcida, com o clube. Eu sou um cara aberto ao diálogo, gosto de escutar todo mundo. Existe a coisa do comando, ter a opinião, a conduta e a maneira de agir. Alguém tem que dar a palavra final. Não tive contato com o Zico, não falei por telefone com ele, mas a abertura é total. Houve problemas, mas a direção do Flamengo, pelo que escutei, tem um carinho e um respeito muito grande pelo Zico. Até perguntei se a relação estava arranhada. Houve o problema, não vale a pena bater na tecla, mas ele é patrimônio para sempre do Flamengo e respeitado por mim e por muitas pessoas do clube. O Flamengo sempre está de braços abertos para o Zico.

Sob olhares de Marin, Mano chama base olímpica e deixa R10 fora da lista


Com 17 jogadores com idade sub-23 (incluindo Neymar, Ganso, Oscar, Lucas e a volta de Alexandre Pato), o técnico Mano Menezes divulgou nesta sexta-feira os jogadores da Seleção Brasileira para os amistosos contra Dinamarca (26 de maio), Estados Unidos (30 de maio), México (3 de junho) e Argentina (9 de junho). Presente na pré-lista de 52 nomes dos Jogos de Londres, Ronaldinho Gaúcho ficou fora. Após ter afirmado várias vezes que veria a relação 48 horas antes do anúncio oficial, o presidente da CBF, José Maria Marin, compareceu ao Hotel Sofitel, no Rio de Janeiro, para acompanhar a convocação e conversou durante alguns minutos com o treinador. O dirigente disse que viu a lista, mas que não pediu nenhuma mudança a Mano ou ao diretor de Seleções, Andrés Sanches.

- Não conversei com nenhum dos dois antes da elaboração, não sugeri nada, não insinuei nada e tive um grande motivo para não conversar nada a esse respeito com o Mano e com o Andrés. Tudo para terem liberdade na escolha de quem julgam ser os melhores para servir à Seleção. A lista que me foi apresentada permaneceu intacta - disse o substituto de Teixeira, que garantiu confiança total no trabalho de Mano.

Confira a lista completa dos convocados para os amistosos:


Goleiros
Jefferson (Botafogo)
Neto (Fiorentina)
Rafael (Santos)

Laterais
Daniel Alves (Barcelona)
Danilo (Porto)
Marcelo (Real Madrid)
Alex Sandro (Porto)

Zagueiros
Thiago Silva (Milan)
David Luiz (Chelsea)
Bruno Uvini (Tottenham)
Juan (Inter de Milão)

Meio-campistas
Casemiro (São Paulo)
Sandro (Tottenham)
Rômulo (vasco)
Paulo Henrique Ganso (Santos)
Oscar (Internacional)
Lucas (São Paulo)
Giuliano (Dnipro)

Atacantes
Alexandre Pato (Milan)
Hulk (Porto)
Leandro Damião (Internacional)
Neymar (Santos)
Wellington Nem (Fluminense)

Veja a lista de convocados de Mano Menezes




jogadores brasil convocação (Foto: Editoria de arte / Globoesporte.com)




Zinho é apresentado aos jogadores e inicia trabalho como diretor do Flamengo

Zinho está de volta ao Flamengo. Agora, como diretor-executivo de futebol. Contratado para ser o elo entre jogadores e diretoria, o ex-jogador começou a trabalhar nesta sexta-feira. O tetracampeão chegou ao Ninho do Urubu pouco antes das 9h. Guiado pelo vice de futebol Paulo César Coutinho, pelo coordenador Sérgio Helt e pelo vice de relações externas Walter Oaquim, o novo dirigente rubro-negro conheceu as instalações do CT e foi apresentado aos jogadores e ao técnico Joel Santana no campo principal.

Zinho com jogadores Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
Zinho é apresentado e conversa com os jogadores do Fla (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

Antes mesmo da reunião no gramado, Zinho foi cumprimentado pelos atletas e recebeu um longo abraço de Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love. Em seguida, caminhou com Coutinho e Oaquim pelos gramados do Ninho para observar o trabalho dos garotos da base. De volta ao campo 1, conversou por alguns minutos com o médico José Luiz Runco, falou ao telefone e observou o treino do grupo principal. Ele concederá entrevista coletiva após a atividade.

Zinho está com 44 anos e antes de assumir o cargo no Flamengo deixou as funções de diretor-técnico do Nova Iguaçu e comentarista de um canal de TV por assinatura. Ele assina contrato com o Rubro-Negro até 31 de dezembro deste ano.

O ex-jogador iniciou a carreira no Flamengo em 1986. Na primeira passagem pelo clube, jogou até 1992. Tempos depois, voltou à Gávea em 2004 e ficou até 2005. Pelo Rubro-Negro, foi campeão da Copa União em 1987, campeão brasileiro em 1992, campeão da Copa do Brasil de 1990 e tricampeão carioca (1986, 1991 e 2004).

Ronaldinho Gaucho e Zinho treino Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
 Zinho ganha abraço no reencontro com Ronaldinho Gaucho (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

Presidente e Muricy 'já admitem' saída de Ibson para o Flamengo


Ibson no treino do Santos (Foto: Ricardo Saibun / Divulgação Santos FC) Ainda não é oficial, mas o acerto já concretizado para a saída de Ibson do Santos para o Flamengo, em troca do zagueiro David Braze do lateral Galhardo, fica cada vez mais evidente. Os novos fortes indícios do acordo, que já está selado e só não foi anunciado pelos clubes, foram dados pelo presidente Luis Alvaro Ribeiro e pelo técnico Muricy Ramalho, ambos do Peixe.

Antes completamente arredio a sequer comentar sobre o assunto, Laor já mudou de postura. Mesmo colocando a transferência na condicional, o mandatário do Alvinegro já vislumbra um bom negócio com a confirmação da troca, que ainda inclui o repasse da dívida do Peixe com o Spartak Moscou, ex-time de Ibson, ao Rubro-Negro.

- Se for concretizado, imagino que sim (seja um bom negócio). Mas me recuso a fazer negócio antes da final do Paulista. Nem vi a minuta (do contrato), nem nada. Me recuso a examinar. Só vamos tratar a partir de segunda-feira. Parece que pode ser um bom negócio, mas nosso elenco é muito bom - afirma o presidente.

- Não me lembro do zagueiro central que jogou no Palmeiras. Nunca vi o Galhardo jogar, mas temos as melhores referências possíveis. Ele só não joga porque tem o Léo Moura (na posição). Neymar e ele são amigos, jogaram juntos nas seleções de base - completa Luis Alvaro, sobre a dupla de jogadores já liberada do Flamengo.

Mantendo parte do discurso já adotado anteriormente, Muricy também segue dizendo que só falará do assunto após a decisão do estadual. Mesmo assim, o treinador deixa escapar que há situações inevitáveis no mundo da bola.

 - O futebol não são só os clubes e jogadores, têm outras coisas também. O Santos leva tudo muito na ponta da caneta. É assim que funciona e só assim consegue manter as coisas. Quando aparecem grandes negócios, o Santos faz - diz o treinador, deixando clara no ar a possibilidade de perder o jogador em breve.

Após a primeira final do Campeonato Paulista, com vitória santista por 3 a 0 sobre o Guarani, no Morumbi, no último domingo, o GLOBOESPORTE.COM questionou Ibson na saída da delegação alvinegra sobre a transferência para o Flamengo, mas o jogador apenas sorriu e preferiu não responder.

Logo depois da definição do provável tricampeonato estadual do Santos, tudo indica que os clubes devem anunciar oficialmente a transferência.

Flamengo deve aceitar reduzir pedida por patrocínio


O Flamengo está pedindo R$ 21 milhões pelo patrocinio master do uniforme, mas deve aceitar redução no valor durante as negociações, chegando a R$ 19 milhões. A diretoria diz negociar com três empresas - duas são Black & Decker e Porcão. O clube está desde janeiro sem patrocinador oficial.


Joel diz que inicia Brasileiro sem time titular e mira Dudu Cearense


Dudu Cearense, Atlético Mineiro (Foto: Fernando Martins / Globoesporte.com)
Nesta sexta-feira, Zinho será apresentado como novo diretor de futebol do Flamengo. Ibson é aguardado para a próxima segunda-feira. Joel Santana conversa com Dudu Cearense. E a diretoria segue em busca de reforços. A pouco mais de uma semana da estreia do Brasileirão, dia 19, contra o Sport, em Recife, o técnico rubro-negro admite que não terá o time considerado titular e vai ter de, a partir do esboço da equipe, conseguir o desenho final para a disputa da competição.

- Gostaríamos de contar com todos jogadores pelo menos 15 dias antes. Talvez vamos entrar no Brasileiro com uma equipe que não seja a que a gente vai considerar a titular – afirmou Joel, ciente das dificuldades para contratar.

O treinador, porém, disse entender a dificuldade de definir algumas situações:

- Contratações não acontecem da noite para o dia. Existe uma questão financeira, não estamos com caixa para certos pagamentos. Mas eles (os reforços) vão chegar. Temos de trabalhar para entrar bem no Brasileiro.

Ao ser questionado sobre o tema e a declaração de Joel sobre o tempo ideal para trabalhar com os reforços, o vice-presidente de futebol, Paulo César Coutinho, se mostrou incomodado.

- Então, pergunta para o Joel. Não vou criar polêmica com o treinador.

Joel espera principalmente a chegada de um zagueiro e de um jogador que atue como primeiro volante.

Dudu Cearense na lista

Atualmente no Atlético-MG, Dudu Cearense chegou a conversar com Joel Santana pelo telefone na semana passada sobre um possível acerto com o Flamengo. A negociação ainda não evoluiu e envolveria também a saída de Junior Cesar em uma possível troca-troca.

Dudu não vinha sendo relacionado nem para o banco de reservas pelo técnico Cuca. Com Fellipe Soutto e Leandro Donizete vetados pelo departamento médico para a decisão do Campeonato Mineiro, o volante pode ser uma das opções do treinador do Galo para o segundo jogo da final diante do América-MG. Na primeira partida, ele entrou nos minutos finais.

Enquanto aguarda a chegada de reforços, o técnico ainda lamenta por ter sido apontado como culpado pelo fracasso do time na Libertadores e Carioca. Joel alega que pegou o time no meio do Carioca e Libertadores, e disse que não pode ser questionado por causa de dois jogos.

- Botaram na minha conta muito forte, só analisaram os resultados dos jogos. Quem paga é o treinador. Pegamos um grupo que fomos conhecer dentro das competições e, no fim, a conta sempre é do treinador. Em nenhum momento, a presidência me deixou em dúvida ou insegurança. Não posso colocar em dúvida o que eu sou e o que represento por causa de dois jogos em que a equipe não foi bem. Não posso ficar preocupado com uma situação dessas. Não vim por um acaso - completou Joel.



O dia em que Ronaldinho e Love viraram ‘bobinhos’ no Flamengo



Os astros da companhia tiveram seu dia de “bobos”. No treino da tarde desta quinta-feira na Gávea, Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love acabaram sendo alvo de gozações dos companheiros de time. Ao errarem seus passes, os dois jogadores foram para o meio da roda de bobinho e não conseguiram evitar os 20 toques que determinam que eles continuariam tendo que correr atrás da bola.

No dia a dia, é raro ver Ronaldinho e Love ao mesmo tempo no meio da roda. Enquanto os jogadores comemoravam por terem feito os dois de “bobos”, Ronaldinho, em tom de brincadeira, desferiu alguns golpes para espantar os companheiros que ameaçavam cercá-lo.

Depois, Love conseguiu cortar um passe, alguns jogadores questionaram se o lance fora válido, o atacante argumentou e, ao lado de Ronaldinho, se apressou para deixar a roda de bobinho.
  leto Joel diz que inicia Brasileiro sem time
titular e mira volante Dudu Cearense

Egídio pode retornar ao Fla para o Brasileiro

Na iminência de perder Junior Cesar, lateral-esquerdo titular, para o Atlético-MG, o Flamengo se movimenta para conseguir o retorno de Egídio, emprestado ao Goiás até o fim deste ano. Formado na base do clube, já foi avisado por seu empresário, Eduardo Uram, sobre a possibilidade de retornar ao Rubro-Negro antes do fim do empréstimo para reforçar o Rubro-Negro no Brasileiro.

No clube Goiano, Egídio está prestigiado e a diretoria já o procurou para firmar um vínculo mais extenso. O lateral é titular e ajudou o time a chegar às quartas de final da Copa do Brasil ao bater o Galo e na final do Campeonato Goiano.

Procurado para comentar sobre a possibilidade, o vice de futebol Paulo Cesar Coutinho não foi encontrado pela reportagem do L!

Curiosamente, o processo pode ser inverso, uma vez que Egídio não emplacou no início de 2011 e acabou abrindo espaço para a contratação de Junior Cesar.


Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!