Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 23 de junho de 2012

O vasco é muito MERDA: Cruzeiro 3 x 1



Salve o Boca...



O campeão dos campeões,
Eternamente
Dentro dos nossos corações.

Salve o Boca
Tradição e glórias mil;
Tu és o orgulho
Dos  esportistas do Brasil.





Luiz Antonio cita fator psicológico do Grêmio e diz: ‘Meio a zero é goleada’



Luis Antonio, Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) A eliminação do Grêmio na Copa do Brasil diante do Palmeiras, na última quinta-feira, pode ter afetado o psicológico dos jogadores. Luiz Antonio acredita que o Flamengo pode tirar proveito da situação. Mas, por outro lado, o volante do rubro-negro sabe que o efeito pode ser justamente o inverso e, por isso, proclama:

- Meio a zero é goleada, importante é sair com vitória.

Luiz Antonio destacou a dificuldade dos jogos em Porto Alegre. E analisou o momento do adversário.

- Será um jogo difícil, como sempre é no Sul. Eles foram eliminados da Copa do Brasil, podem estar um pouco abalados, pois queriam chegar à final (da Copa do Brasil). De repente, afetou um pouco o psicológico, vamos tentar tirar proveito. Mas eles terão uma equipe mordida, forte, vão querer ganhar para melhorar no Brasileiro – apostou o jogador.

Luiz Antonio foi lançado na equipe profissional por Vanderlei Luxemburgo, no ano passado. Ele destaca que, como o ex-treinador do Flamengo e atual comandante gremista conhece bem a equipe, o Rubro-Negro terá que tentar o fator surpresa:

- Ele conhece nosso time, vamos tentar surpreender.

Flamengo e Grêmio se enfrentam neste domingo, às 16h.



Fla já tem tese de defesa armada contra Ronaldinho


O Flamengo já montou a base da defesa para a briga judicial com Ronaldinho. A audiência está marcada para novembro, mas o clube já garante ter os argumentos necessários para não sair no prejuízo com o craque que está no Atlético Mineiro.

A ideia é se ater ao fato de que o primeiro contrato de direito de imagem foi feito com a Traffic, empresa de marketing esportivo. Portanto, ela só teria a intenção de utilizar a marca do jogador, ao contrário do que foi proposto pelos advogados de Ronaldinho e que acabou sendo o trunfo da liminar que o tirou do Flamengo.

Nesse caso, o salário pago pelo Flamengo é facilmente dissociado do direito de imagem. Afinal de contas, eram contratos diferentes e com três partes interessadas.

Entretanto, a partir de janeiro deste ano, o Flamengo assumiu a totalidade dos vencimentos de Ronaldinho. Essa mudança pode acabar sendo o calcanhar-de-aquiles na tese de defesa.

Apesar do otimismo em relação ao caso, todos no Flamengo sabem que, na melhor das hipóteses, terá de pagar os R$ 5 milhões equivalentes ao que deve ao jogador no período em que ele esteve no clube e não recebeu. Porém, a diretoria pretende cobrar esse valor da Traffic.

– Isso não tem como ganhar. Mas no restante nós estamos confiantes de que vamos ganhar. Eles não têm como se dar bem assim. É claro que o direito de imagem nesse caso não é o salário dele – disse um membro importante da diretoria.

Para comprovar que Ronaldinho não fez por onde receber o equivalente ao que havia sido acordado com no contrato de direito de imagem, o departamento jurídico do Flamengo está coletando provas. Até mesmo jornais e sites podem ser utilizados na audiência de novembro.

A expectativa é de que a briga judicial se arraste por muito tempo, podendo ultrapassar o período em que a presidente Patricia Amorim ficará sob o comando do clube.

Há também a possibilidade de a advogada de Ronaldinho, Gislaine Nunes, sente com representantes do Flamengo para propor um acordo. As duas partes já confirmaram que estão dispostos a conversar, mas nenhuma reunião foi marcada.

Curiosamente, os dois lados se mostram confiantes demais.
O Flamengo já montou a base da defesa para a briga judicial com Ronaldinho. A audiência está marcada para novembro, mas o clube já garante ter os argumentos necessários para não sair no prejuízo com o craque que está no Atlético Mineiro.

A ideia é se ater ao fato de que o primeiro contrato de direito de imagem foi feito com a Traffic, empresa de marketing esportivo. Portanto, ela só teria a intenção de utilizar a marca do jogador, ao contrário do que foi proposto pelos advogados de Ronaldinho e que acabou sendo o trunfo da liminar que o tirou do Flamengo.

Nesse caso, o salário pago pelo Flamengo é facilmente dissociado do direito de imagem. Afinal de contas, eram contratos diferentes e com três partes interessadas.

Entretanto, a partir de janeiro deste ano, o Flamengo assumiu a totalidade dos vencimentos de Ronaldinho. Essa mudança pode acabar sendo o calcanhar-de-aquiles na tese de defesa.

Apesar do otimismo em relação ao caso, todos no Flamengo sabem que, na melhor das hipóteses, terá de pagar os R$ 5 milhões equivalentes ao que deve ao jogador no período em que ele esteve no clube e não recebeu. Porém, a diretoria pretende cobrar esse valor da Traffic.

– Isso não tem como ganhar. Mas no restante nós estamos confiantes de que vamos ganhar. Eles não têm como se dar bem assim. É claro que o direito de imagem nesse caso não é o salário dele – disse um membro importante da diretoria.

Para comprovar que Ronaldinho não fez por onde receber o equivalente ao que havia sido acordado com no contrato de direito de imagem, o departamento jurídico do Flamengo está coletando provas. Até mesmo jornais e sites podem ser utilizados na audiência de novembro.

A expectativa é de que a briga judicial se arraste por muito tempo, podendo ultrapassar o período em que a presidente Patricia Amorim ficará sob o comando do clube.

Há também a possibilidade de a advogada de Ronaldinho, Gislaine Nunes, sente com representantes do Flamengo para propor um acordo. As duas partes já confirmaram que estão dispostos a conversar, mas nenhuma reunião foi marcada.

Curiosamente, os dois lados se mostram confiantes demais.


Depois de polêmica contra Santos, Love, Botti e Renato treinam pênaltis

Na vitória diante do Santos no último domingo, o gol foi marcado de um pênalti convertido por Bottinelli, que pediu para bater e foi alvo de vaias da torcida antes mesmo da cobrança. Ele balançou a rede, teve seu nome gritado pelos torcedores no Engenhão, e abriu uma polêmica. Na ocasião, Joel Santana disse que Renato, que estava sendo vaiado, não quis bater, mas o jogador negou que tivesse se recusado. No treino deste sábado, em Porto Alegre, Vagner Love e Bottinelli foram os dois que treinaram o maior número de cobranças.

Vagner Love, Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 
Vagner Love treina cobranças de pênaltis no Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

O aproveitamento de Love e Bottinelli foi bom, a dupla converteu a maioria das cobranças. Renato se juntou aos dois um pouco depois, mas cobrou somente alguns pênaltis. Depois, Joel comandou atividade de jogadas aéreas.

Na última rodada, diante do Santos, o pênalti convertido por Bottinelli quase virou polêmica. Joel Santana disse que Renato se recusara bater:

- Era para o Renato bater, mas a torcida começou a vaiar o Renato, que estava fazendo uma boa partida, e ele não quis bater. Renunciou. O Botti mostrou personalidade, querendo bater, e nós deixamos.

Geralmente dois jogadores escolhem. Esse negócio de pênalti não adianta ficar forçando. Renato não quis bater, ficou pelo Love e Bottinelli. Bottinelli chuta bem, tem uma boa precisão de chute, mas fiquei preocupado. Normal. Mas ele treinou.

Pouco depois da entrevista coletiva de Joel ainda no Engenhão, Renato apresentou versão diferente.

- Achei estranha a reação do Joel. Não tem deteminação de primeiro, segundo ou terceiro batedor. Só tinha isso com o Ronaldinho e durante o tempo todo que ele esteve no clube sempre respeitei, nunca tive vaidade para bater pênalti, faltas, a bola parada em geral. Vi que o Bottinelli estava com confiança e não quis atrapalhar. Não chegou nenhuma determinação. Se tivesse que bater, bateria. Como vi o Bottinelli confiante, achei que realmente ele deveria bater.

Por fim, depois de fazer o gol, Bottinelli disse que teve personalidade.

- Quando peguei a bola, disse ao Vagner que estava confiante, ele disse que estávamos juntos e consegui bater e fazer o gol. Foi confiança e personalidade. Jogador nasce com essa personalidade.




Na cidade para a Rio+20, presidente de Cuba ganha camisa do Flamengo

Flamenguista fanático, o diretor do hotel Regina, José Caamaño, aproveitou a estadia do presidente cubano Raul Castro, que participou da Rio+20, para preparar uma recordação. Na manhã deste sábado, quando o irmão mais novo de Fidel Castro deixava o local em direção ao aeroporto, ele foi parado no hall do hotel e ganhou uma camisa do Flamengo personalizada com seu nome. José Caamaño também é diretor da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro.

Presidente Raul Castro recebe a camisa 10 do Flamengo (Foto: Divulgação) 
Presidente Raul Castro recebe uma camisa personalizada do Flamengo (Foto: Divulgação)

Vagner Love e o universo colorido das chuteiras no Flamengo

As de Vagner Love têm o nome do atacante gravado e são nas cores vermelha, branco e azul; Hernane, que formará a dupla de ataque com o Artilheiro do Amor neste domingo, contra o Grêmio, em Porto Alegre, mistura azul com laranja; tem vermelha, roxa com amarelo, entre outras. No colorido universo das chuteiras do Flamengo, difícil é encontrar uma que seja totalmente preta, como no futebol de antigamente.

Chuteiras, Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 
Chuteiras dos jogadores do Flamengo têm cores variadas (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

Até mesmo as chuteiras pretas têm detalhes dourados e outras cores. A moda dos pisantes coloridos tomou conta do futebol, e no Flamengo não poderia ser diferente. As marcas variam de acordo com os patrocínios individuais dos atletas.

Depois do desfile de chuteiras coloridas no treino deste sábado pela manhã, em Porto Alegre, a delegação seguiu para o hotel em que está concentrada em Porto Alegre.

Neste domingo, o Rubro-Negro enfrenta o Grêmio, às 16h, no Estádio Olímpico. O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida em tempo real, com vídeos.

O time retornará ao Rio depois da partida. O grupo terá folga na segunda-feira, com reapresentação marcada para terça.


Zinho joga rachão, faz gol, vence e recebe apelido de Joel: Tufão

O time de Renato, Bottinelli, Magal, Adryan, González, entre outros, teve um reforço de peso no treino recreativo realizado na manhã deste sábado, em Porto Alegre. Zinho calçou as chuteiras, o uniforme de treino e participou do rachão realizado no CT do Internacional. Vestido com a camisa 25, com o nome de Wellington Silva, o diretor de futebol deu alguns piques, em um lance passou o pé por cima da bola antes de fazer o passe, marcou um gol e ajudou na vitória do seu time. No fim, em tom de brincadeira, deu tchau para a equipe derrotada, posou junto com os atletas para a foto de campeão e recebeu um apelido de Joel Santana.

Durante a movimentação, o técnico, sentado num banco à beira do campo, chamou Zinho de Tufão, em referência ao papel de Murilo Benício na novela "Avenida Brasil".

Rachão, flamengo, Zinho (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 
Zinho posa com o time vencedor do rachão em Porto Alegre (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)
 
A imprensa só teve acesso ao CT depois de uma hora do início da atividade, mas não se tratava de mistério de Joel Santana, já que nesse tempo os jogadores realizaram apenas aquecimento. O goleiro Felipe, que estava na relação de jogadores para a viagem a Porto Alegre, alegou um problema de saúde do pai e não embarcou com a equipe. Insatisfeito com a condição de reserva, o camisa 1 tem seu futuro indefinido no clube, mesmo com contrato de mais quatro anos.

Com Paulo Victor no gol e Marcelo Carné na reserva, o Flamengo enfrenta o Grêmio neste domingo, às 16h, no Estádio Olímpico. O time está escalado com: Paulo Victor, Wellington Silva, Marllon, González e Magal; Airton, Renato, Luiz Antonio e Ibson; Hernane e Vagner Love.

Rachão, flamengo, Zinho (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 
Diretor de futebol entra no clima descontraído e dá tchauzinho para perdedores (Foto: Janir Júnior)
 
 

Fla ainda não fala em contrato de Adriano para evitar expectativa da torcida



Adriano - Flamengo (Foto: Paulo Sérgio)Há cinco dias da conversa com Adriano sobre o período de recuperação, a diretoria prefere não falar sobre um contrato não alimentar expectativa ao torcedor do Flamengo. Conforme foi combinado no encontro, no qual estava a presença de Zinho, diretor executivo, e Paulo Cesar Coutinho, vice de futebol, somente depois de 40 dias as conversas serão iniciadas.

– Ele agora vai passar por uma etapa com musculação, fisioterapia e nutricionista. É uma fase em que ele vai precisar mostrar muita dedicação. Vai demorar pelo menos uns 30 dias. Somente depois disso é que queremos ver ele em campo, nos coletivos e treinamentos. Após isso tudo nós podemos sentar para conversar sobre ele assinar com o Flamengo. Como ainda está muito distante, não tem como dizer de que forma vai ser esse contrato – explicou Zinho.

A conversa com os dirigentes foi produtiva para Adriano. Pelo terceiro dia consecutivo, o jogador chegou 30 minutos antes de começar a fisioterapia no Ninho do Urubu. A segunda etapa da recuperação da cirurgia no tendão-de-aquiles foi passada pelo médico José Luiz Runco e está sendo cumprida à risca pelo jogador.

Joel elogia Luxemburgo, mas brinca: 'Não sou de admirar homem, não'

Joel Santana conhece bem Vanderlei Luxemburgo. E a recíproca é verdadeira. Os dois são donos de carreiras vitoriosas e se acostumaram a treinar grandes clubes. No próximo domingo, a dupla se reencontra na partida entre Flamengo e Grêmio. Os elogios vieram dos dois lados, mas Joel usou o seu costumeiro bom humor para brincar ao responder se admirava o trabalho de seu antecessor no Rubro-Negro.

- Olha. Vou falar que não sou muito de admirar homem, não (risos). Essa não é a minha praia - brincou Joel.

Montagem - Luxa e Joel (Foto: Editoria de arte / Globoesporte.com) 
Joel Santana foi só elogios ao trabalho de Luxemburgo (Foto: Editoria de arte / Globoesporte.com)
 
Deixando de lado a brincadeira, Joel lembrou que a relação entre os dois é antiga e até mesmo inusitada. O rubro-negro contou que Luxa "roubou" parte de sua comissão técnica nos anos 90. Em 1995, quando conquistou o Carioca pelo Fluminense, PC Gusmão era seu preparador de goleiros. Logo depois, Luxemburgo, que era o treinador do Flamengo naquele ano, levou PC para fazer parte de sua comissão técnica e os dois ficaram juntos por muito tempo.

Quanto aos confrontos, Joel foi genérico ao dizer que foram tantos que nem se lembra. Mas aproveitou para elogiar o trabalho de Luxemburgo a ponto de colocá-lo entre os grandes treinadores do país.

- Já nos enfrentamos várias vezes e por equipes diferentes. Ele conhecia bem o meu trabalho e chegou a levar parte da minha comissão para trabalhar com ele. Não acho que há uma rivalidade, não. O Luxemburgo está entre os grandes treinadores do país junto com Felipão, Muricy Ramalho e o Abel Braga. Junto com os cascudos mesmo. E ele não é velho, mas já tem história - afirmou.

Em relação ao fato de ter trabalhado há pouco tempo no Flamengo, Joel acredita que isto não irá representar uma grande vantagem.

- O time está muito mexido. A defesa é outra, com peças novas. E hoje em dia a gente vê o todo. Não vejo vantagem - finalizou.

O Flamengo desembarcou na noite desta sexta-feira em Porto Alegre. O time enfrenta o Grêmio no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Olímpico. O Rubro-Negro é o oitavo na tabela do Campeonato Brasileiro, com nove pontos conquistados. Já o Tricolor Gaúcho está em quinto, com os mesmos nove pontos (tem uma vitória a mais).

ASSASSINETES



Das séries “Novela da vida real” e “Atrizes que não gostamos de ver por aí”


sexta-feira, 22 de junho de 2012

Goleiro Felipe alega problema com o pai e não viaja a Porto Alegre



felipe flamengo (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com) O goleiro Felipe não integrou a delegação do Flamengo que viajou nesta sexta-feira a Porto Alegre, onde no domingo o Rubro-Negro encara o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. O camisa 1 alegou um problema de saúde com o pai para pedir para não viajar.

Com a ausência de Felipe, Marcelo Carné será o reserva de Paulo Victor na partida deste domingo. Os três goleiros estavam relacionados para a viagem, mas Felipe, que treinou pela manhã no Ninho do Urubu, pediu a dispensa horas antes de o time partir.

Titular e destaque do Flamengo ao longo do ano de 2011, Felipe não joga desde a semifinal da Taça Rio, na derrota diante do Vasco (3 a 2), há dois meses. O camisa 1 pegou dengue e, por conta disso, perdeu as primeiras rodadas do Brasileirão. Paulo Victor se firmou e tomou a posição de Felipe, que desde então anda insatisfeito no clube.

O técnico Joel Santana comentou nesta sexta-feira a situação do camisa 1 e julgou natural sua irritação.

- É uma situação normal. O jogador está procurando o seu espaço após um bom tempo parado. Ele é um grande goleiro. Não o considero reserva, mas o outro (Paulo Victor) entrou com mais ritmo e vem sendo mantido. A competição entre os dois é honesta e eu procuro botar o que a minha cabeça manda. Ele está chateado, mas contanto que cumpra as suas obrigações, está ótimo. Não era para estar rindo, não é? - indagou Joel.

A bola rola para Grêmio x Flamengo às 16h deste domingo, no Olímpico.

Confira a lista dos jogadores que estão em Porto Alegre:

Goleiros: Paulo Victor e Marcelo Carné.
Zagueiros: González, Marllon e Artur Sanches.
Laterais: Wellington Silva e Magal.
Volantes/Meias: Airton, Amaral, Luiz Antonio, Renato Abreu, Ibson, Bottinelli, Adryan e Mattheus.
Atacantes: Vagner Love, Hernane, Negueba e Diego Mauricio.




Adriano festeja o aniversário da avó em restaurante

O atacante Adriano comemorou nesta sexta-feira, num restaurante da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, o aniversário de sua avó. Dona Vanda completou 74 anos de idade e, segundo o próprio Imperador, é uma grande incentivadora.

- Vó Vanda, a grande responsável pelo meu sucesso - disse o atacante no Twitter.

adriano aniversário avó (Foto: arte esporte) 
Adriano posa junto da avó, da mãe, dos filhos e do irmão (Foto: Marcelo de Jesus / Globoesporte.com)

Adriano intensificou nesta semana o trabalho de fisioterapia. O Imperador se recupera de uma cirurgia no tendão de Aquiles do pé direito. Se tudo der certo na recuperação e o jogador também conseguir perder peso, existe a possibilidade de um acerto com o Flamengo. Esta decisão, se tomada, deve acontecer em agosto.

adriano aniversário avó (Foto: Marcelo de Jesus/Globoesporte.com) 
O atacante reúne a família para a confraternização (Foto: Marcelo de Jesus/Globoesporte.com)

adriano aniversário avó (Foto: Marcelo de Jesus/Globoesporte.com) 
Imperador dá um beijo em Dona Vanda (Foto: Marcelo de Jesus/Globoesporte.com)

Flamengo faz viagem tranquila a Porto Alegre para encarar o Grêmio

O Flamengo já está em Porto Alegre, onde encara, neste domingo, o Grêmio, pela sexta rodada do Brasileirão. Os jogadores fizeram uma viagem tranquila e desembarcaram normalmente pelo saguão do aeroporto. Depois, rumaram para o hotel que vai servir de concentração para o clube.

adryan mattheus flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem) 
Mattheus e Adryan no ônibus do Fla: primeira viagem pelo profissional (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

O clima encontrado pelos rubro-negros foi bem diferente do que foi vivido em 2011. Na época, Ronaldinho era alvo de ira dos torcedores gremistas, insatisfeitos com a decisão do atacante de ir para o Flamengo. O clima na ocasião foi tenso antes, durante e depois do jogo.

O Flamengo treina na manhã deste sábado no CT do Internacional, arquirrival do Grêmio. O local de treinos fica próximo ao estádio Beira-Rio. O jogo está marcado para domingo, às 16h, no Olímpico.

Novidades no grupo rubro-negro que foi para o Sul são os jovens Mattheus e Adryan. Ambos fazem a primeira viagem pelo time profissional do Flamengo e eram só alegria. A tendência é de que os dois, assim como o restante do grupo, sofram com o frio na capital gaúcha. A previsão é de temparatura entre 7 e 8ºC nos próximos dias.


Delegação das Ilhas Salomão visita o Flamengo

 
 
O Primeiro Ministro das Ilhas Salomão, Gordon D’Arcy Lilo, aproveitou a passagem pelo Rio de janeiro, para a conferência Rio + 20, para visitar a sede social do Flamengo, na Gávea. Fã de futebol e do Mais Querido do Brasil, o dirigente passeou pelas dependências para tirar fotos.








Acompanhado por diretores rubro-negros, o Primeiro Ministro ainda visitou o ginásio Cláudio Coutinho, da Ginástica Olímpica, e a loja oficial, Fla Concept, além da cobertura da sede.











A comitiva das Ilhas Salomão contava com 15 pessoas, entre elas a esposa do Primeiro Ministro, a Sra. Bronwyn Lilo, além de agentes federais e a polícia do exército.


Joel confirma tristeza de Felipe com reserva: 'Não era para estar rindo'

felipe flamengo treino (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) A rotina de Felipevem chamando a atenção no Flamengo. Considerado há até pouco tempo dono incontestável do gol rubro-negro, o camisa 1 perdeu a posição para Paulo Victor desde que foi diagnosticado com dengue. Ele recuperou a saúde, mas não a condição de titular. Ultimamente, tem andado cabisbaixo. Sua última partida foi no dia 22 de abril, a semifinal da Taça Rio diante do vasco.

Joel Santana não discordou quando questionado sobre a atual situação do goleiro. Para o treinador, estranho seria se ele tivesse conformado e satisfeito com a condição de reserva. Mas ao mesmo tempo, o treinador deixou claro que Felipe vai ter de suar a camisa para voltar a defender o gol rubro-negro.

- É uma situação normal. O jogador está procurando o seu espaço após um bom tempo parado. Ele é um grande goleiro. Não o considero reserva, mas o outro entrou com mais ritmo e vem sendo mantido. A competição entre os dois é honesta e eu procuro botar o que a minha cabeça manda. Ele está chateado, mas contanto que cumpra as suas obrigações, está ótimo. Não era para estar rindo, não é? - indagou.

No início da atual temporada, Felipe renovou contrato por quatro anos. É a primeira vez que ele perde o posto de titular desde a estreia pelo clube, no início de 2011. O goleiro chegou a ser oferecido pelo Flamengo ao Atlético-MG. O Rubro-Negro propôs envolvê-lo junto com o lateral-esquerdo Junior Cesar numa negociação para ter o zagueiro Réver. O Galo não aceitou. Zinho, diretor de futebol do Fla, diz que um novo contato não foi feito.

O Flamengo enfrenta o Grêmio no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Olímpico. O Mengão é o oitavo na tabela do Campeonato Brasileiro com nove pontos conquistados. Já o Tricolor Gaúcho está em quinto com os mesmos nove pontos.




Centenário do Fla-Flu também terá amistoso de Futebol 7 no Engenhão

O centenário do Fla-Flu não vai se restringir ao clássico do primeiro turno do Brasileirão, dia 8 de julho. No mesmo dia, será montada atrás de uma das balizas do Engenhão uma quadra que vai receber a disputa de um amistoso de Futebol 7 entre rubro-negros e tricolores.

A rivalidade entre Flamengo e Fluminense também é grande na grama sintética. Em maio, o Rubro-Negro venceu a Copa do Brasil, competição na qual o Tricolor foi eliminado nas quartas de final. Porém, o Flu venceu as últimas quatro decisões contra o Fla: Taça Cidade Maravilhosa, Carioca, Estadual e Torneio Rio-Niterói.

- Recebemos esse convite para disputarmos o amistoso contra o Flamengo pelos 100 anos do Fla-Flu e ficamos muito satisfeitos. Isso mostra que o esporte está alcançando patamares nunca antes conseguidos - disse o gestor do time de Futebol 7 do Flu, Eduardo Semblano.

O amistoso de Futebol 7 fará parte das comemorações do centenário do Fla-Flu, que contará com atrações musicais e entrega de troféu.



Fla se reúne por patrocínio master, e camisa segue mais dois meses limpa


nova camisa do Flamengo reprodução (Foto: Reprodução) O Flamengo seguirá com sua camisa limpa por pelo menos mais dois meses. O motivo são as negociações que estão acontecendo com o clube. As coversas com a Black & Decker perderam força, mas no próximo dia 28 um grupo de empresários de uma segunda empresa virá ao Rio de Janeiro para uma reunião e também para acompanhar  a partida entre o Rubro-Negro e o Sport. O clube espera chegar a um acordo. Caso o desfecho seja positivo, a marca deverá ser estampada a partir do começo de setembro.

A marca vem sendo mantida em sigilo. Já os valores da proposta da Black & Decker que vinham sendo discutidos também não foram divulgados. A negociação esfriou, mas aina não foi descartada e a empresa pretende fechar um compromisso de três anos e meio, mas o tempo poderá ser reduzido para 18 meses. A filial brasileira da empresa não participou da primeira rodada de negociações.

Ainda estão disponíveis mais duas propriedades do uniforme rubro-negro: meião e parte frontal do calção. No início de junho, o clube fechou com a Triunfo Logística, empresa do ramo de engenharia naval, que estampa sua marca na parte do ombro do uniforme. O valor do contrato é de R$ 3 milhões até o fim desta temporada.

Em 2011, o clube ficou sem patrocinador master durante oito meses e acertou com a Procter & Gamble de agosto a dezembro. O contrato rendeu R$ 5,6 milhões.

Pontual: Adriano chega cedo ao Flamengo pelo terceiro dia seguido


Adriano vem cumprindo à risca a programação feita pelo Flamengo para a recuperação de uma lesão no tendão de Aquiles. Pelo terceiro dia seguido, o Imperador chegou ao Ninho do Urubu antes do horário previsto para suas atividades. Cerca de duas horas depois, ele deixou o CT. Para o fim de semana, o cronograma traçado é de trabalho para Adriano no sábado e folga no domingo.

Na última quarta-feira, o atacante teve uma conversa de cerca de 1h20m com o diretor de futebol Zinho. No papo, o dirigente abraçou, deu carinho, mas deixou claro que profissionalismo está acima de tudo. Ele decretou um prazo de 40 dias, até 1º de agosto, para que o atacante cumpra a rigorosa fase de recuperação para que um possível acerto com o Flamengo entre em pauta.

Mesmo sem vínculo formal com o clube, para tentar reconstruir a imagem de Imperador, ele terá que perder peso, cumprir a programação com raras folgas e mudar radicalmente o comportamento, seu maior adversário ao longo dos últimos anos.

Adriano estará sob vigilância. Um desvio de conduta não poderá ser punido com multa, já que não existe contrato entre as partes. Mas atos de indisciplina decretarão o fim da era do Imperador no Rubro-Negro.

Com discurso firme e sem bagunça, Zinho conquista todos no Flamengo


Zinho - Flamengo (Foto: Paulo Sérgio)Um grupo de experientes jogadores do elenco rubro-negro conversava sobre as mudanças do Fla nas últimas semanas. Para eles, o clima mais leve e o ambiente mais profissional têm um responsável: o diretor de futebol, Zinho.

– Pensava que não fosse ver isso aqui no Flamengo, mas com ele (Zinho) não tem essa de disse que disse. Não tem aquela bagunça – disse um dos jogadores da rodinha.

Em pouco mais de um mês, Zinho conquistou dirigentes e atletas com um discurso firme e direto. Sua maior vitória para a diretoria foi ao lidar com Ronaldinho.

Para o vice de futebol, Paulo Cesar Coutinho, Zinho tem estado até acima do esperado.

– Ele está muito além das expectativas. É um cara excelente de se trabalhar. Todos sabem de cara que ele é muito correto – afirmou.

A principal característica do diretor de futebol é a conversa. Por mais complicado que seja o assunto, Zinho sempre procura bater um papo e esclarecer as ideias. Foi contratado para dar uma resposta aos jogadores, que chegaram a cobrar um dirigente que fosse mais próximo do elenco. Segundo o vice de relações externas, Walter Oaquim, essa característica é carregada por Zinho desde a época em que era jogador.

– Se olhar a carreira dele, você vai perceber que o Zinho sempre foi um atleta que pensava no coletivo. E ele levou isso para essa nova função, com os atletas e os dirigentes. Já esperava coisas boas dele, mas não tem como negar que está até melhor – ressaltou Oaquim.

A fim de evitar polêmicas, Zinho pediu para não se envolver diretamente em negociações. O envolvimento dele é com o Flamengo.


Eliza Samudio foi jogada em poço, revela vidente


Mãe já comprou caixão para enterrar a ex-amante do goleiro Bruno



Uma carta anônima indicando o local onde estariam enterrados os restos mortais de Eliza Samudio pode ser mais uma esperança para a mãe da modelo, Sônia Fátima Moura, enfim conseguir se despedir da filha, desaparecida desde junho de 2010. Ela recebeu a carta na quarta-feira, em Belo Horizonte (MG). O texto diz que o corpo da modelo estaria no fundo de um poço, localizado no terreno de um convento no bairro Planalto, na região da Pampulha, na capital mineira.

"A vida dela não teve valor para eles (os assassinos), e os restos mortais também não. Mas pra mim tem, é um ponto de referência que eu quero dar para o meu neto", disse Sônia.

A polícia acredita que Eliza tenha sido morta a mando do ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes, que está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem (MG), aguardando o julgamento do caso. A modelo teria sido executada por exigir que o jogador reconhecesse a paternidade do filho dela. Na semana passada, Bruno assinou, na cadeia, a papelada para dar seu sobrenome ao menino, que hoje está com 2 anos e é criado pela avó materna.

Na carta, o remetente diz ter tido um sonho, há um ano, no qual via o local onde estariam os restos mortais de Eliza. Segundo o texto, ela teria sido jogada num poço onde se chega através de uma passagem secreta. O vidente afirma que decidiu fazer a revelação depois de ouvir a mãe da modelo dizer na TV que havia tido um sonho parecido.



quinta-feira, 21 de junho de 2012

Assis deposita R$ 350 mil em juízo e vereadores pedem fim da CPI do Instituto R10

O empresário e irmão de Ronaldinho Gaúcho, Roberto de Assis Moreira, concedeu depoimento nesta quinta-feira na Comissão Parlamentar de Inquérito movida pela Câmara de Vereadores de Porto Alegre para investigar as contas e os repasses dos contratos assinados entre o Instituto Ronaldinho Gaúcho [IRG] e a prefeitura. Na oportunidade, Assis revelou que depositou em juízo o valor cobrado pelos vereadores que criaram a CPI. A medida visa ganhar tempo para provar que tudo no IRG foi de forma lícita, consciente e tranquila com o intuito de ajudar a comunidade porto-alegrense.


O ex-jogador e agora empresário negou qualquer problema com os convênios firmados para atender e beneficiar jovens carentes da capital do Rio Grande do Sul e lembrou que todos os repasses só foram feitos depois de “rígida sistemática de apresentação de contas”. O empresário também estranhou que a última análise das contas do projeto “Gols e Letras”, apresentadas em março de 2010, tenha sido finalizada somente em março de 2012, já que as demais foram aprovadas por diversas secretarias.

"Nós sempre quisemos que o Município gerisse a parte financeira e pedagógica do trabalho. Quanto à dívida de R$ 354 mil que a Prefeitura está cobrando do IRG por irregularidades nas contas apresentadas pelo instituto, informo que o IRG já depositou em juízo os valores. Garantimos que o ente público jamais terá qualquer prejuízo na relação com o instituto”, afirmou o depoente.

Os papéis que comprovam o depósito serão avaliados pelos integrantes da mesa diretoria nos próximos dias. Vereadores que são contra a CPI pediram o encerramento da comissão alegando que diante da informação do depósito judicial a investigação perdeu o objeto. Porém, o presidente da CPI, vereador Mauro Pinheiro [PT] recebeu o requerimento, mas afirmou que irá indeferi-lo por contrariar as regras da Câmara.

Assis garantiu que o sonho da família de ajudar a população necessitada de Porto Alegre ainda não acabou. Lamentou o fechamento do IRG e declarou que a atitude foi tomada por considerar injusto o Instituto assumir custos com transporte, segurança e manutenção enquanto eram beneficiadas apenas crianças das escolas municipais. "Não vendemos um sonho que não se realizou. O IRG funcionou por vários anos e, talvez com novos parceiros, possa voltar a atuar. Mas as tentativas de mostrar que o IRG não era sério, mexeram conosco", declarou ao site da Câmara de Vereadores de Porto Alegre.


Bahia tem a preferência para contratar Kleberson, diz procurador



kleberson na coletiva do flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) A tensão continua em torno da negociação do meio-campo Kleberson com o Bahia. O jogador rescindiu contrato com o Flamengo e já se despediu dos companheiros, no Ninho do Urubu. O destino, no entanto, permanece indefinido.

Na noite desta quinta-feira, o procurador do meio-campo, Marco Antonio Silva, afirmou, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, que o Bahia tem a preferência para contratar o jogador.

- Hoje à tarde ouvimos a proposta de um segundo clube da Série A que está interessado, mas a proposta do Bahia ainda tem a preferência - afirmou o procurador.

O Bahia manifestou interesse em contratar Kleberson no último fim de semana. O Tricolor chegou a um acordo com o Flamengo para ter o volante por empréstimo. O jogador, por sua vez, queria estender o contrato com o a equipe carioca - o que não aconteceu. Com isso, a intenção é de fazer um contrato até 2014 com o Bahia.

- Ainda não sei. Estamos conversando e vamos ver - afirmou o presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho.

Nesta temporada, Kleberson disputou 11 partidas nesta temporada - oito como titular - e marcou cinco gols. Ele estava no Flamengo desde 2008, foi campeão carioca em 2008 e 2009 e do Brasileiro de 2009. No início de 2011, não estava nos planos de Vanderlei Luxemburo e foi emprestado ao Atlético-PR, clube que o revelou. Jogou pouco na equipe paranaense e retornou ao Rubro-Negro em 2012.

Kleberson estava afastado do grupo quando Joel chegou ao Flamengo, há pouco mais de quatro meses. Voltou a ganhar espaço, disputou partidas no Carioca e virou titular. Começou o Campeonato Brasileiro na equipe de cima e enfrentou Sport, Inter e Ponte Preta. Contra o Coritiba, ficou no banco para a entrada de Luiz Antonio. Na quinta rodada, contra o Santos, nem relacionado foi.

Na reserva, Felipe suja a camisa, anda cabisbaixo e pensa no futuro

Felipe foi derrubado pelo Aedes Aegypti no início de maio. Vítima de dengue, o goleiro foi internado, perdeu a vaga de titular para Paulo Victor e passou a amargar a reserva. Seu último jogo com a camisa 1 do Flamengo foi na semifinal da Taça Rio contra o vasco, pelo Campeonato Carioca, no dia 22 de abril, há dois meses. O jogador, contratado a pedido de Vanderlei Luxemburgo, vive uma nova realidade na reserva do Rubro-Negro e pensa o que fazer sobre seu futuro.

Felipe, Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com) 
Felipe, no treino do Flamengo nesta quinta-feira (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

No treino desta quinta-feira no Ninho do Urubu, antes de assumir o gol do time reserva no coletivo, Felipe treinou separado, com um grupo de jogadores em recuperação de lesões. Mesmo insatisfeito com a nova condição, o goleiro demonstrou disposição, trabalhou forte, sujou a camisa de lama, mas, por diversas vezes, ficou com o olhar perdido e isolado da maioria dos seus companheiros.

Felipe andou pelo gramado, conversou rapidamente com o goleiro Marcelo Carné, depois com Deivid e mostrou um semblante sem sorrisos. O jogador tem relação distante com o atual dono da posição, mas sem maiores atritos.

Paulo Victor enfrentou Sport, Inter, Ponte Preta, Coritiba e Santos. No começo, era substituto de Felipe, que se recuperava do quadro de dengue, mas as boas atuações o credenciaram a assumir o gol do Flamengo. Joel Santana fez uma avaliação técnica e manteve o jogador como titular mesmo quando Felipe estava pronto para retornar.

- Não posso falar que é o meu melhor amigo porque vou estar mentindo. É cada um buscando seu objetivo e tenho que buscar cada vez mais. Estou há sete anos e meio no Flamengo, nunca tive problema com ninguém e não vai ser agora que vou ter. Meu relacionamento é de respeito, cada um respeita o espaço do outro - disse Paulo Victor na última terça-feira.

No início da atual temporada, Felipe renovou contrato por quatro anos. É a primeira vez que ele perde o posto de titular desde a estreia pelo clube, no início de 2011. O goleiro chegou a ser oferecido pelo Flamengo ao Atlético-MG. O Rubro-Negro propôs envolvê-lo junto com o lateral-esquerdo Junior Cesar numa negociação para ter o zagueiro Réver. O Galo não aceitou. Zinho, diretor de futebol do Fla, diz que um novo contato não foi feito.

Mais uma etapa do Campeonato Estadual de Remo se aproxima



Remos e guarnições prontas para a 3ª Regata do Estadual de Remo 2012, que será disputada no próximo domingo (24.06), a partir das 9h, na Lagoa Rodrigo de Freitas, com a realização de 13 provas. Líder do campeonato, com 148 pontos, o Flamengo segue na briga para se manter invicto. O Botafogo vem em segundo, com 135 pontos, seguido pelo vasco, em terceiro lugar, com 68.

Recém-chegadas de Munique, onde disputaram a 3ª etapa da Copa do Mundo de Remo, Fabiana Beltrame e Luana Bartholo estão a todo vapor e prontas para encarar a mais uma competição dentro de casa. A dupla que irá para Londres no dia 15 de julho, compete a 3ª Regata em barcos diferentes, duelando diretamente no single skiff peso-leve; Fabiana no barco A, e Luana, no B.

"Acho ótimo o duelo dos skiffs, as duas medindo forças. Isso só ajuda na preparação delas para as Olimpíadas. Remar no skiff já é bom, ainda mais competindo. Quem ganha com isso é o Double brasileiro. A torcida é para que façam dobradinha no pódio no próximo domingo", disse o técnico Marcos Amorim.

Na versão masculina do single skiff peso-leve, o Flamengo terá os remadores Alisson Araújo, no barco A, e Thiago Carvalho, o Ilhéus, no B. Outra prova que merece atenção é a do Dois Sem categoria aberta, onde o Flamengo também será representado por duas guarnições: Sebastian Fernandez e João Hildebrando, na A, e Daniel Amorim e Maciel Costa, na B.

O Campeonato Estadual de Remo chega à sua metade e, com isso, as expectativas ficam ainda maiores tanto para os remadores quanto para a comissão técnica, que trabalha arduamente para manter o bom nível nas etapas.

"Até agora estamos dentro do programado, do esperado. Sabíamos que a 2ª Regata seria mais difícil e tivemos até receio de não vencê-la. As duas próximas etapas terão muitas provas, muitas categorias, mas são ligeiramente favoráveis para nós. Nessa regata de domingo, tem duas provas que considero deles (Botafogo), que se reforçaram bastante. Nós teremos umas quatro provas, mas é muito indefinido", completou o comandante rubro-negro.

Confira o programa de provas da 3ª Regata:
1ª: Quatro Com Sub-23
2ª: Double Aspirante / Feminino
3ª: Dois Sem Aberto 
4ª: Single Skiff Peso-Leve / Feminino
5ª: Four Skiff Aspirante
6ª: Single Skiff Infantil / Feminino
7ª: Double Master "E"
8ª: Double Junior A / Feminino
9ª: Four Skiff Junior B
10ª: Quatro Sem Peso-Leve Sub-23
11ª: Double Sub-23 / Feminino
12ª: Single Skiff Peso-Leve
13ª: Oito Com Junior A


Magal diz que precisa melhorar e pede sequência


 Treino do Flamengo - Magal - (Foto:Bruno de Lima/Lancepress)O lateral-esquerdo Magal vem conquistando espaço no time do Flamengo. Após a saída de Junior Cesar para o Atlético-MG, ele passou a ser titular e, depois de um começo ruim, acabou ganhando espaço e chegou a ter boas atuações na parte ofensiva. Apesar de ter ganhado elogios do técnico Joel Santana, ele reconhece que precisa melhorar na defesa.

- Meu forte sempre foi o ataque. Todo mundo tem defeito, preciso melhorar a defesa e adquirir ritmo de jogo. Contra o Santos, eu acho que já estive melhor. Sei que ainda não estou 100%. Agora é ter ritmo de jogo para pegar confiança enquanto tiver oportunidade - disse.

O Flamengo já está apalavrado com o lateral-esquerdo Ramon, que só vai assinar o contrato com o Rubro-Negro quando o Corinthians terminar sua participação na Copa Santander Libertadores. Embora a concorrência seja inevitável com Ramon, Magal não vê problema na chegada de um reforço para disputar posição com ele.

- Essa contratação será bem vinda. Ele é um jogador de nível alto. Idependentemente de estar na reserva, ele é bom, está no Corinthians. Claro que vou fazer o meu melhor, buscar meu lugar. Mas neste momento o que mais interessa é o Flamengo estar bem - explicou Magal.

Todo cuidado é pouco: time do Mengão está atento às armadilhas de Luxa


Luxemburgo no hotel do Grêmio em Barueri (Foto: Hector Werlang/Globoesporte.com) Um velho conhecido e suas armadilhas. Todo cuidado é pouco. No reencontro com Vanderlei Luxemburo, os jogadores do Flamengo pregam respeito. Mas não temem o ex-treinador. Há quase cinco meses, Luxa vestia rubro-negro. Foi ele quem livrou o time do rebaixamento na reta final do Brasileirão 2010, conquistou o título carioca invicto e classificou a equipe para a Libertadores no ano seguinte. Em 2012, porém, um janeiro conturbado, de crise na relação com Ronaldinho Gaúcho e outros atletas do grupo, e um duro processo de fritura por parte da direitoria, determinou a queda do técnico. Na terceira passagem pelo Rubro-Negro, ele trabalhou por um ano e quatro meses. Foram 84 jogos, sendo 38 vitórias, 32 empates e 14 derrotas.

Luxa agora é técnico do Grêmio e se divide entre Brasileirão e a semifinal da Copa do Brasil. Nesta quinta, o Tricolor enfrenta o Palmeiras, na Arena Barueri, em situação complexa, já que foi derrotado por 2 a 0 no jogo de ida, em Porto Alegre. A partida contra o Flamengo será no estádio Olímpico, domingo, às 16h. Muitos dos jogadores que formam o grupo rubro-negro trabalharam com o treinador. O meia Renato, por exemplo, foi titular absoluto. O camisa 11 não vê vantagens para Vanderlei e nem para os atletas, mas lembra que o fato de as partes se conhecerem bem pode fazer a diferença.


- O nosso time está modificado na maneira de jogar, tem um sistema tático diferente agora. Mas ele conhece o clube, sabe o que pode acontecer nas horas difíceis, na hora que está legal. No Sul, sempre é jogo de pegada, tenho certeza que nossa equipe, independentemente de o Vanderlei conhecer ou não, vai fazer um bom jogo. Conhecemos o que o Vanderlei faz, a maioria das jogadas dele, o que ele gosta de fazer. Vamos cientes do que podemos encontrar lá. Vamos passar ao Joel um pouco da maneira como o Vanderlei trabalhou com a gente durante um ano e quatro meses para ele tentar surpreender de alguma forma. Pelo menos 30% do que ele nos passou ele vai colocar no jogo do Grêmio - frisou o meia.

Renato acredita que Luxemburgo estará disposto e motivado para este confronto, para apresentar algo diferente do que aplicava nos tempos de Flamengo. Ainda que o Grêmio seja eliminado da Copa do Brasil, o jogador não espera um adversário abatido.

- Independentemente de passar ou não na Copa do Brasil, a torcida lá em Porto Alegre é forte, a dificuldade vai ser grande, vamos ter que buscar nosso objetivo. Do time que o Vanderlei deixou aqui, houve muita mudança, de atitude, de comportamento, a maneira de jogar. Muda muita coisa. Trabalhei com ele no Corinthians também e sei que do Corinthians para cá mudou muida coisa com ele. É um treinador belíssimo, e ele vai querer fazer alguma coisa diferente.

Uma das mudanças em relação ao Flamengo de Luxemburgo está no gol. Quando o técnico deixou o clube, Felipe era o titular. Agora, o dono da posição é Paulo Victor. O goleiro diz que é grato ao ex-treinador e lembra que durante a passagem pelo Rubro-Negro recebeu algumas chances de jogar.

- O Vanderlei passou um bom tempo aqui com a gente, puxou jogadores da base. Sabendo a qualidade de cada um dos nossos jogadores, vai ver se explora o máximo de cada atleta do Grêmio. Será um jogo difícil lá, temos que ir com tudo mesmo fora de casa e buscar a vitória sempre. Tinha um sonho de trabalhar com o Vanderlei, agradeço pelo que fez por mim aqui. Tenho muito a agradecer pelo trabalho, pela pessoa que é, pelo respeito comigo. Mas é claro que se alguém tiver que ficar triste que seja ele.

O Flamengo tem nove pontos e está na oitava posição no Brasileiro. O Grêmio é o quinto, com a mesma pontuação.

vanderlei luxemburgo flamengo x potosi (Foto: AP)Vanderlei Luxemburgo no último jogo dele no comando do Flamengo, contra o Real Potosí, pela pré-Libertadores. Apesar da vitória por 2 a 0, demissão já estava definida (Foto: AP)





Kleberson dá adeus ao Flamengo, e procurador o coloca perto do Bahia


kleberson dá tchau para o companheiro Magal (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com)
Kleberson foi ao Ninho do Urubu pela última vez na manhã desta quinta-feira. O volante, de 33 anos, não fez o mesmo treinamento do grupo principal, recolheu o material de trabalho e se despediu. Ele aceitou a proposta de rescisão de contrato feita pelo Flamengo, e a assinatura deve ocorrer ainda nesta quinta. Na véspera, o procurador e sogro do pentacampeão, Marco Antônio Silva, ouviu do diretor de futebol Zinho que o Rubro-Negro gostaria de encerrar o vínculo imediatamente, e não esperar até 31 de dezembro. Ao deixar o CT de carro, o camisa 30 ouviu um comentário de Magal. 

- Está deixando a gente, parceiro! - disse o lateral-esquerdo, antes de receber um aceno de Kleberson.

A tendência, segundo Marco Antônio, é que Kleberson vá para o Bahia. Inicialmente, a diretoria tricolor se interessou por contratá-lo por empréstimo até dezembro. Kleberson, no entanto, busca um vínculo maior. De acordo com o procurador, as partes chegaram a um acordo e só aguardam o desfecho com o Flamengo para assinar.

- Tudo caminha para isso. Chegamos a um acordo com o Bahia para assinar até dezembro de 2014. Estamos só aguardando a assinatura da rescisão com o Flamengo para definir.

Apesar de colocar o genro bem próximo do Bahia, Marco Antônio diz que vai ouvir a proposta de outro clube da Séria A ainda nesta quinta. O procurador afirma que houve sondagens também do exterior.

- Foram sondagens de Espanha, Alemanha e Qatar, mas nenhuma proposta até agora.

O volante disputou 11 partidas nesta temporada - oito como titular - e marcou cinco gols. Ele defende o Flamengo desde 2008, foi campeão carioca em 2008 e 2009 e do Brasileiro de 2009. No início de 2011, não estava nos planos de Vanderlei Luxemburo e foi emprestado ao Atlético-PR, clube que o revelou. Jogou pouco na equipe paranaense e retornou ao Rubro-Negro em 2012.

Kleberson estava afastado do grupo quando Joel chegou ao Flamengo, há pouco mais de quatro meses. Voltou a ganhar espaço, disputou partidas no Carioca e virou titular. Começou o Campeonato Brasileiro na equipe de cima e enfrentou Sport, Inter e Ponte Preta. Contra o Coritiba, ficou no banco para a entrada de Luiz Antonio. Na quinta rodada, contra o Santos, nem relacionado foi.

Hernane segue titular, e Love deixa treino devido a compromisso pessoal


Vagner Love deixa treino antes do fim (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com)
O Flamengo terá uma nova dupla de ataque para o jogo contrao Grêmio, domingo, às 16h, no Estádio Olímpico. Pelo segundo dia consecutivo, Hernane foi escalado ao lado de Vagner Love. O time do coletivo foi formado com PauloVictor, Wellington Silva, Marllon, González e Magal; Airton, Renato, Luiz Antonio e Ibson; Hernane e Vagner Love. O Artilheiro do Amor deixou o treino mais cedo por conta de compromissos particulares.

Diego Maurício, titular nas duas últimas partidas, ficou novamente entre os reservas. Durante a movimentação, ele perdeu um gol praticamente feito. Com a saída de Love durante a movimentação, Negueba assumiu a vaga do jogador, assim como acontecera nessa quarta-feira, quando substituiu Hernane durante a movimentação.

Welinton no treino do Flamengo (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com) 
Hernane (à esquerda) treina entre os titulares pelo segundo dia seguido (Foto: Janir Junior )

Vice-artilheiro do Campeonato Paulista, com 16 gols, apenas um a menos do que Neymar, Hernane já balançou a rede uma vez pelo Flamengo, na vitória por 3 a 1 contra o Coritiba, quando entrou durante o segundo tempo. Diante do Grêmio, será a primeira vez que o jogador começará como titular.

No coletivo, Hernane demonstrou boa movimentação e apareceu bem para finalizar. Ele fez um gol ao aparecer bem na área para completar passe de Negueba. Luiz Antonio marcou o outro gol da atividade.

Durante a movimentação, Joel Santana tirou Wellington Silva, deslocou Luiz Antonio para a direita e colocou Bottinelli no meio-campo, mesmas alterações que fez no treino dessa quarta.


Pelo segundo dia seguido, Adriano madruga e cumpre horário no Mengão

  pontual (Richard Fausto de Souza) 
A exemplo do que ocorreu na manhã de quarta-feira, Adriano pulou cedo da cama nesta quinta e novamente chegou antes do horário ao Ninho do Urubu. A atividade do Imperador estava prevista para começar às 9h30m, assim como o treino do grupo rubro-negro, mas às 9h15m o jogador já estava a postos. Na tarde de quarta-feira, Adriano, que se recupera de uma cirurgia no tendão de Aquiles, teve uma conversa de cerca de 1h20m com o diretor de futebol Zinho.

No papo, o dirigente abraçou, deu carinho, mas deixou claro que profissionalismo está acima de tudo. Ele decretou um prazo de 40 dias, até o dia 1º de agosto, para que o atacante cumpra a rigorosa fase de recuperação para que um possível acerto com o Flamengo entre em pauta. Mesmo sem vínculo formal com o clube, para tentar reconstruir a imagem de Imperador, o jogador terá que perder peso, cumprir a programação com raras folgas e mudar radicalmente o comportamento, seu maior adversário ao longo dos últimos anos.

- Disse para o Adriano: “É sua chance, uma chance, não erra”. Estou confiando, ele me passou essa firmeza. Botei as cartas na mesa. Senti no olho dele o desejo de voltar a jogar futebol. Dei carinho, mas sempre cobrando. Ele terá total apoio, torço por ele - afirmou Zinho.

Adriano estará sob vigilância. Um desvio de conduta não poderá ser punido com multa, já que não existe contrato entre as partes. Mas atos de indisciplina decretarão o fim da era do Imperador no Rubro-Negro.

Com direito a choro, Adriano convence dirigentes e diz que meta é a Copa de 2014


Adriano e Runco - Flamengo (Foto: Cléber Mendes)
As notícias das farras de Adriano e as faltas nas sessões de fisioterapia assustaram os dirigentes rubro-negros, mas as palavras do jogador na reunião da última terça-feira apagaram tudo e puseram a confiança no retorno do Imperador em dia.

O vice de futebol, Paulo Cesar Coutinho, e o diretor de futebol, Zinho, chegaram ao local da reunião desacreditados sobre Adriano. O discurso já estava pronto. Eles pretendiam cortar as asas do jogador, que vem fazendo a recuperação nas dependências do clube.

Entretanto, após alguns minutos reunidos com Adriano, eles se convenceram de que o jogador está completamente empenhado em mudar a postura. Em algumas situações ele chegou a cair no choro, garantiu que eram apenas alguns deslizes, traçou a Copa do Mundo de 2014 como meta e garantiu que só conseguiria isso com a ajuda do Fla.

Adriano ouviu da boca de Zinho que era preciso mais cuidado e dedicação para poder voltar a jogar em alto nível.

Antes mesmo de chegar ao Ninho do Urubu para encontrar Zinho, Adriano já havia desabafado pelo Twitter. Pela rede social, ele revelou a mágoa pelas notícias que davam conta do sumiço dele da fisioterapia e da presença, no último fim de semana, num churrasco no Favela do Tuiuti, em São Cristóvão.

Quem está mais receosa com o caso é a presidente Patricia Amorim. Ao contrário dos outros dirigentes do clube, ela sabe muito bem como é ter Adriano no elenco e a repercussão de tudo que lhe envolve. Ela havia acabado de assumir o Flamengo em 2010 e não foram poucas as vezes em que teve de lidar com as indisciplinas do atacante. Pouco depois, ele se transferiu para a Roma.

Apesar de reticente, ela foi convencida pelos demais dirigentes de que ter Adriano recuperado e com certa disciplina pode ser muito bom para o Flamengo.

FORÇA NA PERNA

Adriano pode não ter comparecido a todas as sessões de fisioterapia, mas os avanços na recuperação já são notórios e acredita-se que as faltas não comprometeram o desempenho dele neste período.

Enquanto ele esteve no Corinthians, a falta de comprometimento acabou prejudicando a recuperação. Adriano chegou a se queixar que não tinha força na perna e isso vinha lhe atrapalhando no desempenho dentro de campo.

Agora, o chefe do departamento médico do Flamengo, José Luiz Runco, garante que ele já consegue fazer força com a perna e este é o grande avanço do jogador.

– Ele já consegue fazer o movimento (de alavanca com o tendão-de-aquiles). Pode-se dizer que é um grande avanço – disse.

Nesta semana, Adriano vai começar uma nova fase na recuperação do tendão. O jogador passará a fazer exercícios na musculação e, em alguns casos, terá a presença dos jogadores do elenco.

– Agora, ele vai começar uma fase nova – definiu Runco.

Toda o planejamento de exercícios para Adriano já está traçado. Ele contará com a ajuda de fisiologistas, médicos e preparadores físicos. O atacante ainda não tem previsão para voltar a jogar.


quarta-feira, 20 de junho de 2012

Eleição do Fla começa na casa de Márcio Braga

Uma reunião realizada na última segunda-feira na residência do ex-presidente do Flamengo Márcio Braga deu início, digamos, a sério e  extra-oficialmente, ao processo eleitoral do clube, que culminará com a eleição para presidente no fim de 2012.
Para que o leitor tenha uma ideia, há hoje quatro candidaturas com possibilidades de vitória: Patrícia Amorim, Affonso Romero, Sérgio Veiga Brito e Ronaldo Gomlevsky. Em minha visão de jornalista e pela pulsação dos corredores da Gávea, Ronaldo tem menos chances, embora ainda falte um tempo relevante para o pleito e a campanha ainda não esteja na rua. Patrícia tem a máquina na mão, mas tem também contra si um início de ano polêmico e confuso, além de um Campeonato Brasileiro inteiro pela frente – para o bem ou para o mal, mas com o que o time vem jogando… Sérgio Veiga Brito possui a tradição familiar no clube. E Affonso é o candidato mais distante das forças políticas estabelecidas, no mau sentido, do Flamengo. É quem acena com propostas mais arejadas e profissionais.
A candidatura do publicitário Affonso me remete a 1977, quando a Frente Ampla pelo Flamengo (FAF), liderava pelo jovem Márcio Braga, limpou as teias de aranha da política do clube, atropelou a vetustice de Hélio Maurício e fez, para a época, uma revolução. Que culminou com a chegada do Flamengo ao topo do futebol mundial, em 1981, já com Dunshee de Abranches no comando.
Na reunião de segunda, Márcio criou um grupo de estudos para propor mudanças na gestão do Flamengo. Nele, há integrantes dos grupos de Sérgio Veiga Brito e Affonso Romero. Fontes com grande acesso ao ex-presidente me garantem que ele está animado com a possibilidade de apoiar a candidatura de alguém “de fora da política tradicional rubro-negra”. Desenha-se, pois, um apoio a Affonso – cuja “chapa” se chama… Revolução.
E apoio de Márcio, no Flamengo, somado a um candidato competente e um projeto consistente, costuma ser decisivo.  Semana que vem tem mais reunião no QG de Márcio Braga.



Grupo do Flamengo oferece apoio, carinho e alegria a Adriano



Adriano, Flamengo (Foto: Maurício Val / Vipcomm)Adriano passou a ter contato com o grupo do Flamengo a partir desta quarta-feira. O jogador, que até a semana passada realizava tratamento no Ninho do Urubu em horários diferentes da agenda da equipe, iniciou a segunda etapa da recuperação da cirurgia no tendão de Aquiles do pé esquerdo, realizada em 13 de abril. Pela manhã, enquanto os jogadores disputavam um coletivo no campo principal, o Imperador fazia fisioterapia e se exercitava na academia.

Em reunião com o jogador nesta terça, o diretor de futebol Zinho e o médico José Luiz Runco o aconselharam a ter mais cuidado com o processo de volta aos gramados. Adriano deixou de fazer algumas sessões de fisioterapia na semana passada. Agora, entra em um novo estágio e em alguns dias terá de ir ao CT para trabalhar em dois períodos, como estava previsto para esta quarta. O clube, no entanto, diz que regras não serão impostas, pois não há vínculo entre as partes.

Apesar de não ter intimidade com o atacante, Renato acha que a proximidade com os jogadores e com a rotina de treinos fará bem a Adriano. O camisa 11 diz que ele poderá contar com todo o grupo que, segundo o meia, só tem coisas boas a oferecer. 

- Não conheci o Adriano aqui no Flamengo, mas conheço ele pelos jogos que fez aqui e pelas passagens por outros lugares. É uma referência importante dentro do grupo, foi importante para levar o Flamengo ao título de 2009 (Brasileiro). Não sei se vai assinar contrato ou não, nem como vai ser a relação com a gente. Mas é um jogador que tem um carinho enorme por todos. Os jogadores têm um carinho enorme por ele, é um jogador de nível internacional, vem se recuperando e vai se recuperar. Depende dele. Vai ter a palavra de carinho, de apoio, de alegria. Ele vai estar nesse ambiente. Depois da recuperação, a gente não sabe como vai ser. Mas esperamos dar alegria para ele e é esse ambiente que ele vai encontrar.

O Imperador iniciou a recuperação com um fisioterapeuta do clube no CT em 4 de junho. A partir de agora, ele também terá nutricionista, fisiologista e preparador físico à disposição. Segundo o médico José Luiz Runco, tudo está dentro da programação, e o jogador não volta aos treinos com bola antes da primeira quinzena de julho. A partir daí, tudo vai depender da evolução do quadro.



Diante de ironia de advogada de R49, Fla teme novo insucesso jurídico

O Flamengo apresentou uma nova cartada na briga judicial contra Ronaldinho Gaúcho, mas ainda não tem a certeza de que será o esperado tiro de canhão prometido pelo departamento jurídico. Pelo contrário. Na última terça-feira, o departamento jurídico rubro-negro entrou com ação pedindo uma indenização ao jogador do Atlético-MG no valor de R$ 40 milhões, mesmo montante exigido pelos advogados de Ronaldinho. E, ao mesmo tempo em que representantes do ex-camisa 10 desdenham da ação, o próprio clube não tem garantia do sucesso da manobra. Até o fim da tarde desta quarta, o juiz que está encarregado de analisar o caso não deu nenhum parecer, o que deve acontecer nesta quinta. O Rubro-Negro teme que o pedido nem mesmo seja aceito.

O Flamengo alega que o dinheiro é para ressarcir o clube do prejuízo que o craque causou com o fracasso de sua passagem.

- Eu ainda nem sei o que estão pedindo, não tive acesso aos autos. Nada que vem do Flamengo me preocupa. Se tivessem alguma coisa muito pautável, já teriam cassado a liminar, não é? – disse Gislaine Nunes, advogada de Ronaldinho Gaúcho, por telefone.

O Flamengo cita ainda no processo que o clube só firmou, mesmo sem a ajuda da Traffic - empresa que inicialmente era responsável por parte dos salários do jogador -, novo contrato com Ronaldinho em janeiro deste ano porque ele teria ameaçado não participar da Libertadores.

Até agora, as investidas do Rubro-Negro têm sido em vão. Primeiro, foi uma notificação ao Palmeiras ameaçando cobrar do clube uma indenização de R$ 325 milhões caso acertasse com Ronaldinho Gaúcho. No documento assinado pela presidente Patricia Amorim, o Flamengo dizia ter indícios da negociação. Três dias depois, o jogador acertou com o Atlético-MG.

Depois, foi a vez de o vice-jurídico do Flamengo, Rafael de Piro, revelar a existência de um exame que apontava álcool no sangue de Ronaldinho. O médico José Luiz Runco negou que existisse a tal prova, e os advogados do jogador devem entrar com um processo por danos morais.