Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 11 de agosto de 2012

Dorival se mantém exigente: ‘Houve evolução, mas não é o ideal’


A segunda vitória do Flamengo sob o comando de Dorival Júnior não empolgou o treinador. Apesar ter ficado satisfeito com o placar de 2 a 0 sobre o Náutico, neste sábado, pela 16ª rodada do Brasileirão, ele se mantém exigente. Assim como no triunfo sobre o Figueirense, na quarta-feira passada, o técnico disse que ainda vê a equipe longe do nível que ele considera ideal e atrás dos melhores times do campeonato.

- Acho que ainda é pouco para que tenhamos a certeza (de que o time se encontrou). A equipe está caminhando, precisa melhorar sobremaneira em alguns aspectos. Já houve evolução, mas não é o ideal. Estamos no caminho, buscando trabalhar com intensidade, com trabalho. Fizemos partidas um pouco melhores, mas ainda não é o que precisamos para a sequência da competição. A dificuldade vai ser maior a cada momento, precisaremos ter uma superação grande, até porque o nosso momento ainda não está próximo das melhores equipes da competição.

Com o resultado, o Flamengo está em nono na tabela, com 22 pontos – tem um jogo a menos. A estrada da recuperação, segundo o Dorival, ainda é longa.

- O Flamengo deixou de pontuar em muitos momentos da competição. Por mais que tenhamos feito esses pontos, ainda não nos tiram da colocação na parte intermediária. O caminho é longo, precisamos da paciência e do apoio da torcida. Temos de saber que estamos disputando o campeonato mais difícil e complicado do mundo.

Dorival Junior Flamengo x Náutico (Foto: Marcos Malta / Vipcomm) 
Dorival gesticula durante o jogo em Volta Redonda (Foto: Marcos Malta / Vipcomm)

O grupo rubro-negro terá folga neste domingo, a primeira desde o início de trabalho de Dorival Júnior. O grupo se reapresenta na manhã de segunda-feira, no Ninho do Urubu. O próximo adversário será o Palmeiras, quarta, na Arena Barueri.

Cáceres e González desfalcam Fla contra o Palmeiras

 Dorival Júnior não vai poder contar com dois titulares na partida contra o Palmeiras, quarta-feira que vem, pela 17ª rodada do Brasileirão. Após a vitória por 2 a 0 sobre o Náutico, neste sábado, em Volta Redonda, o volante Víctor Cáceres e o zagueiro Marcos González foram liberados para se apresentarem nas seleções paraguaia e chilena, respectivamente.

Cáceres vai defender o Paraguai no amistoso contra a Guatemala. Já González representará o Chile contra o Equador, em Nova York, nos Estados Unidos, porém, já não poderia enfrentar o Palmeiras, já que levou o terceiro cartão amarelo neste sábado. Os dois jogos serão na quarta. A dupla é esperada na sexta-feira para os treinos finais antes do clássico contra o Vasco, no domingo.

Para o lugar de Cáceres, Dorival pode escalar Muralha, que tem treinado na função de primeiro volante entre os reservas. Airton, com uma lesão na coxa direita, ainda faz tratamento. Na vaga de González, Marllon é a alternativa. Caso se recupere das dores no quadril, Thiago Medeiros deve voltar e fazer dupla com Welinton.

O lateral-direito Léo Moura também estará à disposição. Ele foi expulso contra o Figueirense e cumpriu suspensão na partida contra o Náutico.


Liedson aprova reestreia, mas lamenta gol perdido: ‘Luz atrapalhou’

 A reestreia de Liedson com a camisa do Flamengo foi aprovada pelo atacante, que gostou da sua atuação na vitória por 2 a 0 sobre o Náutico, neste sábado, em Volta Redonda, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, o camisa 31 lamentou a chance desperdiçada no fim, quando cabeceou para fora, e elegeu uma culpada: a iluminação do Estádio Raulino de Oliveira.

- Faltou um golzinho ali, na hora a iluminação me atrapalhou, bateu no meu rosto quando ia cabecear. A minha atuação e a do time foram boas. Dorival deu ajeitada no time, que vai aos poucos ficando com a cara dele. Estou pronto para 90 minutos, no que for preciso: 40 minutos, 20 – disse após a partida.

Liedson também elogiou o espírito solidário dos jogadores dentro de campo e se mostrou otimista com o futuro rubro-negro na competição.

- Todos estão se ajudando e é assim que se constrói uma equipe. Em nenhum momento alguém deixa de correr pelo outro e vamos no limite. Tem que ser assim e o resultado é conseqüência do trabalho – concluiu.

Com a vitória, o Flamengo agora ocupa a nona colocação no Campeonato Brasileiro, com 22 pontos. Na próxima rodada os rubro-negros enfrentam o Palmeiras, na Arena Barueri, quarta-feira, às 21h50m (de Brasília).


Ibson ganha camisa comemorativa pelos 200 jogos no Flamengo




Ibson recebeu uma homenagem da diretoria do Flamengo neste sábado. Antes da partida contra o Náutico, em Volta Redonda, pela 16ª rodada do Brasileirão, o volante recebeu do diretor de futebol Zinho e do vice de futebol Paulo César Coutinho uma camisa comemorativa pelos 200 jogos no Rubro-Negro. A marca foi alcançada na quarta-feira passada, na vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense. Em Florianópolis, ele começou no banco de reservas, mas entrou no segundo tempo. Contra o Timbu, Ibson também ficou entre as opções do técnico Dorival Júnior. Uma foto do camisa 7 foi exibida no telão do estádio Raulino de Oliveira.


Ibson camisa 200 Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem) 
Ibson recebe das mãos de Zinho a camisa do Fla com número 200 (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem)
 
 

Mengão 2 x 0 Náutico


Ficha técnica



Local:  estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Data: 11/08/2012

Hora: 21h (de Brasília)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (GO) e Marcelo Bertanha Barison (RS)

Renda/público: R$ 130.445,00 / 7.073 pagantes / 9 mil presentes

Cartões amarelos: Wellington Silva, Negueba e González (FLA) e Rhayner, Marlon e Souza (NAU)

Gols: Vagner Love 14'/1ºT (1-0) e Vagner Love 44'/1ºT (2-0)

FLAMENGO: Felipe, Wellington Silva (Ibson 15'/2ºT), Welinton, González e Ramon; Cáceres, Luiz Antonio e Renato; Thomás (Liedson 22'/2ºT), Negueba (Bottinelli 28'/2ºT) e Vagner Love.
Técnico: Dorival Júnior.

Náutico: Gideão, Patric, Marlon, Ronaldo Alves e Douglas Santos (Lúcio 27'/2ºT); Elicarlos, Cleverson (Kim intervalo), Souza e Rhayner (Rico 27'/2ºT); Araújo e Kieza.
Técnico: Alexandre Gallo.




Flamengão 2 x 0 Náutico


1º tempo

43min

Gol de Vagner Love

Ronaldo Alves foi driblar Love na frente da área. O atacante, esperto, desarmou o zagueiro do Náutico, avançou com a bola e chutou na saída de Gideão. A bola bateu na trave e voltou nos pés dele, que puxou o goleiro e chutou rasteiro, na direita.  



Flamengão 1 x 0 Náutico

 1º tempo

14min

Gol de Vagner Love!
 
Que golaço! O atacante do Flamengo ganhou no jogo de corpo pela direita, deu um corte seco em Marlon e chutou cruzado, a meia altura de Gideão. Categoria de Love


Dia dos Pais será comemorado na Gávea




Como vem acontecendo nos últimos três anos, o Clube de Regatas do Flamengo irá comemorar, na próxima segunda-feira (13.08), o Dia dos Pais.  Os funcionários do Rubro-Negro serão recebidos pela presidente Patricia Amorim para um café da manhã comemorativo, que acontecerá no Salão Nobre do clube, às 10h.

O evento irá contar com um sorteio de brindes exclusivos do Flamengo para homenagear todos os funcionários pela data.




Conheça a formação dos seis grupos da Taça BH de Futebol Júnior



A 28ª edição da Taça BH de Futebol Júnior já tem formados os grupos da primeira fase. Em sorteio realizado na última quarta-feira, os 36 times foram divididos em seis chaves, que terão os jogos disputados em diversas cidades do interior de Minas Gerais e também em Belo Horizonte. Os dois primeiros colocados e os quatro melhores terceiros colocados de cada grupo avançarão à fase de oitavas de final. O torneio contará com a participação de clubes tradicionais do futebol brasileiro, como Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo, Palmeiras, São Paulo, e terá início no próximo dia 15 de agosto.
 
Confira a relação dos grupos da Taça BH de Futebol Júnior de 2012

Grupo A: América-MG, Coritiba-PR, Flamengo-RJ, Guarani, de Pará de Minas-MG, Pedro Leopoldo-MG e Santos-SP
Grupo B: Atlético-MG, Atlético-PR, Guarani-SP, Nacional-MG, Rio Branco-ES e São Paulo-SP
Grupo C: Bahia-BA, Botafogo-RJ, Corinthians-SP, Ouro Preto-MG, Palmeirense-MG e Paysandu-PA
Grupo D: Figueirense-SC, Grêmio-RS, Manhuaçu-MG, vasco, Vitória-BA e Vila Nova-GO
Grupo E: Contagem-MG, Cruzeiro-MG, Goiás-GO, Palmeiras-SP, Siderúrgica-MG e Villa Nova-MG
Grupo F: Grêmio Osasco-SP, Fluminense-RJ, Internacional-RS, Metaluzina-MG, Santa Cruz-MG e Uberlândia-MG

Veja os jogos da primeira rodada

Data Horário Confronto Local Cidade
dia 15 10h Cruzeiro x Goiás Toca da Raposa I Belo Horizonte
dia 15 15h Vitória x Figueirense JK Manhuaçu
dia 15 15h Villa Nova x Contagem Castor Cifuentes Nova Lima
dia 15 15h Siderúrgica x Palmeiras Campo da Liga Sabará
dia 15 16h Uberlândia x Grêmio Osasco Campo Metaluzina Barão de Cocais
dia 15 18h Vila Nova x vasco JK Manhuaçu
dia 15 18h Santa Cruz x Internacional Campo Metaluzina Barão de Cocais
dia 15 20h Metaluzina x Fluminense Campo Metaluzina Barão de Cocais
dia 15 20h30m Manhuaçu x Grêmio JK Manhuaçu
dia 16 15h30m Rio Branco x Atlético-PR Farião Divinópolis
dia 16 16h Paysandu x Bahia Municipal Ouro Preto
dia 16 16h Corinthians x Botafogo Mário Lobo Ponte Nova
dia 16 18h Pedro Leopoldo x América-MG Cesar Julião Salles Pedro Leopoldo
dia 16 18h Guarani x São Paulo Astrogildo Duarte Nova Serrana
dia 16 18h Palmeirense x Progresso Mário Lobo Ponte Nova
dia 16 19h30m Guarani-MG x Flamengo José Porfírio de Oliveira Pará de Minas
dia 16 20h Santos x Coritiba Cesar Julião Salles Pedro Leopoldo
dia 16 20h Nacional x Atlético-MG Astrogildo Duarte Nova Serrana

Palmeiras x Flamengo: ingressos à venda. Confira preços e postos





Estão à venda para sócios do Palmeiras os ingressos para o jogo entre Palmeiras e Flamengo, quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), na Arena Barueri, em Barueri, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os participantes do programa Avanti compram os bilhetes pelo site  www.futebolcard.com. A partir de segunda-feira, as entradas estarão disponíveis nas bilheterias e demais postos de venda (ver abaixo). A carga total é de 27.390 ingressos.

Os sócios Avanti têm exclusividade na compra dos ingressos via internet neste final de semana. Os demais torcedores podem adquirir seus ingressos online a partir de segunda-feira.

Nas bilheterias do estádio Palestra Itália, as vendas serão realizadas segunda e terça-feira, das 10h às 17h. Na Arena Barueri, segunda e terça-feira, das 10h às 17h, e na quarta-feira das 10h até o intervalo da partida.

Postos de Venda

R A Sport Center - Shopping Santana
Endereço: Rua Voluntários da Pátria, 2182
Santana - São Paulo - SP
Horário de Funcionamento: De Segunda a Sábado das 10h às 19h
Formas de Pagamento: Somente em dinheiro

Posto Ipiranga - Giovanni Battista Pirelli - Loja AMPM
Endereço: Rua Giovanni Battista Pirelli 1450
Vila Homero Thon - Santo André - SP
Horário de Funcionamento: De Segunda a Sábado das 10h às 20h
Formas de pagamento: Somente em dinheiro

Posto Ipiranga - Central Park - Loja AMPM
Endereço: Rua Jurubatuba, 1500
Centro - São Bernardo Do Campo - SP
Horário de Funcionamento: De Segunda a Sábado, das 10h às 21h
Formas de Pagamento: Somente em dinheiro

Posto Ipiranga - Jóia de Goiás - Loja AMPM
Endereço: Av. Goiás, 547
Centro - São Caetano Do Sul - SP
Horário de Funcionamento: De Segunda a Domingo das 10h às 22h

IMPORTANTE: De acordo com Lei 14.950, é OBRIGATÓRIO a apresentação de RG na aquisição de ingressos de inteira e meia inteira, no ato da compra nas bilheterias e também nas catracas de acesso ao estádio.

Preços

Setor B Gol - R$ 40 (R$ 20, meia-entrada)
Setor C Cadeira Central - R$ 60 (R$30, meia-entrada)
Setor C1 Cadeira Inferior - R$ 60 (R$ 30, meia-entrada)
Setor A Cadeira Central Superior - R$ 120,00 (R$ 60, meia-entrada)
Setor A1 Cadeira Central Inferior - R$100,00 (R$50, meia-entrada)
Setor D1 Visitante - R$ 40 (R$ 20, meia-entrada)
Camarotes - R$ 200,00 (R$100,00 meia-entrada)

Ingressos para a torcida do Flamengo - Serão vendidos normalmente em todos os postos de venda e na Arena Barueri, no dia do jogo, pela entrada visitante.

As trocas das compras de ingressos via internet, no dia do jogo, serão efetuadas apenas na Arena Barueri em “bilheterias Exclusivas do Setor Adquirido”.

Como chegar

O torcedor que vai de carro deve seguir pela Rodovia Castelo Branco sentido São Paulo/interior, fazer o retorno na altura do km 32 (trevo de Jandira/Aldeia da Serra). Voltando pela mesma Rodovia Castelo Branco já no sentido São Paulo, entrar na primeira à direita, altura do km 31, e seguir pela marginal até o km 29. Na pista interior/SP, irá observar a placa Arena Barueri. Ao descer a última rua à direita, sairá em frente à Arena. Há um amplo estacionamento no próprio estádio.

Já quem vai de trem deve embarcar na Linha 8 – Diamante, sentido Itapevi, e descer na estação Jardim Belval, a 1,5 km da ArenaBarueri. São cerca de 10 minutos de caminhada até o estádio. As estações que compõe a Linha 8 são: Júlio Prestes, Palmeiras-Barra Funda, Lapa, Domingos de Moraes, Imperatriz Leopoldina, Presidente Altino, Osasco, Comandante Sampaio, Quitaúna, General Miguel Costa, Carapicuiba, Santa Terezinha, Antonio João, Barueri, Jardim Belval, Jardim Silveira, Jandira, Sagrado Coração, Engº. Cardoso e Itapevi.


Síndrome da coisa maldita(vasco)






Guilherme Negueba: confusão na assinatura e busca por afirmação


Negueba, treino do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
Vez ou outra, Guilherme vai assinar algum documento ou fatura e quando se dá conta está lá no papel: Negueba. E tome bronca da mãe, que se orgulha do nome escolhido para o filho. Aos 20 anos, sempre com um largo sorriso no rosto, o atacante se diverte com a confusão, mas sabe que é preciso ter personalidade para ser titular do Flamengo. Elogiado por Vanderlei Luxemburgo, Joel Santana e, agora, Dorival Júnior, ele tem noção de que treino é treino e jogo é jogo.

- Trabalho muito, mas falta, sim, fazer no jogo o mesmo dos treinos. Acho que na última partida (vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense) já deu para mostrar um pouco – afirmou Negueba.

Em um dos lances da partida, Negueba partiu com a bola dominada, driblou adversários, invadiu a área e esteve perto de fazer um belo gol.

- Já estou com maior confiança para arriscar, para que as coisas saiam certas. Quero aproveitar a oportunidade – destacou o jogador.

No grupo, Negueba é um gozador nato. Sempre com um sorriso estampado no rosto, o atacante diz que seu astral é um ponto positivo.

- Estou sempre rindo à toa, fico no meio de todo mundo, sou feliz, e acho que isso é importante. Tenho uma relação muito boa com os jogadores – disse.

Negueba deu os primeiros passos para o futebol no Flamengo há 10 anos. Como cria da casa, espera o carinho da torcida:

- Tenho uma boa relação com os torcedores. Ouvi-los gritar seu nome é uma coisa boa para qualquer jogador.

Negueba na verdade é Guilherme. Ou Guilherme é Negueba? Confusão até mesmo para o jogador.

- Às vezes, vou assinar e, em vez de Guilherme, coloco Negueba. Eu mesmo me confundo, e minha mãe me dá esporro – divertiu-se o jogador.

Em busca de afirmação, Guilherme espera conquistar a torcida. Para dar autógrafo, não tem confusão: é Negueba.





Dorival Júnior cita Ganso ao elogiar Mattheus, mas pede paciência




Mattheus e Adryan, treino do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
Titular contra a Portuguesa, banco contra o São Paulo e fora da lista de convocados nos jogos contra Figueirense e Náutico. Dorival Júnior chegou ao Flamengo e decidiu dar um tempo para Mattheus. Desde que o treinador iniciou o trabalho, as chances do meia diminuíram. Pela segunda vez seguida, ele não vai ficar nem entre os reservas. De acordo com o técnico, a intenção é proteger o jovem de 18 anos. Sempre que é questionado sobre ele, Dorival capricha nos elogios, mas lembra que é preciso ter paciência para escalá-lo sem queimar etapas. Ele explica que Mattheus ainda está em formação.

- Acho que é um dos jogadores mais promissores dentro do elenco, tem muitas qualidades. Vejo o Mattheus, sem comparação, no mesmo momento que o Ganso viveu no Santos antes de 2010. Mais ou menos na mesma situação. Mattheus ainda está buscando uma complementação como atleta. É um momento importante para ele, vamos tentar dar todo o apoio possível.

O camisa 43 disputou sete jogos na temporada, sendo apenas um como titular. Até aqui, não fez gol. Apesar de não ter convocado o jogador, Dorival não descarta dar uma nova chance em breve. O momento do time, segundo ele, também está sendo levado em conta.

- A qualquer instante pode vir a ser titular da equipe, confio muito nesse garoto. Pode ser titular sem problema algum. Depende só dele essa evolução, treinamento, dia a dia, estamos sentindo uma alteração até comportamental dele. Só não quero antecipar, queimar uma etapa importante, que é esse complemento na formação. Tenho que ter muito cuidado, não tenho receio de colocá-lo. Só que a equipe tem que passar uma situação, uma segurança, em que ele fique confortável. O Flamengo ainda não está nesse estágio. Espero isso para ele e para o Adryan, para que não exista uma volta. São dois garotos que temos de ter muito cuidado - disse o técnico.

Adryan foi titular com Dorival Júnior contra o São Paulo, mas ficou no banco contra o Figueirense. Entrou bem na partida e cobrou o escanteio que originou o primeiro dos dois gols de Vagner Love na vitória por 2 a 0. Contra o Náutico, ele também ficará como opção.

Mattheus aguarda as oportunidades com paciência e diz que está se preparando bem para corresponder quando for chamado.

- Fico feliz pelos elogios do professor. Estou treinando muito forte, me dedicando, para estar pronto quando surgir uma nova oportunidade. Estou à disposição - disse Mattheus.







Sem dono, camisa 10 do Fla segue no armário e com futuro indefinido



A camisa 10 do Flamengo está guardada no armário. Sem dono, não é usada desde o dia 26 de maio, quando Ronaldinho Gaúcho esteve em campo no empate por 3 a 3 com o Internacional. A última imagem do mítico número em ação não é uma boa recordação. No segundo tempo, o jogador deixou o campo vaiado e xingado pela torcida. Mais de dois meses depois - 12 jogos - com tentativas e pensamentos frustrados de contar com Diego, Conca, Riquelme, Diego Morales e até Valdivia, o número que virou referência para o Rubro-Negro está fora de uso.

- A gente não está à espera do camisa 10. Gostaríamos de um meia de criatividade, ofensivo. Quando a gente fala o 10, é o jogador que faz aquela função, mas não é especificamente o número da camisa. Buscamos um jogador com essa característica, mas não aconteceu – afirmou o diretor de futebol do Flamengo, Zinho.

chamada CARROSSEL guarda-roupa Flamengo (Foto: arte esporte) 
Camisa imortalizada por Zico no Flamengo não é usada há mais de dois meses (Foto: Arte Esporte)
 
Zico, que foi um dos principais responsáveis por imortalizar o número 10 do Flamengo, prefere não se pronunciar sobre o assunto:

- Nenhum comentário a fazer.

Nome de peso disponível no mercado nacional é missão quase impossível. Em avaliação feita por Zinho em junho, pouco depois da saída de Ronaldinho, o diretor disse que a camisa 10 deveria ficar vaga até a chegada de um reforço.

- Dentro do elenco, acho que ninguém deveria usar essa camisa, pois cada um já tem o seu número. É minha opinião. Mas se algum jogador disser que gostaria de vestir a 10, a comissão técnica achar certo e eu, como diretor, aprovar, legal - disse Zinho, quando a janela de transferências internacionais ainda estava aberta.

A janela fechou, soluções não foram encontradas, Liedson chegou e escolheu o número 31, o mesmo que usou no Sporting, em Portugal.

- Ele vestiria a camisa 10 por tudo que fez na carreira, mas essa coisa do número eu não ligo. Geralmente, o 10 é o meio-campo – explicou Zinho.

Adriano e Petkovic vestiram a 10. Felipe, hoje na ''coisa maldita'' vasco, também.

Nem sempre a numeração foi sinônimo de jogadores de peso. Walter Minhoca, Adrianinho, Ygor foram alguns dos que atuaram com o número usado por Dida e Zico.

A única camisa que é vendida com número pela Olympikus é a 10. Segundo dados da empresa, é natural que a procura aumente e as vendas cresçam quando a numeração é utilizada por um grande jogador. Ainda assim, a venda da atual fornecedora de material do clube se sustenta principalmente por conta de Zico. 

Diante de um presente apagado e de um futuro incerto, o passado ainda mantém a mística livre das traças.



Rapidinhas


Gambazão
Se não arrumar alguma fonte nova de recursos, a obra da Arena Corinthians poderá ficar sem dinheiro daqui a 40 dias. Sem dinheiro, o clube poderá ter que reduzir o ritmo das obras, que estão chegando aos 45% de conclusão. Para isso não acontecer, o Corinthians conta que a Prefeitura de São Paulo emita as primeiras CIDs. Diferentemente das duas outras vezes, o clube não quer mais recorrer a empréstimo bancários.

Produtividade
Os acordos com fornecedores, que envolvem descontos, estão reduzindo o preço final da Arena Corinthians. Mas o clube aproveita o ganho também para melhorar o acabamento. O acordo para ter louças sanitárias de Toto, uma das mais sofisticadas do mundo, é exemplo de gasto acima do orçamento original.

Clima pesado
A oposição do Flamengo tentou na reunião do Conselho Deliberativo, anteontem, discutir os R$ 7 milhões de gastos sem comprovação, até o momento, nas contas de 2011. Mas o presidente do CD, Sylvio Capanema, só aceitou discutir a extensão de contrato com a Globo, aprovada. Houve vaias para Walter Oaquim, Arthur Rocha e Leonardo Ribeiro.

Quimono apertado
O ex-judoca Frederico Flexa deve desistir de disputar a presidência do Flamengo em favor de Maurício Rodrigues, filho do ex-presidente Hélio Maurício (1974-77). Flexa diz que a campanha para vereador do Rio de Janeiro lhe toma muito tempo e, por isso, será vice na chapa, que deve ser lançada dentro de 25 dias.

Contracheque
O vasco vai usar os cerca de R$ 18 milhões arrecadados com a venda de Rômulo, Allan, Diego Souza e Fágner na última janela de transferências para tentar manter a folha salarial em dia nos próximos meses. O clube sofreu este ano com os atrasos salariais, mas nesta semana conseguiu quitar as pendências.

Parceria
LusoArenas e Traffic negociam a criação da Stadia, para gestão e comercialização de propriedades em estádios. No Brasil, a LusoArenas está encarregada de gerir o Mineirão após a reinauguração, que deve acontecer no início de 2013. A negociação está adiantada e o acordo pode sair em breve. Mas já existe uma empresa registrada com esse nome no Brasil.

Barrados
Sócios e conselheiros do Santos têm se queixado da dificuldade de acesso aos jogos, por causa do mau funcionamento do sistema de catracas. Conselheiros com mensalidades em dia são barrados e precisam entrar pela secretaria do clube. Houve até desentendimentos entre funcionários e sócios do clube.

Tour
Técnicos do Marketing do Palmeiras irão às Laranjeiras na semana que vem conhecer a Sala de Troféus do Fluminense, inaugurada no dia 4 de julho, para replicar alguns conceitos no clube paulista. Durante o mês passado, o espaço recebeu 12 mil visitantes. A obra foi realizada em parceria com a Brahma.

Política do apito
O acordo político entre o presidente da CBF, José Maria Marin, fez mudar a política de escalações de árbitros no Brasileiro. Acabaram as trincas fixas de árbitros e assistentes. Ao contrário, árbitros são forçados a trabalhar com colegas de outros estados. Árbitros do RS e do RJ passaram a ser mais escalados.

De Letra
“Dentro do Conselho Fiscal ele tem grande prestígio” – Leonardo Ribeiro, presidente do Conselho Fiscal do Flamengo, sobre as críticas da situação de que o relatório feito por Sebastião Pedrazzi pedindo a rejeição das contas 2011 teria motivação política. Pedrazzi foi vice de finanças na gestão de Márcio Braga.


sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Liedson vive expectativa da reestreia pelo Flamengo: ‘Friozinho na barriga’


liedson Flamengo treino (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
Relacionado pela primeira vez por Dorival Júnior, Liedson vive a expectativa da reestreia pelo Flamengo. O atacante, de 34 anos, ficará no banco de reservas no jogo contra o Náutico, neste sábado, pela 16ª rodada do Brasileirão. Dez anos depois, vestirá novamente a camisa rubro-negra. Apesar de já conhecer o clube e da experiência de uma carreira internacional, ele reconhece que a ansiedade toma conta.

- Mesmo com toda a experiência, sempre dá um friozinho na barriga. Fui muito bem recebido por todos e estou à disposição. Tive uma boa passagem aqui, espero poder contribuir com o time para conquistar bons resultados e dar alegrias a essa torcida – disse, via assessoria de imprensa.

Em 2002, Liedson disputou 29 partidas e marcou 15 gols. Na manhã desta sexta-feira, ele realizou o primeiro coletivo com o time principal e ficou na equipe reserva. Formou a dupla de ataque com Deivid, que também foi relacionado.

O Flamengo tem 19 pontos e está em 10º lugar, com um jogo a menos. O time enfrenta o Timbu em Volta Redonda, às 21h, no estádio Raulino de Oliveira. A escalação: Felipe, Wellington Silva, Welinton, González e Ramon; Cáceres, Luiz Antonio e Renato; Negueba, Love e Thomás.



Por recuperação, Dorival avisa: ‘Não temos mais direito ao erro’


A era Dorival Júnior começou efetivamente na partida contra o Figueirense, já que foi a primeira vez que o novo treinador teve tempo para preparar a equipe. Antes da vitória por 2 a 0, o diretor de futebol do clube, Zinho, entrou na corrente pré-jogo dos jogadores e decretou: “Começou o Campeonato Brasileiro para a gente”. O técnico também encara assim e não se empolgou com a vitória. Dorival quer manter a atenção e a dedicação do grupo em nível máximo. Desde que assumiu, não deu folga. Logo que o jogo contra o Atlético-MG foi adiado, aumentou a carga de treinamentos.

dorival junior e welington silva Flamengo treino (Foto: Maurício Val / Vipcomm) 
Dorival Júnior orienta o lateral-direito Welington Silva no treino desta sexta (Foto: Maurício Val / Vipcomm)
 
- Não passou de um bom resultado. Nada além disso. Poderíamos ter feito um rachão, um treino de dois toques, mas fizemos um trabalho de posicionamento. Isso é para que a equipe oscile o menos possível. Nossa diferença (para os líderes) é considerável, não temos mais direito ao erro. Temos de tentar aproveitar o máximo possível de tempo, trabalhando com intensidade – disse o técnico, após a atividade da manhã desta sexta-feira, no Ninho do Urubu.

O Flamengo tem 19 pontos e está em 10º na tabela, com 14 jogos. O líder Atlético-MG, também com 14 partidas, está com 35. O Grêmio, última equipe do G-4, tem 28 em 15 jogos. Dorival assumiu o cargo há 15 dias e prefere não estabelecer um tempo para deixar a equipe no nível ideal.

- Eu não me preocupo com o tempo. Vai depender do interesse, do comprometimento dos jogadores. O que têm nos mostrado nesse início de trabalho é que estão dispostos a isso, a alcançarmos uma melhora dentro do momento que vivemos. Não estabeleço tempo, não temos como fazer isso com nenhuma equipe. Eu espero que continuemos assim, nessa melhora, sei que as exigências são grandes dentro do Flamengo.

A recuperação da equipe na competição e a definição de um padrão tático são as principais preocupações do treinador nesta fase inicial. Mas ele também tem tratado com Zinho da busca por reforços e de cortes no grupo de atletas, considerado grande demais.

- Tenho conversado diariamente com o Zinho, mas agora estamos concentrados no trabalho para que busquemos o encaixe. E isso passa pela valorização do grupo. Mas não posso mentir para vocês. É impossível trabalhar com o número de jogadores que nós temos hoje.

O Flamengo enfrenta o Náutico neste sábado, às 21h, pela 16ª rodada do Brasileiro. A partida será no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.



CBF anuncia que Sul-Americana de 2013 pode ter times da Série B


A CBF publicou em seu site um esclarecimento em relação ao critério de classificação para a Copa Sul-Americana de 2013. A novidade é que ela pode ter times recém-promovidos para a Série A e até rebaixados para a Série B.

O motivo das alterações é o novo formato da Copa do Brasil, que no ano que vem terá 86 clubes - incluindo participantes da Libertadores - e um período mais extenso. Como as oitavas de final vão coincidir com o início da Sul-Americana, a solução encontrada pela CBF foi destinar à competição internacional times que não estejam na disputa do torneio nacional. Assim, estarão classificados os oito mais bem colocados do Brasileirão de 2012 que não estejam nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Na hipótese de as oito vagas não serem preenchidas por clubes que fiquem no máximo até a 16ª colocação, os quatro primeiros da Série B de 2012  passam a ter direito às vagas. Caso também estejam nas oitavas da Copa do Brasil, os rebaixados da Série A de 2012 entram na Sul-Americana.

Os clubes participantes da Libertadores de 2013 estão automaticamente classificados para as oitavas da Copa do Brasil.

Governo do Rio de Janeiro diz que reformas do Maracanã atingiram 62%



O Governo do Estado do Rio de Janeiro divulgou nesta sexta-feira que as reformas do Maracanã atingiram 62% de conclusão. Futuro palco da final da Copa das Confederações de 2013, da final da Copa do Mundo de 2014 e das cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas de 2016, o estádio carioca, que tem sua obra orçada em mais de R$ 859 milhões, estará pronto em fevereiro. Atualmente, o trabalho conta com 5.500 operários, divididos em dois turnos.

Maracanã com 59% de obras prontas (Foto: Divulgação) 
Maracanã está com 62% das reformas concluídas e ficará pronto em fevereiro de 2013 (Foto: Divulgação)
 
Os pisos do estacionamento dos setores leste e sul foram concluídos, assim como a colocação das peças de pré-moldados do setor leste. A montagem das estruturas metálicas que compõem as arquibancadas intermediárias está 85% concluída. A previsão é que as arquibancadas sejam finalizadas até o fim de setembro.

O processo de retirada do aterro para a instalação do sistema de irrigação e drenagem do campo e a colocação dos pisos e revestimentos e pisos dos banheiros estão em estágio avançado. O anel de compressão, que vai sustentar a nova cobertura, atingiu o índice de 85% de conclusão. Também já foi iniciada a colocação das cerâmicas da área de circulação no primeiro pavimento, assim como os degraus (pré-moldados) das arquibancadas dos setores norte e sul.

Conforto e segurança

Todos os espectadores devem ter uma visão livre do campo, sem obstruções e barreiras visuais. Para isso, a arquibancada inferior foi demolida e uma nova estrutura está em construção de acordo com os parâmetros de visibilidade recomendados pela Fifa. O anel da arquibancada vai avançar 14 metros em direção ao campo. O torcedor vai assistir ao jogo de posição privilegiada e, como nos estádios americanos e europeus, vai ficar muito mais perto do campo.

O tempo máximo de evacuação total do estádio em casos de emergência será de oito minutos. Para atender esse quesito, foram construídas quatro rampas de acesso ao longo do anel, e as rampas monumentais serão reativadas.

maracanã obras (Foto: Divulgação) 
Maquete do projeto final das reformas do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)
 
Uma das novidades a serem introduzidas é um avançado centro de controle, com a mesma qualidade dos existentes nas melhores arenas esportivas do mundo. No Maracanã, o chamado BMS (Building Management System), que faz parte das recomendações da Fifa, será composto por três salas. Uma das salas será destinada ao monitoramento de imagens geradas por 360 câmeras espalhadas por todos os cantos do estádio, todas acompanhadas por monitores de TV de 42 polegadas, com o intuito de garantir a segurança dos torcedores.

Do centro de controle será possível detectar no meio da multidão um torcedor em atitude suspeita e, a partir daí, acompanhar seus movimentos. Caso ele provoque uma briga ou tente invadir o campo, o policial mais próximo será acionado para impedir a sua ação.

Outra sala vai controlar todos os equipamentos mecânicos e elétricos do estádio, como iluminação, ventilação, sistemas de energia, incêndio e segurança predial. Tão logo se detectar algum problema em qualquer ponto do estádio, como focos de incêndio, enguiço de elevador e queda de energia, técnicos e responsáveis pela manutenção serão acionados rapidamente.

Maracanã verde

O novo Maracanã receberá certificação ambiental, conforme recomendação da Fifa e exigência do órgão financiador (BNDES) de parte da obra. O projeto seguirá o sistema LEED (Leardership in Energy and Environmental Design) - o que significa liderança em energia e design ambiental-, do Green Building Council Brasil (GBC), concedido a empreendimentos que apresentam alto desempenho ambiental e energético, em atendimento aos padrões internacionais.

Depois de escorregar nos horários, Welinton tem papo sério com Dorival

Com o veto de Thiago Medeiros por conta de dores no quadril, Welinton treinou entre os titulares e vai formar a zaga do Flamengo com González diante do Náutico, neste sábado, às 21h, em Volta Redonda. Depois de ser titular diante da Portuguesa e São Paulo, o jogador sequer viajou com o grupo para o jogo com o Figueirese, em Florianópolis. O motivo: o zagueiro escorregou em pelo menos dois horários de treinamentos.

González e Welinton Flamengo treino (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
Welinton e González vão formar a dupla de zaga do Flamengo (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)
 
- Eu tirei o Welinton, tive uma conversa séria com ele, dei um tempo para que ele pudesse repensar a situação. Dificilmente desisto de um atleta, a não ser que ele não queria. Acredito que possa alcançar a recuperação desde que se prepare um pouco mais. Ele não viajou no jogo anterior. Agora, tem a oportunidade, é um jogador que ainda que esteja sendo um pouco questionado, espero que a torcida entenda, o incentive, o apoie, para resgatar um garoto que tem qualidade, só depende dele alcançar a recuperação. Vamos dar um tempo – afirmou Dorival.

Em junho, Joel Santana preferiu formar a dupla de zaga com Marcos González e Marllon. Aos 20 anos, o jovem defensor ganhou a chance, enquanto Welinton, sempre muito criticado pelos torcedores, passou a ficar fora até da lista de relacionados para as partidas. Foi parar no fim da fila, atrás dos reservas Thiago Medeiros e Arthur Sanches.

Com Jaime de Almeida, foi escalado no empate em 0 a 0 com a Portuguesa, a primeira partida depois da saída de Joel Santana. Foi mantido contra o São Paulo, mas acabou fora da viagem a Florianópolis por conta da postura no dia a dia dos treinos.

Liedson participa de coletivo entre os reservas e será relacionado

Liedson está pronto para estrear com a camisa do Flamengo. Na manhã desta sexta-feira, o atacante participou pela primeira vez de um coletivo e está relacionado para a partida contra o Náutico, neste sábado, pela 16ª rodada do Brasileirão. O jogador treinou entre os reservas e deve ficar no banco. Na atividade, Dorival Júnior manteve a base da equipe que venceu o Figueirense, mas será obrigado a fazer duas mudanças. Léo Moura, suspenso pela expulsão de quarta-feira, e Thiago Medeiros, com dores no quadril, estão fora. No último treinamento antes da viagem para Volta Redonda, Wellington Silva e Welinton foram os substitutos.

- Há possibilidades reais de estreia (Liedson), estarão no banco (Liedson e Deivid), compondo. Espero a qualquer momento lançá-los, já para que ajudem a equipe a conseguir essa recuperação tão esperada - afirmou Dorival Júnior.

liedson Flamengo treino (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com) 
Liedson participa de coletivo entre os reservas (Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

O técnico interrompeu o treino a todo o momento e se preocupou com a compactação do time na hora de marcar e saídas rápidas pelas laterais. Além de Liedson, Deivid treinou na equipe de baixo. Recuperado de uma lesão no tornozelo direito, ele está pronto para o retorno e também está relacionado para a partida. Ao todo, Dorival vai levar 20 atletas.

O time titular formou com Marcelo Carné, Wellington Silva, Welinton, González e Ramon; Cáceres, Luiz Antonio e Renato; Negueba, Love e Thomás. O goleiro Felipe não participou da atividade no campo principal do CT. Ele fez um trabalho no campo 3, mas está confirmado para o jogo contra o Timbu. A equipe reserva teve Paulo Victor, Léo Moura, Rômulo, Marllon e Magal; Muralha, Ibson, Bottinelli e Adryan; Deivid e Liedson.

Após o treino, a delegação viaja para a Cidade do Aço. A partida contra o Náutico será às 21h, no estádio Raulino de Oliveira. O Rubro-Negro tem 19 pontos e está em 10º na tabela.

Conselho Fiscal vai apurar acordo com Romário: veja o documento


Romario em coletiva no Pan (Foto: Vipcomm)
Romário deixou o Flamengo há 13 anos, mas continua movimentando o clube. Na última terça-feira, o Conselho Fiscal abriu uma sindicância para apurar o novo acordo feito pelo clube para quitar uma dívida com o ex-jogador. O pedido, feito por um dos membros eleitos do Conselho, é para apurar possíveis irregularidades ou cláusulas lesivas ao clube no novo acordo. Na próxima terça-feira, deverão ser nomeados os membros da comissão que atuará no caso.

O Flamengo já tinha quitado 85 parcelas do acordo feito em 2004, totalizando R$ 10.589.805,72. Restavam 59 parcelas (o valor das parcelas pagas variou entre R$ 108.000,00 e R$ 149.575,30), mas o clube parou de pagar em abril de 2011. Com isso, Romário executou o total da dívida cobrando R$ 48.501.454,11, cálculo feito por seus advogados. A dívida firmada no primeiro acordo era de R$ 15.552.000,00. O clube, portanto, teria cerca de R$ 5 milhões a quitar - valor que sofreria aumento em função da aplicação de juros e correção monetária ao longo do parcelamento.

A presidente Patrícia Amorim e o advogado André Galdeano Simões, contratado pelo departamento de futebol rubro-negro, assinaram novo acordo com a RSF Empreendimentos, Eventos e Promoções Ltda, empresa de Romário, no dia 21 de junho deste ano. A confusão, segundo Leonardo Ribeiro, presidente do Conselho Fiscal, se deu porque o pagamento a Romário era feito diretamente pelo Clube dos 13, que descontava o valor das receitas que o Flamengo tinha a receber. Como o Rubro-Negro se desfiliou nos primeiros meses de 2011, o ex-jogador simplesmente parou de receber.

- O vice de finanças (Michel Levy) alega que a culpa foi do Clube dos 13. Ele não atuou preventivamente. Então o Romário foi à Gávea e o Conselho Fiscal colaborou de certa forma para minimizar um prejuízo maior de R$ 48 milhões, que era o que o Romário poderia vir a cobrar, como está acontecendo com o Vasco. Foi uma briga interna, não precisava expor. Está fazendo um ano que o Romário tem vindo à Gávea. O que você esperava da gente ali, que fosse fazer alguma coisa diferente? O Conselho Fiscal atuou e ajudou a fazer o acordo. Hoje temos um acordo com o Romário – disse Ribeiro.

Zinho, sobre era Dorival: ‘Começou o Campeonato Brasileiro para a gente’


dorival junior zinho flamengo treino (Foto: Mauricio Val / Vipcomm)
O Campeonato Brasileiro para o Flamengo começou. Na 15ª rodada. Antes da vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense, quarta-feira, em Florianópolis, Zinho “invadiu” a roda de jogadores na conversa pré-jogo para dar um recado ao grupo na partida que efetivamente marcaria o início da era Dorival Júnior. Depois do resultado positivo, o diretor de futebol projeta avanços na parte tática e física.

- Entrei lá no meio da roda dos jogadores antes do jogo e falei: “Começou o Campeonato Brasileiro para a gente. Esse é o meu sentimento”. O time treinou, é o início de trabalho de um novo treinador. Os treinamentos foram realizados e foram colocados em prática para ver se é assim que tem que ser. Foi um bom início. Tivemos pequenas falhas, mas já deu para ver um time mais organizado – analisou Zinho.

O diretor de futebol destacou que o adiamento do jogo com o Atlético-MG, que seria no último sábado, mas passou para o dia 26 de setembro, foi benéfico para Dorival, que teve dez dias para intensificar os treinamentos e conhecer melhor o grupo.

- Acho que é precoce para falar, mas ficou claro que teve uma melhora muito acentuada, mérito da comissão técnica e do Dorival. Não ter acontecido o jogo com o Atlético-MG não foi uma coisa causada pelo Flamengo, mas foi muito bem-vindo. Deu tempo de o Dorival fazer uma pequena temporada, uma avaliação do grupo que ele ainda está conhecendo. Na realidade, isso teria sido muito bom no início do campeonato.

Dorival acertou com o Flamengo no dia 25 de julho, uma quarta-feira. No dia seguinte, já estava no banco para dar as primeiras instruções e conhecer o time de perto no empate em 0 a 0 com a Portuguesa. Depois, treinou a equipe completa apenas uma vez, e sofreu a derrota por 4 a 1 diante do São Paulo. Com o jogo do Atlético-MG adiado, Dorival conseguiu implantar seus métodos de trabalho com intensidade, repetições, sem folgas e com cobranças aos jogadores nos treinamentos. O técnico já disse que uma partida começa a ser ganha no dia a dia dos treinos.

- Ele tem um tipo de trabalho, maneira de falar com os atletas, cobrança, a galera percebeu isso, está sentindo isso. Agora, é uma sequência, a tendência é que a equipe cresça nas partes tática e física – afirmou Zinho.

Love diz que pegada e confiança aumentaram

Vagner Love, que tem recebido atenção especial da comissão técnica, voltou a marcar depois de oitos jogos, e fez os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense.

- Dorival conheceu mais os jogadores, implantou o jeito para jogarmos. O time aumentou a pegada, sim, está mais confiante, o caminho é esse. Vamos procurar trabalhar como aconteceu nos últimos dias – disse o atacante.

Com 19 pontos, o Flamengo ocupa a décima colocação, mas tem um jogo a menos. Até agora, foram cinco vitórias, quatro empates e cinco derrotas. A equipe fez 18 gols e sofreu 21.


Conselho do Flamengo aprova renovação com Globo para receber R$ 550 milhões


Em frenética reunião na noite desta quinta, o Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou a renovação do contrato entre o clube e a Globo para transmissão dos jogos do time no Brasileirão.

Segundo conselheiros rubro-negros, o Flamengo vai receber pelo novo trato R$ 550 milhões. Serão R$ 40 milhões de luvas. Os outros R$ 510 milhões serão divididos entre 2016 e 2018. No primeiro ano, deve ocorrer o menor pagamento: R$ 160 milhões.

A oposição protestou. Avalia que não há motivos para antecipar a renovação, pois o acordo atual só termina em 2015. Um dos entreveros foi entre Walter Oaquim, vice de relações externas,  e Marcos Braz, opositor e ex-dirigente do futebol do Fla.

Uma das queixas dos opositores é de que o valor de R$ 160 milhões pode já estar defasado em 2016.

O grande atrativo do novo trato é o pagamento das luvas de R$ 40 milhões no ato da assinatura. Porém, ao dar sinal verde para a renovação, os conselheiros exigiram a garantia da diretoria de que a quantia será usada para quitar dívidas. Conforme o blog noticiou, essa era uma recomendação do Conselho Fiscal.

Ficou acertado que uma comissão será criada pelo Conselho de Administração para definir quais débitos serão pagos com a bolada vinda da Globo.

A reunião foi apimentada por Oaquim. Ele declarou que boa parte das luvas será  usada para quitar dívidas de administrações anteriores. Citou R$ 16,6 milhões em impostos federais, R$ 3 milhões de dívidas trabalhistas e mais um débito de 1,2 milhão de euros com o Marítimo de Portugal, que alega não ter recebido sua parte na venda de Souza.

O fato de a renovação ser aprovada por 153 votos a 54, como queria a diretoria, pode ser interpretado como uma demonstração de força da presidente Patrícia Amorim, atualmente achincalhada pela torcida.



Dívida com clube lusitano esquenta a reunião do Conselho Deliberativo


A reunião do Conselho Deliberativo que aconteceu na noite desta quinta-feira, no Flamengo, teve clima pesado. Segundo relatos de conselheiros presentes, era grande o número de seguranças e a imprensa foi barrada na portaria do clube. Em meio aos discursos em relação à renovação do contrato de transmissão, aprovada em votação da casa, um bate-boca chamou atenção: o vice de relações externas Walter Oaquim e o ex-vice de futebol Marcos Braz tiveram uma discussão áspera. O motivo seria uma dívida do clube com o Marítimo, de Portugal, pela venda de Souza, hoje no Bahia, ao Panathinaikos,da Grécia, em 2008.

Em maio de 2011, o vice jurídico Rafael de Piro e o vice de finanças Michel Levy embarcaram para Portugal. Em pauta, a contratação de Aírton e também uma tentativa de acordo com o Marítimo. Segundo Oaquim, o Flamengo, na época da venda, recebeu cerca de 3 milhões de euros, mas não repassou os 40% que caberiam ao clube português. A dívida estaria em torno de 1,5 milhão de euros. Oaquim, contudo, não soube precisar o valor. Marcos Braz não foi encontrado para comentar a questão.

- Há dívidas a pagar. Essa do Souza, temos de pagar. É coisa de 1,2 milhão de euros, não sei ao certo. O dinheiro já entra penhorado. Temos R$ 16,6 milhões em imposto da gestão passada para pagar. Ninguém está pegando adiantamento para sair gastando - disse Oaquim, confirmando que, como o caso está na Fifa, a punição pode ser séria e, por isso, há urgência na solução do caso.

Outro assunto que poderia ter entrado em pauta nesta quinta, ficou para a próxima semana. A comissão de inquérito para apurar possível gestão temerária de Patricia Amorim e que pode terminar em impeachment seria nomeada, mas o protocolo do pedido impetrado por Marcio Braga atrasou por falta de duas assinaturas. A decisão foi, então, adiada. De acordo com o artigo 59 do estatuto, o presidente do Conselho Deliberativo, Sylvio Capanema, tem cinco dias a partir da data em que o pedido foi protocolado para julgá-lo e, se aprovado, nomear a comissão e seu presidente.


quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Negueba: ‘Foi uma das melhores partidas que fiz no Flamengo’

De volta ao time titular do Flamengo e elogiado por Dorival Júnior, Negueba viveu uma quinta-feira de sorrisos. Distribuiu muitos deles durante o treino leve que o grupo rubro-negro realizou no Ninho do Urubu após o retorno de Florianópolis, na parte da tarde. O atacante teve participação destacada na vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense, nesta quarta, pela 15ª rodada do Brasileirão.

negueba flamengo figueirense  (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
Negueba em ação durante a partida contra o Figueirense (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

- Fiquei satisfeito e feliz com a minha atuação. Foi uma das melhores partidas que fiz com a camisa do Flamengo. Fiquei bastante à vontade em campo. O professor Dorival montou um esquema bom, deixando o time mais compacto, o que facilitou bastante – disse, em entrevista ao site oficial do clube.

Negueba formou o ataque com Vagner Love e Thomás e jogou a maior parte do tempo bem aberto pela direita. Com movimentação constante e arrancadas, incomodou os marcadores e teve boa presença ofensiva. Quando foi preciso marcar, também ajudou no meio-campo. Depois do bom desempenho, ele quer ser firmar:

- Espero que a gente continue com o mesmo espírito e a mesma vontade. Assim as coisas vão acontecendo a nosso favor.

O atacante de 20 anos disputou a 24ª partida dele na temporada, a segunda como titular. O time do Flamengo volta a treinar na manhã desta sexta-feira no CT e viaja para Volta Redonda. No sábado, a equipe enfrenta o Náutico, às 21h, no estádio Raulino de Oliveira. O Rubro-Negro tem 19 pontos e está na 10ª posição, com um jogo a menos.



Contra o vandalismo de vascaínos, o Maracanã terá câmeras e concreto anticorrosivo


Preocupado com possíveis atos de vandalismo, o Governo do Rio de Janeiro está se precavendo e montando um forte esquema de segurança no Maracanã. O estádio, que deve ser concluído em fevereiro de 2013, terá 360 câmeras de vigilância, além de concreto anticorrosivo e materiais resistentes a pancadas.

As câmeras ajudarão a fiscalizar torcedores que urinarem fora de um dos 231 banheiros do estádio. Os frequentadores podem ser identificados com facilidade, já que haverá um monitoramento individual realizado a partir do cadastro feito pelos torcedores na bilheteria. Além disso, policiais militares e guardas municipais estarão prontos para coibir os vândalos(vascaínos).

Maracanã com 59% de obras prontas (Foto: Divulgação) 
Maracanã está com 59% de obras concluídas (Foto: Divulgação)

- Essas medidas de vigilância e engenharia, com certeza, inibirão as ações de vandalismo e preservarão o estádio. Mas acredito que o principal será a mudança de comportamento que nossas obras possibilitarão. Com a modernização e embelezamento do Maracanã, restarão poucos vândalos que teimem em danificar esse novo patrimônio - afirmou o presidente da Emop, Ícaro Moreno, ao site do governo estadual.

Material à prova de urina, responsável pela corrosão de mais de 100 pilares do estádio, também está sendo utilizado na reforma. No Maracanã, o concreto na base dos pilares terá a adição de polímeros acrílicos e verniz. O material que irá evitar a umidade também será resistente ao tempo, terá durabilidade de 50 anos.

Nos banheiros, que já começaram a ganhar forma e estão em fase final de construção, as luminárias serão protegidas por tela, e o chão e as paredes serão fortalecidos com material antiácido. Os 1.222 vasos sanitários, 969 lavatórios e 857 mictórios também terão como base materiais contra ações de vândalos.

Com 59% das obras concluídas, o Maracanã será palco de três jogos da Copa das Confederações, além de sete partidas da Copa do Mundo. O estádio receberá as decisões dos dois torneios.

Thiago Medeiros está fora contra o Náutico; Liedson aguarda definição



Depois de levar uma pancada no lado esquerdo do quadril em sua estreia como titular do Flamengo, quarta-feira, na vitória sobre o Figueirense por 2 a 0, em Florianópolis, o zagueiro Thiago Medeiros foi vetado pelo departamento médico para próxima rodada. Sábado, contra o Náutico, em Volta Redonda, a tendência é que Dorival Júnior escale Marllon na equipe.

Liedson, treino do Flamengo (Foto: Mauricio Val / Vipcomm)Liedson domina a bola diante de Diego Maurício no treino do Fla desta quinta (Foto: Mauricio Val / Vipcomm)
 
No desembarque do time nesta quinta, no Rio de Janeiro, Thiago Medeiros ainda mancava por causa da pancada. Contra o Figueira, ele precisou ser substituído ainda no primeiro tempo pelo volante Muralha. Dorival optou por recuar Cáceres para a zaga para marcar o grandalhão Loco Abreu.

Depois de retornarem ao Rio, os jogadores foram direto para o Ninho do Urubu treinar. Quem iniciou a partida na quarta fez apenas um trabalho regenerativo e uma corrida leve no campo. O restante do elenco realizou uma atividade técnica em campo reduzido, inclusive o atacante Liedson, que aguarda uma decisão de Dorival para saber se será relacionado contra o Náutico. Ele ainda fez um trabalho físico à parte com bola posteriormente. Quarta, o auxiliar Lucas Silvestre disse que o mais provável era que o Levezinho jogasse apenas contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira, na Arena Barueri. O panorama é o mesmo para Deivid, recuperado de uma torção no tornozelo direito.

Contra o Náutico, Dorival Júnior terá outro problema além de Thiago Medeiros. Com a expulsão de Léo Moura, ele deve escalar Wellington Silva na lateral direita.

- Infelizmente perdemos o Léo, mas temos o Wellington, que é um jogador jovem. Vamos passar confiança e esperamos que ele seja feliz - disse o treinador.

O Flamengo é o décimo colocado no Campeonato Brasileiro com 19 pontos.




Depois de ganhar Liedson, Dorival espera mais ‘dois ou três elementos’



Cleber Santana, Avaí e Ceara (Foto: Petra Mafalda / Mafalda Press / Futura Press)
A comissão técnica do Flamengo prepara Liedson para a estreia. Enquanto isso, o diretor de futebol Zinho tenta fazer com que o atacante não seja o último reforço antes do encerramento das inscrições de jogadores contratados na CBF. Os clubes têm até o dia 21 de setembro para dar condições de jogo aos atletas. A janela nacional se encerra na 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois de falhar na tentativa de fechar com nomes do futebol internacional, como Diego, do Wolfsburg, Riquelme, que deixou o Boca Juniors, e o zagueiro Juan, que trocou o Roma pelo Internacional, o Rubro-Negro garimpa opções das Séries A, B e até C do nacional. Na noite da última terça-feira, Zinho aproveitou a passagem por Florianópolis para o jogo contra o Figueirense e esteve na Ressacada para assistir ao confronto entre Avaí e ABC, pela Segundona. Motivo: ver o meia Cléber Santana, ex-São Paulo, Atlético-PR e Santos, de perto.

Outros nomes também já entraram em pauta, como Rodriguinho, meia do América-MG, e o zagueiro Rodrigo Moledo, do Inter, que foi pedido por Dorival. Por enquanto, não avançaram.

Enquanto trabalha com o que tem, o treinador rubro-negro começa a implantar um padrão tático. Ele gostou da evolução do time contra o Figueirense, mas continua à espera de novas peças.

- Não vou falar em nomes ou posições. Mas esperamos trazer mais dois ou três elementos para dar mais corpo ao time no Campeonato Brasileiro - disse Dorival, após a vitória por 2 a 0 sobre os catarinenses, pela 15ª rodada.

O Flamengo volta a jogar neste sábado, contra o Náutico, em Volta Redonda. A partida será às 21h (de Brasília). O Rubro-Negro tem 19 pontos e está em 10º na tabela - tem um jogo a menos.

Liedson não deve estrear contra o Timbu. Apesar de ter participado de 50 minutos de um coletivo nesta quarta-feira, no Rio, ele pode ter que esperar até o dia 15, quando o Flamengo enfrenta o Palmeiras, em São Paulo.


Com três pontos e sossego na bagagem, Fla se despede de Floripa

O avião que vai pousar no Rio estará mais leve do que aquele que decolou na terça-feira. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense, nesta quarta, em Florianópolis, o Flamengo alivia a pressão e ganha um pouco de sossego para tentar iniciar uma recuperação no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time está em 10º, com 19 pontos, mas com um jogo a menos. O próximo adversário será o Náutico, sábado, em Volta Redonda, pela 16ª rodada.

vagner love e leo moura flamengo florianópolis (Foto: Reprodução / Twitter) 
Vagner Love e Léo Moura posam com torcedor antes de deixar Florianópolis (Foto: Reprodução / Twitter)

A delegação deixou a capital catarinense por volta de meio-dia. Na chegada ao Aeroporto Hercílio Luz, algumas pessoas que estavam no local procuraram os jogadores para tirar fotos e pedir autógrafos. O atacante Vagner Love, autor dos dois gols da partida contra o Figueira, foi um dos mais assediados. O Artilheiro do Amor desencantou depois de oito jogos sem marcar, o maior jejum dele com a camisa rubro-negra.

A chegada da delegação ao Rio está prevista para 13h30m. Os jogadores vão seguir direto para o treino no Ninho do Urubu.



Dorival Júnior justifica volta de Felipe: 'Precisamos de mais experiência'

 Felipe só estreou no Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, na vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Figueirense. Titular até a semifinal da Taça Rio, na segunda quinzena de abril, o goleiro pegou dengue no início de maio, precisou de tempo para se recuperar, e quando voltou foi parar no banco de reservas. O técnico Joel Santana manteve Paulo Victor, que correspondeu quando foi exigido. Dorival Júnior chegou, manteve PV na equipe de cima na partida contra o São Paulo, mas mudou de ideia. Nos dois últimos treinos antes de enfrentar os catarinenses, promoveu o retorno do camisa 1. Contra o Figueira, Felipe não foi muito exigido, mas teve atuação segura. Foram cinco defesas, sendo duas difíceis. Ele ainda viu o atacante Loco Abreu acertar uma cabeçada na trave no segundo tempo.

Depois da partida, Dorival explicou como conduziu a mudança no gol rubro-negro, disse que Paulo Victor entendeu a decisão e procurou manter a disputa aberta.

- O papo com o Paulo foi tranquilo, ele entendeu. Estamos num momento em que precisamos de jogadores mais vividos, precisamos de mais experiência. Com certeza ele (Paulo Victor) vai ser um dos grandes goleiros do país, é um menino de muito talento. É um processo natural. E ele vai continuar na briga pela posição com o Felipe – disse.

Em 2012, Felipe disputou 22 jogos e sofreu 25 gols, média de 1,13 por confronto. Paulo Victor jogou 23 vezes, sendo 20 como titular, e também sofreu 25. A média do camisa 27 é de 1,08.

O Flamengo está em 10º na tabela do Brasileirão, com 19 pontos – tem um jogo a menos. O time volta a jogar no sábado, às 21h, contra o Náutico. A partida será em Volta Redonda, válida pela 16ª rodada.

Começa como volante, termina como zagueiro: a estreia de Cáceres no Fla


Cáceres Flamengo x Figueirense (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem)
Victor Cáceres esperou por um mês para defender o Flamengo. Uma arrastada briga judicial com o Libertad, seu ex-clube, e a Associação Paraguaia de Futebol (APF) atrasou a estreia do volante, que treinava no Ninho do Urubu desde 6 de julho. Na noite desta quarta-feira, na vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense, em Florianópolis, pela 15ª rodada do Brasileirão, o paraguaio teve de realizar duas funções. Começou como volante, terminou como zagueiro. Foi bem nas duas, demonstrou segurança e muita vontade.

Talvez pela ansiedade da primeira vez, Cáceres mostrou-se um pouco afoito nos minutos iniciais. Tentou avançar demais ao ataque em alguns momentos e deixou espaços na defesa. Com as orientações de Dorival Júnior e dos companheiros, logo achou seu lugar no meio-campo rubro-negro. O jogador marcou firme e não comprometeu na saída de bola. Dos 36 passes dele na partida, só errou três. Quando teve chance de finalizar, arriscou um chute de dentro da área, mas errou o alvo.

No fim da primeira etapa, Dorival mudou a função do paraguaio. Thiago Medeiros recebeu uma joelhada na altura do quadril e saiu de campo sentindo fortes dores e sem conseguir caminhar. Apesar de ter o zagueiro Marllon no banco, o treinador recuou Cáceres e lançou Muralha no meio. Victor passou a formar a zaga com González e assumiu o lado direito da defesa, algo que não havia sido treinado.

Números da estreia de Cáceres

1 finalização
36 passes
33 passes certos
1 falta cometida
2 faltas recebidas
3 roubadas de bola
 
- Apenas imaginei que poderia acontecer, pelas características dos jogadores. O Figueirense jogava com o Loco Abreu na frente, um jogador mais plantando. Eu poderia ter ali Cáceres e González, dois jogadores altos. Com certeza faria diferente se fosse contra um atacante de velocidade - explicou o técnico. 

Dorival não mexeu no time na volta do intervalo. Cáceres jogou todo o segundo tempo na função de zagueiro. Nas bolas aéreas ofensivas, foi para a área tentar o cabeceio, mas não teve chances claras. A única falha dele na zaga foi um corte errado na entrada da área. A bola sobrou para o ataque do Figueirense, mas o paraguaio conseguiu a recuperação. Partiu feito louco atrás da bola e fez o corte. Quando o Figueira passou a jogar bolas para a área na tentativa de encontrar Loco Abreu, Cáceres também foi eficiente nos cortes. A zaga conseguiu suportar a pressão catarinense, e o Flamengo encerrou a série de quatro partidas sem vencer no campeonato. No fim, Cáceres ganhou um longo e forte abraço do goleiro Felipe. Reconhecimento pela missão cumprida.




Negueba agarra chance como titular, e Dorival Júnior quer regularidade


Vagner Love foi decisivo, fez os gols da vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Figueirense, mas dividiu o posto de destaque rubro-negro na partida com Negueba. O atacante, de 20 anos, disputou a 24ª partida dele na temporada, a segunda como titular. Em Florianópolis, o jogador conseguiu interromper a série de atuações discretas e justificou a opção do técnico Dorival Júnior de escalá-lo no time de cima. O camisa 19 foi uma boa opção ofensiva, ajudou na marcação e deu velocidade ao time.

Aberto pela ponta direita, Negueba foi o jogador em campo que mais vezes arriscou jogadas pela linha de fundo. Foram três. Ele levantou três bolas para a área. Em alguns momentos, invertou o lado com Thomás, enquanto Vagner Love permanecia centralizado. A marcação sob pressão que Dorival tanto treinou nos últimos dez dias teve a participação de Negueba. Ele conseguiu duas roubadas de bola. Para se ter uma ideia, o lateral-esquerdo Ramon e o volante Victor Cáceres, que jogou de zagueiro durante todo o segundo tempo, roubaram três.

negueba flamengo figueirense  (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
Negueba encara a marcação dos jogadores do Figueira (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

O técnico gostou do desempenho do jogador e agora espera que ele consiga manter o bom desempenho.

- Procurei passar confiança ao atleta para que ele tivesse tranquilidade de desenvolver um bom trabalho. Ele tem potencial e espero que consiga manter uma regularidade.

Negueba contra o Figueira

2 finalizações
27 passes
24 passes certos
3 bolas levantadas
3 faltas recebidas
2 roubadas de bola
3 jogadas de linha de fundo
 
Com Vanderlei Luxemburgo e Joel Santana, Negueba chamou a atenção logo no primeiro momento, ganhou chances, mas nunca se firmou como titular. Ele tinha uma proposta para jogar no Sporting, de Portugal, por um ano. A mudança de técnico, no entanto, fez o atacante tomar outro rumo. Dorival Júnior chegou e deu chances a ele durante os treinamentos. Virou titular.

Negueba foi promovido a profissional do Flamengo no fim de 2010 por Luxemburgo. Na base, era meia, mas o treinador optou por escalá-lo como atacante, bem aberto pela direita. Nos treinos, Dorival pede que ele também procure jogar mais recuado e centralizado.

Pelo bom desempenho, o jogador deve ser mantido na equipe para a partida contra o Náutico, sábado, em Volta Redonda, pela 16ª rodada. O Rubro-Negro tem 19 pontos e está em 10º - tem um jogo a menos.