sábado, 18 de agosto de 2012

Adriano encontra ‘Carminha’ em churrascaria e posta foto

Adriano encontrou a atriz Adriana Esteves neste sábado, em uma churrascaria na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, e fez questão de tirar uma foto com a intérprete de Carminha na novela “Avenida Brasil”. Em seguida, a foto foi publicada no Twitter do Imperador, que fez elogios à rival de Nina.

- Olha quem encontrei aqui, Adriana Esteves / Carminha. Gente boa demais -escreveu o jogador.



Taça BH de juniores: Flamengo perde por 1 a 0 para o América-MG


Depois de golear o Guarani/Pará de Minas por 8 a 0 na estreia da Taça BH de juniores, o Flamengo perdeu por 1 a 0 para o América-MG, neste sábado, no Estádio Cesar Julião Salles, na cidade de Pedro Leopoldo.

Mesmo assim, o Rubro-Negro segue no topo da Chave A, com três pontos, seguido de Coritiba, Santos, América, Pedro Leopoldo e- Guarani/Pará de Minas.

O próximo compromisso do time será contra o Santos, no Estádio José Porfírio de Oliveira, em Pará de Minas, nesta segunda-feira, dia 20 de agosto, às 16h (de Brasília).

Adriano fará exame nesta segunda, e Zinho diz: ‘Está tudo na mão dele’


Depois do rodízio de carnes, uma rodada de conversa. Adriano teve na tarde deste sábado a primeira reunião para discutir seu retorno ao Flamengo, depois de almoçar em uma churrascaria. E o encontro contou com diversos setores do clube. Zinho, Dorival Júnior, o vice de futebol Paulo Cesar Coutinho, o médico José Luiz Runco e até mesmo a presidente Patricia Amorim sentaram à mesa com o atacante e seu empresário, Luca. O encontro, que animou a diretoria, aconteceu num hotel na Barra da Tijuca, começou às 15h40m e terminou por volta de 17h20m. Na segunda-feira, Runco vai realizar exames no tendão de Aquiles do pé esquerdo do jogador. Com a aprovação, o futuro estará nas mãos - ou nos pés - do Imperador.

- Tivemos uma primeira reunião (em junho) e estipulamos uma meta até 1º de agosto para conversar sobre um vínculo dele com o clube, mas o prazo foi estendido. Essa meta não foi alcançada por conta de alguns treinamentos que não foram realizados, teve troca de treinador, e o Runco estava nas Olimpíadas. Agora, achei que era o momento de fazer a última conversa para partir para outro estágio. A Patricia fez questão de participar, foi legal ela se colocar à frente, mostrar empenho para que a gente recupere o Adriano. Batemos um papo franco, sincero, direto. Na segunda-feira, ele vai fazer um último exame para ter a liberação total. Está tudo na mão dele, só depende dele - afirmou Zinho.
 
Depois do exame, uma nova conversa deve acontecer entre o diretor de futebol e o empresário de Adriano para que seja discutido um vínculo, a princípio até dezembro. A partir daí, ele já seria funcionário do Rubro-Negro.

- Após o exame, devo sentar com o representante dele para saber se esse vínculo será feito mesmo para o restante do ano e para ele ser inserido no grupo, com todas as obrigações e responsabilidades que os outros atletas têm também.

Os integrantes do futebol rubro-negro chegaram antes de Adriano para o encontro. Runco foi o primeiro, seguido por Zinho e Paulo César Coutinho. Patricia Amorim chegou em seguida.

Na saída, Adriano preferiu não comentar sobre a reunião.

- Mais para frente eu falo - disse o jogador.

Paulo Cesar Coutinho saiu satisfeito da reunião.

- Foi muito animador, senti muita vontade no Adriano.




Sarah Menezes declara seu amor pelo Fla e passa energia ‘de ouro’ antes do clássico





No almoço deste sábado (18.08), após terem suado a camisa no último treino antes do clássico contra o vasco, deste domingo (19.08), jogadores e comissão técnica do Flamengo tiveram um encontro especial. A judoca Sarah Menezes, ouro em Londres, hospedada no hotel onde o Fla se concentra, soube da presença do elenco rubro-negro no mesmo local e foi se declarar como uma torcedora fervorosa.

Sarah foi recebida pelo treinador Dorival Junior e pela presidente Patricia Amorim, que a presentearam com uma camisa oficial do Flamengo. No entanto, os presentes não ficaram só nisso. A judoca de ouro explicou que, além dela, toda a família é muito rubro-negra. Por isso, a delegação rubro-negra brindou a estrela com mais um manto sagrado, destinado ao irmão de Sarah.

Durante a conversa com o elenco rubro-negro, Sarah desejou muita sorte no clássico deste domingo e prometeu ficar na torcida por mais uma vitória. Boas energias, sem dúvida, ela trouxe.



Adriano, sobre definição do seu futuro com Fla: ‘Estou aguardando’



Em compasso de espera, mas com as cartas na mesa e a primeira rodada de negociação aberta. Assim está Adriano para definir o seu retorno ao Flamengo. Depois de almoçar numa churrascaria na Barra da Tijuca na tarde deste sábado, o atacante, na companhia do seu empresário Luca, seguiu ao encontro da cúpula de futebol do Rubro-Negro.

- Estou aguardando, vamos ter uma reunião - limitou-se a dizer Adriano ao GLOBOESPORTE.COM, antes de embarcar dirigindo o próprio carro.

Adriano entrevista  (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)
Adriano vai à churrascaria antes de encontro com a diretoria do Fla (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

O encontro com Zinho e o vice de futebol Paulo César Coutinho acontecerá ainda neste sábado, em local sigiloso.

Zinho quer saber do Imperador se ele está disposto a cumprir regras e se enquadrar no modelo profissional do futebol rubro-negro. Caso aceite a proposta do Rubro-Negro, Adriano poderá voltar a treinar em breve no Ninho do Urubu.


Ramon dispara contra torcida do vasco: 'Faltou respeito'


Ramon entrará na partida contra o vasco, neste domingo, com uma motivação maior para vencer o rival. Hoje titular do Flamengo, o lateral-esquerdo revela mágoa da torcida pela forma pela qual foi tratado depois de sua saída do Cruz-Maltino e garante que fez de tudo para jogar essa partida.

- Entro sim (mais motivado). Fiz de tudo para não tomar cartão contra o Palmeiras. Acho que faltou um pouco de respeito comigo pela saída. Tenho amizade dentro do clube. Não me respeitaram. Teve disse me disse. Pelo que eu fiz, ajudei a equipe a sair de uma situação ruim. O respeito teria de ser maior. Mas não me importo com eles, mas com o Flamengo - garantiu Ramon.

Ramon chegou ao vasco em 2009 e ajudou o clube a voltar à elite do futebol brasileito conseguindo boas atuações. Em 2011 participou da campanha vitoriosa do vasco na Copa do Brasil, mas acabou saindo de forma conturbada. A torcida não estava gostando da postura do jogador durante os jogos por acreditar que ele estaria já negociado.

- A minha relação é com a torcida. Pela falta de respeito. Por não saber o que aconteceu. Deduzir por pessoas de lá de dentro. Independente do clube que eu jogar, fui campeão lá, vou ser respeitado. Podem gostar de mim ou não, tem de ter respeito - explicou Ramon, que garante ainda ter muitas amizades entre os jogadores do vasco e não vai se importar de trocar camisas com os antigos companheiros.

- Isso sim. Acredito que alguma coisa que levamos é amizade. Tenho muitos amigos no vasco. Como o Carlos Alberto que me ajudou muito, o Felipe Bastos e Dedé - encerrou.


Às vésperas do clássico, Dorival fecha treino pelo segundo dia seguido


A manhã deste sábado foi de treinamento com portões fechados no Flamengo. Somente 1h40m depois do início da atividade, a imprensa foi liberada para entrar no Ninho do Urubu, quando alguns jogadores ensaiavam cobranças de falta. Nesta sexta-feira, Dorival Júnior também só permitiu a entrada dos jornalistas 1h30m depois do horário marcado para o começo do treino.

Na sexta-feira, porém, o treinador concedeu entrevista coletiva e garantiu que o time não terá novidade:

- A equipe será a mesma, não haverá mudanças.

jogadores no treino do Flamengo (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)Jogadores do Flamengo fazem último treino antes co clássico (Foto: Janir Júnior / Globoesporte.com)

Assim, o Flamengo deve entrar em campo para enfrentar o vasco com: Felipe, Léo Moura, Welinton, González e Ramon; Cáceres, Luiz Antonio e Renato; Negueba, Love e Thomás.

Flamengo e vasco se enfrentam neste domingo, às 18h30m, no Engenhão.


Lesionados, suspensos e pendurados para a rodada #18 do Brasileirão 2012




Confira a lista completa de lesionados, suspensos e pendurados para a 18ª rodada:




Suspensos e lesionados 17/08/2012 - 18° Rodada (Foto: Editoria de arte / Globoesporte.com)

Rapidinhas do mengão!



Dinheirão

O Flamengo já pagou os R$ 3 milhões pela parcela inicial do acordo com Romário, feito no mês passado. As demais têm vencimento no dia 30 de cada mês, no valor de R$ 125 mil. Se atrasar três parcelas, a dívida volta ao montante anterior: R$ 48 milhões. No acordo homologado em juízo, o total caiu para R$ 20 milhões.


Votem em mim

O ex-vice de Futebol do Flamengo Marcos Braz diz que só não tentará a presidência se Hélio Ferraz enfrentar a presidente Patrícia Amorim, o que contrariaria seu discurso até aqui. E afirma que Amorim só sairá da disputa se sofrer uma derrota acachapante na eleição para vereador, na qual ele concorre também.


Welinton garante que Mengão vai para cima do vasco com ‘força máxima’

Zagueiro elogia Cáceres e González e diz que um dos fatores que podem trazer a vitória no clássico é ter atenção durante os 90 minutos

 

Dorival Júnior faz cobrança a Adryan: 'Quero uma doação maior'



Dorival Junior e Adryan, treino do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
Há três jogos, Negueba, de 20 anos, e Thomás, de 19, são titulares de Dorival Júnior no ataque do Flamengo ao lado de Vagner Love. A sequência pode ser considerada um privilégio da dupla, já que os outros garotos do grupo ainda buscam espaço nas convocações do treinador para as partidas. Adryan, Mattheus, Muralha, Fernandinho, Marllon e Frauches estão em sistema de revezamento. Precisam mostrar tudo que podem nos treinos para ganhar novas oportunidades.

Adryan chegou a ficar fora da lista de convocados para a partida contra o Palmeiras, na quarta-feira passada. Só entrou na relação depois que o clube concretizou a venda do atacante Diego Maurício para o futebol russo. O meia, no entanto, não foi aproveitado na derrota por 1 a 0 para a equipe paulista. Dorival preferiu lançar os meias Fernandinho e Mattheus no segundo tempo. Ele vai se concentrar com os demais jogadores neste sábado, véspera do clássico contra o Vasco, pela 18ª rodada. Dorival, no entanto, avisa que espera mais da revelação de 18 anos.

- Coloquei o Adryan em outras duas partidas (contra São Paulo e Figueirense), não aconteceu dentro do esperado, mas ele tem treinado, conversei bastante com ele sobre isso, está mais consciente e foi novamente convocado. Ele faz parte do grupo, quero uma doação maior de todos que aqui estão para que possam me mostrar que estão aptos a vestir a camisa do Flamengo. Futebol é momentâneo, existe muita superação de uma semana para outra – disse o técnico.

Adryan tem dez partidas como profissional do Flamengo, sendo cinco como titular. Até aqui, fez dois gols. No Brasileirão, jogou oito vezes.

Flamengo e Vasco se enfrentam no Engenhão, às 18h30m (de Brasília). O Rubro-Negro tem 22 pontos e está em décimo – tem um jogo a menos. O Cruz-Maltino é o terceiro, com 35.




'Jogo com 200 mil pessoas não tinha graça nenhuma', diz editor de 'Veja'

 
Na edição que chega às bancas neste sábado, a revista "Veja Rio" mostra a reta final das obras no Maracanã, previstas para acabar em dezembro de 2013. Para o editor Maurício Lima, o novo estádio tem pontos positivos, como a redução da capacidade para 76 mil pessoas. O jornalista afirma que faltava conforto para quem estava nas arquibancadas.

- Fico chateado com aquele comentarista que diz: 'Sinto saudade daquele Maracanã com 200 mil pessoas'. É muito fácil falar isso quando você vai de carro, pega o elevador e entra na tribuna de imprensa. Para quem vai de arquibancada, não tem graça nenhuma. Você fica em pé, com dois caras atrás de você, dois na sua frente, e você tenta defender a sua honra e ver o seu time. Não tem graça nenhuma nisso - afirmou, no "Redação SporTV".

Outro ponto positivo da obra, na opinião de Maurício Lima, é a mudança de posição dos camarotes, além da diminuição da distância entre o gramado e a arquibancada.

- O camarote antigo era muito ruim, você se sentia um peixe dentro do aquário. Agora será aberto. Mas a principal alteração é a distância para o gramado, de 26 para 14 metros, sem separação nenhuma. Não vai ter nem aquele vidro que tem na Vila Belmiro e em São Januário. Vai ser o típico estádio inglês. Só não pode ter aquele engraçadinho invadindo o gramado.

No entanto, apesar das melhorias, o editor criticou o andamento das obras, como a possibilidade de nova reforma, após a Copa do Mundo de 2014, para as Olimpíadas de 2016 e a demolição da cobertura.

- É um absurdo, é muita falta de planejamento. Fico preocupado como cidadão e estou atento como jornalista. A descoberta de que o teto estava podre foi um escândalo. Tudo bem que aconteça na nossa casa, com um pedreiro menos experiente. Mas, em uma obra de centenas de milhões de reais, você só descobrir durante a obra que o teto precisa ser derrubado é demais. É daquelas coisas que só acontecem no Brasil.

Novas cadeiras do Maracanã (Foto: Érika Ramalho/Divulgação) 
Maracanã chega a 60% de conclusão e deve ficar pronto no fim de 2013 (Foto: Érika Ramalho/Divulgação)

Adriano no Fla: conversa olho no olho, cautela e processo longo



Adriano no treino do Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)
O nome de Adriano voltou à pauta do Flamengo. Diretor, técnico, presidente e jogadores têm que responder sobre o possível retorno do atacante. Pela identificação do jogador com a torcida, declarações públicas sobre o Imperador são cercadas de elogios, respeito e destaque para sua identificação com o clube. Mas cautela é a palavra que molda os bastidores do caso, que terá seu primeiro capítulo na prática na conversa entre Zinho e o Imperador. A pergunta é simples: “Está a fim?”

O encontro está previsto para este sábado, mas ainda está em aberto. No processo, Zinho conversou com Dorival Júnior, com o vice de futebol Paulo Cesar Coutinho e a presidente Patricia Amorim monitora o caso do seu gabinete. A opinião é unânime: as portas estão abertas, basta que ele demonstre vontade e compromisso de se enquadrar na conduta profissional exigida no atual departamento.

Em junho, quando Adriano faltou a algumas sessões de fisioterapia na recuperação que realizava no CT, Zinho chamou o jogador para uma conversa. O teor do novo encontro segue a mesmo linha.

- Disse para o Adriano: “É sua chance, uma chance, não erra”. Estou confiando, ele me passou essa firmeza. Botei as cartas na mesa. Senti no olho dele o desejo de voltar a jogar futebol. Dei carinho, mas sempre cobrando. Ele terá total apoio, torço por ele – afirmou Zinho, na ocasião.

O Flamengo está disposto a dar uma chance com um contrato por produtividade, fator comum entre os dirigentes. Mas nem mesmo valores ainda foram colocados à mesa, nenhuma negociação efetiva ocorreu entre as partes.

Mas o processo promete se desenrolar por mais tempo, já que Adriano teria que passar por avaliações clínicas e físicas. O jogador precisa ser examinado por médicos do clube, o que ainda nem foi agendado, recuperar a forma física, treinar e se condicionar.

- Adriano precisa de carinho – disse um dirigente rubro-negro.

Em 2009, Adriano voltou ao Flamengo depois de ter deixado o clube em 2001, sem o reconhecimento da torcida. No retorno, foi artilheiro do Brasileirão com 19 gols e teve participação efetiva na conquista do título nacional. Mas tudo isso com um currículo de faltas e apresentações nem sempre nas melhores condições para treinar.

Caso Adriano esteja disposto a voltar jogar futebol, o Flamengo tem em mente que fez o seu papel. A partir daí, a conduta do jogador será seu próprio juiz.

Em reunião no dia 20 de junho, foi projetado que no dia 1º de agosto poderia acontecer uma decisão sobre o retorno – ou não – de Adriano. Mas o tempo se estende, e não existe uma data de vencimento para as rodadas de conversas.

Depois do encontro, os próximos passos seriam o retorno de Adriano às instalações do CT, avaliações, discussão de contrato. Jogar – quem sabe com a camisa 10 do Flamengo - é um verbo que ainda não se conjuga nem num futuro distante, não existe previsão.

Mais do que Adriano, cúpula de futebol e comissão técnica destacam e direcionam suas principais atenções para quem faz parte do grupo atual. O caso do Imperador é tratado internamente, em conversas e definições em comum entre Zinho e Dorival.

- Quem está conduzindo é o Zinho, nunca fiz nenhuma colocação positiva ou negativa sobre o Adriano. É um profissional que sempre respeitei muito, vai depender muito da colocação da diretoria e do próprio atleta. Quando existir esse novo encontro, gostaria de participar e poder sentir o que o próprio Adriano pensa – afirmou o treinador.

Companheiro de Adriano no Flamengo no primeiro semestre de 2010, Vagner Love diz que torce pela volta do Imperador aos campos, mesmo que não seja pelo clube.

- Tomara que volte a jogar, aqui no Flamengo ou não. Se vier jogar aqui no Flamengo, seria um prazer reeditar uma dupla que deu certo. Torço para que dê certo.

O encerramento das inscrições de jogadores na CBF se aproxima. Os clubes têm até o dia 21 de setembro para dar condições de jogo aos atletas. A janela nacional se encerra na 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Adriano não joga futebol desde o dia 4 de março. O Flamengo mescla carinho com cautela, mas quer o retorno do atacante. Mas o primeiro passo é o Imperador responder a Zinho: “Está a fim?”.




Love, exclusivo: quase desisti da carreira quando deixei a coisa maldita ''vasco''


O confronto com o vasco vai ter sempre um saber especial para Vagner Love. A dispensa do clube nas categorias de base foi um baque e por pouco não fez o atacante pensar em desistir da carreira. A desilusão, porém, contribuiu para ele ter se tornado o Artilheiro do Amor, principal esperança de gols do Flamengo no clássico deste domingo, contra o arquirrival. E a partida acontecerá no momento ao qual Love retomou a confiança e voltou a fazer gols. Calado durante o período de oito jogos sem marcar, ele conversou com a reportagem do LANCE!, às vésperas do clássico, sobre a polêmica na qual se envolveu no último clássico com o Cruz-Maldito, garantiu que o Flamengo vai brigar por uma vaga na Libertadores, que não vai desistir de conseguir uma vaga na Seleção Brasileira e admite que Ronaldinho poderia estar até hoje no clube.


Confira abaixo os principais trechos da entrevista:


Como você encarou a declaração do Felipe após a eliminação do Flamengo na Taça Rio deste ano?
Encarei a declaração dele com a maior naturalidade. Foi bem tranquila. Em nenhum momento eu fiquei chateado.

 A resposta não te incomodou nem um pouco?
Nunca procurei criar polêmica com relação a clássico. Um jogador diz aqui, outro ali. Falei que é bom quando tem uma atração para o torcedor, com os dois times completos, fica mais gostoso e emocionante. Nunca vou gostar de pegar um time sem os principais jogadores. O torcedor um zoa o outro. Eu tenho amigos vascaínos. Eu fico brincando "tem que estar completo, porque se ganhar vocês vão ficar dando desculpas". Não procurei criar nenhum tipo de polêmica. Só falei o que as pessoas estavam falando na época. Tinha muitos jogadores que não poderiam jogar.

Você tem um passado no vasco. Como foi essa experiência?
Joguei no mirim e no primeiro ano de infantil. Uns dois anos e alguns meses. Eu torcia pelo Flamengo. Garoto não tem aquela coisa ainda. Tinham vários outros jogadores que estavam próximo do profissional e torciam pelo Flamengo também. Mas é a questão da primeira oportunidade que você tem de jogar futebol. A minha primeira oportunidade foi no vasco e eu aprendi me ensinou muita coisa. Aprendi muito. Não levava muito a sério esse negócio de jogar pelo vasco e torcer pelo Flamengo.

Existe alguma mágoa por ter sido dispensado do vasco?
Na época eu fui mandando embora porque era pequeno, não tinha porte físico. Mágoa, mágoa eu não tenho, mas eu quase pensei em parar. Parei de jogar por um tempo, não queria mais saber de bola. Queria estudar, mas não guardo mágoa, foi até bom ter acontecido isso. Fez eu correr atrás depois, me dedicar, para voltar a jogar voltar num time grande novamente. Voltei para o Campo Grande, depois passei uns seis meses no São Paulo e fui para o Palmeiras.

Hoje em dia tem vascaíno no elenco do Flamengo?
Hoje, aqui? Não. Se tiver é muito enrustido. (risos)

O que foi fundamental para você voltar a marcar gols?
Trabalho e confiança. Acho que a partir do momento que você continua treinando, se dedicando, as coisas vão acontecer naturalmente. Eu nunca deixei de focar no meu trabalho. Nunca deixei de confiar em mim, os meus companheiros me passaram muita confiança, o treinador também. Isso fez com que a gente se ajudasse dentro de campo e, por isso, consegui ter oportunidades e confiança para fazer os gols nos últimos jogos.

A chegada de Dorival foi importante para essa mudança?
Foi importante a chegada do Dorival. É um treinador que cobra e está sempre pedindo para os jogadores se dedicarem nos treinamentos. Acho que foi importante o jogo com o Atlético-MG ter sido adiado. Porque ele teve um período maior para conhecer os jogadores. E ver o que queria. Fez com que nós entrássemos no espírito de Flamengo, dedicação, de tudo que a gente precisava. Isso fez com que todos os jogadores ganhassem confiança. Deu oportunidades para jogadores que não tinham tido. Isso fez com que a gente pensasse num objetivo só e começasse a reagir no Brasileiro.

Você vê o clássico com o vasco como um jogo especial?
É especial em geral, pela tradição que tem um Flamengo e Vasco. Pelas torcidas terem essa rivalidade. Pelo Flamengo já ter ganho títulos em cima do Vasco, o Vasco ter ganho títulos em cima do Flamengo. É um jogo especial, pela história dos dois clubes. Pela história que tem.

É um bom jogo para ultrapassar o Fred na artilharia?
Tomara que sim. O objetivo é esse. Meus companheiros vão me ajudar e defender bem lá atrás, vão fazer com que a bola chegue na frente em condições de fazer gols e eu possa ajudar o Flamengo fazendo gols nesse clássico.

 Pode garantir que vai brigar pela artilharia até o fim?
Eu quero muito (risos). É um objetivo pessoal que tenho. Quero que o Flamengo chegue nas primeiras colocações, brigue por título. Se o Flamengo estiver brigando por título, Libertadores, com certeza vou brigar pela artilharia. Quero primeiro que o Flamengo esteja bem

Você tem falado com o Ronaldinho, agora que ele está um pouco mais distante?
Tem algum tempo que não falo com ele, mas a amizade é a mesma. Antes de a gente jogar junto aqui, antes mesmo de vir para o Flamengo, sempre tivemos uma amizade, sempre tivemos contato e vai continuar sendo assim.

Essa é a opinião de todo o grupo do Flamengo?
Com certeza. todo mundo aqui é amigo dele. Independentemente do problema que ele teve com o Flamengo. Ele não teve problema com os jogadores, mas com o Flamengo. todo mundo aqui é amigo. De vez em quando ele fala com alguns jogadores, sente falta de nós, e sentimos falta dele, pois é um amigo nosso. Mas eu quero ganhar o jogo dele, não quero dar mole para ele não.

Dá para dizer que ele está fazendo falta em campo também?
Nós sentimos falta dele dentro de campo, claro. É um jogador importante para a gente. Para mim, particularmente, porque era o jogador que metia as bolas, que fazia a bola chegar ao ataque. Depois, com a saída dele, demorou para o time se adaptar aos novos jogadores, em relação ao esquema tático. Sentimos um pouco, sentimos em geral. Acho que não foi só pela saída do Ronaldo que o time caiu de produção, o time em geral caiu. As coisas não vinham acontecendo do jeito que a queríamos. Foi um momento ruim pelo qual passamos. Espero que esse momento não chegue mais.

De vez em quando vocês pensam que ele poderia estar aqui?
Poderia. Sabemos que poderia estar aqui. Mas não mandamos na vida de ninguém. Não sabemos o que se passa na cabeça das pessoas e das pessoas que trabalham com ele. Desejo toda a sorte do mundo para ele, é o nosso amigo.

E com o Adriano, você tem falado, está torcendo para que a dupla possa ser reeditada?
Espero que ele possa voltar a jogar futebol. Se jogar pelo Flamengo vou ficar muito feliz. Se ele voltar e reeditar uma dupla comigo vou ficar muito feliz porque deu certo da outra vez.

Como seria esse ataque com Vagner Love, Adriano e Liedson? Dá para imaginar um nome para o trio?
Não sei como se chamaria, mas acho que daria bastante trabalho (risos) para as zagas adversárias.

Algumas pessoas chegaram a dizer que acabou a bagunça no Flamengo quando o Ronaldinho saiu. Você concorda?
Faltava organização geral. O Zinho chegou e não mudou só porque o Ronaldinho saiu, mas quando o Ronaldinho estava aqui também já estava organizando. Quando ele (Zinho) chegou a casa estava desarrumada, mas nada a ver com o Ronaldo. Ele veio para organizar o clube e o que estava bagunçado por aqui. Ele estava procurando fazer isso quando o Ronaldinho ainda estava conosco. .

Você tem alguma coisa para falar para o Joel? Houve realmente um problema entre vocês?
Tudo que eu tinha para falar com o Joel ou do Joel, eu falei quando ele estava aqui, Hoje eu não tenho nada para falar dele, da pessoa dele, do trabalho dele.... Nunca tive problema com o Joel. Tudo que eu achava, a minha opinião, eu falava diretamente para ele, sem rodeios.

Você vai apoiar a candidatura da Patricia Amorim nas eleições do Flamengo, este ano?
Se eu puder apoiar ela de alguma forma, sim. Temos uma amizade fora do clube. Acho que ela está fazendo um bom trabalho. Está procurando melhorar o Flamengo. Ela não se preocupa em colocar dinheiro no bolso, se preocupa com o Flamengo, em fazer melhorias no Ninho do Urubu. Em 2010 não tinha nada disso aqui. Quando nos treinamos de manhã a gente já fica aqui, descansa, as coisas estão melhorando aqui, na Gávea, tudo isso na gestão dela. Os salário estão em dia. Há muito tempo que o Flamengo não tinha isso. Uma pessoa que procura fazer o bem do Flamengo tem que continuar.

Não te preocupa os problemas com as dívidas?
Hoje ela é a presidente do clube, ela assumiu e vem pagando as dívidas dos outros presidentes. Não é culpa dela. As pessoas fazem uma coisa, uma tempestade em copo d'água em cima dela porque hoje ela é a presidente do clube, esse ano tem eleição. Tem aquela briga de oposição, que está lá para tirar ela e colocar outro no lugar. A culpa não é dela. Quem tem que assumir essas dívidas são essas pessoas que estavam na época.



sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Liedson está relacionado para o clássico


As imagens de Flamengo 2 x 0 Náutico (Foto: Paulo Sérgio)
Após ter estreado na vitória rubro-negra sobre o Náutico, no sábado passado, Liedson acabou ficando fora do grupo que viajou a São Paulo para enfrentar o Palmeiras, na última quarta-feira. Entretanto, para o clássico contra o Vasco, o técnico Dorival Júnior já confirmou que o atacante está entre os relacionados.

- Ele (Liedson) está novamente convocado e fará parte do grupo para essa partida - afirmou o treinador.

Além de analisar a situação do Levezinho, o técnico fez questão de salientar a cobrança que tem feito a todos os jogadores do elenco. Questionado sobre a ausência de Adryan nos dois últimos compromissos do Flamengo, o técnico explicou o motivo da barração e não garantiu a presença do jovem no clássico.

- Exijo uma doação maior de todos que estão no elenco. Quero que me mostrem comprometimento com o time. Eu coloquei o Adryan em duas partidas, mas ele não rendeu o esperado - finalizou o comandante rubro-negro.

Flamengo e vasco se enfrentam, neste domingo, no Engenhão, em jogo válido pela 18ª rodada do Brasileirão.

Flamengo x vasco: pouco mais de 3 mil ingressos vendidos para clássico


A venda antecipada de ingressos para o clássico entre Flamengo e vasco, pela 18ª rodada do Brasileirão, terá sequência neste sábado. Até o fechamento das bilheterias nesta sexta, as duas torcidas haviam comprado 3.636 entradas. A partida será neste domingo, às 18h30m, no Engenhão. Os preços variam entre R$ 30 e R$ 60. As bilheterias ficam abertas de 9h às 17h.

Entrada da torcida do Flamengo:

Setor Sul: R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia

Setor Leste Superior: R$ 40,00 inteira / R$ 20,00 meia

Setor Leste Inferior: R$ 60,00 inteira / R$ 30,00 meia

Entrada da torcida do vasco:
Setor Norte: R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia
Setor Oeste Superior: R$ 40,00 inteira / R$ 20,00 meia
Setor Oeste Inferior: R$ 60,00 inteira / R$ 30,00 meia

Postos de venda:
Av. Borges de Medeiros, 997 - Gávea (somente para sócios do Flamengo)
Bilheterias da Gávea - Praça N. S. Auxiliadora (somente para torcedores do Flamengo)
Bilheteria do galinheiro de São Januário – (exceto na quinta-feira dia 16/08. Somente para torcedores do vasco)
Bilheterias do Engenhão: Sul (Flamengo) e Norte (vasco) (exceto na quarta-feira dia 15/
08).
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Shopping Popular - Rua São João, nº. 75 – Niterói
Sede do Bonsucesso F. C. Av. Teixeira de Castro, 54
Espaço Rubro-Negro - Rua da Quitanda, 87- Centro (somente ingressos de inteiro)
Espaço Rubro-Negro - Av. das Américas, 500 bl. 3 loja 114 (somente ingressos de inteiro)
Campo do Bangu AC - Rua Sul América n° 950 Centro de Bangu
Site da Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br)


Troféu José Finkel de Natação


Foto: Heleni Felippe / ContrapApós conquistar o título de campeão do Troféu Maria Lenk, em abril, o Flamengo quer voltar a subir ao lugar mais alto do pódio. De 20 a 25 de agosto será realizado o 41º Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu José Finkel, na piscina de 25 metros do Sesi, em São Paulo. A competição, a primeira depois dos Jogos Olímpicos de Londres, é válida como Seletiva para o Mundial de Natação em Istambul, na Turquia, em dezembro. A delegação rubro-negra embarca para São Paulo no próximo domingo, dia 19, na parte da manhã.

Com a presença garantida de Cesar Cielo, medalha de bronze nos 50m livre nas Olimpíadas de Londres, o Flamengo terá 46 nadadores em ação (20 mulheres e 26 homens) e não vai poupar esforços em busca do título de campeão, feito não comemorado há 10 anos (a última conquista foi em 2002, em Santos/SP). Dessa vez, o Flamengo contará com a garra de duas estrangeiras: a recordista mundial nos 50m costas, Marieke Guehrer, e Kelly Stubbins - ambas disputam provas de velocidade e têm nacionalidade australiana.

"A vinda delas tem a ver com o custo-benefício para o Flamengo. Elas podem ganhar várias provas e somar pontos para o clube, mas também podem estimular a natação feminina. O intercâmbio com as estrangeiras sempre é válido para as meninas. A competição em si é tranquila. Mas essa preparação para entrar na competição logo após a Olimpíada não é fácil, não. Fica difícil acordar com o alarme, vir para a água fria de manhã, comer certinho. Foi uma contagem regressiva - 10 dias para o Finkel, 9 dias, 8 dias... Mas nós já sabíamos que haveria a competição e vamos usar o que ainda temos de reserva para defender o Flamengo da melhor forma que conseguirmos. O corpo nem tanto, mas a cabeça, sim, está bem cansada", resumiu Cielo, , que  que vai nadar os 50m e 100m livre, os 50m borboleta, além dos revezamentos.

Com a chegada de Patricia Amorim à presidência do Clube, em janeiro de 2010, o Flamengo voltou ao cenário nacional e, com o reforço de três grandes nomes da natação - Cesar Cielo, Nicholas Santos e Henrique Barbosa - terminou na 3ª colocação no Troféu José Finkel de 2010, disputado na cidade do Rio de Janeiro. Na edição de 2011, em Belo Horizonte (MG), o Flamengo voltou a subir no pódio. Com o auxílio de novos contratados e com o reforço da espanhola Mireia Belmonte, o clube da Gávea ficou em 3º lugar no quadro geral e conquistou o bronze no Parque Aquático do Minas Tênis Clube. Agora, mais forte e com uma equipe considerada uma das melhores da atualidade, o clube da Gávea pode e quer chegar ao topo do pódio.

Programação do 41º Troféu José Finkel:

Dia 20.08 – segunda-feira
9h - Eliminatórias da 1ª etapa: 200m peito F e M / 50m livre F e M / 200m costas F e M / e mais as séries fracas dos 800m livre F, 1500m livre M, e dos revezamentos 4x50m livre F e M.
17h - solenidade de abertura da competição
17h30 - Semifinais e Finais da 1ª etapa: 200m peito F e M / Semifinal = 50m livre F e M / 200m costas F e M / e mais as séries fortes dos 800m livre F, 1500m livre M, e dos revezamentos 4x50m livre F e M.

Dia 21.08 – terça-feira 
9h - Eliminatórias da 2ª etapa: 100m borboleta F e M / 200m livre F e M / 400m medley F e M / 100m peito F e M.
17h30 - Semifinais e finais da 2ª etapa: Semifinal: 100m borboleta F e M / 200m livre F e M / 400m medley F e M / 50m livre F e M / Semifinal: 100m peito F e M.

Dia 22.08 – quarta-feira
9h - Eliminatórias da 3ª etapa: 100m medley F e M / 50m costas F e M / 400m livre F e M
18h - Semifinais e Finais da 3ª etapa: 100m borboleta F e M / 100m peito F e M / 400m livre F e M / Semifinal: 50m costas F e M / Semifinal: 100m medley F e M.

Dia 23.08 – quinta-feira
9h - Eliminatórias da 4ª etapa: 100m livre F e M / 200m borboleta F e M / 50m peito F e M / 4x200m livre F e M (séries fracas).
18h - Semifinais e Finais da 4ª etapa: Semifinal - 100m livre F e M / 200m borboleta F e M / Semifinal - 50m peito F e M / 50m costas F e M / 100m medley F e M / 4x200m livre F e M (séries fortes)

Dia 24.08 – sexta-feira
9h - Eliminatórias da 5ª etapa: 50m borboleta F e M / 200m medley F e M / 100m costas F e M / 4x100m livre F e M (séries fracas)
18h - Semifinais e Finais da 5ª etapa: 100m livre F e M / 50m peito F e M / Semifinal: 100m costas F e M / Semifinal: 50m borboleta F e M / 200m medley F e M / 4x100m livre F e M (séries fortes)

Dia 25.08 – sábado
9h - Eliminatórias da 6ª etapa: séries fracas dos 800m livre M, 1500m livre F, e dos revezamentos 4x100m medley F e M.
18h - Finais da 6ª etapa: 100m costas F e M / 1500m livre F (série forte) / 50m borboleta F e M / 800m livre M (série forte) / 4x100m medley F e M (séries fortes)
 
 
 

Dorival, sobre Ibson: ‘Ninguém deixa de jogar da noite para o dia’


Ibson, Flamengo (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)
Ibson não aproveitou a chance que recebeu de Dorival Júnior. Substituto de Victor Cáceres na partida contra o Palmeiras, quarta-feira passada, o volante recebeu cartão vermelho aos 29 do primeiro tempo e dificultou a vida do time na partida. O Rubro-Negro acabou derrotado por 1 a 0, e o camisa 7 terá de cumprir suspensão no clássico deste domingo, contra o vasco, pela 18ª rodada do Brasileirão. De volta ao clube há quase três meses, o jogador vive má fase. Perdeu o lugar no time titular para Renato e não tem conseguido repetir o bom futebol das passagens anteriores. A má fase dele não começou no Flamengo. Na transferência do futebol russo para o Santos, na metade do ano passado, não conseguiu se firmar.

Apesar de ter tirado o volante da equipe titular, Dorival Júnior pede paciência. Para o treinador, Ibson ainda está em fase de readaptação ao futebol brasileiro. Ele acredita que o jogador conseguirá render o que se espera dele.

- Esse momento do Ibson é muito fácil de explicar. Nem sempre os jogadores que passam pela Europa conseguem voltar e se readaptar rapidamente ao futebol brasileiro. Isso acontece em poucos casos, demanda tempo. Os treinamentos aqui são mais fortes. O trabalho de pré-temporada é determinante para que ele tenha um ano completo. Pode ter certeza que ele vai encontrar o melhor futebol, é só ter paciência e acreditarmos. É um grande jogador, um grande profissional. Ninguém deixa de jogar bola da noite para o dia.

No retorno ao Flamengo, Ibson, de 28 anos, assinou contrato de três temporadas. Até aqui, disputou 16 partidas, 14 como titular, e não fez gol.

Flamengo e Vasco se enfrentam às 18h30m (de Brasília), no Engenhão. O Rubro-Negro tem 22 pontos e está em décimo. O Cruz-Maltino é o terceiro, com 35.



Flamengo faz acordo para pagar Joel Santana


As imagens da passagem de Joel Santana pelo Flamengo (Foto: Paulo Sérgio)
Pouco menos de um mês depois da demissão de Joel Santana, Flamengo e o empresário do treinador chegaram um acordo para o pagamento da rescisão contratual. Foi incluído no pacote um débito que o Rubro-Negro tinha com Joel referente à passagem nos anos de 2007 e 2008. No total, o treinador deverá receber cerca de R$ 4 milhões.

- Foi tudo resolvido e inclusive já pagaram a primeira parcela do que valor que ficou acertado - confirmou Léo Rabello, agente de Joel.

O treinador tinha contrato até o fim deste ano e, segundo cláusula prevista no vínculo com o Flamengo, o clube deveria pagar os salários até o término do acordo. Joel recebia cerca de R$ 350 mil por mês.

Flamengo quita dívida co Marítimo

O Flamengo também quitou o débito que tinha com o Marítimo, de Portugal, no valor de R$ 4 milhões. A dívida era relativa à venda do atacante Souza, que está atualmente no Bahia, feita pelos portugueses ao Panathinaikos, da Grécia, em 2008. O vice de finanças do clube, Michel Levy, confirmou o acerto, sem citar quanto o Rubro-Negro desembolsou.

Não há confirmação por parte do Flamengo se o dinheiro usado para pagar Joel Santana e o Marítimo são oriundos das luvas recebidas pela renovação do contrato de transmissão do Campeonato Brasileiro com a TV Globo até 2018.

A prorrogação do vínculo que terminaria em 2015 foi votada e aprovada em reunião que aconteceu no Conselho Deliberativo do clube na quinta-feira passada.

A liberação dos R$ 40 milhões referentes à bonificação seriam liberados após a assinatura do novo contrato.







González e Cáceres se reapresentam ao Fla, mas são liberados do treino

Depois de defenderem Chile e Paraguai em amistosos na última quarta-feira, Marcos González e Victor Cáceres se reapresentaram ao Flamengo, no Ninho do Urubu. O zagueiro e o volante, no entanto, não participaram do treino com os demais jogadores. Como desembarcaram no Rio na manhã desta sexta, foram liberados para descansar. A dupla deixou o CT às 9h30m, horário do início da atividade do grupo. Eles vão participar normalmente do treinamento da manhã deste sábado.

O técnico Dorival Júnior já informou que ambos estão confirmados no clássico contra o Vasco, domingo, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão.

- Estamos em um processo de transição. Quanto menos troca naturalmente será melhor. Felizmente estaremos recebendo o Cáceres e o González e acho que isso vai ser importante para que tenhamos aquela equipe que jogou nas partidas anteriores (contra Figueirense e Náutico) - disse.

O chileno e o paraguaio ficaram fora da partida contra o Palmeiras. O Rubro-Negro perdeu por 1 a 0 e caiu uma posição na 17ª rodada. Agora, tem 22 pontos, em décimo.

Fla atende pedido de Dorival, projeta melhoria e inaugura campo no CT


Obra do Ninho do Urubu, Gramado (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
No dia 18 de setembro, o Flamengo vai inaugurar o campo de número seis do Ninho do Urubu, que terá grama de alta qualidade, alambrado e será usado pelo time profissional. Dorival Júnior passou para a diretoria sua preocupação para que todos os gramados recebam atenção especial. E o pedido do treinador será atendido.

- Vamos inaugurar o campo do futebol profissional no dia 18, e a ideia é que o time já treine nesse dia. Tivemos uma reunião na terça-feira, e foi falado sobre o fato de o Dorival demonstrar interesse na melhoria dos campos. Destinamos uma verba para isso. Com o novo campo, os outros que são usados poderão ser tratados e, de 10 a 15 dias, apresentarão melhora com a manutenção que será feita – afirmou o vice-presidente de patrimônio do Flamengo, Alexandre Wrobel.

Atualmente, o grupo principal do Flamengo treina no campo 1. No fim de julho, o atacante Deivid e o meia Darío Bottinelli se machuraram durante atividades no gramado por conta de buracos. Deivid chegou a ficar duas semanas sem treinar devido a uma torção no tornozelo direito. No caso do argentino, a torção não foi grave.  

Antes da inauguração do novo campo, o clube fará no próximo dia 4 o lançamento do muro dos tijolinhos com nome de torcedores anônimos e ilustres. O site oficial do Rubro-Negro fará um sorteio para que 50 pessoas que compraram unidades possam acompanhar a solenidade.



Lona da cobertura do Maracanã será instalada por um grupo de alpinistas



Futuro palco da decisão da Copa das Confederações de 2013, da final da Copa do Mundo de 2014 e das cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas de 2016, o Maracanã também será palco dos esportes radicais. A partir de novembro, quando as arquibancadas já estarão prontas e poderão servir de apoio, alpinistas terão a responsabilidade de instalar a lona que cobrirá a estrutura metálica da cobertura. Orçada em mais de R$ 859 milhões, a inauguração da obra está prevista para fevereiro do ano que vem.

maracanã obras (Foto: Divulgação) 
Uma lona cobrirá grande parte das arquibancadas do novo Maracanã (Foto: Divulgação)

Em setembro, a estrutura da cobertura começará a ser pré-montada e terá a forma de uma teia de aranha. Após essa fase, ela será apoiada nas arquibancadas do estádio e levará três dias para ser completamente erguida. Os alpinistas só entrarão no processo após essa etapa. A lona terá 68,4 metros de comprimento e vai cobrir cerca de 75 mil dos 78.639 lugares. O tempo total para a finalização da cobertura será de seis meses.

- Parte da equipe técnica é formada por subcontratados da empresa da cobertura. Outra parte estamos buscando em empresas especializadas e faremos treinamentos internos. A membrana deve ser iniciada em dezembro - disse o gerente operacional do Consorcio Maracanã Rio 2014, Carlos Zaeyen.

Carlso Zaeyen disse que a utilização de alpinistas é comum em grandes obras, mas que nesse tipo de serviço é uma novidade.

- Para este tipo de serviço em cobertura de membrana tensionada sim, mas para alguns serviços específicos temos a presença destes profissionais.

Para começar esse trabalho, será preciso que as arquibancadas estejam prontas. O setor leste, onde ficavam as antigas cadeiras brancas, já está praticamente concluído. É possível ver como ficará a nova estrutura que segue os parâmetros de visibilidade recomendados pela Fifa. O anel da arquibancada vai avançar 14 metros em direção ao campo.

O novo Maracanã terá um só lance de arquibancadas, sendo as partes inferior e superior separadas por 110 camarotes. A distância entre as cadeiras também passou de 48 centímetros para 50 centímetros, enquanto os assentos passarão a ser rebatíveis.

obras no Maracnã setor leste (Foto: Felippe Costa / Globoesporte.com)Setor Leste já está praticamente concluído (Foto: Felippe Costa / Globoesporte.com)
 
Alvenarias dos banheiros

Uma das partes mais adiantadas até o momento é a alvenarias dos banheiros. Ao todo, a Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio (Emop), construirá 231 unidades, com 1.222 vasos sanitários, 969 lavatórios e 857 mictórios. O espaço começou a receber pisos, revestimentos e bancadas.

Segundo o governo do estado, alguns equipamentos são preparados para resistir a ações de vandalismo. As luminárias dos banheiros serão protegidas por tela, e o chão e as paredes serão fortalecidas com material antiácido e anticorrosivo.

obras no Maracnã banheiros (Foto: Felippe Costa / Globoesporte.com) 
Reformas dos banheiros já estão em fase adiantada (Foto: Felippe Costa / Globoesporte.com)
 
Irrigação e drenagem do campo

O processo de retirada do aterro para a instalação da irrigação e drenagem do campo foi iniciado, e a construção das quatro torres de circulação, que conectarão o térreo aos pavimentos superiores está na reta final. As duas rampas monumentais estão em processo de recuperação, e as quatro novas rampas de acesso, com oito metros de largura cada uma, foram finalizadas.
 



 

Contrato de Adriano com Fla pode seguir modelo de Juninho com ''a coisa maldita'', vasco



Adriano no treino do Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)
Um dos modelos estudados para a formatação do contrato de Adriano com o Flamengo é semelhante ao que Juninho Pernambucano acertou com o vasco. Seria oferecido para o atacante um valor mínimo, ainda não definido, mais uma quantia por jogos disputados e metas atingidas. Essa é uma das ideias do departamento de futebol, que trabalha com advogados para traçar o que será oferecido ao Imperador.

Num primeiro momento, quando voltou do Al-Gharafa, do Qatar, para o Vasco, em 2011, Juninho assinou um contrato em que aceitava receber um salário mínimo por mês. Depois, na renovação, acrescentou o recebimento por produtividade, tendo direito a R$ 50 mil por partida feita pelo Cruz-Maltino, mais uma gratificação por gol marcado e título.

A presidente Patricia Amorim já revelou que o vínculo com Adriano deve ser por um contrato de produtividade. Vice de futebol do Rubro-Negro, Paulo Cesar Coutinho é defensor da mesma ideia.

No elenco e comissão técnica, todos falam com carinho quando o assunto é Adriano. Dorival Júnior disse que para acertar seu retorno, o atacante terá que provar que está disposto:
 
- Existe espaço para ele desde que ele queira e esteja disposto a nos ajudar. Primeiro, o Adriano precisará de uma reunião com a diretoria e a partir daí nós acataremos o que for decidido. Estamos apenas no aguardo para uma decisão.

O contrato por produtividade é por conta da incógnita que se tornou a condição de Adriano depois de duas cirurgias no tendão de Aquiles do pé esquerdo. Aos 30 anos, o Imperador sempre foi conhecido por ser mais jogador de futebol do que atleta de vida regrada.

Adriano foi operado pela primeira vez em abril de 2011, mas a recuperação foi considerada inadequada e o departamento médico rubro-negro optou por um reparo no local, em cirurgia feita por José Luiz Runco há quatro meses.

Última partida há mais de cinco meses

O atacante não disputa uma partida desde o dia 4 de março, quando participou de 68 minutos na derrota por 1 a 0 para o Santos. Em sua passagem de quase um ano pelo Corinthians (chegou no fim de março de 2011), o jogador marcou apenas dois gols em oito jogos disputados - sete oficiais e um amistoso contra o Flamengo.

Goleiro do Flamengo, Felipe acredita que Adriano poderia ser novamente o dono da camisa 10:
- Se o camisa 10 for o Adriano, ele será bem-vindo. Em 2009, o Flamengo foi campeão e ele foi o camisa 10. Adriano tem a experiência necessária para assumir a camisa.




Vagner Love se apronta para encarar Dedé: ‘Me imagino passando por ele’



Há tempos Vagner Love não aparecia na sala de imprensa do Flamengo para conceder entrevistas. A última coletiva do jogador no Ninho do Urubu ocorreu em abril, véspera da semifinal da Taça Rio. O Artilheiro do Amor se preparava para enfrentar o Vasco. Dias depois, o Rubro-Negro perdeu por 3 a 2 e ficou fora da briga pelo título. Nesta sexta, coincidentemente, o camisa 99 voltou a falar às vésperas do clássico. Neste domingo, as equipes se enfrentam pela 18ª rodada do Brasileirão, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão.

Será a sexta vez que o atacante vai enfrentar o rival com a camisa do Flamengo. Até aqui, três vitórias e duas derrotas. Foram quatro gols marcados. Os gols, aliás, voltaram. Depois de ficar oito jogos sem marcar, Love fez quatro em duas partidas, contra Figueirense e Náutico. Ele tem oito no campeonato, mesmo número de Alecsandro, do Vasco, e um a menos que Fred, do Fluminense, que lidera a disputa.

vagner love flamengo (Foto: Fernando Azevedo/Fla Imagem) 
Vagner Love diz que estava com saudade de enfrentar o Vasco (Foto: Fernando Azevedo/Fla Imagem)

Para continuar firme na briga, Vagner terá de superar Dedé. O zagueiro volta ao Cruz-Maltino após defender a Seleção Brasileira. Das últimas vezes que se enfrentaram, Love teve trabalho.

- É um desafio muito bom, o Dedé é um excelente zagueiro, de Seleção Brasileira. Espero que possa levar vantragem dessa vez. Me imagino passando por ele e fazendo o gol. Sempre imagino isso, independentemente do zagueiro que terei de enfrentar.

Love espera um clássico equilibrado, apesar de as equipes estarem separadas por 13 pontos. O Vasco é o terceiro, com 35, está na zona da Libertadores, enquanto o Flamengo é o décimo, com 22. Na rodada passada, ninguém venceu. O Rubro-Negro perdeu para o Palmeiras (1 a 0), e os vascaínos empataram com o Coritiba (2 a 2).

- Os resultados das duas equipes no meio de semana tornam o jogo ainda mais decisivo para ambos. Temos de procurar vencer o jogo para subir na tabela, e o Vasco tenta vencer para se manter nas primeiras posições. Vai ser difícil para as duas equipes e as duas vão entrar em campo para vencer. O Vasco vem fazendo um bom campeonato.

Sobre a briga pelo posto de goleador do campeonato, Love vê o tricolor Fred em vantagem no momento.

- A briga está boa, legal, briga sadia. Primeiro penso nos resultados positivos do Flamengo, mas sempre quero ser artilheiro. O Fred está na frente no momento, por enquanto é o mais forte (risos).

O camisa 99 diz que estava com saudade de enfrentar o rival. A última partida entre eles foi em 22 de abril.

- É bom estar dentro do clássico, todo mundo quer jogar. Se pudesse ter clássico o ano todo seria bom, aquela coisa da disputa, vocês (jornalistas) virem aqui. Eu sinto saudade. É bom jogar contra o Vasco, sempre quero entrar e fazer gols. Não é que tenha gosto especial, mas quero chegar dentro do jogo e vencer.

O grupo do Flamengo realiza o último treino antes do clássico na manhã deste sábado, às 10h, no Ninho do Urubu.

Os jogos de Love contra o vasco:

Flamengo 1x0 -  14/03/2010 - Taça Rio/Carioca
Flamengo 2x1 -  11/04/2010 - Taça Rio/Carioca - 2 gols
Flamengo 1x2 -  22/02/2012 - Taça Guanabara/Campeonato Carioca - 1 gol
Flamengo 2x1 -  07/04/2012 - Taça Rio/Campeonato Carioca
Flamengo 2x3 -  22/04/2012 - Taça Rio/Campeonato Carioca - 1 gol



'Na reserva do tanque', Cielo busca fôlego para nadar Troféu José Finkel



Desde o retorno de Londres, os dias de Cesar Cielo estão sendo contados em metros. Ao pensar na distância que nada durante os treinos, o nadador, bronze nos 50m livres nos últimos Jogos, tenta tirar motivação de onde pode. Depois de um ciclo olímpico desgastante, tudo o que o principal nome da natação brasileira queria eram férias. Mas, com o início do Troféu José Finkel, a partir da próxima segunda-feira, em São Paulo, Cielo precisou prolongar um pouco mais sua "ressaca olímpica" na piscina até o sonhado descanso.

- Ainda bem que a ressaca é só olímpica (risos). É difícil, estou contando os dias. Faltam cinco, quatro. Faltam 3.000m, agora 2.000m. É uma contagem regressiva mesmo. Mas não posso vacilar. Quatro, cinco dias sem treinar são o assassinato de um nadador. É a diferença entre um cara em forma e outro que não sabe nadar. Quando eu voltei, parecia um nômade, uma cobra na piscina. Para o Finkel, é captar a reserva do tanque. Usar o que sobrou de fôlego - brincou o nadador.

Cesar Cielo treino Finkel natação (Foto: João Gabriel Rodrigues / GLOBOESPORTE.COM)Cesar Cielo durante treino para o Troféu José Finkel (Foto: João Gabriel Rodrigues / GLOBOESPORTE.COM)
 
Mas a vida de Cielo na competição entre clubes, que será disputada na piscina do Sesi, na Vila Leopoldina, não será das mais fáceis. O nadador do Flamengo deverá nadar os 50m e os 100m livre, os 50m borboleta e os revezamentos 4x50m e 4x100m livres e 4x100m medley. Mas, por enquanto, o medalhista olímpico diz que não pegará tão pesado nos treinos.

Cesar Cielo treino Finkel natação (Foto: João Gabriel Rodrigues / GLOBOESPORTE.COM)
- Vai ser no sacrifício. Se forçar mais, é capaz de ficar ainda mais cansado. Mas não estava esperando ter de nadar as semifinais. Acaba ficando maçante. Não a prova em si, mas o aquecimento, ter de acordar cedo. Mas vai ser assim para todo mundo. Quem sabe eu já não consigo alguns índices para o Mundial de piscina curta no fim do ano e ajudar o Flamengo? O que me colocarem para nadar, estou nadando. Só o 4x400m que não tem como, teria que jogar uma bóia na piscina (risos) - disse o nadador, que mostrou bom humor durante o treino desta sexta-feira.

Para a competição, Cielo ajudou a trazer duas nadadoras australianas, que defenderão o Flamengo na competição. Marieke Guehrer, que já foi recordista mundial e é dona da segunda melhor marca nos 50m borboleta em piscina curta, e Kelly Stubbins, medalhista no Mundial de Dubai, não foram a Londres. Ainda assim, o brasileiro acredita que as duas, que estão em preparação para o Mundial de Istambul, em dezembro, ajudarão na evolução da natação feminina do país.

- Quando a Patrícia (Amorim, presidente do Flamengo) veio conversar comigo, eu sabia que seria muito difícil trazer nadadores de fora esse ano, por causa das Olimpíadas. Ninguém queria. Mas elas encaixaram muito bem, estão treinando para a seletiva australiana para o Mundial. Não estão vindo na melhor da forma delas, mas bem próximas disso. Acho que foi uma boa jogada. Foi um jeito de ajudar, são nadadoras de nível mundial. Todo mundo vai sair ganhando - afirmou.



Meia Pedro Ken, do Vitória, está na mira do Flamengo


pedro ken; vitória (Foto: Felipe Oliveira / EC Vitória / Divulgação)
A torcida do Vitória pode começar a se preocupar: o meia Pedro Ken pode deixar a Toca do Leão em breve. E o clube interessado é um dos maiores do país: o Flamengo pretende investir na contratação do garçom do Leão baiano. Fontes ligadas ao clube carioca confirmaram que o Fla está de olho no jogador e deve começar as negociações com o Vitória em breve.

Nesta sexta-feira, o diretor de futebol da equipe baiana, Raimundo Queiroz, afirmou que o Flamengo ainda não fez contato. Queiroz destacou ainda que o Vitória não tem interesse em negociar o meia.

Pedro Ken chegou à Toca do Leão no início deste ano, emprestado pelo Cruzeiro até o fim do ano. O contrato com o clube mineiro vai até dezembro de 2014.

Principal armador da Toca do Leão, o meia conquistou a titularidade no Rubro-Negro baiano durante do Campeonato Baiano e entrou em sua melhor fase na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Com a camisa do Vitória, Pedro Ken disputou 34 jogos até agora e marcou quatro gols. Ele foi titular em 31 dessas partidas.

A dois dias do clássico, Dorival fecha treino e tem conversa com o grupo


Uma hora e meia de portões fechados. A dois dias do clássico contra o vasco, Dorival Júnior optou por trabalhar com privacidade no Ninho do Urubu. Na reapresentação do grupo do Flamengo após o retorno de São Paulo, o técnico reuniu os jogadores para uma longa conversa no gramado principal do CT. Depois, realizou um treino técnico. Foi a primeira vez que ele fechou a atividade por tanto tempo desde a chegada, no fim de julho.

- Ele conversou, disse que temos condições de subir na tabela. Tivemos dois resultados importantes contra Figueirense e Náutico. No jogo contra o Palmeiras, teríamos chances de vencer o jogo, mesmo fora de casa. A expulsão do Ibson complicou um pouquinho o nosso objetivo, o ábitro também pecou em alguns lances em relação a cartões. Sabemos que temos um jogo importante no fim de semana, que temos condições de vencer o vasco e subir na tabela - disse o atacante Vagner Love.

bottinelli flamengo (Foto: Fernando Azevedo/Fla Imagem) 
Dorival tem conversa com o grupo antes do treino desta sexta (Foto: Fernando Azevedo/Fla Imagem)
 
Quando o acesso dos jornalistas foi liberado, os goleiros corriam pelo gramado, e alguns meias treinavam chutes a gol, como Bottinelli, Adryan e Fernandinho. O zagueiro Marcos González e o volante Victor Cáceres, que retornaram dos amistosos com as seleções de Chile e Paraguai apareceram no Ninho pela manhã, mas foram liberados para descansar. Ambos estão confirmados no jogo de domingo, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão.

Thiago Medeiros está recuperado das dores no quadril e treinou normalmente. A tendência é que ele fique no banco, e Welinton e González formem a zaga. O Flamengo volta a treinar na manhã deste sábado. O time está em décimo na tabela, com 22 pontos.

- Fizemos um trabalho à parte com o pessoal que atuou contra o Palmeiras. Jogamos quase 70 minutos com um jogador a menos (Ibson foi expulso aos 29 do primeiro tempo), houve um desgaste maior, evitamos forçar nesse momento para que tenhamos um bom dia no domingo. A equipe será a mesma, não haverá mudanças - garantiu Dorival.

Assim, o Flamengo deve entrar em campo para enfrentar o vasco com: Felipe, Léo Moura, Welinton, González e Ramon; Cáceres, Luiz Antonio e Renato; Negueba, Love e Thomás.





quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Taça BH de juniores: Flamengo estreia com goleada de 8 a 0


O Flamengo estreou sem sustos na Taça BH de futebol junior. O Mengão, que busca o quarto título na competição, jogou no estádio José Porfírio, em Pará de Minas, e goleou o Guarani local pelo placar de 8 a 0.

O resultado desta quinta-feira pôs os flamenguistas na liderança da Chave A. O Flamengo volta a campo neste sábado, contra o América-MG. A Taça BH tem seis chaves com seis times cada. Os dois primeiros colocados de todas as chaves avançam às oitavas de final, bem como os quatro melhores terceiros colocados.



González e Cáceres de volta à equipe


A derrota para o Palmeiras freou, ao menos momentaneamente, a recuperação do Mengão no Brasileiro. E uma das esperanças para que o time volte a flertar com as vitórias pode estar nos pés do zagueiro González e do volante Cáceres, que atuaram nos dois últimos triunfos do Flamengo e ficaram ausentes diante do Palmeiras para servirem suas seleções nacionais.

Com a dupla em campo, nos confrontos com Figueirense e Náutico, o que pôde se ver foi um Flamengo mais dinâmico, com marcação mais forte e melhor saída de bola.

"Estamos em um processo de transição. Quanto menos troca naturalmente será melhor. Felizmente estaremos recebendo o Cáceres e o González e acho que isso vai ser importante para que tenhamos aquela equipe que jogou nas partidas anteriores", sustentou Dorival, que imagina que a conquista de um melhor entrosamento na equipe só venha, obrigatoriamente, acompanhada de maior regularidade nas escalações.

O treinador, que comandou o vasco em 2009 e sagrou-se campeão da 2ª divisão do Brasileiro daquele ano, terá dois dias de treinamentos para acertar a equipe para o clássico de domingo.

"Serão dois clássicos em sequência, serão dois jogos difíceis (Vasco, e em seguida Botafogo). Vamos aguardar e ver a reação da equipe em um momento como esse", disse Dorival, com prudência, evitando falar - pelo menos neste momento - em G4.

"Falar em meta agora, neste momento, é até difícil. Logicamente que nós temos algumas pretensões, mas a primeira e principal meta agora é acertar equipe", revelou.

O Flamengo volta a campo neste domingo, no Engenhão, onde enfrenta o Vasco da Gama, às 18h30, pela 18ª rodada do Brasileiro.O Mais Querido do Brasil ocupa a nona colocação no campeonato, com 22 pontos.

Bicampeã olímpica, Fabi visita a Gávea e declara seu amor ao Flamengo



Fabiana Alvim de Oliveira, a Fabi, é, sem dúvidas, um dos grandes orgulhos do Flamengo. A líbero da seleção brasileira de vôlei conquistou, nos Jogos de Londres, a sua segunda medalha de ouro em Olimpíadas, a primeira foi em Pequim 2008. A atleta, que iniciou sua carreira na Gávea, com 12 anos de idade, se diz rubro-negra fanática. Fabi retornou ao Brasil após a conquista olímpica, visitou a sede do clube e lembrou de momentos que fizeram parte do seu caminho até chegar ao triunfo profissional.

"A conquista do ouro foi incrível. Nem nos meus maiores sonhos poderia imaginar que me tornaria bicampeã olímpica. Estou muito feliz por esse momento, um momento bacana do vôlei. E poder voltar o clube é sempre um momento de muita nostalgia. Reencontrar as pessoas, a galera que me viu pequenininha. E hoje vejo que as mesmas pessoas estão aqui, desde quando cheguei em 1992. O povo reconhece, não só a Fabi jogadora, mas a Fabi que começou aqui, que as vezes não tinha o dinheiro da passagem", lembra a atleta.

Fabi conta que levou um amuleto para dar inspiração em Londres. Ela confessa ser torcedora fanática do Mais Querido do Brasil e que não consegue esquecer o vermelho e preto do clube nem mesmo nos seus momentos mais importantes, como a disputa das Olimpíadas. 

"Infelizmente eu não pude jogar com a camisa do Flamengo em Londres (risos), mas na mala eu posso dizer que ela estava. Não sou torcedora saudável. Quando perde eu sofro e quando ganha eu fico eufórica. Flamengo tem uma coisa de paixão muito grande. Quem é Flamengo, é Flamengo. E essa paixão começou lá atrás, com meus pais, e quero levar adiante. É um amor que te conquista. Pode vencer, empatar ou perder. Vou sempre apoiar. Adoro vôlei, mas acho que entendo um pouco de futebol (risos)", comenta a campeã, salientando seu amor incondicional pelo futebol.

Amiga e fã de Léo Moura e admiridadora de Vagner Love, Fabiana diz que não perde um jogo do Mengão.

"Eu levo a camisa do Flamengo para as competições, acompanho os jogos pela internet. Sou amiga do Leo Moura, que, para mim, é um dos caras que mais honram essa camisa, junto com o Vagner Love. Acho legal o fato de eles assumirem a questão de ser rubro-negro, ainda mais dentro de um esporte tão profissionalizado que é o futebol", diz.

E se depender da energia positiva de Fabi e das boas vibrações de uma verdadeira campeã, o time rubro-negro terá uma força a mais no clássico contra o Vasco, domingo (19.08), no Engenhão. A líbero medalha de ouro já confirmou presença na partida, válida pelo Campeonato Brasileiro.

"Domingo vou ao jogo. Tenho que ir. Tenho um histórico de vitórias do Flamengo, sempre quando vou ao estádio, muito positivo. Poucas vezes eu estive no estádio e o Flamengo perdeu. Tomara que eu consiga manter essa fama de pé quente", finaliza a atleta, que era exaltada por torcedores e fãs enquanto conversava com o Site Oficial do Flamengo, na sede do clube.

Fabiana atualmente é atleta da equipe Unilever Vôlei.


Flamengo desembarca e Ibson prefere o silêncio


Felipe - Flamengo (Foto: David Nascimento)
Após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, na noite da última quarta-feira, na Arena Barueri, os jogadores do Flamengo desembarcaram na tarde desta quinta-feira no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e muitos preferiram o silêncio. Requisitado pelos jornalistas presentes, o meia Ibson, protagonista da partida após ser expulso aos 29 minutos do primeiro tempo, foi um dos que preferiram não falar com a imprensa.

- Outro dia falo - resumiu o camisa 7.

Quem parou para falar com a imprensa foi o goleiro Felipe. Ao avaliar o desempenho do Flamengo diante do Palmeiras, o dono da camisa 1 afirmou que o Rubro-Negro foi bem, enfatizando que a expulsão prejudicou o resultado final.

- Jogamos bem. Se tivéssemos com os 11 jogadores, teríamos um melhor resultado. Mas foram muitos cartões amarelos, o Palmeiras merecia ter tido algum cartão vermelho também. A primeira falta do jogo era para ele ter dado cartão, a do Thiago Heleno no Thomás. Foi logo com dois minutos de jogo. Foi a pior de todas e ele não deu cartão. O Palmeiras fez faltas mais violentas do que as nossas e não teve ninguém expulso - argumentou.

Mesmo com a derrota, Felipe tem a meta para o Flamengo vencer os próximos três jogos, contra o Vasco, o Botafogo e o Sport, conquistar os nove pontos e poder sonhar mais alto no segundo turno do Campeonato Brasileiro. O goleiro ressaltou a necessidade de vencer o Vasco, que após o jogo, a situação pode melhorar ou piorar de vez.

- Somando os nove pontos das próximas três rodadas, acredito que podemos sonhar mais alto. É esquecer o jogo contra o Palmeiras. Não podemos nos abater. Domingo temos um clássico importante, onde tudo pode melhorar ou piorar de vez - ressaltou.

Diante do Palmeiras, o Flamengo não pode contar com a presença do volante Cáceres, a serviço da seleção paraguaia. Para Felipe, a ausência do jogador foi sentida pelo elenco.

- Todo grande atleta faz falta. O Cáceres, apesar de ter feito apenas dois jogos, caiu como uma luva na equipe. Ele deu muita qualidade no passe, na marcação, sentimos falta dele - revelou o arqueiro, que ainda falou sobre o possível acerto do Flamengo com o atacante Adriano:

- Adriano é uma boa opção para a camisa 10. Estávamos tendo contato com ele, mas agora ele está fazendo os trabalhos fora. Se o camisa 10 for o Adriano, ele será bem vindo. Em 2009, o Flamengo foi campeão e ele foi o camisa 10. Adriano tem a experiência necessária para assumir a camisa.

Rapidamente, o lateral-esquerdo Ramon também falou com os jornalistas presentes. Questionado de como o Flamengo entrará em campo no clássico de domingo, Ramon enfatizou a necessidade de atenção.

- Vamos entrar mais atentos, pois clássico sempre é decidido nos pequenos detalhes. Acho que o espírito do Flamengo está sendo muito bom, esse jogo com o vasco pode ser positivo para a equipe. Temos que ter mobilização total e foco - disse Ramon.

No restante desta quinta-feira, os jogadores do Flamengo folgam. A reapresentação acontecerá na manhã desta sexta-feira, no CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande. O próximo compromisso no Campeonato Brasileiro será contra o vasco, no domingo, às 18h30, no Engenhão.



Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!