Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 24 de novembro de 2012

Desgraçado assistindo o jogo da ''coisa maldita''




Auxiliar de Dorival diz que sai do jogo com dor de cabeça e um pouco rouco


Com a suspensão do técnico Dorival Júnior, quem comandou o Flamengo à beira do campo no empate em 1 a 1 com o Vasco, neste sábado, no Engenhão, foi o auxiliar Ivan Izzo. Para ele, escalado também para a entrevista coletiva após a partida já que o titular não poderia comparecer em virtude da punição, a experiência diferente em sua carreira não foi fácil.

- Sem dúvida quando você está no campo a participação é diferente. Saí com uma dor de cabeça tremenda e um pouco rouco. Mas são os jogadores que decidem, e quero agradecer a eles pela atitude de buscar o empate e terem tentado a vitória - disse o auxiliar.

Para Izzo, o melhor time em campo, neste sábado, foi o Flamengo:

- Iniciamos o jogo com o time muito moroso, lento, com dificuldades na saída de bola, mas melhoramos a partir do gol do Vasco. Passamos a dominar a segunda bola, criamos algumas oportunidades no primeiro tempo, e fomos bem superiores na segunda etapa. Criamos duas ou três chances claras de gol, mas o Fernando (Prass) foi bem no jogo. E fizemos o gol numa infelicidade, acho que do próprio Fernando. O Flamengo foi superior ao Vasco, que depois do gol se limitou a se defender e a jogar na velocidade do Eder e do Tenorio. Mas neutralizamos bem esta situação, e se fosse para ter um vencedor teria de ser o Flamengo, pois foi quem mais procurou o gol.

O Flamengo encerra sua participação no Campeonato Brasileiro contra o Botafogo no próximo sábado, no Engenhão. O jogo está marcado para começar às 19h30m (de Brasília).


Jogadores do Fla afirmam que time merecia a vitória no clássico

O Flamengo sofreu para conseguir um gol, só marcado aos 41 minutos do segundo tempo, em lance curioso no qual o zagueiro Marcos González completou com o ombro direito para empatar o clássico. Apesar disso, para Ibson e Ramon, o time rubro-negro merecia melhor sorte, já que criou mais oportunidades de gol que o rival, neste sábado, no Engenhão.

- Acho que a gente merecia coisa melhor. No primeiro tempo demos muitos contra-ataques para o vasco. Eles jogaram com três na frente, jogadores rápidos, mas o resultado está de bom tamanho - disse Ibson, em entrevista à Rádio Globo, logo após a partida.

O lateral-esquerdo Ramon concordou com o companheiro:

- O time pressionou, teve mais chances. No segundo tempo, o Vasco só teve chance quando o nosso time estava todo na frente. A gente criou muitas oportunidades e poderia ter saído com a vitória. Mas o empate, dos males, o menor.

O Flamengo encerra sua participação no Campeonato Brasileiro contra o Botafogo no próximo sábado, no Engenhão. O jogo está marcado para começar às 19h30m (de Brasília).

Gonzalez gol Flamengo (Foto: Dhavid Normando / Ag. Estado) 
González comemora gol aos 41 minutos do segundo tempo (Foto: Dhavid Normando / Ag. Estado)

Paulo Victor não vê falha e exalta cobrança de Nilton

ombro salvador Gol meio sem querer de González impede
Rubro-Negro de sofrer derrota no clássico
 
'muita 
gente na 
frente' (Carlos Moraes / Ag. Estado)
1 a 1 com o Palmeiras no último domingo, Paulo Victor falhou no gol que sofreu, admitiu o erro e foi absolvido por Dorival Júnior. Na noite deste sábado, aos 33 minutos do primeiro tempo, o goleiro viu Nilton cobrar falta de muito longe e a bola parar no fundo da rede, no gol que abriu o placar no clássico com o vasco, no Engenhão. Depois do empate por 1 a 1, o jogador rubro-negro preferiu exaltar a cobrança do vascaíno e explicou que teve a visão prejudicada no lance.

- Tem que valorizar quando o cara acerta, foi um belo chute. Tinha muita gente na frente, o Renato Santos saiu da frente da bola, deu uma dificultada. Mas tem que dar mérito quando o batedor é feliz – afirmou Paulo Victor.

O goleiro disse que para terminar o Brasileirão de forma honrosa, o time precisa conseguir a vitória sobre o Botafogo, no domingo, para só depois pensar em férias. Os times se enfrentam no próximo sábado:

- Temos que ir em busca da vitória. Ainda não estamos de férias. Vamos pensar no Botafogo e somar três pontos.

Ramon, sobre vascaínos: ‘Tenho direito de não gostar deles também’


O lateral-esquerdo Ramon virou personagem do clássico deste sábado, encerrado com empate por 1 a 1 no Engenhão. Ex-jogador da  coisa maldita ''vasco'' e atualmente no Mengão, o atleta chamou a atenção, na quinta-feira, ao reclamar do tratamento que recebeu da torcida vascaína no duelo do primeiro turno. Ele se sentiu desrespeitado pelas vaias recebidas dos apoiadores de seu ex-clube.

Neste sábado, depois do empate por 1 a 1, Ramon voltou a falar sobre a situação. E disse que também pode não gostar dos vascaínos, já que eles não gostam dele.

- Se eles não gostam de mim, tenho direito de não gostar deles também. É uma troca de igualdade. É preciso ter respeito dos dois lados – afirmou o lateral-esquerdo, em entrevista para a Rádio Globo.

Mas Ramon garante que seu objetivo não era polemizar. Ele afirma que o desejo era simplesmente se livrar de algo que o incomodava.

- Não quis falar para dar polêmica, para dar pilha para o outro lado. Eu precisava falar.



Ramon Flamengo x Vasco (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem) 
Ramon em ação contra o vasco, seu ex-clube (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem)
 

NBB: Fla vence Vila Velha na estreia, mas perde o ala Marcelinho por lesão



Considerado um dos favoritos ao título, o Flamengo estreou com vitória na temporada 2012/13 do Novo Basquete Brasil (NBB), mas pode ter perdido um de seus principais jogadores para os jogos que fará, a partir de terça-feira que vem, pela Liga Sul-Americana. No ginásio Tartarugão, em Vila Velha (ES), o Rubro-negro bateu o Vila Velha, na noite deste sábado, pelo placar de 82 a 61, mas viu o ala-armador Marcelinho deixar a partida no segundo quarto, em função de uma entorse no joelho direito.

Na jogada, Marcelinho se preparava para fazer uma cesta, quando caiu sozinho, sem choque com qualquer adversário. Por mais de um minuto o jogador permaneceu caído, contorcendo-se e chorando. Ele deixou a quadra carregado numa maca e ao final do segundo período foi encaminhado a um hospital para a realização de exames de imagem a fim de se detectar qual foi exatamente a lesão e o tempo de recuperação necessário.

Até o final da partida não havia nenhuma informação oficial sobre a gravidade da contusão. Mas, a julgar pelas dores que Marcelinho aparentava sentir, há sério risco de o jogador desfalcar o Flamengo nas partidas do meio de semana, pela Liga Sul-Americana.

O Rubro-negro faz sua primeira partida do quadrangular semifinal na próxima terça-feira, dia 27, contra o Brasília, às 20h, no ginásio Henrique Villaboim, do Pinheiros, em São Paulo (SP). Na quarta, 28, às 22h10, o time enfrenta no mesmo local o Pinheiros; e na quinta, 29, duela com o Tiburones, da Venezuela, às 20h, novamente no ginásio do Pinheiros.

O jogo em si contra o Vila Velha foi fácil para a equipe carioca, que manteve a escrita de jamais ter perdido para a equipe capixaba, agora em sete jogos. O cestinha da partida foi o ala Marquinhos, do Flamengo, com 22 pontos. Ele também deu três assistências, assim como o pivô Caio Torres. Outro destaque foi o ala-pivô Olivinha, que pegou 11 rebotes. Já pelo lado do Vila, sobressaiu-se o ala-armador cubano Allen Jemmott, que fez 16 pontos.

Individualmente, o jogo valeu ao pivô Caio Torres, do Flamengo, e ao ala-armador norte-americano James Parker, do Vila Velha, a superação da marca de 500 pontos no NBB. Parker precisava de 6 pontos e anotou 11. Já Caio necessitava de 15 e fez 21, segundo maior cestinha da partida.

Próximos jogos

O Vila Velha volta à quadra já na próxima segunda-feira, 26, às 20h (de Brasília) novamente no ginásio Tartarugão, recebendo o outro representante carioca, o Tijuca, que estreou com derrota para o Minas nessa sexta-feira, por 77 a 70, em Belo Horizonte.

Já o Flamengo teve três partidas adiadas devido à sua participação na Liga Sul-Americana e, em princípio, só volta a jogar pelo NBB no dia 06 de dezembro, uma quinta-feira, quando visitará o Uberlândia, às 20h, no ginásio Homero Santos.

O jogo

O Flamengo já entrou em quadra como favorito absoluto. Com jogadores do nível de Marcelinho, Benite e Marquinhos, o time do técnico José Neto tinha pela frente um Vila Velha/Cetaf ainda “frio”, pois iniciou sua preparação praticamente três semanas antes da estreia. Em menos de dois minutos, o Fla abriu 9 a 0. E seguiu controlando sem muita dificuldade até fechar o quarto inicial em 21 a 8, com destaque para Caio Torres, pivô que dominou o garrafão ofensivo e anotou nove pontos.

 No período seguinte, quem cresceu no jogo foi Marquinhos. Com uma enterrada que agitou ainda mais a torcida flamenguista e uma bola de três praticamente na sequência, o ala passou a concentrar as principais jogadas de ataque. Foram 13 pontos só no segundo período, o que ajudou o Flamengo a ir para o intervalo com 40 a 23 de frente e começar a rodar mais o time, com as presenças de reservas como Duda, Kojo e Feliz.

A nota negativa foi a lesão de Marcelinho, que torceu o joelho direito, quando se preparava para fazer uma cesta. Ele deixou o ginásio Tartarugão no intervalo, direto para um hospital para fazer uma ressonância magnética no local.

Mesmo sem um de seus principais jogadores, o Flamengo não diminuiu o ritmo. Chegou a abrir 30 pontos no terceiro período (parcial de 57 a 27) e fechou o quarto com larga vantagem: 61 a 35. No período final, já administrando, o Flamengo permitiu certa reação do Vila Velha. O time capixaba venceu o último quarto por 26 a 21, mas não evitou a vitória do Flamengo por 82 a 61.

Veja os resultados da primeira rodada:

23 de novembro (sexta-feira)
Minas 77 x 70 Tijuca

24 de novembro (sábado)
Franca 62 x 76 Brasília
São José 62 x 82 Bauru
Mogi das Cruzes 71 x 59 Liga Sorocabana
Paulistano 86 x 82 Limeira
Pinheiros 88 x 87 Joinville (na prorrogação)
Palmeiras 95 x 86 Suzano
Uberlândia 84 x 71 Basquete Cearense
Vila Velha 61 x 82 Flamengo

Gols - Coisa maldita 1 x 1 Flamengo - 37° Rodada - Campeonato brasileiro 24/11/2012




Flamengo 1 x 1 Coisa maldita ''vasco''


Ficha técnica


Local:  Engenhão

Data: 24/11/12

Hora: 19h30m (de Brasília)

Público:  5.971 pagantes (9.416 presentes).

Cartão amarelo: Wellington Silva, Ramon(Fla) Jonas, Nilton, Abuda, Fellipe Bastos, Fernando Prass, Douglas(vas)


Gol: Nilton, 33min do 1º tempo e González, 41 min do 2º tempo

Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Miosés (RJ) e Rodrigo Henrique Correa (RJ).


Flamengo Paulo Victor; Wellington Silva, Renato Santos, González e Ramon; Airton(Adryan), Ibson, Renato e Cleber Santana(Wellington Bruno); Hernane(Nixon)  e Vagner Love. 
Técnico: Dorival Junior

Coisa maldita ''vasco'': Fernando Prass; Jonas, Douglas, Renato Silva e William Matheus; Nilton, Fellipe Bastos, Abuda( Max) e Marlone( Dakson); Eder Luis(Carlos Alberto) e Tenorio.
Técnico: Gaúcho


Flamengo 1 x 1 Coisa maldita ''vasco''

2º tempo

41min


Goool do Flamengo! Adryan cobra escanteio, Fernando Prass corta, mas a bola bate em Marcos González e entra, deixando tudo igual no placar.


Dorival sonha alto com 2013 e quer pelo menos cinco reforços de peso


As eleições do Flamengo, marcadas para o dia 3 de dezembro, fazem Dorival Júnior ser cauteloso ao falar de seu futuro no clube. Entretanto, o treinador fez uma análise do que o Rubro-Negro precisa para que 2013 seja diferente da temporada atual, que não teve nenhum título. Para ele, a necessidade é de pelo menos cinco reforços de peso e um elenco com 28 atletas para que a equipe volte a brigar por troféus, mas deixa claro que tudo depende do resultado das urnas.

Dorival também afirmou que os novos nomes podem ser apresentados durante o ano de 2013, mas quer ter pelo menos 90% do elenco disponível para a pré-temporada, em janeiro.

dorival junior Flamengo   (Foto: Rafael Cavalieri/Globoesporte.com) 
Dorival obeserva último treino do Flamengo antes do clássico (Foto: Rafael Cavalieri/Globoesporte.com)
 
- Tudo só será confirmado com as eleições. Tem possibilidade de mudanças ou não, inclusive da própria comissão técnica, então falo de forma hipotética. Gostaria de trabalhar com 28 jogadores, incluindo quatro goleiros. Precisamos de no mínimo cinco a seis nomes de peso e mais uns dois ou três que venham compor um pouco mais o grupo. Logicamente que estou imaginando que isso possa acontecer, mas, de repente, não chegam todos eles, ou não venham acontecer no mesmo momento, ou seja, já para a apresentação em janeiro. Acredito que também ao longo do ano essas chegadas possam continuar acontecendo, mas a prioridade é ter em janeiro 90% da equipe que possa permanecer ao longo do ano. Isso é fundamental para mantermos o equilíbrio - disse o comandante, que tem contrato até o fim de 2013.

Sonhando alto com o futuro do Flamengo, Dorival Júnior minimizou as limitações do time, dizendo que todos os clubes têm as suas, e revelou o desejo de manter a base formada este ano, para a próxima temporada. Inclusive, ele já pediu as renovações dos contratos de Léo Moura, Renato Abreu, Amaral e Wellington Silva, que têm seus vínculos encerrados no fim de 2012. Segundo o treinador, a expectativa é que o futebol seja a prioridade da diretoria que vencer as eleições.

- Sonhar todos nós sonhamos. Sonho é gratuito. Temos limitações como todo clube do mundo deve ter, inclusive os maiores. Acho que o Flamengo tem por obrigação voltar a ter um grande time, investir pesado no futebol, formar grandes jogadores aqui dentro. Lógico que é um trabalho moroso, que tem, no meu ponto de vista, que buscar aproveitar o máximo possível desse ano para que essa base possa dar sustentação para o ano seguinte, enxertada por bons jogadores que venham fortalecer e engrandecer ainda mais. Está na hora, tenho certeza de que a diretoria que estiver entrando ou que permanecer com certeza vai fazer o possível para que o futebol seja prioridade do clube - finalizou. 

Alheio ao futuro, o Flamengo volta a entrar em campo neste sábado, diante do vasco. O time foi definido com: Paulo Victor, Wellington Silva, Renato Santos, González e Ramon; Airton, Ibson, Renato e Cleber Santana; Hernane e Vagner Love.

O clássico o Vasco acontece às 19h30m (de Brasília), no Engenhão. Com 48 pontos, o Flamengo ocupa a 11ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro.


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Na Gávea, Flamengo larga bem na 4ª etapa da Liga Nacional de Futevôlei



Jogar na sede do clube fez bem ao Flamengo. O Mengão largou bem na 4ª etapa da Liga Nacional de Futevôlei, nesta sexta-feira, e venceu as três partidas que disputou na Arena Maestro Júnior, na Gávea. No masculino, a vitória foi sobre o Cruzeiro, por 2 a 0 (18/11 e 18/12). No feminino, foram dois resultados positivos já no primeiro dia: 18 a 11 no Fluminense e 21 a 19 contra o Corinthians.

A rodada teve mais oito jogos. No masculino, vasco 1 x 2 Cruzeiro; Fluminense 1 x 2 Goiás; América 2 x 0 Grêmio; Santos 2 x 0 Atlético-MG; Guarani 0 x 2 Goiás; Botafogo 2 x 1 Grêmio  e Corinthians 2 x 1 Atletico-MG. No feminino, o Corinthians venceu o Fluminense por 18 a 15.

Os jogos seguem até domingo, quando serão conhecidos os vencedores da etapa - doze equipes buscam o título na disputa masculina, enquanto seis brigam pelo pódio no feminino. Na última etapa, em Brasília, o Santos dominou e levou a melhor na disputa entre homens e entre as mulheres.

O SporTV transmite as semifinais do masculina e as finais masculina e feminina, domingo, a partir das 9h (horário de Brasília).



Flamengo x coisa maldita: na véspera do clássico, só 2.349 ingressos vendidos


O terceiro dia da venda antecipada de ingressos para vasco x Flamengo, neste sábado, às 19h30 (de Brasília), pela penúltima rodada do Brasileirão, fechou com um número decepcionante: apenas 2.349 bilhetes foram comercializados para o clássico, que será disputado no Engenhão - até a quinta-feira, só 625 ingressos haviam sido vendidos. A carga total é de 39.999 entradas. Cada torcedor poderá comprar no máximo três bilhetes, que têm preços reduzidos. Há meia-entrada para estudantes. Idosos, deficientes físicos e crianças menores de 12 anos têm acesso gratuito ao estádio, desde que cheguem até uma hora antes do início da partida.

O pouco interesse do público é consequência da situação dos times na tabela, ambos sem qualquer aspiração. O vasco tem 54 pontos, está em sétimo, e não tem mais chances de ir à Libertadores da América. O Flamengo tem 48, em 11º, e se livrou do risco de rebaixamento na 35ª rodada.


Confira os preços:

Torcida do vasco
Setor Norte: R$ 20
Setor Oeste superior: R$ 30
Setor Oeste inferior: R$ 40


Torcida do Flamego
Setor Sul: R$ 20
Setor Leste superior: R$ 30
Setor Leste inferior: R$ 40



Confira os pontos de venda:


Gávea – Borges de Medeiros, 997 (somente sócios do Flamengo)
Gávea – Praça N. S. Auxiliadora s/nº (Flamengo)
Bilheteria 5 de São Januário (somente sócios do vasco)
Bilheteria 9 de São Januário (vasco)
Sede Calabouço (vasco)
Sede Náutica da Lagoa (vasco)
Bilheteria Oeste do Engenhão (vasco)
Bilheteria Leste do Engenhão (Flamengo)
Loja Nação Cruz-maltina – Niterói (vasco e Flamengo)
Casa Vila da Feira – Tijuca (vasco e Flamengo)
Posto da Rua Góis Monteiro – Botafogo (vasco e Flamengo)
Lojas Carioca F.C. – Shopping Carioca (vasco e Flamengo)
Lojas Carioca F.C. – Shopping Méier (vasco e Flamengo)
Shopping Barra Square – KMV Turismo (vasco e Flamengo)
Lagoa Shopping – Av. John Kennedy, 292, loja 217 (vasco e Flamengo)
Site Futebolcard

Maior torcida do Brasil define com a Brahma construção do CT do Flamengo


Esta ser a nova sala de musculao no CT do Flame
Enquanto a temporada está acabando, muito trabalho ainda em andamento no Ninho do Urubu. Maior investidora do futebol brasileiro, a Brahma está construindo em sua parceria com o Flamengo o Módulo 17 um dos setores mais importantes do Centro de Treinamento, em Vargem Grande. E a participação da maior torcida do Brasil tem sido fundamental na concretização das obras do Ninho do Urubu. A primeira parte a ser entregue será a moderna Sala de Imprensa, prevista para a segunda quinzena do mês que vem.

No projeto de marketing estruturante da Brahma, parte da receita de cada Brahma vendida nos Estados do Rio e Espírito Santo vão para o Fundo Brahmeiro. Ao final de cada ano, o recurso é dividido entre os times cariocas, proporcionalmente com a participação nas páginas dos clubes no Facebook da Brahma.

Atualmente, a fan page do BrahmaFla é seguida por cerca de 1,8 milhão de torcedores que interagem com notícias, promoções e, recentemente, com as transmissões dos jogos pela Rádio Brahma Futebol Show. Através da página BrahmaFla e Facebook oficial do Flamengo, os torcedores puderam escolher todo layout do Módulo 17 através de uma votação.

"O torcedor é uma peça fundamental na construção deste projeto. Queremos que ele tenha voz ativa nas nossas ações tendo certeza que estamos deixando um legado para seu clube. Já conseguimos construir um campo (5) no qual os jogadores vêm treinando e, agora, criando uma infraestrutura de primeiro mundo no módulo profissional", disse Rafael Pulcinelli, gerente de Futebol da Brahma.

Segundo ele, a parte mais dura passou, com terraplanagem, fundação e paredes construídas. O objetivo é concentrar o trabalho dos jogadores no campo 5 com o Módulo 17, que terão, próximo ao gramado, sala de musculação - com aparelhos de última geração -, espaço para treinador e reuniões, vestiários para atletas e comissão técnica, além de piscina para recuperação.

"Depois de 28 anos, o Centro de Treinamento George Helal é uma realidade. Prova disso que faremos nossa pré-temporada de 2013 em nosso Centro de Treinamento, algo que jamais aconteceu na história do clube. Quando chegamos, há três anos, encontramos dois campos mal tratados, um terreno praticamente abandonado. Começamos do zero, tiramos 38 licenças ambientais e até postes de luz tivemos que colocar. Hoje, temos cinco campos, o módulo profissional encontra-se com 80% das obras concluídas e já temos recursos para finalizar o restante. O futuro já começou", disse a presidente do Flamengo, Patricia Amorim que completou.

"Era inconcebível um clube como o Flamengo não ter seu Centro Treinamento e nós, com a ajuda da nossa parceira Brahma, e com muita coragem, estamos dando esse presente para o clube e para o torcedor".

Planejamento e execução

Durante o Campeonato Brasileiro, Brahma e Flamengo se reuniram inúmeras vezes para traçar o primeiro grande passo dentro do Ninho do Urubu. Num consenso, deu-se início às obras de infraestrutura para os atletas e imprensa.

"Desde a concepção do projeto a Brahma tem sido uma parceira fundamental nessa caminhada para concretizarmos a construção, após tantos anos, do nosso tão sonhado CT. Posso afirmar que muito em breve estaremos proporcionando aos atletas do futebol profissional uma estrutura de primeiro mundo, a altura da grandeza do Flamengo", explicou Alexandre Wrobel, vice-presidente de Patrimônio do Flamengo.

A inauguração dos espaços será feita em partes, de acordo com o término das obras, que depende do acabamento, aquisição dos equipamentos e ambientação escolhida pela torcida.

"Conversando com a diretoria do clube, entendemos o foco total no CT Ninho do Urubu. Fazemos questão da participação do torcedor nesse processo. Com a união da maior torcida do País, a Brahma e o Flamengo, tenho certeza que o clube ficará ainda mais forte.", completou Rafael Pulcinelli, gerente da Brahma.

A primeira área inaugurada será a nova sala de imprensa, que ficará pronta ainda este ano e trará conforto para os jornalistas responsáveis pela cobertura do Flamengo. O local será um dos mais modernos do Brasil.
 
 
 

Dorival comenta futuro de Alex Silva: 'Comprometido, nos interessa'


Alex Silva entrevista (Foto: Lucas Catta Prêta / Globoesporte.com)
Alex Silva acertou, na última quarta-feira, sua saída do Cruzeiro, depois de participar de apenas três jogos e sofrer uma grave lesão no joelho esquerdo, que o fez passar por uma cirurgia. O zagueiro, que não teve o contrato de empréstimo renovado pelo clube mineiro, possui vínculo com o Flamengo até junho de 2014. Mas seu futuro ainda é uma incógnita. A princípio, ele se reapresenta junto com os demais jogadores para a temporada de 2013, mas uma nova negociação ainda não foi descartada.

Sem uma posição oficial da diretoria, o técnico Dorival Junior comentou a situação do defensor. De olho em um grande zagueiro para reforçar o elenco no ano que vem, o treinador deixou as portas do Ninho do Urubu abertas, desde que certas exigências sejam atendidas.

- O Alex Silva comprometido, treinado e motivado nos interessa. Mas só depende dele. Para mim, esta situação é uma novidade. Existe um contrato que precisa ser cumprido antes de tudo, e a diretoria não me passou nada. Mas todo grande jogador interessa desde que esteja comprometido e seja profissional. O ano de 2013 precisa ser melhor, e isso vai passar pelo profissionalismo de cada um - explicou.

Com o empréstimo de Alex Silva para o Cruzeiro, em abril, o Flamengo aliviou a folha salarial em R$ 300 mil mensais. Contratado em julho de 2011, o zagueiro foi afastado após se recusar a viajar à Bolívia para a partida contra o Real Potosí, pela Libertadores, em janeiro. Ele reclamava de luvas atrasadas, que somariam R$ 250 mil, e entrou com ação na Justiça para deixar o clube.

Depois de uma longa novela, as partes chegaram a um acordo e o jogador retirou a ação. Em troca, teve sua saída facilitada e começou a buscar um clube para atuar por empréstimo até o fim de 2012.



Alegria e reconhecimento marcam Sessão Solene


O Conselho Deliberativo do Flamengo realizou uma Sessão Solene na última quinta-feira (22.11) no salão nobre da Gávea e prestou homenagens a muitos rubro-negros. Sócios, atletas, ex-atletas, funcionários e personallidades, que prestaram ou prestam importantes serviços ao Rubro-Negro, foram lembrados na cerimônia.

Sempre atenta aos importantes eventos sociais do clube, a presidente Patricia Amorim lembrou o quanto é fundamental estar perto dos conselheiros, seja qual for o momento que o clube vive.

"É muito importante encontrar com os conselheiros, independente do momento que o clube vive.  Agradeço a todos e especialmente ao meu vice-presidente Helio Ferraz, um homem de vanguarda, que foi o primeiro a acreditar no nosso projeto e teve a humildade de, depois de ter sido presidente, aceitar vir como nosso vice. Hoje, três anos depois, o sentimento é de dever cumprido. Vamos entregar o Flamengo melhor do que encontramos. Como presidente, faço questão de estar presente em eventos como esse, onde homenageamos pessoas abnegadas pelo Flamengo", disse Patricia Amorim.

Foram agraciados mais de 200 pessoas com títulos de Grande Benemérito, Benemérito, Emérito, Remido e Sócio Honorário.

Um dos momentos mais emocionantes da festa foi a diplomação do atleta Breno Viola de Azevedo Cunha, primeiro judoca da história com sindrome de Down a receber o título emerência. 

O autor João Emanuel Carneiro, o apresentador Galvão Bueno e o diretor do programa "Zorra Total", Mauricio Sherman também receberam o título de Sócio Honorário.


Flamengo estreia no NBB nesse sábado (24.11)

Mais importante competição do basquete nacional, o NBB (Novo Basquete Brasil) começa nesse sábado (24.11) para o Flamengo. A equipe estreia contra o Vila Velha, às 19h, no Ginásio Tartarugão, em Vila Velha (ES).

Duas vezes campeão brasileiro – em 2008, quando ainda era disputado o Nacional de basquete, e em 2008/2009, na primeira edição do NBB –, o Rubro-Negro reformulou a equipe para buscar seu terceiro título nacional.

E os primeiros objetivos do técnico José Neto já foram alcançados: o time conquistou o octacampeonato estadual de forma invicta e as vagas na segunda fase da Liga Sul-Americana e na Liga das Américas.

"Nossa proposta sempre foi transformar os grandes jogadores que temos em uma grande equipe. E estamos nessa caminhada. Hoje, depois da disputa do Estadual, de amistosos e da primeira fase da Liga Sul-Americana, vejo o Flamengo com uma maturidade maior, com mais confiança, com mais cara de time", analisou o técnico José Neto, que também falou sobre a partida de estreia: "O Vila Velha á o atual campeão capixaba e está sendo montado para ser um time competitivo no NBB. Fez várias contratações e é praticamente uma nova equipe".

Para Neto, a quinta edição do NBB será a mais equilibrada de todas. O treinador lembrou a importância do maior número de vitórias na primeira fase:

"O Flamengo montou um time para brigar pelas primeiras posições do NBB. Mas temos a consciência de que esse ano o campeonato será muito duro e queremos chegar nos playoffs com a vantagem de decidir o maior número de jogos em casa. Portanto, cada vitória na fase classificatória é muito importante", finalizou.


Liga Sul-Americana

Depois da estreia no NBB, o Flamengo viaja domingo (25.11) para São Paulo para a disputa da segunda fase da Liga Sul-Americana, no ginásio do Pinheiros. O Rubro-Negro está no grupo F, ao lado de Brasília, Pinheiros e Tiburones de Vargas (VEN). A estreia será na próxima terça-feira (27.11), contra o Brasília. No dia seguinte, o time pega o Pinheiros, às 22h10, e encerra sua participação dia 29.11, contra o Tiburones, às 20h. Duas equipes se classificam para o quadrangular final, de 4 a 6 de dezembro, ainda sem local definido. Pelo grupo E, os argentinos Peñarol e Regatas Corrientes já estão classificados.



Dorival Júnior é suspenso por um jogo e não fica no banco no clássico



dorival junior flamengo (Foto: Maurício Val/VIPCOMM)
O técnico Dorival Júnior foi julgado na tarde desta sexta-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão no empate do Flamengo contra o Atlético-MG por 1 a 1, no dia 31 de outubro, em Belo Horizonte. Na ocasião, o árbitro Sandro Meira Ricci excluiu o treinador da partida na volta dos times para o segundo tempo, depois de constantes reclamações do técnico durante a primeira etapa. Por maioria de votos, ficou decidida a suspensão por uma partida.

Dorival foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva". Com a condenação, o treinador ficará fora do banco de reservas neste sábado, quando o Flamengo enfrenta o vasco, às 19h30m (de Brasília), no Engenhão, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, o Rubro-Negro será comandado pelos auxiliares do técnico, Ivan Izzo e Lucas Silvestre.

O lateral-direito Wellington Silva também foi julgado nesta sexta pela expulsão na partida contra o Galo, mas o STJD absolveu o jogador, que será titular diante do vasco.

A expulsão contra o Atlético foi a terceira de Dorival no comando do Flamengo, porém é a primeira vez que o técnico é suspenso. Ele havia sido absolvido pelo STJD depois de ser excluído da partida contra o Botafogo, dia 26 de agosto, e apenas advertido após a expulsão diante da Ponte Preta, dia 5 de setembro.

CBF demite Mano Menezes e anunciará novo técnico em janeiro


Mano Menezes foi demitido pela CBF e não é mais técnico da seleção brasileira. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira após reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo, entre o presidente da CBF, José Maria Marin, o vice Marco Polo del Nero, e o diretor de Seleções, Andrés Sanches. A entidade confirmou a informação em seu site, às 16h06m, e comunicou que toda a comissão técnica foi afastada. O novo comandante será apresentado apenas no início de janeiro: Tite (Corinthians), Muricy Ramalho (Santos) e Luiz Felipe Scolari (ex-Palmeiras) estão cotados.

Mano foi comunicado da decisão por Andrés logo após a reunião. O treinador está em São Paulo e não vai se pronunciar sobre a demissão no momento. O técnico foi contratado em julho de 2010 pelo ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, como susbtituto de Dunga.

No comunicado oficial desta sexta, a CBF informou que o técnico da Seleção sub-20, Emerson Ávila, continua no cargo, enquanto Márcio Oliveira assume o comando da equipe feminina.

Pouco depois, em entrevista coletiva, Adrés disse que, apesar de ter sido contra a demissão de Mano, irá permanecer no cargo de diretor de Seleções.

Flamengo lança livro ‘pop-up’ mostrando as glórias de sua história


Como contar uma história tão vitoriosa como a do Flamengo em apenas 12 páginas. É preciso muita criatividade. E foi apostando nisso que a Editora Belas Letras, em parceria com o Mais Querido do Brasil, lançaram o livro ‘pop-up’ "O Mengão". A publicação chega às lojas na próxima semana e promete ser sucesso, com preço sugerido de R$ 69,90.

O conceito de livro ‘pop-up’ é novo no mercado futebolístico e, com ele, o torcedor poderá se aprofundar na história do Flamengo com imagens em 3D ‘saltando’ em cada uma das páginas.

E para contar a história do clube mais popular do Brasil, a publicação "O Mengão" fala dos símbolos, desde a fundação até os dias atuais, do hino, do Maracanã, dos títulos e seus respectivos troféus, além de destacar as principais equipes de futebol rubro-negras.

A Nação, maior patrimônio do clube, também tem lugar reservado e encerra o livro, editado em formato 26x28cm.

Quer garantir um exemplar? Fique ligado na página oficial do Flamengo no Facebook. Nesta sexta-feira uma promoção exclusiva sorteará 10 exemplares!

Rapidinhas do Mengão

 

Patricia Amorim mostra racha com Capitão Léo

A presidente Patricia Amorim vai trabalhar para Silvio Capanema na eleição do Conselho Deliberativo do Fla, deixando de lado, Leonardo Ribeiro, atual presidente do Conselho Fiscal, também candidato à presidência do Conselho. Ribeiro tem sido um dos mais ativos defensores da presidente. Mas Amorim diz que “não faz parte dos planos ele continuar” nos conselhos e afirmou que Ribeiro “prendeu as contas de 2011″.

Derradeira
Os candidatos de oposição Jorge Rodrigues, Ronaldo Gomlevesky e Lysias Itapicurú vão ter mais um encontro hoje à noite para tentar fechar um acordo para unir as chapas para a eleição do dia 3 de dezembro. A menos de dez dias da eleição, as negociações se aceleram. Segundo pesquisas, Patricia Amorim e Eduardo Bandeira estão na frente.

Exposição
Os representantes do candidato a presidente Eduardo Bandeira apresentaram o plano de governo da Chapa Azul para os sócios laureados, atletas do Flamengo. O grupo vem realizando reuniões semanais com grupos de sócios para a exposição do que pretendem fazer caso ganham a eleição presidencial.



Dorival manda recado e diz que última impressão é a que fica


Nem  a coisa maldita nem Flamengo possuem mais pretensões neste Campeonato Brasileiro. Em função disso, Dorival Júnior admitiu que não é fácil manter a motivação do grupo no alto para o clássico entre os clubes neste sábado. No entanto, o técnico rubro-negro mandou um recado simples e direto para os seus comandados. Para ele, é fundamental que os jogadores façam um esforço para deixar uma boa impressão nas duas últimas rodadas já mirando a próxima temporada.

Além disso, Dorival quer que o Flamengo termine o ano de maneira honrosa até por respeito ao torcedor. Segundo o treinador, o relaxamento natural que acontece nestas situações não pode ser visto no Rubro-Negro.

dorival junior Flamengo   (Foto: Rafael Cavalieri/Globoesporte.com) 
Dorival Júnior procura motivar os jogadores nesta reta final de campeonato (Foto: Rafael Cavalieri/Globoesporte.com)

- De repente se paga um preço alto por isso. A última impressão pode ter relação direta com o ano seguinte. O campeonato ainda prossegue para nós. Pode não ser o ideal, não é a resposta que queríamos dar ao torcedor, mas temos de, no mínimo, melhorar a nossa condição na tabela. Espero um melhor rendimento nessas partidas que irão servir para observar os jogadores em relação ao próximo ano - afirmou Dorival, deixando claro que somente jogar pelo Flamengo já é uma motivação natural.

Dorival confirmou que vai relacionar muitos garotos para o clássico. Estarão no banco nomes como Mattheus, Adryan e Nixon. Segundo o treinador, é uma boa oportunidade para mostrarem serviço seguindo a linha de já projetar a próxima temporada. Mas, apesar das palavras de incentivo e de buscar tocar no assunto motivação a todo instante, ele reconheceu que nunca imaginava comandar o time em um clássico tão esvaziado.

- Todos nós entramos em um Campeonato Brasileiro achando que vamos lutar por algo melhor. Realmente não foi um bom ano, mas temos a oportunidade de terminar com dignidade. Temos de dar uma resposta digna ao público fazendo o nosso melhor em campo - finalizou.

O Flamengo deve entrar em campo com: Paulo Victor, Wellington Silva, Renato Santos, González e Ramon; Airton, Ibson, Renato e Cleber Santana; Hernane e Vagner Love.

O jogo contra a coisa maldita acontece neste sábado, às 19h30m (de Brasília), no Engenhão. Com 48 pontos, o Flamengo ocupa a 11ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro.




Primeiro passo: Zinho tem encontro com empresário de Renato Augusto


O Flamengo deu o primeiro passo para tentar a contratação de Renato Augusto. Na noite desta quinta-feira, o diretor de futebol rubro-negro, Zinho, encontrou-se com o empresário do meia, Carlos Leite, no Rio. Na conversa, a dupla discutiu possibilidades para viabilizar a volta do jogador, revelado na Gávea e que está no Bayer Leverkusen, da Alemanha. O nome é um dos primeiros da lista de reforços do Rubro-Negro para 2013. Zinho recebeu a informação de que Renato Augusto teria interesse em voltar para o Brasil. O Flamengo já pensou em contratá-lo em outras ocasiões, pois busca atletas identificados com o clube e que não tenham problemas fora de campo.

O clube ainda não preparou uma proposta oficial, mas a questão financeira seria um entrave, já que os dirigentes alemães pedem altas cifras para vender os direitos econômicos do jogador. No início do mês, o Santos fez uma proposta para comprar o meia de 24 anos, mas desistiu depois de se dispor a pagar o valor inicialmente pedido pelo Leverkusen, com quem Renato tem contrato até junho de 2014. O time alemão, no entanto, subiu a pedida e o time paulista encerrou as negociações.

No meio do ano, Renato Augusto afirmou que foi procurado pelo Flamengo e que até gostaria de jogar novamente pelo clube, mas admitiu: “Esta hipótese é bastante difícil”. Na ocasião, o time alemão pedia valor muito alto por sua liberação e descartou a possibilidade de empréstimo.

O jogador foi revelado pelas categorias de base do Flamengo e atuou no time profissional entre 2005 e 2008, quando foi vendido ao Bayer Leverkusen por mais de 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 25 milhões, atualmente). Um dos pontos altos de sua passagem foi a final do Carioca de 2007, quando fez o gol que empatou o jogo contra o Botafogo em 2 a 2. Nos pênaltis, o Rubro-Negro levou o título.

 
Nesta temporada, o Flamengo sofreu sem um meia para conduzir a equipe após a saida de Ronaldinho Gaúcho. O clube tentou contratar jogadores de ponta, como Diego e Riquelme, mas fracassou. Cleber Santana, que estava no Avaí, foi a solução encontrada. Ele começou bem, mas não tem se destacado nos últimos jogos do Campeonato Brasileiro.



quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Flamengo vence o primeiro jogo da final do Carioca juvenil


O time juvenil do Flamengo foi até Nova Iguaçu, nesta quinta-feira (22.11), enfrentar o Artsul pela primeira partida da final do Estadual da categoria. E a molecada rubro-negra fez bonito: venceu por 1 a 0 e leva vantagem para o segundo confronto, que será realizado na Gávea, no próximo domingo (25.11), às 16h. A promessa Renan Donizete anotou o tento da vitória.

O treinador da equipe, Celso Martins, elogiou muito o empenho dos meninos e explicou que o importante é manter os pés no chão para sair com o título no próximo final de semana.

"Foi um jogo difícil. O Artsul tem um time certinho, forte. É complicado jogar contra eles, principalmente na casa deles. Já tínhamos visto isso no último confronto com eles e mudamos um pouco nossa maneira de atuar. No próximo confronto, na Gávea, vamos manter o nosso estilo, nosso jogo. A expectativa é grande, ainda mais se tratando de Flamengo. Sempre entra como favorito em decisões, mas trabalhamos bem isso com os meninos. Isso não vai nos prejudicar em campo", afirmou Celso, elogiando ainda o autor do gol, Renan Donizete.

"Ele decidiu o jogo, além de ter mostrado seu talento, sua criatividade ao longo do jogo", finalizouo técnico.

Outras categorias

No próximo sábado, a equipe infantil do Flamengo enfrentará o Fluminense, às 10h, na Gávea, também pela final do Estadual. O time de juniores rubro-negros terá pela frente o Botafogo, no domingo (25.11), às 10h, no Engenhão, em confronto válido pela segunda partida da final do Torneio Octávio Pinto Guimarães (OPG). O Flamengo perdeu o primeiro confronto por 2 a 1, no último final de semana.

A meninada do mirim do Flamengo também está brigando por título. O time rubro-negro vai á campo também no sábado, contra o Nova Iguaçu, às 16h, na Gávea, em confronto válido pela semifinal do Campeonato Metropolitano.

Flamengo x Botafogo e Santos x Palmeiras são antecipados pela CBF

A CBF divulgou em seu site oficial o desmembramento de duas partidas da última rodada do Campeonato Brasileiro, que estavam marcadas para domingo, 2 de dezembro, às 17h (de Brasília). Agora, os clássicos Flamengo x Botafogo e Santos x Palmeiras serão disputados um dia antes, no sábado, às 19h30m (de Brasília), no Engenhão e na Vila Belmiro, respectivamente.

As quatro equipes envolvidas já têm suas vidas definidas dentro da competição. Enquanto Flamengo, Botafogo e Santos não disputam mais nada, o Palmeiras teve seu rebaixamento sacramentado na 36ª rodada, quando empatou com o Rubro-Negro por 1 a 1 e viu os concorrentes diretos na luta para fugir da degola somarem pontos e selar a queda do Verdão.



Quissamã garante não temer primeiro duelo contra o Flamengo no Carioca


Quissamã (Foto: Divulgação/Site Quissamã)
Pela primeira vez na elite do futebol do Rio de Janeiro, e com jogadores com uma média de 24 anos de idade, o Quissamã Futebol Clube, time da pequena cidade de Quissamã, no Norte Fluminense, terá como primeiro desafio no Campeonato Carioca enfrentar o Flamengo. Mas o histórico de vitórias e os 32 títulos regionais do Rubro-Negro, não assustam os meninos do interior.

Se a faixa etária da equipe parece ser baixa, a experiência jogando juntos pode ser o diferencial para o grupo. Há mais de cinco anos no comando do Quissa, o técnico Paulo Henrique Souza Oliveira, natural da cidade, é um dos exemplos da união do time.

- A equipe é antiga, nossa base já joga há uns cinco anos. É uma equipe jovem, mas que está junto há bastante tempo e isso é um ponto importante. Para a Série A o time está com 60%, mas precisamos também de jogadores com mais experiência - contou Paulo Henrique.

Sobre a reação da equipe ao saber que enfrentaria o Flamengo fora de casa, o técnico afirmou que não ficou surpreso e que encarar o time da Gávea logo no início da competição tem um lado positivo.

- Fomos premiados com esse primeiro jogo e vamos nos preparar bem, sendo o primeiro ou o último íamos ter que jogar contra eles mesmo. Vamos respeitar a equipe do Flamengo, mas não tememos o jogo. Vamos sofrer pressão da torcida, ainda mais pelo jogo ser no Engenhão, mas estou preparando os jogadores pra aguentar a pressão e acredito que a torcida não influencie tanto - disse o treinador.

Tática diferente para enfrentar o Flamengo

Segundo o treinador Paulo Henrique, o time volta a treinar no próximo dia 12. Sobre a estratégia de jogo, ele afirma que vai mudar o sistema que costuma adotar nos jogos. 

- Não vou fazer nenhum treinamento específico para esse jogo, mas vou ter que mudar alguma coisa dentro do que eu vi o Flamengo jogar. Em cima do jogo deles, eu implanto o meu - finalizou.

O técnico adiantou que o clube está em fase de sondagem de novos jogadores.



Aliança confirmada: chapa de Mauricio se une à de Jorge Rodrigues

  

A aliança encaminhada na véspera foi concretizada nesta quinta-feira. Mauricio Rodrigues abriu mão de sua candidatura à presidência do Flamengo e uniu-se a Jorge Rodrigues, postulante da Chapa Rosa.

No acordo, Mauricio será o vice de marketing se Jorge vencer o pleito do próximo dia 3. Com a desistência da Chapa Laranja, as eleições rubro-negras têm cinco candidatos: Eduardo Bandeira de Mello (Chapa Azul), Ronaldo Gomlevsky (Chapa Branca), Lysias Itapicuru (Chapa Verde), Patricia Amorim (Chapa Amarelo Ouro) e Jorge Rodrigues (Chapa Rosa).

- Atendemos aos apelos da oposição, demos o primeiro passo. Aliás, eu dei, abri mão da minha candidatura e, como o Jorge é uma pessoa com quem já converso há muito tempo, tenho muitos amigos do lado dele, ele tem amigos do meu lado, então ficou bem mais fácil. Espero que o resto da oposição se una com a gente também. Estamos aguardando - disse Mauricio.

Maurício Rodrigues e Jorge Rodrigues flamengo (Foto: Celso Pupo / Agência Estado) 
Mauricio Rodrigues e Jorge Rodrigues agora estão do mesmo lado na Chapa Rosa (Foto: Celso Pupo / Agência Estado)
 
Na última sexta-feira, houve um encontro entre todas as chapas oposicionistas, mas o clima esquentou por conta de uma pesquisa divulgada pela Chapa Azul dando conta de que seu candidato, Eduardo Bandeira de Mello, teria mais de 50% dos votos. Jorge Rodrigues declarou, logo após o encontro, que a união com o grupo de Bandeira de Mello seria inviável. Novo aliado de Jorge, Mauricio ainda espera um contato da Chapa Azul.

- Não cheguei a ter muito contato com eles, só conversei por telefone com o Flávio Godinho. O que me parece é que a Chapa Azul está fechada em si mesma. Acho uma bobagem, um pouco imprudente. Agora, a união tem de partir deles - afirmou Mauricio, que indicou o novo vice de planejamento de Jorge Rodrigues: Francisco Gularte, que seria vice geral na chapa que desistiu nesta quinta.

A reunião foi organizada por Lysias Itapicuru que, apesar de afirmar que trabalha pela união dos candidatos que tentam desbancar a atual presidente, Patricia Amorim, ainda não anunciou aliança com nenhuma das demais chapas. Na ocasião, nenhum dos candidatos mostrou otimismo em relação a uma chapa única de oposição. Ainda assim, encontros entre alguns dos concorrentes continuaram acontecendo.

Três nomes foram impugnados para a eleição de dezembro: José Carlos Peruano, que não apresentou as certidões necessárias e não recorreu da decisão da comissão eleitoral, e Wallim Vasconcellos e Rodolfo Landim, canditados a presidente e vice, respectivamente, pela Chapa Azul, que foram aprovados pela comissão eleitoral, mas barrados em reunião do Conselho de Administração, no último dia 8. Vasconcellos e Landim deram lugar a Eduardo Bandeira de Mello e Walter D'Agostino na Chapa Azul.


Titular do Flamengo, Renato Santos diz que Alex Silva é bem-vindo



Renato Santos flamengo treino (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)Renato Santos chegou ao Flamengo há dois meses e tomou conta de uma das posições na zaga. Ao lado de Marcos González, deu mais segurança ao setor, que sofreu 43 gols em 36 partidas no Campeonato Brasileiro. A contratação de um zagueiro de peso para 2013 está nos planos do técnico Dorival Júnior e do diretor de futebol Zinho. Nesta quarta-feira, surgiu uma nova possibilidade para o setor na próxima temporada. Alex Silva, que estava emprestado ao Cruzeiro até 31 de dezembro, encerrou o vínculo com a Raposa e voltará ao Rubro-Negro me janeiro, já que tem contrato até junho de 2014. Nos próximos dias, o futuro de Pirulito vai começar a ser discutido no clube.

Apesar da indefinição sobre o caso de Alex, Renato Santos diz que o jogador seria bem-vindo, desde que estivesse disposto e comprometido com os objetivos do grupo.

- No Flamengo, todo mundo que vem com boa intenção, com pensamento de buscar a vitória, de ser campeão, é bem-vindo. Estamos precisando desse espírito. Se ele (Alex Silva) estiver assim, será bom.

Com o empréstimo de Alex Silva para o Cruzeiro, em abril, o Flamengo aliviou a folha salarial em R$ 300 mil mensais. Contratado em julho de 2011, o zagueiro foi afastado após se recusar a viajar à Bolívia para a partida contra o Real Potosí, pela Libertadores, em janeiro. Ele reclamava de luvas atrasadas, que somariam R$ 250 mil, e entrou com ação na Justiça para deixar a Gávea.

Depois de uma longa novela, as partes chegaram a um acordo e o jogador retirou a ação. Em troca, teve sua saída facilitada e começou a buscar um clube para atuar por empréstimo até o fim de 2012.

Renato Santos disputou até aqui oito partidas pelo Flamengo e fez um gol. Destaque do Avaí na Série B, chegou ao Rio desconhecido, mas mostrou-se seguro. A dois jogos do fim do Brasileirão, contra Vasco e Botafogo, quer deixar uma boa impressão para a virada do ano.

- Infelizmente cheguei ao Flamengo no decorrer do campeonato, com essa situação já meio decretada, má campanha, isso complica um pouco. Mas tive sorte, pois no momento que cheguei o time encaixou mais um pouco, os jogadores que aqui estavam voltaram a ter confiança, isso tudo somou para uma reta final em ascensão. Nos dois últimos jogos, vou dar tudo de mim, depois deixo para avaliarem meu desempenho, busco meu melhor a cada dia.

O contrato de Renato Santos vai até o dia 31 de dezembro de 2015. Neste sábado, ele será titular na partida contra o Vasco, às 19h30m (de Brasília), no Engenhão.



Ainda magoado, Ramon diz: ' Vou sempre querer ganhar da coisa maldita'

 
Os clássicos entre Flamengo e a coisa maldita, ''vasco'', sempre foram recheados por grande rivalidade, mesmo em jogos que não têm tanta importância na tabela. Esse é o caso do encontro do próximo sábado, no Engenhão, válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, no qual as duas equipes não brigam por mais nada na competição. Mas para o lateral-equerdo Ramon, qualquer disputa contra o Cruz-Maltino é sempre uma partida à parte.

- Para mim, o Flamengo é muito maior, mas independente do clube que eu esteja jogando contra o Vasco será algo a mais, vou querer sempre ganhar deles, por tudo o que aconteceu, o que fizeram comigo, isso me marcou muito. Não sou essa pessoa que eles dizem que eu era, isso me magoou muito e não quero que minha filha cresça ouvindo besteira sobre isso. Isso não tem mais volta – desabafou o jogador.

O jogador que já vestiu a camisa do rival, diz que saiu do clube desrespeitado e não quer mais ser lembrado por ter jogado no time de São Januário.

- Eu sempre respeitei eles, sou flamenguista e sempre fui, mas quando saí, não me respeitaram. Na vida tudo tem um fim, e no vasco acabou para mim. Respeito o clube, mas quero ser conhecido como Ramon do Flamengo e não do vasco.

O camisa 6 rubro-negro ainda comentou que a pior coisa para uma pessoa é ser julgado por uma coisa que não é.

- A torcida criou uma raiva de mim a pior coisa é ser julgado por uma coisa que você não é. Me chamaram de traidor, mas se traí alguém foi o Flamengo pois como flamenguista eu joguei pelo Vasco - disse.

Mesmo em tom de desabafo, Ramon quis deixar claro que além de respeitar o Vasco, tem muitos amigos que jogam pelo cruz-maltino.

- Isso não é raiva, mas sim uma vontade de vencer mais, não quero brigar com ninguém, quero é jogar bola e vencer. Tenho muitos amigos que jogam lá, que frequentam minha casa. Além do mais, respeito muito eles – concluiu o camisa 6.


Léo Moura, Renato e Maldonado têm contratos no fim e podem não renovar

O Flamengo não tem mais grandes metas até o fim do ano e a diretoria rubro-negra agora se concentra nas renovações de contrato dos jogadores que têm seus vínculos por terminar no próximo mês. Três desses jogadores – Léo Moura, Maldonado e Renato – já estão com a idade bem avançada e pelo menos um deles não vai permanecer na próxima temporada.

– Estamos vendo as renovações neste fim de ano. Não vou dizer quem fica ou quem sai, isso poderia ser mal interpretado por alguém que eu não cite o nome – disse o diretor de futebol, Zinho.

As renovações desses atletas não são nada fáceis. O caso mais complicado é o de Léo Moura, que exige um valor alto para renovar e ainda quer estender o vínculo por pelo menos mais duas temporadas. Ele perdeu espaço como lateral com o crescimento de Wellington Silva e já não é considerado imprescindível.

Renato já começou a ceder e considera viável a hipótese de acertar a renovação por mais uma temporada. A permanência dele foi um pedido do técnico Dorival Júnior, que vê no jogador um ponto de equilíbrio no meio de campo do Flamengo. A intenção do camisa 11 é encerrar a carreira no clube.

A situação de Maldonado é a que exige mais atenção do diretor de futebol. Desde que chegou ao clube, não viu o chileno atuando e precisa da posição dos médicos.

Em uma reunião com a comissão técnica, Zinho ouviu que o time precisa ser rejuvenescido para a próxima temporada. Resta saber quais das panelas velhas ainda conseguem fazer uma comida boa.


Com Amaral suspenso, Airton ganha vaga para jogo com o vasco



Dorival Júnior treinou na manhã desta quinta-feira o time que enfrentará o vasco, sábado, às 19h30m, no Engenhão. A única mudança em relação ao time que empatou por 1 a 1 com o Palmeiras, na última rodada, foi a entrada de Airton na vaga de Amaral, que cumprirá suspensão por ter levado o terceiro cartão amarelo.

Durante a atual temporada, Airton enfrentou lesões no músculo posterior da coxa direita. O problema o afastou de diversos jogos. O volante está visivelmente fora da forma física ideal.

airton flamengo treino (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com) 
Airton treinou entre os titulares nesta quinta-feira (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com)

O time iniciou o treino com Paulo Victor, Wellington Silva, Renato Santos, Gonzalez e Ramon; Airton, Ibson, Renato e Cléber Santana; Hernane e Vagner Love.

Dorival orientou a equipe, pedindo marcação e retomada da bola quando os titulares erravam lances de ataque.

Recuperado de dores na panturrilha direita, Léo Moura apareceu entre os reservas. O mesmo aconteceu com Liedson, que melhorou das dores no joelho esquerdo, mas formou a dupla de ataque com Wellington Bruno entre os suplentes. Hernane foi mantido entre os titulares.

dorival junior flamengo treino (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com) 
Dorival orienta os jogadores no Ninho do Urubu (Foto: Janir Junior / Globoesporte.com)

O Flamengo ocupa a 11ª colocação, com 48 pontos.



Ainda sem julgamento, Bruno ganha lugar na calçada da fama do Flamengo


Apenas nove dias antes do início do julgamento de Bruno, que começou na última segunda-feira e, após mudança no advogado do goleiro, acabou transferido para março de 2013, o ex-camisa 1 foi imortalizado na história do Flamengo. No lançamento da segunda fase da calçada da fama do clube, o nome do jogador foi gravado junto com os dos companheiros que participaram da campanha da conquista do hexacampeonato brasileiro, em 2009. O ex-goleiro ganhou ainda mais três registros. Ele foi lembrado também pelo tricampeonato carioca (2007, 2008 e 2009). A inclusão do nome de Bruno, porém, causou incômodo nos bastidores, mas os responsáveis pelo espaço chegaram à conclusão de que nada poderiam fazer, pois a participação do ex-atleta não poderia ser deixada de lado.

O clube, porém, não divulgou oficialmente registros fotográficos da parte da calçada em que aparece o nome de Bruno. A homenagem ao goleiro e ao time campeão em 2009 fica no hall da entrada principal da sede do Rubro-Negro, em frente ao museu.

Bruno goleiro calçada da fama Flamengo (Foto: Vicente Seda / Globoesporte.com) 
Nome de Bruno, titular absoluto na conquista do título nacional, aparece logo abaixo da inscrição Campeonato Brasileiro 2009 (Hexa) e encabeça a lista de atletas (Foto: Vicente Seda / Globoesporte.com)

Além de Bruno, foram eternizados, nas 100 novas placas, 329 atletas dos esportes olímpicos e mais 249 do futebol, entre eles Petkovic, Leandro, Adilio, Julio Cesar Uri Geller.

- Nosso objetivo foi homenagear todos os atletas que fizeram do Flamengo essa grande instituição. Quero agradecer a essas pessoas que tanto fizeram pelo clube - disse a presidente Patricia Amorim, na manhã do dia 10 de novembro, data da inauguração da calçada da fama rubro-negra.

bruno treino flamengo (Foto: Marcos Ribolli Globo Esporte)
Uma curiosidade na mesma placa onde figura o nome de Bruno: o nome de Adriano, artilheiro do Brasileirão de 2009, com 19 gols, está praticamente apagado, quase não é legível.

Carreira vitoriosa no Fla

Como goleiro do Flamengo, Bruno foi tricampeão carioca (2007, 2008 e 2009), e também peça importante no título brasileiro de 2009. Em 234 jogos, de 2006 a 2010, o jogador sofreu 291 gols e marcou quatro vezes quando se arriscou com os pés.

O último jogo de Bruno com a camisa 1 do Rubro-Negro aconteceu no dia 5 de junho de 2010, em partida do Campeonato Brasileiro, quando o time carioca perdeu por 2 a 1 para o Goiás. No dia 7 de julho daquele ano, o goleiro foi preso por suspeita de envolvimento no sumiço de Eliza Samúdio.

No dia 14 de julho, depois da paralisação do Brasileiro em razão da Copa do Mundo de 2010, Marcelo Lomba, reserva de Bruno até então, assumiu a vaga de titular na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo. Lomba continuou no gol rubro-negro até o fim da competição nacional daquele ano.

Na última segunda-feira, Bruno e outros quatro réus começaram a ser julgados em Contagem (MG), por júri popular, por cárcere privado e morte de Eliza Samudio, de 25 anos, ex-amante do jogador. O goleiro é acusado pelo Ministério Público de ser o mandante do crime ocorrido em 2010. Na quarta-feira, a juíza acatou o pedido da defesa de Bruno para adiar o julgamento, que só acontecerá em março de 2013, já que o ex-camisa 1 rubro-negro mudou de advogado, e seu novo defensor argumentou que precisa de tempo para conhecer o processo.




Rapidinhas do Mengão



Acerto
O Flamengo pagou ontem parcelas das dívidas referentes aos acordos realizados com os ex-jogadores do clube Romário, Petkovic e Deivid, e com o técnico Vanderlei Luxemburgo, que deixou o clube em fevereiro. Desde o começo da gestão, a diretoria reclama que está tendo dificuldade para administrar dívidas passadas e atuais.

 Pragmática
O candidato a presidente pela Chapa Azul, Eduardo Bandeira, afirmou ter proposto no almoço da oposição a contratação de um instituto de pesquisa para indicar a candidatura com mais chances contra Patricia Amorim. Mas os outros candidatos teriam insistido na discussão sobre a experiência de cada um.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Flamengo licencia panetones para o Natal


A parceria de sucesso entre Flamengo e Arcor para o licenciamento de ovos de chocolates para a Páscoa, agora foi estendida para panetones com frutas. O produto já pode ser encontrado nas lojas oficiais do Flamengo e nas prateleiras de todo o país com o preço sugerido de R$ 31,90. É o Mengão sempre presente nos momentos especiais da Nação.







Flamengo é campeão brasileiro de ginástica


Neste último final de semana aconteceu o Campeonato Brasileiro Pré Infantil de Ginástica Artística, em Goiânia. A competição contou com jovens ginastas das categorias masculina e feminina de diversos Estados. Mas, foi a equipe masculina do Flamengo que conquistou o tricampeonato geral por equipes, ao totalizar 278,350 pontos. Aladim de Oliveira Macedo, Lucas Eduardo Souza, Guilherme Mathias, Djonatham Bernardo, Josué Eleodoro e Roger Luis Gomes foram os representantes do Flamengo.

Pelo sub-11, Aladim, que foi o campeão em 2010, conseguiu manter o bom nível e se destacou mais uma vez, honrando as cores do Rubro-Negro e garantiu a medalha de ouro para o clube da Gávea no individual geral, com 94,150 pontos. Já no feminino, o destaque ficou para a vitória de Maria Eduarda Lira Chaves, que conquistou a nota mais alta no salto (23,334 pontos).

"O resultado foi muito legal, refletiu a superação e o empenho da equipe. Dois desses atletas estrearam agora, foi a primeira competição oficial deles e já renderam medalhas. O Guilherme, por exemplo, traz no sangue o dom da modalidade por ser primo dos irmãos Hypolito", disse Roberto Nassar, técnico da equipe.

Basquete do Fla parabeniza Leandrinho por 600 jogos na NBA


O ala-armador brasileiro Leandrinho, que vestiu o manto sagrado na última temporada, enquanto a NBA estava paralisada por uma greve, completará, na noite desta quinta-feira (22.11), na partida entre Boston Celtics x San Antonio Spurs, 600 jogos na Liga Norte-Americana de basquete. E como possui uma ótima relação com o Mais Querido, além de ser amigo de muitos jogadores rubro-negros, ele recebeu uma singela homenagem.

O Flamengo confeccionou uma camiseta com o número 600 e com seu nome nas costas. Além disso, o elenco de basquete rubro-negro fez questão de mandar um recado para o ex-companheiro, que também enverga a camisa da seleção brasileira.

José Neto, técnico do Flamengo, ressaltou a conquista de Leandrinho e, como já conhecia o talento do ex-jogador rubro-negro desde as categorias de base, revelou que há tempos sabia que o futuro dele seria brilhante.

"Sempre digo aos jogadores que eles precisam conquistar as coisas. Quando se conquista algo, ninguém tira. É diferente de ganhar, pois quem dá pode tirar. E esses 600 jogos é uma conquista do Leandrinho, ninguém tira dele. É um orgulho para nós, brasileiros, principalmente para quem tem ou teve contato com ele, aqui no Flamengo ou na seleção. Já conheço ele desde as categorias de base e sei quanto ele batalhou para ter essa conquista. Espero que ele tenha mais e mais sucesso e que venham outros 600 jogos. Ele merece", afirmou o técnico do Fla.

Marcelinho, que jogou com Leandrinho na seleção e no Flamengo, foi outro a elogiar o armador do Boston. "Ele merece todo esse sucesso. É muito talentoso e merece tudo de bom. É um grande companheiro que tive no Flamengo e na seleção".

Recém chegado ao Flamengo, o jovem ala-armador Benite destacou que Leandrinho é uma referência para o basquete brasileiro.

"É um orgulho para nós, brasileiros, ter um compatriota atingindo uma marca histórica. Sempre tive o Leandrinho como ídolo por ele ser um jogador de altíssima qualidade. Que ele tenha mais e mais alegrias e continue crescendo".

Marquinhos e Caio Torres também deixaram seu recado para o companheiro de seleção.

"Não é qualquer um que atinge uma marca dessa, ainda mais de tratando de NBA. É o primeiro brasileiro a conseguir isso. Que elepossa completar mais e mais jogos e trazer muitas felicidades para os fãs brasileiros", disse Marquinhos.

"Ele merece os parabéns pelos 600 jogos e por tudo que tem feito e faz pelos amigos, pelo Brasil... Desejo tudo de bom. Estamos daqui torcendo muito por ele", finalizou Caio Torres.


O novo ranking dos patrocínios 2012


Com o acordo entre Corinthians e Caixa Econômica Federal, anunciado há dois dias, o clube paulista retoma a liderança do ranking dos patrocínios no futebol brasileiro. A seguir, o panorama atual:

1)      Corinthians – R$ 42 milhões
(CEF – R$ 30 milhões; Fisk – R$ 10 milhões; Tim – R$ 2 milhões)
 
2)      Santos – 33,5 milhões
(BMG – R$ 20 milhões; Netshoes – R$ 5,5 milhões, Seara – R$ 3 milhões; Marabraz – R$ 3 milhões;  CSU CardSystem – R$ 2 milhões)
 
3)      São Paulo – R$ 32,5 milhões
(Semp Toshiba – R$ 23 milhões; Wizard – R$ 6 milhões*; Tim – R$ 3,5 milhões)
 
4)      Palmeiras – Entre R$ 20 milhões e R$ 27 milhões*
(Kia – Entre R$ 18 milhões e R$ 25 milhões*; Tim – R$ 2 milhões)
 
5)     vasco – R$ 22 milhões
(Eletrobras – R$ 16 milhões; BFG – R$ 4 milhões; Tim – R$ 2 milhões)
 
6)      Botafogo – R$ 20 milhões
(Guaraviton – R$ 16 milhões; Havoline – R$ 2 milhões; Herbalife – R$ 2 milhões*)
 
7 )     Flamengo – R$ 19 milhões
(BMG – R$ 9 milhões; Mobil Super – R$ 5 milhões; Triunfo Logística – R$ 3 milhões; Tim – R$ 2 milhões)
 
8)      Grêmio e Internacional – Entre R$ 15 e R$ 20 milhões *
(Banrisul + Tramontina + Tim)
 
9)  Cruzeiro – Entre R$ 15 milhões e R$ 17 milhões*
(BMG + Guará Mix)
 
10)  Atlético-MG – Entre R$ 12,5 milhões e R$ 15 milhões*
(BMG + MRV)

*Valores estimados

Ranking atualizado às 18:05 hs

Obs: Os valores acima foram divulgados na mídia – incluindo estimativas devido às cláusulas de confidencialidade. Não foram consideradas parcerias pontuais firmadas ao longo do ano, bem como aquelas recém-acordadas (caso do vasco com a empresa Fertilize). O patrocínio do Palmeiras pelo BMG se dá a título de abatimento de dívidas, não constando nos balanços como “receita” – sendo assim desconsiderado. Por fim, os termos finais dos contratos são variados, com diversos deles se encerrando ao final de dezembro.

Ainda que os valores angariados pelo Corinthians sejam substancialmente inferiores aos da “era Ronaldo” – quando batiam na casa dos R$ 50 milhões – pode-se dizer que a situação atual é favorável, posto que o craque abocanhava fatias consideráveis dos acordos da época. Sendo assim, o Corinthians volta a fazer valer a máxima de “camisa mais valiosa” – desta vez se baseando em um patrocínio estatal calcado em questões bem mais políticas do que mercadológicas.

Embora a diretoria corintiana negue, os oito meses sem patrocínio máster constituíram grande prejuízo a um clube cujas perspectivas de exposição eram fantásticas – após o título da Libertadores e pela participação no Mundial. Cabe ainda avaliar quais foram as contrapartidas oferecidas a Tim e Fisk, anunciantes que ficarão de fora do uniforme pela exigência da FIFA de patrocínio único no Japão.

A segunda posição ocupada pelo Santos reflete os benefícios da permanência de Neymar e da recente “era de ouro” do clube. Entretanto, a má fase atual – com o Peixe fora da Libertadores – possivelmente refletirá nos cofres santistas. O que se diz é que o primeiro golpe será sentido com o fim do patrocínio do Banco BMG, a partir de 2013 redirecionando foco para os clubes mineiros. A baixa exposição em mídia do Santos em comparação ao “trio de ferro” da capital é um elemento contra o qual muitos santistas se insurgem.

Após longo período de uniforme limpo, outro que assinou boa parceria foi o São Paulo. Os R$ 23 milhões pagos pela Semp Toshiba podem ser considerados o segundo melhor patrocínio do país – já que os repasses da Kia ao Palmeiras são questionados constantemente. O Verdão anunciou R$ 25 milhões, mas o mercado afirma que na prática seriam cerca de R$ 18 milhões. Ao menos a montadora coreana já anunciou que manterá o acordo nos moldes atuais apesar do rebaixamento alviverde à Série B.

Em um segundo pelotão surgem os clubes do Rio de Janeiro, cabendo uma importante observação. O Fluminense não foi incluído por conta da falta de transparência na parceria com a Unimed – bombardeada toda vez que o Tricolor vai mal, exaltada a cada conquista de título. A verdade é que os aportes realizados pela Unimed Participações no clube das Laranjeiras incluem pagamento de salários, premiações e aquisição de direitos econômicos. Sendo assim, o mercado especula investimentos que superem em muito os R$ 60 milhões anuais – de longe o maior patrocínio do Brasil.

Feita a exceção, continua espantosa a posição ocupada pelo Flamengo – há dois anos detentor dos piores números do Rio. A péssima gestão Patrícia Amorim faz com que o clube já some quase um ano e meio sem patrocinador máster (somando meses de 2011 com todo o exercício 2012). Para piorar, um dos parceiros (Triunfo Logística) é de propriedade de Jorge Rodrigues, candidato a presidente nas eleições do próximo dia 3 de dezembro. Trata-se de uma situação vedada pelo estatuto, mas que contou com vistas grossas dos conselhos do clube. Como o candidato supostamente compõe a oposição, seria interesse da atual mandatária a pulverização dos votos entre as inúmeras chapas contrárias à sua.

Botafogo e vasco, em estágio pouco superior ao de mineiros e gaúchos, tentam angariar melhores cifras. Ainda que ambos não joguem a Libertadores, a maior exposição por conta das transmissões televisivas justificaria montantes superiores aos atuais. Neste sentido o Botafogo sai na frente, na esperança de potencializar a imagem do bom moço (e craque) Seedorf, seu principal jogador. Em Minas, a “febre Ronaldinho” e o retorno à competição continental compõem os trunfos do Atlético-MG em busca de dias melhores. No Sul, a perspectiva de novas arenas para a dupla Grêmio e Internacional cria a possibilidade de pacotes incluindo patrocínio + naming rights, alavancando suas posições.

Um grande abraço e saudações!



                                   DEUS É FLAMENGO