Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 27 de abril de 2013

Manifestantes protestam contra privatização do Maracanã no estádio

Um grupo de manifestantes, denominado "Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas" realizou protestos dentro do Maracanã durante o evento-teste neste sábado (27). Uma das representantes do movimento, que defende a não privatização do estádio, conseguiu adquirir ingresso apesar de não estar envolvida com as obras.

- Queremos alertar a população do que esta sendo feito com o dinheiro público. A nossa cidade passa por vários problemas. Somos contra a demolição do Célio de Barros, o Museu do Índio e todo o entorno do Maracanã. A gente quer que a área do Museu do Índio seja dedicada à causa indigena - afirmou a manifestante Amanda Assunção.

O grupo em questão já havia feito protestos durante a desocupação do Museu do Índio, em março. O prédio será demolido para a construção do Museu Olímpico em projeto que visa as Olimpíadas no Rio de Janeiro em 2016.

Maracanã reabertura protesto (Foto: André Durão / Globoesporte.com) 
Grupo exibe faixa de protesto dentro do estádio do Maracanã (Foto: André Durão / Globoesporte.com)
 
 

Dilma Rousseff 'provoca' Eduardo Paes e grita 'Mengo' no Maracanã


Presentes à reabertura do estádio do Maracanã na noite deste sábado, a presidente Dilma Rousseff, o governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e o prefeito da capital carioca Eduardo Paes entraram no clima de festa do evento. E assim como costuma acontecer nas arquibancadas, teve até "provocação" entre os políticos.

Ao ouvir os gritos de torcedores do Flamengo, o prefeito Eduardo Paes, vascaíno, se levantou na tribuna de honra e gritou em coro o nome de seu time.

O governador Sérgio Cabral, também torcedor do  da coisa maldita, ''vasco'', ao risos, pediu para o prefeito, seu parceiro no PMDB, para sentar, enquanto contava à presidente o que dizia Paes. Prontamente, Dilma Rousseff resolveu acompanhar os torcedores rubro-negros, em maioria e gritou: "Mengo".



Estátua do Bellini volta a ser ponto de encontro de personagens e torcida

Em tardes de jogo no Maracanã, era comum entre milhares de torcedores a seguinte diretriz: “Nós nos encontramos na estátua do Bellini”. A imagem de um jogador com a taça Jules Rimet nas mãos, em homenagem ao bicampeonato mundial de 1958 e 1962 e que ganhou como apelido o nome do capitão do primeiro título, virou ponto de referência e de encontro em partidas no estádio. Na tarde deste sábado, no evento-teste da reabertura do Templo do Futebol, o local ficou movimentado desde o início da tarde, numa espécie de vale a pena ver de novo com gosto de nostalgia, e com torcedores gritando “O Maraca é nosso”.

- Ficou uma beleza. Em dias de jogos do Flamengo, eu sempre passo na estátua do Bellini com minha bicicleta e minha amiga. Hoje, estou matando a saudade. Ficou tudo uma beleza. Agora é esperar para assistir aos jogos do meu Mengão – afirmou o aposentado Adino Barbosa.

Sua amiga era uma cadela que, assim como o dono, estava vestida de rubro-negro, com direito a óculos escuros.

torcedor flamengo adino barbosa reabertura maracanã (Foto: Janir Júnior) 
Rubro-negro, Adino Barbosa leva a "amiga" para acompanhar a reabertura do Maracanã (Foto: Janir Júnior)

No entorno do estádio, todas as entradas são apontadas com galhardetes de indicação de cada portão. Voluntários também orientam o público na chegada. A estátua do Bellini é o ponto de maior concentração de torcedores, grande parte que nem mesmo vai entrar no estádio, mas aproveita para matar saudades.

- Sou torcedor do Flamengo e sempre paro no Bellini antes dos jogos – recordou o estudante Leonardo Simões.

Próximo à estátua foram plantadas 13 palmeiras que deram um tom verde a uma das entradas principais. Funcionários da obras e suas famílias e convidados esperam ansiosamente para entrar no estádio.

Figuras carimbadas que povoavam a extinta Geral também marcaram presença, todas vestidas a caráter.

A princípio, o primeiro jogo com venda de ingressos para o público em geral será no dia 2 de junho, com o amistoso entre Brasil e Inglaterra. Mas a federação do Rio (Ferj) e clubes tentam a liberação para partidas da Copa do Brasil ou Libertadores em maio.

torcida reabertura maracanã (Foto: Janir Júnior) 
Personagens tradicionais da antiga geral do Maracanã marcam presença no estádio (Foto: Janir Júnior)
 
 

Invicto, Fla encara o Madureira por vaga na decisão da Taça Rio Sub-20

Thomas flamengo treino (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem) Uma campanha avassaladora, com seis vitórias, um empate, 22 gols marcados e apenas quatro sofridos. Se o rendimento dos profissionais foi decepcionante, o Flamengo deu espetáculo com os juniores na fase de classificação da Taça Rio Sub-20 e terminou com o melhor desempenho geral. Tudo isso, no entanto, será colocado à prova neste domingo, contra o Madureira, às 10h (de Brasília), em Edson Passos. Com a vantagem do empate, o Rubro-Negro entra em campo para definir quem enfrenta o Nova Iguaçu - que obteve a outra  vaga após empate por 1 a 1 com o Fluminense neste sábado - na decisão do segundo turno do Campeonato Carioca da categoria. O Flu, campeão da Taça Guanabara, já está na final do Estadual.

Assim como foi com o time profissional, os juniores rubro-negros foram eliminados pelo Botafogo na semifinal do primeiro turno, num duelo onde desperdiçou dois pênaltis após empate por 1 a 1. Mas o Flamengo entrou no segundo turno reforçado. Pouco aproveitado entre os profissionais, Thomás voltou ao sub-20, a pedido de Jorginho, para ganhar ritmo de jogo. E o meia-atacante deu resposta: em quatro partidas, marcou cinco gols e é a maior esperança da equipe de Cléber dos Santos. Mais experiente do grupo, que conta ainda com nomes como Digão e Recife (que participaram da vitória por 3 a 1 sobre o Macaé, no último sábado, pelos profissionais), o jogador se motiva para o confronto e pede atenção ao rival.

- A campanha nos dá confiança, nos faz um time respeitado. Estamos todos muito focados nesta semifinal. Ficamos fora da Taça Guanabara por empatarmos com o Botafogo. Vamos entrar em campo para respeitar o Madureira e buscar a vitória. Temos a vantagem do empate, mas não podemos pensar nisso. É preciso tomar cuidado, já que eles também vão vir para cima por terem que ganhar.

Motivado, o atacante acredita que a conquista da Taça Rio consagraria o retorno bem-sucedido para base e pavimentaria o caminho de volta ao elenco comandado por Jorginho.

- Olho para trás e vejo que foi muito válido e importante para mim. Estou jogando de novo e direto. Mais que isso, disputando finais com a camisa do Flamengo. E isso não importa se é profissional ou sub-20. Sendo campeão, espero ter novas oportunidades.

Madureira joga com zaga reserva

Se o Flamengo tem a melhor campanha no somatório dos dois turnos da competição, o retrospecto também mostra a força do Madureira. Ao lado de Fla e Flu, o Tricolor Suburbano chegou às semifinais tanto na Taça Guanabara quanto na Taça Rio, sendo eliminado em um emocionante 4 a 4 com o time das Laranjeiras. Para encarar o Rubro-Negro, porém, o treinador Marinho tem dois desfalques na zaga.

Recuperado de uma dengue, o zagueiro Uirá ainda está sem o peso ideal e foi vetado. Seu companheiro, Charles, com uma infecção intestinal, ainda tem remotas chances de ser escalado. Mas o próprio treinador trabalha com a possibilidade de Pedro e Iago como defensores diante do trio ofensivo formado por Thomás, Igor Sartori e Douglas Baggio.

Os problemas na defesa, por sua vez, não abalam a confiança do Madureira, que aposta no atacante Bruno, destaque com nove gols na competição. O meia Júlio Cesar é outro que tem chamado a atenção. Apesar da força do Flamengo, o treinador Marinho acredita que pode surpreender.

- O Flamengo é um time difícil e tem um trabalho muito bom na base. Jogaram contra a gente na Taça Guanabara e foi complicado (derrota do Madureira por 3 a 0).

O comandante do Madureira foi responsável por revelar uma das maiores apostas rubro-negras na temporada, Rodolfo, que teve 25% dos direitos comprados recentemente ao próprio Tricolor Suburbano.

Confira  as escalações:

Flamengo:  Luan, Digão, Fernando, Samir e Felipe Diaz; Recife, Lorran e Quiroga; Thomás, Sartori e Douglas Baggio.

Madureira: Lucas Saraiva, Lucas Oliveira, Pedro, Iago e Luís Paulo; Alan, Luizinho e Júlio Cesar; Bruno, Almir e Lucas Brisson.




Nixon elogia filosofia de trabalho do técnico Jorginho





Treinamento de cruzamento e finalização. Essa foi a atividade realizada na manhã deste sábado (27.04) no campo 1 do Ninho do Urubu. O treino, como de costume, foi comandado por Jorginho de maneira muito dinâmica, e a maneira de trabalhar do treinador tem agradado aos jogadores segundo Nixon.

"Todos têm gostado muito e a gente tem se encaixado muito bem à filosofia dele. São trabalhos curtos e com muita intensidade. Jorginho sempre vem com um trabalho novo para que a gente melhore nos aspectos físico e ténico. Ele procura que a gente dê nosso melhor", falou o atacante.

Além de Nixon, o técnico Jorginho conta com outros três atacantes no grupo: Lucas, Hernane e Rafinha. Com um setor ofensivo forte, uma vaga no time titular é algo difícil de ser conquistastado por qualquer um deles. Mas, ao invés de se abater por isso, Nixon enxerga a disputa com seus companheiros de ataque como uma motivação para conseguir melhorar sempre.

"Tenho que manter a cabeça no lugar. Não interessa quantos atacantes o time tenha. Faço a minha parte, mantenho o foco no trabalho e as coisas vão acontecendo. Sei que tudo dá certo para quem trabalha. O professor tem muitas opções e é bom que todos estejam bem. Sempre vou dar o melhor de mim para ter uma chance", disse o jovem Nixon.





Flamengo tem dia de treino físico e técnico no Ninho do Urubu



Sob forte sol, os jogadores do Flamengo treinaram na manhã deste sábado, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande. Nos primeiros 45 minutos de atividade, apenas os goleiros foram ao campo um do CT quando fizeram atividades específicas, enquanto os demais atletas do elenco rubro-negro ficaram fazendo trabalhos físicos na academia. Após este período, todos foram ao campo para continuarem os treinos deste fim de semana.

Durante o treinamento no campo, os jogadores realizaram treinamento físico e depois iniciaram um treino de finalização. O volante Ibson e o zagueiro Alex Silva, afastados do Flamengo durante esta semana pela diretoria de futebol e estão à espera de clubes interessados em possíveis negociações, participaram normalmente das atividades.

Após duas horas de treinamento, os jogadores realizaram um treino técnico. Dividido em titular e reserva, o elenco do Flamengo simulou jogadas de cruzamento, sob o comando do auxiliar técnico Ailton Ferraz. O destaque do treino foi o meia Adryan. O jovem mostrou bastante disposição durante as duas horas de atividade e teve um dos melhores índices de aproveitamento nas finalizações.

O Flamengo volta a treinar às 10h deste domingo, também no Ninho do Urubu. A próxima partida do Rubro-Negro na temporada é na quarta-feira, diante do Campinense, às 22h, no estádio Amigão, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil.


Flamengo anuncia Arena da Barra caso vá às semis e à decisão do NBB


hsbca arena, final nbb 2009 (Foto: André Durão/Globoesporte.com)
O Flamengo terá casa nova a partir das semifinais do NBB, caso supere o Paulistano nas quartas de final. Através de seu site oficial, o clube anunciou que passará a utilizar a Arena da Barra para as semifinais e para a final em jogo único - como time de melhor campanha, o Fla tem direito ao mando de quadra. A Arena da Barra foi o palco da única conquista do clube no torneio, sobre o Brasília, na temporada 2008/2009, primeira edição do NBB. O ginásio é um dos sete listados pelo regulamento oficial da competição como possíveis locais para a final. Outra opção no Rio, o Maracanãzinho tornou-se inviável devido à entrega do Complexo do Maracanã à Fifa para a Copa das Confederações a partir de 27 de maio - a final está marcada para 2 de junho.

Contra o Paulistano, o time rubro-negro seguirá mandando os jogos no ginásio do Tijuca, como fez durante toda a primeira fase. Segundo a nota do site oficial, o primeiro jogo contra o Paulistano pelas quartas, será em São Paulo, já nesta segunda-feira, ainda sem horário divulgado.




Maracanã: um estádio a R$ 1,6 bilhão



Em 2009 quando a reforma do Complexo Maracanã começou a ser planejada, R$ 430 milhões seriam suficientes para ele receber os Jogos da Copa do Mundo 2014 e as Cerimônias de Abertura e Encerramento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. De lá para cá, o projeto de modernização foi alterado por várias vezes e, hoje, a cifra já atingiu R$ 1,6 bilhão.

Mas esse número vai aumentar porque a conta não foi fechada. De acordo com a atualização feita pelo site de acompanhamento das obras da Copa do governo federal, em novembro, só o estádio consumiu R$ 883 milhões. A esse valor, soma-se R$ 594 milhões de obras que serão realizadas entre 2014 e 2016, e R$ 109 milhões do projeto de urbanização do entorno do complexo.

Por causa das cifras envolvidas e das mudanças previstas em seu entorno, a modernização do Maracanã foi alvo de contestação desde seu início, pelos mais diversos grupos sociais. Responsável pelo complexo esportivo, o governo do estado manteve-se firme em seu propósito e pouco atendeu aos apelos dos contestadores, o que gerou várias disputas judiciais e emissão de liminares.

O único ponto em que houve um recuo do governo do estado foi quanto à manutenção do prédio do ex-Museu do Índio, que será transformado no museu do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). A princípio, o local seria demolido e seus ocupantes transferidos para outro local. Só os indígenas foram removidos.

E na reta final para ser entregue, o Maracanã ainda é alvo de disputa judicial. O Ministério Público Estadual, aliado a atletas e populares, tenta impedir a demolição do Parque Aquático Júlio de Lamare.

FALTAM OS ÚLTIMOS AJUSTES
O Maracanã que será testado hoje ainda não está 100% concluído. A parte do estádio que ficará aberta ao público é a ala Leste, que está pronta. São nos camarotes deste lado que ficarão as autoridades que assistirão ao evento-teste.

A ala Oeste, onde ficarão as cabines de imprensa e a Tribuna de Honra, por exemplo, ainda passa por ajustes finais de acabamento, como instalação de fiação elétrica, vidros, mobiliário, dentre outros. Tanto que no evento de hoje a imprensa não vai trabalhar nesse local.

A instalação de catracas da ala Oeste ainda não foi completamente concluída e na semana passada ainda se via operários correndo para terminar a instalação das catracas da ala Leste. A estimativa é concluir tudo no início de maio. No dia 24 de maio o estádio será entregue para uso exclusivo da Fifa.

BATE-BOLA
Regis Fichtner
Secretário estadual da Casa Civil

Por que o estado não se incomoda em recuperar o investimento feito nas obras?
Isso é matemática. É um bom negócio fazer a concessão. Vai agregar para nossa população, atrair mais turistas, vai passar a ser o local mais visitado no Rio, não tenho dúvida. Vai ser um grande ganho de modernidade e serviços para a população.

O senhor disse que o  estado não tem competência para administrar o novo Maracanã...
Não tem. A opção (pela concessão) é por um padrão de eficiência que a modernidade requer.

E o estado não tem?
Não somos especialista em administrar arenas.

Com representantes em campo, Fla se envolve na reabertura do Maracanã


Ibson Jorginho treino Flamengo (Foto: Carlos Moraes / Ag. Estado)
O Flamengo considera o Maracanã sua casa e gritou aos quatro cantos o desejo de voltar ao estádio ainda em abril, caso exista a necessidade de uma segunda partida no confronto com o Campinense, pela Copa do Brasil. A reabertura do palco, no entanto, já envolve rubro-negros. Mandante do último jogo no local antes da reforma, contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro de 2010, o clube estará representado no primeiro evento-teste do estádio para a Copa do Mundo e das Confederações. Ibson, Mattheus e o técnico Jorginho vão disputar o amistoso entre Amigos de Bebeto e Amigos de Romário, marcado para este sábado, às 19h (de Brasília).

O trio é convidado do time do camisa 7 da Copa de 1994. A partida pode colocar em campo ao mesmo tempo o volante e o treinador, que protagonizaram um dos casos de maior destaque da semana no clube, envolvendo a dispensa de Ibson. Jorginho, por sua vez, falou apenas da alegria por voltar a jogar no palco onde foi campeão da Copa América de 1989. Mas uma outra partida, quatro anos depois, foi a mais marcante para o comandante rubro-negro.

- É maravilhoso poder reinaugurar o Maracanã. Participei de vários jogos ali. Partidas importantes por América, Flamengo, Seleção..  Foram muitos momentos, mas o jogo com o Uruguai (pelas Eliminatórias de 1993), por tudo que representou, foi marcante. É muito bom ver que nós, brasileiros, temos estádios de verdade, com qualidade, e que não vão dever a nenhum país.

Com menos história que Jorginho, mas também campeão no Maraca, da Copa do Brasil de 2006 e do Campeonato Carioca de 2007, Renato Abreu é outro com saudade. O camisa 11 do Flamengo, no entanto, acha que o novo e moderno estádio não manterá a mesma mística do antigo. Ainda assim, não esconde a ansiedade para jogar em todos os novos palcos da Copa de 2014.

- Estou ansioso para jogar em todos esses estádios novos. Poderia ser feito quando eu tivesse 25 anos (risos). Ia aproveitar mais. Talvez o brilho do Maracanã não existirá mais. Era uma coisa incrível, com 120, 80 mil. Tive a felicidade de ver o torcedor correndo na geral, fantasiado. Agora é uma coisa nova, totalmente moderno e diferente. Vontade de entrar no estádio novamente e, quem sabe, conseguir mais um título. O prazer vai ser imenso. Tomara que tudo dê certo e não aconteça como no Engenhão, que deu essa parada.

O Flamengo tenta, em parceria com a Ferj, a liberação para mandar a segunda partida contra o Campinense, pela  segunda fase da Copa do Brasil, no Maracanã. A expectativa da diretoria é de que a CBF marque o confronto para o dia 15 de maio. Caso vença por dois gols em Campina Grande, quarta-feira, e elimine o jogo de volta, o reencontro deve acontecer somente em julho, contra o Coritiba, pela sexta rodada do Brasileirão.

Veja a lista de convidados para a reabertura do Maracanã:

Info_ESCALACAO_ESTREIA-MARACANA-4 (Foto: Infoesporte)

Após 1.154 dias em obras, Maracanã reabre para primeiro evento-teste

Três anos, um mês e 27 dias passaram-se desde que a primeira máquina entrou no Maracanã. Por mais que o fechamento só tenha ocorrido no dia 5 de setembro de 2010 (o último jogo foi Flamengo 0 x 0 Santos, pelo Campeonato Brasileiro), o dia 1º de março daquele ano marcou o início do estudo no solo do gramado e, por sua vez, o ponto de partida da maior reforma já feita no estádio. Imprevistos e muito trabalho depois,  o estádio reabre as portas neste sábado, às 19h.

Ainda não será, no entanto, como o torcedor gostaria. Ele, elemento crucial nos 63 anos de história do Maracanã, ficará de fora do primeiro dos três eventos testes que o estádio terá antes da Copa das Confederações. Para o amistoso entre amigos dos ex-jogadores Ronaldo e Bebeto – hoje membros do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014 – não haverá venda de ingressos, e a arena terá somente 30% de sua capacidade tomada. Somente funcionários e seus familiares, convidados do governo do Rio de Janeiro (como a presidente Dilma Rousseff) e a imprensa poderão acompanhar a partida. O GLOBOESPORTE.COM acompanhará tudo em Tempo Real e o evento terá transmissão ao vivo do SporTV.

Mosaico Maracanã Imagens Recentes (Foto: Editoria de Arte)
Um Maracanã diferente

Na parte interna, o novo Maracanã pouco lembrará o antigo estádio, inaugurado na Copa de 1950.  Com uma inclinação maior, a arquibancada teve os setores inferior e superior unificados. A antiga cobertura foi demolida. Em seu lugar, um teto feito de fibra de vidro e teflon, com 68 metros de extensão (a original de concreto tinha 30 metros). Apenas 5% do total dos assentos não serão cobertos.

Os antigos assentos foram trocados por modernas e retráteis 78.838 novas cadeiras  numeradas. Os camarotes também mudaram de lugar e foram instalados no segundo e terceiro pavimentos do estádio. Ao todo, serão 110 camarotes. Para um acesso mais rápido, foram construídas quatro rampas ao longo do anel do estádio e duas alças anexadas à rampa do Bellini e recuperadas e reativadas as duas rampas monumentais.  O Maracanã também ganhou 17 novos elevadores e 12 escadas rolantes.

As novidades não param na parte estrutural. Tudo foi trocado. Desde gramado, traves, redes, vestiários, sistema de áudio, iluminação, novos quatro telões. De acordo com o governo do Rio de Janeiro, tudo que há de melhor e mais moderno no mundo.

- Posso garantir que o Rio terá um presente extraordinário. Será o maior centro de entretenimento da América Latina – disse o governador Sérgio Cabral.

Atrasos

Se a beleza do novo Maracanã impressiona, os prazos de entrega foram e ainda são o “calcanhar de Aquiles” do governo do Rio de Janeiro. Quando foi fechado para reforma, a promessa era que o estádio estaria pronto em dezembro de 2012, a seis meses da Copa das Confederações, como exigia a Fifa.

Maracanã obras cobertura Copa 2014 (Foto: Reuters) 
Instalação da nova cobertura foi um dos principais motivos dos atrasos (Foto: Reuters)


O primeiro grande imprevisto aconteceu logo no início das obras. Após estudos, engenheiros informaram ao COL que a melhor opção seria demolir a cobertura para a construção de uma nova, uma vez que a antiga estrutura estava desgastada e seria incompatível com o projeto de reforma. O prazo de entrega passou para fevereiro de 2013 e o preço da reforma também aumentou. Inicialmente orçado em R$ 700 milhões, o custo do estádio passou para R$ 859,9 milhões.

O prazo foi mantido até o início do ano, quando mais uma vez o governo do Rio de Janeiro adiou a entrega. Desta vez, para abril, para a preocupação da Fifa. Mais uma vez a nova cobertura foi a vilã. Prevista para começar a ser erguida em novembro passado, o processo só teve início no final de fevereiro. A instalação das 78.838 também atrasou, assim como o acabamento de todo o estádio.

O Maracanã reabre neste sábado, mas ainda há trabalho pela frente. A marcação do campo, por exemplo, só será concluída neste sábado. A área de imprensa também não está pronta, tanto que os jornalistas terão de ficar em um setor da arquibancada, sem acesso a tomadas, durante o evento-teste.


Obras operários maracanã reabertura  (Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo) 
Entorno do Maracanã ainda está em obras (Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo)


O entorno do estádio ainda é um canteiro de obras. Na parte externa, os trabalhos estão sendo conduzidos pela Prefeitura do Rio que, neste semana, informou que eles estão 80% concluídos. A previsão do órgão é que a revitalização esteja pronta no dia 27 de maio, a 19 dias da abertura da Copa das Confederações.

Craques do passado inauguram gramado

Maracanã (Foto: Divulgação)
Em menos de dois meses, o Maracanã receberá craques internacionais na Copa das Confederações. O mesmo acontecerá daqui a pouco mais de um ano, quando o estádio será palco de sete jogos da Copa do Mundo, incluindo a grande final.

Neste sábado, porém, quem trocará os primeiros passes no novo gramado serão os craques do passado. O amistoso entre amigos de Ronaldo e Bebeto será recheado de nomes que fizeram história no Maracanã. Além deles, nomes como Júnior, Romário e Renato |Gaúcho participarão da festa. Dos 33 convidados, nove foram campeões do mundo em 1994 (Bebeto, Zetti, Aldair, Ronaldo, Jorginho, Ricardo Rocha, Mauro Silva, Romário e Zinho), e dois participaram da campanha do penta em 2002 (Ronaldo e Edilson "Capetinha"). Os flamenguistas Ibson, Léo Moura e Mattheus serão, a princípio, os únicos atletas em atividade.

Carlos Alberto Parreira e Valdir Espinosa foram chamados para serem os treinadores da equipe, enquanto Zagallo e Carlos Alberto Torres são os convidados especiais do governo do Rio para o evento-teste.

Info_ESCALACAO_ESTREIA-MARACANA-4 (Foto: Infoesporte)


A expectativa é que 27.500 pessoas compareçam ao estádio, entre operários (cerca de 8 mil) e familiares, autoridades e imprensa. A presença da presidente Dilma Rousseff foi confirmada nesta sexta-feira, mas só confirmará a presença na sexta. O vice-presidente Michel Temer, o governador Sergio Cabral, o vice-governador, Luiz Fernando Pezão e o prefeito Eduardo Paes também estarão presentes.

Antes da Copa das Confederações, o Maracanã ainda terá dois testes. O próximo, no dia 15 de maio, ainda não tem os times definidos. Na ocasião, ainda não haverá venda de ingressos, e apenas 50% da capacidade será usada. A verdadeira inauguração será no dia 2 de junho, quando o estádio receberá o amistoso entre Brasil e Inglaterra, aberto aos torcedores, e com 100% da carga de ingressos.

O estádio vai receber três jogos na Copa das Confederações: México x Itália (16 de junho), Espanha x Taiti (20 de junho) e a final, marcada para 30 de junho. Em 2014, o Maracanã também terá a decisão do Mundial (13 de julho) e mais seis partidas.


sexta-feira, 26 de abril de 2013

Pinheiros e Paulistano garantem as últimas vagas às quartas: veja duelos


O NBB 2012/13 chega à reta final. Os confrontos das quartas de final foram definidos na noite desta sexta-feira, com as vitórias de Pinheiros e Paulistano sobre Limeira e Basquete Cearense, respectivamente. Oito equipes continuam na briga pelo título de campeão. Por conta das campanhas na primeira fase, Flamengo, Brasília, Uberlândia e Bauru entraram direto nas quartas e terão pela frente Paulistano, São José, Bauru e Pinheiros. Dos oito times que seguem na briga, o Paulistano é o único que não figurou entre os oito melhores da fase de classificação - foi o nono.

Os jogos das quartas e semifinais serão disputados em séries de até cinco jogos. Os times com melhores campanhas têm vantagem no mando de quadra no quinto jogo, se necessário. Já a decisão será em confronto único, na casa da equipe de melhor desempenho na competição nacional. Flamengo e Brasília, líder e vice-líder da fase de classificação, só se enfrentam, eventualmente, na decisão do NBB - já que os times são reclassificados a cada fase de acordo com suas campanhas. As datas e horários ainda não foram divulgados.

Confira os confrontos das quartas:

Flamengo (1º) x  Paulistano (9º)
Jogo 1: Paulistano x Flamengo
Jogo 2: Flamengo x Paulistano
Jogo 3: Flamengo x Paulistano
Jogo 4: Paulistano x Flamengo (se necessário)
Jogo 5: Flamengo x Paulistano (se necessário)


Bauru (4º) x Franca (5º)
Jogo 1: Franca x Bauru
Jogo 2: Bauru x Franca
Jogo 3: Bauru x Franca
Jogo 4: Franca x Bauru (se necessário)
Jogo 5: Bauru x Franca (se necessário)

Uberlândia (3º) x Pinheiros (6º)
Jogo 1: Pinheiros x Uberlândia
Jogo 2: Uberlândia Pinheiros
Jogo 3: Uberlândia x Pinheiros
Jogo 4: Pinheiros x Uberlândia (se necessário)
Jogo 5: Uberlândia x Pinheiros (se necessário)

Brasília (2º) x São José (7º)
Jogo 1: São José x Brasília
Jogo 2: Brasília x São José
Jogo 3: Brasília x São José
Jogo 4: São José x Brasília (se necessário)
Jogo 5: Brasília x São José (se necessário)




Vice do Flamengo descarta boicote ao São Paulo, mas quer conversa


Wallim Vasconcellos, vice de futebol do Flamengo (Foto: Richard Souza)
O Flamengo não vai boicotar a Copa 2 de Julho, um dos torneios mais importantes da categoria sub-17, em razão da participação do São Paulo. Quem garantiu a presença do clube carioca foi o vice-presidente de futebol, Wallim Vasconcelos. Na última quinta-feira, ele conversou por telefone com João Paulo de Jesus Lopes, que ocupa o mesmo cargo no Tricolor, e descartou o boicote anunciado por Carlos Brazil, diretor das categorias de base do Flamengo.

Ao GLOBOESPORTE.COM, Vasconcelos informou que Brazil trabalha nas categorias de base, mas não fala em nome do clube. Segundo ele, um boicote só enfraqueceria as instituições e o futebol brasileiro.

- Falei com o Jesus e disse que queremos entender tudo que está acontecendo, mas que o Flamengo vai participar, sim, dessa competição. Estou pedindo todas as informações sobre o assunto, mas não acho que um boicote resolva a situação, pelo contrário. Se os clubes estiverem unidos, ficam fortes. Se estiverem desunidos, enfraquecem. Acho que tem de haver uma conversa para entendermos a situação.

O dirigente rubro-negro evitou qualquer acusação ao São Paulo. Insistiu em dizer que não sabe se as reclamações contra os paulistas são procedentes. Vasconcelos quer ter conhecimento do código de ética que determina procedimentos a serem adotados nas categorias de base. No início da semana, diversos dirigentes anunciaram boicote a qualquer campeonato que tivesse a participação do Tricolor paulista. Segundo eles, o clube do Morumbi alicia e "rouba" jogadores de outras entidades.

- É preciso haver um código de conduta, ética e respeito nesse processo. O Flamengo não concorda com isso, se é que aconteceu, mas também não acha que um boicote seja benéfico. Vamos conversar e tentar construir uma relação de respeito - ponderou o vice, que, no entanto, alertou:

- Os clubes são vulneráveis, mas não acho que se deva aproveitar de uma situação. Se fizerem com o Flamengo, vou para o revide. O Flamengo não vai fazer com ninguém.

O São Paulo se defende. Alega que os pais dos jogadores é que procuram o clube em razão da estrutura do CT de Cotia, que abriga todos os atletas que não defendem o time profissional, e que só recebe garotos que não possuem contrato com ninguém. Segundo os dirigentes tricolores, muitos clubes não oficializam vínculos com os jovens porque isso denota muito gasto.

- Acho estranho porque muitos desses clubes que falam de ética não pagam salários e nem recolhem impostos - rebateu João Paulo de Jesus Lopes, que atacou o Vasco em entrevista coletiva.

Segundo os cartolas do Morumbi, a organização da competição, que será disputada entre os dias 1 e 13 de julho na Bahia, telefonou para o São Paulo e informou que a presença do clube está assegurada, e que não haverá boicote.


CBF divulga datas e horários dos jogos de ida da segunda fase

Após revelar as datas e horários dos primeiros oito jogos da segunda fase da Copa do Brasil, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou no fim da tarde desta sexta-feira a tabela completa da etapa do torneio nacional. Santos, Bahia, Atlético-PR, Criciúma, Figueirense e Ponte Preta vão entrar em campo pela competição nos dias 8 e 9 de maio, fora de casa. O Vitória jogará só no dia 15, assim como o vencedor entre Coritiba e Sousa, da Paraíba, que se enfrentam nos dias 1º e 8 de maio.

As primeiras partidas da segunda fase serão na semana que vem, com Flamengo, Botafogo, Internacional, Cruzeiro, Goiás, entre outros. Confira todas as datas, horários e locais dos jogos de ida da segunda fase:

Quarta, 01/05
15h - Santo André x Goiás - Bruno José Daniel (Santo André, SP)
19h30m - Cianorte x Atlético-GO - Albino Turbay (Cianorte, PR)
19h30m - Crac x Betim - Genervino Fonseca (Catalão, GO)
21h50m - ASA x Ceará - Coaracy Fonseca (Arapiraca, AL)
21h50m - Campinense x Flamengo - Amigão (Campina Grande, PB)
21h50m - Resende x Cruzeiro - Raulino Oliveira (Volta Redonda, RJ)
21h50m - Santa Cruz x Internacional - Arruda (Recife, PE)

Quinta, 02/05
19h30m - CRB x Botafogo - Rei Pelé (Maceió, AL)

Quarta, 08/05
19h30m - América-MG x Avaí - Independência (Belo Horizonte, MG)
20h30m - Confiança x Fortaleza - Lourival Baptista (Aracaju, SE)
21h30m - Naviraiense x Paysandu - Antônio Virotti (Naviraí, MS)
22h - ABC x Sport - Frasqueirçao (Natal, RN)
22h - Joinville x Santos - Arena Joinville (Joinville, SC)
22h - Luverdense x Bahia - Passos da Ema (Lucas do R. Verde, MT)

Quinta, 09/05
19h30m - São Bernardo x Criciúma - Primeiro de Maio (São Bernardo do Campo, SP)
19h30m - Arapongas x Figueirense - José Chiapin (Arapongas, PR)
21h50m - Bragantino x Ponte Preta - Nabi Abi Chedid (Bragança Paulista, SP)
21h50m - América-RN x Atlético-PR - José Nazareno (Goianinha, RN)

Quarta, 15/05
19h30m - Salgueiro x Vitória - Cornélio de Barros (Salgueiro, PE)
20h30m - Nacional x Coritiba ou Sousa - Local a definir


Escolinha do professor Jorginho: Amaral recebe atenção especial

Jorginho relembrou os tempos de jogador e mostrou que está com o pé em forma ao fazer “hora extra” nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Após o coletivo onde escalou a mesma equipe das vitórias contra Fluminense Remo para pegar o Campinense, o treinador permaneceu no campo 1 com o auxiliar técnico Jaime de Almeida para trabalhos específicos com Amaral. Com papel fundamental na saída de bola da defesa para o ataque, o volante foi cobrado para aperfeiçoar os passes mais longos e lançamentos

Amaral Flamengo treino (Foto: Cahê Mota) 
Amaral treina lançamentos no Ninho do Urubu (Foto: Cahê Mota)

Com o jogador no centro do campo, Jorginho e Jaime abriram cada um em uma lateral para testar a pontaria de Amaral. Em determinado momento da atividade, o treinador pediu maior agilidade entre o domínio e o lançamento, além de simular situação de jogo para levar maior realidade ao treinamento:

- Tem que lançar o Gabriel e o Rafinha – gritou, orientando Amaral a acionar os dois jogadores que costumam atuar abertos, com Hernane centralizado no ataque. Luiz Antonio recebeu o mesmo tratamento.

Amaral Flamengo treino (Foto: Cahê Mota) 
Jorginho fez um trabalho específico com o volante nesta sexta-feira (Foto: Cahê Mota)

Titular desde a chegada de Jorginho, Amaral não tem reserva no elenco rubro-negro no momento. Destaque na marcação, o volante ainda peca na saída de bola e tem sido cobrar por Jorginho neste sentido. Ainda sem gols pelo Flamengo, ele tem chamado a atenção por arriscar chutes de fora da área. Dono da posição na Taça Guanabara, Cáceres realizou uma cirurgia no quadril recentemente e não tem previsão para retornar aos gramados.


PM proíbe camisas de rivais em jogo entre Campinense e Fla no Amigão



Tenente-coronel Souza Neto, comandante da Polícia Militar em Campina Grande (Foto: Nicolau de Castro / Jornal da Paraíba)
Visando evitar algum tipo de conflito ou provocação entre os torcedores dentro do Estádio Amigão na partida entre Campinense e Flamengo, marcada para a próxima quarta-feira e válida pela segunda fase da Copa do Brasil, o comando da Polícia Militar em Campina Grande decidiu impedir que torcedores vestidos com camisas de clubes adversários tenham acesso às arquibancadas do estádio.

Segundo o tenente-coronel Souza Neto, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, a medida serve para evitar que torcedores adversários comecem algum tipo de provocação, que possa vir a se transformar em uma briga generalizada.

- O que nós vamos impedir é que um torcedor com uma camisa metade do Treze e metade do Flamengo, por exemplo, queira entrar no estádio. A gente já se depara com tantas situações que podem acabar em tumulto que o que nós pudermos evitar iremos fazer. No mais, o torcedor que quiser ir a campo com sua camisa do Campinense ou do Flamengo não será impedido em momento algum de exercer seu direito de ir e vir - comentou Souza Neto.

Divisão das torcidas

Outra medida adotada pela PM para garantir a segurança dos torcedores durante o jogo da Copa do Brasil será a divisão das duas torcidas nas arquibancadas do Amigão. Pelo que vem sendo discutido, a torcida raposeira vai ocupar toda a extensão da arquibancada geral, e a arquibancada principal será dividida pelas duas torcidas, ficando os flamenguistas no lado esquerdo.

Campinense e Flamengo se enfrentam na próxima quarta-feira, a partir das 21h50, em jogo válido pela segunda fase da competição nacional. A segunda partida entre as duas equipes, se for necessária, ainda não tem data e nem local definido.

Estádio Amigão em Campina Grande (Foto: Magnus Menezes / Jornal da Paraíba) 
Partida entre Campinense e Flamengo acontece nesta quarta-feira no Estádio Amigão, em Campina Grande (Foto: Magnus Menezes / Jornal da Paraíba)
 
 
 

Campo do Maracanã ganha marcação e será finalizado neste sábado



Na véspera de receber seu primeiro jogo após 31 meses fechado para reformas, o Maracanã deu um passo fundamental, nesta sexta-feira, para voltar a abrigar uma partida de futebol. Durante toda a tarde e o início da noite, o gramado foi marcado com as linhas, e o campo está quase pronto para o amistoso entre amigos dos ex-jogadores Bebeto e Ronaldo. As traves e redes também já estão no palco.

As linhas, no entanto, ainda estão um pouco fracas, e uma "segunda mão" será realizada neste sábado para reforçar a marcação. O processo começou na quarta-feira, quando apenas as linhas de fundo foram parcialmente feitas.

A marcação está sendo realizado pela Greenleaf, empresa líder de mercado de gramados esportivos no Brasil. Ela também é responsável pelos campos dos seis estádios que sediarão a Copa das Confederações: Arena Pernambuco, em Recife, Arena Fonte Nova, em Salvador, Castelão, em Fortaleza, Mineirão, em Belo Horizonte, Mané Garrincha, em Brasília e Maracanã, no Rio de Janeiro.


Maracanã (Foto: Divulgação) 
Campo do Maracanã já tem marcação (Foto: Divulgação)
 
Apesar de a Greenleaf fornecer e cuidar dos seis gramados, o Maracanã recebeu um tratamento especial.  O estádio carioca é o único a ter o sistema de irrigação considerado o mais moderno do mundo, com 54 aspersores e fertirrigação, o que Isso permite uma precisão no controle da quantidade de água e de fertilizantes. A pintura da marcação do campo está sendo feita a laser - algo inédito na América Latina. De acordo com a empresa, o equipamento corrige automaticamente possíveis erros, mesmo que o operador da máquina saia da reta da marcação. Um técnico espanhol está no Rio de Janeiro exclusivamente para o procedimento.

Por causa das mudanças para se adaptar aos padrões da Fifa , o campo do Maracanã deixará de ter a dimensão de 110 m x 75 m e passará a ter 105 m x 68 m. A grama tipo Bermudas (espécie Cynodon Dactylon) foi cultivada durante cinco meses em uma fazenda na Região dos Lagos e depois foi levada pela Greenleaf em rolos para o estádio. A área ao redor do espaço para o jogo é coberta com grama artificial, assim como as áreas de aquecimento dos vestiários. que receberam um gramado sintético francês, que conta com um amortecedor alemão que ajuda a evitar lesões nos jogadores.

Maracanã (Foto: Divulgação) 
Neste sábado pela manhã, linhas ainda vão receber retoques (Foto: Divulgação)

O Maracanã também terá um pátio de maquinário de manutenção dos mais modernos, avaliado em R$ 900 mil reais. Ele é composto de vários equipamentos de última geração, entre eles, luzes artificiais para evitar desgaste da grama pela sombra.

O evento de sábado será o primeiro jogo-teste do Maracanã para a Copa das Confederações. No entanto, não haverá venda de ingressos. Apenas os funcionários e seus familiares acompanharão a partida. São esperadas cerca de 27 mil pessoas, entre operários, autoridades e jornalistas. A presidente Dilma Rousseff e o ministro Aldo Rebelo também estarão presentes.

Entre os jogadores e ex-atletas convidados para o amistoso, oito foram campeões do mundo em 1994 e dois participaram da campanha do penta em 2002.

O estádio vai receber três jogos na Copa das Confederações: México x Itália (16 de junho), Espanha x Taiti (20 de junho) e a final, marcada para 30 de junho. Em 2014, o Maracanãtambém terá a decisão do Mundial (13 de julho) e mais seis partidas.

Maracanã (Foto: Divulgação)

Maracanã na noite desta sexta-feira (Foto: Divulgação)






Rapidinha da coisa maldita, ''vasco''


Tribunal confirma suspensão preventiva de Carlos Alberto

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD/RJ) publicou nesta sexta-feira a decisão de suspender preventivamente Carlos Alberto pelo período de 30 dias. O jogador foi flagrado no exame antidoping após as amostras de urina colhidas ao fim do clássico contra o Fluminense, dia 2 de março, apresentarem as substâncias proibidas hidroclorotiazida e carboxi-tamoxifeno.

A partir desta sexta, data da publicação os advogados do vasco e de Carlos Alberto terão cinco dias para apresentarem a defesa escrita e as provas que desejarem. Em seguida, a Procuradoria terá dois dias para oferecer denúncia ao jogador, que, caso condenado, pode ser suspenso por dois anos.

Depois do oferecimento da denúncia, será marcada a data e a hora do julgamento de Carlos Alberto. A previsão inicial é de que a sessão ocorra daqui a cerca de 15 dias.

A defesa de Carlos Alberto levanta a hipótese de que as substâncias proibidas podem ter sido fruto de contaminação dos remédios usualmente ingeridos pelo jogador em seu tratamento ortomolecular. Os advogados pretendem levar para análise os produtos, feitos por uma farmácia de manipulação.

Campeão do Nordeste, Campinense preocupa Jorginho: 'Osso duro'


Jorginho Flamengo coletiva (Foto: Richard Souza) O Flamengo começou a preparar, nesta sexta-feira, a equipe que enfrentará o Campinense, na próxima quarta, fora de casa, pela segunda fase da Copa do Brasil. Com a mesma escalação que venceu Remo e Fluminense, Jorginho espera manter a boa fase da reta final do Carioca, mas sabe que não terá moleza pela frente. Após estudar o atual campeão nordestino, o treinador foi só elogios e previu um rival ofensivo no estádio Amigão, em Campina Grande.

- O foco hoje está no jogo da Copa do Brasil, que é muito importante. Vamos pegar um adversário osso duro de roer. O Campinense tem uma equipe guerreira, com jogadores velozes, e precisamos ter cuidados. É bom por ser um time que joga. Esse tipo é bom para enfrentarmos.

No primeiro coletivo visando à partida, a entrada de Wallace na vaga de González foi a única novidade. O chileno, no entanto, volta ao time normalmente e foi poupado da atividade para fazer uma programação especial, após retornar da seleção chilena. Depois de fazer muitos testes, Jorginho deixou claro que sua escalação ideal é Felipe, Léo Moura, Renato Santos, González e Ramon; Amaral, Elias, Renato e Gabriel; Rafinha e Hernane.

- Essa é a equipe que precisamos trabalhar. Hoje, eu tenho exatamente um parecer, um raio-x da minha equipe. São decisões em cima do que vimos e ninguém pode reclamar disso. Estamos criando uma forma de jogar, com características.

Caso vença por dois gols de diferença, o Flamengo elimina o Campinense sem a necessidade do jogo de volta. O panorama é o desejo de Jorginho para realização de uma intertemporada em Pinheiral, Sul do Rio de Janeiro, visando a estreia no Brasileirão, dia 26 de maio, contra o Santos.

- Temos uma agenda para as duas possibilidades (classificação direta ou não). Se conseguirmos passar, teremos um tempo maravilhoso para uma intertemporada. Tendo tempo para trabalhar perto, sentir o jogador, ter alguém na área de coaching, que é fundamental, esse é um time que vai se tornar muito forte. Este período vai dar cada vez mais estrutura física para aguentar uma batida pesada até o fim do ano.

Flamengo e Campinense se enfrentam na próxima quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), no estádio Amigão, em Campina Grande, pela segunda fase da Copa do Brasil. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real a partida.




'Não assinamos nada sobre Maracanã’, diz vice-presidente de finanças do Flamengo



Rodrigo Tostes é um vice-presidente de finanças bem diferente ao que o antecedeu no Flamengo, Michel Levy. Foi figura crucial para a obtenção das Certidões Negativas de Débito, que podem possibilitar ao clube contratos com empresas estatais e deram credibilidade no mercado. Mesmo assim, continuou reservado, como tem sido durante esses quase cinco meses como responsável pela parte mais crítica do clube hoje. Nesta entrevista, Tostes fala sobre como estão as negociações para o Flamengo ser parceiro do consórcio que vencer a licitação do Maracanã e como está sendo este trabalho inicial para diminuir a dívida gigantesca. Confira. 

Como está processo do Maracanã?
Vale a pena ressaltar que o Flamengo de forma alguma assinou qualquer termo de compromisso com um dos consórcios participantes. Só vai assinar se for um acordo bom para o clube. 


O que seria um acordo bom para o Flamengo?
Se eu antecipar qualquer coisa vai ser ruim para a minha negociação. Mas só vamos assinar se for um bom acordo. Não há compromisso com ninguém. 

E sozinhos?
Sim, tudo sozinho. As negociações nós estamos caminhando com os dois consórcios.

Em que pé isso está?
Estamos esperando o consórcio vencedor para evoluir só com ele. Por isso, o clube não assinou. 

Sobre as receitas de TV, o clube já adiantou uma parte?
Existe uma parcela mensal que o Flamengo recebe. Parte deste valor nós também já adiantamos. Não recebemos 100%. Quando chegamos, além de não recebermos 100%, a parcela que receberíamos estava penhorada. E o que estava penhorado agora foi liberado.

Está havendo um processo de corte de gastos rigoroso hoje. Vocês estão reduzindo onde exatamente?
Os exemplos estão aí. Futebol, esporte olímpico, dentro da Gávea. Estamos olhando todos os dias formas de reduzir custos. E estamos conseguindo. No meu departamento conseguimos reduzir 50% dos custos. Tínhamos 26 pessoas, agora são 17. Isso mostra que é muito mais uma questão de processo do que de pessoas ou salários altos que você paga. 

Como isso vai influenciar no futebol do clube?
Já está influenciando. Tivemos de tirar alguns jogadores, evitar negociações de compra de jogador. Só por empréstimo. Mas, por outro lado, os que ficaram eu acredito que estão muito satisfeitos. Estamos pagando em dia, antes o clube pagava dia 20 e agora, dia 5. Aquilo que pegamos atrasado nós renegociamos em 12 parcelas ou 24 parcelas, dependendo do valor da dívida. Acho que tem uma influência total no futebol. Não adianta trazer um atleta para pagar R$ 2 milhões por mês e os outros ficarem sem receber. Isso nós não vamos fazer. Essas loucuras não fazem mais parte do nosso dia a dia.

A expectativa é a de que esse primeiro momento dure quanto?
Eu acho que 2013 vai ser um ano difícil. E 2014 vai ser bem mais fácil do ponto de vista financeiro. Necessariamente, o clube precisa de reforços, não temos dúvida, e estamos buscando isso. Mas vai ser uma tarefa difícil de encontrar algo que caiba dentro do nosso custo operacional. 

Mas qual vai ser o modelo de negociação, então, para trazer reforços sem gastar?
O sócio-torcedor é a nossa tábua de salvação. Eu não me canso de dizer que cabe provar que essas 40 milhões de pessoas que torcem pelo Flamengo estão dispostas a contribuir para o clube. O momento da virada é esse. É o momento que o Flamengo mais precisa da torcida dele, a hora de levantar da cadeira e entrar em campo literalmente para ajudar a virar. Se não for agora, não vai ser nunca mais.


Jorginho comanda coletivo e mantém time das vitórias contra Flu e Remo


Wallace no treino do Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)
O técnico Jorginho começou a definir o time do Flamengo para o jogo contra o Campinense, na próxima quarta-feira, pela segunda fase da Copa do Brasil, no Amigão. Nesta sexta, separou titulares e reservas e deu indícios que deve manter no time os jogadores que atuaram nas vitórias contra o Fluminense, pelo Campeonato Carioca, e contra o Remo, no torneio nacional.

Os titulares treinaram com Felipe, Léo Moura, Renato Santos, Wallace e Ramon; Amaral, Elias, Renato e Gabriel; Rafinha e Hernane. A atividade aconteceu no campo 1 do Ninho do Urubu, liberado após reforma. Antes, os trabalhos vinham ocorrendo no 5.

Apesar de Wallace ter feito dupla de zaga com Renato Santos, a vaga ficará com González. Por ter retornado da seleção chilena, pela qual jogou contra o Brasil na última quarta, ele fez um trabalho físico. Já Alex Silva, que não foi a campo na quinta, atuou pelos reservas. Enquanto isso, Ibson e Mattheus fizeram um atividade a parte, separados do grupo, no campo 2 do Ninho. O trio deve ser negociado pelo Flamengo nas próximas semanas.



Jorginho: custo-benefício pesou nas dispensas e divide responsabilidade


Jorginho Flamengo coletiva (Foto: Richard Souza)
As decisões já foram tomadas e comunicadas, mas diretoria e Jorginho seguem com posições diferentes quando o assunto é a origem das mesmas. Depois do vice de futebol, Wallim Vasconcellos, dizer em entrevista coletiva, na última terça-feira, que dispensas, como as de Ibson e Alex Silva, eram decisões de Jorginho e não tinham relação com a questão financeira, nesta sexta o treinador foi quem entrou no contêiner que recebe a imprensa no Ninho do Urubu para dividir a responsabilidade.

Questionado se a dupla não teria condições técnicas de vestir a camisa do Flamengo, o comandante foi claro ao afirmar que tanto zagueiro quanto volante não deram a resposta esperada nas vezes que entraram em campo sob seu comando. No discurso, no entanto, ficou evidente que a relação custo-benefício foi levada em conta. Se outros atletas do grupo podem não ter o mesmo nível de Ibson e Alex Silva, a saída dos dois vem a calhar diante da necessidade de desafogar a folha salarial visando a chegada de reforços.

- Toda decisão é técnica, mas nunca é sozinha. Está em conjunto com a diretoria. Quando cheguei, tínhamos a necessidade de reforços. Isso foi falado pela diretoria. Principalmente falando da realidade atual, temos que nos ajustar. Não podemos pensar em contratar o Neymar, é impossível. Diante dessa colocação, falei de algumas posições carentes. Foi colocado por eles (dirigentes) que para jogadores chegassem, naturalmente é preciso abrir espaço, porque há um limite em termos financeiros. E na área técnica esses jogadores não me deram a resposta que esperava. Se for ver direitinho, testei todos os jogadores, com exceção do Matheus. É uma determinação técnica em conjunto com a diretoria. Se permanecermos com todos, vamos acabar subindo para um número de 35 no elenco, o que é inviável.

Jorginho garantiu ainda ter resolvido os problemas expostos por Alex Silva em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, na última quinta-feira. Na ocasião, o zagueiro se disse decepcionado com o treinador. Um bate-papo logo após a publicação das declarações, porém, parece ter selado a paz.

- O Alex é um cara que eu tenho um respeito muito grande. Não foi à toa que o coloquei como capitão e o entendo muito bem. Toda determinação foi passada ao empresário dele pelo Pelaipe, e nisso eu não me meto. Conversei olho no olho com ele ontem (quinta-feira), batemos um papão. Entendi (o lado do jogador). Não era para ele ir a imprensa, sempre fui aberto ao diálogo. Tanto ele quanto o Ibson são fantásticos, cumprem com o que devem e são profissionais, além de grandes jogadores. No momento, não contamos com eles para Copa do Brasil e Brasileiro, mas têm mercado. Foi muito bom conversar com ele. Tudo está muito bem entre nós.

Fora dos planos, Ibson fez um trabalho a parte ao lado de Matheus, que também está de saída, na manhã desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Já Alex Silva participou do coletivo, uma vez que González, de volta após enfrentar o Brasil pela seleção chilena, realizou atividades físicas.

Ingressos para Campinense x Fla também vão ser vendidos na capital



Federação Paraibana de Futebol (FPF) (Foto: Cadu Vieira)
A Federação Paraibana de Futebol anunciou, nesta sexta-feira, que os ingressos para o jogo entre Campinense e Flamengo, válido pela segunda fase da Copa do Brasil, vão ser vendidos também em João Pessoa. A partida está marcada para acontecer às 21h50 da próxima quarta-feira, no Estádio Amigão, em Campina Grande.

As vendas vão acontecer somente na próxima segunda-feira, das 9h às 17h, na sede da entidade máxima do futebol paraibano, localizada no bairro de Tambiá, no centro da capital.

Em Campina Grande, os ingressos serão vendidos na loja oficial e secretaria do clube e em pontos comerciais espalhados pela cidade. A data de início das vendas ainda não foi anunciado pela diretoria rubro-negra.

Os ingressos vão custar R$ 40 para arquibancada sol, R$ 60 para a sombra, R$ 120 para cadeiras e R$ 15 para crianças. Estudantes terão o direito a meia entrada.

De acordo com a diretoria do clube, a torcida do Flamengo vai ocupar um espaço reservado na arquibancada sombra e pagará o mesmo valor da torcida do Campinense, que terá o restante do estádio a sua disposição.

Dívida com Avaí pode barrar planos de Jorginho para Cleber Santana


Cleber Santana treino Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
Enquanto Ibson e Alex Silva são liberados, Jorginho trabalha internamente para manter Cleber Santana no elenco do Flamengo. Com propostas de Avaí, Joinville e Náutico para a sequência da temporada, o meia ainda não definiu o futuro, mas já ouviu do treinador o desejo de sua permanência para a Copa do Brasil e o Brasileirão. O lado financeiro, no entanto, pode acabar sendo determinante em uma transferência para o time de Florianópolis.

Cleber Santana chegou ao Flamengo em setembro do ano passado, vindo do próprio Avaí. E é exatamente o abatimento de uma dívida com os catarinenses o que pesa a favor da transferência. Ciente de toda situação, Jorginho deixa claro seu desejo e aguarda uma definição de atleta e diretoria.

- É um jogador importante e já conversei com a diretoria. Quero o Cleber, que é um grande atleta, joga em posições importantes e tem uma liderança muito forte. Isso é muito bom, mas há toda uma questão além da parte técnica. Não sei como está a situação do Avaí, de quando ele veio. Tudo deve ser pensado, mas quero tê-lo aqui.

A definição do futuro de Cleber Santana é apenas mais um assunto em pauta nas reuniões diárias que Paulo Pelaipe, diretor executivo, e Wallim Vasconcellos, vice de futebol, têm realizado. A necessidade de reforços é evidente, mas Jorginho se apressarem descartar a chegada de um nome de peso sem ser através de uma parceria com uma grande empresa. O treinador, por sua vez, se mostra otimista em ações bem sucedidas no chamado mercado alternativo, que envolve equipes de médio e pequeno porte.

 - Alguns clubes pegaram jogadores que eram desconhecidos para os cariocas e estão despontando, chegando até mesmo na Seleção. Temos uma margem pequena de erro. A contratação tem que ser muito bem feita. Por isso, não é bom citar nomes. Não vamos ter uma equipe de grandes nomes, mas podem surgir alguns importantes. Vamos ser competitivos.

O exemplo dado por Jorginho já tinha sido utilizado pelo vice de marketing, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM. Na ocasião, ele lembrou a passagem de Willians com a camisa do Flamengo, vindo do Santo André, e o sucesso da dupla Ralf e Paulinho no Corinthians.

O Rubro-Negro busca cinco reforços: um zagueiro, um lateral-direito, um atacante e dois jogadores para o meio. Desses, Roger Carvalho, zagueiro do Bologna, da Itália, é quem está mais próximo de um acerto, conforme confirmou Pelaipe.


Maracanã: ingressos para evento-teste têm fotos de Ronaldo e Bebeto

Os operários que trabalham na obra do Maracanã têm até esta sexta-feira para retirar os ingressos para o evento-teste da Copa das Confederações, sábado. Cada entrada tem o nome do funcionário e o número do assento, além de fotos de Ronaldo e Bebeto (uma partida entre amigos dos dois ex-jogadores será realizada a partir das 19h).

Na última quarta, a distribuição das entradas foi marcada por uma confusão envolvendo operários e seguranças por causa da demora na entrega dos bilhetes e o procedimento quase foi suspenso pelos responsáveis pela reforma.

Cada operário do Maracanã tem direito a um ingresso próprio, mais alguns para familiares: de acordo com o número de dependentes indicados na ficha da contratação. São esperadas 27.500 pessoas no estádio, já que também haverá presença da imprensa e de convidados do governo do estado do Rio de Janeiro (como a presidente Dilma Rousseff).

Operários ingressos reabertura maracanã (Foto: Ale Silva / Agência Estado) 
Funcionário exibe o ingresso para o evento-teste no Maracaná, sábado (Foto: Ale Silva / Agência Estado)
 
Na quinta, o governo divulgou a lista dos 32 ídolos do futebol que participarão do jogo com Ronaldo e Bebeto. Chama a atenção a ausência de Zico, maior artilheiro da história do Maracanã com 333 gols, e de Romário, que havia sido confirmado por Bebeto como seu companheiro de ataque na partida.

Craque do futsal, Falcão foi chamado para a festa, mas afirmou que não poderá comparecer ao evento no sábado por causa de uma lesão muscular. Pela internet, o camisa 12 revelou ainda o convite do governo do Rio para os ídolos convocados pelos ex-atacantes:

convite reabertura maracanã amigos de Bebeto e amigos de Ronaldo (Foto: Divulgação) 
O convite para o jogo entre amigos de Ronaldo e Bebeto, divulgado por Falcão (Foto: Instagram)

Pai de Marcelo Moreno diz que filho quer jogar no Flamengo


HOME Marcelo Moreno - Grêmio x Huachipato (Foto: Ricardo Rímoli)Precisando urgentemente de um atacante para a disputa do Campeonato Brasileiro, o Flamengo já começou a sua busca por boas opções no mercado. E um dos nomes que seria um dos alvos desta busca é o do atacante Marcelo Moreno, que está de saída do Grêmio.

O pai e procurador do jogador, Mauro Martins, revelou ao MAIS que, se depender da vontade do filho, o seu destino será o Fla.

- Seria uma boa o Marcelo Moreno ir para o Flamengo, é um clube gigante no mundo inteiro. Ele saindo do Grêmio, ele escolhe o Flamengo. Eu mesmo vou pedir para ele ir , a preferência dele é essa - revelou.

A vontade de Martins em ver o filho no Fla é tamanha, que ele já imagina Moreno com a camisa de um grande ídolo:

- Não vejo ele usando a 10 do Zico, quero ele com a 9, do Doval (atacante argentino do Flamengo na década de 1970). Se o Marcelo fizer o mesmo sucesso do Doval no Flamengo, estarei muito feliz.

BATE-BOLA
Mauro Martins
Pai e empresário de Marcelo Moreno


A torcida do Flamengo espera um grande atacante para o Brasileiro e seu filho seria um dos preferidos. O que acha disso?
Maravilhoso, a torcida do Flamengo é maravilhosa. Conheço o Flamengo desde a época de Adílio, Andrade e Zico. É um clube que todo o jogador sonha em jogar, meu filho não é diferente.

Essa situação com o Grêmio parece estar definida, mas e o futuro do seu filho?
Os principais clubes do Brasil me ligaram e procuraram saber do Marcelo. Não só do Brasil, mas da Europa também. Mas acredito que ele queira continuar no Brasil. Vamos resolver o que temos de resolver no Grêmio.


Rapidinhas da coisa maldita, ''vasco''.


'Esmola' do bem: torcida faz na web campanha para ajudar o vasco sair da merda

Bernardo é espancado em favela carioca
O apoiador Bernardo tomou um enorme susto no último domingo, dia 21. O jogador do vasco foi sequestrado e agredido por traficantes dentro do Complexo da Maré. O motivo teria sido o seu envolvimento com Dayana Rodrigues, supostamente uma das mulheres de Marcelo Santos das Dores, o Menor P, líder do tráfico no local.

Bernardo e Dayana teriam sido flagrados por bandidos na Favela Salsa e Merengue, e de lá levados para uma casa na Vila do João, onde teriam sido deixados nus, amarrados com fita crepe, torturados com choques elétricos e espancados.

Dayana levou sete tiros nas pernas, foi libertada e atendida no Hospital Santa Maria Madalena, na Ilha do Governador. De lá seguiu para o Hospital Souza Aguiar, onde permaneceu até esta quinta-feira. O caso foi registrado na 37ª DP (Ilha do Governador) sob o registro de ocorrência 037-02705/2013 e está sendo investigado pela 21ª Delegacia Policial (Bonsucesso)

Diretor do São Paulo rebate acusação de aliciamento, ataca e humilha a coisa maldita, ''vasco''
- O Renê está chateado porque ele vem perdendo atletas seguidamente e está num clube que, infelizmente, de acordo com matérias publicadas e apesar da grandeza do vasco, vive em condições precárias de higiene, sem papel higiênico, tampa na privada, esgoto a céu aberto. Além de tudo, aqueles jogadores que têm contrato, com uma ajuda de custo, não estão recebendo. Esses jogadores estão conseguindo a liberação da Justiça e indo para outros clubes, mas quando vêm para o São Paulo, dá Ibope.

Credora do vasco, Fazenda bloqueia a transferência de Dedé ao Cruzeiro

Com transferência para o Cruzeiro bloqueada, Dedé teme ficar sem jogar

vasco diz que já gastou verba por Dedé: 'Não sei o que pode ser feito'

Dedé entra na Justiça do Trabalho para desbloquear sua transferência