Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 1 de junho de 2013

Venda para Flamengo x Náutico começa sábado para sócios-torcedores


 Membros do Nação Rubro-Negra poderão adquirir ingressos para a partida entre Flamengo x Náutico a partir das 12h deste sábado (1.06). Sócios-torcedores de Santa Catarina não pagam ingressos e os que forem membros dos planos +Paixão e Paixão terão acesso ao setor VIP do estádio de graça (demais plano pagam metade do preço pelo setor). Torcedores de outras regiões do Nação Rubro-Negra terão 50% de desconto em qualquer espaço. O jogo será na próxima quarta-feira (05.06), às 22h, no estádio Orlando Scarpeli, em Florianópolis.

A partir de segunda-feira, os demais torcedores poderão comprar entradas para o jogo pela internet e pontos de venda. As entradas para o jogo custam de R$120 a R$60 (R$60 a R$30 a meia-entrada), dependendo do setor.

Os gols de Atlético PR 2 x 2 Flamengo - Brasileirão 2013 (01/06/13)


Jorginho elogia poder de reação do Flamengo: 'Extremamente positivo'


.Depois de levar dois gols do Atlético-PR, o Flamengo conseguiu a reação e empatou a partida por 2 a 2, neste sábado, na Arena Joinville. Os gols foram marcados por Moreno e Renato, que havia sido barrado e melhorou o time ao ser lançado após o intervalo. A primeira vitória no Brasileiro ainda não aconteceu, mas o técnico Jorginho afirmou estar satisfeito com o resultado.

O comandante enalteceu principalmente o poder de reação do Fla e o efeito positivo das mexidas que fez: Léo Moura, Carlos Eduardo e Gabriel saíram para as entradas de Renato, Rafinha e Hernane.

- Tivemos muitos pontos positivos, principalmente no segundo tempo. Poder de reação grande, típico do Flamengo. Temos que jogar desta forma, com alegria, se ajudando, com raça e organização. Foi bom. As substituições feitas deram o resultado que nós queríamos. Foi um resultado extremamente positivo para nós, principalmente por causa da reação - elogiou o treinador, que surpreendeu ao escalar Paulinho e Carlos Eduardo no time titular.

Do estádio em Joinville a delegação rubro-negra seguiu viagem para Curitiba, onde dormirá de sábado para domingo antes do embarque para o Rio de Janeiro. Jorginho foi direto para o aeroporto para resolver questões particulares, assim como o zagueiro González, que se apresenta à seleção chilena.

Feliz pelo gol de empate do Fla, Renato comemora 'volta por cima'



HOME Atlético-PR x Flamengo - Renato (Foto: Landro Ferreira /Futura Press)O pênalti desperdiçado contra a Ponte Preta e a barração na partida diante do Atlético-PR, neste sábado, davam indícios de que o volante Renato daria início a uma má fase dentro do Flamengo. O volante, porém, entrou no intervalo do jogo contra o Furacão e marcou o gol de empate do Rubro-Negro carioca.

Principal responsável por salvar o time da Gávea de mais uma derrota no Brasileirão, Renato comentou a relação de amor e ódio que tem com clube e com os torcedores rubro-negros.

- Fico feliz pelo gol. Tenho seis anos no Flamengo e isso é igual a um relacionamento, um namoro. Nós brigamos, discutimos, mas quando se reata é mais forte ainda. Sou um ser humano e se erramos é porque estamos tentando - desabafou o experiente jogador.

Renato ainda fez questão de enaltecer a raça do grupo, que conseguiu empatar um jogo que parecia perdido.

- O que me deixa mais contente é a garra demonstrada por todos os jogadores. Corremos atrás do placar e evitamos a derrota. Estou muito feliz - pontuou o volante.

Com o empate em 2 a 2 diante do Atlético-PR, o Flamengo soma dois pontos no Brasileirão e segue sem vencer na competição.





Elias elogia goleiro do Furacão, mas pede atitude durante o jogo inteiro


Marcão e Elias, Atlético-PR x Flamengo (Foto: Heuler Andrey/Agência Estado)
O volante Elias não gostou do empate por 2 a 2 entre Flamengo e Atlético-PR na tarde deste sábado, em Joinville. Mesmo com o time rubro-negro perdendo a partida por 2 a 0 até os 32 minutos do segundo tempo, na visão do jogador, a equipe foi muito superior ao adversário na etapa final e merecia melhor sorte. Weverton, goleiro do Furacão, foi eleito o culpado pelo tropeço dos cariocas.

- Nosso time foi bem melhor do que o deles no segundo tempo. Criamos muito, mas o goleiro fechou o gol, pegou tudo. (o resultado) Foi ruim, porque fomos melhores no geral. Temos de fazer os gols - ressaltou Elias à Rádio Globo, vascaína;.

Todavia, a apática atuação nos 45 minutos iniciais foi criticada pelo atleta, que deixou claro a lição aprendida pelo grupo para a sequência da competição.

- No primeiro tempo, eles dominaram. Fica a lição que temos de jogar os 90 minutos do mesmo jeito - reclamou.


Presidente do Fla exalta conquista no basquete: 'Esporte querido da Nação'



Eduardo Bandeira de Mello acompanhou de perto a conquista do bicampeonato do Novo Basquete Brasil (NBB) pelo Flamengo, neste sábado, na Arena da Barra. Após a vitória sobre o Uberlândia na decisão por 77 a 70 com a presença de 16.364 torcedores (14.445 pagantes), o presidente do clube, que usava uma camisa do programa de sócios-torcedores, festejou bastante com os jogadores, atendeu aos pedidos de de fotos e autógrafos e ressaltou a importância do basquete.

- É fantástica essa conquista. O basquete é o esporte querido da Nação rubro-negra. Olha, tem que ter coração para aguentar isso aí - relatou o dirigente, visivelmente emocionado para, em seguida, ser abraçado por Duda e acrescentar:

- Esse é meu xará, é fera demais. Jogou muito. Parabéns.

O mandatário do clube ainda fez questão de dedicar a conquista ao diretor executivo de Esportes Olímpicos do Flamengo, Marcelo Vido, e ao comandante José Neto, além dos atletas.

- Emoção é muito grande. Esse título é do povo, é do Marcelo Vido, é do (José) Neto, desses jogadores fantásticos que honraram o manto sagrado. Estou muito feliz. Esse é o primeiro de uma série de títulos que o basquete vai nos dar.

Basquete NBB Flamengo Campeão Bandeira de Mello Kojo (Foto: Celso Pupo/Agência Estado) 
Eduardo Bandeira de Mello cumprimenta o armador Kojo (Foto: Celso Pupo/Agência Estado)

Mesmo ainda em festa pelo basquete, o presidente Eduardo Bandeira de Mello não conseguiu fugir do assunto futebol. Para ele, mesmo após o começo ruim no Brasileirão, o Rubro-Negro conseguirá reverter o quadro. Apesar de não descartar reforços, ele se disse satisfeito com o elenco atual.

- A gente vai conseguir no futebol também porque essa galera merece muito mais que isso. O Flamengo vem bem. Começamos não muito bem, mas tenho certeza que vamos virar esse jogo, dar a volta por cima e fazer uma grande campanha esse ano. Podem vir, mas tenho confiança plena nesses jogadores que estão aí - concluiu Bandeira, antes do empate da equipe com o Atlético-PR neste sábado.

Copa do Brasil de Fut7: Flamengo despacha o Grêmio, e Corinthians é eliminado


A Copa do Brasil de Futebol 7, realizada em Santa Catarina, teve seus confrontos de quartas de final definidos neste sábado. Dois times grandes deram adeus à competição: Grêmio e Corinthians, que não conseguiram superar Flamengo e Madureira, respectivamente, e foram eliminados. Outro time carioca no torneio, o America empatou com o Torino, mas avançou por ter melhor campanha.

Na primeira partida, o Flamengo saiu na frente do Grêmio, que demonstrou muita raça e virou o jogo. No entanto, sem desespero, o Rubro-Negro soube reverter o panorama e fechou o placar em 4 a 2, mantendo os 100% de aproveitamento até aqui. Logo em seguida, Madureira e Corinthians entraram em campo. De cara, o Timão marcou o seu gol. O Tricolor Suburbano não se abateu e conseguiu virar para 3 a 1. Os paulistas ainda descontaram no fim.

Já o America ficou no empate em 1 a 1 com o Torino, mas se classificou para as quartas por ter melhor campanha que o adversário. The Marrents, MBS, Avaí, AABB Florianópolis e BMH também avançam.

Flamengo vence o Grêmio e avança na Copa do Brasil de futebol 7 (Foto: Joaquim Azevedo/JornalF7) 
Flamengo passou pelo Grêmio e se garantiu nas quartas da competição (Foto: Joaquim Azevedo/JornalF7)
 
Confira os duelos das quartas
America x The Marrents
Flamengo x MBS
Avaí x AABB Florianópolis
Madureira x BMH

Como a Copa do Brasil é uma competição curta, as quartas de final acontecem ainda neste sábado.



Atlético-PR 2 x 2 Flamengo

            
                 Ficha técnica

Data:  01/06/2013

Hora: 16h20m (de Brasília)

Local:  Arena Joinville



Gols: Éderson (2)(Atl) Marcelo Moreno, Renato(Fla)

Cartões amarelo: João Paulo,Léo Moura,Luiz Antonio, Renato (Fla)Jonas(Atl)

Árbitro:  Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS)
Auxiliares:  Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS)


Flamengo: Felipe; Léo Moura(Rafinha), Renato Santos, Marcos González e João Paulo; Luiz Antonio, Elias, Paulinho e Gabriel(Hernane); Carlos Eduardo( Renato) e Marcelo Moreno.
Técnico: Jorginho


Atlético-PR: Weverton; Jonas, Cleberson, Manoel e Pedro Botelho; Deivid(Juninho), João Paulo, Felipe(Douglas Coutinho) e Everton; Ederson( Marcelo) e Marcão.
Técnico: Ricardo Drubscky


Torcida do Fla da região Sul vai em grande número ao estádio apoiar o time


Os torcedores do Flamengo deram uma prova de confiança no time neste sábado e compareceu em bom número na Arena Joinville para o jogo contra o Atlético-PR. Muitas torcidas organizadas da região não perderam a oportunidade de ver a equipe de perto. Um grupo foi ao hotel para acompanhar a saída dos atletas e dar incentivo. Do lado de fora, o clima foi de tranquilidade com os atleticanos.

Arena joinville torcida flamengo (Foto: Fred Huber ) 
Arena joinville torcida Flamengo (Foto: Fred Huber )
 
Os ambulantes também fizeram a festa no entorno do estádio e até dentro do estacionamento, perto da entrada dos torcedores do Fla. Eles venderam diversos produtos piratas, como camisas, bandeiras e faixas. O uniforme, já com o novo patrocinador, é vendido por R$ 30. Enquanto aguardam a bola rolar, muitos bebem cerveja e comem churrasquinho, vendidos ali mesmo.

Quem também marcou presença foram os cambistas, que abordavam atleticanos e flamenguistas sem constrangimento, apesar da proximidade da polícia.

O Flamengo é o 16º colocado do Campeonato Brasileiro com apenas um ponto. Contra o Furacão, a equipe tenta a primeira vitória na competição.

Arena joinville torcida flamengo (Foto: Fred Huber ) 
Churrasquinho e cerveja à disposição das torcidas (Foto: Fred Huber )

Arena joinville torcida flamengo (Foto: Fred Huber ) 
Entrada da torcida do Flamengo na Arena Joinville (Foto: Fred Huber )

Arena joinville torcida flamengo (Foto: Fred Huber ) 
Ambulantes comercializam produtos piratas no estacionamento do estádio (Foto: Fred Huber )

Copa do Brasil de Fut7 tem Flamengo, Grêmio e Corinthians nas oitavas


Roni, jogador do Flamengo no futebol 7 (Foto: Davi Pereira/JornalF7)
A primeira fase da Copa do Brasil de Futebol 7, realizada em Santa Catarina, não deu espaço para zebras. Flamengo,  Grêmio e Corinthians, despacharam seus adversários e avançaram para as oitavas de final. A eliminação do Fluminense, que perdeu para o Caja-PR, foi o resultado inesperado do dia, que também contou com boas atuações de Madureira, America e Avaí.

Buscanco o tricampeonato, o Flamengo venceu seus dois jogos na primeira fase e segue com 100% de aproveitamento. Contra o Bola na Rede, a equipe saiu atrás no placar, mas se recuperou e fechou em 4 a 2. Logo em seguida, despachou o Torino por 3 a 2. O outro time que venceu os dois jogos foi o Madureira, que passou pelo CCSA e Campina Grande do Sul. O Tricolor Suburbano, inclusive, é a equipe com melhor campanha, por conta do saldo de gols.

A surpresa desagradável ficou por conta do Fluminense, que segurou um empate com o Caja-PR até os últimos minutos, mas sofreu o gol no apagar das luzes e deu adeus à competição. Avaí, Guarani de Palhoça, America, Torino, The Marrents, Projecta, MBS, Acadêmicos da Bola, AABB Florianópolis, Quadrilheiros, BMH e G7 Sport também seguem vivos no torneio.

Confira os cruzamentos das oitavas

Madureira x Corinthians
Avaí x Guarani de Palhoça
Flamengo x Grêmio
America x Torino
The Marrents x Projecta
MBS x Acadêmicos da Bola
AABB Florianópolis x Quadrilheiros
BMH x G7 Sport


Melhores momentos Flamengo 77 x 70 Uberlândia pela Final do NBB


Flamengo é bicampeão do NBB


Cria da Gávea, Benite admite: 'Depois do que eu vi aqui, minha vontade é continuar no Fla'


Felipe Melo parabeniza torcida do Fla pela festa no NBB: 'Deu um show'


Felipe Melo nunca escondeu de ninguém a sua paixão pelo Flamengo. Cria das categorias de base do clube, o meio-campo já admitiu por diversas vezes a sua vontade de retornar um dia. Emprestado pela Juventus ao Galatasaray, de onde saiu após o fim da temporada, o jogador pode estar retornando ao Brasil, e tem propostas de diversos clubes, um deles seria o próprio Flamengo. Neste sábado, pelas redes socias, o jogador demonstrou mais uma vez seu amor pelo rubro-negro.

Acompanhando a decisão do Novo Basquete Brasil, vencida pelo rubro-negro por 77 a 70 em cima do Uberlândia, Felipe Melo elogiou a torcida flamenguista.


Reprodução twitter Felipe melo parabeniza flamengo basquete (Foto: Reprodução / Twitter) 
Felipe Melo usa o Twitter para parabenizar a torcida do Flamengo pela festa (Foto: Reprodução / Twitter)
 
- É de ficar emocionado, parabéns ao flamengo pelo #bicampeonato no #nbb , parabéns para essa torcida que simplesmente deu show! #flacampeao - disse Felipe Melo pelo Twitter.

Durante a semana, o jogador esteve no Arena Sportv e ao falar do seu futuro brincou, dizendo que nunca jogará no vasco.



Marquinhos é eleito MVP do NBB, e Franca e Bauru dominam prêmios



Marquinhos liderou o Flamengo durante toda a temporada do NBB 2012/2013 até o título deste sábado contra o Uberlândia, na Arena da Barra, no Rio. Após a conquista, o ala foi eleito o MVP (jogador mais valioso) do campeonato e ajudou a equipe carioca a dominar a seleção do NBB, com dois jogadores. Além dos rubro-negros Marquinhos (ala) e Caio Torres (pivô), completam o time Fúlvio (armador), do São José, Robert Day (ala), do Uberlândia, e Rafael Mineiro (pivô), do Pinheiros.

Com dois representantes cada um, Franca e Bauru foram os times que conquistaram mais prêmios na temporada. O Franca teve Leo Meindl como o Melhor Sexto Homem do NBB, e Lula Ferreira como o Melhor Técnico. A equipe de Bauru ficou com os troféus de Destaque Jovem, para Ricardo Fischer, e Jogador que mais evoluiu, com Gui Deodato. Alex, do Brasília, foi eleito o Melhor Defensor.

- Os prêmios foram importantes, mas, apesar de ter sido eleito melhor jogador, o grupo foi mais importante. O título foi o melhor presente de aniversário que eu poderia ter. Queria agradecer à torcida que me recebeu de braços abertos. Esse título representa um trabalho de muita batalha e superação, um projeto incrível da comissão técnica. Felizmente conseguimos colocar em prática dentro de quadra. Tive sondagens de outos clubes, da NBA, mas hoje eu quero ficar no Flamengo - disse Marquinhos, que completou 29 anos na sexta-feira, véspera da decisão.

Cestinha da final com 23 pontos, Caio Torres ainda foi eleito o MVP da decisão.

Basquete nbb Flamengo e Uberlândia final marquinho melhor jogador da temporada (Foto: André Durão / Globoesporte.com) 
Marquinhos recebe o prêmio de melhor jogador da temporada (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

Seleção do NBB 2012/2013
Armador: Fúlvio (São José)
Alas: Marquinhos (Flamengo) e Robert Day (Uberlândia)
Pivôs: Rafael Mineiro (Pinheiros) e Caio Torres (Flamengo)

Prêmios
MVP do NBB: Marquinhos (Flamengo)
Sexto Homem: Leo Meindl (Franca)
Destaque Jovem: Ricardo Fischer (Bauru)
Jogador que mais evoluiu: Gui Deodato (Bauru)
Melhor Defensor: Alex (Brasília)
Melhor Técnico: Lula Ferreira (Franca)

Sofrendo sem jogar, Marcelinho ergue a taça: 'Time com a cara do Flamengo'



Dentro de quadra, o Novo Basquete Brasil terminou para Marcelinho no primeiro jogo da temporada. Contra o Vila Velha Basquete, fora de casa, no Espírito Santo, o jogador teve uma séria lesão no joelho. Não conseguiu mais retornar. Mesmo assim, primeiro da fisioterapia, depois nos treinos de recuperação e por último, do banco de reservas, o capitão rubro-negro teve a sua parcela de participação na conquista do Flamengo. E levantou a taça de campeão do NBB5.

Mesmo se estivesse recuperado, Marcelinho não poderia jogar. Por conta da confusão no jogo 4 da semifinal diante do São José, o ala foi suspenso preventivamente. Assim, de fora da quadra, mais uma vez apoiou, cobrou, vibrou e deu uma de "auxiliar" do técnico José Neto. Neste sábado, após a vitória por 77 a 70 diante do Uberlândia, numa Arena da Barra lotada, Marcelinho foi bastante festejado pelos companheiros. E se emocionou ao ouvir do grupo que o título conquistado era decicado a ele.

final basquete NBB Flamengo e uberlândia Marcelinho troféu (Foto: André Durão / Globoesporte.com) 
Marcelinho sofreu fora da quadra, mas levantou a taça de campeão (Foto: André Durão / Globoesporte.com)
 
- É muito difícil ficar de fora. Foi uma emoção diferente. Mas é gratificante ouvir os jogadores dizerem que o título é "para você". Muitos jogadores que não tinham vencido ainda um Brasileiro, se doaram para o time, todos eles, Duda, Benite, Gegê, Shilton, Marquinhos. É um time que tem a cara do Flamengo e merecia vencer - disse Marcelinho.

O jogador colocou como um dos principais trunfos do Flamengo a qualidade do grupo para atuar em mais de uma posição.

- O plantel foi muito bem montado. Com vários jogadores prontos para atuar em diversas funções. Eu perdi a temporada inteira, mas o time não sentiu nada. Pelo contrário, isso deu mais força para o time. Me sinto muito honrado em fazer parte dessa equipe - finalizou o capitão.


Duda não segura o choro e brinca após título: 'O bigode vai sair agora'

.


 O sexto homem do Flamengo no Novo Basquete Brasil veio abaixo. Chorou. Responsável não só por grande parte das bolas de três do rubro-negro no Novo Basquete Brasil, Duda Machado é a pulsação do time, no banco ou na quadra. É o que mais vibra, por vezes provoca, e extravasa nas comemorações. Campeão do NBB5, o ala não conteve a emoção com a vitória por 77 a 70. 

Ao final do jogo, Duda não segurou o choro. Óbvio, de felicidade, e por que não, de alívio.
Com a taça na mão, agora o camisa 10 poderá deixar para trás o já famoso "bigode  da sorte" que ostenta desde pouco antes do início dos playoffs.

- É muito especial. O time estava voltado para isso. Sabemos o quanto é difícil chegar nesse momento, são 18 times na competição. A gente pode botar a cabeça no travesseiro tranquilo. O bigode vai sair agora - brincou o jogador do rubro-negro.

final basquete NBB Duda Flamengo e uberlândia (Foto: André Durão / Globoesporte.com) 
Antes do jogo, Duda brinca com o sobrino, filho do irmão Marcelinho (Foto: André Durão / Globoesporte.com)
Outro em êxtase com a conquista era o pivô Olivinha. Classificando o título do Novo Basquete Brasil como um momento marcante na carreira, o jogador enalteceu a torcida do Flamengo e os companheiros.

- O título é um momento marcante da minha carreira. Nenhuma equipe trabalhou mais que a gente. Todos estão de parabéns. A torcida lotou durante o campeonato inteiro, nos apoiou sempre. Parabéns para o Flamengo. Agora é comemorar muito - disse Olivinha.

Herói da final, Caio faz declaração de amor: 'Não há torcida como a do Fla'



O pivô Caio Torres acordou na última quinta-feira fora da decisão do Novo Basquete Brasil. Uma decisão do STJD, naquele momento, tirava o jogador da final contra o Uberlândia por conta da confusão no jogo 4 da semifinal diante do São José. Mas quis o destino que o jogador estivesse em quadra. No mesmo dia, o Flamengo derrubou a liminar e garantiu o pivô em quadra. E fez bem.

Caio foi o herói rubro-negro, o MVP (jogador mais valioso da final) da final do NBB, sendo o cestinha da partida, com 23 pontos, além de ter pego 13 rebotes. Emocionado com a vitória por 77 a 70, o jogador fez uma declaração de amor à torcida do Flamengo.

- Treinamos o ano inteiro para fazer a melhor campanha e ter a decisão aqui, em casa. Só tenho a agradecer a torcida do Flamengo e a diretoria. Essa torcida é a resposta do nosso trabalho. Não existe nenhuma torcida no Brasil como a do Flamengo. É diferente - disse o pivô.

Mesmo com o bom desempenho individual, Caio prefere falar do coletivo. Para o jogador, o time esteve muito bem na decisão. E mereceu o título.

- Não sou o herói. Não me considero. Fiz isso com a ajuda dos companheiros. Juntos, conseguimos isso. O time todo defendeu muito bem, marcou muito, e conseguimos esse título.

Perto de ser pai, Caio prefere não pensar no futuro agora. Quer curtir o título e o filho.

- Meu contrato acaba agora, mas não é hora de pensar nisso. Vamos conversar, vamos ver o que vai acontecer, ainda não sei. Esse título é para minha esposa, minha família e para o meu filho que está por vir - finalizou Caio Torres.

Flamengo é bicampeão do NBB


FLA SE IMPÕE SOBRE O UBERLÂNDIA
E SOLTA O GRITO DE BICAMPEÃO (André Durão / Globoesporte.com)Até a noite de quinta-feira, Caio Torres estava fora da final do NBB, disputada na manhã deste sábado. O pivô chegou a ser suspenso preventivamente pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas o tribunal voltou atrás e revogou a punição. Melhor para o técnico José Neto, para os 16.364 torcedores (14.445 pagantes) que lotaram a Arena da Barra, no Rio de Janeiro, e para o Flamengo. Caio foi o cestinha do duelo com 23 pontos, pegou dez rebotes e comandou a vitória por 77 a 70 sobre o Uberlândia que garantiu o bicampeonato do NBB ao Rubro-Negro.

Marquinhos contribuiu com mais 16 pontos, e Olivinha foi outro a fazer um duplo-duplo (10 pontos e 12 rebotes). Do lado do Uberlândia, Luis Gruber foi o destaque, com 20 pontos, mas precisou ficar muito tempo no banco por causa das faltas cometidas. Cipolini fez 16 e pegou nove rebotes. Robert Day, principal arremessador do time mineiro, teve atuação apagada.

Mesmo sem o ala Marcelinho Machado, que se machucou no início do campeonato e desfalcou o time durante toda a temporada, o Fla conquista seu segundo título do NBB - o primeiro foi em 2009, na edição que inaugurou a liga. O Brasília foi campeão nas outras três oportunidades. Na final, o Fla também não contou com o ala-armador Benite, lesionado.



Oscar, Zico e Naldo


No dia em que Caio Torres entra para a lista de heróis rubro-negros, outros ídolos também tiveram destaque. Homenageando Oscar, ex-jogador do Fla e que luta contra um câncer no cérebro, o time entrou em quadra com uma faixa com a frase “Força Oscar”, um vídeo com os melhores momentos do Mão Santa apareceu diversas vezes no telão, e os torcedores também lembraram do ex-atleta com vários cartazes.


Zico estava na arquibancada e foi muito festejado pela torcida quando anunciaram seu nome no sistema de som. Junior, Fabio Luciano e Leandrinho Barbosa também estiveram no ginásio. Torcedor do Flamengo, o cantor Naldo Benny foi responsável por cantar o Hino Nacional e também fazer um show no intervalo.




final basquete NBB Flamengo e uberlândia faixa oscar (Foto: André Durão / Globoesporte.com) 
Oscar foi homenageado pelo Flamengo antes da final deste sábado (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

O jogo

O Flamengo não demorou para incendiar a arquibancada lotada. Olivinha roubou a bola e passou para Marquinhos abrir o placar com uma bela enterrada. A defesa forte dificultava o ataque do Uberlândia, e Bruno Zanotti, que substituía Benite, anulava Robert Day, principal pontuador do time mineiro. A equipe carioca aproveitou para abrir vantagem, que chegou a 11 pontos quando Olivinha fez a cesta, sofreu a falta e converteu o lance de bonificação (18 a 7).

Sem conseguir fazer cestas de dois, o Uberlândia resolveu apostar nas bolas de três, acertando duas seguidas com Gruber e Collum. A distância caiu para apenas dois em uma bandeja de Gruber, que marcou 11 dos 15 pontos dos mineiros no primeiro quarto, mas Kojo converteu dois lances livres para fazer 21 a 15 no fim do período.

Com alguns reservas em quadra, o Flamengo não conseguiu manter o ritmo no ataque, o Uberlândia seguiu apostando nas bolas de três e teve sucesso. Luis Gruber seguia se destacando e conseguiu um lance de quatro pontos, acertando cesta de três, sofrendo falta de Olivinha e convertendo o lance de bonificação (25 a 22).

Valtinho acertou mais uma de três, e Cipolini empatou o jogo em 27 a 27 na sequência. O time da casa ainda conseguia se manter na frente, mas Robert Day finalmente conseguiu fazer seus primeiros pontos no duelo. Com uma bola de três com 6s no relógio, o americano levou a equipe mineira vencendo por 34 a 33 no intervalo.

Domínio na reta final

O Flamengo voltou melhor do vestiário e dominou o terceiro quarto, principalmente comandado pelos pivôs Caio Torres e Shilton. A torcida também jogava junto. Quando o time rubro-negro atacava, não parava de cantar um segundo. Quando era o adversário, os torcedores vaiavam para pressionar. Aos poucos, a vantagem carioca ia aumentando e, com mais uma cesta de Caio, a distância ficou em nove no fim do período: 58 a 49.

Valtinho fez uma bandeja, sofreu a falta e converteu o lance de bonificação para diminuir a distância para 60 a 54. Ficou nisso. O Flamengo seguia melhor no jogo, chegou a abrir 12 pontos (75 a 63), e a torcida nem esperou a partida terminar para começar a festa. Com Robert Day e Robby Collum apagados, o Uberlândia não conseguia ameaçar os cariocas, que ouviram a torcida gritar “olé” e "é campeão" enquanto esperavam o cronômetro zerar para poder levantar a taça.




Encontro Rubro-Negro de Inverno aquece flamenguistas em Lages



Nunes e Lico estiveram na festa Na última quinta-feira (30.05), a embaixada Fla-Lages realizou a segunda edição do Encontro Rubro-Negro de Inverno, levando flamenguistas de vários municípios à região mais fria do Brasil. Pratos típicos da Serra Catarinense, como churrasco, paçoca de pinhão e entrevero regaram o cardápio. Os campeões mundiais Nunes e Lico tiraram fotos e distribuíram autógrafos para os mais de 500 participantes.

Os ídolos também divulgaram o Nação Rubro-Negra, programa de sócio-torcedor do Mais Querido. "O torcedor é o personagem central no processo de reestruturação do Flamengo", disse Nunes. Lico completou: "O Flamengo está começando a viver uma nova fase e é fundamental que a torcida se engaje no projeto." Durante o evento, 12 flamenguistas se associaram ao Nação.

Os dois antigos craques ainda protagonizaram um momento especial para as crianças. Em um cenário improvisado, Lico rolou a bola para Nunes, que marcou o gol em uma trave infantil. Antes disso, o apresentador do evento lembrou que o ex-camisa 9 balançou as redes 99 vezes vestindo o Manto Sagrado, e ressaltou que, simbolicamente, aquele seria o centésimo gol do artilheiro pelo Flamengo.

Durante o evento, os dois ídolos contaram histórias memoráveis da melhor fase do time em todos os tempos, a primeira metade da década de 80. Além disso, um telão exibiu imagens fotográficas e audiovisuais alusivas à época em que Nunes e Lico defenderam o Flamengo. Após a festa, ambos foram conhecer o Recanto Rubro-Negro, um espaço que reúne milhares de itens alusivos ao Mais Querido, localizado nos fundos da casa do presidente da comissão organizadora da confraternização, Renato Ramos.

Autoridades prestigiaram o evento

Autoridades públicas que torcem pelo Flamengo também foram ao evento. O Secretário de Desenvolvimento Regional, Gabriel Ribeiro, contou que se tornou torcedor do clube carioca na infância, embalado pela geração de craques da qual Nunes e Lico fizeram parte.

O presidente da Fundação Cultural, Mauricio Neves de Jesus, anunciou que está escrevendo seu terceiro livro sobre o clube de coração. E o secretário municipal de Turismo, Flávio Agostini, levou a realeza da 25ª Festa Nacional do Pinhão ao Encontro Rubro-Negro.

O ex-deputado e atual Defensor Público do Estado, Ivan Ranzollin, que é um grande conhecedor da história do Flamengo, também foi à festa. Assim como a deputada federal Carmen Zanotto, que levou uma camisa rubro-negra autografada por Romário.

Flamengo jogará 3 vezes em Santa Catarina nos próximos dias

Um dos assuntos que tomou conta das rodas de papo foi a sequência de jogos do Campeonato Brasileiro que o clube carioca fará em Santa Catarina nos próximos dias. Neste sábado (01.06), o duelo será contra o Atlético Paranaense, em Joinville. Na quarta-feira seguinte (05.06), o Flamengo encarará o Náutico, em Florianópolis. Já no dia 08 de junho, o time encerrará a agenda em Criciúma, contra o time da cidade.

Calçada da Fama

Nunes imortalizou os seus pés, que marcaram alguns dos principais gols da história do Flamengo, na calçada da fama da Fla-Lages, cuidada pelo embaixador Wanderley Pereira. Lico já havia feito o mesmo em outra ocasião, assim como Andrade, Adílio e Rondinelli. 

Cambistas agem livremente na final do NBB e guarda exalta basquete

Está sendo tranquila a chegada dos torcedores do Flamengo para a final do NBB contra o Uberlândia, na Arena da Barra, a partir das 10 horas. Assim como a ação dos cambistas, que vendem ingressos livremente na frente da Guarda Municipal e da Polícia Militar. Os bilhetes de R$ 35 estão saindo pelo dobro do preço. A calma na área externa do ginásio só foi quebrada quando dois ônibus de Uberlândia chegaram com cerca de 100 torcedores de Minas Gerais, que foram escoltados pela PM. Dois torcedores rubro-negros arremessaram garrafas d´água nos adversários. Um guarda municipal, satisfeito com a movimentação, comparou o basquete com o futebol:

-  Tá tudo dominado. Nao houve nenhum incidente. Hoje é basquete, não é futebol.

Final NBB Flamengo e uberlândia fila torcedores (Foto: Gabriel Fricke) 
Cambistas agem livremente na final do NBB entre Flamengo e Uberlândia (Foto: Gabriel Fricke)
 
A final do NBB está marcada para as 10h deste sábado e terá transmissão ao vivo da TV Globo. O SporTV também mostra a final, com pré-jogo desde as 9h20m, mesmo horário em que o GLOBOESPORTE.COM começa a acompanhar tudo sobre a partida em Tempo Real.

Final NBB Flamengo e uberlândia policia (Foto: Gabriel Fricke) 
Torcedores do Uberlândia são escoltados pela PM na entrada da Arena da Barra (Foto: Gabriel Fricke)
 
 
 

Apesar de poucos treinos, Jorginho testa novas formações em jogos


jorginho flamengo santos brasileirão 2013 (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem)
Carlos Eduardo na vaga de Luiz Antônio, Marcelo Moreno e Hernane juntos, três atacantes de ofício em campo com a entrada de Paulinho... Em apenas duas rodadas de Campeonato Brasileiro, Jorginho já demonstrou que não ficará preso ao esquema 4-3-3 que tem marcado o Flamengo na temporada. Na ânsia por uma vitória contra o Santos ou até um empate com a Ponte Preta, o treinador testou novas formações para o Rubro-Negro, mesmo que a série de jogos tenha impedido que a equipe faça treinamentos com tais opções.

Sem ter onde jogar no Rio de Janeiro, as viagens são constantes e os titulares não fazem um trabalho tático sequer há seis dias. Com duelos contra Atlético-PR (neste sábado, às 16h20, em Joiville-SC), Náutico e Criciúma marcados em sequêncua – além de uma folga no domingo -, Jorginho terá apenas segunda e terça-feira para acertar possíveis erros identificados em campo. A situação, entretanto, parece não preocupar o treinador.

- Os jogadores estão acostumados a alguns tipos de sistema. Não temos que nos preocupar com isso, há o costume com várias formas. Uma coisa é começar com um esquema olhando de cima. Mas hoje em dia não adianta, os times se defendem com nove jogadores, quase todo mundo atrás da linha da bola. Na hora de atacar, são seis, sete. É basicamente isso. Não há preocupação. Acontece até sem a gente falar.

Apesar das variações táticas, as mudanças de Jorginho nas duas partidas foram praticamente as mesmas: Paulinho e Carlos Eduardo foram lançados, além da entrada de um homem de área: Moreno contra o Peixe, e Hernane contra a Macaca. Enquanto os centroavantes disputam de forma acirrada a vaga de titular, o ex-jogador do XV de Piracicaba tem ganhado espaço e teve seu nome gritado pelo torcedor em noite de vaias em Juiz de Fora.

Carlos Eduardo, no entanto, segue em dívida. Após pedir um tempo para aprimorar a forma física e ficar fora da partida de volta contra o Campinense, o meia-atacante voltou a ser utilizado por Jorginho, mas ainda não empolgou. Em análise, o treinador vê pontos positivos.

- O Cadu é um jogador extremamente qualificado. Passou um bom tempo parado e está conseguindo trazer de volta a forma física, a condição de jogo. Essa partida foi boa. A Ponte é um adversário muito bom taticamente, principalmente quando está ganhando. Ele teve boa movimentação e está ganhando um ritmo necessário.

Carlos Eduardo participou de nove partidas do Flamengo na temporada, apenas quatro como titular, e não fez gol.

Flamengo projeta vender 1 milhão de novas camisas, até setembro, mas se preocupa com distribuição

 

A nova camisa do Flamengo, projetada pela Adidas e lançada há pouco mais de uma semana, faz sucesso entre os torcedores. Presente nas primeiras duas rodadas do Campeonato Brasileiro – em que o time não conseguiu vitórias sobre Santos e Ponte Preta –, a peça caiu no gosto dos rubro-negros e é motivo de comemoração por parte da diretoria. Os cartolas projetam venda de 1 milhão de camisas até agosto ou setembro, mas há preocupação quando o assunto é abordado na Gávea.

Dentro do clube, existe o temor de que falhas de distribuição por parte da empresa alemã possam prejudicar o plano do Flamengo em arrecadar cerca de R$ 10 milhões com royalties pela venda de camisas."Se depender da torcida, venderemos 1 milhão de peças facilmente. Mas a Adidas precisa ajudar", comentou um membro da diretoria rubro-negra.

A cada camisa vendida, o Flamengo leva dez reais – esse valor representa 10% do valor de custo da peça para o lojista. O preço de tabela do novo uniforme do clube é R$ 199,90.

A procura pela camisa fabricada pelas Adidas é tamanha, que 250 mil peças foram comercializadas antes mesmo da apresentação dos detalhes, durante evento realizado em casa de shows na Lagoa. O UOL Esporte apurou que a fornecedora de material esportivo se assustou com a procura e dobrou o trabalho para dar conta da demanda naquele momento.

Antes da divulgação dos detalhes da camisa, o clube havia alertado a Adidas sobre a busca acima da média de vendas da empresa. Procurada para comentar o temor do Flamengo em falhas de distribuição do novo uniforme, a empresa alemã não foi encontrada.

Enquanto torce pelo planejamento da Adidas e planeja lucros, o Flamengo faz planos para lançar novidade em setembro. A camisa número 3 pode ser lançada neste mês, um projeto que a Adidas já dá andamento em parceria com o departamento de marketing rubro-negro.


Acerto do Flamengo com Adrián Martínez fica para a próxima semana



Adrián Martínez (Foto: Hector Guerrero/AFP)Ainda há pendências para que o lateral-direito Adrián Martínez seja anunciado pelo Flamengo. A ida de um intermediário da Traffic, empresa que detém parte dos direitos econômicos dele, para a Argentina aconteceu na última quinta-feira para agilizar a liberação do San Lorenzo (ARG).

– A negociação com o Flamengo está parada há dez dias. Uma definição deve acontecer a partir de terça-feira. Isso porque o intermediário foi para a Argentina na quinta-feira e se reunirá com o San Lorenzo neste fim de semana – explicou Fernando Gonçalves, diretor executivo da Traffic.

Com as pendências resolvidas, Adrián Martínez será emprestado ao Flamengo por um ano e o clube poderá adquirir parte dos direitos econômicos no fim do contrato. O lateral-direito deve chegar na janela de transferências, que abre no fim deste mês.

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Flamengo fecha patrocínio com Harley-Davidson para a final do NBB


O Flamengo acertou com a Harley-Davidson, uma das maiores fabricantes de motocicletas do mundo, um acordo de patrocínio para a final do Novo Basquete Brasil, que será disputada neste sábado (01.06). Ao entrarem em quadra para o confronto com o Uberlândia, os jogadores estamparão a marca da empresa na parte frontal de suas camisas. Paulo Sergio, diretor geral da Harley-Davidson no Rio de Janeiro, explicou a razão do Rubro-Negro ter sido escolhido.

"Flamengo e Harley Davidson são duas marcas "Premium", e a audiência da fusão entre essas duas instituições de prestígio mundial faz todo o sentido. Como somos a única concessionária do Rio de Janeiro e o Flamengo é o clube mais representativo do estado e está na final do Novo Basquete Brasil, sentimos a necessidade de nos associarmos. Acredito que essa seja uma parceria de sucesso e esperamos ver o Flamengo sair com uma vitória, neste sábado, na final do campeonato mais importante do país na modalidade", disse o diretor. Ele também falou sobre o interesse da empresa no basquete:

"São varias coincidências. Tanto eu quanto o Marcelo Vido (diretor executivo de Esportes Olímpicos do Flamengo) somos praticantes de basquete. E sendo a Harley-Davidson uma marca americana, nos associamos a um dos esportes "reis" dos Estados Unidos, junto com o baseball e o futebol americano. Além disso, temos a visibilidade do Flamengo e a aposta na vitória do clube nessa final. Juntamos o histórico com o sentimental e esse foi o resultado."

A Harley-Davidson é referência mundial no mercado de motocicletas. A empresa foi fundada no início do século passado, nos Estados Unidos, e é conhecida pela excelência na sua produção. Muitos de seus consumidores a consideram um estilo de vida.

Jogadores do Flamengo passam de rivais a tietes após o treino da Seleção



Depois do privilégio de serem chamados para treinarem junto com a seleção brasileira na Gávea, alguns dos jovens jogadores do Flamengo "convocados" por Luiz Felipe Scolari posaram de tietes dentro do vestiário rubro-negro ao fim da atividade. As fotos foram parar nas páginas pessoais no Instagram, como troféus por um dia inesquecível.

Montagem - Thomás com Neymar e DAvid Luiz treino seleção brasileira brasil (Foto: Reprodução/Instagram) 
Thomás com Neymar e com David Luiz após o treino da Seleção na Gávea (Foto:

O meia Thomás postou uma foto com o zagueiro David Luiz e mostrou todo seu encatamento com a oportunidade recebida:

- Realizando um sonho ao treinar ao lado desses craques. Valeu mano - escreveu.

 O encontro com Neymar também foi parar na rede social, mas na página pessoal do agora jogador do Barcelona.

- Estamos juntos, molecão!! - disse o craque da Seleção.

Samir Caetano e Neymar treinjo seleção brasileira brasil (Foto: Reprodução/Instagram)

O zagueiro Samir também postou uma foto com o ex-santista e falou da missão de tentar marcar o jogador durante o treino.

- Graças a Deus hoje eu tive a honra de TENTAR marcar esse gênio aí. Enfim, muito feliz pela participação. Só agradecer a Deus pela oportunidade.

Neste sábado, às 15h, a Seleção faz o treino de reconhecimento do gramado do Maracanã, palco do amistoso contra a Inglaterra, domingo, às 16h.





O zagueiro Samir posta foto ao lado de Neymar após o treino da seleção (Foto: reprodução/Instagram)

Fla não poderá contar com Benite na final: 'Acreditei até o último momento'


benite marcelinho e helinho flamengo nbb basquete (Foto: Gabriel Fricke) O Flamengo perdeu uma peça importante no esquema tático de seu time. Depois de dias de tratamento intensivo, Vitor Benite não terá condições de jogo para atuar na final do NBB 5 contra o Uberlândia. Com uma distensão na parte posterior na coxa direita, sofrida no jogo 5 da semifinal contra o São José, o ala-armador só poderá apoiar os companheiros sentado no banco. A decisão do campeonato será neste sábado, às 10h, na Arena da Barra, no Rio. A TV Globo e o SporTV transmitem ao vivo e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

- Infelizmente o momento é muito difícil para mim. Depois de um ano de trabalho, não vou poder jogar a final. Agora, meu papel é estar do lado da equipe, apoiando, dando muita força e torcendo na quadra. Não poderei ajudar jogando, mas tenho certeza de que, junto com o Marcelinho, vou ter um papel de dar confiança para os jogadores. Fiz de tudo que podia para voltar e acreditei até o último momento, mas não depende só de mim. A lesão é muito forte - lamentou Benite.

De acordo com o médido da equipe, Claudio Cardone, a previsão é que ele volte à quadra em um mês.

- Foi uma lesão aguda, do tipo que não avisa quando vem. No último domingo, fizemos tratamento para tirar dor e, na segunda-feira, fizemos a ressonância que comprovou a lesão. Agora, é repouso total para a perna e fisioterapia - disse.



Flamengo chega a Joinville para o duelo com Furacão


hotel flamengo joinville (Foto: Fred Huber)
Depois de treinar no Ninho do Urubu, encarar um voo do Rio de Janeiro até Curitiba e uma viagem de ônibus, a delegação do Flamengo chegou a Joinville por volta de 17h desta sexta-feira. Apesar da torcida rubro-negra ser grande na cidade catarinense, os jogadores não foram assediados na chegada ao hotel. Nem o frio apareceu, já o termômetros marcavam cerca de 20º C.

Ainda sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Fla enfrenta neste sábado, às 16h20m (de Brasília), o Atlético-PR, na Arena Joinville. O Furacão também só tem um ponto no Brasileiro. Apesar da chegada tranquila na cidade, a expectativa é de que a torcida flamenguista esgote os 5 mil ingressos destinados a ela.



Hotel onde a delegação do Flamengo está hospedada em Joinville-SC (Foto: Fred Huber)


 

Após gol sobre Julio César, Nixon revela: ‘Deu vontade de comemorar’

vibra,
garoto! (Marcelo Baltar)
Passe de Lucas e gol em Julio César no primeiro toque na bola. Nixon, 20 anos, atacante do Flamengo, está acostumado a fazer gols em treinos. Mas nesta sexta-feira a sensação foi completamente diferente. Ele e mais quatro jogadores rubro-negros foram chamados para completar a equipe reserva da seleção brasileira, e o garoto conseguiu se destacar. Apesar de ficar pouco tempo em campo, já que entrou nos minutos finais, fez o gol do time de baixo no coletivo, que terminou empatado por 1 a 1 – David Luiz marcou de falta para os titulares. Depois de marcar, Nixon ficou em silêncio, mas sorriu por dentro. Na saída da Gávea, local do treinamento, confessou:

- Deu vontade de comemorar (risos). Até a torcida do Flamengo comemorou, gritou 'Mengo'. Deu muita vontade de comemorar. Fiquei muito feliz e fiquei sorrindo no momento do gol.

Além de Nixon, treinaram com o time do técnico Luiz Felipe Scolari o atacante Thomás, os zagueiros Frauches e Samir e o volante Diego Silva.

Diego Silva, Nixon, Frauches, Samir e Thomás treino seleção (Foto: Thiago Correia) 
Diego Silva, Nixon, Frauches, Samir e Thomás: chamados para treinar com a seleção (Foto: Thiago Correia)

- Estou muito feliz. É um privilégio, um prazer, uma vontade que todo brasileiro tem de treinar com a Seleção. Foi uma oportunidade boa, independentemente das circunstâncias. Pude entrar e fazer o gol na primeira bola que peguei, num contra-ataque, depois de um passe do Lucas. Fico feliz pela chance – contou Nixon.

Autor de três gols como profissional do Flamengo, pela primeira vez o jogador viu-se frente a frente com Julio César, jogador revelado na Gávea em 1997.

- É um goleiro de excelente histórico, de muito currículo. Enfrentei outros goleiros importantes, mas fazer um gol nele, um grande ícone, é gratificante. Na hora que cheguei no vestiário já tinha mensagens no celular. Vou chegar em casa e ligar para a família toda, para os amigos, desfrutar esse momento tão importante na minha vida.

Nixon é natural de Juazeiro, na Bahia, terra que também revelou o lateral-direito Daniel Alves. No vestiário, os conterrâneos trocaram algumas palavras. O atacante do Flamengo foi até intermediário de uma fã de Neymar.   

- Conversei com David Luiz, tive a chance de falar com ele. Com o Fernando, volante. Conversei com Neymar também lá dentro. Entreguei o presente que uma menina com problemas de audição pediu que entregasse.

Neste sábado, às 15h, a Seleção faz o treino de reconhecimento do gramado do Maracanã, palco do amistoso contra a Inglaterra, domingo, às 16h.


Vale tudo: torcedores sobem em árvores para acompanhar Seleção



Neymarzetes torcida treino seleção Gávea (Foto: Daniel Falcão )
Se dentro de campo, Luiz Felipe Scolari deu indícios do time que pretende mandar a campo contra a Inglaterra, do lado de fora os torcedores fizeram de tudo para acompanhar os passos da seleção brasileira, nesta sexta-feira, na sede do Flamengo, na Gávea. Com Neymar e Lucas entre os mais assediados, os fãs escalaram até uma árvore para assistir ao trabalho realizado pelo treinador.

Depois do forte assédio das Neymarzetes nos dois treinos da Escola de Educação Física do Exército, na Urca, as admiradoras de Lucas também trataram de dar o ar da graça. As Luquetes levaram cartazes para o camisa 29 do Paris Saint-Germain. Durante o treino, elas gritaram bastante e sonhavam com uma foto com o ex-são paulino, que foi uma das surpresas de Felipão na movimentação.

Outro fato que chamou atenção do lado de fora das dependências do clube foram os torcedores que dividiam espaço para acompanhar o treino pelo pequeno espaço do portão. Cerca de 20 pessoas tentavam ver o que de melhor acontecia em campo.

Os jogadores do Atlético Mineiro que se apresentaram nesta sexta não foram a campo com os demais jogadores. Réver e Bernard ficaram apenas no hotel onde a Seleção está concentrada descansando. Por outro lado, a dupla do Bayern de Munique, Dante e Luiz Gustavo fizeram o primeiro treino com os companheiros.

Neymarzetes torcida treino seleção Gávea (Foto: Daniel Falcão ) 
Luquetes comparecem e fazem barulho para agradar Lucas na Gávea (Foto: Daniel Falcão )

Durante a atividade, o técnico Luiz Felipe Scolari desenhou pela primeira vez o provável time que iniciará o amistoso de domingo, contra a Inglaterra, no estádio do Maracanã. Julio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernando, Paulinho e Oscar; Lucas, Neymar e Fred devem começar a partida.

Foram 22 minutos com essa formação em campo. Em seguida, Felipão passou a fazer algumas mudanças, como as entradas de Hulk no lugar de Lucas e a de Hernanes na vaga de Paulinho. Por volta dos 40 minutos, Leandro Damião e Dante passaram para o time titular, enquanto Fred e Thiago Silva deixaram o gramado.

Os suplentes foram a campo com: Jefferson, Jean, Dante, Filipe Luís, Luiz Gustavo, Hernanes, Jadson, Hulk e Leandro Damião. Eles tiveram o reforço de dois jogadores do Flamengo: Frauches e Thomás.

torcida Gávea treino seleção árvore (Foto: Daniel Falcão) 
Vista previlegiada: torcedor acompanha treino da Seleção em cima da árvore  (Foto: Daniel Falcão)
 
 
 

Neymar pede camisa do Flamengo, e clube promete enviar depois

O Flamengo abriu as portas de sua sede para a seleção brasileira nesta sexta-feira. No campo da Gávea, o técnico Luiz Felipe Scolari comandou o primeiro coletivo do time na preparação para a Copa das Confederações. Na passagem pela casa do Rubro-Negro, Neymar foi o mais assediado pelos sócios, que puderam assistir à atividade. Funcionários do clube também aproveitaram a chance de ficar perto do craque e registraram o encontro. No fim do treinamento, o atacante fez um pedido: uma camisa do Flamengo. Só que o presente teve de ficar para depois. A assessoria de comunicação do clube prometeu enviar uma peça para o novo jogador do Barcelona em breve.

Neymar Treino Seleção Brasileira Brasil (Foto: André Durão) 
Neymar durante o treino da seleção brasileira realizado na Gávea nesta sexta-feira (Foto: André Durão)


Em julho de 2012, Neymar treinou com a seleção brasileira na Gávea durante a preparação para os Jogos Olímpicos de Londres. Na ocasião, Patricia Amorim, então presidente do Flamengo, foi ao campo a pedido dos filhos para tietar o jogador. Nesta sexta, por conta de alguns compromissos, o presidente Eduardo Bandeira de Mello não compareceu ao treino do Brasil. 

Neste sábado, às 15h, a Seleção faz o treino de reconhecimento do gramado do Maracanã, palco do amistoso contra a Inglaterra, domingo, às 16h.

treino seleção jogadores Gávea (Foto: André Durão / Globoesporte.com) 
Jogadores da Seleção treinam na Gávea diante dos torcedores (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

Rafinha perde rendimento, e Jorginho defende: ‘Temos que acreditar’



Rafinha flamengo treino (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo) Há quem defenda a teoria de que o processo de afirmação de um jovem entre os profissionais é marcado por oscilações. Nesta gangorra, Rafinha tem vivido a parte baixa nos últimos tempos. Xodó da torcida após bom início entre os profissionais, o atacante de 20 anos não tem conseguido repetir as boas atuações e já vê a vaga cativa no time titular ser ameaçada. Quarta-feira, contra a Ponte Preta, Jorginho o sacou no intervalo e testou Marcelo Moreno e Hernane juntos no ataque. Para sábado, diante do Atlético-PR, em Joinville, o treinador fez mistério e não está descartada a possibilidade do pupilo de Zico ser reserva pela primeira vez na temporada.

Sem fazer um gol há quase dois meses – desde o dia 4 de abril, contra o Remo, pela Copa do Brasil -, Rafinha não tem tido sucesso no início do Brasileirão. Em análise dos especialistas do GLOBOESPORTE.COM, recebeu nota 5.5 pela exibição diante do Santos, já considerada abaixo da média, e somente 4.5 após ser facilmente batido pela defesa da Ponte Preta. Como comparação, no Carioca o jogador teve nota média 6,47. O panorama, no entanto, não assusta Jorginho, que adotou discurso protetor ao falar da promessa.

- Temos que acreditar o tempo todo no potencial. Ele não teve uma queda, fez uma grande partida contra o Santos. Não podemos nos limitar a um só jogo. Contra a Ponte foi um apagão geral, e não apenas de um atleta.

No Flamengo desde 2010, quando foi contratado ao CFZ, Rafinha estreou no profissional somente na temporada atual e participou de 20 partidas, todas como titular. O atacante marcou três gols, entre eles o eleito como mais bonito do Campeonato Carioca, na goelada por 4 a 0 sobre o Friburguense, pela Taça Guanabara, na qual foi o maior destaque. Já na Taça Rio, com a queda de rendimento da equipe, o jovem também desapareceu e brilhou somente na vitória sobre o Remo, em Belém, pela Copa do Brasil.


Quinteto do Flamengo é chamado para treinar com a Seleção e vibra

Além de ceder sua sede para o treino da seleção brasileira desta sexta-feira, o Flamengo emprestou cinco jogadores do seu grupo principal para completar o trabalho do time do técnico Luiz Felipe Scolari. O volante Diego Silva, os zagueiros Frauches e Samir e os atacantes Thomás e Nixon vão reforçar a Seleção no penúltimo treinamento antes do amistoso contra a Inglaterra, domingo, no Maracanã, às 16h (de Brasília).

- É um prazer. Eu como todos os brasileiros tenho um sonho de jogar na Seleção. Recebi essa notícia e fiquei muito feliz. De certa forma é um sonho realizado treinar com a Seleção. Sei que estou começando, que tenho muito a buscar e essa chance é uma inspiração. Creio que no futuro vou poder ter a chance não só de treinar, mas de jogar também. Quero aproveitar para ganhar experiência e fazer amizades com alguns dos meus ídolos. Vou dividir espaço com o Daniel Alves, que é da minha cidade, Juazeiro, na Bahia – disse Nixon.

Diego Silva, Nixon, Frauches, Samir e Thomás treino seleção (Foto: Thiago Correia) 
Diego Silva, Nixon, Frauches, Samir e Thomás antes do treino da Seleção (Foto: Thiago Correia)
 
Felipão não conta com dois jogadores que se apresentaram somente nesta sexta: o zagueiro Réver e o atacante Bernard, do Atlético-MG. Na noite passada, eles enfrentaram o Tijuana, do México, pelas quartas de final da Libertadores da América. A dupla ficou na concentração, em São Conrado, para descansar.

Zagueiro, Samir disse que espera ter a chance de marcar Neymar pelo menos durante alguns minutos.

- Nada como poder treinar com alguns dos meus ídolos. Já passei por Seleção de base, mas treinar e fazer parte dessa preparação com o Neymar é fenomenal. O Neymar é o melhor jogador do Brasil hoje. Marcar ele é sacanagem (risos). Espero que a Seleção ganhe a Copa do Mundo e a Copa das Confederações - disse o defensor.

Antes de trocar de roupa e calçar as chuteiras, o meia-atacante Thomás não escondia a ansiedade.

- Fico feliz, quero muito ver nossos ídolos. Alguns conheço, como o Thiago Silva, Neymar, David Luiz. Com certeza vai ser emocionante. É aproveitar bastante a oportunidade, treinar bem e colher tudo de bom - afirmou o meia-atacante.

Aliviado por jogar final do NBB, Caio sonha com primeiro título no Brasil

Depois do susto, o alívio. Denunciado por "agressão física" e "tumulto" no jogo quatro da semifinal contra o São José, Caio Torres chegou a ser suspenso preventivamente por 30 dias pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do basquete e temeu ficar fora da final do NBB. No entanto, depois que o pedido do Flamengo de revogar a suspensão por bons antecedentes foi aceito, o pivô respirou aliviado e estará em quadra neste sábado para enfrentar o Uberlândia, às 10h, na Arena da Barra, em busca do seu primeiro título em solo brasileiro.

- Fiquei aliviado. Depois de um ano todo jogando seria injusto ficar fora da final. Se tiver gancho, será apenas para o próximo campeonato. Acabou que não agredi ninguém. Fiz apenas para assustar. Não dei porrada em ninguém. Achei até injusto, mas agora está tudo certo. Estava com a cabeça na final mesmo se não pudesse jogar. Tenho que dar tudo, é o último jogo e precisamos ter o mínimo de erros possível. Fico feliz de poder ajudar. Meu maior presente é estar diante da torcida no sábado - disse.

Caio Torres, Flamengo (Foto: Leonardo Velasco / Globoesporte.com) 
Caio Torres faz sinal de positivo durante treino do Flamengo (Foto: Leonardo Velasco / Globoesporte.com)
 
A confusão contra o São José e o pedido de suspensão preventiva feita pela procuradoria do STJD não foram as únicas novas experiências vividas pelo pivô do Flamengo. Após deixar o país com apenas 17 anos e passar os últimos sete atuando no basquete europeu, essa será a primeira vez que Caio disputará uma decisão no Brasil como jogador profissional.

- Saí do Brasil muito cedo e, por isso, nunca cheguei a disputar uma final no Brasil. Foram quatro anos em Madri, dois em Menorca e um Mellia. É uma felicidade imensa poder realizar esse sonho com a camisa do Flamengo. Cheguei aqui no ano passado, mas fui tão bem recebido e já gosto tanto do clube que é como se tivesse nascido no Rio de Janeiro - afirmou o pivô de 2,11m.

Em busca da primeira taça no Brasil

A oportunidade de disputar sua primeira decisão no Brasil não é o único motivo que tem feito o pivô rubro-negro sorrir à toa ultimamente. Às vésperas de se tornar pai pela primeira vez, o jogador admite que a ansiedade pela chegada de Kaíque, que vai nascer no Paraná, estado de sua mulher, tem sido ainda mais difícil de ser controlada.

Basquete NBB - Flamengo x São José (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)
- Claro que bate uma ansiedade de chegar logo a hora do jogo, mas sou um cara tranquilo e tento encarar isso numa boa. É um dia especial e não podemos deixar que nada atrapalhe. Mas tem também o nascimento do meu filho, que será entre o fim de agosto e o começo de setembro. É um momento especial na minha vida - assegurou o jogador.

Caio Torres x Lucas Cipolini

Mais complicado que a batalha que os advogados do Flamengo travaram com os procuradores do STJD durante a semana para deixar Caio Torres em condições de jogo deve ser o duelo com Cipolini. Um das principais armas ofensivas do Uberlândia para a final, o pivô de 2,03m tem o quinto melhor aproveitamento nos arremessos de dois pontos.

- É um duelo interessante e equilibrado. Ele leva vantagem por ser mais veloz e mais ágil e eu pelo tamanho e força física. Mas não podemos esquecer que eles ainda contam com o Estevam e o Léo Waszkiewicz, que também são dois pivôs altos e de muita qualidade - alertou Caio Torres.

Flamengo e Uberlândia fazem a final do NBB na manhã deste sábado, às 10h, na Arena da Barra, com transmissão ao vivo da TV Globo e do SporTV. O GLOBOESPORTE.COM acompanha tudo em Tempo Real, com vídeos. Os 17 mil ingressos colocados à venda para a decisão se esgotaram em menos de dois dias.

Títulos do Clube de Regatas do Flamengo no futebol

Internacionais

  • Campeão do mundo: 1981.
  • Copa Libertadores da América: 1981.
  • Copa Mercosul: 1999.
  • Copa Ouro Sul-Americana(Copa de Ouro Nicolás Leoz): 1996.

Nacionais

  • Campeonato Brasileiro (6): 1980, 1982, 1983, 1987, 1992, 2009.
  • Copa do Brasil(2): 1990 e 2006.
  • Copa do Campeões: 2001.
  • Copa dos clubes Brasileiros Campeões Mundiais: 1997.

Regionais

Torneio Rio-São Paulo:  1940 e 1961.
Estaduais

      . Torneio Super Clássicos 2013
  • Campeonato Carioca (Estadual do Rio de Janeiro a partir de 1979) (32 - 5 tricampeonatos ): 1914/15², 1920²/21, 1925, 1927, 1939, 1942/43/44, 1953/54/55, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978/79²/79(Especial), 1981, 1986, 1991, 1996², 1999/00/01, 2004, 2007/08/09, 2011
  • Torneio Início do Campeonato Carioca(6): 1920, 1922, 1946, 1951/52 e 1959.
  • Taça Guanabara(atual primeiro turno do Campeonato Carioca) (19): 1970, 1972²/73², 1978/79/80²/81/82, 1984, 1988/89, 1995/96², 1999², 2001, 2004, 2007 e 2008, 2011.
  • Taça Rio(atual segundo turno do Campeonato Carioca) (9): 1978², 1983, 1985²/86, 1991², 1996² , 2000, 2009, 2011 .
  • Campeonato da Capital:: 1991², 1993².
  • Taça Estado do Rio de Janeiro: 1991².
  • Torneio Extra do Rio de Janeiro: 1934.
  • :Torneio Aberto de Futebol do Rio de Janeiro 1936.
  • Torneio Relâmpago do Rio de Janeiro: 1943.
  • Torneio Triangular do Rio de Janeiro: 1954.
  • Torneio Gilberto Cardoso: 1955.

² Títulos conquistados sem derrota ou invicto

Outros títulos

  • Taça Centenário Hospital Municipal Souza Aguiar (RJ): 2007.
  • Troféu da Paz (Juiz de Fora - MG): 2005.
  • Copa Record (RJ): 2005.
  • Taça Desafio 50 anos da Petrobrás: 2003.
  • Troféu Capitão Castro (CE): 2002.
  • Troféu São Sebastião (RJ): 1999, 2000.
    Copa dos Clubes Brasileiros Campeões Mundiais: 1997.
  • Torneio Cidade de Brasília (DF): 1997.
  • Taça Cidade de Juiz de Fora (MG): 1997.
  • Taça 15 anos do SBT: 1996.
  • Torneio Maria Quitéria (SP): 1995.
  • Torneio See'94 de Kuala Lumpur (Malásia): 1994.
  • Pepsi Cup (Japão): 1990, 1994.
  • Taça Libertad (Argentina): 1993.
  • Troféu Raul Plasman (RJ): 1993.
  • Taça dos Campeões Brasileiros(Taça Brahma - PR): 1992.
  • Troféu ECO-92 (RJ): 1992.
  • Taça Associação dos Cronistas Esportivos de Sergipe: 1990.
  • Copa Marlboro (Estados Unidos): 1990.
  • Copa Sharp (Japão): 1990.
  • Torneio Quadrangular de Varginha (MG): 1990.
  • Torneio de Verão de Nova Friburgo (RJ): 1990.
  • Torneio de Hamburgo (Alemanha): 1989.
  • Troféu Clássico das Multidões (RJ): 1989.
  • Troféu Seis Anos da TV Manchete (RJ): 1989.
  • Copa Kirin (Japão): 1988.
  • Troféu Colombino (Espanha): 1988.
  • Taça Governador Jader Ribeiro: (BA): 1988.
  • Taça Euzébio de Andrade: 1987.
  • Torneio Air-Gabon (Gabão): 1987.
  • Torneio Internacional de Angola: 1987.
  • Troféu João Havelange (RJ): 1975, 1987.
  • Troféu Centenário do Linfield F.C. (Irlanda do Norte): 1986.
  • Taça Associação dos Cronisrtas Esportivos do Rio de Janeiro: 1986.
  • Troféu Naranja (Espanha): 1964, 1986.
  • Taça Governador Ary Ribeiro Valadão (GO): Ary Ribeiro Valadão]] (GO): 1979, 1982.
  • Taça Confraternização Brasil-Paraguai: 1982.
  • Troféu Brasil-Argentina: 1982.
  • Copa Punta Del Este (Uruguai): 1981.
  • Torneio Internacional de Nápoles (Itália): 1981.
  • Torneio Ciudad de Santander (Espanha): 1980.
  • Taça Anos de Ouro do Futebol Brasileiro (SP): 1980.
  • Troféu João Saldanha (RJ): 1980.
  • Troféu Perugia (Itália): 1980.
  • Troféu Ramón de Carranza (Espanha): 1979, 1980.
  • Troféu Alencar Pires Barroso (RJ): 1979.
  • Troféu João Batista Figueiredo (DF): 1979.
  • Troféu Imprensa (RJ): 1979.
  • Taça Ciudad Palma de Mallorca (Espanha): 1978.
  • Troféu Antonio Valmir Campelo Bezerra (DF): 1977.
  • Torneio Quadrangular de Cuiabá (MT): 1976.
  • Torneio Elmo Serejo (DF): 1976.
  • Taça Nelson Rodrigues: 1976.
  • Taça Geraldo Cleofas Dias Alves: 1976.
  • Troféu Governador Roberto Santos (BA): 1976.
  • Taça Prefeitura Municipal de Manaus (AM): 1976.
  • Taça Duque de Caxias (CE): 1976.
  • Taça 40 Anos da Radio Nacional (RJ): 1976.
  • Torneio Quadrangular Internacional de Goiás: 1975.
  • Torneio 320 anos de Jundiaí (SP): 1975.
  • Taça José João Altafini "Mazola" (RJ): 1975.
  • Taça Jubileu de Prata da Rede Tupi de TV (DF): 1975.
  • Taça Deputado José Garcia Neto (MT): 1974.
  • Taça Dr. Manoel dos Reis e Silva (GO): 1974.
  • Taça Associação dos Servidores Civis do Brasil (RJ): 1974.
  • Taça Cidade do Rio de Janeiro: 1973.
  • Taça Rede Tupi de TV (RJ): 1973.
  • Taça Araribóia (RJ): 1973.
  • Taça Doutor Manoel dos Reis e Silva (RJ): 1973.
  • Torneio do Povo: 1972.
  • Taça Sesquicentenário da Independência do Brasil (RJ): 1972.
  • Taça Presidente Médici (DF): 1971.
  • Troféu Pedro Pedrossian (MT): 1971.
  • Torneio Internacional de Verão do Rio de Janeiro: 1970, 1972.
  • Troféu General Mendes de Morais (RJ): 1970.
  • Troféu Ary Barroso (RJ): 1970.
  • Torneio Quadrangular do Marrocos: 1968.
  • Troféu Restelo (Portugal): 1968.
  • Torneio Quadrangular do Equador: 1966.
  • Torneio Triangular de Goiás: 1965.
  • Torneio Quadrangular de Vitória (ES): 1965.
  • Torneio Quadrangular da Tunísia: 1962.
  • Torneio Octogonal da Argentina: 1961.
  • Troféu Magalhães Pinto (MG): 1961.
  • Torneio Hexagonal do Peru: 1959.
  • Troféu Sporting Club de Portugal: 1958.
  • Torneio Quadrangular de Israel: 1958.
  • Torneio Internacional do Morumbi (SP): 1957.
  • Troféu Ponto Frio (RJ): 1957.
  • Taça Brasília (RJ): 1957.
  • Troféu Almana Idrotts Klubben (AIK): 1957.
  • Troféu Embaixador Oswaldo Aranha: 1956.
  • Torneio Internacional do Rio de Janeiro: 1954, 1955.
  • Torneio Quadrangular da Argentina: 1953.
  • Torneio Triangular de Curitiba (PR): 1953.
  • Troféu Cidade de Arequipa (Peru): 1952.
  • Torneio Quadrangular de Lima (Peru): 1952.
  • Elfsborg Cup (Suécia): 1951.
  • Taça Cidade de Ilhéus (BA): 1950.
  • Troféu Embaixada Brasileira na Guatemala: 1949.
  • Troféu El Comite Nacional Olímpico da Guatemala: 1949.
  • Troféu Cezar Aboud (MA): 1948.
  • Torneio Rio-São Paulo: 1940 - Não Oficial
  • Taça da Paz: 1937.
  • Taça João Vianna Seilir (PR): 1936.
  • Taça Companhia Aliança da Bahia (BA): 1932.
  • Taça Interventor Federal da Bahia (BA): 1932.
  • Taça Dr. Affonso de Camargo (PR): 1927.
  • Troféu Associação Paranaense de Desportos (PR): 1927.
  • Troféu Torre Sport Club (PE): 1925.
  • Troféu Agência Hudson (PE): 1925.
  • Troféu Jornal do Commércio de Pernambuco (PE): 1925.
  • Troféu Sérgio de Loreto (PE): 1925.
  • Troféu Carioca Football Club: 1923.
  • Troféu Petropolitano: 1923.
  • Taça Ypiranga (Niterói - RJ): 1921.
  • Taça Sport Club Mackenzie (RJ): 1920.
  • Troféu América Fabril: 1919, 1922, 1923.
  • Taça Sport Club Juiz de Fora (MG): 1917.
  • Taça Madame Gaby Coelho Netto: 1916.
  • Troféu Artístico (PA): 1916.
  • Taça Tricentenário de Belém (PA): 1916.
  • Troféu Asilo do Bom Pastor (RJ): 1916.
  • Taça Jornal Folha do Norte (PA): 1915.