Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 15 de junho de 2013

Sai de Baixo 2013


Felipe aproveita bem as folgas: Disney e enxoval para a filha



Felipe, Flamengo, Disney (Foto: Arquivo Pessoal)
 Depois da vitória sobre o Criciúma por 3 a 0, os jogadores do Flamengo ganharam folgas e só se reapresentam na terça-feira para o reinício dos treinamentos. Muitos aproveitaram a oportunidade para viajar e curtir a família, como o goleiro Felipe, que foi para a Disney, nos Estados Unidos com a mulher, Katherine, os sogros Marcio e Eliana e a cunhada Karine.

Além de passar o Dia dos Namorados com a amada, Felipe aproveitou a viagem para começar a comprar o enxoval de sua filha, Maria Eduarda, que nascerá no fim do ano.

- Temos que aproveitar cada dia de folga. O Flamengo nos liberou uma semana e não pensei duas vezes. Viajamos para Disney para passar o Dia dos Namorados e começar a fazer o enxoval da Duda - disse o camisa 1.

O período de folgas de Felipe e do restante do elenco do Flamengo termina nesta terça-feira, quando está marcada a reapresentação. Será o início da era Mano Menezes no clube.



Mosaico Felipe, Disney (Foto: Editoria de Arte) 
Felipe aproveita as folgas na Disney (Foto: Editoria de Arte)

Mano promete trabalho sério para honrar a confiança da torcida do Flamengo


Mano Menezes entrevista  (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
Contratado para comandar a tentativa de recuperação do Flamengo no Campeonato Brasileiro, o técnico Mano Menezes pretende implantar no clube o que considera fundamental para ter sucesso: profissionalismo e seriedade. O treinador volta a dirigir um clube depois da passagem que teve à frente da seleção brasileira.

Em enquete realizada pelo GLOBOESPORTE.COM, 85% dos torcedores rubro-negros aprovaram a contratação de Mano Menezes.

- Acredito em projetos bem firmados e trabalho sério. É isso que vamos construir no Flamengo para honrar a confiança da diretoria e da torcida - afirmou ao site oficial do Fla.

Mano será apresentado na segunda-feira, às 11h (de Brasília), na Gávea. O técnico terá o primeiro contato com os jogadores na terça-feira, quando o elenco se reapresenta depois de um período de folgas.

Tecnologia na linha do gol vai ser usada já neste Brasileirão


Estádio (Foto: Reprodução/Twitter)
 
 
O reinício do Campeonato Brasileiro após a Copa das Confederações, em julho, será marcado pela estreia de um reforço de peso. De acordo com a GoalControl, empresa responsável pela implantação da tecnologia de linha de gol, presente nos seis estádios da competição internacional, também será utilizado no restante do Brasileirão.

Em contato com o L!Net, Claudine Fronterotta, vice-presidente da GoalControl, revelou que diretores da empresa que fornece o sistema tecnológico escolhido pela Fifa já tiveram reuniões preliminares com a Comissão de Arbitragem. O plano é que com o retorno do Brasileiro a tecnologia já seja utilizada em jogos disputados nos estádios da Copa das Confederações: Mané Garrincha (Brasília), Maracanã (Rio de Janeiro), Mineirão (Belo Horizonte), Arena Pernambuco (Recife), Arena Fonte Nova (Salvador) e Castelão (Fortaleza). A estreia será no Maraca.

– A ideia é que haja uma fase de adaptação na introdução do sistema tecnológico. Vamos voltar a conversar após o torneio, mas tudo indica que o GoalControl já vai funcionar no Brasileiro, nos estádios que instalamos o sistema. Começa aos poucos, no Maracanã primeiro.

Questionada se o fato de apenas alguns estádios oferecerem a tecnologia, que auxilia os árbitros em lances em que não fica claro se a bola passou da linha do gol, não prejudicaria o equilíbrio do campeonato, Fronterotta ressaltou o apoio da Fifa e a falta de diretrizes com relação ao uso dos sistemas tecnológicos:

– Ela ainda não baixou uma norma. Os sistemas tecnológicos são um presente da Fifa para as arenas. E a ideia é que eles já sejam usados logo, para não ficarem parados até a Copa do Mundo. A CBF está nos fazendo um favor, pois assim podemos testar as tecnologias.





EMPRESAS PODEM NEGOCIAR PELO MUNDO

A Fifa, em conjunto com a International Board (IFAB), já deu o selo de aprovação para quatro sistemas diferentes, após uma série de testes rigorosos. Além da GoalControl, Hawk-Eye, GoalRef e Cairos. Desta forma, cada empresa pode negociar com as federações nacionais como empresas, e cada país pode escolher o da sua preferência.

O “olho do falcão”, famoso por ser utilizado no tênis, já foi o escolhido para determinar se a bola entrou no gol ou não nos jogos do Campeonato Inglês. Esta mesma tecnologia foi utilizada no último Mundial de Clubes, vencido pelo Corinthians, que também teve o GoalRef, o famoso “chip na bola”.

Já o GoalControl deve ser mesmo o escolhido pela CBF para ficar no Campeonato Brasileiro, até para aproveitar o legado. Mas Claudine Fronterotta adiantou ao LANCE!Net que está perto de entrar em outros dois países.

– Temos conversas adiantadas para fornecer a nossa tecnologia à Arábia Saudita e aos Estados Unidos – revelou a vice-presidente.


Pausa para Copa das Confederações vale muito para maioria dos clubes



A Copa das Confederações significa um vazio no coração dos torcedores apaixonados por seus clubes. A pausa, entretanto, será muito benéfica para grande parte dos participantes do Brasileirão.


lesionados2 (Foto: Infoesporte)

Nome de Mano Menezes é aprovado por 85% dos torcedores do Flamengo


A diretoria rubro-negra mudou um pouco a filosofia de austeridade financeira e fez um esforço orçamentário para contratar o técnico Mano Menezes. E a torcida parece ter reconhecido o trabalho. Em enquete realizada pelo GLOBOESPORTE.COM, 85% dos 10.207 rubro-negros que votaram aprovaram a chegada do ex-comandante da seleção brasileira. Apenas 14% se mostraram contrários. Mano será apresentado oficialmente nesta segunda-feira, às 11h.

Durante o processo de escolha do substituto de Jorginho, outra enquete foi feita sobre quem seria o nome ideal e os torcedores apontaram Muricy Ramalho de forma contundente, com 50% dos votos. Mano ficou apenas na terceira posição, com 16%.

Mano Menezes deixou a Seleção sob muitas críticas dos torcedores, mas parece chegar à Gávea com apoio considerável, mesmo diante da difícil situação do time. Com tempo para trabalhar durante a paralisação do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa das Confederações, a expectativa é de que já se possa notar o dedo do treinador quando a equipe votar a disputar um jogo pela competição nacional, no dia 7 de julho, diante do Coritiba.


Maracanã está praticamente descartado para Flamengo x Coritiba


É muito provável que o torcedor do Flamengo tenha que esperar mais do que até o retorno do Brasileirão para matar a saudade do Maracanã. O clube e o Consórcio SA, responsável pelo estádio, estão longe de um acordo para iniciarem uma parceria, e a realização do confronto com o Coritiba, dia 6 de julho, pela sexta rodada, está praticamente descartada. O Rubro-Negro já recebeu propostas de palcos para abrigar o embate, uma delas de Brasilía, onde os torcedores foram imensa maioria na estreia na competição, diante do Santos.

Maracanã após Brasil x Inglaterra (Foto: Thiago Correia) 
Não deverá ser contra o Coxa a volta do Fla ao Maracanã (Foto: Thiago Correia)
 
Com isso, o tão esperado reencontro entre Fla e Maracanã pode acontecer uma semana depois, dia 14, contra o Vasco. O manda de campo do clássico, porém, é dos cruz-maltinos, que serão responsáveis pela decisão. O Rubro-Negro volta a ter a opção de escolha na nona rodada, 28 de julho, diante de outro rival local: o Botafogo.

Flamengo e Consórcio SA já iniciaram as conversas por uma parceria, mas a proposta inicial do grupo de empresas que comandará o Maracanã não agradou nem um pouco os rubro-negros. O clube nomeou um conselho para preparar uma contraproposta, com a consultoria da Fundação Getúlio Vargas. As conversas, entretanto, devem se prolongar. Uma opção seria fazer um acordo por jogo em um primeiro instante, o que não é o desejo.

A oferta inicial do Consórcio é tratada com sigilo pela diretoria. A oposição, por sua vez, já se mobiliza e adota postura radical contra as condições apresentadas. O ex-presidente Marcio Braga é um dos principais críticos da proposta. Membros do conselho gestor atual já disseram que não aceitaram qualquer tipo de trato que tenha o consórcio como maior beneficiado.

'Muito preocupado' sobre acerto com o Maracanã, Flamengo cogita estádio próprio



O andamento das negociações entre o Flamengo e o Consórcio Maracanã, vencedor da licitação de concessão para administrar o estádio nos próximos 35 anos, anda muito complicado. A revelação foi feita pelo vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, Wallim Vasconcellos. Segundo suas palavras, a situação está afligindo a diretoria do Flamengo. O clube fez todos os seus cinco jogos no Campeonato Brasileiro fora do Rio de Janeiro. Sem casa para jogar no Rio, o dirigente já admite, inclusive, que o clube construa um novo estádio para poder mandar seus jogos.

- Não conseguimos ainda chegar a um acordo com o consórcio, é uma negociação dura, e a gente está muito preocupado. Se não chegarmos a um acordo com o Maracanã, por outro lado a gente também não quer ficar jogando fora do Rio muito tempo. A gente precisa ter uma referência de estádio, a nossa casa, para mandar nossos jogos, é uma situação que está nos afligindo bastante. Se não tiver o Maracanã, vamos jogar em Volta Redonda, Macaé, Bangu, é vida que segue e vamos tentar ver alguma alternativa, como construir um estádio. Talvez essa situação nos leve a buscar alternativas, inclusive um estádio novo. É a vida, o que podemos fazer? - declarou o vice de futebol, em entrevista à Rádio Bradesco Esportes FM.

Ciente de que a opção pela construção de um estádio não resolve o problema a curto prazo, Wallim declarou que a vontade do clube é, ao menos, fechar acordo para jogos avulsos no Maracanã. Ele, inclusive, pediu apoio do Governo do Estado nas tratativas. O primeiro jogo do Flamengo após a pausa no Campeonato Brasileiro está marcado para 6 de julho, contra o Coritiba, ainda sem local definido.

- (Jogar contra o Coritiba no Maracanã) não depende da gente, depende do consórcio. Se o consórcio quiser fazer um jogo avulso, e o Flamengo pagar para jogar lá, a gente está disposto. A nossa posição é a seguinte: não chegar a um acordo não quer dizer que a gente não possa jogar. A gente pode continuar negociando e jogando no Maracanã, pagando, não importa como. A gente quer e precisa jogar no Rio. Esperamos que o próprio Governo do Estado nos ajude na negociação com o consórcio, e se não chegarmos ao acordo, que a gente faça jogos avulsos no Maracanã. Não só o Flamengo, vale para Fluminense, Vasco e Botafogo. A gente pode ir jogando e negociando ao mesmo tempo. É uma solução secundária se a gente não chegar a um acordo agora. É bom para todo mundo, para o consórcio e para os clubes. Não sei por que a gente não consegue. Espero que até o dia 6 a gente consiga isso - finalizou Wallim.

Segundo o edital de licitação, o Consórcio Maracanã tem 90 dias após a assinatura do contrato (foi publicado em Diário Oficial no início deste mês) para fechar com dois clubes do Rio de Janeiro. De cara, os interessados são Flamengo e Fluminense. A exemplo do Rubro-Negro, o Tricolor também não resolveu sua situação. Outro que tem interesse em utilizar o estádio é o Botafogo, mas apenas enquanto o Engenhão estiver fechado para reparos na cobertura. A previsão é de que o estádio do Alvinegro não reabra em menos de 18 meses.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Wallim põe em xeque contratação de Roger Carvalho pelo Flamengo


Roger Carvalho - Bologna (Foto: Divulgação)Reforço dado como certo pela diretoria rubro-negra, o zagueiro Roger Carvalho, que está atualmente no Bologna, da Itália, pode não se transferir mais para o Flamengo. Segundo Wallim Vasconcellos, vice de futebol do clube, o defensor, que foi submetido a uma cirurgia na coxa direita recentemente, pode não vir para a Gávea.

- Nós tínhamos tudo apalavrado com o empresário do Roger Carvalho, o Eduardo Uram. Nós sabíamos, inclusive, que ele estava lesionado, mas não fomos avisados sobre a cirurgia. Isso nos pegou de surpresa - informou o vice-presidente, em entrevista à Rádio Bradesco Esportes FM, que comentou a situação física do jogador:

- O empréstimo dele seria até o fim deste ano. Temos de ver se ele irá se recuperar a tempo de poder jogar. Caso não consiga, não iremos concretizar a contratação.

Roger Carvalho foi indicado pelo ex-treinador do Flamengo, Jorginho. Mas, segundo Wallim, o fato de o técnico não estar mais no clube não pesará na definição sobre a contratação.

- O que importa realmente é a condição física do atleta. Vamos ver com o José Luiz Runco (médico do Flamengo) se ele terá condições de vestir a nossa camisa ainda nesta temporada - concluiu.

Ex-presidente do Fla pede que diretoria repense contrato para ter o Maracanã


Marcio Braga - Flamengo (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)O ex-presidente do Flamengo, Márcio Braga, fez um apelo à atual diretoria do clube, encabeçada por Eduardo Bandeira de Mello. Na carta enviada diretamente ao atual mandatário rubro-negro, Márcio Braga pede que Bandeira repense e questione antes de assinar o contrato oferecido pela  Odebrecht, empresa que venceu o processo de licitação do Maracanã.

No comunicado, o ex-dirigente afirma que a empreteira tem feito pressão para que o clube concretize a parceria. Segundo ele, o Flamengo não levará qualquer vantagem se aceitar a proposta feita pela Odebrecht, já que o clube tem sido responsável direto por 70% das receitas do Maracanã e a sua participação futura no estádio tem de ser proporcional à força econômica que a sua torcida representa.

- Aceitar menos que isso será desrespeitar a grandeza da Nação Rubro-Negra e desperdiçar o maior ativo que o clube possui para equacionar a sua situação financeira e dar sustentabilidade a um futuro compatível com a sua tradição gloriosa”, disse Márcio Braga, em trecho da carta.

A Odebrecht é a empresa líder do consórcio vencedor da licitação para gerir o Maracanã por 35 anos. Procurado pela reportagem do LANCE!Net, o Flamengo preferiu não comentar o assunto.

Leia a carta na íntegra:

"Todo cuidado é pouco! Em vez de aproveitarem as novas arenas construídas para a Copa do Mundo como fontes de novas receitas, os clubes brasileiros podem acabar pagando uma conta altíssima.

O jogo de inauguração da arena de Brasília é emblemático. O Santos tem o mando de campo, o Flamengo tem a torcida e nenhum dos dois fica com o dinheiro.

Outro exemplo é a privatização do Maracanã, cujo edital impede a participação dos clubes de futebol na administração do estádio, que, no fim das contas, é de futebol. Os clubes correm sério risco de sacrificar projetos muito mais rentáveis e adequados às suas necessidades para pagar a conta desse investimento bilionário, pois sãos eles os principais, senão únicos, responsáveis pelo público.

Uma boa evidência disso é a situação do Flamengo, que está na Gávea desde 1932 e teve seu estádio ativo até a década de 60, quando cedeu parte de sua área para a Rua Mário Ribeiro e o anel de tráfego da Lagoa, colaborando para facilitar o trânsito entre a Zona Sul e a Barra da Tijuca.

Em 2007, o Flamengo tinha todas as autorizações e licenças necessárias para o Programa de Revitalização da Gávea, que incluía a construção de um estádio novo para 30.000 lugares, ampliação das instalações para esportes olímpicos, expansão da sede social e construção do Centro de Excelência de Remo, com garantia de viabilidade econômica sustentável pela integração de um centro de lazer e compras, com lojas, cinemas, restaurantes, espaço para eventos e estacionamento para 1.836 carros, que funcionaria independente dos dias de jogo e, segundo a FGV, geraria mais de 3.000 empregos diretos. Com o apoio das autoridades e de 73% dos moradores da região, conforme pesquisa feita pelo Ibope à época, esta iniciativa revitalizaria o clube e toda área ao seu redor.

Tudo mudou quando o Governo decidiu privatizar o Maracanã e encomendou estudos à empresa americana Booz Allen Hamilton, que apontou que o Flamengo era responsável direto por 70% das receitas do Maracanã. Diante deste número, o governador Sérgio Cabral resolveu revogar a autorização que o Flamengo havia recebido de sua antecessora e acabou com o Programa de Revitalização da Gávea, dizendo que o Maracanã seria do Flamengo. Então, o hoje prefeito, à época secretário de Esporte, Eduardo Paes, começou a estruturar a privatização do estádio, incentivando que Flamengo, Fluminense e CBF formassem um consórcio com uma empresa inglesa chamada ISG, que se apresentava como braço da IMG, hoje sócia de Eike Batista na IMX.

Flamengo, Fluminense, CBF e ISG assinaram protocolos em 2008 e investiram em estudos de viabilidade, projeções econômico-financeiras, pesquisas de mercado e projetos arquitetônicos e de engenharia para remodelagem e reforma do Maracanã, que custaria R$ 600 milhões e seria paga pela ISG, através de seu Fundo Stadia, sem nenhum investimento público.

Tudo mudou novamente, em 2009, com a Odebrecht se associando à ISG e impondo mudanças aos protocolos já assinados em 2008 com os objetivos de elevar o custo da obra para R$ 1 bilhão e excluir Flamengo, Fluminense e CBF do eixo central do consórcio. Hoje, depois de receber bem mais que R$ 1 bilhão dos cofres públicos, a Odebrecht detém 90% do consórcio que pretende administrar o estádio por 35 anos, e os clubes foram excluídos no próprio edital de privatização feito pelo Governo do Estado.

Mas algumas coisas não mudam: o Flamengo continua sendo responsável por 70% do potencial de receitas do futebol do Rio de Janeiro e, enquanto não constrói seu próprio estádio, joga em casa no Maracanã e na maioria das arenas da Copa do Mundo, afinal, segundo pesquisas do Ibope, os torcedores rubro-negros são maioria em todos os estados do Brasil, exceto Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo, onde é a 4ª maior torcida.

Por essas e outras, os clubes brasileiros não podem abrir mão dos seus estádios. O Flamengo, de preferência na Gávea, como instrumento de revitalização do clube todo, e a exemplo de Chelsea e Paris Saint-Germain, cujos estádios aumentam muito suas receitas e se localizam em áreas nobres de Londres e Paris, que, diga-se de passagem, também contam com estádios monumentais como

Gabriel traça primeira missão para trabalho com Mano: ‘Aprender muito’

O elenco do Flamengo está de folga e se reapresenta somente na próxima terça-feira, mas a notícia da contratação de Mano Menezes tem causado reações positivas nos jogadores. Do Sul do país, Carlos Eduardo celebrou o reencontro com o treinador que o lançou no futebol. Quase no outro extremo, em Salvador, na Bahia, Gabriel também aprovou a escolha da diretoria. Descoberto para o futebol já aos 19, em uma pelada, o camisa 10 não passou pelas categorias de base e acredita que o convívio com o ex-treinador da Seleção será de ensinamentos e aprimoramento.

- Acredito que eu vá aprender muito. É prestar atenção aos conselhos e só tenho a ganhar com um técnico de seleção brasileira - disse em entrevista à Rádio Brasil.

Eleito para vestir a camisa que foi de Zico, Gabriel teve um início de Brasileirão oscilante, passou até pela reserva contra o Náutico, mas está novamente em alta após os dois gols - um deles olímpico - na vitória sobre o Criciúma. Aliviado pela primeira vitória no Brasileirão, o meia quer ter ainda mais destaque no retorno após a Copa das Confederações.

  aluno
aplicado (Alexandre Vidal / Flaimagem) 


- Conseguimos sair da zona de rebaixamento, que estava incomodando, e isso vai dar mais confiança para subirmos na tabela. Sei que posso ajudar muito o Flamengo ainda. Tenho muito a melhorar em todos os quesitos e fazer gol é sempre bom. Dá alívio e confiança.

De volta à Bahia para curtir a família, o camisa 10 engrossa o grupo dos que têm mantido a forma mesmo no período de descanso.

- A família sempre dá aquela força e você volta renovado. Mas estou na academia trabalhando para não perder tanto.

O elenco do Flamengo se reapresenta na tarde da próxima terça-feira, no Ninho do Urubu, já sob o comando de Mano Menezes. O próximo jogo está marcado para o dia 6 de julho, diante do Coritiba, em local ainda indefinido. Há a possibilidade da realização de um amistoso, dia 29, em Uberlândia.



Estreia de Mano deve ser em amistoso com o São Paulo, dia 29


Estádio Parque do Sabiá Uberlândia (Foto: Felipe Santos)
O técnico Menezes ainda não foi apresentado oficialmente como técnico do Flamengo, mas o clube já finaliza os detalhes do que será sua estreia no comando da equipe. A diretoria está perto de acertar um amistoso com o São Paulo no dia 29 de junho, no Parque do Sabiá, em Uberlândia. Nos dois clubes, o jogo já é dado como certo e o anúncio será feito em breve.

Com a volta do Brasileirão marcada para o dia 6 de julho, contra o Coritiba, em local ainda indefinido, o desejo dos dirigentes é que a equipe faça um teste uma semana antes, para movimentar os jogadores e avaliar as primeiras intervenções de Mano na equipe.

Preparador-físico de Mano Menezes: 'Entendemos a possibilidade de crescimento'

Eduardo Silva, preparador-físico que chegará ao Flamengo juntamente com Mano Menezes, afirmou que o treinador e a comissão técnica acertaram com o Rubro-Negro por acreditarem na possibilidade de se realizar um bom trabalho. Ele ressalta que, no momento em que foi feita a proposta, foi levantada esta situação e se chegou à conclusão que a chance de crescimento existe.

Eduardo Silva trabalhou com Mano Menezes no Corinthians e permaneceu no Parque São Jorge após a saída do treinador para a Seleção Brasileira e voltará a estar ao seu lado, agora no Flamengo.

- Acima de tudo, é um grande prazer. Entendemos a possibilidade de crescimento, o Flamengo é muito grande. Acreditamos em ações e no trabaçho - disse ele, que completou:

- Quando foi levantada a situação, cercamos todas as possibilidades de se fazer um bom trabalho. Futebol é resultado.

Mano Menezes chega ao Flamengo com mais dois profissionais: o preparador Eduardo Silva e o auxiliar Sidnei Lobo, que o acompanhou na Seleção Brasileira. A apresentação oficial do novo treinador será na segunda-feira.


Fla espera desfecho de negociação por Adrián Martinez até quinta-feira


Ramses Bustos Chile Adrian Martinez Argentina (Foto: Reuters)
Adrián Martinez deve ser a primeira cara nova do elenco do Flamengo após a chegada de Mano Menezes. Acertado com o clube há cerca de um mês, o lateral-direito argentino aguarda apenas a parte final das tratativas entre a Traffic e o San Lorenzo para embarcar rumo ao Rio de Janeiro e assinar contrato de dois anos. O Rubro-Negro colocou o dia 20, próxima quinta-feira, como data limite para solução do caso. Todas as partes envolvidas, no entanto, já chegaram a um acordo e a expectativa é de que o jovem de 21 anos desembarque no Rio de Janeiro no início da próxima semana.

Revelado pelo San Lorenzo, Adrián Martinez tem seus direitos federativos divididos entre o clube de Almagro e a Traffic. O grupo de investimentos, por sua vez, já acertou a compra de mais 25%, totalizando 75%, e irá emprestá-lo ao Flamengo. Destaque nas seleções de base da Argentina, o jogador disputou a última Série B argentina pelo Olimpo. O acesso da equipe para Primeira Divisão acabou dificultando um pouco a conclusão da negociação. O time da Bahía Blanca fez uma boa oferta para manter o lateral, mas os valores brasileiros foram superiores.

Apelidado de “Chino” em seu país, Adrian Martinez chega ao Flamengo para ser a sombra de Léo Moura, que atualmente não tem reserva que atue em sua posição de origem. Elias, Luiz Antonio e Paulinho já foram improvisados no setor, e os dois primeiros demonstraram descontentamento.

Além de Martinez, o Flamengo já tem definida também a contratação de Roger Carvalho. O zagueiro, no entanto, sofreu uma lesão na coxa direita em partida pelo Bologna, no Campeonato Italiano, e passou por uma cirurgia. O processo de recuperação teve início ainda na Itália e a apresentação está marcada para o início de julho. Por conta do problema, o Rubro-Negro pagará salários apenas a partir de agosto, quando o jogador terá condição de atuar.



Petkovic vai estrear pelo Fla Fut 7 no sábado: 'Honra vestir essa camisa'

O reencontro de Petkovic com a camisa do Flamengo tem data marcada. O sérvio vai estrear pela equipe de futebol 7 na partida contra o Macaé Esporte pelo Campeonato Carioca da modalidade, neste sábado, às 17h, no Iate Clube Jardim Guanabara, no Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira, o ídolo da torcida rubro-negra esteve presente ao treinamento e está incorporado ao elenco.

- Nunca deixo de bater minha bola. Não consigo ficar longe do esporte. Recebi o convite do José Moraes e, chegando aqui, me deparei com um grande elenco e muita estrutura. Fui muito bem recebido e me senti em casa. É sempre uma honra vestir a camisa do Flamengo - disse Petkovic.

Petkovic, Flamengo Futebol 7 (Foto: Joaquim Azevedo/JornalF7) 
Petkovic já está integrado ao grupo (Foto: Joaquim Azevedo/JornalF7)

O ex-jogador vai usar o Campeonato Carioca para se adaptar à nova modalidade e também se preparar para o Mundialito de Futebol 7, que será disputado no mês de julho. A competição será realizada Arena Sapucaí, no Rio de Janeiro. Entusiasmado, o gestor rubro-negro de futebol 7, José Moraes, não conseguiu esconder a euforia com a volta do gringo.

- Ficamos muito felizes com a presença do Petkovic. Ele foi muito simpático, atendeu a todos os pedidos de fotos, autógrafos e entrevistas. O entrosamento em campo foi acima do esperado, ele surpreendeu a comissão técnica pelo bom preparo físico e vontade de jogar. Fez questão de continuar treinando no segundo tempo. Por isso o convidei para começar a jogar agora, no Campeonato Carioca e, neste sábado, já teremos o Pet em campo pelo Mengão! - disse o dirigente.

Sonho antigo

Aos 40 anos, Petkovic era um antigo sonho do departamento do Flamengo, que já havia tentado contar com o jogador em outras ocasiões. A equipe de futebol 7 vem da recente conquista do tricampeonato da Copa do Brasil e é uma das potências da modalidade no país. A informações apontam, ainda, que Petkovic teria sido convidado também para defender o Brasil no Mundialito de Seleções.



Pupilo de Mano, Carlos Eduardo vibra com reencontro: ‘Muito confiante’


 CARLOS EDUARDO flamengo (Foto: Divulgação) Um reencontro motivador justamente no momento em que foi dado o primeiro passo para a volta por cima. Se a atuação contra o Criciúma rendeu elogios após meses de cobranças e exibições abaixo da expectativa com a camisa do Flamengo, Carlos Eduardo tem motivos de sobra para ser um dos rubro-negros mais felizes com a chegada de Mano Menezes. Foi sob o comando do novo treinador que o meia-atacante chegou aos profissionais do Grêmio e viveu a melhor fase da carreira, em 2007. A dupla trabalhou junta também na Seleção. E o histórico sucesso da parceria revigora as ambições de Cadu.

De folga em Nova Hamburgo (RS), onde mora com a família, o maior reforço do Fla abriu um sorriso ao saber da confirmação do novo comandante.  Nesta sexta, Carlos Eduardo atendeu à reportagem do GLOBOESPORTE.COM e não poupou elogios ao deixar evidente sua aprovação ao nome que comandará o Rubro-Negro nos próximos 18 meses.



 CARLOS EDUARDO flamengo (Foto: Divulgação) 
Carlos Eduardo treina durante a folga no Sul (Foto: Divulgação)

- O Mano foi o treinador que me lançou no profissional, conhece meu jeito de jogar, sabe o que posso render e onde eu posso render. Com ele, também fui convocado para Seleção, estou muito contente por trabalharmos juntos novamente, além de muito confiante. Isso me dá ainda mais motivação para vencer com a camisa do Flamengo. É um técnico inteligente, conhece muito futebol e sabe tornar um grupo vencedor.

 CARLOS EDUARDO flamengo (Foto: Divulgação) Apesar da folga, Carlos Eduardo tem se dividido entre o descanso e os treinamentos na academia que tem em casa. Ciente de que recuperar sua condição física plena será preponderante para repetir o sucesso com Mano, o jogador tem seguido os conselhos do preparador físico Joelton Urtiga.

- Treino sozinho todos os dias aqui em casa, me cuido para voltar bem aos treinamentos. Depois do último jogo (contra o Criciúma), quando joguei na posição que gosto de jogar, espero que as coisas caminhem para melhor. Sei do meu potencial e sei o que representa vestir a camisa do Flamengo. Estou aproveitando a parada para Copa das Confederações para treinar forte e voltar com força total.

Carlos Eduardo tem 12 jogos com a camisa do Flamengo, seis como titular e seis entrando no decorrer, e ainda não fez gol. O meia-atacante está emprestado pelo Rubin Kazan, da Rússia, até o meio de 2014.




Flamengo renova com Marquinhos e Benite, e Caio Torres deixa clube


Marquinhos basquete Flamengo Paulistano (Foto: Thiago Lavinas)
A semana foi de muito trabalho para o basquete do Flamengo, que começou o processo de montagem da equipe para a próxima temporada. A boa notícia é que Marquinhos, eleito o melhor jogador do último NBB, e Vitor Benite permanecem na Gávea. O pivô Caio Torres (MVP da final do NBB contra o Uberlândia), no entanto, está de partida.

Destaque da última temporada, o ala Marquinhos permanece na Gávea por mais dois anos. O clube confirmou ao GLOBOESPORTE.COM que o acerto aconteceu na manhã desta sexta-feira. O atleta chegou a receber duas propostas da NBA, do Dallas Mavericks e do New Orleans Pelicans, e da Europa.

- Fumaça branca. Dois anos a mais no melhor time do Brasil . Obrigado, diretoria. Obrigado, Nação, por esses momentos lindos e por outros que virão - escreveu Marquinhos em sua conta no Twitter.

Já o acerto por mais um ano com o ala-armador Vitor Benite aconteceu na última quarta-feira. O ala-pivô Olivinha também já enviou uma proposta ao Flamengo, que fez uma contra-proposta e aguarda apenas uma resposta positiva do atleta.

Outras propostas já foram enviadas pelo o clube nesta semana. Os contratos de quase todos os jogadores que defenderam o Flamengo na última temporada encerram no dia 30 de junho.

Caio Torres se despede do Fla

No entanto, o melhor jogador da final do NBB, Caio Torres, está de saída após duas temporadas no Rio. O clube confirmou, nesta sexta-feira, que o pivô não vai mais defender o Rubro-Negro. Seu destino deve ser o São José, uma vez que o atleta e o técnico da equipe já confirmaram que existe a proposta.

caio torres enterrada flamengo uberlândia final nbb (Foto: João Pires/LNB) 
Melhor jogador da final do NBB, Caio Torres se despede do Flamengo (Foto: João Pires/LNB)

- Temos mantido conversas com ele. O Caio é um pivô que tem bastante presença e, sem dúvida, seria um grande reforço. Acredito que podemos ter alguma definição até este sábado - afirmou o técnico do São José, Régis Marrelli.

Quem também se despede da Gávea é o pivô Feliz, que troca o Flamengo pelo basquete da França.



Mano Menezes será apresentado pelo Flamengo na próxima segunda

Anunciado como novo técnico do Flamengo nesta quinta-feira, Mano Menezes será apresentado oficialmente pelo clube na próxima segunda, às 11h, na Gávea.

Mano convocou a torcida a apoiar integralmente os projetos da nova diretoria, acreditando que assim o Fla será ainda mais forte na disputa do Campeonato Brasileiro.

- Os nossos adversários devem ser os outros. Juntos, Flamengo e Nação Rubro-Negra são muito mais fortes - avisou o treinador.

Mano Menezes entrevista (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com) 
Mano Menezes é o novo técnico do Flamengo (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)
 
Trajetória de sucesso

O primeiro trabalho de Mano à frente de uma equipe profissional aconteceu em 1997, no Guarani de Venâncio Aires-RS. Seu primeiro trabalho de destaque foi no XV de Campo Bom-RS. Em 2004, levou o clube à semifinal da Copa do Brasil, eliminando o Vasco na segunda fase do torneio, com um acachapante 3 a 0 em São Januário.

O primeiro grande clube foi o Grêmio, clube que recolocou na elite do futebol brasileiro com a conquista da Série B, em 2005. Ainda conduziu o Tricolor a um bicampeonato gaúcho (2006 e 2007) e à final da Libertadores de 2007.

No Corinthians, o auge em clubes: novamente venceu a Série B, em 2008, e no ano seguinte foi campeão paulista e da Copa do Brasil.

O sucesso no Timão alçou Mano à seleção brasileira. As conquistas com a Amarelinha se resumiram a dois Superclássicos das Américas (taças disputadas em dois jogos contra a Argentina, em 2011 e 2012). O fraco desempenho contra seleções tradicionais fez com que ele perdesse força e acabasse demitido.

Preparador físico traça programação específica para elenco do Flamengo na folga


Joelton Urtiga, novo preparador físico Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)
Dez dias de folga, mas não de moleza para o elenco do Flamengo. Contratado com a chegada de Jorginho, o preparador físico Joelton Urtiga passou a fazer parte da comissão técnica permanente rubro-negra mesmo após a demissão do treinador e tem lugar garantido no grupo que dará respaldo a Mano Menezes. De emprego garantido, ele tem monitorado os atletas mesmo na folga e não tem dúvida de que, apesar do período sem treinamentos, o grupo estará em boas condições na reapresentação, marcada para terça-feira, no Ninho do Urubu.

Após um trabalho intensivo para série de cinco jogos em um intervalo de duas semanas, antes da parada do Brasileirão para Copa das Confederações, Joelton revela que o descanso era necessário para não sobrecarregar os atletas rubro-negros. No retorno, o elenco passará por uma reavaliação, que determinará a força com que as atividades serão conduzidas.

- Montamos uma programação para esses cinco jogos, com um período curto de intervalo, e esses dez dias são importantes. Pode afetar um pouco, mas vamos ter um ganho na série grande de jogos (após a volta do Brasileirão). Passei um trabalho específico para alguns atletas, e eles têm me ligado, estão mantendo contato. Isso é importante para não cair a parte muscular. No retorno, vamos fazer um novo teste, como foi feito em Pinheiral, para avaliarmos, termos um parâmetro com a comparação, e monitorarmos a carga de trabalho. Essa manutenção na folga é importante para voltarem próximo de como saíram.

Urtiga citou ainda alguns atletas com quem tem mantido contato e tratou os treinamentos na folga como preponderantes para afastar os atletas do departamento médico.

- Isso é importantíssimo também como trabalho de prevenção a lesões. Alguns jogadores têm feito atividade, como futevôlei, spinning, mas sem aquela cobrança de treinamento, se desconectam um pouco daquela pressão. Tenho falado com os personal trainners, com o Léo Moura, Rafinha, Luiz Antonio, Gabriel, Nixon, Carlos Eduardo, a quem expliquei a importância dessa continuidade.

Assunto recorrente no Flamengo ao longo da temporada, Carlos Eduardo tem recebido atenção especial da preparação física. De acordo com Joelton Urtiga, é necessário precaução com o meia-atacante e uma conversa com Mano Menezes determinará a forma como ele será utilizado no retorno do Brasileirão. Atualmente, Cadu não tem condição de atuar 90 minutos com 100% de suas condições.

- Ele está progredindo. O que vai fazer com que ele cresça é o ritmo de jogo. Lógico que não está no mesmo nível de outros. Contra o Criciúma, estava planejado segurar um pouco no segundo tempo e ter o primeiro em um ritmo forte. Quando o treinador chegar, vamos conversar, explicar e ver o que ele pensa para o jogador.

De folga desde a vitória por 3 a 0 sobre o Criciúma, pela quinta rodada do Brasileirão, no último sábado, o Flamengo retorna aos trabalho terça-feira, já sob o comando de Mano Menezes, no Ninho do Urubu. A próxima partida está marcada para o dia 6 de julho, diante do Coritiba, ainda em local indefinido.


Dirigente do Flamengo nega propostas por Felipe Melo e Robinho


Felipe Melo e Robinho (Fotos: AFP)O diretor executivo de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe, negou as recentes informações divulgadas pela imprensa italiana, de que o Rubro-Negro teria feito proposta pelo volante Felipe Melo e vinha mantendo contato com Robinho.

De acordo com o jornal Tuttosport, a diretoria teria oferecido à Juventus 4 milhões de euros (ceca de R$ 11 milhões) por Felipe Melo. Já segundo o Gazzetta dello Sport, Robinho, atualmente no Milan, está na mira do Flamengo.

- Não fizemos proposta pelo Felipe Melo e nem pelo Robinho - disse, rapidamente, Paulo Pelaipe.

Pelaipe rechaçou ainda que a chegada de Mano Menezes ao Rubro-Negro tenha sido vinculada à promessa de contratação de jogadores para esta temporada:

- Não foi feita nenhuma imposição do Mano em relação à contratação de jogadores. Estávamos preocupados somente em fechar contrato com o treinador. A partir de agora, podemos começar a discutir possíveis reforços. Temos de qualificar a equipe para o restante do ano.



Para obter certidões negativas, Fla dá o Ninho do Urubu como garantia

Para conseguir as certidões negativas de débito (CNDs) e, consequentemente, o patrocínio master na Caixa Econômica Federal, o Flamengo teve de penhorar o Ninho do Urubu, CT rubro-negro localizado em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Isso para garantir o pagamento da dívida de R$ 53.767.539,63 junto à Receita Federal, responsável por ceder duas das seis CNDs existentes.

Um ponto importante é que caso a atitude de penhorar o Ninho do Urubu não fosse tomada pela diretoria do Flamengo, as CNDs não seriam obtidas pelo clube.

O artifício utilizado pela diretoria encabeçada pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello coloca em risco o Ninho do Urubu caso o clube deixe de pagar os valores das parcelas federais de impostos.

As cotas devem ser pagas mensalmente pelo Flamengo à Receita Federal até agosto de 2016, no valor inicial de R$ 500 mil e final de R$ 1,8 milhão, atualizados anualmente pela taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia – taxa de juros para títulos federais).

Vale lembrar que como os vencimentos das parcelas vão até 2016, a atual gestão pode não estar no clube (há eleição em 2015) e assim prejudicar o futuro do Ninho do Urubu.

PARCELAS FEDERAIS

Prazo
De acordo com decisão da juíza federal Adriana Barreto de Carvalho Rizzotto, o Flamengo tem de efetuar o pagamento das parcelas das certidões negativas de débito (CNDs) no último dia útil de cada mês.

2013
O Flamengo tem de pagar R$ 500 mil por mês, entre março e dezembro, para a manutenção das certidões.

2014
O Flamengo terá de pagar R$ 1,2 milhão (atualizados pela Selic acumulada de 2013) por mês, durante todo o ano, para a manutenção das certidões negativas de débito.

2015
O Flamengo terá que pagar R$ 1,7 milhão (atualizados pela Selic acumulada de 2013 e 2014) por mês, durante todo o ano, para a manutenção das CNDs.

2016
O Flamengo fica na obrigação de pagar R$ 1,8 milhão (atualizados pela Selic acumulada de 2013, 2014 e 2015) por mês, entre janeiro e agosto, para a manutenção das CNDs.

Pelaipe diz que Mano não atrelou seu acerto a reforços e fala em pé no chão


Paulo Pelaipe, diretor executivo de futebol do Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flaimagem)
Durante as negociações com o Flamengo, Mano Menezes, novo treinador do clube, deixou claro que, mais do que a questão financeira, era importante um planejamento que oferecesse condições para o desenvolvimento do trabalho. Diante do material humano que terá em mãos, é clara a necessidade de reforços. O diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe, admite que nomes chegarão, mas nega que eles já tenham sido indicados ou que já estejam definidos. O dirigente garantiu que isso começará a ser avaliado assim que o novo treinador comece a trabalhar. A apresentação oficial deve acontecer na próxima segunda-feira.

Na partida contra o Criciúma, no último fim de semana, Pelaipe tinha dito ao repórter André Gallindo, da TV Globo, que três reforços de peso estariam encaminhados para a disputa do restante da temporada (um zagueiro, um meia e um atacante). O dirigente ficou mais nos bastidores na negociação com Mano Menezes, conduzida por integrantes do conselho gestor do rubro-negro, como os vices de marketing, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, relações externas, Flávio Godinho, finanças, Rodrigo Tostes, e futebol, Wallim Vasconcellos.

- (O acerto com Mano) não está condicionado a jogadores. Estamos trabalhando com pés no chão, sabemos que a equipe precisa de alguns reforços, mas agora vamos fazer isso conversando, trocando ideias, em um trabalho conjunto. Nenhum jogador chegou ao Flamengo sem o aval do treinador e da diretoria. Trabalhamos em equipe e é assim que achamos que os resultados vão aparecer. Vamos ver dentro do planejamento financeiro aquilo que a gente pode fazer - disse Pelaipe, em entrevista ao canal Fox Sports.

Nada com Robinho

Com o Rubro-Negro em campo em busca de reforços, as especulações começam a aparecer e, segundo o jornal italiano "Gazzetta dello Sport", Robinho, embora esteja em conversas adiantadas com o Santos, estaria também na mira do Flamengo. Pelaipe nega:

- Nós desconhecemos isso. Assim como nesta semana saiu lá que o Flamengo fez oferta pelo Felipe Melo. É um ótimo jogador, identificado com o clube, mas o Flamengo também não fez proposta.

A contratação de Mano Menezes sobe o patamar salarial destinado ao treinador dentro do planejamento financeiro do Flamengo. Pelaipe, no entanto, garante que a decisão foi tomada depois de uma avaliação objetiva da diretoria, e que Mano não pediu garantias financeiras que receberia em dia.
 
- Essa questão nunca foi colocada. O presidente e o conselho gestor estão resgatando a credibilidade do Flamengo. Conversamos e fizemos uma análise dentro dos padrões do que o Flamengo tinha condições de arcar. O Mano vai trabalhar no maior clube do Brasil, para a maior torcida do mundo. Todo profissional que é contratado pelo Flamengo, assim como eu fui, em dezembro, se sente orgulhoso. O Mano também está - completou o dirigente.


Dirigente comemora contratação de Mano Menezes: 'O Flamengo merece'


O final feliz da negociação entre Flamengo e Mano Menezes deixou animada a diretoria do clube. Após o acerto com o técnico, nesta quinta-feira, o vice de futebol do clube, Wallim Vasconcellos, exaltou o novo treinador rubro-negro e demonstrou otimismo com a chegada do ex-comandante da seleção brasileira à Gávea. Agora, segundo ele, o próximo passo é apresentar Mano ao elenco, detectar as necessidades e buscar reforços para o time.

- Ele é um profissional muito bem sucedido, no Grêmio, no Corinthians, na seleção brasileira, e tenho certeza de que vai ser no Flamengo também. Vamos contar com ele para levar o Flamengo lá em cima de novo. Acho que a torcida também está feliz. O Flamengo merece o Mano e o Mano merece o Flamengo também - afirmou em entrevista ao SporTV.

O clube ainda não confirmou quando vai apresentar o novo técnico oficialmente. Segundo o dirigente, o primeiro contato com o grupo de jogadores deve ser na próxima semana. A partir da avaliação do treinador, o clube admite buscar reforços, conforme a realidade financeira rubro-negra.

- A gente sabe que o Mano é um treinador de ponta. O Flamengo  vai dar todas as condições de trabalho para ele. Vamos fazer uma avaliação do elenco com o treinador na próxima semana e, se forem necessários reforços, vamos atendê-lo da melhor maneira possível, desde que o Flamengo possa arcar  - garantiu.

O valor desembolsado para contar com o treinador não foi revelado pelo clube. Wallim Vasconcellos garante que o negócio foi bom para o clube e também para Mano.

- Fizemos uma negociação dentro das condições do Flamengo. Acho que foi uma negociação ótima para ambas as partes. O mais importante é que temos o Mano com a gente para dar bastante alegria à torcida do Flamengo - disse.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Comentarista acredita que chegada de Mano ao Flamengo pode 'salvar' ano


Após a demissão de Jorginho, o Flamengo já tem novo treinador. No início da noite desta quinta-feira, o clube anunciou de forma oficial o acerto com Mano Menezes. O contrato será assinado pelo período de um ano e meio, até o dia 31 de dezembro de 2014. O comentarista do SporTV Raphael Rezende aprova a chegada do novo comandante rubro-negro, para ainda tentar "salvar" a temporada do clube carioca.

- A diretoria (do Flamengo) merece todos os méritos pelo que fez fora do campo, apesar de ter algumas escolhas que não mostraram um rumo acertado na temporada. Agora, muda a cara do projeto, aposta alto, pega um técnico de ponta para tentar salvar um ano que dá cara de que está perdido.

Logo após o anúncio do clube, o próprio técnico Mano Menezes se pronunciou através de seu perfil oficial no Twitter

- De Nação para a Nação. Ser técnico do CR Flamengo é meu novo grande trabalho. Um orgulho.

Mano Menezes chega ao Flamengo com tempo para conhecer melhor a equipe, já que o Campeonato Brasileiro parou desde essa quinta-feira em função da Copa das Confederações. O próximo jogo do time carioca é apenas no dia 6 de julho, contra o Coritiba, em local ainda não definido. Mas, antes disso, o Flamengo negocia um amistoso em Uberlândia, no Parque do Sabiá.



Mano, após acerto com o Fla: 'De Nação para a Nação. Um orgulho!'


Twitter Mano Menezer (Foto: Reprodução/Twitter)

Logo após ser anunciado como novo treinador do Flamengo, na noite desta quinta-feira, o técnico Mano Menezes comemorou a contratação em uma publicação no Twitter, afirmando que é um orgulho comandar a "Nação"

"De Nação para a Nação. Ser técnico do CR Flamengo é meu novo grande trabalho. Um orgulho!"


Mano Menezes é o novo treinador do Flamengo

Mano Menezes é o novo treinador do Flamengo. Após a empatia imediata em um primeiro contato ao vivo, treinador e clube definiram questões mais importantes, como salários e composição da comissão técnica, ainda no início da semana e chegaram a um consenso em relação a detalhes do contrato nesta quinta-feira, concluindo as negociações. O Rubro-Negro desejava um acordo até o fim de 2015, mas o vínculo inicial será até 31 de dezembro 2014. O clube já fez o anúncio em seu site oficial.

Mano Menezes entrevista  (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com) 
Mano Menezes assina com o Flamengo até o fim de 2014 (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

- De Nação para a Nação. Ser técnico do CR Flamengo é meu novo grande trabalho. Um orgulho - disse o treinador em seu perfil oficial no Twitter.

Mano Menezes chega com o auxiliar técnico Sidnei Lobo, com quem trabalha desde 2004, e um preparador físico, conforme definido já em conversas iniciais. O Flamengo defendeu a permanência de Joelton Urtiga, preparador que trabalhava com Jorginho e passou a ser funcionário permanente do clube, e o treinador não se opôs.

O valor da remuneração de Mano Menezes foi outro ponto definido sem maiores traumas. Simpático ao projeto apresentado pelo Flamengo, como revelou no início da semana, o treinador receberá um meio-termo entre o que era pago ao seu antecessor, Jorginho, e os R$ 800 mil que Dorival Junior ganharia em reajuste ao longo do ano previsto em contrato. O montante é superior também ao que o profissional recebia da CBF.

Todo processo de negociação foi conduzido por membros do conselho gestor do rubro-negro, como os vices de marketing, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, relações externas, Flávio Godinho, finanças, Rodrigo Tostes, e futebol, Wallim Vasconcellos. Bastante questionado internamente, o diretor executivo Paulo Pelaipe, que já trabalhou com Mano no Grêmio, não participou das tratativas.

Mano Menezes já era o nome de consenso da diretoria desde de quinta-feira passada, horas depois da demissão de Jorginho. Decidido a abrir mão da postura radical de redução de gastos, o vice de futebol, Wallim Vasconcellos, deixou o hotel onde a delegação estava hospedada em Florianópolis rumo ao Rio logo pela manhã para iniciar as tratativas. A aposta mal sucedida no tetracampeão deixou clara a necessidade de um nome de peso para conduzir a equipe no processo de reestruturação rubro-negro.

Ainda não há confirmação da apresentação oficial. Mano será o sexto treinador gaúcho do Flamengo, em lista que inclui vitoriosos como Claudio Coutinho e Paulo Cesar Carpegiani, e terá seu primeiro contato com o elenco na próxima terça-feira, no Ninho do Urubu.

Trajetória de sucesso

O primeiro trabalho de Mano à frente de uma equipe profissional aconteceu em 1997, no Guarani de Venâncio Aires-RS. Seu primeiro trabalho de destaque foi no XV de Campo Bom-RS. Em 2004, levou o clube à semifinal da Copa do Brasil, eliminando o Vasco na segunda fase do torneio, com um acachapante 3 a 0  no galinheiro de  São Januário.

O primeiro grande clube foi o Grêmio, clube que recolocou na elite do futebol brasileiro com a conquista da Série B, em 2005. Ainda conduziu o Tricolor a um bicampeonato gaúcho (2006 e 2007) e à final da Libertadores de 2007.

No Corinthians, o auge em clubes: novamente venceu a Série B, em 2008, e no ano seguinte foi campeão paulista e da Copa do Brasil.

O sucesso no Timão alçou Mano à seleção brasileira. As conquistas com a Amarelinha se resumiram a dois Superclássicos das Américas (taças disputadas em dois jogos contra a Argentina, em 2011 e 2012). O fraco desempenho contra seleções tradicionais fez com que ele perdesse força e acabasse demitido.


Campanha por sócios no Fla usa Eto'o e Robben e promete craque europeu




Flamengo em campanha do sócio-torcedor promete reforços (Foto: Reprodução)

Robben e Eto'o viraram, indiretamente, garotos-propaganda da campanha do Flamengo para conquistar mais sócios. Em uma imagem divulgada no Facebook pelo BrahmaFla, na tarde desta quinta-feira, os dois jogadores aparecem ao lado de uma mensagem que busca mostrar a importância de se associar ao Rubro-Negro e lembrando que a meta do clube é de ter um quadro com 100 mil membros. Vale lembrar, porém, que no lançamento da campanha, a diretoria garantiu que pretendia atingir 200 mil sócios.

A propaganda diz ainda: "Se alcançarmos esta meta, o Fla gerará R$ 62.400.000! Isso dá para pagar o salário de um craque europeu". Mas o contrato assinado antes da implementação do programa, prevê que 30% da arrecadação vá para a Golden Goal, empresa responsável pelo sócio-torcedor do Flamengo.

Procurado pelo LANCE!Net, a assessoria de imprensa da Brahma informou que a ação faz parte de uma brincadeira para atrair mais sócios-torcedores e que todas as ações vinculadas ao Flamengo têm o conhecimento do clube.

Esta não é a primeira vez que a campanha rubro-negra por novos sócios chama a atenção. Antes da partida contra o Náutico, no Orlando Scarpelli, na última semana, o placar eletrônico mostrava mensagens com um teor, até certo ponto, agressivo. Entre outras, questionava se o torcedor ficaria só reclamando e quanto ele pagaria para viver a emoção de reviver um gol como o do Nunes, em 1981, na final do Mundial Interclubes.

Ressaltando apenas que, apesar de a promessa ser de "craques europeus", Eto'o nasceu em Camarões, país que pertence à África.

Caso não chegue a 30 mil sócios até 25 de agosto, o Flamengo pode rescindir o contrato com a Golden Goal de forma unilateral.



 

Após dois jogos fora, Moreno revela ansiedade de voltar a atuar pelo Flamengo



Após desfalcar o Flamengo contra Náutico e Criciúma por ter defendido a Bolívia contra Venezuela e Chile, o atacante Marcelo Moreno não esconde a ansiedade de voltar a vestir a camisa rubro-negra. Sua expectativa é ainda maior depois do ótimo resultado conquistado contra o Tigre (3 a 0), no último sábado.

- Mesmo concentrado nas Eliminatórias, consegui acompanhar o Flamengo e fiquei muito feliz com a exibição diante do Criciúma. Foi uma partida dominada pela nossa equipe, que não correu grandes riscos e conquistou um grande resultado. Essa vitória veio em um bom momento, pois garantirá uma motivação extra para a pausa durante a Copa das Confederações. Estou ansioso para voltar a vestir essa camisa e espero dar muitas alegrias para essa torcida. Fui muito bem recebido, sei da responsabilidade que tenho e pretendo escrever minha história com essa camisa - disse.

 Autor de um gol na derrota por 3 a 1 para o Chile na última terça-feira, Moreno não esconde a desilusão com a péssima campanha da Bolívia nas Eliminatórias da Copa - é a penúltima colocada, com dez pontos. Mas o desempenho individual o anima para manter a fase no Fla:

- Esse jogo foi uma mistura de sentimentos para mim. Fico feliz pelo gol marcado, por dar sequência a um bom momento que estou vivendo. Graças a Deus, consegui marcar mais um e isso me traz muita motivação. Sempre que um atacante passa por uma fase positiva, com gols e confiança, as coisas ficam bem mais fáceis. Por outro lado, fica a tristeza pelo resultado diante do Chile, pois nossa classificação para a Copa ficou bastante complicada. Agora, precisamos focar nesses próximos jogos que nos restam para tentar reverter essa situação. Antes, porém, é preciso retornar o foco ao Flamengo e dar continuidade ao trabalho no clube.


Petkovic retorna ao Fla para disputa de Mundialito de Clubes de futebol 7

 
gringo
de volta (André Durão/Globoesporte.com) Para os fãs e principalmente rubro-negros que sonhavam em ver Petkovic novamente em ação, o Flamengo anunciou uma louvável notícia na manhã desta quinta-feira: o meia está de volta ao clube. Ídolo do time carioca pelas conquistas do tricampeonato carioca, em 2001, e do hexacampeonato brasileiro, em 2009, o sérvio aceitou o convite para integrar a equipe que disputará o Mundialito de Clubes de futebol 7 nos dias 11, 12, 13 e 14 de julho, na Arena Sapucaí, no Rio de Janeiro.

Aos 40 anos, Petkovic era um antigo sonho do departamento do Flamengo, que já havia tentado contar com o jogador em outras ocasiões. José Moraes, técnico da equipe, celebrou a contratação do craque e destacou a importância da presença de jogadores conhecidos no torneio.

- Só tenho a agradecer ao Petkovic por receber e aceitar muito bem o meu projeto. É sempre muito importante termos estrelas do futebol profissional em nosso esporte, pois isso atrai público para as nossas arenas - disse.

A equipe do Flamengo de futebol 7 vem da recente conquista do tricampeonato da Copa do Brasil e é uma das potências da modalidade no país. A informações apontam, ainda, que Petkovic teria sido convidado também para defender o Brasil no Mundialito de Seleções.



Ansioso por gol com camisa do Fla, Paulinho sonha fazê-lo no Maracanã



Paulinho coletiva Flamengo (Foto: Fred Huber)
Após cinco jogos com a camisa do Flamengo, o atacante Paulinho ainda busca seu primeiro gol pela nova equipe. Na estreia, diante do Santos, ele teve pouco mais de dez minutos para mostrar seu futebol. Já na sequência, a presença em campo aumentou, assim como as oportunidades de balançar as redes adversárias. Foi assim diante do Criciúma, na última rodada, quando deu cinco chutes a gol, jogador que mais finalizou em toda a partida.

- Estou bastante ansioso para fazer meu primeiro gol pelo Flamengo. Tive algumas oportunidades, mas ainda não saiu. Estou treinando muito, demonstrando muita vontade e isso nunca vai faltar - disse.

Com a possibilidade da reabertura do Maracanã para os clubes do Rio de Janeiro no retorno do Brasileirão, o jogador se esforça para tentar descrever a emoção caso esse gol saia justamente no palco histórico, com o apoio maciço do torcedor rubro-negro. Até porque o jogador nunca visitou o Maracanã.

- Que isso! Não consigo nem imaginar. Seria maravilhoso e tenho esse sonho. Sonhava estar ali quando era criança. Via vários jogos, meus amigos que já foram me falavam como é bonito. Espero que minha primeira vez seja no campo e, se marcar, nem sei o que vou fazer. Não pensei como seria - contou o empolgado atacante.

Moda entre os boleiros como comemoração, a dancinha ou qualquer tipo de coreografia foi descartada pelo atacante.

- Não sou de fazer, não. Sou um cara mais tranquilo e prefiro comemorar com a torcida - contou.



Esquecido por Jorginho, Rodolfo espera ter mais oportunidades no Flamengo


rodolfo flamengo bangu (Foto: Ide Gomes / Agência Estado)
A famosa frase: "A vida é tipo roda gigante, hoje você está por cima, amanhã por baixo" pode ser aplicada para a curta carreira do meia Rodolfo no Flamengo. O atleta, revelado pelo Madureira, teve um começo de ano promissor, quando chamou a atenção da torcida por sua habilidade e personalidade e desbancou Carlos Eduardo, mais cara contratação do ano, que ficou no banco de reservas.

Após a troca de Dorival Júnior por Jorginho à frente do comando técnico, o meia continuou a ter oportunidades como titular, mas, subitamente, foi sacado do time, não figurando nem entre os reservas desde a partida com o Campinense, em Juiz de Fora, no último dia 15 de maio. Se antes Carlos Eduardo e Adryan esperavam por uma chance, enquanto Rodolfo realizava boas apresentações, agora é a vez dele aguardar no fim da fila.

Sem esconder uma ponta de tristeza e frustração pelo fato de perder espaço no grupo, o armador evita um embate com o ex-técnico Jorginho, explica o que foi lhe dito no momento da barração e garante estar tranquilo, confiante de que a sua hora chegará.

- Estou encarando da melhor forma possível. Ninguém gosta de ficar fora. Ele (Jorginho) falou para eu não desanimar, que tinha outras opções e para manter a cabeça erguida. Foi uma opção e eu a respeito. Ele trocava um ou dois jogadores, querendo fazer o melhor possível para o Flamengo. Vou trabalhar muito para mostrar serviço e reconquistar meu espaço, principalmente com a chegada de um novo treinador - afirmou Rodolfo.

rodolfo FLAMENGO X DUQUE DE CAXIAS (Foto: RUDY TRINDADE/FRAME/AGÊNCIA ESTADO) 
Rodolfo em ação na sua última partida como titular na equipe principal, diante do Duque de Caxias (Foto: RUDY TRINDADE/FRAME/AGÊNCIA ESTADO)
 
Com o retrospecto de oito vitórias, dois empates e três derrotas nas 13 partidas em que esteve em campo, com direito a um gol (diante do Bangu), e três assitências, o jogador considerou como positiva as suas atuações nesses primeiros seis meses no clube.

- Gostei do meu desempenho. Contra o Bangu, quando fiz gol, Madureira, Quissamã, na estreia, acho que fui bem. Na Copa do Brasil, diante do Remo, também. Mas sei que tenho muito a evoluir - avaliou o armador.

Por causa do longo Campeonato Brasileiro, Rodolfo diz acreditar que as oportunidades aparecerão, cedo ou tarde, e que não vê a hora de voltar a fazer o que mais gosta.

- O Brasileiro tem jogos toda quarta e domingo e o próximo treinador vai precisar de elenco. Será uma boa oportunidade para eu voltar a jogar, ganhar ritmo e evoluir. Estou com muita saudade de jogar e não vejo a hora de voltar para poder ajudar a equipe - confessou.

Canhoto, o menino de 20 anos revelou em que posição se sente mais à vontade dentro de campo.

- Gosto de atuar mais centralizado ou pela direita, onde posso puxar para o meio e chutar. Para um canhoto é bom. Mas jogo onde me escalarem - completou.



Resultados de quarta na Série A do Brasileirão



Campeonato Brasileiro 2013 (2ª e 5ª rodadas)

Santos 1 x 0 Atlético-MG - rodada 5
Grêmio 1 x 1 São Paulo - rodada 5
Portuguesa 2 x 1 Fluminense - rodada 2


quarta-feira, 12 de junho de 2013

Tabela da Copa Nacional do ES Sub-17 é divulgada e terá 20 times

O Departamento Técnico da Federação de Futebol (FES) divulgou a tabela oficial da Copa Nacional do Espírito Santo Sub-17, a antiga Copa Brasil Sub-17, na tarde desta quarta-feira. A sexta edição da competição de base será realizada entre os dias 29 de junho a 13 de julho e vai reunir tradicionais equipes de todo o país, nas cidades-sedes de Domingos Martins, Guaçuí, Ibiraçu, Itapemirim, Marataizes e Cariacica.

Ao todo serão 20 times, sendo 10 capixabas e 10 nacionais, divididos em cinco chaves. No Grupo A: Cruzeiro, Atlético-PR, GEL e Ypiranga-ES; no Grupo B: Fluminense, América-MG, Rio Branco-ES e Atlético Itapemirim; no Grupo C: Internacional, Betim, Guarapari e Guaçuí; no Grupo D: Santos, Figueirense, São Mateus e Ibiraçu; e no Grupo E: Flamengo, Coritiba, Desportiva Ferroviária e Campinho.

De acordo com o regulamento da competição, as 20 equipes, divididas em cinco grupos, se enfrentam entre si dentro da chave em turno único. Os dois primeiros colocados dos grupos A, B e C garantem vaga nas quartas de final. Nos grupos D e E, só avançam os melhores classificados de cada. A final, marcada para o dia 13 de julho, acontece na cidade de Cariacica.

Histórico
A Copa Nacional do Espírito Santo Sub-17, a antiga Copa Brasil Sub-17, está na sua sexta edição e tem o Internacional como o maior vencedor. O clube gaúcho já levantou a taça nos anos de 2009 e 2010.  Cruzeiro em  2011,  também já conquistou a competição, assim como o Atlético-PR, o atual campeão.


Confira os jogos da primeira rodada:

29 de junho (sábado)

Grupo A (sede: Marataízes)
10h15 - Atlético-PR x GEL
15h00 - Ypiranga-ES x Cruzeiro 

Grupo B (sede: Itapemirim)
15h00 - Rio Branco-ES x Fluminense
17h00 - Itapemirim x América-MG

Grupo C (sede: Guaçuí)
17h00 - Guarapari x Betim
19h00 - Guaçuí x Internacional

Grupo D (sede: Ibiraçu)
13h30 - São Mateus x Figueirense
15h30 - Ibiraçu x Santos

Grupo E (sede: Domingos Martins)
15h00 - Flamengo x Desportiva Ferroviária
17h00 - Campinho x Coritiba