Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 22 de junho de 2013

ASA espera receita recorde no jogo com Flamengo e coloca campanha na rua


Maquete do CT do ASA (Foto: Divulgação/ASA) 
Centro de Treinamento do ASA terá dois campos (Foto: Divulgação/ASA)

O ASA espera aumentar muito a sua receita com a partida do dia 10 de julho contra o Flamengo, em Arapiraca, pela Copa do Brasil. Pensando na construção do Centro de Treinamento, a direção já colocou a campanha nas ruas e organiza a venda antecipada de ingressos.

Presidente do clube, Jotinha Alexandre informou que os protestos em São Paulo atrasaram o Sedex e os bilhetes só devem começar a ser vendidos na quinta-feira (27).

- A princípio, estava tudo pronto para iniciarmos as vendas na terça-feira, mas as manifestações que estão ocorrendo em todo o Brasil atrapalharam o envio dos bilhetes e, para complicar, segunda-feira vai ser feriado em Arapiraca. Assim, creio que devemos iniciar a venda dois dias depois, na quinta-feira, porque precisamos de tempo para contar antes de distribuir para os pontos de venda – explicou o dirigente, que fez um apelo ao torcedor do ASA.

Maquete do CT do ASA (Foto: Divulgação/ASA) 
Maquete do CT do ASA (Foto: Divulgação/ASA)
 
- Vamos enfrentar um grande adversário e a renda liquida deste jogo vai nos ajudar a construir o nosso CT. Tudo o que arrecadarmos nessa partida será revertido para esse projeto e, inclusive, já estamos divulgando a maquete nos outdoors da campanha. Colocamos tudo no papel, compramos mais um terreno nas Bananeiras nesta semana e esperamos que em setembro ou outubro o elenco já esteja treinando lá, já que, inicialmente, queremos terminar dois campos e o vestiário. Depois, vamos construíndo o resto, mas, é bom destacar, que se levantarmos os recursos necessários já vamos fazer tudo. Esperamos uma grande receita com esta partida – explicou o dirigente, que também falou sobre o valor do bilhete.

Presidente do ASA Jotinha Alexandre (Foto: Arquivo Pessoal)
 - Vamos cobrar R$ 100,00 nesse duelo com o Flamengo, mas é bom lembrar que a entrada também vale para o jogo contra a Chapecoense, marcado para o dia 5 de julho, pela Série B do Brasileiro. É o momento de o torcedor entender o projeto e nos ajudar.

Os atletas também já fazem contagem regressiva para o confronto com o time carioca.

- É um jogo diferente. A partida entre ASA e Flamengo vai ser exibida para todo o País e, com certeza, para muitos lugares do mundo. É uma excelente oportunidade de mostrarmos qualidade do nosso time, que já foi vice-campeão do Nordeste – declarou Lúcio Maranhão, artilheiro do ASA na Série B, com quatro gols marcados.

 Jotinha convoca a torcida do ASA   (Foto: Arquivo Pessoal)


Mano explica esboço inicial: espinha montada por Jaime com adaptações

Em time que está ganhando não se mexe. Neste caso em especial, em time que ganhou. Foi com esse pensamento que Mano Menezes fez o primeiro desenho do que pensa para o Flamengo. Em uma semana de trabalho, o treinador já escalou uma equipe titular, e o fez com base no que foi apresentado por Jaime de Almeida na vitória por 3 a 0 sobre o Criciúma, a única da equipe no Brasileirão. Adaptações, obviamente, foram realizadas, mas o próprio comandante confessou a linha de raciocínio inicial.

Em relação ao time que venceu os catarinenses, saíram Samir, Diego Silva e Hernane para as entradas do trio de gringos formado por González, Cáceres e Marcelo Moreno. Todas as alterações, por sua vez, eram "esperadas", já que o chileno e o boliviano estavam com suas seleções, e o paraguaio se recuperava de cirurgia. A novidade com a "cara de Mano" está no posicionamento tático: Paulinho recuou para o meio, e Carlos Eduardo avançou para o ataque.

- Parti de uma formação do meio para frente que o Jaime utilizou no último jogo, com o Carlos Eduardo um pouco mais adiantado e o retorno do Moreno. O Cáceres está voltando e vamos ver como vai se adaptar nas questões física e de ritmo de jogo. Ele tem dado uma resposta positiva. A partir da quarta da semana que vem confirmo se essa é a formação (para o jogo como  São Paulo). A partir daí seguiremos uma linha ou retificaremos alguma coisa. A ideia é conseguir ter uma repetição.

Mano menezes flamengo treino (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem) 
Mano Menezes começa a desenhar o seu Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem)

Mano Menezes avaliou ainda a primeira semana no novo clube e deixou clara a postura de puxar seus jogadores sempre ao limite. Sem tempo para brincadeiras, o treinador avisou:

- Todos os treinamentos são muito importantes, disse isso aos jogadores. Não existe uma atividade em que o desempenho vai ser mais relaxado. A dedicação vai ser muito intensa e forte, a não ser em dia de recreativo, quando pode existir uma descontração.

Carlos Eduardo também esteve em pauta na entrevista coletiva do técnico. Apesar de o jogador ter realizado boas jogadas durante os treinamentos, Mano evidenciou que não dará moleza e cobrou uma melhora ainda mais significativa.

- Com participação e aproveitamento, é a oportunidade de evoluir. O Carlos Eduardo sabe disso e sabe que precisa melhorar.

O Flamengo treina na manhã de domingo no Ninho do Urubu. No início da tarde, o elenco segue para Pinheiral, onde trabalha durante toda semana, até a estreia de Mano Menezes, em amistoso contra o São Paulo, sábado, em Uberlândia.



Gabriel aprova 'semana proveitosa' e vê São Paulo como bom teste

Muito trabalho de recondicionamento físico, atividades técnicas para dar um novo perfil e um esboço do time titular. A primeira semana de trabalhos de Mano Menezes no Flamengo foi intensa, e agradou os jogadores. Camisa 10 rubro-negro na temporada, Gabriel foi mantido entre os titulares e gostou do contato inicial com o novo treinador. Satisfeito com o que passou, o meia se mostra empolgado também para o que vem pela frente, em Pinheiral.

- Foi uma semana proveitosa. Apesar de o time ter ficado parado um tempo na folga, os trabalhos foram intensos para recuperarmos a forma física. Teremos agora mais uma semana confinados, trabalhando forte e descansando, o que também é importante.

No início da noite de domingo, o elenco do Flamengo segue para Pinheiral, no Sul do Rio de Janeiro, para uma semana de treinamentos no CT João Havelange. A programação prevê o que Gabriel já identificou como característica de Mano: intensidade. De segunda a quinta, as atividades serão em período integral, com sexta somente pela manhã.

No sábado, o Fla segue para Uberlândia, onde encara o São Paulo em amistoso que marcará a estreia de Mano Menezes, no Parque do Sabiá. Na expectativa do confronto, Gabriel acredita que este será um bom parâmetro para as duas primeiras semanas de trabalhos com o novo treinador.

- O São Paulo é um time de alto nível, um dos melhores do Brasil. Vai ser bom para testar a nossa força.

A estreia oficial de Mano Menezes está marcada para o próximo dia 6, contra o Coritiba, pela sexta rodada do Brasileirão. O local da partida ainda está indefinido, mas Brasília surge como favorito.



Parceria com Treze-PB pode ser costurada pelo Flamengo



De acordo com o presidente do Treze-PB, Eduardo Medeiros, existe a possibilidade de o clube costurar uma parceria com o Flamengo. O dirigente do time de Campina Grande afirmou que o mandatário rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello, entrou em contato para sondar a chance de se realizar um amistoso antes de o retorno do Brasileiro e a conversa foi ampliada.

– Está se iniciando uma parceria. Foi proposta do Bandeira, de empréstimos entre os clubes e categoria de base. Vamos evoluir. Veremos se tudo isso vai dar certo – disse Medeiros, ao PB Esportes.

Flamengo tem dois zagueiros convocados para Seleção Sub-17


O Flamengo teve dois jogadores da categoria juvenil convocados para seleção brasileira sub-17. Nesta semana, o treinador Alexandre Gallo divulgou a lista para Copa 2 de Julho, que será disputada na Bahia de 1 a 13 de julho, com os nomes dos zagueiros Lincoln e Welerson. A dupla se apresentará no próximo dia 26, já no local da competição. Lincoln é figura repetida nos chamados para defender o Brasil. Ao lado do atacante Caio Rangel, o defensor representou o Flamengo na equipe que disputou o Sul-Americano e garantiu a presença brasileira no Mundial da categoria.

lincoln flamengo treino (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem) 
Lincoln é um dos rubro-negros convocados (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem)
 

Com febre, Carlos Eduardo é ausência em treinamento do Flamengo


Carlos Eduardo foi a ausência do Flamengo no treinamento da manhã deste sábado, no Ninho do Urubu. Após ser escalado por Mano Menezes em sua posição de origem, atacante pela ponta, e ter se destacado com boas jogadas em trabalhos durante a semana, o jogador se apresentou gripado e com febre, e ficou a cargo do departamento médico. A situação, no entanto, não preocupa, e Cadu não será problema para viagem a Pinheiral, marcada para o início da noite de domingo. O Rubro-Negro treinará durante toda semana no CT João Havelange, no Sul do estado, e no sábado encara o São Paulo, em amistoso no Parque do Sabiá, em Uberlândia. A partida marcará a estreia de Mano Menezes.

Carlos Eduardo treino Flamengo (Foto: Cahê Mota) 
Carlos Eduardo, com febre, acabou poupado da atividade de sábado (Foto: Cahê Mota)
 
 

Mano a mano: jogadas individuais marcam sábado de trabalho no Ninho

 
curtiu (Fabio Castro/Agif/Agência Estado)Dia de mano a mano no treinamento do Flamengo. Uma atividade técnica intensa marcou o sábado de trabalho do elenco no Ninho do Urubu. Como aconteceu durante quase toda semana, Mano Menezes abriu mão de um treino tático para realizar atividades específicas com os jogadores. Desta vez, o foco foi no aprimoramento do drible em busca de soluções rápidas em jogadas individuais, em atividade que durou quase duas horas no campo 4 do CT. Carlos Eduardo, com febre, foi a baixa.

Após rápido aquecimento, os jogadores foram divididos em duplas que se enfrentavam em campo reduzido com o objetivo de fazer o gol e um espaço determinado por cones. Antes de tocarem na bola, porém, era necessário dar um pique de ida e volta em um percurso pré-determinado, trabalhando também a parte física. A atividade durou todo o treinamento. Em entrevista coletiva, Gabriel elogiou e explicou o trabalho, que, segundo ele, simulou situações extremas de jogo.

- É um trabalho de fadiga. Fazíamos um bate e volta para chegarmos cansados no mano a mano. Isso é bom para o fim do jogo. Aquele pique que falta perna, o pensar depois de já estar cansado. Treinando, o raciocínio fica mais rápido.

No domingo, o elenco do Flamengo treina pela manhã e viaja no início da noite para Pinheiral. Toda próxima semana de trabalhos será no CT João Havelange, até a estreia de Mano Menezes, sábado, em amistoso contra o São Paulo, em Uberlândia.

Futebol de 7: líderes do Carioca, Fla, Flu e vasco jogam para manter 100%


Empatados na liderança do Campeonato Carioca de futebol de 7, com nove pontos, Flu,  Flamengo e vasco entram em campo neste domingo buscando manter os 100% de aproveitamento neste início da competição. Com campanhas iguais às dos rivais, América e Botafogo descansam na rodada do fim de semana. As duas equipes se enfrentariam, mas o duelo foi adiado para uma nova data que ainda será definida.

Petkovic jogo Flamengo futebol de 7 (Foto: Davi Pereira / JornalF7.com) 
O Flamengo, de Petkovic primeiro à esq.) enfrenta o Ceres (Foto: Davi Pereira / JornalF7.com)

Contando com o reforço do craque Petkovic, que fez a sua estreia na última terça-feira, na vitória por 3 a 0 sobre o Macaé, o Flamengo enfrenta o Ceres às 18h10m deste domingo, no Iate Clube Jardim Guanabara. No mesmo local, o Fluminense joga contra o Niterói, às 17h.

Já o vasco mandará a sua partida na Arena Akxe, na Barra da Tijuca. O adversário é o Bangu, em partida marcada para as 14h40m. Uma das equipes que mais investiu para a temporada, o Madureira ocupa a sétima colocação com seis pontos (duas vitórias e uma derrota). O adversário do Tricolor Suburbano é o São Cristóvão, às 12h20m, na Arena Akxe.

 Grande surpresa neste início de Carioca, o sexto lugar São Gonçalo enfrenta o Entrerriense às 19h20, na Arena Akxe. O Macaé, do ex-volante Douglas Silva (com passagens por Flamengo e Atlético-PR), joga contra o Duque de Caxias às 14h40m, no Iate. Confira a rodada completa e a classificação do Carioca 2013:


Iate Clube Jardim Guanabara - Ilha do Governador

14h40m - Duque de Caxias x Macaé
15h50m - Olaria x Serrano
17h - Fluminense x Niterói
18h10m - Flamengo x Ceres
19h20m - São Gonçalo x Entrerriense


Arena Akxe - Barra da Tijuca

10h - Rio de Janeiro x Riostrense
12h20m - Madureira x São Cristóvão
13h30m - Portuguesa x Boa Vista
14h40m - vasco x Bangu

Classificação do Campeonato Carioca após três rodadas:

1º América - 9 pontos e 17 gols de saldo
2º Botafogo - 9 pontos e 15 gols de saldo
3º Fluminense - 9 pontos e 14 gols de saldo
4º Flamengo - 9 pontos e 13 gols de saldo
5º vasco - 9 pontos e 6 gols de saldo
6º São Gonçalo - 7 pontos e 5 gols de saldo
7º Madureira - 6 pontos e 1 gol de saldo
8º Duque de Caxias - 5 pontos e 1 gol de saldo
9º Olaria - 4 pontos e 4 gols de saldo
10º Rio de Janeiro - 4 pontos e -1 gol de saldo
11º Niterói - 4 pontos e -2 gols de saldo
12º Portuguesa - 3 pontos e -2 gols de saldo
13º Macaé - 3 pontos e -2 gols de saldo
14º Bangu - 2 pontos e -2 gols de saldo
15º Boavista - 2 pontos e -3 gols de saldo
16º Ceres - 0 ponto e -3 gols de saldo
17º São Cristóvão - 0 ponto e -4 gols de saldo
18º Entrerriense - 0 ponto e -12 gols de saldo
19º Serrano - 0 ponto e -21 gols de saldo
20º Riostrense - 0 ponto e -24 gols de saldo

Manifestantes acampam em frente à casa do governador Sérgio Cabral

Dezenas de manifestantes permanecem ocupando o trecho da Avenida Delfim Moreira, próximo à casa do governador Sérgio Cabral, no Leblon. A via está interditada na altura da Avenida Niemeyer, no sentido São Conrado, e o trânsito está sendo desviado pela Avenida Ataulfo Paiva e pela Rua Humberto Campos. A Polícia Militar está no local e a manifestação segue pacífica.

O protesto no Leblon começou no início da noite da sexta-feira. Centenas de pessoas caminharam cerca de seis quilômetros, a partir da estação de metrô da General Osório, pela Avenida Vieira Souto. Apesar do temor dos comerciantes, que fecharam as lojas mais cedo, o grupo seguiu pacificamente pela orla. Entre as reivindicações estavam melhorias na saúde e na educação pública.

Eles seguiram até a esquina da Rua Aristides Espínola, no Leblon, onde mora o governador Sérgio Cabral. Uma barreira formada por policias impediu que o protesto chegasse à portaria do imóvel onde ele vive com a família. Por volta das 22h, o grupo ficou reduzido a cerca de 20 pessoas, que ainda ocupavam a Avenida Delfim Moreira, no sentido São Conrado.

Rapidinhas do Mengão


Saindo do papel
O Flamengo finalmente conseguiu desembaraçar seu prédio no Morro da Viúva. O último contrato de despejo foi assinado na semana passada. Em até 15 dias, segundo o vice Alexandre Wrobel, a documentação deve estar toda regularizada. O processo levou dois anos e meio. A construção do hotel começará em alguns meses.
 
“Eu mesmo não tinha certeza se conseguiríamos desocupar o prédio”
Alexandre Wrobel, vice-presidente de Patrimônio do Flamengo, sobre o Morro da Viúva

Embate
O grupo de oposição do Flamengo, liderado por Gonçalo Veronese e Leonardo Ribeiro, assumiu posição contra qualquer acordo com o consórcio que ganhou a concessão do Maracanã. O grupo defende a estratégia de cancelar a licitação e promover nova, que o clube possa disputar. Se não for possível, defende estádio próprio.
 
 
 

Chegou, conheceu e gostou: elenco deixa boa impressão para Mano


Mano MenezesTreino Flamengo (Foto: Cahê Mota)
Simpatia à primeira vista. Assim começou a relação de Mano Menezes com o elenco do Flamengo. Se durante a semana Marcelo Moreno, Carlos Eduardo e Elias não pouparam elogios ao novo treinador, chegou a vez do próprio Mano se mostrar satisfeito com o que tem encontrado diariamente no Ninho do Urubu. Desde a última terça-feira no convívio com o grupo, o comandante gostou do que viu, principalmente no que diz respeito à postura e à ambição dos atletas.

- Encontrei um grupo com muita vontade de melhorar. Essa é a parte mais importante, e um clube também. Esse grupo é um retrato do que o Flamengo precisa fazer, e tem consciência do que está fazendo. Estruturalmente, o clube busca uma melhoria significativa. Como time, paralelamente, temos que dar respaldo a essa melhora. Ao torcedor é algo que chega com muito mais ênfase dentro do campo. Conversamos com os jogadores para que tenham uma noção muito clara de que ainda são os primeiros passos.

Com quatro dias de trabalho, Mano tem procurado conversar bastante com o auxiliar Jaime de Almeida, membro da comissão permanente, em busca informações sobre os jogadores. Com bola rolando, o treinador tem se mostrado atento também às características de cada um. Para ele, é fundamental deixar claro onde o atleta irá atuar ou brigar por posição.

- Estamos conhecendo todos, o potencial de cada um, características, para definir funções. Gosto que o jogador saiba com quem ele está disputando (posição), se é a segunda opção, a terceira... Para que se sinta comprometido para se preparar e responder.

Durante a semana, Marcelo Moreno definiu Mano como um treinador de diálogo. O próprio reforçou esta análise e falou da importância desse contato direto para o entendimento do que deseja para o Flamengo daqui para frente.

- Procuro aproveitar as oportunidades para conversar com os jogadores. Gosto de jogadores que tenham a consciência clara do que queremos fazer. Se o jogador não interiorizar a informação, no jogo não repetiremos de forma correta. Com explicações profundas, uma conversa completa, acredito que seja o caminho adequado.

Na próxima semana, Mano Menezes terá a oportunidade de se aproximar ainda mais dos jogadores. Domingo à noite, o elenco pega estrada para Pinheiral e trabalhará até sexta-feira no CT João Havelange. Sábado, dia 29, o treinador estreia no novo clube, em amistoso contra o São Paulo, em Uberlândia.


Raça maldita, desgraçada: Dilma, Sergio Cabral e Eduardo Paes


Rapidinhas da coisa maldita, ''vasco, Sergio Cabral e Eduardo Paes''



Dia sem cozinheiros

Como o dinheiro das passagens não foi  pago pelo clube, os cozinheiros do vasco não foram trabalhar ontem. Sem comida(ração), a maioria dos funcionários teve que ser liberados na hora do  almoço. O clube hoje tem cerca de 630 funcionários, na miséria passamdo fome.  Por isso que o galinheiro nos jogos está sempre cheio.

Volta  portuguesa

À espera de uma solução financeira, que está prevista até o fim do mês  com o anúncio de mais uma volta nos  funcionários da  Fazenda Nacional(como no caso  Dedé), para assinatura de patrocínio da Caixa Econômica Federal e da Nissan.

513 anos 
De 1500 até  hoje, roubando o Brasil



sexta-feira, 21 de junho de 2013

Vestido de Flamengo, jornalista japonês queria Zico como técnico


Takeshi Kubo, jornalista japonês (Foto: Zé Gonzalez)
Durante os treinos de Japão e México na tarde desta sexta-feira no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, um jornalista se destacava no centro de imprensa. Vestido com a camisa do Flamengo, Takeshi Kubo acompanha todos os passos da seleção japonesa nesta Copa das Confederações. Fã de Zico, ele acha que a equipe do seu país teria melhor sorte na competição se estivesse sendo treinada pelo ex-flamenguista.

- Sou muito fã do Zico. Queria que ele ainda fosse o técnico do Japão.

Além da camisa do Flamengo, Takeshi Kubo fazia questão de exibir um autógrafo que ganhou de Zico. O craque é considerado um dos principais responsáveis pela evolução do futebol no Japão e já chegou a comandar a seleção nacional.

Nesta Copa das Confederações, o Japão não teve sorte. Derrotado nas duas primeiras rodadas (3 a 0 para o Brasil e 4 a 3 para a Itália), o time se despede do torneio neste sábado, ao encarar o México, também eliminado, a partir das 16h (horário de Brasília) no estádio do Mineirão.



Mano reprova excessos no protesto, mas diz: ‘Um dia o copo ia encher’


Mano Menezes, treino Flamengo (Foto: Cahê Mota)
O assunto é inevitável. Todos os olhos do Brasil estão voltados para as manifestações que acontecem ao redor do país. Não seria o futebol que ficaria alheio. Nesta sexta-feira, o Flamengo teve sua rotina afetada diretamente pelos protestos e se viu obrigado a atrasar o início do treinamento. Ex-comandante da seleção brasileira, Mano Menezes foi o primeiro representante do clube a comentar o caso, e não se privou de expor sua opinião.

Em entrevista coletiva no Ninho do Urubu, o treinador reconheceu a importância da atitude para solução de problemas crônicos no país. Entretanto, deixou clara também a reprovação a parte dos participantes, que tem aproveitado a multidão para causar desordem e até mesmo efetuar roubos em muitos municípios brasileiros.

- Penso que um dia iria acontecer. Por mais acomodados que sempre estivéssemos, um dia o copo iria encher. Logicamente que, mesmo que seja (uma atitude) extremamente importante e democrática, existem muitos excessos, como em outros lugares. São os aproveitadores que surgem para deturpar os objetivos e usar a oportunidade para cometer crimes em lojas, quebrar, pichar monumentos e prédios públicos. Esse não deve ser o caminho, para que não se perca essa grande oportunidade de realmente chamar a atenção para muitas coisas importantes que estão acontecendo ou deixando de acontecer em nosso país.

Os protestos têm acontecido ao longo da semana e têm levado milhões de brasileiros às ruas. O esporte tem sido diretamente afetado, principalmente por conta das manifestações recorrentes em cidades-sede da Copa das Confederações. Nesta sexta-feira, surgiu o boato de que a situação colocaria a competição em risco e a Itália teria pedido desligamento. A Fifa e a própria Azzurra negaram oficialmente as informações.



Mano Menezes garante que não teve participação na demissão de Renato


Mano Menezes, treino Flamengo (Foto: Cahê Mota)
Cinco dias após o comunicado da demissão, a diretoria do Flamengo ainda não veio a público justificar a saída de Renato Abreu do clube. Sendo assim, coube a Mano Menezes dar uma versão oficial sobre o caso. Apresentado no dia do anúncio da decisão, o treinador deixou claro que não teve interferência e solicitou apenas que a medida fosse tomada antes do início de seu trabalho com o elenco. Pelo seu argumento, isso evitaria um conflito de opiniões em um futuro próximo, pois a partir daquele momento ele mesmo poderia tirar as próprias conclusões a respeito do atleta.

- A questão do Renato com a gente foi bastante clara. Eu não tomo decisões sobre acontecimentos que antecedem o meu comando na equipe. O Flamengo tinha algumas questões que tinham acontecido e as julgava como grave para continuidade (do jogador). Minha conversa foi clara. Se eram graves e a direção entendia que tinha que existir o desligamento, precisaria acontecer antes de eu assumir. Se eu assumisse, ia valer a relação a partir daquele momento. Por isso, a decisão foi tomada desta forma.

Renato Abreu aceitou redução salarial no início do ano e renovou o contrato até o fim de 2013. Na atual temporada, o antigo camisa 11 marcou sete gols e vinha sendo titular com Jorginho. Na última segunda-feira, ao retornar ao Brasil após viagem ao exterior durante a folga, foi informado pelo procurador Cláudio Guadagno que o Flamengo não contava mais com seu futebol. A alegação é de que ele teria cometido infrações graves na opinião da diretoria.

Desde o início do Brasileirão, Renato se envolveu em algumas situações polêmicas. Vaiado contra a Ponte Preta, após perder um pênalti, não reagiu bem e questionou a posição da torcida. Na partida seguinte, diante do Atlético-PR, marcou o gol do empate por 2 a 2 e tirou a camisa durante a comemoração. A atitude gerou um puxão de orelhas por parte da diretoria por conta da obrigação da exposição dos patrocinadores. Por fim, na derrota para o Náutico, em Florianópolis, foi expulso após tentar concluir uma cobrança de escanteio com a mão.

Internamente, a diretoria acredita que Renato Abreu boicotou o trabalho do ex-treinador Jorginho e o somatório de suas atitudes resultou na demissão. O Flamengo pagará os salários do atleta, que ainda não se manifestou, até o fim do ano.



Flamengo deve confirmar confronto com o Coritiba para Brasília


gramado estádio Mané Garrincha jogo (Foto: Richard Souza)
O sonho do retorno ao Maracanã deve ficar mesmo para depois, e o Flamengo já está com negociações em bom rumo para utilizar o estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, na primeira partida do time no retorno do Campeonato Brasileiro, contra o Coritiba, no dia 6 de julho. Com as conversas emperradas por divergências no acordo para voltar a jogar no palco carioca, o Rubro-Negro está muito próximo de acertar a volta à Capital Federal, onde encarou o Santos na primeira rodada da competição.

O confronto com o Coxa marcará a estreia de Mano Menezes em uma partida oficial pelo Flamengo. O próprio treinador já admite que o estádio brasiliense deve receber o jogo.

- A probabilidade maior é de que seja em Brasília.

Caso a tendência se confirme, será a sexta partida do Flamengo fora do Rio de Janeiro na competição, três delas com o mando de campo. Além da própria Brasília, o time já passou por Juiz de Fora, Joinville, Florianópolis e Criciúma. Mano Menezes admitiu que o panorama não é o ideal para fortalecer o grupo.

- É uma dificuldade a mais. Não tenha dúvidas disso. Você ter a sua casa faz com que no dia que você é mandante o deslocamento e desgaste sejam muito menores. Como está, mesmo como mandante você tem que encontrar soluções fora. Não é a situação ideal, mas entendemos também que em determinados momentos, em função da Copa, dos estádios, foi criada uma dificuldade. Atlético-MG e Cruzeiro viveram muito isso e os estádios tradicionais são uma referência para o torcedor e para o time. Não tê-los neste momento significa um desgaste a mais - avaliou Mano.

Flamengo e Coritiba se enfrentam no próximo dia 6 de julho, pela sexta rodada do Brasileirão. O Coxa é o líder da competição, enquanto o Flamengo é o 14º.




Com triangulações e jogadas de linha de fundo, Mano já dá sua cara ao Flamengo


Aos poucos, Mano Menezes começa a dar sua cara ao Flamengo. No terceiro treinamento com bola da semana, o técnico comandou um coletivo que à primeira vista poderia parecer estranho, mas com um olhar mais detalhado dá indícios do que ele projeta para a equipe no restante da temporada. Divididos em dois times, todos os 27 jogadores de linha à disposição (mais dois goleiros) estiveram em campo. De um lado, os 11 titulares do trabalho de quinta mais Rafinha, Nixon, Samir e Val, contra 14 atletas nos “reservas”. A atividade tinha foco na posse de bola e em jogadas de linha de fundo.

Treino Flamengo (Foto: Cahê Mota) 
Jogadores do Flamengo participaram de um intenso treino técnico no Ninho do Urubu (Foto: Cahê Mota)
 
Em um primeiro momento, Mano Menezes escalou três equipes para um trabalho técnico em campo reduzido sem a participação de goleiros. Em seguida, com balizas colocadas na meia-lua de cada uma das áreas, o treinador repetiu os titulares do primeiro esboço da equipe no treino da véspera, com Felipe, Léo Moura, Wallace, González e João Paulo; Cáceres, Elias, Paulinho e Gabriel; Carlos Eduardo e Marcelo Moreno. Samir, Val, Rafinha e Nixon se juntaram ao grupo. Dois jogadores de cada time, porém, ficavam fixos na linha lateral de ataque e qualquer finalização só era permitida a partir de cruzamentos dali.

Com um jogador a mais, os “titulares” venceram a atividade por 3 a 0, gols de Moreno, Paulinho e Gabriel. Lançamentos longos para acionar os pontas eram raros e a orientação era para que as equipes chegassem ao ataque através de troca de passes. Mesmo com a derrota, o time reserva teve boa participação. Com a treino equilibrado, em determinado momento as cobranças foram muitas e Mano alertou:

- Muita gente gritando ninguém entende nada. Calma. Vamos conversar, orientar.

Em entrevista coletiva, Mano Menezes falou sobre os objetivos do trabalho, que durou até o anoitecer no Ninho do Urubu.

- O trabalho era técnico, não tático. Tínhamos um jogador a mais. Quando isso acontece, às vezes colocamos um como neutro. Nesse trabalho, era necessário que estabelecêssemos passagens pelo lado. Quero que os jogadores se conscientizem que é necessário fazer triangulações, que é necessário fazer ultrapassagens para acelerar o jogo. Os atacantes precisam ter consciência da definição para entrar na última linha, posicionamento da defesa, chegar para agredir mais a bola em um cruzamento.

Sábado e domingo, o Flamengo treina pela manhã no Ninho do Urubu. A partir de segunda-feira, as atividades serão no CT João Havelange, em Pinheiral, até sexta-feira. No sábado, Mano Menezes estreia no comando da equipe contra o São Paulo, em amistoso, em Uberlândia.

Pivôs Olivinha e Shilton anunciam renovação de contrato com o Flamengo

O Flamengo segue se movimentando para a temporada. Depois de acertar com o armador argentino Nicolas Laprovittola, da seleção argentina e ex-Lanús, que já fala como jogador do clube, apesar do anúncio oficial ainda não ter saído, o rubro-negro acertou verbalmente nesta sexta-feira a renovação dos contratos dos pivôs Olivinha e Shilton. Titular no NBB 5 e peça importante do técnico Neto, Olivinha fica por mais um ano. Pelo mesmo período o clube vai seguir contando com os serviços do pivô Shilton, reserva na temporada 2012/13, mas sempre importante no esquema defensivo.

Shilton e Olivinha renovaram seus contratos com o Flamengo (Foto: Reprodução/Twitter) 
 
Shilton e Olivinha renovaram seus contratos com o Flamengo (Arte sobre Reprodução/Twitter)

Pelas redes sociais, os atletas comemoraram o acerto por mais um ano com o time. Olivinha, que passa férias nos Estados Unidos, foi o primeiro a se pronunciar sobre a renovação.

- Alô nação rubro-negra. É com uma felicidade muito grande que eu digo que nós estaremos juntos mais uma temporada. Obrigado diretoria e comissão pela confiança no meu trabalho. Vamos em busca de mais títulos - disse o pivô.

Shilton também usou o Twitter para mandar a notícia da renovação para a torcida do Fla.

- Mais um ano com a maior torcida do mundo. Mais um ano no Mengão. #VAISEGURANDO!!!! Kkkkkkk - brincou Shilton.

Oficialmente, o Flamengo não anuncia nenhum dos acertos, inclusive o do ala Marquinhos, que renovou por duas temporadas com o clube após receber propostas da NBA. Todo o elenco campeão do Novo Basquete Brasil tem contrato ao menos até o dia 30 de junho. De forma individual, os jogadores têm mantido contato com a diretoria para negociar suas renovações.

Além das renovações de Marquinhos, Olivinha e Shilton, e a vinda do armador argentino Laprovittola, o clube negocia a chegada do pivô Jerome Meyinsse, ex-Trotamundos, da Venezuela e do também pivô Cristiano Felício, ex-Minas Tênis e convocado para a seleção de novos do Brasil. Jerome chegaria para suprir a saída de Caio Torres, MVP da final do NBB diante do Uberlândia, e que acertou com o São José.

Protestos afetam rotina do Fla, e treinamento começa com atraso


A série de protestos que toma conta do país ao longo da semana afetou diretamente o Flamengo pela primeira vez nesta sexta-feira. Com o foco das manifestações na Barra da Tijuca, muitos jogadores enfrentaram dificuldades no deslocamento e chegaram ao Ninho do Urubu atrasados para o treinamento desta tarde. Com isso, a atividade, prevista para 15h (de Brasília) teve início com cerca de 40 minutos de atraso. Em campo, Mano Menezes comandou uma atividade técnica.



Amistoso entre Fla e São Paulo tem capacidade total de ingressos à venda


Amistoso entre Flamengo e SPFC em Uberlândia (Foto: Caroline Aleixo/GLOBOESPORTE.COM)
Estreia de Mano Menezes, jogadores titulares e a estimativa de 50 mil torcedores rubro-negros e tricolores lotando o estádio do Parque do Sabiá, em Uberlândia, às 19h, do dia 29 de junho: aspectos que tendem resumir o amistoso entre Flamengo e São Paulo. O confronto vai preparar as equipes para a continuidade dos jogos do Campeonato Brasiliero após recesso em virtude da Copa das Confederações. Por isso, representantes dos dois times de elite se reuniram na cidade mineira, na manhã desta sexta-feira, e falaram sobre o confronto e a venda de ingressos durante coletiva de imprensa no estádio.

A realização de um amistoso estava no cronograma do Flamengo antes da volta ao Campeonato Brasileiro. Depois de algumas análises, o município mineiro foi o escolhido para marcar, também, a estreia de Mano Menezes no comando da equipe. Segundo o diretor-executivo de futebol da equipe, Paulo Pelaipe, 3 mil sócios-torcedores estão em Uberlândia, o que também favoreceu a escolha do local.  

– Quando surgiu a oportunidade de trazermos esse amistoso para cá, pensamos na grande torcida que temos na cidade. Temos em Uberlândia 30% dos sócios-torcedores e nada mais justo que prestigiar esse pessoal que fica longe do Rio de Janeiro, longe dos atletas, e aproximá-los do Flamengo – justificou.

A data antecede uma semana da partida contra o Coritiba, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para enfrentar o atual líder da competição, o embate com o tricolor paulista servirá de preparatório e, por isso, o elenco titular não será poupado.

– O São Paulo é forte adversário, um dos clubes brasileiros com maior número de títulos. Para fazer este teste, precisávamos de uma equipe de grande nível. Vai ser um momento para que possamos avaliar a condição técnica do nosso time – comentou Pelaipe.   

Força tricolor 

Do outro lado, o SPFC também visou a preparação do elenco para a Recopa Sul-Americana, entre os dias 3 a 17 de julho. Além da presença do goleiro Rogério Ceni, ídolo da torcida, o gerente de marketing do clube, Gilberto Ratto, garantiu que os demais atletas titulares estarão à disposição da partida.

A última vez que os paulistas jogaram no campo mineiro foi em 2010. Na época, o Cruzeiro mandava os jogos na cidade, mas suspendeu o restante das datas uma vez que a torcida tricolor dobrou a capacidade nas arquibancadas (mais de 35 mil pagantes) em comparação aos torcedores cruzeirenses. O fato tornou-se histórico no Estádio Municipal João Havelange. Depois de três anos, os uberlandenses terão o gostinho de recepcionaram os ídolos com o mesmo fervor.

Amistoso entre Flamengo e SPFC em Uberlândia (Foto: Caroline Aleixo/GLOBOESPORTE.COM) 
Pelaipe e Ratto aproveitaram oportunidade para dar uma volta pelo campo e conhecer o estádio que sediará a partida (Foto: Caroline Aleixo/GLOBOESPORTE.COM)

– Este ano queremos 36 mil torcedores aqui dentro. Estamos ansiosos para voltar, porque a última impressão foi tão boa que até hoje o pessoal conta a história que fomos a maioria na região do Cruzeiro – relembrou.

Ratto disse, ainda, que mesmo sendo amistoso, os tricolores jogarão como se fosse jogo de decisão.

– Jogar contra um adversário qualificado como o Flamengo será ainda mais gratificante. Eles estão trazendo o Mano como novidade, nosso elenco principal está garantido e temos um sério problema, pois o São Paulo quando entra em campo, não gosta de perder, nem empatar [risos] – afirmou.

Venda de ingressos

Os ingressos começam a ser vendidos neste sábado, a partir das 8h, para os sócios-torcedores dos times, via internet. Na quarta-feira, a venda será iniciada em vários pontos da cidade. Os diretores informaram que o departamento de marketing de ambas as equipes tiveram o cuidado de manter os valores abaixo do que é estipulado em jogos oficiais. 

Confira os preços abaixo:

PREÇOS/TORCIDA DO FLAMENGO
SETOR TIPO PORTÃO INTEIRA/MEIA
Verde Arq. Geral 6 R$ 80/ R$ 40
Vermelho Arq. Lateral 5 R$ 80/ R$ 40
 
PREÇOS/TORCIDA SÃO PAULO
SETOR TIPO PORTÃO INTEIRA/MEIA
Verde Arq. Geral 9 R$ 80/ R$ 40
Vermelho Arq. Lateral 10 R$ 80/ R$ 40
 
 
PREÇOS/TORCIDA MISTA
SETOR TIPO PORTÃO INTEIRA/MEIA
Azul Arq. Comum 7 e 8 R$ 100/ R$ 50
Amarelo Arq. Especial 3, 4, 11 e 12 R$ 140/ R$ 70
Cativa Cadeira Cativa 2 e 13 R$ 100/ R$ 50
 
   
No domingo, os ingressos estarão disponibilizados para todo o público pela internet. A venda física será feita apenas em pontos de Uberlândia:

- Ponto 10 Esportes: Avenida Floriano Peixoto, 1746
- Loja Verdão Mania: Avenida Floriano Peixoto, 1299
- Silva Sports: Avenida João Pinheiro, 1154
- Valor Supermercados
- Complexo do Parque do Sabiá (apenas no dia da partida)

Aniversário de Uberlândia

A partida também vai marcar o primeiro evento do ano em comemoração aos 125 anos de Uberlândia.

Amistoso entre Flamengo e SPFC em Uberlândia (Foto: Caroline Aleixo/GLOBOESPORTE.COM)
O diretor da Fundação Uberlandense de Turismo, Esporte e Lazer (Futel), Zezinho Mendonça, representou “a casa” e recebeu duas camisas comemorativas e oficiais de cada um dos clubes a fim de serem repassadas ao prefeito Gilmar Machado.

Com o jogo entre Vasco e Bahia que ocorreria na cidade, mas foi barrado pela Federação do Rio de Janeiro, Zezinho descontraiu dizendo que o embate do próximo sábado será a “resposta” aos uberlandenses que ficaram com a expectativa de um jogo de elite.

– É uma resposta que comprava que o trabalho está sendo feito e temos condições de sediar grandes eventos. Infelizmente estávamos preparados para receber o Vasco, não deu certo, mas ganhamos esse presente do Flamengo e do São Paulo. A dinâmica é grande e vai favorecer vários setores da cidade – salientou.

Basquete: Olivinha anuncia renovação com o Flamengo no Twitter



Olivinha (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)Por meio do Twitter, o ala-pivô Olivinha confirmou sua renovação de contrato com o Flamengo, nesta sexta-feira. O jogador foi um dos destaques da campanha que garantiu o bicampeonato do NBB, nesta temporada.

- Alô nação rubro negra. É com uma felicidade mto grande, q eu digo q nós estaremos juntos mais 1 temporada. Obrigado diretoria e comissão Pela confiança no meu trabalho. Vamos em busca de mais títulos. SRN. - disse o jogador na rede social.

Além de Olivinha, o Flamengo já renovou também com o ala Marquinhos e contratou o armador argentino Nicolás Laprovittola.


Jogadores esperam definição rápida sobre onde Flamengo mandará seus jogos


Mano menezes flamengo treino (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem)
A 16 dias de enfrentar o Coritiba na reabertura do Campeonato Brasileiro, o Flamengo ainda vive a incerteza de onde realizará seus jogos como mandante. Nas primeiras cinco rodadas, o time jogou em cinco cidades diferentes. Em Juiz de Fora e Florianópolis, atuou como o "dono da casa". O desempenho do time não foi o esperado (perdeu os dois jogos, diante de Ponte Preta e Náutico) e o desgaste físico foi maior.

O desejo maior do clube é poder jogar no Maracanã, mas ainda há uma divergência com o consórcio que vai administrar o estádio após o término da Copa das Confederações. O volante Elias disse que a rotina itinerante é muito sacrificante para os atletas.

- É ruim não ter uma casa definida. Não sabemos o que vai acontecer com o Maracanã. Tem sido um sacrifício tremendo. Estamos jogando longe dos torcedores que nos acompanham diariamente, mas temos que dar o máximo, independentemente de onde for - afirmou o jogador.

Qualquer que seja a definição na relação Flamengo-Maracanã, Elias acredita que o primordial na hora de escolher um estádio para jogar é a qualidade do gramado.

- O principal é jogar em um campo bom. Em Volta Redonda e Juiz de fora não estava bom quando jogamos. Sabemos que o apoio do torcedor do Flamengo é incondicional em qualquer lugar.

No próximo dia 29, o Fla tem agendado outro jogo longe do Rio de Janeiro, o amistoso com o São Paulo, em Uberlândia.


Em meio a muitas mudanças desde o início do ano, Flamengo busca identidade


mano menezes FLAMENGO TREINO (Foto: Fabio Castro/Agif/Agência Estado) O Flamengo teve altos e baixos até agora neste ano, um dos motivos que levaram o time a estar com seu terceiro técnico na temporada. Antes de Mano Menezes, recém-contratado, estiveram à frente do time Dorival Júnior e Jorginho. E as mudanças não foram só no comando, já que o time titular que fez o primeiro jogo da temporada, contra o Quissamã, é bem diferente do atual. Apenas Felipe, Léo Moura e Cáceres se mantiveram. 

O volante Elias, que tomou conta da sua posição desde que estreou, acredita que, apesar das muitas mudanças, a equipe já formou uma base, o que deve facilitar a adaptação dos outros jogadores que entrem no time.

- No futebol há mudanças quando os resultados não aparecem. O time tem uma espinha dorsal. Eu, González, Cáceres, que voltou agora, Felipe e Léo Moura. É importante que tenha esta base para que o time não sinta muito as mudanças - disse o camisa 8.

A primeira oportunidade para a torcida acompanhar o time do técnico Mano Menezes será no dia 29, no amistoso com o São Paulo, em Uberlândia. Elias aprovou o desafio, mas disse que o importante não será o resultado, e sim fazer uma boa exibição.

- É sempre bom jogar amistoso contra uma equipe competitiva. Vamos trabalhar para fazer um bom jogo, mas não pensamos no resultado. O mais importante é fazer um grande jogo, apresentar um futebol vistoso.


A Copa das Confederações pode ser suspensa


Oficialmente, a Fifa informa que até agora não se falou da hipótese de suspender a Copa das Confederações.

Extra-oficialmente, no entanto, não são poucas as fumaças de que a ideia está posta.

E onde há fumaça há fogo e fogo, infelizmente, é o que não tem faltado pelas ruas e avenidas do Brasil.

Veículos da Fifa foram apedrejados em Salvador e o hotel em que estão funcionários da entidade correu risco de ser invadido, assim como no Rio de Janeiro.

Joseph Blatter, que ficaria até o fim da Copa no Brasil, voou para Turquia e desmarcou o almoço que teria ontem com o governador de Pernambuco e com o prefeito de Recife.

Base jurídica, segundo a Lei Geral da Copa, a Fifa tem para suspender a Copa e exigir ressarcimento do governo brasileiro, que recebeu sinais da fumaça e está preocupado.

Não precisa nem ter olhos para ver que motivos há, de sobra, para preocupação.

E sempre é bom lembrar: a Fifa não pediu para o Brasil receber a Copa.

Foi o Brasil que se ofereceu para receber a festa da Fifa.

E foram governadores de todos os partidos, do PT, do PSDB, do PMDB, do PSB que concordaram em erguer as faraônicas arenas que encantam os olhos e irritam as prioridades nacionais.



quinta-feira, 20 de junho de 2013

Jogadores realizam rápido treino físico no Ninho do Urubu


Depois de o técnico Mano Menezes aproveitar a manhã para comandar um treino tático, coletivo e esboçar o time titular do Flamengo, a parte da tarde foi reservada para uma atividade física, que durou apenas 30 minutos. Cada jogador tinha que completar a volta em, no máximo, 40 segundos. Entre cada volta, os atletas descansavam por cerca de 30 segundos. Eduardo Silva, o novo preparador físico do clube, comandou o trabalho.

Nesta sexta-feira, a equipe volta ao Ninho do Urubu na parte da tarde para uma nova sessão de treino. Na segunda-feira o Fla inicia sua preparação em Pinheiral-RJ. O Rubro-Negro faz um amistoso com o São Paulo no dia 29, em Uberlândia. O time volta ao Brasileiro no dia 6, contra o Coritiba, ainda em local indefinido.



Por detalhes burocráticos, Flamengo amplia prazo para ter Adrián Martinez


Adrian Martinez Rafael De Souza Brasil x Argentina Pan Guadalajara (Foto: AFP) O Flamengo esperava o desfecho da contratação do lateral-direito Adrián Martinez até esta quinta-feira, mas questões burocráticas fizeram o clube aceitar uma prorrogação no prazo. O jogador argentino já está acertado com o Rubro-Negro e aguarda apenas a finalização da negociação entre Traffic e o San Lorenzo para ser confirmado. Ele tem 21 anos e deve assinar contrato de dois anos para ser o primeiro reforço após a chegada do técnico Mano Menezes.

Adrián Martinez, revelado pelo San Lorenzo, tem seus direitos federativos divididos entre o clube de Almagro e a Traffic. O grupo de investimentos, por sua vez, já acertou a compra de mais 25%, totalizando 75%, e irá emprestá-lo ao Flamengo. Apelidado de “Chino” em seu país, ele será a sombra de Léo Moura, que atualmente não tem um reserva especialista na posição no elenco.

O jogador se destacou nas seleções de base da Argentina e disputou a última Série B argentina pelo Olimpo. O acesso da equipe para Primeira Divisão acabou dificultando um pouco a conclusão da negociação. O time da Bahía Blanca fez uma boa oferta para manter o lateral, mas os valores brasileiros foram superiores.

O Flamengo também já tem acertada a contratação de Roger Carvalho. O zagueiro, no entanto, sofreu uma lesão na coxa direita em partida pelo Bologna, no Campeonato Italiano, e passou por uma cirurgia. O processo de recuperação teve início ainda na Itália e a apresentação está marcada para o início de julho, quando o jogador será avaliado pelo departamento médico do clube. Por conta do problema, o Rubro-Negro pagará salários apenas a partir de agosto, quando o jogador terá condição de atuar.


Elias diz que confia no Fla: 'Estamos em um caminho lento, mas certo'


Elias treino Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo) A mudança de comando e a boa vitória por 3 a 0 sobre o Criciúma serviram para o Flamengo passar o período da Copa das Confederações mais tranquilo e para o grau de otimismo aumentar. O time está em 14º lugar com cinco pontos, mas o volante Elias planeja voos mais altos, como a disputa por uma vaga na Libertadores.

Elias, que já disputou o Campeonato Espanhol pelo Atlético de Madrid e o Português pelo Sporting, acredita que o Brasileirão é o mais complicado de todos.

- É o mais difícil. No início, podemos chutar dez candidatos e errar. Acho que estamos em um caminho lento, mas certo. Quem sabe não podemos beliscar uma vaga na Libertadores - disse o jogador.

No primeiro esboço que fez da equipe, o técnico Mano Menezes alterou o meio de campo do Fla. Elias fez dupla na marcação com Cáceres, que foi o mais recuado. Na frente, Gabriel, Paulinho e Carlos Eduardo foram escalados com bastante liberdade de movimentação para municiar Marcelo Moreno no comando de ataque.

Elias não acredita que a equipe sentirá muito as mudanças, apesar da saída de Renato, um dos mais experientes e que teve o contrato rescindido.

- O Renato jogava mais adiantado. Acho que não vai ter muita diferença não. Vamos procurar nos completar.

O primeiro teste do Flamengo de Mano Menezes será o duelo amistoso com o São Paulo, dia 29, em Uberlândia. A bola volta a rolar para o Rubro-Negro no dia 6, contra o Coritiba, em local ainda a ser definido.



Mano mostra estilo didático, e Elias lembra das broncas no Corinthians


Mano Menezes flamengo treino (Foto: Fred Huber ) O técnico Mano Menezes comandou nesta quinta-feira seu primeiro treino coletivo à frente do Flamengo e mostrou um jeito bastante didático de lidar com os jogadores, como um verdadeiro professor. Ele entrou em campo, ajustou o posicionamento e disse como quer que os atletas deem os passes e façam a marcação. Tudo na base da conversa.

Elias, que trabalhou com Mano no Corinthians, disse que o treinador é realmente daqueles que gostam de ensinar detalhe por detalhe. O volante contou que, apesar do jeito de "paizão", ele já levou muitas broncas do ex-técnico da seleção brasileira.

- Ele é assim, uma pessoa que conversa bastante, ensina, faz o papel de professor mesmo. É um pai, mas não daqueles que só passa a mão na cabeça. Vai ser duro quando for preciso, como já foi várias vezes comigo. O grupo vai crescer muito com ele, que vai conhecer os jogadores aos poucos e implantar sua filosofia.

O jogador acredita que, com paciência, Mano Menezes conseguirá encontrar sua equipe ideal e implementar sua filosofia de trabalho. Elias lembrou que o Corinthians demorou um ano para colher os frutos.

- Lá ele demorou praticamente um ano para achar o time ideal e implementar sua filosofia. Ele chegou em 2008 e só em 2009 conseguimos consagrar aquela equipe com os títulos da Copa do Brasil e do Paulista. Vamos ter que trabalhar duro para chegar naquele patamar.

Com a paralisação do Brasileiro para a realização da Copa das Confederações, o treinador terá mais tempo para iniciar seu trabalho. Resignado com a constante mudança de comando, Elias espera que o Fla se adapte o mais rápido possível ao estilo Mano Menezes.

- A parada é importante para recarregar as energias. É ruim trocar de treinador sempre; quando estamos acostumando vem a mudança. Mas no futebol é assim mesmo. Temos que nos adaptar o mais rápido possível para conquistarmos os resultados.

A estreia de Mano no Flamengo será no próxima dia 29, no amistoso com o São Paulo, em Uberlândia. O primeiro jogo pelo Brasileiro será no dia 6, contra o Coritiba, em local que ainda será definido.


Mano monta esboço do Fla com Cáceres, Wallace e João Paulo

Em seu terceiro treinamento no comando do Flamengo, o técnico Mano Menezes montou pela primeira vez o esboço do time que pretende iniciar seu trabalho. As principais novidades foram as presenças de Wallace, Cáceres e João Paulo entre os titulares. O primeiro teste do Fla será dia 29, no amistoso com o São Paulo, em Uberlândia.

Mano escalou sua equipe no treino técnico com: Felipe, Léo Moura, Wallace, González e João Paulo; Cáceres, Elias, Paulinho, Gabriel, Carlos Eduardo e Marcelo Moreno. Como o treinador já havia avisado quando foi contratado, Carlos Eduardo atuou bastante próximo de Moreno no ataque. Paulinho e Gabriel também tiveram bastante liberdade para chegar ao ataque por ambos os lados.

Mano Menezes flamengo treino (Foto: Fred Huber ) 
Mano Menezes orienta jogadores do Flamengo durante treinamento (Foto: Fred Huber )

O treinador parou o treinamento a todo momento para ajustar o posicionamento dos atletas e fazer alguns pedidos, como a pressão na saída de bola adversária. Em determinado momento, Carlos Eduardo, aberto pela direita, errou um passe para Léo Moura dentro da área, e Mano interrompeou a jogada para que fosse reiniciada do mesmo local com posse do time titular. Em uma jogada de lateral pela esquerda, Moreno saiu da área para dar opção e ouviu a orientação para não deixar sua posição.

- Moreno, nunca vem receber lateral - gritou Mano.

Em outro lance, Mano não gostou de uma falta de João Paulo em Rafinha, que estava de costas, perto da lateral.

- Não faz a falta. Tudo que o adversário quer é essa falta quando está de costas - avisou.

Na segunda parte do treinamento, Mano fez algumas mexidas no time e observou alguns atletas, como Samir, Nixon e Diego Silva. A equipe reservas foi escalada com Paulo Victor, Digão, Renato Santos, Samir e Ramon; Val, Diego Silva, Luiz Antônio e Rodolfo; Rafinha e Hernane.



Moreno aprova primeiros contatos com Mano: ‘Gosta de diálogo’


Mano Menezes e Marcelo Moreno, treino Flamengo (Foto: Fábio Castro / Agência estado)
A relação ainda está nos primeiros dias, mas aos poucos o elenco do Flamengo começa a traçar um perfil do jeito Mano Menezes de ser. Após uma longa conversa no contato inicial, no qual deixou claro o que deseja da equipe, a maneira como gosta de trabalhar e declarou apoio irrestrito, o treinador já foi para campo em três oportunidades com os novos comandados. Em duas delas, apenas observou atividades físicas. Na outra, orientou trabalho com bola. A todo instante, porém, se mostrou adepto do diálogo.

Com Jaime de Almeida, auxiliar fixo do clube, a empatia foi imediata e conversas ao lado do outro auxiliar, Sidnei Lobo, são sempre sorridentes e animadas. Com os jogadores, Mano também tem buscado um contato direto. E Marcelo Moreno, um dos que conversaram individualmente com o comandante na terça-feira, aprovou o estilo.

- Pelo que vi, ele gosta de conversar bastante com o grupo. É natural, está chegando agora e quer conhecer todo mundo. No momento, posso lhe falar que é um cara que gosta de diálogo, explicar o que vai fazer nos treinamentos e no jogo.

Se Mano conversa bastante, a diretoria parece buscar pouco o diálogo com o grupo. Um tema que ainda não foi abordado internamente é a demissão de Renato Abreu, na última segunda-feira. Até o momento, os jogadores só souberam da decisão através da imprensa, e Moreno foi sincero ao dizer que aguarda um comunicado direto.

- Não estamos sabendo de nada. Estou muito triste pelo que aconteceu. Falei para ele (Renato) que era fã por tudo que fez no Flamengo, gols, títulos... Foi uma decisão da diretoria e, como jogadores, só temos que respeitar. Acho que a diretoria vai nos falar em algum momento.

O elenco do Flamengo trabalha nesta quinta-feira no Ninho do Urubu em período integral. Sexta, sábado e domingo a programação prevê atividade em apenas uma parte do dia, com viagem para Pinheiral marcada para domingo à tarde. Na próxima semana, todos os treinamentos acontecerão no CT João Havelange, na cidade do Sul do Rio de Janeiro.


Posse de bola, cumplicidade e ‘alerta’ a Felipe marcam papo de Mano

Promessa de um time “técnico e para frente”, pedido de cumplicidade, declaração de apoio irrestrito e um sutil “alerta” a Felipe. Esses foram os fatores que marcaram a primeira conversa de Mano Menezes com o elenco do Flamengo, na tarde de terça-feira, no Ninho do Urubu. Juntamente com quase toda comissão técnica, o treinador se apresentou aos novos comandados com discurso sereno e educado. Entretanto, sem deixar de esclarecer as regras que norteiam o seu trabalho.

Ao falar da relação interpessoal entre os rubro-negros, Mano Menezes pediu cumplicidade e clareza, principalmente nas cobranças. O treinador deixou claro que qualquer tipo de orientação ou insatisfação deve ser exposta de forma objetiva e nominal, para evitar qualquer tipo de mal entendido. Para exemplificar a maneira como gosta de trabalhar, ele citou o goleiro Felipe e relatou passagem no período em que trabalharam juntos no Corinthians, de 2008 a 2010.

Mano Menezes revelou diálogo de reprovação na época a cobranças do camisa 1 diante de vacilos da defesa, quando costumava abrir os braços de forma até certo ponto espalhafatosa, expondo o companheiros, e tratou de evitar atitudes do tipo no Flamengo. O relato, que serve também como alerta ao goleiro, no entanto, não aconteceu em tom de repreensão, mas foi ao encontro da opinião de próprios defensores rubro-negros.

Somente em 2013, Alex Silva, Marcos González e Wallace já demonstraram insatisfação e retrucaram reclamações do goleiro. Contra o Criciúma, por exemplo, o último argumentou asperamente com Felipe após ser repreendido com o placar ainda 0 a 0 e foi acalmado por Elias. A vitória por 3 a 0, por sua vez, minimizou o fato.

Na conversa, Mano Menezes declarou ainda que “estará com o elenco para tudo” e expôs um pouco do que pensa para a forma de jogar da equipe. O treinador ressaltou a importância da manutenção da posse de bola e revelou o desejo de jogar com “técnica e para frente”. A postura do comandante deixou boa impressão em um primeiro momento entre os jogadores.

Nesta quarta-feira, Mano Menezes comandou o primeiro treinamento no Flamengo. Pela manhã, o grupo trabalhou com bola em atividade técnica em campo reduzido. Na parte da tarde, porém, o foco voltou a ser na parte física.


Por nova fonte de renda, Fla quer assumir toda operação de seus jogos



Rodrigo Tostes (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)Em busca de novas fontes de receita, o Flamengo quer, nos próximos meses, começar a fazer toda a operação dos seus jogos – venda de ingressos, logística e outros serviços de organização. Normalmente, empresas intermediárias são contratadas para desempenhar esta função e acabam lucrando mais do que os clubes.

– Estamos trabalhando para não ter intermediários operando nossos jogos. Hoje ainda não conseguimos administrar uma partida sozinha, mas o clube caminha nesse sentido para um futuro muito próximo. Com isso, teremos todos os benefícios de uma operação de jogo – afirmou Rodrigo Tostes, vice de finanças do Flamengo.

Fla acerta com armador argentino e negocia com substituto de Caio Torres


Trabalhando em silêncio, o Flamengo, atual campeão do Novo Basquete Brasil, movimentou o mercado do basquete para a próxima temporada. O rubro-negro acertou a contratação do armador argentino Nicolas Laprovittola, 23 anos, ex-Lanus, da Argentina. Além dele, que chega para substituir Kojo, que pode não ter seu contrato renovado, o clube negocia com o pivô americano Jerome Meyinsse para substituir o MVP da decisão do NBB 5 Caio Torres, reforço do São José para as próximas temporadas.

Nicolas Laprovittola basquete Argentina (Foto: Getty Images) 
Nicolas Laprovittola é o novo reforço do basquete do Flamengo (Foto: Getty Images)

O clube também encaminhou as renovações de contrato dos pivôs Olivinha e Shilton. Outro que deve desembarcar na Gávea é o pivô Cristiano Felício, da seleção brasileira de novos, ex-Minas Tênis e com passagem no basquete universitário americano, onde atuou na Youth Basketball Academy.

Laprovittola chega com a responsabilidade de ser o novo armador titular do Flamengo. Em 2008, o jogador disputou a Copa América sub-18 pela seleção argentina. No ano passado, Nicolas estreou na seleção principal no Sul-Americano de basquete, em Resistencia, na Argentina, sendo campeão em cima da Venezuela. Na campanha, o jogador foi o líder de assistências, com 26 em cinco jogos, média de 5,2 por partida.

O argentino enfrentou o rubro-negro pela última Liga das Américas e venceu. O Lanus bateu o Fla por 83 a 69, com dez pontos de Nicolas e duas assistências. Na última temporada, ele teve média de 10,4 pontos por jogo e atuou em média 29,8 minutos pelo Lanus. O aproveitamento nas bolas de três pontos chegou a 37,6%, subindo para 45% na Liga das Américas.

Jerome Meyinsse basquete (Foto: Getty Images) 
Jerome Meyinsse pela Universidade de Virginia, nos Estados Unidos (Foto: Getty Images)
 
Americano para o lugar de Caio Torres

Além do argentino, da possibilidade de ter Felício e das renovações, o Flamengo também negocia com o pivô americano Jerome Meyinsse. O jogador chegaria para ser o substituto de Caio Torres no garrafão rubro-negro. Com 24 anos e 2,06m, Jerome atua no Trotamundos, da Venezuela, e participou do draft de 2010 da NBA pela Univesidade de Virginia, mas não foi escolhido.

Jerome também teve passagens pelo Regatas Corrientes, Sionista, Estudiantes de Bahia Blanca e 9 de Julio, todos times argentinos. Em 2013, na Liga Sul-Americana, o pivô fez três jogos e teve média de 14 pontos por partida, atuando em média 24 minutos. Pelo Regata Corrientes foram 43 jogos em 2012, com média de 12,9 pontos por jogo e 25,6 minutos por partida. No Trotamundos Jerome atuou em 66 partidas, com média de 11,21 pontos.


Técnico prevê futuro glorioso para Sasha no vôlei: 'Tem todos os traços'

Madura, talentosa, líder do grupo e extremamente avessa aos holofotes. Assim é, na opinião do técnico Josimar Reis, a levantadora Sasha Meneghel, capitã da equipe infantil de vôlei feminino do Flamengo e filha única da apresentadora Xuxa com o ator e empresário Luciano Szafir. A um mês de completar 15 anos, a menina é tratada como uma promessa do voleibol carioca. Com 1,74m de altura, a ilustre atleta tem ótimas chances de se tornar uma jogadora de ponta, segundo a avaliação do seu treinador.

Sasha Meneghel jogadora de vôlei Flamengo (Foto: Flávio Dilascio) 
Com 1,74m, Sasha Meneghel vem sendo tratada como uma promessa do Flamengo (Foto: Flávio Dilascio)

- Esse é o quarto ano que a Sasha está comigo. Ela pode vir a ser uma grande jogadora no futuro, porque tem todos os traços de uma atleta: é longilínea, tem braços e pernas longas e ainda não fechou a estatura óssea. Ela detesta os holofotes. Ela quer é jogar voleibol e não aproveitar o fato de ser filha da Xuxa para para ganhar fama - afirmou Josimar, técnico do infantil feminino do Flamengo.

Apesar da indisfarcável timidez, Sasha é tida como uma das líderes do grupo rubro-negro. Sensível, ela chega a atuar como conselheira sentimental das amigas e até do próprio treinador.

- A Sasha tem uma cabeça muito boa. Às vezes,chego para trabalhar com algum problema, ela percebe e vem falar comigo. Ela é capitã do time não por ser a Sasha, mas por ser madura o suficiente para passar um controle emocional às companheiras mesmo estando fora de quadra - destacou 
Josimar.

Flamengo vôlei infantil (Foto: Flávio Dilascio)
Mesmo com todos os elogios e a confiança demonstrada pelo seu técnico, Sasha tem ficado na reserva nas últimas rodadas. A explicação do treinador tem a ver com a formação de uma nova jogadora. Substituta da famosa levantadora, a jovem Carol vem sendo testada perto da rede para atuar futuramente em uma outra posição.

- A Sasha era a primeira levantadora, mas fiz a opção por outra jogadora para formar uma futura líbero. A menina que hoje está no lugar da Sasha tem menos altura, mas tem mais técnica. Tenho que pensar em formar jogadoras, não posso pensar só em ser campeão. A Sasha compreendeu bem a mudança e tem dado força para a Carol - revelou Josimar.

Incentivada por Xuxa e Szafir, que costumam acompanhar a filha nas partidas do Flamengo, Sasha tem tido problemas apenas para conciliar os seus horários na Escola Americana com os treinos na Gávea. Estudando em regime integral, ela tem se atrasado constantemente nas atividades no clube.

- Isso prejudica na questão do ritmo de jogo, mas a Sasha se empenha bastante quando chega, o que faz com que seja respeitada dentro do grupo - comentou.

Sasha Meneghel jogadora de vôlei Flamengo (Foto: Flávio Dilascio) 
Sasha (camisa 7) tem tido problemas para chegar na hora nos treinos (Foto: Flávio Dilascio)

Atuando com a camisa 7 do Flamengo, Sasha tem no voleibol o seu estilo de vida. Quando não está jogando ou treinando, está na orla carioca aprendendo os fundamentos do vôlei de praia, o que tem a ajudado a aperfeiçoar o seu estilo de jogo. No início do ano, a levantadora rubro-negra chegou a ser convocada para a seleção sub-19 de vôlei de praia, realizando um período de treinamentos no centro de desenvolvimento da CBV, em Saquarema (RJ).

- Jogar na praia é importante para desenvolver a habilidade. A Sasha está sempre querendo se aperfeiçoar e evoluir. Quando olho para ela, vejo uma jovem que quer muito crescer no esporte por méritos próprios - elogiou Josimar.

O Flamengo, de Sasha, perdeu para o Fluminense por 3 sets a 0 (25-21, 25-15 e 25-21) nesta quarta-feira, no ginásio da Gávea. Sem chances no primeiro turno, a dupla Fla-Flu apenas cumpriu tabela, uma vez que Tijuca e Botafogo farão a final desta etapa da competição - Sasha foi reserva durante toda a partda. No sábado, o Rubro-Negro fecha a sua participação no turno contra o Barra Mansa, em casa, às 15h. O returno começa no dia 3 de agosto.

Flamengo Fluminense vôlei feminino infantil (Foto: Flávio Dilascio) 

Flamengo e Fluminense apenas cumpriram tabela nesta quarta-feira, na Gávea (Foto: Flávio Dilascio)

- Esse primeiro turno foi de muita observação. Temos um grupo de meninas ainda imaturas, que acabaram de vir do mirim e que se juntaram com as que já jogavam no infantil no ano passado. Como temos um elenco bem distinto, até engrenarmos uma equipe homogênea levaremos algum tempo. Como no segundo turno já vamos ter o time mais entrosado, creio que teremos boas chances de chegarmos à final - finalizou o treinador.