Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 13 de julho de 2013

Flamengo elimina Botafogo e decide Mundial com Flu



Considerado o clássico mais charmoso do futebol brasileiro, o Fla-Flu terá um novo capítulo neste domingo, quando os dois clubes decidirão o Mundial de Clubes de futebol 7, a partir das 10h, na Arena Sapucaí, no Rio. O Flamengo conseguiu a vaga na final após um duelo dramático com o Botafogo, neste sábado, pela semifinal. Principal estrela da equipe rubro-negra, Petkovic deixou o campo no início do primeiro tempo, após sofrer entrada do alvinegro Kadu. Mesmo sem o seu principal jogador, o Fla segurou o empate em 1 a 1 no tempo normal, vencendo por 2 a 0 nos shoot-outs (tiros livres).

Botafogo Flamengo semifinal Mundial Futebol 7 (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com) 
Jogadores do Flamengo vibram com a classificação à final (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com)

- Estou muito feliz com o resultado e só tenho a agradecer aos meus atletas por mais esse placar obtido por nós hoje. É mais uma decisão na temporada, onde nós estamos invictos e muito bem. O importante é que são dois brasileiros na final, o que mostra a força de nosso país no esporte - afirmou o técnico do Flamengo, José Moraes.

O jogo começou com o Flamengo indo para cima. Na primeira chance do time da Gávea, Mikimba acabou bloqueado no momento da finalização. Atordoado, o Botafogo tentava impedir o toque de bola do rival parando muitas jogadas. Numa delas, Kadu chegou forte em Petkovic e o sérvio deixou o gramado sentindo dores na coxa.

Petkovic Flamengo Botafogo semifinal Mundial de Clubes futebol 7 (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com) A saída de Pet fez o Botafogo crescer na partida. Nos minutos finais do primeiro tempo, o Glorioso teve três oportunidades claras para inaugurar o placar. Numa delas, Xoxinho invadiu a área, mas foi interceptado pelo goleiro Guilherme. Pouco antes do fim da etapa, o Flamengo estourou o seu limite de faltas, sendo penalizado com o shoot-out. Na cobrança, Duda desperdiçou a chance de colocar o Bota na frente.

A equipe de General Severiano seguiu pressionando no segundo tempo. Na primeira conclusão, Fuste mandou a bola rente ao travessão rubro-negro. Apesar do domínio do rival, foi o Flamengo quem saiu na frente. Após avançar até a intermediária, Guilherme arriscou o chute, e Xoxinho se atrapalhou ao tentar cortar, marcando contra.

O empate não demorou a acontecer. Após nova blitz na área rubro-negra, PH colocou a bola no canto esquerdo de Guilherme, fazendo 1 a 1. O gol fez o Flamengo sair mais da defesa. Nos minutos finais, o time da Gávea ainda mandou uma bola na trave, com Chumbinho, mas o placar teimou mesmo em terminar em igualdade.

Botafogo Flamengo semifinal Mundial Futebol 7 (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com) 
O Botafogo criou muitas chances durante o tempo normal (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com)

Na disputa de tiros livres, melhor para o Flamengo, que marcou com Alan e Daniel, enquanto o Botafogo não converteu nenhuma das suas duas primeiras cobranças, vendo a possibilidade do bicampeonato mundial cair por terra. Neste domingo, o Glorioso decide o terceiro lugar com o River Plate às 8h30m.

Petkovic é dúvida para a final

A organização do futebol 7 informou que Petkovic é dúvida para o Fla-Flu que decide o Mundial de Clubes neste domingo. Com uma suspeita de estiramento muscular, ele será avaliado antes da partida para ver se tem condições de entrar em campo.


Flamengo x coisa maldita, ''vasco'': menos de quatro mil bilhetes à venda para o clássico

Ao fim das vendas neste sábado, restam menos de quatro mil ingressos para o clássico entre Vasco e Flamengo, às 18h30m, deste domingo, no Mané Garrincha, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Não há mais bilhetes de arquibancada superior. As entradas de arquibancada inferior custam R$ 180, enquanto os do setor Vip saem por R$ 260.

A carga total é de 66.306 mil bilhetes, e há expectativa de quebra de recorde de público. Até o momento, o Flamengo protagonizou os dois jogos de maior público do estádio. A partida com o Santos, que marcou a despedida de Neymar (0 a 0), atraiu 63.501 pessoas, enquanto o duelo com o Coritiba (2 a 2) levou 52.825 torcedores ao Mané Garrincha.

Confira os pontos de venda:

Rio de Janeiro

Carioca Shopping

Brasília

Grandes Torcidas (Asa Sul)
Loja Action Sports (Asa Sul)
Futebol Arte (Riacho Fundo 1)
Champion Peugeout (Guará, Candangolandia e SCIA)
Bilheteria Ginásio Nilson Nelson
publicidade

Fisgado pela torcida do Flamengo, Moreno quer gols para prolongar contrato

Dois gols no Brasileirão, contra Atlético-PR e Coritiba, um na Copa do Brasil, contra o ASA-AL, e outro num amistoso diante do São Paulo. Marcelo Moreno fez seis partidas pelo Flamengo desde a chegada ao clube, em maio, e marcou quatro vezes. Nas últimas quatro oportunidades, não passou em branco. A média é boa (0,67 por jogo), mas ele quer mais. Autor de 22 gols em 2012 pelo Grêmio (dez deles no Brasileirão), o boliviano diz que não traçou meta no Rubro-Negro, mas pretende pelo menos manter os números em alta. Além disso, pensa no futuro. Contratado por empréstimo até o fim de 2013, com possibilidade de compra em definitivo em outubro, já decidiu que quer ficar.  
     
- Vim com o objetivo de tentar fazer muitos gols. Não tenho um número exato, não posso prometer, mas tomara que sejam muitos para a alegria do torcedor flamenguista. Meu contrato é muito curto e pretendo ficar, estou gostando do carinho do torcedor, minha intenção é ficar e espero fazer muitos gols.

Marcelo Moreno treino Flamengo (Foto: Alexandre Cassiano / Ag. O Globo) 
Marcelo Moreno prevê vida longa no Flamengo (Foto: Alexandre Cassiano / Ag. O Globo)

Moreno garante que é bom de clássico. Segundo ele, se destacou contra rivais quando defendeu Cruzeiro e Grêmio. Assim como Mano Menezes, estreará num jogo desse porte pelo Flamengo neste domingo, contra o Vasco, no Mané Garrincha, em Brasília. Os times se enfrentam às 18h30m, pela sétima rodada do Brasileirão.

- Sempre fiz grandes jogos, sempre marquei gol, espero que esse trabalho que venho fazendo no Flamengo possa me ajudar, ajudar o Flamengo, tomara que possa fazer meu gol aqui também e ajudar o time, que é o que eu mais quero. Vai ser meu primeiro clássico, contra o Vasco, estou ansioso para jogar e mostrar meu trabalho.

O jogador está feliz com o bom momento, com os gols, mas espera evoluir durante o Brasileiro.  

- Estou me sentindo bem porque estou fazendo gols. Isso é importante para um atacante, mas ainda não me sinto 100% fisicamente. Posso dar mais. Vou tentar ganhar ritmo ao longo da competição.

Quando chegou ao Flamengo no início de maio, Marcelo Moreno vinha de um longo período de inatividade. Preterido por Vanderlei Luxemburgo no Grêmio, não entrava em campo desde 24 de fevereiro. Marcelo diz que ele e o time estão em evolução.

- Ganhar é sempre importante. Fizemos um jogo muito bom contra o ASA e queremos vitórias seguida para dar confiança ao grupo, para que todo mundo consiga mostrar seu futebol. O torcedor está precisando dessa confiança.


Nem tão fechado assim: Mano treina com Cadu e Gabriel entre os titulares

A intenção de Mano Menezes era esconder o time que pretende mandar a campo contra o vasco. Por mais privacidade, mexeu na programação e mudou o local do treino deste sábado do CT do Brasiliense para o estádio do time, a Boca do Jacaré, em Brasília. Porém, através de uma passarela próxima ao campo, foi possível observar a atividade.

carlos eduardo marcelo moreno flamengo treino fechado (Foto: Richard Souza) 
Treino pôde ser observado através de passarela perto do campo (Foto: Richard Souza)

Ao trabalhar jogadas ofensivas de bola parada, o treinador esboçou a equipe que enfrentará o vasco neste domingo, no Mané Garrincha, às 18h30m, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Durante o trabalho tático, armou o time com duas mudanças em relação aos 11 que iniciaram o jogo contra o ASA, quarta-feira, pela Copa do Brasil.


flamengo torcida treino (Foto: Richard Souza)
A novidade é o retorno de Carlos Eduardo entre os titulares. Barrado na quarta, ele voltou a formar o trio ofensivo ao lado de Marcelo Moreno e Paulinho. Já Gabriel se recuperou de uma forte de gripe e pode ser utilizado. Desta forma, o volante Val e o meia-atacante Adryan saem da equipe principal. O titulares foram: Felipe, Léo Moura, Wallace, González e João Paulo; Cáceres, Elias e Gabriel; Paulinho, Carlos Eduardo e Marcelo Moreno. No entanto, como já havia avisado, Mano só divulgará a escalação 45 minutos antes do jogo.


Rubro-negros de olho

Tudo foi observado de uma passarela bem próxima ao estádio. Cerca de 11 torcedores se juntaram aos jornalistas e acompanharam a movimentação dos atletas. Mano Menezes percebeu que estava sendo observado. Enquanto isso, o goleiro Felipe chegou a apontar para a passarela em conversa com Léo Moura.

Pouco depois o treinador liberou a entrada de jornalistas e torcedores, que chegaram a 50, somado o número dos que aguardavam no estacionamento. O que viram foi uma conversa entre o comandante, Léo Moura e Wallace, para em seguida Mano Menezes treinar finalizações e cruzamentos na área.

flamengo torcida treino (Foto: Richard Souza) 
Torcedor deu um jeito de acompanhar o treino e mostrou faixa do clube (Foto: Richard Souza)

Gabriel treina, mas é dúvida para o jogo contra o vasco

A escalação de Gabriel na partida contra o vasco é incerta. Apesar de ter participado do treino fechado do Flamengo na manhã deste sábado, no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga, o meia-atacante é dúvida para o clássico deste domingo, que será disputado no Mané Garrincha, em Brasília. O camisa 10 está sendo observado pelo médico Marcelo Soares e pela preparação física. Na quarta-feira, o jogador ficou fora da partida contra o ASA-AL, pela Copa do Brasil, em Maceió, e só voltou a treinar com bola neste sábado.

No treino tático com portões fechados, Mano escalou o time da seguinte forma: Felipe, Léo Moura, Wallace, González e João Paulo; Cáceres, Elias, Gabriel e Paulinho; Carlos Eduardo e Marcelo Moreno. Em entrevista coletiva, o atacante boliviano disse que Gabriel não se sentiu bem durante o treinamento.    

flamengo treino (Foto: Richard Souza) 
Gabriel treina com dor de garganta e pode não jogar o clássico (Foto: Richard Souza)
 
- A gente não sabe ainda qual é o time titular, o Gabriel está se sentindo um pouco mal, a gente tentou trabalhar jogadas ensaiadas, que são importantes para tentar surpreender num clássico. Espero que Gabriel se recupere para ajudar o Flamengo.

Caso Gabriel não jogue, Mano poderia escalar o volante Val no meio-campo e adiantar o posicionamento de Elias. Foi assim na vitória por 2 a 0 sobre o ASA-AL. O técnico já avisou que só vai divulgar a escalação 45 minutos antes do clássico, como manda a regra.

Vasco e Flamengo se enfrentam pela sétima rodada do Brasileirão, às 18h30m. O Cruz-Maltino tem sete pontos e está em 14º na tabela. O Rubro-Negro tem seis e é o 18º, na zona de rebaixamento.



Rapidinhas do Mengão



Privatização
“A privatização do Maracanã é um Carnaval de Veneza”
Marcio Braga, ex-presidente do Flamengo, que diz que o modelo de privatização empurra o clube a “pagar a conta”.

Após Renato não acatar notificação, Fla faz nova proposta: parcelamento
Depois da negativa de Renato quanto à notificação para ser reintegrado ao clube, o Flamengo fez uma última oferta para quitar a dívida e evitar que o caso seja levado à Justiça.

O clube procurou as partes que defendem os interesses do jogador para oferecer que a dívida com Renato, que é de aproximadamente R$ 1,76 milhão, fosse parcelada em 20 vezes. Proposta que foi negada.

De saída do Fla, Kojo revela decepção: 'Temos que lutar para sermos pagos'
Sem contrato desde junho, Kojo garante que não foi procurado pela diretoria do Flamengo para falar sobre renovação. E diz que o fato de ter visto pela imprensa que o Rubro-Negro acertou com outro armador (o argentino Laprovittola, ex-Lanús e da seleção argentina), o decepcionaram. Além do argentino, o Fla ainda conta com Gegê e Benite para a posição.

A diretoria do Flamengo afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que já quitou todos os salários atrasados da gestão anterior e pagou o mês de dezembro, o último que faltava. Ainda de acordo com a assessoria do clube, os pagamentos do basquete que venceram no dia 20 de junho, referentes ao mês de maio, serão pagos ainda esta semana.




Futebol 7: após se emocionar no Flamengo-Flu, Pet encara o Bota pela semi


Petkovic começou o jogo diante do Fluminense no banco de reservas. Assim que entrou, porém, resolveu para o Flamengo. Com passes precisos, um golaço, deixando o goleiro Banha no chão, o sérvio ajudou o Rubro-negro a vencer por 4 a 3 e avançar para as semifinais do Mundialito de Futebol 7 com o primeiro lugar do Grupo A. Neste sábado, na Arena Sapucaí, o gringo entra em campo de novo, às 16h45, contra o Botafogo, pelas semifinais.

Petkovic Flamengo Fluminense Mundial de Clubes Futebol 7 (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com) 
Petkovic é a grande estrela do time de futebol 7 do Flamengo (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com)

E é bem possível que a nostalgia o acompanhe novamente. Desde o primeiro tempo, quando ficou sentado, vendo seus companheiros em campo, até a segunda etapa, quando atuou, Pet voltou no tempo. Na mente, sentimentos que nunca o deixarão. O romantismo do centenário Fla-Flu (Pet atuou pelo dois lados) e o Maracanã lotado, com seu nome gritado pelas duas torcidas, .

- Eu senti o sabor do clássico. O mesmo que senti quando estava em campo antes. Lembrei do romantismo desse jogo, do Maracanã sempre cheio. É e sempre será um grande jogo. Agora, tive a oportunidade de jogar pelo futebol 7, uma modalidade que para mim serve de exemplo para o futebol, por conta do seu fair play, com todos sempre visando a bola, sem ir direto no pé, para machucar - conta Pet.

Na sexta-feira, o time titular do Flamengo começou no banco de reservas. Assim como Pet. A ideia era dar aos meninos a oportunidade de jogar o Mundialito.  O Fluminense saiu na frente, abriu 3 a 1, mas com o craque em campo, o Flamengo virou para 4 a 3 com gols de Boleta, Marcelinho, Paulista e do próprio camisa dez.

- Pudemos dar rodagem aos garotos. O time já estava classificado. E descansamos os jogadores da seleção brasileira, que jogaram e conquistaram o Mundial na final diante da Itália para o nosso Brasil - explicou o sérvio com alma brasileira.

Craque espera semifinal complicada

Neste sábado, em mais um jogo decisivo, e agora eliminatório, o time da Gávea encara outro clássico, diante do Botafogo, quando Pet terá a chance de mais uma vez ser decisivo, quem sabe. Na outra semifinal, o Fluminense encara o River Plate, no mesmo lugar, mas às 15h30. Feliz por estar no meio da garotada, Pet espera um duelo difícil. O Alvinegro acabou derrotado pelo River Plate por 3 a 1, mas é o atual campeão do Mundialito de Futebol 7.

- Eles têm um grande time e virão mordidos pela derrota para o River Plate. Teremos outro clássico pela frente. São jogos gostosos de jogar. Além disso, o Botafogo é o atual campeão - frisa o jogador.

Mantendo a filosofia dos tempos de jogador, quando opinava sempre, sem se omitir, por vezes até fazendo desafetos, Petkovic acredita que o futebol sete deve crescer muito no Brasil, mas dá algumas dicas.

- Eu estou me sentindo um garoto. O campo é menor, os passes são mais rápidos. Basicamente essa é a diferença do futebol de campo. Mas acho que o campo poderia ser maior. Estou acostumado a jogar os 90 minutos. E a maioria dos jogadores que estão aqui já passaram pelo campo também. E também acho que deveriam aumentar o tempo de partida. Os 24 minutos de hoje são pouco - finaliza o camisa dez Rubro-negro.


Pouco aproveitado no Flamengo, Thomás está na mira do Espanyol


thomas Final carioca sub 20 flamengo e FLuminense (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem) Com participação em apenas três partidas, Thomás tem sido pouco utilizado pelos profissionais em 2013. A situação, no entanto, não fez o atacante perder prestígio. Pelo menos, no exterior. Após ser desejado pelo Roma em 2011, o jovem está agora na mira do Espanyol. O clube de Barcelona já estabeleceu contatos com o Flamengo e o empresário Eduardo Uram para iniciar as conversas.

Em um primeiro instante, o Flamengo não se empolgou muito com a possibilidade de perder o jogador. As negociações, porém, continuam. Thomás receberá cidadania italiana na próxima semana, o que abre as portas do mercado europeu. Empresários da Itália também mantêm contato pela possibilidade de uma transferência. O GLOBOESPORTE.COM não conseguiu falar com Eduardo Uram para comentar o caso.

Revelado em 2011, por Vanderlei Luxemburgo, Thomás tem 30 partidas como profissional e ainda não marcou gols. Em 2012, o jovem viveu seu melhor momento, quando entrou em campo 18 vezes, 13 como titular. Com a chegada de Jorginho, em março, o atacante retornou para o time de juniores e teve participação destacada no título da Taça Rio, mas não conseguiu levar o Rubro-Negro ao posto de campeão Estadual, que ficou com o Fluminense. Com a chegada de Mano Menezes, Thomás voltou ao elenco profissional, mas não viajou com o grupo para as partidas contra Coritiba, ASA e vasco.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Futebol 7: Petkovic deixa goleiro no chão, faz golaço e Flamengo bate o Flu



O Fluminense vencia por 3 a 1 e dominava o Flamengo pela rodada final da primeira fase do Mundial de Clubes de Futebol 7. Só até Petkovic entrar em campo. Com o sérvio inspirado, o Rubro-Negro buscou a virada por 4 a 3 na segunda etapa, com direito a um golaço do gringo, deixando o goleiro no chão, confirmando o primeiro lugar do Grupo A, com três vitórias em três jogos. Na semifinal, o Flamengo terá pela frente o Botafogo, que perdeu para o River, enquanto o Fluminense encara os argentinos.

Petkovic Flamengo Fluminense Mundial de Clubes Futebol 7 (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com) 
Petkovic comandou a vitória do Flamengo (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com)

Os gols do jogo foram marcados por Beier, Marquinhos e Caio Cézar para o Fluminense. No Flamengo, anotaram Paulista, Petkovic, Victor Boleta e Marcelinho. As semifinais acontecem neste sábado, na Arena Sapucaí, no centro do Rio de Janeiro, a partir das 15h30, com o segundo jogo rolando às 16h45.

Fluminense larga na frente

Se o terceiro jogo da noite colocou frente a frente Brasil e Argentina, um duelo centenário fechou a noite na Arena Sapucaí. E o Fla-Flu começou equilibrado. Com os times tocando a bola e sem se expor muito, o gol demorou para sair. Mas, quando veio, quem marcou primeiro foi o Fluminense. Ao dez minutos, André Beier recebeu grande passe de Marquinhos e. dentro da área, bateu para vencer o goleiro Diego. O gol esquentou o jogo. E Paulista tratou de colocar o Flamengo de volta na disputa. Aos 13, em jogada individual, ele soltou a bomba e empatou: 1 a 1.

Petkovic Flamengo Fluminense Mundial de Clubes Futebol 7 (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com) 
O Fluminense saiu vencendo no primeiro tempo (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com)
 
Aos 15, porém, o Tricolor voltou a mandar no marcador com Marquinhos. Em jogada trabalhada, o camisa 9 recebeu dentro da área e só teve o trabalho de escorar para o gol de Diego, fazendo 2 a 1 para o Flu. Faltando um minuto para o fim da etapa inicial, Caio Cézar ainda aproveitou falha da defesa do Flamengo e anotou outro, deixando o time das Laranjeiras em vantagem ainda maior para a segunda etapa: 3 a 1.

Petkovic faz golaço e Flamengo vira

O Rubro-Negro voltou para a segunda etapa com o time titular. E com Petkovic em campo, atuando mais adiantado, como um pivô. E bastaram cinco minutos para o camisa 10 mostrar sua categoria. Depois de passe de Victor Boleta, dentro da área, Pet dominou, fingiu o chute, e esperou o goleiro Banha cair, para então limpar para a esquerda e bater no ângulo, com três jogadores do Flu à frente. Um minuto depois, Boleta, de fora da área, colocou mais fogo ainda na partida ao empatar em chute de forte: 3 a 3.

Petkovic Flamengo Fluminense Mundial de Clubes Futebol 7 (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com) 
Entrada do sérvio foi determinante para a virada rubro-negra (Foto: Davi Pereira/Jornal F7.com)
 
O Tricolor não desanimou com a reação do Flamengo. Aos 14 minutos, Caio Cézar acertou a trave após a bola resvalar em Guilherme, que saiu bem do gol rubro-negro. Aos 16, foi a vez do time da Gávea quase virar. Pet recebeu na entrada da área e achou Thiago sozinho. Quase dentro da meta, porém, o camisa 2 bateu por cima do gol. Faltando 20 segundos, o Flamengo virou o placar com Marcelinho, em mais uma jogada de Petkovic. O sérvio achou Thiago na linha de fundo e o camisa 2 rolou para Marcelinho, que escorou e virou: 4 a 3 e fim de jogo na Arena Sapucaí.

Escalações
Flamengo:
Diego; Rafinha, Dias, Paulista, Ricardinho, Marcelinho e Thiago. Entraram: Petkovic, Charles, Alan, Daniel, Chumbinho, Rafael, Boleta e Helcinho.
Técnico: José Moraes.

Fluminense: Banha; Paulinho, Barreto, Dudu, Beier, Marquinhos e André. Entraram: Robinho, Miranda, Danielzinho, Vini, Caio Cézar, Vitinho, Daniel, Maicon, Luquinhas e Bernardo. 
Técnico: Diogo Durão.





Prefeitura vai liberar R$ 5 milhões para ajudar nas obras do CT do Flamengo


flamengo obras no ninho do urubu (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)
O dia é de boas notícias para a torcida do Flamengo no que diz respeito às suas "casas". Depois de garantir o retorno ao Maracanã para jogos até o fim do ano, a diretoria conseguiu o aval do prefeito Eduardo Paes para liberação dos R$ 5 milhões que serão usados na construção do Centro de Treinamento George Helal, o Ninho do Urubu. As obras, paralisadas desde agosto do ano passado, recomeçam em até 30 dias após o recebimento do recurso. O cube saberá quando a quantia estará disponível até o meio da semana que vem.

- A reunião foi ótima, e o prefeito confirmou o que havia anunciado. Vamos ter a previsão do recebimento dessa verba até quarta-feira da semana que vem - disse o vice de patrimônio do clube, Alexandre Wrobel.

O dinheiro que será recebido não basta para concluir os módulos 16 e 17, que serão utilizados pelo futebol profissional. Wrobel estima que sejam necessários cerca de R$ 9 milhões, ou seja, R$ 4 milhões a mais. O vice de patrimônio, no entanto, diz que o clube busca outras fontes de receita para retomar as obras. Uma das opções seria usar parte do dinheiro recebido na última quarta-feira. Os cofres do Flamengo ganharam o reforço de R$ 9 milhões. A REX, empresa do Grupo EBX, de Eike Batista, depositou a quantia referente à concessão da sede do Morro da Viúva.

- Temos outras possibilidades de receitas que estão sendo estudadas. A gente vai ter uma reunião do Conselho Gestor na segunda-feira e esses assuntos vão ser discutidos. Com esses cinco milhões da prefeitura, a gente volta a ter a possibilidade de retomar as obras num ritmo forte - frisou Wrobel, que espera concluir as obras em até oito meses após a retomada.

A prefeitura se dispôs, em 2012, a ajudar os quatro grandes a terem seus centros de treinamento. Os termos de cessão dos terrenos para Botafogo, Fluminense e Vasco já foram publicados no Diário Oficial do Munícipio. Como o Flamengo já tem seu próprio terreno, ficou acertado que a prefeitura daria a contrapartida financeira. O clube, no entanto, já havia perdido a esperança de receber a quantia. 

Mano esconde time contra o vasco: ‘Em clássico, só 45 minutos antes’


Mano Menezes foi obrigado a mudar a programação do Flamengo nos dois últimos dias. Por conta das manifestações do “Dia Nacional de Lutas”, a delegação rubro-negra não conseguiu deixar Maceió na tarde de quinta-feira e só chegou a Brasília para o clássico com o vasco na tarde desta sexta. Sendo assim, no treino da manhã deste sábado, véspera da partida, o treinador vai exigir mais dos atletas. Além de uma atividade pesada, uma coisa é certa: Mano não vai divulgar a escalação da equipe. O motivo é simples:

- Time em clássico só 40 minutos antes de começar. É a regra. Só 45 minutos antes de começar. Vamos obedecer rigorosamente nesse caso - disse, com risos de fina ironia.

Mano Menezes Técnico Flamengo (Foto: Richard Souza) 
Mano Menezes só vai divulgar a escalação do Flamengo pouco antes do clássico (Foto: Richard Souza)
 
Na quarta-feira passada, a equipe que venceu o ASA-AL por 2 a 0, pela Copa do Brasil, teve Felipe, Léo Moura, Wallace, González e João Paulo; Cáceres, Val, Paulinho, Elias e Adryan; Marcelo Moreno. O volante Val substituiu Gabriel, que estava com febre e forte dor de garganta. Com o camisa 10 liberado para o clássico, a expectativa é de uma troca simples.

Mano, que já disputou clássicos no Rio Grande do Sul e em São Paulo, vai estrear em um grande confronto carioca. Os times jogam neste domingo, às 18h30m, no Mané Garrincha, em Brasília, pela sétima rodada do nacional.

- É um sentimento gostoso por estar participando diretamente de um clássico deste tamanho, com esse apelo popular, mesmo sendo fora do Rio. É para isso que a gente trabalha, para viver grandes jogos. Acredito que seja o mesmo sentimento dos jogadores. Vamos trabalhar nas últimas horas para que a gente consiga fazer um grande jogo.

O Flamengo jogará pela terceira vez em Brasília nesta edição do Brasileiro. Na estreia, empatou com o Santos sem gols. Na sexta rodada, novo empate: 2 a 2 com o Coritiba. Nas duas partidas, o Rubro-Negro teve a maioria da torcida. Contra o Cruz-Maltino, o público deve ser mais equilibrado. Mano espera equilíbrio também dentro do campo.

- A responsabilidade em campo também é dividida. É bom para o jogo. Você ataca um pouco, eles atacam um pouco. Quem erra menos, ganha.  Você entra com essa responsabilidade repartida. É melhor quando ambas as equipes procuram a vitória. Isso vai ser o mais importante.

Os dois times vivem situação ruim no Brasileiro. O vasco está em 14º, com sete pontos. Com seis, o Flamengo é o 18º, na zona de rebaixamento. Se Mano comandará a equipe rubro-negra apenas pela quarta vez, a terceira partida oficial, no Cruz-Maltino o técnico Dorival Júnior, ex- Fla, vai estrear. Mano não vê a vantagem pesar para nenhum lado.

- Nós técnicos prestamos atenção ao histórico dos nossos adversários técnicos. É provável que eles sejam o que são ao longo da carreira. A questão do conhecimento dos jogadores é um pouco subjetiva. O jogador presta atenção mais nele. As coisas estão equilibradas, ambos se conhecem. Lógico que você tem sempre uma característica do momento, voltada para o grupo que dirige naquela hora. Mas o Dorival vai ser o que é, mas vai ser mais ainda o que o Vasco é. Isso acontece do nosso lado também.



50 mil ingressos vendidos para clássico no Mané Garrincha

A partida Flamengo x  coisa maldita, ''vasco'',  chegou aos 50 mil ingressos vendidos na tarde desta sexta-feira (12.07). O jogo será realizado no Mané Garrincha, em Brasília, às 18h30 do domingo (14.07). Toda renda será dividida entre os dois clubes, assim como no clássico que ocorrer no returno.

Pela primeira vez, Mano Menezes disputará um clássico como técnico do Rubro-Negro. A operação da partida está sendo feita pelo Flamengo e será feita pelo Vasco no returno.

Confira os valores dos ingressos por setor:

Arquibancada Superior: R$ 100 (inteira), R$ 50 (meia) e R$ 25 (Sócio torcedor que acumular a meia-entrada e o desconto)

Arquibancada Inferior: R$ 180 (inteira), R$ 90 (meia) e R$ 45 (Sócio torcedor que acumular a meia-entrada e o desconto)

Arquibancada VIP: R$ 260 inteira, R$ 130 meia e R$ 65 (Sócio torcedor que acumular a meia-entrada e o desconto)




Veja abaixo os pontos de venda:

Brasília

Grandes Torcidas: 10h às 17h
0CLS 308 Bloco A Lojas 22/26 - Asa Sul

Loja Action Sports: 10h às 17h
0CLS 309 Bloco C Loja 11 - Asa Sul

Futebol Arte: 10h às 17h30
0QS 06 Conjunto 03 Loja 41 – Riacho Fundo 1

Bilheteria Ginásio Nilson Nelson: 10h às 18h
8 SRPN Centro Aquatico Ginasio Claudio Coutinho

Champion Peugeot - Guará: 8h às 18h
Sia trecho 2 lote 1350/1460 - Guará -Brasília/DF

Champion Peugeot - Candangolândia: 8h às 18h
SPM EPIA SUL Lote 2 - Parte Candangolândia

Champion Peugeot - SCIA: 8h às 18h
SCIA QDA 15 Conjunto 11 Lote 3 SCIA

Gigante da Colina: 8h às 18h
Shopping Conjunto Nacional - Setor de Diversões Norte, Cj. A, Loja 2049, Asa Norte

Bilheteria Ginásio Nilson Nelson: 10h às 18h
SRPN Centro Aquatico Ginasio Claudio Coutinho

Centro de convenções Ulysses Guimarães: dia 11 (13h às 17h) e de 10h às 17h nos dias 12 e 13 (apenas para torcedores que adquirirem ingressos comprados pela web) Ala Sul, 1º andar

Rio de Janeiro Carioca FC: 10 às 17h Carioca Shopping

Integrante da torcida força jovem vasco são presos acusados de integrar quadrilha de roubo de veículos

Policiais da 64ª DP (são João de Meriti) prenderam, nesta quarta-feira, três homens acusados de integrar uma quadrilha envolvida em roubos de veículos que age na Baixada Fluminense. Um dospresos é um integrante da força  jovem vasco: Carlos Alberto Carvalho Duarte, o Mosquito, de 33 anos.

Todas as prisões ocorreram na casa de Carlos Alberto, na Rua Cacilda, no bairro Agostinho Porto, em São João de Meriti. Os demais presos são Wallace Carlos de Souza Junior, de 21 anos, e Michael Santana do Nascimento, de 19. Um quarto suspeito conseguiu escapar. Na residência a polícia encontrou dois carros roubados. Um deles era um Celta prata, usado pelo bando nos assaltos, e o outro, um Fiat Uno. As investigações sobre o grupo começaram há cerca de um mês.

Os presos foram autuados por formação de quadrilha e receptação de veículos.



Após acertar com elenco, Flamengo quita salários de funcionários


O Flamengo quitou o salário atrasado referente ao mês de junho dos funcionários nesta sexta-feira. O dinheiro apareceu na conta ainda pela manhã. Muito do atraso deste grupo se deu pela mudança de banco e abertura de novas contas na Caixa Econômica Federal, onde o Rubro-Negro deposita os valores.

O acerto com funcionários aconteceu um dia depois do pagamento dos jogadores, que esperavam há uma semana. O elenco recebeu a confirmação da quitação da dívida na noite da quarta-feira, após a vitória sobre o ASA de Arapiraca, pela Copa do Brasil.

Flamengo assina contrato válido até dezembro para jogar no Maracanã


Eduardo Bandeira e João Borba assinatura Maracanã (Foto: Fred Huber)
O Flamengo é o segundo clube a fechar um acordo com o Complexo Maracanã Entretenimento S.A, que administrará o Maracanã. Depois do acerto com o Fluminense, foi a vez de os rubro-negros anunciarem o desfecho positivo na negociação. O contrato válido apenas até o fim deste ano - o Tricolor havia acertado por 35 anos - foi assinado na tarde desta sexta, na Gávea, pelo presidente do Rubro-Negro, Eduardo Bandeira de Mello, e pelo presidente do consórcio que administra o estádio, João Borba. A volta do Flamengo ao Maracanã acontecerá no dia 28 de julho, no clássico diante do Botafogo.

A negociação, que se arrastou durante semanas, foi concluída nesta sexta. As duas partes informaram que se trata de um contrato-teste, para avaliar o funcionamento antes da assinatura de um compromisso longo. Por isso, o clube e o consórcio afirmaram que há uma cláusula de confidencialidade que impede a divulgação de detalhes do acordo.

- Fechamos um contrato de seis meses e vamos testar este modelo. As duas partes estão felizes. Não tenha dúvida de que podemos dizer que o Maraca é nosso. Não nos sentimos inquilinos. Hoje temos condições melhores do que antes. Temos que encher o estádio. Esses seis meses serão perfeitos para fazermos uma avaliação melhor - disse o vice-presidente de finanças do Flamengo, Rodrigo Tostes.

O acordo também foi comemorado pelo presidente do consórcio que vai administrar o Maracanã até 2048, João Borba.

- Um grande clássico tem que ter um pontapé inicial. Esse contrato tem maleabilidades que permitem às partes alavancar outros contratos. Não temos um modelo fechado, e as cláusulas são confidenciais. O Fluminense fez um contrato definitivo, de 35 anos. O contrato com o Flamengo foi bom para todas as partes.

Os dirigentes rubro-negros avisaram que está mantido o acordo anunciado para a disputa de cinco partidas em Brasília - à exceção do jogo contra o Botafogo, que passou para o Maracanã -, sendo o primeiro desta série o clássico do próximo domingo, diante do vasco.

Ao contrário do Flamengo, o Fluminense divulgou detalhes do contrato no momento da assinatura, na última quarta-feira. No caso do Tricolor, o clube terá direito à renda de 43 mil ingressos em todos os jogos nos setores localizados atrás dos gols nos próximos 35 anos. O restante, como camarotes e área vip, ficará com o concessionário. Outro que negocia para mandar jogos no local é o Botafogo, que só terá o Engenhão de volta no início de 2015.



Com um dia de atraso, Fla chega a Brasília para clássico com o vasco


Depois da folga forçada em Maceió, o Flamengo, enfim, chegou a Brasília. Com um dia de atraso, a delegação rubro-negra desembarcou na capital federal na tarde desta sexta-feira para o clássico com o Vasco, domingo, no estádio Mané Garricha, pelo Brasileirão. O voo com os jogadores chegou ao Aeroporto Juscelino Kubitschek por volta das 16h, e os atletas foram recebidos por cerca de 30 torcedores. A passagem deles pelo saguão chamou a atenção de pessoas que circulavam pelo local. O goleiro Felipe e o lateral-direito Léo Moura foram os mais assediados pelos fãs no caminho até o ônibus. De lá, a equipe seguiu para o hotel.

- Voltamos a Brasília. É bom. Brasília já é quase a nossa casa. Estamos em casa aqui – disse o camisa 2.

Leo Moura chegada Flamengo Brasília (Foto: Richard Souza) 
Léo Moura distribui autógrafos na chegada do Flamengo a Brasília (Foto: Richard Souza)

A chegada do Flamengo a Brasília estava prevista para a tarde de quinta. No entanto, por conta do “Dia Nacional de Lutas”, o time não conseguiu deixar Maceió. No caminho para o aeroporto da capital alagoana, barreiras foram montadas por manifestantes, e o ônibus que levava o grupo retornou ao hotel. Os jogadores ganharam algumas horas de folga, e boa parte deles aproveitou para ficar na piscina.

Na quarta-feira, o Flamengo venceu o ASA-AL por 2 a 0, pela terceira rodada da Copa do Brasil, em Arapiraca. No domingo, o jogo contra o Vasco será pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, às 18h30m, novamente no estádio Mané Garrincha, palco de outros dois jogos do time no nacional, contra Santos (0 a 0) e Coritiba (2 a 2).

Na manhã deste sábado, às 10h, o time de Mano Menezes fará o último treino antes do clássico. Será no CT do Brasiliense.



Atenção Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal


O Flamengo jogou em Brasília contra o Santos e Coritiba, e nenhum  registro distúrbios na cidade.

As notícias  que tenho de espiões  torcedores infiltrados na torcida, força jovem do vasco é que, a mando do Governo do estado e Prefeitura, torcedores do vasco vão transformar  Brasília num campo de guerra,  inferno,  para que  o  Flamengo saia  da cidade e seja obrigado a assinar com o consórcio  Maracanã.

Sem mais para o momento,

                                        Deus é Flamengo e Maumau também

Flamengo e Consórcio Maracanã se entendem e vão anunciar acordo


Maracanã (Foto: Daniel Basil/Portal da Copa)

O Flamengo e o consórcio Complexo Maracanã Entretenimento S.A. se acertaram e vão anunciar um acordo para a utilização do estádio. O acordo inclusive já é confirmado pelo consórcio que vai administrar o Maracanã pelos próximos 35 anos. Segundo o LANCE!Net apurou, a duração do acordo, a princípio, seria apenas até o fim do ano, o que não impediria um acerto por um período maior no futuro.

O Fluminense foi o primeiro clube a anunciar oficialmente acordo para a utilização do Maracanã pelos próximos 35 anos. O Botafogo, que já tem o Engenhão, é outro que já está acertado com o Maracanã pelo mesmo período, mas vai jogar menos jogos lá. O Flamengo era o único que restava, já que o vasco possui  o galinheiro de São Januário.

- Acredito que vamos chegar a uma negociação final e estamos bem perto disso - havia afirmado o presidente do consórcio, João Borba, em entrevista ao LANCE!Net na última quinta-feira.

O Flamengo, por enquanto, ainda não confirma o acordo e só se pronunciará no anúncio oficial. Enquanto não pode utilizar o Maracanã, vai fazendo do Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, sua casa. Enfrentou o Coritiba no último fim de semana lá, vai enfrentar o vasco neste domingo (jogo com mando vascaíno) e já fechou um pacote de seis jogos no estádio, podendo chegar a oito.


Flamengo x coisa maldita, ''vasco'': segurança contará com 1.500 policiais e 500 agentes privados

O clássico entre  Flamengo e vasco no próximo domingo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, contará com esquema de segurança reforçado. Cerca de 1.500 policiais militares atuaram na partida. De acordo com os clubes, também serão contratados 500 seguranças particulares para trabalhar dentro do estádio. Todo o planejamento operacional para o Clássico dos Milhões foi detalhado nesta sexta-feira pelo governo do Distrito Federal e representantes dos dois clubes.

Entre o total de policiais militares escalados para o jogo, cerca de 700 atuaram dentro da arena. Eles reforçarão a segurança nos corredores e também formarão um cordão de isolamento entre as duas torcidas na arquibancada superior do estádio. No nível inferior, não haverá separação entre cruz-maltinos e rubro-negros.

- Nosso efetivo cuidará de todas as nuances da operação de segurança. Interior do estádio, lado de fora, parte de trânsito e também reforço em pontos sensíveis da cidade, como a rodoviária de Brasília. É importante ressaltar que dentro do Mané Garrincha faremos uma divisão entre as torcidas no nível superior. Os vascaínos ficarão no lado sul e os flamenguistas no lado norte. As organizadas também virão escoltadas, cada uma com acesso pré-determinado - explicou o coronel da Polícia Militar do DF, Jair Lobo.

Durante esta semana, a PM realizou reuniões com representantes das organizadas dos dois times para repassar as regras. Foi definido que só será permitido a presença de torcedores uniformizados no nível superior do estádio e não será liberada a entrada com mastros de bandeiras, sinalizadores e instrumentos musicais.

- A proibição dos instrumentos musicais foi uma decisão consensual tomada em reunião na Secretaria de Segurança com os organizadores do jogo. Não houve imposição de ninguém. Foi consenso de que não seria adequado por conta das características físicas do estádio. A arquibancada superior é muito inclinada. Uma pessoa com um surdo, por exemplo, ficaria com o instrumento na cabeça do torcedor da fileira de baixo. Os apetrechos pirotécnicos não são permitidos por lei. Já os mastros para bandeiras estão proibidos porque são objetos potencialmente perigosos - completou o coronel Lobo.

Segundo os representantes dos clubes, também serão contratados 500 seguranças privados e 50 orientadores de público para atuarem no clássico. Os números são superiores aos usados na partida entre Flamengo e Coritiba, realizada no Mané Garrincha no último fim de semana. Na ocasião, foram cerca de 400 seguranças e 30 orientadores.

Os portões do Mané Garrincha serão abertos no domingo às 15h (3h30m antes do início da partida). Todos os torcedores serão revistados antes da entrada no perímetro do estádio. A PM recomenda que as pessoas evitem levar mochilas ou bolsas grandes para facilitar a vistoria.

Delegacia no estádio e combate aos cambistas

A Polícia Civil do DF também estará envolvida na operação de segurança do clássico. Há uma delegacia montada dentro do Mané Garrincha. Ela será acionada em casos como o do torcedor que atirou um copo no campo na partida entre Flamengo e Coritiba.

- Naquela ocasião, ele foi imediatamente retirado e conduzido para a delegacia do estádio. Lavramos um termo circunstanciado e o liberamos após o jogo. Agora, ele estará sujeito à penas alternativas que serão determinadas pela justiça - informou o delegado Paulo Henrique de Almeida.

Haverá também reforço no plantão da delegacia mais próxima do Mané Garrincha (distante cerca de 1,5 quilômetros do estádio). Agentes velados da Polícia Civil também atuarão no combate a cambistas e furto de veículos nos estacionamentos próximos.

Trânsito

O esquema de trânsito para o jogo também será reforçado. O metrô, que normalmente fecha às 19h aos domingos, ficará aberto apenas para embarque na estação da Rodoviária do Plano Piloto até às 22h no dia do jogo. A linha de ônibus que faz o trajeto entre o Mané Garrincha e a Rodoviária do Plano Piloto (108.6) também contará com um número maior de veículos e funcionará até às 21h. Um ponto fixo de táxi será montado no estacionamento do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, ao lado do estádio.

Para os torcedores que forem de carro, o estacionamento do Mané Garrincha estará liberado, com interdição apenas na área próxima aos portões de entrada. Também estarão disponíveis estacionamentos próximos: Palácio do Buriti, Ginásio Nilson Nelson, Parque da Cidade e Colégio Militar. Segundo Batalhão de Trânsito da PM, será feita uma fiscalização rigorosa com a utilização de um guincho para recolhimento de veículos estacionados em locais irregulares como nos canteiros e nas margens das vias.

Ao fim do jogo, o trânsito também será interrompido na via N1 do Eixo Monumental entre o Mané Garrincha e a Rodoviária do Plano Piloto para facilitar o escoamento dos torcedores. A estimativa da PM é de que a pista fique fechada por aproximadamente 20 minutos (entre 20h30 e 20h50).

Bebida alcoólica e ambulantes

Segundo os organizadores da partida, ainda não há uma definição se será ou não permitida a venda de bebida alcoólica dentro do estádio. O direito de exploração dos bares foi repassado à uma empresa que terá até domingo para conseguir liminar na justiça liberando a comercialização. De acordo com o governo do DF, nas outras partidas do Brasileirão realizadas no Mané Garrincha os operadores dos bares conseguiram na justiça a liberação para a venda de bebida alcoólica.

Já do lado de fora, o governo realizou um sorteio para a escolha de 30 vendedores ambulantes que poderão ficar instalados no estacionamento do estádio. Haverá fiscalização para impedir a presença de vendedores não cadastrados nas proximidades.

Flamengo e vasco se enfrentam no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), no Mané Garrincha. A partida é válida pela sétima rodada do Brasileirão. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o jogo em Tempo Real.


Na academia, elenco do Flamengo se despede de Maceió e vai para Brasília

Na despedida do Flamengo de Maceió, o elenco pegou pesado na academia. Depois da quinta-feira livre por não conseguir voltar a Brasília após protestos na capital alagoana, os jogadores fizeram atividades físicas no hotel, sob o comando do preparador Dudu, antes de, enfim, retornarem ao Distrito Federal.

A previsão inicial era de um trabalho também na piscina, mas o mau tempo colaborou para que o dia fosse apenas de musculação. A atividade durou pouco mais de uma hora, e os últimos a deixarem o local foram Rafinha, Cáceres, Amaral e González.

No início da tarde, a delegação retorna para Brasília, onde treina na manhã de sábado, no CT do Brasiliense. Ainda nesta sexta, o treinador Mano Menezes ainda atende a imprensa no DF. O Flamengo encara o vVasco, domingo, às 18h30m (de Brasília), no Mané Garrincha, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

caceres flamengo musculação (Foto: Cahê Mota ) 
Cáceres faz trabalho na academia antes de deixa Maceió (Foto: Cahê Mota )
 
amaral gonzalez flamengo musculação (Foto: Cahê Mota ) 
Amaral faz musculação sob o olhar atendo de González (Foto: Cahê Mota )
 

Ainda sem estrear pelo Fla, Bruninho espera chance: 'Sei do meu potencial'



Bruninho Flamengo jogo treino São Cristovão (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)
Bruninho foi apresentado pelo Flamengo no dia 17 de maio, mesma época em que também chegaram Val, Paulinho e Diego Silva, todos vindos do interior paulista. De lá para cá se passaram quase dois meses, seis jogos do Rubro-Negro pelo Brasileiro, um pela Copa do Brasil e nenhuma chance para o meia-atacante no time principal. Pior. Bruninho sequer viajou com o elenco  para os jogos em Brasília e Arapiraca ou foi relacionado. Mais animado dos quatro reforços durante as apresentações, é o único que ainda não estreou.

Porém, o jovem jogador não se abala e espera a sua chance. Antes de defender o Flamengo, Bruninho jogou por Atlético Sorocaba e Penapolense. Pelo primeiro, marcou seis gols no Campeonato Paulista deste ano e foi um dos destaques, em atuações que o credenciaram a vir para o clube carioca.

- A mudança foi positiva. A cobrança por resultados aqui é grande, a vitória é primordial. A adaptação também está sendo boa, fui muito bem recebido pelos meus companheiros. A maior diferença tem sido o clima. Em São Paulo é muito frio e aqui é quente, mas estou gostando muito do Rio - afirmou.

Segundo o meia-atacante, o bom acolhimento por parte do grupo e o entrosamento pessoal com os outros jogadores vindos do interior paulista têm sido os fatores fundamentais para a sua boa adaptação.

- Já fiz muitos amigos. Fui bem recebido por todos do elenco. Converso principalmente com o Val, o Diego Silva e o Paulinho, que vieram de São Paulo comigo.

Com apenas 23 anos, Bruninho espera o momento de mostrar seu futebol. O jogador assinou um contrato de três anos (até 2016) com o clube carioca e teve 50% dos seus direitos adquiridos na transação, situação que serve de motivação.

- Um contrato longo é bom, dá uma maior tranquilidade. A chance de jogar no Flamengo é única. Pretendo mostrar meu valor aqui.

Veloz e driblador, costuma jogar como ponta, mas também atua no meio-campo, apesar de deixar clara a sua preferência pela primeira opção. Uma característica em alta no atual sistema de jogo do Rubro-Negro, mas também com concorrência forte, que inclui Gabriel, Paulinho, Adryan, Rafinha, e agora Nixon.

- Gosto de jogar nas duas posições, mas gosto mais de atuar como atacante. Porém, onde o professor me botar para jogar eu topo. É esperar o Mano me dar uma oportunidade.

"Oportunidade". Esta foi a palavra mais utilizada por Bruninho durante a entrevista concedida ao GLOBOESPORTE.COM, e é também o que o jogador procura no Flamengo. Paciente, sabe que sua hora irá chegar.

- O fato de ainda não ter jogado não me incomoda. Só é chato pois quero estar junto do grupo, jogando. Mas é uma decisão da comissão técnica, e eu entendo. Meus familiares e amigos perguntam quando irei jogar, mas eles também entendem. Cheguei agora. É como está acontecendo com o Paulinho e o Val, que têm jogado, e o com Diego Silva, que também vem ganhando oportunidades. Uma hora será a minha vez.

Reforços interior paulista_Bruninho (Foto: Arte)

A hora, por sinal, quase chegou com Jorginho. Entretanto, o treinador foi demitido e deu lugar a Mano Menezes, mudança que freou a estreia de Bruninho.

- Com o Jorginho eu ia começar jogando, ia ter oportunidades, mas com o Mano ainda não tive chances. Ele tem conversado bastante com todos, comigo e com os outros que não têm jogado, e sempre fala que todos terão a sua oportunidade. É só uma questão de esperar.

Sem ter jogado ainda, Bruninho não sentiu um dos maiores problemas dos jogadores recém-chegados ao Flamengo: a pressão.

- Venho conversando com os meus companheiros e eles falam que o pessoal cobra bastante. Essa pressão é válida, porém só vou sentir mesmo quando começar a jogar.

Quando perguntado se tem medo de não se firmar no Rubro-Negro, o jogador foi enfático:

- Medo nenhum. Esta é a oportunidade da minha vida. Sei do meu potencial - finalizou.



Foco, fé em Deus, ''não religião'' e obediência: Nixon segue cartilha à risca para brilhar no Flamengo


A oratória impressiona. Com apenas 20 anos, Nixon domina um vocabulário incomum para jogadores de futebol. Fala pausada, contextualiza o que quer dizer e mostra firmeza. Entretanto, se uma palavra pudesse definir o personagem da semana do Flamengo esta seria foco. O caminho até a atuação de gala contra o ASA, quarta-feira, pela Copa do Brasil, com um gol e uma assistência com pouco mais de 30 minutos em campo começou em 2009. Mais precisamente no dia 5 de maio, quando chegou ao Rio vindo de Juazeiro, na Bahia, para o primeiro teste. A precisão na data é informação do próprio atacante, que valoriza e decora cada momento especial com a camisa rubro-negra.

Número de gols no juniores, data do primeiro treino como profissional, do primeiro gol, tudo isso é tratado com máxima relevância por Nixon para não perder o foco em seu objetivo: brilhar como jogador de futebol profissional. Certamente, a noite de 10 de julho de 2013, em Arapiraca, interior de Alagoas, fará parte da lista de um atleta que parece seguir à risca uma cartilha imaginária rumo ao sucesso.

Nixon Flamengo (Foto: Cahê Mota) 
Nixon está feliz no Flamengo e projeta um futuro com muitas conquistas (Foto: Cahê Mota)

- Temos que sempre ter foco, trabalhar firme e sermos obedientes, descansar. Fazer tudo que a nossa profissão exige. Muitas vezes tem sacrifício, mas trabalhamos com nosso corpo. Se não trabalharmos o que é nosso, não tem como dar certo. Procuro guardar tudo aquilo que vivi.

Muito da dedicação e até da oratória vêm da ligação de Nixon com a religião. Na verdade, com Deus, como o atacante faz questão de frisar. Ao lado de Léo Moura e Rafinha, ele forma o trio - pai, filho e espírito santo - no elenco do Flamengo. A crença é tão forte que o jovem já faz pregações no Rio de Janeiro e por isso se dedica aos estudos por um vocabulário mais extenso. De joelhos e com os braços erguidos para o céu, comemorou todos seus gols pelo Flamengo, como quem agradecesse cada conquista de um lema que garante levar consigo:

- Sem luta não há vitória.



quinta-feira, 11 de julho de 2013

Com Pet no comando, Flamengo vence o Atlético de Madri e vai à semi no fut 7

Sob a liderança do sérvio Petkovic, o Flamengo venceu seu segundo compromisso no Mundialito de Clubes de futebol 7 e garantiu a vaga na semifinal da competição. Em duelo realizado na Arena Sapucaí, no Rio de Janeiro, o Rubro-Negro marcou 5 a 2 sobre o Atlético de Madri e chegou aos seis pontos na classificação do Grupo A, ao lado do Fluminense, seu rival desta sexta-feira, às 19h45m (de Brasília).

Petkovic lidera o Flamengo no Mundialito de futebol 7 (Foto: Davi Pereira/JornalF7.com) 
Petkovic lidera o Flamengo no Mundialito de futebol 7 (Foto: Davi Pereira/JornalF7.com)

O ex-camisa 43 do futebol de campo foi um dos destaques. Mesmo sem ter marcado, ajudou com bons passes e assistências. Felipe Facão, Mikimba, Dabá, Roni e Dias fizeram os gols do Flamengo. Juli marcou os dois do Atlético de Madri.

O jogo

Flamengo vence Atlético de Madri no futebol 7 (Foto: Davi Pereira/JornalF7.com)
Em um começo de jogo bem equilibrado, brasileiros e espanhóis desperdiçaram inúmeras possibilidades. Os goleiros precisaram trabalhar bastante. A rede só balançou no fim do primeiro tempo, quando Petkovic iniciou uma bela troca de passes, e Felipe Facão completou para o gol, colocando os cariocas em vantagem. De longe, Juli respondeu batendo firme e deixando tudo igual para a etapa final.

Na volta para o segundo tempo, o Flamengo esteve melhor e, em seis minutos jogados, colocou duas bolas nas redes, com Mikimba e Dabá. Os espanhóis bem que tentaram, mas as intervenções feitas pela defesa do Rubro-Negro impediam qualquer tipo de progresso até que Roni recebeu passe de Petkovic na esquerda e emplacou o quarto tento. Dias fez o quinto de bico. Juli ainda descontou para o Atlético de Madri.

Confira os resultados desta quinta-feira:
River Plate 6 x 3 Real Esppor
Fluminense 11 x 0 Kabuscorp
Botafogo 7 x 1 Nacional
Flamengo 5 x 2 Atletico de Madri

Roma só aceita negociar Castán em definitivo, e negociação se complica



O desejo mútuo de Flamengo e Leandro Castán por um casamento de um ano está mais longe de acontecer. Nesta quinta-feira, o zagueiro se reuniu com representantes do Roma para externar o desejo de retornar ao Brasil, e o saldo não foi positivo. Os italianos revelaram que não aceitam um empréstimo por uma temporada e somente negociá-lo em definitivo. Nestes parâmetros, a transação fica inviável para o Rubro-Negro.

Há um ano, o time da capital italiana pagou cerca de R$ 13 milhões para contar com o futebol do defensor. Inicialmente, a informação era de que o Roma pediria R$ 4,2 milhões pela cessão por um ano. Ao retornar à Itália para pré-temporada, porém, Castán encontrou um panorama diferente, mas tentará novas investidas até o fim da próxima semana, quando fecha a janela de transferências do exterior para o Brasil.

Mesmo após tratar a negociação como 'complicada e difícil', o diretor executivo Paulo Pelaipe disse que a recusa do Roma não atinge o Flamengo, porque o clube não teria feito propostas oficiais. O GLOBOESPORTE.COM, no entanto, tem a informação de que já há um acordo com Castán, que teria a missão de conseguir a liberação. Restam oito dias para que o caso tenha um desfecho.

Além de Leandro Castán, o Flamengo mira outros dois ex-corintianos: Emerson Sheik, com quem o clube tem conversas adiantadas e aguarda a conclusão da negociação com o Timão pela renovação de contrato, e André Santos, lateral-esquerdo do Arsenal. Neste último caso, o panorama é o mesmo do zagueiro e o clube corre contra o tempo para buscar soluções.


Flamengo quita salários e mantém pagamentos em dia



Atrasados desde a última sexta-feira, dia 5 de julho, os salários de funcionários e atletas do Flamengo foram depositados nesta quinta-feira. O atraso de seis dias foi o primeiro da gestão de Eduardo Bandeira de Mello. Anteriormente, os salários eram pagos no dia 20 do mês posterior ao vencido. Com a chegada da nova diretoria, a data-limite para pagamento foi implementada sempre aos dias 5 de cada mês, como na maior parte das empresas. 

Além dos salários quitados, os funcionários do clube contratdo em regime de Consolidação de Leis de Trabalho (CLT), foram avisados de que serão reajustados de acordo com o índice de inflação, em torno de 8%. A diretoria vem encontrando dificuldades para manter os compromissos em dia diante do grande aporte necessário para pagamento de impostos e dívidas antigas, que chegam a cerca de R$ 8,5 milhões mensais. 

Nesta quarta-feira, o clube recebeu R$ 9 milhões de um acordo com o Morro da Viúva com a REX, braço imobiliário da empresa EBX, do empresário Eike Batista. O valor gerou um alívio no caixa rubro-negro. A expectativa pela segunda parcela do contrato com a Caixa Econômica Federal é grande. Em maio, na assinatura do contrato, o clube recebeu o primeiro valor. O próximo será efetuado em até dez dias após primeiro de setembro, no valor de cerca de R$ 7 milhões.

Ingressos dos assentos laterais do Maracanã custarão R$ 100 e R$ 220


A dez dias da volta dos clubes ao Maracanã, foram divulgados os preços dos ingressos da arquibancada lateral do estádio, a qual a renda pertence ao Complexo Maracanã Entretenimento S.A. Serão 18 mil bilhetes a R$ 100 e sete mil da área VIP a R$ 220. Os dois mil camarotes serão comercializados preferencialmente com empresas, e os clubes que firmarem contrato com o consórcio poderão definir os valores das 43 mil entradas a que terão direito, na parte atrás dos gols, durante os 35 anos de compromisso. Os preços começam a valer para o clássico entre Fluminense e vasco, dia 21.

O Fluminense foi o primeiro a fechar o contrato com o consórcio, assinado na última quarta-feira. Para compensar o fato de não explorar as demais áreas, o clube exigiu que o custo das partidas fosse zero para os cofres do clube. O time ainda terá loja dentro do Maracanã e vestiário personalizado.

Regras de etiqueta

Em entrevista ao RJTV, João Borba, presidente do Complexo Maracanã Entretenimento S.A, revelou que o consórcio trabalha com um "termo de conduta" para os torcedores. Entre as regras, será proibido torcer em pé e entrar sem camisa no estádio. Outro veto estudado seria a instrumentos de percussão, bandeiras com bambus e gigantescos bandeirões. Além disso, após a Copa do Mundo do ano que vem, o concessionário planeja instalar grades ou vidros para separar as torcidas na arquibancada.

- Nós estamos construindo um termo de ajustes de conduta. A gente vai conversar com as autoridades, os clubes, e chegar a um modo em que não atrapalhe a pessoa do lado e todos tenham conforto para assistir aos jogos. Os bambus são uma coisa que não vai estar adequada para esse novo momento - explicou Borba.

Mas no fim da tarde desta quinta-feira, a assessoria de imprensa do consórcio negou que tenha proibido bandeiras e instrumentos musicais no Maracanã.

"O Complexo Maracanã Entretenimento S.A esclarece que em nenhum momento falou em proibição de bandeiras e instrumentos musicais durante os jogos de futebol. O que a concessionária propõe é que os clubes dialoguem com seus respectivos torcedores para que, por meio de Termos de Ajustamento de Conduta (TAC), prevaleça no Maracanã o tripé conforto, segurança e acessibilidade em benefício de todos".

Flamengo x coisa maldita, ''vasco'': mais de 30 mil ingressos vendidos em dia com filas e Procon


Distrito Federal                                                        

negativo Roma só aceita ceder Castán
em definitivo e negociação
com o Fla se complica

Mesmo com oito pontos abertos em Brasília, o primeiro dia de venda dos ingressos para o duelo entre vasco e Flamengo foi marcado por longas filas. Cruz-maltinos e rubro-negros movimentaram os guichês durante todo o dia e chegaram a enfrentar mais quatro horas de espera em alguns momentos. Fiscais do Procon-DF estiveram na principal bilheteria e apontaram irregularidades. De acordo com os organizadores do jogo, mais de 30 mil ingressos já foram vendidos para o Clássico dos Milhões, marcado para o próximo domingo, às 18h30m, no Estádio Mané Garrincha. A carga total é de 66.306 mil bilhetes.




Veja os preços e locais de venda:

- Preços -

Arquibancada Superior: R$ 100 (inteira), R$ 50 (meia) e R$ 25 (Sócio torcedor que acumular a meia-entrada e o desconto)

Arquibancada Inferior: R$ 180 (inteira), R$ 90 (meia) e R$ 45 (Sócio torcedor que acumular a meia-entrada e o desconto)

Arquibancada VIP: R$ 260 inteira, R$ 130 meia e R$ 65 (Sócio torcedor que acumular a meia-entrada e o desconto)

- Pontos de venda -
vai ferver (Fabricio Marques)

Grandes Torcidas: das 10h às 17h
CLS 308 Bloco A Lojas 22/26 -  Asa Sul 

Loja Action Sports: 10h às 17h
CLS  309 Bloco C Loja 11 -  Asa Sul

Futebol Arte: 10h às 17h30
QS 06 Conjunto 03 Loja 41 – Riacho Fundo 1

Champion Peugeot - Guará: 8h às 18h
Sia trecho 2 lote 1350/1460 - Guará - Brasília/DF

Champion Peugeot - Candangolândia: 8h às 18h
SPM EPIA SUL Lote 2 - Parte Candangolândia

Champion Peugeot - SCIA: 8h às 18h
SCIA QDA 15 Conjunto 11 Lote 3  SCIA

Bilheteria Ginásio Nilson Nelson: 10h às 18h (único ponto de venda que ficará aberto até domingo)
SRPN Centro Aquatico Ginasio Claudio Coutinho


Centro de Convenções Ulysses Guimarães - ala sul (apenas para a retirada de ingressos comprados pela internet)
Quinta-feira: 13h às 17h
Sexta e sábado: 10h às 17h
Domingo: 10h às 12h

Rio de Janeiro
Carioca FC: 10 às 17h
Carioca Shopping


Maracanã: Consórcio colocará grades para separar torcida, e veta bambus de bandeiras e torcedor em pé e sem camisa

O Consórcio Maracanã S/A prepara medidas antiviolência no estádio para os jogos do Campeonato Brasileiro. Além de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), baseado em segurança, conforto e acessibilidade, o concessionário implantará grades para separar os setores da arquibancada, vetará a entrada de bandeiras com bambus, os instrumentos musicais e trabalhará, junto aos clubes, a mudança de hábitos entre as torcidas organizadas para que não assistam, por exemplo, às partidas de pé e sem camisa.

- Vamos conversar com os clubes para para a mudança de hábitos. Me refiro a bambus, aos surdões, assistir aos jogos em pé... - disse João Borba, presidente do Consórcio. - O bambu não tem nem onde ficar.

No Consórcio, há quem defenda a instalação de vidros em vez das grades. Mas para a Copa do Mundo, a Fifa impede qualquer barreira e, assim, seria necessário toda a retirada do material. A grade seria removível, o que facilitaria. Para evitar confrontos no anel inferior, onde acontecia nos anos 80 e 90, serão colocadas grades mais resistentes.

Há a preocupação com a violência e a educação. O Consórcio arcará com as despesas do estádio. Caso haja depredação, o Maracanã S/A pagará, não repassando os custos para os clubes. Também administrador da Arena Fonte Nova, o consórcio já conviveu com isso em dois clássicos Bahia e Vitória. No primeiro, 200 cadeiras foram quebradas; no segundo, outras 43. Como medida, um anúncio foi colocado nos jornais com os torcedores filmados.

- Colocamos uma tarja no rosto, mas informamos no anúncio que a gente já sabia que era ela. Isso diminuiu - disse Borba.

Os Stewards serão mantidos como agentes educacionais. O Consórcio já fechou com o Fluminense por 35 anos e espera acordo com Flamengo e Botafogo em breve.

- Estamos perto disso. Cada clube tem a sua exigência, sua necessidade. E queremos ter todos - disse Borba.

O primeiro jogo com clubes do Rio será o clássico entre Fluminense e Vasco, no dia 21 de julho, pelo Campeonato Brasileiro.