Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 12 de outubro de 2013

Flamengo e Botafogo estreiam com vitória na segunda fase do Carioca

Na estreia da segunda fase do Campeonato Carioca de futebol 7, o Flamengo venceu por 3 a 1 o Boavista, enquanto o Botafogo também saiu de campo vitorioso ao fazer 2 a 1, de virada, no São Gonçalo. Os duelos foram realizados no Iate Clube Jardim Guanabara, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

O primeiro duelo na noite deste sábado, foi entre Boavista e Flamengo. O Verdão de Saquarema abriu o placar depois de uma boa troca de passes. Bruno Dias limpou a jogada, passou para Pedro Miranda que rolou para Vinicius marcar. Depois de sofrer o gol, o Flamengo quase empatou com Roni, que driblou dois marcadores e chutou com perigo.

Na volta do intervalo, só deu Flamengo. Marcelo Domingues arriscou do meio da rua e acertou. O gol abalou os jogadores do time da Região dos Lagos, que passaram a errar muitos passes. Na sequência, Wesley recebeu um passe na medida e chutou com precisão para marcar e colocar o Fla na frente. Depois de sofrer a virada, o Boavista se lançou ao ataque e abriu espaços. No fim, Mikimba ampliou para o Flamengo. Fim de jogo 3 a 1 para o Time da Gávea.

Flamengo supera o Boavista na segunda fase do Carioca de futebol 7 (Foto: Cleucyr Barbosa/JornalF7.com)

Flamengo supera o Boavista na segunda fase do Carioca de futebol 7 (Foto: Cleucyr Barbosa/JornalF7.com)

OPG: America atropela coisa maldita, vasco, e Flamengo toma liderança do Serra; resultados

 
O Torneio Octávio Pinto Guimarães chegou ao fim da sétima rodada - exceto pelo duelo entre Mesquita e Madureira, que acontece na próxima segunda-feira -, e duas equipes já disparam na liderança de seus respectivos grupos. Por incrível que pareça, não são dois dos quatro clubes grandes. Invicto, o America vem fazendo uma excelente campanha. Neste sábado, venceu fácil o vasco por 4 a 1 e abriu seis pontos de vantagem para o Cruzmaltino. O outro time é o Botafogo, que também venceu, a exemplo de Flamengo e Fluminense.

No Grupo A, o Botafogo aproveitou a folga do vice-líder Nova Iguaçu e se isolou ainda mais na ponta. O Alvinegro venceu a Portuguesa por 3 a 0, no Estádio Nivaldo Pereira, e foi aos 15 pontos - são sete de vantagem. Ainda pela chave, São Cristóvão e Friburguense empataram em 3 a 3.

No Grupo B, Flamengo e Serra Macaense mediram forças, mas o Rubro-Negro levou a melhor. Com dois gols de Renan Donizete e um de Eduardo, o Fla venceu a equipe alviverde, que era líder e estava invicta até então. Com o resultado de 3 a 1, o Flamengo pulou para a liderança, com os mesmo 11 pontos do Serra, mas na frente pelo saldo de gols. Mesquita x Madureira encerram a rodada da chave na segunda-feira.

Pelo Grupo C, o Fluminense tirou proveito do tropeço do líder Audax Rio, que empatou com o Ceres em 0 a 0, e encostou na ponta. O Tricolor teve dificuldades, mas venceu o Bonsucesso por 3 a 1 nas Laranjeiras. O Flu, com o resultado, chegou aos 10 pontos. O Audax tem 11.

Já no Grupo D, o Vasco foi facilmente derrotado pelo America. Superior, o Mecão aplicou 4 a 1 sobre o Cruzmaltino e disparou ainda mais na liderança. A equipe rubra foi para 14 pontos, enquanto o vasco permanece em segundo, com 8. A chave ainda guardou a maior goleada da rodada: 6 a 1 do Tigres em cima do Boavista.

Resultados da 7ª rodada

Botafogo 3 x 0 Portuguesa
São Cristóvão 3 x 3 Friburguense
Flamengo 3 x 1 Serra Macaense
Audax Rio 0 x 0 Ceres
Fluminense 3 x 1 Bonsucesso
America 4 x 1 vasco
Tigres 6 x 1 Boavista
Mesquita x Madureira - Duelo acontece nesta segunda-feira (14/10)


Inscrições abertas para colônia de férias oficial do clube



A Fla Camp é a colônia de férias oficial do Flamengo, que tem o conceito de ser uma clínica com atividades recreativas lúdicas e histórias do clube. Em 2014, o evento vai ocorrer dos dias 20 a 25 de janeiro (seis dias corridos), e as inscrições já estão abertas. Tanto o ato da inscrição quanto o do pagamento devem ser feitos de forma online; basta acessar o site oficial da Fla Camp (flacamp.com). Sócios-torcedores e alunos das Escolinhas Fla têm direito a desconto no valor total.

A colônia de férias recebe meninos e meninas de 8 a 16 anos e está localizada no Espaço Lonier, local de extrema segurança que conta com médico de plantão 24 horas por dia, em Vargem Pequena, na cidade do Rio de Janeiro. Os 40 primeiros pais que inscreverem seus filhos ganharão a oportunidade de jogar contra o time de Masters do Fla, e as 20 primeiras crianças entrarão em campo com o time do Flamengo em algum jogo.

O Espaço Lonier tem 40 quartos disponíveis para 120 pessoas, com ar condicionado, frigobar e banheiros exclusivos. Há quatro campos de futebol, sendo um de grama sintética, um complexo de piscinas e quadra coberta. Como a Fla Camp se associou à FlaTour, haverá pacotes de viagem e transporte terrestre para participantes de qualquer cidade e conduções saindo de três pontos específicos: Niterói, Barra e Gávea.

Além das atividades no Espaço Lonier, as crianças visitarão a sede social da Gávea e o Ninho do Urubu (centro de treinamento do Flamengo). Em dois outros dias, elas terão aulas de futebol com os ídolos e craques Júlio César Uri Geller e Adílio, que brilharam nos Anos 80 com o Manto Sagrado.

Contatos:

Site: flacamp.com

Facebook: https://www.facebook.com/pages/FLACamp-Brasil/662947260401747?ref=hl

E-mail: contato@flacamp.com

Telefone (de segunda à sexta, entre 9h e 17h): 21-2529-6807

Telefone José Martins, diretor executivo da Fla Camp: 21-9955-6207

Autor: Comunicação
Fonte: Site Oficial do Clube

Experiente, Léo Moura dá receita para Fla bater Botafogo: 'Errar menos'



Treino do Flamengo - Léo Moura (Foto: Bruno de Lima/ LANCE!Press)Experiente, o lateral-direito Léo Moura dá a receita para que o Flamengo possa vencer o Botafogo no clássico deste domingo, no Maracanã. O camisa 2 rubro-negra ressalta que o jogo será muito difícil e avisa que o time que errar menos vai conseguir os três pontos.

Léo Moura lembrou ainda que as equipes vão se enfrentar três vezes em um período de um mês, mais ou menos, o que faz com que os times se conheçam bastante.

- Contra o Botafogo é sempre muito difícil. Desta vez não vai ser diferente. Tivemos um clássico outro dia (pela Copa do Brasil), já vai ter outro agora e daqui a duas semanas mais um (pela Copa do Brasil novamente). As equipes se conhecem, quem errar menos pode levar. Quanto menos menos errar, mais chance de ganhar - disse.

O lateral ressaltou ainda que o time rubro-negro tem de pensar passo a passo neste Brasileiro para se afastar cada vez mais da zona de rebaixamento. 



Fim do castigo: Adryan é relacionado para clássico com o Botafogo


Adryan já pode voltar a sorrir. Depois de seis jogos de ausência, o meia está novamente relacionado para uma partida do Flamengo e faz parte dos 19 jogadores concentrados para encarar o Botafogo, domingo, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, pela 27ª rodada do Brasileirão. O jovem estava ausente desde a derrota para o Atlético-PR, quando errou passe determinante no meio-campo para o gol da virada do Furacão.

Na ocasião, que marcou também o pedido de demissão de Mano Menezes, Adryan deixou o Maracanã chorando. Bastante questionado pelo "sumiço" do jogador das partidas, Jayme de Almeida chegou a falar que hoje em dia um jovem "com dois chutinhos vira craque". O período na geladeira, por sua vez, chegou ao fim. Quem ficou fora desta vez foi Rafinha, sensação no início da temporada.

Confira a lista de relacionados do Fla:

Goleiros: Felipe e Paulo Victor
Laterais: Léo Moura e João Paulo
Zagueiros: Chicão, Wallace e Frauches
Volantes: Amaral, Luiz Antonio, Val e Elias
Meias: André Santos, Carlos Eduardo, Adryan, Gabriel e Bruninho
Atacantes: Hernane, Nixon, Paulinho


Flamengo libera acesso ao CT, e criançada rubro-negra faz a festa em treino


Elias e filho treino Flamengo (Foto: Cahê Mota)
O Ninho do Urubu virou um parque de diversões na manhã deste sábado. Por conta do Dia das Crianças, o Flamengo abriu uma brecha na regra que impede visitas ao centro de treinamento e permitiu que jogadores e comissão técnica levassem familiares para acompanhar a última atividade antes do clássico com o Botafogo. Após o rachão tradicional de véspera de jogos, a criançada invadiu o campo 1.

Elias, Chicão e Léo Moura levaram os filhos para brincar no gramado. O capitão rubro-negro, Léo Moura, contou ainda com a presença do irmão mais novo, enquanto Jayme de Almeida bateu bola com o neto. Outros parentes adultos também tiveram acesso liberado ao CT e acompanharam tudo da beira do campo.

- É muito bom. É Dia das Crianças, dia de trazer os filhos. As minhas vieram, trouxe também o meu irmão. Isso traz alegria e tira um pouco da pressão. Vivemos um ambiente feliz. É isso que todo mundo busca no trabalho - disse Léo.

Depois do treinamento, a delegação rubro-negra seguiu direto para o hotel onde fica concentrada para o clássico de domingo, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, contra o Botafogo, pela 27ª rodada do Brasileirão. Com 37 pontos, o Flamengo é o sétimo colocado e pode alcançar até a quinta posição em caso de vitória.

 
mosaico flamengo dia das crianças (Foto: Alexandre Vidal / Flaimagem) 
Criançada pôde acompanhar seus papais no treino de sábado (Foto: Alexandre Vidal / Flaimagem)
 
 
 

Maracanã: cláusula emperra assinatura do contrato do Flamengo


O contrato de três anos do Flamengo com o Complexo Maracanã Entretenimento S.A., apreciado pelo Conselho Deliberativo do clube no primeiro dia deste mês, ainda não foi assinado. A demora é por conta da cláusula de um estádio próprio, a ser feito preferencialmente na Gávea, para 25 mil pessoas, incluída na versão final.

O presidente do Conselho Deliberativo, Delair Dumbrosck, condicionou a assinatura do contrato para o Flamengo jogar no Maracanã pela aceitação da Odebrecht da cláusula sobre o estádio próprio. A empreiteira até aceita este termo, mas pede que seja reformulado o texto do acordo. Vale lembrar que o Flamengo tem pressa pela assinatura para poder adiantar R$ 27 milhões de receitas, permitidos pela cláusula terceira do contrato, visando conseguir terminar o ano financeiro rubro-negro com tranquilidade.

O LANCE!Net procurou a Odebrecht para se manifestar sobre o caso, mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.


'Rei de Campos', Olivinha se despede satisfeito pela classificação à final

Mesmo distante cerca de 275 km do Rio de Janeiro, Olivinha se sentiu mais em casa do que nunca durante os dois dias em que o time de basquete do Flamengo esteve em Campos dos Goytacazes, localizada na região Norte-Fluminense do estado do Rio de Janeiro. Tanto no duelo contra o time local, como diante do Macaé, o jogador contou com uma verdadeira torcida organizada a seu favor.

Mais de 15 familiares, residentes da cidade, compareceram ao ginásio Olavo Cardoso e fizeram muito barulho. Entre palavras de incentivo e aplausos de tios e primos, o ala-pivô retribuiu o carinho com duas vitórias e boas apresentações.

Basquete Olivinha Flamengo e Macaé (Foto: Fábio Leme) 
Olivinha cercado por familiares e torcedores do Flamengo: 'Rei de Campos' (Foto: Fabio Leme)
 
- Aqui, eu estou em casa, isso é certeza. Mais feliz ainda por cumprimos o nosso objetivo de vencer e chegar na final. Agora, vamos trabalhar mais tranquilos e temos mais tempo para isso - afirmou Olivinha, que nunca atuou pela equipe local.

O camisa 16 da Gávea foi um dos destaques da partida de quinta-feira diante dos alvinegros, ao anotar 17 pontos e pegar seis rebotes, mesmo sem praticamente atuar no último período. Já contra o Macaé, os números foram mais discretos. Foram dois pontos e quatro rebotes, já que a equipe contava com a estreia de Cristiano Felício e fez um revezamento maior.


Lesionados, pendurados e suspensos para a 28ª rodada do Brasileirão



Info Lesionados Suspensos e Pendurados Brasilrão 11/10/2013 (Foto: Editoria de Arte)
 

Com seis jogos em casa, Flamengo aposta na torcida para repetir subida de 2007

aposta
na nação (Alexandre Vidal / Flaimagem) 

O Flamengo levantou voo na 27ª rodada. E a torcida começa a sonhar alto. Com a vitória por 2 a 1 sobre Inter, o time de Jayme de Almeida chegou a 37 pontos e alcançou a sétima posição na tabela do Campeonato Brasileiro, a melhor da equipe nesta edição. Com 15 pontos conquistados no returno, o Rubro-Negro tem a quarta melhor campanha da segunda metade da competição. Nas últimas cinco rodadas, foi o único que não perdeu e teve aproveitamento melhor do que o de qualquer concorrente: 73,3%.

Tabela reta final do Brasileiro Fla (Foto: Arte)Pensar numa arrancada tornou-se inevitável. O apoio incondicional dos torcedores contagia os jogadores, que destacam a influência da força da arquibancada no desempenho em campo. E é na união com a torcida que o Flamengo aposta para um crescimento na reta final do Brasileirão, como aconteceu em 2007. Dos 11 jogos restantes no campeonato, seis serão no Maracanã, contando os clássicos com Botafogo, neste domingo, e Fluminense, no dia 3 de novembro.

Na última quinta, o Maracanã recebeu 19.829 torcedores pagantes (24.864 presentes). No domingo, o Flamengo enfrenta o Botafogo, às 18h30m (de Brasília), e os jogadores já começaram a convocar os rubro-negros. No ranking das médias de público no Brasileirão, o Flamengo é o terceiro, com média de 24.521 pagantes. O Corinthians lidera, com 26.057, e o líder Cruzeiro está em segundo, com 25. 810. Em relação aos outros cariocas, supera Fluminense (8º, com 14.302), Vasco (9º, com 13.677) e Botafogo (13º, com 11.855). Vale lembrar que são levadas em conta apenas as partidas em que os clubes atuam como mandantes.

Em 2007, ainda com o antigo Maracanã, o Flamengo contou com a união com a torcida para conseguir uma arrancada histórica. Depois de passar 13 rodadas na zona de rebaixamento, o time saiu das últimas posições no meio do campeonato e terminou em 3º, com vaga para a Libertadores de 2008. O Rubro-Negro teve a maior média de público da competição naquele ano, com 39.221 pagantes. Dos dez maiores públicos do Campeonato Brasileiro 2007, oito foram do clube da Gávea.

A confiança do Flamengo no Maracanã era tanta que o clube se colocou em risco apostando na força do estádio. Por conta dos Jogos Pan-Americanos, o Rubro-Negro adiou uma série de compromissos no Rio de Janeiro e, como jogos a menos, despencou na tabela.

Após o Pan, no entanto, o Fla voltou para sua casa e embalou. Com vitórias marcantes contra o campeão São Paulo, Corinthians e Santos, se garantiu na Libertadores antes mesmo do fim do Brasileirão, com um 2 a 0 sobre o Atlético-PR. Aquele foi o jogo de maior público em 2007, e o Rubro-Negro teve o apoio de 87.895 torcedores.

Único remanescente da arrancada de 2007 no elenco, Léo Moura acredita que o Flamengo pode reeditar aquela história. Para isso, um aliado é fundamental na opinião do capitão: o Maracanã, como há seis anos.

- Jogar no Maracanã tem sido ótimo. A torcida tem comparecido e nos ajudado muito. Acredito que, se continuarmos nessa batida de buscar ponto fora e vencer em casa, podemos, sim, chegar ao G-4.



sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Flamengo supera grande partida de Duda, bate Macaé e está na final do Estadual


Cristiano Felicio Flamengo e Macae (Foto: Fabio Leme)
Na noite desta sexta-feira, em Campos, o Flamengo venceu sua quarta partida no Campeonato Carioca masculino de basquete. Após bater a equipe alvinegra na quinta-feira, os rubro-negros superaram o Macaé, pela segunda vez na competição, desta vez por 96 a 76 (40 a 34), e conquistaram sua vaga direta para a final, com duas partidas de antecedência, já que não podem ser superados por nenhum rival. E a noite teve mais uma boa notícia para os flamenguistas. Sem poder atuar nas três primeiras rodadas, o pivô Cristiano Felício teve seu imbróglio com o Minas resolvido e foi regularizado minutos antes de a bolar subir.

- Ainda estamos longe do que queremos fazer, buscamos nosso melhor ritmo ofensivamente e, principalmente, defensivamente. Precisamos marcar mais. Deixamos o Macaé converter cestas fáceis, mesmo só fazendo 76 pontos. Precisamos melhor bastante, este é o nosso foco. Pelo menos, nós conseguimos nosso objetivo de ir para a final e teremos mais tempo para trabalhar durante as semifinais - afirmou o técnico rubro-negro José Neto.

O duelo teve Benite, novamente, como o destaque do clube da Gávea com 25 pontos, dois a mais do que o americano Jerome Meyinsse. A exemplo do confronto na cidade do Rio de Janeiro, Duda foi o cestinha geral, com 27 pontos, sendo que nenhum no último período. Só no terceiro quarto, o armador fez 14, com quatro tiros certeiros de três, o que mantinha o sonho da vitória pelo lado dos macaenses.

O campeonato ainda terá mais quatro jogos na sua fase classificatória. Neste sábado, Campos recebe o Macaé. Já na próxima semana, as equipes jogam entre si, a princípio, na terra do petróleo. Por causa de obras no ginásio da equipe Norte-Fluminense, as partidas podem ser remanejadas para a Gávea.

Com show de Alef e volta de Chupeta, Flamengo vence Náutico pelo LDB


No jogo do líder com o lanterna da Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB), o Flamengo confirmou o favoritismo ao vencer o Náutico por 74 a 66, em Recife. Apesar da vitória e da distância na tabela, o Rubro-Negro encontrou dificuldades no duelo em que o ala/armador Alef, do time da Gávea, sagrou-se cestinha da partida, com 19 pontos. Com o resultado, o Flamengo chega à marca de 22 triunfos em 23 jogos no LDB.

Poupado da última rodada, por conta de dores no abdômen, o ala/armador Chupeta retornou em grande estilo e deixou a quadra com 15 pontos, seis rebotes e quatro assistências. Ao final da partida, o técnico Paulo Chupeta comentou o resultado:

- Estamos desfalcados do Diego, Douglas e Gegê e, além disso, o Chupeta jogou no sacrífico. Fica como positivo a dedicação desse grupo. Sabíamos que a posição na tabela não quer dizer nada e prova disso é que ontem o Tijuca, que está brigando para classificar, perdeu do próprio Náutico. Mas soubemos administrar o jogo e saímos vencedores mais uma vez - disse o treinador.

Chupeta Flamengo Náutico LDB (Foto: Aldo Carneiro/LNB)
O primeiro e o segundo quartos foram bem disputados, com o Flamengo tendo leve predominância. No minuto final, o placar apontava 37 a 34 para o Rubro-Negro, que chegou ao seu 37º ponto graças a Léo, convertendo dois lances livres. A 20 segundos do fim, Enderson deixou o Náutico a um ponto do empate, mas Alef fez mais dois, fazendo o time do Rio ir para o segundo tempo com 39 a 36 em seu favor.

O Náutico seguiu buscando a reação no terceiro período. A cinco minutos do fim, a vantagem do time do Rio era de apenas quatro pontos. A partir de então, o Flamengo passou a dominar e, com dois lances livres convertidos por Yago, o Rubro-Negro foi para o último quarto vencendo por 55 a 45. A sequência de pontos abalou o Náutico, que não conseguiu mais encostar no placar. A cinco segundos do término, Alef fez mais dois decretando números finais ao duelo: 74 a 66.

Outros resultados desta sexta-feira:

Pinheiros 86 x 71 Vitória
Paulistano 63 x 84 Basquete Cearense
São José 92 x 64 Sport Recife
Tijuca 53 x 58 Brasília
Flamengo 74 x 66 Náutico

Jogos deste sábado:

08h30m - São José x Vitória
10h30m - Pinheiros x Brasília
12h30m - Flamengo x Sport Recife
14h30m - Paulistano x Náutico
16h30m - Tijuca x Basquete Cearense



Capetinha na mira: Hernane fica perto da artilharia do século no Flamengo



Vagner Love ficou para trás. Ronaldinho Gaúcho, Adriano, Deivid, Thiago Neves e Liédson também. Falta Edílson. Mas parece questão de tempo. Os jogadores citados fazem parte da lista dos maiores artilheiros do Flamengo no século 21. O Capetinha, já aposentado, lidera com 28 gols marcados na temporada 2001, só dois a mais que Hernane, que chegou a 26 em 2013 após marcar o segundo na vitória por 2 a 1 sobre o Inter.

O Brocador, artilheiro do novo Maracanã com nove gols, vive fase iluminada. Nesta temporada, fez 12 no Carioca, quando foi artilheiro, três na Copa do Brasil, e 11 no Brasileirão. A chance de alcançar e ultrapassar Edílson com folga é muito grande. No Nacional, o Flamengo ainda tem 11 partidas para disputar. E pelo menos uma na Copa do Brasil, contra o Botafogo, no jogo de volta das quartas de final, dia 23. 

Hernane comemora gol do Flamengo contra o Internacional (Foto: Andre Durão) 
Hernane comemora o gol do Flamengo contra o Internacional (Foto: Andre Durão)

Contra o Inter, Hernane não teve vida fácil, mas conseguiu 100% de aproveitamento. Na única chance de finalizar que teve, marcou. Após cruzamento de Léo Moura, liberdade na área, e conclusão num único toque, característica que marca o atacante. O camisa 9 também chamou a atenção pelo auxílio na marcação. Em vários momentos da partida voltou para ajudar os homens de meio-campo.

Em fevereiro, já com a nova diretoria, o atacante renovou seu vínculo com o Flamengo até março de 2016 e teve belo reajuste salarial. Neste domingo, ele terá nova chance de marcar em jogo importante. O Mengão enfrenta o Botafogo, no Maracanã, às 18h30m (de Brasília), e tenta começar a sonhar com a chegada ao G-4. Com 37 pontos, está em sétimo na classificação, mas pode terminar a 27ª rodada até em quinto. Para isso, precisa vencer e secar Vitória e Atlético-MG diante de Coritiba e Cruzeiro, respectivamente.

O clássico reserva ainda o encontro dos atacantes Hernane e Rafael Marques. Antes contestados, eles se transformaram em artilheiros em 2013. São os dois maiores goleadores do Maracanã desde a sua reabertura para a Copa das Confederações. Enquanto o Brocador tem seus nove gols em nove jogos, o botafoguense marcou cinco em 12 oportunidades no estádio.

Transmissão - Premiere FC 1 (Foto: Editoria de arte / Globoesporte.com)

Torcida do Flamengo no Pará supera até as de Remo e Paysandu



Localidade: Estado do Pará

Instituto: GPP

Amostra: 840 entrevistas em setembro de 2013;

Margem de erro: 3,4 p.p

Uma das principais controvérsias envolvendo a construção das arenas da Copa do Mundo reside na escolha da representante para o Norte do Brasil. Manaus, com vocação turística e encravada no coração da Floresta Amazônica, foi selecionada. Mas muitos alegam que o legado (na figura de um imponente estádio) deveria colocar a vocação esportiva acima do turismo. São as vozes que defendiam Belém como a melhor opção. Ao menos no tocante à paixão e à existência de fortes torcidas locais, os adeptos desta corrente estavam cobertos de razão.

É com inenarrável satisfação que apresentamos mais um resultado da parceria do Blog Teoria dos Jogos com o Instituto GPP: eis os números do Pará, importante reduto futebolístico brasileiro, até então desconhecido quanto à sua configuração de torcidas:

 
A existência de clubes locais parece não ser barreira para a avassaladora presença da torcida do Flamengo no Norte do Brasil. O rubro-negro lidera as preferências paraenses com 26,9% da população total, quase o dobro do segundo colocado. Se é que se pode falar em “segundo colocado” mediante o incrível empate técnico envolvendo Remo (14,5%) e Paysandu (14%).



Galã rubro-negro, Chicão diz que Flamengo de Jayme é mais atento nos jogos


Chicão treino Flamengo (Foto: Cahê Mota)
Xerife e galã. Agora, Chicão tem posto duplo no elenco do Flamengo. De volta à condição de titular com a lesão de Samir, o zagueiro tem feito sua parte na arrancada que levou o time ao sétimo lugar no Brasileirão e, de quebra, luta por uma conquista individual: o Troféu Largo Tudo, do GLOBOESPORTE.COM, que elege o jogador mais bonito da competição. Representante rubro-negro após ganhar disputa com Marcelo Moreno em votação popular, o camisa 33, durão dentro de campo, garante ser acanhado fora dele.

Candidato em um concurso de beleza pela primeira vez na vida, Chicão se mostrou lisonjeado com a escolha e nem mesmo a timidez diante do assunto o impediu de pedir a ajuda da imensa torcida do Flamengo para vencer a eleição.

- Sou bastante tranquilo, fico mais na minha, tímido também. É a primeira vez que isso acontece (participar deste tipo de disputa). Fico feliz e espero que estejam votando em mim. Sou muito feliz no Flamengo.

Falando de futebol, o zagueiro fica mais à vontade. Questionado sobre o que fez com que um Flamengo inconstante com Mano Menezes mudasse tanto sob o comando de Jayme, Chicão apontou a mudança de postura durante os 90 minutos como fundamental. Ele citou até mesmo o comportamento exatamente na partida que determinou o pedido de demissão do ex-treinador como algo que não pode se repetir.

- Os gols começaram a sair, paramos de tomar uns gols bobos.  A concentração é fundamental nos 90 minutos. Pagamos caro pelos erros, como no jogo contra o Atlético-PR. Hoje, cobramos muito a manutenção da atenção do início ao fim do jogo.

Concentração que o Rubro-Negro precisará ter no clássico de domingo, diante do Botafogo. Com 37 pontos, o Fla é o sétimo colocado no Brasileirão e pode terminar a rodada até em quinto. Para vencer e seguir subindo na tabela, Chicão prega respeito ao rival e deixa de lado a invencibilidade rubro-negra de 13 anos no confronto em competições nacionais.

- Clássico é um campeonato à parte. Temos que nos dedicar mais, nos empenhar mais. Então, a vontade de vencer é maior. Jogar no Maracanã é sempre bom. Nada melhor do que vencer um clássico. Vamos respeitar o Botafogo. São 13 anos, mas também não vencíamos o Coritiba há 15. Temos que ter cuidado.

A partida é uma prévia do duelo pelas quartas de final da Copa do Brasil, marcado para o dia 23, no próprio Maracanã. Apesar do encontro pela disputa em mata-mata ter um caráter mais decisivo, Chicão não acredita em nenhuma das equipes escondendo o jogo no domingo.

- É indiferente. Temos que pensar nesse campeonato agora. Vamos respeitar o Botafogo e, se vencermos, podemos encostar para, aí sim, pensarmos no G-4.

Neste ano, Flamengo e Botafogo já se enfrentaram quatro vezes, com uma vitória para cada um e dois empates.
 
Transmissão - Premiere FC 1 (Foto: Editoria de arte / Globoesporte.com)
 

Chances de título, Libertadores e rebaixamento até a 27ª rodada


tabela Chances clubes 11/10 Matemáticos 2 (Foto: Editoria de Arte)

Artilheiro do Ano



INFO - Prêmio Friedenreich Artilheiro do Ano - 11/10  (Foto: Editoria de Arte)


Cadu treina normalmente, e titulares são poupados no Ninho do Urubu

Nenhum mau humor resiste a uma boa fase. Sendo assim, os dias de trabalho no Flamengo têm sido de sorrisos desde que Jayme de Almeida assumiu o comando da equipe. Nesta quinta-feira, não foi diferente. Na reapresentação após a vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, no Maracanã, apenas os reservas foram ao campo do centro de treinamento, e em clima de descontração. Ausência diante do Colorado por conta de uma indisposição, Carlos Eduardo trabalhou normalmente.

Carlos Eduardo treino Flamengo (Foto: Cahê Mota) 
Carlos Eduardo trabalha normalmente após passar mal antes do jogo de quinta (Foto: Cahê Mota)

Escalado com titular em um primeiro momento, o meia-atacante passou mal no ônibus que transportava o elenco para o estádio e acabou substituído por Luiz Antonio. De volta ao trabalho com bola, Cadu fez parte do grupo que treinou em campo reduzido sob a orientação do auxiliar Cantarelle e a observação de Jayme de Almeida. A atividade começou com disputas de dois atacantes contra dois defensores. Em seguida, todo o grupo participou de um pequeno coletivo, com o reforço dos goleiros César, Paulo Victor e João Paulo.

Dos titulares, apenas Felipe esteve em campo para um treino específico. Os demais jogadores que começaram a partida contra o Colorado fizeram trabalho na academia. No sábado, Jayme de Almeida comandará pela manhã a única atividade com todo o grupo visando o clássico com o Botafogo, domingo, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, pela 28ª rodada do Brasileirão.

Com 37 pontos, o Flamengo é o sétimo colocado na competição. Caso vença e Vitória e Atlético-MG tropecem em seus compromissos, diante de Coritiba e Cruzeiro, respectivamente, o Rubro-Negro pode terminar a rodada em quinto.

Transmissão - Premiere FC 1 (Foto: Editoria de arte / Globoesporte.com)

Curtinha: Flamengo estreia terceira camisa contra o Bahia no Maracanã


flamengo camisa pedaços (Foto: Divulgação)
A data da estreia da terceira camisa do Flamengo está fechada. O novo uniforme, predominantemente preto, será usado pela primeira vez na partida contra o Bahia, quarta-feira que vem, no Maracanã, pela 29ª rodada do Brasileirão, um dia depois do lançamento oficial, no próximo dia 15.

Nesta sexta, os torcedores ganharam mais aperitivos da novidade. Novos pedaços do uniforme foram divulgados, e agora é possível ver o escudo, que ficará sobre um fundo com uma mescla de vermelho e preto. O novo uniforme chegará às lojas no dia 21.

Abaixo mais imagens do terceiro uniforme rubro-negro

Programação especial faz Léo Moura manter o fôlego aos 34 anos

Preparado para jogar. E só. Tem sido mais ou menos assim a rotina de Léo Moura no Flamengo recentemente. Aos 34 anos, o lateral-direito tem recebido carga menor que os companheiros durante os treinamentos para evitar lesões e desgaste maior nas partidas. E a estratégia vem dando certo. Na noite de quinta-feira, o capitão rubro-negro foi um dos destaques da vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, no Maracanã, pela 27ª rodada do Brasileirão, chamando o protagonismo para si, com um gol e uma assistência.

Nos dias que antecederam o confronto com o Colorado, Léo Moura esteve em campo com os demais companheiros por apenas cerca de 20 minutos. Esta foi a duração do trabalho tático comandado por Jayme de Almeida na véspera, no Ninho do Urubu. Já na segunda-feira, como é hábito para todos os titulares nos dias após jogos, fez apenas um regenerativo, enquanto na terça foi poupado, sendo o único a ficar na academia.

A preocupação se justifica pelas duas lesões musculares que o camisa 2 sofreu recentemente, ambas na coxa direita. Ainda assim, porém, os números do jogador são bem satisfatórios: Léo Moura esteve em 41 das 53 partidas do Flamengo na temporada, com dois gols marcados e quatro assistências. Rendimento que tem agradado ao treinador Jayme de Almeida.

Leo Moura gol Flamengo (Foto: André Durão / Globoesporte.com) 
O lateral comemora o gol que abriu a vitória do Flamengo (Foto: André Durão / Globoesporte.com)
 
- O Léo Moura tem 450 jogos pelo Flamengo (completou 451 diante do Inter), uma história linda, bonita, fantástica. Tem uma qualidade muito grande na lateral. Fala-se muito em fim de carreira, não é mais menino, mas tem muita experiência. Temos tido cuidado com esses jogos quarta e domingo. Na terça não fez nada (no campo), na quarta um pouquinho. Então, estamos preparando para os jogos. Ele atuou os 90 minutos, fez um gol, deu passe para outro e provou que pode nos ajudar muito.

Diante do Colorado, Léo Moura teve uma de suas principais atuações na temporada. O gol que abriu o placar - seu segundo no novo Maracanã, já que tinha feito contra o Santos -, no entanto, ficou em segundo plano. Para o camisa 2, a bola perfeita para Hernane o faz se sentir mais realizado como lateral.

- Fico feliz de ter participado diretamente dos dois gols. Isso é fruto de um trabalho. Fico feliz por ter ajudado a sairmos daqui com a vitória. Fazer gol é bom, mas lateral gosta mesmo é de dar esse tipo de cruzamento. Agora é comemorar a vitória.

E não foram apenas o gol e a assistência que chamaram a atenção na participação de Léo Moura diante dos gaúchos. Outras estatísticas confirmam o bom rendimento: dos 30 passes efetuados, o lateral errou apenas cinco, além de conseguir três roubadas de bolas e dois desarmes.

Com 451 jogos com a camisa do Flamengo, Léo Moura pode igualar Zinho até o fim de 2013 como décimo jogador a defender o clube mais vezes, com 468 exibições. Para isso, precisa estar em campo em todos os próximos compromissos e a equipe chegar na decisão da Copa do Brasil. O passo seguinte nessa caminhada já está marcado: domingo, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, contra o Botafogo, clube que o revelou, pelo Brasileirão. Até lá, a estratégia está definida: pouca atividade pesada e muito repouso.


Coral do Flamengo se apresenta na Sociedade Espírita Ramatis



O Coral C.R. Flamengo fará uma apresentação no próximo domingo (13.10), no teatro da Sociedade Espírita Ramatis, no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro. O evento, que acontece anualmente, celebrará o aniversário do Coral Ramatis e terá início às 16h. Cada pessoa que quiser comparecer precisa levar apenas dois quilos de alimento, de preferência não perecível.

"Há um auditório para 600 pessoas, que costuma ficar lotado, pois é um evento maravilhoso. Às vezes, ficam até pessoas em pé. Nós vamos lá para divulgar o nome do Flamengo. É sempre muito legal... cultura é algo muito bom", disse Luiz Lima, regente do coral rubro-negro.

Além do Coral C.R. Flamengo, outros cinco corais estarão presentes. Os rubro-negros, que participarão do evento pela segunda vez, deverão iniciar sua apresentação por volta de 17h30 e cantarão apenas canções de MPB.

O Coral C.R. Flamengo foi criado em 2006 e ensaia às terças-feiras, das 15h às 18h, no parquinho da sede social da Gávea. É composto por homens e mulheres, e conta hoje com 38 integrantes. Segundo o regente Luiz Lima, ainda há oito vagas abertas para sócios do clube que queiram fazer parte do grupo.

Veja as informações sobre o evento abaixo.

Endereço: Rua José Higino, nº 176 - Tijuca – RJ (em frente ao Extra Maracanã)

Ingresso: dois quilos de alimentos (preferencialmente não perecíveis)

Horário/data: 16h/13.10.2013

Mais informações: 21 2572-1302

Autor: Comunicação
Fonte: Site Oficial do Clube

Curtinha: Flamengo divulga novos pedaços da terceira camisa e mostra escudo

A terceira camisa do Flamengo só será lançada oficialmente na próxima terça-feira, dia 15 de outubro, mas o torcedor rubro-negro recebeu, nesta sexta, mais aperitivos da novidade. Novos pedaços do uniforme, que será predominantemente preto, foram divulgados, e agora é possível ver o escudo, que ficará sobre um fundo com uma mescla de vermelho e preto.

flamengo camisa pedaços (Foto: Divulgação) 
Escudo da nova camisa do Fla ficará em um fundo vermelho e preto (Foto: Divulgação)

Na última terça-feira, apenas um pedaço de pano preto, com um leve tom de vermelho, pôde ser visto na imagem divulgada pela fornecedora de material esportivo. Ainda não se sabe quando a nova camisa poderá ser vista em campo pela primeira vez.

flamengo camisa pedaços (Foto: Divulgação) 
Veja como ficará o símbolo da fornecedora de material esportivo (Foto: Divulgação)
 
 
flamengo camisa pedaços (Foto: Divulgação) 
Primeira parte da nova camisa divulgada pela fornecedora de material esportivo (Foto: Divulgação)
 

Botafogo x Flamengo: ingressos à venda para jogo pela 28ª rodada do Brasileirão 2013

Os ingressos para o jogo entre Botafogo e Flamengo, domingo, às 18h30m, no Maracanã, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, já estão à venda. Há promoção para quem comprar os bilhetes antecipadamente. Ou seja, nestas quartas, quinta e sexta-feira os bilhetes para os setores Sul e Norte serão vendidos a R$ 60, sendo R$ 30 a meia-entrada. A partir de sábado, volta a ser cobrado o valor de R$ 80 (R$ 40 a meia).

Há gratuidade para menores de 12 anos, idosos e deficientes físicos. Estudantes têm direito à meia-entrada. Portadores de cartões Itaucard têm 50% de desconto nos setores atrás dos gols.


Confira os preços:

Atrás dos gols (www.futebolcard.com.br)
Sul Superior (Botafogo): R$ 60 antecipadamente
Sul Inferior (Botafogo): R$ 60 antecipadamente
Norte Superior (Flamengo): R$ 60 antecipadamente
Norte Inferior (Flamengo): R$ 60 antecipadamente

Setor central
Cadeira Inferior Oeste (setor misto): R$ 140
Cadeira Maracanã Oeste (setor misto): R$ 160
Cadeira Inferior Leste (setor misto): R$ 140
Cadeira Superior Leste (setor misto): R$ 140

Postos de venda antecipada:
General Severiano (Botafogo)
Caio Martins (Botafogo
Gávea (Flamengo)
Engenhão (bilheteria Norte Botafogo, e bilheteria Sul, Flamengo)
Maracanã (bilheteria 1 Botafogo, e bilheteria 2, Flamengo)
Casa Vila da Feira
Cariocas FC (Shopping Méier e Shopping Carioca)
Loja Fanático (Araruama)
Loja Burgão (Jacarepaguá)
Loja Casa do Atleta (Niterói)
Posto Ale (Botafogo)

Brasileirão de técnicos: Jayme é o líder e Náutico tem três no Z-4

São apenas seis jogos, com quatro vitórias e dois empates: desde que Jayme de Almeida assumiu o comando, o Flamengo saiu da 15ª e pulou para a sétima posição. Com aproveitamento de 77,77% dos pontos, o técnico é o melhor do Brasileirão neste quesito. O treinador rubro-negro supera, inclusive, Marcelo Oliveira. O comandante da Raposa soma 59 pontos, com 72,80%.

Para o comentarista Lédio Carmona, este desempenho credencia Jayme de Almeida para seguir no Flamengo em 2014. Se mantiver o rendimento nas 11 rodadas restantes, o Rubro-Negro não teria por que procurar outro treinador, diz o jornalista.

- A gente tem que trabalhar em perspectiva. Se o Jayme conseguir manter este padrão até dezembro, vai ser difícil o Flamengo mexer nele para 2014. Quando ele entrou estava em situação delicada, agora é o sétimo. Se o Jayme fizer essa pequena revolução, por que investir em outro? - afirmou Lédio Carmona, no "SporTV News".


Jayme de Almeida jogo Flamengo e Cricúma (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem) 
Jayme de Almeida: em seis jogos, são 14 pontos conquistados (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)
 
Além de Jayme de Almeida e Marcelo Oliveira, também se destacam os comandantes de Atlético-PR e Grêmio. Vagner Mancini aparece em terceiro lugar, com 61,90% de aproveitamento, depois de tirar o Furacão da 19ª posição e levar ao G-4, com direito a 13 jogos de invencibilidade. Renato Gaúcho arrancou da décima para a segunda colocação, conquistou 60,60% dos pontos e aparece em quarto.

Na outra ponta da tabela, o Náutico "se destaca": são três técnicos entre os quatro piores da competição. Jorginho, que comandou o Timbu em cinco partidas, perdeu todas e não somou nenhum ponto. Levi Gomes e Zé Teodoro também estão no Z-4 dos treinadores. Edson Pimenta, que treinou a Portuguesa nos quatro primeiros jogos do torneio, é o outro nome no fundo da tabela.

Para fazer a classificação do Brasileirão de técnicos, foram considerados treinadores que disputaram, pelo menos, quatro partidas oficiais no Brasileirão.

Confira a classificação:


Tabela classificação técnicos Brasileirão (Foto: SporTV.com)

Fernando vibra com vitória em sua estreia e agradece a Jayme

O zagueiro Fernando Fernandes fez sua estreia como profissional do Flamengo na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, nesta quinta-feira. Entrou aos 31 minutos do segundo tempo, substituindo Frauches, que deixou o campo extenuado. O camisa 39, de 20 anos, agradeceu ao técnico Jayme de Almeida por ter lhe colocado no fim do duelo.

- Quero agradecer a oportunidade que o professor Jayme me deu hoje (quinta-feira) contra o Internacional, e o mais importante é que o Flamengo venceu. Sempre que ele precisar estarei pronto para ajudar o time - prometeu. 

 Fernando teve de encarar um fim de jogo muito tenso e até se envolveu num lance que seria considerado polêmico. Não foi alvo de discussão, pois Rafael Moura, que caiu na área diante da pressão do jovem flamenguista, admitiu não ter havido pênalti. 

- Acho que realmente não foi nada. Eu tentei me jogar para pegar a bola e alcançá-la. Tanto que na hora ninguém dentro de campo do nosso time reclamou. No calor do banco, acho que eles queriam (o pênalti), mas a visão também não os ajuda - afirmou o colorado Rafael.

rafael moura internacional flamengo (Foto: Alexandre Lops/Divulgação Inter) 
Fernando abre os braços, mas He-Man admite ter se jogado (Foto: Alexandre Lops/Divulgação Inter)
 
 

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Léo Moura após gol e assistência: 'Feliz em ter ajudado diretamente'




Flamengo bate o Inter no Maraca e se aproxima do G4 (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)Léo Moura foi peça-chave para o Flamengo derrotar o Internacional por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no Maracanã. O camisa 2 rubro-negro fez o primeiro gol e deu passe para Hernane marcar o segundo.

Léo Moura lembrou a necessidade que o Flamengo tinha de vencer o time colorado para se afastar ainda mais da zona do rebaixamento e ressaltou que, apesar da qualidade do adversário, a equipe soube se comportar em campo.

- Vencer esse jogo em casa foi importante. A equipe suportou bem e teve chance de ampliar - disse ele, que completou:

- Fico feliz de ter ajudado diretamente, mas mais ainda pelos meus companheiros terem confiado em mim.

Contra o Internacional, Léo Moura fez o segundo gol na temporada. O primeiro foi contra o Santos, também pelo Campeonato Brasileiro quando o rubro-negro venceu por 2 a 1.






Jayme celebra subida na tabela: 'O sétimo lugar representa muito'

O pulo da 12ª para sétima colocação provocado pela vitória por 2 a 1 sobre o Internacional encheu de alegria o treinador do Flamengo, Jayme de Almeida. Ele agradeceu ao elenco rubro-negro, em quem identificou jogadores de "alma rubro-negra" para tirar o time da parte de baixo da tabela. Jayme ainda disse que a equipe não permitirá mais reviravoltas em jogos aparentemente tranquilos, como ocorreu na derrota por 4 a 2 para o Atlético-PR, responsável direta pela queda de Mano Menezes. 

- O sétimo lugar representa muito. Estávamos em uma situação muito delicada e o empenho, dedicação e carinho com que fui recebido ajudaram muito. Agradeço a eles por acreditarem em mim, no que eu propus, e fazem isso com a alma rubro-negra. Tivemos uma partida difícil contra o Internacional, fizemos o gol e terminamos melhor. No segundo tempo, administramos, mas sofremos no fim porque nosso time não é de estatura alta. A bola aérea dificultou muito, mas gostei da determinação. No Maracanã, não vamos deixar mais uma vitória tranquila se tornar empate. Corremos muito, os meninos que entraram, Frauches e Fernando, ajudaram muito. Pontuando vamos nos afastar cada vez mais da zona de rebaixamento - afirmou.

 
Jayme de Almeida Flamengo x Internacional (Foto: Alexandre Vidal / Flaimagem) 
Jayme de Almeida faz sua fé antes da partida contra o Internacional (Foto: Alexandre Vidal / Flaimagem)
 
 

Decisivo contra o Inter, Felipe destaca torcedores: 'Nos jogam para frente'



De volta ao gol do Flamengo após dois jogos fora, Felipe teve participação importantíssima na vitória por 2 a 1 sobre o Inter, nesta quinta-feira, pela 27ª rodada do Brasileirão. Na partida disputada no Maracanã, o camisa 1 fez defesas difíceis e ajudou muito na conquista dos três pontos que jogaram o time para a sétima posição na tabela, com 37 pontos. Na saída de campo, Felipe foi comemorar com alguns torcedores e destacou a participação dos rubro-negros na vitória e na tentativa de recuperação do time no campeonato.

- Nos momentos mais difíceis do Flamengo são eles que nos jogam para frente. Não foi diferente hoje, temos mais dois jogos em casa importantes (contra Botafogo e Bahia) e se vencermos podemos sonhar mais alto. Estamos conseguindo deixar a parte de trás (da tabela). Que o torcedor lote o estádio no domingo e nos ajude a vencer - disse, em entrevista ao SporTV.

Nesta quinta, o Maracanã recebeu 19.829 torcedores pagantes (24.864 presentes). No domingo, o Rubro-Negro enfrenta o Botafogo, às 18h30m (de Brasília).

Felipe ficou fora contra Coritiba e coisa maldita, vasco, mas na volta mostrou que não sentiu a falta de ritmo.   

- Goleiro tem que sempre estar jogando, fiquei fora cinco jogos por uma lesão no pé. Voltei, joguei dois jogos e fui expulso (contra o Criciúma). Depois teve o dente (extraiu dois dentes) - disse.



Hernane aprova placar: 'Temos de aprender a ganhar por 1 a 0 ou 2 a 1'


Na vitória por 2 a 1 do Flamengo sobre o Internacional, a torcida rubro-negra sofreu nos minutos finais. O atacante Hernane, entretanto, aprovou o comportamento do time e pediu que isso se mantenha nas rodadas seguintes. (confira os gols do jogo em vídeo abaixo)

- Temos que ser inteligentes, como fomos hoje. É fazer os gols e aprender a ganhar por 1 a 0, 2 a 1 - receitou.

O Brocador tem 11 gols, nove destes no Maracanã, o que lhe garantem o posto de maior goleador do estádio após a reforma. Ele vibrou não apenas com mais uma bola na rede, mas com sua atuação. E uma estatística merece destaque: ele só chutou uma bola contra a meta de Muriel.

- A felicidade é imensa (pela atuação). Graças a Deus pude fazer mais um gol no Maracanã, mais um gol em casa. Nós sabíamos que o jogo ia ser difícil, mas conseguimos a vitória, que é o mais importante - prosseguiu.

Perguntado sobre o que vê de novo no Flamengo de Jayme de Almeida, Hernane apontou uma postura diferente da equipe em campo.

- Eu acho que mudou a atitude do nosso time. Jayme conversou com a gente, que sabia da importância dos três pontos. Demos uma subida boa no campeonato, e agora é ter tranquilidade que domingo tem mais um jogo difícil - encerrou, projetando o clássico de domingo, às 18h30m, com o Botafogo.

Hernane comemora gol do Flamengo contra o Internacional (Foto: Andre Durão) 
Hernane tem nove gols no Maracanã, 11 no Campeonato Brasileiro (Foto: Andre Durão)

Curtinha: Flamengo faz valer tradição no Maraca e voltar para banco esquerdo

O Flamengo está de volta para "casa" por completo no Maracanã. Na nona partida depois da volta ao estádio, o Rubro-Negro passou a utilizar o banco de reservas do lado esquerdo das cabines de televisão, nesta quinta-feira, diante do Internacional, pela 27ª rodada do Brasileirão. Historicamente, este sempre foi o posto do clube, e é onde ficam localizadas também as torcidas organizadas – ou flamenguistas em geral nos clássicos. Entretanto, a comissão técnica vinha se posicionando no lado oposto.

De acordo com o consórcio que comanda o Maracanã, o pedido para utilização do lado direito em um primeiro momento partiu do próprio clube. Informações dão conta de que este seria um desejo do ex-treinador Mano Menezes, para ficar mais próximo do auxiliar de arbitragem que trabalha naquela linha lateral. Cria do Flamengo e acostumado com as tradições rubro-negras, Jayme de Almeida tratou de fazer tudo voltar ao "normal".

Banco de Reserva Flamengo  (Foto: Cahê Mota) 
Contra o Inter, Flamengo voltou a ficar no banco de reservas do lado esquerdo (Foto: Cahê Mota)
 

Vestidos de rubro-negro, astros dos Bulls torcem pelo Flamengo no Maracanã


Os astros do Chicago Bulls adotaram de vez o Flamengo. No Rio de Janeiro para a disputa do 'NBA Global Games', no sábado, às 18h, na Arena da Barra, diante do Washington Wizards, os jogadores da franquia americana, que ficou imortalizada por Michael Jordan, foram ao Maracanã e vestidos de Rubro-Negro acompanharam o duelo diante do Internacional, pelo Campeonato Brasileiro. E deram sorte ao time carioca. Com gols de Léo Moura e Hernane, o Fla venceu por 2 a 1.

Na foto, Derrick Rose, Joakim Noah, Luol Deng e outros companheiros posam com o presidente do Rubro-Negro Eduardo Bandeira de Mello, em um dos camarotes do Maracanã. Desde quarta-feira no Rio de Janeiro, Rose & cia. usam as instalações da Gávea, na Zona Sul da cidade, como local de treinos. Na quarta-feira, inclusive, Noah vestiu a camisa do Flamengo e disse que faria de tudo para ir ao Maracanã ver o clube em ação.

Jogadores do Chicago Bulls visitam o Maracanã Flamengo e Internacional (Foto: Fernando Soutello / AGIF) 
Jogadores do Chicago Bulls vestem a camisa do Fla no Maracanã (Foto: Fernando Soutello / AGIF)
 
Jogadores do Chicago Bulls visitam o Maracanã Flamengo e Internacional (Foto: Fernando Soutello / AGIF) 
Jogadores acompanham com atenção a partida entre Flamengo e Inter (Foto: Fernando Soutello / AGIF)
 
 

Com Benite cestinha, Flamengo domina Campos e vence outra no Carioca


Shilton basquete Flamengo x ACF Campos (Foto: Fabio Leme)
O Flamengo conseguiu, na noite desta quinta-feira, no ginásio Olavo Cardoso, em Campos, sua terceira vitória em três partidas no Campeonato Estadual masculino de basquete. A vítima, mais uma vez, foi a equipe do Norte-Fluminense, que, mesmo empurrada pela sua torcida, não resistiu ao maior leque de opções do técnico José Neto e acabou derrotada por 96 a 78. Na sexta-feira passada, na Gávea, o Rubro-Negro já havia batido os rivais. Com o resultado, o octocampeão carioca segue na liderança da competição.

- Ainda estamos buscando o ritmo ideal. Estamos com alguns problemas de jogadores machucados ou fora do ritmo ideal e nós queremos tirar o foco disso. É isso que tenho dito para eles. O time de Campos exigiu da gente um ritmo e é isso que buscamos. Queremos uma defesa forte e uma transição rápida - disse Neto, técnico do Flamengo.

Os cestinhas do Flamengo foram o armador Benite, com 19 pontos e Olivinha, com 17. Pelo lado campista, o ala Vinícius, com 20 pontos, foi o cestinha da partida. Casé, com 17 e dez rebotes, registrou um duplo-duplo.

Nesta sexta-feira, no mesmo local, o Flamengo volta à quadra para enfrentar o Macaé. No último sábado, no ginásio Hélio Maurício, os anfitriões venceram os macaenses nos minutos finais.


Laprovittola basquete Flamengo x ACF Campos (Foto: Fabio Leme) 
Laprovittola distribuiu bem o jogo do Flamengo no duelo em Campos (Foto: Fabio Leme)
 
A partida

O Flamengo foi para a quadra com três armadores - Gegê, Laprovittola e Benite - que deixou o time muito forte na marcação e rápido nos contra-ataques. Conduzido pela velocidade de Gegê e a mão calibrada do argentino, destaque do quarto com 11 pontos, os rubro-negros jogaram na frente do placar, praticamente, o tempo inteiro, mas não conseguiam se distanciar pela boa produtividade do trio Alexandre, Vinícius e Cleitão, que levantavam os torcedores presentes. Apenas um ponto à frente, o clube da Gávea fechou a parcial em 18 a 17.

Com as alterações em ambas as equipes, após um primeiro quarto muito corrido, o Flamengo demonstrou o poderio do seu elenco e foi abrindo vantagem. Sem conseguir penetrar no garrafão rubro-negro, Campos errava seus tiros de longa distância e via Shilton e Meyinsse dominar os rebotes. Até então zerado na partida, Olivinha cresceu na parte ofensiva na segunda metade do quarto e assinalou dez pontos nos últimos cinco minutos, levando o rubro-negro para o vestiário com 11 pontos de vantagem (44 a 33).

Olivinha basquete Flamengo x ACF Campos (Foto: Fabio Leme) 
Olivinha, com 17 pontos, foi outra importante peça ofensiva do Flamengo (Foto: Fabio Leme)

Meyinsse é o dono dos rebotes

As equipes voltaram do intervalo cochilando na marcação e aceleradas no ataque. Por Campos, Alexandre, com oito, e Vinícius, com 12 pontos, eram sempre a pedra no sapato dos rubro-negros. Do outro lado, Jerome Meyinsse era um leão no garrafão - foram oito rebotes -, além de contribuir com seis pontos no ataque. Benite e Olivinha também ajudaram o Rubro-Negro, mas uma falta técnica recebida pelo armador da seleção brasileira, por reclamação, ajudou os campistas a vencerem a parcial por 30 a 27 e se aproximarem 71 a 63.

Nos últimos dez minutos, a equipe do técnico Cacá foi para cima do Flamengo na base da empolgação. Mas alguns erros bobos, diante de um adversário experiente, fizeram com que o time de José Neto abrisse vantagem, com boa participação do pivô Douglas, autor de oito pontos em três minutos, mesmo levando dois tocos debaixo da tabela por retardar a subida.

Aos poucos, Campos foi crescendo junto com o experiente Casé, ídolo no clube. Uma bola do camisa 10 de três, restando pouco mais de três minutos para o fim, trouxe a diferença para nove. Todavia, duas bolas de longa distância de Benite acabaram com a esperança do rival, que jogou a toalha, e viu o atual campeão do NBB deslanchar.


Flamengo 2 x 1 Internacional


                        Ficha técnica


Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 10/10/2013

Hora: 21h



Público pagante: 19.829
Públivo presente: 24.864
Renda: R$ 634.015,00

Gols:Léo Moura, Hernane(Fla) Rafael Moura(Int)

Cartão amarelo: Willians, Jackson(Int) Chicão(Fla)

Árbitro: Raphael Claus
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Danilo Ricardo Simon Manis

Flamengo:  Felipe, Léo Moura, Chicão, Frauches(Fernando) e João Paulo; Amaral, Luiz Antonio, Elias e André Santos(Gabriel); Paulinho e Hernane(Val).
Técnico: Jayme de Almeida.

Internacional:  Muriel; Gabriel, Jackson, Juan e Fabrício; Ygor, Willians, Otávio( Alex Santana), D’Alessandro e Caio( Rafael Moura); Leandro Damião.
Técnico: Clemer





Ex-Fla, Uri Geller e Adílio enfrentam o Goytacaz em partida comemorativa

Neste domingo, o Estádio Ari de Oliveira e Sousa, em Campos dos Goytacazes, vai receber, às 9h, o jogo comemorativo pelos 60 anos do Flamengo de Campos - popularmente conhecido como Flamenguinho da Lapa - contra a equipe master do Goytacaz. A equipe rubro-negra campista entrará em campo com dois ex-jogadores do Flamengo carioca: o ponta-esquerda Júlio César "Uri Geller" e o meia Adílio, campeão mundial em 1981.

Já pelo lado do Alvianil Praiano, estão escalados ex-jogadores como: Cosme, Palinha, Cláudio José, Edvaldo Trindade, Totonho, Ualdo, Bel, Souza, Mauro (treinador do sub-20), Joélson "Mamão" (atual preparador de goleiros), além de Jomar Garcia (atual vice-presidente de futebol) que terá a difícil missão de parar as investidas de "Uri Geller".


Neto aproveita visitantes ilustres no Flamengo e espia treino de times da NBA


José Neto, técnico do Flamengo, vê treino do Chicago Bulls (Foto: Léo Velasco) O primeiro treino de Chicago Bulls e Washington Wizards no Rio de Janeiro foi realizado no Ginásio Hélio Mauricio, na Gávea. Atual campeão do NBB com o Flamengo e assistente-técnico de Rubén Magnano na seleção brasileira, o técnico José Neto aproveitou para dar uma espiada nos visitantes ilustres.

- Como assistente da seleção, já tinha visto jogos e tido contato com jogadores e treinadores da NBA. Mas treinando no Flamengo, um time da NBA no Brasil, é diferente e melhor ainda. Sempre temos o que aprender com um treinador experiente como o Tom Thibodeau. Só agrega para quem trabalha com basquete. Acompanhei o treino desde o início. Eles começaram com um vídeo. E foi legal para ver todas as rotinas do treinamento – afirmou Neto.

Ao lado do supervisor André Guimarães, o técnico do Flamengo, José Neto, ofereceu a Tom Thibodeau uma camisa do clube rubro-negro (Foto: Marcello Pires) 
Ao lado do supervisor André Guimarães, José Neto (esq.) dá camisa a Tom Thibodeau (Foto: Marcello Pires)
 
Depois de espiar o treinamento do Chicago, José Neto presenteou o técnico Tom Thibodeau com uma camisa do Flamengo. O treinador rubro-negro seguiu no ginásio para o treino do Washington e, antes do começo da atividade dos Wizards, conversou com o pivô brasileiro Nenê, principal estrela do dia.

O armador Laprovittola também aproveitou a presença dos visitantes ilustres, mas como tiete. O argentino do elenco do Flamengo entrou na quadra para tirar foto dos jogadores.

José Neto e André Guimarães conversam com Nenê (Foto: Léo Velasco) 
Nenê dá uma gargalhada durante a conversa com José Neto e André Guimarães (Foto: Leo Velasco)