Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 1 de março de 2014

Liga das Américas



Flamengo 101 x  81 Uberlândia


Com duas vitórias, o Flamengo fica praticamente classificado para a próxima etapa da competição. Excelente partida do Mengão em Xalapa, no México.






Feliz e preocupado: Jayme parabeniza grupo por vaga, mas lamenta baixas


 Feliz pela vitória e classificação, preocupado com o desgaste físico do Flamengo. Foi assim que Jayme de Almeida avaliou a vitória por 2 a 1 sobre o Nova Iguaçu, neste sábado, no Maracanã, resultado que garantiu o Rubro-Negro nas semifinais do Carioca (veja abaixo os vídeos com os melhores momentos). Líder, agora com 28 pontos, a equipe é a primeira classificada à próxima fase. Uma alegria, em pleno carnaval, manchada pelas lesões de Elano e Hernane. A dupla não atuará partida contra o Bonsucesso, quarta-feira, em Volta Redonda, e seus casos podem fazer o treinador voltar a poupar titulares pensando na Taça Libertadores.

 Decisão a ser tomada pensando no futuro do torneio sul-americano, mas que tem a ver com o passado recente dele. Na quarta-feira, no 3 a 1 sobre o Emelec, o time correu demais. Sentiu o desgaste no final de semana. O que fez Jayme reconhecer a queda de rendimento na etapa final contra o Nova Iguaçu:

- Foi um jogo bastante difícil, sabíamos que seria assim. Até pela intensidade do jogo de quarta, nosso time caiu muito de produção no segundo tempo. O cansaço bateu, nós sofremos o gol nesse momento. Eles têm um time alto, fazem essa jogada muito bem. A bola batia na frente e voltava. Não quero tirar o mérito deles... jogo foi bom, disputado. Controlamos bem o jogo no começo, acertamos a marcação, fizemos o gol. No final, sofremos para manter o resultado. Tenho de dar parabéns pelo jogo de quarta e pela classificação. Tem de ficar satisfeito.

Elano e Hernane sentiram dores musculares na coxa direita. Precisaram ser substituídos. O médico Marcelo Soares disse que o Brocador não preocupa, mas que Elano precisará ser reavaliado. Além deles, Muralha levou o terceiro amarelo e não poderá atuar no meio de semana. Chances para Márcio Araújo, Alecsandro e Amaral, respectivamente.

- Temos de ver como o grupo vai reagir. Hoje foi cansativo. Tivemos esses dois problemas, isso faz parte do esforço. O departamento médico vai avaliar melhor. Mas, a princípio, estão fora de quarta. Não têm motivo para arriscar. Estamos classificados. Temos uma tranquilidade maior agora para fazer essas coisas. Vamos avaliar caso a caso. Temos dois jogos seguidos na Libertadores, um subindo a montanha (altitude de La Paz, na Bolívia). Vamos ver como fazer – disse o técnico.

De folga neste domingo, o Fla retoma os treinos na segunda. Líder e classificado no Carioca.

Confira os demais assuntos da entrevista de Jayme de Almeida:

A avaliação da vitória
- Foi um jogo bastante difícil, sabíamos que seria assim. Até pela intensidade do jogo de quarta, nosso time caiu muito de produção no segundo tempo. O cansaço bateu, nós sofremos o gol nesse momento. Eles têm time alto, fazem essa jogada muito bem. A bola batia na frente e voltava. Não quero tirar o mérito deles... jogo foi bom, disputado. Controlamos bem o jogo no começo, acertamos a marcação, fizemos o gol. No final, sofremos para manter o resultado. Tenho de dar parabéns pelo jogo de quarta e pela classificação. Tem de ficar satisfeito. 

As dores de Hernane e Elano mostram ser necessário voltar a poupar titulares?
Temos de ver como o grupo vai reagir. Hoje foi cansativo. Tivemos esses dois problemas, isso faz parte do esforço. O departamento médico vai avaliar melhor. Mas, a princípio, estão fora de quarta. Não têm motivo para arriscar. Estamos classificados. Temos uma tranquilidade maior agora para fazer essas coisas. Vamos avaliar caso a caso. Temos dois jogos seguidos na Libertadores, um subindo a montanha (altitude de La Paz, na Bolívia). Vamos ver como fazer.

Boa fase de Cáceres
Ele tem uma determinação bonita. Ficou atrás na fila dos jogadores do meio-campo. Operou. É um exemplo. Tenho a maior admiração pela entrega dele nos jogos e treinos. Não tem um treino, titular, reserva ou último da fila, que reclame. Ele conquistou o espaço pelo trabalho. Marca muito bem e libera mais o Muralha e o Elano. Está de parabéns.

Líder e vaga antecipada
No Carioca, a ideia nossa de colocar time bem mais novo nas duas primeiras rodadas deu certo. Era um risco. Mas toda a vez que eles entraram, deram conta do recado. Acho que não perderam pontos. O grupo, no geral, tem feito um bom campeonato. Estamos consistentes. Temos 28 pontos. Pelo grupo que formamos, todos compraram a ideia. Classificamos com antecedência. Muita gente não acreditou na nossa ideia de mudar e trocar. Essa classificação é de todo mundo. Os 35 jogadores estão de parabéns. 

Estreia de Márcio Araújo
Márcio estreou bem, deu bom ritmo, momento do jogo era ruim. Deu boa saída de bola, tem experiência. É muito bom física e tecnicamente. Ele tem bom passe, segura bem a bola. Fiquei feliz e acho que ele vai nos ajudar muito.

Ele tem a responsabilidade de substituir o Elias?
Não tem responsabilidade de substituir o Elias. Ele pode jogar de primeiro ou segundo. Ele marca bem e tem boa condição atlética. Pode nos ajudar, sim. Sem comparações. Seria maldade com o Márcio. 

Atuação de Gabriel
Gabriel fez boa movimentação, especialmente no primeiro tempo. Erramos o último passe, esse foi o principal problema. Ele procurou o jogo, se movimentou. O time deles ficou o tempo todo atrás. Eles ficaram fechados. No segundo tempo, ele caiu como todo o time.

Qual o objetivo agora?
Para ter essa gordura tem de jogar para vencer. Quem for a Volta Redonda, os 18 ou 20, tem de ter a mesma seriedade. Temos de lutar pelo título da Taça Guanabara. Esse grupo só tem respondido positivamente. Quem for vai nos representar bem. E manter a busca pelo título. 

Recomendação no carnaval
Os jogadores têm... amanhã é folga geral. Cada um sabe o que fazer. Nunca fui e nem serei babá de jogador. Cada um sabe da sua responsabilidade. Cada um sabe o que precisa para o jogo de quarta. É uma folga normal. Quem quiser, pode ir. Segunda tem treino às 15h30m e todos deverão estar lá.



Após vitória do Flamengo, Felipe reclama por jogo em sábado de Carnaval

Enquanto muitos foliões curtiam o sábado de Carnaval nos diversos blocos de rua espalhados pelo Rio de Janeiro, os jogadores do Flamengo tinham o compromisso de enfrentar o Nova Iguaçu, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Carioca. Com o objetivo alcançado, após a vitória por 2 a 1, o elenco rubro-negro poderá, ao menos, descansar durante o domingo, já que segunda-feira retornam aos treinamentos.

Mesmo com a classificação para a próxima fase da competição garantida, o goleiro Felipe, conhecido por ter opiniões fortes, reclamou da montagem da tabela e do horário do jogo de ontem, que ocorreu ás 18h30, no Maracanã. Para o camisa 1 da Gávea, os responsáveis pela organização do calendário do Campeonato Carioca não pensam no sacrifício feito pelos atletas.

– As pessoas que fazem a tabela da competição não pensam nos outros, nos atletas e nos profissionais que trabalham em um evento desse, que é uma partida de futebol. Aposto que todos os responsáveis pelas datas e horários dos jogos não vão a estádio. Duvido que eles tenham vindo ao Maracanã para assistir ao jogo. eles estavam é curtindo o Carnaval, enquanto nós estamos aqui trabalhando – opinou o goleiro rubro-negro.

O triunfo levou o Flamengo aos 28 pontos. Na próxima rodada, o time enfrenta o Bonsucesso, quarta-feira, ás 22h, no Raulino de Oliveira

Hernane e Elano saem com dores e médico se preocupa com o meia



Autor do segundo gol da vitória do Flamengo, Hernane, que chegou a seis tentos nesta temporada, pode se tornar uma preocupação para o técnico Jayme de Almeida. Aos 24 minutos do segundo tempo do jogo contra o Nova Iguaçu, neste sábado, o Brocador caiu no gramado do Maracanã, reclamando de dores no músculo adutor da coxa direita. Com isso, o técnico rubro-negro lançou Alecsandro na vaga do camisa 9.

Outro jogador que pode preocupar a comissão técnica rubro-negra é o meia Elano. Logo depois de Hernane ter sido substituído, o camisa 7 do time da Gávea também teve de deixar o gramado. Elano deixou o gramado reclamando de dores no músculo posterior da coxa direita. Na vaga do meia, Jayme promoveu a estreia de Márcio Araújo.

Médico do Flamengo, Marcelo Soares achou cedo demais para passar um prognóstico sobre os problemas de ambos os jogadores. Ele, porém, demonstrou mais preocupação com o meia.

- Ainda é cedo para falar qualquer coisa, mas acredito que o Hernane não será um problema para nós. Já o Elano, por outro lado, pode ter sofrido, sim, uma lesão - comentou o médico.

Melhores Momentos Flamengo 2 x 1 Nova Iguaçu Carioca 2014


Muralha recebe terceiro amarelo e desfalca Flamengo contra o Bonsucesso

O volante Muralha recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória do Flamengo sobre o Nova Iguaçu por 2 a 1, neste sábado, no Maracanã. Desta forma, o camisa 15 não poderá enfrenta o Bonsucesso, na próxima quarta-feira, às 22h, no Raulino de Oliveira. Amaral e Márcio Araújo disputam a posição.

Ex-Palmeiras, Márcio Araújo estreou neste sábado. Entrou na vaga de Elano, que deixou o campo com dores na coxa direita. Está na frente de Amaral, expulso contra o León, pela Libertadores, que sequer ficou no banco de reservas.

Muralha foi advertido após forte dividida com o volante Paulo Henrique, do Nova Iguaçu. Léo Moura, agora, é o único pendurado, com dois cartões amarelos, no Flamengo..


Gols, Flamengo 2 x 1 Nova Iguaçu


Flamengo 2 x 1 Nova Iguaçu


             


Flamengo classificado às semifinais!


                                 Ficha técnica

Data: 01/03/2014

Hora: 18h30m (de Brasília)

Local: estádio do Flamengo, Maracanã


Público: 10780 pagantes / 13845 presentes
Renda: R$ 520.735,00




Gols: Jorge Fellipe(contra), Hernane.  Erick Foca(Nov).

Cartão amarelo: Rodrigo Almeida, Zambi (Nov), Muralha(Fla)

Transmissão: O Premiere, o Premiere HD e o PFCI transmitem a partida ao vivo através do sistema pay per view.

Flamengo:Felipe; Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Cáceres, Muralha, Elano( Márcio Araújo),Gabriel e Everton(Negueba); Hernane(Alecsandro).
Técnico: Jayme de Almeida

Nova Iguaçu: Jefferson; Peter , Rodrigo Almeida, Jorge Fellipe e Amarildo; Paulo Henrique(Carlos Henrique), Rodrigo César, Geovani( Uallace)e Dieguinho( Vinicius Nunes); Zambi e Erick Foca.
Técnico: Edson Souza

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Auxiliares: Michael Correia e Daniel de Oliveira Alves Pereira. 



Zico e ex-jogadores são homenageados antes de jogo do Flamengo


O sábado é de Carnaval, mas a festa no Maracanã foi de aniversário. Ao homenagear ex-jogadores que completam anos em março, o Flamengo fez uma simples e bonita cerimônia antes da partida contra o Nova Iguaçu. Zico, o maior ídolo rubro-negro, o atual treinador Jayme de Almeida e outros atletas do passado ganharam camisas personalizadas e ouviram o pequeno público cantar parabéns.


Zico e ex-jogadores Flamengo Maracanã (Foto: Hector Werlang) 
Zico e ex-jogadores do Flamengo recebem homenagem no Maracanã (Foto: Hector Werlang)

Zico completará 61 anos na segunda-feira, dia em que será homenageado pela Imperatriz Leopoldinense na Sapucaí. O Galinho é o tema do samba-enredo da escola. Ele, claro, foi o mais assediado pelo público.

- É um time em que todos eles deram muitas glórias, ajudaram o Flamengo a conquistar muitos títulos. Ficamos felizes em receber essa homenagem e estar junto com essas pessoas - disse o eterno ídolo rubro-negro.

Alguns torcedores berravam o nome do Galinho nas arquibancadas.

- Zico é o nosso rei!

Jayme fará 61 anos no dia 17. Além dele, passaram pelo gramado Júlio Cesar Uri Geller, Esquerdinha, Fernandinho, Índio e Gaúcho. Todos acenaram ao público.





Esquerdinha e Índio completam mais um ano de vida

 

Neste sábado (01.03), os ex-craques do Flamengo, e verdadeiros patrimômios do clube, Esquerdinha e Índio completam mais uma primavera.  William Kepler Santa Rosa, o Esquerdinha, completa 90 anos, sendo o segundo ex-jogador do clube mais velho atualmente, atrás de Fernandinho, que irá fazer 101 anos neste domingo (02.03). Índio é o terceiro mais velho, com 83. Ambos jogaram juntos no Mais Querido, entre 1949 e 1955, conquistando o Tricampeonato Carioca de 1953-54-55. Além disso, os dois eram quase como irmãos, e suas famílias são amigas até hoje. Esquerdinha e Índio também conquistaram, juntos, como titulares, o primeiro título importante do Flamengo no Maracanã: o Carioca de 1953.

Esquerdinha ganhou o apelido por sua principal característica: o chute forte com a perna esquerda. Com 110 gols em 277 jogos, o paraense é o 16º maior artilheiro da história do Flamengo. Nascido em Belém, o atacante começou a jogar futebol em 1941, já no Rio de Janeiro. No mesmo ano, entrou para o time do Madureira, cuja equipe infantil começou a fazer grande sucesso, levando-o a ser promovido ao quadro de juvenis. Prosseguindo num crescimento avassalador, o jovem finalmente chegou ao profissional do Tricolor Suburbano em 1946. Ficou até 1948 no Madureira, e de lá foi para o Clube de Regatas do Flamengo. Ficou pouco tempo na Gávea, atuando apenas em um torneio internacional no Chile, e de lá, voltou para o Madureira, indo para o Olaria em seguida. No entanto, em 1949, não teve jeito. Esquerdinha foi em definitivo para o Flamengo, onde se tornou ídolo. Foi um líder dentro de campo, nos anos que defendeu o Fla, em 1948 e de 1949 a 1955, tendo Zagallo como seu reserva de 1951 a 1953. Esquerdinha também foi autor do primeiro gol do Flamengo na Europa, na vitória por 1 a 0 sobre o Malmö, da Suécia, no dia 16 de maio de 1951. Naquela excursão, Esquerdinha marcou sete gols; o Mais Querido disputou 10 partidas, vencendo todas.

Aluísio Francisco da Luz, o Índio, coleciona 140 gols em 217 jogos com o Manto Sagrado, sendo o 10º maior artilheiro do clube. Muitos dos tentos marcados tiveram caráter decisivo e quatro deles foram na maior goleada aplicada no Maracanã: o Flamengo ganhou do São Cristóvão por 12 x 2, pelo Campeonato Carioca de 1956. O atacante foi artilheiro da equipe nos anos de 1953, com 41 gols, e em 1956, com 31 gols. Nascido em 1º de março de 1931, em Cabedelo, na Paraíba, Índio jogou pelo Fla de 1949 a 1957. Na campanha do bicampeonato estadual em 1954, foi artilheiro do time, com 18 gols, ano em que disputou a Copa do Mundo pela seleção brasileira. Contando todos os títulos do tricampeonato, também foi o maior goleador, com 48 gols. Autor do gol da vitória por 2 a 1 sobre o Vasco, em 16 de setembro 1951, foi um dos responsáveis pelo fim do maior jejum de vitórias sobre o rival: seis anos. A última tinha sido em 29 de outubro de 1944, quando Valido fez o gol do título do primeiro tricampeonato estadual. Defendendo a Amarelinha, seu gol mais importante foi contra o Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1958, no empate no jogo de ida, por 1 a 1, em Lima. No jogo de volta, o Brasil venceu por 1 a 0, com um gol de Didi, classificando a seleção brasileira para o Mundial na Suécia, onde a seleção conquistou seu primeiro título mundial.




Adílio é coroado rei no Baile do Vermelho e Preto

O Flamengo organizou nesta sexta-feira o seu tradicional Baile do Vermelho e Preto, no Clube Monte Líbano, na Lagoa, Zona Sul do Rio. O evento teve Adílio, autor de um dos gols na final do Mundial de 1981, com "rei". Também compareceram ex-jogadores rubro-negros como Nélio e Jorginho.

Ex-jogadores do Flamengo no Baile do Vermelho e Preto (Foto: Divulgação) 
Rei do Baile do Vermelho e Preto, Adílio posa ao lado da musa, e rainha, Larissa Pacífico (Foto: Divulgação)

Ex-jogadores do Flamengo no Baile do Vermelho e Preto (Foto: Divulgação) 
Ex-jogadores do Flamengo no Baile do Vermelho e Preto ao lado do diretor Clément Izard (Foto: Divulgação)

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Marcelinho brilha, Flamengo derrota Cocodrilos e sai na frente no grupo E

Com Marcelinho apagado no primeiro quarto, o torcedor do Flamengo teve a impressão de que teria uma sexta-feira pouco animada. Mas bastou o capitão rubro-negro anotar seus primeiros nove pontos na partida em pouco mais de três minutos para o panorama mudar. Um apagão no meio do último período quase pôs tudo a perder, mas o capitão rubro-negro aproveitou a véspera do carnaval para atacar de super-herói e resolver o problema. Com um duplo-duplo de 23 pontos e 13 rebotes, além de sete assistências, Marcelinho garantiu a vitória por 88 a 72 sobre o Cocodrilos, de Cacaras, na primeira partida do grupo E da segunda fase da Liga das Américas.  

Basquete - Cocodrilos x Flamengo - Marcelinho (Foto: Samuel Vélez / FIBA Américas) 
Com 23 pontos, 13 rebotes e sete assistências, Marcelinho foi o destaque do Flamengo na vitória por 88 a 72 sobre o Cocodrilos, de Cacacas (Foto: Samuel Vélez / FIBA Américas)

Além de Marcelinho, Laprovittola, que também anotou 23 pontos, e Marquinhos, com 15 pontos e oito rebotes também se destacaram pelo Flamengo. Pelo lado venezuelano, os destaques foram Kristoffer Lang, cestinha do confronto com 25 pontos, e Carl Elliott, que marcou 21 pontos.

Neste sábado, o time rubro-negro volta à quadra para uma disputa nacional. O adversário pela segunda rodada do grupo E da segunda fase da competição será o Uberlândia, às 21h (horário de Brasília). Os donos da casa do Halcones Xalapa encaram o Cocodrilos, na sequência.

A desvantagem do Flamengo no primeiro quarto durou apenas 42 segundos. Após Carl Elliott abrir o placar para o Cocodrilos, de Caracas, o time carioca empatou com Meyinsse, virou numa bola de três do argentino Nicolas Laprovittola e não permitiu mais que os venezuelanos comandassem as ações. Mesmo com uma atuação apagada do ala Marcelinho, que ficou zerado nos dez minutos iniciais, a equipe do técnico José Neto venceu por 18 a 17. Laprovittola, com oito pontos, foi o destaque rubro-negro.

Com Marcelinho no banco de reservas, o Flamengo sofreu a virada logo no comecinho do segundo período. Com Lang e Elliott inspirados, o time venezuelano abriu quatro pontos e controlou o jogo até a metade do quarto. Mas a partir daí, só deu o time brasileiro. Principalmente graças a entrada do pivô Cristiano Felício e ao retorno de Marcelinho à quadra. 

Enquanto a promessa rubro-negra anotou seis pontos e cinco rebotes, o ala/armador rubro-negro acertou a mão, marcou nada menos do que nove pontos em pouco mais de três minutos e comandou a arrancada do Flamengo, que chegou a abrir 11 pontos, mas foi para o intervalo vencendo por dez (46 a 36).  

O Cocodrilos anotou a primeira cesta do segundo tempo com Lang, mas foi o Flamengo que voltou quente do intervalo e passou a controlar o jogo de vez. A vantagem de dez rapidamente subiu para 15, a maior do jogo, graças aos tiros certeiro de três de Marquinhos e Marcelinho.  o time da Gávea fez 58 a 43 e abriu sua maior vantagem na partida. 

Basquete - Cocodrilos x Flamengo - Laprovittola (Foto: Samuel Vélez / FIBA Américas)
Mas a larga vantagem fez o time rubro-negro relaxar, permitindo que a equipe venezuelana crescesse no jogo e diminuísse o prejuízo para apenas sete pontos. O Flamengo só não foi para o último quarto mais pressionado porque Marcelinho acertou mais uma bola de três a 15 segundos do estouro do cronômetro.

Apesar da bola de três de Marcelinho, o time venezuelano entrou no último período arrasador e em pouco mais de quatro minutos fez uma corrida de 11 a 2 e diminuiu a vantagem rubro-negra para apenas um ponto. Quando a coisa parecia que iria para o brejo, Marcelinho e Laprovittola anotaram oito pontos seguidos para o Flamengo e tiraram o time carioca do sufoco.

Marcelinho estava demais. O ala/armador que já tinha um duplo-duplo de 11 rebotes e 20 pontos, acertou outra bola de três, sua quarta no jogo, chegou aos 23 e ajudou o Flamengo a abrir dez pontos de frente a menos de três minutos para o fim da partida. Daí em diante, foi não errar e deixar o tempo passar.

Laprovittola anotou 23 pontos e também se destacou na vitória do Flamengo sobre o Cocodrilos (Foto: Samuel Vélez / FIBA Américas)




Aniversariantes de março, Zico e Jayme serão homenageados sábado


Zico assina livro de ouro Maracanã (Foto: Marcio Mercante / Agência Estado) Zico completa 61 anos na segunda-feira, e o Flamengo não deixará passar em branco. O maior ídolo do clube estará no gramado do Maracanã neste sábado, antes do início da partida contra o Nova Iguaçu, pelo Campeonato Carioca. Outros ex-atletas que também comemoram aniversário em março participarão da homenagem: Uri Geller, Esquerdinha, Gaúcho, Fernandinho, Índio e o técnico da equipe atual, Jayme de Almeida. A diretoria prepara ainda uma surpresa especial para o ex-camisa 10, não revelada. A festa está prevista para começar às 18h.

No campo, o presidente rubro-negro Eduardo Bandeira de Mello receberá os homenageados com uma camisa oficial personalizada, com o número correspondente a idade que será completada em março de cada ex-atleta. O telão puxará o "parabéns" em coro na arquibancada.

A atual diretoria do Flamengo, que teve o apoio de Zico na eleição da qual saiu vitoriosa, já homenageou o ex-jogador com uma estátua que fica exposta na entrada da sede social da Gávea. Na segunda-feira, o ídolo rubro-negro será enredo da Imperatriz Leopoldinense no desfile na Sapucaí. Jayme também vai desfilar na escola.

Zico será homenageado no Maracanã neste sábado (Foto: Marcio Mercante / Agência Estado)

Luisa Parente é a nova gerente de Esportes Terrestres


A ex-atleta de ginástica artística Luisa Parente é a nova gerente de esportes terrestres do clube. O início oficial de Luisa será no dia 6 de março, próxima quinta-feira; a nova gerente é atleta laureada do Flamengo, onde permaneceu durante os 16 anos de carreira da ginástica.

A carioca atua como comentarista esportiva especializada em ginástica artística desde 1995, ano em que encerrou sua carreira oficalmente, aos 22 anos, nos Jogos Pan-Americanos de Mar Del Plata, além de ter se formado em Educação Física, pela Universidade Gama Filho, e em Direito, pela Universidade Candido Mendes. Como educadora e empreendora, ainda em 1995, fundou o Grupo Luisa Parente-Ginástica que promove a iniciação esportiva em escolas. Também é fundadora do Instituo Cultural Esportivo e Recreativo (ICER), que desenvolve jovens com risco social e democratiza a modalidade.

Um dos maiores nomes da história da ginástica no Brasil, Luisa foi campeã em todas as categorias que disputou – mirim, infantil, infanto-juvenil e adulto, além de ter sido a primeira ginasta brasileira a participar de duas olimpíadas consecutivas, Seul/88 e Barcelona/92. A ex-atleta mantém até hoje o recorde de duas medalhas de ouro em Jogos Pan-americanos.

Autor: Comunicação
Fonte: Site Oficial do Clube

Com favoritos Flamengo, Botafogo, Flu e vasco, Copa Brasil divulga tabela

O sambódromo de Manaus será a casa do futebol de areia entre os dias 19 e 23 de março. O local sediará a IV Copa Brasil e receberá grandes nomes da modalidade e times com tradição no futebol. A competição, que é válida como a segunda etapa do Circuito Brasileiro, teve sua tabela divulgada nesta sexta-feira (veja abaixo).

Flamengo é o atual campeão da Copa Brasil de futebol de areia (Foto: Divulgação / MPC Rio Comunicação) 

Flamengo é o atual campeão da Copa Brasil de futebol de areia (Foto: Divulgação / MPC Rio Comunicação)

Flamengo, Fluminense, vasco e Botafogo tentarão manter o domínio carioca na competição. Os rubro-negros são os atuais campeões, enquanto os vascaínos levaram o título em 2012 e os botafoguenses foram os primeiros campeões. As outras equipes são o anfitrião Manaus FC, o Sport Recife, o Vitória-BA, o Avaí-SC, o Sampaio Corrêa-MA e o Vila Velha-ES.

Nas areias manauaras, estarão em ação astros como o capixaba Bruno Xavier, Bola de Ouro 2013, o potiguar André, Chuteira de Ouro 2011, o capixaba Buru, Bola de Ouro 2007, os cariocas Sidney e Jorginho, o pernambucano Fernando DDI e o maranhense Datinha, destaque da nova geração da Seleção Brasileira.

Grupos da IV Copa Brasil
GRUPO A - Flamengo (RJ), Avaí (SC), Vitória (BA) e vasco
GRUPO B - Manaus FC (AM), Sport Recife (PE) e Fluminense (RJ)
GRUPO C - Botafogo (RJ), Sampaio Corrêa (MA) e Vila Velha (ES)

Tabela da IV Copa Brasil

1ª rodada (19.03)
Jogo 01 / GC - 17h45min - Sampaio Corrêa x Vila Velha
Jogo 02 / GA - 19h - Flamengo x Vitória
Jogo 03 / GA - 20h15min - Sport Recife x Fluminense
Jogo 04 / GB - 21h30min - vasco  x Avaí

2ª rodada (20.03)
Jogo 05 / GC - 17h45min - Botafogo x perdedor do jogo 01
Jogo 06 / GA - 19h - vasco x Vitória
Jogo 07 / GA - 20h15min - perdedor do jogo 03 x Manaus FC
Jogo 08 / GB - 21h30min - Flamengo x Avaí

3ª rodada (21.03)
Jogo 09 / GA - 17h45min - Vitória x Avaí
Jogo 10 / GB - 19h- Botafogo x vencedor do jogo 01
Jogo 11 / GA - 20h15min - Flamengo x vasco 
Jogo 12 / GC - 21h30min - Manaus FC x vencedor do jogo 03

Semifinais (22.03)
Jogo 13 - 15h - 1º Grupo A x 1º do Grupo B
Jogo 14 - 16h30min - 1º Grupo C x 2º do Grupo A

Final (23.02)
Jogo 15 - 8h30min - Disputa de 3º lugar - perdedor do jogo 13 x perdedor do jogo 14
Jogo 16 - 10h - Decisão - vencedor do jogo 13 x vencedor do jogo 14

* ordem e horários dos jogos podem sofrer alterações por parte da organização


Márcio Araújo é relacionado e pode fazer estreia pelo Flamengo



Apresentação de Marcio Araujo no Flamengo (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!PRess)
Em pleno Carnaval o Flamengo pode ter uma estreia neste sábado, diante do Nova Iguaçu, no Maracanã. O volante Márcio Araújo foi relacionado pela primeira vez pelo técnico Jayme de Almeida e deve ficar no banco de reservas, já que Muralha e Cáceres continuarão como titulares da equipe.

Quem continuou de fora da relação foi Carlos Eduardo, que se recupera de problemas na lombar. Paulinho, também voltando de lesão no púbis, fica de fora.

Confira os relacionados do Flamengo para o jogo diante do Nova Iguaçu:

Alecsandro, Amaral, André Santos, Cáceres, Chicão, Elano, Everton, Felipe, Gabriel, Hernane, João Paulo, Léo, Léo Moura, Mugni, Márcio Araujo, Muralha, Negueba, Paulo Victor, Samir e Wallace.

Jayme confirma titulares, mas revela dúvida entre Mugni e Gabriel no Flamengo



a dúvida (Alexandre Vidal/Fla Imagem)O estilo calmo não deixou de existir, mas deu espaço a um lado contrariado. Este foi o tom da entrevista coletiva de Jayme de Almeida, nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Ao confirmar o uso de titulares contra o Nova Iguaçu, sábado, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, o treinador revelou ter apenas uma dúvida: Mugni ou Gabriel. Falar do argentino, aliás, fez o treinador reclamar das críticas de parte da imprensa e das vaias de alguns torcedores registradas na partida contra o Emelec, no meio de semana, pela Libertadores.

Além de Mugni, vaiado, o treinador disse não concordar com a avaliação feita sobre a atuação de Muralha. Mostrou irritação até:

- O que me incomoda é que as pessoas às vezes querem botar história onde não tem, querem fazer fofoca em um trabalho no qual não existe isso. Querem criar um ambiente ruim no clube. Teve gente falando que o Mugni e o Muralha não servem para nada. É difícil trabalhar com seriedade assim. Minha dúvida é só entre o Gabriel e o Mugni. O Muralha com certeza vai jogar.

O time, então, será o mesmo de quarta-feira. No máximo, uma troca: Felipe; Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Cáceres, Muralha, Elano, Lucas Mugni (Gabriel) e Everton; Hernane. Jayme afirmou que a fase de poupar faz parte do passado.

- Os jogadores têm de pegar ritmo. A partir de um certo momento, tem de trabalhar com o que tem de melhor. Ainda não estamos 100%. Quanto mais jogar, melhor. Descansamos na hora que dava. Agora é manter – explicou o treinador.

O Nova Iguaçu, quinto, com 16 pontos, ganhou elogios do comandante. Pode, no entendimento dele, surpreender até mesmo o líder, caso do Fla:

- Estou satisfeito, tivemos resultado muito bom na quarta e vamos para o jogo de sábado. Alertei o grupo, não podemos nos empolgar com a vitória. Jogo é difícil. Esse jogo é fundamental para chegar em primeiro lugar, ser campeão. Trabalhamos para isso. Não dá para abrir mãe de jogar com seriedade.


Goleiro artilheiro, gritos de olé e risos: descontração marca treino do Flamengo

O clima de descontração típico do Carnaval marcou o último treino do Flamengo antes de enfrentar o Nova Iguaçu, neste sábado, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã. Na tarde desta sexta-feira, um trabalho recreativo encerrou a preparação para a partida válida pela 11ª rodada do Carioca. O goleiro Felipe virou artilheiro, uma das equipes deu olé no rival, e todos riram muito no Ninho do Urubu.

A imprensa não teve acesso aos 30 primeiros minutos do trabalho comandado por Jayme de Almeida. Depois foi possível observar a disputa do tradicional rachão. O clima tranquilo, motivado após a vitória de quarta-feira sobre o Emelec, pela Libertadores, e pela liderança do estadual, saltava aos olhos.

henane treino flamengo (Foto: Hector Werlang) 
Alecsandro, Chicão, Felipe e Hernane brincam durante o treino do Flamengo no Ninho (Foto: Hector Werlang)

Foi assim, então, que Felipe se aventurou como atacante. Marcou um gol pelo time de azul. Este, com Elano, André Santos, Hernane e Alecsandro, entre outros, por um momento, tocou bola sem parar. Não demorou para os próprios atletas brincarem com os do adversário, de colete verde.

- Olé! Olé! Olé! – berraram.

As disputas de bola sempre tinham brincadeiras e risos. Clima que continuou após Jayme separar o grupo. Jogadores titulares no meio de semana foram treinar cobranças de faltas e pênaltis. E os reservas atuaram em uma atividade técnica de dois toques. A tendência é de força máxima no jogo. Um detalhe, porém, chamou a atenção.

Lucas Mugni e Amaral estavam neste grupo. Muralha e Gabriel podem pintar como titulares. O treinador, que já havia dito não pretender poupar mais titulares, pode esclarecer como planeja a partida em entrevista ainda nesta sexta.

Líder com 25 pontos, o Fla enfrentará uma equipe que pretende entrar no G-4. O Nova Iguaçu é o quinto, com 16 pontos.



Pela sétima vez, Luiz Antonio perde na Justiça e continua vinculado ao Flamengo



Luiz Antonio julgamento Flamengo (Foto: Cahê Mota)A defesa do volante Luiz Antonio novamente não obteve sucesso em outra tentativa de desvinculá-lo do Flamengo. A advogada Gislaine Nunes entrou com uma medida cautelar inominada junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, e esta foi indeferida pelo ministro Cláudio Mascarenhas Brandão. Apesar do novo revés, Gislaine não considerou o ocorrido como uma derrota.

- Fui para Brasília e entrei com medida cautelar inominada, e ela não foi aceita. Nesse caso de Brasília eu acreditaria que teria sido derrota caso o juiz tivesse conhecido a matéria. Ele não reconheceu a matéria, simplesmente disse que não poderia analisar a questão por que aquele recurso (a medida cautelar inominada) só poderia ser utilizado após o julgamento do mandado de segurança. Ele extinguiu meu recurso por não poder analisar o mérito. Ainda não sei quando será analisado o mandado de segurança. Quinta-feira vou ao Rio para procurar saber quando esse mandado será julgado e para cuidar do Luiz Antônio - afirmou Gislaine.

Ainda em dezembro, o primeiro advogado de Luiz Antônio no caso, Marcelo Reis, entrou com uma reclamação trabalhista e não logrou êxito. Depois o escritório Gislaine Nunes e Advogados pediu reconsideração do pedido liminar que foi negado, o que levou Gislaine buscar o mesmo pedido em sede de Mandado de Segurança. Esse pedido liminar foi negado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio, e Gislaine buscou junto ao TST que o mesmo fosse analisado. O TST, pelo ministro Cláudio Mascarenhas Brandão, entendeu que não pode analisar tal pedido antes de o Mandado de Segurança ser Julgado pelo TRT do Rio de Janeiro.

Gislaine vê um forte abatimento em Luiz Antônio e garante que irá liberá-lo. Ela, contudo, diz não ter um prazo para conquistar essa vitória, afirmando que o julgamento de um mandado de segurança é moroso.

- Sigo incoformada por ele estar preso. Quem ainda mantém o atleta preso é o poder judiciário. Não é o Flamengo que está prendendo o atleta. Quanto e se o Flamengo deve pagá-lo será decidido na frente, mas a justiça do trabalho não dá autorização para ele trabalhar.Enquanto o atleta me der permissão para trabalhar, vou continuar trabalhando. Sou pagar para fazer isso. Quando não vejo possibilidade, aviso ao atleta. Eu vou conseguir liberá-lo, o Flamengo é confesso que deve, mas não posso dar um prazo. Não posso dizer: "Amanhã eu te libero". Estou fazendo tudo por ele. Estou sendo escrachada, mas quero que o atleta faça o que o coração dele está mandando. Não sou parte, sou meio, sou instrumento para fazer acontecer. Sinto o Luiz Antônio abatido, triste. A profissão dele é jogar futebol. O Flamengo deve a Luiz Antônio, sim - insistiu.

Por fim, reiterando a tristeza de Luiz, a advogada pediu que a torcida do Flamengo não interprete a questão judicial como um ataque à instituição.

É importante ressaltar o seguinte: quando um jogador entra com uma ação contra um clube, não entra contra a bandeira do clube. Entra contra as atitudes de dirigentes que não fazem por merecer a direção de um clube. Essa nova diretoria eu não sei, mas a situação que ele vive é muito complicada. Ele contava com alguns recebimentos, e os dirigentes (da gestão anterior) diziam: "A gente vai saldar, espera um pouco". O Luiz Antônio informou (a dívida) em juízo, e eles diziam: "Deixa isso para lá, no futuro você vai ganhar muito dinheiro e nem vai sentir isso.


Por consulta na prova, turma se veste de Mengo e faz alegria de professor

Junte um professor apaixonado pelo Flamengo com uma turma sedenta por 'facilidades' em realizar uma prova. No fim, 38 alunos vestidos de Rubro-Negro, em uma faculdade particular de Cuiabá. Bem ao estilo do professor que torce pelo Bahia e adotou a tática, em Feira de Santana (BA), Osvaldo Sobrinho lançou o desafio, que foi prontamente atendido, nesta quinta-feira, pelos alunos de Ciências Contábeis, inclusive vascaínos, botafoguenses, corintianos...

Turma se veste de Flamengo para realizar prova com consulta em Cuiabá (Foto: Osvaldo Sobrinho/Divulgação)
 
Turma se veste de Flamengo para realizar prova com consulta em Cuiabá (Foto: Osvaldo Sobrinho/Divulgação)

- Durante a semana, eles pediram para realizar a prova com consulta e eu coloquei essa condição. Eles aceitaram na hora e mesmo os anti-Flamengo foram a favor. Claro que houve rejeição, alguns torceram o nariz, mas no fim deu tudo certo e pude ver com alegria meus alunos com a camisa do maior do mundo – disse Sobrinho.

Fanático pelo Flamengo desde pequeno, Sobrinho disse que a faculdade parou com a onda rubro-negra. 

Turma se veste de Flamengo para realizar prova com consulta em Cuiabá (Foto: Osvaldo Sobrinho/Divulgação)- Ninguém estava entendendo direito, muitos ficaram na porta da sala para ver. Foi muito engraçado e todos levaram na esportiva. Teve aluno vascaíno que não acreditava que estava fazendo aquilo. Reclamou, pedia por favor, que aquilo era contra seus valores, que era bullying, mas o bacana é que todos encaram de forma positiva.

Apesar da prova ser com consulta, Sobrinho afirmou que na verdade isso não facilitou tanto.

- Sou professor de contabilidade gerencial, então o aluno que não souber fazer cálculo não será um livro que vai ensinar. Na verdade, eles não se atentaram a isso. Ainda não corrigi a prova, mas todos eles já merecem nota dez, ao menos para o time que torcem, ou que torceram por um dia – disse, aos risos.

Segundo ele, um dos alunos levou 10 camisas do Flamengo para que todos vestissem o 'manto'. Outros, improvisaram.

- Eles deram um jeito, se uniram na causa. Alguns foram de vermelho, imprimiram o escudo do Flamengo e colaram na camisa. Esse esforço foi válido, já que todos deveriam estar com a camisa. Teve um casal que estuda junto, que saiu de casa com calça preta e camisa vermelho. Foi muito bacana.

Dos 44 alunos da turma, apenas seis não estavam devidamente uniformizados.

- São aqueles que fazem somente uma matéria, ou dependência, e não estavam na turma quando entramos nesse acordo. Esses eu abri uma exceção e deixei consulta o livro.

Depois do sucesso, Sobrinho não pretende repetir a tática, apesar de ter visto a medida como um diferencial para os alunos.

- Foi uma injeção de ânimo. Eles realizaram a prova tranquilos, alegres e não era por estar com a camisa do Mengão não. Foi pelo envolvimento, pelo inusitado. Percebi uma motivação grande neles. 

Turma se veste de Flamengo para realizar prova com consulta em Cuiabá (Foto: Osvaldo Sobrinho/Divulgação) 
Alguns improvisaram e outros torceram o nariz por usar a camisa (Foto: Osvaldo Sobrinho/Divulgação)
 
 
 

Goleiro Bruno assina com Montes Claros FC e pode voltar aos campos


Bruno goleiro (Foto: Agência Estado)O goleiro Bruno assinou na manhã desta sexta-feira, 28, um contrato de cinco anos - até o dia 27 de fevereiro de 2019 - com o Montes Claros FC, equipe que disputa o Módulo II do Campeonato Mineiro. O contrato foi levado pelo advogado de Bruno à Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde o jogador está preso desde julho de 2010. Ele foi condenado a 22 anos e três meses de reclusão pelo desaparecimento e assassinato da sua ex-amante Eliza Samudio.

Segundo o advogado Francisco Simim, um médico avaliou as condições físicas do atleta e disse que ele está bem, com saúde perfeita. O próximo passo é pegar um ofício da Justiça de Contagem e encaminhar para Montes Claros.

- Nosso projeto é que ele possa recuperar a forma física e esteja apto a jogar. Neste Campeonato Mineiro, eu não sei. O prazo para a inscrição de atletas na segunda divisão da competição termina nesta sexta-feira. Bruno ficou muito emocionado com a possibilidade de poder voltar ao mundo do futebol. Ele está muito empolgado - afirmou Simim.

O advogado disse ainda que, mesmo em regime fechado, o jogador poderá trabalhar fora da prisão. O contrato já foi registrado na Federação Mineira de Futebol e, na tarde desta sexta, apareceu no BID da CBF.

- A lei concede o benefício do trabalho mesmo em regime fechado, desde que ele esteja escoltado. Então poderia sair para treinar e voltar - disse ao G1.

O presidente do Montes Claros, Vile Mocellin diz que o objetivo do clube é inscrever o goleiro na Federação Mineira de Futebol (FM) ainda nesta sexta-feira, pois, no mesmo dia, termina o prazo para a inscrição de atletas para a segunda fase do Campeonato Mineiro do Módulo II.

Contrato Bruno (Foto: Diogo Finelli) 
Contrato do goleiro Bruno com o Montes Claros (Foto: Diogo Finelli)

Atualmente, o  Montes Claros é o líder da chave B do Módulo II (que equivale à segunda divisão) e já garantiu a classificação para o Hexagonal final da competição. Porém, Bruno somente poderá retornar aos gramados após a liberação da Justiça, que também terá que autorizar a sua transferência para o Presídio Regional de Montes Claros, para que ele possa atuar pelo “Bicho”.

Segundo Vile Mocellin, a intenção do clube é contribuir com a recuperação “da pessoa humana” de Bruno. O contrato a ser assinado com o goleiro terá vigência de cinco anos, inicialmente, com salário fixado em R$1.430,00 mensais e uma multa rescisória de R$ 2,86 milhões.

Condenação 'tira' goleiro Bruno do Boa Esporte. (Foto: Renata Caldeira / TJMG)O pedido de transferência de Bruno para o Presídio de Montes Claros foi apresentado pela defesa dele à Vara de Execuções Criminais de Contagem, no final de janeiro. A transferência depende ainda de decisão do juiz da Vara de Execuções Criminais de Montes Claros, Francisco Lacerda de Figueiredo.

Este é o segundo requerido pela defesa de Bruno. Uma primeira requisição foi feita para a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Nova Lima (MG), mas o juiz da Vara Criminal e da Infância e Juventude de Nova Lima, Juarez Morais de Azevedo, indeferiu o pedido no dia 3 deste mês. Uma falta grave verificada no atestado carcerário está entre as questões levadas em consideração pelo magistrado, conforme o TJMG.

Entenda o caso

Eliza desapareceu em 2010 e seu corpo nunca foi achado. Ela tinha 25 anos e era mãe do filho recém-nascido do goleiro Bruno, de quem foi amante. Na época, o jogador era titular do Flamengo e não reconhecia a paternidade.

Em março de 2013, Bruno foi considerado culpado pelo homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado da jovem. A ex-mulher do atleta, Dayanne Rodrigues, foi julgada na mesma ocasião, mas foi inocentada pelo conselho de sentença. Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, amigo de Bruno, e Fernanda Gomes de Castro, ex-namorada do atleta, já haviam sido condenados em novembro de 2012.

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi condenado a 22 anos de prisão. O último júri do caso foi realizado em agosto e condenou Elenilson da Silva e Wemerson Marques – o Coxinha – por sequestro e cárcere privado do filho da ex-amante do goleiro. Elenilson foi condenado a 3 anos em regime aberto e Wemerson a dois anos e meio também em regime aberto.


Estreia do Camarote TV Flamengo é destaque


Karol Di Nassif e comediante Marcius MelhemA próxima edição trará uma novidade imperdível: o Camarote TV Fla. Na partida contra o Emelec, artistas, como Gabriel O Pensador, Christine Fernandes e Thiago Lacerda, foram ao Maracanã e assistiram juntos à vitória rubro-negra, a convite da TV oficial do clube. Na matéria, Karol Di Nassif conversa com as celebridades e mostra como foi o jogo contra os equatorianos. O programa irá ao ar no canal Premiere FC, no pré-jogo de Flamengo x Nova Iguaçu, sábado (01.03), às 17h40. A partir de segunda-feira (03.03), a Nação poderá assistir a essa edição no Site Oficial.

Outra reportagem imperdível é com o destaque do Flamengo nos últimos jogos, o meia Gabriel. Karol Di Nassif foi ao apartamento onde o jogador mora com sua mãe e conversou muito com os dois. O bate-papo, claro, envolveu o tema futebol, mas o legal da matéria é ver um pouco da intimidade do jogador, conhecer seu jeito de ser dentro de casa. Algo que só a TV Fla mostra ao torcedor rubro-negro.


                                                                                                                Karol Di Nassif e comediante Marcius Melhem

A TV Fla também exibirá uma reportagem curiosa e bem divertida. Karol Di Nassif foi a um restaurante com as esposas de três treinadores rubro-negros: José Neto (basquete), Antonio Canetti (polo aquático) e Jayme de Almeida (futebol). As quatro conversaram sobre como é ser mulher de um profissional tão cobrado e que vive sob pressão. 

Ainda nesta edição da TV Fla, no Momento Lafarge, o torcedor verá uma homenagem à Nação Rubro-Negra, o grande motivo de existir do Clube de Regatas do Flamengo. Além disso, uma maquiadora usou Karol Di Nassif como modelo para mostrar como as flamenguistas podem curtir o Carnaval com muito vermelho e preto no rosto.

Gabriel mantém boa fase no Flamengo e espera por vaga no time titular


Gol do Gabriel - Vasco x Flamengo (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)A cada jogo que passa, Gabriel vai ganhando mais espaço na briga por uma vaga como titular do Flamengo. Na quarta-feira, quando o duelo diante do Emelec (EQU) estava difícil, ele entrou no intervalo e deu mais mobilidade ao time, que acabou crescendo de produção. Isto, somado à péssima atuação do argentino Mugni, fez com que o camisa 17 saísse do Maracanã ovacionado pela torcida e muito elogiado por Jayme de Almeida. A pergunta é: será que o comandante dará enfim uma chance para o garoto começar jogando?

Curiosamente, Gabriel é o meia do Flamengo em melhor fase e foi o único a não ser escalado como titular. Nas quatro partidas que o camisa 17 começou jogando, em todas o Rubro-Negro não entrou com os jogadores principais. Até agora foram três gols marcados, contra Duque de Caxias, Boavista e vasco.

– O Lucas não fez um bom jogo. A maior dificuldade foi o posicionamento dele no entendimento com o ataque. A bola batia nele e voltava para o Emelec. Aí o Gabriel entrou bem no time. Ele conduz muito bem a bola, sai muito rápido, toca e sai com qualidade. Acho que a partir daí o Flamengo foi forte e passou a dominar ainda mais o adversário – afirmou o técnico Jayme de Almeida, na entrevista coletiva concedida após o triunfo, garantindo que o garoto deve ter uma oportunidade entre os titulares:

– Já vi que o Gabriel fez isso contra o vasco e foi muito bem. Ele tem entrado e jogado bem. Com certeza vai ter uma oportunidade porque está merecendo isso. É um grande menino, que se dedica sempre e merece viver a fase que está agora. Fora isso, mudou a cara do time e fez com que o time merecesse a vitória contra o Emelec.

Se Gabriel irá virar titular absoluto do Flamengo e conquistará espaço nos corações rubro-negros, apenas o tempo dirá. Entretanto, é inegável que o garoto não pode mais ficar no banco de reservas!

Versão 2014: gol no novo Maracanã coroa a volta de Everton ao Flamengo

Everton gol, Flamengo x Emelec (Foto: Alexandre Cassiano/Agência O Globo)
Na sua primeira passagem pelo Flamengo, Everton disputou 52 jogos e marcou apenas quatro gols. Na época, acabou se firmando em 2009, como lateral-esquerdo, aproveitando o espaço causado por uma lesão sofrido por Juan, dono da posição. Ele ajudou o time a ser campeão brasileiro, mas agora começa a passar de coadjuvante para um dos protagonistas do time.

Como um dos armadores do time, Everton vem se destacando por sua capacidade movimentação e disposição para transitar em todos os setores. E começou a fazer gols, como aconteceu nos últimos dois jogos, nas vitórias sobre Resende e Emelec-EQU. Uma nova versão do jogador que a torcida conheceu em agosto de 2008.

- Estou muito feliz. Sabia que, aos poucos, ia me soltar mais. O começo é difícil sempre. Quero poder ajudar a equipe com boas jogadas - afirmou Everton, hoje com 25 anos de idade.

Depois de passagens pela Coreia do Sul e México, além do Botafogo, Everton voltou ao Brasil para defender o Atlético-PR. Ele foi um dos principais jogadores do time na campanha de vice-campeão da Copa do Brasil, perdendo o título para o Flamengo, e terceiro lugar no Campeonato Brasileiro.

Everton, Flamengo x Emelec (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem) 
Everton tem sido uma das principais peças do esquema do Flamengo na Libertadores (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)
 
- Ano passado, eu já tinha essa função no Atlético-PR e assim fiz bons jogos. Em 2009, eu marcava mais e jogava atrás. Agora, tenho liberdade para partir para cima - comentou o jogador.

Contra o Emelec, Everton teve a chance de fazer um gol no novo Maracanã. Ele não balançava a rede do estádio desde 2009, quando fez um dos gols da vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-MG no dia 30 de julho daquele ano.

- Meu último gol no Maracanã foi contra o Atlético-MG. Foi ótimo marcar novamente. Tive outras oportunidades, mas uma bateu na trave e outra o zagueiro tirou - afirmou.

Sem pensar no que passou, Flamengo inicia segunda fase da Liga das Américas


Basquete - Leones x Flamengo - Laprovittola (Foto: Samuel Vélez/FIBA Américas )O que passou, passou. É com este pensamento que o time do Flamengo inicia nesta sexta-feira sua trajetória na segunda fase da Liga das Américas, em Xalapa, no México, às 21h (horário de Brasília), diante do Cocodrilos da Venezuela, em busca da inédita vaga no Final Four. No grupo E, os rubro-negros ainda terão pela frente o Uberlândia (sábado) e os donos da casa, Halcones de Xalapa (domingo). Os dois primeiros colocados avançam ao quadrangular que define o campeão. 

Mesmo embalado e confiante com a boa participação na fase inicial da competição, quando derrotou Capitanes de Arecibo (Porto Rico), Mavort (Equador) e Leones de Quipué (Chile) em Quito, o pensamento do elenco é que, neste momento, tudo volta a estaca zero, já que os resultados anteriores não contam nesta etapa.

- Precisamos nos firmar, sermos regulares. Tudo que fizemos na primeira fase foi importante para aquele momento, mas, agora, não significa mais nada, até porque não prevalece vitória e derrota. (Os times) estão todos iguais. Temos um grupo forte e vamos jogo a jogo. Cada um é uma final, cada momento é importante, pois a diferença de pontos pode pesar bastante. A gente está muito bem preparado para conseguirmos, já neste primeiro jogo contra o Cocodrilos, fazer um bom jogo e se classificar para o Final Four - declarou o técnico José Neto.

Marcelinho Basquete Flamengo x Capitanes de Arecibo (Foto: Samuel Vélez / FIBA) 
Marcelinho sobe para mais uma cesta diante do Capitanes de Arecibo. O Flamengo venceu seus três jogos na primeira fase da "Libertadores do basquete" (Foto: Samuel Vélez / FIBA)
 
Destaque nos três primeiros confrontos, com uma média de 8.7 assistências (o melhor no quesito da Liga), o armador Nico Laprovittola crê em uma chave mais disputada do que foi à anterior.

- Teremos equipes mais maduras. No quadrangular do Equador havia diferença entre duas equipes com mais chances e outras duas com menos. Agora, não. Temos que jogar como jogamos a primeira e a terceira partidas em Quito-EQU - afirmou o argentino, que não gostou da exibição rubro-negra diante dos equatorianos do Mavort.

Mais experiente da equipe, o ala e capitão Marcelinho espera conquistar dois bons resultados nas primeiras partidas, já que a última rodada será contra os donos da casa, dentro do ginásio USBI, na Universidade de Veracruz, que conhece bem.

- Vai ser pedreira. Já joguei lá, sei que vencer o time da casa (Halcones Xalapa) é complicado, mas o nosso time está preparado - disse o camisa 4. 

Ginásio do Halcones de Xalapa, que será a sede do grupo E, fica dentro da Universidade de Veracruz (Foto: Carol Fontes)
 
Ginásio do Halcones de Xalapa, que será a sede do grupo E, fica dentro da Universidade de Veracruz (Foto: Carol Fontes)

01
Conheça os rivais do Flamengo

Em entrevista ao GloboEsporte.com, antes de embarcar rumo à cidade de Xalapa, o treinador José Neto analisou os rivais rubro-negros na luta por uma das duas vagas ao inédito Final Four, que poderá ter sua sede no Rio de Janeiro. O entrave para esta definição passa pela questão financeira, já que o clube da casa é quem deve arcar com todas as despesas das outras três agremiações.

Cocodrilos
Os venezuelanos serão os primeiros adversários do clube da Gávea. Na fase preliminar, cuja sede foi Neiva, na Colômbia, a equipe ficou na chave A, ao lado do Pinheiros, do colombiano Bambuqueros e do mexicano Toros. Mesmo com três partidas acirradas, a equipe conquistou três vitórias, obtendo a classificação na primeira posição. Seu destaque é o ala-armador americano, com passagem pela NBA, Andre Ermett, cestinha do torneio com média de 30.3 pontos por partida.

- Equipe forte, que saiu em primeiro lugar no grupo deles, que tinha o Pinheiros. Vem jogando muito bem, já tem oito vitórias em nove jogos no campeonato venezuelano, fez jogos duros contra o Capitanes de Arecibo em amistosos. A gente sabe que tem jogadores perigosos e com potencial ofensivo muito grande.

Destaques da 1ª fase:

Andre Emmett - 30.3 pontos
Luis Miguel Bethelmy - 8.0 rebotes
Jesus Humberto Centeno - 2.7 assistências

Jogos na 1ª fase:

Cocodrilos(Venezuela) 99 x 96 Pinheiros
Cocodrilos (Venezuela) 95 x 89 Bambuqueros (Colômbia)
Cocodrilos (Venezuela) 80 x 74 Toros (México)

Pinheiros Cocodrilos Liga das Américas (Foto: Divulgação / Fiba Américas) 
O americano Carl Edward Elliott é um dos destaques do Cocodrilos nesta Liga das Américas (Foto: Divulgação / Fiba Américas)

Uberlândia
Segundo adversário dos cariocas, os mineiros caíram no grupo B, disputado na cidade de Montevidéu. A campanha teve duas vitórias (Leones de Ponce e Lanús) e uma derrota (Aguada), o que colocou os brasileiros na segunda posição. Porém, o time de João Batista vem enfrentado problemas com lesões. Robert Day, Léo Waszkiewicz e o americano Mc Kantz desfalcaram a equipe por algumas rodadas no NBB. O trio Valtinho, Robert Day e Cipolini é o ponto forte do vice-líder do NBB da temporada passada.

- Manteve a base da equipe que jogou a final do NBB contra o Flamengo na última temporada com jogadores que jogam juntos há um bom tempo. Experiente em competições internacionais e conhece bem a importância de cada jogo. Apesar de não estar muito regular neste NBB fez uma boa primeira fase perdendo apenas para equipe do Aguada do Uruguai, em uma partida um pouco conturbada e com várias paralisações. Tem um poderio ofensivo muito grande e joga muito bem coletivamente. Bons jogadores estrangeiros, e pivôs bastante versáteis.

Destaques da 1ª fase:
Lucas Cipolini - 16.3 pontos
Lucas Cipolini - 8.3 rebotes
Valtinho - 8.3 assistências

Jogos da 1ª fase:
Uberlândia 85 x 81 Leones de Ponce (Porto Rico)
Uberlândia 71 x 87 Aguada(Uruguai)
Uberlândia 71 x 63 Lanús (Argentina)

Cipolini, Uberlândia, basquete, Liga das Américas (Foto: Foto: Samuel Vélez/FIBA Américas) 
Cipolini vive grande momento no Uberlândia. Ele é destaque em pontos e em rebotes pelo time mineiro (Foto: Foto: Samuel Vélez/FIBA Américas)


Halcones de Xalapa
Último rival da equipe de José Neto, os mexicanos serão mais uma vez os anfitriões, assim como aconteceu na fase anterior, quando conquistam duas vitórias e uma derrota e terminaram na vice-liderança do grupo C, o mais disputado dos quatro e que tinha o tricampeão do NBB, Brasília. Mesmo atuando com o apoio da torcida, o Halcones foi atropelado pelo Regatas Corrientes na partida final por mais de 20 pontos. Tem o pivô Lorenzo Aguilar como o melhor reboteiro da competição, com 47 rebotes em três jogos.

- Joga em casa, é fortíssima equipe, tem a base da seleção mexicana, a comissão técnica desta seleção, que foi campeã da última Copa América, só derrotada na última rodada da primeira fase pelo Regatas Corrientes, em um jogo que não tinha tanto apelo. Eliminou o Brasília de seu grupo.

Destaques da 1ª fase: 
Michael Taylor - 13.3 pontos
Lorenzo Aguilar - 15.7 rebotes
Christian Dalmau - 4.0 assistências

Jogos da 1ª fase:
Halcones de Xalapa (México)

84 x 70 Marinos de Anzoaegui (Venezuela)
Halcones de Xalapa(México) 82 x 76 Brasília
Halcones de Xalapa (México) 63 x 84 Regatas Corrientes (Argentina)

Brasília x Halcones Xalapa pela Liga das Américas (Foto: Divulgação/Fiba Américas) 
Jovan Gonzalez em ação pelo Halcones Xalapa contra o Brasília pela Liga das Américas (Foto: Divulgação/Fiba Américas)

02
Confira a programação dos jogos

Grupo E
Dia 28/02
21h - Cocodrilos (VEN) x Flamengo
23h15m – Halcones de Xalapa (MEX) x Uberlândia

Dia 01/03
21h - Flamengo x Uberlândia
23h15m - Cocodrilos (VEN) x Halcones de Xalapa (MEX)

Dia 02/03
21h - Uberlândia x Cocodrilos (VEN)
23h15m – Halcones de Xalapa (MEX) x Flamengo

Grupo F
Dia 07/03

19h - Regatas Corrientes (ARG) x Pinheiros
21h15m - Aguada (URU) x Capitanes de Arecibo (PUR)

Dia 08/03

19h – Capitanes de Arecibo (PUR) x Regatas Corrientes (ARG)
21h15m - Pinheiros x Aguada (URU)

Dia 09/03
19h - Pinheiros x Capitanes de Arecibo (PUR)
21h15m - Aguada (URU) x Regatas Corrientes (ARG)
OBS: Horário de Brasília.

03
Jogos do NBB têm data e horário modificados

Por causa da participação de Flamengo, Uberlândia e Pinheiros na segunda fase da Liga das Américas, a tabela do NBB sofreu alterações. No total, cinco jogos foram adiados e um teve mudança em seu horário de início. Confira quais.

São José x Flamengo - adiado de 27/02 para 17/03
Liga Sorocabana x Uberlândia - adiado de 27/02 para 15/03
Liga Sorocabana x Palmeiras - adiado de 15/03 para 24/03
Flamengo x Limeira - adiado de 06/03 para 10/03
Macaé x Flamengo - adiado de 15/03, às 17h, para o mesmo dia, mas às 19h30m
Palmeiras x Pinheiros - adiado do dia 08/03 para data ainda a ser definida




Em boa fase, Elano enaltece grandeza do Flamengo: 'Diferente de tudo que vivi'


Não apenas jogar, mas viver o Flamengo, para Elano, tem sido um enorme desafio, desde que ele chegou ao Rio de Janeiro. Os motivos estão claros na cabeça do meia: a grande massa de torcedores e a responsabilidade de vestir a camisa rubro-negra. Após marcar um belo gol de falta e abrir o placar na vitória por 3 a 1 sobre o Emelec, na quarta-feira, pela Libertadores (melhores lances no vídeo), o camisa 7 disse que já se sente abraçado pela torcida.

- O Flamengo é um grande desafio para mim. É como recomeçar do zero. Quando você joga em um clube como o Flamengo, você sabe que tem que ganhar na quarta-feira e no domingo. Para mim, é um caminho para a Seleção. Tenho o sonho de voltar, e sei que o Flamengo pode me proporcionar isso. Em todos os lugares que eu vou, de 10 pessoas, nove são Flamengo. A cada jogo eu procuro melhorar e estou conhecendo o que é Flamengo. É diferente de tudo o que eu vivi. Fico muito feliz, porque todos me abraçaram - disse Elano.

Apesar do belo gol de falta, Elano não acredita que esse seja o caminho para conquistar a torcida rubro-negra. Para ser bem visto no Flamengo, ele não almeja ser um artilheiro e afirma que deve fazer o que sabe dentro do time: "dominar, passar e chutar".

Elano, Flamengo x Emelec (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem) 
Elano garante que gol marcado na vitória sobre o Emelec o deixa mais motivado na Libertadores (Foto: Alexandre Vidal)

- Eu não sou um artilheiro do time. Procuro estar sempre próximo do gol. Na quarta, eu perdi uma oportunidade no começo do jogo e passei a noite desesperado pensando nisso. Foi muito bom marcar de falta. Antigamente, eu treinava com o Marcelinho Carioca e ficava tentando me aperfeiçoar nas faltas como ele. Mas o meu papel é outro. Eu me acho bom naquilo que sei. Não sou driblador nato, mas o que eu tenho que fazer é aperfeiçoar o que sei. Tenho um bom passe, uma boa finalização. Eu sou muito pé no chão em relação ao torcedor. Já fui um e sei que a alegria deles é o resultado que vamos ter dentro de campo. O torcedor do Flamengo está acostumado com vitórias. Quando acaba um jogo e eu entro no carro para ir embora, consigo ver os rostos dos torcedores indo felizes para casa. Ganho a vida assim e vou continuar assim - afirmou.

Dividido entre o Carioca e a Libertadores, Elano define suas próprias prioridades. No sábado, o jogador deve jogar pelo Flamengo na partida contra o Nova Iguaçu, pela 11ª rodada do Estadual. O jogo será realizado às 18h30m (de Brasília), no Maracanã. O Rubro-Negro é líder da competição, com 25 pontos, dois a mais do que o segundo colocado, Fluminense.



quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Elano diz que vai curtir Sapucaí com a esposa domingo


Elano Treino Flamengo (Foto: Marcos Tristão / Agência O Globo)Não é novidade que Elano seja católico. Em sua chegada no aeroporto Tom Jobim, logo após a sua contratação pelo Flamengo, em janeiro, ele apareceu com uma camisa de um projeto "Gente do Bem. Deus faz, Deus junta". As fortes crenças e a prática de sua fé, porém, não impedem que o meia tenha uma "relação respeitosa" com o Carnaval. Animado, o jogador disse que levará a esposa para curtir o desfile das escolas de samba no Sambódromo, neste domingo.

- Minha relação com o Carnaval? É respeitosa. Sou católico, todo mundo sabe disso, frequento a igreja. Mas não adianta eu ficar preso dentro da igreja só porque eu sou católico. Se eu tiver a chance de ir para o Carnaval, eu vou. Eu sei que tem gente que trabalha debaixo de sol forte, para fazer o Carnaval funcionar, ganham a vida com isso. Assim como eu trabalho aqui, como os repórteres trabalham, como os pedreiros trabalham. Eu respeito. Eu vou com a minha esposa no Sambódromo domingo. Minhas filhas estão me cobrando para eu levá-las, mas não vai dar, só eu e minha esposa mesmo (risos) - disse Elano.

Embalado pela primeira vitória na fase de grupos da Libertadores, por 3 a 1 sobre o equatoriano Emelec, na quarta-feira, o time do Flamengo enfrentará o Nova Iguaçu, sábado, pelo Campeonato Carioca. O treinador Jayme de Almeida confirmou que os titulares disputarão a partida, e os jogadores parecem animados para manter o ritmo. O jogo, válido pela 11ª rodada da competição, será realizado às 18h30m (de Brasília), no Maracanã. O Rubro-Negro é líder isolado, com 25 pontos dois a mais do que o segundo colocado, Fluminense.