Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 29 de março de 2014

Flamengo derrota Franca na prorrogação e segue embalado



Foi suado, dramático e decidido só na prorrogação, mas o Flamengo resistiu ao cansaço e à juventude da equipe de Franca para vencer a segunda partida de sua "maratona" particular nesta reta final da fase de classificação do NBB. Numa partida equilibrada, pegada e decidida literalmente nos segundos finais, o novo campeão da Liga das Américas, novamente sem o argentino Nicolas Laprovittola, mostrou sua força - física e técnica - e derrotou o corajoso time comandado por Lula Ferreira por 92 a 89 (44 a 37), neste sábado, no ginásio do Tijuca. 

Com 20 pontos, cinco rebotes, três assistências e duas bolas roubadas, Marcelinho foi o cestinha do jogo e o grande nome da dramática vitória rubro-negra. Marquinhos, com 19 pontos e cinco assistências; Meyinsse, que contribuiu com 15 pontos e seis rebotes; e Tony Washam e Olivinha, cada um com 14 pontos, também se destacaram.

- Sabíamos que seria uma partida muito difícil como foi, decidido só na prorrogação. Independentemente de estarmos classificados em primeiro lugar, nosso foco é sempre entrar em quadra para vencer. E é com esse pensamento que vamos para São Paulo e Fortaleza para tentarmos conquistar mais três vitórias nessa reta final - afirmou Olivinha, que anotou 14 pontos.

Basquete NBB - Flamengo x Uberlandia (Foto: Marco Aurélio/Fla Imagem) 
Meyinsse enterra na vitória do Flamengo sobre Franca na prorrogação por 92 a 89 (Foto: Marco Aurélio/Fla Imagem)
 
Pelo lado de Franca, o destaque foi o pivô Paulão Prestes, que anotou um duplo-duplo de 17 pontos e incríveis 21 rebotes. O americano Basden, com outro duplo-duplo de 18 pontos e dez rebotes, e Léo Meindl, com 14, foram os maiores pontuadores. 

O time rubro-negro terá pouco mais de 24 horas para descansar, já que a "maratona" de cinco jogos em oito dias continua nesta segunda-feira em São José dos Campos, contra os donos da casa. Na terça, o adversário será o Mogi das Cruzes, também no interior de São Paulo, e a mini excursão termina na quinta-feira, contra o Basquete Cearense, em Fortaleza. Os três jogos estão marcados para às 20h.


Satisfeito, Jayme elogia postura do Fla contra Cabofriense: 'Jogamos sério'

  
'satisfeito' (Roberto Filho/Agência Estado) 
Finalista e orgulhoso. Depois de tanto bater na tecla de respeito à Cabofriense durante a semana, Jayme de Almeida não poupou elogios para atuação do Flamengo, neste sábado. Se vaga na decisão do Carioca era algo quase garantido, os 3 a 1 no Maracanã, pela semifinal, deixaram o treinador feliz pela postura séria apresentada por seus comandados desde o minuto inicial. Agora, o Rubro-Negro aguarda Fluminense ou Vasco na finalíssima, nos dias 6 e 13 de abril. 

Com dois gols de Lucas Mugni e outro de João Paulo, o Fla carimbou uma classificação que já era prevista até pelos próprios rivais ainda no primeiro tempo, e tirou o pé na etapa final. Tanto que Jayme, que tinha poupado Everton, sacou Mugni e Paulinho pensando no confronto decisivo contra o Emelec, pela Libertadores, quarta-feira. 

- O Flamengo se comportou da maneira que vem fazendo em todo o campeonato. Jogamos sério. Tivemos um primeiro tempo muito bom, bem postado em campo, a postura dos meninos foi ótima, marcando, dificultando a saída de bola deles, como esperávamos. No segundo tempo, o ritmo caiu um pouco. Fico muito satisfeito. No primeiro semestre, uma das metas era chegar nas finais. Chegamos com uma bela campanha. Estou muito feliz, foi um dia legal. 

Na final e dono da melhor campanha do Carioca, o Flamengo volta as atenções para Libertadores. Na segunda-feira de manhã, a delegação embarca para Guayaquil, onde encara o Emelec, quarta, às 22h (de Brasília). Com um empate, o Rubro-Negro dependerá apenas de uma vitória sobre o León, dia 9, no Maracanã, para chegar às oitavas de final da disputa continental.

Confira a entrevista coletiva de Jayme de Almeida.

A PARTIDA 
- O Flamengo se comportou da maneira que vem fazendo em todo o campeonato. Jogamos sério. Tivemos um primeiro tempo muito bom, bem postado em campo, a postura dos meninos foi ótima, marcando, dificultando a saída de bola deles, como esperávamos. No segundo tempo, o ritmo caiu um pouco. Fico muito satisfeito. No primeiro semestre, uma das metas era chegar nas finais. Chegamos com uma bela campanha. Estou muito feliz, foi um dia legal. 

RECIFE 
- Foi a estreia. Não é normal, ele não é um lateral. Queríamos ver, ficamos satisfeitos e vamos levá-lo para Guayaquil. Com mais calma, vamos ver quem vamos levar. 

DESFALQUES CONTRA O EMELEC 
- Ninguém no departamento médico vai conosco para Guayaquil. Não adiante levar jogador que está há 15 dias no DM e sem treinar. Vamos fazer um treino e não vamos nos arriscar com jogadores que estão só fazendo tratamento e começando a correr. 

OPÇÃO PARA LATERAL DIREITA NO EQUADOR 
- Podemos colocar o Paulinho ali, o Gabriel também jogou ali no Bahia. Temos que olhar com calma. O jogo acabou agora, estávamos com a cabeça voltada para este jogo. São poucas opções. Precisava olhar um cara que jogasse mais atrás. Com Paulinho e Gabriel o time fica ofensivo. 

ADVERSÁRIO NA FINAL 
- O clássico foi bem pegado na quinta-feira, um jogo muito forte, e dificultou até a atuação da arbitragem. O jogo foi a vera. Está muito parelho. Qualquer um dos dois tem chances e vai ser muito difícil. Temos que estar preparados. Contra qualquer um que seja, será rivalidade. Esperamos Maracanã cheio, uma grande final e vamos lutar para ser campeões. 

POSTURA EM GUAYAQUIL 
- Se jogarmos para empatar, podemos acabar perdendo. Temos que ter cautela, mas atacar o Emelec, aproveitar o espaço. Temos que ser inteligentes. Vamos tentar um time que seja contundente quando atacar. Defender faz parte, mas temos que atacar para, se possível, sair até com uma vitória. Jogar 90 minutos por um empate é muito pouco. 

MANUTENÇÃO DA EQUIPE PARA PEGAR O EMELEC 
- Se estão jogando no Flamengo, têm total condição de jogar no Equador. Em nenhum momento vai ser fácil, vai ser disputadíssimo, clima de decisão. Temos que ter confiança nos garotos, que sempre corresponderam. Nunca deixaram de correr, de lutar. Fizemos um jogo bom no Léon com 10, outro na altitude. Não tenho a menor dúvida de que vamos lutar pela vaga e trazer o jogo para classificar. 

HERNANE 
- Pelo que o doutor me falou, vai viajar e foi só uma pancada. Pancada, trata e fica bom, está liberado. 

COMPORTAMENTO NA SÉRIE DECISIVA 
- Dias decisivos não muda muito (a postura). Tem que ter seriedade, trabalho, alimentação, descanso. São jogos que vão pedir do Flamengo um empenho maior, até mentalmente. Temos que nos cuidar porque são jogos decisivos e importantes para o primeiro semestre. 

LUCAS MUGNI 
- O Mugni é um garoto que veio sozinho para cá, com 22 anos, outro tipo de futebol, outro clube, e é preciso uma adaptação. Não é desculpa. Ele está começando a entender melhor o futebol brasileiro, o Flamengo, se dedica muito, e com mais entrosamento está se soltando. Essas atuações e esses gols vão dando moral para que ele fique à vontade. 

POSICIONAMENTO DE MUGNI 
- É um cara do meio-campo para frente, que chega ao ataque, finaliza, e está começando a desenvolver o que tínhamos pedido. Conhecendo melhor os companheiros e o clube, tem dado uma resposta positiva. No segundo ou terceiro jogo, já falaram que ele era uma droga. Falam sem deixar as coisas acontecerem. É preciso ter paciência e ele está jogando bem. 

FORÇA DO FLA NO CARIOCA 
- O Flamengo é um time que, desde que fui torcedor, depois jogando e até não estando aqui, sempre luta para vencer o Carioca. É importante para torcida, tem a rivalidade, o futebol é isso. Não é prioridade, mas sempre lutamos por ele. É um clube que não abre mão dessa disputa, a torcida também não. Nossa obrigação é tentar levar aos títulos. 

EVERTON 
- Foi uma questão de poupar mesmo. Estava um pouco cansado, entrou em um jogo difícil, e o Paulinho também foi isso. O Nixon é um jogador tão rápido tanto ele. Entrou bem, se precipitou nas finalizações, mas quase fez gol. Demos um descanso para o Paulo. É preciso ter um certo cuidado porque pode nos ajudar muito.



Flamengo 3 x 1 Cabofriense, melhores momentos


Elano e Léo também são vetados para pegar o Emelec; Hernane viaja

Um Flamengo menos experiente em campo no Equador para pegar o Emelec em partida que pode definir sua vida na Libertadores. Já sem Léo Moura, André Santos e Cáceres, vetados pelo departamento médico previamente, o Rubro-Negro não contará também com Léo e Elano. A dupla já está recuperada de problemas musculares na coxa e entregue à preparação física, mas ainda não se sente à vontade para entrar em campo e sequer embarca para Guayaquil. Ao menos Hernane, substituído diante da Cabofriense por conta de uma pancada nas costas, fará parte da delegação.

O Brocador, por sua vez, passará por tratamento na região atingida e será reavaliado no Equador para saber se terá condição de jogo. Caso seja vetado, Alecsandro será seu substituto natural. A situação na lateral direita não é tão simples como ataque. Sem o capitão Léo Moura e o reserva imediato, Léo, Jayme de Almeida terá que improvisar. Recife, Paulinho e Gabriel são as opções, listadas pelo próprio treinador.

Com a possibilidade do empate para seguir vivo e depender apenas de si na partida diante do León, no Maracanã, dia 9 de abril, Recife surge como favorito. Em análise, Jayme disse que o volante de 19 anos torna a equipe mais segura defensivamente, o que naturalmente não acontecerá se os atacantes Paulinho ou Gabriel forem os escolhidos. A dúvida só será sanada no treinamento de terça-feira, no campo do Barcelona, em Guayaquil.

A delegação do Flamengo segue para o Equador na manhã de segunda-feira em voo que fará escala em Bogotá, na Colômbia. Entre os relacionados, Carlos Eduardo é a novidade, após sequer concentrar para as duas semifinais diante da Cabofriense.
 
 
 

Flamengo 3 x 1 Cabofriense


     
                           Ficha técnica


Data: 29/03/2014
Hora:18h30m (de Brasília)
Local: estádio do Flamengo, Maracanã

Público pagante: 5.977
Público presente: 9.327
Renda: R$ 362.990,00


Gols:Lucas Mugni(2)João Paulo(Fla) e Eberson(Cab)

Cartão amarelo: Pará

Transmissão:O Premiere e Premiere HD transmitem para todo o Brasil (com Eduardo Moreno e Roger Flores).

Flamengo: Felipe, Recife, Wallace, Samir e João Paulo; Amaral, Muralha e Lucas Mugni(Márcio Araújo); Gabriel, Paulinho(Nixon) e Hernane(Alecsandro).
Técnico: Jayme de Almeida

Cabofriense: Cetim; Rodrigo Dias(Arthur), Victor Silva, Luizão e Leandro; Silvano, Jardel, Daniel Tijolo e Eberson; Keninha e Fabrício Carvalho.
Técnico:Alexandre Barroso

Árbitro:Rodrigo Carvalhães
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia e Wendel de Paiva Gouvêa.

Ainda receoso, Elano dá pistas de que ficará fora contra o Emelec



Lesionado no músculo adutor da coxa esquerda, Elano deu indícios que dificilmente estará em condições de enfrentar o Emelec em partida decisiva pela Taça Libertadores na América, na próxima quarta-feira no Equador. Convidado do Corujão do Esporte, ele falou sobre a tristeza de ficar fora nesse momento decisivo, afirmou que a recuperação vai bem, mas não mostrou firmeza  em relação a ser escalado em Guayaquil.

- A recuperação está sendo boa. Lógico que não é uma lesão simples, minha tristeza é muito grande de estar fora, ainda mais vivendo um bom momento no Flamengo. Estamos tendo um certo cuidado para que eu não posso sentir novamente. Até porque a sequência depois desse jogo de quarta-feira (pela Libertadores contra o Emelec) continua com a final do Carioca e o resto da Libertadores. E eu quero estar preparado, continuar os bons jogos que eu estava fazendo - lamentou o flamenguista.
.
Elano no Corujão do Esporte (Foto: Daniel Cardoso) 
Elano no Corujão do Esporte (Foto: Daniel Cardoso)

A preocupação de Elano é forçar a volta e acabar sentindo uma nova lesão, ou mesmo piorando a atual.

- Não posso garantir que jogo quarta.... estou fazendo meu trabalho. Preciso voltar inteiro, cem por cento, esse é um momento muito importante para o jogo. Se eu não me sentir à vontade, é melhor que eu não jogue, por que eu não posso comprometer. No banco, nessa situação, não posso ajudar, às vezes são situações que posso voltar a sentir - diz ele.

O paulista de Iracemápolis mostra confiança na classificação do Flamengo para a próxima fase e afirma que a equipe rubro-negra vai para cima do Emelec para ficar mais tranquilo ainda no último jogo contra os mexicanos do León.

 

- O Flamengo vai para ganhar, se ganharmos com vantagem de dois gols a gente joga pelo empate aqui no Maracanã. Não tem altitude, é um jogo normal. Acredito muito no Flamengo, é uma rapaziada jovem que passou por muitas dificuldades e teve uma conquista no ano passado - explicou o jogador.

Satisfeito com a fase no clube, Elano tem curtido sua nova fase carioca.

- Estou muito feliz aqui no Flamengo e morar no Rio de Janeiro é muito bom.

Filhos de Claudia, mulher que foi arrastada pela PM, realizam sonho de ver o Flamengo no Maracanã pela primeira vez




 
Família de Cláudia Silva no encontro com Wallace e Gabriel, do Flamengo Foto: Nina Lima / Extra

A sexta-feira foi de alento para a família da auxiliar de serviços gerais Claudia Silva Ferreira, morta no último dia 16 após ser baleada e arrastada, por aproximadamente 350 metros, por um carro da PM. Em meio à dor pela tragédia, os parentes puderam curtir um momento de alegria — proporcionado pelo futebol.

Dois jogadores do Flamengo, clube do coração da família, foram os responsáveis pelos sorrisos. Na manhã de sexta, o zagueiro Wallace e o meia Gabriel se encontraram com Alexandre, viúvo de Cláudia; Weverton, o filho de 16 anos; Pablo, caçula da família; e Gabriel e Ronald, sobrinhos. Além de duas camisas autografadas, os parentes de Cláudia ganharam ingressos para o jogo deste sábado contra a Cabofriense, às 18h30m, pela semifinal do Campeonato Carioca. Será a primeira vez dos meninos no Maracanã.

— É o mínimo que a gente pode fazer por eles, tentar sanar um pouco dessa dor. Sabemos que a perda é muito grande — disse Wallace, tietado pela garotada.



Wallace autografa camisa de Alexandre
 
Wallace autografa camisa de Alexandre Foto: Nina Lima / Extra
A iniciativa partiu dos próprios jogadores, e os ingressos foram providenciados pelo diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe, e pelo vice de futebol Wallim Vasconcellos.

— Nunca imaginei conhecer um jogador do Flamengo, ver de perto. Estou muito feliz — resumiu Alexandre, rubro-negro apaixonado a ponto de usar a camisa do clube no encontro que teve com o governador Sérgio Cabral Filho após a tragédia.

— Foi o presente perfeito de aniversário — emendou o pequeno Pablo, que completou 10 anos no último domingo, um aniversário abalado pela perda da mãe.



Gabriel e Wallace com o pequeno Pablo
 
Gabriel e Wallace com o pequeno Pablo Foto: Nina Lima / Extra
Empolgados, os meninos fizeram um pedido para o jogador Gabriel: um gol contra a Cabofriense.

O jovem meia rubro-negro prontamente respondeu que faria o possível para corresponder em campo.

— É complicado o que aconteceu com a família. Esperamos levar alegria para eles com gols e a classificação — afirmou.



Wallace e Gabriel fazem a alegria da família Silva
 
Wallace e Gabriel fazem a alegria da família Silva Foto: Nina Lima / Extra
Depois de vencer a primeira partida da semifinal por 3 a 0, o Flamengo, neste sábado, pode até perder por dois gols de diferença que se classificará para a decisão do Estadual.
 
 
 

1ª Etapa do Estadual de Remo acontece neste domingo

 
 
No próximo domingo (30.03), acontece a 1ª Etapa do Estadual de Remo, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Serão, ao todo, 13 provas, contando com as categorias Junior, Infantil, Aspirante, Senior e Master, masculino e feminino. O Rubro-Negro terá 51 representantes, competindo em todas as categorias. Fabiana Beltrame e Bia Tavares serão os destaques, no Single Skiff - Aberto Feminino - 2000m. No Double Skiff S23 peso-leve feminino, Sophia Valente Py compete junto à sua irmã, Theodora, além de Caroline Corado e Isabelle Falck. No masculino, na prova do 8 Com, o timoneiro será Anderson Araújo, com Samuel Lucas, Saulu Pena, Vitor Sales, Fabrício Nicolau, Matheus Pena, Hugo Santos, João Pedro Kubit e Paulo Equi. Além deles, o Fla ainda contará com mais atletas de ponta, com passagem por seleção ou pré-selecionados, como Thiago Almeida, João Hildebrando, Maciel Costa da Silva e Pedro Drummond.

"A Sophia foi super bem no ano passado e na seletiva desse ano. Além dela, na prova 8 Com, que significa oito atletas com um timoneiro, é a prova mais tradicional do remo, olímpica. Os oito do Botafogo, se não me engano, são todos pré-selecionados para a Seleção, é uma equipe forte individualmente, mas os nossos atletas têm  muita força coletiva, começamos a treinar antes deles e achamos que temos condições de brigar. É uma linda prova, imperdível", analisou Duda Saubel, gerente-administrativo da VP de remo do Rubro-Negro.

O Mais Querido é o maior vencedor em 116 anos da competição estadual. A entrada no Estádio de Remo é gratuita, com estacionamento pago no local.


Confira a programação completa:


9h - Double Skiff – Junior – B – 1.500m

9h10 - Single Skiff – Peso Leve  S23 – 2.000m

9h25 - Four Skiff – Junior – B / Feminino – 1.500m

9h35 - Single Skiff – Infantil – 500m

9h45 - 4 Com – Aspirante – 2.000m

10h - Double Skiff – Peso Leve  S23 / Feminino – 2.000m

10h15 - Double Skiff – Masters – D – 1.000m

10h25 - Single Skiff – Junior – A – 2.000m

10h40 - 2 Sem – Aberta – 2.000m

10h55 - Single Skiff – Infantil / Feminino – 500m

11h05 - Four Skiff – Aspirante / Feminino – 2.000m

11h20 - Single Skiff – Aberta / Feminino – 2.000m

11h35 - 8 Com – S23 – 2.000m

Autor: Comunicação
Fonte: Site Oficial do Clube

STJ marca julgamento do título brasileiro de 1987



A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) marcou para o próximo dia 3 o julgamento para decidir qual time é o verdadeiro campeão brasileiro de 1987, Flamengo ou Sport, ou se o título deve ser dividido entre as duas equipes. Por meio de videoconferência, cinco ministros vão avaliar o caso. Seja qual for a decisão jurídica, o perdedor ainda poderá entrar com recurso.

Flamengo pega Sport, e vasco encara o Vila Velha nas semis da Copa Brasil no futebol de areia

Flamengo e vasco já sabem quais serão os adversários nas semifinais da Copa Brasil de Futebol de Areia. O Mengão derrotou o rival carioca por 6 a 3 nesta sexta-feira e terminou em primeiro lugar no Grupo A, pegando o Sport Recife do duelo eliminatório e reeditando a final de 2013. Com a segunda vaga da chave, o time vascaíno medirá forças com o Vila Velha que, mesmo perdendo para o Botafogo, carimbou o passaporte.

O Flamengo  mostrou supremacia no embate entre cariocas, tendo em Digo Gama um destaque. O filho do ex-lateral Júnior foi um dos artilheiros da partida com dois gols, assim como André. Bruno Xavier e Léo completaram o marcador para a equipe da Gávea, enquanto Bokinha (2) e Igor Salles descontaram para o vasco.

Bota vence, mas não leva

Após perder para o Sampaio Correa na estreia, o Botafogo (campeão da primeira edição, em 2011) precisava superar o Vila Velha por dois ou mais gols de diferença para chegar à semi, porém se despediu da competição com gosto amargo. Com gols de Rodrigo Soares (3), Rodrigo, Juninho e Benjamin, o Alvinegro venceu por 6 a 5 e acabou eliminado no critério de saldo de gols. Anderson Wesley (3), Leandrão e o goleiro Marquinhos fizeram os tentos do quadro capixaba.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Flamengo comemora um ano de programa de sócio-torcedor


 O Flamengo comemorou na manhã desta sexta-feira, na Gávea, um ano do programa sócio-torcedor do clube. Em parceria com a Golden Goal, o “Nação Rubro-Negra” já passou dos 60 mil associados e, para este ano, o Rubro-Negro projeta arrecadar R$ 45 milhões por meio do programa.

Participaram do evento o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, a gerente de marketing da Peugeot na América Latina, Raquel Nascimento, André Godinho representando a Ambev e André Monnerat, da Golden Goal.

Representante da Ambev, que contribui no programa por meio do Movimento Por Um Futebol Melhor, André Godinho afirmou que vê o Flamengo capaz de passar o Internacional em sócios-torcedores:

– Hoje, o Internacional é o líder do programa, com 114 mil sócios, mas tenho certeza que a torcida do Flamengo consegue atingir e até passar este número. Estamos sempre trabalhando para melhorar o programa para poder atingir este objetivo.

A cerimônia desta sexta-feira também premiou os associados que indicaram mais sócios para o programa do Flamengo, distribuindo um carro e freezeres do Nação Rubro-Negra.



Jayme mantém Cadu fora da lista de relacionados do Flamengo


De titular na altitude a renegado nas semifinais do Carioca. Aposta de Jayme de Almeida na derrota por 1 a 0 para o Bolívar, em La Paz, há dez dias, Carlos Eduardo está fora da partida com a Cabofriense, sábado, às 18h30m (de Brasília), pela semifinal do Campeonato Carioca. O meia já tinha ficado fora também dos dois últimos jogos contra o time de Cabo Frio: domingo, por ter jogado na Bolívia, e quarta-feira, por opção. Não há ainda a relação de atletas que viajarão para enfrentar o Emelec, no Equador. 

Titular no início da temporada, Cadu tinha perdido espaço com as boas performances de Gabriel no Carioca e a chegada de Lucas Mugni. Após série de bons treinamentos, porém, ganhou oportunidade na vaga de Elano diante do Bolívar, quando começou uma partida após 45 dias. A atuação fora de casa, entretanto, não satisfez o técnico Jayme de Almeida, que não o utilizou novamente. 

Para o jogo deste sábado, Jayme de Almeida surpreendeu ao relacionar Márcio Araújo. O volante não está inscrito na Libertadores, e o próprio treinador deixou claro que não pretender utilizar quem não estará à disposição para o confronto em Guayaquil. Com a ausência de André Santos, o jovem lateral-esquerdo Jorge segue entre os concentrados. 

Confira a lista de relacionados:

Goleiros: Felipe e Paulo Victor;
Zagueiros: Samir, Wallace, Chicão e Erazo;
Laterais: João Paulo e Jorge;
Volantes: Amaral, Feijão, Gabriel, Márcio Araújo, Muralha e Recife;
Meias: Everton e Lucas Mugni;
Atacantes: Hernane, Alecsandro, Nixon e Paulinho.


Libertadores é censurada, e Jayme volta a pedir respeito à Cabofriense


Libertadores, assunto proibido. Na véspera da semifinal do Carioca, Jayme de Almeida se recusou, até com certa veemência, tecer qualquer comentário a respeita da partida contra o Emelec, quarta-feira, decisiva para as pretensões do Flamengo na disputa continental. Após confirmar que Léo Moura e André Santos estão vetados pelo departamento médico, o treinador foi firme ao censurar qualquer pergunta a respeito dos equatorianos e voltou ao discurso de respeito à Cabofriense, rival da noite de sábado. 

- O jogo que me interessa amanhã é o Carioca, mas só vou falar do Emelec depois do jogo de amanhã. Estou sendo bem claro desde o início da semana.

Mugni, Muralha e Jayme de Almeida treino Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem) 
Jayme de Almeida frisa foco total na disputa da semifinal do Carioca (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

Sem poupar nenhum jogador para jogar a partida de Guayaquil, o Flamengo entra em campo podendo perder por até dois gols para se garantir na decisão do Carioca, diante de um adversário que venceu duas vezes somente nesta semana. Apesar da vantagem e do retrospecto a favor, Jayme disse que o Rubro-Negro não pode se dar ao luxo de entrar em campo sem dar seu máximo.  

- Essa vantagem que conquistamos na quarta-feira não quer dizer que vamos entrar sem atenção. Para o sucesso de qualquer trabalho, é preciso seriedade e respeito. O Flamengo não está classificado, vai jogar com a Cabofriense, que não conquistou essa posição por acaso. Até jogar conosco, não tinham perdido para grandes. Temos que ter bastante humildade para saber que nosso time não é a oitava maravilha, mas conquistou as coisas trabalhando. É preciso seriedade. 

Ex-zagueiro do próprio Flamengo e do São Paulo, Jayme ignorou até mesmo o discurso de profissionais da Cabofriense, que já deram o Rubro-Negro como finalista. O treinador Alexandre Barroso, por exemplo, disse que o rival é o grande favorito para ser campeão. 

- Já fui atleta e já perdi jogos. Quando se perde assim, dá uma desanimada após a partida. São profissionais que temos que respeitar. A Cabofriense não entregou o jogo. Vamos fazer o melhor que podemos. 

Flamengo e Cabofriense se enfrentam às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, por uma vaga na decisão do Carioca. Com a vitória por 3 a 0 no primeiro jogo, o Rubro-Negro pode perder até por dois gols de diferença que se classifica para pegar Fluminense ou vasco. Um triunfo por três gols do time de Cabo Frio leva a decisão para os pênaltis.



Classificado, Flamengo enfrenta o Franca


Neto pede atenção nas jogadas ofensivas Na noite deste sábado (29.03), logo após a semifinal do futebol contra a Cabofriense, no Maracanã, os torcedores rubro-negros podem ir ao Tijuca Tênis Clube prestigiar as estrelas do basquete. O Flamengo, garantido nos playoffs e classificado na liderança do Novo Basquete Brasil (NBB), encara o Franca, às 21h. O jogo será marcado pela entrega de faixas aos campeões da Liga das Américas.Os torcedores que participarem da ação no intervalo da partida poderão, ao término do jogo, tirar fotos com o troféu da competição continental, conquistada pela primeira vez e de forma invicta pelo Mais Querido, além de jogadores do time de basquete. Como homenagem à equipe feminina sub-17 de Polo Aquático, campeãs brasileiras neste ano, as atletas entrarão junto com o time de basquete em quadra.

Em análise do confronto, o treinador José Neto acredita que a equipe deve jogar com total seriedade, contra o time forte de Franca, que ainda busca uma melhor posição na tabela.
 
"Jogo difícil com a equipe de Franca, um adversário que defende muito bem. A gente sabe que muita energia deles é na defesa, um dos melhores times nesse quesito. A gente tem que estar bastante focado para que o nosso ataque seja com muita qualidade. Eles estão buscando uma classificação melhor para os playoffs e vêm com um poderio de recuperação. Temos que entrar em quadra bem atentos", disse Neto.

O torcedor pode comprar suas entradas no site www.guicheweb.com.br e, na hora da partida, na bilheteria do ginásio. Os valores são de R$ 20 a inteira e R$ 10; sócios-torcedores e quem estiver com a camisa do Flamengo têm 50% de desconto, não cumulativos. 

Autor: Comunicação
Fonte: Site Oficial do Clube

Sem treinar parte tática, Flamengo apresenta três novidades contra Cabofriense



Treino Flamengo Jayme de Almeida (Foto: Cauê Rademaker)Três mudanças e orientações somente na base do diálogo. O Flamengo que entra em campo neste sábado, às 18h30m (de Brasília), para definir uma vaga na decisão do Campeonato Carioca, diante da Cabofriense, não contará com os jogadores que estão inscritos na Libertadores. Jayme de Almeida, por sua vez, não fez questão de definir com atividades no campo do Ninho do Urubu os substitutos de Digão, Luiz Antonio e Márcio Araújo. A tendência é que Recife, Muralha e Lucas Mugni entrem na equipe.

Após a vitória por 3 a 0 na última quarta-feira, os titulares fizeram um trabalho regenerativo no centro de treinamento, enquanto o restante do grupo participou de atividade técnica. Já nesta sexta-feira, o treinador liberou os jogadores para o tradicional recreativo de véspera de jogo, seguido de um trabalho de finalização. Na parte final, Samir, Paulinho, Muralha, João Paulo e Chicão aprimoraram a pontaria em cobranças de faltas, enquanto Hernane cobrou pênaltis.

A opção por não fazer um trabalho tático chama a atenção principalmente pela necessidade de improvisação na lateral direita. Sem Léo Moura, lesionado, e Léo, que está entregue a preparação física, Jayme abriu mão de Digão por não ter o jovem à disposição para pegar o Emelec, pela Libertadores, e deu indícios de que observará o jovem Recife, de 19 anos.

- Paulinho vai jogar na posição que vinha jogando, e o Digão está fora porque não vai jogar no Equador. Temos esperança no Léo no Equador. Uma das possibilidades é o Recife começar jogando. Vamos dar uma olhadinha. É um jogador de meio-campo, temos que ter muita paciência, mas a tendência é que joguemos com ele.

A expectativa é de que Jayme de Almeida coloque em campo a mesma equipe que será utilizada diante dos equatorianos, quarta-feira, em partida decisiva pela Libertadores - Márcio Araújo, por sua vez, está relacionado. A única novidade em Guayaquil deve ser o retorno de Léo, que tem deixado a comissão técnica otimista. Diante da Cabofriense, a tendência é que Hernane, apesar de não viver boa fase, seja mantido.

Mesmo em situação cômoda no Carioca, Jayme de Almeida se recusou a falar nesta quarta-feira da partida contra o Emelec e demonstrou certa insatisfação com a insistência da imprensa no tema. Por outro lado, o treinador confirmou que Léo Moura e André Santos estão vetados.

- O jogo que me interessa amanhã é o Carioca, mas só vou falar do Emelec depois do jogo de amanhã. Estou sendo bem claro desde o início da semana. 

Flamengo e Cabofriense se enfrentam às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, por uma vaga na decisão do Carioca. Com a vitória por 3 a 0 no primeiro jogo, o Rubro-Negro pode perder até por dois gols de diferença que se classifica para pegar Fluminense ou vasco. Um triunfo por três gols do time de Cabo Frio leva a decisão para os pênaltis.

Léo Moura e André Santos estão fora de confronto decisivo com o Emelec


Leo Moura, André Santos e Elias treino do Flamengo (Foto: Marcos Tristão / Agência O Globo)Um Flamengo menos experiente para jogar a vida na Taça Libertadores da América. Mesmo faltando três dias para viagem para o Equador, Léo Moura e André Santos já estão vetados pelo departamento médico para a partida de quarta-feira, diante do Emelec, pela quinta rodada do Grupo 7 da Libertadores. A dupla tem problemas musculares na coxa e sequer segue com a delegação para Guayaquil.

Já Elano e Léo não estão mais no departamento médico e têm boas chances de voltarem a figurar entre os relacionados. Ambos estão entregues para preparação física, e o lateral-direito, apesar de vetado para pegar a Cabofriense, é quem mais anima Jayme de Almeida. O meia trabalhará no sábado no Ninho do Urubu e será reavaliado.  

Para a partida contra a Cabofriense, sábado, pela semifinal do Campeonato Carioca, João Paulo deve ser mantido na vaga de André Santos. No lado oposto, Jayme mantém a dúvida: Chicão e o jovem Recife são as opções, com favoritismo para o último, que tem apenas 19 anos e está inscrito na Libertadores. Digão, Luiz Antonio e Márcio Araújo, que não estão na lista de 30 atletas da competição continental, sequer foram relacionados.

Flamengo e Cabofriense se enfrentam às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, por uma vaga na decisão do Carioca. Com a vitória por 3 a 0 no primeiro jogo, o Rubro-Negro pode perder até por dois gols de diferença que se classifica para pegar Fluminense ou vasco. Um triunfo por três gols do time de Cabo Frio leva a decisão para os pênaltis.

Bom Senso FC responde ao presidente da Federação do Rio, Rubens Lopes



Por meio de uma carta aberta publicada em suas redes sociais, o Bom Senso FC respondeu ao presidente da Federação de Futebol do Rio, Rubens Lopes, que nesta semana atacou uma proposta de calendário feita pelo movimento de jogadores. O cartola classificou de "esdrúxula" a ideia de um campeonato estadual com menos datas e citou alguns números - as declarações do dirigente foram publicadas nesta sexta-feira pelo blog. A seguir, a íntegra da carta publicada pelo Bom Senso FC:

Caro Presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, Sr. Rubens Lopes:

No dia 26 de março último, o sr. concedeu declarações à Imprensa, que se mostraram desabonadoras em relação ao Bom Senso Futebol Clube. Pelo que foi divulgado na mídia, suas palavras, a respeito de nossa proposta de calendário, foram estas:

"Isso é uma proposta esdrúxula, não sei quem teve a ideia. Só no Rio são 10 mil atletas que dependem disso para dar sustento à família, alguns clubes não podem atuar em um campeonato com apenas oito datas. Você aceitaria um emprego se te oferecesse apenas por um mês e meio?".

É lamentável que o sr, presidente Rubens Lopes, demonstre absoluto desconhecimento de nossas propostas. Aos fatos:

· Esdrúxulo é um campeonato em que o Flamengo joga para 375 pagantes e a primeira rodada das semifinais tem, em um jogo, pouco mais de três mil pagantes e, em outro, pouco mais de nove mil pagantes. Um campeonato que tem 15 rodadas que pouco valem, para, em seguida, ter-se quatro rodadas para a disputa de um título que se torna cada vez mais prescindível.

· Quem teve a ideia de se realizar Copas Estaduais em oito datas não foi uma pessoa, mas um conjunto de pessoas, que construíram um consenso. Na visão dessas pessoas, é melhor se ter Copas Estaduais em poucas datas, mas com jogos sempre de caráter decisivo, ao invés de se ter competições estaduais longas, modorrentas e sem atratividade, como acontece atualmente.

· Pelo visto, o sr. desconhece que nossa proposta garante atividades para todos os quase 700 clubes brasileiros por algo próximo a dez meses, via Campeonato Brasileiro das Séries A, B, C, D e E,  Jogados ao longo de todo ano. Portanto, nunca propusemos que os clubes só tivessem atividades por um mês e meio, todos eles, pela nossa proposta, jogam quase dez meses. 

· Bem ao contrário do que o sr. afirma, é o modelo atual que desemprega jogadores em massa: dos quase 700 clubes brasileiros, cerca de 500 jogam por pouco mais de três meses e, depois, não jogam mais.

· O atual Campeonato Carioca não tem 10 mil atletas. Ano passado, 73 clubes disputaram alguma de suas três séries. Se cada clube tiver um elenco de 30 atletas, em média, são cerca de 2.200 atletas, no máximo.

· Presidente Rubens Lopes, o grande entrave para se ter um calendário mais racional no futebol brasileiro é, exatamente, a extensão dos Campeonatos Estaduais. Diminuir-lhes o período de duração, longe de desprestigiá-los, pode lhes fazer aumentar o interesse.

· O sr. está convidado a entrar em contato conosco, conhecer nossas ideias, se informar sobre elas. quem sabe, assim, não se convence a rever conceitos.

Bom Senso Futebol Clube

Carioca-2015 será igual ao deste ano




Assim como o Campeonato Paulista, o Carioca no ano que vem também não vai mudar de formula em 2015. O presidente da Federação de Futebol do Rio, Rubens Lopes, afirma que só a partir de 2016 pode ser estudada alguma mudança. 

- O Estatuto do Torcedor obriga a ter dois anos seguidos o mesmo regulamento, talvez tenhamos dificuldade de mudar o formato para 2015. Mas depois, sim, podemos ter uma discussão para mudar alguma coisa. Mudar horário de jogo, preço de ingresso. Menos times não, menos times não tem como, porque teria que mexer em rebaixamento, e isso não está previsto. Já em 2016 é possível, vamos ver.

O dirigente deixou bem claro o quanto despreza (e desconhece) a proposta de calendário apresentada pelo Bom Senso FC, que prevê estaduais disputados no meio do ano, em um período de um mês.

- Meio do ano é uma proposta esdrúxula que apareceu, não sei de quem. Isso depende do calendário nacional. A CBF tem que dizer quais as datas dela e quais serão dos estaduais. E não somente pelo estadual no meio do ano, o problema não é a época do ano. E sim o conjunto, o todo: é absurdo você pensar em estadual com oito datas. Temos quase 700 clubes inscritos, 10 mil atletas dependendo dessas condições para sobreviver, dar sustento para suas famílias. Imagina você trabalhar numa empresa que te contrate por um mês e meio e depois você que procure emprego?

Marcelo de Lima Henrique e Rodrigo Carvalhães apitam segunda semifinal

Confira a relação completa dos árbitros para as semifinais:


Flamengo x Cabofriense:
Árbitro: Rodrigo Carvalhães(foto)
Auxiliar 1: Rodrigo Pereira Joia
Auxiliar 2: Wendel de Paiva Gouvêa
4° árbitro: André Rodrigo Rocha
Árbitro adicional 1: Eduardo Cordeiro Guimarães
Árbitro adicional 2: Bruno Arleu de Araújo
5º árbitro: Daniel do Espírito Santo Parro


Fluminense x Vasco
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliar 1: Luiz Claudio Regazone
Auxiliar 2: Michael Correia
4° árbitro: Leandro Newley Ferreira Belota
Árbitro adicional 1: João Batista de Arruda
Árbitro adicional 2: Agnaldo Xavier Farias
5º árbitro: Francisco Pereira de Sousa

Everton vê com bons olhos disputa entre Alecsandro e Brocador no Flamengo


Alecsandro chegou a 10 gols no ano após marcar mais uma vez na vitória por 3 a 0 sobre a Cabofriense. Hernane soma seis, mas não consegue engrenar uma sequência de jogos balançando as redes. Com isso, a disputa pela posição de centroavante se tornou uma das principais questões no atual time do Flamengo e na cabeça do técnico Jayme de Almeida.

Entre os jogadores, a disputa pela posição é bem vista. Um dos artilheiros do Flamengo na temporada, com cinco gols, um a menos do que Hernane, Everton acredita que a situação pode ajudar o time a conquistar as vitórias.

- Isso é bom para o grupo. São dois jogadores que conseguem fazer os gols. O Hernane já tem história aqui com muitos gols e o Alecsandro é o artilheiro do Carioca - afirmou Everton.

Contra a Cabofriense, Hernane não fez gol, mas participou dos dois primeiros. Everton abriu o placar depois que o Brocador acertou uma cabeçada na trave, e Paulinho recebeu passe de calcanhar do atacante para fazer o segundo.

- Atacante sempre tem que fazer gols, mas ajuda muito, corre, marca - comentou Everton.

O meia não quis falar a sua escolha para a posição nem se Alecsandro e Hernane podem formar uma dupla de ataque titular.

- São dois bons jogadores. Isso é com o Jayme. Ele decide. Não sei a característica que o professor quer nessa posição - disse.

Candidato à presidência do São Paulo diz que Corinthians não é dono de estádio



Carlos Miguel Aidar (Foto: Reginaldo Castro)Em entrevista ao site da ESPN, Carlos Miguel Aidar, candidato da situação no pleito presidencial do São Paulo, que acontecerá no fim de abril, lamentou o atraso na obra de modernização do Morumbi e aproveitou para dar uma "cutucada" no rival Corinthians ao falar da Arena em Itaquera. Segundo ele, o rival não conseguirá pagar pela obra.

- O estádio está lá. Cheio de problemas, o Corinthians não é dono do estádio, o estádio é da construtora. O Corinthians nunca vai conseguir pagar aquele dinheiro que está lá. O estádio não está pronto, tem arquibancadas alugadas, provisórias, a Fifa está criticando toda hora. O estádio mais crítico da Copa do Mundo, mas está lá, o estádio da Odebrecht - afirmou Aidar.

Ele ainda disse que a Arena Corinthians terá dificuldades para realizar shows por conta de sua localização, mas também alerta a oposição de que o Morumbi pode perder espaço para a Allianz Parque, arena em construção pelo Palmeiras, caso não faça obras de modernização.

- O Itaquerão não irá ter show, aquilo la é outro mundo, outro país, não dá para chegar lá. Lá não vai funcionar. Acho muito pouco provável que os empresários de shows vão em uma  distância tao grande como essa quando tem o Parque Antártica no centro da cidade - disse.

- Se nós não fizermos essa obra, o Morumbi vai servir única e exclusivamente para o São Paulo mandar seus jogos, não vai servir para mais nada. O São Paulo está herdando dois shows que eram para ser na arena do Palmeiras porque não ficou pronto lá, se não, já não seria mais aqui. É importante que a oposição saiba disso. Oposição, olha o que vocês estão fazendo, se você não possuir um estádio adequado para receber os shows, eles não serão mais aqui - completou.

A obra de modernização do Morumbi, que inclui a cobertura do estádio, é o principal ponto de conflito entre Aidar e o candidato da oposição, Kalil Rocha Abdalla. Por isso, o situacionista não esconde sua opinião: acha que as atitudes da chapa rival que impediram a realização da obra são um atraso para o clube.

- A postura deles foi importantíssima, nesse sentido (de atrapalhar). Um desastre para o clube, perdemos meses, estamos perdendo meses. A oposição politizou um assunto que deveria ser orgulho dos são-paulinos, em participar da aprovação. Eu queria ter um documento na minha mão (para comprovar) que eu votei a favor daquilo. E fixar na parede do estádio um dia, para meu filho, meu neto e meu bisneto verem. Esse cidadão não tem essa preocupação, atrapalhou a vida do São Paulo. Eu já falei e estou repetindo, eu vou fazer essa obra, pode escrever isso - prometeu.

Presidente do Deliberativo do Flamengo comenta sobre projeto para dívida



Entrevista Delair (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)Quando estava na presidência do Flamengo, em 2009, Delair Dumbrosck foi a Zurique, na Suíça, ao lado de Luiz Gonzaga Belluzzo, então presidente do Palmeiras, e criou um projeto para equacionar a dívida dos clubes brasileiros.

– Para fechar com uma TV, tem um único grupo e depois decidem quanto fica com cada um. Aqui cada um faz um por fora e isso enfraquece os clubes. O Flamengo não vai solucionar o problema sozinho. Na época desenvolvi um projeto sobre a dívida dos clubes. Se for ver o custo do basquete, quem banca é o futebol, que é um grande negócio. A TV paga para transmitir – disse.

Dumbrosck ainda disse que os clubes precisam brigar por uma política governamental no esporte.

– Para o clube se habilitar neste projeto precisaria apresentar balanços e colocar um conselho com pessoas corresponsáveis por tudo. Precisamos brigar não pelo Proforte, mas para o governo abrir uma política de esporte. Os clubes poderiam dar suporte às universidades na criação de atletas – apontou.

NBB: classificação

 
Classificação




Pts Aprov Jogos V D Pró Contra Avg
#01 FLAMENGO-ESCUDO FLA Flamengo 51 82.1 28 23 5 2348 2095 1.12
#02 Paulistano PAU Paulistano 53 71.0 31 22 9 2585 2416 1.07
#03 Brasilia BRA Brasília 52 67.7 31 21 10 2700 2417 1.12
#04 Limeira LIM Limeira 51 64.5 31 20 11 2424 2280 1.06
#05 Pinheiros PIN Pinheiros 47 62.1 29 18 11 2408 2371 1.02
#06 LogoMascoteUnitriUniverso UBE Uberlândia 50 61.3 31 19 12 2582 2492 1.04
#07 Logo São José SJO São José 48 60.0 30 18 12 2490 2443 1.02
#08 bauru BAU Bauru 48 54.8 31 17 14 2557 2524 1.01
#09 Basquete Cearense CEA Basquete Cearense 45 50.0 30 15 15 2317 2345 0.99
#10 Franca FRA Franca 46 48.4 31 15 16 2476 2421 1.02
#11 Palmeiras PAL Palmeiras 43 43.3 30 13 17 2385 2462 0.97
#12 LogoMogi MOG Mogi das Cruzes 42 40.0 30 12 18 2401 2363 1.02
#13 Macae MAC Macaé Basquete 43 38.7 31 12 19 2498 2540 0.98
#14 Minas MIN Minas 39 34.5 29 10 19 2041 2174 0.94
#15 Logo-Universo-Goiania GOI Goiânia 40 29.0 31 9 22 2393 2558 0.94
#15 Liga-Sorocabana LSB Liga Sorocabana 40 29.0 31 9 22 2352 2621 0.90
#17 Espirito Santo Basquketball ESB Espírito Santo 33 13.8 29 4 25 2041 2476 0.82
  • Aprov.: Aproveitamento
  • Pts: Pontos
  • V: Vitórias
  • D: Derrotas
  • Pró: Cestas pró
  • Contra: Cestas contra
  • Avg: Average

Marcelinho enaltece postura do Flamengo, frisando atuação diante do Uberlândia


Basquete NBB - Flamengo x Uberlandia - Marcelinho (Foto: João Pires)Não foi só o primeiro lugar da fase de classificação e, consequentemente, o direito de disputar uma possível decisão do NBB no Rio de Janeiro que foram comemorados pelos jogadores do Flamengo na quinta-feira, após a vitória por 82 a 77 sobre o Uberlândia, no ginásio do Tijuca. Capitão rubro-negro, Marcelinho enalteceu principalmente a maneira com que o 23º resultado positivo na competição foi conquistado.

- Admito que tinha um certo receio de como seria nossa postura em quadra após o título de sábado. É normal do ser humano dar uma relaxada após uma conquista importante. Mas jogamos à vera e mostramos que estamos focados. Mais uma vez viramos a chave de uma competição para outra como já havíamos feito em todas as fases Liga das Américas e fizemos uma boa partida – afirmou Marcelinho.

Se o Flamengo não esteve perfeito em quadra, o ala acredita que pelo menos a equipe conseguiu neutralizar o adversário e dominar o jogo durante todo o tempo. Apesar de não poder mais ser alcançado por ninguém e de ter assegurado o mando de quadra até a decisão, Marcelinho sabe que tudo pode acontecer nos playoffs.

- Sabemos que não teremos tranquilidade daqui para frente, mas foi muito importante ter assegurado a primeira colocação. Na temporada passada alcançamos esse mesmo objetivo e não perdemos nenhum jogo dos playoffs em casa. Espetro que a história se repita – lembrou o camisa 4 da Gávea.

Mesmo após levantar a taça da Liga das Américas no último sábado e de assegurar o primeiro lugar na fase de classificação cinco dias depois, Marcelinho não acredita que o Flamengo tenha passado a ser o time a ser batido daqui para frente.

- Não vejo dessa forma. O campeonato está muito equilibrado desde o início, muitos times ainda vão crescer e os playoffs serão ainda mais disputados. Mas acho que isso mostra o bom momento do basquete brasileiro e como nossa liga é forte. Nós somos os atuais campeões da Liga das Américas, o Pinheiros era o último campeão e o Brasília venceu a Liga Sul-Americana. É importante esse domínio das equipes brasileiras no continente – afirmou.

O técnico José Neto segue a mesma linha de raciocínio de seu principal jogador, mas lembra que o time carioca tem uma arma muito poderosa a seu favor pelo fato de ter conquistado o direito de decidir em casa.

- Campeonatos com playoffs  sempre são decididos nos playoffs. Não adianta ter só a melhor campanha na fase de classificação. Já vimos muitos times terminarem a primeira fase lá embaixo e eliminarem equipes com melhores campanhas.  Acho que o mais importante de ter conquistado o direito de decidir o NBB em casa, caso a gente realmente chegue lá, é ter o torcedor do nosso lado. Sabemos que a torcida do Flamengo é uma força a mais e isso pode fazer a diferença – aposta o treinador rubro-negro.

Flamengo e vasco vencem e avançam às semifinais da Copa do Brasil de futebol de areia

Flamengo e vasco garantiram classificação para as semifinais da Copa do Brasil de Futebol de Areia, que está sendo disputada em Manaus. Na rodada desta quinta-feira, o Rubro-Negro goleou o Avaí por 9 a 3 e carimbou a vaga, enquanto o time cruz-maltino passou pelo Vitória-ES nos pênaltis, após empate em 3 a 3 no tempo regulamentar.

Após iniciar também superando o Vitória nas penalidades, o Fla não encontrou resistência no quadro catarinense e confirmou com tranquilidade a passagem de fase. Bruno Xavier (2), Digo Gama (2), Dino Tambaú (2), Souza, Rafinha e DMais marcaram para o clube da Gávea, e Zé Boca (2) e Farinha, para o Leão.

Já a classificação do vasco foi bem mais dramática e só decidida nos tiros da marca penal. Jorginho, Bueno e Igor foram os goleadores vascaínos. Para os capixabas marcaram Reyder (2) e Buiu.

Flu cai novamente e está fora

Mesma sorte não teve o Fluminense que, ao ser superado pelo anfitrião Manaus por 6 a 5, acabou eliminado. O Tricolor perdera na primeira rodada para o Sport Recife por 4 a 2 e lutava apenas pela vitória. Com quatro gols, André Bigode foi o destaque, com Silvinho anotando os outros tentos do time amazonense. Luiz Filip (2), Maikinho, Jacó e Dila descontaram para os cariocas.

Botafogo perde na estreia, mas segue com chances

Já o Botafogo, campeão da última edição, estreou mal, caindo diante do Sampaio Corrêa por 3 a 2, gols de Serginho, Roberto e Edinho para os maranhenses, e Vinícius Suedes e Rodrigo para o Alvinegro, que contou com o reforço do experiente Benjamin. Para conseguir a classificação, agora os cariocas precisam derrotar o Vila Velha por dois gols de diferença, pois ficaria igualado aos capixabas e ao Sampaio, porém os superaria no saldo.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Marquinhos brilha, Flamengo vence Uberlândia e assegura primeiro lugar

Na primeira aparição do Flamengo após o título da Liga das Américas, a torcida não compareceu em peso como era esperado. Nem isso fez o time rubro-negro perder o ritmo. Embalado por mais uma conquista importante, o time do técnico José Neto parecia cansado no início do jogo, mas foi só impressão. Com destaque para Gegê, Marcelinho, Meyinsse e, principalmente, Marquinhos, decisivo nos momentos mais importantes do jogo, o melhor time do continente mostrou o porquê também lidera com folgas o NBB. Sem dar chance para o Uberlândia, que queria entrar no G-4, a equipe carioca dominou a partida, venceu por 82 a 77 e assegurou a primeira colocação na fase de classificação por antecipação com a derrota do Paulistano para o Minas Tênis.

Desfalcado do seu armador principal Nicolás Laprovittola, poupado com dores na coxa, o comandante carioca aproveitou para testar outras variáveis ofensivas. Quando Gegê não estava na quadra, Marcelinho e Marquinhos se revezavam na distribuição de bolas. O desempenho da dupla foi enaltecido por Neto, mesmo com o pouco tempo de treinos com esta formação.

- A gente consegue fazer isso pela qualidade dos nossos atletas, mas treinamos pouco este tipo de situação. Não sabíamos que o Nicolás (Laprovittola) não iria jogar. Só fomos informados disto ontem. O importante é que temos boas situações dentro do nosso movimento tático. É um time muito forte - analisou o técnico.

O cestinha e destaque da reedição da final da temporada passada do NBB foi o ala rubro-negro Marquinhos, que anotou 25 pontos, pegou quatro rebotes, deu quatro assistências e roubou três bolas. Com 18 pontos e seis passes decisivos, Marcelinho também foi importante para o resultado positivo. Pelo lado mineiro, os americanos Audrei, com 20 pontos, e Robert Day, com 14 pontos e oito rebotes, foram os que mais incomodaram os donos da casa.

Na próxima rodada, o líder Flamengo recebe o Franca, às 21h, no Tijuca. Já o Uberlândia encerra sua participação na temporada regular encarando o Macaé, na casa do adversário, às 19h30m. Ambos os duelos serão disputados neste sábado.

Flamengo x Uberlândia NBB (Foto: João Pires/LNB) 
Marquinhos foi o cestinha da partida com 25 pontos e ajudou o Flamengo a conquistar a primeira colocação geral da temporada regular do NBB 6 (Foto: João Pires/LNB)
 
 

NBB 35ª rodada

Fim de jogo

Flamengo 82  x  77  Uberlândia


O  Flamengo chegou a 23 vitórias em 28 jogos no Novo Basquete Brasil. O Uberlândia tem 19 vitórias em 31 jogos.

Vitória garante ao Mengão vantagem nos playoffs e mais jogos dentro de casa. Se chegar na decisão, o Flamengo a jogará no Rio de Janeiro.


Elano faz treino físico e pode reforçar o Flamengo na quarta


O Flamengo convive com problemas de lesões constantes no atual elenco. No momento, Léo Moura, André Santos, Léo e Elano. Este último apareceu no campo 2 do Ninho do Urubu para uma atividade física nesta quinta-feira e abriu um sorriso no fim da atividade, mostrando um certo otimismo com relação a sua recuperação de um problema na coxa direita.

Elano não joga desde o dia 12 de março, quando sofreu a lesão no empate em 2 a 2 com o Bolívar, no Maracanã, pela Taça Libertadores. O planejamento é colocar o jogador em condições de enfrentar o Emelec, quarta-feira, em Guayaquil, em jogo decisivo pela competição sul-americana.

Elano Treino Flamengo (Foto: Thales Soares) 
Elano sorri durante o treino físico nesta quinta-feira no Ninho do Urubu (Foto: Thales Soares)


Elano Treino Flamengo (Foto: Thales Soares) 
Elano não atua desde o empate com o Bolívar no Maracanã, dia 12 de março (Foto: Thales Soares)

Léo Moura inaugura escolinha de futebol em Saquarema, no Rio

De fora do primeiro jogo da semifinal do Campeonato Carioca devido a uma lesão na coxa esquerda, Léo Moura esteve nesta quinta-feira em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio, para inaugurar a Escolinha de Futebol e Cidadania Léo Moura. A instituição, feita em parceira com a prefeitura do município e o governo do estado, deve atender 400 crianças de sete a 17 anos. 

Léo Moura inaugura escolinha de futebol em Saquarema (Foto: Divulgação/Prefeitura de Saquarema) 
Léo Moura inaugura escolinha de futebol em Saquarema (Foto: Divulgação/Prefeitura de Saquarema)


Feliz por estar ajudando crianças carentes a praticar esporte, o lateral rubro-negro agradeceu aos presentes e a todos envolvidos no projeto.

- Obrigada a todos que me ajudaram para que essa escolinha se tornasse realidade. Espero que ela ajude muitas crianças neste e nos outros municípios. Obrigada também pelo carinho de todos aqui presentes pela bela recepção - disse o jogador.

As inscrições para a escolinha foram realizadas no campo do Castelinho, em Saquarema. Quem não conseguiu se inscrever pode comparecer ao local na próxima segunda-feira, dia do início dos treinamentos, para realizar o cadastro. Foram disponibilizadas 400 vagas para meninos e meninas, de sete a 17 anos. Os treinos acontecerão todas as segundas, quartas e sextas, em dois horários: de 8h às 11h e das 15h às 18h.