sábado, 26 de abril de 2014

NBB: quartas de final


Flamengo 70  x 74  Bauru



A série melhor de cinco das quartas de final do NBB continua nesta segunda-feira, novamente no Rio de Janeiro, às 20h (de Brasília). No próximo sábado é a vez do Flamengo viajar para Bauru, para o terceiro jogo do confronto.
 
 
 

Wallim lembra gol de Cadu contra o Cruzeiro: 'Pagou os R$ 10 milhões'



A passagem de Carlos Eduardo pelo Flamengo se resume a 49 jogos disputados e um gol marcado. Tento esse que para o vice-presidente de futebol, Wallim Vasconcellos, paga os mais de R$ 10 milhões investidos nos últimos 18 meses para ter o jogador. De acordo com o dirigente, o gol marcado contra o Cruzeiro foi fundamental para o Rubro-Negro.


- Por tudo que ele tinha feito, naquele momento vi que não tinha problema nenhum em fazer uma aposta. Agora, tem o seguinte: se ele não faz aquele gol contra o Cruzeiro, esses R$ 10 milhões teriam sido muito mais caros. Posso afirmar que aquele gol pagou os R$ 10 milhões. Em termos de imagem, propaganda, renda, sócio-torcedor... Mas óbvio que se eu soubesse que ia dar nisso eu não faria - afirmou o dirigente ao jornal Extra.


Apostas da vez, Arthur e Marcelo são apresentados pelo Flamengo



Fisionomias até certo ponto assustadas, declarações curtas e muitos sonhos na cabeça. Assim, Arthur e Marcelo chegaram ao Flamengo. Apostas da vez de uma diretoria sem recursos para grandes investimentos, a dupla já treinou neste sábado no Ninho do Urubu e deu início a uma trajetória de incerteza e ambição. Dos muitos reforços vindos do chamado mercado emergente, Paulinho é, de longe, o exemplo mais bem-sucedido. O atacante, ex-Londrina, e o zagueiro, que defendeu o Volta Redonda no estadual, vivem a expectativa de aumentarem esta lista.

- É um motivo de alegria vestir a camisa do Flamengo. É o sonho de qualquer atleta. Cheguei com o intuito de vencer e ajudar o clube em qualquer situação. Pretendo fazer o meu melhor, o Flamengo merece. Lutei bastante para estar aqui. Se cheguei aqui, acredito que estou preparado. Vou buscar o meu espaço, correr pelas pontas, respeitar meus companheiros e fazer o melhor para o Flamengo - disse Marcelo.

Arthur e Marcelo são apresentados pelo Flamengo (Foto: Cahê Mota ) 
Arthur e Marcelo chegam ao Flamengo (Foto: Cahê Mota )

Aos 22 anos, o defensor chega por empréstimo até o fim da temporada, com preço de parte dos direitos econômicos fixado. Sempre relacionado a Dedé pelas características físicas, pela velocidade e por também ter começado a carreira no Voltaço, Marcelo admite as semelhanças, mas pede o fim das comparações.

- Fico feliz com essa comparação, mas quero deixar claro que Dedé é Dedé, Marcelo é Marcelo. O respeito muito, é uma excelente pessoa, um grande jogador. As características são mesmo iguais, mas cada um é cada um.

Também de fala mansa, Arthur chega ao Rubro-Negro nas mesmas condições que Marcelo. O atacante de 22 anos se destacou pelo Londrina no Campeonato Paranaense e celebra a oportunidade no Flamengo.

- Fico muito feliz por vestir a camisa do maior clube do Brasil, com a maior torcida. É um sonho não só meu, como também do meu pai, mãe, toda família. Vou fazer o meu melhor, fazer o que fiz no Londrina para ajudar meus companheiros.

A oportunidade no Rubro-Negro não é a primeira do jogador em um clube de Série A. Na temporada passada, fez parte do elenco do Coritiba, mas sem destaque. Emprestado ao Figueirense, também pouco jogou. No Flamengo, por sua vez, acredita que pode escrever uma história diferente.

- No Coritiba, havia grandes jogadores, como Keirrison, Deivid, várias opções. Depois, fui para o Figueirense para jogar e foi opção do treinador de não me aproveitar. Aqui no Flamengo, respeito muito os companheiros, mas com determinação vou buscar o meu espaço. Sou fã do Kléber (atacante do Grêmio), do estilo aguerrido, lutador. Vou me esforçar assim.

Ainda sem Arthur e Marcelo, o Flamengo encara o Corinthians, domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu, pela segunda rodada do Brasileirão. Na estreia, os cariocas empataram por 0 a 0 com o Goiás.


Galo volta a vencer o Flamengo e está na final da Copa do Brasil Sub-17


O Atlético-MG venceu o Flamengo por 3 a 1, neste sábado, no estádio Farião, em Divinópolis, no Centro Oeste mineiro, pela Copa do Brasil Sub-17, e se garantiu na final da competição. A equipe já havia vencido a primeira partida, no Rio de Janeiro, por 6 a 1, e entrou em campo com grande vantagem, já que podia perder por 4 a 0.  

Mas foi o Atlético-MG quem começou o jogo no ataque, e abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, com Marco Túlio, duas vezes, e Jordan. Na etapa final, o Flamengo teve o volante Wéverton expulso ao receber o segundo cartão amarelo, aos 8 minutos. Mas o time visitante descontou com Gustavo, aos 35. O Flamengo ainda teve Luã expulso no finalzinho da partida.  

O adversário do Atlético-MG na final da Copa do Brasil Sub-17 será o Grêmio, que passou pelo Fluminense nas semifinais. A primeira partida da decisão será na próxima terça-feira, às 19h30 (de Brasília), em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre-RS.

Apesar de anúncio do governo , Flamengo e Bahia não será na Arena Pantanal



Arena Pantanal abril 2014 (Foto: Edson Rodrigues/Secopa-MT)Um "equívoco" do governador Silval Barbosa não vai agradar em nada a torcida do Flamengo que mora em Mato Grosso. Anunciado com toda a pompa pelo site oficial do governo, o jogo entre Flamengo e Bahia, na Arena Pantanal, no dia 21 de maio, pelo Campeonato Brasileiro, não vai mais acontecer em Cuiabá. A proximidade com a entrega do estádio à Fifa, prevista para o dia 23 de maio, barrou o acerto, segundo o secretário da Secopa-MT, Maurício Guimarães.

- Foi um mal entendido. Já conversei com o governador e está resolvido. Temos que entregar o estádio para a Fifa com tudo pronto. Um jogo na véspera poderia comprometer isso - afirmou.

A notícia tinha animado a extensa torcida flamenguista em Mato Grosso, que não assiste sua equipe desde 1996, em Mato Grosso. Possivelmente, o estádio contaria com a lotação máxima (41.390 torcedores).

- No segundo semestre eles devem mandar algum jogo aqui.

Após receber a partida entre Mixto e Santos, no dia 02 de abril, pela Copa do Brasil, o estádio se prepara para sediar Luverdense e Vasco, neste sábado, pela Série B, Cuiabá e Internacional, no dia 01 maio, pela Copa do Brasil, um amistoso entre a seleção de Mato Grosso e Olímpia-PAR, possivelmente no dia 14 de maio, além de Santos e Atlético-MG, no dia 18 de maio, pelo Campeonato Brasileiro.

Na Copa do Mundo serão quatro jogos, todos pela primeira fase: Chile x Austrália; Rússia x Coreia do Sul; Nigéria x Bósnia-Herzegovina; Japão x Colômbia.


sexta-feira, 25 de abril de 2014

Convocados do FFA já estão no Uruguai para amistoso



Os representantes rubro-negros na seleçãoNeste sábado (26.04), nove atletas do Flamengo Futebol Americano (FFA) servirão a seleção brasileira, o Brasil Onças, no amistoso contra o Uruguay Charruas, em Montevidéu, no Estádio Charrúa. No total, o FFA tem dez representantes na comissão brasileira, já que o head coach Otávio Roichman é também o coordenador ofensivo da seleção.
 
Segundo a Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA), o embate faz parte da preparação da seleção brasileira para a estreia do país no Mundial de Futebol Americano, que será realizado em 2015 na Suécia. O confronto também será marcado pela revanche dos Onças, já que na primeira partida oficial da seleção brasileira, em 2007, a seleção uruguaia saiu vencedora. O atleta da Linha Ofensiva Anselmo Brauer esteve em campo na ocasião e está confiante para o reencontro.

"Foi uma grande felicidade poder ter participado da seleção em 2007, quando demos o primeiro passo, e será novamente agora para podermos dar o troco e nos fortalecermos para uma possível Copa do Mundo na Suécia, em 2015. Tenho certeza que motivado por representar o Brasil e o Flamengo vamos sair vitoriosos", garantiu.

Mais um jogador da Linha Ofensiva do Fla, Marcos Martiny vai para sua primeira experiência na seleção do país. Com apenas 22 anos, o atleta diz que essa é a realização de um sonho. "Essa convocação foi uma grande surpresa para mim. Demorei a acreditar que estava relacionado para fazer parte do seleto grupo de jogadores que defendem meu país. São os caras que sempre ouvi falar nos nomes. Conheço alguns, já joguei contra outros, mas essa vai ser a primeira experiência minha com o grupo todo de jogadores. Vou poder conhecer todos aqueles que são referência em suas posições, e melhor, poder jogar com eles atrás do mesmo objetivo: a vitória do Brasil. Acho que todos na infância já sonharam em vestir a amarelinha pela seleção. Só que comigo e esses outros jogadores o sonho se concretizou de outra maneira", disse.
 
Martiny acredita que sua participação no Torneio Touchdown vestindo o Manto Sagrado, ao lado de grandes jogadores, foi decisiva para sua convocação. "Devo muito ao Flamengo por estar na seleção. É um time cheio de feras e de jogadores que já foram e continuam vestindo a camisa do Brasil. Aprendi muito com eles e isso me ajudou bastante a chegar onde cheguei. Posso estar sempre treinando em alto nível. O resto do time só tem a ganhar tendo bons jogadores em seu elenco. Eu fui um daqueles que consegui tirar proveito disso e me desenvolver a cada dia", concluiu.
 
 
Confira a lista completa dos rubro-negros convocados:
 
Ramon Martire - Quarterback
Rodrigo "Vinny" Pons - Wide Receiver
Bruno "Sapo" Rosa - Cornerback
Felipe "Cebola" Leiria - Tight End
Anselmo Brauer - Linha Ofensiva
Marcos Martiny - Linha Ofensiva
Raiam dos Santos - Kicker / Punter
Denis Barros – Linha Defensiva
Ramez Hage – Linha Ofensiva
 
 

NBB no SporTv


Às 21h30, Flamengo e Bauru iniciam o duelo para saber quem avança para as semifinais do NBB. O primeiro jogo, na casa rubro-negra, será transmitido por Roby Porto, com comentários de Byra Bello e reportagens de Marina Izidro, no SporTV 2.




Em tempo de comparações com Mano, Jayme vira pai até para veteranos



jayme de almeida treino flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Aos 33 anos, Alecsandro já passou por uma série de clubes brasileiros e atuou em Portugal e nos Emirados Árabes. Experiente, conheceu vários treinadores em sua carreira. No entanto, agora, ao encontrar Jayme de Almeida no Flamengo vem aprendendo com o novo professor, que coloca entre os cinco melhores com os quais trabalhou.

Ao observar o trabalho de Jayme em seus primeiros quatro meses de clube, o atacante avaliou uma série de fatores e o vê como um pai para os mais jovens e até veteranos. Alecsandro virou titular do time apenas depois da lesão nas costas de Hernane, que segue fora do time.

- Jayme é como um pai para os meninos. E para a gente mais velho também. É carismático. Em seu primeiro trabalho como treinador, já mostrou resultado. Tem meu respeito como profissional e muito a crescer. Eu o coloco sem sombra de dúvida entre os cinco melhores com que trabalhei no contexto geral de grupo, função tática, ajustes. Está indo por um bom caminho - afirmou Alecsandro.

A semana tem sido de citações a Mano Menezes. Jayme de Almeida era seu auxiliar no ano passado, quando pediu demissão depois da derrota por 4 a 2 para o Atlético-PR, no Maracanã. Assumiu o cargo e foi campeão da Copa do Brasil, Carioca e ajudou a livrar o time do rebaixamento. O único fracasso foi a queda na fase de grupos da Taça Libertadores.

Jayme já recebeu elogios de vários jogadores do grupo durante a semana. Samir fez comparação do seu estilo com o de Mano Menezes, dizendo que o atual tem mais coração. Discreto, ele se avaliou.

- Estilo cada um tem o seu. Tenho meu modo de lidar. Não sei se sou mais coração, sou mais do diálogo, gosto de conversar, dou liberdade aos jogadores para que a gente vá para o jogo com a certeza da melhor opção. Todos os estilos já foram vitoriosos, todo mundo já ganhou, dependendo da época, da ocasião - comentou Jayme.

Arthur e Marcelo finalizam exames no Flamengo e apresentação deve ser terça-feira

 

aposta
dupla (Editoria de Arte)Os primeiros reforços do Flamengo para a sequência da temporada devem ser apresentados na terça-feira, no Ninho do Urubu. O atacante Arthur, ex-Londrina, e o zagueiro Marcelo, ex-Volta Redonda, já realizaram uma série de exames médicos no Rio de Janeiro e assinaram os  primeiros documentos nesta sexta-feira, restando apenas poucos detalhes para o anúncio oficial do clube. Ambos estiveram na sede do clube, na Gávea, no decorrer do dia.

Os dois jogadores foram contratados como apostas e chegam por empréstimo de um ano com opção de compra de parte dos direitos econômicos. Arthur tem 22 anos e se destacou na conquista do Campeonato Paranaense, marcando oito gols. Marcelo passou a ser chamado de novo Dedé pela mesma origem do atual zagueiro do Cruzeiro.

Arthur vai disputar posição com Alecsandro e Hernane. Já Marcelo será  o quinto zagueiro do elenco, que já conta com Wallace, Samir, Chicão e Erazo. Frauches e Fernando, ambos revelados nas categorias de base do clube, devem ser emprestados para que ganhem experiência.

O Flamengo havia negociado também com atacante Henrique, da Portuguesa. No entanto, o Palmeiras entrou na disputa e ofereceu mais ao jogador. O clube carioca decidiu não entrar em leilão e desistiu de contratá-lo.

Flamengo enfrenta série de lesões, e Alecsandro culpa maratona de jogos


O Flamengo vem sofrendo com uma série de lesões nesta temporada. Léo Moura, Chicão, Samir, André Santos, Cáceres, Léo, Elano, Gabriel, Everton, Paulinho, Hernane. Poderia ser a escalação para um jogo, mas se trata de uma lista de jogadores que já passaram pelo departamento médico do clube nesta temporada. Com isso, mais uma vez, o time será remontado pelo técnico Jayme de Almeida para o confronto com o Corinthians, domingo, no Pacaembu, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Deste grupo, apenas Léo, Cáceres e Hernane não sofreram lesões musculares. Para Alecsandro, a culpa ainda é do calendário do futebol brasileiro, que, segundo ele, não permite uma preparação adequada para a sequência de jogos a que os clubes são submetidos.

- Nós fazemos cobranças para jogar uma vez por semana para que possa ter um tempo maior de recuperação de um jogo para o outro. Tem que ganhar na quarta e no domingo. É assim até  o fim do ano. Não tem aquele jogo que dá para jogar mais devagar. Tem que ser sempre forte ou fica para trás. Por isso, as contusões são normais em todos os clubes do Brasil - disse Alecsandro.

O técnico Jayme de Almeida procura não alimentar o problema. Ele prefere exaltar os escolhidos para entrar em campo. Contra o Corinthians, o lateral-esquerdo André Santos atuará no meio-campo e João Paulo será o titular da lateral esquerda. Cáceres volta ao time. No momento, Chicão, Gabriel, Hernane, Elano, Léo e Everton são os desfalques.

- Isso preocupa no sentido de não poder contar com todos. O ideal seria que eles estivessem em condições. Mas sou uma pessoa que confia muito no grupo que tenho. Não fico reclamando. Tenho total confiança em quem vai jogar. Quem entrar, vai ser com o espírito de dar o melhor pelo clube - comentou Jayme.

Dos machucados, Chicão e Gabriel são os que menos preocupam. Everton também deve estar à disposição na segunda-feira. Hernane já deve trabalhar com o grupo na próxima semana, recuperado de um problema nas costas. Elano ainda está na musculação depois da segunda lesão na coxa direita este ano.

STJD denuncia Portuguesa, presidente e até Argel por abandono de jogo


 A procuradoria do STJD entregou nesta sexta-feira a denúncia por causa do abandono de jogo protagonizado pela Portuguesa na primeira rodada da Série B-2014. Por ter deixado o gramado aos 17 minutos da partida contra o Joinville, a Lusa pode até ser excluída da Segundona e ir parar na Série C. Além do clube, a procuradoria denunciou o técnico Argel, Ilídio Lico, presidente do clube, e Marcos Rogério Lico, filho do cartola.

A Lusa foi enquadrada nos artigos 205 do CBJD (abandono de jogo), 69-2 do Código Disciplinar da Fifa - que prevê o rebaixamento -, e, de maneira alternativa, no 231, também do CBJD. Já Argel, Lico e Marcos foram denunciados no 243-A (agir contra a ética desportiva). O filho do presidente ainda foi enquadrado no 258-B (invadir local destinado à equipe de arbitragem).

A Portuguesa deixou o gramado alegando ser válida uma liminar conseguida por um torcedor no Tribunal de Justiça de São Paulo. A súmula do árbitro e o relatório do delegado do jogo, dando conta de que a Lusa não apresentou nenhum documento oficial judicial para deixar o gramado, fazem parte do documento enviado ao STJD.

O procurador Fernando Silva Júnior, que assina a denúncia, considerou que as atitudes da Lusa "são graves por terem caracterizado uma autêntica fraude, pois prestaram informações inverídicas, simularam uma inexistente intimação judicial procurando, nitidamente, induzir em erro o árbitro e o delegado da partida". Ele considera ainda que os cartolas da Portuguesa "de forma ardilosa, procuraram descumprir as determinações que já haviam sido emanadas pelo Superior Tribunal de Justiça".

Para embasar o pedido de exclusão, previstos em caso de prejuízo esportivo a terceiros, a procuradoria diz que o Joinville foi impedido de marcar pontos, gols, e os atacantes perderam a chance de acumular tentos na artilharia. O fato de que o clube teve que devolver os ingressos aos torcedores também foi usado.

Para Argel, a procuradoria pede suspensão de seis a 12 partidas. No caso da família Lico, a denúncia pede gancho entre 180 e 360 dias a pai e filho. O julgamento do caso vai ficar a cargo da 5ª comissão disciplinar do STJD e deve acontecer, por causa do feriado da próxima quinta, só na semana seguinte.

Flamengo tem maior arrecadação de 2013, mas fica em 5º no quesito público

Com um ingresso médio no valor de R$ 59,71, o Flamengo foi o clube que mais arrecadou em 2013 com a presença de sua torcida nos estádios. Ao todo, R$ 44 milhões entraram nos cofres rubro-negros. No entanto, o time da Gávea conseguiu levar somente o quinto maior público da temporada, com 736.587 no total. Os dados são da consultoria Pluri.

O São Paulo foi o clube que mais levou gente aos estádios, com 940.391 torcedores, seguido pelo Corinthians, com 890.720, Cruzeiro, com 778.065, e Grêmio, com 743.504. Considerando o público pagante médio, a Raposa lidera o ranking, com 26.830 pessoas por partida. Timão é o segundo (24.742), e o Tricolor paulista, o terceiro, com 24.113.

No quesito arrecadação, o Cruzeiro vem logo atrás do Flamengo, com R$ 39 milhões, à frente do rival Atlético-MG (R$ 35 milhões), Corinthians (R$ 32,2 milhões) e Grêmio (R$ 30,6 milhões).

A conclusão do estudo é de que Corinthians e Cruzeiro são capazes de lotar seus estádios e arrecadar bastante dinheiro. Já o Flamengo consegue atingir o maior arrecadamento de todos, mas a presença do público para reverenciar a equipe é baixa em relação aos outros. O Santa Cruz opera de forma contrária ao Rubro-Negro, adotando preços baixos, o que afeta o lucro, mas permite contar com altos índices de torcedores . O time pernambucano subiu para a Série B do Brasileirão este ano após registrar a quarta maior média de público pagante em 2013: 22.384.

O Atlético-MG vive um caso especial, já que seu estádio, o Independência, possui capacidade de pouco mais de 20 mil pessoas, o que exige a cobrança de um preço mais alto na entrada. O levantamento ainda destaca a estratégia do São Paulo que, ao longo do Campeonato Brasileiro, foi capaz de reduzir os preços dos ingressos para atrair seus torcedores no momento em que brigava contra o rebaixamento.

Publico total e média de pagantes em 2013 (Foto: Reprodução SporTV) 
Publico total e média de pagantes em 2013 (Foto: Reprodução SporTV)
 
Lista mostra as maiores arrecadações em 2013 (Foto: Reprodução SporTV) 
Lista mostra as maiores arrecadações em 2013 (Foto: Reprodução SporTV)

Jayme contesta Mano sobre crença no título do Flamengo e fala em reconstrução


Flamengo treino Jayme de Almeida (Foto: Thales Soares)No dia 23 de março, no programa "Bem, Amigos", do SporTV, Mano Menezes afirmou que tinha certeza da conquista da Copa do Brasil pelo Flamengo, quando deixou o clube em setembro do ano passado. Ele pediu demissão logo depois da derrota por 4 a 2 para o Atlético-PR, de virada, no Maracanã. Na época, o time brigava contra o rebaixamento e vinha da classificação para as quartas de final da Copa do Brasil.

Auxiliar na época, Jayme de Almeida assumiu o lugar de Mano e não concordou com a declaração do atual técnico do Corinthians, adversário do Flamengo neste domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Para ele, não havia como ter essa certeza diante da situação vivida pelo grupo naquele momento.

- Trabalho como auxiliar desde 2010 aqui e tenho muito respeito pelo Mano Menezes. Depois do Vanderlei, que conheço desde os 15 anos e não conta, foi o técnico que me deu mais liberdade aqui para conversar. Tenho um carinho grande por ele e sei que é recíproco. Mas afirmar que sabia que seria campeão é um pouco difícil. A gente tinha segurança de muito pouca coisa, ainda mais bater campeão de algo. Ninguém achava isso. Nem tinha certeza de que escaparia do rebaixamento. Depois do confronto com o Botafogo na Copa do Brasil é que acendeu uma luz no fim do túnel - disse Jayme.

A lembrança do momento em que assumiu o time ainda está viva. O atual treinador do Flamengo revelou também ter sentido um baque quando Mano Menezes anunciou sua saída logo depois daquele fatídico jogo. Desde então, não se falaram novamente. O reencontro será domingo.

- Os jogadores sentiram, eu também. Eles tinham confiança em um técnico consagrado. Foi difícil no início. Teve o jogo com o Náutico, no qual o time não foi bem e depois a Copa do Brasil contra o Botafogo. Nada melhor do que um dia após o outro. Conseguimos construir uma nova história. Renascemos com aquele empate em 1 a 1. Ninguém acreditava e eles perceberam que podiam, que não eram nenhuma maravilha, mas se juntassem os cacos fariam um bom final de Brasileiro e teriam uma esperança pequena na Copa do Brasil - comentou o treinador.

Ao deixar o Flamengo, Mano disse que os jogadores não haviam entendido o que pensava sobre o futebol. Essa frase despertou dúvidas sobre a qualidade do grupo na época. Jayme não acredita que ela tenha sido responsável por qualquer motivação extra, mas sim a situação em que o clube se apresentava com três técnicos tendo saído em um ano (os outros dois foram Jorginho e Dorival Júnior).

- O ato dele sair deixou a gente muito mal. Os  jogadores resolveram se juntar para inverter aquilo. Técnicos famosos passaram. O jogador pensa: "Todo mundo vem aqui e a gente não melhora". Eles perceberam que precisavam fazer algo a mais. Deixaram as divergências de lado e pensaram em algo mais coletivo. Fizeram isso de maneira fantástica - afirmou Jayme.

Corinthians x Flamengo: venda on line disponível para os rubro-negros


Os torcedores do Flamengo que forem a São Paulo para a partida contra o Corinthians, domingo, às 16h, poderão comprar seu ingresso pela internet e retirá-lo no “Bar da Nação”, que será montado na capital paulista. Sócios-torcedores terão prioridade na compra. Também há a opção de compra do translado para a partida. 

No bar temático haverá um talk show com o historiador Bruno Lucena, que contará um pouco da história do confronto entre Flamengo e Corinthians, além da presença dos troféus da Copa do Brasil 2013 e do Campeonato Carioca 2014. 

O setor destinado ao Flamengo é o visitante e a entrada ocorre pelo Portão 22. Se restarem ingressos após a venda on line antecipada, eles serão disponibilizados na bilheteria do portão 22 no dia da partida.

Os ingressos podem ser adquiridos através do site da Fla Tour.

Everton desfalca o Flamengo, e André Santos deve jogar no meio


O Flamengo já estava com uma série de desfalques para o confronto com o Corinthians, principalmente Elano e Hernane, ainda em recuperação de lesões. Nesta sexta-feira, o time teve a confirmação de mais uma ausência. Com dores na perna direita, o meia Everton está fora do jogo deste domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro.

Para o lugar de Everton, o técnico Jayme de Almeida deve escalar o lateral-esquerdo André Santos no meio-campo. O jogador atuou na posição no treinamento desta sexta-feira. Com isso, João Paulo vai ser titular na lateral esquerda.

- A gente fez um treino tático e já sabe como o Flamengo se comporta com o Lucas Mugni e o Mattheus. Resolvemos dar uma olhada com o André Santos ali no meio. Já jogou assim no ano passado, é experiente e inteligente. Vamos decidir ainda como vai começar, mas gostei muito desse treino - comentou Jayme.

André Santos treino flamengo (Foto: Thales Soares) 
André Santos atuará no meio de campo contra o Corinthians (Foto: Thales Soares)

Contra o Corinthians, o treinador contará com a volta do volante Cáceres, recuperado de uma luxação no ombro. O jogador não atua desde o dia 12 de março, quando sofreu a lesão no empate em 2 a 2 com o Bolívar, no Maracanã.

- A gente conhece bem o Cáceres, se dedica o tempo inteiro ao futebol. Para quem quiser começar a trabalhar é um exemplo a ser seguido como profissional. Vai suportar tranquilo os 90 minutos. Não tinha medo da parte atlética, apenas de como reagiria no contato - disse.

Além do desfalque de Everton, Hernane e Elano, o Flamengo também não conta com o lateral-direito Léo, submetido a uma cirurgia no tornozelo direito. Chicão, com dor na coxa direita, e Gabriel, com problema na coxa direita, também estão fora do jogo e diminuem as opções no banco de reservas para Jayme.

Flamengo apresenta novo patrocínio para uniformes de treino


 O Flamengo apresenta, nesta sexta-feira, um novo patrocinador para a temporada. Trata-se da Herbalife, empresa de nutrição que terá seu nome estampado apenas na parte da frente dos uniformes de treino. O contrato substitui o anterior, com a Technogym, e terá 12 meses de duração.

A Herbalife também terá sua marca exibida em placas de publicidade e no painel para entrevistas do clube.

Os jogadores já treinam nesta sexta-feira com o novo patrocínio em suas camisas.

Transmissão: Flamengo x Corinthians


DOMINGO, 27
Série A do Campeonato Brasileiro                      



16h - Corinthians x Flamengo
Transmissão: TV Globo para RJ, MG (Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberlândia e Ituiutaba), SC, PR, ES, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Júnior e Leonardo Gaciba) e Premiere e Premiere HD (com Milton Leite e Wagner Vilaron)

Zico vê Flamengo longe de brigar por título no Brasileirão: "Não tem plantel"



Evento Zico Guaratinguetá (Foto: Filipe Rodrigues)O Flamengo não está entre os candidatos ao título do Campeonato Brasileiro. Isso, segundo um dos maiores ídolos de sua história. Em evento em Guaratinguetá, no interior de São Paulo, Zico afirmou que o rubro-negro precisa de mudanças se quiser lutar pelo Brasileirão de 2014.

Segundo o Galinho, o rubro-negro tem um time titular "fraco" e sem peças de reposição para os principais nomes. Sem elenco, o clube fica atrás em um torneio nivelado.

– Se não mudar, o Flamengo não briga pelo título. Flamengo está difícil de montar um time e para ganhar o Brasileirão é preciso ter plantel. Acho que o Flamengo não começou bem, está com time indefinido. Por não ter plantel, quando há lesão o Flamengo sofre. Hoje, eu não colocaria o Flamengo como candidato ao título – disse Zico.

Pelo campeonato ainda estar chegando em sua segunda rodada, Zico evita dar palpites sobre favoritos e equipes mais bem montadas. Para o Galinho, ainda há times muito irregulares, principalmente pela falta de talento individual.

– O Campeonato Brasileiro é o mais difícil do mundo. Você tem 10, 12 equipes que vão brigar pelo título e podem brigar para não cair. O São Paulo faz 3 a 0 no Botafogo e, três dias, depois perde para o CRB, de outra divisão. O futebol brasileiro está muito irregular. Os times que têm um bom plantel, são Internacional, Grêmio e Atlético-MG. Mas falta jogador. O único titular da Seleção Brasileira que joga no Brasil é o Fred – afirmou.



Perto de atingir marca, Marcelinho será homenageado pelo Flamengo


Marcelinho Machado completou 39 anos dia 12 de abril, mas o presente e a festa que a diretoria do Flamengo preparou para o capitão do time de basquete rubro-negro virão com um certo atraso. Mas precisamente neste sábado, data da primeira partida do atual campeão pelas quartas de final do NBB, contra o Bauru, às 21h30, no Rio de Janeiro, diante de milhares de convidados. A 18 pontos de alcançar a marca de 8 mil pelo clube do coração, o recordista da história da competição, com 4.126, será homenageado com uma camisa comemorativa pelo feito histórico. O SporTV transmite ao vivo e o GloboEsporte.com acompanha a partida em tempo real.

- Sei que estou perto de atingir essa marca, mas para falar a verdade nem sabia que seria  homenageado (risos). Cheguei ao Flamengo ainda garoto, com 10, 11 anos, joguei quatro anos na base e depois voltei em 2007. Minha história aqui é de muito tempo, sempre fui torcedor de arquibancada. Chegar a essa marca e escrever meu nome na história do meu clube de coração é uma coisa muito legal e muito gratificante, uma honra para mim - afirmou Marcelinho, que está a sete jogos dos 350 pelo Flamengo e futuramente também será homenageado com outra camisa.

Marcelinho será homenageado pela diretoria do Flamrngo com uma camisa comemorativa aos 8 mil pontos marcados pelo Flamengo (Foto: Gilvan de Souza) 
Marcelinho será homenageado pela diretoria do Flamengo com duas camisas comemorativas aos 8 mil pontos marcados e aos 350 jogos pelo Flamengo (Foto: Gilvan de Souza)

Títulos, marcas e números sempre fizeram parte da doce rotina de Marcelinho com a camisa do Flamengo. Desde que voltou ao clube, o capitão rubro-negro conquistou sete Campeonatos Cariocas, uma Liga Sul-Americana (2009), três brasileiros - dois pelo NBB - e recentemente a Liga das Américas, na qual foi eleito o MPV da competição. Destaque em quase todas as conquistas, o ala faz questão de dividir os méritos com todos seus companheiros e treinadores ao longo dos últimos sete anos. 

- Na minha primeira passagem pelo clube eu aprendi que o Flamengo sempre vai entrar em qualquer competição para ganhar. E o mais importante é que eu alcancei essas marcas disputando títulos em competições importantes. Mas apesar de ser um feito individual, tenho que agradecer a todos meus companheiros porque ninguém consegue nada sozinho. Desde os primeiros pontos que marquei com a camisa rubro-negra sempre tive a ajuda deles - destacou o jogador.

Marcelinho será homenageado pela diretoria do Flamrngo com uma camisa comemorativa aos 8 mil pontos marcados pelo Flamengo (Foto: Gilvan de Souza)Marcelinho agradece a homenagem, mas prefere deixar a festa apenas para os torcedores rubro-negros. Números e marcas à parte, o ala-armador só pensa no primeiro jogo válido pelas quartas de final, contra o Bauru, no tricampeonato rubro-negro do NBB e na conquista de seu quinto titulo nacional - o ala também venceu dois Campeonatos Brasileiros organizados pela CBB, um pelo Flamengo, em 2008 e outro pelo extinto Telemar, em 2005.

- Fico orgulhoso com as homenagens, mas quando a bola sobe eu não fico preocupado com isso e nada me atrapalha. Marcas individuais são apenas números, pois ninguém entra em quadra pensando que vai fazer 30 ou 40 pontos numa partida - disse o capitão do Flamengo.


De volta para casa: Flamengo vai enfrentar Palmeiras e São Paulo no Maracanã


Torcida Flamengo Maracanã (Foto: Agência O Globo)Boa notícia para o torcedor do Flamengo que mora no Rio de Janeiro: a diretoria decidiu manter para o Maracanã as partidas contra Palmeiras e São Paulo pelo Brasileirão. Depois do tropeço na estreia, diante do Goiás, em Brasília, o Rubro-Negro optou por não mais abrir mão de seu palco tradicional enquanto o estádio estiver disponível para uso. Com isso, somente os confrontos com Bahia e Figueirense, em datas em que o local já estará entregue à Fifa, acontecerão em outras praças. Cuiabá e Uberlândia surgem como favoritos.  

Em um primeiro momento, apenas o jogo com o Verdão estava previamente marcado para o Rio de Janeiro, enquanto havia uma negociação em andamento para que o duelo com o São Paulo, pela quinta rodada, fosse na Arena das Dunas, em Natal. Em 2013, mandar jogos fora do Rio de Janeiro foi uma rotina para o Flamengo no primeiro turno do Brasileirão, e o resultado foi trágico: apenas 29% dos pontos, com 72% depois do retorno ao Maracanã.  

A partida contra o Bahia, pela sexta rodada, está marcada para o dia 21 de maio. A data se encaixa no período em que o estádio ainda estará à disposição dos clubes - a Fifa passa a tomar conta no dia seguinte. Entretanto, com a marcação de Fluminense e São Paulo para o mesmo dia e local, uma das duas partidas teria que ser remarcada. O Governo do Mato Grosso, por sua vez, já revelou que o duelo entre cariocas e baianos acontecerá na Arena Pantanal e servirá como evento-teste para a Copa do Mundo. O Fla, por sua vez, ainda não se pronunciou sobre o tema e não está completamente descartada a possibilidade do Maracanã.  

Já as negociações para que a partida com o Figueirense, dia 29, pela oitava rodada, seja no Parque do Sabiá, em Uberlândia, estão adiantadas. A decisão do Rubro-Negro se deu por questões de logística, uma vez que o Cruzeiro já anunciou que mandará o jogo pela nona rodada, última antes da paralisação para o Mundial, na cidade do Triângulo Mineiro. Adaptando suas ações para a mesma cidade, o Flamengo evitaria deslocamento e ganharia dias livre para treinos entre os compromissos.  

Antes de voltar ao Maracanã, o Flamengo encara o Corinthians neste domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu, pela segunda rodada do Brasileirão. A última partida do Rubro-Negro no Rio de Janeiro foi a final do Carioca, contra o Vasco, quando se sagrou campeão, dia 13 de abril.
 
 

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Com "ok" de russos, Flamengo trata detalhes finais para rescisão com Cadu


Carlos Eduardo coletiva flamengo (Foto: Globoesporte.com)Que o casamento entre Flamengo e Carlos Eduardo chegou ao fim, todo mundo sabe. Fora dos planos de Jayme de Almeida, o meia não entra mais em campo e aguarda o término do vínculo, que vai até o próximo dia 30 de junho. O divórcio, no entanto, será antecipado, e a expectativa de todas as partes é de que a rescisão contratual seja assinada em breve - no mais tardar, na próxima semana. O Rubin Kazan, clube com o qual o jogador tem contrato até 2018, já deu o "ok", e o Rubro-Negro está na fase final das tratativas para parcelamento dos três meses de salários que Cadu tem direito, referentes a abril, maio e junho.

É consenso entre todas as partes que não há motivos para que Carlos Eduardo siga somente treinando por mais 70 dias e para que seja liberado o quanto antes para definir seu futuro. Internamente, a rescisão antecipada é vista como um fato, questão de (pouco) tempo. O desejo do atleta é seguir no Brasil, o Coritiba já se apresentou como um dos interessados, mas o Rubin Kazan também considera a possibilidade de utilizá-lo no futebol russo.

A última vez que Carlos Eduardo entrou em campo pelo Flamengo foi no dia 20 de março, quando foi titular na derrota por 1 a 0 para o Bolívar, em La Paz, pela Taça Libertadores da América. A partir desta data, o camisa 20 sequer sentou no banco de reservas, apesar de ter sido relacionado para concentração das partidas contra Emelec, no Equador, León e na finalíssima do Estadual com o vasco.

Apesar das críticas recorrentes, internamente há um consenso de que o elenco rubro-negro não pode ficar sem um jogador com as características de Carlos Eduardo para cadenciar o ritmo de um time marcado pela velocidade de Paulinho e Éverton. A chegada de um substituto é apontada como uma das prioridades nas investidas do clube no mercado para a disputa do Brasileirão.

Contratado no início de 2013 como principal nome do início de gestão de Eduardo Bandeira de Mello, Carlos Eduardo entrou em campo com a camisa do Flamengo em 49 oportunidades e marcou um gol: diante do Cruzeiro, no Mineirão, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Em 2014, foram apenas sete aparições. 


André Santos considera jogadores do Flamengo em momento de autoanálise


André Santos Flamengo (Foto: Carlos Mota )Ter confiança em campo é considerado fundamental para o desenvolvimento de um bom jogo. No entanto, seu excesso pode causar problemas. Pelo menos, para o lateral-esquerdo André Santos. Ao falar sobre o momento do Flamengo, que não vence há quatro jogos e terá o Corinthians pela frente domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, ele colocou no grupo uma necessidade de autoanálise.

Nesta temporada, o Flamengo conquistou o Campeonato Carioca, mas caiu ainda na fase de grupos da Taça Libertadores. Os jogadores são praticamente os mesmos da campanha do título da Copa do Brasil do ano passado. No entanto, o time começou o Campeonato Brasileiro com um empate em 0 a 0 com o Goiás, em Brasília.

- Em menos de sete meses, foram dois títulos e o jogador sente muita confiança. Acho muito importante que todos façam uma autoanálise. Falo por mim também. Às vezes, atrapalha um pouco estar muito confiante. É preciso ver onde estamos errando. O Flamengo precisa ser menos afoito, estamos errando o último passe. Queremos ficar mais com a bola e treinamos bastante para melhorar no decorrer do campeonato - afirmou André Santos.

Para o confronto com o Corinthians, o jogador acredita que o Flamengo encontrará mais espaços. A maior reclamação diante do Goiás foi justamente a retranca montada pelo adversário que dificultou as ações ofensivas no Estádio Mané Garrincha.

- São duas equipes querendo jogar. Isso é sempre bom. Com o Goiás todo atrás como estava , fica difícil entrar na defesa. Temos que fazer o melhor domingo, pois o Corinthians também vai sair para o jogo pela pura grandeza do confronto - comentou André Santos.

Mesmo com más lembranças do confronto no Pacaembu, André Santos confia na possibilidade de o Flamengo sair com um bom resultado de campo. No ano passado, o time sofreu uma derrota por 4 a 0, em grande atuação do atacante Alexandre Pato, que agora defende o São Paulo.

- Devemos pegar a última partida que jogamos lá como exemplo. Temos que trabalhar para neutralizar as principais jogadas do adversário. O mais importante é  somar ponto a todo momento no Campeonato Brasileiro - analisou André Santos.


Com políticas opostas, Flamengo fatura R$ 171 mil a mais que Flu em estreia


O Flamengo estreou no Campeonato Brasileiro, contra o Goiás, mandando seu jogo em Brasília e cobrando R$ 100 pelo ingresso mais barato. O Fluminense atuou no Rio de Janeiro, diante do Figueirense, e o bilhete mais acessível saiu por R$ 10. Nesta quinta-feira, a CBF divulgou o borderô das partidas e a diferença de arrecadação entre as equipes não foi grande.

O Rubro-Negro, que teve 19.012 pagantes, faturou R$ 324.307,89 de uma renda bruta de R$ 1.144.515,00. O Fluminense, que contou com a presença de 31.173 torcedores, lucrou R$ 118.427,39 de um total de R$ 385.535,00.

Chama a atenção o alto gasto do Flamengo para jogar em Brasília. De acordo com o borderô, as despesas para mandar a partida no Mané Garrincha foram de R$ 762 mil. O clube pagou R$ 112 mil para a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e R$ 56 mil para a Federação Brasiliense. Só a taxa de ocupação do estádio saiu a R$ 148 mil. Foram pagos ainda R$ 85 mil para a segurança do estádio e mais R$ 45 mil para a limpeza, entre outros gastos.

No Maracanã, os custos do Tricolor na vitória por 3 a 0 diante do Figueirense foram bem menores - R$ 103 mil. O consórcio que administra o estádio ficou com R$ 153.776,75 pelo acordo que tem com o Fluminense. A Federação Carioca recebeu R$ 19 mil.

Somente daqui a duas rodadas os times voltam a atuar como mandantes no Campeonato Brasileiro. Pela tabela da CBF, ambos atuarão no Maracanã. No dia 3 de maio, um sábado, o Tricolor receberá o Vitória, às 21h. No dia seguinte, o Flamengo enfrentará o Palmeiras, às 16h.

Cáceres consolida volta ao Flamengo em coletivo com 12 na linha




Flamengo treino Cáceres  (Foto: Thales Soares)Depois de mais de um mês, o técnico Jayme de Almeida poderá contar novamente com o volante paraguaio Cáceres. O jogador consolidou sua volta ao time nesta quinta-feira ao participar de um coletivo com 12 jogadores de linha no Ninho do Urubu. Com isso, estará em campo no confronto com o Corinthians, domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro.

Cáceres se recuperou de uma luxação no ombro direito sofrida no dia 12 de março no empate em 2 a 2 com o Bolívar. De lá para cá, o jogador vem em um processo de recuperação árduo e ainda treina com uma proteção no local, que também será utilizada no jogo.

- Ele é um grande jogador e quero parabenizá-lo pelo tratamento. O empenho dele é muito bacana, profissional dentro e fora de campo. Sua volta ajuda muito a nossa equipe, pois estava vivendo o seu melhor momento quando se machucou. É um excelente jogador, aguerrido, a cara do Flamengo - disse André Santos.

No time com Cáceres, o técnico Jayme de Almeida escalou ainda Léo Moura, Wallace, Samir, André Santos, Luiz Antonio, Muralha, Márcio Araújo, Lucas Mugni, Gabriel, Alecsandro e Paulinho. Amaral, que vinha sendo titular, ficou no outro time. Everton, Chicão e João Paulo ficaram na academia, poupados. Elano, Léo e Hernane seguem fora, machucados.


Samir avalia diferenças no comando às vésperas do reencontro com Mano


Samir treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Domingo será um dia de reencontros entre grande parte do time do Flamengo e o técnico do Corinthians, Mano Menezes. Em junho completará um ano o pedido de demissão, após a derrota por 4 a 2 para o Atlético Paranaense, pelo Campeonato Brasileiro. Jayme de Almeida assumiu a equipe, e as diferenças dos dois treinadores quanto à forma de comandar o grupo podem ser notadas. É o que acredita o zagueiro Samir. O jovem estabelece o principal contraste: diálogo do Jayme x ordem do Mano.

– O Jayme é mais coração. Conversa mais com o pessoal, expõe o que quer. O Mano já era diferente, era mais: “faz isso aqui, porque eu estou mandando”. Ele era mais direto, objetivo. Acho que essa é a principal diferença. Eu, particularmente, não converso com ninguém a respeito do Mano. Não tive muitas oportunidades quando ele estava aqui, mas foi um bom treinador. Quero agradecê-lo por qualquer chance que eu tenha conseguido, de qualquer forma – disse.

Sob o comando de Mano Menezes, o zagueiro atuou em sete jogos, cinco deles como titular. Já com Jayme, ele esteve em campo em 27 partidas – número maior do que a quantidade de jogos que o atual técnico do Corinthians esteve à frente do Rubro-Negro. Samir considera-se um atleta com forte personalidade e apto para assumir as funções na equipe.

– Eu me considero sim um cara de personalidade. Quando eu tenho problemas, procuro resolver, assim como aconteceu na Bolívia (falha no gol do Bolívar durante uma derrota na fase de grupos da Taça Libertadores). Eu não corri do problema, conversei com a imprensa, com o treinador. Sempre procuro solucionar os problemas.

Para a partida contra o Corinthians, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, Samir está recuperado, sem dor nas costas. Porém o jovem – que não atuou na final do Campeonato Carioca, contra o Vasco, e no empate por 0 a 0 com o Goiás, na estreia do Brasileirão – preferiu manter cautela sobre seu retorno à equipe, já que ele e Chicão ainda travam uma disputa pela vaga ao lado de Wallace. Ao que tudo indica, Jayme deve escalá-lo para o confronto. A partida será realizada domingo, às 16 horas (de Brasília), no Pacaembu.

Flamengo inaugura loja oficial no Maranhão


Festa de inauguração foi um sucessoNa noite desta quarta-feira (23.04), os torcedores de São Luis, no Maranhão, ganharam a segunda Loja Nação Rubro-Negra do estado, no Shopping da Ilha. Os ídolos da década de 1980 Adílio e Julio César Uri Geller estiveram presentes na festa de inauguração.

A Loja Nação Rubro-Negra é um dos estabelecimentos oficiais do Flamengo e também conta com filiais no Rio de Janeiro e em Manaus, além da primeira filial do Maranhão, na Avenida Jerônimo Albuquerque Maranhão, 66, Cohab Anil.


Nova Loja Nação Rubro-Negra:

Shopping da Ilha

Av. Daniel de La Touche,987 - Cohama, São Luis - MA

Piso L2 - loja 206N


Autor: Comunicação
Fonte: Site Oficial do Clube

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Palmeiras supera Flamengo, encaminha acerto e aguarda exames por Henrique


Henrique Portuguesa (Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag. Estado)
Depois de entrar na disputa com o Flamengo por Henrique, o Palmeiras avançou e tem encaminhado um acerto com o centroavante de 24 anos. O Verdão só não considera o negócio finalizado porque aguarda a realização dos exames médicos e a assinatura do novo vínculo. O atleta rescindiu com a Portuguesa na última terça-feira. Ele pertence ao Mirassol, mas tem parte dos direitos econômicos ligados a um grupo de investidores que já tem um acordo com o clube paulista.

O Flamengo já tomou conhecimento da forte concorrência do Palmeiras e aguarda à distância um desfecho da história. Diante da realidade atual, o Rubro-Negro tem definida a posição de que não aumentará a proposta feita no fim da última semana, evitando assim um leilão. Com o aval do departamento financeiro, os cariocas esperavam apenas colocar o trato no papel para oficializar o reforço. Mas o Palmeiras acabou atravessando o negócio.

A pedido do técnico Gilson Kleina, o Palmeiras procura um reserva para Alan Kardec, que ainda não conseguiu chegar a um acordo para renovação do vínculo. Douglas Tanque, do Penapolense, foi a primeira opção, mas o acordo não avançou.

Se está perto de confirmar a vitória sobre o Flamengo na disputa por Henrique, o Palmeiras lamenta ter perdido a concorrência pelo zagueiro Marcelo, do Volta Redonda, que acertou com o clube rubro-negro.

Henrique marcou sete gols no Paulistão e chegou a ser um dos artilheiros do estadual, mas foi prejudicado pela desclassificação da Lusa. O jogador defendeu o Santos na última temporada e também tem passagens por Flamengo de Guarulhos (2007-2008), Lemense (2009), União São João (2010-2011), Santo André (2011), Cianorte (2012), Chapecoense (2012) e Mogi Mirim (2013).

Flamengo finaliza transação para chegada de "novo Dedé"

   

'novo Dedé'
vem aí (Dhavid Normando/Photocamera)O Flamengo concluiu nesta quarta-feira a transação para contar com o zagueiro Marcelo, de 22 anos. Destaque do Volta Redonda no Campeonato Carioca, o defensor chegou a ser chamado de "novo Dedé", pelo porte físico, velocidade e porque o cruzeirense também começou a carreira no time da Cidade do Aço. O reforço, que pertence a um fundo de investimentos, chega por empréstimo até o fim do ano, com o valor de parte dos direitos econômicos fixados. Além dele, Arthur, ex-Londrina, também está acertado com o Rubro-Negro, que define os detalhes finais para contratação do atacante Henrique, ex-Portuguesa.

O acerto com Marcelo já estava definido desde a quinta-feira passada, mas ainda não tinha sido colocado no papel. A diretoria rubro-negra aguardava o aval do departamento financeiro para finalizar todas as três transações encaminhadas, o que aconteceu no início da semana. Marcelo e Arthur são esperados no Rio de Janeiro nos próximos dias para realizarem exames médicos e se juntarem ao elenco.

Além de Marcelo, Jayme de Almeida terá à sua disposição Wallace, Chicão, Samir e Erazo. Os dois últimos, por sua vez, devem ser desfalque nas últimas rodadas do Brasileirão antes da paralisação para a Copa do Mundo. Samir está cotado para ser convocado por Alexandre Gallo para a Seleção sub-20 que disputará o Torneio de Toulon, na França, e ficaria fora de cinco partidas, enquanto Erazo é nome certo na lista do Equador para o Mundial no Brasil.

Os jovens Frauches e Fernando, que fazem parte do elenco atualmente, não estão nos planos e serão emprestados para que se mantenham em atividade. Este foi o destino também de Welinton, que seguiu para o Coritiba. Já Marcos González e Renato Santos iniciaram o ano na Gávea, mas já defendem outros clubes: Unión Española, do Chile, e América-MG, respectivamente.

Recuperado, Samir mantém cautela sobre volta: “Não sei quem vai jogar”


Samir parece disposto e pronto para voltar ao time do Flamengo. Titular da equipe desde o segundo jogo da final da Copa do Brasil no ano passado – Chicão havia se machucado no primeiro confronto da decisão –, o jovem pareceu se tornar a preferência de Jayme de Almeida. Mas Chicão ainda trava uma disputa com o zagueiro pela posição. Nos últimos dois jogos, a conquista do Campeonato Carioca sobre o Vasco e a estreia no Brasileirão, um empate por 0 a 0 com o Goiás, o experiente defensor assumiu a vaga, por conta da lesão nas costas do companheiro. Agora recuperado, o camisa 33 rubro-negro prefere manter cautela sobre seu retorno ao grupo principal diante do Corinthians, domingo, e diz não saber quem será escalado pelo técnico.

– Eu não posso dizer qual vai ser a escalação, porque eu não sei. Nós não treinamos a parte tática hoje, só a técnica. Treinaremos de novo, veremos o que o treinador quer e, depois, todos saberão a escalação. Não sei como vai funcionar agora com a minha volta. Tanto eu quanto o Chicão estamos preparados para ajudar a equipe do Flamengo – disse Samir.

Samir treina nesta quarta-feira no Ninho do Urubu, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza) 
Samir já tem totais condições de jogo após duas ausências (Foto: Gilvan de Souza)

O zagueiro acredita que, independentemente de quem for o companheiro de Wallace, a equipe rubro-negra precisa voltar a vencer. Foram quatro jogos sem resultados positivos: apesar da conquista do Campeonato Carioca sobre o Vasco, as partidas contra o arquirrival terminaram em empates por 1 a 1 – o Flamengo possuía a vantagem. Entre esses dois duelos, derrota para o León por 3 a 2 e eliminação na Taça Libertadores. Por último, a estreia sem gols em Brasília, contra o Goiás.

– Estamos buscando a nossa vitória. O grupo vem treinando firme, mas, infelizmente, a bola não está entrando. Vamos continuar trabalhando forte para que, contra o Corinthians, possamos fazer gols e sair com a vitória fora de casa.

No treinamento desta quarta-feira, no Ninho do Urubu, Jayme fez um treino direcionado para o ataque rubro-negro. A defesa também participou, com desarmes no chão e nos cruzamentos. Chicão chegou a sentir dores durante a atividade, saiu para ser avaliado, mas retornou sem preocupações.

O Flamengo enfrenta o Corinthians, domingo, no Pacaembu, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será realizada às 16 horas (de Brasília). No primeiro jogo, a equipe paulista também empatou sem gols – com o Atlético-MG.

Cadê o gol? Setor ofensivo do Flamengo sofre para criar chances em treino

A dificuldade do Flamengo em transformar o domínio territorial em chances de gol na partida contra o Goiás preocupou Jayme de Almeida. Nesta quarta-feira, o treinador comandou uma atividade técnica específica para que o setor ofensivo superasse possíveis retrancas que terá pela frente, e, a julgar pelo resultado, deve ter ficado com o sinal de alerta ainda mais ligado. Em trabalho de ataque contra defesa em campo reduzido, os rubro-negros marcaram pouquíssimos gols e em muitas oportunidades foram facilmente desarmados pelos defensores.

A divisão feita pelo treinador foi simples: de um lado, zagueiros e primeiros volantes. Do outro, volantes que saem mais para o jogo, meias, laterais e atacantes. Basicamente, um quinteto ofensivo trocava passes até a entrada da área, onde encarava um quarteto com a missão de parar as jogadas. Mesmo em minoria, os defensores levaram a melhor em grande parte dos lances e aproveitaram para tirar sarro dos companheiros em alguns momentos.

Jayme de Almeida treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem) 
Jayme de Almeida quer o Flamengo finalizando melhor (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Satisfeito com a proteção a seu gol, Felipe disse já ter ganhado "muitos almoços" dos atacantes e fez uma proposta:

- Agora, se entrar na área conta como gol. Vamos fazer assim - gritou, sorrindo.

Do outro lado, Jayme de Almeida retrucava diante de opções erradas dos comandados. Em determinado momento, o alvo foi Lucas Mugni, que demorou muito a decidir o que fazer com a bola e acabou desarmado:

- Lucas, o João (Paulo) ficou duas horas livre do lado esperando a bola! - orientou o treinador.

Felipe treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem) 
Felipe tirou onda com os atacantes do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

A medida em que levava vantagem nas disputas, os defensores aumentavam o tom da provocação. Cada desarme era comemorado como um gol. Cáceres, que volta ao time domingo, diante do Corinthians, após sofrer lesão no ombro, foi o mais eficiente neste quesito e recebeu elogios de Wallace.

- Boa! É isso aí. Esse é o sangue paraguaio - vibrou o camisa 3 também em tom de provocação aos atacantes. Ao término da atividade, porém, foi do zagueiro o comentário, ainda em campo, que resumiu o "placar" da disputa:

- Poxa, vocês fizeram só dois gols em 210 tentativas.

Responsável por atender a imprensa em entrevista coletiva, Samir admitiu que o trabalho de seu muito pela dificuldade encontrada pela equipe no 0 a 0 com o Goiás na primeira rodada do Brasileirão. Na ocasião, o Flamengo teve mais de 60% de posse de bola e levou pouco perigo ao gol de Renan, principalmente no segundo tempo.

- Foi para poder organizar o ataque. Este é um trabalho fundamental para o time poder entrar na defesa adversária. Tivemos essa dificuldade contra o Goiás, e o trabalho foi em cima disso. No final, fazemos essas brincadeiras para descontrair mesmo. 

O Flamengo volta a jogar pelo Brasileirão diante do Corinthians, no domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu, pela segunda rodada.

Flamengo tem retornos, mas Elano segue sem previsão: "Só recuperado"

O Flamengo vive um momento de recuperação física de jogadores para a sequência da temporada, que terá o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil. Com o volante Cáceres e o zagueiro Samir já à disposição, as atenções se voltam para o atacante Hernane e o meia Elano. Considerados jogadores importantes para o time do técnico Jayme de Almeida, os dois estão afastados por lesões complicadas e ainda não se sabe quando estarão liberados.

Aos 32 anos, Elano vive o maior drama. O meia havia sofrido uma lesão na coxa direita no dia 12 de março, no empate em 2 a 2 com o Bolívar, no Maracanã. Ficou fora por quase um mês e voltou no dia 9 de abril, contra o León, no Maracanã. Com apenas 12 minutos de jogo, saiu machucado pelo mesmo motivo.

elano  treino flamengo (Foto: Thales Soares) 
Runco prefere não fazer previsão para a volta de Elano ao time do Fla (Foto: Thales Soares)

Por enquanto, ele ainda está apenas fazendo fisioterapia e, a partir da próxima semana, vai iniciar o processo de fortalecimento muscular. Ainda não há uma data para voltar a trabalhar com o grupo.

- Elano está melhor, mas semana que vem ainda vai começar a musculação. Não dá para fazer uma previsão. Vamos trabalhar para que ele volte só completamente recuperado - afirmou o médico José Luiz Runco.

A situação de Hernane, no momento, parece mais simples. O jogador foi para o campo fazer um trabalho físico no treinamento desta terça-feira no Ninho do Urubu. O jogador sofreu uma lesão nas costas no dia 29 de março e vai completar o período de recuperação no próximo fim de semana.

- Na outra semana, o Hernane já vai poder trabalhar com o grupo - disse Runco.

Outro que segue fora é o lateral-direito Léo. Ele foi submetido a uma cirurgia no tornozelo direito e no início de maio deve começar o trabalho de fisioterapia no Ninho do Urubu. Ele só volta a jogar depois da Copa do Mundo.

terça-feira, 22 de abril de 2014

Copa do Brasil Sub-17: Galo vence o Fla no Rio por 6 a 1 e está perto da final

Nem parecia que o mando de campo era do Flamengo, que chegou nesta terça-feira ao Rio de Janeiro após viagem aos Estados Unidos. Nesta noite, em Edson Passos, na Baixada Fluminense, o Atlético-MG, goleou por 6 a 1 e ficou muito perto da classificação para a decisão da Copa do Brasil Sub-17. O duelo de volta entre as equipes acontecerá no próximo sábado, às 11h, em Sete Lagoas-MG, na Arena do Jacaré.

Ginásio Cláudio Coutinho recebe visitas ilustres





No último final de semana, o Flamengo recebeu a seleção brasileira de saltos ornamentais na Gávea. O professor Eduardo Falcão, Manager de Saltos dos Jogos Olimpicos, foi ao clube para ministrar uma aula de Parada de Mãos, com os atletas da seleção nacional. O treinamento, com dicas e exercícios, foi realizado no ginásio Cláudio Coutinho, na sede social da Gávea.

Além do trabalho específico, Eduardo Falcão ofereceu uma dinâmica pela contribuição da equipe da ginástica artística.

Flamengo corre para colocar no papel acertos com Arthur, Marcelo e Henrique


Henrique Portuguesa (Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag. Estado)
Cofre fechado. O torcedor do Flamengo que espera reforços de peso para o Brasileirão terá que se contentar com o elenco atual para fazer uma boa campanha na competição e na Copa do Brasil. Com a eliminação na Libertadores e a série de reforços contratados no início da temporada, a torneira rubro-negra foi fechada para investimentos até de médio porte. Com isso, o clube corre para colocar no papel os acertos com Arthur, Marcelo e Henrique, praticamente definindo assim o grupo para as oito rodadas restantes até a paralisação para Copa do Mundo. Internamente, o discurso é de que "só uma oportunidade muito boa" mudaria o posicionamento. Leia-se: um nome reconhecido com custo baixo.

Como tem sido costume desde o início da gestão Eduardo Bandeira de Mello, todas as ações do futebol acontecem em consenso com o departamento de finanças. E o vice-presidente da pasta já mandou o recado: não há verba para contratações no momento. Com isso, o Flamengo se dá por satisfeito com apostas. Arthur, ex-Londrina, será o primeiro a chegar e a expectativa é que desembarque no Rio de Janeiro na quarta-feira para exames médicos, se apresentando no dia seguinte no Ninho do Urubu.

Já as situações de Marcelo e Henrique também estão muito próximas de um desfecho. Ambos têm um acordo verbal com o Rubro-Negro, que deixou passar o feriadão para oficializar as transações a partir desta terça-feira. Há possibilidade de que o zagueiro, vindo do Volta Redonda, e o atacante, ex-Portuguesa, cheguem nos próximos dias, mas a diretoria mantém a paciência e estica o prazo até a próxima semana para que tudo seja formalizado. Todos os três reforços chegam por empréstimo até o fim do ano e com preço de parte dos direitos econômicos estipulado.

Em reuniões para avaliação do elenco, diretoria e comissão técnica identificaram a necessidade de contratar um volante que alie forte marcação e qualidade na saída de bola, além de um meia que pense o jogo, conforme Jayme de Almeida revelou em entrevista ao GloboEsporte.com. O sonho, por sua vez, é a chegada de nomes com maior rodagem no mercado, o que esbarra na realidade econômica do Flamengo. Apesar da carência, a direção não abre mão de manter a política que prioriza a saúde financeira, como garantiu Rodrigo Tostes.

- Não faremos loucuras e nem vamos comprometer todo projeto que temos para manter as contas em dia. Por exemplo, perder a Libertadores e contratar um monte de jogador. Isso não vai acontecer - disse o vice de finanças semanas antes da derrota para o León, no Maracanã.

Na ocasião, o dirigente revelou que o planejamento previa que o clube chegasse ao menos nas quartas de final, oxigenando os cofres com rendas e premiações. Com a queda precoce, a estimativa é de que o Fla tenha deixado de lucra até R$ 10 milhões. Ainda na condicional, Tostes deixou claro que a eliminação influenciaria diretamente no restante da temporada.

- Teríamos que fazer uma engenharia para compensar esse valor, ou através da redução de custos ou aumento de receita. Um lado vai sofrer para mantermos as contas em dia. Caberia a nós traçar prioridades. Não arrecadar o que prevíamos coloca as contas do Flamengo em risco (...) Tudo teria que ser recalculado. Teríamos que decidir onde cortar.

Jovens de saída para enxugar elenco

Com as iminentes chegadas de Arthur, Marcelo e Henrique, o Flamengo passa a ter 38 jogadores em seu elenco. O desejo, no entanto, é reduzir este número para cerca de 30 emprestando jovens que não fazem parte dos planos de Jayme de Almeida. um desses nomes é Rodolfo, que negocia a ida por empréstimo para o Bahia. Na fila estão Digão, Frauches, Fernando, Mattheus e Igor Sartori. Até mesmo Muralha, Nixon e Negueba, que foram mais utilizados no início do ano, podem seguir outros caminhos por empréstimo caso apareçam ofertas interessantes.



Arthur no Flamengo? Em casa!


Não rolou o acordo entre o Londrina e o Grêmio, Arthur não embarcou para Porto Alegre porque não havia mais tempo de inscrevê-lo na Libertadores. Mesmo assim, o artilheiro-tubarão foi premiado: vai para o Flamengo, emprestado até o final do ano.

A disposição de Arthur é típica de atacantes que, longe de ser craques, fizeram história no Flamengo, de Nunes à Hernane. A favor, além dos gols, tem o fôlego de se aproximar dos meias quando a bola não chega na área, fez muito isto no Paraná Clube em 2012.

 Arthur está em casa.



Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!