Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 23 de agosto de 2014

"Saco de cimento mais leve": Cáceres pede que equipe não baixe a guarda




Treino Flamengo Criciúma (Foto: Fred Huber)As três vitórias seguidas no Brasileiro deram alívio ao Flamengo e colocaram a equipe mais longe da confusão da zona de rebaixamento. Neste domingo, em Santa Catarina, o Rubro-Negro terá pela frente o Criciúma, e deseja o quarto triunfo seguido, especialmente por ser um adversário direto na parte de baixo da tabela.

O volante Cáceres disse que o "saco de cimento" que estava nas costas dos jogadores, como comparou o técnico Vanderlei Luxemburgo, já está mais leve, mas não se pode baixar a guarda agora.


- Para nós, todos os jogos são como finais, e este contra o Criciúma será muito importante. Temos que sair da confusão. O saco de cimento está ficando mais leve, mas sabemos que ainda há muita coisa para acontecer. Temos que seguir como nas últimas partidas - afirmou o paraguaio.

Considerado uma peça importante na parte defensiva no meio de campo do Fla, Cáceres acredita que o time sofrerá uma grande pressão no Heriberto Hulse, mas que todos farão de tudo para conquistar mais três pontos.

- Ainda não joguei lá, mas me falaram que é um campo reduzido, com a torcida em cima. Não vamos ter muito espaço para jogar, mas estamos bem e vamos tentar fazer um bom jogo.

O volante ficou feliz com a recepção calorosa dos torcedores rubro-negros de Santa Catarina e espera retribuir em campo com muita garra e, claro, uma vitória.

- O Flamengo sempre onde vai tem uma grande recepção. Estamos nos sentindo em casa. No aeroporto e agora no treino está sendo lindo, vamos tentar conseguir uma vitória neste domingo para retribuir e deixá-los mais felizes.

O Flamengo é o 13º colocado do Brasileiro com 19 pontos, enquanto o Criciúma está em 16º com 17.



Com grande assédio da torcida, Flamengo faz últimos ajustes para encarar o Tigre


O Flamengo realizou no fim da tarde deste sábado o último treino antes do jogo contra o Criciúma, domingo, às 16h, no estádio Heriberto Hülse. A atividade foi realizada no campo do próprio hotel em que a delegação está hospedada, na cidade de Nova Veneza. Os jogadores fizeram um trabalho físico e disputaram um rachão. Vanderlei Luxemburgo não deu pistas do time que pretende escalar.

Treino Flamengo Criciúma (Foto: Fred Huber) 
Jogadores do Flamengo treinam no campo do hotel em Nova Veneza (Foto: Fred Huber)

Depois da recepção calorosa no aeroporto, centenas de  torcedores rubro-negros fizeram mais uma festa durante o treinamento. Eles acompanharam todos os lances e vibraram a cada jogada de efeito. Após o fim da atividade, a maioria dos atletas foi dar autógrafos e tirar fotos.

A delegação rubro-negra chegaria a Criciúma na sexta-feira à noite, mas o voo que partiria de Campinas foi cancelado por causa do mau tempo. Com isso, a equipe dormiu na cidade paulista e viajou apenas neste sábado para Santa Catarina.

Léo Moura Treino Flamengo Criciúma (Foto: Fred Huber) 
Léo Moura distribui autógrafos para torcedores após a atividade (Foto: Fred Huber)


A grande dúvida do Flamengo para enfrentar o Criciúma é o ataque, já que Alecsandro está com dores na coxa direita e foi vetado. Paulinho, com um problema na coxa direita, também não pode ser escalado. Eduardo da Silva, Nixon e Arthur são as opções de Luxemburgo.

O Fla é o 13º colocado do Campeonato Brasileiro com 19 pontos.



Após problema com voo, Flamengo chega a Criciúma e é recebido com festa


Luxemburgo Flamengo chegada a Criciúma  (Foto: Divulgação / Flamengo)
O Flamengo chegou a Criciúma na manhã deste sábado. Diferente do planejamento inicial do Rubro-Negro, que previa a viagem na noite da sexta, a delegação só conseguiu desembarcar em Santa Catarina no começo do final de semana, uma vez que problemas metereológicos impediram o voo. No desembarque à cidade, o grupo foi recebido com festa por centenas de torcedores da Embaixada Fla Braço do Norte. O fato animou os jogadores.

- É sempre bom receber esse calor do torcedor, ainda mais nesse momento que estamos crescendo na competição - revelou o zagueiro Chicão.

- Estou muito feliz com o apoio e a recepção de hoje. É mais uma motivação para o jogo de amanhã e daremos o máximo para eles - disse Eduardo da Silva, autor do gol da virada contra o Atlético-MG.


Leo moura Flamengo chegada a Criciúma  (Foto: Divulgação / Flamengo) 
Léo Moura dá atenção à torcida e para para tirar fotos (Foto: Divulgação / Flamengo)

- Fiquei muito feliz com a recepção em Criciúma e isso faz a diferença. Nos motiva ainda mais para o jogo de amanhã. Eles têm nos apoiado muito e feito a diferença nos jogos - animou-se o goleiro Paulo Victor.

Problemas metereológicos cancelaram o voo que levaria a delegação do Flamengo de Campinas até Criciúma na noite desta sexta-feira. Por causa dos problemas, os jogadores tiveram que pernoitar na cidade paulista e só seguem para Santa Catarina na manhã deste sábado. O treinamento precisou ser adiado para o período da tarde.

Na atividade desta sexta, no Ninho do Urubu, o técnico Vanderlei Luxemburgo não deu pistas do time que pretende escalar domingo, às 16h, no estádio Heriberto Hulse, contra o Tigre. Por causa de problemas na coxa direita, o atacante Alecsandro foi vetado pelo departamento médico. Paulinho, com dores na coxa esquerda, também está fora. Herói da virada sobre o Atlético-MG, Eduardo da Silva é uma das opções de Luxa, apesar de ainda não estar no melhor de sua condição física.

Flamengo chegada a Criciúma  (Foto: Divulgação / Flamengo) 
Centenas de  torcedores marcaram presença no desembarque do Flamengo (Foto: Divulgação / Flamengo)

Flamengo mantém preço promocional para próximo jogo no Maracanã


  Após o sucesso de público no último jogo, quando mais de 37 mil rubro-negros pagaram ingresso e empurraram a equipe para vencer de virada o Atlético-MG no Maracanã, a diretoria do Flamengo decidiu manter o preço promocional de R$ 40 para a próxima partida em casa, dia 6 de setembro, contra o Grêmio.

Nas próximas duas rodadas, o time irá jogar fora do Rio. Primeiro, neste domingo, contra o Criciúma. No fim de semana seguinte, irá à Bahia enfrentar o Vitória. No meio da semana, o compromisso será o Coritiba, no Paraná, pela Copa do Brasil.A distância irá aumentar a saudade entre time e torcida. E, na volta, mantido o preço promocional, o Flamengo irá encontrar o Maracanã lotado novamente.

- É sensacional esta torcida. Não tem como deixar de correr vendo o estádio cheio, apoiando... Não há dorzinha que impeça. Se deixar, nós vamos o tempo todo com a torcida, no ritmo dela - disse o zagueiro Marcelo.

Na partida com o Atlético, cerca de 10 mil sócios-torcedores estiveram no estádio. A tendência é que este número aumente na partida com o Grêmio.

Léo Moura elogia Luxa: "Ele sabe extrair o que o jogador tem de melhor"


Léo Moura chegou ao Flamengo em 2005. Virou titular, capitão, um dos jogadores que mais vestiu a camisa do clube. Já são 488 partidas e 47 gols. Vivenciou as mais variadas situações no Rubro-Negro. Arrancadas no Campeonato Brasileiro foram algumas. Uma delas aconteceu em 2009, que terminou com título. Para este ano, o lateral-direito ainda não sabe o que vai acontecer, mas já reconhece um ponto: a experiência do técnico Vanderlei Luxemburgo está servindo para extrair o que cada atleta tem de melhor. O próprio camisa 2 voltou a balançar as redes - algo que ainda não havia acontecido esta temporada -, de pênalti, na vitória de virada sobre o Atlético por 2 a 1, na última quarta-feira.

- Pela experiência que já viveu no futebol, o Vanderlei sabe como extrair o que o jogador tem de mais qualificado. Ele tem colocado o trabalho dele em prática e tem dado certo. Tem que continuar dessa forma, pois só assim a gente vai conseguir alcançar lugares melhores no campeonato - disse Léo Moura.

As arrancadas no Campeonato Brasileiro - além de 2009, em 2007 o time também arrancou, saindo da zona de rebaixamento e terminando no G-4 - representam um ponto positivo. Mas isso também traz uma marca negativa. Tem sido uma constante nesses noves anos de Léo Moura no Fla os começos ruins e os momentos de briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O capitão rubro-negro não sabe bem explicar qual o motivo dessa gangorra, e prefere exaltar a força do atual elenco.

- Isso é até complicado falar. Ninguém quer começar mal um campeonato tão difícil como é o Brasileirão, mas tem acontecido. A gente tem conseguido recuperar. Lógico que a gente não quer passar por isso. Se der para começar nas primeiras colocações, melhor, mas se a gente está conseguindo recuperar, é sinal que a gente tem qualidade e força para isso. Então é colocar sempre em prática para que não voltemos a ficar mal - respondeu.

Outra situação que o lateral também está acostumado, se não a vivenciar, mas ver acontecer, são as brigas na política rubro-negra. No último dia 16, o presidente Eduardo Bandeira de Mello concedeu uma entrevista ao SporTV.com e chamou de "fofoca" a insinuação de Delair Dumbrosck de que o vice-presidente de marketing do clube, Luís Eduardo Baptista, era quem de fato mandava no Fla. Capitão do time, Léo afirmou que o elenco não entra "nesse mérito".

- De maneira alguma. Essas coisas de presidente, de diretoria, a gente não entra nesse mérito. Quando entramos em campo, procuramos jogar o melhor futebol, pois ali estamos defendendo o Flamengo - afirmou.

Leo Moura não acredita em atraso tático no futebol brasileiro

O jogador do Flamengo também não fugiu da raia quando o assunto abordado foi um suposto atraso tático do futebol brasileiro com relação ao europeu. O lateral disse não concordar com essa teoria e defendeu a qualidade técnica dos jogadores do Brasil, ponderou que o título da Copa do Mundo indo para a Europa justifica os elogios, mas reiterou que a Seleção também sabe jogar taticamente.

- Não acredito nisso. O futebol brasileiro tem muita técnica, sabe jogar bem taticamente também. É lógico que, porque outra seleção europeia foi campeã (da Copa do Mundo de 2014), vai se falar muito disso. Mas a seleção brasileira sabe jogar taticamente, tem jogadores de qualidade que só o Brasil tem - defendeu.

Líder com Luxemburgo, Flamengo reergue defesa e enfrenta pior ataque


Marcelo Flamengo treino (Foto: Gilvan de Souza)A chegada de Vanderlei Luxemburgo mudou o ambiente no Flamengo. Com quatro vitórias em cinco jogos no Campeonato Brasileiro, o time se reergueu. No período em que vem sendo comandado pelo novo treinador, fez a melhor campanha da competição ao lado do Internacional, conquistando 12 pontos em 15 possíveis.

Defensivamente, o Rubro-Negro se transformou. Nos cinco jogos, sofreu apenas dois gols e deixou de ser o time mais vazado do Brasileiro. O zagueiro Marcelo ganhou a posição, e João Paulo assumiu a lateral esquerda com a saída de André Santos. No gol, Paulo Victor foi efetivado.

Os resultados fizeram efeito e o time saiu da lanterna e da zona de rebaixamento. Domingo, contra o Criciúma, a defesa terá a missão de impedir uma reação do rival, que tem o pior ataque do Brasileiro e não marca há três jogos. O atacante Souza, ex-Flamengo, deve fazer sua estreia pelo novo clube.

- O treinador sabe a hora de mudar, o que está dando certo e não está. Os jogadores assimilam o que ele pede. As coisas começaram a dar certo e todo mundo vem se empenhando nos treinos, concentrado no que ele passa - afirmou Léo Moura.

Dentro de campo, a confiança nos resultados ajudou na recuperação. Eduardo da Silva e Canteros ficaram disponíveis e aumentaram as opções do treinador, tornando-se peças importantes na reação e ajudando na capacidade de acreditar no que o time pode fazer.

- A confiança voltou. A gente sabe que não conquistou nada, nem se afastou da zona da confusão. Mas se cada companheiro ajudar, continuar com esse pensamento, descarregar junto ali, fica fácil - explicou o lateral-direito.

Voo para Criciúma é cancelado e atrapalha o planejamento do Flamengo


Problemas metereológicos cancelaram o voo que levaria a delegação do Flamengo de Campinas até Criciúma na noite desta sexta-feira. Por causa dos problemas, os jogadores tiveram que pernoitar na cidade paulista e só seguem para Santa Catarina na manhã deste sábado. O treinamento precisou ser adiado para o período da tarde.

Na atividade desta sexta, no Ninho do Urubu, o técnico Vanderlei Luxemburgo não deu pistas do time que pretende escalar domingo, às 16h, no estádio Heriberto Hulse, contra o Tigre. Por causa de problemas na coxa direita, o atacante Alecsandro foi vetado pelo departamento médico. Paulinho, com dores na coxa esquerda, também está fora. Herói da virada sobre o Atlético-MG, Eduardo da Silva é uma das opções de Luxa, apesar de ainda não estar no melhor de sua condição física.
             Desembarque do Flamengo foi cancelado nesta sexta-feira(Foto)


Confira os jogadores relacionados para viagem:

Goleiros: Paulo Victor, César e João Kuspiosz;
Laterais: Léo Moura e João Paulo;
Zagueiros: Marcelo, Wallace, Samir, Chicão e Frauches;
Volantes: Cáceres, Amaral, Recife, Muralha, Luiz Antonio, Canteros e Márcio Araújo;
Meias: Éverton, Mugni e Gabriel;
Atacantes: Eduardo da Silva, Arthur e Nixon.



sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Promoção e resultados: Flamengo reage na disputa entre sócios-torcedores

Nada como uma sequência de bons resultados para mudar o relacionamento com a torcida, principalmente atrelado a promoções. O Flamengo fez exatamente isso para se recuperar nos números do programa de sócio-torcedor, que havia sofrido um decréscimo de mais de 13 mil membros desde que atingiu o pico acima dos 67 mil. Com essa atitude, voltou ao quinto lugar no "Movimento por um Futebol Melhor", superando o Corinthians.

Em números contabilizados até as 19h (de Brasília), segundo o site do movimento, o Flamengo chegou a 54.168 sócios-torcedores, contra 54.021 do Corinthians. O líder segue sendo o Internacional, com 123.048. Nos últimos três jogos do clube carioca como mandante no Campeonato Brasileiro, o público pagante superou os 30 mil.

Essa mudança se deve, além dos resultados em campo que tiraram o Flamengo da zona de rebaixamento, a promoções. O clube reduziu o preço dos ingressos para os últimos três jogos no setor mais popular de R$ 60 para R$ 40. Ainda deu uma mensalidade grátis a novos membros que comprassem ingresso para o jogo com o Sport.

Somente esta semana, o Flamengo ganhou 278 novos sócios-torcedores. Apenas Sport, Internacional e Cruzeiro tiveram um crescimento maior no período. No entanto, no mês, o número do clube carioca ainda tem um decréscimo de 603 membros, o segundo pior desempenho entre os cadastrados no programa.

O último jogo do Flamengo no Maracanã no primeiro turno do Campeonato Brasileiro será contra o Grêmio, dia 6 de setembro. Antes disso, terá o Coritiba pela frente, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no dia 3 de setembro, no Maracanã. Em ambos, os preços devem ser mantidos.


Criciúma vende mais da metade dos 1,9 mil ingressos a torcida do Flamengo



criciúma flamengo  (Foto: João Lucas Cardoso)São pelo menos três filas na secretaria do Heriberto Hülse. Nas cercanias do estádio, ambulantes estenderam bandeiras e camisas vermelhas e pretas. A atmosfera em Criciúma mudou em virtude do próximo compromisso da equipe no Campeonato Brsileiro. No domingo, às 16h, o Tigre recebe o Flamengo e tem a expectativa de estádio próxima da lotação máxima.

Os torcedores rubro-negros devem fazer sua parte e ocupar a maioria do espaço disponível nas arquibancadas visitantes. A administração do Criciúma estima que mais da metade dos 1,9 mil ingressos disponíveis aos visitantes foram comercializados até a tarde desta sexta-feira.

- Vendemos cerca de 1,2 mil ingressos ao espaço à torcida visitante. Cerca de 300 foram via o site que também vende ingressos, mas boa parte foi de torcedor local aqui mesmo na secretaria – descreveu Carlos Augusto Vieira, gerente administrativo do Tigre.

O clube comercializou boa carga de ingressos em promoção destinada a sócios-torcedores, que podiam comprar dois ingressos pelo preço de um, de R$ 120.  A ação é válida somente para torcedores do time da casa. O Criciúma calcula que terá ao menos mais de 15mil pessoas para acompanhar a partida. A capacidade do Heriberto Hülse é de 18,8mil  - desde a ampliação do setor das sociais, durante a parada da Copa do Mundo.

flamengo criciúma (Foto: João Lucas Cardoso) 
Torcedores fazem fila por ingresso para o jogo de domingo, no Heriberto Hülse (Foto: João Lucas Cardoso)

Decisão do Mundial de Clubes entre Flamengo e Maccabi será na Arena da Barra

Depois de erguer o troféu da Liga das Américas, no mês de março, o Flamengo vem se preparando para a disputa do Mundial de Clubes. As duas partidas contra o Maccabi Tel Aviv, atual campeão europeu, serão disputadas na Arena da Barra, no Rio de Janeiro, nos dias 26 e 28 de setembro. Em caso de uma vitória para cada lado, a equipe que tiver triunfado pela maior diferença de pontos ficará com o título.

arena da barra final nbb flamengo uberlandia (Foto: João Pires/LNB) 
Arena da Barra será palco dos dois jogos do Mundial de Clubes (Foto: João Pires/LNB)

No mês de junho, a Federação Internacional de Basquete (Fiba) chegou a anunciar o Maracanãzinho como o palco dos jogos. Na temporada passada, o Olympiacos ficou com o título da competição ao superar o Pinheiros, em São Paulo.


Amigo de Luxa e na mira do Fla, Nikão revela segredo do sucesso na Série B



NIkão - Ceará (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)Natural de Montes Claros, em Minas Gerais, Nikão vem sendo um dos destaques do Ceará, líder da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar da pouca idade, somente 22 anos, o jogador já acumula passagens por grandes clubes do futebol brasileiro e espera agora se firmar de vez no cenário nacional atuando pelo Vozão, seu clube desde abril deste ano.

Autor de um dos gols na histórica vitória do Vozão sobre o Internacional no Beira­-Rio, pela Copa do Brasil, o camisa 10 vem chamando a atenção de outras equipes do país, tendo seu nome inclusive especulado como um possível reforço do Flamengo ainda para esta temporada. Mas uma possível saída envolveria um terceiro time, o Atlético-­MG, que é dono dos seus direitos econômicos.



Nikão é um dos destaques do Ceará na Série B (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Ainda com o seu futuro incerto, porém, focado no acesso da equipe cearense, o atleta falou com exclusividade ao LANCE!Net sobre o momento vivido, a amizade com o técnico rubro­-negro Vanderlei Luxemburgo e seu início nas bases de Palmeiras e Santos.

LANCE!Net - Você teve passagens pelas bases de Palmeiras e Santos. Por que não permaneceu nestes clubes?
Nikão - ­ Não fiquei por culpa do meu empresário, que acabou pedindo muito alto. Os dois clubes queriam minha permanência e eu também. Mas faltou bom senso entre o empresário e as equipes para fecharmos o negócio.

L!Net - Com apenas 18 anos você acertou com o Atlético­-MG e passou a ser emprestado para outras equipes (Vitória, Bahia, Ponte Preta, América-MG e Linense). Agora, quatro anos depois, você vem conseguindo se destacar mais com a camisa do Ceará. O que você acha que faltou nos outros times para se firmar?
Nikão - O Atlético­-MG me atrapalhou muito e eles sabem disso. Inclusive já me chamaram para conversar por este motivo. Sempre que eu estava bem em algum time, eles pediam para eu retornar. Quando eu chegava, acabava não tendo espaço e pouco atuava. Fui titular em praticamente todos os clubes que passei por empréstimo e atuando bem. Fico feliz pelos elogios que tenho recebido, mas ainda tenho muito pela frente.

Nikão pertence ao Atlético-MG (Foto: Bruno Cantini/Atlético Mineiro)

L!Net - ­ O sonho do acesso do Ceará a primeira divisão ficou mais próximo com a boa campanha realizada até agora, passando inclusive a ter uma chance real de título. O pensamento atual dos atletas é permanecer apenas no G4 ou o foco principal já é a taça?
Nikão - ­ O foco é o título, não só da Série B como da Copa do Brasil. Temos jogado muito bem, nosso time marca muito e todos se doam demais. Temos que manter essa pegada que os resultados virão em campo.

L!Net - Foram duas derrotas nos últimos dois jogos. Mesmo permanecendo na liderança, o quanto pesou estes insucessos no grupo? Os jogadores sentiram?
Nikão -­ O grupo está tranquilo. Realmente, o cansaço pesou nos jogos contra o Vasco e o ABC, estávamos todos esgotados, tivemos apenas um dia para treinar antes destas partidas. Mas agora, contra a Portuguesa, tivemos um intervalo maior e vamos fazer de tudo para voltar a vencer.

L!Net - ­ O Ceará tem o melhor ataque da Série B. Você, Magno Alves e Bill têm formado um trio ofensivo de respeito. É mais fácil atuar ao lado de atletas mais experientes?
Nikão - Sem dúvida alguma, são jogadores de muita qualidade. O Bill dificulta muito a vida dos zagueiros, então a bola chega mais limpa pra gente. Já o Magno Alves é muito inteligente, além de um ótimo finalizador. Ele pensa na jogada antes mesmo de receber a bola. Facilita bastante atuar ao lado desses caras.

Nikão disputou a última Série B pelo América-MG (Foto: Divulgação/América Mineiro)

L!Net - ­ Você já passou pelo futebol de São Paulo, Minas Gerais, Bahia e agora está no Ceará. Tem algum outro local que você gostaria de atuar?
Nikão ­ - Estou muito focado no Ceará, onde estou muito feliz e em boa fase. Mas se for a vontade de Deus, tudo vai acontecer naturalmente.

L!Net - ­ O Luxemburgo foi quem te indicou para alguns clubes e hoje ele está no Flamengo. Como é a sua relação com o treinador?
Nikão - ­ Ele é um cara que sempre me ajudou muito, me levou para o Palmeiras, Santos e para o Atlético­-MG. Não tenho o costume de falar com ele pelo telefone ou algo do tipo, mas sempre que encontro faço questão de abraçá-lo. Ele faz parte disso tudo.



Adryan diz não saber qual será seu futuro após ser barrado no Cagliari


Adryan Cagliari (Foto: Getty Images)O meia atacante Adryan, que pertence ao Flamengo, mas está emprestado ao Cagliari, da Itália, segue encostado e sem saber do seu futuro. O treinador tcheco Zdenek Zeman não convocou o camisa 32 para o confronto deste sábado, contra o Catania, pela Copa da Itália. A situação fez o jogador publicar uma espécie de desabafo em sua conta de twitter:

- Olá a todos, como já devem estar sabendo, não estarei participando desta partida da Copa Itália (neste sábado, contra o Catania), e muito menos sei qual será o meu futuro. Sei que hoje sou jogador do Cagliari, e acordo todas as manhãs para dar o meu máximo, e estar a disposição para os jogos. Quero agradecer a todos pelas inúmeras mensagens de apoio. Independente das dificuldades que tive até agora, vou continuar a lutar e trabalhar com a mesma intensidade para estar a disposição do Cagliari - concluiu o jogador.

Tudo começou quando o Leed, da Inglaterra, sondou o clube da Sardenha pelo jogador. Informações da imprensa italiana apontam que tanto Flamengo quanto o time italiano teriam interesse na venda de Adryan, que envolveria cerca de 5 milhões de euros, mais de R$ 15 milhões.


Domingo tem Mengão na Globo





DOMINGO, 24

Série A do Campeonato Brasileiro


16h - Criciúma x Flamengo
Transmissão: TV Globo para RJ, ES, SC (menos Criciúma), RS (Porto Alegre), MG (Juiz de Fora e Araxá), AL, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior e Renato Marsiglia) e Premiere (com André Lino e Paulinho Criciúma)

Ainda perto da confusão, Flamengo espera voltar a olhar para a 'parte de cima'


Leo Moura no treino do Flamengo (Foto: Marcelo Carnaval / Agência O Globo)O Flamengo está na 13ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 19 pontos, e vem de uma sequência de bons resultados, com quatro vitórias nos últimos cinco jogos. No entanto, a zona de rebaixamento ainda é um perigo real. São apenas quatro de vantagem para o Coritiba. Já a distância para o grupo dos quatro primeiros colocados é de 10 no momento (o São Paulo tem 29).

O Brasileiro ainda está na 16ª rodada, o que faz os objetivos se tornarem vagos. No discurso do Flamengo, a preocupação segue sendo fugir da confusão, como gosta de dizer o técnico Vanderlei Luxemburgo, o que contagiou os jogadores. No entanto, já há quem fale sobre outra parte da tabela.

- Não estamos longe, mas embaixo está muito perto. Com um tropeço, volta tudo. Queremos começar a olhar para a parte de cima da tabela, onde o Flamengo deve estar. Por isso, temos que vencer sempre para que isso aconteça - disse Léo Moura.

Para ficar mais perto dos principais colocados, vencer fora de casa se faz necessário. O Flamengo, no entanto, tem uma campanha ruim como visitante, tendo vencido apenas um jogo (contra o Coritiba) em sete disputados, com cinco derrotas sofridas.

- Nosso objetivo é vencer de novo. Temos que buscar pontos em casa e fora. A dificuldade é grande jogando em Criciúma, mas estamos em uma boa sequência, compactos, com todo mundo se ajudando. Tem tudo para dar certo - comentou Léo Moura.

Para esse jogo, o Flamengo não contará com Alecsandro e Paulinho, ambos machucados. Léo Moura considera a participação do técnico Vanderlei Luxemburgo importante para manter o grupo motivado mesmo com os problemas vividos no decorrer da competição.

- O time não encontrava o momento de acreditar. O time tem suas limitações, mas com condições de estar melhor. Quando passou a enxergar isso, melhorou. Tem o dedo do treinador na forma de jogar, de mexer com cada jogador - afirmou o jogador.


Alecsandro sente dores na coxa e não enfrenta o Criciúma no domingo


Chicão e Alecsandro no treino do Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)
O atacante Alecsandro está fora da partida contra o Criciúma, neste domingo, em Santa Catarina, pela 17ª rodada do Brasileiro. O atacante sentiu dores na coxa direita e foi vetado pelo departamento médico. Paulinho, com um problema na coxa esquerda também segue fora. O técnico Vanderlei Luxemburgo realizou uma atividade tática fechada para a imprensa na manhã desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, e não deu pistas sobre a escalação que utilizará na partida.

Na quarta-feira, o atacante Arthur foi o escolhido para substituir Alecsandro, que estava suspenso, e não foi bem. Eduardo da Silva entrou no segundo tempo e foi decisivo, mas o técnico já falou em algumas oportunidades recentemente que o jogador ainda não tem condições que atuar os 90 minutos. Elton, apresentado nesta quinta-feira, só deverá ter condições de jogo em uma semana, pois não vinha atuando desde que deixou o Al Nassr.

A delegação rubro-negra viaja ainda nesta sexta-feira para Criciúma, e realiza o último treino neste sábado em Santa Catarina. Confira os relacionados:

Goleiros: Paulo Victor, César e João Kuspiosz;
Laterais: Léo Moura e João Paulo;
Zagueiros: Marcelo, Wallace, Samir, Chicão e Frauches;
Volantes: Cáceres, Amaral, Recife, Muralha, Luiz Antonio, Canteros e Márcio Araújo;
Meias: Éverton, Mugni e Gabriel;
Atacantes: Eduardo da Silva, Arthur e Nixon.
 
 

Flamengo da Nação




 




 

Flamengo da Nação


Peugeot realiza ação com sócios-torcedores do Flamengo


A Peugeot do Brasil, atual patrocinadora do Flamengo, vai repetir uma ação que foi sucesso de público e engajamento na partida do último dia 10 de agosto, contra o Sport. Desta vez, visando o jogo diante do Grêmio, no dia 6 de setembro, no Maracanã, a empresa realizará novamente uma promoção envolvendo os sócios-torcedores do clube a partir de sexta-feira (22.08).

A ideia é que eles se dirijam a uma concessionária para realizar um test-drive em um dos automóveis da empresa e, automaticamente, recebam um voucher, que equivale a um ingresso, para participar da Torcida Peugeot no jogo do dia 06/09, com direito a levar um acompanhante.

Serão contempladas as 25 primeiras pessoas que comparecerem nas concessionárias cadastradas. No dia da partida, a Peugeot vai disponibilizar um espaço com direito a snacks, bebidas e talk-show com algum ídolo do passado, além de traslado de ida e volta para o estádio do Maracanã. Cada convidado também receberá uma camiseta Torcida Peugeot, que será utilizada durante todo o evento para identificação do grupo.

"Desde o início do patrocínio ao clube a Peugeot tem buscado realizar ações com os mais variados públicos, a fim de ampliar a exposição dessa parceria, unindo duas grandes paixões do brasileiro: futebol e carros", afirma Frederico Battaglia, Diretor de Marketing da Peugeot.

Ainda não faz parte do Nação Rubro-Negra? Clique aqui e cadastre-se para ajudar o Flamengo e participar dessas experiências.

Autor: Comunicação
Fonte: Site Oficial do Clube

Internautas: Luxemburgo é o maior responsável pela reação do Flamengo


Luxemburgo no treino do Flamengo (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)
Vanderlei Luxemburgo é o grande responsável pela melhora do Flamengo no Campeonato Brasileiro. Essa é a opinião da maioria dos participantes da enquete proposta pelo "Arena SporTV".

Diante da pergunta "Quem é o maior responsável pela melhora do Flamengo na tabela?", 56% dos votantes apontaram para o treinador, o que representa 2.656 votos. Foram, no total, 4.753 participantes. Em segundo lugar, ficou a torcida, com 37%. Os jogadores receberam 4% dos votos, enquanto a diretoria, apenas 3%.

Comentarista do SporTV, Caio Ribeiro concordou com a maioria dos internautas:

- É um somatório de fatores. Vou ficar com Vanderlei Luxemburgo, que é quem escala, quem mexe com o time, quem toma as decisões de acordo com o ambiente. A melhora é notória com ele. Não que ele tenha voltado a ser brilhante, mas houve um impacto junto aos jogadores - disse.

Por outro lado, o comentarista Marco Antônio Rodrigues minimizou o papel do técnico.

- Falamos muito de treinador quando se ganha e quando se perde. Estamos viciados nisso. A análise tem de ser com mais tempo. Há uma motivação criada, mas não acredito que exista um salvador da pátria. O herói de hoje em duas semanas pode ser um carrasco - opinou.

Sob o comando de Luxemburgo, o Flamengo fez cinco jogos e conseguiu quatro vitórias. Antes lanterna, a equipe agora ocupa a 13ª posição na tabela de classificação.

 
 

Curtinha: médico e fisiologista do Flamengo fazem intercâmbio com o LA Galaxy


O médico do Flamengo, Dr. Márcio Tannure, e o fisiologista Cláudio Pavanelli estão em uma viagem de intercâmbio nos Estados Unidos e nesta quinta-feira visitaram o Los Angeles Galaxy, o mais famoso e um dos maiores clubes de futebol do país. Em encontro promovido pela Herbalife, patrocinadora em comum das duas equipes, os profissionais rubro-negros conheceram as instalações da agremiação americana e tiveram uma reunião com o presidente da instituição, Chris Klein. Em pauta, eles compartilham conhecimentos de nutrição e medicina esportiva.

Dr. Márcio Tannure (Foto: Reprodução / Instagram) 
Dr. Márcio Tannure(dir.) posa para foto no StubHub Center, estádio do Los Angeles Galaxy (Foto: Reprodução / Instagram)
 
Ótima visita ao LA Galaxy hoje. Estrutura impressionante e pessoas realmente comprometidas com a saúde dos atletas. Inesquecível! - escreveu Tannure em sua conta no Instagram.

Klein elogiou o encontro e a troca de conhecimentos com um clube brasileiro, já que os Estados Unidos recebem vários atletas da modalidade, principalmente nas universidades.

- É um grande clube de muita tradição no Brasil. Claro que aqui nos Estados Unidos nós ouvimos muito sobre o futebol brasileiro, não só da quantidade de grandes jogadores que são de lá, mas também da qualidade do esporte no país. Essa troca é muito importante para nós. Já construímos algo aqui, mas nosso trabalho ainda é muito recente. Buscamos constantemente aprender com outras pessoas. É muito bom ter profissionais do Flamengo aqui para verem o que fazemos (...) poder compartilhar essas ideias e ajudarmos um ao outro - disse ao site do Fla.

Léo Moura elogia "vizinho" Eduardo: "Será feliz aqui no Flamengo"


As histórias de Léo Moura e Eduardo da Silva tem um ponto em comum: os dois nasceram no mesmo lugar, a Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio. Além disso, hoje são jogadores importantes na busca do Flamengo para se distanciar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Nesta última quarta-feira, o atacante sofreu um pênalti ao entrar no segundo tempo do jogo com o Atlético-MG e foi o lateral quem cobrou e empatou o jogo. Logo depois, o próprio Eduardo marcou de cabeça e garantiu a vitória rubro-negra. No “Arena SporTV”, Léo Moura foi só elogios ao companheiro.

- Tive agora a felicidade de jogar com ele no Flamengo, porque somos nascidos e criados na mesma comunidade, a Vila Kennedy, e nunca tinha jogado com ele. Agora, quando chegou no Flamengo, falei: “Tenho certeza que você vai ser feliz aqui”. Era o sonho dele vir jogar no Brasil e no Flamengo. Tem muita qualidade, senão não passava todos esses anos fora do país e em grandes equipes. Tem ajudado muito - disse o capitão rubro-negro.

Léo Moura, Flamengo, Atlético-MG, Fla x Galo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem) No programa, o ex-jogador e comentarista Caio Ribeiro ressaltou que Eduardo não é o craque que vá resolver todos os problemas do Fla, mas pode ajudar muito o time no Brasileirão.

- Voltou para casa, é carioca, torce para o Flamengo, isso faz correr um pouco mais. E o início do Eduardo é muito bom, com dois gols, conseguiu pênalti, mas não é craque, não vai desequilibrar sempre, mas vai ajudar muito - afirmou.

E por falar em craque, Léo Moura admitiu que é sempre bom ter grandes jogadores ao lado, mas que já foi campeão no próprio Flamengo sem ter esses atletas. O jogador ainda destacou a entrega dos integrantes do elenco atual.

- Palavra craque é muito relativa. Lógico que precisamos de grandes jogadores. Já trabalhei em equipes que tinham vários craques e não andou. Aqui no Flamengo já disputei campeonatos com equipes que não tinham aquele grande craque e fomos campeões. Lógico que jogador de alta qualidade tem que estar jogando no Flamengo sempre, e a gente sempre precisa. Sabemos que nosso time tem limitações, mas não pode ser diferente do que tem sido, com raça, vontade, que isso acaba até superando as limitações que temos - concluiu.

Com quatro vitórias e um empate sob o comando de Luxemburgo, o Flamengo chegou ao 13° lugar no Campeonato Brasileiro, com 19 pontos, e não corre o risco de voltar à zona de rebaixamento na próxima rodada, quando encara o Criciúma no domingo, às 16h (de Brasília), no Heriberto Hülse.



Flamengo de Luxemburgo derruba tabus na luta contra o rebaixamento



Vanderlei Luxemburgo Treino flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)Confiança tem sido a palavra da moda no Flamengo. Embalado por três vitórias consecutivas - sendo quatro nos últimos cinco jogos - o Rubro-Negro segue o discurso de Vanderlei Luxemburgo de que seu "título" é evitar o rebaixamento. Mas é nítido no rosto de cada jogador que esta luta já é bem menos árdua. Reflexos de triunfos que trouxeram a reboque o fim de alguns jejuns incômodos nesta semana.

O Flamengo viajou para Curitiba na última sexta-feira como um time que ainda não tinha vencido fora de casa no Brasileirão e sequer marcado gols. O 1 a 0 no Couto Pereira matou "duas cobras com uma só porrada", como disse Luxa em entrevista coletiva. Já o 2 a 1 sobre o Galo derrubou três marcas bem incômodas: dois gols em um jogo depois de quase quatro meses, virou uma partida após o mesmo período e conseguiu uma sequência de três vitórias na competição encerrando longo jejum de três anos (a vitória inicial da série foi por 1 a 0 sobre o Sport).

A última e única vez que o Flamengo tinha marcado mais de um gol neste Brasileirão fora no distante 4 de maio, ao superar o Palmeiras por 4 a 2. Esta tinha sido também a vez solitária em que os rubro-negros tinham conseguido virar um placar. Na ocasião, Alecsandro (duas vezes), Márcio Araújo e Paulinho fizeram os gols. Já uma trinca de vitórias no  Brasileirão fazia mais tempo que não acontecia.

A última vez que o Flamengo tinha superado três adversários no campeonato de forma consecutiva também foi sob o comando de Vanderlei Luxemburgo: pelo Brasileirão de 2011. Na ocasião, superou América-MG, São Paulo e Fluminense. Marcas batidas e que colaboram para que o Rubro-Negro mantenha um dos tabus mais celebrados de sua história: nunca ter sido rebaixado para Série B.

Com 19 pontos, o Flamengo é o 13o colocado no Brasileirão, e encara o Criciúma, domingo, às 16h (de Brasília), no Heriberto Hülse, pela 16ª rodada.


Oitavas de final da Taça BH começam no sábado: confira os confrontos

Confira os confrontos das oitavas de final:

Jogo 1 - Londrina-PR x América-MG 
Jogo 2 - Coimbra-BH x Vitória 
Jogo 3 - Criciúma x Cruzeiro 
Jogo 4 - Figueirense x Flamengo
Jogo 5 - Sport-PE x Goiás
Jogo 6 - Grêmio x coisa maldita, vasco
Jogo 7 - Atlético-MG x Bahia
Jogo 8 - Internacional x Coritiba 

Confira os confrontos das quartas de final da Taça BH:

Jogo A - vencedor do Jogo 1  x vencedor do Jogo 2
Jogo B - vencedor do Jogo 3  x vencedor do Jogo 4
Jogo C - vencedor do Jogo 5  x vencedor do Jogo 6
Jogo D - vencedor do Jogo 7  x vencedor do Jogo 8

Confira os resultados da primeira fase e a classificação das chaves:

Classificação Chave A Taça BH 2014 (Foto: GloboEsporte.com)
1ª rodada - 16/8 - Em Itabirito
16h - Criciúma 3 x 0 Santa Cruz-MG
18h - União Itabirito-MG 1 x 1 Flamengo
2ª rodada - 18/8
19h - União Itabirito 2 x 1 Santa Cruz-MG
21h - Criciúma 4 x 1 Flamengo
3ª rodada - 20/8
19h - União Itabirito-MG 0 x 1 Criciúma
21h - Flamengo 8 x 0 Santa Cruz-MG

Classificação Chave B Taça BH 2014 (Foto: GloboEsporte.com)
1ª rodada - 16/8 - Na Toca da Raposa I
13h - Figueirense 1 x 0 Villa Nova-MG
15h - Cruzeiro 4 x 1 Marcílio Dias-SC
2ª rodada - 18/8
13h - Figueirense 2 x 1 Marcílio Dias-SC
15h - Villa Nova-MG  0 x 0 Cruzeiro
3ª rodada - 20/8
13h - Villa Nova-MG 4 x 0 Marcílio Dias-SC
15h - Cruzeiro 2 x 2 Figueirense

Classificação Chave C Taça BH 2014 (Foto: GloboEsporte.com)
1ª rodada - 16/8 - Em Ponte Nova
15h - Palmeirense-MG 0 x 2 Sport-PE
17h – América-MG 1 x 2 Vasco
2ª rodada - 18/8
18h – Sport-PE 1 x 1 América-MG
20h - Palmeirense-MG 1 x 3  Vasco
3ª rodada - 20/8
15h - Palmeirense-MG 1 x 6 América-MG
17h - Vasco 0 x 2 Sport-PE

Classificação Chave D da Taça BH 2014 (Foto: GloboEsporte.com)
1ª rodada - 16/8- Em Manhuaçu
17h - Vitória 1 x 1 Fluminense
19h - Manhuaçu-MG 0 x 0 Londrina
2ª rodada - 18/8
18h30 - Vitória 1 x 1 Londrina
20h30 - Fluminense 0 x 1 Manhuaçu-MG
3ªrodada - 20/8
18h30 - Manhuaçu-MG 2 x 3 Vitória
20h30 - Fluminense 0 x 2 Londrina


Classificação Chave E Taça BH 2014 (Foto: GloboEsporte.com)
1ª rodada - 17/8 - Em Ouro Preto
13h - Ouro Preto 0 x 2 Coimbra-BH
15h - Goiás 0 x 1 Grêmio
2ª rodada - 19/8
18h - Goiás 2 x 0 Coimbra
20h - Grêmio 7 x 0 Ouro Preto
3ª rodada - 21/8
18h - Ouro Preto 0 x 2 Goiás
20h - Grêmio 0 x 1 Coimbra  

Classificação Chave F Taça BH 2014 (Foto: GloboEsporte.com)
1ª rodada - 17/8 - Em Barbacena
14h - Palmas 0 x 3 Bahia
16h – Andaraí-MG 0 x 3 Internacional
2ª rodada - 19/8
14h - Palmas 1 x 1 Andaraí-MG
16h - Bahia 0 x 1 Internacional
3ª rodada - 21/8
14h – Andaraí-MG 0 x 1 Bahia
16h - Palmas 0 x 1 Internacional  

Classificação Chave G Taça BH 2014 (Foto: GloboEsporte.com)
1ª rodada - 17/8 - Em Sete Lagoas
13h - Democrata-SL 0 x 3 Coritiba
15h – Atlético-MG 1 x 0 Brasília
2ª rodada - 19/8
13h - Coritiba 2 x 1 Brasília
15h - Democrata-SL 1 x 5 Atlético-MG
3ª rodada - 21/8
15h - Democrata-SL 1 x 4 Brasília
17h – Atlético-MG 1 x 1 Coritiba

A disputa

A Taça BH 2014 conta com 28 times. As equipes estão divididas em sete grupos, com quatro times em cada, que jogarão entre si, dentro da sua respectiva chave, em turno único. Avançam para as oitavas de final as duas melhores equipes de cada grupo e, também as duas de melhor índice técnico que terminarem em 3º ou 4º lugar, independentemente da chave. As fases finais são disputadas em jogo único, e a final e semifinal terão como palco o Independência, em Belo Horizonte.  

Cada equipe pode inscrever 25 atletas, nascidos entre 1994 a 1997 e que devem estar regularizados no BID até quinta-feira. Atletas nascidos em 1998 também podem participar desde que completem 16 anos até a data final da inscrição. 

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Coritiba inicia a venda de ingressos para o jogo contra o Flamengo



O Coritiba já iniciou a venda de ingressos para partida contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, marcada para a próxima quarta-feira, no Couto Pereira. As entradas estão à venda no site do Futebol Card a partir desta quinta-feira e começam a ser vendidos nas bilheterias do estádio na próxima segunda-feira.

Os ingressos variam de R$ 30,00 a R$ 190,00, com possibilidade de meia entrada. Cadeiras superiores e inferiores custam R$ 190 (inteira) e R$ 95 (meia). Já a cadeira Mauá custa R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia), e arquibancada nos valores R$ 95 (inteira) e R$ 47 (meia) - este último válido também para o setor visitante.
 
O clube ainda informa que os ingressos comprados pelo Futebol Card com cartões da promoção Itaucard podem ser adquiridos com 50% de desconto. Para esta partida, crianças de até 14 anos poderão entrar de graça nos setores Mauá e arquibancadas. Além disso, amigos de sócios dos setores Mauá e Arquibancada podem pagar R$ 30 no ingresso. Para participar, é necessário fazer o cadastro e imprimir o voucher, através do site do sócio, além de mais uma aposta no Coritiba como time do coração na Timemania, do concurso da semana, no caso do convidado.

Confira abaixo os horários de venda nas bilheterias:

Segunda-feira (25) - principal II/visitante - das 10h às 19h
Terça-feira (26) - principal II/visitante - das 10h às 19h
Quarta-feira (27) - principal I e II/ social/ visitante - 10h até 10 minutos do 2º tempo

Pontos de venda

Além das bilheterias do Couto Pereira, os ingressos também podem ser adquiridos em dois pontos de venda, com atendimento em horário comercial:

- Loterias Maracanã: Rua Abel Scuissito, 2931, Loja 12 – Atuba – Colombo
- Loterias Espaço da Sorte: Av. Senador Salgado Filho, 3718 – Uberaba

Quem tem direito a meio-ingresso:

CRIANÇAS: De 06 anos de idade até 11 anos de idade OU menores 12 anos de idade (Apresentar RG/Certidão de Nascimento)

SÓCIO TORCEDOR MENSAL DE R$ 9,90 E COXA SPECIAL: Apresentar RG e a Carteira do Sócio adimplente.

IDOSOS: Com idade igual ou superior a 60 anos de idade, apresentar RG.

ESTUDANTES: Apresentar RG e Carteira Estudantil com foto/validade ou Declaração da Instituição Estudantil.

PROFESSORES: Apresentar RG e Carteira da Instituição com foto/validade ou Declaração da Instituição Estudantil.

DOADORES DE SANGUE: Apresentar RG, Carteira de Doador e Comprovante de doação de sangue nos últimos 06 meses.

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: apresentar RG e a Carteira de P.N.E. (Portadores de Necessidades Especiais).

O documento comprobatório para o benefício da meia-entrada deverá ser apresentado no ato da compra e no acesso ao espetáculo, de modo a comprovar o efetivo direito ao benefício. Entre os documentos aceitos estão: atestados com identificação do número de CRM do médico e código CID da doença, passe de estacionamento para pessoas com deficiência ou pessoas com mobilidade reduzida, entre outros;

JOVENS DE 15 A 29 ANOS DE IDADE: Apresentar RG e o comprovante do Cadastro único (CADÚNICO) do Programa Social do Governo Federal, cuja renda familiar mensal seja de até 02 salários mínimos.

OBS: Obrigatório a apresentação dos documentos no ato da compra de ingresso e no acesso ao estádio.

Flamengo oferece pacotes de viagens para jogo com Criciúma em Santa Catarina



Os ingressos para o jogo entre Criciúma e Flamengo, às 16h (de Brasília) deste domingo, no Heriberto Hülse, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, estão à venda desde o início da semana em Santa Catarina, e o Rubro-Negro criou também pacotes de viagens para torcedores de outros estados que desejam acompanhar o duelo na cidade catarinense. Nesta quinta-feira, o clube divulgou em seu site as ofertas através da "Fla Tour", agência de viagens oficial do Fla, com opções para hospedagens por uma noite em quartos duplos ou individuais. Os preços são de R$ 489,99 e R$ 590 (sócios-torcedores têm desconto), podem ser parcelados e incluem, além da reserva em hotel, ingresso, translado para o estádio e guia turístico. Passagens aéreas não estão incluídas e podem ser adquiridas pelo site da agência em até dez vezes sem juros.

Ingressos avulsos são comercializados na secretaria do Criciúma, no estádio Heriberto Hülse. Os horários de venda nesta sexta-feira vai de 8h às 12h e de 13h15 às 18h; no sábado, de 9h às 12h; e no domingo, das 10h até o horário do jogo.

Pacotes:
- Quarto duplo: 3 x R$ R$ 143,33 (para sócios-torcedores) ou 3 x R$ 163,33 (para não sócios);
- Quarto individual: 4 x R$ 135,00 (para sócios-torcedores) ou 4 x R$147,00 (para não sócios).

Avulsos:
Cadeira: R$ 250,00
Arquibancada: R$ 120,00 - com direito à meia-entrada
Arquibancada infantil: R$ 20,00

Zagueiro-zagueiro de Luxa, Marcelo diz: "Não é momento de jogar bonito"


Marcelo Flamengo treino (Foto: Gilvan de Souza)Um atleta que encarna o espírito proposto por Vanderlei Luxemburgo ao Flamengo atual. Marcelo está longe de ser um dos jogadores com grifes no elenco atual. Longe disso. Dos titulares, talvez seja o que tem menos rodagem no futebol. Os números, porém, mostram que o zagueiro tem sido determinante para arrancada que tirou a equipe da zona de rebaixamento. Efetivado no clássico com o Botafogo, por conta da suspensão de Chicão e lesão de Samir, não saiu mais do time e viu uma equipe que tinha sido goleada por 4 a 0 diante do Internacional sofrer somente dois gols nas cinco partidas seguintes.  

Para se estabelecer no time titular, não foi preciso fazer muito. O zagueiro simplesmente seguiu a recomendação que Luxa dá para o elenco do Flamengo: reconhecer suas próprias limitações. Se não é um primor de técnica, ele não se priva de dar chutões, jogar feio e se dedicar ao máximo em campo. Bem ao estilo zagueiro-zagueiro, definição usada por Vanderlei para Odvan ao convocá-lo para Seleção em 1998. Tanto que terminou a vitória sobre o Atlético-MG, quarta-feira, reclamando de cãibras. Dores que, por sinal, foram muito bem-vindas.  


- Fico feliz com as cãibras. Estamos correndo bastante e no fim do jogo é maravilhoso, porque estamos conseguindo a vitória. Temos que sofrer mesmo para alcançar os resultados. Na situação que o Flamengo vive, não é momento para ficar brincando, de jogar bonito. Todo time busca a simplicidade, o modo mais fácil de chegar a vitória.  


Recuperado de uma lesão na coxa, Samir deve voltar a ser relacionado e viajar com a delegação para Criciúma, onde o Fla joga como time local no domingo. O jovem, entretanto, terá que correr atrás de seu espaço. Luxemburgo já elogiou a sintonia entre Marcelo e Wallace, e o ex-jogador do Volta Redonda concorda com as palavras do chefe.

- O que ele falou é concreto. Eu e o Wallace encaixamos bastante, bem certinho, e vivemos um momento maravilhoso. O sistema defensivo está de parabéns. Estamos bastante concentrado para não sofrer os gols e ter paciência para fazer e sair com a vitória. Continuo com os pés no chão. O Samir está aí e precisamos de todos. A volta dele não me intimida. Se ele tiver que voltar, vou agradecer ao professor e esperar minha oportunidade. Acho que tenho que render ainda muito mais. Sempre deixei boas impressões para torcida e vou dar o meu melhor, vou correr e buscar o objetivo.  

Emprestado por um grupo de empresários, Marcelo tem contrato com o Flamengo até o fim de 2014 e ainda não foi procurado para renovar. O prestígio nos bastidores, porém, é alto e a tendência é que o jogador permaneça na Gávea. A indefinição não o incomoda.  

- Quero ficar, mas não é hora de pensar nisso. Meu contrato só acaba no fim do ano.

Com 19 pontos, o Flamengo é o 13º colocado no Brasileirão, e encara o Criciúma, domingo, às 16h (de Brasília), no Heriberto Hulse, pela 17ª rodada.


Luxa tira mérito de si de reação e pede mais critério na avaliação dos técnicos


Luxemburgo, Flamengo, Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Vanderlei Luxemburgo caiu no gosto da torcida do Flamengo depois de assumir a equipe na lanterna do Campeonato Brasileiro e conseguir tirar o time da zona de rebaixamento. Já são quatro vitórias em cinco jogos e o salto para o 13º lugar da tabela de classificação. Mas ele mantém o discurso e tira os méritos de si pela reação. Na tarde desta quinta-feira, o técnico publicou uma nota em seu site oficial atribuindo os resultados aos jogadores e torcedores. De quebra, fez um desabafo criticando a avaliação dos treinadores no Brasil por parte da imprensa e pediu mais critério.

- Alguns critérios de avaliação do trabalho do técnico é que devemos questionar. Não é porque conseguimos quatro vitórias que o trabalho seja considerado bom, e nem com quatro derrotas ter uma avaliação ruim é ultrapassado. Acredito ser importante que alguns setores da imprensa procurem realmente ter uma posição mais criteriosa na avaliação do trabalho, do que simplesmente determinar se a qualidade é boa ou ruim em função de resultados momentâneos - escreveu.

Um dos maiores méritos de Luxa apontado por comentaristas foi ter corrigido a defesa. Em cinco jogos, a equipe sofreu apenas dois gols, enquanto nas 11 rodadas anteriores do Brasileirão o time foi vazado 19 vezes, o que deixa o setor ainda como um dos piores do campeonato.

Luxa tem 80% de aproveitamento em sua quarta passagem pelo clube, que antes foi dirigido por Jayme de Almeida e Ney Franco na temporada. Junto com o treinador, chegaram ao Rubro-Negro também o preparador-físico Antônio Mello e o auxiliar-técnico e ex-jogador Deivid. O comandante tem contrato até dezembro de 2015.

Confira a íntegra da nota publicada por Luxemburgo:

"O resultado pertence aos jogadores que entenderam o momento do clube e estão realizando um trabalho com muita determinação. Também, ao nosso torcedor que abraçou o time e está sendo fundamental na reação que estamos conseguindo. Nós da comissão técnica e diretoria estamos proporcionando as condições necessárias para que os jogadores possam realizar seu trabalho. O caminho que temos pela frente é longo e cheio de obstáculos e isso nós não podemos deixar de ter consciência sempre. Alguns critérios de avaliação do trabalho do técnico é que devemos questionar. Não é porque conseguimos quatro vitórias que o trabalho seja considerado bom, e nem com quatro derrotas ter uma avaliação ruim é ultrapassado. Acredito ser importante que alguns setores da imprensa procurem realmente ter uma posição mais criteriosa na avaliação do trabalho, do que simplesmente determinar se a qualidade é boa ou ruim em função de resultados momentâneos"


Com 9 de Hernane, Elton diz que fama de pegador é passado: "Estou focado"

Um dia após assinar contrato e acompanhar no Maracanã a vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG, Elton treinou pela primeira vez com os novos companheiros e foi apresentado oficialmente pelo Rubro-Negro na tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu. Com discurso humilde, o atacante se mostrou feliz com a recuperação da equipe no Campeonato Brasileiro e disse que fama de pegador ficou no passado.

Elton, apresentação Flamengo (Foto: Cahê Mota) 
Após primeiro treino com os companheiros, Elton recebeu a camisa de número 9 no Flamengo (Foto: Cahê Mota)

- Meu pensamento é somente poder ajudar a equipe, que vem em uma crescente e conseguiu as vitórias nos últimos jogos. Espero poder ajudar a sair o mais rápido possível desta situação. Esquecer o que passou (da fama de pegador) e estou focado em ajudar o Flamengo - afirmou.

Depois de dois dias em bateria de exames médicos, o atacante assinou contrato de empréstimo maio de 2015. O novo reforço rubro-negro tem 29 anos e foi cedido pelo Corinthians, que detém seus direitos econômicos, mas não tinha interesse em utilizá-lo. Fora dos planos do Timão, Elton vinha treinando separado desde que retornou do empréstimo ao Al Nassr, da Arábia Saudita, onde foi campeão, e deve estar à disposição em cerca de uma semana.

Elton e Paulinho, treino Flamengo (Foto: Mário Farache / Mowa Press) 
Elton (esq.) corre ao lado de Paulinho em atividade nesta quinta no Ninho do Urubu (Foto: Mário Farache / Mowa Press)
 
No clube que comprou Hernane recentemente ao Flamengo, o atacante sofreu com problemas de pagamento. E a contratação foi feita justamente para repor a ausência do Brocador no elenco. Elton voltará a disputar posição com Alecsandro, como aconteceu nos tempos de Vasco. Em busca de um atacante, o Rubro-Negro chegou a cogitar o retorno de Souza, mas a opção não empolgou muito e o Caveirão, ex-Bahia e Vitória, seguiu para o Criciúma.

Confira outros trechos da entrevista do atacante:

CHEGADA AO FLA
- O Flamengo é um clube grande, de massa, e que todo mundo espera defender. Tenho que me preparar bem. Acho que estou preparado. Estou em um bom momento da minha vida. Nos últimos anos, consegui fazer muitos gols pelos times que disputei. Aqui, espero que não seja diferente. Vou respeitar meus companheiros e dar o máximo. 

LUXEMBURGO
- O Vanderlei deixa bem claro para todos que temos que trabalhar e provar que merecemos jogar. Comigo não vai ser diferente. Vou buscar uma oportunidade a cada treino, buscar o meu espaço. O momento é bom, mas precisamos de muito ainda. Acabei de chegar, já fui muito bem recebido, e ter esse suporte é importante.

CORINTHIANS
- No Corinthians, aconteceu um fato quando era o Tite o treinador e por um tempo o time não jogava com centroavante. Acabei não tendo muita oportunidade e o jogador tem que jogar, mostrar futebol para não cair no esquecimento. Surgiu a oportunidade de sair e acabei aceitando. Realmente, não tive muita chance no Corinthians e deu certo em outros lugares.

PASSADO NO VASCO
- É normal. Somos profissionais e estamos sujeitos a isso. Vamos procurar esquecer o que passou. Tenho um imenso respeito pelo Vasco, mas estou no Flamengo e vou defender o clube com todas as minhas forças. O Alecsandro também passou por lá e vamos tentar fazer o nosso trabalho com gols.

DISPUTA COM ALECSANDRO
- O Alecsandro é um cara parceiro. Desde a época de Vasco, nos dávamos bem. Ele me ajudou muito com a experiência, sempre o admirei e faz muitos gols. A nossa relação é tranquila e cada um respeita o espaço do outro. Quem entrar, vai dar o melhor.

FAMÍLIA RUBRO-NEGRA
- Minha família está extremamente feliz. Diria que 90% da minha família é Flamengo. Quando souberam da possibilidade de jogar aqui, ficaram felizes. Hoje, graças a Deus, os represento.
Elton, apresentação Flamengo (Foto: Cahê Mota)CAMISA 9 DE HERNANE
- A responsabilidade de chegar ao Flamengo é grande, ainda mais herdando a camisa do Hernane, que fez história, fez muitos gols e a torcida tem um carinho. Vou dar o meu máximo para estar bem e ajudar. Independentemente da numeração, quando entrar em campo vou fazer o meu melhor.

CARÊNCIA DE GOLS NO FLA
- O Flamengo tem crescido, conseguiu o resultado nos últimos jogos e não importa quem faça os gols. O Alecsandro é experiente, quando não faz gol é cobrado, mas ajuda muito o time com passes, marcação, abertura de espaços.

FORÇA DA TORCIDA
- Sabemos que a torcida do Flamengo tem uma força muito grande. Quando jogava contra, tentava esquecer um pouco, mas em campo dá para sentir isso. Tive a oportunidade de ir ao jogo com o Atlético-MG e percebi essa força. Mesmo perdendo, a torcida não parou em momento nenhum e isso reflete em campo, deu forças para o time virar.

ESTREIA
- Na parte física, acredito que estou bem. Fiquei um mês treinando no Corinthians e vou conversar com o Mello (preparador). Sobre a documentação, acredito que está quase tudo encaminhado. Faltam alguns documentos do Corinthians, mas deve ser resolvido rápido. Vou aprimorar a parte técnica.

PROBLEMAS NO AL NASSR
- Passei por muitas dificuldades. Eles têm esse problema de pagamento. Disputamos três campeonatos, ganhamos dois, e ainda assim houve essa dificuldade. Procurei passar isso para pessoas que trabalham com o Hernane. A estrutura é boa, eles têm o dinheiro, mas não sei o que passa internamente que ficaram me devendo uma parte grande dos salários.


Reservas do Flamengo goleiam Bangu em jogo-treino no Ninho do Urubu

Quando a fase é boa, tudo dá certo. Até em jogo-treino. Vindo de três vitórias seguidas no Brasileirão, o Flamengo goleou o Bangu nesta quinta-feira em atividade realizada no Ninho do Urubu. Enquanto os titulares fizeram o tradicional regenerativo pós-jogo, os reservas bateram com facilidade o time de Moça Bonita, com gols de Lucas Mugni, Samir, Erazo, Igor Sartori e Negueba. Élton, que trabalhou pela primeira vez pelo clube, fez apenas academia.  

Os reservas começaram a atividade com César, Luiz Antonio, Chicão, Frauches e Samir; Amaral, Muralha, Lucas Mugni e Gabriel; Alecsandro e Eduardo. No segundo tempo, Fernando, Recife, Mattheus, Erazo e Sartori tiveram oportunidade. Vanderlei Luxemburgo acompanhou toda atividade com atenção e confraternizou com os amigos da comissão técnica do Bangu ainda no gramado ao término.  

Eduardo da Silva, treino Flamengo (Foto: Mário Farache / Mowa Press) 
Eduardo da Silva no jogo-treino do Flamengo contra o Bangu (Foto: Mário Farache / Mowa Press)

Desfalques na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, quarta-feira, no Maracanã, Alecsandro, Samir e Gabriel devem ficar à disposição para o confronto com o Criciúma, domingo, às 16h (de Brasília), no Heriberto Hulse, pela 17ª rodada do Brasileirão. A delegação rubro-negra viaja para Santa Catarina no início da noite de sexta-feira, depois de treinar pela manhã no Ninho do Urubu.

Com 19 pontos, o Flamengo é o 13º colocado no Brasileirão e não volta para a zona de rebaixamento nem mesmo em caso de derrota para o Criciúma. A vantagem para o Coritiba, primeiro time do Z-4, é de quatro pontos.