Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 4 de outubro de 2014

Animado, Flamengo embarca para EUA para jogos contra times da NBA

Como era de se esperar, não faltou animação no embarque do time de basquete do Flamengo para os Estados Unidos, onde a equipe disputará três amistosos contra equipes da NBA. Não faltaram sorrisos nos rostos dos jogadores que viajaram neste sábado para as partidas pela pré-temporada da liga americana.

Flamengo basquete embarque estados unidos Marquinhos (Foto: Divulgação / Flamengo) 
Gegê e Marquinhos mostram animação no embarque para os Estados Unidos (Foto: Divulgação / Flamengo)


Flamengo basquete embarque estados unidos Olivinha (Foto: Divulgação / Flamengo) 
Olivinha e o fisioterapeuta Ricardo Machado também mostraram empolgação (Foto: Divulgação / Flamengo)

- Hoje estamos dando mais um passo na nossa temporada que começou de forma excelente. Estamos embarcando para os Estados Unidos, para fazermos três jogos contra as equipes da NBA, pela primeira vez na história uma equipe da América Latina está indo disputar partidas oficiais da pré-temporada da NBA lá nos Estados Unidos - disse Olivinha.

O primeiro desafio rubro-negro é na próxima quarta, quando enfrenta o Phoenix Suns. No dia 15, o Flamengo encara o Orlando Magic e depois encerra a viagem com um confronto com o Memphis Grizzlies, no dia 17. O SporTV transmite as três partidas.

Campeão da Copa Intercontinental no último domingo, ao derrotar o israelense Maccabi Tel Aviv, o Flamengo será o primeiro time brasileiro a jogar nos Estados Unidos contra equipes da NBA em plena pré-temporada.

Luxa vê lance de craque de Geuvânio e volta a detonar juiz: "Picotou o jogo"

Vanderlei Luxemburgo, Flamengo X Santos (Foto: André Durão)Não houve críticas ao trabalho do Flamengo em campo. Mesmo tendo engrenado uma série de cinco jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro, o técnico Vanderlei Luxemburgo preferiu dar méritos ao jovem Geuvânio, autor da jogada que resultou no gol de Robinho. Sobrou para a arbitragem do baiano Mariélson Alves Silva.

Vanderlei poupou João Paulo das críticas e reclamou das vaias ao jogador. Para ele, é preciso enaltecer as grandes jogadas e não procurar defeitos. O lateral foi a vítima de Geuvânio no início do lance do gol da vitória do Santos por 1 a 0, no Maracanã.

- Vou falar uma coisa. Tem que dar parabéns para a jogada que o Geuvânio fez. Temos a mania de achar defeito e não achar virtude. Jogada de craque. O João Paulo começou a ser vaiado por causa de uma jogada de craque. Meu time foi mais time do que o Santos nos 90 minutos. É lamentável sair com um resultado ruim jogando melhor a maior parte do tempo - comentou Luxemburgo.

No entanto, o treinador do Flamengo não teve a mesma paciência com a arbitragem. Durante todo o jogo, ele mostrou à beira do campo a sua irritação a cada marcação que considerava equivocada e criticou o comportamento dos jogadores do Santos, que a todo momento paravam a partida.

- Deve ter perdido no mínimo de 10 a 12 minutos sem jogo de futebol. O time do Santos procurou não jogar futebol. O Geuvânio é excelente, mas se o árbitro fosse rígido daria no mínimo um amarelo. O árbitro foi conivente, picotando o jogo para não dar ritmo e o torcedor não vir junto. Não foi direta, mas ajudou muito - afirmou. 

Luxemburgo ainda lembrou a troca da arbitragem para o jogo. Inicialmente, o gaúcho Jean Pierre Gonçalves Lima comandaria o confronto, mas pediu dispensa, e um novo sorteio foi feito no dia 1º de outubro.

- Fomos jogar contra o Bahia, e o Alecsandro e o Cáceres não jogaram porque haviam tomado o terceiro cartão no jogo anterior em jogadas que não mereciam. Agora, veio apitar um baiano, com dois clubes baianos envolvidos na zona da confusão. A arbitragem foi equivocada e provocam uma situação de desconfiança. Um gaúcho que pediu dispensa apitaria esse jogo - disse.

Abaixo, veja os tópicos da entrevista.

CANSAÇO
- É muito pouco tempo de recuperação. Jogamos quarta-feira com viagem. Dois dias depois para jogar. Tem que sentir um pouco. O time correu, lutou. Com a vantagem, fica mais confortável jogar. Mas gostei da equipe, que foi competitiva. Meu time foi elogiado quarta pela preparação física. Não são máquinas. Estão falando hoje o que falei lá atrás, que entraríamos em uma zona contra as melhores equipes, com jogos seguidos e viagens. Não vi cair de produção.

ZONA DA CONFUSÃO
- O campeonato do Flamengo é diferente. Hoje é clássico. Como foi o jogo, saio triste pelas coisas que aconteceram, não pelo que o time jogou. Pela maneira como foi conduzido. O quarto árbitro passou perto de mim e eu disse algumas vezes que o Geuvânio e o Dracena estavam apitando o jogo. Ele fingiu que avisou no fim do jogo e me deu um esporro para todo mundo ver. Estamos brigando na zona da confusão e vamos continuar.

CÁCERES
- Saiu com uma dor no adutor. Já tem um problema, até cirurgia ali. É guerreiro. Vai fazer tratamento para ver como fica.

DISCUSSÃO SOBRE ARBITRAGEM
- Vi a qualidade igual e o jogo ser decidido pelo lance genial. O Brasil todo discute arbitragem. A qualidade está aí para todo mundo ver. Contra o São Paulo foi assim. Contra o Fluminense, empurraram um jogador antes da falta, e um lance igual aconteceu agora em Corinthians x Atlético-MG. Não é o Luxemburgo que está discutindo a arbitragem. Mesmo sem conseguir a vitória, o time está mostrando capacidade.

ERRO DO JOÃO PAULO
- No Brasil, estamos acostumados a ver erros e não virtudes. Gostaria de ver mais lances como esse no futebol. O João Paulo foi driblado como qualquer outro poderia ter sido. Deveríamos enaltecer, mas em vez disso ficamos procurando os defeitos. Tem que dar parabéns para a jogada que o Geuvânio fez. Jogada de craque. João Paulo começou a ser vaiado por causa de uma jogada de craque.

ARBITRAGEM DECISIVA- Meu time foi mais time do que o Santos nos 90 minutos. É lamentável sair com um resultado ruim jogando melhor a maior parte do tempo. Deve ter perdido no mínimo de 10 a 12 minutos sem jogo de futebol. O time do Santos procurou não jogar futebol. Geuvânio esteve excelente, mas se o árbitro fosse rígido daria no mínimo um amarelo. Árbitro conivente, picotando o jogo para não dar ritmo e o torcedor não vir junto. Não foi direta, mas ajudou muito.

FIGUEIRENSE E CRUZEIRO
- Não posso pensar assim. O campeonato não termina nos dois jogos. Tem mais 12. Tenho que pensar que tenho 36 pontos a disputar e temos que somar um determinado número. Se terminasse contra o Santos, o Wallace teria jogado mesmo com desconforto e não jogou.

QUEDA NA TABELA
- Campeonato Brasileiro é assim. Difícil. O Flamengo está jogando a competição como deve dentro das nossas necessidades. Temos vantagem em relação à zona da confusão. Não quero passar uma ilusão diferente. Tem que encarar de frente. A competição é essa. Ano que vem, replaneja. Não é demérito nem vergonha. Tenho passado para todos. O torcedor abraçou o time porque entendeu que não é para chegar na Libertadores, que é diferente. Ganhamos cinco jogos lá atrás e pedi calma. Tudo que está acontecendo foi programado.

500 JOGOS DE LÉO MOURA
- Queria que fosse com vitória. Quinhentos jogos hoje em dia, com mudanças constantes, com tantas conquistas, é muito mérito. Dou os parabéns a ele.


Everton critica "jogo amarrado" do Santos e questiona arbitragem


Não teve nenhuma grande polêmica, mas, ainda assim, Everton reclamou da arbitragem na derrota do Flamengo por 1 a 0 diante do Santos, na tarde deste sábado, no Maracanã. Para o jogador rubro-negro, o árbitro Marielson Alves Silva não soube coibir a cera da equipe paulista. Vale destacar, porém, que no segundo tempo o juiz deu cinco minutos de acréscimo.

- Queria saber quantos minutos foram jogados. Nunca vi um jogo tão amarrado na minha vida. Demoravam vários minutos para bater uma falta, um lateral. A arbitragem foi desastrosa. Não gosto de falar, mas foi brincadeira isso, deixou o Santos fazer cera desde o primeiro tempo - desabafou Everton, ao fim da partida, ainda no gramado do Maracanã.

Em certos momentos do jogo, Vanderlei Luxemburgo também questionou algumas decisões da arbitragem, com gestos e reclamações à beira das quatro linhas.

- Deve ter perdido no mínimo de 10 a 12 minutos sem jogo de futebol. O time do Santos procurou não jogar futebol. O Geuvânio é excelente, mas se o árbitro fosse rígido daria no mínimo um amarelo. O árbitro foi conivente, picotando o jogo para não dar ritmo e o torcedor não vir junto. Não foi direta, mas ajudou muito - afirmou o treinador.

Já o lateral João Paulo lamentou a falta de pontaria da equipe.

- Lutamos até o fim, botamos eles atrás, mas infelizmente pecamos na finalização - disse o jogador.

Alecsandro lamenta derrota do Flamengo e resume: "A bola só não entrou"

Alecsandro teve atuação sem brilho na derrota por 1 a 0 para o Santos na tarde deste sábado, no Maracanã. Foram raras oportunidades criadas pelo atacante, que deixou o gramado com uma definição simples para o tropeço que deixou o Flamengo em situação ainda delicada na tabela, distante apenas quatro pontos da zona de rebaixamento.

- Em apenas uma bola, o Santos foi lá e fez o gol. O volume de jogo foi todo do Flamengo. A bola só não entrou - afirmou Alecsandro, que chegou a se irritar com um repórter à beira de campo quando questionado se o Rubro-Negro merecera a derrota.

- Temos que saber ver o jogo antes de falar besteira - disparou o atacante.

Apesar de não ser unanimidade entre os torcedores, o atacante balançou as redes adversárias 21 vezes em 2014. Diante do Santos, porém, cabeceou mal e também perdeu o tempo de bola em alguns lances de ataque. 

O Flamengo tem o domingo de folga, com reapresentação marcada para segunda-feira. Na quarta-feira, o Rubro-Negro enfrentará o Figueirense no Orlando Scarpelli.

"Não saímos da confusão", diz Chicão



Bem que Chicão tentou evitar o pior. Na tarde deste sábado, no Maracanã, o zagueiro não só procurou salvar o Flamengo da derrota para o Santos por 1 a 0 cumprindo sua função defensiva como também sendo responsável por um dos lances mais perigosos do ataque, ao bater muito bem uma falta aos 26 minutos do segundo tempo. O goleiro Vladimir fez grande defesa e evitou o empate.

Na saída de campo, o zagueiro lamentou o resultado que deixou a equipe há cinco partidas sem vencer e a quatro pontos da zona de rebaixamento. E creditou a vitória santista à boa jogada do garoto Geuvânio, que deu belo drible em João Paulo, foi à linha de fundo e centrou na área para Robinho abrir e definir o placar, aos 24 minutos do primeiro tempo.

- Nós não saímos da confusão. A equipe vem jogando bem, por um lance individual do jogador do Santos acabamos tomando o gol. Agora é levantar a cabeça, teremos um jogo difícil contra o Figueirense - afirmou o zagueiro.

Na próxima quarta-feira, o Flamengo, estacionado nos 31 pontos e na 12ª posição, encara a equipe catarinense no Orlando Scarpelli, às 22h.

Flamengo 0 x 1 Santos


Ficha técnica

Gol: Robinho

Cartão amarelo: Víctor Cáceres, Canteros, Everton(Fla)Vladimir, Alison(San)

Público: 37.204 pagantes e 43.790 presentes
Renda: R$ 1.340.195,00 

FLAMENGO:  Paulo Victor, Léo Moura, Chicão, Samir e João Paulo; Cáceres(Luiz Antonio) , Canteros(Elton), Márcio Araújo e Everton; Gabriel(Eduardo) e Alecsandro.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Santos: Vladimir; Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Eugenio Mena; Alison, Arouca e Alan Santos; Geuvânio(Pato Rodríguez), Robinho(Neto) e Gabriel(Rildo).
Técnico: Enderson Moreira.

Estádio: Maracanã, estádio do Flamengo no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 4/10/2014
Hora: 16h20

Sábado tem Mengão na Globo para todo o Brasil, menos Rio de Janeiro

Transmissão: TV Globo para SP (Santos), RS (Porto Alegre), MG (Juiz de Fora, Uberlândia, Ituiutaba e Araxá), ES, GO, TO, MS, MT, BA, AL, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Alex Escobar, Junior e Arnaldo Cezar Coelho) e Premiere e PFC HD (com Eduardo Moreno e Edinho)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Alessandro A Rocha de Matos (BA) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)




Com show de Djalminha, Flamengo vence São Paulo e pega Flu na semi



A semifinal do Campeonato Brasileiro de Showbol promete muito. O Flamengo passou na manhã deste sábado pelo São Paulo por 9 a 5 e garantiu vaga para enfrentar o Fluminense, em partida que será realizada no próximo sábado. Os rubro-negros contaram com mais uma ótima atuação de Djalminha, considerado o melhor jogador do mundo na modalidade, que marcou quatro gols, chegando a 16 na competição e assumindo a artilharia do torneio, ao lado de Luiz Mário, do Grêmio.

No duelo com o São Paulo, os flamenguistas começaram mal e, logo no início, viram os rivais abrirem 2 a 0. Para conseguir a classificação, a equipe precisava da vitória, enquanto o time paulista já estava eliminado da competição, com duas derrotas nas primeiras rodadas. O Fla demorou para embalar e só deslanchou nos últimos dez minutos de jogo, marcando quatro gols seguidos e sacramentando a vitória, com 9 a 5.

Já foram realizadas seis edições do Campeonato Brasileiro de Showbol, com quatro vitórias flamenguistas. Santos e Vasco conquistaram um título cada. A outra semifinal da competição desta temporada será entre vasco e Palmeiras.

O São Paulo começou melhor e Dodô mostrou mais uma vez o porquê de ser chamado de "artilheiro dos gols bonitos". Nos primeiros minutos de partida, ele recebeu a bola na esquerda e, com um toque de classe, tirou do goleiro, a bola subiu e caiu repentinamente, batendo na trave antes de entrar. Na sequência, Amoroso aumentou e deixou o Tricolor Paulista com dois gols de vantagem.

Mas aí foi a vez do Flamengo mostrar sua força. Time com mais títulos na história da competição, o rubro-negro precisou de menos de sete minutios para virar. Primeiro com Djalminha, depois com Marquinhos, em uma golaço de trás do meio campo. Djalminha voltou a marcar e colocou os cariocas à frente, e Selé fez 4 a 2. No fim do primeiro tempo, os paulistas diminuiram com Wilson.

No início do segundo tempo, Ivan Rocha cobrou uma falta perfeita, no ângulo, para empatar o jogo. Mas logo em seguida, Djalminha, de pênalti, colocou novamente o Flamengo com vantagem no placar. Na metade do segundo tempo, o São Paulo empatou de pênalti, com Amoroso.

Maurinho recolocou o Fla em vantagem após fazer uma tabela com a parede. Ele mesmo chutou de longe, a bola bateu na linha de fundo e voltou para ele completar para o gol, fazendo 6 a 5 para os cariocas. Djalminha e Maurinho, duas vezes, compleatam o placar, 9 a 5 para os flamenguistas.

No regulamento do Showbol, as 12 equipes são divididas em três grupos de quatro times. Os vencedores de cada uma das chaves se classificam para o quadrangular final ao lado do melhor segundo colocado. Vasco e Fluminense foram os campeões de suas chaves, disputadas nas últimas duas semanas, enquanto o Palmeiras avançou como melhor segundo colocado. A fase decisiva será realizada no próximo fim de semana.
Escalações

Flamengo: Robertinho, Gelson Baresi, Emerson, Marquinhos, Fábio Baiano e Djalminha. Entraram: Jorginho, Mehmet Aurélio, Jackson, Piá e Selé.Técnico: Ernesto Paulo.

São Paulo: Alemão, Wilson, Ivan Rocha, Amoroso, Dodô e Fabiano. Entraram: Pavão, Capitão, Alexandre, Doriva e Eliel. Técnico: Nelsinho.

Tabela do Grupo C

1ª rodada
Flamengo 8 x 8 Atlético-MG
Cruzeiro 14 x 8 São Paulo

2ª rodada
Atlético-MG 11 x 7 São Paulo
Flamengo 9 X 8 Cruzeiro

3ª rodada
Cruzeiro 7 x 7 Atlético-MG
São Paulo 5  X 9 Flamengo


Luxa elogia Gabriel, em ascensão no Flamengo: "É um jogador que cansa zagueiro"


 
Gabriel teve ano muito difícil no Flamengo em 2013. Colecionou más atuações e lesões. Nas últimas duas quartas-feiras, destacou-se. Iniciou jogada que culminou no primeiro gol rubro-negro no empate por 2 a 2 com o São Paulo e balançou a rede no 1 a 0 sobre o América-RN.

O meia tem chances de iniciar a partida contra o Santos, neste sábado, às 16h20, no Maracanã. Disputa posição com Eduardo da Silva, favorito à vaga. Se sua escalação é incerta, o futuro parece promissor. Vanderlei Luxemburgo, apesar de listar falhas, disse gostar muito do estilo de jogo de Gabriel.

- Ele começou tarde, meio que sem categoria de base, tem muitos defeitos, mas é um cara que nasceu jogador de futebol. Tem muitas qualidades, mas tem que trabalhar finalização, posicionamento e a parte técnica. A tendência é evoluir. Precisa também encontrar o espaço dele no campo, porque ficar no lado do campo é mole. É preciso saber onde está. Gosto muito de jogador com a característica dele, que vai para um lado e para o outro, mexe com a bola e cansa o zagueiro - enumerou.

O Flamengo ocupa a 12ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 31 pontos, cinco a menos do que soma seu adversário deste sábado, o Santos, hoje dono do nono lugar.

Árbitros reveem lance e, após horas, dão vitória do Flamengo sobre o Cruzeiro


Flamengo e Cruzeiro fizeram, nesta sexta-feira, em Piraí (RJ), uma das partidas mais polêmicas da história do showbol, com o resultado sendo confirmado horas depois do apito final. Djalminha marcou oito gols, e o Rubro-Negro conseguiu superar a Raposa, em um heróico 10 a 9. No fim do jogo, Emerson marcou o gol da vitória do Flamengo. No entanto, o lance demorou para ser validado. A princípio, os flamenguistas comemoraram. Depois, o árbitro Oscar Roberto Godoi invalidou o gol ao constatar que a finalização aconteceu com o cronômetro zerado. Mas, horas depois, o lance foi revisto, o gol confirmado e o Flamengo levou os três pontos da partida.

Completou o placar para o Flamengo o zagueiro Gelson Baresi. Balançaram a rede para o Cruzeiro: Da Silva (dois), Marcelo Ramos (dois), Alex Dias (dois), Elivelton, Irineu e Isael.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Erazo é relacionado pela primeira vez após a Copa do Mundo


Erazo Flamengo treino (Foto: Cahê Mota)
O zagueiro Frickson Erazo está relacionado para o jogo de sábado, contra o Santos, às 16h20m, no Maracanã. É a primeira vez que o equatoriano aparece na lista depois da Copa do Mundo. Logo após a competição, alegando ter propostas de Espanha e Itália, pediu para ser negociado e teve sua solicitação acatada. As conversas, porém, não vingaram e ele voltou a treinar normalmente pelo Rubro-Negro.


Estão relacionados por Vanderlei Luxemburgo os seguintes nomes:

Alecsandro, Amaral, Anderson Pico, Cáceres, Canteros, César, Chicão, Eduardo da Silva, Elton, Erazo, Everton, Gabriel, João Paulo, Léo Moura, Mugni, Luiz Antonio, Marcelo, Márcio Araújo, Muralha, Nixon, Paulo Victor, Recife, Samir e Wallace

Flamengo x Santos: 26 mil ingressos vendidos para a partida no Maracanã



O Maracanã terá casa cheia, mais uma vez, em um jogo do Flamengo. Já foram vendidos 26 mil ingressos antecipadamente para o duelo com o Santos, neste sábado, no Maracanã, válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. A expectativa é a de que o público supere 40 mil. O recorde do clube carioca na competição é de 51.858 pessoas na derrota para o Grêmio.


Veja os preços por setor:

Norte
Torcedor: R$40 inteira / R$20 meia
Sócio-torcedor: R$20 Inteira / R$10 meia
Tradição: R$30 inteira / R$15 meia

Sul
Torcedor: R$50 inteira / R$25 meia
Sócio-torcedor: R$25 Inteira / R$12,50 meia
Tradição: R$40 inteira / R$20 meia

Leste Superior
Torcedor: R$60 inteira / R$30 meia
Sócio-torcedor: R$30 Inteira / R$15 meia
Tradição: R$50 inteira / R$25 meia

Leste Inferior
Torcedor: R$80 inteira / R$40 meia
Sócio-torcedor: R$40 Inteira / R$20 meia
Tradição: R$60 inteira / R$30 meia

Oeste Inferior
Torcedor: R$90 inteira / R$45 meia
Sócio-torcedor: R$45 Inteira / R$22.50 meia
Tradição: R$70 inteira / R$35 meia

Venda e retirada no dia do jogo:

Sede do Flamengo (Av. Nossa Senhora Auxiliadora, s/nº) - 10h às 13h
Maracanã

– das 10h até o término do primeiro tempo:

Bilheteria 3 (Célio de Barros) – retirada da compra pela internet
Bilheteria 4 (Júlio Delamare) – venda geral para a torcida do Flamengo
Contêiner Mata Machado – Atendimento ao sócio-torcedor do Flamengo

– das 12h até o término do primeiro tempo:

Bilheteria 1 (Maracanãzinho) – venda geral para a torcida do Flamengo
Bilheteria 2 (Maracanãzinho) – venda geral para a torcida do Flamengo
Contêiner Maracanã Mais – venda exclusiva para o Maracanã Mais

Luxa usa equilíbrio entre Cruzeiro e Inter para reafirmar briga contra o Z-4

Há quem veja o Flamengo em situação relativamente cômoda no Brasileiro. É 12º colocado, com 31 pontos, cinco de vantagem em relação ao Botafogo, que abre o Z-4. Vanderlei Luxemburgo rechaça a aparente tranquilidade, exemplificando que, assim como o Inter tem condições de alcançar o Cruzeiro - seis pontos o separam do líder -, o Rubro-Negro ainda pode se complicar.

Luxa falou em seis pontos à frente da zona, mas na verdade são cinco, já que o Palmeiras, com um jogo a mais, venceu a Chapecoense na quinta e deixou o clube carioca dentro da "confusão".

- Quantos pontos o Cruzeiro tem (de diferença) do Inter? Tem seis. E qual a diferença que eu tenho para o pessoal de baixo? Vamos trabalhar com seis pontos de diferença para quem está para trás (o Flamengo tem cinco de vantagem). O Flamengo está na zona da confusão, como Cruzeiro e Inter estão numa confusão mais confortável. Dentro da confusão, essa é a decisão em que nos colocamos, é um jogo muito importante. Quando cheguei no Flamengo, disse que tinha de brigar contra a confusão. Na outra competição, é outra coisa. Se você pega do Cruzeiro para o Inter são seis pontos, só que é para ser campeão. Nossa decisão é a mesma que a de cima, só que a nossa não é para vaga de Libertadores ou conquista de campeonato. Nossa conquista é sair da confusão. Esse é o nosso trabalho - insistiu. 

Luxemburgo no treino do Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo) 
Luxemburgo orienta o time no treino do Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)


Ainda metido na confusão sob sua ótica, Luxemburgo tem um horizonte bonito pela frente na Copa do Brasil depois da vitória por 1 a 0 sobre o América-RN, na última quarta-feira, em Natal. Perguntado como pretende administrar as duas competições nesta reta final, negou-se a comentar a competição disputada em mata-mata.

- Vamos esquecer a Copa do Brasil no momento, pergunte aos torcedores do Flamengo o que eles preferem. Se é ficar na Primeira Divisão e qual a prioridade deles? Sem desprezar a Copa do Brasil, vamos discuti-la no momento certo. O time do Santos está pronto, com um jogador de alto nivel que é o Robinho e um monte de moleque bom que aparece lá. Nunca vi lugar para brotar tanto jogador quanto lá. Mas, por eles serem um clube formador, todo mundo (agentes) prefere mandar os jogadores para lá.

 Ao projetar o jogo de sábado, contra o Santos, explicou por que fechou o treino desta sexta-feira integralmente - a imprensa só foi liberada após uma hora e meia de atividade. Segundo ele, não há mistério, mas sim um método de trabalho para evitar benefícios ao adversário.

- Não tem mistério, a gente trabalha que nem vocês. Vocês não noticiam, e o adversário não fica sabendo. Amanhã (sábado) defino a equipe, isso não é mistério, isso é não dar pista ao adversário. Não tem mistério. É jogo decisivo e importante para nós. O torcedor está comprando ingresso e que compre mais, porque a torcida será fundamental. Sem cercear o trabalho de vocês, tem parte do nosso trabalho que só pertence a nós. A gente pede para baixar a câmera, mas tem sempre um miguézinho. Tem repórter que vira as costas para o treino, mas há outros que ficam muitos atentos. Eu acho que ele não está olhando, mas amanhã leio e vejo que o danado viu tudo direitinho - encerrou.

Zagueiro Wallace treina sem dores e vai enfrentar o Santos neste sábado

Treino Flamengo - Vanderlei Luxemburgo e Wallace (Foto: Cahê Mota)

Vanderlei Luxemburgo fechou o treino do Flamengo e não quis confirmar que time utilizará neste sábado, às 16h20, contra o Santos, no Maracanã. Mas Wallace, titular absoluto no Rubro-Negro, voltou a trabalhar sem dores na coxa direita e enfrenta o Peixe.

Perguntado sobre a utilização ou não do defensor e se havia algum jogador em dúvida por questões médicas, Luxa saiu pela tangente.

- Vão todos para a concentração.

O Flamengo que provavelmente entra em campo contra o Peixe é o seguinte: Paulo Victor, Léo Moura, Wallace, Samir e João Paulo; Cáceres, Márcio Araújo, Canteros e Everton; Eduardo (Gabriel) e Alecsandro.

Luxa se confude, dá 500 anos a Léo Moura e afasta "confusão do Bota"


Luxemburgo coletiva Flamengo (Foto: Fred Gomes)O Flamengo ainda está na "confusão", sob a ótica de Vanderlei Luxemburgo, mas a preocupação com a zona de rebaixamento não o impediu de conceder uma entrevista coletiva muito descontraída antes do jogo contra o Santos, neste sábado, no Maracanã, às 16h20m. O primeiro motivo de risada se deu quando o treinador transformou o número de jogos que Léo Moura completará contra o Peixe em idade do jogador.

- Hoje em dia com tanto jogador saindo (do Brasil), ele optou pelo Flamengo e virou um símbolo. Quando saímos do Rio, vemos uma porção de jogadores com o cabelo dele, é torcedor buscando o Léo o tempo todo. Completou 500 anos (fala mais um pouco e se corrige). Quinhentos anos, não, p..! Quinhentos jogos! É matuzalém (risos)? Só tem um detalhezinho: é festa, 500 jogos, mas essa festa vai acabar na hora do jogo - afirmou, fechando a resposta com seriedade.

Outro momento divertido ocorreu quando usou o termo que cunhou como sinônimo de Z-4, ao se referir ao quarteto botafoguense demitido nesta semana. Perguntado se pensava em Edílson, Julio Cesar, Emerson ou Bolívar para o Flamengo de 2015, disparou o seguinte:

- Estou com confusão para mais de metro e você quer mandar mais confusão para cá? Deixa os caras para lá (risos). Vou ser bem claro, como sempre fui, tá certo? Se alguém estiver falando de contratação, esquece, que é zerado. Não vou discutir contratação nem a pau. Qualquer coisa que surgir de nome não existe, pois, se não passar por mim, algo está equivocado. Não tem (contratação), não foi discutido e nem vai ser nesse momento. É com esse grupo que eu vou jogar contra a confusão - garantiu.

Léo faz 23 anos em fim de semana de festa pelo xará mais famoso


Leo Flamengo (Foto: Vicente Seda)Léo chegou ao Flamengo no início de 2014 para ganhar cancha e se habilitar a substituir o xará mais famoso, que completa 500 jogos pelo clube no sábado. Mas, o baiano, aniversariante do dia, jogou muito menos do que esperava devido a constantes lesões. Fez apenas sete partidas, nas quais até figurou bem, todavia na data em que chega aos 23 anos o lateral-direito anseia por um fim de ano com mais oportunidades e menos problemas. Atualmente, encontra-se entregue à preparação física.

No dia 6 de abril, data da primeira partida da decisão do Carioca, contra o vasco, Léo sofreu sua primeira lesão jogando pelo Flamengo. Levou uma pancada e teve uma luxação dos tendões fibulares. Foi preciso passar por uma cirurgia e um mês e meio de recuperação para voltar a treinar apenas no fim de maio. Desde então não fez mais nenhum jogo pelo Fla.

Com o técnico Vanderlei Luxemburgo, Léo teria uma chance de ser titular contra a Chapecoense, mas na véspera da viagem reclamou de dores na coxa direita e ficou fora. Antes da definição da delegação para o confronto com o Criciúma, mais uma vez sucumbiu.



"Quinhentão" Léo Moura avisa: "Festa só até o juiz apitar. Depois é guerra"

O lateral-direito Leonardo Moura é o assunto da semana rubro-negra. Seu 500º jogo pelo Flamengo, a ser completado contra o Santos, no próximo sábado, é de longe o tema mais abordado dos últimos dias, principalmente depois da vitória por 1 a 0 sobre o América-RN, pelas quartas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira. Mas o oba-oba em cima do feito, prática comum no clube da Gávea perto de datas comemorativas, não existirá. Pelo menos é o que garante o camisa 2 e capitão do Fla.

- É uma marca importante demais para qualquer jogador, e comigo não é diferente. É grande a emoção de estar completando essa marca. E é comemorar até o juiz apitar o início do jogo. Depois é guerra, é batalha. Quero vencer o jogo, senão nada disso vai ser completo. Partida difícil, jogando contra uma equipe de muita qualidade. Quero vencer o Santos. Não pode vacilar de forma alguma, o Campeonato Brasileiro é equilibrado. A gente quer pontuar para subir cada vez mais para poder pensar numa coisa melhor no campeonato. Vamos a 34 pontos e nos afastar cada vez mais daquela zona - afirmou.

Léo Moura, Ninho do Urubu, treino, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem) 
Léo Moura está na expectativa de atingir marca histórica (Foto: Gilvan de Souza / Fla Imagem)


Léo completa 36 anos ainda em outubro, e o fim de carreira se aproxima. Será? Ele discorda e se espelha em Zé Roberto, lateral-esquerdo titular do Grêmio aos 40 anos.

- Tenho um espelho que é o Zé Roberto, com 40 anos jogando na lateral. Então por que eu, com 35, não posso? Sempre me cuido, faço trabalho preventivo pra evitar lesão, busco saber momento certo de atacar e jogo com companheiro aberto ali do lado. É ir na boa mesmo, a gente só vai atacar para decidir. Vou me preparar para continuar jogando em alto nível, sei o momento certo de continuar ou parar. 

Léo Moura, Coletiva Flamengo (Foto: Fred Gomes) 
Léo Moura na entrevista coletiva desta sexta-feira, no Ninho do Urubu (Foto: Fred Gomes)
 
 
 

Flamengo x Santos: Maracanã terá luzes rosas para lembrar combate ao câncer



O Maracanã terá uma iluminação especial na partida deste sábado, entre Flamengo e Santos, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao invés das luzes vermelhas e pretas, usadas nos dias que o Flamengo atua como mandante no estádio, a cor rosas será acesa como parte das ações do Outubro Rosa, mês de conscientização da campanha mundial contra o câncer de mama. A ideia é lembrar as mulheres da importância de fazer exames periódicos contra a doença, que se descoberta cedo, tem 95% de chances de cura.

Maracanã, Botafogo X Santos (Foto: Vitor Silva / SSpress) 
Maracanã terá iluminação especial na partida deste sábado, entre Flamengo e Santos (Foto: Vitor Silva / SSpress)

Além da iluminação especial, os jogadores do Flamengo também usarão fitas rosas, símbolo da campanha, presas ao uniformes. O time do Inter de Limeira confeccionou um uniforme especial, que será vendido por R$ 100, e terá parte da renda revertida para  Associação Limeirense de Combate ao Câncer.

Flamengo e Santos se enfrentam às 16h20 (de Brasília) deste sábado, no Maracanã. O Rubro-Negro é o 12º colocado, com 31 pontos, enquanto Peixe é o 8º, com 36.

Sábado tem Mengão na Globo para todo o Brasil, menos Rio de Janeiro

SÁBADO, 4

Série A do Campeonato Brasileiro

16h20 - Flamengo x Santos

Transmissão: TV Globo para SP (Santos), RS (Porto Alegre), MG (Juiz de Fora, Uberlândia, Ituiutaba e Araxá), ES, GO, TO, MS, MT, BA, AL, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Alex Escobar, Junior e Arnaldo Cezar Coelho) e Premiere e PFC HD (com Eduardo Moreno e Edinho)

Poupado em Natal, Eduardo da Silva se diz pronto para 90 minutos sábado


Treino Flamengo - Eduardo da Silva (Foto: Cahê Mota)“Vou estar preparado para jogar 90 minutos”. Foi com essa frase que o atacante Eduardo da Silva, do Flamengo, respondeu sobre seu estado físico para a partida deste sábado contra o Santos, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Reserva na vitória de quarta-feira por 1 a 0 sobre o América-RN, pela Copa do Brasil, o jogador espera retornar ao time principal rubro-negro no fim de semana.

De acordo com o atacante, a escolha do técnico Vanderlei Luxemburgo por deixá-lo no banco em Natal se deu por preocupação com seu estado físico. Eduardo da Silva havia desfalcado o Flamengo na semana passada, diante do São Paulo, por causa de dores na coxa esquerda, e retornado na derrota para o Bahia, em Salvador.

- Isso foi a decisão dele (Luxemburgo). Provavelmente eu fui poupado porque no meu penúltimo jogo, contra o Fluminense, senti uma dor muscular. Ele não quis arriscar - disse o atacante.

No empate por 1 a 1 com o Fluminense, dia 21 de setembro, Eduardo da Silva saiu ainda no primeiro tempo, sentindo dores na coxa esquerda. Ficou fora do jogo seguinte. contra o São Paulo, mas foi titular na sequência, diante do Bahia. Na última quarta, contra o América-RN, entrou em campo substituindo Alecsandro, aos 31 minutos do segundo tempo.

 Desde que chegou ao Flamengo, no meio do ano, Eduardo da Silva só disputou dois jogos inteiros: derrota por 3 a 0 diante do Coritiba, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, pelo Brasileiro.

- Se der tudo certo e eu jogar, vou estar preparado para jogar 90, ou o máximo que eu puder - completou Eduardo.

Em boa situação na Copa do Brasil, em que joga pelo empate em casa, no dia 15, contra o América-RN, para avançar às semifinais, o Flamengo tenta reagir no Brasileirão. A equipe não vence há três rodadas. Tem 31 pontos, em 12º lugar, estando com seis pontos de distância para a zona do rebaixamento.

- Acho que o grupo está mais confiante, a gente sabe que contra o Santos vai ser um jogo muito difícil. Eles têm muitos jogadores talentosos, mas vamos jogar dentro de casa e, se atuarmos da mesma forma fizemos nesses últimos jogos no Maracanã, acredito que sairemos com a vitória – disse Eduardo.

O Flamengo faz nesta sexta-feira, no CT Ninho do Urubu, o último treino antes de enfrentar o Santos. O duelo contra o Peixe será às 16h20 de sábado, no Maracanã.



Fabiana Beltrame mostra descrença em bom resultado do Brasil em 2016


Fabiana Beltrame não é otimista quanto ao desempenho do remo brasileiro nas Olimpíadas (Foto: Fabio Leme)Maior esperança de medalha olímpica para o remo do Brasil, Fabiana Beltrame não mostra otimismo em um bom desempenho do país na modalidade, restando menos de dois anos para o início das Olimpíadas do Rio. A falta de investimento e a dificuldade de lapidar novos talentos fazem com que a campeã mundial de 2011 use um tom pessimista para falar sobre o momento do tradicional esporte brasileiro.

Convidada à recepção da equipe britânica de remo, uma das melhores do mundo na atualidade e que está no Rio de Janeiro desde a última segunda-feira, a atleta do Flamengo comparou a preparação dos rivais para os Jogos de Londres, em 2012, com o trabalho desempenhado pelos brasileiros. Se a Grã-Bretanha levou nove das 14 medalhas possíveis, sendo quatro de ouro entre homens e mulheres há dois anos, Beltrame vê o objetivo canarinho bem mais modesto em 2016.

- Eles têm uma tradição muito forte nas universidades, o apoio e o incentivo são grandes, especialmente o trabalho que fizeram para os Jogos de Londres (2012). Foram três ciclos olímpicos, realmente, pensando nesses resultados. Eles colheram o que plantaram, natural. Diria que estamos bem longe de plantar alguma sementinha como a deles, mas a gente tem que ter esperança de que vamos melhorar - disse em tom desacreditado.

Nesse encontro no Iate Clube, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro, a companheira de Beatriz Cardoso no skiff duplo esteve ao lado de possíveis concorrentes na luta pela inédita medalha de ouro em 2016.

- Uma delas era aquela que eu estava tirando foto, ela é campeã olímpica (Katherine Copeland). Venci dela, em 2011, quando fui campeã mundial. Nós já nos conhecemos bem. Hoje, aos 23 anos, ela já é campeã olímpica, muito novinha. É uma honra estar no mesmo ambiente que eles (britânicos), um dos melhores no remo. Temos que tentar copiá-los - admitiu.

Fabiana Beltrame e Katherine Copeland (Foto: Fabio Leme)Fabiana Beltrame e Katherine Copeland, concorrentes dentro da raia, se encontram em evento no Iate Clube no Rio (Foto: Fabio Leme)

Assim como os remadores da Grã-Bretanha, Fabiana também não mostra muita preocupação com a questão da insalubridade da água da Lagoa Rodrigo de Freitas, local que vai abrigar as 14 provas de remo nas Olimpíadas do Rio. Para ela, o ponto principal é como o Comitê Olímpico Internacional (COI) vai adequar a modalidade à falta de espaço físico ideal.

- Uma das preocupações que nós temos, além das algas, que nesta época têm muitas, é a profundidade do final da raia. Ela é muito rasa para as regras da Fisa (Federação Internacional de Remo). Será preciso fazer uma dragagem para aumentar essa profundidade e alguma mudança para a área de escape ser maior. A raia termina, e os barcos já chegam tendo que frear, isso não dá. Não sei como eles vão fazer. Talvez, vão ter que mudar o sentido do percurso, colocar mais diagonal - opinou.
Questionada sobre um possível legado para atrair novos talentos e ajudar no desenvolvimento do esporte no país, o tom pessimista voltou a aparecer no discurso da número um do esporte brasileiro.

- A estrutura natural que é a Lagoa, nós já temos. Toda a estrutura em volta vai ficar pronta e será do agrado de todo mundo, vai ser feito tudo dentro do planejado. Mas naquele esquema de não ter legado nenhum para a gente depois. Vai ser uma estrutura temporária e que será retirada depois. Melhor do que nada, né?


quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Flamengo chega ao Rio de Janeiro e deve ter reforço de Wallace contra o Santos

O Flamengo teve um desembarque tranquilo na noite desta quinta-feira, no Galeão, no Rio de Janeiro. Na bagagem, o time trouxe a vitória de 1 a 0 sobre o América-RN, em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. As atenções, agora, se voltam para o Campeonato Brasileiro. Sábado, o time enfrenta o Santos, no Maracanã, às 16h20, e deve entrar em campo reforçado.

O zagueiro Wallace, que viajou a Natal, mas não foi relacionado por sentir dores na coxa, deve ajudar o Rubro-Negro a quebrar o jejum de quatro jogos sem vitória no Brasileirão. O jogador passou por testes físicos nesta quinta e não sentiu mais dores no local, animando os médicos do clube. A tendência é que participe normalmente do treino da tarde de sexta, no CT Ninho do Urubu, e tenha sua escalação confirmada.

- Estou me sentindo melhor, sem dor. Vamos como a minha coxa reage amanhã no treinamento. Hoje, fiz exercício com o Antônio Mello (preparador físico) e me senti muito bem - disse o zagueiro no desembarque.

Paulo Victor, Goleiro Flamengo (Foto: Marcelo Barone)Médico do clube, Marcelo Soares deu esperanças aos torcedores que desejam ver o jogador em ação. Ele acredita que Wallace estará à disposição para encarar o Peixe.

- Ele tem boas chances (de jogar). Trabalhou bem, acordou praticamente sem dor, mas não vai a campo desde domingo. Nesta sexta, se ele for bem, a gente resolve. Estamos confiantes, mas, logicamente, precisamos vê-lo no campo para avaliarmos melhor.

Contra o América-RN, a zaga foi formada por Marcelo e Samir. A dupla teve boa atuação. O goleiro Paulo Victor, que parou para atender aos jornalistas no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, elogiou o desempenho de todo o time em Natal.

- Vínhamos de resultados negativos, empates, e nada melhor do que uma vitória. Agora é ter mais tranquilidade para pensar no Brasileiro e no jogo contra o Santos -  disse o goleiro.

Cáceres descarta atuar no duelo de volta

Convocado para a seleção do Paraguai para amistosos contra Coreia do Sul e China, nos dias 10 e 14, o volante Cáceres afirmou que desfalcará o Flamengo no duelo de volta da Copa do Brasil, no dia 15, contra o América-RN. O jogador afirmou que não há tempo para retornar da cansativa viagem e ainda entrar em campo. Ele também ficará fora de duas rodadas do Brasileirão, diante de Figueirense (8) e Cruzeiro (12).

#LeoMoura500: Flamengo fará homenagens para o capitão em jogo com o Santos

O sábado do Flamengo será dedicado a Léo Moura. Com a realização do jogo de número 500 do lateral-direito com a camisa do clube, uma série de homenagens está sendo preparada para celebrar a data antes, durante e depois do duelo com o Santos, no Maracanã, às 16h20m (de Brasília), pela 26ª rodada do Brasileirão. As ações vão contar com a presença de ex-jogadores, dos companheiros do capitão e também dos torcedores.

camisa homenagem Léo Moura 500 jogos (Foto: Globoesporte.com) 
Fla usará camisa comemorativa aos 500 jogos do lateral no duelo com o Santos, sábado (Foto: Globoesporte.com)

Todo o time rubro-negro entrará em campo com a inscrição #LeoMoura500 nas costas. Já no setor Maracanã Mais, o mais caro do estádio, todos os oito troféus conquistados pelo jogador em quase dez anos de clube ficarão expostos: um Brasileirão, duas Copas do Brasil e cinco Cariocas (além de quatro Taças GB e duas Taças Rio). O próprio lateral-direito estará presente no local após a partida para noite de autógrafos. Por fim, Leandro, campeão do mundo em 81 e aclamado como maior lateral da história do Flamengo, entrará em campo para presentear Léo Moura com uma placa e uma camisa.
 
Léo Moura estreou pelo Flamengo diante do Corinthians, no dia 12 de junho de 2005. Ao todo, são 499 jogos com a camisa rubro-negra, com 235 vitórias, 135 empates e 129 derrotas, além de 47 gols marcados.

Djalminha falha em cavadinha, e Flamengo fica no empate com o Atlético-MG

Considerado o melhor jogador de showbol do mundo, Djalminha teve uma noite de vilão nesta quinta-feira na rodada de abertura do grupo C do Brasileiro, em Piraí (RJ). Com o duelo diante do Atlético-MG empatado em 8 a 8, o camisa 10 rubro-negro teve a chance de dar a vitória ao time da Gávea, em um pênalti cedido pela defesa atleticana nos segundos finais. Ao seu melhor estilo, o craque cobrou com uma cavadinha, mas não conseguiu enganar o goleiro Rafael, que ficou parado no meio do gol e fez a defesa . A igualdade no marcador deixa Flamengo e Atlético-MG empatados na segunda colocação da chave, que tem o Cruzeiro como líder. Marcaram para o Rubro-Negro: Marquinhos (dois), Djalminha (dois), Fábio Baiano (dois), Selé e Mehmet Aurélio. Para o Galo balançaram a rede: Glenn Piu (quatro), Júlio César, Ronaldo, Mehmet Aurélio (contra) e Jéfferson Feijão. Nesta sexta, jogam São Paulo x Atlético-MG e Flamengo x Cruzeiro, ambos os jogos com transmissão do SporTV a partir das 18h30.

Djalminha Flamengo Atlético-MG Brasileiro showbol (Foto: Max Santos/Divulgação) 
Djalminha desperdiça pênalti decisivo diante do Atlético-MG (Foto: Max Santos/Divulgação)

Atual campeão brasileiro de showbol, o Flamengo começou melhor e saiu na frente graças a um belo chute de Marquinhos no ângulo do gol defendido por Rafael. Aos 10, o goleiro atleticano errou na saída de bola e Marquinhos aproveitou para fazer o segundo. Quatro minutos depois, Djalminha cobrou pênalti com perfeição para aumentar para 3 a 0.

O Atlético reagiu na metade final da etapa. Aos 16, Glenn Piu descontou, e, aos 21, Júlio César acertou bonito chute de primeira para reduzir para 3 a 2. Pressionando o rival, o Galo conseguiu o gol de empate a um minuto do fim, quando o estreante Mehmet Aurélio cometeu pênalti, cobrado com perfeição por Glenn Piu. A 20 segundos do fim, porém, Selé aproveitou rebatida após cobrança para fazer 4 a 3 para o Flamengo, placar do primeiro tempo. 

 O segundo tempo começou com um gol de Djalminha, aproveitando falha de Glenn Piu, que tentou aplicar-lhe uma caneta na defesa atleticana. Aos seis minutos, Fábio Baiano fez o sexto do Flamengo, que conseguiu colocar três gols de frente pela segunda vez no jogo. O Atlético não desistiu e foi buscar nova reação. Com gols de Jefferson Feijão, Ronaldo e Glenn Piu, o Galo fez 6 a 6 e passou a pressionar ainda mais o rival em busca da virada.

Contudo quem marcou novamente foi o Flamengo, com Fábio Baiano, aos 17. Aos 21, Mehmet Aurélio puxou contra-ataque e ampliou para 8 a 6. O mesmo Mehmet Aurélio marcou outro aos 23, só que dessa vez contra a própria meta, ao desviar cruzamento da esquerda. Empolgado, o Atlético foi todo ao ataque e conseguiu o empate com Glenn Piu segundos depois: 8 a 8. No minuto final, o Flamengo teve a chance do gol da vitória, em pênalti cedido pela defesa atleticana. Na cobrança, Djalminha tentou a cavadinha, mas o goleiro Rafael defendeu no meio do gol.

Escalações:

Flamengo:
Robertinho, Gelson Baresi, Emerson, Marquinhos, Fábio Baiano e Djalminha. Entraram: Jorginho, Mehmet Aurélio, Jackson, Piá e Selé. Técnico: Ernesto Paulo.

Atlético-MG: Rafael, Ronaldo, Glenn Piu, Hilton, Reinaldo e Jefferson Feijão. Entraram: Júlio César, Amaral, Bruno e Moacir. Técnico: Reinaldo Lima.




Eleições 2014


Ibope e Datafolha do dia 02/10/2014 mostram liderança de Dilma Rousseff sobre Marina Silva e Aécio Neves Foto: Editoria de Arte O GLOBO


















Ibope: 
Dilma tem 40%, Marina, 24%, e Aécio, 19%
No 2º turno, Dilma teria 43% e Marina, 36%. Contra Aécio, 46% a 33%


Datafolha: 
Dilma tem 40%, Marina, 24%, Aécio, 21%
No 2º turno, Dilma teria 48%, contra 41% de Marina ou Aécio



Datafolha: Pezão tem 30%, e Garotinho, 21% ,  Crivella aparece com 17%, e Lindbergh, com 13%

    Flamengo x Santos: 19 mil ingressos já foram vendidos antecipadamente


    Léo Moura terá festa com muitos "convidados" em sua partida de número 500 para o Flamengo. Nesta quinta-feira, o Rubro-Negro divulgou a primeira parcial de venda de ingressos para o confronto com o Santos, sábado, no Maracanã, às 16h20m (de Brasília), pela 26ª rodada do Brasileirão, e 19 mil torcedores já garantiram lugar no estádio. As vendas tiveram início na segunda-feira para sócios-torcedores e na última quarta para o público em geral.

    Para a retirada de ingressos comprados pela internet, além dos documentos pessoais originais, é necessária a apresentação do cartão de crédito utilizado para a compra. A compra online pode ser efetuada até as 23h59 do dia anterior à partida.

    A torcida do Santos poderá acessar o Setor Sul nível 2 e o Leste Superior e Inferior, que é misto.

    Veja os preços por setor:

    Norte
    Torcedor: R$40 inteira / R$20 meia
    Sócio-torcedor: R$20 Inteira / R$10 meia
    Tradição: R$30 inteira / R$15 meia

    Sul
    Torcedor: R$50 inteira / R$25 meia
    Sócio-torcedor: R$25 Inteira / R$12,50 meia
    Tradição: R$40 inteira / R$20 meia

    Leste Superior
    Torcedor: R$60 inteira / R$30 meia
    Sócio-torcedor: R$30 Inteira / R$15 meia
    Tradição: R$50 inteira / R$25 meia

    Leste Inferior
    Torcedor: R$80 inteira / R$40 meia
    Sócio-torcedor: R$40 Inteira / R$20 meia
    Tradição: R$60 inteira / R$30 meia

    Oeste Inferior
    Torcedor: R$90 inteira / R$45 meia
    Sócio-torcedor: R$45 Inteira / R$22.50 meia
    Tradição: R$70 inteira / R$35 meia

    Pontos de venda:
    Maracanã – Bilheteria 4 (Av. Maracanã, s/nº) – Exceto na quarta-feira
    Engenhão – Bilheteria Oeste (Rua José dos Reis, s/nº, Engenho de Dentro)
    Sede do Flamengo (Av. Nossa Senhora Auxiliadora, s/nº)
    Pontos de venda e retirada de ingresso da internet:
    Cariocas FC – Méier (Rua Dias da Cruz, nº255 – Shopping Méier)
    Cariocas FC – Shopping Nova América (Av. Pastor Martin Luther King Jr, 126 - Del Castilho)
    Estádio Caio Martins (Rua Presidente Backer, s/nº - Icaraí, Niterói)

    Venda e retirada no dia do jogo:

    Sede do Flamengo (Av. Nossa Senhora Auxiliadora, s/nº) - 10h às 13h Maracanã

    – das 10h até o término do primeiro tempo:
    Bilheteria 3 (Célio de Barros) – retirada da compra pela internet
    Bilheteria 4 (Júlio Delamare) – venda geral para a torcida do Flamengo
    Contêiner Mata Machado – Atendimento ao sócio-torcedor do Flamengo

    – das 12h até o término do primeiro tempo:

    Bilheteria 1 (Maracanãzinho) – venda geral para a torcida do Flamengo
    Bilheteria 2 (Maracanãzinho) – venda geral para a torcida do Flamengo
    Contêiner Maracanã Mais – venda exclusiva para o Maracanã Mais

    Flamengo ainda tenta patrocínio pontual para basquete na NBA


    Flamengo campeão do Intercontinental de Clubes

    Com viagem para os Estados Unidos marcada para o próximo sábado, o Flamengo ainda tenta fechar um novo patrocínio para o basquete com o intuito de aproveitar os quatro jogos que fará contra times da NBA, válidos pela pré-temporada da liga de basquete americana. Há negociações em andamento, de acordo com Bruno Spindel, gerente de marketing flamenguista, e elas precisam chegar a uma conclusão – positiva ou negativa para o clube – até o fim desta sexta-feira.

    A marca desta empresa ficaria abaixo do nome do atleta, nas costas. A Estácio fica acima, a TIM está dentro do número, como no futebol, e a Sky aparece no peito. Curioso notar que, como a camisa do basquete é “menor” do que a do futebol – não tem mangas e tem ombros pouco espaçosos para uma marca – não há muito mais opções para fazer negócio.

    Hoje o Flamengo pode se gabar de ser um dos poucos times de futebol com uma equipe sustentável em outra modalidade. O custo anual do basquete rubro-negro está em cerca de R$ 5,5 milhões, a maioria destinada para o pagamento dos atletas, e o clube consegue gerar receita suficiente para abater esse valor com os patrocínios de TIM e Secretaria do Estado do Rio de Janeiro, ambos com incentivo fiscal do governo, e Sky e Estácio, esses com investimento direto.

    O Flamengo joga primeiro com o Phoenix Suns, no dia 8. Depois pega o Cleveland Cavaliers no dia 11, o Orlando Magic, no dia 15, e por fim o Memphis Grizzlies, no dia 17. Todos os jogos terão transmissão para o Brasil pelo Sportv. A exposição “bônus” na TV paga brasileira ajuda a dar mais retorno para patrocinadores cujas marcas estão expostas na camisa.

    Os cariocas ainda não têm em mãos números sobre o retorno que a sequência de conquistas – NBB, Liga das Américas e Intercontinental de Clubes – gerou a parceiros comerciais. O que se sabe é que em redes sociais alimentadas pelo time as visualizações ultrapassam 10 milhões apenas em relação ao basquete. “Isso é algo muito relevante”, avalia Spindel.


    Ginásio do Orlando Magic se prepara para o duelo diante do Flamengo


    Ginásio Anway Center exibe o escudo do Flamengo durante teste (Foto: Reprodução/Facebook)O ginásio do Orlando Magic já começou a se preparar para receber o duelo diante do Flamengo, no próximo dia 15 de outubro. Após o título da Copa Intercontinental, no último domingo, sobre o israelense Maccabi Tel Aviv, o rubro-negro desembarca nos Estados Unidos para três jogos contra equipes da NBA, todas válidas pela pré-temporada da liga americana.

    Antes do jogo contra o Magic, o Flamengo encara o Phoenix Suns, no dia 8, e o Memphis Grizzlies, no dia 17. Nesta quinta-feira, o telão do ginásio Amway Center passou por testes para o jogo contra o Flamengo e exibiu o escudo do Mengão em seu telão.

    Além disso, o piso já está instalado, assim como outros detalhes para o confronto. Será a primeira vez que um time brasileiro joga nos Estados Unidos contra equipes da NBA em plena pré-temporada.
    Sobre os jogos contra as equipes da NBA, o técnico José Neto mostrou-se empolgado.

    - Impossível é uma palavra que não existe no nosso vocabulário. O impossível só serve para a gente saber que tem que dar um pouquinho mais. Todo mundo mundo está ainda mais animado com essa conquista recente - disse o treinador. 

    Ginásio Anway Center exibe o escudo do Flamengo durante teste (Foto: Reprodução/Facebook) 
    Rubro-negro joga contra o Orlando Magic no dia 15 de outubro (Foto: Reprodução/Facebook)

    Após deixar o Duque, goleiro Andrade fecha com Flamengo de beach soccer


    Um velho conhecido dos gramados cariocas vai vestir novamente as cores do Flamengo. Mas desta vez no beach soccer. Elinton Andrade, que também já atuou pelo Vasco e que disputou o Campeonato Carioca desta temporada pelo Duque de Caxias, está de volta ao Rubro-Negro após 11 anos. O arqueiro, que em 2003 defendeu o clube e, na ocasião, era um dos reservas de Julio César, será um dos principais nomes do Fla no Mundialito de clubes deste ano, que começa no final deste mês. Contudo, apesar de estar curtindo o desafio de atuar nas areias - local onde sempre jogou as famosas partidas de futevôlei no Rio de Janeiro - o arqueiro de 35 anos deixa claro que seu objetivo é voltar a disputar o quanto antes competições no futebol de campo. 

    - Enquanto não tenho nada concreto no campo, vou defender o Flamengo no beach soccer. Vou disputar o Mundialito de clubes no final do mês. Desde que me desliguei do Duque, estou procurando um clube. Como não pintou nada ainda, para não ficar parado, aceitei na hora o convite para jogar no clube. Estou estudando algumas possibilidades nos Estados Unidos e, enquanto não acontece, vai ser bom voltar a disputar uma competição. Tenho treinado todos os dias em um campo da Barra de Tijuca e feito Pilates para me manter em forma. Eu sempre fui um atleta e atuo na areia desde os meus 12 anos. Eu sempre joguei futevôlei. Creio que será uma experiência muito positiva defender o Flamengo nesse campeonato de futebol de areia - disse.

    Elinton Andrade goleiro e jogador de futevôlei (Foto: Reprodução Facebook) 
    Andrade construiu carreira no futebol europeu defendo o Olympique de Marsella (Foto: Reprodução/Facebook)


    Andrade se apega ao exemplo de outro goleiro veterano para projetar dias melhores nos gramados. Dida, que hoje defende o Internacional, antes de retornar ao Brasil, também desfilou suas defesas nas areias. Em 2012, o arqueiro foi o grande nome do Milan para a disputa do II Mundialito de Clubes de Beach Soccer. Agora, o novo reforço do Flamengo espera seguir os passos do ex-jogador da Seleção para conseguir um novo time para a próxima temporada no futebol de campo.

    - Antes de voltar ao Brasil, o Dida disputou o Mundialito pelo Milan e se saiu muito bem. Depois disso, ele retornou ao Brasil e encontrou mercado. Espero repetir os mesmos passos após a disputa do campeonato. Vai ser uma grande vitrine. O Flamengo abriu as portas para mim. Todo mundo quer defender a camisa do Flamengo, seja no basquete, no futebol de campo ou no futebol de areia. Estou treinando firme e espero ajudar o clube a conquistar o título - concluiu.

    Carreira é marcada por passagem na europa

    Sem espaço no Flamengo, Andrade acabou acertando posteriormente com o Vasco - onde ficou conhecido pela famosa derrota por 7 a 2 para o Atlético-PR, pelo Brasileirão de 2005. De volta ao futebol brasileiro no início desta temporada, após construir carreira com títulos no Olympique de Marsella, da França, o goleiro acabou não se adaptando às condições que encontrou no seu retorno ao Brasil, ao defender as cores do Duque de Caxias no Campeonato Carioca e na Série C do Brasileiro. Com isso, optou por rescindir com o clube em julho deste ano. Desde então, está à procura de uma nova equipe no futebol de campo.

    Destaques em 2012, britânicos se derretem pelo Rio e vão ao jogo do Flamengo



     
    Britânicos fazem musculação na sede de remo do Flamengo (Foto: Instagram)Melhor equipe de remo da atualidade, o time da Grã-Bretanha está no Rio de Janeiro desde a última segunda-feira visitando a instalação da modalidade que receberá os atletas nos Jogos de 2016. Utilizando a estrutura do Flamengo, os britânicos ficaram deslumbrados com uma das paisagens mais marcantes da Cidade Maravilhosa, a Lagoa Rodrigo de Freitas, local onde serão disputadas as 14 provas nas Olimpíadas.

    - Eu nunca tinha vindo aqui, mas havia feito uma pesquisa sobre o Rio. Só que nenhuma pesquisa ou imagem são tão bem preparadas como estar aqui. Descobrimos como tão amigáveis as pessoas são, a paz que tive na primeira vez que vi a lagoa. Juro, meu corpo, minha cabeça e meu coração congelaram vendo aquela vista espetacular. Foi uma emoção que marca você de uma maneira que te faz ter vontade de aguardar o que vem pela frente. Aqui, você vê nos olhos das pessoas que você é bem-vindo, nunca vi isso antes em lugar algum - derreteu-se Pete Reed, medalhista de ouro em Londres na prova dos Quatro Sem, único barco entre os homens a "subir" no lugar mais alto do pódio.

    Delegação britânica de remo em recepção no iate Clube do Rio de Janeiro na noite da última quarta-feira (Foto: Divulgação) 
    Delegação britânica de remo em recepção no Iate Clube do Rio de Janeiro na noite da última quarta-feira (Foto: Divulgação)
     
    E não foi apenas o contraste de água, prédios e montanhas que mereceu elogios por parte da delegação. A tão criticada água da Lagoa, que enfrenta problemas de salubridade por causa do lixo acumulado, não ganhou voz entre os melhores do mundo. Ainda que longe do ideal, a análise é de que o local está apto a receber a competição em grande nível.

    - Nós vimos o lago, mas não praticamos nele, isso não é uma desvantagem. Ouvimos sobre a qualidade da água, a poluição, mas isso não vai nos atrapalhar. Para nós, está limpa. Não vamos nadar ou beber essa água. O mais importante foi nós virmos aqui, sentirmos o local, apreciarmos a beleza da lagoa e sabermos que podemos voltar e ganhar mais medalhas de ouro - ressaltou o segundo melhor remador do mundo na atualidade, durante uma recepção do Consulado Britânico do Rio à delegação, na noite desta quarta-feira, no Iate Clube, na Urca.

    Junto com a equipe responsável por levar nove das 14 medalhas possíveis há dois anos, o Flamengo recebeu 21 ergômetros (equipamento utilizado em avaliação física que simula exercícios), avaliados cada um na casa dos R$ 7 mil, que ficarão à disposição dos brasileiros durante este período olímpico e permanecerão no clube depois da disputa dos Jogos. 

    - Eu os vi treinando, mas ainda não tive a oportunidade de conhecê-los melhor. Será uma grande experiência tanto para o clube como para os atletas novos. São campeões olímpicos treinando no mesmo clube que eles. É um intercâmbio também muito bom para eles (britânicos), pois estão conhecendo a raia onde vão competir - analisou a grande esperança de medalha do Brasil, Fabiana Beltrame, atleta do Rubro-Negro.

    Primeira da esquerda para direita, Pete Reed é uma das feras presentes no Rio. Ele é atual campeão olímpico na prova do Quatro Sem (Foto: Fabio Leme) 
    Primeira da esquerda para direita, Pete Reed é uma das feras presentes no Rio. Ele é atual campeão olímpico na prova do Quatro Sem (Foto: Fabio Leme)
     
    Além de projeção internacional e equipamentos, o clube carioca ainda vem recebendo uma série de orientações para desenvolver a modalidade internamente. Em contrapartida, um convite à delegação britânica foi feito, e vários campeões olímpicos estarão presentes no Maracanã no próximo sábado para assistir ao duelo entre Flamengo e Santos, pelo Campeonato Brasileiro.   

    - Eu estou muito empolgada para assistir à partida. Gosto do que vejo aqui, pessoas que são receptivas, falam alto. Estamos treinando no Flamengo, e as pessoas falaram para a gente sobre a quantidade de torcedores que o clube tem. Já fomos visitar o estádio, mas queremos ver como será com torcidas - disse Katherine Copeland, medalhista de ouro em Londres, aos 21 anos, no skiff duplo peso leve.

    Torcedor do Portsmouth, da Inglaterra, Pete Reed já ensaia seu apoio aos rubro-negros no próximo sábado e garante que a maior torcida do mundo ganhou mais um fã.

    - Eu gosto de futebol e, agora, torço para o Flamengo. Amanhã (hoje), vou para a rua com a camisa vermelha e preta e no sábado torcer pelo time. Será um jogo difícil - arriscou o remador, de 32 anos, que gostou de saber que o jogo será contra o Santos, clube que formou Pelé, Robinho e Neymar.



    Flamengo é o 5º em aproveitamento de pratas da casa no elenco; veja ranking


    Tabela - porcentagem de pratas da casa nos elencos da Série A (Foto: GloboEsporte.com)



    Cáceres é convocado e desfalca Flamengo em pelo menos dois jogos


    Cáceres  flamengo (Foto: Fla Imagem)
    O volante Cáceres, do Flamengo, foi convocado nesta quinta-feira para os amistosos da seleção paraguaia contra Coreia do Sul e China, marcados respectivamente para os dias 10 e 14 de outubro. A delegação do Paraguai segue para a Coreia no dia 6. Assim, Cáceres fica fora dos jogos contra Figueirense (dia 8), Cruzeiro (12). Há a possibilidade, de ele chegar no dia do jogo contra o América-RN (15), mas a comissão técnica vai avaliar se valerá a pena escalá-lo.

    Vale destacar que o Rubro-Negro não perde há 11 rodadas com Cáceres em campo. A última derrota do paraguaio pelo Fla se deu em 11 de maio, quando o Fluminense venceu por 2 a 0.

    Confira a lista:

    Goleiros: Antonhy Silva (3de Febrero), Joel Silva (Guaraní) e Bernardo Medina (General Díaz).

    Defensores: Gustavo Gómez (Lanús-ARG), Leonardo Cáceres (Nacional), Pablo Aguilar (América-MEX), Luis Cardozo (Morelia-MEX), David Mendoza (Nacional) e Iván Piris (Udinese).

    Meio-campo: Silvio Torales (Nacional-PAR), Marcos Riveros (Nacional-PAR), Víctor Cáceres (Flamengo), Néstor Ortigoza (San Lorenzo-ARG), Celso Ortiz (AZ Alkmaar-HOL), Marcelo Estigarribia (Atalanta-ITA) e Jorge Rojas (Gimnasia-ARG).

    Atacante: Derlis González (Basel-SUI), Roque Santa Cruz (Málaga-ESP), Cristhian Ovelar (Olimpia-PAR), Julián Benítez (Nacional-URU) e Cecilio Domínguez (Sol de América).