sábado, 29 de novembro de 2014

Flamengo 4 x 0 Vitória




Ficha Técnica


Gols: Everton/Kadu, Elton, Everton, Nixon(Fla)


Cartão amarelo: Léo Moura, Everton, Canteros (Fla), Richarlyson, Dinei, William Henrique, Escudero (Vit)

Cartão vermelho: Escudero (Vit)

Público:   20.057
Renda: R$ 1.520.495

Flamengo: Paulo Victor, Léo Moura(Anderson Pico), Marcelo(Erazo), Wallace e João Paulo; Cáceres, Canteros, Márcio Araújo(Lucas Mugni) e Everton; Nixon e Elton
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Vitória:  Roberto Fernández, Nino Paraíba(William Henrique), Ednei, Kadu e Richarlyson;  Neto Coruja,  José Welison,  Cáceres e Marcinho(Marcos Junior); Escudero e Dinei
Técnico: Ney Franco

Data: 29/11/2014

Hora: 21h (de Brasília)
Local:  Arena da Amazônia: estádio do Flamengo na região   norte do Brasil

Transmissão: Premiere, PFC HD e PFCI transmitem o jogo ao vivo para todo o país através do sistema pay per view.

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha

Auxiliares: Paulo Cesar Silva Faria e Jesmar Benedito Miranda de Paula







Flamengo abre inscrições para colônia de férias de futebol em janeiro no Rio

O Flamengo realiza, entre os dias 19 e 24 de janeiro de 2015, em Vargem Pequena, a segunda edição do FlaCamp. A colônia de férias oficial de futebol segue os moldes dos grandes clubes europeus. Meninos e meninas entre seis e 16 anos podem participar. Os treinamentos serão divididos em módulos de acordo com as faixas etárias.

Ídolos do clube como Adílio e Júlio César Uri Gueller ministrarão aulas para as crianças. Além das aulas de futebol, os participantes receberão alimentação sob os cuidados de nutricionistas e terão dinâmicas com recreadores e trabalhos em equipes. 


Flacamp (Foto: Divulgação)
Edição do ano passado do Flacamp atraiu grande número de crianças (Foto: Divulgação)

As crianças serão ainda observadas por membros das categorias de base do Flamengo, e os escolhidos serão encaminhados para um período de testes. No fim, serão distribuídos certificados de participação, medalhas e prêmios.

As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas. 
 
 
 

Peugeot e Guaravita mudam de lugar no uniforme do Flamengo em 2015


Peugeot, vai assumir as mangas do uniforme, hoje com a Viton 44, que estampa a Guaravita e ocupará, a partir de janeiro, as costas.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Flamengo cancela último treino antes de enfrentar o Vitória, em Manaus

As quatro horas de voo e a certeza de que não corre grandes riscos na reta final do Campeonato Brasileiro renderam ao Flamengo a tranquilidade de cancelar o último treino que realizaria antes de enfrentar o Vitória, em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste sábado, na Arena Amazônia, às 21h (horário local). O elenco rubro-negro realizou apenas trabalho na academia do hotel.

A atividade e o reconhecimento de campo estavam previstos para acontecer no estádio que receberá o jogo, também às 21h (horário de Brasília) desta sexta-feira. O compromisso faria os atletas entrarem em campo cerca de quatro horas após a viagem, opção descartada pela comissão técnica, que poupou o grupo para evitar cansaço.

Flamengo treina na academia do hotel em Manaus (Foto: Divulgação) 
Paulo Victor, Anderson Pico e Léo Moura(morto) na academia (Foto: Divulgação)

De acordo com a assessoria de imprensa, o elenco rubro-negro realizou apenas uma sessão de treino físico na academia do hotel que está hospedado. A atividade foi comandada pelo preparador físico Alexandre Mello. 

O cenário do jogo deste sábado é o seguinte: com 38 pontos na tabela, a equipe baiana sonha com um triunfo diante dos cariocas para seguir na luta contra o rebaixamento (atualmente o time está com um ponto a menos que o Palmeiras, primeiro time fora do Z-4). Além dos três pontos que podem ser fundamentais para a permanência do Leão da Barra na Série A, uma vitória contra o Flamengo também carimba a queda do Botafogo para a Segunda Divisão.


Mauricio de Sousa lança ‘Meu pequeno evangelho’, livro da Turma da Mônica sobre espiritismo

 Espírita, primo do pai de Cascão ensina aos personagens a doutrina de Allan Kardec


A Turma da Mônica agora vai difundir os ensinamentos do espiritismo, doutrina codificada no século XIX pelo francês Allan Kardec. Mauricio de Sousa está lançando “Meu pequeno evangelho” (Editora Boa Nova), livro em que Cebolinha, Cascão, Magali, Anjinho, Penadinho e companhia aprendem os ensinamentos de Jesus contido no “Evangelho segundo o espiritismo”, principal obra do kardecismo.Nas 64 páginas da história ilustrada por Mauricio e idealizada pelo designer peruano Luis Hu Rivas e pelo administrador baiano Alã Mitchell, ambos espíritas, a Turma da Mônica recebe a visita de André, um primo de Seu Antenor, pai do Cascão, que é seguidor da religião.

Em meio à curiosidade das crianças, André apresenta conceitos do evangelho que todos podem usar no dia a dia, independentemente da religião que praticam. São mensagens de amor, caridade e humildade, contadas de forma divertida com os personagens.

Ensinamentos sobre felicidade, humildade, pureza, paz, misericórdia, amor, perdão etc. são passados um a um, sempre baseados em situações vividas pelos personagens e que são contadas a André.

O lançamento oficial, com a presença de Mauricio de Sousa, será 13 de dezembro, na livraria Cultura, em São Paulo.

Flamengo desembarca no aeroporto de Manaus

Flamengo e Vitória se enfrentam neste sábado, às 21h (de Brasília), na Arena Amazônia, em Manaus. Diante de dezenas de torcedores apaixonados, a delegação do rubro-negro carioca desembarcou na tarde desta sexta-feira no no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na Zona Leste de Manaus.

Sem sombra de dúvidas, o maior ídolo da equipe na atualidade é Léo Moura, que completou, recentemente, 500 jogos pelo clube. Entre comissão técnica e jogadores, o lateral foi o mais procurado pela torcida manauara no saguão do aeroporto. A busca foi tão intensa, que o camisa 2 fez questão de agradecer o carinho.

- A torcida do Flamengo é diferente, em qualquer lugar que vai. Mas toda vez que a gente vem aqui (Manaus), é um carinho muito grande - disse Léo.

Quem também recebeu o afago dos fãs foi o goleiro Paulo Victor, que vem fazendo ótima temporada pelo clube da Gávea.

flamenguista em aeroporto de manaus (Foto: Gabriel Mansur) 
Torcida do Fla comparece em peso no aeroporto internacional de Manaus (Foto: Gabriel Mansur)

- Chegar aqui e receber o carinho da torcida é muito importante - resumiu o arqueiro.

Ainda nesta sexta, às 21h (de Brasília), o Flamengo faz o reconhecimento do gramado da Arena Amazônia, local do jogo deste sábado. Com 48 pontos, a equipe está na 9ª posição e apenas cumpre tabela nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. No entanto, três pontos contra o Vitória podem selar o rebaixamento do rubro-negro baiano.

Confirmado por Luxa, reforço posta com camisa de treino do Fla




Confirmado por Vanderlei Luxemburgo nesta quinta-feira como primeiro reforço rubro-negro para 2015, Thallyson, que atua como lateral-esquerdo, postou foto em sua "fanpage" no Facebook com a camisa de treino do Flamengo. O atleta, de 23 anos, deve ser anunciado oficialmente após a disputa do Campeonato Brasileiro 2014.

Para a lateral esquerda, o Flamengo conta hoje com dois jogadores em fim de contrato. Para ficar com João Paulo, o clube precisa negociar com a Traffic. Com Anderson Pico, basta exercer a opção de renovação por dois anos

Bandeira diz que reduziu dívida do Flamengo em R$ 200 milhões


O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, sabe que sofrerá oposição ferrenha em 2015, ano das eleições presidenciais do clube. Para ele, os motivos podem ser relacionados ao último balanço divulgado, referente ao terceiro trimestre de 2013: as contas do rubro-negro, segundo o dirigente, estão sendo saneadas, e a projeção é de que haja um bom fluxo de caixa para 2016/2017. Numa expectativa otimista, pode chegar a R$ 100 milhões limpos para investimentos no futebol ou em qualquer outro esporte.

Queda das dívidas
“No último balanço, referente até setembro de 2013, a dívida caiu de R$ 750 milhões para R$ 577 milhões. Até o fim do ano deve chegar a R$ 562 milhões. Antes, a dívida por torcedor, que é uma das nossas fontes de renda, era de R$18,75. Agora, está em perto de R$ 13. Ao contrário da maioria dos grandes clubes brasileiros, segundo o estudo do Itaú BBA, o Flamengo é o único que teve redução nas dívidas. Nunca vai chegar a zero, nenhuma empresa trabalha com isso. O que temos é o endividamento bom e o ruim. Por exemplo, se pegar financiamento para gerar mais receita, é bom.”

Potência em 2016/2017
“Em 2016, começamos a caminhar para sermos uma potência no futebol. Esperamos contar com endividamento público reescalonado (dívida tributária alongada em 20 anos dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal) e trabalharmos com endividamento privado de acordo com a nossa realidade. Podemos comprar um jogador e dividir o pagamento por ele. Isso é uma dívida boa. E, continuando assim, temos a projeção do departamento financeiro de R$ 80 a R$ 100 milhões no orçamento para investimentos.”

Flamengo de 2015
“Vai ser melhor do que 2014, mas não podemos considerar confortável. Teremos mais investimentos no futebol. Alguns penduricalhos da folha de pagamento ficam menos expressivos. Não vai ser o dobro de investimentos em valores, mas talvez em qualidade.”


Contratações
“Temos que usar a criatividade e sentimos que os jogadores estão acreditando mais na credibilidade do Flamengo. Existem negociações em andamento, só vamos divulgar mais tarde.”

Atrasos de pagamento
“Cada mês é difícil de fechar com tudo em dia. Estamos com os direitos de imagem de alguns jogadores atrasados (alguns chegam a cinco meses). Mas não é tão expressivo na renda total deles. Eles estão tranquilos porque sabem que vão receber.”

Sócio torcedor
“Hoje já é a terceira maior receita do clube, atrás das cotas de TV e muito perto da Adidas. Atualmente temos 57 mil sócios torcedores no programa (chegou a ter 64 mil após a conquista da Copa do Brasil). O Internacional, que lidera, tem 120 mil. Se tivermos o que eles têm, estaremos no caminho certo. Porém, o processo é lento, tem de ser construída fidelidade maior.”

Contrato com Maracanã
“O Flamengo fica, em média, com 23% da renda, abaixo dos outros clubes, que fizeram contratos com novos estádios. Mas qual era a opção? Para nós, não era vantajoso um acordo como o do Fluminense. O consórcio age também em função do contrato de concessão. Temos de sentar com os outros clubes e o governo do estado para revermos algumas questões.”

Denúncias da oposição
“É acusação gravíssima (um conselheiro da oposição formalizou pedido para que o Conselho Deliberativo investigue denúncia de grampos de telefones pessoais de funcionários e monitoramento de e-mails por uma empresa contratada pelo clube). Nosso departamento jurídico já está estudando processá-los. Imagino que a motivação deles em fazer isso é porque estão de olho no poder do Flamengo. Devem estar vendo que o clube está melhorando e que, de 2016 para frente, o clube estará saudável. A minha preocupação é que o clube não caia em mãos não tão confiáveis. Se não existe nada para descobrir, não vão descobrir nada.”


Empresário aguarda contrato, mas Flamengo ainda discute renovação de Léo Moura

Léo Moura, Alecsandro, treino, Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Léo Moura vestiu pela primeira vez a camisa do Flamengo como jogador em junho de 2005. De lá para cá, transformou-se em ícone do clube, conquistou títulos e ganhou a braçadeira de capitão. Aos 36 anos, anunciou depois de enfrentar o Coritiba, há 12 dias, que ficaria no clube por mais uma temporada. O empresário Eduardo Uram confirmou o acordo, mas a assinatura do contrato ainda não aconteceu.

 Uram demonstrou tranquilidade sobre o assunto, apesar de reconhecer que esperava mais rapidez para sacramentar o acordo. Para ele, Léo Moura fez mais uma boa temporada. O jogador vai completar 50 jogos em 2014 no sábado, quando o Flamengo enfrentar o Vitória, em Manaus, pelo Campeonato Brasileiro.

 - Estou tranquilo. Da minha parte e do Léo, está tudo certo. Já chegamos a um acordo e estou esperando o contrato para ser assinado. Acho que já era para ter chegado. Não queríamos repetir a novela dos últimos anos. Ele foi bem este ano e tem uma identificação enorme com o Flamengo - afirmou Uram.

A demora no envio do contrato está justamente nos questionamentos internos sobre a renovação com Léo Moura. Há opiniões contrárias à permanência do jogador, ainda que reconheçam sua importância histórica no clube. No entanto, assumir a responsabilidade sobre essa decisão tem criado um dilema interno.

Hoje, para a posição, o Flamengo conta com Léo Moura e Léo, contratado este ano como aposta para tomar conta da posição depois de aparecer bem no Atlético-PR. No entanto, ele não se firmou, sofreu com lesões e foi vaiado pelos torcedores em jogos no Maracanã. Luiz Antonio chegou a ser utilizado em emergências.

Ao se manifestar publicamente sobre a felicidade pela sua permanência, Léo Moura jogou um peso nos ombros dos dirigentes e da comissão técnica. Não há certeza sobre o futuro do jogador, mas seja qual for a decisão, ela causará um impacto grande sobre a sequência do planejamento para 2015.

Além de Léo Moura, o Flamengo ainda tem outros jogadores em fim de contrato. Nixon e Marcelo já estão com suas renovações mais bem encaminhadas. Chicão, João Paulo, Anderson Pico, Márcio Araújo e Arthur completam a lista.


Com o seu torcedor de volta, Flamengo bate Palmeiras e faz as pazes com a vitória


O sim do juiz Paulo Assed Estefan, da 4ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, na tarde desta quinta-feira, sacramentou a realização do clássico entre Palmeiras e Flamengo e abriu as portas do ginásio do Tijuca Tênis Clube ao público. A decisão, no entanto, é temporária, assim como a ausência à beira da quadra do técnico José Neto, suspenso por uma partida em razão de sua expulsão na derrota para o Uberlândia. Sem seu comandante, mas com o seu torcedor de volta, que mesmo em um número menor do que o habitual não parou de cantar, o atual campeão do NBB derrotou o time paulista por 81 a 77 (33 a 35) e fez as pazes com as vitórias após duas derrotas seguidas. 

- O mais importante hoje foi voltar a vencer, depois dos vários problemas que estamos passando. Com salário atrasado, sem ginásio, time cansado fazendo a pré-temporada dentro da competição - destacou Marquinhos, lembrando que o Flamengo enfrentou o Franca com os portões fechados no Tijuca, no último dia 12.

Marquinhos, com 16, e Benite e Marcelinho, com 15 cada, anotaram 46 pontos juntos e foram responsáveis por mais de 50% da pontuação rubro-negra. Meyinsse, com 12 e sete rebotes, também se destacou. Pelo lado do Palmeiras, Jhonatan, com 19, e Douglas Nunes, com 17, foram os maiores pontuadores. 

O jogo

Muitos erros dos dois lados – foram sete ao todo, cinco do Palmeiras e dois do Flamengo. Assim foi o primeiro quarto do polêmico clássico entre cariocas e paulistas. Os palmeirenses foram um pouco melhores desde o início. Douglas Nunes abriu os trabalhos com uma bola de três, especialidade rubro-negra que não funcionou no período. Em cinco tentativas do time carioca, apenas uma entrou. Justamente a que saiu das mãos de seu principal especialista, o ala Marcelinho.

Flamengo X Palmeiras - NBB (Foto: Rudy Trindade / Agência estado) 
Flamengo e Palmeiras se enfrentaram no Tijuca Tênis Clube (Foto: Rudy Trindade / Agência estado)

E foi o próprio camisa 4 que colocou o Flamengo em vantagem pela primeira vez na partida com um arremesso de dois pontos no ataque seguinte. Se o capitão rubro-negro pegou no breu e anotou cinco pontos seguidos, se juntando ao americano Jerome Meyinsse, que terminou o quarto com a mesma pontuação, o resto do time rubro-negro não entrou no jogo nos primeiros 10 minutos vencidos pelo time paulista por 17 a 14.

Rodrigo Carlos da Silva, auxiliar técnico e substituto de Neto no jogo, voltou para o segundo período com Olivinha e Benite em quadra. As mudanças surtiram efeito, e o Flamengo voltou melhor. O time carioca fez 5 a 0, retomou a liderança e passou a controlar o jogo Cristiano Felício e Gegê entraram na sequência e a vantagem pulou para oito pontos.

Mas o Palmeiras tinha Douglas Nunes. Quase perfeito nos arremessos de quadra, o camisa 13 palmeirense, que anotou cinco pontos no período e dez no primeiro tempo, comandou a reação da equipe comandada por Régis Marrelli, que reagiu e virou o marcador (35 a 33) com uma cesta de três do meio da rua do argentino Max Stanic a 4 décimos do fim do primeiro tempo.    
  
No intervalo, o time rubro-negro apresentou uma camisa comemorativa ao título da Copa Intercontinental de clube e posou para fotos. Com a bola em jogo, o time não lembrava aquele que atropelou o Maccabi Tel Aviv no segundo jogo da decisão. Melhor para o Palmeiras, que abriu quatro pontos num bola de três de Neto.

Marquinhos recebeu falta num chute de três, converteu os três lances livre e manteve o Flamengo na cola do rival. As bolas de três, então, começaram a cair. Primeiro com Jhonatan, depois com Marcelinho. O jogo era lá e cá, mas a vantagem seguia do lado verde e branco. E, numa jogada de cesta e falta convertida por Átila dos Santos, os paulistas abriram 49 a 44.

Mas, numa piscar de olhos, os rubro-negros acordaram, anotaram 10 pontos seguidos - oito deles marcados pelos argentinos Herrmann e Laprovittola – e inverteram de lado a vantagem de cinco pontos. A virada trouxe o torcedor para “dentro da quadra” e fez Régis Marrelli pedir tempo.

O pedido de tempo até colocou o Palmeiras de novo nos trilhos, mas não alterou em nada o desempenho do Flamengo nas bolas de três. Com mais duas bolas de três, uma de Benite e outra de Marquinhos, a vantagem pulou para nove pontos (59 a 50). A coisa só não ficou pior para os paulistas porque Douglas Nunes deixou a dele também. Mas Walter Herrmann continuava com a mão quente, e, com outro arremesso de três do argentino, o time carioca terminou o terceiro período vencendo por 64 a 57.

Benite anotou os quatro primeiros pontos do Flamengo no período, mas o Palmeiras fez seis seguidos e ameaçou uma reação. Mas os donos da casa não queriam deixar a chance de se recuperar na competição escapar e voltaram a abrir uma diferença de sete pontos a menos de quatro minutos para o fim. O time paulista era valente e diminuiu para quatro a pouco mais de um para o fim do jogo, mas a reação parou por aí.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Luxa dá de ombros para destino de rivais: "Que tivessem competência"

Luxemburgo, treino, Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Apesar de não ter maiores pretensões no Campeonato Brasileiro, o Flamengo vai disputar jogos decisivos na competição para rivais. Sábado, contra o Vitória, em Manaus, o resultado interessa principalmente ao Palmeiras na luta contra o rebaixamento. Na última rodada, no confronto com o Grêmio, a influência será na classificação para a Taça Libertadores do ano que vem.

O técnico Vanderlei Luxemburgo tratou de tirar qualquer responsabilidade do Flamengo no cenário que se desenhou para as rodadas finais do Campeonato Brasileiro. O time está na nona colocação, com 48 pontos, e, no máximo, pode almejar ficar entre os oito primeiros ao fim da competição.

- Se o Flamengo entender que deve dar férias antecipadas é direito do clube dentro do seu planejamento. O Cruzeiro já foi campeão e pode fazer o mesmo. Isso é dos pontos corridos. Não é obrigação do Flamengo jogar com o time titular porque o Palmeiras tem interesse no resultado. Que tivesse competência para não estar onde está. É um problema do campeonato. Se não quiserem que seja assim, que mudem a fórmula - afirmou Luxemburgo.

Ainda sobre a influência da participação do Flamengo na classificação do Brasileiro, Luxemburgo foi questionado sobre a possibilidade de receber "mala branca" como prêmio para buscar um resultado. O treinador disse até que já recusou no passado.

- Pelo aspecto moral não sou contra. Mas se você oferece algo para alguém fazer a sua parte, é porque faltou competência para você. Em vez disso, poderia ter contratado melhor, montado um elenco mais forte. Nunca recebi. Em 1991, mandei devolver o dinheiro que o Grêmio mandou para o Flamengo. Pode perguntar aos jogadores da época. E estávamos com três meses de atraso nos salários. O Flamengo não tem que receber incentivo para ganhar - afirmou o treinador.

Para o confronto com o Vitória, Luxemburgo vem procurando motivar o grupo, fazendo experiências e buscando a implantação de uma filosofia para o ano que vem. Além disso, trata os dois últimos jogos como uma chance de deixar uma melhor impressão.

- Não jogamos nada nos dois últimos jogos. Depois da permanência garantida, houve uma desconcentração e temos que dar uma resposta - disse.


Após susto, Alecsandro manda recado a zagueiros: "A cabeça vem que vem"

Alecsandro Coletiva Flamengo (Foto: Thales Soares )No dia 15 de outubro, Alecsandro subiu para cabecear uma bola e acertou o zagueiro Cleber, do América-RN. Saiu de campo com fratura no rosto, direto para um hospital próximo ao Maracanã. Colocou duas placas, uma tela e 22 parafusos, que vão acompanhá-lo por toda a vida. Cinquenta e dois depois, ele já trabalha com os companheiros, até arrisca cabeçadas e demonstra confiança no que pode fazer no futuro.

Depois de temer até mesmo pela sua carreira antes da cirurgia, Alecsandro foi tranquilizado pelo médico Augusto Cezar, responsável pelo procedimento. Com sua boa recuperação, o trabalho previa até mesmo a sua participação na final da Copa do Brasil, caso o Flamengo tivesse se classificado - caiu para o Atlético-MG. Consciente do que precisa fazer, não faz menção de usar qualquer proteção na volta aos gramados em 2015.

- Quarta-feira completou o tempo mínimo que eu teria de recuperação para jogar. A gente havia definido que se o Flamengo jogasse a final da Copa do Brasil, eu correria esse risco. Valeria a pena jogar, mesmo que precisasse de outra cirurgia depois. Se voltasse antes do prazo, poderia usar uma proteção. Estudamos alguns aparelhos. Mas agora não. É vida normal. É até bom os zagueiros terem medo de mim. O médico disse que onde quebra uma vez não quebra duas. Fica até um recado para a zagueirada, que a cabeça vem que vem - afirmou Alecsandro.

Apesar da brincadeira, o atacante reconhece que ainda há um receio em cabecear a bola. Nos treinamentos, o esforço tem sido grande. Alecsandro tem acompanhado os jogos, feito o possível para interagir com o grupo. No entanto, não vai atuar contra Vitória e Grêmio, nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

- Se fosse uma situação de briga por alguma vaga ou ainda houvesse risco de rebaixamento, jogaria. Minha carreira diz por mim. Sempre me empenhei, dificilmente fico no departamento médico. Não corro dos jogos. Mas ainda não estou apto. Há uma restrição normal, um sentimento de dúvida. Sinto uma dor, que com o tempo passa. Ainda há um receio, mas às vezes não tem como tirar a cabeça. Outros jogadores tiveram uma lesão parecida e voltaram. É como quebrar qualquer osso. Na hora em que fizer o primeiro gol de cabeça tudo passa. Enquanto isso, uso o calcanhar como vocês viram outro dia - brincou o atacante, referindo-se a golaço feito em treino.

O zagueiro Cleber até procurou Alecsandro para pedir desculpas. O jogador do Flamengo elogiou sua atitude, mas disse que deveria ser o contrário. No lance, é o atacante quem vai em direção ao adversário na hora do choque.

- Disse a ele que eu deveria pedir desculpas. Acertei ele na ânsia de fazer o gol - comentou.

Com promessa de dedicação para sair de férias em boas condições físicas, Alecsandro agora tem outra preocupação: os detectores de metais. Uma viagem aos Estados Unidos será a prova de fogo para o jogador.

- Não vou falar que é de ouro porque estão roubando tudo. Outro dia, fui passar por uma porta giratória e parei antes com medo de apitar. Vamos ver nos Estados Unidos, que é um país rigoroso. Acho que vou levar um exame para mostrar que tenho placa de metal na cabeça - disse o atacante.



Thallyson é confirmado por Luxa no Flamengo: "Vale a pena o investimento

O primeiro reforço do Flamengo para a próxima temporada foi confirmado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Thallyson, ex-Asa, já até realizou exames médicos e vai ser anunciado oficialmente depois do Campeonato Brasileiro. Prestes a completar 23 anos, ele atua como lateral-esquerdo e meia.

Luxemburgo tratou a contratação de Thallyson como uma aposta para a próxima temporada. Atualmente, no elenco, o Flamengo conta com João Paulo e Anderson Pico para a lateral esquerda. Ambos encerram seus contratos no fim do ano.

- Thallyson é um jogador que se destacou e muitos clubes queriam contratá-lo. Analisamos e vale a pena fazer um investimento, dar uma olhada, antes que vá para outro  lugar. É um jovem no qual vale a aposta - disse Luxemburgo.

Para a próxima temporada, o Flamengo ainda fará outros investimentos da mesma forma. No entanto, Luxemburgo garantiu que nomes mais fortes também estão em pauta para montar o elenco de 2015.

- Tem algumas apostas e outros jogadores prontos e conceituados para a formatação do elenco para o ano que vem. Envolve investimento, aposta e custo-benefício. É uma linha boa - comentou Luxemburgo.

Luxa comanda coletivo, ensaia jogadas e dá nova chance a Elton

Elton treino Flamengo (Foto: Thales Soares )O Flamengo já não tem maiores pretensões no Campeonato Brasileiro. No entanto, seus resultados ainda podem influenciar na classificação dos rebaixados e do G-4. Com a promessa de ir com força máxima cumprida, o técnico Vanderlei Luxemburgo demonstrou irritação com erros no coletivo e ensaiou jogadas, impedindo a gravação de determinados momentos da atividade.

Luxemburgo escalou o time com Elton no ataque, ocupando a vaga de Gabriel. Com isso, optou por colocar Nixon aberto. Na lateral esquerda, o treinador promoveu a volta de João Paulo no lugar de Anderson Pico, titular nos três últimos jogos.

Na parte final do coletivo, que contou com a presença de alunos de uma escolinha do Flamengo, Luxemburgo deu chance a Erazo no time titular. Ele substituiu Marcelo, que deve iniciar o jogo contra o Vitória.

Para sábado, a formação deve contar com Paulo Victor, Léo Moura, Marcelo, Wallace e João Paulo; Cáceres, Canteros, Márcio Araújo e Everton; Nixon e Elton.

Decisão sai, e Flamengo vai encarar Verdão no Tijuca com o apoio da sua torcida


O Flamengo recebeu uma grande notícia no início desta tarde de quinta-feira. O juiz Paulo Assed, da 4ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, sentenciou que o clube carioca poderá voltar a jogar no Ginásio do Tijuca e com o apoio da torcida. A decisão é temporária, mas o suficiente para os fãs rubro-negros poderem assistir à partida do atual bicampeão brasileiro contra o Palmeiras, às 21h, pelo NBB.

Últimos colocados e risco de rebaixamento



        Tabela de pontos ganhos



Clubes Pontos ganhos Vitórias Empates Derrotas Saldo de Gols Gols pró Gols contra Jogos Risco
20 . Criciúma 31 7 10 19 -27 25 52 36 100%
19 . Botafogo 33 9 6 21 -15 31 46 36 99%
18 . Bahia 34 8 10 18 -12 28 40 36 99%
17 . Vitória 38 10 8 18 -12 37 49 36 64%
16 . Palmeiras 39 11 6 19 -23 32 55 36 28%
15 . Coritiba 41 10 11 15 -5 37 42 36 9%
14 . Chapecoense 42 11 9 16 -3 36 39 36 1%
13 . Goiás 44 12 8 16 -3 34 37 36 -
12 . Figueirense 46 13 7 16 -9 35 44 36 -
11 . Santos 47 13 8 15 4 39 35 36 -
10 . Sport 48 13 9 14 -11 33 44 36 -
9 . Flamengo 48 13 9 14 -5 41 46 36 -
8 . Atlético-PR 50 14 8 14 0 41 41 36 -
7 . Fluminense 58 16 10 10 17 55 38 36 -
6 . Grêmio 60 17 9 10 13 35 22 36 -
5 . Atlético-MG 61 17 10 9 14 50 36 36 -
4 . Inter 63 19 6 11 9 48 39 36 -
3 . Corinthians 66 18 12 6 20 45 25 36 -
2 . São Paulo 69 20 9 7 20 58 38 36 -
1 . Cruzeiro 76 23 7 6 28 64 36 36 -
PG - pontos ganhos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
S - saldo de gols; GP - gols pró; GC - gols contra; J - jogos
REGULAMENTO: ao final do campeonato, 4 clubes são rebaixados.
CRITÉRIOS: PG » V » S » GP




Ainda sem prazo para quitar direitos de imagem, Flamengo não faz promessas

Alexandre Wrobel flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)A dificuldade do futebol carioca para montar grandes times e manter as contas em dia vem se tornando cada vez mais evidente. Depois de dois anos passando aperto no Campeonato Brasileiro, o Flamengo tenta começar 2015 com um elenco mais forte, capaz de disputar as principais competições do país. No entanto, vem esbarrando nos problemas financeiros. Entre eles, uma dívida de cinco meses de direitos de imagem com seis jogadores (Felipe, Chicão, Cáceres, Mugni, Everton e Léo).

Em busca de receita para resolver a pendência, o Flamengo espera quitar essa dívida até o fim do ano. Para isso, deve recorrer a adiantamentos de contratos assinados com patrocinadores. Chicão, por exemplo, terá seu contrato encerrado no fim do ano e pode deixar o clube sem receber o valor devido.

A diretoria não faz promessas. O vice-presidente de futebol do Flamengo, Alexandre Wrobel, tem conversado com departamento financeiro do clube e passado aos jogadores a situação. As discussões sobre o caso são diárias até para o planejamento de 2015 sair do papel.

No caso desses seis jogadores, o caso mais complicado é o do goleiro Felipe. Com cerca de R$ 1 milhão a receber do clube, ele sequer vem treinando com o grupo. Desde a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo foi afastado e seu contrato termina apenas no fim do ano que vem.

Não há um prazo determinado para que essa situação seja resolvida. No entanto, no departamento de futebol, a preocupação é que o caso atrapalhe o trabalho para o ano que vem, assim como a demora em sair o orçamento para a próxima temporada.





quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Rubro-negros de Manaus aderem a campanha para quitar dívida do Flamengo

 

Até onde chega a paixão de um torcedor por seu time do coração? Quando o assunto é futebol, os fãs rompem barreiras e fazem de tudo para ajudar sua equipe. De tudo mesmo. Clube de maior torcida em âmbito macional, o Flamengo conta com seu “porto seguro’’, os flamenguistas, para colaborarem na quitação das dívidas do time com a receita federal.

No Rio de Janeiro, a campanha ‘’Fla em dia” foi lançada nesse cenário. No entanto, os rubro-negros não se restringem apenas a região sudeste do país. Há 30 dias, a cidade de Manaus, capital amazonense, foi a primeira do Norte a aderir ao projeto. Para isso, é necessário adquirir a camisa exposta.

 - Comprando a camisa, você vai ter um desconto, que é justamente o DARF que é pago diretamente ao clube. Seria um valor de R$ 10. Então, se eu compro a camisa por R$ 59,90, automaticamente recebo um DARF e pago no valor de R$ 10. Esse darf já bate na dívida do Flamengo direto na receita federal – explicou o coordenador da campanha em Manaus, Lavor Neto.

No primeiro mês de campanha, cerca de 1 mil camisas foram vendidas, na capital amazonense. De acordo com Lavor, a mobilização é baseada em apenas um sentimento: amor.

- O flamenguista é apaixonado. Acredito que o rubro-negro surgiu em Manaus a partir da década de 80, porque as emissoras transmitiam muito o futebol do Rio. A maioria gosta mais de futebol carioca do que o paulista – finalizou.

Arena Amazônia - Botafogo e Flamengo (Foto: Isabella Pina) 
No último jogo do Fla em Manaus, contra o Botafogo, flamenguistas (Foto: Isabella Pina)

Flamengo de volta a Manaus

Neste sábado, os rubro-negros amazonenses vão ter a chance de ficar mais próximos do Flamengo. A equipe carioca enfrentará o vitória, em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 21h (de Brasília), na Arena Amazônia.

Até terça, 19.900 ingressos foram vendidos para o duelo, que tem carga máxima de lugares da Arena Amazônia disponíveis (44 mil). Os bilhetes custam R$ 80 (cadeira superior/meia), R$ 120 (cadeira inferior/meia), R$ 150 (cadeira VIP/meia) e R$ 250 (Camarote M1 por pessoa/meia). A venda é limitada a quatro ingressos por pessoa.

* Com informações da TV Amazonas, afiliada da Rede Globo


Flamengo amplia portfólio de produtos licenciados


Flamengo entra para o time de produtos licenciados feitos pela Pro Tork (Foto: Divulação/ Pro Tork)O Flamengo fechou contrato de licenciamento de sua marca com a Pro Tork e ampliará seu portfólio de produtos oferecidos à nação rubro-negra. Com o acordo, o clube passa a ter capacete, minicapacete, cooler e copo térmico com a sua marca sendo fabricados pela nova parceira do clube em itens licenciados.

Os produtos já podem ser adquiridos pelos torcedores em lojas de materiais esportivos e de motopeças. Nos tamanhos 56, 58 e 60, o capacete com as cores e símbolo do clube rubro-negro oferece segurança aos mais forte impactos e possui estabilizador aerodinâmico, entradas de ar, forro antialérgico, engate rápido e viseira em policarbonato. Os minicapacetes são voltados a colecionadores.

O cooler leva a o escudo do time e tem capacidade para armazenar 24 latas. Com alça para facilitar o transporte, o produto gela bebidas em 30 minutos e mantém a temperatura por até 24 horas. Já o copo térmico é feito em plástico de alta resistência e tem capacidade de 500 ml. Nas cores do time, o copo tem o escudo do Flamengo de um lado e o nome do clube de outro.


Flamengo e Nixon trocam propostas, e renovação caminha para final feliz


Nixon espera dar salto em 2015 com a camisa do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Planejar 2015 passa pela renovação de contrato de alguns jogadores. Entre eles, o atacante Nixon, de 22 anos, que se destacou nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, fez gols e conseguiu se valorizar no mercado justamente quando seu contrato no Flamengo está prestes a encerrar - no dia 31 de dezembro deste ano.

O Flamengo vem negociando com Nixon a renovação de seu contrato. As duas partes já trocaram propostas e a expectativa é de que um desfecho positivo aconteça, mesmo com a procura de outros clubes. O jogador recebe atualmente R$ 20 mil.

Empresário de Nixon, Adolfo Costa demonstrou tranquilidade com relação à situação do jogador. A busca é por um denominador comum com o Flamengo para que a renovação de contrato seja anunciada.

- Estamos conversando com o Flamengo. Tivemos algumas propostas e trocamos interesses com o clube para encontrar uma situação boa, e o Nixon ficar. Está sendo tudo muito bem trabalhado - disse Adolfo.

Apesar de dar preferência ao Flamengo, o empresário reconhece o interesse de outros clubes. No entanto, considera a permanência como a melhor decisão para o jogador nesse momento da carreira.

- No Flamengo, a gente às vezes não sabe como as coisas acontecem. Toda hora tem uma mudança. Se mantiver a diretoria e os conceitos que estão acontecendo, para o Nixon é importante ficar e ver a sua carreira crescer. É um jovem correto e estamos no meio termo, tendo paciência para sentar e conversar. O Flamengo é o primeiro plano. Se definir que não vai ficar aí sim vamos ouvir os outros - explicou.

Além de Nixon, o Flamengo tem outros jogadores em fim de contrato. São eles, Léo Moura, Chicão, Marcelo, Anderson Pico, João Paulo, Márcio Araújo e Arthur

Em treino, Alecsandro marca um golaço de calcanhar e ganha aplausos

Treino do Flamengo - Alecsandro e Nixon (Foto: Sofia Miranda)Ainda falta um pouco de confiança, mas Alecsandro já mostra vontade de estar em campo. Nesta quarta-feira, ele participou pela primeira vez de um treinamento de contato e mostrou categoria ao marcar um golaço de calcanhar em um campo reduzido com times de quatro jogadores na linha. Ele recebeu aplausos dos companheiros que estavam naquela fase do circuito, elaborado pelo preparador físico Antonio Mello.

Alecsandro foi submetido a uma cirurgia no rosto em outubro depois de um choque de cabeça na partida contra o América-RN, no Maracanã. O atacante não vai mais atuar este ano por decisão da comissão técnica para preservá-lo. Caso o time estivesse na final da Copa do Brasil, ele poderia ser escalado.

O treinamento contava com uma série de etapas a cumprir, entre atividades técnicas e físicas. Destaque para a disputa intensa entre Márcio Araújo e Wallace, que serviu para descontrair o ambiente. 

Digão e Paulinho Treino do Flamengo (Foto: Thales Soares)



Novidade em campo, o atacante Paulinho correu no gramado ao lado do lateral-direito Digão. O jogador foi submetido a uma cirurgia no joelho direito no dia 11 de setembro e só volta a jogar em 2015.

O Flamengo ainda tem dois jogos no Campeonato Brasileiro. Sábado, o time enfrenta o Vitória em Manaus, às 21h, na Arena Amazônia. Na última rodada, o adversário é o Grêmio, em Porto Alegre.

Quem tem luz própria incomoda quem vive na escuridão!


Deus criou o Flamengo  para brilhar e o vasco para a gente   humilhar  






Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!