Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 20 de junho de 2015

Flamengo 0 x 2 Atlético-MG



Ficha Técnica                                                                               

Gols:  Samir contra,  Lucas Pratto(Atl)

Público Pagantes: 36.774  /  Presentes: 42.318
Renda: R$ 1.397.007,50

Cartão amarelo: Patric(Atl)
Cartão vermelho: Patric

Flamengo: César, Luiz Antonio, Samir, Wallace e Pará(Alan Patrick); Márcio Araújo, Canteros e Everton; Gabriel(Marcelo Cirino) , Emerson Sheik e Eduardo da Silva(Paulinho).
Técnico: Cristóvão

Atlético-MG: Victor, Patric, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca(Josué), Dátolo e Giovanni Augusto(Leandro); Maicosuel, Thiago Ribeiro( Dodô) e Pratto.
Técnico: Levir Culpi

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto, de São Paulo
Auxiliares:   Fabrício Vilarinho da Silva, de Goiânia, e Alex Ang Ribeiro, de São Paulo.


Data: 20/06/2015
Hora: 16h30
Local: Maracanã, estádio do Flamengo

Transmissão: A TV Globo transmite para RJ (menos para a capital), MG, ES, GO, TO, BA, PB, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP, DF e Santos. Premiere, PFC HD e PFCI exibem para todo o Brasil através do sistema pay per view.


sexta-feira, 19 de junho de 2015

Punição a Neymar é anunciada


Vai lotar! Setor Norte tem ingressos esgotados para estreia de Sheik no Flamengo

Já foram vendidos 23 mil ingressos para a partida entre Flamengo e Atlético-MG, que será realizada às 16h30 deste sábado no Maracanã. O duelo é válido pela oitava rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Setor Norte, destinado tradicionalmente para a torcida rubro-negra, está esgotado. As entradas seguem disponíveis nos pontos de venda físicos para todos os setores com preços entre R$ 50 e R$ 120. Há também meia-entrada para estudantes e idosos, assim como descontos para sócios do clube.

A torcida rubro-negra terá um novidade na compra do bilhete para este jogo. Os sócios-torcedores que garantirem ingresso contra o Galo, terão prioridade na estreia de Guerrero. Aqueles que possuem planos Tradição, Raça, +Raça, Amor e +Amor terão a mesma prioridade de compra daqueles que possuem o plano Paixão. Os que possuem o plano Paixão, terão prioridade igual a quem possui o +Paixão. A primeira partida do peruano com a camisa do Fla ainda não foi definida, já que o atacante está disputando a Copa América com sua seleção.

Confira as informações de venda, segundo o site do Flamengo, mandante do jogo:

Valores:

Sul: R$ 60 (meia: R$ 30)
Sul ST: R$ 30 (meia ST: R$ 15)
Sul ST Tradição: R$ 45 (meia Tradição: R$ 22,50)

Leste e Oeste: R$ 80 (meia: R$ 40)
Leste e Oeste ST: R$ 40 (meia ST: R$ 20)
Leste e Oeste ST Tradição: R$ 60 (meia Tradição: 30)

Maracanã Mais: R$ 145 (meia: R$ 95)
Maracanã Mais  ST: R$ 95 (meia ST: R$ 70)
Maracanã Mais ST Tradição: R$ 120 (meia Tradição: R$ 85)

Horários e pontos de vendas para sócio-torcedor:

Gávea – Sede do Flamengo – Rua Borges de Medeiros                                       
17.06  a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Barra da Tijuca – FlaBoutique – Av das Américas, 7607 Loja 151                                           
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Tijuca – FlaBoutique – R. Conde de Bonfim, 685 Loja D
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Andaraí – FlaBoutique/Iguatemi – R. Barão de São Francisco, 236 Loja 15                        
17.06 a 19.06 - 10h às 17h 
20.06 - 10h às 12h

Largo do Machado - Flaboutique -R.Largo do Machado 29 Loja 40 Galeria Condor                      
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h até às 12h                                              

Maracanã – Container Mata Machado
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
 20.06 - 10h até o fim do primeiro tempo

Emerson Sheik é regularizado e enfrenta o Atlético-MG no Maracanã


Emerson Sheik teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, e, consequentemente, sua situação regularizada. Assim, está liberado para fazer sua reestreia com a camisa do Flamengo neste sábado, às 16h30, no Maracanã, contra o Atlético-MG.

Emerson Sheik Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo Oficial) 
Emerson está na sua segunda passagem pelo Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo Oficial)

Emerson, de 36 anos, ganhou projeção nacional em 2009, e seu primeiro clube no país foi justamente o Flamengo. Foram apenas 26 jogos e 11 gols, mas o suficiente para criar relação muito forte com o Rubro-Negro, time pelo qual jura torcer desde pequeno. Foi campeão carioca e brasileiro na temporada em questão.

Na primeira passagem estreou com gol, no dia 5 de abril de 2009. A cabeçada, dada nos acréscimos, empatou o Fla-Flu em 1 a 1. A última partida se deu contra o mesmo adversário, e o placar também se repetiu, em 26 de agosto.

Sábado tem Mengão na TV


Brasileirão Série A

16h30 Flamengo x Atlético-MG

Transmissão: TV Globo para RJ (menos para a cidade do Rio de Janeiro), MG, ES, GO, TO, BA, PB, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP, DF e Santos (com Rogério Corrêa, Bob Faria e Márcio Rezende Freitas), Premiere, PFC HD e PFCI (com Júlio Oliveira e Roger Flores)

Luiz Antônio ignora últimos resultados diante do Atlético-MG: “Sem revanche”


Os últimos dois confrontos entre Flamengo e Atlético-MG, que se enfrentam às 16h30 (horário de Brasília) desde sábado, no Maracanã, não trazem boas recordações para os torcedores rubro-negros. Em 2014, os mineiros levaram a melhor e com goleadas (4 a 1 pela Copa do Brasil e 4 a 0 pelo Brasileiro) e, mesmo fora de casa, chegam em melhores condições para o novo duelo. Luiz Antônio sabe que o jogo não será fácil, mas ignora o passado.

- São circunstâncias diferentes. É esquecer aquela quarta de goleada, sem ter revanche. É jogar o jogo normal do Brasileiro, que é difícil, mas agora é sair com a vitória. É uma equipe muito boa, joga pelas laterais, usa bem os contra-ataques.

Quanto ao rendimento da equipe, Luiz Antônio afirma que existe um movimento interno entre os próprios jogadores para tirar o Flamengo dessa situação.

- Foram os próprios jogadores (que se reuniram e melhoraram a parte psicológica). O grupo estava desconfortável com a situação e se reuniu para ficar mais unido. Foi mais a gente mesmo. O grupo se fechou para se motivar mais.

O técnico Cristóvão Borges planeja mandar a campo César, Luiz Antonio, Wallace, Samir e Pará; Márcio Araújo, Canteros e Everton; Gabriel, Emerson Sheik e Eduardo da Silva.

Até a manhã desta sexta, 18 mil ingressos já tinham sido vendidos. O Flamengo venceu seus dois últimos jogos por 1 a 0 - Chapecoense e Coritiba - e tem sete pontos no Brasileirão, em 16° lugar.

Emerson é relacionado, mas estreia depende de regularização na CBF



Emerson deixou o treinamento do Flamengo ao lado dos demais jogadores e foi para a concentração. Está relacionado para a partida deste sábado, às 16h30, no Maracanã, diante do Atlético-MG. Porém, sua escalação depende da regularização de sua situação na CBF. Seu nome ainda não aparece no Boletim Informativo Diário (BID). Isso precisa ser feito ainda nesta sexta-feira.

Emerson Sheik treino Flamengo (Foto: Paulo Campos / Estadão Conteúdo) 
Emerson Sheik em ação no treino do Flamengo desta sexta-feira (Foto: Paulo Campos / Estadão Conteúdo)

O Flamengo demonstra confiança em contar com o atleta. O técnico Cristóvão Borges planeja mandar a campo Cesar, Luiz Antonio, Wallace, Samir e Pará; Márcio Araújo, Canteros e Everton; Gabriel, Emerson Sheik e Eduardo da Silva.

Até a manhã desta sexta, 18 mil ingressos já tinham sido vendidos. O Flamengo venceu seus dois últimos jogos por 1 a 0 - Chapecoense e Coritiba.


Nixon passa por exame cardíaco, e PV fica 15 dias sem sequer pisar no chão


Runco entrevista Flamengo (Foto: Felippe Costa)
Quando José Luiz Runco, chefe do departamento médico do Flamengo, foi convocado para conceder entrevista coletiva, esperava-se que o tema principal fosse o período de recuperação de Paulo Victor - o goleiro fraturou a fíbula da perna direita na última terça-feira. Mas a notícia que surpreendeu a todos foi a situação de Nixon, que passará por ressonância magnética após apresentar quadro de falta de ar.

- Nixon fez cirurgia (no joelho esquerdo, em março) e, no decorrer do trabalho físico, com perspectiva de voltar para o campo, apresentou quadro de falta de ar. Então está se fazendo uma bateria de exames e será feita uma ressonância magnética do coração. Vamos ver se é algum distúrbio neurovegetativo. Ele já fez exames referentes à toda parte sanguínea. Nos últimos dois treinamentos fez esforço e teve falta de ar. Temos de ver se existe ou não alguma coisa, pois é um jogador que já está aqui há muito tempo e nunca apresentou nada.

Sobre Paulo Victor, anunciou que o goleiro ficará 15 dias entregue à fisioterapia do clube. Terminado o período, será avaliado nos outros 15 posteriores.

- Fez fratura na parte distal da fíbula. Chamamos de fratura incompleta, que não requer tratamento cirúrgico. Hoje, ele está na fisioterapia. Vai pisar, colocar pé no chão com bota de proteção. Fica num período de 15 dias sem qualquer chance de voltar às atividades. Demora geralmente quatro semanas para consolidar o osso, mas não se trata de fatura grave - completou.

Runco ainda agregou que o meia Almir, fora de combate devido a uma fratura no cotovelo esquerdo sofrida no jogo contra o Náutico, volta a treinar no campo na próxima semana.

- Almir, fratura cotovelo, em fase de evolução. Já na próxima semana começa os treinamentos de campo. Quando completar seis semanas, será totalmente liberado - disse.

O Flamengo, 16º colocado com sete pontos, enfrenta o Atlético-MG neste sábado, às 16h30, no Maracanã.

No primeiro rachão, Sheik marca e posa para foto de campeão


Emerson Sheik disputou seu primeiro rachão pelo Flamengo. Distribuiu sorrisos, correu muito e marcou um gol. Sua equipe venceu por 4 a 1, e ele anotou o terceiro do time sem colete.

Sheik brincou muito e, após a vitória de sua equipe, posou para foto de campeão, tradicionalmente tirada após os rachões no Flamengo. No treino de finalizações, teve bom aproveitamento e fez bonitos gols.

Time vencedor do rachão no treino do Flamengo (Foto: Fred Gomes)
Time de Sheik vence rachão e posa para foto no treino do Flamengo (Foto: Fred Gomes)

O Flamengo, 16º colocado com sete pontos, enfrenta o Atlético-MG neste sábado, às 16h30, no Maracanã.

Novo reforço, Guerrero convoca a torcida do Flamengo para o jogo contra o Atlético-MG;


O atacante Paolo Guerrero já fala como jogador do Flamengo. Após vestir a camisa do clube, nesta semana, desta vez o peruano, diretamente do Chile, mandou um recado para a torcida rubro-negra, convocando-a para lotar o Maracanã no jogo contra o Atlético-MG, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

- Oi, sou o Paolo Guerrero, camisa 9 do Mengão... Gostaria de fazer uma convocação para sábado, que tem um jogo tão importante contra o Atlético-MG no Maracanã e a todos os outros torcedores que adquirirem ingresso nesta partida terão prioridade para a minha estreia no Maracanã - disse o jogador.


Diretor-geral do Flamengo promete Ninho do Urubu pronto até final de 2017



Uma lesão no goleiro Paulo Victor expôs a situação do Ninho do Urubu nesta semana. Tanto que nesta quinta-feira o clube inaugurou novo gramado do campo principal e um novo container, com iluminação e ar condicionado, para imprensa acompanhar as atividades do time principal. A promessa, feita pelo diretor-geral Fred Luz, é que as obras no CT estarão completas até o final de 2017.

- O que é fundamental para o futebol funcionar o CT tem, tanto que tem as certificações. Tem campo para treinar. Agora, as instalações são provisórias e isso vai demorar um tempo. Cada vez a gente vai tendo mais capacidade de investir. E a gente acredita que, evoluindo a questão técnica do time - a gente está fazendo investimento na melhoria da qualidade do time -, no ano que vem já comece a sobrar um pouco mais de recursos, que vão permitir um investimento para até o final de 2017 estar tudo pronto - garantiu o dirigente. 

A atual gestão do Fla precisará vencer a eleição presidencial que acontece em dezembro deste ano para cumprir o planejamento de entrega do Ninho completo. Presidente em exercício, Eduardo Bandeira de Mello ainda não anunciou se brigará pela reeleição. O próximo mandatário comandará o clube de 2016 a 2018.

Treino do Flamengo, Ninho do Urubu (Foto: Richard Souza) 
Ninho do Urubu ainda apresenta necessidades de melhorias que só devem ser sanadas em 2016 (Foto: Richard Souza)


No treino da terça-feira passada, o goleiro Paulo Victor fraturou a fíbula da perna direita. Mas o que mais chamou atenção dos jornalistas que estavam no local foi a forma que o goleiro foi carregado do campo para o departamento médico, através de um carrinho de mão utilizado nas obras do Ninho do Urubu.

O vice de administração do Flamengo, Cláudio Pracownik, tratou a solução como "opção do departamento médico". E o chefe da equipe médica do Rubro-Negro, José Luis Runco, garantiu ao “Redação SporTV” que o goleiro Paulo Victor não sofreu prejuízo do ponto de vista de sua saúde, ao ser removido daquela forma.

 Botafogo,  Flu e vasco , por sua vez, terão terrenos cedidos pela prefeitura do Rio de Janeiro para construção dos seus respectivos centros de treinamento. Já nesta quinta-feira, o Tricolor apresentou o local onde será construído o futuro CT do clube, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. A expectativa é de que o time profissional já possa treinar no novo endereço no segundo semestre de 2016, ainda sem a construção dos alojamentos concluída. O custo total estimado está entre R$ 40 e 45 milhões.

Torcedores do Flamengo fazem corrente por Guerrero, que sofre pisão e jejum


Guerrero camisa do Flamengo (Foto: Reprodução/ Twitter)
O Peru ganhou uma torcida contra de peso na Copa América. Sedentos pela chegada de Paolo Guerrero, torcedores acompanham os jogos da seleção peruana com análises e instinto de proteção ao atacante. Depois da estreia contra o Brasil, na noite desta quinta-feira, uma corrente se formou em redes sociais para acompanhar o atacante rubro-negro diante da Venezuela. Um pisão na coxa que deixou marcas e bordoada que fez o jogador mancar geraram ‘sofrência’ e múltiplos tweets. Boa parte pediu, de forma irônica, que ele voltasse logo ao Brasil e já atuasse diante do Atlético-MG, sábado, no Maracanã. Entre as brincadeiras fica clara a expectativa em torno do reforço de maior investimento feito pela atual diretoria.

Por conta da participação de Guerrero na Copa América, o Flamengo nem mesmo pode agendar a apresentação oficial. Na quarta-feira, o diretor de comunicação do Rubro-Negro esteve no Chile na companhia de um sócio-torcedor para entregar uma camisa ao atacante. Foi o mesmo dia da apresentação de Emerson Sheik. Assim, o clube conseguiu estampar em noticiários sua dupla de ataque.

Na estreia contra o Brasil, o Peru perdeu por 2 a 1, mas Guerrero participou do gol de seu time. Diante da Venezuela, o atacante sofreu em campo. Levou um tostão na coxa esquerda, caiu, rolou de dor. E, nas redes sociais, fez multiplicar a preocupação.

Pouco depois, o atacante do Flamengo levou forte pisão de Amorebieta. Novamente rolou. A câmera fechou na coxa marcada. O venezuelano foi expulso.

Ainda estava reservada para Guerrero uma pancada no tornozelo na etapa final. 

- A cada tostão que Guerrero leva na Copa América é um 'Ai, Jesus' na torcida do Flamengo - escreveu um dos tuiteiros rubro-negros.

Pisão em Guerrero (Foto: Reprodução) 
Sofrência no Fla: Guerrero leva pisão forte de Amorebieta (Foto: Reprodução)

Guerrero foi mal nas duas chances mais claras que teve diante da Venezuela: chutou torto uma sobra na área ainda no primeiro tempo, e cabeceou por cima em outra oportunidade.

O Peru volta a campo neste sábado para enfrentar a Colômbia, em Temuco, pela terceira rodada do Grupo C. Uma polêmica brotou em torno de uma possível suspensão de Guerrero. Mas o jogador acredita que não é ele o culpado, e que irá a campo:

- O cartão não foi para mim, estou tranquilo.

Mais um dia de torcida rubro-negra contra o Peru, a favor de Guerrero. Até o momento, o atacante só pode retribuir com 'aquele abraço para os torcedores'.


Reprodução Twitter torcedores Flamengo Guerreiro (Foto: Reprodução Twitter) 
Torcedores do Flamengo acompanhando Guerrero nas redes sociais (Foto: Reprodução Twitter)

Jogador Bernardo do ''VASCO'' é enquadrado na Lei Maria da Penha: delegada o indiciou por injúria e lesão corporal após ver laudo de corpo de delito de Patrícia Melo



Neymar é suspenso por uma partida e um mês no vasco pra aprender a perder!





Em má fase, Mugni ganha apoio do amigo Canteros: "Cabeça muito forte"


Contratado junto ao Colón-ARG como novo camisa 10 em 2014, Lucas Mugni ainda não agradou a torcida do Flamengo. No início deste ano, o jogador perdeu o número, que ficou vago, e passou a ser o 11. Mas a chegada de Emerson Sheik fez a diretoria dar ao atacante a camisa que era de Mugni, que por sua vez agora ficou com o 25. Claro que a numeração não interfere no rendimento em campo, mas é um sinal de que o argentino está com pouco espaço e prestígio no Ninho do Urubu.

Meia de origem, Mugni teve algumas chances como titular em 2015 com Vanderlei Luxemburgo, porém não foi muito bem e voltou para o banco. Luxa, então, começou a testá-lo como volante e disse ter gostado do resultado, mas foi demitido pouco depois. Com Cristóvão Borges, a situação do argentino ainda é uma incógnita, e ele vai precisar mostrar serviço. O jogador gosta do Rio de Janeiro e já recusou boas propostas do exterior. Recebeu também sondagem do Atlético-PR para empréstimo. Para o Flamengo, negociá-lo é uma possibilidade.

Canteros e Lucas Mugni flamengo (Foto: Reprodução/Instagram) 
Argentinos rubro-negros, Canteros e Mugni são muito amigos (Foto: Reprodução / Instagram)

Em meio ao mau momento, Mugni tem a confiança dos companheiros mais próximos, como é o caso do argentino Canteros. Os dois formam um trio inseparável de gringos com o paraguaio Cáceres. O camisa 20 do Flamengo deu apoio ao amigo e comentou a situação.

- Ele é um jogador que tem a cabeça muito forte. Acho que ele treina muito bem, sempre está sorrindo e fazendo o melhor para o grupo, sempre à disposição do treinador. Acho que o número da camisa não quer dizer nada, não tem importância. A pessoa é mais importante. Mas ele está muito forte e à disposição do Cristóvão.

Com Canteros titular e Mugni no banco de reservas, o Flamengo enfrenta o Atlético-MG às 16h30 (de Brasília) deste sábado, no Maracanã. Com 7 pontos em sete jogos, o Rubro-Negro ocupa a 16ª posição do Campeonato Brasileiro.

Em fase final de recuperação, Almir prevê ralação para retomar titularidade


Almir está contando os dias para voltar a treinar com o grupo no Ninho do Urubu. O meia, que fraturou o cotovelo esquerdo no último dia 27 (veja no vídeo abaixo), no jogo de ida pela terceira fase da Copa do Brasil contra o Náutico, tirou o gesso há uma semana e está em fase final de recuperação e fisioterapia. A previsão é que ele seja liberado pelo departamento médico e entregue à preparação física na próxima semana. 

Após ser contratado junto ao Bangu, Almir vinha sendo titular com Vanderlei Luxemburgo e também foi escalado pelo auxiliar técnico Jayme de Almeida justamente contra o Náutico, enquanto Cristóvão Borges ainda não havia sido apresentado. Como ainda não pôde mostrar seu trabalho em campo para o novo treinador, o camisa 28 prevê que terá vida dura.


- Tenho que voltar forte e ralar bastante para buscar o meu espaço de novo. O treinador precisa de todos - afirmou o jogador de 32 anos.

Almir acompanhou a contratação dos reforços Paolo Guerrero, Emerson Sheik, Alan Patrick e Ayrton, que aumentaram a concorrência pelas vagas de titular no time em várias posições. O meia destaca que o Flamengo ficou mais competitivo para o Brasileirão e a Copa do Brasil.

- A chegada desses reforços é muito boa para o grupo. Deixa o Flamengo ainda mais forte, e é disso que precisamos. São nomes consagrados, que qualificam o elenco. O objetivo é buscar o topo da tabela e brigar pelo título.

Com 7 pontos em sete jogos, o Flamengo ocupa a 16ª posição do Campeonato Brasileiro. O próximo duelo, contra o Atlético-MG, será realizado às 16h30 deste sábado, no Maracanã.

Flamengo e São Paulo voltam a conversar e podem fazer negócio por Ganso


São Paulo x Santos - Campeonato Brasileiro - Paulo Henrique Ganso (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)Antes dadas como encerradas pelo presidente Carlos Miguel Aidar, as negociações do Flamengo para tentar tirar Paulo Henrique Ganso do São Paulo ganharam força. Os cariocas já subiram os valores oferecidos ao Tricolor duas vezes, até chegar a R$ 18 milhões nesta quinta-feira. Os paulistas recusaram, pois esperam chegar a R$ 22 milhões e acreditam que as conversas devem continuar.

A primeira investida flamenguista era em torno de R$ 10 milhões pelos 32% dos direitos econômicos do Maestro, mas o clube do Morumbi pediu R$ 25 milhões e praticamente deu o assunto como encerrado. O Rubro-Negro ainda sinalizou com oferta de R$ 15 milhões, mas os tricolores mantiveram a pedida inicial.

 Somente nesta quinta-feira é que o Fla conseguiu se aproximar do acordo, ao oferecer os R$ 18 milhões e ver o São Paulo diminuir o montante exigido para liberar sua parcela dos direitos de Ganso. Se chegar aos sonhados R$ 22 milhões, o Tricolor passaria em quase R$ 6 milhões o valor investido para tirar o meia do Santos em 2012 - na ocasião a DIS ajudou os são-paulinos a chegarem nos R$ 23,9 milhões exigidos pelo Peixe.

Embora não seja unanimidade entre os cartolas rubro-negros, Ganso é visto como um nome forte para assumir a camisa 10, ainda guardada mesmo após a chegada de Emerson Sheik. A diretoria do Rubro-Negro, inclusive, deixou claro ao atacante que não lhe deu a peça (eternizada por Zico) porque já estaria engatilhada com um grande nome para a posição de armador. Os cariocas, inclusive, já conversaram com a DIS para saber como os outros 68% dos direitos do armador podem ser negociados.

A diretoria do Flamengo ainda trata a negociação com Ganso como especulação. No entanto, essa tem sido a postura em relação a todas as outras conversas com jogadores de ponta. Prova disso é que as tratativas com Guerrero sempre foram negadas pela cúpula de futebol rubro-negro, mas no fim o atacante peruano fechou com o clube da Gávea.

Pelas novas regras da Fifa para o mercado da bola, empresários e investidores não podem mais ser donos de direitos econômicos. Assim, a DIS precisou estudar com advogados desportivos a melhor maneira de negociar com o Flamengo e com qualquer outro interessado em Ganso. E a alternativa mais razoável, como foi informado ao L! pela empresa, seria formular um contrato cível com o comprador e parcelar o valor pelos 68%.

 A DIS e o empresário Giuseppe Dioguardi procuraram o São Paulo para uma reunião, mas ainda esperam a resposta do clube paulista. Há ainda muita cautela em cima de uma transação, já que Ganso não demonstra tanta empolgação por uma nova troca de equipes no futebol brasileiro. O Maestro acredita que esse cenário poderia prejudicar sua imagem e que já tem no Tricolor a melhor estrutura para ganhar títulos e retomar o sonho de jogar na Europa.

Ao mesmo tempo, o camisa 10 já deixou para trás o interesse de alguns clubes do Velho Continente. Os franceses do Monaco foram os únicos a apresentar algo mais concreto, enquanto times da Espanha, Rússia e Itália chegaram a fazer consultas. Segundo o estafe do atleta, apenas a oferta do Monaco seria "razoável". No Brasil, Cruzeiro e Santos também tentaram negócio pelo armador.

Paulo Henrique Ganso tem 25 anos de idade e contrato com o São Paulo até 20 de setembro de 2019. Com a camisa tricolor, o meia disputou 156 partidas e anotou 15 gols. Nesta temporada foram apenas 23 jogos e um tento marcado. No Campeonato Brasileiro, fez tem seis aparições e, se chegar à sétima, não poderá trocar de clube na Série A. Contra a Chapecoense, completaria a marca, mas foi liberado por problemas musculares.

São Paulo e Flamengo têm sido protagonistas nesta janela de transferências. O Tricolor vendeu Rodrigo Caio por cerca de R$ 44 milhões para o Valencia (ESP), Paulo Miranda por R$ 10,4 milhões ao Red Bull Salzburg (AUT) e deve negociar Denilson nos próximos dias por R$ 10,7 milhões ao Al Wahda (EAU). Já os cariocas contrataram Sheik de graça e Paolo Guerrero por R$ 12 milhões de luvas.



quinta-feira, 18 de junho de 2015

Adriano entra na Justiça contra o Fla e cobra dívida de cerca de R$ 920 mil

Atacante de 33 anos quer receber valor corrigido referente a contrato assinado em 2012. Na época, ele deveria ganhar R$ 500 mil só para voltar a treinar no clube

adriano flamengo (Foto: BRUNO TURANO/AGIF/Agência Estado)O Flamengo tomou conhecimento de forma oficial nesta quinta-feira de uma dívida que tem com Adriano. O Imperador entrou na Justiça em janeiro contra o clube cobrando cerca de R$ 920 mil. O valor, já corrigido com juros, é referente a um contrato de R$ 500 mil - cinco parcelas de R$ 100 mil - assinado em agosto de 2012, na gestão de Patrícia Amorim, só para que ele pudesse treinar no Ninho do Urubu. Na época, foi uma exigência do atacante como forma de ressarcimento por verbas rescisórias e premiações que não teriam sido pagas em sua passagem pelo clube em 2009.

Também na ocasião, era estudado um contrato de produtividade com Adriano, imaginando-se que ele voltaria a jogar pelo Fla, mas o Imperador acabou dispensado pelo então diretor de futebol rubro-negro, Zinho, após faltar a diversos treinos.

O Flamengo fará uma análise técnica jurídica do processo, mas, se não houver outra alternativa, já pensa em buscar um acordo com Adriano, assim como fez em março deste ano com Romário, para quem pagou R$ 4,2 milhões referentes a uma dívida gerada entre 1995 e 1999.

- Recebemos essa notícia com surpresa. Temos que fazer uma análise da ação e avaliar se temos alguma medida de defesa. Apesar das coisas estarem caminhando bem, infelizmente ainda aparecem dívidas que não deveriam existir. O clube se obrigou a pagar cinco parcelas de R$ 100 mil em 2012 e não pagou nem a primeira. É uma irresponsabilidade - disse o diretor jurídico do Flamengo, Bernardo Accioly, ao GloboEsporte.com.

Aos 33 anos, Adriano está sem clube desde abril de 2014, quando fez o último jogo de sua passagem pelo Atlético-PR. Foi no Furacão que o atacante tentou voltar ao futebol, após dois anos longe dos gramados. Desde então ele tem recebido propostas e sondagens de alguns clubes, mas todas as investidas ficaram apenas na possibilidade.

Flamengo x Atlético-MG: 16 mil ingressos já vendidos para partida


A quinta-feira, segundo dia de venda de ingressos de Flamengo x Atlético-MG em postos físicos espalhados pelo Rio de Janeiro, terminou o dia com a parcial de 16 mil bilhetes comercializados para a partida deste sábado, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro - pela internet, torcedores podem comprar desde terça-feira. As entradas seguem disponíveis ao público para todos os setores com preços entre R$ 50 e R$ 120, há meia-entrada para estudantes e descontos para sócios.

Os sócios-torcedores que comprarem ingressos para o jogo terão um upgrade na prioridade de compra de bilhetes para a estreia de Guerrero. Aqueles que possuem planos Tradição, Raça, +Raça, Amor e +Amor terão a mesma prioridade de compra daqueles que possuem o plano Paixão. Os que possuem o plano Paixão, terão prioridade igual a quem possui o +Paixão. A primeira partida do peruano pelo Flamengo ainda não está definida por conta da participação do atacante na Copa América, mas ele já posou com a camisa rubro-negra.

Confira as informações de venda, segundo o site do Flamengo, mandante do jogo:

Valores:

Norte: R$ 50 (meia: R$ 25)
Norte ST: R$ 25 (meia ST: R$ 12,50)
Norte ST Tradição: R$ 40 (meia Tradição: R$ 20)

Sul: R$ 60 (meia: R$ 30)
Sul ST: R$ 30 (meia ST: R$ 15)
Sul ST Tradição: R$ 45 (meia Tradição: R$ 22,50)

Leste e Oeste: R$ 80 (meia: R$ 40)
Leste e Oeste ST: R$ 40 (meia ST: R$ 20)
Leste e Oeste ST Tradição: R$ 60 (meia Tradição: 30)

Maracanã Mais: R$ 145 (meia: R$ 95)
Maracanã Mais  ST: R$ 95 (meia ST: R$ 70)
Maracanã Mais ST Tradição: R$ 120 (meia Tradição: R$ 85)

Horários e pontos de vendas para sócio-torcedor:


Gávea – Sede do Flamengo – Rua Borges de Medeiros                                       
17.06  a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Barra da Tijuca – FlaBoutique – Av das Américas, 7607 Loja 151                                           
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Tijuca – FlaBoutique – R. Conde de Bonfim, 685 Loja D
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Andaraí – FlaBoutique/Iguatemi – R. Barão de São Francisco, 236 Loja 15                        
17.06 a 19.06 - 10h às 17h 
20.06 - 10h às 12h

Largo do Machado - Flaboutique -R.Largo do Machado 29 Loja 40 Galeria Condor                      
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h até às 12h                                              

Maracanã – Container Mata Machado
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
 20.06 - 10h até o fim do primeiro tempo

Cristóvão repete equipe titular com Sheik, que só aguarda regularização



Emerson Sheik treinou entre os titulares do Flamengo pelo segundo dia consecutivo. O técnico Cristóvão Borges comandou um trabalho tático na tarde desta quinta-feira no Ninho do Urubu e repetiu a formação que testou no dia anterior: César, Luiz Antonio, Wallace, Samir e Pará; Márcio Araújo, Canteros e Everton, Gabriel, Eduardo da Silva e Emerson. É esse o time que deve enfrentar o Atlético-MG no sábado, desde que Sheik apareça no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até lá.

Com a entrada de Sheik, Everton treinou um pouco mais recuado no meio-campo, movimentando-se bastante. Emerson ficou mais pelo lado esquerdo do ataque, com Gabriel na direita e Eduardo centralizado.

Os reservas tiveram Daniel, Ayrton, Marcelo, Bressan e Anderson Pico; Frauches, Mugni e Arthur Maia; Paulinho, Marcelo Cirino e Alan Patrick. Este último, por sinal, teve desempenho muito bom no trabalho de finalizações, que ocorreu em seguida, assim como Ayrton, que veio do Palmeiras junto dele. Sheik, por sua vez, ainda estava calibrando o pé e, botando muita força na batida, chutou a maioria das bolas para fora.

Vale lembrar que Paulo Victor se recupera de uma fratura na fíbula direita e que Jonas está suspenso para a próxima partida por conta da suspensão pelo cartão vermelho recebido contra o Coritiba. Com 7 pontos em sete jogos, o Flamengo ocupa a 16ª posição do Campeonato Brasileiro. O próximo duelo, contra o Atlético-MG, será realizado às 16h30 (de Brasília) de sábado, às 16h30, no Maracanã.

Flamengo inaugura gramado de inverno e melhorias para a imprensa no Ninho


O Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo em Vargem Grande, no Rio de Janeiro, inaugura nesta quinta-feira algumas melhorias para todo o departamento de futebol e a imprensa: campo principal reformado, quatro containers, e nova mobília na sala imprensa. O treino do grupo principal, marcado para as 15h30, já contará com as novidades.

Principal local de treinamentos do CT, o campo 1 passou por uma reforma de cerca de 20 dias para a substituição da grama por uma mais adequada às estações mais frias do ano. As linhas demarcatórias também foram repintadas.

Grama de inverno Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) 
Campo do Ninho do Urubu tem nova grama de inverno (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)


Dos quatro containers, três serão utilizados pela comissão técnica. O quarto é para uso da imprensa. Todos contam com iluminação e ar condicionado. Até então não havia lugar para acompanhar o treino e se proteger da chuva ao mesmo tempo.

Já a sala de imprensa recebeu mobília nova: vinte e uma cadeiras para os jornalistas, duas cadeiras para a diretoria, além de mesa para os entrevistados.

Container Ninho Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) 
Imprensa ganhou container para assistir aos treinos (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O Ninho do Urubu inaugura essas melhorias após ter sido alvo de críticas recentes principalmente por conta da falta de pavimentação no local e também pelo episódio envolvendo Paulo Victor. Na última terça, ao sofrer uma fratura na fíbula direita, o goleiro foi transportado por um carrinho de obras. Havia dois carrinhos elétricos modernos no CT, mas eles não foram utilizados por causa da forte chuva e da lama, que poderiam causar danos ao equipamento. A pavimentação da entrada do Ninho até a área dos campos é uma das prioridades do clube para o segundo semestre.



Além do container da imprensa, agora há mais três que serão utilizados pela comissão técnica (Gilvan de Souza / Fla)

Com "time de atacantes", Cristóvão afasta chance de desmotivação no Flamengo


Cristóvão Borges tem um problema saudável para lidar no Flamengo. Quando Guerrero ficar à disposição, terá seis atacantes de ofício: além do peruano, Emerson Sheik, Eduardo da Silva, Marcelo Cirino, Paulinho e Nixon, que está no departamento médico atualmente. Além disso, Gabriel e Everton são meia-atacantes que estão habituados a fazer a função aberto pelos pontas. E ainda há Douglas Baggio, do time sub-20, que ocasionalmente é relacionado com os profissionais. Num meio onde a guerra de egos é corriqueira, como repelir uma eventual desmotivação em relação aos que sobrarem? O treinador garante que não move uma sobrancelha com a questão.

Montagem Flamengo jogadores (Foto: Globoesporte.com) 
Com oito opções, Cristóvão terá quase um time inteiro de atacantes no Flamengo (Foto: Globoesporte.com)
 
- Não me preocupa, porque é um problema que nunca tive nas equipes que trabalhei. Sou muito claro e transparente. É claro que tenho de fazer escolhas e decidir. Na prática, se tiver bem, melhor e jogar, ganha. Eu não costumo ter problema, não. O cara não vai reclamar se ele não está jogando bem. Se teve oportunidade e não aproveitou, não vai falar. Vai poder falar se jogar bem e eu não aproveitar - simplificou.

Eduardo da Silva, titular nos últimos dois jogos do Flamengo e um dos afetados com o aumento do número de atacantes, também já havia dado de ombros para a situação.

- Flamengo é aquilo que falei antes: quanto mais jogadores de alta qualidade, melhor. Com a concorrência maior, a gente se dedica mais aos treinos. O Sheik tem Brasileiro e Libertadores, sempre vence. É um jogador que tem muita experiência.

Sheik fez o primeiro treino como grupo na última quarta-feira e já foi testado entre os titulares para a partida desde sábado, contra o Atlético-MG, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Guerrero ainda está no Chile defendendo a seleção peruana na Copa América, mas de lá já vestiu a camisa 9 rubro-negra.

Receita Federal irá enquadrar clubes endividados que não aderirem ao Profut: adeus vascu...

Receita irá adotar “tolerância zero” com os clubes que não aderirem ao Profut mesmo devendo à União

Receita irá adotar "tolerância zero" com os clubes que não aderirem ao Profut mesmo devendo à União
Em uma operação inédita, a Receita Federal prepara uma força-tarefa para esmiuçar a situação fiscal dos clubes brasileiros tão logo termine o processo legislativo de discussão da Medida Provisória (MP) do Profut. Na mira estão os clubes que não aderirem ao programa de refinanciamento proposto pelo Governo. A começar pelos que hoje atuam na Série A – Atlético Mineiro,  Corinthians, vasco sanitário e Fluminense – e o Botafogo(série B). Pela ordem, eles estão entre os maiores devedores do Leão.

Tolerância zero
Nessa iniciativa da Receita, a ordem é não deixar barato: as dívidas fiscais vão ser cobradas pelos critérios normais, com as mesmas condições impostas a qualquer contribuinte, terminando com a tolerância que, por décadas, tem marcado a relação da Receita com os clubes. Incluindo as parcelas devidas ao Timemania, a dívida total dos clubes junto à União gira em torno de R$ 2,7 bilhões.

Não foi fácil
A reunião que o relator da MP do Profut, o deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), fez com dirigentes dos clubes de futebol antes da apresentação do relatório final da proposta foi descrita de “a maior quebradeira” por quem acompanhou o debate de perto. Já Leite afirmou à coluna que “não foi fácil segurar a onda” dos cartolas que estiveram em Brasília para discutir o relatório.

De longe
Apesar da preocupação dos dirigentes em relação ao conteúdo do relatório da MP do Profut, poucos permaneceram em Brasília para acompanhar sua apresentação. Quando o relator Otávio Leite iniciou a leitura do texto, o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, já estava em Belo Horizonte para participar de sessão na Câmara de Vereadores, e o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, desembarcava no Rio.

Cesar tem a confiança de Cristovão Borges para ir bem no Flamengo


Treino do Flamengo Cristóvão Borges Cesar  (Foto:Divulgação)

Sem poder contar com Paulo Victor nas próximas semanas – o goleiro teve na terça-feira uma pequena fratura na fíbula direita e não entrará em campo no sábado, contra o Atlético-MG –, o técnico Cristovão Borges vai colocar Cesar como arqueiro titular do Flamengo. No treino tático da tarde de quarta-feira, o comandante rubro-negro já treinou com a substituição e comentou sobre a mudança em que foi obrigado a fazer.

– Uma pena a contusão do Paulo Victor, espero que consiga se recuperar rapidamente para continuar ajudando o Flamengo como sempre fez. Agora Cesar jogará, ele já participou de outros jogos da equipe. No período que estou aqui (quase um mês), vi a sua capacidade. Estamos tranquilos com esta substituição, Cesar vai ir bem – disse.

Cesar é um goleiro jovem – tem apenas 23 anos – e entrou em campo pelo profissional do Flamengo em apenas sete oportunidades desde 2013 – entre jogos oficiais e amistosos. A entrada dele no gol rubro-negro, em um momento que a equipe quer embalar no Campeonato Brasileiro – vem de duas vitórias diante Chapecoense e Coritiba –, poderia levar desconfiança pela pouca experiência. Porém, Cristovão Borges descartou a hipótese:

– Não acho que a juventude do Cesar possa atrapalhar. Acreditamos bem nele, ele está tranquilo, já conversamos inclusive sobre isto depois que aconteceu o lance do Paulo Victor. Tenho certeza de que ele vai fazer um grande jogo.

Esta será uma chance de ouro para Cesar se afirmar no gol do Flamengo. Com boas atuações, pode vir a colocar a pulga atrás da orelha de Cristovão Borges na sequência da temporada. Os torcedores rubro-negros acreditam em seu potencial e sabem que fará o seu melhor defendendo o gol da Gávea. Aproveite a oportunidade, Cesar!

CESAR NO FLAMENGO

7/12/2013
O primeiro jogo de Cesar como profissional do Flamengo – e titular – foi no Brasileiro de 2013, diante do Cruzeiro. O Fla empatou em 1 a 1.

7/12/2014
Cesar entrou em campo novamente no Brasileiro de 2014 contra o Grêmio, de novo como titular. O Flamengo empatou novamente por 1 a 1.

18/1/2015
A terceira vez de Cesar no gol do Flamengo foi no empate sem gols contra o Shakhtar Donetsk (UCR). Saiu do banco.

4/2/2015
Pelo Carioca deste ano, Cesar foi titular na goleada por 4 a 0 sobre o Barra Mansa.

7/2/2015
Também pelo Carioca deste ano, Cesar foi titular na vitória por 2 a 1 diante do Resende.

4/3/2015
Na despedida de Léo Moura, em amistoso contra o Nacional (URU), Cesar saiu do banco. Vitória por 2 a 0.

2/5/2015
A última vez que Cesar jogou foi no amistoso diante do Icasa. O goleiro saiu do banco para a vitória por 1 a 0.

Sheik no Flamengo: duas apresentações, mesmas palavras, gestos e emoção


Foi acariciando o escudo e balbuciando um "que alegria" que Emerson vestiu a camisa do Flamengo, na Gávea. Quem está acostumado às entrevistas mecânicas, surpreendeu-se com o brilho no olhar do novo reforço. Houve sorrisos, declarações de amor ao clube, reverência a ídolos do passado e choro.

O parágrafo acima foi escrito no GloboEsporte.com dia 23 de março de 2009, após a primeira apresentação de Sheik no Flamengo: naquela passagem, foram 26 jogos e 11 gols. Seis anos depois, com pequeninas alterações, encaixa-se para descrever sua nova chegada ao Rubro-Negro.

Apresentação Emerson Flamengo 2009 / 2015 (Foto: Montagem sobre foto da Ag. Estado) 
Emerson em sua apresentação em 2009 (esq.) e no seu retorno em 2015 (dir.) (Foto: Montagem sobre foto da Ag. Estado)
 
Emerson ganhou lastro, rodagem e títulos relevantes por Fluminense e Corinthians durante o hiato que o tirou da Gávea. Deixou de ser um desconhecido milionário que brilhou no futebol oriental para ser tratado como sinônimo de jogador vencedor.

Mas as frases de efeito e os gestos que afagam o Flamengo permaneceram. Beijo e carinho no escudo, camisa 11 exibida como troféu e valorização da sua vontade de jogar no clube não faltaram nos dois repertórios. Confira abaixo alguns trechos das duas apresentações e compare:

AMOR, PAIXÃO E NÃO AOS OUTROS
Sheik versão 2009: "O Flamengo abriu as portas e estou aqui porque é um desejo. Tinha outras propostas mais vantajosas, mas por paixão e amor você faz coisas que é difícil explicar. Sempre quis jogar aqui. Não sei até quando o dinheiro é mais importante do que isso. Estou fazendo o que meu coração manda".

Sheik versão 2015: "Tive sondagens de outros clubes, mas essa foi uma decisão que não foi difícil de ser tomada. Sempre foi um desejo meu voltar ao clube que amo desde criança. Ao clube que tive a certeza desse carinho, amor e paixão. Estou convicto de que fiz a escolha certa".

Apresentação Emerson Flamengo 2009 / 2015 (Foto: Montagem sobre foto da Ag. Estado) 
Sheik apresentou emoções, discursos e gestos parecidos nas duas chegadas (Foto: Montagem sobre foto da Ag. Estado)
 
FUTEBOL, O ESPORTE COLETIVO
Sheik versão 2009: "Estou aqui para somar forças. Futebol é coletivo. Não estamos falando de tênis. Podemos sair dessa situação. O Flamengo está na briga. Se ganhar na quarta, volta tudo ao normal".

Sheik versão 2015: "O Flamengo precisa de todos. Cada um contribuindo da maneira que pode. Sou um jogador que não gosta muito da sorte. Eu trabalho. O resultado é o trabalho. Eu não acredito muito na sorte, mas se vocês colocam dessa maneira, eu sou um cara que nos jogos decisivos tenho essa sorte. Ninguém ganha jogo sozinho, seria mais um a dizer 'Ah, futebol é um esporte coletivo'. Mas é".

CAMISA 11
Sheik versão 2009: "Vestir a 11 do Romário... Precisa falar alguma coisa?! Ficou certinha”

Sheik versão 2015: "Na primeira passagem, joguei com a 11. No Corinthians, eu fui pouco feliz com a 11, não é? Não tive preocupação em nenhum momento de escolher a camisa".

Campeonato Carioca de Showbol

Títulos

Por equipes

Clube Títulos Vices Terceiro lugar Quarto lugar
Município do Rio de Janeiro Flamengo 3 (2010, 2011 e 2012) 0 1 (2013) 0
Município do Rio de Janeiro vasco sanitário 2 (2013 e 2014) 0 2 (2010 e 2012) 1 (2011)
Município do Rio de Janeiro America 0 3 (2010, 2011 e 2012) 0 1 (2013)
Município do Rio de Janeiro Botafogo 0 1 (2013) 0 2 (2010 e 2014)
Bandeira-itaborai.jpg Itaboraí 0 1 (2014) 0 0





Município do Rio de Janeiro Fluminense
0 0 2 (2011 e 2014) 1 (2012)

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Dirigente do Udinese abre mão de Samir: "Nenhum interesse nele"


Samir, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
O Udinese fez uma proposta, o Flamengo negou. O Udinese fez outra proposta, o Flamengo ficou de pensar. E, então, o Udinese não quer mais. A julgar pela entrevista do diretor de futebol do clube italiano, Cristiano Giaretta, ao site Tutto Mercato, essa é a situação de momento da negociação para contratar o zagueiro Samir. Diante da indefinição rubro-negra, o ex-clube de Zico muda o foco para reforçar o setor defensivo na próxima janela de transferências.  Luan, do vasco sanitário, também já foi especulado para equipe.

O clube italiano fez o primeiro contato pelo defensor de 20 anos em março e os valores não agradaram o Flamengo. Recentemente, uma oferta próxima dos quatro milhões de euros (cerca de R$ 13,8 milhões) estabelecidos pelo Rubro-Negro chegou à Gávea, mas a indefinição permaneceu. Giaretta, por sua vez, parece ter perdido a paciência:  

- Leio constantemente notícias sobre negociações com o Flamengo por Samir. Quero esclarecer que não temos nenhum interesse nele. Não estamos lá (no Brasil) para lidar com essas notícias, que são velhas, de praticamente um mês. Estamos trabalhando em muitas metas, mas Samir não é uma delas - disse o dirigente italiano.

Curiosamente, há três dias, em entrevista ao Sportitalia, o próprio Giaretta disse:

- Quanto a Samir, posso dizer que estamos interessados e é nosso objetivo. As negociações estão em curso.

A janela de transferências para o futebol europeu reabre em julho. O Flamengo não se opõe a vender Samir para fora do Brasil. Jogar em outro clube brasileiro, no entanto, está fora de cogitação. Ele não será envolvido nas tratativas por reforços. As conversas com o Udinese não têm qualquer relação com as que envolveram a contratação de Armero. O Rubro-Negro é detentor de 50% dos direitos econômicos de Samir, com 40% do Audax e os outros 10% do próprio jogador.  

Depois passar três meses fora da equipe por conta de uma lesão na coxa, Samir voltou ao time na derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro. Deste então, foi titular também contra Chapecoense e Coritiba e está à disposição para o duelo com o Atlético-MG, sábado, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã, pela oitava rodada do Brasileirão.


Cristóvão vê Flamengo "encorpado" e trabalha cabeça do time para sábado


Evidentemente, Emerson Sheik foi o protagonista da primeira coletiva de Cristóvão Borges após a apresentação do atacante. Mas o comandante também projetou o confronto com o Atlético-MG, neste sábado, falou da evolução da equipe no Brasileiro e comemorou o fato de o Flamengo ter sido "encorpado" com três reforços num intervalo de cinco dias - na sexta passada, Alan Patrick e Ayrton chegaram ao clube.

- É lógico que encorpa e bota peso, sim. Impõe mais respeito, porque são jogadores respeitáveis. É bastante importante, mas vamos ter que achar resultados. Temos que confirmar no campo com resultados. A esperança é muito grande, porque são jogadores que dificilmente não responderão de forma positiva. Saímos de uma situação complicada e esperamos seguir. Pois, com a gente melhorando e com a chegada deles, vamos melhorar mais - afirmou.

Emerson Sheik e Cristóvão Borges, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) 
Cristóvão Borges conversa com Sheik, que pode reestrear pelo Fla neste sábado (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Sobre o duelo com o Galo, no sábado, às 16h30, no Maracanã, disse ser importante trabalhar e muito a cabeça dos jogadores. A preocupação é a seguinte: quando chegou, a atmosfera era de muita pressão, e o cenário no próximo compromisso provavelmente será completamente inverso, com estádio cheio e muita confiança por parte da torcida.

- O Atlético-MG é um dos times mais fortes do campeonato. A equipe vem de duas vitórias e, de repente ganhando no sábado, uma vitória confirma muita coisa, mas a preocupação maior é com a performance. Duas vitórias deram mais confiança. Vamos jogar em casa com a nossa torcida. Grande chance de fazer um grande jogo. Não tem ansiedade, estamos mais aliviados, mas queremos muita coisa. E coisa grande. Para isso é preciso estar bastante consciente do que se pode fazer e do que se vai encontrar. Ambiente bastante favorável, mas é preciso consciência e inteligência - agregou.

Confira outros temas abordados na coletiva:


UM CAMISA 10 FECHA O ELENCO?
Essa coisa de fechar elenco é muito difícil, porque num campeonato duro e muito longo tem as oscilações que acontecem com todas as equipes. Às vezes, numa oscilação dessas, pode haver carência para ir em busca de jogadores. Vai depender de, com o elenco todo, saber em que situação vamos estar. Agora, com duas vitórias, fica mais tranquilo para receber todos os jogadores que estão na Copa América.

EVOLUÇÃO
Já conseguimos um equilíbrio bom nas últimas partidas, a partir do Cruzeiro começamos a dar sinais de melhora. Perdemos o jogo numa bola parada, mas o comportamento foi melhorando. Nos últimos dois, ganhamos, não levamos gols e foi bom, principalmente contra o Coritiba. Jogamos com um a menos por bom tempo e conseguimos ter o controle para sair com o resultado. Por isso gostei.

ANSIEDADE CONTRA O ATLÉTICO-MG?
Hoje tivemos uma conversa muito legal, foi bastante sobre isso. Fomos falar do jogo contra o Coritiba, que foi um jogo em que passamos vídeo e foi muito importante. Estamos treinando e mostramos nossas evoluções em imagens. Mostramos dificuldades e carências. O que precisávamos corrigir.

COMO PROJETA O TIME COM GUERRERO?
Tá querendo que eu passe mal. Perdi um jogador (Paulo Victor), tenho que rearmar a equipe. Já quer que eu fale do Guerrero? Pensamento na frente é interessante, é melhor, porque temos ótimas opções.

Flamengo x Atlético-MG: primeiro dia de vendas fecha com 9 mil ingressos

A quarta-feira, primeiro dia de venda de ingressos de Flamengo x Atlético-MG em postos físicos espalhados pelo Rio de Janeiro, fechou com nove mil bilhetes comercializados para a partida deste sábado, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro - pela internet, torcedores podem comprar desde terça-feira. As entradas seguem disponíveis ao público com preços entre R$ 50 e R$ 120, há meia-entrada para estudantes e descontos para sócios.

Os sócios-torcedores que comprarem ingressos para o jogo terão um upgrade na prioridade de compra de bilhetes para a estreia de Guerrero. Aqueles que possuem planos Tradição, Raça, +Raça, Amor e +Amor terão a mesma prioridade de compra daqueles que possuem o plano Paixão. Os que possuem o plano Paixão, terão prioridade igual a quem possui o +Paixão. A primeira partida do peruano pelo Flamengo ainda não está definida por conta da participação do atacante na Copa América, mas ele já posou com a camisa rubro-negra.

Confira as informações de venda, segundo o site do Flamengo, mandante do jogo:

Horários de abertura por plano:               


10.06, 22h - +Paixão
11.06, 10h - Paixão
11.06, 14h - +Amor
11.06, 18h - Amor
11.06, 22h - +Raça
12.06, 10h - Raça
12.06, 14h - Tradição

Valores:

Norte: R$ 50 (meia: R$ 25)
Norte ST: R$ 25 (meia ST: R$ 12,50)
Norte ST Tradição: R$ 40 (meia Tradição: R$ 20)

Sul: R$ 60 (meia: R$ 30)
Sul ST: R$ 30 (meia ST: R$ 15)
Sul ST Tradição: R$ 45 (meia Tradição: R$ 22,50)

Leste e Oeste: R$ 80 (meia: R$ 40)
Leste e Oeste ST: R$ 40 (meia ST: R$ 20)
Leste e Oeste ST Tradição: R$ 60 (meia Tradição: 30)

Maracanã Mais: R$ 145 (meia: R$ 95)
Maracanã Mais  ST: R$ 95 (meia ST: R$ 70)
Maracanã Mais ST Tradição: R$ 120 (meia Tradição: R$ 85)

Horários e pontos de vendas para sócio-torcedor:

Gávea – Sede do Flamengo – Rua Borges de Medeiros                                        
17.06  a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Barra da Tijuca – FlaBoutique – Av das Américas, 7607 Loja 151                                            
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Tijuca – FlaBoutique – R. Conde de Bonfim, 685 Loja D
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h às 12h

Andaraí – FlaBoutique/Iguatemi – R. Barão de São Francisco, 236 Loja 15                         
17.06 a 19.06 - 10h às 17h  
20.06 - 10h às 12h

Largo do Machado - Flaboutique -R.Largo do Machado 29 Loja 40 Galeria Condor                       
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
20.06 - 10h até às 12h                                               

Maracanã – Container Mata Machado
17.06 a 19.06 - 10h às 17h
 20.06 - 10h até o fim do primeiro tempo

Thiago Lacerda elogia gestão do Flamengo e diz que o Brasil não entendeu o 7 a 1


O "Seleção SporTV" desta quarta-feira recebeu a visita de Thiago Lacerda. Acostumado a viver grandes dramas na televisão e no teatro, o ator falou sobre o maior trauma do futebol brasileiro: a derrota por 7 a 1 na semifinal da Copa do Mundo de 2014. Na opinião dele, os dirigentes não aprenderam nada com a vergonha vivida no Mundial do ano passado, já que pouco foi alterado na estrutura organizacional do esporte mais popular do país.

– Sou fã de esporte, fui atleta. O que me angustia é a ideia de que o futebol brasileiro não entendeu o que aconteceu no Mineirão naquele dia. A Alemanha, em 2002, perdeu a Copa para o Brasil em casa e naquele momento pararam: "Vamos repensar, zerar e começar de novo". Não era para ganhar em 2006, era para ganhar em 2014, em 2018. É a mentalidade e cultura de uma gente que percebe que tem algo acontecendo, entende o que é e se movimenta para transformar. O futebol brasileiro não entendeu o que aconteceu. Vai passar muito tempo até processar de verdade o que aconteceu. Não se transformou como deveria depois daquele jogo. O futebol não é só esporte, é patrimônio cultural do Brasil. Se você chegar no Marrocos e falar Dilma Rousseff, ninguém sabe quem é. Mas fala Pelé. Fala Ronaldo. O futebol brasileiro precisa ser cuidado como patrimônio cultural e não está sendo. Enquanto os jogador não tiverem voz ativa, forem decisões políticas e o talento não participar ativamente da transformação, teremos um patrimônio cultural refém de gente que está lá para sugar o sangue do nosso talento – declarou ele.

Flamenguista, Thiago Lacerda enxerga o novo modelo de administração do clube rubro-negro como um modelo a ser seguido pelos demais. Com confiança no presidente Eduardo Bandeira de Mello, afirma que o clube está quebrando paradigmas e espera resultados esportivos futuros.

– Quero parabenizar a gestão do Eduardo Bandeira, outro dia encontrei com ele e agradeci pessoalmente. No futebol não cabe mais amadorismo, tem de mexer com a estrutura intelectual. O que o Flamengo vem fazendo é isso. Peço ao torcedor paciência para entender que o que está acontecendo é para daqui cinco ou seis anos o Flamengo se tornar clube da envergadura que deve ser. Saneamento financeiro e política de responsabilidade de contratação são benefícios para o futebol brasileiro. O Flamengo está rompendo um paradigma. Se os outros clubes não acompanharem o que ele está fazendo, vão ficar pra trás. O clube está estabelecendo lei de responsabilidade e transparência de contas, uma coisa que devia se propagar  – afirmou ele.

Apesar dos cortes de gestão, o Flamengo conseguiu investir em contratações para o segundo semestre. Primeiro, fez um grande investimento em Paolo Guerrero. Sem custos, contratou nomes como Emerson Sheik, também ex-Corinthians, e Alan Patrick, ex-Palmeiras.

–  O Flamengo hoje ser campeão brasileiro não é mais importante do que sanar suas dividias e se tornar um clube responsável, projetando o futuro, para em três ou quatro anos ter um orçamento que vai mudar o futebol brasileiro. Com responsabilidade e com contas abertas. Isso é sério e precisa ser propagado – comentou, com bastante entusiasmo.

Atualmente na 16ª posição com sete pontos no Brasileirão, o Flamengo recebe o Atlético-MG, sábado, às 16h30, no Maracanã.

Léo Moura posta mensagem negando estar infeliz no EUA e que segue no Strikers


O nome do lateral Léo Moura reapareceu na mídia brasileira na última terça-feira ligado a uma transferência para o Fluminense. O jogador, que deixou o Flamengo há quase três meses, estaria infeliz nos Estados Unidos, onde atua pelo Fort Lauderdale Strikers. Nesta quarta-feira, ele postou uma mensagem em seu Instagram negando que não tivesse se adaptado ao novo clube.

Léo ainda afirmou que está no Brasil aproveitando dias de férias, mas que se reapresentará ao Strikers no fim da semana para um amistoso contra a Ponte Preta.

Instagram Léo Moura se dizendo feliz no Fort Lauderdale Strikers

Sem provas de dolo, MP pode acionar cartolas por culpa em "caso Héverton"


Sem provas consistentes que apontem para o recebimento de vantagens indevidas, o Ministério Público de São Paulo deve processar ex-dirigentes da Portuguesa por culpa – quando não há intenção – pelo “caso Héverton”, que provocou o rebaixamento do clube para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2013.

Apesar das suspeitas do órgão de que cartolas receberam pagamento para omitir da comissão técnica a informação de que o jogador estava suspenso e não poderia atuar na última rodada daquele torneio, a promotoria ainda não encontrou documentos que corroborassem essa teoria. 

Ainda assim, o promotor Roberto Senise, que encabeça o inquérito, acredita ter indícios suficientes para que os ex-dirigentes enfrentem uma ação civil pública. Entre os apontados como responsáveis pelo erro que levou a equipe à segunda divisão estão o ex-presidente Manuel da Lupa, o ex-vice-presidente de futebol Roberto dos Santos e o advogado Valdir Rocha.

A investigação de Senise ainda não foi concluída. O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) apura o episódio, mas sob sigilo. É provável que nos próximos dias ambos convidem o ex-presidente Ilídio Lico, que sucedeu Da Lupa, para esclarecimentos.

Lico afirmou ao jornal Diário de S.Paulo, em entrevista publicada na última terça-feira, que o Fluminense e a Unimed, antiga patrocinadora do clube carioca, estariam por trás do caso – Héverton, suspenso, entrou em campo contra o Grêmio e fez com que a Portuguesa perdesse quatro pontos no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), o que tirou o Tricolor do grupo de rebaixados e colocou a Lusa no lugar.

Pouco depois, ao Fox Sports, declarou ter sido mal interpretado. O GloboEsporte.com procurou o ex-presidente nesta quarta, mas ele se recusou a falar sobre o episódio – disse que pretende se explicar através de uma nota oficial.

Investigado, Da Lupa enviou a Senise pedido para que Lico seja convocado a prestar depoimento após as declarações. Ele também encaminhou ao senador Romário documentos para que o “caso Héverton” seja incluído nas apurações da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Futebol, proposta pelo ex-atacante.


Animado no Flamengo, Sheik dá recado: "No final do ano a torcida vai sorrir"



Aos 36 anos, Emerson Sheik garante que tem muito gás para ajudar o Flamengo e foi com esse espírito que o atacante se apresentou ao clube, nesta quarta-feira, quando garantiu que não voltou a passeio. A motivação apareceu a todo momento no discurso do jogador, que está em sua segunda passagem pela Gávea e, embora tenha assinado um contrato curto (até 31 de dezembro), garantiu que fará a torcida feliz.
 
- O que marca o jogador são títulos, e venho com esse pensamento, de agregar, fazer bons jogos, de passar tudo o que vivi nas conquistas, mas dentro de campo estar presente, poder ser participativo. Estou confiante para caramba e tenho certeza que no final do ano a torcida do Flamengo vai sorrir - disse, em entrevista ao "Seleção SporTV".

Emerson Sheik apresentação (Foto: Paulo Campos / Estadão Conteúdo) 
Emerson Sheik declarou amor ao clube carioca ao ser apresentado (Foto: Paulo Campos / Estadão Conteúdo)

Na primeira passagem, em 2009, Emerson participou das conquistas do Carioca e do Campeonato Brasileiro. Quando chegou, não era tão conhecido e, após muitas andanças e conquistas importantes, como a Libertadores e o Mundial pelo Timão (2012), ele agradece ao clube pela oportunidade de voltar.

- O sentimento é igualzinho, talvez o que muda é o fato do Flamengo ser o primeiro clube a me recontratar. Voltei para o Corinthians, mas saí em empréstimo. Acho que a emoção é difícil comparar. Estou feliz pra caramba, de coração, de verdade (...) Estou extremamente feliz, é um lugar que tenho carinho e respeito muito grande, vou estar perto da minha família, dos amigos, e tenho uma identificação muito grande com o torcedor. Estou cheio de planos para temporada, espero que pelo menos um desses consiga realizar - completou.

Como vinha treinando no Corinthians, Emerson garante que está preparado para estrear com a camisa rubro-negra, o que depende de regularização. O atacante diz que pretende ter uma conversa com o técnico Cristóvão Borges e não descartou entrar em campo já no sábado, às 16h30, contra o Atlético-MG, no Maracanã.