Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 27 de junho de 2015

Samir condena erros individuais no Flamengo e faz mea-culpa: "Chateado"


O que a comissão técnica mais tem feito no Flamengo é tentar desvendar razões para os maus resultados do time no Campeonato Brasileiro. Houve uma pequena melhora nas últimas rodadas, mas ainda longe do ideal. Para o zagueiro Samir, os erros individuais são o principal motivo para a equipe não estar conseguindo subir muito de produção. E ele faz mea-culpa, afinal, foi do camisa 4 o gol conta que abriu o caminho para o Atlético-MG vencer o jogo no Maracanã por 2 a 0 no sábado passado.

- A gente está pecando em alguns lances, mais no lado individual. Aconteceu comigo no jogo passado. Esse tipo de jogada vem atrapalhando a gente. Nós estamos bem concentrados agora, mais do que nunca, para que esses erros não voltem a acontecer. A gente vai dar a volta por cima e sair com o resultado positivo, que é o que o grupo mais quer - declarou.

Samir é titular da zaga ao lado de Wallace (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) 
Samir é titular da zaga ao lado de Wallace (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Samir contou ter ficado muito triste com o lance, mas logo levantou a cabeça por conta do apoio que ganhou dos companheiros de equipe durante a partida.

- Fiquei chateado por ter acontecido essa fatalidade comigo. No meu modo de ver não foi um erro normal. Os meus companheiros me abraçaram no vestiário, me deram apoio. Eles sabem da minha capacidade e da minha qualidade, sabem que posso contribuir. Tive paciência e tranquilidade para dar a volta por cima e seguir bem no jogo.

Samir, como todos os outros jogadores, também teve motivo para sorrir neste sábado, com a calorosa recepção da torcida rubro-negra em Cuiabá. O zagueiro foi só elogios.

- Os torcedores do Flamengo estão com a gente na tristeza e na felicidade. Aqui não é diferente. É a segunda vez que venho aqui com o Flamengo, já vim também com a seleção sub-20, quando tive o mesmo calor da torcida rubro-negra. A gente fica feliz de ter esse calor da torcida. Isso é muito importante para que a gente possa dar a volta por cima.

O Flamengo volta a campo neste domingo, às 18h30 (de Brasília, 17h30 locais), no clássico com o Vasco, na Arena Pantanal, em Cuiabá, pela nona rodada do Brasileirão. Os dois times estão no zona de rebaixamento da competição e precisam muito da vitória.

Treino do Flamengo em Cuiabá - 27/06/2015









Flamengo retribui carinho da torcida em treino aberto na Arena Pantanal

O calor transmitido pela torcida na chegada do Flamengo a Cuiabá, na noite de sexta, repetiu-se na manhã deste sábado, em treino aberto ao público realizado na Arena Pantanal. Com a temperatura amena (30°C) para os padrões da cidade, cerca de mil pessoas foram ao estádio apoiar o time, que se encontra na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, e tiveram o carinho retribuído pelos jogadores ao fim da atividade. Eles distribuíram autógrafos e tiraram fotos com diversos torcedores, tanto os que estavam na arquibancada quanto os que tinham passe livre em parte do gramado. Os mais requisitados foram Emerson Sheik, Everton e o goleiro César.

Everton com a torcida do Flamengo na Arena Pantanal (Foto: Ivan Raupp) 
Everton foi até a arquibancada para atender aos torcedores do Flamengo na Arena Pantanal (Foto: Ivan Raupp)


Em campo, o técnico Cristóvão Borges desistiu de comandar um treino tático, já que a atividade era aberta, e optou por um recreativo de dois toques, com o elenco dividido em dois times que não indicavam titularidade. Com moral no grupo, Gabriel pegou uma pilha de coletes e escolheu todos os integrantes de sua equipe. Alguns bonitos lances se destacaram e levantaram a torcida, como os belos chutes de longe de Paulinho e Arthur Maia que bateram no travessão. Já quando Eduardo da Silva errou finalização na cara do gol, também não faltaram reclamações para ele.

Elenco aprova gramado

O gramado da Arena Pantanal mostrou boas condições, segundo o porta-voz do elenco rubro-negro neste sábado, Samir, que também aprovou o estádio em si.

- O estádio está conservado, está bom. O gramado está em excelente condição de jogo. A gente espera apresentar um belo espetáculo aqui - disse o zagueiro.

Treino Flamengo Arena Pantanal (Foto: Ivan Raupp)Jogadores do Flamengo elogiaram o gramado da Arena Pantanal após o treino deste sábado (Foto: Ivan Raupp)

O Flamengo enfrenta o rival Vasco, lanterna do Brasileirão, em duelo neste domingo, às 18h30 (de Brasília, 17h30 locais), na Arena Pantanal, em Cuiabá. Os dois clubes integram o Z-4 da competição ao lado de Coritiba e Joinville. Pelo pouco que Cristóvão mostrou durante a semana, o Rubro-Negro deve ir a campo com César, Luiz Antonio, Wallace, Samir e Anderson Pico; Jonas, Márcio Araújo e Canteros; Emerson Sheik, Eduardo da Silva e Everton. Há a possibilidade ainda de Alan Patrick ser escalado como titular.

Torcida imbecil

 
Domingo, 28 de junho

Flamengo vence o vasco


Segunda-feira, 29 de junho 

Eurico Miranda concede entrevista coletiva ao vivo!

O vasco está contratando Garrincha!!!!

Armero se coloca à disposição para jogar primeiro Clássico dos Milhões

O Flamengo pode ganhar o reforço de Pablo Armero para o jogo contra o Vasco, neste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena Pantanal, pela 9ª rodada do Brasileirão. O lateral-esquerdo, que disputaria o seu primeiro Clássico dos Milhões, colocou-se à disposição do técnico Cristóvão Borges na zona mista após a eliminação da Colômbia para a Argentina na Copa América, na última sexta-feira, em Viña del Mar.

Armero depende da logística a ser definida entre a Federação Colombiana e o Flamengo. Cansado ele não está – ficou no banco de reservas durante todo o empate por 0 a 0, que terminou com vitória dos argentinos nos pênaltis, por 5 a 4 (veja acima os melhores momentos).

Armero Colômbia Venezuela (Foto: AP) 
Armero jogou todas na fase de grupos, mas não pegou a Argentina e deu adeus à Copa América com a Colômbia (Foto: AP)
- Agora vamos ver com a Federação Colombiana. Ela vai decidir com o meu time o que vou fazer. Se vou no sábado ou no domingo. Sou do Flamengo, é a posição do professor. Se ele quiser contar comigo estou à disposição – disse o colombiano.

Armero até agora atuou em apenas três partidas com a camisa rubro-negra. Seu único clássico foi diante do Fluminense - derrota por 3 a 2 no Maracanã. Na sua ausência, o destro Pará vinha sendo improvisado na posição.



Flamengo é recebido por multidão em Cuiabá e tem trabalho para sair do aeroporto


Cerca de 500 torcedores estiveram no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Cuiabá, para receber o Flamengo na noite desta sexta-feira. Ansioso pela chegada dos jogadores e da comissão técnica, o grupo gritou e cantou músicas para embalar o time, que está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e enfrenta o vasco sanitário neste domingo, na Arena Pantanal.

A grande quantidade de gente também deu trabalho ao Flamengo. A princípio estava prevista a saída do ônibus direto de dentro do aeroporto, mas dirigentes optaram por passar pelo saguão, em contato direto com a torcida. Só que, como o policiamento era pouco no local, os próprios torcedores tiveram de abrir um corredor para a passagem dos atletas, para evitar que retomassem a ideia inicial de não passar no saguão. Isso levou alguns minutos.

Capitão Wallace passa pelo corredor formado por torcedores (Foto: Ivan Raupp) 
Capitão Wallace passa pelo corredor formado por torcedores (Foto: Ivan Raupp)

- É importante ter esse calor do torcedor, sem importar a cidade em que estamos. Tenho certeza que isso fará o Flamengo sair dessa zona incômoda, com a vitória no clássico com o Vasco - disse Anderson Pico, que ficou um minuto para trás por conta da entrevista, o suficiente para que torcedores o cercassem, ávidos por fotos, e dificultassem sua chegada ao ônibus da delegação.

Num momento curioso, enquanto pedia a compreensão de torcedores, o diretor executivo de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, ouviu um pedido insistente de um rubro-negro.

- Vende o Mugni! Vende o Mugni! - disse o torcedor, botando para fora seu descontentamento com o meia que nem viajou para Cuiabá e pode ser negociado com o Newell's Old Boys-ARG.

Ônibus do Flamengo rodeado por torcedores do lado de fora do aeroporto (Foto: Ivan Raupp) 
Ônibus do Flamengo rodeado por torcedores do lado de fora do aeroporto (Foto: Ivan Raupp)

O Flamengo treina na Arena Pantanal na manhã deste sábado, às 11h (de Brasília, 10h no horário local). No domingo, às 18h30 (também de Brasília), enfrenta o rival Vasco, lanterna do Brasileirão, pela nona rodada do torneio.


sexta-feira, 26 de junho de 2015

Presidente do Flamengo conversa com grupo de torcida organizada na Gávea e pede apoio ao time

Conversa aconteceu na sede da Gávea
Conversa aconteceu na sede da Gávea Foto: Diogo Dantas/Extra

Após o treino desta sexta-feira, na sede da Gávea, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, conversou por cerca de cinco minutos com integrantes de uma torcida organizada do clube. No encontro, Bandeira pediu aos integrantes que apoiem o time nos próximos jogos, em especial o lateral Pará.

Bandeira conversou com o grupo e, em seguida, deixou a sede do clube acompanhado por dois seguranças. O pedido foi feito em meio ao complicado momento que o time vive no Brasileiro.

O elenco treinou nesta sexta e seguiu para Cuiabá, palco do jogo contra o vasco, no próximo domingo, na Arena Cuiabá.

Confira os relacionados para Flamengo x vasco




Após o treino desta sexta-feira (26.06), na sede social da Gávea, o técnico Cristóvão Borges definiu os relacionados para o jogo contra o Vasco, na Arena Pantanal, em Cuiabá, válido pela nona rodada do Brasileirão. A partida será neste domingo (28.06), às 18h30.

O Flamengo está ficando cada vez mais forte, com contratações possíveis graças ao Programa Nação Rubro-Negra. Se você quer participar desse movimento e ainda contar com descontos e promoções exclusivas, se torne agora sócio-torcedorClique aqui e entre para o time.

Confira os relacionados:

Goleiros
Cesar, Daniel
Zagueiros
Frauches, Marcelo, Samir, Wallace
Laterais
Ayrton, Anderson Pico, Pará, Jorge
Volantes
Canteros, Jonas, Luiz Antonio, Márcio Araújo
Meias
Alan Patrick, Arthur Maia, Éverton, Jajá
Atacantes
Eduardo, Gabriel, Marcelo Cirino, Paulinho, Emerson Sheik


Depois de polêmica, clube americano não conta com retorno de Léo Moura


Diante da polêmica que Léo Moura protagonizou nos últimos dias, o Fort Lauderdale Strikers não tem esperança de que ele vá retornar aos Estados Unidos para a sequência da temporada da NASL, liga secundária do país. A assessoria de imprensa da equipe baseada na Flórida afirmou que o lateral-direito ainda está sob contrato, mas admitiu que o clube tem dúvidas sobre sua volta. O ex-jogador do Flamengo negociou com o vasco e chegou a acertar com o Coritiba, mas uma regra da Fifa o impede de defender o time paranaense em 2015.

- Léo Moura ainda está sob contrato com os Strikers, então algo além disso é apenas especulação, que não vamos comentar... Mas vou ser honesto com você: não posso afirmar que ele vai voltar... - declarou o diretor de comunicação, Steven Bernasconi, por telefone.

twitter amistoso boca juniors x fort lauderdale strikers (Foto: Reprodução / Twitter) 
Twitter dos Strikers traz Léo Moura em imagem promocional do amistoso com o Boca (Foto: Reprodução / Twitter)
 
Os jogadores dos Strikers estão de folga desde que enfrentaram a Ponte Preta no último sábado, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O próximo compromisso da equipe está marcado para a próxima quarta-feira, em Fort Lauderdale: amistoso com o Boca Juniors, que está realizando um período de treinos nos Estados Unidos. Apesar de dizer que o clube espera ter Léo Moura em campo, Steven revelou que o lateral não tem dia definido para retornar à Flórida.

Léo Moura camisa Coritiba (Foto: Reprodução SporTV)- Esse é o planejado (jogar contra o Boca). Ele está no Brasil no momento, mas ainda é membro do nosso time.

O único clube que Léo Moura pode defender no Brasil, ainda em 2015, é o Flamengo. Segundo o parágrafo 3 do artigo 5 do Regulamento de Transferências da Fifa, um atleta só pode atuar em dois clubes durante uma mesma temporada. Para a Fifa, temporada “é o período iniciado com a primeira partida oficial do campeonato nacional relevante, com o término na última partida deste mesmo campeonato".

Léo defendeu o Flamengo na Copa do Brasil - contra o Brasil-RS no dia 25 de fevereiro - e o Strikers na NASL, que seria considerado um campeonato oficial pela Fifa. Ou seja, se o lateral só tivesse atuado no Carioca, a transferência estaria liberada.

O ex-capitão do Flamengo estreou pelo time de Fort Lauderdale em abril, é o dono da camisa 10, atua como meia e era o principal nome do projeto do time em 2015. Um dos sócios da equipe é Ronaldo Fenômeno, que chegou a anunciar que voltaria aos gramados se a equipe passar para os playoffs. Porém, os Strikers começaram mal a temporada: terminaram o primeiro turno em oitavo lugar - de 11 clubes - com 11 pontos (o líder New York Cosmos somou 20).

Vale lembrar que a NASL é uma liga secundária nos Estados Unidos. Apesar de contar com Raúl (ex-Real Madrid) no Cosmos, o campeonato é de menor orçamento e importância em relação à principal MLS, onde atuam nomes como Kaká (Orlando City), Gerrard (Los Angeles Galaxy), David Villa e Lampard (New York City FC). 

Hat-trick de Guerrero anima o Flamengo antes de clássico


Guerrero comemora gol Peru x Bolívia (Foto: Reuters/Jorge Adorno)
Um bom desempenho do Peru na Copa América significa que o Flamengo precisará esperar um pouco mais para ver em campo sua maior contratação do ano. Mas os três gols marcados pelo atacante na última quinta-feira, na vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia, pelas quartas de final, empolgaram o Rubro-Negro. O técnico Cristóvão Borges também mostrou-se entusiasmado com o desempenho do camisa 9.

Por conta de um acordo entre as diretorias, Guerrero não vai será liberado para enfrentar o Corinthians, dia 12 de julho, pelo Campeonato Brasileiro. O Flamengo ainda analisa quando vai promover a estreia do atacante peruano, numa decisão que será de ordem técnica, mas também terá a participação do departamento de marketing. Há a chance de ser contra o Grêmio, 18 de julho, no Maracanã.

Cristóvão enalteceu a atuação de Guerrero contra a Bolívia e minimizou o fato de não poder contar com o atacante contra o Corinthians.

- Ficamos muito contentes, vibrando com a atuação do Guerrero ontem. Em relação ao jogo contra o Corinthians, existe esse entendimento, mas o Brasileiro tem 38 rodadas. Se ele realmente não puder jogar, terão outros jogos - disse.

Mas enquanto Guerrero não chega, Cristóvão sabe que precisa arrumar a equipe para buscar uma vitória que tire o Flamengo da zona de rebaixamento. E quando se trata de um clássico contra o Vasco, o treinador admite que a responsabilidade é ainda maior, principalmente quando o rival está em situação semelhante.

- Na situação em que as duas equipes se encontram, a necessidade de vitória é muito grande. É um clássico de grande rivalidade e, independentemente de onde for disputado, o equilíbrio é o que vai nortear o jogo. O vitorioso sai muito fortalecido, seja em qualquer posição em que ficar na tabela. A vitória é urgência das duas equipes - analisou.

Arena da Amazônia pode receber Flamengo x Santos pelo Brasileirão, diz gestor


Assim como no ano passado, a Arena da Amazônia, estádio de Manaus que recebeu quatro jogos da Copa do Mundo, deve abrigar jogos da Série A do Brasileirão neste ano. Segundo a administração do estádio amazonense, as negociações com Flamengo e Santos estão avançadas. A proposta é sediar os dois confrontos entre as equipes na capital amazonense, um válido pela 16ª rodada, no dia 02 de agosto, e outro pela 35ª, no dia 18 de novembro. 

Arena da Amazônia pode receber duelos entre Santos e Flamengo (Foto: Roberto Carlos/Secom)
 
Em anúncio feito na manhã desta sexta, Aly Almeida, presidente da Fundação Vila Olímpica, que gerencia a Arena, afirmou que, até a próxima semana, os contratos serão assinados. 

- A arena vai ser novamente palco de jogos da Série A. Estamos com muitos contratos em pauta e negociação para a Arena. Agora dia 02 de agosto, vai ter a rodada com um jogo entre Santos e Flamengo. Eu devo assinar esse o contrato semana que vem. Mas já estamos em conversa há um tempo. Eles (clubes) já reservaram data e definiram horários. Semana que vem está fechado - explicou.

Ao fim, Aly esclarece que o jogo para o dia 02 de agosto, que tem o mando de campo do Flamengo, ainda passa por negociação. Já o do dia 18, com mando do Santos, está confirmado.

Por meio da assessoria de imprensa, o Santos informou que ainda não nada assinado, mas que o presidente Modesto Roma Júnior confirmou a possibilidade de mandar jogo na Arena da Amazônia. 

Já o diretor de marketing do Flamengo, Bruno Spindel, evitou comentar o assunto. Por telefone, Spindel garantiu que "não está tratando do assunto".

Cristóvão testa três volantes e Pico antes de jogo contra o vasco


Treino Fla Gávea (Foto: Gustavo Rotstein/ GloboEsporte.com)
O Flamengo optou pela Gávea para fazer seu último treino no Rio de Janeiro antes de enfrentar o Vasco. Assim, trocou a privacidade do Ninho do Urubu pelo calor da torcida em sua sede, onde, nem que quisesse, Cristóvão Borges poderia fazer mistério. Na atividade realizada nesta sexta-feira, com a presença de cerca de 150 rubro-negros, o treinador ensaiou uma formação com três volantes – Jonas, Márcio Araújo e Canteros – e três atacantes para o clássico deste domingo, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Outra novidade foi a entrada de Anderson Pico na lateral esquerda, substituindo Pará, que foi criticado por alguns torcedores que acompanharam a atividade na Gávea. No entanto, o pedido dos rubro-negros era por uma chance a Jorge, prata da casa, que recentemente disputou o Mundial Sub-20.

Se na defesa a tática ficou clara, no ataque ainda há posições em aberto. A principal indicação é que o trio ofensivo seja composto por Everton, Emerson Sheik e Eduardo da Silva. No entanto, Marcelo Cirino, na frente, e Alan Patrick, no meio, podem ter uma chance.

- Estou acompanhando o Celso (Roth) e com certeza ele está me acompanhando. Sei que ele tem o time quase definido e eu também não tenho o time totalmente definido. Vamos ficar nesse jogo de espera. Mistério não ganha jogo, mas pode ajudar. Faz com que o adversário fique na dúvida em relação à estratégia de jogo - disse Cristóvão.

Depois de dar um susto durante a semana com uma torção no tornozelo, Gabriel fez mais um dia de treinos sem limitações, mas ficou entre os reservas. O meia Lucas Mugni sequer esteve na Gávea. Ele foi liberado para resolver questões particulares e pode acertar com um clube da Argentina. Segundo o diretor Rodrigo Caetano, entretanto, não existe qualquer negociação do Flamengo em curso pelo atleta. Ex-jogador rubro-negro, Renato Abreu esteve na Gávea visitando antigos companheiros.

Flamengo confirma acordo por Guerrero, mas espera usar Sheik contra o Corinthians


O Flamengo confirmou ter feito com o Corinthians um acordo para que Guerrero não enfrente seu ex-clube na partida do próximo dia 12, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. No entanto, segundo dirigentes rubro-negros, o caso de Emerson ainda será discutido futuramente. Dessa forma, o Flamengo tem esperança de utilizar o Sheik na partida. O assunto ainda será debatido com os corintianos.

O acordo entre os dois clubes não está no papel, mas o assunto foi tema das conversas para liberação da dupla de atacantes. Em relação a Guerrero, o Flamengo concordou prontamente. Já em relação a Emerson, o clube alega que não há uma definição e que, assim, ainda existe chance de enfrentar o Corinthians no Maracanã. No entanto, de acordo com o presidente corintiano, os dois atacantes não enfrentarão o Flamengo.

- Caso nada mude, vai permanecer o acordo das palavras dos presidentes dos dois clubes. Foi feita uma solicitação pelo fato de que naquele momento os dois jogadores ainda terem contrato com o Corinthians. Tudo para que eles viessem mais rápido para cá e para que a negociação tivesse um desenrolar mais rápido. Em relação ao Emerson, a conversa ainda não ficou sacramentada - disse o diretor de futebol Rodrigo Caetano.

A saída de Guerrero e Emerson foi facilitada do Corinthians e acertaram seus contratos com o clube carioca antes do fim de seus contratos. Guerrero tinha vínculo até 15 de julho; Emerson estava ligado ao Timão até o dia 31 do mesmo mês.

Como o Corinthians antecipou a rescisão de Guerrero e Sheik, o clube se sentiu confortável para fazer o pedido. Emerson estreou pelo Flamengo na derrota para o Atlético-MG, domingo passado. Guerrero disputa a Copa América pela seleção do Peru e se apresenta ao clube rubro-negro depois da competição.

Por que é natural que Corinthians e Palmeiras tenham mais sócios que o Flamengo

CARROSSEL - Torcidas público Flamengo e CorinthiansPalmeiras e Corinthians têm, cada um, o dobro de sócios-torcedores do Flamengo. É absolutamente natural que isso aconteça, apesar de flamenguistas serem maioria no Brasil, por uma característica de programas desta natureza: associa-se quem está por perto.

Ninguém põe em dúvida que o Barcelona é um time de futebol global. E mesmo assim 39% dos 153.458 associados ao término da temporada 2013/2014 estavam na cidade de Barcelona, enquanto outros 52% estavam no restante da região da Catalunha. Mal comparando, 91% dos sócios do Barça estão no "estado" de origem.

Assim funciona no Brasil. Atlético-MG e Cruzeiro têm 95% dos sócios cada em Minas Gerais. O Internacional tem 91%, e o Grêmio, 88%, no Rio Grande do Sul. Em São Paulo, a ordem é Corinthians (95%), Santos (92,5%), Palmeiras (89%) e São Paulo (83%). A proporção só muda no estado do Rio de Janeiro, onde Vasco (85%), Botafogo (76%), Flamengo (70%) e Fluminense (65%) têm percentuais mais baixos, explicados pelas bases de torcedores formadas em outras regiões devido às transmissões nacionais de longa data de televisão e rádio.

Aí a conta é simples: conseguem mais sócios-torcedores os clubes não só de maior torcida, mas cujas bases de fãs estão concentradas em regiões mais populosas. São Paulo tem 44 milhões de habitantes. O Rio de Janeiro, "só" 16,4 milhões. A menos que Corinthians, Palmeiras e também o São Paulo façam gestões desastrosas, é sempre provável que o trio paulista seja numericamente superior ao Flamengo.

Esta natureza dos programas de associação torna muito mais complexo o trabalho do Flamengo. A começar porque o Maracanã, estádio no qual joga com maior frequência, pode ser usado para atrair apenas associados na cidade do Rio e nos arredores. Quanto mais distante está o torcedor, menos vezes ele vai assistir a partidas, menor o valor de um desconto ou uma preferência na compra de ingresso na mente dele como consumidor. Depois, formar uma rede de benefícios e convênios é muito mais difícil se ela precisa englobar Rio, Brasília, Norte e Nordeste do que somente São Paulo, Rio Grande do Sul ou Minas Gerais, como é o caso de todos os demais adversários dos cariocas no país.

Um caminho para cariocas é fundar "consulados", "embaixadas", como queira chamar, em regiões afastadas com muitos torcedores. Criar produtos licenciados personalizados para aquela região. Levar atletas de vez em quando para experiências aos associados. Mas são todas contrapartidas complementares. O plano mais ousado, e provavelmente mais efetivo, seria negociar contrato com um estádio nordestino, um dos reformados para a Copa do Mundo, e assegurar à torcida que o time com certeza fará dois ou três jogos lá por temporada contra adversários locais. Dada a periodicidade de uma ocasião assim, preferência e desconto no ingresso seriam contrapartidas inigualáveis. O problema é que, no futebol, tudo que envolve trabalho conjunto dos departamentos de futebol e marketing pena a sair.


+ Baixe o relatório Sócios e Torcedores e compare dados – números de sócios-torcedores, critérios para inadimplência, receitas, divisão geográfica e por sexo do quadro social, aproveitamento dentro do próprio estado, frequência de associados em estádios  – dos 12 clubes mais populares do Brasil.

Sheik e Guerrero podem ficar fora de jogo do Flamengo contra o Corinthians


 A presença da dupla Sheik e Guerrero no Flamengo para o jogo contra o Corinthians pode ainda não estar garantida. Isso porque a diretoria do Timão fez uma solicitação ao presidente Eduardo Bandeira de Mello. A decisão, portanto, será analisada por ambas as partes mais perto da partida, que ocorre no dia 12 de julho, no Maracanã, válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. A informação foi publicada pela ESPN.

- Existe uma solicitação, sim, somente para o jogo de julho, por conta dos acordos com os atletas. Acho pouco provável que não se chegue a um acordo sobre isso - disse Rodrigo Caetano. O gerente de futebol do Corinthians Edu Gaspar também confirmou o panorama.

Guerrero marcou três vezes e foi importante na classificação peruana diante da Bolívia. O atacante ainda não foi apresentado oficialmente pelo Flamengo, e não teve o nome inscrito no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Guerrero foi anunciado como novo reforço do Flamengo no dia 29 de maio, porém, o atleta, que pertencia ao Timão, seguiu direto para o Chile para a disputa da Copa América pelo Peru.

Já Emerson Sheik foi apresentado no Flamengo na última semana, e já estreou pelo Mengão, diante do Atlético-MG, no Maracanã.

Veja os clubes que nunca caíram

Cruzeiro, Flamengo e Internacional jogaram todas as edições desde 1971 

Desde 1971, apenas Cruzeiro, Flamengo, Internacional, São Paulo e Santos nunca foram rebaixados, sendo que os paulistas não jogaram em 1979 por divergências com a organização do torneio.

Sheik lamenta clássico fora do Rio: "Triste, jogo que o carioca curte tanto"


Emerson Sheik (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Emerson Sheik disputará seu primeiro Flamengo x vasco. Nunca perdeu um clássico pelo Flamengo, mas também não venceu muitos. São dois triunfos, um sobre Fluminense e outro em cima do Botafogo, e sete empates (quatro com o Flu). E o atacante não escondeu a decepção por sua estreia no confronto de maior rivalidade do Rio de Janeiro acontecer fora da cidade - o jogo está marcado para Cuiabá, às 18h30 (de Brasília).

- Uma pena, não é? Triste. É um clássico que o carioca curte tanto, não sei os motivos disso (o vasco optou pela transferência visando lucro), mas se o jogo fosse na Índia, eu estaria amarradão de ir. Só que não (risos). Uma pena que não seja no Rio para o carioca, verdadeiro torcedor que está prestigiando e desfrutando sempre, não acompanhar. Mas certamente terão outros torcedores com muito amor pelas duas equipes na Arena Pantanal - disse.

Perguntado se a mudança do local altera o planejamento ou a motivação das equipes, o atacante negou e citou apenas o campo como fator diferencial.

- Acho que não muda nada. O foco é o mesmo, o pensamento é o mesmo. Só o campo, talvez por não ser um campo em que a gente joga ou treina. Mas não muda nada.

O Fla é o 17º colocado, com sete pontos, quatro a mais do que o vasco, lanterna da competição.

Sorte no jogo e no amor: assistido por amuleto, Guerrero brilha rumo ao Flamengo


Bola do jogo debaixo do braço, dada pelo árbitro da partida por causa do seu hat-trick, Paolo Guerrero não teve pressa para deixar a zona mista do estádio Germán Becker, na amena noite de quinta-feira em Temuco, sul do Chile. Queria curtir o momento. Afinal, quase três meses de jejum é demais para um artilheiro como ele. Calmamente, levou suas dezenas de tatuagens a cada canto do caminho repleto de jornalistas ansiosos pelas suas impressões da vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia que classificou o Peru para as semifinais da Copa América.

Guerrero comemora gol Peru x Bolívia (Foto: Reuters/Jorge Adorno)Na expectativa também estavam os torcedores do Flamengo. Contratado pouco antes do início da Copa América, Guerrero adiou um pouco mais sua estreia com a camisa do novo clube. Se no começo do torneio até era alvo de "secação", para ser eliminado e deixar logo a disputa, agora, como vai ficar mesmo até o primeiro fim de semana de julho, deve ganhar apoio para que brilhe mais e chegue embalado de vez na Gávea. Questionado se tinha um recado para os rubro-negros ansiosos pela estreia, fez o discurso de ídolo, mas deixando claro que, por ora, está focado na defesa do seu país.

- Grande abraço para toda a torcida do Flamengo. Espero estar rapidamente lá e começar a jogar, estrear logo - disse o atacante, explicando depois se poderia emendar a Copa América no Brasileiro. - Vou tentar fazer isso. Lógico que estou aqui ainda, não estou pensando no Flamengo, estou com a minha seleção. Nosso objetivo é chegar na final. Depois, quando chegar lá, começar a jogar, que é o que mais quero - completou.

De bem novamente com a rede, Guerrero desfruta de sorte no amor também. Da tribuna, teve a torcida mais do que especial da sua namorada, a modelo peruana Alondra García Miró, considerada um amuleto pelo jogador. No Chile há três dias, a amada do atacante trouxe mesmo a boa fase de volta. Com os três gols, o atacante chegou a 25 e ficou a um de se igualar a Cubillas como o maior artilheiro de sua seleção.

Guerrero namorada Alondra García Miró Peru x Bolívia (Foto: Reuters) 
Amor é lindo: Guerrero beija mão na comemoração, e namorada Alondra García Miró sorri no Peru x Bolívia (Foto: Reuters)

O hat-trick é reflexo não só do alto astral fora do campo, mas da liberdade que teve pela primeira vez dentro das quatro linhas nesta Copa América. Em 90 minutos na noite de quinta, teve muito mais espaço e chance para marcar do que nos 270 anteriores da primeira fase do torneio. Na derrota para o Brasil por 2 a 1, finalizou uma vez. Na vitória sobre a Venezuela por 1 a 0, dobrou para duas conclusões. No empate em 0 a 0 com a Colômbia, voltou a ter duas. Contra a Bolívia, conseguiu tentar 11 vezes botar a bola na rede, acertando quatro vezes a meta, incluindo os três gols.

Além disso, ainda deixou os companheiros em boas condições a concluir, dando quatro assistências. Uma delas, quase no fim, num passe em que fez uma certa firula, botando o pé sobre a bola e tocando por baixo com o outro. Atitude que irritou os bolivianos, mas que, garante Guerrero, ficou dentro de campo, apesar de grande usão causada e encarada de frente pelo atacante.

Desse jeito, difícil ter receio de qualquer adversário que venha pela frente. Mesmo que seja o anfitrião Chile, não é?

- Eles atacam muito bem. Temos que aproveitar nossa velocidade na frente. O Chile joga muito bem, nós também. Então, vai ser importante estarmos concentrados em todas as nossas linhas para não corrermos riscos e irmo à frente para matar o jogo.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Paolo Guerrero(Flamengo) 3 x 1 Bolívia


Guerrero desencanta, Peru elimina Bolívia e enfrenta Chile nas semifinais

O Flamenguista marcou três vezes e garantiu a vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia - Marcelo Moreno descontou de pênalti -, na noite desta quinta-feira, no estádio Germán Becker, em Temuco.




Com aprovação parcial da CET-Rio, Flamengo dá novo passo por arena multiuso


Depois de uma reunião realizada nesta quinta-feira na Secretaria de Urbanismo e com a aprovação parcial da CET-Rio, órgão que cuida do tráfego na cidade, o Flamengo deu mais um passo para iniciar as obras de sua arena multiuso na Gávea. Segundo o vice-presidente de espores olímpicos do clube, Alexandre Póvoa, o projeto, com ajustes, será entregue nesta sexta-feira ao Corpo de Bombeiros, ao Patrimônio Histórico do Rio e à Secretaria de Meio Ambiente para conseguir os documentos exigidos para a liberação do alvará.

O Flamengo vem contando com a ajuda do secretário de Esportes do Rio de Janeiro e ex-diretor de futebol do clube, Marcos Braz, para convencer os órgãos responsáveis da viabilidade do projeto. O prefeito Eduardo Paes também vem colaborando. Uma reunião com a CET-Rio será agendada para entender as exigências feitas para a aprovação total.

Projeto Arena Multiuso Gávea Flamengo (Foto: Divulgação) 
Projeto da arena multiuso do Flamengo, que será construída na Gávea (Foto: Divulgação)

- A CET-Rio aprovou o projeto, mas somente mediante aquelas famosas recomendações. De todas elas, apenas uma é complicada e discutiremos com eles. Faz parte do processo. Estivemos, eu e o Wallim (Vasconcellos, vice de patrimônio do clube), junto com o Marcos Braz na Secretaria de Urbanismo. Amanhã (sexta-feira), entraremos com o projeto já com alguns ajustes no Patrimônio Histórico, Corpo de Bombeiros e Meio Ambiente, que são os órgãos que faltam aprovar. O importante é que a coisa voltou a andar. Dada a ajuda do Marcos Braz, da Casa Civil e a renovada declaração do prefeito em tentar viabilizar para que o ginásio fique pronto até as Olimpíadas, estamos fazendo de tudo para acontecer. Ano passado fomos campeões mundiais de basquete. Nesse ano, o nosso campeonato mundial é esse, viabilizar a casa do Flamengo para os esportes olímpicos - disse Póvoa ao GloboEsporte.com.

O dirigente explicou algumas exigências feitas pela CET-Rio, mas não se aprofundou no assunto, preferindo deixar para o encontro com os responsáveis pelo órgão a discussão. No entanto, ele acredita que esteja perto de um final feliz para esta etapa do processo de construção da arena, que terá capacidade para 3.500 pessoas e custará R$ 25 milhões, em um investimento que será feito por uma rede de lanchonetes.

Arena Multiuso do Flamengo (Foto: Divulgação)- As recomendações são relativas, basicamente, a que o Flamengo fique responsável por diversos tipos de sinalizações e placas no entorno e outras coisas tópicas que temos totais condições e interesse de atender. Os poucos pontos a serem esclarecidos, prefiro não citar, porque nem conversamos com a CET-Rio ainda depois que recebemos o documento de aprovação. Precisamos fornecer a eles alguns detalhes do projeto que talvez não tenham levado em consideração. Vamos marcar uma reunião. Não seria ético falar antes. Mas eles fizeram um excelente trabalho de análise e temos certeza que, com bom senso,  vamos resolver tudo para que viabilizemos o ginásio que será espetacular não somente para o Flamengo como para a cidade do Rio, sem prejudicar em nada o trânsito. Diria que na CET-Rio, conseguimos chegar perto do final, vamos ver - explicou o dirigente.

A intenção de todos os envolvidos é de que a arena possa ser usada como palco de preparação e amistosos de equipes olímpicas. A previsão é de que a obra dure oito meses. O Flamengo já tem uma parceria com o Comitê Olímpico dos Estados Unidos para os Jogos do Rio no ano que vem.

- O Urbanismo é o órgão final que aprova todas as novas edificações do Rio. Eles reúnem todas as aprovações de todos os órgãos, analisa e emite o alvará final para a conclusão da obra. Fomos lá apresentar tudo que já fizemos e apenas checar o que ainda falta para eles terem condições de analisar e emitir o alvará. Diante das orientações, estamos providenciando o resto de burocracia pedida por eles. A luta continua - afirmou Póvoa.

Na mira do Newell's, Mugni não segue com o Flamengo para Cuiabá


Lucas Mugni (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
O Flamengo treina na Gávea nesta sexta-feira, às 14h30, e em seguida viaja para Cuiabá, onde enfrentará o Vasco, no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília). Lucas Mugni, que interessa ao Newell's Old Boys, está fora da relação e segue para a terra natal, Santa Fé.

Embora Mugni esteja na mira do Newell's, o estafe do jogador garante que o destino do atleta ainda não está resolvido. O garoto de 23 anos primeiramente conversará com familiares. Tanto seus representantes quanto o Fla, porém, garantem que ainda não foi feita uma oferta oficial pelo serviços do jogador.

A tendência é que Mugni seja emprestado, mas o formato da proposta ainda não foi definido. Roberto Sensini, ex-jogador da seleção argentina e atual diretor executivo do Newell's, é o principal entusiasta da contratação do flamenguista.

Canteros e Marcelo Cirino, que sofreram pancadas na perna esquerda no treino de terça-feira, treinaram sem limitações e estão confirmados. Gabriel, que torceu o tornozelo após choque com Sheik na quarta, recuperou-se, treinou, e também será relacionado.

Flamengo reclama de escalação de Heber Roberto Lopes contra o vasco


Nas próximas duas rodadas, o Flamengo vai enfrentar dois adversários que estão na zona de rebaixamento do Brasileiro, assim como o clube da Gávea. E, às vésperas do primeiro confronto direto, justamente o clássico contra o Vasco, domingo, em Cuiabá, a diretoria rubro-negra reclamou da escalação do árbitro Héber Roberto Lopes na partida. Recentemente, o Flamengo já tinha feito uma queixa à Comissão Nacional de Arbitragem (Conaf) da CBF contra erros em três partidas no início da competição. Para Rodrigo Tostes, integrange do Comitê Gestor de Futebol do clube, há uma conjunção de fatores para a diretoria fazer o alerta sobre o próximo jogo.

- A gente está preocupado, sim, com essa partida contra o vasco, pelo histórico de erros nos últimos três ou quatro jogos, o gol do Avaí, em que a bola saiu, o pênalti para o Fluminense e a expulsão do Jonas contra o Coritiba. Foi uma sequência de problemas com a arbitragem, e nos parece coincidência demais - afirmou Tostes.

Apesar da série de reclamações, o dirigente diz que não há motivo para acreditar em um complô da arbitragem contra o Flamengo. No entanto, ficou surpreso com a escalação de Heber Roberto Lopes. Não pelo juiz, mas sim por ele ser filiado à Federação Catarinense de Futebol.

- Além de ser contra o vasco, que já tem um histórico recente daquele pênalti que não foi pênalti, o jogo seguinte será contra um time de Santa Catarina - observou Tostes, referindo-se ao último Flamengo x vasco, quando o time de São Januário eliminou o rival na semifinal do Carioca graças a um pênalti de Wallace em Serginho muito reclamado pelos rubro-negros. 

Tostes não teme que a preocupação do Flamengo influencie negativamente a atuação de Heber Roberto Lopes domingo.

- O que me preocupa é a gente não falar sobre isso, e depois aparecer reclamando da arbitragem. A gente já está alertando que esta é uma situação que nos desagrada. Reclamar depois não adianta. A gente já alertou à CBF sobre nossa preocupação, e o presidente Bandeira de Mello também já entrou em contato com a Conaf sobre isso - comentou Tostes.

Após oito rodadas, com apenas duas vitórias no Brasileiro, Flamengo ocupa a 17ª posição no Brasileiro, a primeira na zona de rebaixamento, com sete pontos. O Vasco, próximo adversário, é o lanterna, com três, e o Joinville, com quatro, está em 19º lugar. Ao contrário dos dirigentes rubro-negros, o técnico Cristóvão Borges evita falar sobre arbitragem, seja em situação desfavoráveis ou quando os erros beneficiam sua equipe.

- Não falo sobre arbitragem - responde o treinador nas entrevistas após os jogos, quando perguntado sobre o assunto.

Flamengo tem dez atletas e dois técnicos na Seleção de remo


Delegação rubro-negra em Porto Alegre
No dia 17 de novembro de 1895, uma reunião de jovens remadores fundou o Clube de Regatas do Flamengo, fato histórico que já foi tema da escola de samba Estácio de Sá, em samba-enredo cantado até hoje no Maracanã. Se há 120 anos atrás seis jovens remadores criaram o que seria o Mais Querido do país, hoje o Rubro-Negro é maioria na Seleção Brasileira que defenderá o Verde e Amarelo no Pan-Americano de Toronto, no Canadá.

Além de dez atletas convocados, em uma lista de 23 remadores, o Flamengo ainda conta com dois treinadores representando o clube na comissão técnica. Grandes promessas da modalidade vão em busca de medalhas nos XVII Jogos Pan-Americanos, em uma equipe que reúne remadores de 19 a 37 anos de idade. O grupo heterogêneo promete, além de boas exibições na água, muita troca de experiência e aprendizado.

Conferindo a lista de atletas por barco, fica em evidência a superioridade numérica rubro-negra. No Double Skiff Peso Leve, Sophia Py e Caroline Corado, atletas sub-23, defendem o Brasil. Segundo os técnicos rubro-negros e da Seleção, Marcos Amorim e Leandro Loureiro, as jovens promissoras têm chances de integrar o barco nos Jogos Olímpicos de Rio-2016. Ainda na equipe feminina, Nayara Furtado compõe o Double pesado e o Four Skiff Pesado.

Pelo masculino, o 4 Sem Pesado é formado apenas por rubro-negros: Allan Bitencourt, uma prata e dois bronzes em Pan-Americanos, Leandro Tozzo, um bronze em Pan-Americanos e melhor tempo em remoergômetro no Brasil, Pedro Drummond e Maciel Costa. Já o Oito Com tem metade da tripulação e o timoneiro rubro-negros: Allan, Tozzo, Pedro e Maciel, além de Mauricio Abreu, respectivamente.

Veterano no time vermelho e preto, Thiago Almeida, que participou de três olimpíadas, é campeão sul-americano, já esteve em três Pan-Americanos e acumula 25 títulos brasileiros, estará no barco 4 Sem Peso Leve. Seu xará, Thiago Carvalho, que ficou em quarto lugar na Copa do Mundo da Eslovênia, tem grande chance de medalha no barco Double Peso Leve Open.

Até o embarque para Toronto, no dia 4 de julho, a equipe concentra e treina com a Confederação Brasileira de Remo (CBR), em Porto Alegre, exceto Caroline e Sophia, que foram convocadas para camping na Itália com a Seleção Brasileira.

PV intensifica fisioterapia para voltar logo e pede que torcida abrace César


Chateado pela fratura na fíbula da perna direita, mas aliviado por não precisar de cirurgia no local. Foi assim que Paulo Victor se sentiu ao saber a consequência de um lance ocorrido na terça-feira da última semana, quando travou o pé no chão ao sair para abafar um chute do lateral-esquerdo Thallyson durante o treino. A previsão inicial é de que o goleiro se recupere totalmente em até dois meses, mas ele quer voltar o quanto antes. Para isso, tem feito fisioterapia de segunda a segunda.

- Tem que ter um cuidado especial, porque tem que deixar o osso calcificar. Estou feliz com minha recuperação no dia a dia. Tratei no sábado, no domingo, estou tratando toda hora de forma intensiva. O fisioterapeuta tem vindo na minha casa também. O Flamengo está tendo carinho e um cuidado especial comigo. Claro que respeitando o corpo, mas quero voltar o mais rápido possível - disse ao GloboEsporte.com um tranquilo PV, que tem usado bota ortopédica o tempo todo e muletas só quando sai de casa.

Paulo Victor perna imobilizada Flamengo (Foto: Paulo Campos / Estadão Conteúdo) 
Paulo com bota ortopédica e segurando muleta, ao lado de Wagner Miranda (Foto: Paulo Campos / Estadão Conteúdo)

Em 11 anos de Flamengo, foi apenas a segunda vez que Paulo Victor se machucou. A primeira, curiosamente, também ocorreu em 2015, na estreia do Rubro-Negro no Campeonato Carioca, contra o Macaé, onde ele sofreu uma pequena concussão cerebral e levou nove pontos na testa por conta de um choque com um jogador adversário. Na ocasião, ele ficou fora das duas partidas seguintes do time. Desta vez o problema foi mais sério. Ainda assim, menos grave do que poderia ter sido. O goleiro explicou exatamente o que aconteceu.

- Fui abafar o Thallyson, e o meu pé travou no chão no chute dele. Fui colocar o pé para fazer a defesa, e nesse momento meu pé travou. Meu corpo continuou, e foi muito bruto, pela velocidade que eu vinha. Isso acabou causando a fratura. No momento achei que seria uma coisa muito pior, mas graças a Deus não precisa de cirurgia.

Cristóvão Borges e César, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)O jovem César, que assumiu a titularidade na ausência de PV, tem total apoio do camisa 48, que aproveitou para pedir à torcida rubro-negra que o abrace. 

- O mais importante é saber que o Flamengo hoje está muito bem representado de goleiro. Quando o Paulo Victor não jogar, tenho certeza que o César vai corresponder à altura. E queria pedir ao flamenguista que abrace o César. A gente confia nele. Vai dar conta do recado para que, quando eu voltar, a gente esteja o mais alto possível na tabela.

A relação de Paulo Victor e César, por sinal, é muito boa. O jovem goleiro tem PV como inspiração e recebe dele muitos conselhos no dia a dia.

- Procuro conversar sempre com ele, mostrar o que vivi, mostrar que a gente tem que respeitar as coisas na vida, tem que ter sabedoria e inteligência de trabalhar sempre, porque a oportunidade vem e não avisa. Foi o que aconteceu agora. Numa lesão minha ele está jogando, fez uma excelente partida contra o Atlético-MG. Tem que agradecer o trabalho do (preparador de goleiros) Wagner Miranda também, pois ele cobra igualmente de todos para que o goleiro, quando solicitado, dê conta do recado. E é o que o César vem fazendo.

Com César titular na vaga do lesionado Paulo Victor, o Flamengo volta a campo neste domingo, às 18h30, contra o Vasco, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Em má fase, o clube da Gávea atualmente abre a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, à frente apenas de Coritiba, Joinville e do próprio Cruz-Maltino, lanterna da competição.

Torcedores fazem fila na Arena para comprar ingressos para JEC x Flamengo


Ingressos Joinville Flamengo (Foto: Alessandra Flores / RBS TV) A procura é grande desde os primeiros instantes da venda de ingressos para a partida entre Joinville e Flamengo, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.Torcedores fizeram fila em frente aos guichês da Arena Joinville nesta quinta-feira, a partir do momento em que as bilheterias foram abertas para a comercialização de entradas ao confronto da partida das 22h de quarta-feira.

Os ingressos começaram a ser vendidos nesta quinta, com o valor menor de R$ 100 para as arquibancadas descobertas - com opção de meia entrada. Torcedores do Flamengo podem comprar os bilhetes no mesmo local.

Ao todo são 6 mil bilhetes em diferentes áreas. O mais barato, e com maior quantidade em oferta, 2,2 mil, é para a arquibancada descoberta, vendido a R$ 100 cada – e com possibilidade de aquisição por meia entrada. Pelo mesmo preço são vendidos os 1,8 mil ingressos aos torcedores do Flamengo.

Crianças com idade inferior a 12 anos pagam R$ 10 para o acesso ao estádio. A torcida joinvilense ainda pode comprar a R$ 140 um dos mil bilhetes para cadeiras nível 1 e a R$ 180,  outras mil, para acesso às cadeiras nível 2 – todas com opção de meia entrada.

No jogo anterior na casa joinvilense, quando o JEC bateu o Goiás por 2 a 1, os bilhetes foram comercializados a R$ 40. Para a partida seguinte, contra o time carioca, não há ingressos pelo mesmo valor ou promoções.

Ingressos Joinville Flamengo (Foto: Alessandra Flores / RBS TV) 
Procura por Ingressos para partida entre Joinville e Flamengo é grande desde início das vendas
(Foto: Alessandra Flores / RBS TV)
 
Valores dos ingressos:Arquibancada descoberta: R$ 100 (meia R$ 50)
Cadeiras nível 1: R$ 140 (meia R$ 70)
Cadeiras nível 2: R$ 180 (meia R$ 90)
Menores de 12: R$ 10

Adryan chega ao Nantes e promete "aproveitar oportunidade" no clube


O meia Adryan terá mais uma chance de mostrar seu futebol na Europa. Depois de passar por Cagliari, da Itália, e Leeds, da Inglaterra, o jogador do Flamengo teve oficializada nesta quinta-feira a sua contratação por empréstimo de um ano no Nantes, da França. O jovem de 21 anos já vestiu a camisa da equipe e deu sua primeira entrevista, prometendo fazer tudo para "aproveitar a oportunidade".

Adryan Nantes anúncio (Foto: Reprodução/Twitter) 
Nantes confirma contratação de Adryan (Foto: Reprodução/Twitter)
 
- Estou muito feliz de estar aqui. Meu sonho sempre foi jogar na Europa e tenho esta chance hoje. Vou fazer de tudo para aproveitar esta oportunidade - resumiu o rubro-negro ao site oficial do clube, que foi o 14º colocado do Campeonato Francês na temporada passada.

Conhecido apenas de Adryan no Brasil, o jovem vem sendo chamado de Adryan Oliveira pelo clube. Ele prometeu "fazer o melhor para satisfazer os torcedores", depois de ver que o Nantes possui "infraestrutura de grande qualidade". O rubro-negro ainda afirmou que, apesar de ser destro, prefere jogar pelo lado esquerdo do meio de campo.

Como ficará na França, a princípio, por um ano, Adryan teve seu contrato com o Flamengo prorrogado por mais uma temporada - agora vai até março de 2018. O meia atuou 48 vezes pelo clube brasileiro, marcando três gols e fazendo parte das conquistas da Copa do Brasil de 2013 e do Campeonato Carioca de 2011. Na Europa, o jovem atuou em apenas 18 partidas, sendo cinco pelo Cagliari e outras 13 pelo Leeds, da segunda divisão inglesa, sem marcar nenhum gol.

Adryan Nantes (Foto: Divulgação/Site oficial do Nantes) 
Meia veste a camisa do clube (Foto: Divulgação/Site oficial do Nantes)
 
Adryan Michel der Zakarian Nantes (Foto: Divulgação/Site oficial do Nantes) 
Adryan posa ao lado do técnico armeno Michel der Zakarian (Foto: Divulgação/Site oficial do Nantes)

Após susto, Nixon volta a treinar nesta sexta-feira no Flamengo


Flamengo, treino, Ninho do Urubu, Nixon (Foto: Richard Souza/GloboEsporte.com)Nixon voltará a treinar no Ninho do Urubu nesta sexta-feira. O atacante do Flamengo estava afastado das atividades para passar por uma bateria de exames, após apresentar quadro de falta de ar quando realizava esforço físico. O jogador foi submetido à ressonância magnética no coração e está liberado para os treinamentos físicos.

- O Nixon se sentiu mal em um treinamento. Resolvemos afastá-lo para realizarmos todos exames, e todos foram negativos. Clinicamente o atleta não tem absolutamente nada e se apresenta amanhã (sexta) - disse o médico Marcio Tannure.

Tannure tratou de não relacionar a recuperação da cirurgia no joelho esquerdo, em março, ao afastamento mais recente, motivado por um quadro de "falta de ar".

- O período agora foi para algo completamente diferente. Antes se recuperava de cirurgia. Vamos avaliar no dia a dia. Ficou 14 dias sem treinar, mas o mais importante é que o atleta está saudável. Foi mais uma precaução nossa. Ele não apresentou mais esse tipo de sintoma (falta de ar). Tudo normal, e ele está clinicamente apto e liberado.

Nixon foi submetido ao exames de mapa (a pressão arterial é aferida por 24h), ressonância magnética do coração, holter (avalia da mesma forma que um elotrocardiograma por 24h), teste ergométrico e um ecocardiograma cardíaca.

Sobre a situação de Paulo Victor, que fraturou a fíbula da perna direita no último dia 16, Tannure não trouxe novidades.

- Paulo Victor teve uma fratura que não foi grave, mas cada paciente evolui de maneira diferente. E seria precoce dar qualquer previsão. Melhorou muito a dor, o edema melhorou muito, e temos feito esforços para recuperá-lo o mais rápido possível. Mas não quero dar um cronograma para vocês.

O médico ainda agregou que, quando completar três semanas da contusão, novos exames serão feitos para saber como está o processo de calcificação e consolidação do osso traumatizado. Desde o último dia 16, PV está limitado à fisioterapia.

JEC x Flamengo: ingressos à venda para o confronto na Arena Joinville

O Joinville deu início, nesta quinta-feira, à venda de ingressos para a partida, da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, à qual recebe o Flamengo. Para a partida das 22h de quarta-feira, na Arena Joinville, o valor mínimo do bilhete é o mesmo dos dois primeiros confrontos com presença da torcida no estádio neste Brasileirão, de R$ 100 para as arquibancadas descobertas - com opção de meia entrada.

As entradas são comercializadas em guichês na Arena Joinville, inclusive para o espaço da torcida visitante. Ao todo são 6 mil bilhetes em diferentes áreas. O mais barato, e com maior quantidade em oferta, 2,2 mil, é para a arquibancada descoberta, vendido a R$ 100 cada – e com possibilidade de aquisição por meia entrada. Pelo mesmo preço são vendidos os 1,8 mil ingressos aos torcedores do Flamengo.

Fila ingresso Arena Joinville (Foto: Divulgação / JEC) 
Torcedores podem comprar ingressos nas bilheterias da Arena Joinville (Foto: Divulgação / JEC)

Crianças com idade inferior a 12 anos pagam R$ 10 para o acesso ao estádio. A torcida joinvilense ainda pode comprar a R$ 140 um dos mil bilhetes para cadeiras nível 1 e a R$ 180,  outras mil, para acesso às cadeiras nível 2 – todas com opção de meia entrada.

No jogo anterior na casa joinvilense, quando o JEC bateu o Goiás por 2 a 1, os bilhetes foram comercializados a R$ 40. Para a partida seguinte, contra o time carioca, não há ingressos pelo mesmo valor ou promoções.

Valores dos ingressos:

Arquibancada descoberta: R$ 100 (meia R$ 50)
Cadeiras nível 1: R$ 140 (meia R$ 70)
Cadeiras nível 2: R$ 180 (meia R$ 90)
Menores de 12: R$ 10

Sheik vive expectativa de primeiro duelo contra vasco sanitário: "É especial"


Embora tenha grande identificação com o Flamengo, Emerson Sheik fez apenas 26 jogos em sua primeira passagem pelo clube, mas em nenhum deles enfrentou o rival Vasco. Nesta quinta-feira, concedeu entrevista coletiva e falou da expectativa de sua estreia no Clássico dos Milhões.

- É um jogo especial por ser um clássico, por ter a necessidade de vencer a partida, pontuar, sair dessa situação que estamos. Certamente vai ser um jogo especial por ser o primeiro e por ser um jogo em que o Flamengo precisa vencer para sair da parte de baixo da tabela.

Emerson Sheik Flamengo (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com) 
Emerson fala com os jornalistas após o treinamento desta quinta-feira (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)


Foram nove clássicos em 2009 pelo Flamengo, cinco contra o Fluminense e quatro contra o Botafogo - estreou pelo clube no fim do Carioca, e, no segundo semestre, o Vasco disputava a Série B. Foram quatro empates e uma vitória em Fla-Flus. Diante do Bota, três empates e uma vitória. 

- São duas equipes em fase de construção, novos atletas, treinadores, jogadores chegando. Flamengo e Vasco buscam equilíbrio e entrosamento, ter uma cara, talvez seja um dos motivos para não se encontrarem na primeira parte da tabela.

Seu primeiro gol pelo clube saiu justamente na estreia, contra o Fluminense, na Taça Rio. Já enfrentando o Botafogo, marcou no Brasileiro, garantindo empate por 2 a 2 para o Flamengo nos acréscimos.

Após polêmica com vasco, Léo Moura visita treino do Flamengo no Ninho


Depois da confusão envolvendo a não ida para o vasco e de acertar com o Coritiba, Léo Moura, de férias no Brasil, retornou às origens. Na manhã desta quinta-feira, o lateral visitou os ex-companheiros de Flamengo no treino da equipe no Ninho do Urubu.

Escalado para a entrevista coletiva após a atividade no CT, Emerson Sheik comentou a visita do "grande amigo".

- Léo é um grande amigo, amigo de verdade mesmo, cara que tenho muito carinho. Veio visitar o clube que ele gosta, clube que deu projeção a ele, clube em que conquistou inúmeros títulos. Veio rever amigos, funcionários, mas o papo é nosso - disse o atacante.

Léo Moura deve assinar contrato de 18 meses com o Coritiba nos próximos dias. O jogador esteve em Curitiba nesta semana e já realizou exames médicos. O acerto ainda não foi selado porque o processo de rescisão com o Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos, deve demorar a sair.

Frame - Leo Moura no Ninho do Urubu (Foto: Reprodução/Sportv) 
Léo Moura abraça Emerson Sheik no Ninho do Urubu (Foto: Reprodução/Sportv)

Léo Moura chegou a ser anunciado pelo presidente do Vasco, Eurico Miranda, como reforço do clube na temporada. A repercussão entre os torcedores do Flamengo foi negativa, e o jogador chegou a ser ameaçado nas redes sociais. Logo em seguida, ele recuou e negou o acerto. No dia seguinte, o mandatário cruz-maltino disse que o jogador havia procurado o Vasco e o chamou de sem palavra. O lateral admitiu as conversas com o rival rubro-negro, mudou a versão, mas se defendeu alfinetando Eurico.

- Se for contratar de boca, sem nada assinado, até o meu time de fut 7, "Amigos do LM", pode anunciar que contratou o Messi, concordam? - escreveu em uma rede social.

Em reunião polêmica, relatório da MP do Futebol é aprovado na íntegra


O clima ficou quente na manhã desta quinta-feira na comissão mista responsável por analisar a MP do Futebol no Congresso Nacional. Em uma reunião polêmica, o presidente da sessão, senador Sérgio Petecão (PSC-AC), abriu a votação com apenas quatro parlamentares presentes e, em poucos minutos, aprovou a íntegra do relatório do deputado Otávio Leite (PSDB-RJ). Parlamentares ligados à CBF, que pretendiam apresentar destaques (mecanismo usado para retirar trechos do texto por votação), chegaram depois do encerramento da sessão e se revoltaram, promovendo um caloroso debate. Irredutível, o presidente encaminhou o relatório para o Plenário da Câmara, onde deve ser apreciado na próxima semana.

Após ter a votação adiada nessa quarta por causa de sessão da Câmara, a reunião da comissão mista foi reaberta às 9h desta quinta, com tolerância de 15 minutos para o início. Compareceram apenas o presidente Petecão, o relator Otávio Leite, o senado Antônio Anastasia e o deputado Evandro Roman. Havia 11 destaques na mesa, apresentados ainda na quarta-feira. Anastasia ainda tentou colocar outros três, mas foram recusados por estarem fora do prazo de debates.

Saiba mais:

Relatório da MP do Futebol é aprovado com plenário vazio (Foto: Fabrício Marques) 
Relatório da MP do Futebol é aprovado com plenário esvaziado (Foto: Fabrício Marques)

Com a ausência dos autores dos destaques, eles não foram colocados em apreciação, e Petecão então abriu a votação do relatório na íntegra. Como nenhum dos presentes se colocou contra, o texto foi aprovado. A votação foi considerada legal porque o quórum da reunião estava mantido desde o dia 16 de junho, quando sofreu o primeiro de três adiamentos consecutivos.

Logo após a aprovação, parlamentares que pretendiam apresentar destaques começaram a chegar, como os deputados Marcelo Aro (PHS-MG) e Vicente Cândido (PT-SP), ambos membros da diretoria da CBF. Primeiramente, eles tentaram reabrir a reunião, o que foi rejeitado pelo presidente. Depois, tentaram impugnar a votação, pedindo verificação de quórum - para contagem oficial dos presentes. Como a sessão já havia sido encerrada, o mecanismo foi considerado inválido, o que gerou muitas críticas dos deputados.

O texto aguarda agora votação no Plenário da Câmara, onde estará sujeito a modificações e retirada de trechos por meio de votações em destaque. Se aprovado, terá que passar ainda pelo Plenário do Senado. Se o trâmite não for concluído até o dia 17 de julho, a MP perde a validade.

Vicente Cândido discute com deputados após a aprovação do relatório da MP do Futebol (Foto: Fabrício Marques) 
Vicente Cândido discute com deputados após a aprovação do relatório da MP do Futebol (Foto: Fabrício Marques)