Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 26 de setembro de 2015

Touchdown: Flamengo bate o Santos Tsunami e segue na briga pelo playoff

Em campanha de recuperação, o Flamengo venceu a segunda no Torneio Touchdown, competição nacional de futebol americano. O rubro-negro atuou dentro de casa, no Estádio da Portuguesa, na Ilha do Governador, e bateu o Santos Tsunami por 34 a 12. Agora, o time da Gávea tem duas vitórias e duas derrotas e ocupa a quinta colocação na Conferência Norte, mantendo-se na briga por uma vaga nos playoffs. O Santos, apesar do revés, é o terceiro na mesma chave. Os destaques do jogo foram Yolandus Selmar, com dois touchdowns para o Flamengo, e Patrick Dutton, que além de um touchdown converteu três extra points.

Na próxima rodada, em 10 de outubro, às 14h, o Flamengo vai até Jaraguá encarar o Jaraguá Breakers, no Estádio João Marcatto, em Santa Catarina. Já o Santos Tsunami pega o Tubarões do Cerrado, no dia 11 de outubro, também às 14h, no CT Meninos da Vila, em Santos.

O jogo

O Flamengo FA saiu na frente no primeiro quarto de jogo. Yolandus Selmar chegou até a endzone e conseguiu o primeiro touchdown do duelo. O extra point foi convertido por Patrick Dutton. No segundo quarto, o Santos Tsunami diminuiu com Víctor Domingues em belo touchdown. O rubro-negro, porém, logo somou mais sete pontos, com touchdown de Patrick Dutton e extra point do próprio: 14 a 6. Antes do fim do quarto, os santistas diminuíram para 14 a 12 com Felipe Bruno Silva Bezerra.

No terceiro período, Keneth Frost anotou o terceiro touchdown do Flamengo no jogo em corrida para 11 jardas: 20 a 12. Dominando o jogo, a equipe do Rio ampliou ainda mais no último período. Luiz Otávio fez seu primeiro touchdown no jogo e Patrick Dutton conseguiu outro chute certeiro: 27 a 12. Fechando o placar, Yolandus cumpriu outro touchdown e Patrick Dutton finalizou seu grande dia com outro extra point: 34 a 12.

Invencibilidade em clássicos pelo Flamengo surpreende Oswaldo: "Que legal!"


Oswaldo comanda treino na Gávea, véspera do duelo com o Vasco (Foto: Gilvan de Souza/ Fla Imagem)
Oswaldo de Oliveira tem apenas 27 jogos como treinador do Flamengo. Não conquistou títulos nem tampouco teve a oportunidade de disputar uma final, porém tem número que conta muito a seu favor com os torcedores. Jamais perdeu um clássico. São quatro no total, com três vitórias e apenas um empate. Dois deles foram em 2003 e os demais na atual temporada. Contra o Vasco, um triunfo e um empate. Diante do Fluminense, 100% de aproveitamento.

- Que legal! Eu não sabia nem que tinha ganho todos Fla-Flus. É um "highlight" interessante. Tenho que me focar e uso essas coisas de maneira muito racional. Tenho que me preparar para o que ainda não aconteceu, pode acontecer. Se hoje não choveu, amanhã pode chover - disse.

Em 2003, venceu o Fluminense por 1 a 0, no dia 17 de agosto. Pouco depois, em outubro, enfrentou o Vasco e conseguiu triunfo suado, conquistado aos 46 minutos do segundo tempo com gol de Edílson: 2 a 1. Na atual temporada, dois clássicos. O primeiro novamente contra o Cruz-Maltino. Embora tenha sido eliminado da Copa do Brasil, Oswaldo não perdeu, e o jogo terminou em 1 a 1. No último dia 6, bateu o Fluminense por 3 a 1.

Sheik não perde pelo Flamengo há mais de dois meses
 
Com Emerson Sheik em campo, o Flamengo não perde desde 19 de agosto. O último rival que bateu o Rubro-Negro é justamente o Vasco. No duelo em questão, o primeiro entre os adversários pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Cruz-Maltino fez 1 a 0, com Jorge Henrique.

Após o revés, Sheik enfrentou São Paulo (2 a 1), novamente o Vasco (1x1), Sport (1x0), Avaí (3 x0), Fluminense (3x1) e Cruzeiro (2x0). Não enfrentou Chapecoense (3x1), Coritiba (0x2) e Atlético-MG (1x4).

Emerson Sheik conversa com Guerrero no treino deste sábado (Foto: Fred Gomes/GloboEsporte.com) 
Emerson Sheik conversa com Guerrero no treino deste sábado (Foto: Fred Gomes/GloboEsporte.com)

Oswaldo celebra semana de treinos: "Suficiente para fazer um bom jogo"


Oswaldo Oliveira Flamengo (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)A manhã rubro-negra na Gávea fez bem a Oswaldo de Oliveira. A forte presença da torcida no treino deste sábado animou Oswaldo de Oliveira. Distribuiu autógrafos, sorrisos e acenou para os fãs quando estava no campo. Na coletiva, confirmou o time que enfrenta o Vasco - em relação ao último jogo, Emerson Sheik e César Martins substituem Everton e Marcelo. Jorge volta à lateral esquerda - e mostrou confiança para o duelo deste domingo, marcado para 16h, no Maracanã.

- É isso mesmo (o time). Tivemos semana muito proveitosa de trabalho, fechamos hoje (sábado) e tentamos evoluir o que trabalhos nas sete sessões de treinamento da semana. Julgo que seja o suficiente para o Flamengo jogar uma boa partida contra o Vasco da Gama - afirmou.

Oswaldo também exaltou a festa feita pelos rubro-negros na Gávea. Para ele, foi fundamental para que o time sentisse o carinho dos fãs. E, mesmo com a gritaria, ainda garantiu que foi possível ter a atenção dos jogadores em papo cuja duração foi de aproximadamente 10 minutos.

- Acho maravilhoso. Por isso até a gente durante a semana segurou bastante (que os treinos fossem abertos) para que isso acontecesse. Aguça a concentração dos jogadores. Fizemos um em treino que a prática era muito contida, e a movimentação muito limitada. Primeiro pela própria natureza do objetivo do treinamento e também pela proximidade do jogo. Precisei falar bastante. E, com a presença da torcida, precisava muito da atenção dos jogadores. Foi muito benéfico. Ao mesmo tempo sentimos o calor da torcida, mas também nos concentramos, e eles prestaram atenção - prosseguiu.

Questionado se o fato de não vencer o vasco há cinco jogos (desde 22 de março) pressiona os atletas flamenguistas, negou veementemente.

- Para mim, não tem o menor efeito. Não vejo o Flamengo em desvantagem, até porque cheguei há um mês. O jogo que fizemos contra eles (Vasco) nós empatamos (segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil) e tivemos sempre mais perto da vitória. Acho que é muito pouco isso. É uma coisa muito individual, mas o que percebi na maioria é que não estão sentindo nada disso. Estão sentindo o Vasco pressionado, porque precisam da vitória. E nós temos o estímulo de vencer por uma vaga na Libertadores.

O Flamengo enfrenta o vasco com Paulo Victor, Pará, César Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros e Alan Patrick; Paulinho, Emerson Sheik e Guerrero. A bola rola às 16h (de Brasília) deste domingo, no Maracanã, e o jogo é válido pela 28ª rodada do Brasileiro.

Confira outros trechos abordados pelo técnico:
 
Por que não começa com Ederson, jogador que pretende utilizar como titular?
Não pela questão do posicionamento dele, mas pela evolução de um atleta que vem se readaptando ao futebol brasileiro. Ficou muito tempo afastado da nossa conjuntura e nos últimos tempos andou se lesionando muito. Aqui teve também dessas incidências. No meu julgamento, acho que precisa de mais um tempo para poder jogar 90 minutos.

O que o Flamengo e você mudaram desde sua chegada?
Nem eu nem o Flamengo mudamos nada, nós evoluímos juntos. Estamos tentando fazer o melhor trabalho, e venho tentando colocar minhas particularidades, minhas peculiaridades. Tivemos a primeira semana de trabalho integral comigo. Mas não há nada de definitivo (em relação a mudanças), estamos nos desenvolvendo juntos.

Mudanças constantes ajudam

O ideal é você repetir a equipe para que haja entrosamento e a equipe evolua. Mas essas mudanças acabaram nos ajudaram, porque alguns jogadores puderam ter um tempo de recuperação. Pouco desses jogadores puderam participar integralmente dos jogos. Jogando toda quarta ou quinta e todo o domingo, fica muito pouco tempo de recuperação. Essas mudanças nos ajudaram. É só observar o tipo de substituição que temos feito. A maioria é de ordem física e não tática. Fica muito difícil repetir a equipe. Contusão ou suspensão nos dá chance de conhecer os jogadores.

Guerrero ainda longe do seu melhor?

Guerrero é um cara muito centrado, muito compenetrado no que faz. Atuou em várias praças. É um cara que a gente não precisa ficar batendo papo. Qualquer camisa 9 passa por isso, acho que ele lida muito bem com isso. A hora de marcar pode ser amanhã ou em outro jogo. Ele vai voltar a marcar. Um cara da qualidade dele não fica muito tempo sem fazer gol

Treino na Gávea revela que Sheik enfrenta vasco; Wallace está vetado

Flamengo Gávea treino (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)Emerson Sheik está confirmado no Clássico dos Milhões deste domingo, marcado para 16h, no Maracanã. Em treino aberto à imprensa, na Gávea, Oswaldo de Oliveira revelou que o ataque do Flamengo contra o vasco será formado por Sheik, Paulinho e Guerrero. O zagueiro Wallace trabalhou na academia e não joga.

Oswaldo comandou treino tático, começando com cruzamentos para a área. Assim que a bola era tirada, um coletivo se formava com dois times de 11 jogadores. Guerrero foi bem no jogo aéreo. Fez alguns gols e levantou os flamenguistas.

Mais de 400 torcedores acompanharam o treinamento e gritaram muito durante a atividade. O Flamengo deve ir a campo com Paulo Victor, Pará, Césa Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros e Alan Patrick; Paulinho, Sheik e Guerrero. O presidente Eduardo Bandeira de Mello e vários dirigentes estiveram presentes. Cacau Cotta, candidato à cadeira mais importante do clube pela Chapa Branca, também assistiu às atividades na sede rubro-negra.

Emerson está totalmente recuperado de estiramento na coxa direita, diferentemente de Wallace, que sofreu a mesma lesão, mas na perna esquerda. Ambos se lesionaram durante a vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, em partida válida pela 24ª rodada.

Time trabalha a bola parada durante treino na Gávea (Foto: Fred Gomes/GloboEsporte.com) 
Time trabalha a bola parada durante treino na Gávea (Foto: Fred Gomes/GloboEsporte.com)
 
Já com a atividade no final, Paulinho levou a filha, Dudinha, para o campo, e a pequena fez sucesso com os jogadores. Sheik foi um dos que mais brincaram com ela.

Sheik chama Dudinha, filha de Paulinho, para brincar (Foto: Fred Gomes/GloboEsporte.com) 
Sheik chama Dudinha, filha de Paulinho, para brincar (Foto: Fred Gomes/GloboEsporte.com)
 
 
 

Olho D'Água: o comando rubro-negro na cidade abençoada pelo Cristo


A primeira semelhança com o Rio de Janeiro é notada já na entrada de Olho D'Água das Cunhãs. Uma escultura religiosa semelhante ao Cristo Redentor, em tamanho reduzido, recebe de braços abertos os visitantes ao município que tem cerca de 20 mil habitantes. Mas foi outro fato que motivou nossa viagem ao interior do Maranhão. Tal qual a Cidade Maravilhosa, Olho D'Água é composta em sua maioria por torcedores do Flamengo. Proporcionalmente, é um recorde. Por isso, fomos conhecer a cidade mais rubro-negra do Brasil.

Uma pesquisa feita pelo Facebook em parceria com o GloboEsporte.com, a partir de curtidas nas páginas oficiais dos clubes na rede social, apontou Olho D'Água das Cunhãs como a cidade com maior percentual de torcedores do Flamengo em todo o país: 61,2%. O resultado soou como um título para os habitantes, dentre eles o criador da Fla Olho D'Água, Yan Jansen, única torcida organizada da cidade e que conta com 200 membros, criada há sete anos.

Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Bem-vindo a Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp).

- Isso é um sonho para mim. Está sendo um prazer e um orgulho saber que Olho D'Água é a cidade que mais tem flamenguista percentualmente - disse Yan Jansen, que é professor da escolinha de futebol que leva o nome de Juvenil, onde comanda a criançada.

Contactado pelo GloboEsporte.com na véspera da visita, Yan Jansen reuniu cerca de 50 rubro-negros no meio da tarde de um dia de semana para juntos mostrarem o amor pelo Flamengo. O local escolhido foi o de sempre para eles, o Bar do Zé Arlindo, que há 18 anos é ponto de encontro da Fla Olho D'Água.

Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Rubro-negros reunidos no bar do Zé Arlindo, ponto de encontro da torcida Fla Olho D'Água (Foto: Ivan Raupp)

- Aqui em Olho D'Água não tem nenhuma dúvida. A pesquisa foi muito bem feita. No meu barzinho, quando é jogo de Vasco, São Paulo, Palmeiras ou outro time vem pouca gente. Mas, quando é o Flamengo, a rua fica lotada. O Flamengo é febre aqui na cidade. Fica cheio de carro, gente aglomerada. E dá uma ajuda no movimento do bar, né? Se não tiver renda, não tem condição - contou Zé Arlindo, dono do bar.

Olho D'Água das Cunhãs, apesar da evolução nos últimos anos, ainda é precária e basicamente rural. O acesso até lá pelas estradas do Maranhão também está muito longe do ideal, cheio de buracos. Na cidade é comum ver jumentos soltos nas ruas, e falta pavimentação adequada em diversos lugares. As principais fontes de renda da população são a pecuária e a agricultura. As exceções são os poucos comerciantes e os funcionários do Centro Administrativo Antonio Alves de Oliveira.

Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Prefeito Rodrigo de Oliveira é sócio-torcedor do Flamengo (Foto: Ivan Raupp)
Por falar na prefeitura, o comandante da cidade - desde 2013 no cargo - é rubro-negro de carteirinha, literalmente. O prefeito Rodrigo Araújo de Oliveira tem a casa decorada com vários objetos do Flamengo, já foi ao Maracanã e é sócio-torcedor. A contribuição mensal, como diz o clube em suas campanhas, ajuda nas contratações feitas pela diretoria. A maior delas, motivo de orgulho para Rodrigo, foi a do astro peruano Paolo Guerrero. 

- Com certeza sou um dos que ajudaram a contratar o Guerrero (risos) - disse o prefeito.

História da cidade: a pioneira Maria Cunhã

Emancipada há 53 anos, Olho D'Água das Cunhãs tem esse nome basicamente em homenagem a uma das primeiras habitantes da cidade, conhecida como Maria "Cunhã". Décadas atrás, várias famílias indígenas deixaram o Piauí para fugir da seca e chegaram ao interior do Maranhão. Na linguagem indígena, a palavra "cunhã" significa mulher jovem. E Maria ajudou a encontrar uma gruta de onde minava água potável. A fonte servia para beber água, mas era ali também que as jovens índias lavavam roupas. Por isso o nome de Olho D'Água das Cunhãs. A principal praça da cidade tem um monumento dedicado a Maria, mas ele está em estado bastante degradado.

Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp)Apesar da paixão da grande maioria dos habitantes pelo Flamengo, o esporte mais badalado de Olho D'Água é a vaquejada. Ela consiste em dois competidores, cada um em cima de um cavalo, com o objetivo de derrubar primeiro a vaca dentro de uma linha de 100 metros. A última edição do campeonato ocorreu em julho e distribuiu um dinheiro considerável: R$ 121 mil em prêmios. Há quem diga que a vaquejada é um esporte que maltrata as vacas, o que é prontamente negado por um dos 11 vereadores do município, Marcos Paraíba, que também é um dos organizadores do evento.

- Machuca nada. O que machuca mesmo é levar a vaca ao matadouro para fazer picanha.

Marcos Paraíba, por sinal, é outro rubro-negro conhecido em Olho D'Água. Nas conquistas do Flamengo, ele é um dos que puxam a carreata. Na opinião do vereador, a paixão pelo clube é uma coisa que passa de geração em geração.

- Sou flamenguista e tenho um filho de dois anos que já é flamenguista. O pai vai passando para o filho. E o time também tem que agradar, né? Nosso último título nacional foi a Copa do Brasil (2013), mas também tivemos o Brasileiro em 2009. Isso ajuda a trazer torcida mais jovem.

Mas também houve quem duvidasse do resultado da pesquisa. De uma forma bem-humorada, claro. Como fez Francisco Barros, secretário de Esportes da cidade e vascaíno.

Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Cidade é basicamente rural; é comum ver jumentos nas ruas (Foto: Ivan Raupp)

- Rapaz, até falei com meus parceiros de trabalho que era mentira. Não tem condição de um negócio desses (risos). E os vascaínos ficam onde? Mas é claro que é uma brincadeira sadia. O Flamengo tem a maior torcida do Brasil e também do mundo. É normal isso.

Vascaínos e torcedores de outros clubes à parte, é muito perceptível a esmagadora vitória do Flamengo em Olho D'Água das Cunhãs. Um fator de muita influência é que a televisão do Maranhão costuma transmitir jogos dos times cariocas, principalmente do Rubro-Negro. Mas não há uma explicação lógica para tamanha diferença em relação aos demais. O clube da Gávea, por si só, é quem desperta a paixão no povo. Não por acaso é a maior torcida do mundo.

Veja mais fotos e conheça ainda mais a rubro-negra Olho D'Água das Cunhãs:

Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
A escolinha de futebol de Yan Jansen (de branco no centro) em Olho D'Água (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Vereador Marcos Paraíba em frente ao Estádio Municipal (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Camisa da Fla Olho D'Água, torcida organizada da cidade (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
aYn Jansen, criador da torcida organizada (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Reunião de flamenguistas no Bar do Zé Arlindo (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
O bar do Zé Arlindo é o ponto de encontro dos rubro-negros da cidade (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Local onde se pratica a vaquejada, esporte tradicional da região (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Pouco movimento na principal rua de Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Transporte no pau de arara mostra como a cidade é simplória (Foto: Ivan Raupp)


Flamengo Olho D'Água das Cunhãs (Foto: Ivan Raupp) 
Olho D'Água das Cunhãs, no interior do Maranhão (Foto: Ivan Raupp)

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Em draft histórico no futebol brasileiro, Flamengo recebe três jogadoras da seleção

Maurine, draft Brasileirão feminino (Foto: Cintia Barlem)



A segunda fase do Brasileiro feminino contará com muito "ouro" na sua disputa. No primeiro draft da história do futebol nacional, realizado nesta sexta-feira na sede da CBF, no Rio de Janeiro, 20 jogadoras da seleção foram distribuídas entre os oito clubes classificados à etapa seguinte da competição. Formiga, 37 anos e uma das principais atletas da modalidade, foi escolhida pelo São José-SP. O Flamengo optou por reforçar a zaga com Mônica e também garantir a versatilidade de Maurine para o meio-campo. Além das duas opções, por sorteio, o rubro-negro teve direito a mais um reforço e escolheu Rafa Travalão.  O Santos escolheu Gabi Zanotti e Rilany. 





  Maurine foi escolhida pelo Flamengo (Foto: Cintia Barlem)









draft Brasileirão feminino (Foto: Cintia Barlem) 

Brasileirão feminino teve draft inédito no país nesta sexta-feira (Foto: Cintia Barlem)

Gabi Zanotti, draft Brasileirão feminino (Foto: Cintia Barlem) 
Gabi Zanotti foi escolhida pelo Santos no draft do Brasileirão feminino (Foto: Cintia Barlem)
  


Formiga, draft Brasileirão feminino (Foto: Cintia Barlem)
O time carioca, assim como outros três, teve direito a uma contratação a mais além das duas permitidas. A ação foi possível porque a equipe foi sorteada, assim como Adeco-SP, Tiradentes-PI e Botafogo-PB. As selecionadas terão condição de jogo regularizada na segunda-feira.

Serão cerca de 45 dias de disputa no restante do Brasileirão feminino, que reinicia com a segunda fase na quarta-feira. Com isso, a seleção permanente terá uma pausa temporária depois de um período de treinamentos de oito meses. A equipe comandada por Vadão volta a se reunir para os amistosos diante dos Estados Unidos, atuais campeões mundiais. Os jogos ocorrem em 21 e 25 de outubro, em Orlando e Seattle.


                                    Formiga jogará pelo São José (Foto: Cintia Barlem)



Confira as escolhidas por cada time:

América-MG: Rafaelle Leone e Thaisa
Rio Preto: Darlene e Luciana
Santos: Gabi Zanotti e Rilany
São José-SP: Formiga e Bia
Botafogo-PB: Gessica, Raquel e Barbara
Tiradentes-PI: Andressinha, Camille e Andrea
Adeco-SP: Fabiana, Tayla e Leticia
Flamengo: Maurine, Mônica, Rafa Travalão

Flamengo x Vasco: 33 mil ingressos vendidos para o clássico de domingo


Até o momento foram vendidos 33 mil ingressos para o clássico entre Flamengo e vasco no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã. Os preços dos bilhetes variam entre R$ 60 a R$ 185, e há meia-entrada para estudantes, professores da rede pública municipal do estado, jovens de 12 a 21 anos e adultos entre 60 e 64 anos.

No sábado, devido ao jogo entre Fluminense e Goiás, as vendas de bilhetes no estádio para o clássico serão feitas somente entre 10h e 13h. Nos outros pontos, porém, a comercialização acontece normalmente, entre 10h e 17h.

Saiba todos os valores e veja onde comprar:

PREÇOS:
Norte - R$ 60 (R$ 30 meia-entrada) - FLAMENGO
Sul - R$ 60 (R$ 30 meia-entrada) -vasco
Leste Inferior - R$ 100 (R$ 50 meia-entrada) - setor misto
Maracanã Mais - R$ 185 (R$ 115 meia-entrada) - área vip com serviços

PONTOS DE VENDA E RETIRADA ANTECIPADA – 10h às 17h

Maracanã (Bilheteria 4) - Av. Maracanã, s/nº (Flamengo) – no sábado (26/9), funcionará de 10h às 13h, devido ao jogo Fluminense x Goiás
Maracanã (Bilheteria 1) – Av. Maracanã, s/nº (Vasco) – no sábado (26/9), funcionará de 10h às 13h, devido ao jogo Fluminense x Goiás
Estádio Caio Martins - Rua Presidente Backer, s/nº - Icaraí, Niterói
Sede do Flamengo – Av. Borges de Medeiros, nº 997 (Sócio)
Sede do Flamengo – Praça Nossa Senhora Auxiliadora, s/nº
São Januário (Bilheteria 5) – General Almério de Moura, nº 131
Espaço Rubro Negro – Méier – R. Dias da Cruz, nº 255 – Shopping Méier
Espaço Rubro Negro – Shopping Nova América – Av. Pastor Martin Luther King Jr, nº126 – 1º piso
Espaço Rubro Negro – Via Brasil – Rua Itapera, nº500 – Irajá
Espaço Rubro Negro – Quitanda – Rua da Quitanda, nº87 – Centro
Espaço Rubro Negro – Downtown – Av. das Américas, nº500, loja 114 – Barra
Espaço Rubro Negro – Madureira – Estada do Portella, nº222
Cariocas FC – Shopping Nova América – Av. Pastor Martin Luther King Jr, nº126 – 1º piso
Ticket Point Bar e Lanchonete – Av. Atlântica, quadra 12

* No dia do jogo, só haverá venda de ingressos na sede do Flamengo e do vasco (10h às 13h), além das bilheterias do Maracanã até o término do primeiro tempo e no site www.maracana.com até as 12h.

Márcio Araújo diz que meta é G-4 e ignora drama do vasco contra a queda


marcio araujo flamengo (Foto: Fred Gomes / GloboEsporte.com)
A sexta-feira no Ninho do Urubu foi de muito sol e calor, tanto que Márcio Araújo pegou seu carro para deslocar-se da sala do departamento de futebol até o contêiner onde concedeu coletiva. Poupou-se de caminhada de aproximadamente de 200 metros. O tema principal da entrevista foi, claro, o clássico de domingo, contra o vasco. Questionado se o grupo está ainda mais motivado com a possibilidade de frear a reação do adversário no Campeonato Brasileiro na luta contra o rebaixamento, negou veementemente, afirmando que ele e seus companheiros não estão preocupados com o arquirrival.

- Nosso maior estímulo é chegar ao G-4, independentemente se o adversário vai cair ou não. Sem hipocrisia. Até porque a gente não vai ganhar nada se o vasco cair. Nossa vitória é chegar ao G-4, que é a única coisa de bom que nos resta no campeonato. A gente não quer saber de vasco, se vai cair ou deixar de cair. Sou torcedor e jogador do Flamengo, eu penso no meu clube - garantiu.

Márcio não recorreu ao discurso comum quando perguntado da relevância do confronto de domingo. Em vez de dizer que se trata de um jogo comum como os outros 37 do Brasileiro, destacou que o peso do resultado no clássico é diferente para atletas e torcida.

- Ganhar o clássico é tudo. A gente não joga os 38 jogos do Brasileiro contra o vasco. Temos que aproveitar ao máximo oportunidade contra o nosso maior rival. São os mesmos três pontos, mas é contra nosso maior rival. Quando perde, a zoação é grande, e a cabeça fica inchada. Quando vence, o sentimento de alegria é muito maior.

O vasco vive melhor momento no Clássico dos Milhões. Não perde para o Flamengo há cinco jogos. Mas, segundo o volante de 31 anos, a situação é cíclica, e o panorama pode mudar a qualquer momento.

- É mais de momento, as coisas mudam. Quando cheguei aqui era o inverso, mas hoje, em clássicos, o momento do vasco é superior. Temos que manter a pegada, porque estamos bem próximos do nosso objetivo, que é a Libertadores. Normal conseguirem essa vantagem, mas tudo tem seu tempo. Nada que vá tirar nosso sossego.

Confira outros pontos abordados por Márcio Araújo:
 
Nesta semana, quase todos os treinos foram integralmente fechados. A imprensa pôde acompanhar somente alguns minutos por dia, fato que se repetiu nessa sexta. Mistério ganha jogo?
É mais em relação a sossego. É bom não ter imprensa, e o professor Oswaldo veio mais no papo conosco. Tudo se resolve é nos 90 minutos. Claro que se ganhar ou perder vão lembrar do treino fechado, mas foi a primeira semana cheia de trabalho do Oswaldo (sem jogos quarta e domingo). Foi bom para conversar e recuperar o desgaste dos jogos de quarta e domingo.

O Flamengo agora tem dois jogos em casa contra adversários no Z-4 (Vasco e Joinville). Vencer é obrigação?
É muito fácil olhar pra tabela e achar que os resultados viriam de acordo com que a tabela  apresentava. Fomos para Brasília e deixamos os três pontos fugirem de maneira até surpreendente contra o Coritiba, o clima lá em Brasília atrapalhou bastante também. O negócio é conseguir jogar bem os 90 minutos. Todos os times têm reações no campeonato. O Vasco teve, o Coritiba teve, e a gente também. Fizemos aquela ótima arrancada de seis jogos. É normal. No futebol tudo é momento, as coisas mudam rapidamente.

Há a possibilidade de Maracanã lotado novamente. Isso é um ingrediente a mais?
Para a gente não é novidade. Todo jogo, seja no Maracanã ou fora, a torcida é fantástica. A gente não pode reclamar deles, pode reclamar da nossa atitude. Hoje acho que é mais fácil (ir ao Maracanã) na situação que estamos, mas quando a gente não estava bem eles compareciam e apoiavam 100%.


Domingo tem Mengão na Globo



DOMINGO, 27                                 

 
Brasileirão Série A

16h Flamengo x vasco
 
Transmissão: TV Globo para RJ, ES, RS, SC, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP, DF, PE e regiões de Curitiba, Juiz de Fora, Uberlândia, Ituiutaba e Araxá (com Alex Escobar, Júnior, Juninho Pernambucano e Leonardo Gaciba) e Premiere (com Jader Rocha e Carloes Eduardo Lino)

De roupa nova e time reformulado, Fla apresenta elenco para temporada


Se na temporada passada a única cara nova na apresentação do time masculino de basquete do Flamengo foi a do argentino Walter Herrmann, nesta sexta-feira o atual campeão da Copa Intercontinental e tricampeão do NBB se apresentou, na Gávea, com um elenco bastante modificado. Sem o argentino Nicolas Laprovittola, que se transferiu para o Lietuvos Rytas, da Lituânia, do próprio Herrmann, que retornou à Argentina e vai defender o San Lorenzo, e do ala-armador Benite, que vai jogar com Augusto Lima no Murcia, da Espanha, as novidades ficaram por conta dos três reforços para a temporada 2015/2016: Rafael Luz, J.P. Batista e o americano Jason Robinson. Mais dois ou três reforços ainda podem ser anunciados para compor o elenco até o fim de outubro. O projeto de marketing para os dois próximos semestres também foi apresentado, pelo diretor Marcelo Vido. O time rubro-negro estreia no Campeonato Estadual contra o Botafogo, às 20h, no ginásio do Tijuca, na próxima segunda-feira, no aniversário de um ano da conquista do Mundial Interclubes.

- Nosso sonho era enfrentar o Real Madrid no ano passado, mas eles perderam para o Maccabi e nós tivemos que encarar o time israelense na final do Mundial. Mas conseguimos alcançar nosso objetivo de colocar o Flamengo no cenário internacional. Mas um dos orgulhos que tenho desse grupo é de querer ganhar sempre mais, e é isso que vamos buscar nessa temporada. Sabemos que vai ser ainda mais difícil, mas montamos uma equipe competitiva para lutar pelos títulos - afirmou o técnico José Neto.  

Time de basquete do Flamengo para a próxima temporada é apresentado (Foto: Marcello Pires) 
Time de basquete do Flamengo para a próxima temporada é apresentado (Foto: Marcello Pires)

A ideia dos dirigentes rubro-negros também era apresentar os novos uniformes da equipe comandada por José Neto, mas as imagens dos novos modelos divulgados nas redes sociais da loja oficial "Espaço Rubro-Negro", na última sexta-feira, estragaram a surpresa. A camisa 1 não mudou tanto e apenas ganhou mais listras em relação ao último modelo. A gola é em V e terá a cor preta, assim como as mangas. Já o uniforme 2 é completamente branco e ganhou o escudo do Flamengo.

Dos novos contratados pelo Flamengo para a temporada 2015/2016, o único rosto totalmente desconhecido do torcedor brasileiro é o do americano Jason Robinson. Depois de sete anos atuando na forte liga espanhola, o ala de 35 anos e 1,97m foi o escolhido pelo técnico José Neto dentre cerca de 60 nomes e terá a chance de jogar pela primeira vez no país. Titular em 26 das 33 partidas do Zaragoza na temporada passada, o jogador que também teve passagens por Portugal, Coreia do Sul e Argentina somou médias de 9,8 pontos, 3,3 rebotes e 26 minutos por jogo na última temporada na Espanha.

Já o armador Rafa Luz e o pivô J.P. Batista disputaram os Jogos Pan-Americanos e a Copa América do México com a seleção brasileira. Apesar de terem atuado muito tempo no basquete europeu, a dupla tem feito parte regularmente das convocações do técnico Rubén Magnano. Ex-jogador do Rio Natura Monbus, o medalhista de ouro em Toronto, no Canadá, volta ao Brasil após oito temporadas na Espanha. Aos 23 anos, o armador conversou bastante com José Neto, Diego Falcão e Olivinha antes de aceitar o desafio de defender o tricampeão do NBB.

- Acho que a nossa chegada muda um pouco a mentalidade de jogo da equipe do Flamengo. Nós vamos trazer o que aprendemos na seleção em relação ao jogo coletivo - disse Rafael Luz. 

Time de basquete do Flamengo para a próxima temporada é apresentado (Foto: Marcello Pires) 
Novos reforços e novo uniforme são apresentados nesta sexta-feira (Foto: Marcello Pires)

Dez anos mais velho que o novo companheiro, J.P. rodou bastante antes de desembarcar na Gávea. Natural de Recife, ele atuou na faculdade de Gonzaga nos Estados Unidos por quatro anos antes de ir para a Europa. De 2006 a 2015, o pivô passou por Lituânia, Letônia e França, onde se sagrou campeão na temporada passada pelo Limoges.

Da equipe que conquistou praticamente todos os títulos que disputou na últimas três temporadas, Gegê, Jerome Meyinsse, Marcelinho Machado, Marquinhos e Olivinha são os únicos remanescentes. O clube rubro-negro não descarta a contratação de mais um estrangeiro caso Cristiano Felício realmente dispute a próxima temporada da NBA. Por enquanto, o pivô de 2,08m está garantido, já que o Chicago conta com 15 jogadores sob contrato. Porém, o brasileiro que ainda tem dois anos de contrato com o Flamengo pode precisar brigar por uma vaga caso algum jogador seja contratado para o período de treinamento durante a pré-temporada.

Mapa revela times mais curtidos em cada uma das 5.570 cidades do Brasil


Qual o time mais curtido no Oiapoque? E no Chuí? E em Brasília? Essas respostas você começa a ter agora - ao navegar no Mapa das Curtidas dos Times do Brasil - projeto desenhado em parceria pelo Globoesporte.com e pelo Facebook. O mapa não é uma pesquisa de torcida - e sim um retrato de curtidas de cada equipe na rede social. O levantamento se inspirou em dois projetos que o Facebook fez com o jornal americano New York Times, medindo curtidas de times da NFL e da NBA nos Estados Unidos. Pela primeira vez, o time de dados de Mark Zuckerberg fez uma amostra desse tipo na América Latina. As informações foram capturadas em 1/5/2015 e levam em consideração as curtidas das páginas oficiais de 43 times brasileiros.

- É a primeira vez que a gente faz esse tipo de raio-x sobre as relações entre os brasileiros e seus times preferidos de futebol. Um produto novo desenvolvido com exclusividade, pela primeira vez na América Latina. A gente conseguiu mostrar a localização geográfica dos torcedores em todo o território nacional. Isso pode ajudar os clubes a entender onde que os seus fãs estão e a descobrir coisas que até agora não tinham conhecimento. Orientar as suas estratégias de comunicação e de engajamento com esses torcedores - diz Esteban Israeal, diretor de comunicação do Facebook América Latina.



Mapa abre ranking  (Foto: GloboEsporte.com)




Os dados não podem ser considerados como pesquisa porque não têm base científica: não têm estratificação por idade, classe, gênero ou outros itens que poderiam configurar a representação de uma população. Além disso no Facebook, um mesmo torcedor, por exemplo, pode curtir mais de um time (a frequência, porém, é pequena). Até por isso, os dados do mapa são amplos. O Brasil tem 96 milhões de pessoas no Facebook, quase metade da população do país. Desses, mais de 50 milhões curtem páginas oficiais de clubes.

Para desenhar o mapa principal, o GloboEsporte.com consultou estatísticos, matemáticos e fez uma comparação entre curtidas e a população de cada município. Mas, além dele, há também o "mapa de calor" das curtidas de cada time - de acordo com seus percentuais por município. Neste mapa, a cor fica mais ou menos intensa de acordo com o número de curtidas.

 Mapa Corinthians (Foto: GloboEsporte.com)

Distribuição das curtidas do Corinthians

 Mapa São Paulo (Foto: GloboEsporte.com)Distribuição das curtidas do São Paulo 




Mapa Palmeiras (Foto: GloboEsporte.com)

Distribuição de curtidas do Palmeiras


 Mapa Santos (Foto: GloboEsporte.com)



Distribuição de curtidas do Santos

Segundo os dados do Facebook, o Flamengo é o time que lidera as curtidas no maior número de cidades"): 2.639. O Corinthians vem em segundo, com 1.489, seguido de Grêmio (641) e Cruzeiro (581). O Bahia fecha o top 5 com 81 cidades. Outros times aparecem liderando em algumas cidade. São Paulo lidera em três cidades (uma no Ceará, uma em Alagoas e outra em São Paulo). O Internacional lidera em 16 cidades - todas no Rio Grande do Sul. Outros são líderes em suas regiões de origem - como Santos. Ceará, Sport, Atlético-PR, Criciúma, Chapecoense, Figueirense e Joinville.



Mapa Flamengo (Foto: GloboEsporte.com) 



Distribuição de curtidas do Flamengo


Mapa Vasco (Foto: GloboEsporte.com) 

Distribuição de curtidas do vasco

Mapa Botafogo (Foto: GloboEsporte.com) 
Distribuição de curtidas do Botafogo

Mapa Fluminense (Foto: GloboEsporte.com) 
Distribuição de curtidas do Fluminense


Os mapas de cada time mostram como os chamados 12 grandes conseguiram espalhar fãs pelo Brasil - eles estão presentes em 99,5% dos municípios. O Flamengo se destaca no Norte - onde lidera as curtidas em quase todas as cidades (perde para o Corinthians em 14 cidades no Pará e cinco em Rondônia). Ganha até em Belém, onde fica um pouco na frente de Remo e Paysandu. No Nordeste, o Rubro-Negro também lidera em curtidas, mas perde em centenas de cidades para forças como Sport, Ceará e Bahia. E o Corinthians também aparece com força na Zona da Mata Pernambucana.

O São Paulo consegue bons índices de curtidas em cidades das cinco regiões do Brasil, sendo segundo colocado em boa parte de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e no Sul de Minas Gerais. O Tricolor tem o maior número de curtidas em  três municípios. Mas está em segundo em 1.162 e em terceiro em 1.937. Ou seja, está entre os três mais "apreciados" em 3.102 cidades.  Por esse critério, fica atrás apenas de Corinthians (top 3 em 4.015 municípios) e Flamengo (top 3 em 3.456). O clube do Morumbi atinge percentuais bem altos nos estados de São Paulo e Paraná, e nas regiões Centro-Oeste e Nordeste.


.
Mapa Cruzeiro (Foto: GloboEsporte.com)Distribuição de curtidas do Cruzeiro

Mapa Atletico-mg (Foto: GloboEsporte.com)Distribuição de curtidas do Atlético-MG

Mapa Grêmio (Foto: GloboEsporte.com)Distribuição de curtidas do Grêmio

Mapa Internacional (Foto: GloboEsporte.com)
Distribuição de curtidas do Internacional



Palmeiras e vasco também são muito fortes no Mapa das Curtidas. O v asco tem percentuais muito altos no Rio de Janeiro, Espírito Santo e na Região Norte - especialmente no Amazonas. Das 50 cidades que mais curtem o time, 44 ficam no Amazonas ou no Espírito Santo - apenas seis são no Rio. O Palmeiras é muito forte em São Paulo, norte do Paraná e Centro-Oeste. E aparece como um dos quatro times mais curtidos em 1.079 cidades.

O azul lidera nos dois estados com as maiores rivalidades regionais do país. Em Minas, o Cruzeiro lidera na maior parte das cidades do estado (há cidades em que Corinthians e Flamengo lideram) - sempre seguido muito de perto pelo Atlético-MG. Como os dados são exclusivamente de fanpages oficiais, uma atuação mais forte no Facebook pode fazer  diferença nessa hora, além da possível maior penetração no público jovem, que é maioria na rede social.

No Rio Grande do Sul, o Grêmio tem mais curtidas em mais de 90% dos municípios. O Inter lidera em 16 -  sendo que um deles é a capital, Porto Alegre.  Os dois gaúchos têm força também em Santa Catarina, Paraná e no Mato Grosso, estado que teve grande migração gaúcha.

O Santos lidera em três cidades da Baixada Santista e tem bons índices em São Paulo e no Norte do Paraná.  O Botafogo é forte no Rio e aparece como segundo mais curtido em diversas cidades do Sul de Minas Gerais. Das 50 cidades que mais curtem o time - 42 são mineiras. O Fluminense, por sua vez, é o mais "fluminense" dos times. Das 50 cidades que mais curtem o clube só duas ficam fora do Rio de Janeiro.

O mapa traz várias outras curiosidades - como o perfil de curtidas de rivalidades locais (Remo x Paysandu, América-RN x ABC, Vitória x Bahia), o mapa de cada time, a lista das 50 cidades que mais curtem cada equipe e o ranking de curtidas em cada município. Por uma limitação no escopo da pesquisa, ficaram fora da análise do mapa clubes tradicionais em algumas cidades - como Pelotas e Brasil de Pelotas (em Pelotas), Juventude e Caxias (de Caxias), Botafogo e Comercial (de Ribeirão Preto) e diversos outros clubes do interior.

8 mil ingressos já foram vendidos para amistoso entre Desportiva e Flamengo


A partida amistosa entre Desportiva Ferroviária e Flamengo, no dia 11 de outubro, às 16h, no estádio Kleber Andrade, que conta com venda antecipada de ingressos, tem grande procura pelas entradas. Após seis dias da venda on-line e três dias com os bilhetes disponibilizados nas lojas, segundo os organizadores do evento, ao todo já foram vendidos 8.000 dos 16.000 ingressos postos à venda inicialmente.

Os ingressos para o jogo entre o rubro-negro carioca e os grenás do Espírito Santo podem ser adquiridos no valor de R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia). Têm direto à meia-entrada idosos (a partir de 65 anos), estudantes e crianças de 7 a 12 anos (menores de 7 anos não pagam), acompanhadas de um adulto. Ainda não há confirmação se os sócios torcedores do Flamengo e da Desportiva têm direito ao benefício de meia-entrada.


Estádio Estadual Kleber Andrade (Foto: Fernando Madeira/A Gazeta) 
Estádio Estadual Kleber Andrade (Foto: Fernando Madeira/A Gazeta)

A venda on-line está disponível por meio do site blueticket.com.br, mas os torcedores que optarem por comprar nas lojas, podem encontrar os ingressos nos seguintes pontos, espalhadas por toda a Grande Vitória.

Vitória
 
Spózer (Centro de Vitória)
Endereço: Avenida Jerônimo Monteiro, 744
Telefone: (27) 3203-9000

OK Hipermercado (Reta da Penha)
Endereço: Av. Nossa Sra. da Penha, 2150
Telefone: (27) 3022-4631

RetroMania (Shopping Vitória)
Endereço: Avenida Américo Buaiz, 200
Telefone: (27) 3345-3475

Vila Velha

Fla Sports (Shopping Boulevard)
Endereço: Rod. do Sol, Itaparica, 5000 , loja 1036
Telefone: (27) 2233-8206

RetrôMania (Shopping Vila Velha)
Endereço: Av. Luciano das Neves, 2418 - Divino Espirito Santo
Telefone: (27) 3329-7928

Ademar Cunha (Novo México)
Endereço: Av. Sérgio Cardoso, 248
Telefone: (27) 33998400

Spózer (Glória)
Endereço: Rua Aurora, 612
Telefone: (27) 3229-6729

Cariacica

Ademar Cunha (Campo Grande)
Endereço: Avenida Expedito Garcia, 159
Telefone: (27) 3336-5016

Serra

Fla Sports (Shopping Mestre Álvaro)
Endereço: Av. João Palácios, 300, bairro Eurico Salles
Telefone: (27) 3211-0202

Ademar Cunha (Laranjeiras)
Endereço: Rua Vicente de Carvalho, Numero 24, (Bairro Residencial Laranjeiras)
Telefone: (27) 3366-3611

Nova entrada ao estádio e nova divisão de torcida
Para o amistoso, promotores do evento anunciaram que a entrada de trás do estádio Kleber Andrade estará disponível. Os organizadores também divulgaram um novo mapa para a divisão das torcidas. Inicialmente reservado o setor A só para os adeptos da Desportiva, agora tanto o setor B quanto o A serão utilizados como torcida mista.

Novo mapa para a divisão de torcidas foi divulgado pelos organizadores do evento (Foto: Divulgação/Mile4 Assessoria) 
Novo mapa para a divisão de torcidas foi divulgado pelos organizadores do evento (Foto: Divulgação/Mile4 Assessoria)

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Clubes definem Liga Sul-Minas-Rio de fevereiro a abril, com dois grupos de cinco


Os clubes que fazem parte da nova Liga Sul-Minas-Rio se reuniram nesta quinta-feira em Santa Catarina e definiram o período de competição: do início de fevereiro ao final de abril, com nove datas, podendo reduzir para sete. O formato deverá ser com dois grupos de cinco clubes, com dois classificados por chave, semifinal e final. Com o número ímpar em cada grupo, uma equipe folgará por rodada na primeira fase e, com isso, a previsão inicial de oito datas passou para nove.

De acordo com o advogado Eduardo Carlezzo, consultor da liga, tudo ainda dependerá de conversas com a CBF. Delfim Peixoto, vice-presidente da CBF que vem apoiando a liga desde antes de sua criação, e desafeto declarado do presidente Marco Polo del Nero, garante haver uma forma de realizar a competição respeitando todas as datas dos estaduais. A parte jurídica também foi discutida e todos os documentos sobre a nova liga e a competição deverão ser levados na próxima semana para o presidente da CBF, Marco Polo del Nero.

Delfim afirma que a disputa acontecerá já em 2016 "de qualquer jeito". Mas Del Nero inicialmente não se mostrou simpático à ideia e é pressionado pelo presidente da Federação de Futebol do Rio (Ferj), Rubens Lopes, que tenta barrar a participação de Flamengo e Fluminense na liga. Os dois clubes cariocas assinaram como fundadores e estão em racha declarado com a entidade. A próxima reunião da Liga Sul-Minas-Rio foi marcada para 8 de outubro, em Curitiba.


Criação da Liga Sul-Minas-Rio


Iluminação azul na fachada da Gávea faz Wallim representar contra Bandeira

Materia Flamengo (Foto: Reprodução)
Na última terça-feira, "O Globo" revelou que a fachada da sede social do Flamengo, na Gávea, ganhou iluminação azul. Um tapete da mesma cor cercou parte do clube. Wallim Vasconcellos, candidato à presidência pela Chapa Verde, fez representação contra Eduardo Bandeira de Mello junto ao Conselho de Administração sob a alegação de que o fato configura "abuso de poder" por parte do atual mandatário e adversário na corrida eleitoral.

No documento, Wallim compara Bandeira, antigo aliado, a Odorico Paraguaçu, político corrupto que protagonizou a novela "O Bem Amado", exibida pela Rede Globo, em 1973.

A petição exige que a iluminação da fachada volte à cor original (branca) e que o tapete seja vermelho ou preto. A mesma ainda afirma que, caso as alterações não sejam feitas o quanto antes, Eduardo Bandeira de Mello poderá tornar-se inelegível para o pleito de dezembro.

Confira trechos do documento abaixo:
 
"Trata-se de representação contra atos do Presidente do Conselho diretor que disputa a reeleição no processo eleitoral já iniciado e até o momento sob a tutela deste Conselho, tendo subscrito sua chapa na cor azul.

Os atos praticados em flagrante exemplo de abuso de poder político se configuram na modificação da iluminação da fachada da sede social que de branca passou a cor azul, bem como pela instalação de longo carpete da cor azul na entrada da sede social deste Clube, tudo isso no curso do processo eleitoral instaurado.

Tal artimanha se compara apenas as piores praticas políticas já vistas, transformando o Flamengo em uma verdadeira Sucupira idealizada por Dias Gomes, eis que com sua extraordinária criatividade seu personagem Odorico apresentou o mal que a busca pelo poder inescrupuloso pode fazer".

 

Fla diz que chapa verde já sabia da iluminação

O Flamengo, de forma oficial, respondeu que a cor da iluminação não é novidade para alguns integrantes da Chapa Verde. Disse que a escolha do azul foi feita pelos organizadores do evento "Morar Mais por Menos", que aluga espaço no clube. Ainda afirma que o acordo para a realização do mesmo na sede rubro-negra foi firmado em janeiro e que o mesmo não sofreu contestação por parte de correligionários de Wallim Vasconcellos. Confira a posição do clube

"Em relação à reclamação de uma das chapas que concorrerão à presidência do clube em dezembro deste ano, sobre a iluminação na fachada da portaria localizada na Avenida Borges de Medeiros, o Clube de Regatas do Flamengo lembra que ela é de responsabilidade e referente à linguagem visual do evento "Morar Mais por Menos", que aluga espaço no clube e cuja organização já se pronunciou a respeito. O acordo para utilização do espaço foi firmado no início do ano, com conhecimento e anuência, inclusive, de pessoas ligadas à referida chapa".

Alan Patrick não se abate com pênalti perdido: "Vou treinar para melhorar"


Alan Patrick, do Flamengo, entrevista no Ninho do Urubu (Foto: Ivan Raupp)O Flamengo foi derrotado pelo Atlético-MG por 4 a 1 no último domingo, mas, na opinião de Oswaldo de Oliveira, a história poderia ter sido outra se a equipe tivesse convertido um pênalti no início da partida, quando o placar ainda estava em 0 a 0. O encarregado da cobrança foi Alan Patrick, que bateu rasteiro e sem muita força no canto direito e viu Victor pular para fazer a defesa. Ao falar sobre o ocorrido nesta quinta-feira, o meia não mostrou abatimento.

- Eu estava confiante e peguei a bola para bater. Venho treinando durante a semana, sempre treino pênalti e falta. Aconteceu. Mas se vier outro pênalti no próximo jogo a gente decide. Quem estiver bem para bater... Não teria problema nenhum eu ser o cobrador novamente - disse ele, reforçando o fato de que o Flamengo naquele momento não tinha um cobrador oficial, assim como afirmou Oswaldo ao fim do jogo.

Alan não pegou na bola da maneira como gostaria. Ao mesmo tempo, ele elogiou Victor pela defesa da penalidade.

- Ele foi bem. Depois, acompanhando, vi que ele definiu o canto e saiu. Minha cobrança também achei que não foi tão bem batida. Juntou esses dois fatores... Então, vou trabalhar, treinar para melhorar nos próximos.

Após duas derrotas, o Flamengo de Alan Patrick volta a campo neste domingo, às 16h, contra o vasco, pelo Brasileirão. Nos últimos cinco jogos contra o rival, foram dois empates e três derrotas, que acabaram em eliminações no Carioca e na Copa do Brasil. O jejum contra os cruz-maltinos está incomodando os rubro-negros.

- Sem dúvida nenhuma (o jejum) é um combustível. A equipe está se preparando para fazer um grande jogo, não só por ser o vasco. Estamos bem focados no que queremos. Tivemos duas derrotas, mas isso não muda nossa maneira de trabalho nem nosso foco. Claro que a gente busca a perfeição. É difícil, mas a gente trabalha para errar o menos possível nos jogos. Uma vitória domingo vai nos dar moral e confiança - declarou o camisa 19.


Torcida do Flamengo esgota setor Norte para oitavo confronto com o vasco


O setor Norte, dos rubro-negros, já está esgotado e foram vendidos até quarta-feira à noite 21 mil ingressos

O maior público do ano foi na partida da Taça Guanabara, em março, quando mais de 50 mil torcedores viram o Flamengo derrotar o rival pela última vez. A média tem sido superior a 33 mil pagantes.

As vendas nos pontos físicos começaram na manhã desta quinta-feira e alguns postos tiveram boa procura. No Maracanã, houve fila de maioria rubro-negra. Os preços variam de R$ 60 a R$ 185, com meia entrada em todos os setores.

Para voltar a vencer o rival, o técnico Oswaldo de Oliveira conta com Ederson, considerado titular do time ideal que tem em mente. Porém, o camisa 10 não é visto como meia de criação pelo treinador. Este papel fica para Alan Patrick. O meio-campo deve entrar no lugar de Everton, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Emeson Sheik e Wallace treinaram com bola nas atividades desta manhã, no Ninho do Urubu, e também podem voltar ao time. O atacante e o zagueiro desfalcaram a equipe por causa de lesão muscular

Flamengo x vasco sanitário: sob forte calor, torcedores fazem fila por ingressos


Nem mesmo o forte calor de 34ºC registrado pelos relógios da região do Maracanã na manhã desta quinta-feira espantaram os torcedores de Flamengo e vasco que buscavam ingressos para o clássico no próximo domingo. Nas bilheterias destinadas às duas torcidas, pessoas tentavam se esconder do sol usando guarda-chuvas ou buscando uma sombra quando o caminho da fila permitia. A venda começou às 10h e seguia sem qualquer incidente.

Fila de ingressos - Flamengo x Vasco (Foto: João da Mata)Torcedoras do Flamengo tentavam fugir do calor escondidas embaixo de um guarda-chuva (Foto: João da Mata)

Até a noite desta quarta-feira, a parcial de venda apontava 21 mil ingressos comercializados. Pelo site do Maracanã era possível ver que a procura era maior no lado rubro-negro. O cenário era o mesmo nesta quinta-feira nas bilheterias do estádio. O número de pessoas com a camisa do Flamengo superava o de vascaínos. Ao meio-dia o Maracanã divulgou que restavam apenas 500 ingressos para o Setor Norte, destinado aos flamenguistas.

Fila de ingressos - Flamengo x Vasco (Foto: João da Mata) 
No lado vascaíno uma árvore amenizava o calor para os torcedores, que estavam em menor número (Foto: João da Mata)

No Campeonato Brasileiro, porém, as equipes vivem momentos que não correspondem a esse cenário. O Fla ainda é o melhor time do segundo turno, mas vem de duas derrotas seguidas, sendo a última delas uma goleada para o Atlético-MG. O vasco atravessa seu melhor momento na competição. Das últimas quatro partidas venceu três e empatou um, dando uma arrancada para fugir da zona do rebaixamento.

Fila de ingressos - Flamengo x Vasco (Foto: João da Mata) 
No lado rubro-negro, mais pessoas buscavam conforto embaixo de guarda-chuvas (Foto: João da Mata)


Em São Januário, sede do vasco, a procura é pequena. A fila reunia poucos torcedores na busca por um ingresso para o clássico.

Fila de ingressos em São Januário para Flamengo x Vasco (Foto: João da Mata)Fila de ingressos,  ou melhor, 6 pessoas no galinheiro de São Januário para Flamengo x vasco (Foto: João da Mata)

Flamengo e  vasco se enfrentam no próximo domingo, às 16h, no Maracanã. O Rubro-Negro é o sexto colocado na tabela, com 41 pontos, a três do G-4. O Cruz-Maltino é o 19º, com 23 pontos, a oito do primeiro time fora do Z-4.

Confira informações sobre a venda de ingressos:

PREÇOS
Norte - R$ 60 (R$ 30 meia-entrada) - FLAMENGO
Sul - R$ 60 (R$ 30 meia-entrada) - vasco
Leste Inferior - R$ 100 (R$ 50 meia-entrada) - setor misto
Maracanã Mais - R$ 185 (R$ 115 meia-entrada) - área vip com serviços

PONTOS DE VENDA E RETIRADA ANTECIPADA – 10h às 17h

Maracanã (Bilheteria 4) - Av. Maracanã, s/nº (Flamengo) – no sábado (26/9), funcionará de 10h às 13h, devido ao jogo Fluminense x Goiás
Maracanã (Bilheteria 1) – Av. Maracanã, s/nº (Vasco) – no sábado (26/9), funcionará de 10h às 13h, devido ao jogo Fluminense x Goiás
Estádio Caio Martins - Rua Presidente Backer, s/nº - Icaraí, Niterói
Sede do Flamengo – Av. Borges de Medeiros, nº 997 (Sócio)
Sede do Flamengo – Praça Nossa Senhora Auxiliadora, s/nº
São Januário (Bilheteria 5) – General Almério de Moura, nº 131
Espaço Rubro Negro – Méier – R. Dias da Cruz, nº 255 – Shopping Méier
Espaço Rubro Negro – Shopping Nova América – Av. Pastor Martin Luther King Jr, nº126 – 1º piso
Espaço Rubro Negro – Via Brasil – Rua Itapera, nº500 – Irajá
Espaço Rubro Negro – Quitanda – Rua da Quitanda, nº87 – Centro
Espaço Rubro Negro – Downtown – Av. das Américas, nº500, loja 114 – Barra
Espaço Rubro Negro – Madureira – Estada do Portella, nº222
Cariocas FC – Shopping Nova América – Av. Pastor Martin Luther King Jr, nº126 – 1º piso
Ticket Point Bar e Lanchonete – Av. Atlântica, quadra 12

No dia do jogo, só haverá venda de ingressos na sede do Flamengo e do Vasco (10h às 13h), além das bilheterias do Maracanã até o término do primeiro tempo e no site www.maracana.com até as 12h.