Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 17 de outubro de 2015

Festa da torcida e magia do Orlando: Oladipo e Vucevic dominam o Flamengo


Vucevic e Meyinsse Flamengo Orlando NBA Global Games (Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto)Se a boa atuação diante do Orlando Magic na temporada passada, nos Estados Unidos, fez o torcedor o Flamengo sonhar que era possível vencer uma franquia da NBA, Victor Oladipo e Nikola Vucevic - cestinha da noite, com 18 pontos - deixaram claro que a disparidade entre a liga americana e o resto do mundo ainda é muito grande. Com seus dois principais jogadores inspirados, o time da Flórida dominou o jogo do início ao fim e fez o confronto válido pela NBA Global Games mais parecer um jogo-treino. Muito superior técnica e fisicamente e sob o embalo do DJ D-Strong, que vestia justamente a camisa do Magic, a equipe do técnico Scott Skiles aproveitou a falta de sintonia da nova equipe rubro-negra e venceu por 90 a 73.

Se do lado de fora as celebridades eram quase todas brasileiras, com exceção dos ex-jogadores da NBA Tyrone “Mugsy” Bogues (menor atleta a atuar na liga americana, com 1,60m) e o alemão Detlef Schrempf, em quadra as estrelas foram os jogadores do Orlando. Com uma rotação bem maior que a do Flamengo e um volume de jogo impressionante para um time em pré-temporada, a equipe da terra do Mickey fez Carolina Dieckman, Diogo Nogueira, Junior, Julio Cesar Uri Geller, Ivo Meirelles, Sandra de Sá e José Aldo, entre outras estrelas rubro-negras na Arena da Barra, voltarem para casa sem a sonhada façanha. Ao todo, 14.894 torcedores foram à Barra da Tijuca e cantaram bastante. Fizeram a festa acontecer mesmo com o cenário amplamente desfavorável.

Vucevic sobe com Meyinsse: gigante do Orlando foi o cestinha do jogo (Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto)

Falta de entrosamento

Tudo era novo para o time do Flamengo, a começar pelo seu quinteto titular. Com três jogadores que não faziam parte da equipe que conquistou o tricampeonato do NBB na temporada passada, ficou claro que o técnico José Neto vai precisar de tempo. Tempo que Victor Oladipo e Vucevic não deram para os rubro-negros se acharem em quadra. Com quinze pontos da dupla, o Orlando Magic dominou o primeiro quarto do início ao fim e não deixou os donos da casa respirarem. O time carioca até melhorou com a entrada do capitão Marcelinho, responsável por sete pontos mesmo vindo do banco, mas não o suficiente para evitar a derrota por 27 a 16.

basquete Flamengo x Orlando Magic NBA Global Games (Foto: André Durão)
Oladipo deixa Meyinsse para trás na bandeja: Orlando dominou a partida do início ao fim (Foto: André Durão)

A história do primeiro quarto se repetiu no segundo. Principalmente depois que Neto tirou Gegê e Marcelinho e voltou com Rafael Luz e Jason Robinson. E olha que Oladipo e Vucevic continuaram no banco. Com uma marcação agressiva e abusando dos contra-ataques, o time da Flórida abriu 17 pontos. Quem entrou bem foi o estreante Tiagão. O jogador emprestado pelo Basquete Cearense só para essa partida anotou duas bolas de três (veja uma delas no vídeo abaixo) e deu trabalho para Vucevic.  Mais foi só. Coletivamente muito desentrosado, o Flamengo não resistiu ao volume de jogo dos visitantes e foi para o intervalo com 17 pontos de prejuízo (51 a 34).


O terceiro período foi quase uma repetição do primeiro. Com o quinteto titular, o Orlando voltou arrasador, fez 14 a 3, abriu 28 pontos de frente e acabou com qualquer esperança do Flamengo de fazer história. E olha que mais uma vez o técnico Scott Skiles deu uma mãozinha para o Flamengo e tirou suas duas principais estrelas na metade do quarto. Mesmo sem a dupla, os visitantes não tiraram o pé do freio e foram para o último período com uma confortável vantagem de 27 pontos.


Cestinha do Flamengo no jogo nos Estados Unidos com 20 pontos, Marcelinho voltou a ser o maior pontuador do time da Gávea na derrota deste sábado, com 14 pontos. E foi justamente uma jogada capitão rubro-negro que levantou o torcedor rubro-negros a nove minutos do fim. Ao tentarem impedir uma cesta de três do camisa 4, Channinfg Frye e Devyn Marble bateram cabeça e caíram literalmente um para cada lado (veja abaixo). Esse talvez tenha sido o único momento de euforia dos atuais tricampeões do NBB. No resto, o time americano apenas fez o tempo passar para voltar para casa com as melhores recordações do Rio de Janeiro, dentro e fora de quadra.


FLAMENGO: Rafael luz, Jason Robinson, Marquinhos, Rafael Mineiro e Jerome Meyinsse. TÉCNICO: José Neto. Entraram: Marcelinho, J.P.Batista, Gegê, Olivinha, Tiagão, 

ORLANDO MAGIC: Shabazz Napier, Victor Oladipo, Evan Fournier, Tobias Harris e Vucevic. TÉCNICO: Scott Skiles. Entraram: Devyn Marble, Mario Hezonja, Channing Frye, Jason Smith, Dewayne Dedmon, Keith Appling,


Torcida acredita! Flamengo x Inter já tem 18 mil ingressos vendidos


Maracanã informa que 18 mil ingressos foram vendidos para a partida de amanhã entre Fla x Inter, no Maracanã.

Guerrero ainda lidera venda de camisas do Corinthians em 2015. E é líder no Flamengo também


Passados quase cinco meses que deixou o Corinthians para defender o Flamengo, o atacante Guerrero ainda é o líder em vendas de camisas do clube paulista em 2015. O peruano está à frente de Renato Augusto e Elias, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

Se não bastasse a liderança entre os torcedores corintianos, o jogador também é o que mais vendeu camisas entre os flamenguistas neste ano, superando Emerson Sheik, vice-líder, e Paulinho, terceiro colocado.

O ranking da venda de produtos é do e-commerce especializado em artigos esportivos Netshoes e considera dados até o mês de setembro deste ano.

Com Guerrero e Jorge em campo, Flamengo faz último treino antes do Internacional


Com o clima leve e muitas crianças no Ninho do Urubu, o Flamengo encerrou neste sábado de manhã sua preparação para o jogo contra o Internacional, pelo Brasileirão. O destaque da atividade ficou por conta dos retornos de Guerrero e Jorge ao time. O atacante estava com a seleção peruana para jogos das eliminatórias, enquanto o jovem lateral-esquerdo volta de suspensão. Ainda com dores na coxa esquerda, Wallace está fora do jogo deste domingo.

Oswaldo de Oliveira fechou a atividade por quase 1h30. Porém, quando liberou a entrada da imprensa, não fez mistério. O time não terá surpresas. A equipe titular foi formada no coletivo com Paulo Victor, Pará, Samir, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Canteros e Alan Patrick; Everton, Sheik e Guerrero. Com o trio ofensivo inteiro  à disposição, Paulinho retorna para o banco de reservas.

Oswaldo e Guerrero treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) 
Oswaldo conversa com Guerrero durante treino da manhã deste sábado (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
 
Oswaldo novamente insistiu muito nas jogadas de bola parada, principalmente em escanteios pela esquerda. Após o coletivo, treino de finalizações. Faltas e pênaltis. Gabriel teve bom aproveitamento nas penalidades máximas. Já nas cobranças de média distância, Kayke e Paulinho tiveram bom aproveitamento.

Wallace vai passar por exames
Fora do segundo treino consecutivo e do jogo deste domingo contra o Internacional, Wallace vai passar por exames neste sábado para descobrir a origem do desconforto na coxa esquerda. Ele já não havia participado da atividade desta sexta-feira, mas as dores persistiram neste sábado. Inicialmente não estava sendo cogitada a realização de exame.

Uma nova chance: lojas do Flamengo lançam programa de emprego para refugiados


No momento em que a União Europeia vive tempos de polêmica sobre o abrigo de refugiados vindos de zona de conflito, o Flamengo, do outro lado do Atlântico, abriu os braços. As lojas licenciadas do Rubro-Negro vão lançar na próxima segunda-feira um programa de empregos e vão contratar 10 congoleses para trabalhar como vendedores.

Fla-Refugiados vai ser oficializada como embaixada rubro-negra (Foto: Divulgação) 
Flamengo já tem uma torcida organizada formada por refugiados: a Fla-Refugiados (Foto: Divulgação)

O processo foi capitaneado por Marcelo Plaisant, diretor da SM Plai, empresa que faz a interlocução do clube com os empresários donos das lojas licenciadas. Plaisant diz que a ideia inicial era contratar cinco refugiados. Mas eles surpreenderam. Principalmente na hora de demonstrar conhecimento prévio sobre Flamengo. Um questionário de perguntas sobre a história do clube foi elaborado. Conclusão: todos os 10 postulantes passaram no teste.

- É uma emoção gigante participar de um projeto como este. Envolve nossas paixões, trabalho e Flamengo. As 56 lojas oficiais empregam cerca de 450 rubro-negros. Ganhamos mais 10 deles. Cheguei com uma folha de papel para contratar cinco, fechei com 10. Todos eles reuniam condições. Tive no processo professores, fotógrafo, enfermeiro, estivador... um deles falava três línguas. Todos vivendo uma condição muito complicada. Muitos choraram de emoção ao ouvir o convite - contou Marcelo Plaisant.

Um destes homens que enxergam agora uma chance de reconstruir a vida é Prince Mabuza, de 29 anos. Nascido na República Democrática do Congo - país que sofre há anos com uma violenta guerra civil -, o professor de matemática passou por Uganda e Quênia antes de chegar ao Brasil por acaso. Isso mesmo, por acaso. No Quênia, Prince ganhou de "presente" uma passagem clandestina em um navio cargueiro. O destino? Ele não sabia. Foi saber depois de 20 dias em alto mar. Era o Brasil. Era o Rio de Janeiro.

- Cheguei aqui sem saber e com muita coisa na cabeça. Chegar em um país totalmente diferente e ainda ter um emprego... Estou feliz. Estou muito, muito, muito feliz. Eu nunca vou esquecer o que estão fazendo por mim. Eu tinha uma situação boa no meu país, mas tive que sair. Tinha uma namorada lá. Não sei onde ela está. Ela e toda minha família. Todos estão desaparecidos. Perdi tudo. Eu agora imagino muitas coisas. Até que a minha família possa vir um dia. Quero ter uma vida como tinha no Congo, onde trabalhava. Sou uma pessoa trabalhadora. Eu sei que vou longe - disse Prince.


Prince segura uma camisa pedinda paz no mundo ao lado de Eduardo Bandeira (Foto: Divulgação) 
Prince segura uma camisa pedindo paz ao lado de Eduardo Bandeira. Congolês ganhou um emprego como vendedor (Foto: Divulgação)

Prince é uma novidade para o Flamengo. Mas o Flamengo não é uma novidade para Prince. Ele é um velho torcedor rubro-negro. Isso desde os tempos em que morava em seu país de origem. Ao falar do time do coração, o congolês desfila conhecimento:

- Eu já gostava do Flamengo quando estava no meu país. Sempre acompanhei. Lembro de Ronaldinho Gaúcho, de Luxemburgo, que era o técnico. O maior é o Zico. Assisti até a final de 2009 do Brasileirão. Copa do Brasil com Elias. Eu sempre acompanhei o Flamengo.

Na próxima segunda-feira, feriado para o comércio, haverá uma confraternização na Zona Oeste do Rio de Janeiro onde os novos contratados serão apresentados aos colegas. Gol de placa!

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Pezão sanciona projeto de lei que libera a venda de cerveja nos estádios do Rio


O governador Luiz Fernando Pezão acaba de sancionar o projeto de lei que libera a venda de cerveja nos estádios do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pelo deputado Wanderson Nogueira (PSB), um dos autores do projeto:

- Acredito que a publicação no Diário Oficial aconteça na segunda-feira. É mais um incremento de renda para os clubes - disse Nogueira.

A liberação foi votada em setembro no plenário da Alerj e aguardava somente o crivo do governador. A lei passa a valer assim que for publicada. Pelo projeto, a venda de cerveja está liberada antes e durante as partidas, mas outras bebidas alcoólicas, como destilados, continuam proibidas. Também são autores os deputados Luiz Martins (PDT) e Geraldo Pudim (PMDB).

Após cinco jogos com Oswaldo, Almir ganha elogios: "Ele tem qualidade"


Almir pode sorrir, pois voltou a ter oportunidades no Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)
No momento de instabilidade do Flamengo há quem tenha motivos para sorrir: o meia Almir. Praticamente deixado de lado por Cristóvão Borges, dado que, sob a orientação do ex-comandante, só entrou nos acréscimos do empate por 2 a 2 com o Santos, o jogador de 33 anos ganhou nova vida com Oswaldo de Oliveira. Dentre os quatro treinadores que dirigiram o time durante a passagem do meia pela Gávea, Oswaldo é quem mais o utilizou, o aproveitando em cinco oportunidades.

- Almir é um jogador contratado pelo Flamengo, experiente e com qualidade. Acho que não tem discussão. Conseguiu ter mais oportunidades agora porque não tenho Cirino e Ederson. Ele e Gabriel, que não estavam jogando, têm tido mais oportunidades. Almir está aqui para jogar. Não vejo nada de especial sobre isso - explicou Oswaldo.

Almir entrou em campo nos últimos três jogos do Flamengo, contra Figueirense (0x3), Desportiva (4x0) e Joinville (2x0). Não jogou mal, porém também foi incapaz de produzir mudanças no time.

Cristóvão Borges foi o técnico que menos utilizou Almir. O colocou apenas aos 48 minutos do segundo tempo do empate por 2 a 2 com o Santos, jogo que foi encerrado aos 50. É bom destacar, porém, que no dia do anúncio de Cristóvão o meia sofreu fratura no cotovelo esquerdo durante jogo contra o Náutico (1 a 1), o primeiro entre as equipes pela Copa do Brasil. Na partida em questão, o camisa 28, treinado pelo interino Jayme de Almeida, começou jogando.

Jogos de Almir com os técnicos
 
Vanderlei Luxemburgo: 4      
Jayme de Almeida (interino): 1
Cristóvão Borges: 1    
Oswaldo de Oliveira: 5

Vanderlei Luxemburgo, demitido após derrota para o Avaí (1x2), no fim de maio, foi quem referendou a contratação de Almir. O escalou quatro vezes, duas como titular.

- Almir foi uma grande contratação. Tem muita força muscular e, sem dúvida, ajudará muito no Brasileiro. Ele é forte, jogador que carrega a bola e tem uma boa técnica. Boa contratação para o Campeonato Brasileiro - elogiou Luxa à época.

Oswaldo disse que, além de enxergar qualidades em Almir, as oportunidades serão mais frequentes por conta das ausências dos lesionados Ederson e Marcelo Cirino. Enquanto o primeiro tem apresentado problemas físicos frequentes, o outro passará por artroscopia no menisco do joelho direito no sábado. Será o momento de Almir? É esperar para ver.

Basquete Cearense fará dois amistosos contra Flamengo, no Ceará


Cartaz Basquete Cearense x Flamengo (Foto: Divulgação)
Em fase final de preparação para a disputa da 8ª edição do NBB, o time Basquete Cearense vai disputar dois amistosos com o Flamengo, atual campeão da liga, nos dias 23 e 25 de outubro, às 20h30 e 12h (horário de Brasília), respectivamente, no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza.

A estreia da equipe cearense no torneio nacional será em 4 de novembro, em casa, diante do Mogi das Cruzes, às 19h30 (horário de Brasília). O Mengão estreia um dia antes, contra o Bauru, fora de casa, às 20h30.

- O desafio que nós propusemos ao Flamengo é exatamente para podermos dar uma checada, uma avaliada em que grau nos encontramos neste período, já que temos uma estreia contra o campeão e o vice-campeão paulista de 2015 (Mogi das Cruzes, em 4 de novembro, e São José, no dia 6) - afirma Bial.

A equipe de Fortaleza se reforçou muito para a temporada. Trouxe reforços importantes, como o ala Marcus Toledo, os ala-armadores Audrei e Marcelinho Machado, o ala-pivô Felipe Ribeiro e o pivô Leozão.

Flamengo basquete nbb (Foto: Rudy Trindade/Agência Estado) 
Flamengo reencontra o Basquete Cearense no Paulo Sarasate (Foto: Rudy Trindade/Agência Estado)

Atual campeão do NBB, o Flamengo chega depois de um amistoso de grande porte, contra o Orlando Magic, no Rio de Janeiro. A equipe também se reforçou bem para as disputas do torneio nacional. Em setembro, o clube apresentou o armador Rafael Luz, o ala-armador Jason Robinson e o pivô JP Batista. No entanto, perdeu Cristiano Felício para o Chicago Bulls, Nico Laprovittola para o Lietuvos Rytas, da Lituânia, Vitor Benite para o Murcia, da Espanha, e Herrmann para o San Lorenzo.

Jornalista revela que Zico está perto de conseguir apoios na eleição da Fifa


Um dos principais concorrentes ao cargo de presidente da Fifa, o francês Michel Platini perdeu o apoio da Associação Inglesa de Futebol nesta sexta-feira. Enquanto isso, Zico se movimenta para conseguir os cinco apoios necessários de federações para dar sustentação a sua candidatura. O jornalista Jorge Luiz Rodrigues revelou ter a informação que a campanha do Galinho de Quintino deve anunciar esses nomes até o dia 26 de outubro, prazo final para que as chapas sejam protocoladas.  

- Quando ele começou a campanha não tinha apoio nenhum. Ele precisa de cinco apoios (de federações). A campanha dele está evoluindo nas redes sociais, muita gente apoiando. E a campanha do Zico diz que ele terá no dia 26 de outubro, que é o prazo final das candidaturas, os cinco apoios para se lançar candidato. Vamos ver, a candidatura está se movimentando. Ele não teria chance alguma no início. Mas se a eleição não for adiada, é um prazo crítico para se manter quatro meses com o prazo final até o dia 26 - revelou o jornalista.

Zico lança site com candidatura à Fifa (Foto: Reprodução) 
Zico movimenta sua pré-candidatura à Fifa na internet com site oficial e divulgações nas redes sociais (Foto: Reprodução)


Após o afastamento do presidente Joseph Blatter, do vice Michel Platini (também presidente da Uefa) e do secretário-geral Jérôme Valcke, a Fifa marcou uma reunião de emergência para o dia 20 de outubro, na sede da entidade em Zurique, na Suíça. A provável pauta do encontro será a eleição para presidência da entidade. Inicialmente, a data do pleito é 26 de fevereiro, mas não está descartado um adiamento.

- O termômetro (da chance de Zico nas eleição) a gente vai ter na terça-feira. Vai acontecer em Zurique uma reunião extraordinária do Comitê Executivo da Fifa para deliberar, entre outras coisas, sobre o possível adiamento da eleição. E vai tratar também de temas como membros do Comitê Executivo e membros das comissões que podem ser substituídos. Recebi a informação que podem haver substituições de membros de algumas comissões, inclusve no Comitê Executivo - informou Jorge Luiz.

O francês Michel Platini, presidente da Uefa e até pouco tempo atrás candidato favorito a ganhar o pleito de fevereiro, foi afastado pelo Comitê de Ética da Fifa por 90 dias, acusado de receber um pagamento ilegal feito por Blatter - que também foi afastado.

Liga Sul-Minas-Rio tem os três grupos definidos. Confira quais são os times


A Liga Sul-Minas-Rio já tem os três grupos definidos. A competição, cuja primeira edição será no ano que vem - com início previsto para o fim do mês de fevereiro -, terá 12 times participantes. Calendário e regulamentos serão divulgados na próxima segunda-feira. A Sul-Minas-Rio recebeu o aval da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no último dia 9, quando o executivo-chefe da liga, Alexandre Kalil, esteve na entidade. 

Confira os grupos:

Grupo 1: Cruzeiro, Fluminense, Avaí, América-MG
Grupo 2: Grêmio, Internacional, Atlético-PR, Chapecoense
Grupo 3: Atlético-MG, Flamengo, Figueirense e Coritiba

São 15 os clubes integrantes da liga, mas apenas 12 participarão da primeira edição, com início marcado para fevereiro do ano que vem – a final também já tem data: 30 de março. 

Fazem parte América-MG, Avaí, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Flamengo, Internacional, Joinville, Grêmio e Paraná. Quando o grupo foi criado, a ideia era que a primeira edição do torneio contasse apenas com 10 participantes, sem Chape, Criciúma, Joinville, além de Paraná e América-MG, que se filiaram por último.

Após 30ª rodada, Corinthians aumenta chances de título, e vasco, de cair


Tabela do Brasileirão (Foto: Infobola.com.br)(Fonte: Infobola.com.br)

Presidente da federação catarinense rebate Eurico: "Um idiota e mentiroso"

Dirigente vascaíno acusou Delfim Pádua de entrar em vestiários de árbitros. Vice da CBF desafia presidente de clube carioca a citar um caso e ataca: "Destruiu o vasco"

 

Bateu, levou. Delfim Pádua, presidente da federação catarinense de futebol, respondeu às acusações de Eurico Miranda, mandatário do vasco, após o empate do time carioca com a Chapecoense, em partida marcada pelas polêmicas de arbitragem. Acusado por Eurico de entrar em vestiários de árbitros para buscar ajuda para os times de seu estado, Delfim foi duro nas respostas ao presidente vascaíno. Ele o chamou de "mentiroso" e "idiota".

- Isso é coisa de idiota. Ele é um idiota e um mentiroso! Ele aponte somente um árbitro do Brasil que diga que entrei em vestiário para tentar cantar a arbitragem, pedir favorecimento ou qualquer coisa ilegal. Ele que aponte um. Um só. Ele é um mentiroso. Hoje é proibido ir no vestiário, embora presidente seja delegado do jogo, mas nunca vou como delegado. É um mentiroso, ele nem estava lá. Ele que aponte um que diga isso. Entrou para reclamar da arbitragem - disse Delfim, por telefone, ao GloboEsporte.com.

Delfim Pádua Peixoto Filho  (Foto: Reprodução SporTV) 
Delfim Pádua rebateu Eurico Miranda e disse que o presidente vascaíno prejudica o clube (Foto: Reprodução SporTV)

O presidente da federação, que diz ser de uma família vascaína e torcer para o vasco além dos times de seu estado ("sou Marcílio Dias, que caiu para a segunda divisão estadual, mas sou vasco, meu filho é vasco, minha esposa é vasco"), também afirmou que Eurico faz mal ao clube carioca e, caso algum time de Santa Catarina venha a ser rebaixado no Brasileirão, será "por consequência do futebol".

Torcedores vascaínos destacaram nas redes sociais o que Delfim escreveu em seu Twitter. A mensagem de 27 de setembro dizia: "Sou um homem que acredita. Acredito que nenhum clube de Santa Catarina vai cair para a Série B. Acreditem todos". O presidente da federação catarinense explicou a mensagem.

- Se coloca no meu lugar. Sou presidente da federação catarinense, que com muito sacrifício chegou a ter quatro clubes na Série A. Muita gente não aceita até hoje. Se coloca no meu lugar, meu clubes vão escapar, vão lutar. Se cair, paciência. Criciúma estava na A, caiu para a B, acontece. Se caírem, é por consequência do futebol. Torço que não caia nenhum. Não quer dizer que tem influência. Que influência eu tenho? Não sou que nem ele, que, quando o vasco estava lá embaixo, dizia que o "vasco não vai cair, vasco não vai cair". Vou dizer que a reação do vasco agora é por causa disso (de arbitragem)? Isso é coisa de idiota, que é o que ele é. Ele só faz mal ao vasco, só faz mal ao futebol. Nunca fez bem, nem ao próprio clube. Destruiu o vasco - repetiu as ofensas e atacou mais ainda Delfim.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Concessionária do Maracanã acumula prejuízo e pode devolver o estádio



Odebrecht e Governo Estadual ainda negociam a readequação do contrato de concessão, modificado com o cancelamento de obras que proporcionariam fontes de receita como shopping e estacionamento no complexo do Maracanã. A possibilidade de a empreiteira devolver a administração do estádio no fim do ano circula em conversas nos bastidores e é cada vez mais real, na medida em que a empresa continua a acumular prejuízos. Há cerca de dois meses, a cúpula da concessionária dava como certa a assinatura de um novo contrato. Mas a negociação para reequilibrar o acordo segue sem desfecho.

A empresa tenta esgotar todas as opções de negociação antes de sinalizar a medida, pois não há intenção de criar atrito nas relações com o poder público. No entanto, fontes no governo já ouviram de gente da Odebrecht que a devolução é iminente. Em 2016, a concessionária trabalha com nove meses de fechamento do estádio por conta das Olimpíadas e, diante desse quadro, cortou 40% dos seus funcionários. A concessionária estaria calculando um prejuízo neste ano de cerca de R$ 57 milhões, mas não há confirmação oficial do número.

Um novo fator está prestes a entrar no cálculo: a liberação da venda de cervejas. A concessionária já dispõe de alguns estudos do impacto em outros estados, e os números são positivos - tanto para aumento de público, quanto para aumento de receita. O projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aguarda sanção, ou veto, do governador Luiz Fernando Pezão. A Alerj ainda tem a possibilidade de derrubar, em votação, um eventual veto de Pezão.

Consultada, a concessionária informou, por email: "Governo do Estado do Rio de Janeiro e Maracanã estão em fase final de reequilibro do contrato de concessão, com assinatura de aditivo que redefinirá o escopo e cronograma das obras incidentais. De acordo com cronograma previsto originalmente, as instalações do estádio serão cedidas ao Comitê Olímpico Internacional (COI) no início de 2016 para o período de exclusividade dos Jogos Olímpicos, por até nove meses".

Fim do vasco sanitário

 

Fim de jogo:   vasco sanitário 1 x 1 CHAPECOENSE  

 

 Próximos jogos

Fim do vacso sanitário: São Paulo(F), Grêmio(C), Fluminense(N), Palmeiras(F), Corinthians(C), Joinville(F), Santos(C) e Coritiba(F)

Cruzeiro vence, mas Flamengo é quem passa na Copa do Brasil Sub-20



O Flamengo está garantido nas quartas de final da Copa do Brasil da categoria sub-20. Após estar perdendo por 3 a 0 e ver a vaga ficar nas mãos do Cruzeiro, o time carioca conseguiu um gol de pênalti com Lucas Paquetá, na parte final da partida, e se garantiu na próxima fase. No primeiro jogo, havia vencido por 2 a 0, em Volta Redonda. O adversário nas quartas será o Joinville.

A partida foi realizada na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, na região central de Minas Gerais. O Cruzeiro abriu 3 a 0 diante do time carioca, com dois gols de Dudu e um de Santiago. No segundo tempo, entretanto, o Flamengo marcou através de um pênalti. O Cruzeiro pressionou no final, mas não conseguiu marcar o quarto gol, que o colocaria na próxima fase.

O primeiro jogo do Flamengo contra o Joinville será no dia 20, no Rio de Janeiro. Uma semana depois, o time catarinense recebe os cariocas no Sul.

CBF já dá torneio Sul-Minas-Rio como certo; calendário sai na semana que vem



Após quase quatro horas de reunião, as direções da CBF e da Liga Primeira (Sul-Minas-Rio) chegaram a um acordo. O torneio deve ser realizado no primeiro semestre do ano que vem, com cinco datas e 12 participantes, conforme revelado por este blog.
 
- Está praticamente tudo pronto, na segunda ou na terça-feira teremos a tabela pronta. Serão 12 clubes, no máximo três de cada estado. O critério será o próximo ranking da CBF. Se o próximo ranking não sair a tempo, vamos usar o atual - declarou o diretor-executivo da Liga, Alexandre Kalil.
 
O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, afirmou que a reunião "foi ótima" e deu a entender que o torneio já será realizado em 2016.
 
- Chegamos a um consenso de que já é possível realizar o torneio em 2016 com cinco datas. Falta um pequeno ajuste de calendário apenas. A Liga concordou que a parte de organização seja feita pela CBF - no aspecto de registro, arbitragem, etc. 

O torneio terá 12 clubes divididos em três grupos. Cada clube enfrentará seus rivais da chave apenas uma vez. O campeão de cada grupo e o melhor segundo avançam para as semifinais - que também serão em partida única.

Guerrero se reapresenta ao Flamengo, e Armero volta a campo após lesão


Armero, Flamengo (Foto: Thiago Lima)
Após defender a seleção do Peru nas duas primeiras rodadas das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, contra Colômbia e Chile, Guerrero se reapresentou ao Flamengo na tarde desta quinta-feira. Mas não foi visto no Ninho do Urubu. O atacante, que viajou de volta ao Rio de Janeiro de madrugada, ficou só na academia junto aos titulares que enfrentaram o Figueirense na última quarta. Se faltou o peruano em campo, a novidade ficou por conta de Armero, que apareceu pela primeira vez no gramado após sofrer uma ruptura do músculo adutor da coxa esquerda. Mas ele apenas correu separadamente, não treinou com bola e segue sem previsão de voltar a ficar à disposição do técnico Oswaldo de Oliveira.

Enquanto o colombiano corria ao redor do campo, no gramado os reservas disputaram um coletivo contra uma equipe formada por juniores e o goleiro César. O time tinha Daniel, Ayrton, Marcelo, Wallace e Jorge; Jonas, Luiz Antonio, Almir e Matheus Sávio; Gabriel e Douglas Baggio. A equipe balançou a rede apenas uma vez no período em que a imprensa teve acesso ao treino - gol contra dos juniores após cruzamento de Luiz Antonio pela direita. A atividade ficou fechada por aproximadamente uma hora anteriormente.

Oswaldo de Oliveira acompanhou a atividade ao lado de Jayme de Almeida e observou Jorge em ação. O lateral-esquerdo volta a ficar à disposição do técnico após cumprir suspensão automática contra o Figueirense. Com 44 pontos, o Flamengo é o sétimo colocado do Campeonato Brasileiro e volta a campo no domingo, quando recebe às 16h (de Brasília), no Maracanã, o Internacional, adversário direto por uma vaga no G-4.


Entrega da quadra de comunidade do Rio conta com atletas de Flamengo e Orlando


Entrega da quadra da Cruzada conta com atletas de Flamengo e Orlando (Foto: Marcello Pires)

Jogadores de Fla e Orlando participa da entrega da quadra da Cruzada São Sebastião (Foto: Marcello Pires)

Adversários no próximo sábado, às 18h, na Arena da Barra, pela NBA Global Games, Flamengo e Orlando Magic se uniram por uma boa causa nesta quinta-feira. Com a presença de Arnon de Mello, vice-presidente da NBA Brasil, e de cerca de cinquenta estudantes, jogadores das duas equipes participaram da entrega da quadra reformada da Escola Municipal Santos Anjos, na Cruzada São Sebastião, no Leblon. A obra entregue nesta quinta-feira faz parte do projeto "NBA Cares", iniciativa que promove ações sociais nos países e que a liga americana de basquete realiza seus jogos de pré-temporada.

Quem também marcou presença na inauguração da nova quadra da Cuzada São Sebastião foi Tyrone "Muggsy" Bogues. Famoso por ser o jogador mais baixo a atuar na NBA, com 1,60m, o ex-armador do Charlotte Hornets, do Washington Bullets, atualmente chamado de Wizards, e Toronto Raptors deu dicas importantes à criançada durante a clínica ministrada após a cerimônia oficial.


Além de Bogues, os outros "professores" foram os rubro-negros José Neto, seu assistente Rodrigo Carlos e os atletas Marcelinho Machado, Rafael Mineiro, Rafael Luz, J.P.Batista, Gegê, Jerome Meyinsse e Jason Robinson. Pelo lado do Orlando, estiveram presentes Victor Oladipo, Channing Frye, Tobias Harris, C.J. Watson, Jason Smith e Devyn Marble.

Presenteado pelo rubro-negro Jerome Meyinsse com um copo de açaí, Victor Oladipo agradeceu às boas-vindas do torcedor brasileiro, vibrou com a oportunidade de jogar no Brasil e deu um importante recado para as cercas de 50 crianças presentes ao evento.

- Para alcançar seus sonhos, vocês precisam se dedicar dentro da sala de aula e durante os treinos na quadra. Nada é impossível para quem vai atrás dos seus objetivos e trabalho duro para alcançá-los - afirmou o camisa 5 do Orlando.

Entrega da quadra da Cruzada conta com atletas de Flamengo e Orlando (Foto: Marcello Pires) 
Após a cerimônia oficial, os atletas de Flamengo e Orlando minisraram uma clínica (Foto: Marcello Pires)

Sempre presente às ações sociais promovidas pelo Flamengo, o capitão rubro-negro Marcelinho Machado elogiou a iniciativa da NBA e espera que o exemplo seja seguido pelas equipes brasileiras.

- É muito gratificante fazer parte de um evento como esse e retribuir um pouco do carinho e de tudo que já nos foi passado. Esse é um trabalho muito legal da NBA, que nós acompanhamos de longe e que deve ser literalmente copiado. Nós temos feitos algumas coisas por aqui, como a visita ao Inca há pouco tempo, mas sempre ficamos com o sentimento que deveríamos fazer mais. Já estive no lugar dessas crianças e sei o quanto significa ouvir de um ídolo, de um atleta ou de um cara que é bem sucedido na modalidade que ele escolheu palavras que por mais simples que sejam nos tocam essas crianças de uma maneira diferente - afirmou Marcelinho.

Entrega da quadra da Cruzada conta com atletas de Flamengo e Orlando (Foto: Marcello Pires) 
Rubro-negros posam ao lado dos estudantes da Cruzada São Sebastião Foto: Marcello Pires)

Flamengo recebe reforços para enfrentar o Magic: "Jogar contra já arrepiava"


Treino Flamengo basquete NBA - Rafael Mineiro (Foto: Thales Soares)
Se ainda não sabe as reais condições de Olivinha, que se recupera de um estiramento na coxa esquerda, o Flamengo ganhou nesta quinta-feira dois reforços importantes para o confronto com o Orlando Magic, sábado, na Arena da Barra, pela pré-temporada da NBA, a liga americana de basquete. Os pivôs Rafael Mineiro, ex-Limeira, e Tiagão, vinculado ao Basquete Cearense, se apresentaram e treinaram com os companheiros na Gávea em busca de uma rápida adaptação diante do poucos dias de trabalho antes do jogo.

Rafael Mineiro acertou com o clube para toda a temporada e vem defendendo a seleção brasileira nas últimas competições. Ex-jogador do Limeira, que encerrou suas atividades e não participará da próxima edição do Novo Basquete Brasil, ele chegou com status de reforço de primeira linha para o clube, que perdeu nomes como os argentinos Laprovittola e Hermann, além de Benite.

- A maior dificuldade vai ser o entrosamento com uma equipe já pronta. Serão dois treinamentos para conhecer e saber como atua. Tive a chance de jogar com alguns deles em clubes e na seleção, o que pode facilitar. Mas estou muito satisfeito. Comentei com o Rafa (Luz) que só de jogar contra já arrepiava, imagina a favor. Mandei uma foto para a minha família com um boné do Flamengo e todo mundo vibrou. São torcedores do clube - disse Rafael Mineiro.

Desde o anúncio do fim de Limeira, o jogador se tornou um dos nomes mais cobiçados do mercado. Ele defendeu Bauru nos jogos do Intercontinental contra o Real Madrid e nos dois confrontos com times da NBA nos Estados Unidos, pela pré-temporada da liga.

Treino Flamengo basquete NBA - Tiagão (Foto: Thales Soares) 
Tiagão durante o treino do rubro-negro na Gávea (Foto: Thales Soares)


- Estou me sentindo muito bem. Esses jogos foram bons como experiência e enfrentar times da NBA é uma oportunidade única. Espero conseguir a vitória  que é um fato inédito para um clube brasileiro - comentou.

Se Rafael Mineiro é um jovem valor aos 26 anos, Tiagão tem um perfil completamente diferente. Aos 34 anos e ainda vinculado ao Basquete Cearense, ele chegou ao Flamengo apenas para o jogo com o Orlando Magic, desembarcando no Rio de Janeiro na madrugada desta quinta-feira. Ele passou por uma maratona antes de chegar ao Rio de Janeiro e se apresentar ao clube depois de defender a seleção brasileira militar na Coreia do Sul.

- É um sonho que se realiza. Cheguei segunda-feira da Coreia do Sul e havia uma série de mensagens no meu telefone. O Diego Falcão (preparador físico do Flamengo) havia falado com a minha mulher. Dependia da liberação do Alberto Bial e claro que ele não barraria. Ainda tem um pouco da diferença de fuso horário atrapalhando e meu voo de Fortaleza para o Rio atrasou três horas. Não deu para dormir direito, mas vou fazer de tudo para ajudar o Flamengo - disse Tiagão.


Com lesão no joelho, Cirino vai operar e não deve jogar mais na temporada


Marcelo Cirino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
O Flamengo deverá ficar sem Marcelo Cirino até o fim do Campeonato Brasileiro. O atacante sofreu uma lesão no menisco do joelho direito e passará por uma artroscopia nos próximos dias. De acordo com o empresário do jogador, Pablo Miranda, é improvável que Cirino consiga se recuperar a tempo de atuar ainda nesta temporada.

Na última terça-feira, no último treinamento antes do confronto contra o Figueirense, Marcelo Cirino deixou a atividade alegando dores no local. Em seguida, foi confirmado que o atacante não viajaria para Florianópolis.

O prazo de recuperação para este tipo de problema normalmente é de 30 dias. Em seguida, o jogador terá um novo prazo para readquirir a forma física. Por estes motivos, provavelmente Cirino não entrará mais em campo nesta temporada.

- O Marcelo Cirino sofreu uma lesão no menisco do joelho direito. Foi detectado isso através de um exame de imagem. Ele vai realizar uma artroscopia no sábado de manhã. O prazo de volta é em torno de três a quatro semanas. A gente ainda espera que ele ainda jogue ainda este ano. Tudo vai depender de como será a evolução dele - disse o chefe do departamento médico do Flamengo, Márcio Tannure.

Contrato com status de grande reforço no início da temporada, Marcelo Cirino perdeu espaço no time titular durante o Campeonato Brasileiro. A última vez que o atacante entrou em campo foi no segundo tempo da derrota para o Vasco, no dia 27 de setembro.

Polêmica pessoal, lesões e renovação: os intensos 6 meses de Armero no Flamengo



Armero, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Seis meses. Cinco jogos. Duas assistências. Muita história para contar... fora de campo. Este é o resumo da curta vida e obra de Armero no Flamengo. Contratado por empréstimo da Udinese-ITA em abril deste ano como a solução dos problemas da lateral esquerda do time, o colombiano não conseguiu emplacar uma sequência. Teve a companhia insistente das lesões e viu a posição de titular ser tomada pelo jovem Jorge. E a vida de Armero que já não era fácil, piorou. Na última semana, o jogador teve o seu nome atrelado a um escândalo sexual divulgado por um jornal carioca. 

Pablo Armero - 29 anos

Contrato com o Fla: dez/2015
Contrato com Udinese: dez/2017

Lesões no Fla:
Dores no púbis (anterior à chegada)
Estiramento na coxa direita
Ruptura do adutor da coxa esquerda

Armero é avesso a entrevistas. Sofreu com as críticas durante todo o período lesionado sem falar com a imprensa. Entretanto, resolveu quebrar o silêncio ao ter a vida exposta. De acordo com o colunista Léo Dias, do jornal O DIA, o lateral teria sido flagrado na cama com duas prostitutas pelo sogro e esposa. O jornalista ainda relata agressões. Armero fez questão de negar o escândalo ao lado da mulher, Maria Elena, com quem é casado há cinco anos. Os dois têm dois filhos: Brandon e Pablo, de dois e seis anos, respectivamente.

Armero e família - Flamengo (Foto: Chandy Teixeira)
- Eu não queria falar sobre isso. Todo mundo me conhece. Nada disso é verdade. É tudo uma calúnia muito grande. Não se faz isso com uma família. Para mim, foi muito triste. Aqui não aconteceu absolutamente nada. Eu não faço mal a ninguém. Não é justo falar isso de mim. Usaram a minha imagem e da minha família para dizer uma mentira. Não fui procurado. Acho que quiseram se aproveitar da minha situação. Estou me recuperando para voltar ao meu time, voltar a jogar no Flamengo e fazer o que eu mais gosto - disse o jogador de 29 anos. A esposa também o defende. 

A situação delicada a que Armero se refere é a terceira lesão praticamente consecutiva desde que chegou ao Flamengo. A atual é considerada grave. O lateral sofreu ruptura do músculo adutor da coxa esquerda durante o Fla-Flu, no último dia 6 de setembro. O problema é grau 3, o mais grave. Existe inclusive a possibilidade de não jogar mais nesta temporada. Armero admite o incômodo com a ausência do time, mas prefere um prognóstico otimista.

- Estou chateado. Eu quero dar mais, mas infelizmente tive uma lesão grave. Por isso não posso ajudar. Eu gosto de ajudar, de crescer com meu time. O Flamengo tem um grupo muito bom, sabe como sou, alegre, que gosta de vencer. Eu acredito que posso dar mais quando estiver 100%. Quero dar essa satisfação a torcida que espera mais de mim. Mas eu joguei muito pouco. Estou fazendo de tudo para voltar o mais rápido possível. E eu quero muito voltar este ano. Meus companheiros perguntam, me dão força. Acho que antes de acabar o campeonato vou estar à disposição - vislumbrou.

Armero quer ficar, mas rechaça redução salarial
O empréstimo do lateral com o Flamengo termina no fim de dezembro. O clube ainda não manifestou qualquer interesse na renovação. Armero diz que pretende continuar no clube e que até aceita contrato de curto prazo. Porém, uma hipotética redução salarial é completamente rechaçada pelo colombiano:

- É um tema delicado. Quero continuar no Flamengo. Eu jogo por amor, gosto de futebol. Mas trabalho com isso. Futebol é o meu salário. Se me propuseram um bom salário é porque sabem que sou um grande jogador, jogador de seleção colombiana, já joguei mundial... Isso tudo é um mérito. Tenho família. Posso dizer que aceitaria contratos de seis meses ou até menos. Mas redução salarial é difícil.

"Motivo de alegria", diz Armero sobre Jorge
A "simples" recuperação da lesão na coxa esquerda não garante a volta automática de Armero ao time titular. Hoje Jorge é o dono da posição. Aliás, a avaliação dentro do Flamengo é que o colombiano atualmente é opção para a lateral esquerda. Inclusive, nas últimas vezes que figurou na equipe titular foi por impossibilidade do jovem.

- É o meu companheiro. Tecnicamente ele é muito bom. É um motivo de alegria observar ele. É um grande jogador. Do lado pessoal, gosto dele. A cada jogo, a cada treino, ele vai melhorar ainda mais. Parabéns para ele e também para o grupo - afirmou Armero.

Armero apresentação Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo) 
Armero fez apenas cinco jogos desde que chegou ao Flamengo, em abril deste ano (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Saudades do "armeration"
Além de estar em campo, Armero tem saudade da sua marca registrada: o armeration. A famosa dancinha irreverente no momento de comemoração dos gols. O colombiano relembra a aptidão para chegar ao ataque e crava que o ritmo vai voltar.  

- Sinto falta dessa comemoração. Todo mundo me conhece como uma pessoa alegre dentro do campo. Eu sou um lateral que gosta de fazer assistências. Essa é a minha importância. Mas eu também gosto de fazer gols. Espero estar recuperado ainda este ano para marcar gols para a torcida e ter o "armeration" de volta. Aliás, ele vai voltar.

Magic treina na Gávea, e técnico admite saber pouco sobre o Flamengo


treino do orlando magic nba -  scott skiles, tecnico do Magic (Foto: Thales Soares)Para o Flamengo, o confronto com o Orlando Magic, sábado, na Arena da Barra, pela pré-temporada da NBA, a liga americana de basquete, é encarado como a chance de fazer história. Do outro lado, a expectativa em relação ao jogo é bem menor, tratando o evento apenas como mais um treinamento para a temporada regular que começa no dia 27 de outubro.

O técnico Scott Skiles assumiu o time este ano e vem procurando as melhores formações, colocando seu estilo no comando dos jogadores. Nesta quinta-feira, comandou o primeiro treinamento do Magic no Rio de Janeiro. O grupo trabalhou pouco mais de uma hora na quadra do Ginásio Hélio Maurício.

- Foi bom voltar a treinar, colocar os garotos para suar novamente. Temos um time jovem que está crescendo. Não sei muito sobre o Flamengo. Falam que é um time popular, com grande torcida, mas eu nunca vi. É pré-temporada e estamos mais preocupados com nós mesmos do que com o adversário - afirmou Skiles.

O Orlando Magic está no Rio de Janeiro com 19 jogadores, dos quais pode ficar no máximo com 15 para o início da temporada. Os principais nomes do time não devem atuar mais do que 25 minutos no sábado, bem menos do que o normal. Se Skiles minimiza o confronto, o pivô montenegrino Nikola Vucevic espera uma atmosfera divertida no sábado.

- Sou de Montenegro, lá há uma intensa rivalidade de futebol. É fascinante. Sei como é. Acompanho o futebol. Sei que a torcida vai estar contra gente, mas isso cria uma atmosfera boa para o jogo. Não são como os fãs da NBA. É diferente - comentou o pivô.

treino do orlando magic nba - evan fournier e nicola vucevic (Foto: Thales Soares) 
Pivô Nikola Vucevic mostrou empolgação com a atmosfera que a torcida do Fla criará no sábado (Foto: Thales Soares)
 
Vucevic, inclusive, teve a chance na quarta-feira de bater uma bola com alguns jogadores de futevôlei na praia de Copacabana, aproveitando a folga. Ele espera ter a chance de conhecer outros locais do Rio de Janeiro até o dia do jogo com o Flamengo.

- Fomos dar uma volta na praia e o pessoal perguntou se a gente queria tentar jogar. Os caras eram bons e nos ensinaram algumas coisas. Achava que eu jogava bem, mas vi que não é bem assim. A cidade é muito bonito e espero poder ver mais, visitar outros lugares. As pessoas são legais. Mesmo sem eles falarem inglês e a gente português, conseguimos nos entender - disse Vucevic.

A partida entre Flamengo e Orlando Magic será a primeira em solo brasileiro entre um time do país e uma franquia da NBA. A bola sobe às 18h (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV 2. Os assinantes do Canal Campeão também podem acompanhar tudo pelo SporTV Play. O SporTV.com faz a cobertura com repórteres no local e vídeo em Tempo Real.

Com mais clubes e menos datas, Liga Sul-Minas-Rio espera sair do papel hoje


Na tarde desta quinta-feira, o diretor-executivo Alexandre Kalil e o advogado da Liga Primeira (Sul-Minas-Rio) Eduardo Carlezzo vão se reunir com a cúpula da CBF para tratar da primeira edição do torneio. Para adequar a nova competição ao calendário da confederação, a Liga reduziu o número de datas para cinco e aumentou o número de clubes partcipantes para 12. Os integrantes serão definidos pelo ranking de clubes da CBF, que será atualizado ao fim do ano, com o encerramento das competições em curso.

A fórmula de disputa será a seguinte: haverá três grupos com quatro times cada um; classificam-se para as semifinais o campeão de cada chave e o melhor segundo colocado. Nos grupos, não haverá jogos de ida-e-volta, os times só se enfrentarão uma vez. Tanto as duas semifinais quanto a final serão disputadas em jogo único, sempre na casa dos times de melhor  campanha. A Liga negociará todos os contratos comerciais do torneio – e não os clubes de maneira isolada.

Time do Orlando Magic faz foto oficial no Rio com o Pão de Açúcar ao fundo


Após se divertirem com um futvôlei em Copacabana na quarta-feira, horas após o desembarque no Rio de Janeiro, os jogadores do Orlando Magic conheceram outro ponto turístico da Cidade Maravilhosa nesta quinta-feira. Aproveitando a manhã de sol na capital fluminense, o time foi levado para uma foto oficial com o Pão de Açúcar ao fundo. Neste sábado, a franquia da Flórida enfrenta o Flamengo, às 18h (de Brasília), na Arena da Barra, pela pré-temporada da NBA.

O confronto, primeiro da história entre um time nacional e um da liga americana em solo brasileiro, terá transmissão ao vivo do SporTV 2. Os assinantes do Canal Campeão também podem acompanhar tudo pelo SporTV Play. O SporTV.com faz a cobertura com repórteres no local e vídeo em Tempo Real.

Orlando Magic foto oficial Pão de Açúcar NBA (Foto: Reprodução / Twitter) 
Orlando Magic posa no Rio de Janeiro com o Pão de Açúcar ao fundo (Foto: Reprodução / Twitter)

O Orlando chegou ao Rio na manhã de quarta-feira. Nesta quinta, a equipe faz seu primeiro treinamento na cidade, no ginásio do Flamengo na Gávea. Até o momento, o Magic soma três vitórias e duas derrotas na pré-temporada da NBA.


Abatido, Flamengo volta ao Rio: “Faltou tudo”, diz Sheik


Cabisbaixo, abatido e com poucas palavras. Foi assim que o Flamengo desembarcou na manhã desta quinta-feira no Rio de Janeiro após a derrota por 3 a 0 para o Figueirense. A quarta nos últimos cinco jogos do Campeonato Brasileiro. Um dos poucos a falar foi o atacante Emerson Sheik. Cercado por jornalistas, o jogador conversou rapidamente e reconheceu que o clube carioca não esteve em uma boa noite em Florianópolis. 

Emerson Sheik Flamengo (Foto: Marcelo Baltar / GloboEsporte.com) 
Emerson falou rapidamente com os jornalistas no aeroporto (Foto: Marcelo Baltar / GloboEsporte.com)

- Faltou tudo. Perdemos o jogo. Eles mereceram a vitória. Jogaram melhor do que nós. Tiveram mais empenho. É importante reconhecer isso e saber quando fomos abaixo. E de alguma maneira tirar lição. Temos que ter uma postura diferente. Aconteceu tudo ao contrário do que projetamos – lamentou Emerson. 

Emerson Sheik Flamengo (Foto: Marcelo Baltar / GloboEsporte.com)Apesar da derrota, a delegação do Flamengo foi bastante assediada por passageiros presentes no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. O nítido abatimento com o resultado, no entanto, não mudou o tom de otimismo em relação ao G-4. Afinal, Inter, Palmeiras e São Paulo – concorrentes diretos – também perderam.

- Temos que descansar, colocar a cabecinha no lugar. A tabela ajudou bastante o Flamengo na rodada. Então ainda não tem nada perdido. O importante agora é voltar a pontuar. Faltou muita coisa. Vamos tentar já no domingo (contra o Internacional) fazer diferente – concluiu o camisa 11, que chegou a perder a cabeça na derrota e recebeu cartão amarelo.
 
Com 44 pontos, o Flamengo é o sétimo colocado do Campeonato Brasileiro. Continua a dois pontos do G-4, mas, caso o Santos vença o Grêmio nesta noite, em Porto Alegre, essa diferença passará a ser de cinco pontos.

Nesta quinta-feira, o time rubro-negro treina no Ninho do Urubu, às 16h. No domingo, o Flamengo recebe no Maracanã o Internacional, adversário direto por uma vaga no G-4, às 16h.

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Figueirense 3 x 0 Flamengo



Ficha técnica:

Gol:  Clayton(2)(Fig)Dudu

Cartão amarelo: Thiago Heleno(Fig)Emerson Sheik(Fla)

Público total: 13.378 / Público pagante 12.820
Este é o maior público do Orlando Scarpelli nesta Série A do Brasileiro
Renda: R$ 458.380,00

Flamengo Paulo Victor, Pará, César Martins, Samir e Everton; Márcio Araújo, Canteros(Matheus Sávio) e Alan Patrick; Paulinho(Almir), Emerson Sheik(Gabriel) e Kayke.
Técnico: Oswaldo de oliveira

Figueirense:   Alex; L. Silva, T. Heleno, Bruno Alves e Juninho(Marquinhos Pedroso); João Vitor, Fabinho, Yago(Bruno Dybal) e Rafael Bastos(Thiago Santana); Dudu e Clayton.
Técnico: Hudson Coutinho

Data:14/10/2015
Hora: 21h
Local: Orlando Scarpelli,

Transmissão: O Premiere e o PFC HD transmitem a partida.


Árbitro:  Anderson Daronco-RS (FIFA)
Auxiliares: Jose Savel Silveira-RS e Rafael da Silva Alves-RS.

Flamengo paga R$ 190 milhões e reduz dívida monstro em 25%



bandeiraNa noite de terça-feira, o presidente e candidato à reeleição do Flamengo pela Chapa Azul, Eduardo Bandeira de Mello, apresentou a sócios seu plano de governo para o próximo triênio do clube, em um hotel na Zona Sul do Rio de Janeiro. Acompanhado de alguns vice-presidentes, o dirigente apresentou números para embasar o argumento de que o Flamengo é, atualmente, um clube que dá exemplo em administração no futebol brasileiro. A iniciativa em pagar dívidas partiu da Chapa Azul no fim de 2012, continua com a versão atual e reformulada e também é plano da Chapa Verde, de Wallim Vasconcellos. Na ponta do lápis, em dois anos e meio o Flamengo pagou R$ 189 milhões e reduziu sua dívida em 25%.

A dívida, avaliada em R$ 750 milhões no primeiro semestre de 2013, por exemplo, está em R$ 561 milhões de acordo com os cálculos mais recentes. Com algum otimismo, em 2015 ela poderia ainda ser reduzida a R$ 530 milhões. A preocupação do presidente foi ressaltar que o trabalho de saneamento das dívidas irá continuar. E, com isso, rechaçou um futuro de dificuldades para captar patrocínios mesmo em tempos de crise econômica no país. Em uma tela, três cenários para cada ano do próximo triênio foram apresentados: pessimista, base e otimista.

No cenário pessimista, o clube teria R$ 35 milhões com patrocínios master e costas. De caixa livre, verba para investir, seriam R$ 5 milhões em 2016, R$ 20 milhões em 2017 e R$ 39 milhões em 2018. No cenário base, considerando a situação atual, seriam R$ 54,5 milhões em patrocínios como Caixa Econômica Federal, Jeep, Tim, Viton 44 e outros menores. Como caixa livre, os números saltariam para R$ 42 milhões em 2016, R$ 111 milhões em 2017 e R$ 133 milhões em 2018. No último cenário, o otimista, o patrocínio seria igual, com R$ 54,5 milhões. Esta conta não leva em consideração o contrato com a Adidas, por exemplo. Como caixa livre, R$ 76 milhões em 2016, R$ 174 milhões em 2017 e R$ 163 milhões em 2018.

“O cenário é desafiador, mas imagina para os outros. Não acreditem em cenário de terror. Pode estar difícil para todo mundo, mas pior para os outros. O trabalho de recuperação e captação foi feito não por conta de pessoas, mas devido ao Flamengo”, disse o vice de finanças, Cláudio Pracownik.

Para as duas próximas temporadas, o planejamento da Chapa Azul não conta com venda de jogadores. Apenas para 2018 o valor seria de R$ 10 milhões no ano. Em relação a acordos trabalhistas, o previsto é um gasto de R$ 12 milhões em 2016. A partir de 2017, apenas o acordo com Romário permanecerá, com vigência até 2022. Na questão de empréstimos, para 2016 há uma rolagem prevista de R$ 30 milhões. Em 2017, R$ 20 milhões.

Os financiamentos fiscais, correspondentes a cerca de R$ 350 milhões da dívida rubro-negra, antes equacionados por acordos, estarão ajustados ao Programa de Modernização do Futebol Brasileiro (Profut), o que dará um fôlego maior ao caixa rubro-negro. Segundo Bandeira de Mello, o Flamengo é o clube mais próximo de se adequar às normas do programa federal de refinanciamento de dívidas.

“Dia 28 teremos o Pacto pelo Esporte: conjunto de normas por três ONGs e que várias empresas importantes já declararam apoio. Serão mais de 20 que só vão apoiar os clubes de futebol que cumpram uma série de requisitos. A maioria deles se diz a favor às contrapartidas do Profut. O único clube que cumpre metas previstas para até 2021 é o Flamengo. O Flamengo já tem mais de 90% cumprido e já no final desse mês vamos dizer que cumprimos tudo pelo Pacto do Esporte. E essas empresas vai patrocinar quem? É o Flamengo, o clube que dá o exemplo”, disse Bandeira.

Desafogo na área jurídica e Carioca com time alternativo

Durante a apresentação para os sócios, a gestão Bandeira de Mello apontou ainda o desafogo de processos jurídicos contra o clube. Vice-presidente da pasta, Flávio Willeman explicou que os processos trabalhistas chegavam a cerca de 560 em 2013 e foram reduzidos a menos de cem atualmente. O resultado é considerado tão positivo que o Flamengo cogita estipular um valor fixo para o fundo do Ato Trabalhista, de cerca de R$ 1 milhão mensal, por exemplo. Atualmente, o acordo possibilita a penhora de 15% das receitas rubro-negras. Com a redução de processos, o fundo rubro-negro tem atualmente um saldo positivo de cerca de R$ 7 milhões.

O maior entrave para o acordo é o processo movido por Ronaldinho Gaúcho contra o clube. O jogador pede até R$ 40 milhões e ainda não houve acordo. O julgamento deverá ser iniciado em breve. Em termos jurídicos, o famoso processo do Consórcio Plaza, referente à gestão de Kleber Leite, em 1995, quando o clube recebeu R$ 5 milhões em troca da construção de um shopping na Gávea, que não ocorreu. Até hoje, o Flamengo já pagou cerca de R$ 30 milhões apenas com penhoras e o valor total poderia chegar a R$ 100 milhões.

Já no carro-chefe do clube, o futebol, Bandeira indicou a finalização do módulo profissional do Ninho do Urubu para o fim de 2016. A modernização do departamento de análise de performance também ganha contornos de protagonista para o próximo triênio. A ideia é voltar a formar valores e que ao menos 30% da equipe profissional seja composta por pratas da casa. Recentemente, o clube fechou contrato com a EXOS, empresa norte-americana para análise de performance de atletas utilizada pela atual campeã do mundo, a Alemanha. O presidente fez, também, um mea-culpa por erros cometidos.

“Erramos também. Na primeira metade do nosso mandato lidamos de maneira empírica, na base do ‘Vamos lá, moçada!’, erro e acerto. Melhoramos. Houve as contratações em 2015, o grau de acerto delas….podemos errar menos se trabalharmos com scout. Temos o melhor centro de inteligência do mercado do Brasil”, disse o presidente.

O mandatário ainda confirmou o rompimento com a Ferj para 2016 e a disputa do Campeonato Carioca com um time de força menor, que deverá ser composto por jogadores que estão emprestados e devem retornar ao clube na próxima temporada.

“Somos obrigados a disputar porque senão podemos ser desfiliados, rebaixados, perder direitos de atleta. Vamos colocar um time alternativo”, finalizou Bandeira.

Fonte: ESPN

Veja a lista de suspensos e lesionados da 30ª rodada do Brasileiro


Suspensos e lesionados rodada#20 (Foto: Editoria de Arte)

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Kayke comemora nova chance, mas reconhece titularidade de Guerrero


Kayke, do Flamengo, entrevista (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)Kayke é um homem paciente a espera de oportunidades no Flamengo. E, no caso específico do atacante, chance é sinônimo de ausência de Guerrero. Com a convocação do peruano para a seleção que disputa as Eliminatórias da Copa do Mundo, Kayke voltou a conquistar um espaço no time que começará a partida contra o Figueirense, nesta quarta-feira. Algo que não acontece desde a derrota para o Coritiba, no dia 17 de outubro.

- Estou feliz por voltar a atuar começando uma partida. É importante estar focado para este jogo para trazer uma vitória, que vai trazer muita confiança para gente. Estou muito feliz. Estou transbordando. Estou vivendo um ano muito bom. Sai artilheiro da Série B. Era dar continuidade, e isso estou conseguindo - disse o animado atacante.

Aliás, engana-se quem acha que a atual condição de reserva de Guerrero deixa o jogador incomodado. Pelo contrário. Kayke mostra serenidade ao reconhecer que o peruano é indiscutivelmente o atual dono da posição de camisa 9 do Flamengo. O atacante justifica a opinião com elogios.

- O Oswaldo (de Oliveira) sempre deixou isso (titularidade do Guerrero) bem claro. E isso não é surpresa para ninguém. Vejo com muita naturalidade. Eu tenho é que estar preparado para ajudar o Flamengo. Eu respeito demais o Guerrero por tudo que ele construiu. Ninguém cria isso do nada, ele tem história. Eu tenho é que ganhar espaço e ser útil ao Flamengo - afirmou.

Apesar do discurso sereno, é fato que começar a partida como titular é diferente para a Kayke. Os números mostram isso. Todos os quatro gols que marcou neste retorno ao Flamengo foram em jogos que esteve presente na equipe inicial. O atacante acredita que os bons números trazem ainda mais confiança.

- Dá uma tranquilidade a mais. São situações que acontecem. Independente de estar como reserva, você tem que dar conta. O atacante tem a função de fazer os gols. Mas não me preocupo com isso. Procuro fazer minha parte tecnicamente para o Flamengo conquistar a vitória - finalizou o atacante.

Com Kayke em campo novamente substituindo o astro peruano, o Flamengo encara o Figueirense nesta quarta-feira, às 21h, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Uma vitória combinada com tropeços de três rivais (Santos, São Paulo e Palmeiras) recolocam o Rubro-Negro no G-4 do Brasileirão.​

Meyinsse vai sortear 50 ingressos para jogo entre Flamengo e Magic


O americano Jerome Meyinsse vem se tornando uma figura cada vez mais divertida no time de basquete do Flamengo. Além de ter um bom desempenho em quadra, conquistou os torcedores com uma série de ações em redes sociais e sua participação na arquibancada em jogos de futebol. Criou até a torcida FLAçaí, juntando o que diz serem as suas duas paixões. Nesta terça-feira, ele fez mais uma das suas e anunciou em uma rede social uma promoção para sortear 50 ingressos para o jogo com o Orlando Magic, sábado, às 18h (de Brasília), na Arena da Barra, pela pré-temporada da NBA, a liga americana de basquete.

 
- O que aquele gringo maluco negão maravilhoso fez agora? Vou te falar. O Grandão comprou 50 ingressos pra sortear com minha torcida do FLAçaí pro jogo contra o Orlando Magic - escreveu Meyinsse. 

Meyinsse faz campanha para levar torcedores ao jogo do Flamengo com o Orlando Magic (Foto: Reprodução/Instagram) 
Meyinsse faz campanha para levar torcedores ao jogo do Flamengo com o Orlando Magic (Foto: Reprodução/Instagram)
 
Em sua conta no Instagram, o jogador deu as instruções a quem quiser tentar um ingresso. Os interessados precisarão postar fotos com um bigode de açaí.

- Como consegue entrar no sorteio? Você tem que tirar uma foto com a camisa do Flamengo e com BIGODE DO AÇAÍ e botar no seu Instagram com a hashtag #flaçaícomglobalgames. (Escreve certo favor!) Esta vez só estou aceitando malucos. Também tem que me seguir e curtir minha página né?! O sorteio começa agora e vai até quinta-feira às 17h. (17:01h já tá fechado!) Tá bom? Entenderam? Vamos tomar açaí! - avisou o americano.

Torcedor do Flamengo envia foto para Meyinsse com bigode de açaí (Foto: Reprodução/Instagram) 
Torcedor do Flamengo envia foto para Meyinsse com bigode de açaí (Foto: Reprodução/Instagram)
 
Torcedor do Flamengo envia foto para Meyinsse com bigode de açaí (Foto: Reprodução/Instagram) 
Torcedor do Flamengo envia foto para Meyinsse com bigode de açaí (Foto: Reprodução/Instagram)

Recuperado, Everton treina no time titular e vai enfrentar o Figueirense


Everton treinou na lateral esquerda nesta terça-feira (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Um dia após ter o retorno de Pará, Oswaldo de Oliveira ganhou mais um reforço para a partida desta quarta-feira, contra o Figueirense. O meia-atacante Everton se recuperou de dores na coxa esquerda e treinou normalmente no time titular no coletivo desta terça, no Ninho do Urubu. Ele vai atuar improvisado na lateral esquerda, uma vez que Jorge está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Pará, por sua vez, voltou à lateral direita, mandando Ayrton para o banco de reservas.

A imprensa pôde assistir ao fim do coletivo e ao trabalho posterior de finalizações. A equipe titular teve Paulo Victor, Pará, César Martins, Samir e Everton; Márcio Araújo, Canteros e Alan Patrick; Paulinho, Emerson Sheik e Kayke. Este último entra na vaga de Guerrero, que está com a seleção peruana na disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Além de Ederson e Armero - e Nixon, que só volta em 2016 -, outro reserva que não estará à disposição é Marcelo Cirino. Com dores no joelho direito, o atacante ficará no CT e não viajará com o restante da delegação para Florianópolis na noite desta terça. Às 21h de quarta, o Flamengo enfrenta o Figueirense no Orlando Scarpelli pelo Campeonato Brasileiro.