Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 9 de janeiro de 2016

Com Ronald Ramon e Helen na torcida, Fla bate Macaé e faz a quina


Jerome Meyinsse, Flamengo x Macaé, NBB, basquete (Foto: Raphael Bózeo / Macaé Basquete)
A atuação do Flamengo contra o Macaé nesta sexta-feira não chegou a empolgar. Tampouco deve ter enchido os olhos de Helen, campeã mundial com a seleção feminina em 1994 e irmã do armador Rafa Luz, além do dominicano Ronald Ramon, ala-armador recém-contratado pelo Rubro-Negro e apresentado oficialmente antes do jogo, no ginásio Hélio Maurício. Mas pelo menos serviu para confirmar o bom momento da equipe carioca. Mesmo numa noite de pouca inspiração e muitos erros nos arremessos de três pontos – foram seis em 18 tentados (33,3% de aproveitamento) -, o time do técnico José Neto derrotou o Macaé por 96 a 66 (39 a 32), chegou à sua quinta vitória consecutiva no NBB 8 e encerrou sua participação no primeiro turno da competição na cola do líder Paulistano, que venceu a Liga Sorocabana por 84 a 51.

Flamengo e Macaé voltam à quadra na próxima quarta-feira. Enquanto os rubro-negros recebem o Bauru, às 21h (de Brasília), no ginásio do Tijuca, com transmissão ao vivo do SporTV, a equipe do Norte Fluminense recebe o Franca, às 19h30, em casa.

Com 17 pontos e oito rebotes, o pivô americano Jerome Meyinsse foi o cestinha e o principal nome do Flamengo na partida. Marquinhos, com 14, Marcelinho, com 13, Jason Robinson, com 12, JP Batista, com 11, e Rafa Luz, com 10, foram os destaques da vitória rubro-negra. Pelo lado do Macaé, Caleb Brown, com 14, Eddy, com 10, e Matheus Fontes, com nove, foram os maiores pontuadores.



                               Jerome Meyinsse foi o maior pontuador da partida (Foto: Raphael Bózeo / Macaé Basquete



Ronald Ramon, Flamengo x Macaé (Foto: Raphael Bózeo / Macaé Basquete) 
Ronald Ramon foi apresentado à torcida e vestiu a camisa 10 do Flamengo (Foto: Raphael Bózeo / Macaé Basquete)
 
O jogo

Um primeiro quarto de poucos pontos e muitos erros. Principalmente nas bolas de três. Se do lado do Flamengo foram cinco desperdícios em seis arremessos tentados e apenas 16,7% de aproveitamento, o desempenho do lado do Macaé não foi tão melhor assim. Os visitantes erraram uma bola a menos e terminaram o quarto com 20%. Com a pontaria de longa distância descalibrada, o que acabou fazendo a diferença no período foram as bolas de dois. Enquanto os donos da casa acertaram oito em 12 (66,7%), a equipe do Norte Fluminense aproveitou apenas seis em 11 (55,4%).

Helen, Flamengo x Macaé, NBB (Foto: Marcello Pires)Com um quinteto quase todo reserva – apenas Jason Robinson começou o quarto -, o Flamengo voltou bem melhor, fez 9 a 2 nos primeiros dois minutos e meio e abriu 30 a 18. Parecia que o time de José Neto deslancharia de vez, mas foi só impressão. A má pontaria nas bolas de três do primeiro período voltou a incomodar, e a vantagem caiu para sete antes do intervalo. A situação só não foi pior porque o Macaé abusou dos erros. Os visitantes acertaram um arremesso em seis tentados nas bolas de três e apenas quatro em 12 nos chutes de dois.

O terceiro quarto começou truncado e com muitas reclamações. Logo no início, José Neto foi punido com uma técnica após reclamar de uma falta não marcada sobre Marquinhos. O banco rubro-negro tomou duas técnicas, o que culminou na desclassificação de Diego Falcão. O Macaé aproveitou o momento turbulento, e a diferença que chegou a ser de 11 pontos caiu para seis. Se a arbitragem continuava confusa, voltando atrás em algumas marcações, os donos da casa resolveram jogar. Bastaram quatro minutos de um bom basquete para a diferença subir novamente, desta vez para 16 pontos. Caleb Brown ainda teve tempo de converter dois lances livres para cortar o prejuízo para 14 ao fim do período.
  
                                                                                                                       Helen prestigiou a partida (Foto: Marcello Pires)

O atual tricampeão decidiu resolver de uma vez a parada e não dar chance ao azar. Com uma corrida de 7 a 2 nos primeiros dois minutos, o Flamengo abriu 22 pontos de frente e praticamente acabou com qualquer possibilidade de uma reação por parte da equipe de Macaé. Com o resultado nas mãos, os donos da casa se soltaram e só tiveram que deixar o tempo correr para vencer a quinta seguida no NBB 8.


sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Flamengo anuncia que vai jogar o Campeonato Carioca com titulares


Muricy Ramalho treino Flamengo Mangaratiba (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
O Flamengo vai disputar o Campeonato Carioca com sua equipe titular. A mudança de planejamento foi anunciada por meio de nota nesta sexta-feira. No comunicado, a diretoria explica os motivos pelos quais decidiu mudar sua estratégia. Inicialmente o Flamengo disputaria o estadual com o que chamou de "equipe alternativa", deixando com o time principal a competição organizada pela Primeira Liga. A diretoria rubro-negra informou que a mudança ocorreu para atender um pedido da TV Globo, que tem os direitos de transmissão do campeonato.

A diretoria rubro-negra informou que a mudança de planejamento se deu pela necessidade de cumprir acordos comerciais previamente firmados, válidos até 2016, mas deixou claro que mantém sua posição de contestação quanto à forma de gestão da Federação de Futebol do Rio de Janeiro.


A estreia do Flamengo no Campeonato Carioca será no próximo dia 30, contra o Boavista, às 19h30, em local ainda a ser definido. O Rubro-Negro é o mandante da partida.

Confira a íntegra da nota oficial do Flamengo:

Desde o início da primeira gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello, o C.R. Flamengo tem marcado firme posição oposta às práticas e aos métodos de gestão da FERJ. Em virtude de tal posicionamento e do flagrante e injustificável desrespeito ao qual o clube foi submetido por ocasião do Conselho Arbitral de 30/01/2015, o C.R. Flamengo decidiu não disputar o Campeonato Carioca 2016 com seu elenco principal, salvo se a FERJ acatasse o conjunto de reivindicações que o C.R Flamengo e o Fluminense Football Club explicitaram por ocasião do processo de reeleição da atual diretoria da entidade e através de nota publicada no dia do citado Conselho Arbitral. Outra hipótese em que o C.R Flamengo admitiria recuar no propósito de não utilizar seu elenco principal seria no caso de uma determinação em contrário por parte dos detentores dos direitos de transmissão da competição.

O posicionamento do C.R Flamengo foi amplamente discutido com a Rede Globo ao longo do ano de 2015, sem que houvesse por parte desta qualquer determinação em contrário. Era objetivo do C.R Flamengo garantir aos nossos parceiros comerciais uma programação esportiva ao longo do período de disputa do Campeonato Estadual que compensasse qualquer eventual prejuízo que pudesse ser causado pela utilização de um elenco alternativo na competição.

Entretanto, nesta sexta-feira, 8 de janeiro, o C.R. Flamengo recebeu comunicado formal da Rede Globo determinando que a posição adotada pelo clube fosse revista, com fundamento no contrato de transmissão do Campeonato Estadual assinado pela FERJ e pelos clubes em 2010 e que se encerra neste ano de 2016.

Portanto, em respeito a um acordo comercial previamente firmado e à constante determinação do C.R. Flamengo em evitar constrangimentos e/ou prejuízos aos nossos parceiros, informamos que, ao contrário do que havia sido comunicado, o C.R Flamengo disputará o Campeonato Carioca de 2016 com seu elenco principal. Esta nova realidade, apesar dos transtornos ao Departamento de Futebol, que em seu planejamento para 2016 dimensionou o elenco de forma a competir em duas frentes paralelas, não acarretará conflito com a determinação de utilizar o elenco principal também na Primeira Liga.

Reiteramos que tal medida se deve exclusivamente ao relacionamento comercial entre o clube e a Rede Globo, não significando em absoluto que o C.R. Flamengo valide o papel que a FERJ vem desempenhando à frente do futebol do estado do Rio de Janeiro. Em nosso entendimento, a falta de transparência, as já conhecidas falhas de organização e os demais desmandos praticados por aquela instituição nos últimos anos seguem prejudicando desenvolvimento do futebol no estado e não contam com o apoio do C.R. Flamengo.

Ao contrário, nosso propósito continua o mesmo e os interesses da Nação Rubro-Negra certamente serão salvaguardados nos termos do contrato de televisionamento do Campeonato Estadual que passará a vigorar a partir de 2017.

Agradecemos aos torcedores e a todos que sempre apoiaram o nosso posicionamento e declaramos que o C.R. Flamengo, apesar do retrocesso que o respeito ao contrato firmado nos impõe, continuará a lutar pelas melhorias que o futebol carioca há muito necessita e merece.

Médico do Flamengo espera melhor ano da carreira de Ederson e "Guerrero 100%"


Marcio Tannure e Carlito Macedo Flamengo coletiva (Foto: Raphael Zarko)O Flamengo contratou oito jogadores até o momento, mas uma das grandes expectativas para 2016 vem de um jogador que chegou com status e pompa de camisa 10: Ederson. Contratado no meio do Brasileiro do ano passado, ele sofreu duas lesões e teve trajetória irregular no início da sua história com a camisa rubro-negra. Ao lado de Guerrero, que também ficou abaixo depois de um início arrasador, Ederson é uma das esperanças da equipe e a pré-temporada será fundamental para deixar a dupla na ponta dos cascos. É o que esperam o chefe do departamento médico Marcio Tannure e o novo preparador físico do clube, Carlito Macedo.

Tannure foi enfático: Guerrero está 100% recuperado da lesão no tornozelo que sofreu e o fez cair de rendimento no ano passado e Ederson vai brilhar como nunca em 2016. Esta é a ousada expectativa expressada pelo médico rubro-negro - no clube há mais de 10 anos.

- Não é que no ano passado o Ederson não tenha rendido. Ele chegou no meio do ano, portanto não fez pré-temporada e sofreu lesão. Começamos um trabalho diferente em avaliações e estamos individualizando os treinos de todos. Alguns fizeram trabalhos complementares separados. Estamos montando programas de treinamento com os preparadores físicos para conseguirmos o melhor de sua performance. Agora ele está começando do zero. Esperamos em 2016 o melhor ano da carreira do Ederson aqui - afirmou Tannure.

Em 2015, Ederson, que já tem histórico de lesões na carreira e pouco vinha atuando na Lazio quando se transferiu para o clube, sofreu um estiramento na coxa em agosto. Em outubro, o meia voltou ao departamento médico por causa de uma lesão no joelho que o afastou dos gramados por mais de um mês. Com alto investimento em tecnologia, que inclui a criação de um centro de prevenção e recuperação de atletas e intercâmbio com empresa estrangeira especializada, o clube espera usar tudo que está ao alcance dos seus recursos para evitar novos problemas físicos no elenco e, especialmente, com Ederson.

- O Flamengo importou equipamentos, está importando tecnologia de ponta, e tudo isso ajuda no rendimento dos atletas. Recebemos os jogadores em condições boas, e no decorrer dos treinos eles atingirão a condição ideal - disse Carlito.

O caso de Guerrero é diferente. Ele fez quatro gols em 18 jogos - pouco para um das contratações mais badaladas - se não a mais - do futebol brasileiro em 2015. O jogador peruano se lesionou no tornozelo na partida contra o vasco e disse, em entrevista no ano passado, que fez infiltração para suportar as dores. Tannure chegou a falar ano passado que era um procedimento normal e voltou a defender a medida na coletiva de imprensa.

- O Guerrero teve lesão no tornozelo e isso atrapalhou o rendimento, é normal. Mas está recuperado, sem problema. Vai ter tratamento especial conforme tiver a demanda, o que vale para qualquer um, depende de cada caso. Mas está 100% curado, sem queixa nenhuma. Claro que vamos seguir fazendo trabalho preventivo para evitar que futuras lesões ocorram. Sobre a infiltração, nada mais é do que um procedimento subcutâneo (por baixo da pele), anos atrás faziam dentro do joelho para aliviar a dor e mascarar lesão. Fizemos infiltração para acelerar recuperação, não atrapalhou em nada e ajudou. Ele está 100% recuperado do tornozelo e não preocupa em nada - disse o médico do Flamengo.

Mancuello faz exames e diz que já treina neste sábado com o Flamengo

Mancuello Flamengo exames (Foto: Felippe Costa)
Poucas horas após desembarcar no Rio de Janeiro, Federico Mancuello chegou às 14h30 numa clínica da Barra da Tijuca para ser submetido a uma série de exames. Ele foi recebido pelo médico do Flamengo, Luiz Claudio Baldi para as primeiras análises. Também o acompanharam Guilherme Runco, ortopedista e filho do ex-médico do Flamengo José Luiz Runco, Alexandre Bahia, chefe da unidade cárdio-intensiva do complexo médico local, e o cardiologista Fernando Bassan.

O meia será submetido a um teste ergométrico na esteira, eletrocardiograma e um ecocardiograma, mas seu pensamento já está no campo. Em seguida ele viaja até Mangaratiba, onde a equipe faz pré-temporada, e não quer ficar muito longe da bola.

- Estou muito contente e já começo os treinamentos amanhã - disse.

Mancuello vinha participando dos treinamentos do Independiente sem qualquer limitação e, por isso, a expectativa é de que não demore até se junta aos seus novos companheiros no campo, sob o comando de Muricy Ramalho. Após os exames, o meio-campo vai assinar contrato com o Flamengo válido por quatro anos.

Na chegada ao Rio de Janeiro, na manhã desta sexta, Mancuello mostrou uma grande expectativa pelo novo desafio, mesmo com poucas palavras.

- Estou muito feliz e vai ser um ano muito bom. Vou lutar para conquistar todos os objetivos.

Mancuello chega ao Rio e já veste a camisa do Fla: "Um ano muito bom"

mancuello desembarca no rio (Foto: Felippe Costa / GloboEsporte.com)
O argentino Federico Mancuello chegou ao Rio de Janeiro para, enfim, assinar contrato com o Flamengo. O meia desembarcou no Aeroporto do Galeão na manhã desta sexta-feira, por volta de 10h15, e realiza exames médicos no Rubro-Negro. O vínculo do ex-Independiente com o clube carioca terá duração de quatro anos.

- Estou muito feliz e vai ser um ano muito bom. Vou lutar para conquistar todos os objetivos - disse rapidamente o argentino, que foi recebido por seguranças e pela assessoria do Flamengo, de quem recebeu uma camisa do time e já saiu da sala de desembarque vestido com ela.

O elenco rubro-negro já viajou para Mangaratiba, onde inicia nesta sexta-feira a pré-temporada. Mancuello segue para o local neste mesmo dia para se juntar aos novos companheiros.

Em sua entrevista coletiva de despedida do Independiente, Mancuello, de 26 anos, fez elogios à torcida do Flamengo, afirmando ser a maior do mundo e que está muito feliz com seu novo destino. 

O técnico Muricy Ramalho acredita em uma adaptação rápida do argentino. O comandante rubro-negro afirmou que Mancuello está em um bom momento na carreira, em nível da seleção de seu país e que levará mais dinâmica ao futebol do Flamengo.

Flamengo quer "melhor Juan possível", mas prevê sofrimento com viagens extras


juan flamengo treino mangaratiba (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)Será mera formalidade para os rubro-negro a (re)apresentação de Juan, prevista para o final do treino da manhã em Mangaratiba. O jogador estreou aos 17 anos, em 1996, e os flamenguistas acompanharam de perto ou pela TV os passos daquele menino que cresceu na base da Gávea e ganhou o mundo, com passagens pela seleção, pelo futebol alemão e italiano. O retorno do jogador - que completa 37 anos dia 1º de fevereiro - foi comemorado pelo torcedor rubro-negro e ganhou defesa em tom de desabafo do diretor de futebol Rodrigo Caetano na última quarta-feira , mas não inibiu a movimentação do clube pelo nome de mais um zagueiro de peso. 

Para o setor, o clube contratou Antônio Carlos, que veio do Avaí, e ainda tem no radar dois zagueiros argentinos: Alejandro Donatti, do Rosario Central, e Luciano Lollo, do Racing. A diretoria não fecha os olhos para outras oportunidades e diz não ter pressa para fechar nova contratação. Mas isso não significa que Juan chegue apenas para compor grupo. Pelo contrário. A experiência, a identificação e o currículo contam a favor, mas o veterano sabe que deve ter, além de concorrência, um aproveitamento muito bem planejado. 

Aos 36 anos, Juan atuou em 24 das 71 partidas do Inter em 2015. O que corresponde a presença em 38% dos jogos do seu último time. 

O novo preparador físico do time, Carlito Macedo, destaca o exemplo de jogadores veteranos. Ele citou alguns com quem trabalhou recentemente no Santos, mas foi sincero também: as viagens ao longo do ano, com agravante das dificuldades de atuar no Rio de Janeiro com restrição de estádios, são desafios para a preparação de Juan. 

- Veteranos têm rendido bem no Brasil. Trabalhei agora mesmo no Santos com alguns deles, por exemplo o Ricardo Oliveira, o Renato, até o Robinho. Vamos usar a tecnologia, ministrar cargas de trabalho específicas para que Juan possa render o seu máximo. Vai depender muito de situações de jogos. Este ano teremos muitas viagens e isso faz o atleta sofrer mais. Durante a temporada vamos analisar com departamento médico, com a comissão técnica, olhar o aspecto física, o técnico e e decidir a melhor maneira de utilizar o Juan - disse o preparador físico.

O chefe do departamento médico rubro-negro Marcio Tannure elogiou a forma física e os cuidados do zagueiro Juan com o corpo. Exemplo para os mais jovens, o jogador tem feito trabalhos à parte, correndo separado e deve privilegiar tratamento para prevenção de lesões. Ano passado, Juan fez menos de 30 partidas pelo Internacional, jogando 34% dos jogos da equipe. O menor aproveitamento dos últimos três anos de carreira.

- Óbvio que Juan tem 36 anos, não mais 20. Vamos individualizar os trabalhos, temos um grupo heteregêneo, com idades diferentes e vamos buscar o melhor de cada atleta, não comparando um com outro. Queremos a melhor recuperação dele e a melhor performance. É um jogador que se cuida e vai nos ajudar muito. Tem condição física acima da média, inclusive para idade dele. Não é que ele vai ter um rendimento de um menino de 20 anos, mas vamos buscar o melhor possível dentro da realidade dele - afirmou Tannure.

DNA rubro-negro: Flamengo inaugura método para inovar em treinos


A pré-temporada de qualquer equipe começa com a realização de uma série de exames. Mas neste ano, os jogadores do Flamengo se viram diante de uma novidade. Nesta quinta-feira os atletas tiveram coletadas amostras de DNA (código genético). O objetivo é formular treinos específicos e individuais, respeitando as características de cada um, além de prevenir lesões.

O procedimento foi comandado por Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo, auxiliado pela empresa Biogenetika, responsável pela coleta de 2ml da saliva de cada jogador. A partir deste material, o DNA é isolado e, em seguida, é feito o mapeamento genético.

Emerson Sheik Biogenetika Flamengo (Foto: Divulgação) 
Emerson Sheik é submetido a coleta de DNA por meio da saliva na pré-temporada do Flamengo (Foto: Divulgação)

- Isso faz parte de uma nova metodologia de treinamento desportivo no futebol, na qual acreditamos. Temos por meta implementar um trabalho individualizado, no qual podemos ter o melhor de cada atleta em termos de performance e prevenção de lesões. E o exame de perfil genético nos possibilita individualizar o planejamento cada vez mais e montar um treinamento não só de performance, mas também preventivo, através do DNA, que é o código humano. Isso não é um sinônimo de vitória, mas quanto mais recursos a gente tiver para controlar e dosar as cargas de treinamento, melhor - explicou Tannure.

Geneticista e diretora técnica do laboratório Biogenetika, Lia Kubelka ressaltou que a análise do código genético significa identificar, de certa forma, características do metabolismo de cada jogador.

Guerrero Flamengo Biogenetika (Foto: Divulgação) 
Sheik, Alex Muralha e Guerrero ao lado do médico Márcio Tannure na coleta de DNA (Foto: Divulgação)

- Os marcadores genéticos identificam informações sobre pré-disposições para lesões musculares, fibras musculares, composição corporal, capacidade de recuperação física antes e após os treinamentos e jogos, entre outros dados que ajudam a traçar um perfil das necessidades do corpo de cada indivíduo - afirmou.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Carioca: Flamengo e vasco estreiam em casa, e Flu e Bota, fora; confira a tabela


Taça Campeonato Carioca (Foto: Divulgação)A tabela do Campeonato Carioca já está definida e desmembrada. A primeira rodada será nos dias 30 e 31 de janeiro, e a dupla Flamengo e vasco estreará como mandante. Já Fluminense e Botafogo serão visitantes. No dia 30, o Rubro-Negro encara o Boavista, em local ainda indefinido. Também no sábado, o Bota encara o Bangu. No domingo, dia 31, os cruzmaltinos recebem o Madureira, em São Januário. O Tricolor mede força com o Volta Redonda no estádio da Cidadania.

Primeira rodada do Carioca:

30/01: Friburguense x Macaé, às 17h, no estádio Eduardo Guinle*
30/01: Portuguesa x Tigres do Brasil, no estádio Luso-Brasileiro*
30/01: Bangu x Botafogo, no estádio Moça Bonita*
30/01: Flamengo x Boavista, ainda em local indefinido
31/01: Bonsucesso x Resende, ainda em local indefinido
31/01: Vasco da Gama x Madureira, em São Januário
31/01: Cabofriense x América, no estádio Correão
31/01: Volta Redonda x Fluminense, no estádio da Cidadania*

* estádios que ainda necessitam de laudo para serem liberados.

Tabela 1a fase (Foto: GloboEsporte.com)

Com reservas, Flamengo vence União Mogi e termina líder do grupo na Copinha


Flamengo x União Mogi, Copa São Paulo 2016 (Foto: Nicholas Modesto)
O Flamengo confirmou a liderança do Grupo 24 da Copa São Paulo de Futebol Júnior na noite desta quinta-feira. Jogando com um time quase inteiro reserva por ter se classificado antecipadamente, o Rubro-Negro venceu o União Mogi por 3 a 1 no estádio Nogueirão, em Mogi das Cruzes. Os gols do Fla foram marcados por Arthur Bonaldo, Patrick e Thiago Ennes, enquanto Victor descontou para o União.

Na segunda fase da Copinha, o Flamengo vai enfrentar o Brasília, que se classificou na segunda posição do Grupo 23. A Federação Paulista de Futebol ainda não anunciou oficialmente a data, o horário e o local do jogo, o que deve acontecer nesta sexta-feira.

- Confira a tabela e a classificação da Copa São Paulo 2016
 
Flamengo x União Mogi, Copa São Paulo 2016 (Foto: Nicholas Modesto) 
Fla vai enfrentar o Brasília na próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Nicholas Modesto)


O jogo

A partida começou em um ritmo alucinante. Logo aos 25 segundos, Arthur Bonaldo arriscou de fora da área e marcou um golaço para o Flamengo, abrindo o placar no Nogueirão. Na sequência, aos dois minutos, o União Mogi deu a resposta e empatou com Victor. Mas não demorou muito para o Fla voltar a ficar na frente. Aos 11 minutos, Patrick fez o segundo do Rubro-Negro, em mais um bonito chute de longe.

Depois disso, o União até conseguiu chegar com perigo à meta de João Lopes uma vez com Eto'o, mas foi o Flamengo quem criou as principais chances de gol. E o terceiro da equipe do técnico Zé Ricardo só não saiu graças à boa atuação de Pedro, goleiro reserva do União Mogi, que com boas defesas sustentou o placar de 2 a 1 na primeira etapa.

No segundo tempo, o ritmo do jogo caiu. O União parecia sentir o cansaço e, por isso, tinha dificuldades para dar sequência às jogadas. Dessa forma, o Flamengo ficou com a bola nos pés na maior parte do tempo, rondando a área de Pedro. Com a partida praticamente definida, o time carioca ainda marcou mais um, com Thiago Ennes, que aproveitou cruzamento da direita e cabeceou para o gol, dando números finais ao marcador: 3 a 1.

Flamengo x União Mogi Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Cairo Oliveira) 
Rubro-Negro dominou o segundo tempo e ainda marcou o terceiro gol, já nos acréscimos (Foto: Cairo Oliveira)

Ceará e Flamengo se enfrentam no Castelão por Troféu Asa Branca



Para começar o ano com o pé direito, o Ceará terá um adversário de peso em sua estreia oficial no calendário do futebol brasileiro. Pelo Troféu Asa Branca, o Vovô recebe o Flamengo no próximo dia 21 de janeiro, na Arena Castelão, a partir das 20h30 (horário local).

A partida será válida pelo Troféu Asa Branca, competição que irá ocorrer todos os anos entre o campeão da Copa do Nordeste e uma tradicional força do futebol brasileiro, neste caso, o rubro-negro carioca.

Durante a partida, a faixa de campeão da Copa do Nordeste será entregue ao Ceará pelo próprio adversário carioca. A taça do torneio regional conquistada pelo Vovô ficará exposta no estádio no dia da partida.

Paulo Victor ou Muralha? Ano começa com disputa no gol do Flamengo


Montagem Paulo Victor e Alex Muralha (Foto: GloboEsporte.com)
Nesta quarta-feira o Flamengo se reapresentou com algumas novidades e pelo menos uma dúvida: quem será o goleiro titular em 2016. Alex Muralha reforçou a equipe e vai competir com Paulo Victor pelo posto de camisa 1. Na última temporada, Muralha, atuando pelo Figueirense, esteve entre os primeiros no ranking de defesas difíceis do Campeonato Brasileiro. Já Paulo Victor passou todo o ano absoluto na posição e só deixou o time por conta de lesões.

Tabela Alex Muralha e Paulo Victor (Foto: GloboEsporte.com)
Em termos de gols sofridos, a média de ambos foi semelhante. Mas em relação às defesas difíceis, Alex Muralha levou a melhor. Ele ficou em quarto lugar no ranking desta categoria no último Brasileiro, com 55. Já Paulo Victor terminou em 19º, com 27 intervenções de maior grau de dificuldade.

Alex Muralha, de 26 anos, esteve na Gávea pela primeira vez na última quarta-feira, quando participou da reapresentação do elenco. Ele assina com o Flamengo por quatro temporadas. Já Paulo Victor está perto de completar 29 anos e é cria das divisões de base do Rubro-Negro. Ele tem 143 partidas disputadas pela equipe principal.

Muricy cumprimenta Alex Muralha no Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/ Fla Imagem) 
Muricy cumprimenta Alex Muralha no Flamengo; goleiro se apresentou nesta quarta (Foto: Gilvan de Souza/ Fla Imagem)
 
 
 

Agente tenta abaixar preço de Lollo para convencer o "paciente" Flamengo



Luciano Lollo gol Racing (Foto: EFE)O Centro de Inteligência e Mercado do Flamengo (CIM FLA) enxerga a Argentina como o país ideal para buscar jogadores bons e não tão caros. Já assegurou o meia Mancuello, ex-Independiente, e agora tenta os zagueiros Alejandro Donatti, do Rosario Central, e Luciano Lollo, do Racing. O último, aliás, foi eleito o melhor de sua posição no Campeonato Argentino 2015. O problema é o preço: a Academia pede US$ 3 milhões (R$ 12 milhões) pelo jogador de 28 anos, e aí é que a paciência rubro-negra entra em jogo.

Agente de Lollo, Juan Pablo Oller confirma que foi procurado pela diretoria flamenguista, porém os números assustam. Para tentar chegar a um denominador comum, o Rubro-Negro não se afoba. O Racing quer R$ 12 milhões para vender os direitos do atleta de forma integral. Ao Fla, a busca pela compra de uma porcentagem menor pode ser o caminho. A estratégia deu certo nas contratações de Alex Muralha, Mancuello e Rodinei, em que levou 60%, 90% e 50% de cada.

Oller tem o objetivo de botar seu cliente no Flamengo e busca alternativas para isso. Em consulta feita ainda em dezembro, um dirigente rubro-negro disse ao GloboEsporte.com que se tratava de um atleta muito caro.

- Falei com um diretor do Flamengo há uma ou duas semanas, ainda em dezembro. Disseram que realmente era muito dinheiro. Vamos tratar de tentar acertar as pendências para que o negócio se concretize - afirmou Juan Pablo Oller ao GloboEsporte. com.

É válido destacar que, segundo o "Olé", recentemente o Racing exerceu a opção de compra para ter Lollo em definitivo - estava emprestado pelo Belgrano. De acordo com a publicação, pagou 6 milhões de pesos argentinos (cerca de R$ 1,7 milhão). A transação estendeu o vínculo do zagueiro com a Academia até 2018.






quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Flamengo e Corinthians conversam sobre transferência de Everton


Everton chega à Gávea para se reapresentar (Foto: Gustavo Rotstein/GloboEsporte.com)A união de duas vontades. Pode ser resumida dessa maneira a negociação entre Flamengo e Corinthians pela transferência de Everton. Enquanto o clube carioca vê com bons olhos a saída do meia ofensivo, o paulista está em busca de peças de reposição para o setor, depois de perder Renato Augusto e Jadson.

Nenhuma das duas diretorias confirma, mas as conversas prosseguem e podem chegar a um desfecho nos próximos dias. Everton esteve perto de acertar a saída para o Tianjin Quanjian, da China, comandado por Vanderlei Luxemburgo. Mas a negociação acabou não indo adiante. O Corinthians, por ora, aparece como opção mais provável.

O Flamengo tem 60% dos direitos econômicos de Everton, de 27 anos, que tem contrato até dezembro de 2017. O jogador terminou 2015 desgastado por ter feito parte do grupo de atletas afastado por alguns dias depois de ter ido a uma festa após um treinamento. Ele foi reintegrado ao elenco e terminou o Campeonato Brasileiro atuando.

Com a recente contratação do também meia canhoto Mancuello, a tendência é que Everton perca espaço no Flamengo. Enquanto isso, o Corinthians tenta remontar sua equipe, que recentemente perdeu Edu Dracena, Ralf, Jadson e Renato Augusto. O goleiro Cássio também pode ser negociado.

Everton se apresentou ao Flamengo nesta quarta-feira para o início da pré-temporada. O meia permanecerá treinando com a equipe até que sua situação seja definida.
 
 
 

Chiquinho chega ao Rio e deve assinar contrato de um ano com o Flamengo


Chiquinho jogo beneficente (Foto: Marcos Ribolli)O lateral-esquerdo Chiquinho, de 26 anos, defenderá o Flamengo em 2016. O jogador, com passagens por Fluminense, Corinthians e que atuou pelo Santos na temporada passada, está no Rio de Janeiro para realização de exames. Após os mesmos, assina contrato de um ano com o Rubro-Negro.

Procurada pela reportagem, a diretoria rubro-negra não se manifestou sobre o assunto. O agente de Chiquinho, Cleber Desiderio, está no Rio para finalizar a transação.

O acerto entre o maranhense e o Fla aconteceu em dezembro, mas pendência com o Banco BMG, detentor de parte dos direitos econômicos do atleta, retardou a conclusão do negócio.

No dia 10, durante jogo beneficente realizado no Pacaembu, Chiquinho deu entrevista falando como jogador do Flamengo.

- Faltam alguns detalhes, mas está bem encaminhado, quem sabe até segunda-feira está tudo OK, já com o contrato assinado. Joguei com Sheik, Guerrero e com o Cesar (Martins), zagueiro. Poderei trabalhar pela primeira vez com o Muricy Ramalho, um excelente treinador, várias vezes campeão brasileiro. Será um prazer imenso – projetou.

Além de Chiquinho, o Flamengo contratou outro jogador para a lateral esquerda. Trata-se de Arthur Henrique, de 21 anos e ex-América-RN. O primeiro, porém, também atua no meio-campo.

As férias do elenco rubro-negro chegam ao fim nesta quarta-feira, quando se reapresentam, às 15h, na Gávea.


César Martins aposta em Muricy, Juan e no time: "Será o meu ano e o do Flamengo"


César Martins concede coletiva no Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Após ótimo 2013 com a Ponte Preta vice-campeã da Sul-Americana e uma transferência internacional para o Benfica, César Martins chegou ao Flamengo na temporada passada como aposta e não vingou. O próprio defensor de 23 anos admite o desempenho ruim, porém enumera razões que o impediram de iniciar bem. Otimista, aposta em Muricy Ramalho, Juan e na oportunidade de participar da pré-temporada como fatores preponderantes para viver um grande ano tanto individualmente como coletivamente.

- Cheguei com uma lesão (na parte posterior do joelho direito), vinha de férias e não pude aproveitar a pré-temporada do Benfica. Além disso, cheguei e não esperei nem uma semana para jogar (foi apresentado no dia 21 e já foi titular no 26). Não vou falar que me prejudicou, mas atrapalhou um pouco. Não fui bem, não foi o que eu esperava. Espero poder render muito mais, foi o pior ano da minha carreira, que tem quatro ou cinco anos. Mas agora vou fazer pré-temporada e tenho certeza que esse ano vai ser não apenas o ano do Flamengo, mas vai ser o meu também.

A confiança é grande, assim como a demonstração de descontentamento com o futebol que apresentou em 2015. Crê que é preciso evoluir em diversos aspectos.

- Na bola definitiva não fui bem como quando joguei por Sorocaba (Atlético), Ponte e Benfica. Preciso melhorar posicionamento, parte física e tática. Em 2015, não saiu nada como eu esperava. Tenho que fazer tudo que não fiz no ano passado e, para isso, terei a pré-temporada, que vai me ajudar muito.

Confira abaixo um bate-papo em que exaltou muito o trabalho de Muricy Ramalho e a experiência do zagueiro Juan:

Com contrato até junho, espera renovar?

Gostaria muito, mas depende do Benfica, do Flamengo. Tenho que mostrar em campo que quero ficar. Se não mostrar serviço, o Flamengo vai me devolver, e o Benfica não vai me querer e vai me mandar para outro time.

Importância de jogar com Juan

Isso vai ser muito importante não só para mim, mas para o Antônio Carlos, garoto que vem do Avaí e que já acompanho há um tempo em outros clubes. Parece que é um ano mais novo que eu e vai aprender muito também (César é apenas dois meses mais velho que Antônio). Joguei com o Luisão no Benfica, aprendi muito e peguei muita experiência. Hoje eu nem imaginava estar com o Juan. Vou procurar tentar pegar tudo de bom dele nessa temporada. Quem sabe não vou estar jogando do lado do Juan? Vai ser maravilhoso.

É possível corrigir os erros no jogo aéreo apresentados em 2015?

Conseguiremos acertar, sim. Com mudança de técnicos, muda posicionamento de área e muda tudo. Atrapalha (a mudança de técnicos) porque muda a marcação. Uns gostam por zona, outros da individual. E tenho certeza que vamos ficar o ano todo com um treinador só.

Você falou em ficar o ano todo com o Muricy. O que espera dele?

Estou muito ansioso mesmo, já joguei contra ele, que é um ótimo treinador. Vi muitos jogos dele na época do São Paulo. Um cara como ele, que ganhou tantas coisas, sabe o caminho certo. Tenho certeza que vai passar o caminho pra gente. Espero que ele possa ficar até o final do campeonato e acho que a gente não vai precisar mais de treinador por muito tempo. É um orgulho poder trabalhar com ele.

Necessidade de resposta imediata

Quando se vai para um time grande do tamanho do Flamengo, você tem que arrebentar. Não querem saber se você estava parado ou lesionado. E é assim mesmo. Por isso estou animado por fazer pré-temporada.

Onde o Flamengo pode chegar em 2016?

Vejo o Flamengo, com o time que está montando, competitivo para estar entre os quatro primeiros. Em 2015, tivemos altos e baixos, mas temos que elevar nossas atuações em campo e nos cobrar mais. Vai ser tudo diferente em 2016. Queremos dar títulos pra nação. Conquistar vaga na Libertadores é legal, mas, se Deus quiser, seremos campeões brasileiros.

Elogiado por Tata, Mancuello passou por rebaixamento e cresceu no "Rojo"


Revelação das “canteras” do Independiente, onde chegou aos 14 anos, Federico Mancuello viveu sua melhor temporada em 2014. Volante com saída de jogo, atua também mais à frente, como um meia-esquerda. Tem liberdade para sair para o jogo e muitas vezes é o elemento surpresa que chega de trás batendo para o gol. O argentino de 26 anos, pretendido pelo Flamengo - e a cada dia mais próximo de fechar com o Rubro-Negro -, começou a carreira passando por uma prova de fogo. Em 2013, no rebaixamento, enfrentou a fúria dos "rojos", que viviam o primeiro rebaixamento, mas conquistou a torcida em momento complicado. A estreia nos profissionais foi com apenas 19 anos em 2008. Ele tem contrato com o Independiente até o fim de 2017. A negociação deve ser sacramentada até o fim da semana.

A desenvoltura como volante e meia ficaram um pouco escondida num pedaço do início da carreira. Em 2014, o treinador Jorge Almirón o tirou de vez da lateral esquerda - onde atuava improvisado - para encontrar seu espaço no meio de campo. Fez 10 gols no Campeonato Argentino - um deles olímpico - e conquistou de vez não só a torcida do Independiente. O treinador da seleção argentina Tata Martino elogiou o capitão dos "rojos" e o destacou nas convocações antes da Copa América - Mancuello acabou ficando de fora do selecionado final.

- Seria uma injustiça não convocá-lo. Hoje ele representa a melhor versão do volante com chegada em gol - disse Martino em coletiva de imprensa, em março deste ano.

Federico Mancuello argentina (Foto: Agência Getty Images)Mancuello recebe abraço de Lavezzi após fazer gol com a camisa da seleção argentina (Foto: Agência Getty Images)
 
As palavras de Martino vieram quase ao mesmo tempo em que Mancuello sofreu lesão que o afastou do time e fez baixar seu rendimento mais recente. O experiente jornalista argentino Juan Pablo Méndez, do diário Olé, não vê um protagonismo imediato do jogador em caso da negociação se concretizar entre Independiente e Flamengo. Mas elogia o atleta.

- Foram poucos jogadores que se salvaram pelo Independiente em 2013, no rebaixamento, e Mancuello foi um deles. Tem ímpeto, participa muito do jogo, de quase todas as jogadas no Independiente. Tem características mais ofensivas do que defensivas, chegou a atuar pela esquerda e mais recuado, mas seu melhor rendimento é ao lado de um volante central, subindo ao ataque. Não vai chegar como um Tévez e em dois jogos mostrar a que veio, mas adaptado vai render - comentou Méndez.

O blogueiro do GloboEsporte.com Renato Zanata Arnos, professor de História e colunista de site especializado em futebol argentino, comparou a função de "Mancu", como a torcida o chama, com a de Elias. A diferença, é claro, que o canhoto argentino avança mais pelo lado esquerdo do campo. Mas o jogador já atuou mais avançado. No amistoso pela seleção, substituiu Dí Maria.

- O melhor momento dele foi como "volante interior", uma espécie de segundo volante. Não sei se a ideia é colocá-lo, por exemplo, ao lado de um volante mais fixo, barrando o Canteros. Ou, com a volta do Muricy depois de conhecer o Barcelona, encaixá-lo num 4-3-3 - com um volante central, Canteros na direita, ele na esquerda e três atacantes. Mas a função é parecida com a do Elias. Para ficar no Flamengo, saindo para o jogo como Adílio, com Andrade mais na proteção - disse o professor de História, que é autor de um livro sobre "o camisa 8 da Nação". 

No 4-3-3, Mancuelo atuaria mais avançado (Foto: Arte)No 4-3-3, Mancuelo atuaria mais avançado (Foto: Arte)




Num 4-4-2 mais clássico, argentino jogaria mais recuado, mas saindo para o jogo (Foto: Arte) 
Num 4-2-3-1, argentino jogaria mais recuado, mas se aproximando dos meias ofensivos e do ataque (Foto: Arte)
 
Setorista do Independiente, Fabián Rodríguez acompanha diariamente os treinos da equipe “roja”. Ele destaca a personalidade do jogador, que virou capitão do time argentino. Mancuello se tornou dono das bolas paradas rapidamente no time argentino. 

- No fim do contrato em 2014, a renovação incluía uma multa de saída de US$ 5 milhões. Mas a lesão em março o atrapalhou. Problemas musculares se repetiam e ele só voltou a jogar em setembro. Já está recuperado para desenvolver seu futebol. Se a venda acontecer, Flamengo terá um jogador muito bom, com dotes técnicos e de liderança, dentro e fora do vestiário. É um exemplo para os jovens da base a seguir - diz o jornalista argentino.

Sem Henrique, Flamengo olha zagueiros estrangeiros. Donatti entra na mira


Alejandro Donatti Rosario Central (Foto: rosariocentral.com)
Depois de deixar praticamente acertada a contratação de Federico Mancuello - a definição é esperada até o fim da semana -, o Flamengo mantém sua mira direcionada para a Argentina. No radar sul-americano do Rubro-negro, o alvo da vez é o zagueiro Alejandro Donatti, do Rosario Central, clube pelo qual o jogador de 29 anos atua há três temporadas.

O Flamengo passou a buscar alternativas para a zaga depois de ver frustrada a tentativa por Henrique, do Napoli, que está mais perto do Fluminense. A partir de então, o clube intensificou a procura por zagueiros sul-americanos. Outro nome monitorado foi o do paraguaio Bruno Valdez – um dos preferidos da diretoria –, mas o Cerro Porteño pediu cerca de US$ 4 milhões (R$ 16 milhões), o que, por ora, inviabiliza o negócio. A provável perda de Lugano para o São Paulo dificulta ainda mais o negócio.

Procurados para comentar o interesse em Donatti, os dirigentes do Flamengo não retornaram as ligações e nem responderam aos contatos do GloboEsporte.com. O jogador não estava entre os primeiros nomes mapeados pela cúpula do futebol flamenguista, mas as negativas, os insucessos e as informações de nomes inviáveis abriram espaço para Donatti. O próprio zagueiro, em contato por mensagem, confirmou a conversa com o Rubro-Negro.

- Sim, houve contato com o Flamengo. Eles estão falando com meu representante - limitou-se a dizer Donatti, na noite de terça-feira ao GloboEsporte.com.

Destro e com um 1,91m de altura, Donatti é conhecido por ser forte no jogo aéreo defensivo e ofensivo. Embora considerado experiente, o zagueiro atua na elite do futebol argentino somente há três anos. Após defender clubes de divisões inferiores da Argentina, ele foi contratado pelo Tigre, em 2012. Na temporada seguinte passou a atuar pelo Rosario Central.

Reapresentação
 
O Flamengo se apresenta nesta quarta-feira com mudanças na zaga. O clube negociou Samir com o Udinese e não renovou com Marcelo. No entanto, repatriou Juan, cria de suas divisões de base, e contratou Antonio Carlos, que inicialmente vai integrar o grupo que disputará o Campeonato Carioca. O goleiro Alex Muralha, o lateral-direito Rodinei e os laterais Chiquinho e Arthur Henrique são as caras novas esperadas na Gávea.


terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Sem freio: Flamengo goleia o Palmeira-RN e avança à próxima fase da Copa SP



O "Bonde do Menguinho" garantiu passagem para a próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior com antecedência. Na noite desta terça-feira, o sub-20 do Flamengo goleou o Palmeira-RN por 5 a 1 no estádio Nogueirão, em Mogi das Cruzes, e assegurou uma das duas vagas do Grupo 24 para o mata-mata da competição. Os gols do Rubro-Negro foram marcados por Ronaldo, Thiago Ennes, Lucas Paquetá, Matheus Sávio e Felipe Vizeu, enquanto Capacete descontou para a equipe potiguar.

Com a vitória, o Flamengo vai a seis pontos e assume a liderança isolada da chave. O Palmeira fica com três, mesma quantidade do RB Brasil, que mais cedo goleou o União Mogi por 6 a 1. Dessa forma, o RB leva vantagem no saldo de gols sobre o time do Rio Grande do Norte (quatro contra zero), que está na terceira posição.

Flamengo x Palmeira-RN Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Nicholas Modesto)Jogadores do Flamengo comemoram um dos gols da equipe no jogo desta terça-feira (Foto: Nicholas Modesto)


O Flamengo fecha sua participação na primeira fase da Copinha na próxima quinta-feira, às 19h, quando enfrenta o anfitrião da chave, o União Mogi. O Palmeira trava luta direta pela outra vaga na próxima fase com o RB Brasil, também na quinta, mas um pouco mais cedo, às 17h.

Confira a tabela completa e a classificação da Copa SP 2016

O jogo

Nos primeiros minutos, o Flamengo até tentava chegar ao ataque, mas esbarrava na marcação do Palmeira. A primeira boa chance do Rubro-Negro ocorreu aos 23 minutos em jogada de Felipe Vizeu e Matheus Sávio, que chutou fraco para defesa tranquila do adversário. Aos 29, pouco depois de o goleiro flamenguista Thiago fazer boa defesa em lance da equipe potiguar, o Fla abriu o placar com Ronaldo, que marcou de cabeça após cruzamento de Cafu.

Flamengo x Palmeira-RN Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Nicholas Modesto) 
Flamengo e Palmeira-RN se enfrentaram na noite desta terça-feira, em Mogi das Cruzes (Foto: Nicholas Modesto)


Se antes ele marcou o gol, desta vez Ronaldo fez o papel de garçom. O volante do Flamengo fez lançamento na medida para Thiago Ennes, nas costas da defesa do Palmeira. O lateral-direito chutou cruzado. A bola ainda bateu na trave e entrou. Dessa forma, o Fla foi para o intervalo ganhando por 2 a 0.

Na volta dos vestiários, o Palmeira conseguiu diminuir a desvantagem com Capacete, logo aos cinco minutos, criando esperanças de uma possível virada. Mas não demorou muito para o Rubro-Negro jogar um balde de água fria no time do Rio Grande do Norte. Primeiro aos nove minutos, com Lucas Paquetá, que marcou um bonito gol após cruzamento de Felipe Vizeu, e aos 14 com Matheus Sávio, em nova investida pela direita.

Ainda deu tempo de o Fla fazer mais um, para a festa dos flamenguistas de Mogi das Cruzes e região, que no fim gritaram "olé" no toque de bola da equipe. Aos 41 minutos, Felipe Vizeu marcou o quinto e deu números finais ao jogo, confirmando a classificação antecipada do Flamengo. Nos minutos finais, o goleiro do Palmeira, Diego, ainda foi expulso por falta fora da área em Vizeu.

Flamengo x Palmeira-RN Copa São Paulo de Futebol Júnior (Foto: Nicholas Modesto) 
Fla garantiu classificação antecipada para a próxima fase com vitória sobre o Palmeira (Foto: Nicholas Modesto)

Flamengo estreia na Liga das Américas contra o Gimnasia, da Argentina


Campeão da Liga das Américas na edição de 2014, o Flamengo inicia sua caminhada de olho no segundo troféu da competição no dia 29 de janeiro. O time comandado pelo técnico José Neto está no Grupo C, com sede no Panamá. O primeiro adversário será o argentino Gimnasia y Esgrima de Comodoro Rivadavia .Na sequência, enfrentará o Águilas de Tunja, representante da Colômbia, e o anfitrião Correcaminos Colón.

Rafael Mineiro, Marcelinho Machado, Meyinsse, Flamengo, Basquete, NBB 8 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) 
Rafael Mineiro, Marcelinho Machado e Meyinsse em ação no NBB 8 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Dono dos últimos três títulos do NBB, o Rubro-Negro não será o único representante do Brasil no torneio. Bauru, o atual campeão, Mogi e Brasília também estarão na disputa e todos atuarão fora de casa na primeira fase. 

Jogos da primeira fase

29/01 - Flamengo (BRA) x Gimnasia y Esgrima de Comodoro Rivadavia (ARG)
29/01 - Correcaminos Colón (PAN) x Águilas de Tunja (COL)

30/01 - Águilas de Tunja (COL) e Flamengo (BRA)
30/01 - Gimnasia y Esgrima de Comodoro Rivadavia (ARG) x Correcaminos Colón (PAN)

31/01 - Águilas de Tunja (COL) x Gimnasia y Esgrima de Comodoro Rivadavia (ARG)
31/01 - Correcaminos Colón (PAN) x  Flamengo (BRA) 


Din-Din pro Mengão

 
Venda de Renato Augusto para clube chinês pode render R$3,5milhões ao Flamengo 

O Corinthians foi informado de que receberá ainda nesta terça-feira uma oferta para vender os direitos econômicos de Renato Augusto por € 8 milhões (R$ 34,6 milhões na cotação atual).

O Timão tem direito a 50% do valor e receberá algo em torno de R$ 17 milhões – 40% são do Bayer Leverkusen e os outros 10% pertencem ao Flamengo, clube formador do meia.

José Neto projeta ápice do Flamengo na Liga das Américas e nos playoffs do NBB

Atual tricampeão do NBB, o Flamengo começou a temporada 2015/ 2016 com mudanças significativas. Vítor Benite, Walter Hermann e Nicolas Laprovittola foram as principais saídas do elenco, que contou com as chegadas de Rafa Luz, Rafael Mineiro, JP Batista e Jason Robson. Com tantas alterações, o início de competição foi complicado, mas o Rubro-Negro já está na terceira posição, com os mesmos 23 pontos do Bauru, segundo colocado. Apesar de estar satisfeito o desempenho dos seus jogadores, o técnico José Neto diz que o time não está pronto e projeta o ápice nos playoffs do campeonato nacional e na Liga das Américas.

- Estamos num processo de adaptação e evolução da equipe, apesar de que isso aconteceu de uma forma rápida até pela qualidade dos jogadores. Esses jogadores que vieram estavam jogando na Europa, em alto nível, que já têm essa experiência de jogo coletivo que é o que a gente tem como objetivo também aqui na nossa equipe. Então foi fácil essa adaptação. Como equipe, a gente ainda precisa evoluir mais e isso vem acontecendo. Que o pico do nosso time seja nos playoffs e na Liga das Américas.

José Neto, técnico do basquete do Flamengo (Foto: Reprodução SporTV) 
José Neto diz que os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro motivam os seus jogadores (Foto: Reprodução SporTV)
 
Após nove dias de folga, o Rubro-Negro voltou aos treinos e na sexta-feira enfrenta o Macaé, na Gávea, no primeiro jogo da equipe em 2016, pelo NBB. Um triunfo representará o quinto seguido na competição. O treinador destacou o estilo coletivo de jogo da equipe e a forte defesa como pontos fortes na competição.

- Olhando aqui essa primeira fase da competição, mostra que temos sido uma equipe bem homogênea. Uma coisa interessante de ver é que temos nove jogadores que jogaram mais de 15 minutos de média. Isso mostra que a gente tem uma rotatividade grande de jogadores, um elenco forte. Isso faz com que a gente jogue com uma intensidade alta. Uma das coisas que não aparece muito aqui e que é interessante são os pontos que sofremos, ou seja, a defesa. A nossa equipe tem a melhor defesa do campeonato. Por isso, conseguimos jogar numa intensidade muito alta, colocando jogadores em outras posições bastante versáteis. Isso faz com que a gente tenha certo êxito até esse momento na competição. Espero que a gente consiga ter esse sucesso daqui para frente também.

Auxiliar de Rubén Magnano na seleção brasileira, ele vê os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, com o mais um elemento para motivar os seus jogadores, que buscam o quarto título seguido do NBB, o quinto do clube. Da equipe que conquistou o título dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015, cinco atletas vestem o uniforme rubro-negro. São eles: Marquinhos, Rafael Luz, JP Batista, Olivinha e Rafael Mineiro. 

- Sem dúvida isso é uma coisa que motiva os jogadores. O que sempre falo para eles: "Você ter a oportunidade de jogar uma Olimpíada no seu país é um momento único, dificilmente vão ter outra oportunidade em breve". Eles têm que usar isso da melhor forma possível. O (técnico) Rubén (Magnano) é uma pessoa que fala muito bem sobre isso: "Todo mundo que é brasileiro e tem a oportunidade de jogar pela seleção brasileira, tem chance". Uso isso também para que eles possam se motivar, além disso, jogadores que já tiveram passagem pela seleção e que querem continuar na seleção e ter uma vaga nos Jogos Olímpicos.

Rapidinhas do Botafogo


Jogadores do Bota se reapresentam e realizam exames em cadeiras de praia

Uma imagem chamou a atenção na reapresentação do Botafogo, nesta segunda-feira. Durante exames odontológicos, em General Severiano, alguns atletas foram examinados em cadeiras de praia, na sede do clube

Com as receitas bloqueadas pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RJ), o Botafogo precisou montar uma operação financeira e contou com a ajuda de ex-dirigentes para quitar os salários de novembro e parte do 13º, na semana passada. Nem todos campeões da Série B, no entanto, tiveram um fim de ano gordo. Boa parte dos jogadores que deixaram o clube no final do ano ainda não receberam o dinheiro.

Engenhão tem água e luz cortados por dívidas

Fim do Bostafogo e vasco sanitário

Independiente aceita proposta, e Mancuello fica mais perto do Flamengo


Federico Mancuello independiente (Foto: Reprodução / Facebook)O Flamengo está mais perto de acertar seu primeiro reforço neste ano. Depois de muita negociação, o Independiente aceitou a proposta rubro-negra e Federico Mancuello será vendido pelo clube argentino para o Rubro-Negro. O diretor do clube argentino Jorge Damiani confirmou por mensagens de telefone que o Independiente decidiu aceitar a oferta rubro-negra, após negociação e do Fla elevar o preço da oferta original de US$ 1,5 milhões de dólares (cerca de R$ 6 milhões). A diretoria rubro-negra ainda não se manifestou, mas admitiu retorno positivo dos argentinos. O Fla deve pagar mais para adquirir 90% dos direitos econômicos de Mancuello.

Damiani disse que o clube ficou satisfeito com a nova proposta do Flamengo e que, após ouvirem o jogador e seu representante em reunião na noite dessa segunda-feira, decidiram aceitar a proposta. A rescisão de contrato, porém, ainda não foi assinada. Em entrevista ao GloboEsporte. com, Mancuello deixou clara sua vontade de se despedir do Independiente para jogar no Flamengo. Segundo a imprensa argentina, o Fla vai pagar os US$ 3 milhões (R$ 12 milhões) pedidos pelo clube argentino, mas por fatia maior (90%) do direitos de Mancuello. Damiani, questionado sobre estes valores, confirmou a informação.

Mancuello é meia, mas atua mais como segundo volante. Canhoto, o camisa 11 do Independiente tem 26 anos, mede 1,77m de altura e é o capitão do Independiente. Revelado pelo próprio clube, onde joga profissionalmente desde 2008, ele foi emprestado entre 2011 e 2012 ao Belgrano, da Argentina. O meia foi convocado pela primeira vez para a seleção argentina neste ano e marcou um gol de falta logo na estreia, na vitória por 2 a 0 no amistoso com El Salvador - entrou aos 28 minutos do segundo tempo. Ele chegou a entrar na pré-lista de 30 nomes da Copa América, mas ficou fora da lista final de 23 convocados.

No elenco, o Flamengo ainda tem dois estrangeiros. O argentino Canteros, meia também, além do atacante peruano Paolo Guerreiro

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Flamengo estreia na Copa São Paulo com vitória sobre o RB Brasil em Mogi


O Flamengo estreou na Copa São Paulo de Futebol Júnior com uma importante vitória. Na noite deste domingo, o Rubro-Negro bateu o RB Brasil por 2 a 1 no estádio Nogueirão, em Mogi das Cruzes, pelo Grupo 24 do torneio. Depois de abrir 2 a 0, contando com boa atuação do atacante Felipe Vizeu, que participou da jogada do primeiro gol e marcou o segundo, o time do técnico Zé Ricardo sofreu um gol no fim e por pouco não levou o empate, mas conseguiu sustentar o triunfo.

- Confira a tabela completa e a classificação da Copa São Paulo

Com o resultado, o Flamengo fica na vice-liderança do grupo, atrás do Palmeira-RN no saldo de gols porque a equipe potiguar goleou o dono da casa União Mogi por 4 a 0. O RB Brasil é o terceiro colocado, à frente justamente do União.

As equipes voltam a campo para a segunda rodada na próxima terça-feira. Às 17h, o RB Brasil enfrenta o União Mogi. Na sequência, às 19h, o Flamengo mede forças com o Palmeira. Os dois jogos acontecem no Nogueirão, sede de todas as partidas da chave.

Flamengo x RB Brasil Copa São Paulo Futebol Júnior (Foto: Nicholas Modesto) 
Flamengo levou a melhor sobre o RB Brasil na noite deste domingo, em Mogi das Cruzes (Foto: Nicholas Modesto)


O RB Brasil começou chegando com mais perigo, mas não conseguiu converter as chances em gol. Aos poucos, contando com o apoio de flamenguistas de Mogi e região que compareceram ao estádio, o Rubro-Negro melhorou, mas também não balançou as redes. Debaixo de chuva, as equipes terminaram o primeiro tempo empatadas em 0 a 0.

Na volta do intervalo, o Flamengo abriu o placar logo no primeiro minuto contando com um erro na saída de bola do adversário. Lucas Paquetá recebeu de Felipe Vizeu, tirou a marcação e mandou para o gol. Depois disso, o RB Brasil se lançou ao ataque apostando principalmente nos chutes de longe, mas Thiago fez boas intervenções.

Já na reta final do jogo, aos 37 minutos, desta vez foi Felipe Vizeu quem recebeu um presente, de Cafu, e marcou o segundo do Flamengo. Apesar da vantagem, aos 44, o RB Brasil descontou com Alisson. E mais emoções estavam reservadas. Aos 48, Alisson chutou forte, e Thiago fez a defesa na ponta dos dedos, garantindo a vitória flamenguista.

Flamengo x RB Brasil Copa São Paulo Futebol Júnior (Foto: Nicholas Modesto) 
Equipe de Campinas ameaçou vitória do Fla no fim, mas não conseguiu o empate (Foto: Nicholas Modesto)

Com espaço vago, Flamengo coloca Jeep em substituição a guaraná na camisa


Flamengo RB Brasil (Foto: Reprodução SporTV)
Ainda sem alternativa para substituir a Vitton 44, que deixa as costas e as mangas da camisa do Flamengo em 2016, a diretoria rubro-negra decidiu oferecer uma cortesia a um atual parceiro. A Jeep ocupa o espaço da Guaraviton na estreia do time sub-20 em São Paulo, contra o RB Brasil. A mudança coloca a fabricante de automóveis, que paga atualmente R$ 4,5 milhões pela barra do uniforme rubro-negro, com maior exposição na camisa. O clube e a Jeep ainda negociam uma possível ampliação de contrato.

Com a renovação com a Caixa Econômica Federal praticamente acertada por mais R$ 25 milhões em 2016, o Flamengo tenta atrair novas empresas para ocupar o uniforme. Com a crise econômica no país inibindo investimentos, a previsão da diretoria do Flamengo é de perda de receita de R$ 3 milhões em relação ao que os patrocinadores pagavam ano passado. Segundo orçamento de 2016, aprovado no fim do ano passado, as costas cairiam de R$ 11 milhões para R$ 9 milhões, enquanto as mangas sairiam de R$ 9 milhões para R$ 8 milhões.

A diretoria rubro-negra mostra otimismo em ter novos parceiros para a camisa. Mesmo se a Jeep não quiser ocupar o espaço - nem que seja pagando um pouco menos que os R$ 20 milhões da fabricante de guaraná -, o departamento de marketing confia em outra solução para que o Flamengo tenha a "camisa cheia" para a próxima temporada.