Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Pelos Jogos do Rio 2016, Maracanã ficará sem futebol até mês de outubro


O Comitê Organizador Rio 2016 assumirá o controle do Maracanã a partir do dia 1º de março. A partir desta data, o estádio não receberá mais jogos de futebol. Em março, a gestão do palco será compartilhada com a empresa responsável pelo show da banda Coldplay, que acontece no dia 10 de abril. A partir de maio, o Comitê assumirá de forma integral a responsabilidade do Maracanã. Desde abril, porém, já serão feitos testes para a cerimônia de abertura das Olimpíadas, marcada para o dia 5 de agosto.

- É o maior espetáculo do planeta. A maior audiência esportiva da história é a cerimônia dos Jogos de Londres. Então, precisamos preparar essa cerimônia do jeito certo e com antecedência. Assumindo o Maracanã mais cedo, podemos fazer os ensaios maiores para a cerimônia de abertura. Desde 2014, estamos tentando negociar com o governo do estado para assumir o Maracanã mais cedo com foco na cerimônia - disse Mário Andrada, diretor de comunicação do Comitê Organizador Rio 2016.

Maracanã estádio Copa (Foto: Reuters)Maracanã passará para o controle do Rio 2016 a partir de 1º de março (Foto: Reuters)

A entrega total do Maracanã para o consórcio responsável pela administração acontecerá apenas em dezembro, mas ainda está em discussão a possibilidade da realização de jogos do Brasileirão no estádio a partir de outubro, quando terminarem as Paralimpíadas Rio 2016. Depois dos eventos a gestão volta a ser compartilhada até a devolução total em dezembro.

- Quando poderemos ter jogos de futebol no Maracanã? A partir de outubro. Nosso objetivo é entrar em acordo com as autoridades do futebol para realizar os jogos do Campeonato Brasileiro o mais rápido possível - explicou também Mário Andrada.

O custo total de manutenção do palco passará para o Comitê Rio 2016 a partir de maio, quando o controle também será todo do órgão. Ainda não está

Flamengo e Ronaldinho chegam a acordo: clube vai pagar R$ 17 milhões


Ronaldinho Flamengo x Lanús (Foto: Maurício Val / Vipcomm)

Flamengo e Ronaldinho, enfim, se entenderam. Clube e jogador chegaram a acordo, homologado nesta quarta-feira na 9ª Vara do Trabalho do TRT da 1ª Região do Rio de Janeiro. O clube vai pagar R$ 17 milhões no total ao craque. A primeira parcela será de R$ 5 milhões, dividindo os R$ 12 milhões restantes em 10 parcelas mensais. A juíza do trabalho Daniela Valle da Rocha Muller homologou o termo de conciliação do processo de número 0000.681.71.2012.501.0009.

Da verba total, R$ 8,750 milhões correspondem à cláusula desportiva, R$ 6,250 milhões de multa pela rescisão unilateral de contrato e mais R$ 2 milhões de indenização por danos morais. O Flamengo ainda terá que arcar com as custas do processo, calculadas em R$ 340 mil. A primeira parcela deve ser paga no início de março.

Em contato com o GloboEsporte.com, o presidente do Flamengo não quis entrar em detalhes sobre o acordo, mas considerou positivo o desfecho.

- Estamos acabando com mais um esqueleto do passado, de gestões anteriores - disse Eduardo Bandeira de Mello.

Questionado se poderia haver alguma cobrança de valores da gestão anterior, da administração Patrícia Amorim, que contratou e dispensou Ronaldinho, o dirigente se esquivou:

- Não é bom ficar teorizando sobre essas coisas. O importante é que foi acordo bom para as partes e que o nosso nome (do Flamengo) vai ficar limpo - respondeu o presidente, garantindo que os valores do acordo já estavam previstos em orçamento do Flamengo.

Vice-presidente jurídico do Rubro-Negro, Flávio Willeman garantiu que não haverá impacto no orçamento do clube. Segundo ele, o acordo foi "extremamente vantajoso".

- Todo dinheiro virá do ato trabalhista, ou seja, de receitas que o Flamengo já recolheu à justiça do trabalho para pagar dívidas. Nenhum impacto financeiro no orçamento acontecerá. Para o Flamengo foi extremamente vantajoso, tendo em vista o valor pretendido. Acho que foi justo. Damos, assim, mais um passo para se livrar das pendências financeiras do passado para que, em futuro próximo, tenhamos situação financeira equilibrada e livre de qualquer ameaça de penhora por parte dos seus credores - afirmou.

Após deixar o clube, em 2012, o jogador acionou o clube na Justiça pedindo indenização de aproximadamente R$ 50 milhões por pagamentos atrasados e danos morais. O valor do acordo inicialmente proposto pelo Flamengo ao atleta variava de R$ 12 milhões a R$ 15 milhões.

Desde o ano passado o Flamengo tentava um acordo com Ronaldinho, que não aceitara os valores propostos na primeira oferta. Dessa forma, o processo seguia correndo na Justiça aguardando a sentença do juiz. Mesmo assim o corpo jurídico rubro-negro seguia em busca do acordo.

Flamengo e Ronaldinho chegaram a acordo para pôr fim aos 3 processos que mantinham na Justiça do Trabalho. nenhum dinheiro do orçamento do fal será empregado. 

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Flamengo 'vende' duas partidas da Primeira Liga por R$ 700 mil cada uma


O Flamengo vendeu para um investidor a organização de duas partidas da Primeira Liga: a primeira ser disputada nesta quarta-feira no Espírito Santo, contra o América-MG, e a segunda no dia 9 de março contra o Figueirense, ainda sem local definido. A previsão inicial era Cuiabá, chegou-se a cogitar Manaus (o clube vetou) e a decisão deve sair nos próximos dias.

Em cada um desses jogos, o Flamengo vai faturar R$ 700 mil. A empresa que comprou os jogos paga os custos e fica com o faturamento de bilheteria e bares.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Quarta-feira tem Mengão na TV



Copa Sul-Minas-Rio

21h45 Flamengo x América-MG
Transmissão: SporTV 2 e PFCI (com Jader Rocha e Lédio Carmona)





Cuéllar faz treinos em dois períodos e deve ficar no banco nesta quarta


Cuéllar treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Por meio de mensagens, vídeos e fotos postados em suas redes sociais, Cuéllar não esconde a ansiedade por fazer sua estreia pelo Flamengo. Essa espera está perto de terminar, já que o volante colombiano deve ser incluído na lista de relacionados para a partida contra o América-MG, nesta quarta-feira, em Cariacica (ES), pela Primeira Liga. Será a premiação pelo esforço do jogador, que vem treinando em dois períodos durante alguns dias das últimas semanas para chegar à forma física ideal.

Último a ser contratado pelo Flamengo, Cuéllar não participou da pré-temporada, realizada em Mangaratiba (RJ). Por isso, precisou ser submetido a um programa específico de treinamentos, alguns em tempo integral e boa parte deles com carga intensa de trabalho. Tudo para que possa ficar à disposição de Muricy Ramalho, que não esconde sua expectativa por lançar mão do colombiano, a quem costuma elogiar principalmente pela qualidade no passe.

A possível presença de Cuéllar no banco de reservas será mais uma opção de Muricy para o jogo contra o América-MG. Poupado do clássico contra o Vasco por precaução por conta de desgaste físico, Alan Patrick deve retornar aos treinos nesta terça-feira e, dependendo da avaliação da comissão técnica, viaja para o Espírito Santo. 

Os jogos da Primeira Liga permitem que sejam relacionados para o banco de reservas mais do que os sete previstos nas partidas do Campeonato Carioca. Assim, jogadores como Gabriel – que ficou fora da relação contra o Vasco – devem ter uma nova chance de compor o grupo do Flamengo.

Desde o início do ano a comissão técnica do Flamengo tem feito um acompanhamento minucioso da condição física de todos os jogadores e, por isso, não se furta em poupar atletas que estejam próximos de uma lesão. Foi o caso de Emerson Sheik na primeira rodada do Campeonato Carioca, contra o Boavista, e Everton, contra a Portuguesa, na última quarta-feira.