Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 7 de maio de 2016

Flamengo bate Mogi e iguala série semifinal

Foi suado, muito mais complicado que qualquer torcedor rubro-negro que ajudou a lotar o ginásio do Tijuca nesta sexta-feira poderia imaginar, mas o Flamengo fez o dever de casa e igualou a série semifinal do NBB 8 em 1 a 1. Depois de um primeiro quarto para esquecer, no qual os dois times amassaram o aro e juntos anotaram apenas 21 pontos, os donos da quadra se encontraram em quadra no segundo período depois das mexidas do técnico José Neto e não perderam mais o controle do jogo. Liderados por Marquinhos e Olivinha, que juntos anotaram 39 pontos, os atuais tricampeões seguraram a reação do time paulista no terceiro período e com um quarto período arrasador venceram por 81 a 71 (38 a 28). Os dois times voltam a se enfrentar segunda-feira, novamente no ginásio do Tijuca, às 21h.

Marquinhos foi o cestinha rubro-negro com 18 pontos. Olivinha, que entrou durante o jogo e incendiou a partida, terminou com 17 pontos. Outro destaque foi JP Batista, com 12. Pelo Mogi, Shamell, com 14 pontos, foi o principal destaque.

Confira como está a tabela dos playoffs
 
- Era um jogo que todos esperavam, é um jogo muito duro. É um jogo muito disputado, no corpo, e é uma coisa que o Flamengo tem mais dificuldade. Mas temos de enaltecer mais uma vez o elenco, que deu conta do recado - disse Neto, após a partida.

Marcelinho Flamengo NBB (Foto: João Pires/LNB) 
Flamengo suou para superar o Mogi (Foto: João Pires/LNB)
 
 

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Flamengo confirma jogos em Brasília contra Palmeiras, São Paulo e Atlético-MG

Depois de anunciar que Brasília e Volta Redonda (RJ) serão suas "cidades-sede" no Campeonato Brasileiro enquanto o Maracanã estiver indisponível, o Flamengo confirmou nesta quinta-feira que fará pelo menos três partidas no Estádio Mané Garrincha no primeiro turno da competição: contra Palmeiras, São Paulo e Atlético-MG.

Inicialmente o Flamengo informou que a partida contra o Fluminense também seria em Brasília. Mas depois corrigiu a informação, dizendo que o clássico será, inicialmente em Volta Redonda. No entanto, vale lembrar que as sedes das partidas poderão ser modificadas até 10 dias antes.

Assim, o Flamengo reservou para o Estádio Raulino de Oliveira seus outros sete jogos como mandante na primeira metade do Brasileirão. Além da estreia na competição - contra o Sport, no dia 14 de maio -, o Rubro-Negro joga em Volta Redonda contra Chapecoense, Vitória, Fluminense, Internacional,  América-MG e Atlético-PR.

Confira a tabela completa do Flamengo no 1º turno do Brasileiro:
1ª rodada
14/05/2016
16h Flamengo x Sport
Raulino de Oliveira – Volta Redonda

2ª rodada
22/05/2016
16h Grêmio x Flamengo
Arena do Grêmio – Porto Alegre

3ª rodada
25/05/2016
21h Flamengo x Chapecoense
Raulino de Oliveira – Volta Redonda

4ª rodada
29/05/2016
11h Ponte Preta x Flamengo
Moisés Lucarelli – Campinas

5ª rodada
02/06/2016
21h Flamengo x Vitória
Raulino de Oliveira – Volta Redonda

6ª rodada
05/06/2016
16h Flamengo x Palmeiras
Mané Garrincha – Brasília

7ª rodada
12/06/2016
11h Figueirense x Flamengo
Orlando Scarpelli – Florianópolis

8ª rodada
15/06/2016
21h45 Cruzeiro x Flamengo
Mineirão – Belo Horizonte

9ª rodada
19/06/2016
16h Flamengo x São Paulo
Mané Garrincha - Brasília

10ª rodada
22/06/2016
21h Santa Cruz x Flamengo
Arruda - Recife

11ª rodada
26/06/2016
11h Flamengo x Fluminense
Raulino de Oliveira - Volta Redonda

12ª rodada
29 ou 30/06/2016
Flamengo x Internacional
Raulino de Oliveira – Volta Redonda

13ª rodada
02 ou 03/07/2016
Corinthians x Flamengo
Arena Corinthians – São Paulo

14ª rodada
09 ou 10/07/2016
Flamengo x Atlético-MG
Mané Garrincha – Brasília

15ª rodada
16 ou 17/06/2016
Botafogo x Flamengo
A definir

16ª rodada
23 ou 24/07/2016
Flamengo x América-MG
Raulino de Oliveira – Volta Redonda 

17ª rodada
30 ou 31/07/2016
Coritiba x Flamengo
Couto Pereira – Curitiba

18ª rodada
03 ou 04/08/2016
Santos x Flamengo
Vila Belmiro - Santos

19ª rodada
06 ou 07/08/2016
Flamengo x Atlético-PR
Raulino de Oliveira – Volta Redonda 

Após crítica, Bandeira aceita convite da CBF e não vê conflito: "Premiação"

No fim de fevereiro, o Flamengo, em nota oficial, classificou a atitude da CBF como arbitrária, ao não aceitar que o clube usasse Brasília como sede no Brasileiro. Pouco mais de dois meses depois ao conflito - quando o presidente Eduardo Bandeira de Mello chegou a comparar a entidade máxima do futebol à praticamente inimiga Ferj -, o dirigente rubro-negro aceitou convite e vai ser o chefe de delegação da seleção brasileira na Copa América dos EUA.

A nomeação de Bandeira foi a surpresa da convocação da seleção brasileira para a Copa América, nesta quinta-feira, na sede da CBF. Ele viajará aos Estados Unidos no dia 22 e, se a seleção ficar até o final na competição, deve se ausentar do Rubro-Negro por mais de 30 dias. Ao lado do técnico Dunga e do coordenador Gilmar Rinaldi na CBF, Bandeira ensaiou discurso, evitou responder num primeiro momento na coletiva de imprensa e depois negou contradição na situação. Ele entendeu o convite da CBF como premiação ao trabalho no Flamengo. 

- Não vejo conflito com o que penso. Entendi como uma premiação. O presidente Marco Polo Del Nero mesmo citou isso. Ele disse que era um reconhecimento à minha atuação como dirigente e pelo que o Flamengo defende em termos de melhorias, modernidade e transparência. O que o Flamengo vem empreendendo de mudanças é um exemplo para todos. E o convite não vai mudar minha posição. As nossas posições são conhecidas e imutáveis. Seguirei defendendo o que acredito e combatendo o que não concordo aqui (na CBF). O que o Flamengo faz não tem volta. A gente já vinha trabalhando junto à CBF na agenda de mudanças, tentando trazer nossa contribuição. Existe o movimento na CBF neste sentido também, com grupos de trabalho, esforço pela transparência e boa governança. Entendemos que a CBF sofra pressão do outro lado também, de pessoas e entidades que não comungam das nossas ideias. Entendi o convite como uma sinalização de que o Flamengo está no caminho certo – afirmou Bandeira.

eduardo bandeira de mello flamengo (Foto: Felipe Schmidt / GloboEsporte.com)Eduardo Bandeira de Mello falou com a imprensa (Foto: Felipe Schmidt / GloboEsporte.com)
 
O mandatário rubro-negro se esquivou de questionamentos sobre Marco Polo del Nero, presidente da CBF, que é investigado por corrupção nos Estados Unidos. Ele recebeu o convite de Del Nero na última terça-feira, mas afirmou que ainda se reuniu para saber os detalhes de sua participação.

- Acho que isso seria injustiça tanto em relação a mim quanto a ele (Del Nero). Sempre me posicionei a favor da apuração rigorosa dos fatos e da transparência total. Com certeza ele está trabalhando na sua defesa, e os fatos vão dizer o que é verdade.

Mais elogios a Muricy
Definindo-se como um “lateral-direito razoável”, o “único representante do futebol carioca”, Bandeira não escapou de perguntas sobre o Flamengo. O dirigente lamentou a derrota para o Fortaleza, mas reiterou confiança no trabalho de Muricy Ramalho.

- Claro que garanto (a permanência de Muricy). Muricy é um excelente técnico, talvez o melhor em atividade no Brasil. Está no início de trabalho, tem nossa total confiança, e tenho certeza que temos a confiança dele também. O que temos que fazer é continuar trabalhando.

Não existe outra solução para melhorar um time de futebol do que muito trabalho – afirmou Bandeira.

“Convocado”, Bandeira ainda não sabe como dividirá o tempo entre Seleção e Flamengo. A delegação brasileira se apresenta no dia 22 de maio, em Los Angeles, e, caso o time chegue à final da Copa America, ficará nos Estados Unidos até 26 de junho.

- Vamos combinar ainda essa rotina. Não vou me afastar do Flamengo. Hoje em dia, mesmo com ausência física, você consegue ajudar o clube e estar presente em todas as decisões. Vamos ver exatamente qual vai ser a presença física que vai requerida na Seleção. Vou conseguir me desdobrar e trabalhar com a Seleção e com o Flamengo. Tenho uma equipe no Flamengo, que é excepcional, não tem igual. Não vai ter nenhum tipo de perda para a continuidade do trabalho no Flamengo.

Flamengo x vasco, na Arena Amazônia, com 70% torcida do Flamengo é a partida mais lucrativa dos estaduais


É bem verdade que ainda resta uma partida para o fim da maioria dos campeonatos estaduais do Brasil. No entanto, analisando a rivalidade entre os finalistas, o preço médio dos ingressos e a capacidade de público do estádio, é possível afirmar que nenhuma das decisões será tão lucrativa quanto o jogo entre Vasco e Flamengo, realizado na Arena da Amazônia, em Manaus, pela semifinal do Campeonato Carioca.

>> O público nos estádios do Brasil em 2016

O jogo, apesar dos 40.619 pagantes, rendeu R$ 3.531.240, equivalente à maior renda do futebol brasileiro neste ano, considerando todas as competições, até essa altura da temporada. Os rivais cariocas lucraram R$ 500 mil cada. O restante foi dividido entre a empresa organizadora e Federação Amazonense de Futebol.

Arena da Amazônia - Flamengo x Vasco (Foto: Antônio Lima/Sejel)Flamengo70% e vasco renderam a maior arrecadação do futebol nacional no ano (Foto: Antônio Lima/Sejel)

A renda é justificada, principalmente, pelo preço médio dos ingressos, avaliados em R$ 86. Criticado pelos torcedores amazonenses, os bilhetes custaram, por exemplo, o dobro do confronto entre Grêmio e Internacional, válido pelo Campeonato Gaúcho e Primeira Liga. O Gre-Nal, apesar de receber um público de 44.839 pagantes, rendeu ''apenas'' R$ 1.937.749. Nem mesmo a partida entre São Paulo e Toluca, de maior público no ano (53.241), faturou tanto: R$ 2.646.286.

Outros números enfatizam a arrecadação do clássico carioca na Arena da Amazônia, que encerrou 2015 com déficit de R$ 7.352.829 milhões. Na temporada passada, por exemplo, a quinta maior receita do futebol nacional foi na partida entre Cruzeiro e River Plate, pela Libertadores: R$ 3.646.216. O lucro do duelo na capital amazonense entraria, pelo menos, no top 10.

100% lotado
Candidata a Elefante Branco em 2015, a Arena da Amazônia recebeu o maior público (em questão de porcentagem) em 2016. Se na tabela geral o duelo, responsável pelo recorde de público do local, está na sétima posição, em outro dado, o confronto entre alvinegros e rubro-negros lidera: na lotação do estádio. As arquibancadas atingiram o limite máximo de torcedores. Nesse quesito, o Corinthians assume a segunda e terceira colocações. Diante do Cerro Porteño, 42.403 torcedores foram à Arena Corinthians assistir à vitória do time da casa por 2 a 0. No entanto, 6% das arquibancadas ainda estavam livres. Contra o Coberloa, 41.710 foram ao jogo - ''apenas'' 92% das cadeiras foram ocupadas.

Fortaleza 2 x 1 Flamengo

FICHA TÉCNICA

DATA/HORA: 4/5/2016, às 21h45


LOCAL: Castelão, Fortaleza (CE)

ÁRBITRO: Marielson Alves Silva (BA)
​ASSISTENTES: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Dijalma Silva Ferreira Jr (BA)

CARTÕES AMARELOS: Juan, Jorge, Guerrero e Cuéllar (FLA)

PÚBLICO E RENDA: 36.213 pagantes / R$ 900.597,00.

​GOLS: Anselmo, 20'/1°T (1-0); Guerrero, 20'/2°T (1-1); Felipe, 27'/2°T (2-1)

FORTALEZA: Ricardo Berna, Felipe (Elivelton, 38'/2°T), Lima, Edimar e Willian Simões; Juliano, Dudu Cearense, Pio (Corrêa, 28'/2°T) e Éverton; Jean Mota (Juninho, 25'/2°T) e Anselmo.  
Técnico: Marquinhos Santos.

FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Arão e Mancuello; Marcelo Cirino (Ederson, 33'/2°T), Fernandinho (Gabriel, 24'/2°T) e Guerrero.
 Técnico: Muricy Ramalho.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Sem Band, Globo tem a Record como primeira opção para transmitir o Brasileirão



Dona dos direitos de transmissão do Brasileirão, a Globo tem a Record como primeira opção para substituir a Band, que desfez o acordo com a emissora carioca para transmitir o torneio por conta da crise econômica. Segundo apurou a coluna, a empresa já trabalha com uma proposta para a Record, que foi parceira na transmissão do Brasileirão entre 2002 e 2006.

Contatada, a Globo afirma que não há uma definição sobre o assunto mas afirma que irá negociar os direitos de transmissão do Brasileiro com outra emissora.

Ainda de acordo com informações da coluna, a Record vê com bons olhos a oportunidade de voltar a transmitir o Brasileirão mas tem o pouco tempo até o início da competição como principal obstáculo. Em menos de um mês, a emissora teria que buscar patrocinadores, montar a equipe de transmissão e modificar sua grade de programação para incluir o futebol.

Após dez anos seguidos transmitindo o Brasileirão, a Band decidiu não renovar o acordo dos diretos de transmissão por conta da crise econômica. Segundo comunicado divulgado pela Globo, divulgado na tarde desta terça, apesar do “enorme esforço de ambas as empresas para viabilizarem a continuidade da exposição conjunta dessa competição, o agravamento da crise econômica impediu a Band de prosseguir com esse licenciamento”.

Flamengo avança em investida e fica perto de acerto com zagueiro Cleber



O Flamengo avançou na tentativa de contratar o zagueiro Cleber, do Hamburgo, da Alemanha. O defensor de 25 anos vem sendo especulado no Rubro-Negro deste o fim do ano passado. O LANCE! apurou que, após muitas negociações, o caso é considerado como 'bem encaminhado'.

Para tirar Cleber do Hamburgo, o Flamengo terá de adquirir os direitos econômicos do atleta. O defensor tem contrato com o clube alemão até 2018, mas um empréstimo está descartado. Os europeus investiram 3,1 milhão de euros no atleta (cerca de 9,3 milhões na época da negociação) e esperam recuperar, pelo menos, parte desta quantia. 

Conforme o LANCE! noticiou nesta terça-feira, o zagueiro uruguaio Hernán Menosse, de 29 anos, do Once Caldas, da Colômbia, foi novamente oferecido ao clube da Gávea. No entanto, o Flamengo está interessado num 'reforço de peso'. O clube não fala sobre negociações em curso, mas entende que Cleber poderia preencher esta lacuna.

Cleber começou a se destacar no futebol brasileiro com boas atuações pela Ponte Preta. O defensor despertou o interesse do Corinthians e foi contratado pelo clube paulista em 2013.

Somente três zagueiros do atual elenco estão nos planos do Flamengo para o Campeonato Brasileiro: Wallace, Juan e Léo Duarte. César Martins vai deixar o clube ao fim do contrato de empréstimo, em junho. Antônio Carlos já deixou o Rubro-Negro a caminho da Ponte Preta, enquanto Rafael Dumas pode ser emprestado.

Por isso, mesmo que contrate Cleber, a diretoria rubro-negra deve seguir em busca de outro defensor para dar mais opções a Muricy na defesa.

Flamengo escolhe Brasília e Volta Redonda como sedes no Campeonato Brasileiro


O Flamengo anunciou na tarde desta quarta-feira que mandará parte dos seus jogos no Campeonato Brasileiro nos estádios Raulino de Oliveira (Volta Redonda) e Mané Garrincha (Brasília). Sem o Maracanã, que está entregue ao COI (Comitê Olímpico Internacional) para os Jogos Rio 2016, o clube se viu na necessidade de escolher outro lugar e, para isso, levou em conta critérios técnicos, de infraestrutura e financeiros, contemplando as necessidades esportivas para a competição e a projeção de faturamento.

Estádio Raulino de Oliveira será adaptado para receber partida de futebol americano (Foto: Divulgação/Ferj) 
Estádio Raulino de Oliveira será uma das sedes do Flamengo no Campeonato Brasileiro (Foto: Divulgação/Ferj)

Segundo o clube, "após avaliação criteriosa por parte do Departamento de Futebol", o estádio Raulino de Oliveira receberá a maioria dos jogos. Mesmo com as escolhas, o clube fez questão de frisar que não descarta atuar em outras praças caso apareça algo que seja aprovado pelo Departamento de Futebol.

Na última segunda-feira, o Fluminense oficializou o Estádio Giulitte Coutinho, em Edson Passos, como sede para 2016 e deixou em aberto uma possível parceira com o Flamengo. A previsão do COI para liberar o Maracanã é dia 30 de outubro.

Flamengo se antecipa e quita R$ 20 milhões de empréstimo do Maracanã



Vice-presidente de finanças do Flamengo, Claudio Pracownick (Foto: Raphael Zarko)Em busca de reforços para o futebol, o Flamengo deixou para trás dívida e evitou chance de problemas com o Consórcio Maracanã. O clube quitou nos últimos dias R$ 20 milhões do empréstimo pedido no fim de 2013 com a Odebrecht, que lidera o consórcio que ainda administra o estádio - temporariamente cedido para os Jogos Olímpicos. Na ocasião da assinatura de contrato de dois anos com o estádio, o clube aprovou empréstimo de R$ 27 milhões.

- Nós já pagamos o Maracanã. Foi pago agora. Com recursos do Flamengo, com desconto. Eram R$ 27 milhões de empréstimo. A gente quitou com desconto - disse o vice-presidente do Flamengo, Claudio Pracownick, nesta terça-feira. A entrevista completa com o vice de finanças será publicada na próxima sexta-feira pelo GloboEsporte.  com

 Vice de finanças conversa com governo para entrar em eventual edital no Maracanã (Foto: Raphael Zarko)

 O Flamengo tinha até o fim de dezembro para quitar os valores emprestados pela Odebrecht. Caso não realizasse este pagamento no prazo estabelecido o contrato do Flamengo com o Consórcio poderia ser renovado automaticamente. O clube, entretanto, decidiu se antecipar e aproveitou parcela da renovação de contratos de transmissão de jogos para se livrar desta pendência. No balanço trimestral, divulgado no fim da semana passada, ainda constava cerca de R$ 24 milhões de débito. Mas não há mais esta dívida.

- A dívida com o Maracanã estava prevista para ser paga até o fim do ano. Fizemos uma negociação razoável com a Odebrecht e já pagamos - afirmou o vice de finanças.

Questionado se a rapidez para quitar a dívida - de dezembro do ano passado até março deste ano o Flamengo pagou menos de R$ 3 milhões - poderia influir na negociação com o governo e com a própria Odebrecht, que deve devolver a concessão do estádio, Pracownick respondeu apenas que "tem a ver com um montão de coisa". Após bater o pé e avisar que está fora do estádio até que seja feita nova licitação na qual o Flamengo seja protagonista no estádio, nada mudou para o clube. O vice de finanças, no entanto, admite que o Flamengo conversa com o governo do estado e com potenciais parceiros para assumir o negócio.

- O Flamengo tem expertise para gerir qualquer estádio do país. E de maneira muito mais eficaz. Por necessidade financeira estudamos vários modelos em vários estádios e já operamos vários estádios em amistosos e jogos de campeonato. Mas os termos da licitação é que são relativos. Primeiro tenho que saber: haverá mesmo licitação? Os clubes poderão participar? Haverá necessidade de investimentos? Aí o Flamengo vai julgar se entra sozinho, se entra com parceiros... Há interessados que estamos conversando, mas dar qualquer opinião em cima de algo tão abstrato ainda seria enganar a torcida. O que colocamos ao governo é que temos interesse em avaliar a participação na licitação. E mantemos esse interesse. Estamos dispostos a participar e a contribuir com o estado e para os torcedores - afirmou Pracownick.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Flamengo terá patrocínio pontual e vai estampar marca de colchão nas costas


Euro Colchões é a marca do patrocínio pontual na camisa do Fla (Foto: Divulgação)
Com apenas a Caixa Econômica Federal na parte da frente da camisa, o Flamengo também vai adotar a prática de patrocínio pontual no uniforme. Depois de usar o PES 2016, um lançamento da Konami de jogos de videogame, agora é a Euro Colchões quem vai estampa as costas da camisa do Flamengo. A logomarca da empresa de colchão vai ficar acima do número da camisa no jogo contra o Fortaleza. O Flamengo enfrenta o time cearense nesta quarta-feira, às 21h45, no Castelão, pela segunda fase da Copa do Brasil.

O Flamengo busca novos patrocinadores para preencher a camisa. O vice-presidente de marketing chegou a dizer que espera entrar no Campeonato Brasileiro, que começa no dia 14 deste mês, com a camisa "cheia" - ou seja, com as propriedades do uniforme preenchidos.

Ao site oficial do Flamengo, o gerente de marketing, Bruno Spindel, disse que é "com grande orgulho e satisfação que o Flamengo, maior plataforma de mídia no futebol do Brasil, anuncia a parceria com a Euro Colchões. Todos os torcedores do Flamengo e todos aqueles que acompanham o futebol poderão perceber a qualidade e excelência da Euro Colchões gerando, como acontece em todas as nossas parcerias, grande incremento de vendas e visibilidade para a marca e seus produtos".