Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Flamengo rescinde com Welinton e Pico e poupa R$ 1,2 milhão até o fim do ano


Anderson Pico (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O Flamengo acertou a rescisão de dois jogadores que não faziam mais parte dos planos para o elenco principal: o zagueiro Welinton, que deve permanecer no Umm-Salal, do Catar, e o lateral Anderson Pico, que vai deixar o futebol da Ucrânia e jogar em Portugal, no Arouca. Os dois tinham mais seis meses de contrato apenas e saem sem verba de venda, mas representando economia de R$ 1,2 milhão na folha salarial até o fim deste ano.

Welinton não atua pelo Flamengo desde abril de 2014. Ele chegou ao clube em 2009 e fez 152 jogos com a camisa rubro-negra. O zagueiro recebia vencimentos na casa de R$ 80 mil e vai seguir a vida no futebol catariano.

Indicado por Vanderlei Luxemburgo, Anderson Pico retornou de empréstimo do Dnipro, da Ucrânia, e acertou sua transferência para o Arouca, de Portugal. Com salários de cerca de R$ 40 mil, rescindiu com o Flamengo nos últimos dias e deve viajar na próxima semana. Pico fez apenas 32 jogos pelo Flamengo e foi emprestado no meio da última temporada.

O Flamengo vendeu este ano o zagueiro Samir e o atacante Kayke. O clube vive a expectativa de receber, enfim, pela venda de Hernane. Com multas e juros, o Al Nassr, que contratou o atacante em 2014 e não pagou, vai ter que desembolsar cerca de 6 milhões de euros. O clube carioca tem direito a metade deste valor, mas, de acordo com entrevista do vice-presidente de finanças do Flamengo, vai utilizar a verba para quitar dívidas. Com outros jogadores emprestados - sem pagar salários -, o clube deixa de pagar cerca de 8 milhões em salários neste ano.

Rosario e Donatti se aproximam de acordo, e jogador fica perto do Flamengo


Donatti Rosario Flamengo (Foto: Reprodução/Instagram)O tom de conflito já não está mais nas palavras dos dirigentes do Rosario Central. O clube, detentor de metade dos direitos econômicos de Donatti e dos federativos do zagueiro, admite entendimento com o atleta pela rescisão amigável. Ficou para trás, por enquanto, o incômodo com o Flamengo e com o jogador, que segue sem treinar no clube de Rosario. Havia até passagem comprada para o zagueiro viajar para o Rio nesta quarta-feira, mas as partes preferiram esperar os ajustes finais.

- Estamos conversando com o representante do jogador, buscando a rescisão - disse o vice-presidente Ricardo Carloni.

Depois de garantir a permanência do lateral Salazar, que interessava ao River Plate, o dirigente demonstrou que o clube argentino "baixou a guarda" e que o entendimento está mais próximo.

- Sim, está mais perto. Existe essa possibilidade - disse Carloni, quando questionado sobre um desfecho positivo para o Flamengo e Donatti nesta quinta-feira.

Em entrevista à Rádio Belgrano, da Argentina, o zagueiro quebrou o silêncio e manifestou o desejo de deixar o seu país natal. Donatti afirmou que seu ciclo dentro do Central acabou.

- A diferença é que tenho que ir agora, eu tenho 30 anos. Para mim e minha família já cumpri um ciclo em Rosario Central. Tenho uma oferta do Flamengo, mas não me deixam ir. Dei minha palavra ao técnico Coudet de jogar mais seis meses no Rosario Central e cumpri.

Depois de colocar os valores na mesa - US$ 1,4 milhão por 100% dos direitos econômicos do atleta de 29 anos -, o Flamengo aguarda de camarote o fim da negociação entre Donatti e o clube, que discutiam a forma de rescisão. No início, o Central queria os US$ 2 milhões estabelecidos em contrato, mas o jogador acenou com a possibilidade de recorrer à federação argentina de futebol e até a Fifa para valer seu direito de deixar o clube - já que tem metade dos direitos econômicos e os valores já seriam cobertos pela proposta rubro-negra.

Alejandro Donatti bateu o pé no fim da semana passada para se transferir para o Flamengo, que o ofereceu bom aumento salarial - na casa dos R$ 200 mil, com contrato de três a quatro temporadas - e o fez recusar duas propostas de extensão de contrato no Rosario Central. Ele não treina no clube desde a última quinta-feira e, mesmo após ser notificado para retornar as atividades em Rosario, ficou fora do clube.

Euforia e "invasão": Bombeiros apuram superlotação em Flamengo x Inter

Na vitória do Flamengo sobre o Internacional por 1 a 0, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, o Kleber Andrade, em Cariacica, recebeu um grande público. A empolgação da torcida rubro-negra capixaba chamou a atenção, principalmente se comparada aos públicos de Brasília e Volta Redonda, locais escolhidos como sedes rubro-negras na competição até a reabertura do Maracanã. Porém, em meio à festa, o Corpo de Bombeiros do Espírito Santo levantou a suspeita que o estádio possa ter recebido um número de espectadores acima do permitido, o que pode caracterizar uma superlotação. A corporação promete abrir uma investigação, e as catracas do Klebão serão analisadas em busca de irregularidades.

O público divulgado oficialmente, e que inclusive foi anunciado no sistema de som do estádio, foi de 21 mil pessoas (número cravado), mas no visual já se percebia que poderia haver uma quantidade um pouco maior de torcedores, por conta de pessoas localizadas em barrancos e em cima da laje das rampas de acesso às arquibancadas. De acordo com o capitão Sávio, do Corpo de Bombeiros, a empresa organizadora da partida pode sofrer sanções. Segundo sua avaliação visual, pode ter havido, sim, um excesso de público na partida. Análises cuidadosas vão comprovar ou não essa suspeita inicial.

- A gente vai verificar dentro dos mecanismos de controle de público. Existem as catracas, e os nossos fiscais vão avaliar. Mas pelo que a gente está percebendo aqui foi extrapolado o público. A empresa que está produzindo o evento é provável que receba uma notificação, porque as pessoas nesse caso estão em risco pelo excesso de público. (Mais gente do que a carga de ingressos vendida) Pelo que a gente está observando, sim. São poucos os locais que faltam para as pessoas sentarem, e locais onde as pessoas não deveriam estar e estão, locais sujeitos a riscos. Nesse caso a gente notifica a empresa, ela tem toda a defesa, mas a punição é multa prevista na nossa legislação - disse o Capitão Sávio à TV Gazeta.

Corpo de Bombeiros do ES vai abrir investigação sobre superlotação no Kleber Andrade (Foto: Guilherme Ferrari/A Gazeta) 
Corpo de Bombeiros do ES vai abrir investigação sobre superlotação no Kleber Andrade (Foto: Guilherme Ferrari/A Gazeta)

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros do Espírito Santo, uma possível interdição do Estádio Kleber Andrade não está descartada e também pode acontecer, mas num processo mais longo. Numa análise apenas visual, o Capitão Sávio avaliou que o público pode ter sido excedido em mais de mil pessoas em relação à quantidade que foi divulgada de forma oficial.

- A empresa que está realizando o evento vai receber a devida sanção. A questão da interdição é um processo mais longo, que uma comissão avalia essa situação, se deve ou não deve o estádio ser interditado. Pelo que estamos vendo, a capacidade está acima. A capacidade máxima do estádio é de 21 mil e 500 pessoas, em torno disso. Pelo que a gente está vendo deve ter ultrapassado em torno de mil e quinhentas pessoas, mas isso é estimativa. A gente tem que olhar todas as catracas e verificar porque essas pessoas estão em locais indevidos, até porque todos os acessos radiais, que são saídas de emergência, foram ocupados, e isso não pode - finalizou o Capitão Sávio.

Há de se ressaltar que o público capixaba foi bem mais vibrante que as torcidas que foram nos jogos do Flamengo em Brasília e em Volta Redonda. A última partida dos cariocas no Espírito Santo havia sido no dia 17 de fevereiro, quando o Fla venceu o América-MG por 1 a 0, pela Primeira Liga. O resultado positivo no campo somado à empolgação vinda das arquibancadas surpreendeu dirigentes e jogadores rubro-negros, que passaram a olhar o Espírito Santo com mais carinho. Vale lembrar que essa partida apenas ocorreu em Cariacica porque o Flamengo precisou cumprir uma punição relativa a uma briga de suas torcidas organizadas com as do Palmeiras em partida realizada em Brasília. Inicialmente o jogo contra o Inter seria em Volta Redonda, onde a média de público é de 4 mil pessoas e as rendas são deficitárias.

De qualquer forma, não é a primeira vez que há a suspeita de superlotação no Estádio Kleber Andrade, pois na vitória do Vasco sobre o Boavista, pelo Campeonato Carioca, em março deste ano, haviam torcedores em locais proibidos, da mesma forma que neste jogo entre Flamengo e Internacional. Na época, foi divulgado que o público oficial de Boavista 0 x 1 vasco sanitário foi de 18 mil presentes, também um número cravado.

A Secretaria Estadual de Esportes e Lazer (Sesport) informou ao Gazeta Esportes que a responsabilidade pela segurança no estádio fica por conta da empresa que organiza o evento. A reportagem do GloboEsporte.com tentou contato via telefone com a empresa que produziu o jogo até a publicação dessa reportagem, mas não obteve sucesso. A carga total foi de 21 mil ingressos vendidos, que se esgotou ainda na noite de terça-feira, um dia antes da partida. Já a renda foi de R$ 1.089.180. 

Ainda de acordo com Fernando Barros, administrador do Estádio Kleber Andrade, as pessoas se encontravam nos barrancos por conta da falta de visibilidade das cadeiras que ficam mais próximas ao gramado.

Anunciado em 2015, Humberto diz adeus ao Pinheiros e deve voltar ao Flamengo

Humberto veste a camisa do Flamengo (Foto: Divulgação/Flamengo)

Será que agora vai? Na lista de reforços e negociando com o Flamengo, o ala-armador Humberto Gomes anunciou no fim desta manhã de quinta-feira o seu desligamento do Pinheiros, clube que defendeu nas últimas três temporadas do NBB, com duas finais de Liga das Américas no currículo - uma delas contra o Rubro-Negro. O jovem, de 21 anos, é um sonho antigo da diretoria carioca e chegou a ser apresentado e treinar com os companheiros no segundo semestre de 2015. Porém, uma cláusula contratual com o Pinheiros impediu sua permanência na Gávea. 

Agora, as coisas mudaram. Humberto não tem mais vínculo com os paulistas. A relação entre os clubes também pereceu após o caso da nadadora Jhennifer Conceição. Na última temporada do NBB, com 21 minutos de média por jogo, Humberto teve 8.4 pontos, 2.0 assistências e 2.9 rebotes.

A reportagem do GloboEsporte.com apurou que Humberto e Flamengo conversam, e a contratação pode sair até segunda-feira, já que o diretor-executivo de esportes olímpicos do clube, Marcelo Vido, se encontra de férias.

Vice-presidente de esportes olímpicos, Alexandre Póvoa preferiu não comentar nada sobre a negociação de Humberto nem qualquer outra, como Ricardo Fischer (falta assinar) e Rafael Hettsheimeir e o argentino Selem Safar (interesses), alegando ser a prioridade da diretoria no momento encontrar um novo patrocinador master, após a saída da Sky.

- O clube tem a política somente de anunciar dispensas, renovações e/ou contratações, quando os contratos expiram (os contratos expiram nesta quinta-feira, dia 30 de junho), até por respeito aos atletas. Tudo o que saiu na mídia até agora é especulação (de mim, ninguém nunca ouviu falar de nenhum nome) e pode ser confirmado ou não a partir da semana que vem, quando deveremos gradativamente começar a anunciar o elenco para a próxima temporada. O que posso garantir é que hoje nada será anunciado, e a tendência é que qualquer anúncio fique para a semana que vem. Lembrando que o Flamengo perdeu um dos seus patrocinadores (ainda não conseguimos repor) e vai continuar trabalhando rigorosamente dentro de sua política de não dar um passo maior do que a perna. Temos um orçamento nesse momento que será cumprido. Por isso, todas as negociações demoram um pouco mais, faz parte do processo, a vida não está fácil para ninguém - declarou Póvoa, via Whatsapp.

Veja o post de Humberto em seu Facebook
 
Hoje é um dia diferente na minha vida profissional. Despedidas sempre serão marcantes e comigo não poderia ser de outra maneira.
 
Hoje me despeço do Esporte Clube Pinheiros, clube pelo qual vivi intensamente toda minha carreira até agora, onde fui campeão com grupos espetaculares, que me ensinaram, também, a buscar sempre o topo, sendo competitivo e leal. Por lá acumulei vitórias, convocações às Seleções de base e principal, aprendizados e, principalmente, amigos que levarei comigo nos próximos desafios que o esporte me trará.
 
Obrigado por tudo EC Pinheiros.
 
Com muita gratidão,
Humberto Gomes #19
 
Jason Robinson fora
Escolhido entre 40 nomes para reforçar o time na temporada passada, o americano não vai continuar no clube carioca. Aos 35 anos, o jogador tem planos de se aposentar das quadras.



quarta-feira, 29 de junho de 2016

FLAMENGO 1 X 0 INTERNACIONAL

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Kléber Andrade, Cariacica (ES)

Renda: R$ 1.089.180,00
Público  pagantes:21 mil pagantes

Data-hora: 29/6/2016 – 19h30

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Cartões amarelos: Réver (FLA), Fernando Bob (INT)

Gol: Ederson, 18'/1°T (1-0)

FLAMENGO: Alex Muralha, Rodinei (Pará, 25'/2°T), Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Ederson (Everton, 11'/2°T); Marcelo Cirino (Thiago Santos, 43'/2°T) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

INTERNACIONAL: Muriel; William, Leandro Almeida, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fernando Bob, Anderson (Mike, intervalo) e Seijas (Alex, 16'/2°T); Vitinho e Eduardo Sasha (Valdívia, 36'/2°T). Técnico: Argel Fucks.

Ederson desencanta, e Flamengo vence o Inter: 1 a 0 em Cariacica

Estádio lotado, apagão por quase seis minutos, um gol, inúmeras chances... Não faltaram ingredientes para um bom jogo entre Flamengo e Internacional, nesta quarta-feira, em Cariacica, no Espírito Santo. Melhor ao Rubro-Negro, vitorioso por 1 a 0, gol de Ederson, o primeiro dele na temporada. De quebra, a equipe de Zé Ricardo voltou ao G-4, após a derrota ao Fluminense, enquanto a de Argel vive o momento mais irregular do ano. Com duas derrotas consecutivas, não vence há quatro jogos: caiu para o terceiro lugar, sendo ultrapassada justamente pelo Grêmio, o rival no domingo.

Flamengo fecha exclusividade com PES e está fora de Fifa 17

O PES, game de sucesso da Konami, fechou um contrato exclusivo com o Flamengo por dois anos. A informação, apurada em primeira mão pelo TechTudo, deixa o rival Fifa 17 sem o clube de maior torcida do Brasil entre os times disponíveis no jogo. O Rubro-Negro já havia ficado de fora de Fifa 15 e Fifa 16.

O jogo da EA inseriu alguns times brasileiros na edição de 2016 , mas, junto com o Corinthians, a equipe carioca recusou a proposta da Electronic Arts e preferiu dar exclusividade ao título da Konami. A parceria com PES ainda rendeu uma capa do Flamengo, que apresentava o atleta Paolo Guerrero.

Flamengo já era exclusivo de PES 2016 (Foto: Divulgação/Konami) 
Flamengo já era exclusivo de PES 2016 (Foto: Divulgação/Konami)
 
Apesar de Fifa 17 ainda não ter sido lançado, 14 clubes da série A do Brasileiro já foram confirmados – Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo, Chapecoense, Coritiba, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Ponte Preta, São Paulo e Santos. O título também terá campeonato e times japoneses que eram exclusivos de PES.

PES 2017 será lançado ainda neste ano, disponível para PS4, Xbox One, Xbox 360, PS3 e PC.

Estudantes fazem prova com camisa do Flamengo para homenagear professor


Flamenguista apaixonado e professor dedicado, Jackson Baltazar levou o amor pelo clube para as salas de aula de uma faculdade de Porto Velho e ganhou de presente uma homenagem surpresa: no dia da prova de Probabilidade e Estatística, todos os alunos apareceram vestidos com a camisa rubro-negra, motivados por uma proposta irônica de poder fazer o teste com ajuda do material de apoio. A atitude, um pouco interesseira, tocou o coração do professor 'linha dura'. 
,
Alunos vestem camisa do Fla para "amolecer coração" do professor flamenguista (Foto: FGV/ Assessoria) 
Alunos vestem camisa do Fla para "amolecer coração" do professor flamenguista (Foto: FGV/ Assessoria)

Garoto sem os braços, da Desportiva, encontra o ídolo Jorge, do Flamengo

Capixaba Henrique aproveitou a passagem do Rubro-Negro pelo Espírito Santo, para o jogo contra o Inter, para conhecer o lateral-esquerdo. Veja imagens do encontro!



CAS condena Al Nassr a pagar ao Flamengo por Hernane em 30 dias

hernane; hernane bahia (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)
Enfim, saiu a decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS). Nesta quarta-feira, a entidade publicou o resultado do julgamento em segunda instância pela venda de Hernane para o Al Nassr, da Arábia Saudita. O clube árabe foi condenado a pagar € 3,1 milhões (aproximadamente R$ 11 milhões) de um total de € 6 milhões (cerca de R$ 21 milhões) em 30 dias ao Flamengo, valor relativo à primeira parcela da dívida pela compra do jogador em 2014 e que não foi quitada até hoje. A segunda e última parcela ainda será julgada, mas deve ter a mesma definição no CAS. O julgamento já havia sido adiado duas vezes, e nova decisão estava prevista para esta sexta-feira.

- Vamos executar o clube hoje. Já estamos nos movimentando para isso. Existe a possibilidade deles recorrerem à Corte Suprema na Suíça, mas não acreditamos nisso - disse o vice-presidente jurídico do Flamengo, Flavio Willeman.

Se não pagar em 30 dias - que serão contados a partir da notificação do clube, nesta quarta-feira -, o caso vai parar no Comitê Disciplinar da FIFA, o que ainda poderia atrasar mais o pagamento. O Flamengo tem o dinheiro "carimbado" para pagamento de dívidas. O valor original de pagamento era de € 4,5 milhões, mas com multas e juros, chega a € 6 milhões, um acréscimo de mais de 15% neste montante, explica o advogado do Flamengo neste caso.

- A decisão só confirma a postura protelatória do clube árabe. Nunca houve embasamento legal para não realizarem o pagamento. Houve má fé desde o contrato até o não pagamento. Estamos notificando o clube hoje, com cópia da federação asiática, à federação local e à Fifa. Vamos também anexar o resultado para que o outro julgamento, da outra parcela, seja acelerado. O mérito é o mesmo - lembrou o advogado Marcos Motta.

Interesse em Hernane
Além da notificação ao clube, o Flamengo ataca em outra frente: vai enviar a decisão em carta para a federação da Arábia Saudita pedindo - em caso de não pagamento em 30 dias - a suspensão do Al Nassr de competições oficiais. Entre as sanções previstas no Comitê Disciplinar da Fifa estão desde advertência até rebaixamento. A penalização não conflita com a condenação de pagamento. Ou seja, mesmo se for rebaixado pelo não pagamento, o clube árabe segue obrigado a pagar o montante ao Flamengo.

A decisão pode dar novo gás na negociação do Flamengo por Hernane. Hoje no Bahia, o jogador está em pauta e é um dos nomes preferidos para reforçar o ataque. Com a decisão na Suíça, o clube tem caminho livre para negociar a contratação, mas o Bahia não quer liberar o jogador. Ele tem contrato com o clube até o fim do ano e vai ter em mãos proposta de renovação.

A Fifa deu ganho de causa em primeira instância ao Flamengo pelo caso Hernane. O jogador deixou o Rubro-Negro em agosto do ano passado rumo ao Al Nassr, e até hoje o clube não recebeu o dinheiro pela negociação. Assim, a entidade do futebol determinou aos árabes o pagamento de indenização dos valores da venda, além de juros e multas. As somas para indenização são divididas da seguinte forma: € 2,5 milhões, valor correspondente à primeira e segunda parcela vencida; € 375 mil, correspondente à multa de 15% sobre o valor de cada parcela em atraso (€ 300 mil e € 75 mil); juros de 5% ao ano a partir de 19/08/2014 incidente sobre € 2 milhões; e juros de 5% ao ano a partir de 16/12/2014 sobre € 500 mil.

Tritões x Flamengo: informações de ingressos para o Brasileiro de futebol americano

Pela rodada de estreia do Campeonato Brasileiro de futebol americano, Vila Velha Tritões e Flamengo F.A. se enfrentam no dia 10 de julho, às 14h, no estádio Salvador Costa. Os ingressos para a partida já estão à venda em diversos pontos em Vitória e Vila Velha (veja a lista abaixo).

Os torcedores e fãs da modalidade podem acompanhar o confronto adquirindo as entradas ao preço único de R$ 10. No estádio haverá sorteio de brindes e venda de materiais oficiais do Vila Velha Tritões.

Tritões x Fla: informações de ingressos para o Brasileiro de futebol americano (Foto: Divulgação/Vila Velha Tritões) 
Tritões x Fla: informações de ingressos para o Brasileiro de futebol americano (Foto: Divulgação/Vila Velha Tritões)


O time capixaba está no Grupo 1, da Conferência Leste, ao lado do Rio Branco Cabritos, do Minas Locomotiva e do Botafogo de Ribeirão Preto Challengers.

Além dos três adversários da chave e do Flamengo, na primeira fase o Vila Velha Tritões ainda vai enfrentar o Vasco Patriotas e o Santos Tsunami.

Brasileirão de FA

Inspirado no modelo da NFL (liga de futebol americano dos Estados Unidos), o campeonato será dividido em primeira fase e playoffs. Na etapa inicial, serão quatro conferências (Nordeste, Leste, Oeste e Sul), com dois grupos em cada. As equipes jogam entre si dentro de cada conferência. O primeiro colocado de cada grupo garante vaga nos playoffs, assim como os dois mais bem colocados na classificação geral da conferência.

Assim, 16 times avançam aos playoffs. O último colocado de cada conferência será rebaixado para a Liga Nacional, segunda divisão da competição. O Brasil Bowl, a final da Superliga Nacional, será realizado no dia 17 de dezembro, com mando de campo para o finalista com melhor campanha durante a competição.
Pontos de venda de ingressos
Vitória

Academia Hangar
Rua Jayme Martins, 50 - Praia do Canto
Vitória, ES - 29.055-610
(27) 3225-5244 (próximo a ponte Airton Senna)

Academia Beverly Hills
Av. Rozendo Serapião de Souza Filho, 178
Bairro República - Vitória - 29.070-170
27 3325-0818 / 99609-9881

Academia Salute
Rua Julia Lacourt Penna, 867 - Jardim Camburi
Vitória - 29.090-220
3337-8139

Vila Velha

Academia Moviment Club
Av. Gastão Roubach, S/N - Praia da Costa
Vila Velha - 29.101-020
3299-2654 - (final da Praia da Costa)

Academia Estação Fitness
Rua João Cipreste Filho, 214 - Gaivotas
Vila Velha - 29.102-587
3063-8877

De esperança à incógnita, Mugni volta ao Flamengo, mas clube descarta meia


"Em princípio, tenho contrato com o Flamengo e vou respeitar este contrato".  

As palavras acima são de Lucas Mugni nesta terça-feira. O jogador argentino, hoje com 24 anos, desembarca no Rio na noite desta quarta com o pensamento de voltar a treinar no plantel principal do Flamengo. Há algum tempo, ele poderia ser considerado reforço para o setor de criação do time, que tem Alan Patrick e Mancuello e alguns outros de característica de arrancada e de condução de bola. Mas está longe disso. 

"O jogador está fora dos planos do Rubro-Negro neste momento". É o que diz a direção do Flamengo. Não é à toa. Mugni que se reapresenta nesta sexta-feira no Ninho do Urubu, depois de empréstimo sem destaque ao Newell´s Old Boys, passou de esperança à incógnita e pode virar problema no Flamengo. Desde que chegou na Gávea - onde fez 51 jogos e cinco gols com muito mais baixos do que altos -, recebeu ofertas milionárias que pagariam o investimento do Flamengo, mas sempre recusou ofertas. 

Mugni assina com o Fla: jogador chegou como revelação do futebol argentino (Foto: Divulgação ) 
Lucas Mugni assina com o Fla em janeiro de 2014: meia chegou como revelação do futebol argentino (Foto: Divulgação )
 
Meia em ascensão no futebol argentino em 2014, ele foi contratado por US$ 1,5 milhão, com salário de R$ 150 mil. Valores que faziam jus ao status de canhoto revelação do futebol portenho, com passagens pela seleção sub-17, sub-20 e convocação para a principal por Alejandro Sabella. Mas ele pouco jogou e virou incógnita até em aceitar ofertas. Nas últimas semanas, intermediários levaram o nome à diretoria do Vitória, que pagaria o salário do jogador. Consultado, Mugni ainda não respondeu e a embrionária negociação ficou travada. 

- Amanhã (quarta) chego ao Rio e me apresento de novo na sexta-feira. Em princípio, volto a treinar com o grupo. Sei da possibilidade do Vitória, mas vou falar com a diretoria. Há alguns assuntos pendentes. A partir de sexta vamos resolver se posso sair, se posso ficar. Tenho que falar com o Flamengo - disse o jogador, que passa fim de férias em Santa Fé, cidade onde nasceu e despontou como revelação do pequeno Colón, da Argentina.

Não é a primeira vez que Mugni mostra indefinição em deixar o clube. O jogador deu para trás, depois de tudo acertado, em outras oportunidades. Numa delas, irritou a diretoria do Flamengo. O jogador teria contrato longo - de cinco anos - com o Al Rayyan, do Catar. A transação valeria quase 6 milhões de euros ao Flamengo - dono de 90% dos direitos econômicos - e Mugni receberia o equivalente a R$ 600 mil por mês, sem contar altas luvas de assinatura de contrato. Propostas, do mesmo clube, ainda pintaram em outras janelas, mas o jogador não quis sair. 

Proposta milionária do Catar recusada
No ano passado, antes de aceitar proposta do Newells, que arcou com seus salários, mas ainda deve cerca de US$ 300 mil do empréstimo ao Flamengo, Mugni foi até Curitiba e sentou-se na mesa de negociação com a diretoria do Atlético-PR. Assistiu ao jogo do Furacão ao lado de o presidente do clube Mario Celso Petraglia, que já o queria para a disputa da Libertadores em 2014, mas preferiu mudar de planos e foi para o Newell´s, atraído pela chance de trabalhar novamente com Roberto Sensini, seu ex-treinador e ex-jogador da seleção argentina, atualmente diretor executivo de futebol.

Representante do jogador na chegada ao Flamengo, Rafael Beys aguarda definição de Mugni sobre o futuro. Ele não confirma o interesse do Vitória no argentino. 

- Tem um clube da Série A que fez consulta. Mas o jogador ainda não deu responda. Vamos aguardar a chegada dele para conversar com o atleta - disse Beys. 

Afastado no Newell´s e cobrança no Fla
O jogador cobra do clube argentino salários atrasados e entrou na Justiça contra o Newell's, que terminou encostando Mugni. Há também um débito com o Flamengo. O clube carioca tem dívida de 10 meses de atraso de direitos de imagem - quantia que chega a US$ 200 mil dólares, cerca de R$ 700 mil.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Paulo Victor e Juan treinam, mas seguem fora contra o Internacional


Paulo Victor Flamengo (Foto: Raphael Zarko)
O Flamengo seguiu para o Espírito Santo ainda sem Paulo Victor e Juan. A dupla participou do treinamento com bola na manhã desta terça-feira, no Ninho do Urubu, mas não seguiu com a delegação que enfrenta o Internacional. Segundo o departamento médico, ambos estão ainda fase de transição, ou seja, recuperados de lesão, mas ainda apurando a forma física.

Dessa forma, goleiro e zagueiro permanecem no Rio de Janeiro treinando e podem ficar à disposição do técnico Zé Ricardo na partida contra o Corinthians, neste domingo, em São Paulo. O único jogador no departamento médico é Chiquinho, que sofreu uma luxação no ombro direito.

Juan sofreu um estiramento na coxa esquerda ainda no primeiro tempo do empate em 2 a 2 com a Chapecoense, dia 25 de maio. Esta foi também a última partida de Paulo Victor pelo Flamengo. O goleiro inicialmente sentiu dores lombares e depois foi detectado um edema na coxa.

Em compensação, Zé Ricardo voltará a contar com Rodinei, que começou no banco contra o Fluminense por conta do risco de lesão. Por outro lado, Emerson Sheik voltou a não ser relacionado. O Flamengo informou que o atacante fica no Rio de Janeiro para aprimorar a forma física, depois de perder seis partidas por uma lesão no pé e não enfrentar o Santa Cruz em decorrência de uma gripe.

Assim, o Flamengo deve enfrentar o Internacional com a seguinte formação: Alex Muralha, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Ederson; Marcelo Cirino e Guerrero.

Torcedores do Flamengo, Cairo Santos e José Aldo se encontram



O jogador de futebol americano Cairo Santos tem vivido um período de pré-temporada atribulado. Embaixador da NFL no Brasil e kicker do Kansas City Chiefs, ele encontrou segunda-feira com o lutador de MMA José Aldo, que tem luta marcada para o dia 9 de julho, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Em comum, a paixão pelo Flamengo. Eles posaram para fotos em uma academia

Torcedores do Flamengo, o lutador José Aldo e o jogador de futebol americano Cairo Santos se encontram (Foto: Reprodução/Instagram) 
Torcedores do Flamengo, José Aldo e Cairo Santos se encontram (Foto: Reprodução/Instagram)

- Uma fera de atleta, uma fera de pessoa! Fiquei mais fã ainda do nosso lutador brasileiro @josealdojunioroficial! E obrigado @flamengo por nos presentear com esse manto lindo. Boa sorte dia 9 de Julho em Vegas brother!! - escreveu Cairo em sua conta no Instagram.

Cairo esteve sábado no jogo do Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, em São Paulo, contra o Santa Cruz. A temporada da NFL começa apenas em setembro. 


segunda-feira, 27 de junho de 2016

Lateral-esquerdo Chiquinho sofre luxação no ombro direito


Flamengo - Chiquinho (foto:Paulo Sergio/LANCE!Press)O lateral-esquerdo Chiquinho sofreu uma luxação no ombro direito durante o último treino do Flamengo na Arena das Dunas. Por isso, o jogador não ficou nem sequer no banco de reservas contra o Fluminense. De acordo com a assessoria do Rubro-Negro, o jogador iniciou tratamento ainda no Nordeste e seguirá com o procedimento no Rio.

Chiquinho vem amargando a reserva do Flamengo desde que chegou ao clube. Ele chegou a ser aproveitado por Muricy Ramalho no Campeonato Estadual, mas agora não tem jogado com Zé Ricardo.

O lateral-direito Rodinei e o meia Everton, que vinham sendo titulares, foram poupados contra o Fluminense. Eles apresentaram desgaste físico devido à sequência de jogos, mas devem voltar ao time contra o Internacional, na próxima quarta-feira, em Cariacica (ES).

Odebrecht pede oficialmente a rescisão do contrato de concessão do Maracanã

Gramado do Maracanã é retirado para as OlimpíadasA Odebrecht pediu oficialmente a rescisão do contrato de concessão do Maracanã. Depois das alterações feitas pelo governo estadual no acordo, que inicialmente previa construção de estacionamento e lojas comerciais, as partes não se acertaram sobre o equilíbrio econômico da concessão e após uma longa negociação, que se arrasta desde 2015, a empresa oficialmente pediu a rescisão. O principal ponto de discórdia para um novo acordo foi a exigência da empresa de ter um novo período de avaliação em dois anos, quando poderia decidir sem ônus pela devolução do Maracanã, o que não foi aceito pelo governo que pretente resolver em definitivo a questão o quanto antes.


A tendência é que uma nova licitação seja feita com a possibilidade de clubes participarem. Flamengo e Fluminense já demonstraram interesse. A Federação de Futebol do Rio (Ferj) também busca investidores para entrar na disputa. Mas há ainda a possibilidade de o governo entregar a concessão para a segunda melhor proposta na licitação anterior - o que também seria de certa forma complexo por conta das alterações no contrato original. Consultada, a assessoria da concessionária - da qual a Odebrecht é majoritária - ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Arena das Dunas comemora renda recorde e quer mais jogos da Série A

A Arena das Dunas comemorou no Fla-Flu de domingo a quebra do recorde de renda do estádio. O valor divulgado foi de R$ 2.214.850,00, superando o R$ 1,6 milhão de Flamengo x Avaí pelo Brasileirão de 2015. No total, o clássico carioca recebeu 25.946 torcedores, apesar da chuva constante que caiu em Natal. O único setor que não teve a capacidade preenchida foi do lado do Fluminense. Em campo, o Tricolor(terceira divisão) levou a melhor e venceu por 2 a 1. Para o consórcio que administra o estádio, o balanço foi bastante positivo.

- O público correspondeu às expectativas da gente. A Arena das Dunas teve um investimento muito alto para trazer um jogo desse calibre, mas as pessoas vieram, embora São Pedro tenha nos brindado com a chuva durante o dia, mas isso não deixou de abrilhantar a festa e para a gente foi muito positivo. Eu estou muito satisfeito. A gente conseguiu atingir o objetivo, que era trazer um grande espetáculo para cá - falou o diretor-presidente da Arena das Dunas, Mauro Araújo.


Arena das Dunas Flamengo x Fluminense (Foto: Alexandre Lago/GloboEsporte.com) 
Arena das Dunas recebeu mais de 25 mil torcedores para Fla-Flu (Foto: Alexandre Lago/GloboEsporte.com)


Segundo Mauro, "os planos estão de pé" para receber outros jogos da Série A deste ano. Ele ainda revelou que uma comissão da Confederação Brasileira de Futebol esteve na Arena das Dunas e aprovou a operação realizada para o clássico.

- Nesse Fla-Flu, tivemos a presença de membros da CBF para observar a operação da gente e ficaram muito satisfeitos com o que viram e isso, cada dia mais, chancela a nossa operação. Foi um público muito grande, em uma condição atípica, porque choveu muito, mas de qualquer forma a gente conseguiu operar bem. Não houve grandes intercorrências e a gente está satisfeito com o resultado operacional do evento. Isso nos estimula a trazer jogos novamente, a buscar outros conteúdos que favoreçam e contemplem a população. Não vamos só restringir aos clubes locais, porque existe torcida de fora e a gente precisa ser democrático nesse aspecto - declarou.

A Arena das Dunas não revelou o valor repassado ao Flamengo, mas comemora o faturamento, mesmo sem ter fechado as contas. Além da compra do mando junto ao Rubro-Negro, o consórcio arcou com custos de viagem, hospedagem e alimentação das duas equipes, tratando de toda a logística do jogo.

- Nós tivemos um saldo positivo. Evidente que ainda temos que apurar todos os custos em pelo menos 48 horas depois do evento, tem receitas acessórias também que a gente envolve nesse processo, como a parte do estacionamento e de alimentos e bebidas, mas eu tenho certeza que somente com a bilheteria já conseguimos suprir os custos de investimento - informou.

Seleção brasileira em outubro

Depois do Fla-Flu, a Arena das Dunas se prepara para receber Brasil x Bolívia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia de 2018. O jogo está marcado para a primeira semana de outubro. De acordo com Mauro, o clássico carioca foi um bom teste, embora aponte que a operação de todos os jogos no estádio é encarada com o devido cuidado.

- A gente está preparado e a equipe da CBF que veio acompanhar o jogo ficou extremamente satisfeita com o que viu, com a infraestrutura da arena, com a manutenção, com o estado da Arena das Dunas. Então, isso vai ser muito bom e, de repente, esse jogo serviu para um teste. A gente vai avaliar agora o que foi que saiu abaixo da nossa expectativa quanto operação, para depois poder evoluir, corrigir as falhas e apresentar um bom serviço para o público. Estamos tentando trazer antes do jogo da Seleção uma partida da Série A. Não é fácil, mas estamos lutando - concluiu.

Flamengo x Fluminense (Foto: Alexandre Lago/GloboEsporte.com) 
Flamengo x Fluminense foi disputado com muita chuva em Natal (Foto: Alexandre Lago/GloboEsporte.com)